QUÍMICA TAISSA LUKJANENKO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUÍMICA TAISSA LUKJANENKO"

Transcrição

1 QUÍMICA TAISSA LUKJANENKO SUBSTÂNCIA PURA MISTURA

2 ESTUDO DAS SUBSTÂNCIAS E MISTURAS SUBSTÂNCIA: material formado por moléculas quimicamente iguais. Substância simples: é constituída de uma molécula formada por átomos do mesmo elemento químico (mesmo tipo de átomo).

3 Substância simples Substância Fórmula Representação Gás hidrogênio H 2 Gás oxigênio O 2 Gás ozônio O 3

4 Substância composta: é constituída por uma molécula formada por mais de um elemento químico. Substância Fórmula Representação Água H 2 O Sal de cozinha NaCl Açúcar C 12 H 22 O 11

5 Mistura: é formada por duas, ou mais, substâncias, sendo cada uma destas denominada componente. CLASSIFICAÇÃO DAS MISTURAS Fase: em uma mistura, é cada uma das porções que apresenta aspecto homogêneo ou uniforme. Mistura homogênea: toda mistura que apresenta uma única fase. Mistura heterogênea: toda mistura que apresenta pelo menos duas fases.

6 EXEMPLO: Água (H 2 O) + açúcar dissolvido (C 12 H 22 O 11 ) Aspecto visual contínuo: uma única fase Óleo(C x H y ) + água (H 2 O) Aspecto visual descontínuo: duas fases Água gaseificada Aspecto visual descontínuo: duas fases

7 Componentes principais Amálgama Mercúrio (Hg) + outros metais Vinagre Água (H 2 O) + ácido acético (CH 3 COOH) Latão Cobre (Cu) + zinco (Zn) Bronze Aço Álcool hidratado Cobre (Cu) + estanho (Sn) Ferro (Fe) + carbono (C) Etanol (CH 3 OH) + água (H 2 O)

8 O leite é, então, considerado uma mistura heterogênea. Aspecto homogêneo a olho nu Aspecto heterogêneo ao microscópio Copo de leite Líquido branco com gotículas de gordura

9 Sistema: tudo o que é objeto da observação humana. Sistemas homogêneos Sistemas heterogêneos Substância pura Mistura Substância pura Mistura Água Álcool hidratado Gelo: H 2 O (sól) + Água: H 2 O (líq) Água + óleo

10 SUBSTÂNCIA PURA SUBSTÂNCIA PURA X MISTURA temperatura (graus Celsius) vapor 100 água d'água 0 gelo gelo + água água + vapor d'água estado sólido fusão solidificação estado líquido ebulição condensação estado gasoso

11 MISTURA

12 SEPARAÇÃO DE MISTURAS

13 SEPARAÇÃO DOS COMPONENTES DE MISTURAS HETEROGÊNEAS

14 MISTURAS HETEROGÊNEAS

15 SÓLIDO - SÓLIDO Catação: usando a mão ou uma pinça, separam-se os componentes sólidos.

16 separação de misturas do tipo "sólido-sólido", onde as substâncias são separadas manualmente, com uma pinça, colher, ou outro objeto auxiliador. separação de grãos bons e ruins de feijão, separação dos diferentes tipos de materiais que compôem o lixo: vidro, metais, borracha, papel, plásticos, etc, para serem destinados à reciclagem.

17 Ventilação: o sólido menos denso é separado por uma corrente de ar.

18 olevigação Consiste na passagem de água sobre uma mistura de sólido com diferentes densidades. A água arrasta a fase de densidade mais baixa. Pode ser empregada na separação do ouro das areias auríferas por exemplo. O ouro tem densidade de 19,5, enquanto a da areia é de 2,5. O jato de água arrasta a areia, que é mais leve, deixando o ouro.

19

20 Separação magnética: um dos sólidos é atraído por um ímã. Esse processo é utilizado em larga escala para separar alguns minérios de ferro de suas impurezas.

21

22 Cristalização fracionada: todos os componentes da mistura são dissolvidos em um líquido que, em seguida, sofre evaporação provocando a cristalização separada de cada componente. A cristalização fracionada é usada, por exemplo, nas salinas para a obtenção de sais a partir da água do mar. A evaporação da água permite a cristalização de diferentes sais, sendo que o último a ser obtido é o cloreto de sódio (NaCl), usado na alimentação

23 Dissolução fracionada: um dos componentes sólidos da mistura é dissolvido em um líquido. Por exemplo, a mistura sal + areia. Colocando-se a mistura em um recipiente com água, o sal irá se dissolver e a areia se depositar no fundo do recipiente, podendo agora ser separados pelos seguintes processos: a filtraçãosepara a areia (fase sólida) da água salgada (fase líquida) e com a evaporaçãoda água obteremos o sal.

24 Peneiração: usada para separar sólidos constituintes de partículas de dimensões diferentes. São usadas peneiras que tenham malhas diferentes. Industrialmente, usam-se conjuntos de peneiras superpostas que separam as diferentes granulações.

25

26 Sublimação: é usada quando um dos sólidos, por aquecimento, se sublima (passa para vapor), e o outro permanece sólido. Exemplo: sal e iodo ou areia e iodo (o iodo se sublima por aquecimento). Obs.: As principais substâncias que podem ser separadas por sublimação são: o iodo, o enxofre e a naftalina (naftaleno) e gelo seco (CO2).

27

28 - SÓLIDO - LÍQUIDO Decantação: a fase sólida, por ser mais densa, sedimenta-se, ou seja, deposita-se no fundo do recipiente Obs.: a separação das duas fases pode ser feita de duas maneiras: vira-se lentamente a mistura em um outro frasco; com o auxílio de um sifão, transfere-se a fase líquida para um outro frasco (sifonação)

29

30 Sifonação Um canudo é colocado de forma que fique uma ponta em um recipiente vazio, e a outra, no meio da substância mais leve no outro recipiente, como mostrado na figura abaixo:

31 LÍQUIDO - LÍQUIDO Decantação: separam-se líquidos imiscíveis com densidades diferentes; o líquido mais denso acumula-se na parte inferior do sistema. Em laboratório usa-se o funil de bromo, também conhecido como funil de decantação, ou ainda, funil de separação.

