Com boas embalagens, o setor navega em mar tranqüilo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Com boas embalagens, o setor navega em mar tranqüilo"

Transcrição

1 Ano III Nº 28 Novembro 2001 R$ 6,00 Com boas embalagens, o setor navega em mar tranqüilo LAMINAÇÃO DE FLEXÍVEIS PANETONES INOVAM EMBALAGENS

2 Aplausos alegram e aumentam o compromisso de fazer sempre melhor Como nos concursos de miss S into-me no feliz dever de partilhar com os leitores o sentimento de recompensa da equipe de EMBALAGEMMARCA pela aprovação manifestada de forma crescente a nosso trabalho. Ninguém aqui tem a falsa modéstia de afirmar que não aprecia aplausos. Da mesma forma, não há um só que se julgue melhor do que ninguém, que desconsidere a concorrência e não entenda que ela tem contribuições a dar ao setor. Mas, como ensina a sabedoria básica do marketing, não se deve falar da concorrência. Falemos de nós: os elogios têm o duplo efeito de alegrar a equipe e, ao mesmo tempo, impor-lhe o dever de fazer sempre melhor. Com o perdão dos leitores pela citação banalizada nos concursos de miss, assumimos que nos tornamos eternamente responsáveis por aquilo que conquistamos. Estamos compenetrados de que não podemos decepcionar quem aprova e apóia nosso trabalho. Isso fica aqui registrado para efeito de reiteração de nosso compromisso de continuar fazendo uma revista informativa, imparcial, criativa e útil aos profissionais atuantes na cadeia de embalagem. O uso da revista como veículo de amostragem tem dado interessantes resultados, segundo diferentes e, para nós, importantíssimos depoimentos. Os mais diretos são os de quem patrocina ações em que são mostrados materiais e processos de produção de embalagem, como encartes, rótulos e envelopes. Nas inúmeras ações desse tipo já realizadas, seus promotores manifestaram alta satisfação com o retorno. Isso é bom e mostra que estamos no caminho certo, contribuindo com criatividade para que os patrocinadores de tais ações fortaleçam as marcas de seus produtos e vendam mais. Mas não é apenas com gestos incomuns que, em EMBALAGEMMARCA, os anúncios têm mais visibilidade e dão mais retorno. Isso é explicado, entre outras, por três razões. Primeiro, pela credibilidade que a revista angariou por não ter compromissos com nenhum segmento específico da cadeia de embalagem, mas tão-somente com o crescimento e com o fortalecimento do setor inteiro. Segundo, porque a revista é realmente lida e por maior número de leitores. Finalmente porque, em EMBALAGEMMARCA, não há congestionamento de anúncios. Faça um teste com o seu. Até dezembro. Wilson Palhares

3 8 14 ENTREVISTA: ALUISIO QUINTANILHA DE BARROS Presidente da Abima Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias, explica a evolução das embalagens de macarrão CAPA Embalagens esquentam o jogo do mercado de brinquedos novembro 2001 ADESIVOS E SELANTES Soluções de laminação de embalagens flexíveis são cada vez mais estratégicas MERCADO Novas embalagens de panetones e entrada da Nestlé no setor agitam Natal 2001 BEBIDAS Depois da Smirnoff, outras marcas despontam no segmento de ices Diretor de Redação Wilson Palhares Reportagem Flávio Palhares Guilherme Kamio Leandro Haberli Thays Freitas Colaboradores Josué Machado e Luiz Antonio Maciel Diretor de Arte Carlos Gustavo Curado Administração Marcos Palhares (Diretor de Marketing) Eunice Fruet (Diretora Financeira) Departamento Comercial Wagner Ferreira Circulação e Assinaturas Claudia Regina Salomão Assinatura anual (11 exemplares): R$ 60,00 Público-Alvo EMBALAGEMMARCA é dirigida a profissionais que ocupam cargos técnicos, de direção, gerência e supervisão em empresas fornecedoras, convertedoras e usuárias de embalagens para alimentos, bebidas, cosméticos, medicamentos, materiais de limpeza e home service, bem como prestadores de serviços relacionados com a cadeia de embalagem. Tiragem desta edição exemplares Filiada ao 3 Editorial A essência da edição do mês, opinião e mudanças 6 Cartas A opinião, a sugestão e os comentários dos leitores 25 Prêmios Setor de logística premia seus destaques 26 Materiais Celulose Irani investe para crescer em embalagem 34 Making of A criação do projeto Flexo Film & Design 39 Panorama Movimentação na indústria de embalagens e seus lançamentos 42 Display Lançamentos e novidades no mercado de consumo 46 Almanaque Fatos não muito conhecidos do universo das embalagens FOTO DE CAPA: STUDIO AG / ANDRÉ GODOY Impressa em papel Couché Image Mate 115 g/m 2 (miolo) e Couché Image Art 145 g/m 2 (capa) da Ripasa S. A. Celulose e Papel Impressão: Grande ABC EMBALAGEMMARCA é uma publicação mensal da Bloco de Comunicação Ltda. Rua Arcílio Martins, 53 Chácara Santo Antonio - CEP São Paulo, SP Tel. (11) Fax (11) O conteúdo editorial de EMBALAGEMMARCA é resguardado por direitos autorais. Não é permitida a reprodução de matérias editoriais publicadas nesta revista sem autorização da Bloco de Comunicação Ltda. Opiniões expressas em matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião da revista.

4 Mais uma vez EMBALAGEM- MARCA saiu com uma edição sensacional, com ênfase na bricolagem. A embalagem externa está primorosa. O encarte da Suzano é um encanto. Continuem deslumbrando seus leitores. Arnold Diesendruck Do-It São Paulo, SP Gosto bastante do conteúdo e desenvolvimento da revista EMBA- LAGEMMARCA. Assim sendo, nós, da Codil, gostaríamos de assinar esta pelo período de um ano, com possibilidade de continuação. Hugo Guerra Departamento de design Costa & Dias Lda Codil Cesar, Portugal Somos leitores assíduos da revista EMBALAGEMMARCA e queremos parabenizá-los pelo empreendimento. Admiramos as matérias tão cautelosamente selecionadas, o fator estético e de leitura agradável, características em pleno e visível aprimoramento. Gostaríamos, entretanto, de notificá-los de um equívoco constatado na edição de agosto de 2001, página 30. Trata-se da foto número 3 da matéria A volta da Bohemia, onde foi atribuído à Mead a fabricação da embalagem mencionada. Na verdade, após análise do desenho, layout e sistema de fechamento da embalagem, constatamos facilmente que é um de nossos produtos. Gostaríamos, portanto, que fosse notificado o erro que observamos. Carlos Alberto Zardo Jr. Supervisor de Marketing Riverwood do Brasil N.R. a informação de que a embalagem mencionada é fabricada pela Mead foi dada pela DM9DDB, agência responsável pela reestruturação da marca Bohemia. A Revista EMBALAGEMMARCA tem proporcionado um grande espaço democrático e contribuído, e muito, na informação e valorização do segmento de rótulos auto-adesivos, que cresce a cada dia nas suas mais variadas aplicações. Parabéns a toda equipe da revista. Roberto Inson Gerente de Marketing Prakolar Rótulos Auto-Adesivos Sou estudante de design de embalagem da Anhembi Morumbi e acabei de assinar EMBALAGEMMARCA. Estou apaixonado pela revista, que já me ajudou muito em trabalhos da faculdade e espero que futuramente na profissão. Carlos Alberto da Silva São Paulo, SP Quero elogiar toda a equipe de EMBALAGEMMARCA pelo magnífico trabalho que vem sendo realizado, concretizando ainda mais a fidelidade do público, de maneira qualificada e verdadeira. Parabenizo a todos da equipe por seus esforços quanto à qualidade da revista, pela veracidade das informações nela contida, pelo belíssimo atendimento prestado, artes e matérias até aqui publicadas. Não poderíamos deixar de citar o caderno especial da Semana de Design de Embalagem da Abre. Da criação à editoração, do layout à arte, só me resta agradecê-los por me manter informado e atualizado, sempre um passo à frente do que acontece hoje. Arylton Kaeda Bulara Shine Comunicação e Design São Paulo, SP MENSAGENS PARA EMBALAGEMMARCA Redação: Rua Arcílio Martins, 53 CEP São Paulo, SP Tel (11) Fax (11) As mensagens recebidas poderão ter trechos não essenciais eliminados, e poderão ser inseridas no site da revista (www.embalagemmarca.com.br).

