Tipologia dos Escritórios de Projeto

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tipologia dos Escritórios de Projeto"

Transcrição

1 Tipologia dos Escritórios de Projeto Tipologia dos Escritórios de Negócio Todos sabemos que conduzir projetos é muito mais do que uma arte e que ao Gerente de Projetos cabe a responsabilidade de gerenciar todos os recursos ( materiais, humanos e financeiros ) da organização direcionados a execução dos projetos definidos no Planejamento Estratégico. Porém, uma estrutura dentro do organograma da organização, conhecida como Escritório de Projetos, pode ser criado com a finalidade de auxiliar, não somente o Gerente de Projetos, mas toda a empresa no sentido de atingir um maior nível de maturidade sobre o assunto. Pensando nisso, este artigo pretende apresentar os tipos de Escritórios de Projetos a partir de sua tipologia, descrevendo quando cada um é mais indicado em determinadas situações. Introdução O conceito de Gerenciamento de Projetos foi uma resposta à necessidade de coordenar os gigantescos projetos militares da Segunda Grande Guerra. Tal influência foi disseminada para outros segmentos da economia. De lá para cá, uma grande expansão ocorreu na aplicação das técnicas de gerenciamento de projetos por todos os setores. Hoje podemos observar dezenas de PMOs operando em repartições do executivo, legislativo e judiciário. Segundo Kerzner (2006): A implantação de um Escritório de Projetos deve ser a principal atividade voltada para a gestão de projetos nesta década e que o planejamento estratégico desta estrutura deve envolver a decisão de que tarefas executar, mais do que decidir como ou quando realizá-las. Isto significa que um Escritório de Projetos trará resultados significativos somente quando passar por rigorosa avaliação do papel que exercerá em determinada organização. Algumas funções e responsabilidades descritas anteriormente podem ser adotadas em maior ou menor grau dependendo do enfoque e do papel previstos para a unidade Para Verzuh ( 1999), autor de um dos livros mais vendidos do século passado sobre o assunto nos Estados Unidos, um dos primeiros a ressaltar a importância de se criar uma unidade, denominada genericamente por ele de Project Office, para apoiar o gerenciamento de projetos em uma organização e propor uma classificação para essas unidades baseadas na autoridade que elas tinham sobre os projetos dentro da organização É importante porém ressaltar que a tipologia atual pouco nos ajuda a responder questões como: Qual o tipo de PMO mais bem-sucedido em um dado segmento de negócios? Qual tipo de PMO é o mais adequado para uma organização com alta competência em gestão por processo?

2 Qual tipo de PMO melhor se adapta a uma organização que conduz projetos de extrema complexidade. Para responder a estas e outras perguntas uma série de classificações foram adotadas quanto ao tipo e função do PMO dentro das organizações foi proposta por Dinsmore (1999), concebendo as seguintes estruturas: Centro de Excelência CEx É o formato que possui menor autoridade sendo criado junto ao setor que patrocina a inserção as práticas de gerenciamento de projetos. Possui as competências na área de gerenciamento de projetos sendo normalmente criado para fomentar a esta cultura e apoiar diversos setores da organização na condução dos projetos. Usualmente é observado em organizações em estágio inicial de maturidade no gerenciamento de projetos. Os CEx não pertencem ao sistema de governança dos projetos e são geralmente observados em organizações que atuam em ambientes de negócios de menor turbulência. Serviços tipicamente prestados: Utilização das melhores práticas em gerenciamento de projetos; Elaboração e disseminação dos procedimentos internos para gerenciamento de projetos; Apoio às equipes de projeto na adoção de boas práticas em gerenciamento de projetos. Promoção da capacitação de pessoal, utilizando recursos internos à organização. Escritório de Apoio a Projetos EAp Atende à necessidade orgânica da empresa de conduzir projetos, mesmo sendo sua cultura na área ainda precária. Organizações que adotam uma estrutura funcional ou por processos, se beneficiam neste modelo, uma vez que o mesmo absorve as tarefas de planejamento e documentação dos projetos, cujas atividades são conduzidas dentro dos diversos setores da organização ou terceirizadas. São comuns em organizações que conduzem projetos e possuem cultura de processos, o que permite gerenciar projetos de forma competente. No entanto, não possui governança sobre os projetos. Organizações que conduzem grande número de projetos podem possuir diversos EAp, usualmente com pessoal terceirizado, por não ser essa uma competência-chave.

3 Serviços tipicamente prestados: Adoção e consolidação das boas práticas em gerenciamento de projetos; Desenvolver e acompanhar os cronogramas detalhados e a gestão financeira; Escritório de Projetos EPj Estrutura independente para gerenciar um ou mais projetos, é utilizado em organizações que já possuem as competências necessárias para gerenciamento de projetos, a ponto de individualizá-los de suas operações rotineiras. Aqui encontram-se o maior número de PMOs. Sua existência já denota que a maturidade organizacional em projetos é mediana, ou mais elevada. Eles exercem de média a grande influência sobre os projetos e podem dar resposta adequada à turbulência do ambiente de negócios, dependendo da abrangência de sua ação e do seu grau de integração com outros processos corporativos. Serviços tipicamente prestados:

4 Apoio e coordenação dos gerentes de projetos que normalmente possuem um elo de subordinação a ele; Acompanhamento do desempenho físico-financeiro dos projetos de forma integrada mesmo quando não responsáveis pela gestão financeira. Escritório de Programas EPg Estrutura utilizada por grandes organizações, maduras em gerenciamento de projetos como, por exemplo, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos, coordenando, de forma integrada, todos os projetos da organização. São comuns em organizações de maturidade elevada que conduzem projetos competentemente. Sua atuação usualmente é parte de um sistema complexo de governança corporativa do qual ele faz parte, que integra os projetos aos demais processos corporativos. Serviços tipicamente prestados: Promover a seleção, iniciação, monitoração e alinhamento dos projetos sob sua responsabilidade; Gerenciar os requisitos e riscos de forma integrada, possuindo foco na geração de benefícios dos projetos para a organização. Escritório Executivo de Projetos EEp Este tipo de PMO possui responsabilidade integral pelos resultados dos projetos além da correspondente autoridade sobre os recursos e decisões. Conceitualmente, este tipo de PMO deve ser posicionado no nível estratégico da organização e pode conduzir um ou todos os portfólios de projetos de uma organização. Se posiciona no nível mais elevado da organização e, como sua denominação antecipada, ele possui toda a autoridade e responsabilidade sobre os projetos a ele associados. Sua contribuição na geração de benefícios para a organização é muito significativa e, em tese, permite resposta competente à turbulência do ambiente de negócios.

5 Serviços tipicamente prestados: Integral responsabilidade pela condução dos projetos em uma organização, podendo ser adotado como modelo de uma organização projetizada; Uma dificuldade pode ser observada com relação ao gerenciamento dos recursos empregados nos projetos; O autor resume a atuação destes tipos de PMOs através da seguinte tabela: Referências CARVALHO, M.M.; RABECHINI JR R. Construindo competências

6 para gerenciar projetos. São Paulo: Editora Atlas, 2005; DINSMORE, P. C. Winning business with enterprise project management. New York: Amacom, 1999; VIANNA, Aloysio Junior, PMO Escritório de Projetos, Programas e Portfólio na prática. Editora Brasport; LOPES, Felipe Bussinger, Redesenho de um Escritório de Projetos: Tipologia, Processos e Indicadores de Gestão. Disponível em: senho-de-um-escritorio-de-projetos-tipologia-processose-indicadores-de-gestao.pdf

Ementário EMBA em Gestão de Projetos

Ementário EMBA em Gestão de Projetos Ementário EMBA em Gestão de Projetos Grade curricular Disciplina MATEMÁTICA FINANCEIRA - N FUNDAMENTOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E GERENCIAMENTO DE ESCOPO - N GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS GESTÃO

Leia mais

Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR. Prof. Esp. André Luís Belini

Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR. Prof. Esp. André Luís Belini Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR Prof. Esp. André Luís Belini Seja a mudança que você quer ver no mundo Mahatma Ghandi 2 Principais variáveis de um projeto 3 Características e benefícios

Leia mais

03/02/2014. Gestão de Projetos. Tema 1. Motivação. Fatores que influenciaram as empresas ao longo do tempo: Motivação Tecnologia

03/02/2014. Gestão de Projetos. Tema 1. Motivação. Fatores que influenciaram as empresas ao longo do tempo: Motivação Tecnologia Gestão de Projetos Tema 1 A Natureza e a Estrutura da Gestão de Projetos Motivação Fatores que influenciaram as empresas ao longo do tempo: Tecnologia. Mercado. Sociedade. Clientes. Motivação Tecnologia

Leia mais

GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO PROF. BARBARA TALAMINI VILLAS BÔAS

GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO PROF. BARBARA TALAMINI VILLAS BÔAS GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO PROF. BARBARA TALAMINI VILLAS BÔAS 9 ÁREAS DE CONHECIMENTO DE GP / PMBOK / PMI DEFINIÇÃO O Gerenciamento de Integração do Projeto envolve os processos necessários para assegurar

Leia mais

Por que o Project Builder é tão efetivo como ferramenta para PMO

Por que o Project Builder é tão efetivo como ferramenta para PMO argumento da apresentação Por que o Project Builder é tão efetivo como ferramenta para PMO - assertividade da abordagem conceitual - características tecnológicas - flexibilidade da oferta Efetivo na implementação

Leia mais

MBA em Gerenciamento de Projetos

MBA em Gerenciamento de Projetos Coordenação: Prof. André Valle, Doutor Código SIGA: TMBAGPJ*12/01 Currículo: TMBAGPJ*12_01-1 1 JUSTIFICATIVA Em países emergentes como o Brasil, existe uma grande demanda a nível nacional por cursos de

Leia mais

BENEFÍCIOS DA ADOÇÃO DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS E PMO EXPERIÊNCIAS E CASOS GUGP SUCESU/RS. Abril/2017

BENEFÍCIOS DA ADOÇÃO DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS E PMO EXPERIÊNCIAS E CASOS GUGP SUCESU/RS. Abril/2017 BENEFÍCIOS DA ADOÇÃO DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS E PMO EXPERIÊNCIAS E CASOS GUGP SUCESU/RS Abril/2017 OS AVANÇOS TECNOLÓGICOS TRAZEM NOVOS DESAFIOS AOS CIOS... Internet das Coisas Mobilidade Analytics

Leia mais

MBA em Gerenciamento de Projetos

MBA em Gerenciamento de Projetos MBA em Gerenciamento de Projetos APRESENTAÇÃO A gestão eficiente de projetos é essencial para a sobrevivência das empresas em um cenário de competição global, avanços tecnológicos, clientes mais exigentes

Leia mais

Disciplina: GERENCIAMENTO DE PROJETOS

Disciplina: GERENCIAMENTO DE PROJETOS Disciplina: GERENCIAMENTO DE PROJETOS Contextualização No início dos anos 1960, o Gerenciamento de Projetos foi formalizado como ciência. Os negócios e outras organizações começaram a enxergar o benefício