32 Num sistema formado por água e óleo, por exemplo, a água, por ser mais densa, localiza-se na parte inferior do funil e é escoada abrindose az torneira de modo controlado. A decantação pode ser feita de uma maneira mais rudimentar, utilizando-se um sifão

33 SEPARAÇÃO LÍQUIDO - LÍQUIDO

34

35

36 Centrifugação: é uma maneira de acelerar o processo de decantação, utilizando um aparelho denominado centrifuga. Na centrífuga, devido ao movimento de rotação, as partículas de maior densidade, por inércia, são arremessadas para o fundo do tubo.

37

38

39 Filtração simples: a fase sólida é separada com o auxílio de papéis de filtro. A preparação do café e o filtro de água são dois exemplos do uso da filtração no dia-a-dia.

40

41

42

43 Num aspirador de pó, o filtro é utilizado para separar as partículas sólidas (poeira) do ar.

44 Filtração à vácuo: O processo de filtração pode ser acelerado pela filtração à vácuo, onde uma trompa de vácuo "suga" o ar existente na parte interior do kitassato, o que permite um mais rápido escoamento do líquido. Observe o esquema ao lado.

45

46 MISTURAS HOMOGÊNEAS

47 Destilação simples: a mistura é aquecida em uma aparelhagem apropriada, de tal maneira que o componente líquido inicialmente evapora e, a seguir, sofre condensação, sendo recolhido em outro frasco. Veja como é feita a destilação em laboratório:

48 Obs.: A entrada de água corrente no condensador deve ser feita pela parte inferior do aparelho para permitir que seu tubo externo esteja sempre completamente preenchido por água fria, que irá sair pela parte superior

49

50 Destilação fracionada: consiste no aquecimento da mistura de líquidos miscíveis (solução), cujos pontos de ebulição (PE) não sejam muito próximos. Os, líquidos são separados na medida em que cada um dos seus pontos de ebulição é atingido

51 . Inicialmente, é separado o líquido com menor PE; depois, com PE intermediário e assim sucessivamente até o líquido de maior PE. A aparelhagem usada é a mesma de uma destilação simples, com o acréscimo de uma coluna de fracionamento ou retificação.

52 Um dos tipos mais comuns de coluna de fracionamento apresenta no seu interior um grande número de bolinhas de vidro, em cuja superfície ocorre condensação dos vapores do líquido menos volátil, ou seja, de maior ponto de ebulição, que voltam para o balão. Enquanto isso, os vapores do líquido mais volátil atravessam a coluna e sofrem condensação fora dela, no próprio condensador.

53

54

55 BIBLIOGRAFIA _misturas.htm

QUÍMICA - 1 Ano Processos de separação de misturas PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS

QUÍMICA - 1 Ano Processos de separação de misturas PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS Conceitos iniciais Na natureza, raramente encontramos substâncias puras. Em função disso, é necessário usarmos métodos de separação para obtermos determinada substância.

Leia mais

Professores: Alinne Borges Tiago Albuquerque Sandro Sobreira Josiane. Exercícios Substâncias puras e misturas. Métodos de separação. Vídeos.

Professores: Alinne Borges Tiago Albuquerque Sandro Sobreira Josiane. Exercícios Substâncias puras e misturas. Métodos de separação. Vídeos. Professores: Alinne Borges Tiago Albuquerque Sandro Sobreira Josiane Exercícios Substâncias puras e misturas Métodos de separação Vídeos Gabaritos Pesquise Momento Sheldon Substância pura Substância pura

Leia mais

Soluções. Soluções. Exemplo

Soluções. Soluções. Exemplo Soluções Soluções Química São Misturas Homogêneas 1 Fase Soluto + Solvente = Solução Podem ser : sólidas, líquidas e gasosas. Exemplos: Ligas metálicas; água potável e ar. Prof. Renan Campos. DE ACORDO

Leia mais

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO. Professor Cassio Pacheco

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO. Professor Cassio Pacheco PROCESSOS DE SEPARAÇÃO Professor Cassio Pacheco SEPARAÇÃO DE MISTURAS HETEROGÊNEAS (Processos mecânicos de separação) Sistema sólido - sólido Separação magnética: Separa misturas do tipo sólido-sólido

Leia mais

Prof. José Valter SEPARAÇÃO DE MISTURAS

Prof. José Valter SEPARAÇÃO DE MISTURAS 1 Separação de misturas heterogêneas: LEVIGAÇÃO É usada para componentes de misturas de sólidos, quando um dos componentes é facilmente arrastado pelo líquido. Separação do ouro das areias auríferas Separação

Leia mais

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO. Prof. Ms. George Verçoza

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO. Prof. Ms. George Verçoza PROCESSOS DE SEPARAÇÃO Prof. Ms. George Verçoza Separação magnética: Separa misturas do tipo sólido-sólido nas quais um dos componentes tem propriedades magnéticas e é atraído por um ímã. Ex: Ferro e areia.

Leia mais

Processos de Separação Misturas Para misturas Heterogêneas

Processos de Separação Misturas Para misturas Heterogêneas Ventilação: Sólido + Sólido O sólido menos denso é separado por uma corrente de ar. Catação: Sólido + Sólido Sólidos de aspectos diferentes são separados com as mãos ou uma pinça Levigação: Sólido + Sólido

Leia mais

Substâncias puras e misturas; análise imediata

Substâncias puras e misturas; análise imediata Segmento: Pré-vestibular Resoluções Coleção: Alfa, Beta e Gama Disciplina: Química Volume: 1 Série: 5 Substâncias puras e misturas; análise imediata 1. C Considerando as ilustrações, temos: I. Mistura

Leia mais

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO. Jeosafá Lima

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO. Jeosafá Lima PROCESSOS DE SEPARAÇÃO Jeosafá Lima Misturas homogêneas e heterogêneas Uma mistura é constituída por duas ou mais substâncias, sejam elas simples ou compostas. https://www.youtube.com/watch?v=6jcxdhovkcm

Leia mais

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO. Prof FERENC

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO. Prof FERENC PROCESSOS DE SEPARAÇÃO Prof FERENC SEPARAÇÃO DE MISTURAS HETEROGÊNEAS (Processos mecânicos de separação) Sistema sólido - sólido Separação magnética: Separa misturas do tipo sólido-sólido nas quais um