5 entrevista Diferenciação visual é fundamental ALUISIO QUINTANILHA DE BARROS, presidente da Abima - Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias, diz que, com a entrada de marcas estrangeiras no país, a embalagem se consolidou entre os fabricantes de macarrão como uma maneira de gerar valor e aumentar as vendas do setor DIVULGAÇÃO A lém de aguçar a inventividade de autores de folhetins eletrônicos, a imigração italiana no Brasil ajudou a formar um vigoroso mercado. Hoje o país é o terceiro maior consumidor de macarrão do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e, claro, da Itália. Mais de 1 milhão de toneladas de massas alimentícias são vendidas anualmente no Brasil. De 1994 para cá, o consumo per capita do produto saltou de 4 para 5,5 quilos por ano. A preferência pelas pastas não se restringe à capital paulista, tradicional reduto de cantinas e mammas de mão cheia. Existe hoje no país mais de uma centena de indústrias produtoras de macarrão, cuja distribuição cobre desde as grandes metrópoles até os mais afastados rincões do país. Cada vez mais o macarrão faz parte do cardápio do brasileiro. Tal realidade tem aberto um oceano de oportunidades de negócio, num panorama em que a embalagem vem se tornando cada vez mais estratégica. Feitas exclusivamente de simplórios filmes monocamada de polietileno (PE) até bem pouco tempo atrás, nos últimos anos elas passaram a ser devidamente avaliadas pelos fabricantes de macarrão, ou seja, são vistas hoje como uma forma de valorizar marcas e aumentar as vendas. Para discutir esse processo de evolução, EMBALAGEMMARCA ouviu o presidente da Abima Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias, Aluisio Quintanilha de Barros. Com o knowhow de quem está a par das iniciativas dos principais fabricantes do país, ele corrobora a tese de que diferenciação visual no ponto-de-venda é fundamental para sobreviver num mercado crescentemente segmentado e invadido por marcas estrangeiras. Barros comenta também a política de importação de trigo no Brasil e os avanços proporcionados pelo Selo de Garantia Abima. 8 EMBALAGEMMARCA nov 2001

6 Como pode ser resumida a história da evolução das embalagens de macarrão? A impressão que prevalece é a de que, até pouco tempo atrás, elas eram vulneráveis, tinham pouca barreira e chegavam até a possibilitar a proliferação de insetos nos produtos. O processo de evolução das embalagens utilizadas pela indústria de massas alimentícias se divide basicamente em dois momentos. Até 1990, existia o monopólio do trigo no Brasil e o preço do macarrão era controlado pelo governo. Essa interferência fazia o setor ser nivelado por baixo. Assim, todos os aspectos do mercado, inclusive as embalagens, eram marcados pela economia de custo. Feitas praticamente de polietileno (PE), as embalagens eram muito parecidas e não era possível pensar em adotar soluções mais modernas e diferenciadas, pois as condições do mercado não permitiam. Na época não se admitia nenhum tipo de segregação do setor. A partir de 1990, com a abertura do mercado, as empresas começaram a se preocupar com marca e posicionamento de gôndola, o que gerou uma nova fase na embalagem de macarrão no país. Os fabricantes de macarrão tiveram de pensar tanto no visual das embalagens quanto na questão da proteção, das barreiras. Nesse processo, as marcas estrangeiras tiveram importância fundamental. Foi uma evolução muito grande em um período muito curto. 10 EMBALAGEMMARCA nov 2001 A partir de 1990, com a abertura do mercado, os fabricantes brasileiros começaram a se preocupar com marca e posicionamento de gôndola. Essa nova visão modernizou o desenvolvimento das embalagens de macarrão Quais foram os prós e contras da entrada de empresas estrangeiras no mercado de massas alimentícias do país? Na minha opinião, esse processo não afetou muito o setor. Embora seja inegável que o mercado venha se concentrando nos últimos anos, não acredito que este fenômeno se deve à entrada de empresas estrangeiras. A única empresa estrangeira que tem uma participação representativa no mercado brasileiro de macarrão é a argentina Socma (controladora do Grupo Adria, que detém marcas como Basilar, Zabet e Isabela). A italiana Barilla, que muitos acreditam ter dominado o mercado, só trabalha com importação e não tem mais do que 1% de share. Mas o setor ainda é pulverizado. Para ter idéia, a participação da líder Socma não é superior a 15% do mercado. Os players internacionais introduziram novas alternativas em embalagem, como os cartuchos de papel cartão e os berços termoformados. Como essas tendências de embalagem têm sido assimiladas pelos produtores brasileiros? Sem dúvida, a importação de massas da Itália representou um incentivo à criação de embalagens pelas indústrias nacionais. O papel cartão é inegavelmente uma idéia estrangeira, que confere nobreza e valor agregado ao produto. Mas ainda há muito a ser criado em termos de embalagem, e o Brasil está no início desse processo de diferenciação visual. Na linha de tendências, as embalagens voltadas ao público single, que acondicionam menos quantidade de produtos, com certeza deverão crescer muito. Na Europa, já está consolidado o conceito de embalagens que funcionam como kits. Com elas, o consumidor compra uma porção de macarrão própria para uma única refeição, e na embalagem já há a quantidade específica de molho para esta situação de consumo. Essas oportunidades ainda não foram plenamente aproveitadas no Brasil. Mas já é percebida uma crescente aposta das empresas no mercado de refeições individualizadas, principalmente em pratos de rápido preparo, com destaque para massas liofilizadas. O mercado de massas instantâneas, apesar de ter um bom potencial de desenvolvimento, ainda é imensurável, pois o Brasil, infelizmente, é um país de população carente, onde as pessoas estão preocupadas em se alimentar, não importa como. Mas não há dúvida de que o

