UNIDADE 6 CONCEITOS BÁSICOS EM NORMATIZAÇÃO TÉCNICA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIDADE 6 CONCEITOS BÁSICOS EM NORMATIZAÇÃO TÉCNICA"

Transcrição

1 UNIDADE 6 CONCEITOS BÁSICOS EM NORMATIZAÇÃO TÉCNICA Para o exercício da Engenharia Civil, além dos conhecimentos técnicos, devemos seguir determinadas normas técnicas. Internaci onal Nacional Estadual Municipal No Brasil temos a ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas que é a responsável pela normatização de várias atividades 1

2 Na área de Engenharia civil, temos como exemplo a NBR 9050 Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Como exemplo, podemos citar o prédio central da Faculdade Vértice que é dotado de uma rampa com inclinação de 8,3% para atender a referida Norma. Para projetos de estruturas de concreto, temos, por exemplo: NBR 6118/2003 Projeto de estruturas de concreto. NBR 7188/1984 Carga móvel em ponte rodoviária NBR 8681/2003 Ações e segurança nas estruturas NBR 7187/2003 Projeto de pontes de concreto armado 2

3 3

4 A ABNT está subordinada a ISO Organização Internacional para Padronização ou Organização Internacional de Normalização em inglês: International Organization for Standardization Popularmente conhecida como ISO é uma entidade que atualmente congrega os grêmios de padronização/normalização de 170 países. Fundada em 23 de fevereiro de 1947, em Genebra, na Suíça, a ISO aprova normas internacionais em todos os campos técnicos. 4

5 Embora popularmente se acredite que a expressão "ISO" é um acrônimo de "International Standards Organization", na realidade o nome tem origem grega ("isos"), que significa igualdade. Evita-se com isso que a organização possua diferentes acrônimos em diferentes idiomas, já que em inglês, o acrônimo seria IOS (International Organization for Standardization), em francês OIN (Organisation internationale de normalisation), e assim por diante. A escolha do nome "ISO" reflete assim o objetivo da organização, ou seja, a padronização entre as diversas culturas. Tipos de classificações Entre os tipos de classificações da ISO, encontram-se: Normas Técnicas, como por exemplo as da ABNT; Classificações, como por exemplo, os códigos de países (PT / PRT / 620 para Portugal; BR / BRA / 076 para Brasil) 5

6 Organizações responsáveis pelas ISO (exemplos) por país: Alemanha - Deutsches Institut für Normung e.v. (DIN) Angola - Instituto Angolano de Normalização e Qualidade (IANORQ) Brasil - Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) Estados Unidos da América - American National Standards Institute (ANSI) Algumas normas ou standards importantes da ISO: ISO 31 Tamanhos e unidades. ISO Gestão da qualidade (aplicada em gestão de projetos). ISO e ISO Normas de gestão do ambiente em ambientes de produção. 6

7 ISO Sistema de gestão da qualidade em ambientes de produção. ISO 9001:1987 Modelo de garantia da qualidade para design, desenvolvimento, produção, montagem e prestadores de serviço - aplicava-se a organizações cujas atividades eram voltadas à criação de novos produtos. ISO 9002:1987 Modelo de garantia da qualidade para produção, montagem e prestação de serviço - compreendia essencialmente o mesmo material da anterior, mas sem abranger a criação de novos produtos. ISO 9003:1987 Modelo de garantia da qualidade para inspeção final e teste - abrangia apenas a inspeção final do produto e não se preocupava como o produto era feito. 7

8 Houveram modificações desta norma em 1994, 2000, 2005 e UNIDADE 7 PESQUISA TECNOLÓGICA No exercício da Engenharia Civil estamos sempre buscando novas técnicas e soluções para os novos problemas a serem enfrentados e resolvidos no nosso dia a dia. 8

9 Para as situações que já foram enfrentadas e resolvidas, temos onde pesquisar e buscar dados para resolver as particularidades de nossos projetos, mas e se o que estamos buscando é uma situação totalmente nova? Para isso, é que existe a pesquisa tecnológica, ou seja, busca de soluções para casos que ainda não foram resolvidos ou descobrir uma nova maneira de resolver antigas situações de maneira mais segura e ou econômica, por exemplo. Para que a Engenharia possa evoluir em qualidade e segurança é de fundamental importância a Pesquisa Tecnológica. 9

NORMALIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO BIBLIOGRÁFICA

NORMALIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO BIBLIOGRÁFICA NORMALIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO BIBLIOGRÁFICA Luciana Danielli de Araujo CTIC / ICICT / FOCRUZ 26 de agosto 2013 O QUE É NORMALIZAÇÃO? Atividade que estabelece, em relação a problemas existentes ou potenciais,

Leia mais

Blumenau Engenharia Civil

Blumenau Engenharia Civil Blumenau Engenharia Civil Disciplina TOPOGRAFIA E GEODÉSIA I Aula 4: Normalização Professor: Eng. Daniel Funchal, Esp. ESCALAS NBR 8196 refere-se ao emprego de escalas no desenho A escala de um desenho

Leia mais

ISO 9000, ISO 12207 e ISO 15504. Professor Gabriel Baptista ( gabriel.baptista@uninove.br ) ( http://sites.google.com/site/professorgabrielbaptista )

ISO 9000, ISO 12207 e ISO 15504. Professor Gabriel Baptista ( gabriel.baptista@uninove.br ) ( http://sites.google.com/site/professorgabrielbaptista ) Qualidade de Software Aula 5 (Versão 2012-01) 01) ISO 9000, ISO 12207 e ISO 15504 Professor Gabriel Baptista ( gabriel.baptista@uninove.br ) ( http://sites.google.com/site/professorgabrielbaptista ) Revisando...

