PROJETO ATUALIDADE EM FOCO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO ATUALIDADE EM FOCO"

Transcrição

1 Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha PRODUÇÃO TEXTUAL Nº3 ENTREGA: 17/ 03/ º Ano do Ensino Médio Nome do aluno: Professor (a): DISCIPLINA: REDAÇÃO Turma: Aproveitamento: Antes de iniciar a avaliação, leia atentamente as observações abaixo: Preencha corretamente o cabeçalho; Faça seu texto utilizando OBRIGATORIAMENTE caneta esferográfica azul ou preta; O texto rasurado pode ser invalidado ou poderá haver desconto na pontuação; Não é permitido o uso de corretivo; Não é permitido fazer desenhos ou símbolos neste documento; Não se pode utilizar teorias ou ideologias religiosas para abordar o tema. Valor total do texto: 1000 pontos. O aluno receberá de 0 a 200 pontos em cada competência. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção. O texto Atualidade em Foco e a tabela de correção devem ser entregues junto à folha de redação; do contrário, esta não será aceita; Os itens na folha de produção textual são indicadores dos elementos essenciais para a construção do sentido do texto. Caso ocorra algum problema referente à produção textual, um ou mais itens poderão ser assinalados, servindo de justificativa para a nota final; Receberá nota ZERO, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que: o texto que estiver a lápis, ilegível, tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada insuficiente, fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo. apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos. apresentar parte do texto deliberadamente desconectada com o tema proposto. PROJETO ATUALIDADE EM FOCO Fonte: Pelo segundo ano, o Brasil não cumprirá as metas da educação O país teria até este ano para ter todas as crianças de 4 a 17 anos na escola. Isso não vai ocorrer. FLÁVIA YURI OSHIMA 28/01/ h19 - Atualizado 28/01/ h50 É impossível estudar a história dos processos produtivos dos Estados Unidos e do Japão sem se deparar com William Edwards Deming. São atribuídas ao estatístico americano algumas das principais melhorias feitas na indústria americana na Segunda Guerra e no Japão, na década de Toda a metodologia de Deming baseava-se em uma máxima: se não há como medir, não há como corrigir, cobrar e melhorar. Se Deming estiver certo, e a história da indústria diz que sim, o primeiro Plano Nacional de Educação que temos no país tem um problema de base: não é possível medir parte de suas vinte metas, que vencem ao longo dos próximos oito anos. De acordo com o Plano Nacional de Educação, até junho deste ano, todas as crianças entre 4 e 17 anos de idade têm de estar na escola; todos os estados e municípios têm de ter diretores eleitos democraticamente; todos os professores têm de ter plano de carreira aprovado e o primeiro Sistema Nacional de Educação, que será um sistema único para a área, deverá virar lei. A cinco meses do prazo estipulado, não há como aferir nenhum desses dados de forma atualizada. As metas com informações mais recentes referem-se à universalização do atendimento escolar para crianças e adolescentes e contam com dados de 2014.Para as demais metas que vencem este ano sequer existem informações.

2

3 PROPOSTA DE REDAÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema: O PAÍS TERIA ATÉ ESTE ANO PARA TER TODAS AS CRIANÇAS DE 4 A 17 ANOS NA ESCOLA. POR QUE ISSO NÃO VAI OCORRER?, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

4 O TEXTO SÓ ALCANÇARÁ NOTA MÁXIMA SE ESTIVER DE ACORDO COM AS COMPETÊNCIAS ABAIXO: COMPETÊNCIA I (0 A 2 PONTOS) COMPETÊNCIA II (0 A 2 PONTOS) 1- Título: Não use ponto final; não use aspas; use letra maiúscula somente no início ou em substantivos próprios; seja criativo. 2- Margeamento: Respeite às margens e indicação dos parágrafos: Para dar início aos parágrafos, o espaço de mais ou menos dois centímetros é suficiente. Não deixe buracos no texto. 3- Translineação e divisão silábica adequadas: Na translineação, obedeça às regras de divisão silábica. 4-Grafia legível: Caso haja problemas com a caligrafia manuscrita, use letra de fôrma, diferenciando as maiúsculas das minúsculas. 5- Texto em 3ª pessoa do singular (não use 1ª pessoa) 6- Escrever sem se referir diretamente ao leitor. Deve-se manter o distanciamento. 7- Concordância verbal e nominal 8- Regência verbal e nominal 9- Colocação pronominal 10- Pontuação 11- Acentuação 12- Ortografia, flexão dos verbos ou nomes (plural) 13- Acento indicativo da crase 14-Uso adequado das pessoas do discurso 15-Variedade linguística: norma padrão (não use gírias e marcas de oralidade, como: aí, pra, tava ; não use o verbo achar no sentido de pensar, entender, saber, use somente no sentido de encontrar ; não use o verbo ter no sentido de existir ou haver ). 16- Não use a palavra Coisa - esta palavra pode ter vários significados. 17- ( ) Paragrafação (espaçamento e organização): Veja se todos os parágrafos possuem mais ou menos o mesmo número de linhas. Sabe-se que o parágrafo inicial é a introdução, o último, a conclusão e os demais são as argumentações que fazem parte do desenvolvimento. O formato de um parágrafo é identificado pelo recuo de pelo menos 3,0 cm (ou dois dedos) da margem esquerda da folha. Cada parágrafo tem entre 04 a 06 linhas. O ideal é que as frases não sejam muito longas. 18- Linguagem figurada: aquela que não corresponde à utilizada no dicionário. Ex: Ela tem o coração de ouro. Ela tem um bom coração. 19- Cacofonia: emprego de palavras que possuem semelhança em alguma sílaba, formando um mau som. Ex: Ela é mulher que se disputa. 20- Eco: existência de palavras com terminações semelhantes em relação ao som que emite. Ex. O irmão do João foi à decisão da eleição. 21- Tópico frasal no parágrafo de desenvolvimento e Tese no de introdução. 22- Compreensão da proposta (tema e textos de apoio) 23- O texto está estruturado com: uma introdução, em que a tese a ser defendida é explicitada; argumentos que comprovam a tese, distribuídos em diferentes parágrafos; um parágrafo final com a proposta de intervenção funcionando como uma conclusão. 24- Adequação ao gênero: o texto deve ser DISSERTATIVO- ARGUMENTATIVO. COMPETÊNCIA III (0 A 2 PONTOS) 25- Defesa de ponto de vista configurando autoria. (Desenvolvimento de ideias, convencimento e criatividade) 26- Conhecimento amplo para que consiga sustentar seus argumentos. 27- Uso adequado de exemplos, sem excesso. 28- Coerência textual: é a relação lógica entre as ideias que devem se complementar; e é o resultado da não-contradição entre as partes do texto. Ex de incoerência: As crianças estão morrendo de fome por causa da riqueza do país. COMPETÊNCIA IV (0 A 2 PONTOS) 29- Coesão textual: ligação, harmonia entre os elementos de um texto. Há coesão quando verificamos que as palavras, as frases e os parágrafos estão entrelaçados, um dando continuidade ao outro. Isso se faz por meio de conjunções, preposições, pronomes, advérbios etc. Clareza: alguns cuidados que devemos tomar para evitar a falta de clareza: 30- Queísmo: repetição do que. 31- Ambiguidade: é quando uma oração pode ter mais de um sentido. 32-Pleonasmo ou redundância: repetição desnecessária de conceitos. Ex. O sol matinal da manhã é bom para os bebês; subir para cima, descer para baixo. 33-Prolixidade: utilização de mais palavras do que o necessário para exprimir uma ideia. Ser prolixo é ficar "enrolando", "enchendo linguiça", não ir direto ao assunto. 34-Clichês: Frase, sentença ou provérbio muito batido pelo uso, tornando-se, consequentemente, previsível. Tornou-se algo cansativo ou simplesmente repetitivo COMPETÊNCIA V (0 A 2 PONTOS) 35- Elaborou proposta de intervenção clara e inovadora, relacionada à tese e bem articulada com a discussão desenvolvida no texto. São explicitados os meios (agentes) para realizá-la. É fundamental que sejam respeitados os direitos humanos (diversidade cultural, religião etc.).