7 macarrão vai ao encontro das necessidades do público urbano que clama por praticidade em suas refeições. Qualquer pessoa pode fazer macarrão, especialmente se ele for comprado semipronto, ou fresco, nos kits individuais e com molho. A embalagem, portanto, pode contribuir com o crescimento do mercado e dar mais credibilidade ao produto e às marcas. Sem dúvida a embalagem tem um papel importante, inclusive quando se fala na qualidade do macarrão. A partir da modernização de seu processo produtivo, o Brasil passou a ter um dos melhores macarrões do mundo. Parte desse mérito inegavelmente pertence à embalagem. Com população majoritariamente de baixo poder aquisitivo, o Brasil comporta embalagens de macarrão que agravam custo final do produto? Aliás, em média, qual o peso da embalagem na composição dos custos de macarrão? É preciso ter em vista que o mercado de macarrão é segmentado. Há embalagens de produtos de combate, onde o custo é menor, já que a idéia é atender a um público específico. Há também o mercado institucional, que exige embalagens mais baratas. Por outro lado, há os produtos segmentados, voltados a públicos com maior poder aquisitivo. Aí, sim, a embalagem assume inegável apelo de venda. Acredito que, em média, o peso da embalagem no custo final de um pacote de macarrão varie entre 8% e 10%. Mas há produtos, como macarrão instantâneo, por exemplo, em que o peso é sem dúvida muito maior. Qual é o consumo de macarrão per capita por ano no Brasil, e que posição o país ocupa no ranking mundial? Segundo a Unipi (União Nacional das Indústrias de Pastas Italianas), o consu- No Brasil, o público single é um nicho praticamente inexplorado. Uma forte tendência é a venda de macarrão em embalagens que contenham porções de massa e molho próprias para uma pessoa mo per capita/ano no Brasil está por volta de 5,5 quilos, o que dá aproximadamente 1 milhão de toneladas por ano. No ranking mundial, o Brasil aparece em 13º lugar. O líder é a Itália, e a Venezuela aparece em segundo. Chama atenção a posição da Venezuela... Sem dúvida. Isso fez com que essse país se tornasse um caso internacional de estudos. Na verdade, há uma complexa questão cultural envolvida. Lá, arroz e feijão não fazem parte das refeições cotidianas da população, como ocorre no Brasil, por exemplo. Além disso, a imigração italiana naquele país ocorreu após a Segunda Guerra, quando a industrialização já havia ocorrido. De alguma forma esse processo ajudou a consolidar a idéia de que um prato de macarrão representa uma refeição completa. No nosso caso, temos muita influência da colonização portuguesa. Mas talvez mais importante do que estas particularidades seja o fato de que, historicamente, o governo não fomentou investimentos na indústria brasileira do macarrão. Mas ao invés de uma conotação negativa, isso mostra que temos um potencial de crescimento muito grande. Mas em volume, já somos o terceiro maior consumidor do mundo, atrás apenas da Itália e dos Estados Unidos. A impressão que se tem é de que no Brasil as donas de casa parecem não ser plenamente influenciadas pelas marcas na hora de comprar macarrão. Considerando que preço é um ponto crucial em se tratando de produtos de primeira necessidade, como o senhor avalia a força da marca no mercado de massas alimentícias? Novamente, é preciso dizer que tudo depende da faixa do consumidor. Mas convém considerar também que, por princípio, macarrão é um produto muito barato. Hoje um quilo do produto, capaz de alimentar cerca de dez pessoas, pode nov 2001 EMBALAGEMMARCA 11

8 ser comprado a 2 reais. Mas é exatamente por isso que o valor da marca e da embalagem tem uma importância muito significativa e não existe valor de marca sem uma apresentação e uma embalagem atraentes e funcionais. No início deste ano, a Abima estimava um crescimento para o setor que parece não se ter concretizado. O que de fato ocorreu? As projeções não se concretizaram, pois quando foram feitas, imaginávamos que este seria um ano de calmaria, já que a economia no ano passado indicava esse caminho. Mas, como todo o país, fomos surpreendidos pela alta do dólar e pela crise da vizinha Argentina. Como o nosso setor é muito sensível ao dólar, já que o preço do trigo é cotado na moeda norte-americana, enfrentamos um período bastante turbulento. A crise energética também foi fatal para nós. Sinceramente, não conheço um setor que possa dizer honestamente que não enfrentou problemas este ano. Falando em Argentina, que é o maior fornecedor de trigo do Brasil, como está a política de importação do produto? Antes de mais nada, devo esclarecer que o Brasil não tem nenhum mecanismo de proteção aos setores que dependem do trigo. Daí nossa vulnerabilidade. Em função de uma política agrícola equivocada adotada no passado, o país hoje depende basicamente do trigo produzido na Argentina. Mas existe um movimento muito forte para que o trigo brasileiro readquira competitividade. Isso pode ser visto em iniciativas empreendidas no Centro- Oeste do país e no norte do Paraná. Acredito que a partir do ano que vem poderemos diminuir a dependência da Argentina, produzindo internamente cerca de 50% do trigo que consumimos. Hoje importamos mais de 80% do que consumimos do país vizinho. O Brasil hoje depende do trigo produzido na Argentina. Mas há investimentos para que o trigo brasileiro readquira competitividade. O cultivo tem sido fomentado principalmente no Centro-Oeste do país e no norte do Paraná Pulverização parece ser um ponto forte no setor, já que mais de 80% das indústrias de massas alimentícias brasileiras são classificadas pela Abima como pequenas ou médias. Esse grupo já se deu conta do poder comunicativo das embalagens? Ou seja, sabe, por exemplo, que é preciso terceirizar projetos para agências de design e convertedores especializados? Esse processo é muito embrionário. Poucos acordaram para a necessidade de investir na roupagem dos seus produtos. Essa tendência vai ser puxada primeiro pelos grandes, mas não tenho dúvidas de que pequenos e médios acabarão sendo despertados para a necessidade de investimentos em embalagem. Qual o histórico e quais os resultados mais relevantes que o Selo de Garantia Abima trouxe para a indústria de massas alimentícias? O selo foi criado em 1994 e conseguiu aumentar a qualidade do macarrão brasileiro. Chegamos à conclusão de que, se não fizéssemos alguma coisa, estaríamos fadados à invasão de empresas estrangeiras. Essa ação nos uniu e possibilitou que modernizássemos nosso parque industrial. Evoluímos tanto que, hoje, estamos entre os cinco melhores países do mundo em tecnologia de produção de macarrão. O senhor poderia comentar a origem do Dia Mundial do Macarrão, celebrado em 25 de outubro? A iniciativa surgiu na Itália, com o objetivo de informar à população os benefícios nutricionais do alimento e aumentar o consumo per capita de macarrão. No Brasil, fazemos um jantar, para o qual os grandes chefs do país são convidados a mostrar suas receitas. Neste ano, foram apresentadas até sobremesas feitas de macarrão. Os resultados têm sido muito positivos. De 1994 para cá, o consumo per capita de macarrão no Brasil subiu de 4 para 5,5 quilos por ano. 12 EMBALAGEMMARCA nov 2001

9 lançamento Para designers Papel da Ripasa para impressão a laser valoriza apresentações D epois de mais de um ano de pesquisas e testes de qualidade, a Ripasa colocou no mercado o papel Ripax Design, uma linha especialmente desenvolvida para designers e profissionais que precisam de material de trabalho de qualidade superior para impressões coloridas em equipamentos laser color. O produto está disponível nas versões Gloss, um papel com revestimento couché brilhante nos dois lados, e Extra Liso, com acabamento fosco. Ambos permitem impressão frente e verso e são bem encorpados (120 a 150g/m 2). Ripasa (11) A embalagem do Ripax Design, desenvolvida pela empresa em parceria com a agência Packing, no formato A3, com até 120 folhas, é feita de papel cartão PEX. Esse material, revestido por extrusão na origem, de modo a garantir super proteção contra umidade, é outro lançamento recente da Ripasa e contribui para consolidar sua condição de líder brasileira em papel cartão para alimentos congelados. No caso do Ripax Design, a embalagem tem entre seus atributos, segundo o fabricante, a praticidade de poder ser utilizada para o acondicionamento seguro das apresentações. FOTO: DIVULGAÇÃO