Leia mais

Desenho Digital. Eng. Civil Fernando Victor Lourenço de Oliveira. Macapá- AP

Desenho Digital. Eng. Civil Fernando Victor Lourenço de Oliveira. Macapá- AP Desenho Digital. Eng. Civil Fernando Victor Lourenço de Oliveira. Macapá- AP Objetivo Uniformizar o desenho por meio de um conjunto de regras ou recomendações que regulamentam a execução e a leitura de

Leia mais

AULA II CONTROLE E QUALIDADE. Prof.: Alessandra Miranda

AULA II CONTROLE E QUALIDADE. Prof.: Alessandra Miranda AULA II CONTROLE E QUALIDADE Prof.: Alessandra Miranda Conceitos: Controlar: estando a organização devidamente planejada, organizada e liderada, é preciso que haja um acompanhamento das atividades, a fim

Leia mais

NOÇÕES DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS E DESENHO TÉCNICO - Prof. João Artur Izzo NOÇÕES DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS E DESENHO TÉCNICO

NOÇÕES DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS E DESENHO TÉCNICO - Prof. João Artur Izzo NOÇÕES DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS E DESENHO TÉCNICO 1 NOÇÕES DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS E DESENHO TÉCNICO 2 A comunicação gráfica de idéias A comunicação gráfica é tão antiga quanto o homem e tem, ao longo dos tempos, um desenvolvimento paralelo ao desenvolvimento

Leia mais

NORMALIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO BIBLIOGRÁFICA

NORMALIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO BIBLIOGRÁFICA NORMALIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO BIBLIOGRÁFICA Luciana Danielli de Araujo CTIC / ICICT / FOCRUZ 03 de outubro 2016 O QUE É NORMALIZAÇÃO? Atividade que estabelece, em relação a problemas existentes ou potenciais,

Leia mais

AVISO N.º06/2015. - Número Bancário Angolano (NBA) - Número Internacional de Conta Bancária (IBAN)

AVISO N.º06/2015. - Número Bancário Angolano (NBA) - Número Internacional de Conta Bancária (IBAN) Publicado no Diário da República, I série, nº 53, de 20 de Abril AVISO N.º06/2015 ASSUNTO: SISTEMA DE PAGAMENTOS DE ANGOLA - Número Bancário Angolano (NBA) - Número Internacional de Conta Bancária (IBAN)

Leia mais

Ensaio de tração: procedimentos normalizados

Ensaio de tração: procedimentos normalizados A U A UL LA Ensaio de tração: procedimentos normalizados Introdução Hoje em dia é comum encontrar uma grande variedade de artigos importados em qualquer supermercado e até mesmo em pequenas lojas de bairro:

Leia mais

PROJETO INDICADORES PARA NORMAS TÉCNICAS Desenvolvido pela Secretaria do CB-10, em agosto de 2006.

PROJETO INDICADORES PARA NORMAS TÉCNICAS Desenvolvido pela Secretaria do CB-10, em agosto de 2006. PROJETO INDICADORES PARA NORMAS TÉCNICAS Desenvolvido pela Secretaria do CB-10, em agosto de 2006. I) INDICADORES PARA AVALIAR A QUALIDADE DA COLETÂNEA NACIONAL EM RELAÇAO A COLETÃNEA INTERNACIONAL Com

Leia mais

Qualidade. Introdução à Administração de Empresas. Prof. Luiz Antonio 01/03/2007

Qualidade. Introdução à Administração de Empresas. Prof. Luiz Antonio 01/03/2007 Introdução à Administração de Empresas Prof. Luiz Antonio 01/03/2007 Histórico Era Artesanal (séc. XIX) Etapas da produção controladas pelo artesão. Compra dos materiais e insumos Acabamento Entrega do

Leia mais

Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) P R O F. ª : S U Z I A N E A N T E S J A C O B S

Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) P R O F. ª : S U Z I A N E A N T E S J A C O B S Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) P R O F. ª : S U Z I A N E A N T E S J A C O B S Sistema APPCC Projeto APPCC : Anvisa e Senai Ferramenta de gestão de risco desenvolvida para garantir

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Contexto SGQ SGQ Sistema de Gestão da Qualidade Sistema (Definição do dicionário Michaelis) 1- Conjunto de princípios

Leia mais

A Norma ABNT NBR ISO 50001 Gestão de energia. André Carvalho

A Norma ABNT NBR ISO 50001 Gestão de energia. André Carvalho Normalização A Norma ABNT NBR ISO 50001 Gestão de energia Cursos André Carvalho Analista Técnico Certificação ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT Normalização Entidade sem fins lucrativos

Leia mais

Desenho Auxiliado por Computador

Desenho Auxiliado por Computador UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA ENE073 Seminários em Eletrotécnica Desenho Auxiliado por Computador (CAD - Computer Aided Design) Prof. Flávio Vanderson Gomes E-mail: flavio.gomes@ufjf.edu.br Aula

Leia mais

Aula 7 - Normatização em Desenho Técnico, Formatos, Margens, Legenda e Dobramento de Cópia

Aula 7 - Normatização em Desenho Técnico, Formatos, Margens, Legenda e Dobramento de Cópia Universidade Federal do Oeste da Bahia UFOB CENTRO DAS CIÊNCIAS EXATAS E DAS TECNOLOGIAS CET0176 Introdução ao Desenho Técnico Aula 7 - Normatização em Desenho Técnico, Formatos, Margens, Legenda e Dobramento

Leia mais

Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental

Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental Série ISO 14000 Prof. Gustavo Rodrigo Schiavon Eng. Ambiental A questão ambiental empresarial encontrase em fases distintas nos diversos países do mundo: De

Leia mais

ISO 9000 e ISO 14.000

ISO 9000 e ISO 14.000 DISCIPLINA: QUALIDADE NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFESSORA: ALEXSANDRA GOMES PERÍODO: 3º PERÍODO CARGA HORÁRIA: 60 HORAS ISO 9000 e ISO 14.000 ISO 9000 A expressão ISO 9000 designa um grupo de normas técnicas

Leia mais

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas. Módulo: Gestão da Qualidade. Profa. Maria do Carmo Calado

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas. Módulo: Gestão da Qualidade. Profa. Maria do Carmo Calado FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo: Gestão da Qualidade Profa. Maria do Carmo Calado Aula 3 O surgimento e a importância das Normas ISO Objetivos: Esclarecer como se deu o processo

Leia mais

Professor: Jarbas Araújo.