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL ESTRUTURA DA MATÉRIA O termo matéria refere-se a todos os

Leia mais

Separação de misturas

Separação de misturas Separação de misturas Misturas Heterogêneas Sólido + Sólido Catação A catação é um tipo de separação manual de sistemas do tipo "sólidosólido". As substâncias são separadas manualmente e pode utilizar

Leia mais

Aula 2. # Relembrando alguns conceitos da aula anterior. - Matéria: tudo que ocupa lugar no espaço e tem massa

Aula 2. # Relembrando alguns conceitos da aula anterior. - Matéria: tudo que ocupa lugar no espaço e tem massa Aula 2 # Relembrando alguns conceitos da aula anterior - Matéria: tudo que ocupa lugar no espaço e tem massa - Estados físicos da matéria e suas transformações - Transformações (químicas e físicas; espontâneas

Leia mais

Processos de Separação Misturas Para misturas Heterogêneas

Processos de Separação Misturas Para misturas Heterogêneas Ventilação: Sólido + Sólido O sólido menos denso é separado por uma corrente de ar. Catação: Sólido + Sólido Sólidos de aspectos diferentes são separados com as mãos ou uma pinça Levigação: Sólido + Sólido

Leia mais

Sistemas, Substâncias puras e Misturas Separação de Misturas

Sistemas, Substâncias puras e Misturas Separação de Misturas INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO Campus Valença Sistemas, Substâncias puras e Misturas Separação de Misturas Professor: José Tiago Pereira Barbosa 1 Sistemas Para facilitar a

Leia mais

Sistemas, Substâncias puras e Misturas Separação de Misturas

Sistemas, Substâncias puras e Misturas Separação de Misturas INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO Campus Valença Sistemas, Substâncias puras e Misturas Separação de Misturas Professor: José Tiago Pereira Barbosa 1 Sistemas Para facilitar a

Leia mais

Processos físicos de separação de misturas

Processos físicos de separação de misturas Processos físicos de separação de misturas Misturas heterogêneas sólido-sólido Catação Peneiração Flutuação Separação Magnética Dissolução Fracionada Sublimação CATAÇÃO Baseia-se na identificação visual

Leia mais

QUÍMICA (2ºBimestre 1ºano)

QUÍMICA (2ºBimestre 1ºano) QUÍMICA (2ºBimestre 1ºano) TABELA PERIÓDICA ATUAL Exemplo: Se o K (potássio) encontra-se no 4º período ele possui 4 camadas. Nº atômico = Z 19 K-2; L-8, M-8; N-1 Propriedades gerais dos elementos Metais:

Leia mais

Classificação da matéria

Classificação da matéria Classificação da matéria Prof. : Drielle Caroline Substâncias Como vimos na aula anterior, um conjunto de átomos com as mesmas propriedades químicas constitui um elemento químico, e cada substância é caracterizada

Leia mais

ESTUDO DA MATÉRIA. QUÍMICA - Prof. Marcelo Uchida -

ESTUDO DA MATÉRIA. QUÍMICA - Prof. Marcelo Uchida - ESTUDO DA MATÉRIA QUÍMICA - Prof. Marcelo Uchida - Matéria Material ou matéria é tudo aquilo que tem massa e ocupa lugar no espaço. Água Ar Madeira Ouro Corpo Porção limitada da matéria Barra de Ouro Tronco

Leia mais

Separação de misturas

Separação de misturas Separação de misturas Filtração: A separação se faz através de uma superfície porosa chamada filtro; o componente sólido ficará retido sobre a sua superfície, separando-se assim do líquido que atravessa.

Leia mais

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS. 1- quais os métodos mais indicados para separa os componentes das misturas abaixo:

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS. 1- quais os métodos mais indicados para separa os componentes das misturas abaixo: EXERCÍCIOS DE REVISÃO PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS 1- quais os métodos mais indicados para separa os componentes das misturas abaixo: a) areia e ferro na forma de lâmina separação magnética b) água

Leia mais

MÉTODOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS Professora Mariana Geração 2016

MÉTODOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS Professora Mariana Geração 2016 MÉTODOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS Professora Mariana Geração 2016 SEPARAÇÃO DE MISTURAS A maioria dos materiais encontrados na natureza não é substância pura, ou seja, não é constituída de um único tipo

Leia mais

DISPERSÕES. Prof. Tatiane Kuchnier de Moura

DISPERSÕES. Prof. Tatiane Kuchnier de Moura DISPERSÕES Prof. Tatiane Kuchnier de Moura DISPERSÃO Mistura DISPERSO + DISPERSANTE Classificação das Dispersões Nome da dispersão Diâmetro médio das partículas dispersas Exemplos Solução verdadeira Entre

Leia mais

Mistura: material formado por duas ou mais substâncias, sendo cada uma destas denominada componente.

Mistura: material formado por duas ou mais substâncias, sendo cada uma destas denominada componente. SOLUÇÕES Mistura: material formado por duas ou mais substâncias, sendo cada uma destas denominada componente. Fase: numa mistura, é cada uma das porções que apresenta aspecto homogéneo ou uniforme. CLASSIFICAÇÃO

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA II

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA II INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA II ESTRUTURA DA MATÉRIA O termo matéria refere-se a todos os materiais

Leia mais

Átomos & Moléculas. Definição: é uma porção de matéria que tem propriedades bem definidas e que lhe são característica.

Átomos & Moléculas. Definição: é uma porção de matéria que tem propriedades bem definidas e que lhe são característica. Átomos & Moléculas H + H H H H + H + O O H H Átomos Moléculas Definição: é uma porção de matéria que tem propriedades bem definidas e que lhe são característica. SUBSTÂNCIA (Material Puro): material formado

Leia mais

SUBSTÂNCIAS PURAS, MISTURAS E SEPARAÇÃO DE MISTURAS.