10 reportagem de capa Um jogo muito sério FOTO: STUDIO AG ANDRÉ GODOY Brinquedos têm embalagens cada vez mais comunicativas e funcionais Por Guilherme Kamio O conteúdo pode ser para brincar, mas a embalagem é coisa séria. Apesar de os brinquedos estarem voltados ao entretenimento e ao desenvolvimento das crianças, sua apresentação passa ao largo de qualquer brincadeira. Esse aparente paradoxo vem se tornando cada vez mais forte nos últimos tempos e gerando atenções progressivamente maiores dos fabricantes quanto à política de marketing que envolve o acondicionamento dos seus produtos. Motivos para isso não faltam. Um deles, talvez o mais óbvio, é a crescente competitividade, um jogo muito sério, onde quem brinca fica de fora. Cerca de 330 produtores nacionais disputam um lugar ao sol num mercado em expansão: a estimativa da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq) é de que o segmento amealhe cerca de 920 milhões de reais em 2001, perto de 8% a mais que no exercício anterior. Apesar de variadas dificuldades, como o cenário de racionamento de energia, o segmento está em pleno crescimento, diz Synésio Batista da Costa, presidente da Abrinq. Ficamos surpresos com a resposta do varejo, assinala Carlos Tilkian, presidente da Estrela, líder de mercado no Brasil, que tem a expectativa de fechar 2001 com um crescimento de 15%. Neste ponto, vale lembrar que o último trimestre do ano é o momento crucial para as pretensões das empresas. A briga se acirra por causa do Dia das Crianças e do Natal. Em outra frente, há que se levar em conta o crescimento da atenção dos pais com a segurança e com a qualidade do brinquedo como instrumento de ajuda no desenvolvimento intelectual de seus filhos. Por isso, a embalagem deve como nunca trazer informações claras e completas. 14 EMBALAGEMMARCA nov 2001

11 Mídia forte Os movimentos do mercado publicitário também ajudam a compreender a valorização da embalagem para os brinquedos. Como os custos de comunicação em mídias como televisão vêm aumentando nos últimos anos, a embalagem desempenha uma função cada vez mais forte analisa João Nagano Jr., diretor da Grow, tradicional fabricante nacional. Vale lembrar também da invasão cada vez maior dos produtos importados e contrabandeados, que engolem gorda fatia do mercado. Essa importância está chegando a ponto de as empresas avisarem o consumidor de seu cuidado com a embalagem, como um estímulo para que ele a perceba como um diferencial significativo. Essa tática não é rara nos dias de hoje. A Toyster, por exemplo, faz questão de divulgar ser a única no mercado a acondicionar seus produtos em uma exclusiva caixa dura de papelão laminada com couché, resultado de um investimento em uma máquina americana Crathern & Smith para sua linha de embalagem. Uma estampa nas caixas trata de comunicar esse padrão, utilizado em larga escala em vários países. Embalagem para nós é tudo, é o que vende, argumenta Adriane Ruri Kimura, gerente de desenvolvimento de produtos da Toyster. O caso da Toyster revela o papel estratégico da embalagem pelo fato de a empresa fazer questão de manter uma unidade de embalagem própria. Como renovamos constantemente as diversas linhas e cerca de 90% de nossas embalagens são cartonadas, ganhamos agilidade produzindo-as internamente, diz Adriane. Processo similar acontece na Grow, que desde sua fundação mantém uma gráfica interna. Segundo Nagano, apesar de não ser uma regra no mercado, isso facilita o processo produtivo, já que a quase totalidade das embalagens da empresa é de papel cartão acoplado a papelão micro-ondulado, com impressão em off-set. Também temos departamento próprio de design, tanto gráfico como estrutural, diz. Frente às ondas que ditam a moda no terreno dos brinquedos, o design feito internamente pode ser uma ferramenta poderosa. Para se ter idéia, a Abrinq calcula que este ano fechará com um total de lançamentos de produtos, 25% a mais que em Nesse sentido, dá para imaginar que o que não falta no segmento é demanda por projetos de embalagem. Caixa dura, um trunfo da Toyster para agregar valor aos seus produtos o que é ressaltado na caixa Materiais combinados Entre esses projetos, são progressivamente maiores os que estão saindo do âmbito exclusivo das embalagens celulósicas. Há uma tendência forte para as embalagens que associem papel com plástico, analisa Adriane, da Toyster. Ela diz que a empresa começou a usar nov 2001 EMBALAGEMMARCA 15

12 Ilustrações dão o tom à caixa do jogo Perfil Júnior, da Grow Toyster: formatos inusitados de cartucho plásticos de dois anos para cá, e vem tendo sucesso em embalagens como as da linha Tand, que combinam maletas e outros modelos de recipientes plásticos com luvas de cartão. O plástico nos dá a vantagem da transparência, diz. Já no caso da Grow, blisters e filmes plásticos também fazem parte das embalagens, mas de maneira reduzida. Contabilizando todas essas peças da embalagem, mais as caixas de transporte em papelão, a participação da embalagem no custo total dos produtos fica em torno de 15%, calcula Nagano. A seu ver, a embalagem cumpre um papel crucial para o STUDIO AG ANDRÉ GODOY bom desempenho dos produtos da Grow. Por terem um perfil educativo, precisam ter seu conceito explicado ao consumidor pela embalagem, diz Nagano. Uma estratégia focada em embalagem que está fazendo sucesso é o dos displays feitos totalmente de cartão para sustentar os cartuchos elípticos dos mini-puzzles Turma da Mônica, ele conta. Pelo destaque visual e pelo conjunto, o display passou a gerar grande apelo para as compras por impulso, perto dos check-outs. Ao lado das tiragens altamente flexíveis, essa multiplicidade de detalhes que compõe as embalagens dos brinquedos complica a relação com os fornecedores. A sazonalidade, as tiragens irregulares e a grande quantidade de itens, entre outras variáveis, dificultam que uma empresa como a nossa, de perfil fortemente industrial, penetre expressivamente no segmen- Rótulos sobrepostos que giram, o diferencial do pote de Lego Bionicle 16 EMBALAGEMMARCA nov 2001