5 COMENTÁRIOS DO PROFESSOR:

Fonte:

Fonte: Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha PH ATUALIDADE EM FOCO 3 BIMESTRE DE 2015 1º ANO Aluno (a): Turma: Professor (a): DISCIPLINA: REDAÇÃO Aproveitamento:

Leia mais

PROJETO ATUALIDADE EM FOCO

PROJETO ATUALIDADE EM FOCO Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha PRODUÇÃO TEXTUAL Nº 4 ENTREGA: 12/ 05/ 2016 2º ano do Ensino Médio Nome do aluno: Turma: Professor (a): DISCIPLINA:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA REGIMENTO PARA PARTICIPAR DA SELEÇÃO DE REDAÇÃO EDITAL N.º 002/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE CIÊNCIA,

Leia mais

REDAÇÃO 3º SIMULADO MODELO ENEM ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR 2º NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor:

REDAÇÃO 3º SIMULADO MODELO ENEM ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR 2º NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: 3º SIMULADO MODELO ENEM - 2015 3ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR 2º DIA REDAÇÃO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: INSTRUÇÕES 1. A REDAÇÃO SERÁ AVALIADA DE

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA Motivos para atribuir nota zero à redação: Fuga total ao tema; Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa; Texto com até 7 (sete)

Leia mais

redação e pleno desenvolvimento do tema, atendendo aos limites Atendimento à proposta de propostos. redação e desenvolvimento do

redação e pleno desenvolvimento do tema, atendendo aos limites Atendimento à proposta de propostos. redação e desenvolvimento do Critérios de Correção de Redação Ensino Médio ENSINO MéDIO TExTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO NÍVEL DE DESPENHO E NOTA CORRESPONDENTE Situações que dificultam a correção da produção textual: letra ilegível

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa 200 160 120 GRADE DE CORREÇÃO DO ENEM Demonstra excelente

Leia mais

A REDAÇÃO NO ENEM INSTITUTO SANTA LUZIA COMPONENTE CURRICULAR: REDAÇÃO PROFESSOR: EDUARDO BELMONTE 2º ANO ENSINO MÉDIO

A REDAÇÃO NO ENEM INSTITUTO SANTA LUZIA COMPONENTE CURRICULAR: REDAÇÃO PROFESSOR: EDUARDO BELMONTE 2º ANO ENSINO MÉDIO A REDAÇÃO NO ENEM INSTITUTO SANTA LUZIA COMPONENTE CURRICULAR: REDAÇÃO PROFESSOR: EDUARDO BELMONTE 2º ANO ENSINO MÉDIO FATOS SOBRE A PROVA DE REDAÇÃO Todas as redações desenvolvidas no ENEM são avaliadas;

Leia mais

tese tema argumentos TEMA TESE ARGUMENTOS

tese tema argumentos TEMA TESE ARGUMENTOS Defesa de uma tese, de uma opinião a respeito do tema proposto, apoiada em argumentos consistentes estruturados de forma coerente e coesa, de modo a formar uma unidade textual. Seu texto deverá ser redigido

Leia mais

Antes de iniciar as respostas, faça uma leitura completa da avaliação. Lembre-se:

Antes de iniciar as respostas, faça uma leitura completa da avaliação. Lembre-se: 9º Rasuras serão consideradas erro! Não use corretivo! Não abrevie palavras! Utilize apenas caneta de tinta azul ou preta! Responda ao que foi solicitado de forma coerente e coesa. Boa Sorte! Dar o conceito

Leia mais

REGULAMENTO. 1. DO TEMA 1.1. O tema a ser desenvolvido é Proteja nossas crianças e adolescentes.