SUBSTÂNCIAS PURAS, MISTURAS E SEPARAÇÃO DE MISTURAS. SUBSTÂNCIAS PURAS, MISTURAS E SEPARAÇÃO DE MISTURAS. CAPÍTULOS 6 E 7 Prof.ª Tatiana Lima Substâncias Puras * Conceito Toda matéria cuja fusão e ebulição ocorrem a uma temperatura constante. SIMPLES * Tipos

Leia mais

Unidade 2 Substâncias e átomos

Unidade 2 Substâncias e átomos Unidade 2 Substâncias e átomos Substâncias Puras pág. 51 A matéria é composta por uma ou mais substâncias químicas. Porém, é difícil saber se um corpo é composto por uma única substância ou por uma mistura

Leia mais

Química - Profa. GRAÇA PORTO

Química - Profa. GRAÇA PORTO Disciplina: Química Química - Profa. GRAÇA PORTO ESTUDO DAS SUBSTÂNCIAS E MISTURAS Você sabe caracterizar a quanto ao sabor, a cor e ao cheiro? E o sal? Quais são as características do açúcar? Agora, tente

Leia mais

LOGO. Classificação da matéria. Profa. Samara Garcia

LOGO. Classificação da matéria. Profa. Samara Garcia LOGO Classificação da matéria Profa. Samara Garcia Classificação da matéria Substância pura: matéria formada por unidades químicas iguais, sejam átomos ou moléculas, e assim apresentam propriedades químicas

Leia mais

Transformações da matéria: qualquer modificação que ocorra com a matéria é considerada uma fenômeno. Ex: H 2 O (l) H 2 O (g)

Transformações da matéria: qualquer modificação que ocorra com a matéria é considerada uma fenômeno. Ex: H 2 O (l) H 2 O (g) Aula 04 1/abr Marcelo Conteúdo EXTRA-classe: Transformações da matéria: qualquer modificação que ocorra com a matéria é considerada uma fenômeno. Ex: H 2 O (l) H 2 O (g) Fenômeno físico: não altera a natureza

Leia mais

EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS PARA O 9 ano

EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS PARA O 9 ano EXERCÍCIOS DE CIÊNCIAS PARA O 9 ano 1- Um sistema formado por três cubos de gelo, solução aquosa de sal de cozinha e areia apresenta quantas fases e quantos componentes? 3 componentes (água, areia e sal)

Leia mais

Separação de Misturas

Separação de Misturas Separação de Misturas Misturas que possuem propriedades diferentes em sua extensão. Pode-se notar superfície de separação entre os componentes. O componente mais denso encontra-se na parte inferior numa

Leia mais

TRABALHO DE RECUPERAÇÃO 1º TRIMESTRE - QUÍMICA 9º ANO Nome: Turma:

TRABALHO DE RECUPERAÇÃO 1º TRIMESTRE - QUÍMICA 9º ANO Nome: Turma: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO 1º TRIMESTRE - QUÍMICA 9º ANO Nome: Turma: ROTEIRO E INSTRUÇÕES: Estados físicos da matéria. Mudanças de estado físico. Substâncias e misturas. O trabalho deve ser respondido à

Leia mais

Átomos. Nome Símbolo Natureza Ferro Fe Fe 3 O 4 Cálcio Ca CaCO 3 Prata Ag (Argentum) Ag Oxigênio O O 2

Átomos. Nome Símbolo Natureza Ferro Fe Fe 3 O 4 Cálcio Ca CaCO 3 Prata Ag (Argentum) Ag Oxigênio O O 2 SOLUÇÕES ESTRUTURA DA MATÉRIA O termo matéria refere-se a todos os materiais ou coisas que compõem o universo. A matéria é formada por moléculas, que por sua vez são formadas por partículas minúsculas

Leia mais

Início. Substância pura simples. É formado por apenas um tipo de elemento químico. Exemplo: gás oxigênio (O 2), gás nitrogênio (N 2), ferro (Fe)

Início. Substância pura simples. É formado por apenas um tipo de elemento químico. Exemplo: gás oxigênio (O 2), gás nitrogênio (N 2), ferro (Fe) Professores: Alinne Borges Tiago Albuquerque Sandro Sobreira Exercícios Substâncias puras e misturas Material que apresenta TF e TE constantes a uma dada pressão e densidade característica em determinada

Leia mais

Substâncias Puras e Misturas

Substâncias Puras e Misturas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES Substâncias Puras e Misturas Elementos Químicos

Leia mais

Módulo inicial Materiais: Diversidade e Constituição. Química 10.º ano Ano lectivo 2007/2008

Módulo inicial Materiais: Diversidade e Constituição. Química 10.º ano Ano lectivo 2007/2008 Química 10.º ano Ano lectivo 2007/2008 Escola Secundária José Saramago Marta Paulino e Ângela Patrício O que é um Material? É algo que tem massa e ocupa espaço. Classificação Materiais: Componentes Origem

Leia mais

COLÉGIO NOVO ANGLO DE JABOTICABAL (QUÍMICA) PROFESSOR: JOÃO MEDEIROS

COLÉGIO NOVO ANGLO DE JABOTICABAL (QUÍMICA) PROFESSOR: JOÃO MEDEIROS COLÉGIO NOVO ANGLO DE JABOTICABAL (QUÍMICA) PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS PROFESSOR: JOÃO MEDEIROS 2012 Natureza É raro encontrarmos substâncias puras, normalmente encontramos misturas de substâncias.

Leia mais

Cobre, prata e ouro. Introdução. Materiais Necessários

Cobre, prata e ouro. Introdução. Materiais Necessários Intro 01 Introdução Realize o sonho dos alquimistas e transforme uma moeda de cobre em ouro. Descubra o que realmente acontece neste experimento. Cadastrada por Leandro Fantini Material - onde encontrar

Leia mais

EQUIPAMENTO BÁSICO DE LABORATÓRIO

EQUIPAMENTO BÁSICO DE LABORATÓRIO 1 EQUIPAMENTO BÁSICO DE LABORATÓRIO MATERIAL DE VIDRO: TUBO DE ENSAIO Utilizado principalmente para efetuar reações químicas em pequena escala. 2 BÉQUER ou BÉCKER Recipiente com ou sem graduação, utilizado

Leia mais

Ciências Físico-Químicas 7º ano Ficha de trabalho nº14 Separação dos componentes de uma mistura