13 Para mais de um produto. Ou até para brincar Combinar produtos de consumo de massa com brinquedos é tática de sucesso para elevar as vendas de bens cujo público-alvo é o infantil. Quem não se lembra do caso do chocolate Kinder Ovo, que vendeu como água no deserto em meados da década passada ao trazer um brinde em seu interior? Tal estratégia continua a render boas experiências, sobretudo em promoções, e demanda cada vez mais projetos especiais de embalagem. Exemplo é a AmBev, que está dando grande visibilidade ao Guaraná Antarctica Caçulinha através de casamentos com brinquedos. Primeiro foi com a turma Pokémon, que vinha em miniaturas plásticas no interior de uma cápsula acoplada à tampa do produto. O conjunto era envolto em um sleeve (manga de filme plástico) especial, fornecido pela Propack. Depois veio uma edição de Páscoa, em que uma multipack cartonada da Riverwood acondicionava algumas unidades do produto e um coelho de pelúcia. A ligação da Am- Bev com brinquedos, aliás, está sendo reforçada com o lançamento da boneca Susi Guaraná Antarctica. A fashion doll da Estrela vem vestida com motivos que aludem à marca e às suas campanhas publicitárias. Outra estratégia velha de guer- 18 EMBALAGEMMARCA nov 2001 ra, mas que não perde a utilidade, é a de promover embalagens que sirvam de brinquedo. Casos recentes, no mercado de alimentos, são dados pela Parmalat e pela Kellogg. A primeira está introduzindo jogos nas embalagens dos produtos lácteos dirigidos às crianças. As caixinhas do leite fermentado formam peças de dominó, e há um jogo da memória impresso no verso do cartão-luva do petit suisse Stickadinho. O jogo da memória também está no verso do cartucho do novo cereal Kellogg s Digimon Doce de Leite, impresso pela Brasilgráfica. No interior da caixa há dedoches (fantoches de dedo). Em cosméticos, um caso de destaque é o da Natura, cuja linha Natura Criança traz peças de borracha que, combinadas com os cartuchos dos produtos, viram brinquedos (veja edição 13 de EMBALAGEMMARCA). Combinação de plásticos e papel cartão é o chamariz da linha TAND, da Toyster to, aponta Fábio Pereira, da área de marketing da Rigesa Westvaco, grande fornecedora de soluções em embalagens de papelão ondulado e papel cartão. Ele ressalta, porém, que esses fatores não impedem que a Rigesa atenda ao segmento, o que até acontece esporadicamente. É o mesmo caso da Brasilgráfica, uma das maiores processadoras de embalagens de papel cartão no país, que fornece, mas eventualmente, aos fabricantes de brinquedos. Normalmente o segmento pede caixas com quatro pontos de cola, envernizadas, com janelas de polietileno ou acetato aplicadas internamente, diz Célio Coelho de Magalhães, diretor de marketing da empresa. Uma amostra do trabalho da Brasilgráfica, que pode ser vista atualmente no mercado, é a caixa da boneca Meu Bebê, da Estrela. É uma caixa grande, com aproximadamente 70 centímetros de altura, impressa em off set e com uma grande janela em acetato, descreve Magalhães. Para ele, esse convite às compras pelo esmero em apresentação é inversamente proporcional à idade das crianças. As menores, que não sabem ler, são muito mais influenciadas

O desafio: A vantagem da Videojet:

O desafio: A vantagem da Videojet: Nota de aplicação Tinta Tintas coloridas para embalagens de ponto de venda O desafio: O ambiente de varejo é um mercado em constante evolução, com maior ênfase na embalagem, que não só protege os produtos

Leia mais

EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW. A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome. www.fispaltecnologia.com.br

EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW. A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome. www.fispaltecnologia.com.br EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW 2014 A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome www.fispaltecnologia.com.br Fispal Tecnologia, a 30ª edição! Se tem uma edição da Fispal Tecnologia que

Leia mais

Introdução ao Mundo da Embalagem

Introdução ao Mundo da Embalagem Introdução ao Mundo da Embalagem Desenhar embalagens que realmente contribuam para o sucesso do produto na competição de mercado não é uma tarefa fácil. A embalagem é hoje um importante componente da atividade

Leia mais

Uma das maiores agroindústrias de produção de alimentos do país, especialmente

Uma das maiores agroindústrias de produção de alimentos do país, especialmente Batávia mantém estratégia de inovação com 60 lançamentos Uma das maiores agroindústrias de produção de alimentos do país, especialmente em refrigerados lácteos, a Batávia S.A Indústria de Alimentos possui

Leia mais

Locação: cada vez mais em movimento ascendente

Locação: cada vez mais em movimento ascendente 60 edição nº 116 Out 2011 Empilhadeiras Locação: cada vez mais em movimento ascendente O segmento de locação de máquinas passou por muitas mudanças nos últimos anos, basicamente decorrentes da otimização

Leia mais

Mídia Kit 2015. Publicidade. Tabela com vigência a partir de janeiro de 2015 Versão I em 26/11/2014

Mídia Kit 2015. Publicidade. Tabela com vigência a partir de janeiro de 2015 Versão I em 26/11/2014 Mídia Kit 2015 Publicidade Tabela com vigência a partir de janeiro de 2015 Versão I em 26/11/2014 Multiplataforma A Prazeres da Mesa é hoje a mais dinâmica produtora de conteúdo de gastronomia em várias

Leia mais

Pelo menor, quer estar na melhor?

Pelo menor, quer estar na melhor? Pelo menor, quer estar na melhor? Plásticos em Revista está oferecendo um espaço para seu produto entrar no time de empresas vencedoras: Menor preço: você pode optar pelo formato ideal para o seu bolso.

Leia mais

julho 2011 www.sm.com.br

julho 2011 www.sm.com.br www.sm.com.br Uma publicação do Grupo Lund ano 42 nº 7 julho 2011 DOIS (BONS) PROGRAMAS DE FIDELIDADE COMO DECIDIR O MELHOR NÍVEL DE ESTOQUE MÍDIA DIGITAL A TV QUE FAZ DINHEIRO UNILEVER DEFINE MIX DE 80

Leia mais

4-8 TRANSFORME BONS NEGÓCIOS EM SUCESSO MAIO 2015. d a s 11 h à s 2 0 h Anhembi São Paulo - SP. www.feiplastic.com.br. facebook.

4-8 TRANSFORME BONS NEGÓCIOS EM SUCESSO MAIO 2015. d a s 11 h à s 2 0 h Anhembi São Paulo - SP. www.feiplastic.com.br. facebook. 4-8 MAIO 2015 d a s 11 h à s 2 0 h Anhembi São Paulo - SP TRANSFORME BONS NEGÓCIOS EM SUCESSO www.feiplastic.com.br Apoio Institucional: facebook.com/feiplastic Organização e Promoção: O EVENTO Com a ampliação

Leia mais

Metals & Mining and Pulp & Paper Credit Suisse Conference

Metals & Mining and Pulp & Paper Credit Suisse Conference Metals & Mining and Pulp & Paper Credit Suisse Conference Aviso Geral Algumas afirmações nesta apresentação podem ser projeções ou afirmações sobre expectativas futuras. Tais afirmações estão sujeitas

Leia mais

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA Na linha Como a automação contribuiu para o desenvolvimento das empresas de distribuição e atacadistas? A automação foi fundamental para o crescimento e fortalecimento do setor. Sem o uso intensivo da

Leia mais

Palestrante: Decio A. da Costa Filho - CEO da Cepêra

Palestrante: Decio A. da Costa Filho - CEO da Cepêra Palestrante: Decio A. da Costa Filho - CEO da Cepêra Técnico em Contabilidade pela FECAP e formado em Administração de Empresas pela FMU. Curso de Marketing ESPM Curso no Disney Institute: O Estilo Disney

Leia mais

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO SAIR DO LUGAR-COMUM PÃO DE AÇÚCAR UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO Só em São Paulo, a associação que reúne os supermercados tem mais de 50 empresas cadastradas. As lojas se espalham com um volume impressionante.

Leia mais

Post Show. 2015 www.fispaltecnologia.com.br

Post Show. 2015 www.fispaltecnologia.com.br Post Show 2015 www.fispaltecnologia.com.br 31ª Fispal Tecnologia registra sucesso em geração de negócios e impressiona expositores A cada edição, a Fispal Tecnologia - Feira Internacional de Processos,

Leia mais

MÍDIA KIT É HORA DE VENCER A CRISE LARGUE NA FRENTE DA CONCORRÊNCIA! O VEÍCULO OFICIAL DA ASSERJ, ESTÁ COM VALORES PROMOCIONAIS PARA QUEM SE ANTECIPAR

MÍDIA KIT É HORA DE VENCER A CRISE LARGUE NA FRENTE DA CONCORRÊNCIA! O VEÍCULO OFICIAL DA ASSERJ, ESTÁ COM VALORES PROMOCIONAIS PARA QUEM SE ANTECIPAR MÍDIA KIT É HORA DE VENCER A CRISE LARGUE NA FRENTE DA CONCORRÊNCIA! O VEÍCULO OFICIAL DA ASSERJ, ESTÁ COM VALORES PROMOCIONAIS PARA QUEM SE ANTECIPAR O VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO QUE FALA AO TRADE SUPERMERCADISTA

Leia mais

Perguntas Frequentes 1. O que é uma embalagem da Tetra Pak ou Longa Vida? 2. O alumínio da embalagem entra em contato com o alimento?