REGULAMENTO. 1. DO TEMA 1.1. O tema a ser desenvolvido é Proteja nossas crianças e adolescentes. 3º CONCURSO CULTURAL 18 DE MAIO O 3º Concurso Cultural 18 de Maio promovido pela Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, por meio do CREAS Centro de Referência Especializado de Assistência

Leia mais

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO INGLÊS Maio de 2016. 5.º Ano 2.º Ciclo do Ensino Básico

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO INGLÊS Maio de 2016. 5.º Ano 2.º Ciclo do Ensino Básico MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO INGLÊS Maio de 2016 Prova de 2016 5.º Ano 2.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova extraordinária

Leia mais

ENEM PROVA DE REDAÇÃO

ENEM PROVA DE REDAÇÃO ENEM PROVA DE REDAÇÃO EVOLUÇÃO DE TEMAS 1998 VIVER E APRENDER 1999 - CIDADANIA E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 2000 DIRETIOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE: COMO ENFRENTAR ESSE DESAFIIO NACIONAL? 2001 DESENVOLVIMENTO

Leia mais

3º SIMULADO MODELO ENEM

3º SIMULADO MODELO ENEM 3º SIMULADO MODELO ENEM - 2016 3ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR REDAÇÃO 2º DIA NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: Exame Nacional do Ensino Médio EDUCANDO PARA SEMPRE INSTRUÇÕES 1. A REDAÇÃO

Leia mais

1º SIMULADO MODELO ENEM

1º SIMULADO MODELO ENEM 1º SIMULADO MODELO ENEM - 2016 3ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR REDAÇÃO 2º DIA NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: Exame Nacional do Ensino Médio EDUCANDO PARA SEMPRE INSTRUÇÕES 1. A REDAÇÃO

Leia mais

Exemplo COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR O QUE DEVE CONSTAR EM UM TRABALHO ESCOLAR? Um Trabalho Escolar que se preze, de nível fundamental, deve conter:

Exemplo COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR O QUE DEVE CONSTAR EM UM TRABALHO ESCOLAR? Um Trabalho Escolar que se preze, de nível fundamental, deve conter: COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR O QUE DEVE CONSTAR EM UM TRABALHO ESCOLAR? Um Trabalho Escolar que se preze, de nível fundamental, deve conter: 1. Capa 2. Folha de Rosto 3. Sumário 4. Introdução 5. Texto

Leia mais

PRODUÇÃO DE TEXTO RECUPERAÇÃO ROTEIRO E TRABALHO

PRODUÇÃO DE TEXTO RECUPERAÇÃO ROTEIRO E TRABALHO PRODUÇÃO DE TEXTO RECUPERAÇÃO ROTEIRO E TRABALHO ANO: 9º TURMAS: A B C D E ETAPA: 1ª DATA: /05/2017 PROFESSORAS: RAQUEL MARIA VALOR: 3,0 PONTOS ALUNO(A): Nº: NOTA: I INTRODUÇÃO Este roteiro tem como objetivo

Leia mais

A escrita que faz a diferença

A escrita que faz a diferença A escrita que faz a diferença Inclua a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro em seu planejamento de ensino A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é uma iniciativa do Ministério

Leia mais

Normas para Apresentação de Trabalhos Ensino Médio (normas simplificadas adaptadas da ABNT)

Normas para Apresentação de Trabalhos Ensino Médio (normas simplificadas adaptadas da ABNT) Normas para Apresentação de Trabalhos Ensino Médio (normas simplificadas adaptadas da ABNT) Todo trabalho escolar, acadêmico e cientifico necessita de padronização na sua forma de apresentação, para transmitir

Leia mais

INGLÊS - Nível 2 2016. 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril)

INGLÊS - Nível 2 2016. 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS - Nível 2 2016 Prova 06 / 2016 1ª e 2ª Fase 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril) O presente documento divulga informação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1. INFORMAÇÕES SOBRE A VAGA. 1.1. O SESC/PR está recrutando candidatos para provimento da vaga a seguir discriminada:

PROCESSO SELETIVO 1. INFORMAÇÕES SOBRE A VAGA. 1.1. O SESC/PR está recrutando candidatos para provimento da vaga a seguir discriminada: PROCESSO SELETIVO O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC, ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO PARANÁ, pessoa jurídica de direito privado, Entidade de Educação e Assistência Social sem fins lucrativos, serviço

Leia mais

1ª PROVA DE REDAÇÃO MODELO ENEM

1ª PROVA DE REDAÇÃO MODELO ENEM 1ª PROVA DE REDAÇÃO MODELO ENEM - 2016 3ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: Exame Nacional do Ensino Médio EDUCANDO PARA SEMPRE INSTRUÇÕES 1. A REDAÇÃO SERÁ

Leia mais

DÚVIDAS E DIFICULDADES MAIS FREQUENTES NO TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO MODELO ENEM

DÚVIDAS E DIFICULDADES MAIS FREQUENTES NO TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO MODELO ENEM DÚVIDAS E DIFICULDADES MAIS FREQUENTES NO TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO MODELO ENEM LABORATÓRIO DE REDAÇÃO Corretoras: Patrícia Peres Rayane Ferreira Tainá Veras COMPETÊNCIA I SIGNIFICADO DAS COMPETÊNCIAS

Leia mais

O menino do dedo verde

O menino do dedo verde SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 8 / 0 / 06 III ETAPA PRODUÇÃO DE TEXTO 6.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:,0 MÉDIA:, RESULTADO:

Leia mais

Conteúdos do Vestibulinho 2016

Conteúdos do Vestibulinho 2016 2º ANO ENSINO FUNDAMENTAL Vogais e Consoantes; O Alfabeto incluindo as letras (K,W,Y); Sons nasais (o uso do til); Separação de Sílabas; Alfabeto maiúsculo e minúsculo; Substantivo próprio e comum; Interpretação

Leia mais

REDAÇÃO Professora Rosane Reis MÓDULO 1 O que é Redação. Como redigir para EsSA. O que a banca avalia. Como avalia.