Ciências Físico-Químicas 7º ano Ficha de trabalho nº14 Separação dos componentes de uma mistura Para separar os constituintes de uma mistura pode-se recorrer a diferentes processos de separação. Os processos de separação permitem separar diferentes substâncias que inicialmente foram juntas, mantendo

Leia mais

Exercícios Métodos de Separação. Professor (a): Cassio Pacheco Disciplina: Química Data da entrega: 01/06/2017

Exercícios Métodos de Separação. Professor (a): Cassio Pacheco Disciplina: Química Data da entrega: 01/06/2017 Exercícios Métodos de Separação Nome: nº: Ano: 1º E.M. Professor (a): Cassio Pacheco Disciplina: Química Data da entrega: 01/06/2017 Questões Objetivas 1- Para a separação das misturas: gasolina-água e

Leia mais

Prof. Dr. José Eduardo de Oliveira Adriana Teixeira Machado Marcela Dias da Silva Matheus Gibbin Zanzini

Prof. Dr. José Eduardo de Oliveira Adriana Teixeira Machado Marcela Dias da Silva Matheus Gibbin Zanzini Prof. Dr. José Eduardo de Oliveira Adriana Teixeira Machado Marcela Dias da Silva Matheus Gibbin Zanzini Filtração Fonte de aquecimento Destilação Correção do ponto de ebulição OBJETIVO: Remover impurezas

Leia mais

d) Separação Magnética: Esse processo é empregado quando um dos componentes da mistura é atraído por um imã.

d) Separação Magnética: Esse processo é empregado quando um dos componentes da mistura é atraído por um imã. 8. PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS A natureza comporta uma imensa mistura de substancias. A maioria dos materiais que utilizamos no cotidiano é composta de misturas. Na maioria das vezes o que interessa,

Leia mais

Diagramas de Fase. Objetivos:

Diagramas de Fase. Objetivos: 1 Diagramas de Fase Objetivos: Interpretar diagramas de fases de substâncias puras Deslocamento da fronteira entre as fases Interpretar diagramas de fases de compostos Diagramas de misturas líquidas Diagramas

Leia mais

SEPARAÇÃO DE MISTURAS HETEROGÊNEAS. (Processos mecânicos de separação) Sistema sólido - sólido

SEPARAÇÃO DE MISTURAS HETEROGÊNEAS. (Processos mecânicos de separação) Sistema sólido - sólido SEPARAÇÃO DE MISTURAS HETEROGÊNEAS (Processos mecânicos de separação) Sistema sólido - sólido Separação magnética: Separa misturas do tipo sólido-sólido nas quais um dos componentes tem propriedades magnéticas

Leia mais

HOMOGÊNEO HETEROGÊNEO

HOMOGÊNEO HETEROGÊNEO Sistemas materiais HOMOGÊNEO SUBSTÂNCIA PURA? SIMPLES MISTURA HOMOGÊNEA? COMPOSTA SISTEMA? HETEROGÊNEO SUBSTÂNCIA PURA MISTURA HETEROGÊNEA Sistema É parte do universo físico f que contenha ou não matéria,

Leia mais

SIMPLES SUBSTÂNCIA PURA COMPOSTA HOMOGÊNEO MISTURA HOMOGÊNEA SISTEMA SUBSTÂNCIA PURA HETEROGÊNEO MISTURA HETEROGÊNEA

SIMPLES SUBSTÂNCIA PURA COMPOSTA HOMOGÊNEO MISTURA HOMOGÊNEA SISTEMA SUBSTÂNCIA PURA HETEROGÊNEO MISTURA HETEROGÊNEA Sistemas materiais HOMOGÊNEO SUBSTÂNCIA PURA? SIMPLES MISTURA HOMOGÊNEA? COMPOSTA SISTEMA? HETEROGÊNEO SUBSTÂNCIA PURA MISTURA HETEROGÊNEA Sistema É parte do universo físico que contenha ou não matéria,

Leia mais

Os processos físicos de separação dos componentes das misturas são escolhidos de acordo com:

Os processos físicos de separação dos componentes das misturas são escolhidos de acordo com: Separação dos componentes de misturas heterogéneas (Pp. 55 a 58) Processos de separação dos componentes de misturas heterogéneas Separação magnética Peneiração Sublimação Dissolução fracionada Decantação

Leia mais

LOUCOS POR QUÍMICA. PROF. Neif Nagib

LOUCOS POR QUÍMICA. PROF. Neif Nagib LOUCOS POR QUÍMICA PROF. Neif Nagib SEPARAÇÃO DE MISTURAS Prof. Neif Nagib CATAÇÃO É um método rudimentar baseado na diferença de tamanho e aspecto das partículas de uma mistura de sólidos granulados.

Leia mais

AULA 1 FRENTE 1. Por causa do lançamento, na atmosfera, de grande quantidade de gás carbônico, causador do efeito estufa.

AULA 1 FRENTE 1. Por causa do lançamento, na atmosfera, de grande quantidade de gás carbônico, causador do efeito estufa. Exercícios propostos AULA 1 FRENTE 1 1 Assinale na coluna da esquerda para causa e na coluna da direita para consequência do efeito estufa: I I Queimadas nas florestas II II Degelo das calotas polares

Leia mais

Química SUBSTÂNCIAS, MISTURAS E PROCESSO DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS

Química SUBSTÂNCIAS, MISTURAS E PROCESSO DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS SUBSTÂNCIAS, MISTURAS E PROCESSO DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS Átomos ligados entre si são chamados de moléculas, e representam substâncias químicas. Cada molécula é identificada por uma

Leia mais

Lista de Exercícios. Estudo da Matéria

Lista de Exercícios. Estudo da Matéria FACULDADE PITÁGORAS DE BETIM Credenciada pela portaria 792, de 27 de março de 2006. Curso: Engenharia Química Lista de Exercícios Disciplina: Química Geral Semestre: 2º / 2013 Docente: Carla Soares Souza

Leia mais

SISTEMAS MATERIAIS. Conceitos Fundamentais, Classificação, Purificação. Reis, Oswaldo Henrique Barolli.