Perguntas Frequentes 1. O que é uma embalagem da Tetra Pak ou Longa Vida?  2. O alumínio da embalagem entra em contato com o alimento? Perguntas Frequentes 1. O que é uma embalagem da Tetra Pak ou Longa Vida? R: A embalagem da Tetra Pak é composta por várias camadas de materiais. Estas criam uma barreira que impede a entrada de luz, ar,

Leia mais

Apresentação. Público. Abrangência / Tiragem Atibaia / 3.000 exemplares impressos / edição on line

Apresentação. Público. Abrangência / Tiragem Atibaia / 3.000 exemplares impressos / edição on line CMídia Kit 2015 Apresentação O que é A revista Circulô Conceitual é um periódico quadrimestral, distribuído gratuitamente em locais estratégicos da cidade. Chega para suprir as necessidades e interesses

Leia mais

Engajado. um time. cooperacao. nf-e para consumidor já inventário rotativo com resultado

Engajado. um time. cooperacao. nf-e para consumidor já inventário rotativo com resultado sm.com.br janeiro de 2014 ano 45 5 3 6 cooperacao agora os pequenos com apenas três lojas, a hortimais faz acordo com P&G e eleva as vendas em 60% em um ano Carlos Cardoso, presidente da CSD, com integrantes

Leia mais

Os brindes promocionais no período de Páscoa

Os brindes promocionais no período de Páscoa Os brindes promocionais no período de Páscoa Pamela Ramos de Mello LOPES 1 Introdução A comunicação no ponto-de-venda tem se desenvolvido e criado meios e caminhos que hoje podem ser estudados e discutidos,

Leia mais

O SEGMENTO DE CARTÕES PARA EMBALAGEM. René Luiz Grion Mattos Antônio Carlos de Vasconcelos Valença*

O SEGMENTO DE CARTÕES PARA EMBALAGEM. René Luiz Grion Mattos Antônio Carlos de Vasconcelos Valença* O SEGMENTO DE CARTÕES PARA EMBALAGEM René Luiz Grion Mattos Antônio Carlos de Vasconcelos Valença* *Respectivamente, engenheiro e gerente da Gerência Setorial de Produtos Florestais do BNDES. Os autores

Leia mais

Entrevista Inovação em dose dupla

Entrevista Inovação em dose dupla Entrevista Inovação em dose dupla Por Juçara Pivaro Foto: L. R.Delphim Uma importante aquisição no setor de empresas fornecedoras de ingredientes ocorreu em 2012, unindo duas grandes forças desse mercado,

Leia mais

Tipos de papéis e substratos

Tipos de papéis e substratos Tipos de papéis e substratos O tipo de papel e de substrato influencia diretamente no resultado final do trabalho. Suas características podem acentuar ou desvalorizar uma informação e prejudicar acabamentos.

Leia mais

Revista. Sua vitrine no varejo carioca MÍDIA KIT ASSERJ. Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro

Revista. Sua vitrine no varejo carioca MÍDIA KIT ASSERJ. Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro Revista Sua vitrine no varejo carioca MÍDIA KIT ASSERJ Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro O VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO QUE FALA AO TRADE SUPERMERCADISTA A revista que cresceu, evoluiu

Leia mais

O consumo mundial de papel e papelcartão (P&PC) deve atingir em 2007 cerca de 380 milhões de toneladas. Consumo Global de P&PC CONSUMO GLOBAL DE P&PC

O consumo mundial de papel e papelcartão (P&PC) deve atingir em 2007 cerca de 380 milhões de toneladas. Consumo Global de P&PC CONSUMO GLOBAL DE P&PC 32 o Fórum Anave Tendências do Mercado de Papel Suzano - Apresentação Institucional Antonio Maciel Neto Outubro de 2007 Reunião com Magistral mar/07 0 O mercado de papel hoje O consumo mundial de papel

Leia mais

Um guia para você conhecer o que nós temos de melhor para a sua empresa! A melhor definição em impressos. Portifólio. Objetivos Produtos.

Um guia para você conhecer o que nós temos de melhor para a sua empresa! A melhor definição em impressos. Portifólio. Objetivos Produtos. Um guia para você conhecer o que nós temos de melhor para a sua empresa! A melhor definição em impressos. Portifólio Objetivos Produtos Criações A Empresa A Infotec tem como objetivo a excelência de seus

Leia mais

O Sistema de Franquia

O Sistema de Franquia O Sistema de Franquia simples e inteligente Preste atenção nas informações a seguir e venha fazer parte da nossa história de sucesso A Empresa A MÍDIA PANE é uma empresa do grupo Eco² Mídia, especializada

Leia mais

5 Case Stara. Cristiano Buss *

5 Case Stara. Cristiano Buss * Cristiano Buss * Fundada em 1960, a Stara é uma fabricante de máquinas agrícolas. De origem familiar, está instalada em Não-Me-Toque, no norte do Estado; Em seis anos, cresceu 11 vezes, com baixo nível

Leia mais

MÍDIA KIT 2014 REVISTA O PAPEL. Rev. 005

MÍDIA KIT 2014 REVISTA O PAPEL. Rev. 005 MÍDIA KIT Rev. 005 Perfil Editorial Revista O Papel A empresa que busca credibilidade entre seus clientes no setor de celulose e papel e segmentos afins veicula sua marca na que publica informações confiáveis

Leia mais

Operações de Merchandising estratégias competitivas para o aumento da vendas em supermercados do pequeno varejo de secos e molhados

Operações de Merchandising estratégias competitivas para o aumento da vendas em supermercados do pequeno varejo de secos e molhados Operações de Merchandising estratégias competitivas para o aumento da vendas em supermercados do pequeno varejo de secos e molhados Fabiano Akiyoshi Nagamatsu Everton Lansoni Astolfi Eduardo Eufrasio De

Leia mais

A REVISTA DE NEGÓCIOS DO MERCADO DE EMBALAGEM. www.pack.com.br

A REVISTA DE NEGÓCIOS DO MERCADO DE EMBALAGEM. www.pack.com.br A REVISTA DE NEGÓCIOS DO MERCADO DE EMBALAGEM www.pack.com.br A revista de negócios do mercado de embalagem EMBALAGEM TECNOLOGIA DESIGN INOVAÇÃO 73% 78% Fonte: Pesquisa de satisfação do leitor Pack/2007

Leia mais

22/02/2009 LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO POR QUE A LOGÍSTICA ESTÁ EM MODA POSIÇÃO DE MERCADO DA LOGÍSTICA

22/02/2009 LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO POR QUE A LOGÍSTICA ESTÁ EM MODA POSIÇÃO DE MERCADO DA LOGÍSTICA LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO A melhor formação cientifica, prática e metodológica. 1 POSIÇÃO DE MERCADO DA LOGÍSTICA Marketing Vendas Logística ANTES: foco no produto - quantidade de produtos sem qualidade

Leia mais

Pesquisa APAS/LatinPanel mostra as principais marcas na preferência dos consumidores brasileiros

Pesquisa APAS/LatinPanel mostra as principais marcas na preferência dos consumidores brasileiros Pesquisa APAS/LatinPanel mostra as principais marcas na preferência dos consumidores brasileiros Estudo Mais Mais A Escolha do Consumidor aponta que em 79% das 94 categorias de produtos pesquisadas houve