REDAÇÃO Professora Rosane Reis MÓDULO 1 O que é Redação. Como redigir para EsSA. O que a banca avalia. Como avalia. REDAÇÃO Professora Rosane Reis MÓDULO 1 O que é Redação. Como redigir para EsSA. O que a banca avalia. Como avalia. O QUE É REDAÇÃO Logo de imediato pensamos em qualquer coisa que se redige. Sim, isso

Leia mais

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL 6º ANO Ensino

Leia mais

Não considerada: 0 pontos Precário: 40 pontos Insuficiente: 80 pontos Mediano: 120 pontos Bom: 160 pontos Ótimo: 200 pontos

Não considerada: 0 pontos Precário: 40 pontos Insuficiente: 80 pontos Mediano: 120 pontos Bom: 160 pontos Ótimo: 200 pontos Competências ENEM Antes de relacionarmos as cinco competências do ENEM, esclarecemos que a prova de redação vale 1000 pontos no total (dividindo esse valor entre os 5 aspectos, cada um deles tem peso de

Leia mais

PROPOSTA DE REDAÇÃO. A importância da solidariedade. Vamos experimentar?

PROPOSTA DE REDAÇÃO. A importância da solidariedade. Vamos experimentar? SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 8 / 0 / 06 III ETAPA PRODUÇÃO DE TEXTO 7.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:,0 MÉDIA:, RESULTADO:

Leia mais

Cronograma - 4º Bimestre / 2016

Cronograma - 4º Bimestre / 2016 COLÉGIO ADVENTISTA JARDIM DOS ESTADOS Prof.: Juliano Disciplina: Língua Portuguesa Série: 6º Ano 3 a 7/10 10 a 14/10 Recesso de 10 a 12 17 a 21/10 24 a 28/10 31/10 a 4/11 Feriado dia 2 7 a 11/11 14 a 18/11

Leia mais

CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTA DE REDAÇÃO III MÊS: ABRIL/2015

CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTA DE REDAÇÃO III MÊS: ABRIL/2015 CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTA DE REDAÇÃO III MÊS: ABRIL/2015 Proposta 01 A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação,

Leia mais

ESPANHOL INIC. Ano Letivo 2013/2014 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. 11º Ano de Escolaridade

ESPANHOL INIC. Ano Letivo 2013/2014 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. 11º Ano de Escolaridade Ano Letivo 2013/2014 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ESPANHOL INIC. 11º Ano de Escolaridade Prova 375 2014 Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova a que esta

Leia mais

Redação Profa. Raquel

Redação Profa. Raquel Aula Enem 2016 Redação Profa. Raquel O que sua dissertação deve apresentar: DISSERTAÇÃO Como você que será avaliado(a)? Competência 1 NORMA Demonstrar CULTA domínio da modalidade escrita formal da Língua

Leia mais

CONCURSO DE TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO: MODELO ENEM

CONCURSO DE TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO: MODELO ENEM CONCURSO DE TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO: MODELO ENEM 1 ESCLARECIMENTOS GERAIS 1.1 DEFINIÇÃO E FINALIDADE O Concurso de texto dissertativo-argumentativo: modelo ENEM definese como uma simulação da

Leia mais

Os cinco. redigir um texto RENAN GOMES DE LIMA. Docente no Senac/RO

Os cinco. redigir um texto RENAN GOMES DE LIMA. Docente no Senac/RO Os cinco erros mais comuns ao se redigir um texto RENAN GOMES DE LIMA Docente no Senac/RO Todo profissional deve, por meio de sua redação, ser alguém capaz de se fazer entendido, utilizando para isso argumentos

Leia mais

Inglês Prova 21 2016. 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº17/2016, de 4 de abril) 1. Introdução. 2. Objeto de avaliação

Inglês Prova 21 2016. 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº17/2016, de 4 de abril) 1. Introdução. 2. Objeto de avaliação INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês Prova 21 2016 PROVA ESCRITA E ORAL -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II DIREÇÃO-GERAL DIRETORIA DE ENSINO EXAME DE SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CANDIDATOS PROVA DE PORTUGUÊS 2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II DIREÇÃO-GERAL DIRETORIA DE ENSINO EXAME DE SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CANDIDATOS PROVA DE PORTUGUÊS 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II DIREÇÃO-GERAL DIRETORIA DE ENSINO EXAME DE SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CANDIDATOS À MATRÍCULA NA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO REGULAR PROVA DE PORTUGUÊS 2012 UNIDADE

Leia mais

TEXTO BASE Apenas 6,2% dos municípios têm bons serviços de saúde De todos os municípios brasileiros, apenas 347 oferecem um bom atendimento na á

TEXTO BASE Apenas 6,2% dos municípios têm bons serviços de saúde De todos os municípios brasileiros, apenas 347 oferecem um bom atendimento na á PROVA SUBJETIVA CARGO: ENFERMEIRO FISCAL INSTRUÇÕES GERAIS: A prova de Redação terá o valor de 100 (cem) pontos, sobre tema da atualidade. Será atribuída nota 0 (zero) à Redação fora do tema proposto ou

Leia mais

EXPRESSÃO ESCRITA. O Sumário aqui presente é a continuação do que desenvolvemos na aula anterior:

EXPRESSÃO ESCRITA. O Sumário aqui presente é a continuação do que desenvolvemos na aula anterior: EXPRESSÃO ESCRITA Sejam bem-vindos à terceira videoaula de Expressão Escrita. Sou a Maj Anna Luiza professora de Português da Seção de Idiomas da ECEME. Esta aula se destina a você, aluno do CP/ECEME e

Leia mais

Recomendações para a Prova Final de Português 9º Ano. 20 de junho 2013

Recomendações para a Prova Final de Português 9º Ano. 20 de junho 2013 Recomendações para a Prova Final de Português 9º Ano 20 de junho 2013 Antes da Prova Tens de estar na Escola 30 minutos antes do início da prova - às 13:30 horas (o ideal é chegares um pouco antes - às

Leia mais

A REDAÇÃO PARA O ENEM: COMO FAZER?