Professor: Jarbas Araújo. Professor: Jarbas Araújo professorjarbasaraujo@gmail.com AS REDES DE COMPUTADORES E AS ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS DE PADRONIZAÇÃO 2 3 Além das diferentes formas de classificação já vistas anteriormente

Leia mais

TEXTO: INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

TEXTO: INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL FACENS / IAT Instituto de Aperfeiçoamento Tecnológico Curso de Pós-Graduação MBA Lato-Sensu em: Gestão, Auditoria e Perícia Ambiental Disciplina: Gerenciamento e Controle Ambiental Carga horária: 24h Prof.

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software Qualidade de Software Prof. Sam da Silva Devincenzi sam.devincenzi@gmail.com ISO International Organization for Standardization Organização não governamental que elabora normas internacionais, que visam

Leia mais

Teste de Coeficiente de Absorção em Câmara Reverberante

Teste de Coeficiente de Absorção em Câmara Reverberante Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Engenharia Mecânica Grupo de Tecnologia em Vibrações e Acústica Fone: (48) 99539377-32340689 / 37217716 Ramal 22 e-mail: arcanjo@lva.ufsc.br Teste

Leia mais

DOQ-CGCRE-017. Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial

DOQ-CGCRE-017. Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial ORIENTAÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DE CALIBRAÇÃO DE MEDIDORES ANALÓGICOS DE PRESSÃO DOQ-CGCRE-017 Revisão 00 MAIO/006 _ Documento de caráter

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Introdução Engenharia de Software O principal objetivo da Engenharia de Software (ES) é ajudar a produzir software de qualidade; QUALIDADE DE SOFTWARE Empresas que desenvolvem software de qualidade são

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. Nome dos grupos

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. Nome dos grupos Especificação Sucinta de entro de Medição para 6 Medidores M-6 Processo Planejamento, Ampliação e Melhoria da Rede Elétrica Atividade Planeja o Desenvolvimento da Rede ódigo Edição Data VR.-00.223 2ª Folha

Leia mais

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico. Módulo I. Aula 01

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico. Módulo I. Aula 01 Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Módulo I Aula 01 Introdução O homem se comunica por vários meios. Os mais importantes são a fala, a escrita e o desenho. O desenho artístico é uma forma

Leia mais

Estudo das projeções. Projeções noções elementares.

Estudo das projeções. Projeções noções elementares. COLÉGIO PEDRO II U E EN II 2ª série Ensino Médio Estudo das Projeções Março/ 2011 Aluno(a): N o Turma: Disciplina: DESENHO Coordenação: Prof. Jorge Marcelo Prof.ª: Soraya Izar Apostila extra 1 Estudo das

Leia mais

ENG 2332 CONSTRUÇÃO CIVIL I

ENG 2332 CONSTRUÇÃO CIVIL I ENG 2332 CONSTRUÇÃO CIVIL I Profº Eng Civil Bruno Rocha Cardoso Aula 3: Controle de Qualidade de Execução. Controle de Qualidade de Execução. Mas o que é Qualidade? Embora tenha demorado dois dias para

Leia mais

Jorji Nonaka (jorji.nonaka@ufpe.br) Engenharia Naval e Oceânica

Jorji Nonaka (jorji.nonaka@ufpe.br) Engenharia Naval e Oceânica Jorji Nonaka (jorji.nonaka@ufpe.br) Engenharia Naval e Oceânica Trabalho Evolução do SPLINE ao NURBS no projeto e construção naval Slides de PPT 10/10/2011 Grupo de até 3 alunos ABNT NBR 12298 Hachuras

Leia mais

Normas e Qualificação em Soldagem

Normas e Qualificação em Soldagem UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais Soldagem I Normas e Qualificação em Soldagem (Adaptado e atualizado de texto escrito pelo prof. Michael D. Hayes)

Leia mais

ESTUDO DAS PROJEÇÕES NOÇÕES ELEMENTARES 1. DEFINIÇÃO

ESTUDO DAS PROJEÇÕES NOÇÕES ELEMENTARES 1. DEFINIÇÃO Estudo das projeções ESTUDO DAS PROJEÇÕES NOÇÕES ELEMENTARES 1. DEFINIÇÃO Geometria é a ciência que tem por objetivo a medida das linhas, superfícies e dos volumes. Descrever significa representar, contar

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. 4ª 03/07/2009 Alteração do critério de aplicação e nos desenhos do ANEXO I.

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. 4ª 03/07/2009 Alteração do critério de aplicação e nos desenhos do ANEXO I. Especificação Sucinta de entro de Medição para 6 Medidores M-6 (Tipo ) Processo Planejamento, Ampliação e Melhoria da Rede Elétrica Atividade Planeja o Desenvolvimento da Rede ódigo Edição Data VR.-00.079

Leia mais

Parágrafo único. O óleo diesel para a aplicação mencionada no caput será denominado óleo diesel S10.