Leia mais

Relatório de Clipping BÁSICA COMUNICAÇÕES

Relatório de Clipping BÁSICA COMUNICAÇÕES Relatório de Clipping BÁSICA COMUNICAÇÕES Cliente: Famiglia Zanlorenzi Inserções na mídia: 18 Período: Fevereiro de 2015 VEÍCULO: Portal Supermercado Moderno - Notícias PÁGINA: www.sm.com.br/editorias/ultimas-noticias/consumo-em-alta-fazindustria-reforcar-oferta-de-suco-detox-25731.html

Leia mais

Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E mais: O Boticário dobra faturamento em três anos

Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E mais: O Boticário dobra faturamento em três anos FRANQUIA.COM: Novo jeito de fazer franquia Portal InvestNE - - COLUNAS - 23/03/2012-11:02:00 Hugo Renan Nascimento Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E

Leia mais

CASE Iogurte Skill/Canto de Minas

CASE Iogurte Skill/Canto de Minas CASE Iogurte Skill/Canto de Minas... 1. O LATICÍNIO CANTO DE MINAS Situado em Ituiutaba - MG, no pontal do Triângulo Mineiro, o Canto de Minas é um laticínio que está no mercado há 14 anos e, apesar relativamente

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

ANÁLISE DE COMPETITIVIDADE EMBALAGENS

ANÁLISE DE COMPETITIVIDADE EMBALAGENS ANÁLISE DE COMPETITIVIDADE EMBALAGENS Jun/15 Análise de Competitividade Embalagens Resumo da Cadeia de Valores Painel de Indicadores de Monitoramento da Competitividade Setorial Percepção empresarial da

Leia mais

Imprimimos seus projetos e sonhos enquanto isso, você fica tranquilo e contribui para um mundo melhor.

Imprimimos seus projetos e sonhos enquanto isso, você fica tranquilo e contribui para um mundo melhor. Imprimimos seus projetos e sonhos enquanto isso, você fica tranquilo e contribui para um mundo melhor. Gráfica e Editora O Lutador, há mais de 85 anos imprimindo com Responsabilidade Social e Ambiental.

Leia mais

A busca pela retenção do valor Por Vitor Hugo De Castro Cunha

A busca pela retenção do valor Por Vitor Hugo De Castro Cunha A busca pela retenção do valor Por Vitor Hugo De Castro Cunha Diversos fatores influenciam na percepção de valor para o cliente ou mercado, dependendo do tipo de produto. Para alguns produtos a confiabilidade

Leia mais

Estamos presentes no mercado de prestação de serviços logísticos há 11 anos; Temos Know-how europeu;

Estamos presentes no mercado de prestação de serviços logísticos há 11 anos; Temos Know-how europeu; Estamos presentes no mercado de prestação de serviços logísticos há 11 anos; Temos Know-how europeu; Fazemos uma parceria total com o cliente, combinando redução de custos fixos e otimização de recursos

Leia mais

Gestão de Clientes no Mercado de Consórcios

Gestão de Clientes no Mercado de Consórcios Relatório de pesquisa Gestão de Clientes no Mercado de Consórcios Via Consulting Maio de 2009 1 Caro leitor, Gostaria de convidá-lo a conhecer o resultado de uma pesquisa patrocinada pela Via Consulting

Leia mais

E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing

E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing Questão 01: (ENADE 2009): Um fabricante de sapatos pode usar a mesma marca em duas ou mais linhas de produtos com o objetivo de reduzir os custos de

Leia mais

1. Perfil de experiência 2. Carreira profissional

1. Perfil de experiência 2. Carreira profissional Klaus Hüssner Eng Químico Carreira profissional Marca Registrada KHProjekte Consultoria Empresarial Ltda. Rua São Paulo Antigo 500 Sala 193C 05684-011 São Paulo SP Brasil Tel: +55 (11) 7206 4752 Fax: +55

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital.

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital. MOTOROLA A empresa alcançou um faturamento global da ordem de US$ $37.6 bilhões em 2000. É líder mundial em sistemas e serviços eletrônicos avançados. Atuando de maneira globalizada em 45 países, mais

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

ANÁLISE DE COMPETITIVIDADE RAÇÕES

ANÁLISE DE COMPETITIVIDADE RAÇÕES ANÁLISE DE COMPETITIVIDADE RAÇÕES Agosto/15 Análise de Competitividade Rações Resumo da Cadeia de Valores Painel de Indicadores de Monitoramento da Competitividade Setorial Percepção empresarial da competitividade

Leia mais

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames Introdução Fique atento aos padrões do CFM ÍNDICE As 6 práticas essenciais de marketing para clínicas de exames Aposte em uma consultoria de

Leia mais

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

Módulo 6. O Produto. 6.1. Conceito de produto

Módulo 6. O Produto. 6.1. Conceito de produto Módulo 6. O Produto Para os consumidores a existência de uma multiplicidade de produtos expostos no mercado, cheio de características e adicionais, é de encher os olhos. A livre concorrência possibilita

Leia mais

RECEITA DE SUCESSO. Introdução

RECEITA DE SUCESSO. Introdução RECEITA DE SUCESSO Empresa: Cook Club Supergelados Belo Horizonte/MG Autoria: Andréa Tristão dos Anjos Lanza e Marden Márcio Magalhães Introdução Minas Gerais é lembrada pelas suas montanhas, pelo seu

Leia mais

MIZUNO, TOPPER, RAINHA, HAVAIANAS, TIMBERLAND, DUPÉ E SETE LÉGUAS.

MIZUNO, TOPPER, RAINHA, HAVAIANAS, TIMBERLAND, DUPÉ E SETE LÉGUAS. SOBRE A ALPARGATAS Quem nunca usou um Bamba? Ou uma calça US Top, um tênis Rainha, uma sandália Havaianas, ou jogou com uma bola Topper? A Alpargatas e suas marcas estiveram e estarão sempre presentes

Leia mais

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes Mais que implantação, o desafio é mudar a cultura da empresa para documentar todas as interações com o cliente e transformar essas informações em

Leia mais

No mercado bancário a competitividade é crescente

No mercado bancário a competitividade é crescente 6 Fortalecendo a marca, gerando negócios Intenso, produtivo e criativo No mercado bancário a competitividade é crescente e a disputa pelos espaços é proporcional ao empenho das instituições em ampliar

Leia mais

Da marcação de conformidade à codificação de valor agregado

Da marcação de conformidade à codificação de valor agregado Nota técnica Da marcação de conformidade à codificação de valor agregado Tecnologia de jato de tinta contínuo Ultra High Speed cria novas oportunidades para a melhoria das embalagens A inovação no setor

Leia mais

Impressão por transferência térmica Linha de produtos DataFlex

Impressão por transferência térmica Linha de produtos DataFlex Confiabilidade ideal, máxima produtividade Impressão por transferência térmica Linha de produtos DataFlex 2 Nossa linha DataFlex de Impressoras por Transferência Térmica oferece alto tempo de operação

Leia mais

Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1

Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1 Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1 BOGUSZEWSKI, Luiza. 2 SCHETTERT, Gabriela Antunes. 3 MENEZES, Sérgio. 4 Universidade Positivo, Curitiba, PR. 2013 RESUMO Com a disseminação da cultura norte-americana

Leia mais

RFID. RFID - Identificação por Radiofreqüência

RFID. RFID - Identificação por Radiofreqüência RFID RFID - Identificação por Radiofreqüência Sistema de Identificação por Radio Frequência O que é RFID? Objetivo e utilidade similares ao código de barras; Composto por 3 elementos: Uma antena; Um leitor;

Leia mais

O dentista que virou dono de restaurante chinês 1

O dentista que virou dono de restaurante chinês 1 O dentista que virou dono de restaurante chinês 1 O cirurgião dentista Robinson Shiba, proprietário da rede China In Box, em 1992 deixava de exercer sua profissão como dentista para inaugurar a primeira

Leia mais

MÍDIA KIT 2016. A revista especializada em gestão de pessoas com a maior taxa de credibilidade junto a seus leitores.