SISTEMAS MATERIAIS. Conceitos Fundamentais, Classificação, Purificação. Reis, Oswaldo Henrique Barolli. SISTEMAS MATERIAIS Conceitos Fundamentais, Classificação, Purificação Reis, Oswaldo Henrique Barolli. R375s Sistemas materiais : conceitos fundamentais, classificação, purificação / Oswaldo Henrique Barolli.

Leia mais

BIMESTRAL QUÍMICA - 1ºBIMESTRE

BIMESTRAL QUÍMICA - 1ºBIMESTRE BIMESTRAL QUÍMICA - 1ºBIMESTRE Série: 3ªEM Gabarito Questão 01) O vapor obtido pela ebulição das seguintes soluções: I. água e sal II. água e açúcar III. água e álcool é constituído de água pura apenas:

Leia mais

AULA 1 FRENTE 1. Por causa do lançamento, na atmosfera, de grande quantidade de gás carbônico, causador do efeito estufa.

AULA 1 FRENTE 1. Por causa do lançamento, na atmosfera, de grande quantidade de gás carbônico, causador do efeito estufa. Exercícios propostos AULA 1 FRENTE 1 1 Assinale na coluna da esquerda para causa e na coluna da direita para consequência do efeito estufa: I I Queimadas nas florestas II II Degelo das calotas polares

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Ano: 1º Professora: Maria Luiza ENSINO MÉDIO Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

O interesse da Química é analisar as...

O interesse da Química é analisar as... O interesse da Química é analisar as... PROPRIEDADES CONSTITUINTES SUBSTÂNCIAS E MATERIAIS TRANSFORMAÇÕES ESTADOS FÍSICOS DOS MATERIAIS Os materiais podem se apresentar na natureza em 3 estados físicos

Leia mais

Tarefa 09 à 12 Professor Willian. Com base no gráfico, assinale a alternativa que apresenta a afirmativa CORRETA.

Tarefa 09 à 12 Professor Willian. Com base no gráfico, assinale a alternativa que apresenta a afirmativa CORRETA. 9º ano Química Tarefa 09 à 12 Professor Willian 01. Dois materiais sólidos, A e B, são aquecidos a uma velocidade de 10ºC.min 1. A figura a seguir representa o diagrama de aquecimento desses dois materiais.

Leia mais

1) O que aconteceu com o cubo de gelo no béquer 1? Que conclusão você tira desse resultado?...

1) O que aconteceu com o cubo de gelo no béquer 1? Que conclusão você tira desse resultado?... Nº da Prática: 01 Data: / / Título da Prática: Qual o líquido é mais denso: a água líquida ou o álcool? S Comparar as densidades da água líquida, do gelo e do álcool. 2 cubos de gelo; álcool; água. Coloque

Leia mais

Métodos de separação dos componentes de uma mistura. Métodos de separação de misturas heterogéneas

Métodos de separação dos componentes de uma mistura. Métodos de separação de misturas heterogéneas TEXTO DE APOIO Métodos de separação dos componentes de uma mistura Na natureza as substâncias raramente existem no estado "puro". Elas surgem quase sempre como componentes de uma mistura. Como no estado

Leia mais

1. Estados físicos da matéria Mudanças de estado Substâncias puras Misturas 4 Exercícios Densidade 6 1.

1. Estados físicos da matéria Mudanças de estado Substâncias puras Misturas 4 Exercícios Densidade 6 1. 1. Estados físicos da matéria 3 1.1 Mudanças de estado 3 1.2 Substâncias puras 4 1.3 Misturas 4 Exercícios 5 1.4 Densidade 6 1.5 Transformação da matéria 6 1.6 Alotropia 6 1.7 Diagramas de fases 6 1.8

Leia mais

Experimentos de Química Orgânica

Experimentos de Química Orgânica Experimentos de Química Orgânica Conhecimento dos procedimentos experimentais Montagem dos equipamentos e execução da reação REAGENTES PRODUTO PRINCIPAL + PRODUTOS SECUNDÁRIOS SOLVENTES + CATALISADORES

Leia mais

LISTA 1 NÍVEL 1. Material Extra

LISTA 1 NÍVEL 1. Material Extra LISTA 1 NÍVEL 1 01. (UEMA) Das três fases de uma substância, a que possui menor energia cinética é a fase, cuja característica é apresentar. Os termos que preenchem corretamente as lacunas são: a) Sólida

Leia mais

Lista de Exercício. 1- Observe a representação dos sistemas I, II e III e seus componentes. Qual o número de fases em cada sistema?

Lista de Exercício. 1- Observe a representação dos sistemas I, II e III e seus componentes. Qual o número de fases em cada sistema? Professor: Cassio Pacheco Disciplina: Química 1 Ano Data de entrega: 07/04/2016 Lista de Exercício 1- Observe a representação dos sistemas I, II e III e seus componentes. Qual o número de fases em cada

Leia mais

EXPERIÊNCIA 5 SOLUBILIDADE

EXPERIÊNCIA 5 SOLUBILIDADE EXPERIÊNCIA 5 SOLUBILIDADE 1. OBJETIVOS No final desta experiência, espera-se que o aluno seja capaz de: Identificar algumas variáveis que afetam a solubilidade. Utilizar técnicas simples de extração,

Leia mais

EXERCÍCIOS DE QUÍMICA

EXERCÍCIOS DE QUÍMICA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA QUÍMICA FENÔMENOS FÍSICOS E QUÍMICOS SUBSTÂNCIAS PURAS E MISTURAS ATOMICIDADE - ALOTROPIA 1. (UFPE) Em quais das passagens a seguir está ocorrendo transformação química? (1) O reflexo

Leia mais

PROPRIEDADES DOS MATERIAIS QUÍMICA GERAL

PROPRIEDADES DOS MATERIAIS QUÍMICA GERAL PROPRIEDADES DOS MATERIAIS QUÍMICA GERAL PROPRIEDADES DA MATÉRIA CONCEITOS BÁSICOS MATÉRIA: tudo o que tem massa e ocupa lugar no espaço. CORPO/OBJETO: porção limitada da matéria. MASSA: quantidade matéria,

Leia mais

1 Separação de Misturas.

1 Separação de Misturas. 1 Separação de Misturas. VII. Análise Imediata: Conjunto de processos físicos de separação de substâncias puras presentes nas misturas. A figura abaixo ilustra um procedimento mais completo. Algumas considerações:

Leia mais

SUBSTÂNCIAS E MISTURAS

SUBSTÂNCIAS E MISTURAS SUBSTÂNCIAS E MISTURAS 1. ELEMENTO QUÍMICO É um conjunto de átomos de mesmo número atômico(z). 1 2 3 H H H 1 1 1 2. SUBSTÂNCIA Z Todo material formado por um tipo apenas de componente (molécula ou aglomerado

Leia mais

Complemento das Aulas 13 e 14: Os principais equipamentos presentes em um laboratório

Complemento das Aulas 13 e 14: Os principais equipamentos presentes em um laboratório MATERIAL EXTRA 2 BIMESTRE ENSINO MÉDIO Prof.: Cotrim 1ª Série Data: 18/04/2017 Complemento das Aulas 13 e 14: Os principais equipamentos presentes em um laboratório A execução de experimentos, em um laboratório

Leia mais

QUÍMICA INORGÂNICA ESTRUTURA ATÔMICA PROF. NEIF NAGIB

QUÍMICA INORGÂNICA ESTRUTURA ATÔMICA PROF. NEIF NAGIB QUÍMICA INORGÂNICA ESTRUTURA ATÔMICA PROF. NEIF NAGIB JONH DALTON: Postulados de Dalton: 1- Toda matéria é formada por entidades extremamente pequenas, os átomos. 2- Os átomos são indivisíveis. 3- O número

Leia mais

Química B Semiextensivo V. 1

Química B Semiextensivo V. 1 Química B Semiextensivo V. 1 Exercícios 01) A 02) C 03) A 04) E d = m v Densidade e massa são diretamente proporcionais, ou seja, quanto maior a massa da substância, maior será sua densidade. Já o volume

Leia mais

MATERIAIS BÁSICOS DO LABORATÓRIO DE QUÍMICA. Tópicos de Química Experimental. Débora Alvim/ Willian Miguel

MATERIAIS BÁSICOS DO LABORATÓRIO DE QUÍMICA. Tópicos de Química Experimental. Débora Alvim/ Willian Miguel MATERIAIS BÁSICOS DO LABORATÓRIO DE QUÍMICA Tópicos de Química Experimental Débora Alvim/ Willian Miguel BÉQUER OU BECHER É de uso geral em laboratório: Serve para fazer reações entre soluções Dissolver

Leia mais

Química B Intensivo V. 1

Química B Intensivo V. 1 1 Química B Intensivo V. 1 Exercícios 01) B 02) B a) Falsa. O leite in natura é uma mistura heterogênea e não apresenta as mesmas propriedades em toda a extensão da amostra. b) Verdadeira. A gelatina é

Leia mais

1. (Vunesp) Nesta tabela periódica, os algarismos romanos substituem os símbolos dos elementos. Sobre tais elementos, é correto afirmar que:

1. (Vunesp) Nesta tabela periódica, os algarismos romanos substituem os símbolos dos elementos. Sobre tais elementos, é correto afirmar que: 1º ano E.M. APE 1. (Vunesp) Nesta tabela periódica, os algarismos romanos substituem os símbolos dos elementos. Sobre tais elementos, é correto afirmar que: a) I e II são líquidos à temperatura ambiente.

Leia mais

Composição Densidade (g/mol) Carvão 0,3 0,6 Ossos 1,7 2,0 Areia 2,0 2,4 Solo 2,6 2,8 Pedras 2,6 5,0

Composição Densidade (g/mol) Carvão 0,3 0,6 Ossos 1,7 2,0 Areia 2,0 2,4 Solo 2,6 2,8 Pedras 2,6 5,0 QUÍMICA Arqueologistas usam diferenças de densidade para separar as misturas que eles obtêm por escavação. Indique a opção correta para uma mostra que contém a seguinte composição: Composição Densidade

Leia mais

3) Erlenmeyer Devido ao gargalo estreito é usado para agitar soluções e dissolver substâncias.

3) Erlenmeyer Devido ao gargalo estreito é usado para agitar soluções e dissolver substâncias. VIDRARIAS E MATERIAIS DIVERSOS DE LABORATÓRIO Professora: Juliana Rovere 1) Béquer É usado para dissolver substâncias, efetuar reações e aquecer líquidos sobre tela de amianto, pois é feito de vidro pyrex,

Leia mais

Dependendo do diâmetro (Ø) das partículas que constituem o disperso, as dispersões podem ser:

Dependendo do diâmetro (Ø) das partículas que constituem o disperso, as dispersões podem ser: Soluções Químicas A mistura de dois ou mais materiais podem ser uma perfeita dissolução denominada mistura homogênea ou uma separação total das partes constituintes do sistema a qual chamamos mistura heterogênea.

Leia mais

Lista de exercícios Aulas 01 e 02

Lista de exercícios Aulas 01 e 02 Lista de exercícios Aulas 01 e 02 Prof. Fernanda Dias 1) (Unicamp) Três frascos não rotulados encontram-se na prateleira de um laboratório. Um contém benzeno; outro, tetracloreto de carbono e o terceiro,

Leia mais

Decantação sólido - líquido

Decantação sólido - líquido Processos de separação Decantação sólido - líquido Possível devido à diferença de densidades dos componentes da mistura. Permite a separação de líquidos imiscíveis (que não se misturam) ou um sólido precipitado

Leia mais

CONDIÇÃO: Sólidos que facilmente são separados à mão ou com a ajuda de um. CONDIÇÃO: Sólidos com densidades diferentes, em que um deles facilmente é

CONDIÇÃO: Sólidos que facilmente são separados à mão ou com a ajuda de um. CONDIÇÃO: Sólidos com densidades diferentes, em que um deles facilmente é TEMA B TERRA EM TRANSFORMAÇÃO B1 MATERIAIS 1.1 Constituição do mundo material 1.2 Substâncias e misturas de substâncias 1.3 Soluções 1.4 Transformações dos materiais 1.5 Propriedades físicas e químicas

Leia mais

O aluno deverá imprimir o caderno de exercícios e resolver na mesma folha. ATENÇÃO PARA NÃO PERDER O PRAZO DE ENTREGA.