Parágrafo único. O óleo diesel para a aplicação mencionada no caput será denominado óleo diesel S10. RESOLUÇÃO Nº 31, DE 14 DE OUTUBRO DE 2009 O DIRETOR-GERAL DA AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS - ANP, no uso de suas atribuições, tendo em vista o disposto nos incisos I e XVIII,

Leia mais

Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental

Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental Sistemas e Instrumentos de Gestão Ambiental ISO 14001 Prof. Gustavo Rodrigo Schiavon Eng. Ambiental ISO 14001 Existem duas normas bastante difundidas para orientação da implantação de um Sistema de Gestão

Leia mais

Qualidade e Teste de Software. QTS - Norma ISO 9001-9126(NBR13596) 1

Qualidade e Teste de Software. QTS - Norma ISO 9001-9126(NBR13596) 1 Qualidade e Teste de Software 2010 1 ISO A ISO ( International Organization for Standardization) nasceu de uma conferência em Londres, em Outubro de 1946. O evento contou com a Participação de 65 delegados

Leia mais

Sumário DOCUMENTO 2 DO ANEXO 1 - PARTE I - ANEXO 15.1.28. Sistemas Mecânica Escadas Rolantes

Sumário DOCUMENTO 2 DO ANEXO 1 - PARTE I - ANEXO 15.1.28. Sistemas Mecânica Escadas Rolantes http://www.bancodobrasil.com.br 1 DOCUMENTO 2 DO ANEXO 1 - PARTE I - ANEXO 15.1.28 Sistemas Mecânica Escadas Rolantes Sumário 1. OBJETIVO... 2 2. CONDIÇÕES GERAIS... 2 3. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS... 4 4.

Leia mais

PROF. FLAUDILENIO E. LIMA

PROF. FLAUDILENIO E. LIMA UNIDADE 1 NORMAS TÉCNICAS APLICADAS AO DESENHO TÉCNICO MECÂNICO Conteúdo da unidade NORMAS TÉCNICAS APLICADAS AO DESENHO TÉCNICO MECÂNICO 1.1 Normas Técnicas. 1.2 Associação Brasileira de Normas Técnicas

Leia mais

MÓDULO 14 Sistema de Gestão da Qualidade (ISO 9000)

MÓDULO 14 Sistema de Gestão da Qualidade (ISO 9000) MÓDULO 14 Sistema de Gestão da Qualidade (ISO 9000) Ao longo do tempo as organizações sempre buscaram, ainda que empiricamente, caminhos para sua sobrevivência, manutenção e crescimento no mercado competitivo.

Leia mais

Desenho Técnico. Prof. Aline Fernandes de Oliveira, Arquiteta Urbanista 2010

Desenho Técnico. Prof. Aline Fernandes de Oliveira, Arquiteta Urbanista 2010 de Oliveira, Arquiteta Urbanista 2010 DEFINIÇÃO VISÃO ESPACIAL HISTÓRIA - O desenho técnico é uma forma de expressão gráfica que tem por finalidade a representação de forma, dimensão e posição de objetos

Leia mais

INTRODUÇÃO À DISCIPLINA DE IPR

INTRODUÇÃO À DISCIPLINA DE IPR INTRODUÇÃO À DISCIPLINA DE IPR PROF. Msc. ROBISON NEGRI CONTEÚDO DA AULA VISÃO SISTÊMICA; SISTEMAS PREDIAIS; NORMAS TÉCNICAS. 1 ENFOQUE SISTÊMICO PRINCÍPIOS BÁSICOS: Enfoque reducionista: maneira de abordar

Leia mais

Engenharia e Sustentabilidade

Engenharia e Sustentabilidade ENGENHARIA MECÂNICA Engenharia e Sustentabilidade Professor: Fernando Domingo Zinger fernando.zinger@ifsc.edu.br TEMA DA NOSSA AULA DIA 24/05/2016 ABNT NBR ISO 14001 ISO 14000 É uma série de normas desenvolvidas

Leia mais

Leitura e Interpretaçaão de Projetos. Prof. Osvaldo Gomes Terra Junior

Leitura e Interpretaçaão de Projetos. Prof. Osvaldo Gomes Terra Junior Leitura e Interpretaçaão de Projetos Prof. Osvaldo Gomes Terra Junior osvaldoterra.iff@gmail.com Conteuú do Programaútico Desenho Teúcnico para Informaútica Normas Brasileiras Projeto arquitetônico completo

Leia mais

Sumário DOCUMENTO 2 DO ANEXO 1 - PARTE I - ANEXO Sistemas Mecânica Pontes de Embarque e Desembarque

Sumário DOCUMENTO 2 DO ANEXO 1 - PARTE I - ANEXO Sistemas Mecânica Pontes de Embarque e Desembarque http://www.bancodobrasil.com.br 1 DOCUMENTO 2 DO ANEXO 1 - PARTE I - ANEXO 15.1.30 Sistemas Mecânica Pontes de Embarque e Desembarque Sumário 1. OBJETIVO... 2 2. CONDIÇÕES GERAIS... 2 3. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS...

Leia mais

ISO 9000 para produção de SOFTWARE

ISO 9000 para produção de SOFTWARE ISO 9000 para produção de SOFTWARE A expressão ISO 9000 designa um grupo de normas técnicas que estabelecem um modelo de gestão da qualidade para organizações em geral, qualquer que seja o seu tipo ou

Leia mais

CPM - Programa de Certificação de Pessoal de Manutenção. Mecânica Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico

CPM - Programa de Certificação de Pessoal de Manutenção. Mecânica Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico _ CPM - Programa de Certificação de Pessoal de Manutenção Mecânica Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico _ 3 _ Sumário Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico... 03 Introdução...