A REDAÇÃO PARA O ENEM: COMO FAZER? A REDAÇÃO PARA O ENEM: COMO FAZER? Aprender a escrever é aprender a pensar. SARAMAGO O QUE FAZER PARA TER SUCESSO NA REDAÇÃO? CHAVE PARA O SUCESSO: LEITURA! CHAVE PARA O SUCESSO: CULTURA GERAL! CHAVE PARA

Leia mais

REDAÇÃO. Professor Romulo Bolivar. Redação da AFA

REDAÇÃO. Professor Romulo Bolivar. Redação da AFA REDAÇÃO Professor Romulo Bolivar Redação da AFA ESTRUTURA DISSERTATIVA DO ENEM Microestrutura Macroestrutura (Parágrafo de Introdução) INTRODUÇÃO [(1) -------------tese----------], (2) [---Arg.1---] (3)[---Arg.2---].

Leia mais

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA Aluno: Matrícula: Curso: Unidade de Estudo: Data Prova: / / MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA AVP MÉDIA 1 A B C D 2 A B C D 3 A B C D 4 A B C D 5 A B C D 6 A B C D 7 A B C D

Leia mais

REDAÇÃO 1º SIMULADO MODELO ENEM ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR 2º NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor:

REDAÇÃO 1º SIMULADO MODELO ENEM ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR 2º NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: 1º SIMULADO MODELO ENEM - 2015 3ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR 2º DIA REDAÇÃO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: INSTRUÇÕES 1. A REDAÇÃO SERÁ AVALIADA DE

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO Prova Extraordinária de Avaliação INGLÊS 3º Ciclo - 8.º Ano de Escolaridade Despacho Normativo

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL 6º ANO Ensino Fundamental Língua Portuguesa 2) Inferir o sentido

Leia mais

Tomada de Preços nº 01/2016. Questionamentos

Tomada de Preços nº 01/2016. Questionamentos Tomada de Preços nº 01/2016 Questionamentos 1) Eu entendo que há o risco de existir confusão, dado que algumas agências certamente trabalharão com o valor de R$ 480 mil. Peço, então, uma orientação clara:

Leia mais

O Núcleo Docente Estruturante do Curso de Direito e a Coordenação de Direito da Faculdade Católica de Rondônia - FCR RESOLVEM:

O Núcleo Docente Estruturante do Curso de Direito e a Coordenação de Direito da Faculdade Católica de Rondônia - FCR RESOLVEM: O Núcleo Docente Estruturante do Curso de Direito e a Coordenação de Direito da Faculdade Católica de Rondônia - FCR RESOLVEM: Estabelecer as normas inerentes à realização de atividade simulada, doravante

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS 1. Nos termos do subitem do Edital, as instruções constantes nos Cadernos de Questões das Provas Objetiva e Dissertativa, na

ORIENTAÇÕES GERAIS 1. Nos termos do subitem do Edital, as instruções constantes nos Cadernos de Questões das Provas Objetiva e Dissertativa, na CONCURSO PÚBLICO Edital n. 01/2009 ANALISTA DE GESTÃO E ASSISTÊNCIA À SAÚDE-AGAS NÍVEL III GRAU A ARQUITETURA / ARQUITETURA HOSPITALAR Código 501 CADERNO 1 PROVA DISSERTATIVA ATENÇÃO Leia as instruções

Leia mais

3ªsérie CENTRO EDUCACIONAL SIGMA. 2.3 REDAÇÃO 3º período

3ªsérie CENTRO EDUCACIONAL SIGMA. 2.3 REDAÇÃO 3º período 3ªsérie 2.3 REDAÇÃO 3º período INSTRUÇÕES, OBSERVAÇÕES & INFORMAÇÕES 1. Use somente caneta de tinta azul ou preta. 2. Use letra legível e evite rasuras. Em caso de erro, passe apenas um traço simples sobre

Leia mais

TRABALHO DE PESQUISA PASSO A PASSO

TRABALHO DE PESQUISA PASSO A PASSO 3011 Ano Letivo 20-2016 TRABALHO DE PESQUISA PASSO A PASSO Uma ajuda a alunos e professores para o tratamento da informação 5º, 6º, 7º e 8º e 9º Anos de escolaridade Amélia Macedo & Bernardete Esteves

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 5ºANO CONTEÚDOS E AULAS PREVISTAS

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 5ºANO CONTEÚDOS E AULAS PREVISTAS DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 5ºANO CONTEÚDOS E AULAS PREVISTAS 1º PERÍODO 17 de setembro a 17 de dezembro 1ª INTERRUPÇÃO 18 de dezembro a 3 de janeiro 2º PERÍODO 04 de janeiro a 18 de março 2ª INTERRUPÇÃO

Leia mais

AULÃO DE REDAÇÃO XIV SIMULADO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA URI

AULÃO DE REDAÇÃO XIV SIMULADO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA URI AULÃO DE REDAÇÃO XIV SIMULADO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA URI Professoras: Adriana Maria Romitti Albarelo Vanice Hermel A leitura e a escrita Ler muito para ver como os diversos autores escrevem é

Leia mais

CONCURSO DE REDAÇÃO O Meio Ambiente na Minha Escola REGULAMENTO CONCURSO DE REDAÇÃO

CONCURSO DE REDAÇÃO O Meio Ambiente na Minha Escola REGULAMENTO CONCURSO DE REDAÇÃO Edital de Licitação n.º 024/2014 Modalidade: Concurso O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Trindade e Comissão Permanente de Licitação designada pela Portaria

Leia mais

Mapeamento dos Critérios de Correção de Redação e correspondência com Matrizes de Referência para Avaliação

Mapeamento dos Critérios de Correção de Redação e correspondência com Matrizes de Referência para Avaliação Mapeamento dos e correspondência com Para cada aspecto avaliado há uma ou mais habilidades correspondentes das Matrizes que o aluno precisa desenvolver Para desenvolver a competência escritora: o Crie

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO 2016.2 UNICE - ENSINO SUPERIOR

MANUAL DO CANDIDATO 2016.2 UNICE - ENSINO SUPERIOR MANUAL DO CANDIDATO 2016.2 UNICE - ENSINO SUPERIOR 1. DA VALIDADE O Vestibular, anunciado neste Manual, é válido para admissão nos cursos de Graduação da Faculdade de Ciências Tecnológicas de Fortaleza

Leia mais

Abertura de PROCESSO SELETIVO para aceitação de estagiários na Gerência Regional de Administração do Ministério da Fazenda Edital nº 001/2011.