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR Nome: André Luís Belini

Leia mais

Principais Aspectos e Benefícios IE - Palestra - 19/04/2016

Principais Aspectos e Benefícios IE - Palestra - 19/04/2016 Principais Aspectos e Benefícios IE - Palestra - 19/04/2016 1 Cenário Mundial Atual Alinhamento Estratégico, Portfólio e PMO Maturidade em Gerenciamento de Projetos Definições Competências Estruturas Organizacionais

Leia mais

DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA. Implantação do Gerenciamento de Projetos Conforme Padrão Guia PMBOK na. Companhia do Metropolitano de São Paulo Metrô

DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA. Implantação do Gerenciamento de Projetos Conforme Padrão Guia PMBOK na. Companhia do Metropolitano de São Paulo Metrô 15ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Implantação do Gerenciamento de Projetos Conforme Padrão Guia PMBOK na Gerência de Projetos e Concepção de Sistemas - GCS Companhia do Metropolitano de São Paulo

Leia mais

Auditoria de Meio Ambiente da SAE/DS sobre CCSA

Auditoria de Meio Ambiente da SAE/DS sobre CCSA 1 / 8 1 OBJETIVO: Este procedimento visa sistematizar a realização de auditorias de Meio Ambiente por parte da SANTO ANTÔNIO ENERGIA SAE / Diretoria de Sustentabilidade DS, sobre as obras executadas no

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: GESTÃO DE PROJETOS Aula N : 05 Tema: Gerenciamento

Leia mais

Sem fronteiras para o conhecimento. MS Project para Gerenciamento de Projetos

Sem fronteiras para o conhecimento. MS Project para Gerenciamento de Projetos 1 Sem fronteiras para o conhecimento MS Project para Gerenciamento de Projetos 2 MS Project para Gerenciamento de Projetos Em projetos, planejamento e gerenciamento são as palavras chaves para o sucesso.

Leia mais

Plano de Ensino 1º semestre de 2016. Professores: CLEANTES ALVES LEITE JR. / JOÃO CARLOS IVO DE ABREU

Plano de Ensino 1º semestre de 2016. Professores: CLEANTES ALVES LEITE JR. / JOÃO CARLOS IVO DE ABREU Plano de Ensino 1º semestre de 2016 ÁREA DE GESTÃO E NEGÓCIOS Unidade Curricular: AVALIAÇÃO E GESTÃO DE PROJETOS Professores: CLEANTES ALVES LEITE JR. / JOÃO CARLOS IVO DE ABREU Carga horária: 133h Carga

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Núcleo Temático: NEPQS Núcleo de Engenharia de Produto, Qualidade e Sustentabilidade Código da Gestão Ambiental e Sustentabilidade Carga horária: 4 68 horas aula Teóricas: (2) Práticas: (2) ENEX00962 Conceituação

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS D I S C U S S ÃO B AS E A D A N O P M I

GESTÃO DE PROJETOS D I S C U S S ÃO B AS E A D A N O P M I GESTÃO DE PROJETOS D I S C U S S ÃO B AS E A D A N O P M I DEFINIÇÃO DE PROJETO Empreendimento temporário realizado de forma progressiva para criar um produto ou serviço único. (Project Management Institute

Leia mais

PROGRAMA PROREDES BIRD RS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL ESPECIALIZADA EM ANÁLISE DE SISTEMAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO

PROGRAMA PROREDES BIRD RS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL ESPECIALIZADA EM ANÁLISE DE SISTEMAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO PROGRAMA PROREDES BIRD RS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL ESPECIALIZADA EM ANÁLISE DE SISTEMAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO Sumário 1 Objetivo da contratação... 1 2 Antecedentes e

Leia mais

Uma breve introdução sobre gerenciamento de projetos

Uma breve introdução sobre gerenciamento de projetos Uma breve introdução sobre gerenciamento de projetos Por Flávia Ribeiro O gerenciamento de projetos remonta à antiguidade, e como exemplos podemos enumerar as construções das pirâmides do Egito, os canais

Leia mais

UNIASSELVI. Paulo de Tarso

UNIASSELVI. Paulo de Tarso UNIASSELVI Paulo de Tarso As primeiras impressões sobre a Uniasselvi são positivas, mas há espaço para implementar controles mais rígidos Administração da Uniasselvi Rotina da equipe local continua em

Leia mais

UNOPS e a Excelência em Gestão de Projetos nas Nações Unidas. 15 Encontro de Gerenciamento de Projetos PMI-DF

UNOPS e a Excelência em Gestão de Projetos nas Nações Unidas. 15 Encontro de Gerenciamento de Projetos PMI-DF UNOPS e a Excelência em Gestão de Projetos nas Nações Unidas 15 Encontro de Gerenciamento de Projetos PMI-DF 16 /10/ 2015 UNOPS - áreas principais e serviços Em 2010, a Assembléia Geral e a ONU reafirmaram

Leia mais

Simulado "1.Introdução"

Simulado 1.Introdução Pá gina 1 de 7 Simulado "1.Introdução" Simulado do PMI por Antônio Augusto 17 de March de 2012 Pá gina 2 de 7 Disciplinas e temas deste simulado 01 - Introdução ao gerenciamento de projetos (3 questões)

Leia mais

Gestão de Projetos Mestrado UFRGS. Istefani Carísio de Paula

Gestão de Projetos Mestrado UFRGS. Istefani Carísio de Paula Gestão de Projetos Mestrado UFRGS Istefani Carísio de Paula Programa 07/03 - Conceitos, definições e método de GP 14/03 Gestão de Portfólio 21/03-Iniciação e Planejamento do projeto 28/03 Planejamento

Leia mais

Apresentação. Conteúdo. Conteúdo. Revisão Conceitos Didática utilizada Papel da Integração Processo de iniciação