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental & Certificação SGA - ISO 14.000

Sistema de Gestão Ambiental & Certificação SGA - ISO 14.000 Sociedade & Natureza Sistema de Gestão Ambiental & Certificação SGA - ISO 14.000 Introdução EVOLUÇÃO DA GESTÃO AMBIENTAL Passou por três grandes etapas: 1ª. Os problemas ambientais são localizados e atribuídos

Leia mais

ISO 14000. Prof. William da Cruz Sinotti sinottiw@gmail.com

ISO 14000. Prof. William da Cruz Sinotti sinottiw@gmail.com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO SISTEMA DE SELEÇÃO USINICADA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA ISO 14000

Leia mais

LISTA DE SIGLAS. Comitê Brasileiro de Gestão Ambiental da Associação Brasileira de Normas Técnicas Associação dos Deficientes Físicos do Amazonas

LISTA DE SIGLAS. Comitê Brasileiro de Gestão Ambiental da Associação Brasileira de Normas Técnicas Associação dos Deficientes Físicos do Amazonas LISTA DE SIGLAS ABNT/CB ADEFA ANSI BS 8800 BOE CAT CB-25 CE CEP DJSI E&P FIEAM GLP Comitê Brasileiro de Gestão Ambiental da Associação Brasileira de Normas Técnicas Associação dos Deficientes Físicos do

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE ANO:2010

GESTÃO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE ANO:2010 GESTÃO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE ANO:2010 1 Professor: José Antonio Lopes Macedo Ano: 2010 2 1 APRESENTAÇÕES Nome: Onde trabalha: Quanto tempo: Experiência em gestão da Qualidade: Objetivos: 3 APRESENTAÇÃO

Leia mais

NBR ISO 9001:2008. Prof. Marcos Moreira

NBR ISO 9001:2008. Prof. Marcos Moreira NBR ISO 9001:2008 Sistema de Gestão da Qualidade Prof. Marcos Moreira História International Organization for Standardization fundada em 1947, em Genebra, e hoje presente em cerca de 157 países. Início

Leia mais

A Lavrita, desde 1974, atua nas áreas de Engenharia, Indústria e Prestação de Serviços.

A Lavrita, desde 1974, atua nas áreas de Engenharia, Indústria e Prestação de Serviços. A Lavrita, desde 1974, atua nas áreas de Engenharia, Indústria e Prestação de Serviços. Através da sua Divisão de Engenharia de Equipamentos Especiais para Linha de Combate a Incêndio, Resgate e Salvamento,

Leia mais

Ensaios Mecânicos de Materiais. Conceitos Fundamentais. Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

Ensaios Mecânicos de Materiais. Conceitos Fundamentais. Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues Ensaios Mecânicos de Materiais Aula 1 Definição e Conceitos Fundamentais Tópicos Abordados Nesta Aula Definição de Ensaios Mecânicos. Noções Preliminares. Tipos e Ensaios. Conteúdo do Curso Aula 1 - Definição

Leia mais

22/06/2015. Cronograma finalização da disciplina GA I. Instrumentos de Gestão Ambiental. ambiental. Auditoria Ambiental

22/06/2015. Cronograma finalização da disciplina GA I. Instrumentos de Gestão Ambiental. ambiental. Auditoria Ambiental Cronograma finalização da disciplina GA I Instrumentos de Gestão Ambiental São ferramentas que auxiliam o gestor no seu plano de gestão ambiental Política e Legislação Ambiental Licenciamento Ambiental

Leia mais

I Workshop CIESP NBR ISO 9001:2015 e NBR ISO 14001:2015

I Workshop CIESP NBR ISO 9001:2015 e NBR ISO 14001:2015 I Workshop CIESP NBR ISO 9001:2015 e NBR ISO 14001:2015 Apresentação Nome: Paulo Ricardo de Mendonça Mestre Comunicação/Cultura Industrial (Uniso) Pós Graduação Engenharia Produção (UFSCar) Graduação em

Leia mais

Bom-dia a todos! Prof. Oceano Zacharias. www.quality.eng.br 1

Bom-dia a todos! Prof. Oceano Zacharias. www.quality.eng.br 1 Bom-dia a todos! Prof. Oceano Zacharias www.quality.eng.br 1 1 ISO 9001 Sistema de Gestão da Qualidade RUMO À RECERTIFICAÇÃO Módulo 0 www.quality.eng.br 2 2 Oceano Zacharias Físico, Matemático e Engenheiro

Leia mais

Mecânica Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico

Mecânica Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico _ CPM - Programa de Certificação de Pessoal de Manutenção Mecânica Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico _ Departamento Regional do Espírito Santo 3 _ Leitura e Interpretação de Desenho Técnico

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental PHA2218 Introdução à Engenharia Ambiental Universidade de São Paulo Escola Politécnica Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental Sistema de Gestão Ambiental Aula 10 Prof. Dr. Joaquin Bonnecarrere

Leia mais

Todos nossos cursos são preparados por mestres e profissionais reconhecidos no mercado, com larga e comprovada experiência em suas áreas de atuação.

Todos nossos cursos são preparados por mestres e profissionais reconhecidos no mercado, com larga e comprovada experiência em suas áreas de atuação. Curso Formação Efetiva de Analístas de Processos Curso Gerenciamento da Qualidade Curso Como implantar um sistema de Gestão de Qualidade ISO 9001 Formação Profissional em Auditoria de Qualidade 24 horas

Leia mais

ABNT SEU PARCEIRO CERTIFICADOR / NORMALIZADOR

ABNT SEU PARCEIRO CERTIFICADOR / NORMALIZADOR Luiz Boschetti ABNT SEU PARCEIRO CERTIFICADOR / NORMALIZADOR Rio de Janeiro, 29 Out 2010 ABNT Fundada em 1940 Entidade s/fins lucrativos e de Utilidade Pública Fórum Nacional de Normalização Organismo

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental PHA2218 Introdução à Engenharia Ambiental Universidade de São Paulo Escola Politécnica Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental Sistema de Gestão Ambiental Aula 10 Prof. Dr. Arisvaldo Méllo Prof.