Abertura de PROCESSO SELETIVO para aceitação de estagiários na Gerência Regional de Administração do Ministério da Fazenda Edital nº 001/2011. Abertura de PROCESSO SELETIVO para aceitação de estagiários na Gerência Regional de Administração do Ministério da Fazenda Edital nº 001/2011. O Instituto Euvaldo Lodi, Agente de Integração de estágio

Leia mais

DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA:

DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA: DISCIPLINA: Língua Portuguesa PROFESSORAS: Patrícia e Rose DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA: NOME COMPLETO: Coordenação Nº: I N S T R U Ç Õ E S 1. Esta

Leia mais

EDITAL Nº 009, de 11 de março de 2016.

EDITAL Nº 009, de 11 de março de 2016. EDITAL Nº 009, de 11 de março de 2016. REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS NA 13ª SEMANA ACADÊMICA FADISMA ENTREMENTES EDIÇÃO CIÊNCIAS CONTÁBEIS E DIREITO A Faculdade de Direito de Santa Maria (FADISMA),

Leia mais

FICHA DE ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS. 7º ano - Ciências Físicas e Biológicas - Prof: LILIANE Data da Prova: 16/11/2016-3ª AE - Duração: 120 min

FICHA DE ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS. 7º ano - Ciências Físicas e Biológicas - Prof: LILIANE Data da Prova: 16/11/2016-3ª AE - Duração: 120 min 7º ano - Ciências Físicas e Biológicas - Prof: LILIANE Data da Prova: 16/11/2016-3ª AE - Duração: 120 min Estudar pelo livro, nota de aula, VI, exercícios e relatório de laboratório. Caneta azul ou preta.

Leia mais

ENEM 2012 (2ª aplicação)

ENEM 2012 (2ª aplicação) ENEM 2012 (2ª aplicação) Texto I Nasce um grande movimento A Associação dos Funcionários de Bancos de São Paulo teve seu estatuto aprovado em 16 de abril de 1923, em assembleia da qual participaram 84

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL EDITAL 03/2015

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL EDITAL 03/2015 Este caderno contém o Tema da Redação, conforme o conteúdo programático estabelecido no Edital 03/2015. Use como rascunho o modelo reproduzido ao final deste caderno. Ao receber a FOLHA DEFINITIVA DE REDAÇÃO

Leia mais

SUMÁRIO. Língua Portuguesa

SUMÁRIO. Língua Portuguesa Língua Portuguesa Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados... 3 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais... 9 Domínio da ortografia oficial... 21 Domínio dos Mecanismos de Coesão Textual

Leia mais

TEMPO DE DURAÇÃO: 1h. Obrigatória entrega no final da aula. PROPOSTA DE REDAÇÃO

TEMPO DE DURAÇÃO: 1h. Obrigatória entrega no final da aula. PROPOSTA DE REDAÇÃO SIMULADO PRESENCIAL ENEM 2010 TEMPO DE DURAÇÃO: 1h. Obrigatória entrega no final da aula. PROPOSTA DE REDAÇÃO Com base na leitura dos textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua

Leia mais

2.8. Alusão histórica 3. A afirmação da tese e a impessoalização do discurso 4. Exercícios 5. Atividade de produção textual

2.8. Alusão histórica 3. A afirmação da tese e a impessoalização do discurso 4. Exercícios 5. Atividade de produção textual SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE TIPOLOGIA TEXTUAL 1. A definição de tipo textual 1.1. Texto narrativo 1.2. Texto descritivo 1.3. Texto injuntivo 1.4. Texto dialogal 1.5. Texto dissertativo 2. Elaborando

Leia mais

Prof. Volney Ribeiro

Prof. Volney Ribeiro A REDAÇÃO NO ENEM Prof. Volney Ribeiro Professor de língua portuguesa Especialista em Gestão Educacional Mestrando em Letras A prova de redação exigirá de você a produção de um texto em prosa, do tipo

Leia mais

www.faculdadeisaebrasil.com.br

www.faculdadeisaebrasil.com.br PALAVRA DO PRESIDENTE Desde 1996, o Instituto Superior de Administração e Economia transborda barreiras geográficas e atua de forma global, dialogando com as mais modernas tendências e modelos educacionais

Leia mais

DATA: 15 / 04 / 2016 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE REDAÇÃO E EXPRESSÃO 1.º ANO/EM ALUNO(A): Nº: TURMA: PROPOSTA DE REDAÇÃO

DATA: 15 / 04 / 2016 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE REDAÇÃO E EXPRESSÃO 1.º ANO/EM ALUNO(A): Nº: TURMA: PROPOSTA DE REDAÇÃO SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / 0 / 06 UNIDADE: I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE REDAÇÃO E EXPRESSÃO.º ANO/EM ALUNO(A): Nº: TURMA: PROFESSOR (A): VALOR:

Leia mais

Critérios de Correção de Redação

Critérios de Correção de Redação Clique aqui ->> Curso Português Pra Passar Critérios de Correção de Redação I ASPECTO ESTÉTICO 1. Legibilidade da letra; 2. Paragrafação; 3. Margens regulares; 4. Travessão; 5. Ausência de rasuras. 1.