Apresentação. Conteúdo. Conteúdo. Revisão Conceitos Didática utilizada Papel da Integração Processo de iniciação Apresentação Conteúdo Revisão Conceitos Didática utilizada Papel da Integração Processo de iniciação Conteúdo Contexto do termo de abertura do projeto Processo do termo de abertura do projeto Contexto

Leia mais

Plano de Aula - Gestão de Recursos e Projetos - cód Horas/Aula

Plano de Aula - Gestão de Recursos e Projetos - cód Horas/Aula Plano de Aula - Gestão de Recursos e Projetos - cód. 6379-24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Retrospecto Histórico Aula 2 Capítulo 2 - Empreendedorismo Aula 3 2 - Empreendedorismo Aula 4 Capítulo 3 - Projetos

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM Marcos Sganderlla Henrique Brodbeck

Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM Marcos Sganderlla Henrique Brodbeck Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM Marcos Sganderlla Henrique Brodbeck Agosto, 2013 Modelos de negócio Processos de negócio Modelos de processos de negócio 2 Modelo de negócio Descrição formal

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA A Socioambiental (PRSA) substitui a Política Corporativa pela Sustentabilidade (2011), e incorpora a contribuição das partes interessadas

Leia mais

PROJETO INTEGRADO AULA 4 INTEGRAÇÃO E ESCOPO

PROJETO INTEGRADO AULA 4 INTEGRAÇÃO E ESCOPO PROJETO INTEGRADO AULA 4 INTEGRAÇÃO E ESCOPO PROF.: KAIO DUTRA Gerenciamento da Integração do Projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos e as atividades necessárias para identificar,

Leia mais

A importância da gestão estratégica

A importância da gestão estratégica A importância da gestão estratégica Utilizando o BSC como modelo de gestão Fábio Fontanela Moreira Luiz Gustavo M. Sedrani Roberto de Campos Lima A importância da gestão estratégica Fábio Fontanela Moreira,

Leia mais

Estrutura de Gerenciamento de Risco de Crédito

Estrutura de Gerenciamento de Risco de Crédito Risco de Crédito Estrutura de Gerenciamento de Risco de Crédito Conforme a resolução 3.721 do Banco Central do Brasil, define-se risco de crédito como a possibilidade de ocorrência de perdas associadas

Leia mais

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS Ao concluir o MBA em Gerenciamento de Projetos você será capaz de gerenciar e atuar em projetos de qualquer natureza e nível de conhecimento e complexidade, em qualquer

Leia mais

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS Ao concluir o MBA em Gerenciamento de Projetos você será capaz de gerenciar e atuar em projetos de qualquer natureza e nível de complexidade, em qualquer segmento de mercado.

Leia mais

Qual o papel do PMO (Project Management Office) nas Estruturas Organizacionais

Qual o papel do PMO (Project Management Office) nas Estruturas Organizacionais Paper Qual o papel do PMO (Project Management Office) nas Estruturas Organizacionais Abstract James Baldwin escritor norte americano (1924 1987) já dizia Nem tudo que se enfrenta pode ser modificado. Mas

Leia mais

Gestão integrada de projetos

Gestão integrada de projetos www.pwc.com Gestão integrada de projetos Seminário de Tecnologia para rastreabilidade de medicamentos São Paulo, 29 de maio de 2014 O que abordaremos? Tema Proposta tema Desafios para uma gestão das interdependências

Leia mais

Sem fronteiras para o conhecimento. Pacote Formação Especialista em Lean Manufacturing

Sem fronteiras para o conhecimento. Pacote Formação Especialista em Lean Manufacturing 1 Sem fronteiras para o conhecimento Pacote Formação Especialista em Lean Manufacturing 2 Seja um Especialista Lean Manufacturing O pacote de Formação de Especialista em Lean Manufacturing une a filosofia

Leia mais

Introdução controle manual pelo coordenador da disciplina: abordagem conceitual: jogos lúdicos:

Introdução controle manual pelo coordenador da disciplina: abordagem conceitual: jogos lúdicos: 1 Introdução Desde a última década, uma nova forma de ensino na área administrativa tem chamado a atenção por seu espírito inovador, pela forma dinâmica de seu aprendizado e pela criatividade estimulada

Leia mais

OSM - PROCESSOS ORGANIZACIONAIS BPM / BPMN

OSM - PROCESSOS ORGANIZACIONAIS BPM / BPMN OSM - PROCESSOS ORGANIZACIONAIS BPM / BPMN BPM - BUSINESS PROCESS MANAGEMENT (GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO) Os princípios fundamentais de BPM enfatizam a visibilidade, a responsabilidade e a capacidade

Leia mais

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 Sumário Introdução, 1 Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 1 Direcionadores do Uso de Tecnologia de Informação, 7 1.1 Direcionadores de mercado, 8 1.2 Direcionadores organizacionais,

Leia mais

Pós-Graduação. Gestão Estratégica de Processos de Negócios

Pós-Graduação. Gestão Estratégica de Processos de Negócios Pós-Graduação Gestão Estratégica de Processos de Negócios - 2017 Disciplinas: 1) Introdução a BPM, Contexto Organizacional e Profissional 2) Estratégia e Modelagem do Negócio Aplicada com Foco em BPM 3)

Leia mais

QUADRO DE DISCIPLINAS

QUADRO DE DISCIPLINAS QUADRO DE DISCIPLINAS Disciplinas 1 Horas- Aula 2 1. Fundamentos do Gerenciamento de Projetos 24 2. Gerenciamento do Escopo em Projetos 24 3. Gerenciamento da Qualidade em Projetos 12 4. Gerenciamento