Leia mais

NORMAS ELEVADORES E DE ACESSIBILIDADE

NORMAS ELEVADORES E DE ACESSIBILIDADE ELEVADORES E S DE ACESSIBILIDADE Arquitetos e profissionais da construção civil tendem a começar suas pesquisas sobre acessibilidade buscando informações na 9050 ABNT NBR 9050:2015 Acessibilidade a edificações,

Leia mais

Entidades de Padronização

Entidades de Padronização Carlos Gustavo A. da Rocha Qual a importância da padronização? E das entidades de padronização? ISO (International Standards Organization) Fundada em 1946, padrões tem alcance global É uma organização

Leia mais

Signatária do código de boas práticas em normalização da OMC Certificadora de produtos, serviços, sistemas e pessoas

Signatária do código de boas práticas em normalização da OMC Certificadora de produtos, serviços, sistemas e pessoas 1 2 Entidade privada, sem fins lucrativos, de utilidade pública, fundada em 1940 Oficialmente reconhecida pelo governo brasileiro como único foro nacional de normalização (Resolução nº 07 do CONMETRO,

Leia mais

ANÁLISE DINÂMICA DE ESTRUTURAS de aço SUPORTES DE MÁQUINAS ROTATIVAS

ANÁLISE DINÂMICA DE ESTRUTURAS de aço SUPORTES DE MÁQUINAS ROTATIVAS SUPORTES DE MÁQUINAS ROTATIVAS Rafael Marin Ferro 1,2 rafael.ferro@ifes.edu.br 1 - Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo IFES Campus Aracruz Coordenação de Mecânica. Walnório Graça

Leia mais

NORMAS SÉRIE ISO 14000

NORMAS SÉRIE ISO 14000 NORMAS SÉRIE ISO 14000 O que é a ISO? Organização Internacional para Padronização História e Filosofia da ISO A ISO foi fundada em 1947, tem sede em Genebra (Suíça) e é uma federação mundial de organismos

Leia mais

Ano VI Número 10 Junho de 2006 Periódicos Semestral AS NORMAS ISO. MARIANI, Édio João. Docente Unesp/Marília e Faef/Garça edio@cristorei.com.

Ano VI Número 10 Junho de 2006 Periódicos Semestral AS NORMAS ISO. MARIANI, Édio João. Docente Unesp/Marília e Faef/Garça edio@cristorei.com. AS NORMAS ISO MARIANI, Édio João Docente Unesp/Marília e Faef/Garça edio@cristorei.com.br RESUMO Uma norma técnica é um documento estabelecido por consenso e aprovado por um organismo reconhecido que fornece,

Leia mais

Referenciais da Qualidade

Referenciais da Qualidade 2008 Universidade da Madeira Grupo de Trabalho nº 4 Controlo da Qualidade Referenciais da Qualidade Raquel Sousa Vânia Joaquim Daniel Teixeira António Pedro Nunes 1 Índice 2 Introdução... 3 3 Referenciais

Leia mais

Normas e Organismos Normativos

Normas e Organismos Normativos Universidade Católica de Pelotas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina de Qualidade de Software Normas e Organismos Normativos Prof. Luthiano Venecian venecian@ucpel.tche.br http://olaria.ucpel.tche.br/venecian

Leia mais

RAD1504-Gestão da Qualidade. Modelos Normatizados: ISO 9000; ISO Profa. Dra. Márcia Mazzeo Grande Prof. Dr.

RAD1504-Gestão da Qualidade. Modelos Normatizados: ISO 9000; ISO Profa. Dra. Márcia Mazzeo Grande Prof. Dr. RAD1504-Gestão da Qualidade Modelos Normatizados: ISO 9000; ISO 14000 Profa. Dra. Márcia Mazzeo Grande Prof. Dr. Erasmo José Gomes Econômica Modelo de negócio sustentável Social Ambiental Triple Bottom

Leia mais

1º Encontro Preparatório da Engenharia e Agronomia para o 8º Fórum Mundial da Água NORMAS TÉCNICAS ABNT

1º Encontro Preparatório da Engenharia e Agronomia para o 8º Fórum Mundial da Água NORMAS TÉCNICAS ABNT 1º Encontro Preparatório da Engenharia e Agronomia para o 8º Fórum Mundial da Água NORMAS TÉCNICAS ABNT Campinas, 23 de Março de 2017 Química Monica Betterelli Diretora de Qualidade da AESAS Associação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ALVES REDOL ESCOLA SEDE: ESCOLA SECUNDÁRIA ALVES REDOL. Educação Tecnológica. Desenho Técnico

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ALVES REDOL ESCOLA SEDE: ESCOLA SECUNDÁRIA ALVES REDOL. Educação Tecnológica. Desenho Técnico AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ALVES REDOL ESCOLA SEDE: ESCOLA SECUNDÁRIA ALVES REDOL Educação Tecnológica Desenho Técnico O desenho técnico pode ser considerado uma «linguagem», pois tem uma gramática, uma ortografia

Leia mais

Educação e treinamento em metrologia: requisitos para obter medições químicas consistentes e confiáveis. Olívio Pereira de Oliveira Jr.

Educação e treinamento em metrologia: requisitos para obter medições químicas consistentes e confiáveis. Olívio Pereira de Oliveira Jr. Educação e treinamento em metrologia: requisitos para obter medições químicas consistentes e confiáveis Olívio Pereira de Oliveira Jr. IPEN-CNEN, Brazil CONGRESSO 2014 RESAG ENQUALAB Resumo 1. A importância

Leia mais

MATERIAS DE CONSTRUÇÃO 1 NOÇÕES GERAIS, IMPORTÂNCIA, QUALIDADE, HISTÓRICO E NORMALIZAÇÃO

MATERIAS DE CONSTRUÇÃO 1 NOÇÕES GERAIS, IMPORTÂNCIA, QUALIDADE, HISTÓRICO E NORMALIZAÇÃO MATERIAS DE CONSTRUÇÃO 1 NOÇÕES GERAIS, IMPORTÂNCIA, QUALIDADE, HISTÓRICO E NORMALIZAÇÃO QUESTÕES A SEREM DISCUTIDAS QUESTÃO 1 QUAL A IMPORTÂNCIA DAS DISCIPLINAS DE CUNHO DESCRITO EM COMPARAÇÃO AOS MATERIAS