O aluno deverá imprimir o caderno de exercícios e resolver na mesma folha. ATENÇÃO PARA NÃO PERDER O PRAZO DE ENTREGA. Colégio Mallet Soares Avaliação: Recuperação paralela do 1 ano- 212 Professor(a): WELLYNGTON B MOURÃO Aluno(a): Nº: Turma: Data: NOTA Introdução O aluno deverá imprimir o caderno de exercícios e resolver

Leia mais

Processos de separação de misturas

Processos de separação de misturas Disciplina: Química Prof.: Ivo Turma: IU 23/03/2017 Tema da aula: Métodos de separação de misturas Processos de separação de misturas 1) Separação de misturas heterogêneas Misturas sólido sólido Catação

Leia mais

Substâncias e Misturas

Substâncias e Misturas ESTADO DE SANTA CATARINA EEB DR JORGE LACERDA Substâncias e Misturas Profª Luiza P. R. Martins Química 1º ano Estados físicos (de agregação) da matéria Vapor Características microscópicas 2 Ebulição, Vaporização

Leia mais

01) (USF-SP) Considerando-se as aparelhagens esquematizadas: Dessas afirmações, apenas:

01) (USF-SP) Considerando-se as aparelhagens esquematizadas: Dessas afirmações, apenas: 01) (USF-SP) Considerando-se as aparelhagens esquematizadas: Dessas afirmações, apenas: a) I é correta. d) I e II são corretas. b) II é correta. e) II e III são corretas. c) III é correta. 05) (UFPE-PE)

Leia mais

Exercícios de Revisão

Exercícios de Revisão Exercícios de Revisão a) I, II, III b) II, III, I c) II, I, III d) III, I, II e) I, III, II 01) (PUC - SP) O conceito de elemento químico está mais relacionado com a idéia de: a) átomo. b) molécula. c)

Leia mais

EXERCÍCIOS SUBSTÂNCIAS E MISTURAS

EXERCÍCIOS SUBSTÂNCIAS E MISTURAS EXERCÍCIOS SUBSTÂNCIAS E MISTURAS 1- Considere o sistema e responda as questões: A) Quantos átomos estão representados? B) Quantos elementos químicos há no sistema? C) Quantas moléculas estão representadas

Leia mais

CURSO PRÁTICO QUI 328 e 128 SÍNTESE DE COMPOSTOS ORGÂNICOS

CURSO PRÁTICO QUI 328 e 128 SÍNTESE DE COMPOSTOS ORGÂNICOS CURSO PRÁTICO QUI 328 e 128 SÍNTESE DE COMPOSTOS ORGÂNICOS Síntese I ( p-red) Nitrobenzeno Anilina Acetanilida p-nitro Acetanilida p-nitro Anilina p-red 1- OBTENÇÃO DA ANILINA -Estanho -Àcido clorídrico

Leia mais

09) Considere a tabela de pontos de fusão e ebulição das substâncias a seguir, a 1 atm de pressão:

09) Considere a tabela de pontos de fusão e ebulição das substâncias a seguir, a 1 atm de pressão: 01) Indique a alternativa que completa corretamente as lacunas do seguinte período: Um elemento químico é representado pelo seu..., é identificado pelo número de... e pode apresentar diferentes números

Leia mais

QUESTÕES DISSERTATIVAS - GABARITO RESOLVIDO

QUESTÕES DISSERTATIVAS - GABARITO RESOLVIDO Química Avaliação Bimestral 1 o ano Vivian março/ 2011 Nome: Turma: QUESTÕES DISSERTATIVAS - GABARITO RESOLVIDO Substância T. F. (ºC) T.E. (ºC) Densidade a 20ºC (g/cm 3 ) Solubilidade (g/100 g de água)

Leia mais

SEPARAÇÃO DE MISTURAS. Pr ofª Tatiana Lima

SEPARAÇÃO DE MISTURAS. Pr ofª Tatiana Lima SEPARAÇÃO DE MISTURAS Pr ofª Tatiana Lima As separações de misturas estão baseadas nas diferenças de propriedades entre os componentes de uma mistura. Soluções são misturas homogêneas, onde o solvente

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Ano: 1º Professora: Maria Luiza ENSINO MÉDIO Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Tarefa 22 Professor Gustavo

Tarefa 22 Professor Gustavo 6º ano Química Tarefa 22 Professor Gustavo 01. Uma amostra de água do mar contaminada com óleo foi coletada em alto mar. Sobre os procedimentos aplicados para a separação eficiente dos componentes dessa

Leia mais

Parte II. Meneah Renata Talita

Parte II. Meneah Renata Talita Extração e Purificação do Limoneno Parte II Meneah Renata Talita Objetivo da prática Isolar e Purificar o Limoneno a partir de uma fase orgânica contendo n-hexano, limoneno, traços de substâncias voláteis

Leia mais

FQ A - 10ºF FÍSICO-QUÍMICA 1. PO TOS DE MUDA ÇA DE ESTADO FÍSICO DA MATÉRIA

FQ A - 10ºF FÍSICO-QUÍMICA 1. PO TOS DE MUDA ÇA DE ESTADO FÍSICO DA MATÉRIA FÍSICO-QUÍMICA 1. PO TOS DE MUDA ÇA DE ESTADO FÍSICO DA MATÉRIA O ponto de fusão designa a temperatura à qual uma substância passa do estado sólido ao estado líquido nas condições normais de pressão, coexistindo

Leia mais

Aula 17 Ligações covalentes e metálicas

Aula 17 Ligações covalentes e metálicas Aula 17 Ligações covalentes e metálicas Em nossa aula passada falamos de ligações iônicas, aquelas que ocorrem entre átomos com grandes diferenças de eletronegatividade. Entretanto, essa não é a única

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA SEGUNDA ETAPA DO VESTIBULAR 99 DA UFMG

PROVA DE QUÍMICA SEGUNDA ETAPA DO VESTIBULAR 99 DA UFMG PROVA DE QUÍMICA SEGUNDA ETAPA DO VESTIBULAR 99 DA UFMG QUESTÃO 01 A queima do enxofre produz um dos seus óxidos, SO 2 (g) ou SO 3 (g). A identificação de qual dos dois é, realmente, produzido pode ser

Leia mais