Leia mais

CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE TIPOLOGIA TEXTUAL

CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE TIPOLOGIA TEXTUAL CAPÍTULO I NOÇÕES GERAIS DE TIPOLOGIA TEXTUAL... 23 1. A definição de tipo textual... 23 1.1. Texto narrativo... 23 1.2. Texto descritivo... 24 1.3. Texto injuntivo... 25 1.4. Texto dialogal... 26 1.5.

Leia mais

Do lugar de cada um, o saber de todos nós 5 a - edição COMISSÃO JULGADORA orientações para o participante

Do lugar de cada um, o saber de todos nós 5 a - edição COMISSÃO JULGADORA orientações para o participante Do lugar de cada um, o saber de todos nós 5 a - edição - 2016 COMISSÃO JULGADORA orientações para o participante Caro(a) participante da Comissão Julgadora da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo

Leia mais

Normalização de trabalhos Acadêmicos. ABNT NBR 14724-2011 -Informação e documentação - Trabalhos Acadêmicos-

Normalização de trabalhos Acadêmicos. ABNT NBR 14724-2011 -Informação e documentação - Trabalhos Acadêmicos- Normalização de trabalhos Acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 -Informação e documentação - Trabalhos Acadêmicos- Esta norma específica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses,

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO I

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO I MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO I RECIFE 2016 2 CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURÍCIO DE NASSAU GERÊNCIA DE ESTÁGIOS CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014. SEMANA DE ARTE, CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO

EDITAL Nº 01/2014. SEMANA DE ARTE, CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO EDITAL Nº 01/2014 SEMANA DE ARTE, CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia Campus Simões Filho torna público o presente edital para o desenvolvimento

Leia mais

ARTIGO DE OPINIÃO. Profª Kellen Ramos Mandarino

ARTIGO DE OPINIÃO. Profª Kellen Ramos Mandarino ARTIGO DE OPINIÃO Profª Kellen Ramos Mandarino CARACTERÍSTICAS FINALIDADE: expressar o ponto de vista do autor sobre determinado tema; FOCO NARRATIVO: 1ª ou 3ª pessoa ESTRUTURA: introdução + desenvolvimento

Leia mais

Língua Portuguesa UNIDADE DE REVISÃO E RECUPERAÇÃO

Língua Portuguesa UNIDADE DE REVISÃO E RECUPERAÇÃO Língua Portuguesa UNIDADE DE REVISÃO E RECUPERAÇÃO Organizamos esta unidade para orientá-lo na revisão dos conteúdos trabalhados ao longo da disciplina. Siga as orientações desta apresentação, reveja os

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC 1 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC 1 Estrutura de apresentação 1.1 Pré-textuais Capa (obrigatório) Lombada (obrigatório) Folha de rosto (obrigatório) Folha de aprovação

Leia mais

Leia os trechos abaixo, retirados de diferentes fontes, para refletir sobre as perspectivas daqueles que cursam o ensino superior no Brasil:

Leia os trechos abaixo, retirados de diferentes fontes, para refletir sobre as perspectivas daqueles que cursam o ensino superior no Brasil: Leia os trechos abaixo, retirados de diferentes fontes, para refletir sobre as perspectivas daqueles que cursam o ensino superior no Brasil: O contexto sociocultural e institucional media a relação do

Leia mais

PROJETO DE LÍNGUA PORTUGUESA

PROJETO DE LÍNGUA PORTUGUESA ASSOCIAÇÃO ESCOLA 31 DE JANEIRO 2012/13 PROJETO DE LÍNGUA PORTUGUESA TRANSVERSALIDADE NA CORREÇÃO DA ESCRITA E DA EXPRESSÃO ORAL DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS E CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS INTRODUÇÃO A língua

Leia mais

Gêneros Textuais Acadêmicocientíficos. 3/6/5AD836_1.jpg

Gêneros Textuais Acadêmicocientíficos.  3/6/5AD836_1.jpg Gêneros Textuais Acadêmicocientíficos http://images.quebarato.com.br/photos/thumbs/ 3/6/5AD836_1.jpg Olá, Pessoal, Vamos acompanhar mais uma aula da prof. Alessandra. Hoje falaremos sobre alguns gêneros

Leia mais

CURSOS DE FÉRIAS SISTEMA DE ENSINO COM EXCELÊNCIA

CURSOS DE FÉRIAS SISTEMA DE ENSINO COM EXCELÊNCIA CURSOS DE FÉRIAS SISTEMA DE ENSINO COM EXCELÊNCIA ATUALIZAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA (PORTUGUÊS E REDAÇÃO INSTRUMENTAIS) 1. ORTOGRAFIA - uso de s, ss, sc, ç, ch, lh etc 2. REDAÇÃO DE CORRESPONDÊNCIAS ELETRÔNICAS

Leia mais

PROPOSTA DE REDAÇÃO. Onda de Refugiados na Europa

PROPOSTA DE REDAÇÃO. Onda de Refugiados na Europa MARATONA DE ESTUDOS PROPOSTA DE REDAÇÃO Onda de Refugiados na Europa Refugiado é toda a pessoa que, em razão de fundados temores de perseguição devido a sua raça, religião, nacionalidade, associação a

Leia mais

Fonte:intervox.nce.ufrj.br/~diniz/d/direito/ ouapostila_portugues_varlinguistica_2.pdf

Fonte:intervox.nce.ufrj.br/~diniz/d/direito/ ouapostila_portugues_varlinguistica_2.pdf Sobre Variação Linguística Você já conversou com uma pessoa simples, que vive na roça? Teve oportunidade de observar como essa pessoa fala? Leia o texto a seguir: Texto I Seu dotô me conhece? Patativa

Leia mais

TÍTULO DO ARTIGO 1 Nome Completo do Aluno 2 Nome Completo do Aluno 3 Nome Completo do Aluno 4

TÍTULO DO ARTIGO 1 Nome Completo do Aluno 2 Nome Completo do Aluno 3 Nome Completo do Aluno 4 1 TÍTULO DO ARTIGO 1 Nome Completo do Aluno 2 Nome Completo do Aluno 3 Nome Completo do Aluno 4 RESUMO: O Resumo é constituído de uma sequência de frases concisas e objetivas, não ultrapassando 250 palavras.