Leia mais

Rua Minas Gerais, 190 Higienópolis 01244-010 São Paulo/SP Brasil Fone (11) 3017.3600 Fax: (11) 3017.3633 www.abnt.org.br

Rua Minas Gerais, 190 Higienópolis 01244-010 São Paulo/SP Brasil Fone (11) 3017.3600 Fax: (11) 3017.3633 www.abnt.org.br GUIA DO VISUALIZADOR SUA EMPRESA ONLINE NO MUNDO DA NORMALIZAÇÃO SUMÁRIO 1 O QUE É ABNTCOLEÇÃO...3 1.1 CONFIGURAÇÕES MINIMAS DESEJAVEL...3 1.1.2 SEGURANÇADE REDE...3 2 COMO ACESSAR A SUA COLEÇÃO...4 2.1

Leia mais

Um Novo Filtro para a Norma ABNT 10303

Um Novo Filtro para a Norma ABNT 10303 Um Novo Filtro para a Norma ABNT 0303 André Luís Dalcastagnê andre@linse.ufsc.br LINSE: Circuitos e Processamento de Sinais Departamento de Engenharia Elétrica, UFSC Campus Universitário, 88040-900 - Florianópolis

Leia mais

ABNT/CB-02 Comitê Brasileiro da Construção Civil. Paulo Eduardo Fonseca de Campos Superintendente Professor Doutor da Universidade de São Paulo (USP)

ABNT/CB-02 Comitê Brasileiro da Construção Civil. Paulo Eduardo Fonseca de Campos Superintendente Professor Doutor da Universidade de São Paulo (USP) ABNT/CB-02 Comitê Brasileiro da Construção Civil Paulo Eduardo Fonseca de Campos Superintendente Professor Doutor da Universidade de São Paulo (USP) Entidade privada, sem fins lucrativos, de utilidade

Leia mais

Parabéns! Você está recebendo o Catálogo da Quality Fix do Brasil.

Parabéns! Você está recebendo o Catálogo da Quality Fix do Brasil. EDIÇÃO ESPECIAL Parabéns! Você está recebendo o Catálogo da Quality Fix do Brasil. Nele, você encontrará uma ampla linha de acessórios e cintas para Fixação, Movimentação, Elevação e Amarração de Cargas.

Leia mais

Norma ISO Prof. Luciel H de Oliveira

Norma ISO Prof. Luciel H de Oliveira Norma ISO 26000 Prof. Luciel H de Oliveira luciel@uol.com.br ISO - International Organization for Standardization Criada em 1946 para promover e desenvolver normas e atividades que facilitem o comércio

Leia mais

RESPOSTA TÉCNICA. Informação técnica sobre fonte para obtenção de dados de empresas da área têxtil no RS, que tenham certificação ISO 9000.

RESPOSTA TÉCNICA. Informação técnica sobre fonte para obtenção de dados de empresas da área têxtil no RS, que tenham certificação ISO 9000. RESPOSTA TÉCNICA Título Certificação ISO 9000 na área têxtil Resumo Informação técnica sobre fonte para obtenção de dados de empresas da área têxtil no RS, que tenham certificação ISO 9000. Palavras-chave

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software Qualidade de Software Seiji Isotani, Rafaela V. Rocha sisotani@icmc.usp.br rafaela.vilela@gmail.com PAE: Armando M. Toda armando.toda@gmail.com Qualidade de Software n O que é qualidade de software? Visão

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE. Prof. Msc. Nelson Canabarro

GESTÃO DA QUALIDADE. Prof. Msc. Nelson Canabarro GESTÃO DA QUALIDADE Prof. Msc. Nelson anabarro Garantia da Qualidade oncepção da Qualidade total (TQM) NFG ontrole da Qualidade ontrole final Melhoria da qualidade através da delimitação de requisitos

Leia mais

ANÁLISE DA ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DE DEFICIENTES FÍSICOS E/OU MOBILIDADE REDUZIDA PERANTE O CONHECIMENTO DOS ESTUDANTES DO CURSO DE ENGENHARIA

ANÁLISE DA ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DE DEFICIENTES FÍSICOS E/OU MOBILIDADE REDUZIDA PERANTE O CONHECIMENTO DOS ESTUDANTES DO CURSO DE ENGENHARIA ANÁLISE DA ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DE DEFICIENTES FÍSICOS E/OU MOBILIDADE REDUZIDA PERANTE O CONHECIMENTO DOS ESTUDANTES DO CURSO DE ENGENHARIA Franciele Martins Marqueze Gabriel Henrique de Oliveira

Leia mais

Gestão da Qualidade Prof. Dr. Fabiano Drozda

Gestão da Qualidade Prof. Dr. Fabiano Drozda Gestão da Qualidade Prof. Dr. Fabiano Drozda Sumário O que significa ISO?; Como surgiu?; Qual o seu propósito?; Quem é o representante da ISO no Brasil?; O que é a ISO 9001 e sobre o que trata?; Qual a

Leia mais

Cabeamento Estruturado CAB Curso Técnico Integrado de Telecomunicações 7ª Fase Professor: Cleber Jorge Amaral

Cabeamento Estruturado CAB Curso Técnico Integrado de Telecomunicações 7ª Fase Professor: Cleber Jorge Amaral Cabeamento Estruturado CAB6080721 Curso Técnico Integrado de Telecomunicações 7ª Fase Professor: Cleber Jorge Amaral 2016-1 Um pouco de história Nos anos 80, empresas como AT&T e IBM tinham seus próprios

Leia mais

Normalização no Mercosul

Normalização no Mercosul Normalização no Mercosul Eng. Fabián Yaksic Presidente do CBAC Secretário do CSM 01 Eletricidade da AMN Associação Mercosul de Normalização Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica Organismos