Leia mais

Aula 04. Estrutura Organizacional 22/08/2012. Impactos organizacionais

Aula 04. Estrutura Organizacional 22/08/2012. Impactos organizacionais Aula 04 Impactos organizacionais Sistemas de Informação TADS 4. Semestre Prof. André Luís 1 2 Estrutura Organizacional Refere-se às subunidades organizacionais e ao modo como elas se relacionam à organização

Leia mais

Project Builder: Apoio a Gestão de Projetos do Nível G ao C do MPS.BR

Project Builder: Apoio a Gestão de Projetos do Nível G ao C do MPS.BR Project Builder: Apoio a Gestão de Projetos do Nível G ao C do MPS.BR Bernardo Grassano 1, Analia Irigoyen Ferreiro Ferreira 2, Mariano Montoni 3 1 Project Builder Av. Rio Branco 123, grupo 612, Centro

Leia mais

USO DO MODELO PMO MATURITY CUBE NO DIAGNÓSTICO DA ADERÊNCIA DO PROCESSO DE GERENCIAMENTO DE PORTFOLIO DE PROJETOS NO NÍVEL F DO MR-MPS-SW

USO DO MODELO PMO MATURITY CUBE NO DIAGNÓSTICO DA ADERÊNCIA DO PROCESSO DE GERENCIAMENTO DE PORTFOLIO DE PROJETOS NO NÍVEL F DO MR-MPS-SW CONEXÃO FAMETRO: ÉTICA, CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE XII SEMANA ACADÊMICA ISSN: 2357-8645 USO DO MODELO PMO MATURITY CUBE NO DIAGNÓSTICO DA ADERÊNCIA DO PROCESSO DE GERENCIAMENTO DE PORTFOLIO DE PROJETOS

Leia mais

A Participação do PMO na Governança do Portfólio: Seleção e Gestão de Projetos Alinhados com a Estratégia do Negócio.

A Participação do PMO na Governança do Portfólio: Seleção e Gestão de Projetos Alinhados com a Estratégia do Negócio. A Participação do PMO na Governança do Portfólio: Seleção e Gestão de Projetos Alinhados com a Estratégia do Negócio Ronaldo Sachetto Agenda Tipos de PMO / Posicionamento na Estrutura Organizacional Participação

Leia mais

Responsáveis: ¹José Benício Cruz Costa

Responsáveis: ¹José Benício Cruz Costa GESTÃO DE PROJETOS EDUCACIONAIS: IMPLANTAÇÃO DE UM ESCRITÓRIO DE PROJETOS NO PROGRAMA PCNA-ITEC 1 Daniel Costa Nogueira; 1 Bruna Rafaela Tavares Lopes; 1 Universidade Federal do Pará (UFPA) Responsáveis:

Leia mais

PESQUISA REALIZADA COM OS PARTICIPANTES DO 15º SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO DE PROJETOS

PESQUISA REALIZADA COM OS PARTICIPANTES DO 15º SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO DE PROJETOS PESQUISA REALIZADA COM OS PARTICIPANTES DO 15º SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO DE PROJETOS APRESENTAÇÃO O perfil do profissional de projetos CENÁRIO Pesquisa realizada durante o 15 Seminário Nacional de Gestão

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: GESTÃO DE PROJETOS Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos ÁREAS DE CONHECIMENTO [01] Nós já sabemos que o Guia PMBOK é dividido em 10 áreas do conhecimento relacionadas

Leia mais

PORTARIA Nº 2.164, 30 de Setembro de Aprova o Regimento Interno da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos.

PORTARIA Nº 2.164, 30 de Setembro de Aprova o Regimento Interno da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos. PORTARIA Nº 2.164, 30 de Setembro de 2011 Aprova o Regimento Interno da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos. O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso de suas atribuições que lhes

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA PROVA DE GESTÃO DE PROJETOS

QUESTIONÁRIO PARA PROVA DE GESTÃO DE PROJETOS QUESTIONÁRIO PARA PROVA DE GESTÃO DE PROJETOS 1. Quais são os níveis de escritórios no Projeto? As responsabilidades de um PMO, podem variar desde fornecer funções de suporte ao gerenciamento de projetos

Leia mais

Introdução ao BPM. O que é BPM?

Introdução ao BPM. O que é BPM? Introdução ao BPM O Business Process Management possibilita padronizar processos corporativos e ganhar pontos de produtividade e eficiência. As soluções de BPM servem ainda para medir, analisar e aperfeiçoar

Leia mais

Desenvolvimento de Software

Desenvolvimento de Software PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações Total de Páginas:16 Versão: 1.0 Última Atualização: 26/07/2013 Índice

Leia mais

Gerenciamento da Integração de Projetos. Parte 03. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301. Docente: Petrônio Noronha de Souza

Gerenciamento da Integração de Projetos. Parte 03. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301. Docente: Petrônio Noronha de Souza Gerenciamento da Integração de Projetos Parte 03 Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301 Docente: Petrônio Noronha de Souza Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais Concentração: Engenharia e Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento de Integração. Prof. Anderson Valadares

Gerenciamento de Integração. Prof. Anderson Valadares Gerenciamento de Integração Prof. Anderson Valadares 1. Conceito A área de conhecimento em gerenciamento de integração do projeto inclui processos e as atividades necessárias para identificar, definir,

Leia mais

Projeto Físico e Lógico de Redes de Processamento. Kleber A. Ribeiro

Projeto Físico e Lógico de Redes de Processamento. Kleber A. Ribeiro Projeto Físico e Lógico de Redes de Processamento Kleber A. Ribeiro Um pouco sobre o PMI PMI - Project Management Institute PMI Instituição internacional sem fins lucrativos criada em 1969 Desenvolve normas,

Leia mais

RIV-02 Data da publicação: 02/jun/2017

RIV-02 Data da publicação: 02/jun/2017 Resumo Descreve os componentes do SCI Sistema de Controles Internos da Riviera Investimentos e estabelece as responsabilidades e procedimentos para a sua gestão. Sumário 1. Objetivo...2 2. Público-alvo...2

Leia mais

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO AOS NEGÓCIOS PARA UMA PEQUENA EMPRESA DE SOFTWARE.