Leia mais

EDITAL DE CONCURSO VESTIBULAR - 2016

EDITAL DE CONCURSO VESTIBULAR - 2016 EDITAL DE CONCURSO VESTIBULAR - 2016 O Diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o que dispõem o artigo 44, inciso II, da

Leia mais

8. Demonstrar conhecimento dos mecanismos Linguísticos necessários para a Construção da Argumentação. 9. Competência Elaborar proposta de intervenção

8. Demonstrar conhecimento dos mecanismos Linguísticos necessários para a Construção da Argumentação. 9. Competência Elaborar proposta de intervenção Sumário 1.apresentação 2. matrizes de referência para redação 2016 Detalhamento por competência 3. Competência Demonstrar domínio da Modalidade escrita formal da Língua Portuguesa. 4. Competência 5. Compreender

Leia mais

PALESTRA SOBRE REDAÇÃO DO ENEM

PALESTRA SOBRE REDAÇÃO DO ENEM PALESTRA SOBRE REDAÇÃO DO ENEM Profa. Íris Cristine Odízio - O EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO. - REDAÇÃO. HISTÓRIA DO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA com DUDA NOGUEIRA Comentários da prova BANCO do BRASIL Aplicada 15/03/2015

LÍNGUA PORTUGUESA com DUDA NOGUEIRA Comentários da prova BANCO do BRASIL Aplicada 15/03/2015 1 PROVA Escriturário BANCO DO BRASIL - aplicada 15/03/2015 LÍNGUA PORTUGUESA Alunos nossos, como foi comentado no curso SÓ BB (http://www.sobb.com.br/), a prova foi muito tranquila e não há possibilidade

Leia mais

ÍNDICE VOLUME 1. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português...

ÍNDICE VOLUME 1. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português... Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia TJ/RO Técnico Judiciário ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS BÁSICOS LÍNGUA PORTUGUESA Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto (literário e não

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Inglês. 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal. Prova 550/1.ª Fase. Critérios de Classificação

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Inglês. 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal. Prova 550/1.ª Fase. Critérios de Classificação EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Inglês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova 0/1.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas

Leia mais

REDAÇÃO PARA CONCURSOS

REDAÇÃO PARA CONCURSOS REDAÇÃO PARA CONCURSOS Sumário Primeira Parte Primeira Lição Poesia matemática Gramática acentuação gráfica Tipos de palavras Regras gerais Dupla prosódia Pronúncia duvidosa Orientação Ortográfica emprego

Leia mais

Corrigir uma página é fácil, mas escrevê-la, ah, amigo! Isso é difícil. (Jorge Luis Borges, escritor argentino)

Corrigir uma página é fácil, mas escrevê-la, ah, amigo! Isso é difícil. (Jorge Luis Borges, escritor argentino) Corrigir uma página é fácil, mas escrevê-la, ah, amigo! Isso é difícil. (Jorge Luis Borges, escritor argentino) DESVENDANDO ALGUNS SEGREDOS DA REDAÇÃO Considerações preliminares: O hábito de escrever O

Leia mais

PROJETO: TÉCNICAS DE LEITURA PARA INICIAÇÃO À PESQUISA TLIP

PROJETO: TÉCNICAS DE LEITURA PARA INICIAÇÃO À PESQUISA TLIP 1 PROJETO: TÉCNICAS DE LEITURA PARA INICIAÇÃO À PESQUISA TLIP 4º SEMESTRE/ 2016 TRABALHO INDIVIDUAL RESUMO I OBJETIVOS Melhorar a qualidade do processo de ensino-aprendizagem. Proporcionar subsídios para

Leia mais

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS DO ESTADO DE SERGIPE RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS DO ESTADO DE SERGIPE RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS DO ESTADO DE SERGIPE CARGO: S 51- PROFESSOR EDUCAÇÂO BÁSICA C-EDUCAÇÂO FÍSICA QUESTÃO NÚMERO: 4 ( x ) INDEFERIDO Esta Banca indefere o presente recurso

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto

Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto Escola Básica e Secundária de Cabeceiras de Basto Telefone 253 662 338 * Fax 253 662 826 Informação de Exame de Recuperação de Módulo em Atraso Curso Profissional

Leia mais

CURSO DE REDAÇÃO. Alexandre Linares Ana Paula Dibbern

CURSO DE REDAÇÃO. Alexandre Linares Ana Paula Dibbern CURSO DE REDAÇÃO Alexandre Linares alexandrelinares@gmail.com Ana Paula Dibbern apdibbern@gmail.com A redação pode mudar a sua vida

Leia mais

TP - GRAMÁTICA - 2º BIMESTRE - ENSINO FUNDAMENTAL II. Prof.: Márcia Mello 6º Ano /Turma :

TP - GRAMÁTICA - 2º BIMESTRE - ENSINO FUNDAMENTAL II. Prof.: Márcia Mello 6º Ano /Turma : TP - GRAMÁTICA - 2º BIMESTRE - ENSINO FUNDAMENTAL II Nome: Nº: Prof.: Márcia Mello 6º Ano /Turma : Data da entrega: 31/05/2017 Leia, inicialmente, todas as questões. Leia, inicialmente, todas as questões.

Leia mais

REGULAMENTO. III Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO. Geral

REGULAMENTO. III Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO. Geral REGULAMENTO III Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO Geral Estimular a reflexão sobre o exercício da cidadania em crianças e jovens, alunos de escolas públicas dos lugares discriminados no item

Leia mais

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS: 6º ano Usar a Língua Portuguesa como língua materna, para integrar e organizar o mundo e a própria identidade com visão empreendedora e como pensador capaz de

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS (LE I) COMPONENTES ESCRITA E ORAL

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS (LE I) COMPONENTES ESCRITA E ORAL INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS (LE I) COMPONENTES ESCRITA E ORAL PROVA 21 2016 2016 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento

Leia mais