Leia mais

IPEN-CNEN/SP Biblioteca Terezine Arantes Ferraz normas incorporadas ao catálogo novembro 2015

IPEN-CNEN/SP Biblioteca Terezine Arantes Ferraz normas incorporadas ao catálogo novembro 2015 1 IPEN-CNEN/SP Biblioteca Terezine Arantes Ferraz normas incorporadas ao catálogo novembro ABNT NBR 12713 Ecotoxicologia aquática: toxicidade aguda, método de ensaio com Daphnia spp (Crustacea, Cladocera)

Leia mais

Revista Intellectus Ano VIII Nº. 19

Revista Intellectus Ano VIII Nº. 19 GESTÃO DE REQUISITOS LEGAIS E CONFORMIDADE AMBIENTAL UTILIZANDO O MÉTODO ZOPP Legal requirements and environmental compliance management through Zopp method RIGOLETTO, Ivan de Paula Centro Universitário

Leia mais

FACULDADE BARÃO DE RIO BRANCO UNINORTE CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO DISCIPLINA - TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO 1 (AULA

FACULDADE BARÃO DE RIO BRANCO UNINORTE CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO DISCIPLINA - TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO 1 (AULA FACULDADE BARÃO DE RIO BRANCO UNINORTE CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO DISCIPLINA - TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO 1 (AULA 04) O que é uma Norma Aquilo que se estabelece como base ou medida para a realização

Leia mais

IPR Instalações Prediais

IPR Instalações Prediais IPR Instalações Prediais Programa: Sistemas Prediais de Água Fria Sistemas Prediais de Esgoto Sanitário Professora Andreza Kalbusch Sistemas Prediais de Água Quente Sistemas Prediais de Águas Pluviais

Leia mais

Modelo Referencial. Princípios da Qualidade Total

Modelo Referencial. Princípios da Qualidade Total O conceito de Qualidade foi primeiramente associado à definição de conformidade às especificações. Posteriormente o conceito evoluiu para a visão de Satisfação do Cliente. Obviamente a satisfação do cliente

Leia mais

CAPACITAÇÃO DOS USUÁRIOS DA BIBLIOTECA DA FIEO FUNDAÇÃO INSTITUTO DE ENSINO PARA OSASCO - PARA A NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

CAPACITAÇÃO DOS USUÁRIOS DA BIBLIOTECA DA FIEO FUNDAÇÃO INSTITUTO DE ENSINO PARA OSASCO - PARA A NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 CAPACITAÇÃO DOS USUÁRIOS DA BIBLIOTECA DA FIEO FUNDAÇÃO INSTITUTO DE ENSINO PARA OSASCO - PARA A NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 INTRODUÇÃO A primeira e fundamental atividade de ligação entre

Leia mais

MONOGRAFIAS Nº Data Título Autor Editor Observações. NORMAS Nº Data Título Autor Editor Observações. Instituto Português da Qualidade

MONOGRAFIAS Nº Data Título Autor Editor Observações. NORMAS Nº Data Título Autor Editor Observações. Instituto Português da Qualidade MONOGRAFIAS 15 2014-10-15 Pavimentos Rodoviários Fernando Branco, Paulo Pereira e Luís Picado Santos 16 2014-10-20 Portfólio Central Projectos - Consultores de Projecto Edições Almedina, S.A., 2011Coimbra

Leia mais

02 REVISÃO 26.06.2013 Eng. Bruno Moreno Campos

02 REVISÃO 26.06.2013 Eng. Bruno Moreno Campos 02 REVISÃO 26.06.2013 Eng. Bruno Moreno Campos 01 REVISÃO 10.06.2009 Eng. Rommel / 26600/D-MG 00 EMISSÃO INICIAL, ATUALIZAÇÕES E SUBST.: GE.01/435.75/00894/02 21.08.2008 Eng. Rommel / 26600/D-MG Rev. Modificação

Leia mais

URI- Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Campus de Frederico Westphalen Curso: Química Industrial.

URI- Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Campus de Frederico Westphalen Curso: Química Industrial. URI- Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Campus de Frederico Westphalen Curso: Química Industrial Desenho Técnico Prof.ªElisa Maria Pivetta Cantarelli elisa@fw.uri.br Origem do

Leia mais

Consultoria Presencial

Consultoria Presencial Consultoria Presencial A Qi Consultoria Tem profissionais responsáveis por mais de 80 implementações e certificações de sucesso em todo tipo de seguimento, isso quer dizer que; A QI Consultoria possui

Leia mais

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS. Visão da empresa certificada (NP4413 e NP4513)

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS. Visão da empresa certificada (NP4413 e NP4513) Visão da empresa certificada (NP4413 e NP4513) Introdução Apresentação da MAFEP; Historial i de certificação da MAFEP; Opinião da MAFEP sobre a NP4413 e NP4513; Apresentação da MAFEP Fundada em 1991; 4955

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental Sistema de Gestão Ambiental Universidade Federal do Espírito Santo UFES Centro Tecnológico Curso de Especialização em Gestão Ambiental Professora Flavia Nogueira Zanoni MSc em Controle de Poluição Ambiental

Leia mais

VALIDAÇÃO DE PROCESSOS DE ESTERILIZAÇÃO DE DISPOSITIVOS MÉDICOS. A. FARIA GOMES, Eng.

VALIDAÇÃO DE PROCESSOS DE ESTERILIZAÇÃO DE DISPOSITIVOS MÉDICOS. A. FARIA GOMES, Eng. VALIDAÇÃO DE PROCESSOS DE ESTERILIZAÇÃO DE DISPOSITIVOS MÉDICOS - abordagem normativa A. FARIA GOMES, Eng. a.faria.gomes@lemes.org ORGANISMOS DE NORMALIZAÇÃO ISO - INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION

Leia mais