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO AOS NEGÓCIOS PARA UMA PEQUENA EMPRESA DE SOFTWARE. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO AOS NEGÓCIOS PARA UMA PEQUENA EMPRESA DE SOFTWARE. Autora: Érika Suzuki Orientadora: Aline França de Abreu Coorientador/Responsável: Roberto Pacheco Banca: Fernando Gauthier João

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 52.567, DE 23 DE SETEMBRO DE 2015. (publicado no DOE n.º 183, de 24 de setembro de 2015) Dispõe sobre o

Leia mais

6. Considerações finais

6. Considerações finais 74 6. Considerações finais Esse trabalho propôs-se a responder a seguinte questão: de que maneira o Método do Quadro Lógico pode ser favorecido pelo emprego do Guia PMBOK na Gestão de Projetos de Desenvolvimento?

Leia mais

Título do Slide Máximo de 2 linhas

Título do Slide Máximo de 2 linhas Título do Slide 13ª Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos Visibilidade ponta a ponta dos Projetos de Software da DATAPREV Denise Cascardo Luz Silva 17/09/13 AGENDA Título do Slide A DATAPREV

Leia mais

Marli de Oliveira Macedo¹, Michele Rodrigues². Introdução

Marli de Oliveira Macedo¹, Michele Rodrigues². Introdução 99 BALANCED SCORECARD COMO FERRAMENTA DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Marli de Oliveira Macedo¹, Michele Rodrigues² Resumo: O planejamento estratégico é o processo administrativo que estabelece a melhor direção

Leia mais

Apresentação Executiva. Soluções em Tecnologia,Negócios... E Educação.

Apresentação Executiva. Soluções em Tecnologia,Negócios... E Educação. Apresentação Executiva Soluções em Tecnologia,Negócios...... E Educação. Agenda Quem somos Missão Área de Atuação Alguns Clientes Linhas de Negócio Estrutura Organizacional Competências Metas de Curto

Leia mais

Gerenciando Obras de Engenharia de Forma Eficaz

Gerenciando Obras de Engenharia de Forma Eficaz Gerenciando Obras de Engenharia de Forma Eficaz 08/07/15 Vinícius Bravim, MBA, PMP Palestrante Vinícius Bravim, MBA, PMP Especialista em Gerenciamento de Projetos pela FGV, certificado PMP (Project Management

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS DA BRASKEM

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS DA BRASKEM ANEXO À PD.CA/BAK-37/2010 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS DA BRASKEM Aprovada pelo Conselho de Administração da Braskem S.A. em 29 de Novembro de 2010 1 XX/XX/10 RAE Inventimentos LE Braskem Revisão Data da

Leia mais

AULA 3 ETAPAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

AULA 3 ETAPAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS AULA 3 ETAPAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS Projeto de longo prazo Tem variados objetivos, focos e etapas; Depende de muitas pessoas, organizações, decisões em outras instâncias, grande captação de recursos

Leia mais

DA INDUSTRIA, no uso de suas atribuições legais, regulamentares e regimentais,

DA INDUSTRIA, no uso de suas atribuições legais, regulamentares e regimentais, RESOLU ÇÃO N 0212005 NOVA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO DEPARTAMENTO NACIONAL 1)0 SESI - APROVA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS - O PRESIDENTE DO DO SERVIÇO SOCIAL DA INDUSTRIA, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras

Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras KPMG Risk & Compliance Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras Conteúdo 1. Contexto geral 6. Estrutura e funcionamento do Conselho

Leia mais

Novos modelos de negócio na era digital A transformação sem fronteiras

Novos modelos de negócio na era digital A transformação sem fronteiras Novos modelos de negócio na era digital A transformação sem fronteiras Dilemas da era da economia digital Descompasso envolvendo culturas e estruturas na maior parte das empresas Tecnologias do século

Leia mais

ROTARY INTERNACIONAL ORGANIZAÇÃO MULTIDISTRITAL DE INFORMAÇÕES DE ROTARACT CLUBS - BRASIL EQUIPE DE PROJETOS GUIA BÁSICO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

ROTARY INTERNACIONAL ORGANIZAÇÃO MULTIDISTRITAL DE INFORMAÇÕES DE ROTARACT CLUBS - BRASIL EQUIPE DE PROJETOS GUIA BÁSICO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS ROTARY INTERNACIONAL ORGANIZAÇÃO MULTIDISTRITAL DE INFORMAÇÕES DE ROTARACT CLUBS - BRASIL EQUIPE DE PROJETOS GUIA BÁSICO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 1 INTRODUÇÃO O documento apresenta de forma objetiva

Leia mais

ANEXO III DA RESOLUÇÃO 009/09/DPR GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO DE EXPANSÃO - GPLAN

ANEXO III DA RESOLUÇÃO 009/09/DPR GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO DE EXPANSÃO - GPLAN ANEXO III DA RESOLUÇÃO 009/09/DPR GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO DE EXPANSÃO - GPLAN 1.0 Objetivo Promover o planejamento físico-financeiro, acompanhamento e controle das ações de implantação, ampliação e melhoria

Leia mais

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES CICLO MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Ciclo MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Mentoring Inspira o participante a melhorar seu desempenho

Leia mais

Portugal Reinvente o seu Modelo de Negócio com o apoio da WINNING! Financie os seus projetos com as tipologias VALE Projeto Simplificado

Portugal Reinvente o seu Modelo de Negócio com o apoio da WINNING! Financie os seus projetos com as tipologias VALE Projeto Simplificado Portugal 2020 Financie os seus projetos com as tipologias VALE Projeto Simplificado Os apoios previstos são concedidos sob a forma de Incentivo Não Reembolsável até 75%. O limite máximo de despesa elegível

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática 40h

Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática 40h Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática 40h Domine os conhecimentos em gerenciamento de projetos e esteja um passo a frente no mercado. Cada vez mais, as empresas reconhecem a importância de profissionais

Leia mais

Razões de Fracasso e Sucesso de Projetos

Razões de Fracasso e Sucesso de Projetos Razões de Fracasso e Sucesso de Projetos Agenda Filme O Reino Perdido Contexto Atual - CHAOS Report Conceitos Fundamentais Projeto Projeto versus Operação Gerenciamento de Projetos Stakeholders Sucesso

Leia mais

PORQUE FAZER ESTE CURSO?

PORQUE FAZER ESTE CURSO? MS-PROJECT 2016 1 PORQUE FAZER ESTE CURSO? O curso Gerenciando Projetos com Microsoft Project 2016" tem como objetivo ensinar os recursos do MS-Project, sendo destinado aos participantes que desejam se

Leia mais

PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO RESUMO EXECUTIVO JUSTIFICATIVA TERMO DE ABERTURA DO PROJETO AMPLIADO

PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO RESUMO EXECUTIVO JUSTIFICATIVA TERMO DE ABERTURA DO PROJETO AMPLIADO PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO TERMO DE ABERTURA DO PROJETO AMPLIADO Portfólio de Projetos Estratégicos de 2013 Objetivo Estratégico: PM09 - Implementar política de de servidores em consonância com os objetivos

Leia mais

16h. Um curso de Gestão de Projetos dinâmico e multidisciplinar, para quem está iniciando na área. Gerenciamento de Projetos - Fundamentos

16h. Um curso de Gestão de Projetos dinâmico e multidisciplinar, para quem está iniciando na área. Gerenciamento de Projetos - Fundamentos Um curso de Gestão de Projetos dinâmico e multidisciplinar, para quem está iniciando na área. Aqui você aprende de forma totalmente prática como planejar, executar e controlar projetos de acordo com as

Leia mais

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. Aula 5

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. Aula 5 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE Aula 5 1 AGENDA GERENCIAMENTO DE PROJETOS Tecnicas e conhecimentos (PMI) Processo Praxis 3.0 (Baseado em PMI) Visão Geral Atividades Bibliografia 2 Questões

Leia mais

Gestão de Projetos: Práticas PMBoK Guide

Gestão de Projetos: Práticas PMBoK Guide Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu Gestão de Projetos: Práticas PMBoK Guide Autor & Coordenador da Nova Proposta Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva Departamento de Administração O Curso O curso de pós-graduação

Leia mais

GOVERNANÇA NA FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL 1. INTRODUÇÃO

GOVERNANÇA NA FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL 1. INTRODUÇÃO GOVERNANÇA NA FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL 1. INTRODUÇÃO 1.1 As disposições contidas a seguir foram extraídas de documentos e de deliberações que regulam a atuação da Fundação Banco do Brasil, cuja consulta,

Leia mais

Como Garantir o Sucesso no Gerenciamento de Projetos com Foco em Liderança e Gestão. Paul Dinsmore

Como Garantir o Sucesso no Gerenciamento de Projetos com Foco em Liderança e Gestão. Paul Dinsmore Como Garantir o Sucesso no Gerenciamento de Projetos com Foco em Liderança e Gestão Paul Dinsmore PAUL DINSMORE Autoridade em Gerenciamento de Projetos e Gestão Organizacional. Autor ou coordenador de

Leia mais

Programa Gestão Estratégica de Pessoas. Projeto Corporativo BNDES

Programa Gestão Estratégica de Pessoas. Projeto Corporativo BNDES Programa Gestão Estratégica de Pessoas Projeto Corporativo BNDES CONTEXTO Desafios novos e crescentes Produtividade 1950 1960 Infraestrutura Econômica - Siderurgia Indústrias de Base - Bens de Consumo

Leia mais

CONHEÇA TODAS AS SOLUÇÕES EM NEGÓCIOS, PROJETOS E FORMAÇÃO QUE A PMBASIS TEM PARA SUA EMPRESA OU INSTITUIÇÃO.

CONHEÇA TODAS AS SOLUÇÕES EM NEGÓCIOS, PROJETOS E FORMAÇÃO QUE A PMBASIS TEM PARA SUA EMPRESA OU INSTITUIÇÃO. www.pmbasis.com.br CONHEÇA TODAS AS SOLUÇÕES EM NEGÓCIOS, PROJETOS E FORMAÇÃO QUE A PMBASIS TEM PARA SUA EMPRESA OU INSTITUIÇÃO. Crescer, Desenvolver, Multiplicar-se. Nossos melhores sonhos começam assim.

Leia mais

Gestão de Projetos Gestão Financeira, Auditoria e Controladoria.

Gestão de Projetos Gestão Financeira, Auditoria e Controladoria. Gestão de Projetos Gestão Financeira, Auditoria e Controladoria. Luiza Zaramela ÍNDICE Introdução Projetos 2 APRESENTAÇÃO DO PLANO DE ENSINO I) Introdução a Projetos O que é um Projeto? Características

Leia mais

PMO VALUE RING: sobrevivendo em tempos difíceis

PMO VALUE RING: sobrevivendo em tempos difíceis White Paper PMO VALUE RING: sobrevivendo em tempos difíceis Por Américo Pinto, MBA, PMP 2 PMO VALUE RING: sobrevivendo em tempos difíceis Gerar valor efetivo para a organização é, e sempre será, o grande

Leia mais

PMO PRESTADOR DE SERVIÇOS : FATORES DE SUCESSO DE UM ESCRITÓRIO DE PROJETOS

PMO PRESTADOR DE SERVIÇOS : FATORES DE SUCESSO DE UM ESCRITÓRIO DE PROJETOS PMO PRESTADOR DE SERVIÇOS : FATORES DE SUCESSO DE UM ESCRITÓRIO DE PROJETOS QUEM VOS FALA? LEONARDO AVELAR OLIVEIRA Bonsucessense e Belorizontino de coração! Corredor indisciplinado e Ciclista não praticante!

Leia mais

Administração de Projetos

Administração de Projetos Administração de Projetos gerenciamento da integração Prof. Robson Almeida Antes, uma breve revisão Processos de Iniciação Iniciação Iniciação Escopo do Projeto Planejamento Iniciação Processos de Planejamento

Leia mais

Como Avaliar a Maturidade do seu Escritório de Projetos?

Como Avaliar a Maturidade do seu Escritório de Projetos? Como Avaliar a Maturidade do seu Escritório de Projetos? Americo Pinto, Doutorando, ESC-Lille, França Marcelo Cota, Doutorando, USP, Brasil Dr. Ginger Levin, UWP, USA Por que um modelo de avaliação de

Leia mais

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento:

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento: Com carga horária de 420 horas o curso de MBA em Gestão de Projetos é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no curso: 04) para avaliação nos diversos pólos,

Leia mais

PROPOSTA DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO MODELO ÊNFASE MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL: ÊNFASE PROJETOS. conexao.com/fgv

PROPOSTA DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO MODELO ÊNFASE MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL: ÊNFASE PROJETOS. conexao.com/fgv PROPOSTA DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO MODELO ÊNFASE MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL: ÊNFASE PROJETOS conexao.com/fgv FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas é uma instituição privada, sem fins lucrativos,

Leia mais

PLANEJAMENTO CICLO PDCA PLANEJAMENTO CICLO PDCA PLANO DO PROJETO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ 28/03/2016. PROFª MSc. HELOISA F.

PLANEJAMENTO CICLO PDCA PLANEJAMENTO CICLO PDCA PLANO DO PROJETO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ 28/03/2016. PROFª MSc. HELOISA F. SETOR DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL GESTÃO DE Prof.ª: MSc.: Heloisa Fuganti Campos 2 SUBMETIDA E APROVADA A PROPOSTA DO PROJETO PLANEJAMENTO PROCESSO DE PLANEJAMENTO

Leia mais

CURSO: MBA EM DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS COM ÊNFASE EM COMPETÊNCIAS

CURSO: MBA EM DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS COM ÊNFASE EM COMPETÊNCIAS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CURSO: MBA EM DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS COM ÊNFASE EM COMPETÊNCIAS ANO 15/1 : UNIDADE BUENO - SÁBADOS QUINZENAIS DISCIPLINA CARGA HORÁRIA COORDENADOR: Profa Carmen Rizzotto

Leia mais

Gestão de Controles Internos COSO e as 3 Linhas de Defesa

Gestão de Controles Internos COSO e as 3 Linhas de Defesa Gestão de Controles Internos COSO e as 3 Linhas de Defesa Rodrigo Fontenelle, CGAP,CCSA,CRMA CGE TOP Agenda Base Normativa. Por quê precisamos falar sobre isso? COSO O Modelo das 3 Linhas de Defesa Enfoque

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE MÉTODOS QUANTITATIVOS E SIMULADORES DE RISCOS EM PROJETOS CONSULTORIA

IMPLANTAÇÃO DE MÉTODOS QUANTITATIVOS E SIMULADORES DE RISCOS EM PROJETOS CONSULTORIA IMPLANTAÇÃO DE MÉTODOS QUANTITATIVOS E SIMULADORES DE RISCOS EM PROJETOS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Aumente a confiabilidade dos resultados de suas previsões através dos mais modernos simuladores

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Apresentação do Plano de Ensino. Luiz Leão

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Apresentação do Plano de Ensino. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Quem sou eu? Site: http://www.luizleao.com Introdução Para aprender a Gerir, Conceber, Desenvolver, Testar, avaliar a qualidade, avaliar a segurança,

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T10

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T10 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T10 TELECONFERÊNCIAS 12/05/2010 (quarta-feira) AGENDA 2010 Uma só empresa, melhor e mais forte SUMÁRIO EXECUTIVO 1 PRESENÇA NACIONAL 2 2 1 720 escolas associadas no Ensino Básico

Leia mais

Como garantir a Governança da Segurança da Informação

Como garantir a Governança da Segurança da Informação Como garantir a Governança da Segurança da Informação Prof. Ms. Edison Fontes, CISM, CISA, CRISC edison@pobox.com Salvador, 01 de Setembro de 2016 1 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO Governança e Direcionadores

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos do Estado de Mato Grosso

Metodologia de Gerenciamento de Projetos do Estado de Mato Grosso Metodologia de Gerenciamento de Projetos do Estado de Mato Grosso Versão 2.0. SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 5 2 INTRODUÇÃO... 6 3 AVALIAÇÃO DE MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS... 7 4 METODOLOGIA DE

Leia mais

A estrutura do gerenciamento de projetos

A estrutura do gerenciamento de projetos A estrutura do gerenciamento de projetos Ciclo de vida e organização do projeto 1 Ciclo de Vida do Projeto Fases do Projeto são divisões de um projeto onde controle adicional é necessário para gerenciar

Leia mais