MÍDIA KIT 2016. A revista especializada em gestão de pessoas com a maior taxa de credibilidade junto a seus leitores. MÍDIA KIT 2016 A revista especializada em gestão de pessoas com a maior taxa de credibilidade junto a seus leitores. PÚBLICO-ALVO Profissionais de RH, presidentes, vice-presidentes e executivos com papel

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

Perfil do Franqueado. Procuramos empreendedores com o seguinte perfil: Experiência em varejo ou rede de negócio.

Perfil do Franqueado. Procuramos empreendedores com o seguinte perfil: Experiência em varejo ou rede de negócio. F R A N Q U I A Benefícios do Modelo Uma das marcas mais fortes e reconhecidas do país. A marca faz parte de um conglomerado que se consolida como um dos maiores do país (Alpargatas - Grupo Camargo Corrêa).

Leia mais

C ELULOS E & P A P E L

C ELULOS E & P A P E L ELULOSE C & P A P E L C ELULOSE & P A P E L APRESENTAÇÃO A Revista CELULOSE & PAPEL surge no segmento para oferecer aos seus leitores uma nova oportunidade na busca da melhor informação do mercado e novos

Leia mais

Um olhar carioca conectado ao novo tempo global

Um olhar carioca conectado ao novo tempo global A FOLHA CARIOCA Um olhar carioca conectado ao novo tempo global Folha Carioca, um novo conceito na mídia impressa carioca: revista gratuita, com distribuição inteligente, alto padrão gráfico e qualidade

Leia mais

BNDES. ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 Gerência Setorial 1. Papelcartão

BNDES. ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 Gerência Setorial 1. Papelcartão BNDES FINAME BNDESPAR ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 Gerência Setorial 1 Papelcartão Papelcartão, ou simplesmente cartão, é o papel fabricado em múltiplas camadas, com gramaturas superiores a 150 g/m

Leia mais

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica.

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Além de tornar-se fundamental para a difusão do conhecimento e geração das relações interpessoais, a Internet

Leia mais

Central de Cases DNA DANONE. www.espm.br/centraldecases

Central de Cases DNA DANONE. www.espm.br/centraldecases Central de Cases DNA DANONE www.espm.br/centraldecases Central de Cases DNA DANONE Preparado pela Profª Marcia Portazio, da ESPM-SP Recomendado para as disciplinas de: Gestão de pessoas. Este caso foi

Leia mais

WWW.ARTSOFTSISTEMAS.COM

WWW.ARTSOFTSISTEMAS.COM WWW.ARTSOFTSISTEMAS.COM PORTFÓLIO DE CLIENTES ARTSOFT Há 45 anos a Ferral é uma empresa de conceituada tradição, no mercado, usando de criatividade na busca de soluções para execução de obras de médio

Leia mais

DEMANDAS DOS PROPRIETÁRIOS DE MARCA FOCO NO MERCADO BRASILEIRO DE BEBIDAS Palestrante: Jeffrey Arippol Presidente do conselho da Novelprint

DEMANDAS DOS PROPRIETÁRIOS DE MARCA FOCO NO MERCADO BRASILEIRO DE BEBIDAS Palestrante: Jeffrey Arippol Presidente do conselho da Novelprint DEMANDAS DOS PROPRIETÁRIOS DE MARCA FOCO NO MERCADO BRASILEIRO DE BEBIDAS Palestrante: Jeffrey Arippol Presidente do conselho da Novelprint Mercado de bebidas no Brasil Fonte: Nielsen e JWSR - 2002 Exigências

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Aprecie as apresentações a seguir. Boa leitura!

APRESENTAÇÃO. Aprecie as apresentações a seguir. Boa leitura! APRESENTAÇÃO A Informatiza Soluções Empresariais está no mercado desde 2006 com atuação e especialização na criação de sites e lojas virtuais. A empresa conta com um sistema completo de administração de

Leia mais

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE SUMÁRIO O que é gestão de estoque...3 Primeiros passos para uma gestão de estoque eficiente...7 Como montar um estoque...12 Otimize a gestão do seu estoque...16

Leia mais

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados DIFERENCIAIS Acredito que o desenvolvimento de soluções para Internet não é um trabalho qualquer, deve-se ter certa experiência e conhecimento na área para projetar sistemas que diferenciem você de seu

Leia mais

SHOW DE CIDADANIA Funcionários McDonald s realizam mais de 5300 ações Bom Vizinho na comunidade

SHOW DE CIDADANIA Funcionários McDonald s realizam mais de 5300 ações Bom Vizinho na comunidade Nome da empresa: McDonald s Comércio de Alimentos Ltda Data da Fundação: 1979 Número de funcionários: 34 mil Tempo como Franqueador/ Franqueado: 20 anos Localização: Sede: Barueri/ SP e 120 restaurantes

Leia mais

Número 7 - Setembro / 2011. As melhores empresas para trabalhar em Campinas e região RECURSOS HUMANOS

Número 7 - Setembro / 2011. As melhores empresas para trabalhar em Campinas e região RECURSOS HUMANOS Número 7 - Setembro / 2011 As melhores empresas para trabalhar em Campinas e região RECURSOS HUMANOS Índice Estágio e trainee: rumo à evolução 18 A força da criatividade 10 Apoio para crescer 28 Editorial

Leia mais

acentuavam a complexidade do processo de embarque das mercadorias,

acentuavam a complexidade do processo de embarque das mercadorias, transporte.qxp 2/2/2007 9:49 AM Page 64 Divulgação Klabin Klabin adota software de otimização de carga que permitiu, entre outros benefícios, aumentar significativamente o volume de embalagens transportadas

Leia mais

Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar

Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar Sumário Prefácio: Os hospitais não são essenciais Introdução: O sistema hospitalar mudou, mas continua o mesmo! Imagem pública

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO

MARKETING DE RELACIONAMENTO MARKETING DE RELACIONAMENTO 1 O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica

Leia mais

vencido Desafio Tradição, superação e vontade Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história

vencido Desafio Tradição, superação e vontade Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história Desafio Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história de recuperação, tradição e sucesso no varejo de material de construção mineiro. O único caminho a seguir,

Leia mais

Política de. [ comunicação] Forluz

Política de. [ comunicação] Forluz Política de [ comunicação] Forluz Índice Apresentação...4 Missão da Forluz...5 Condições para aplicação deste documento...6 Objetivos da Política de Comunicação...7 Diretrizes da Política de Comunicação...8

Leia mais

Refrigerante Globinho 1

Refrigerante Globinho 1 Refrigerante Globinho 1 Ezequias do NASCIMENTO 2 Carlos de SOUZA, Inara CARVALHO, Pedro DIAS, Rodrigo ALVES. 3 Carolina VENTURINI 4 Universidade Federal do Pará, Belém, PA RESUMO Com o objetivo de recolocar

Leia mais

Mercado da reciclagem: a qualidade dos materiais

Mercado da reciclagem: a qualidade dos materiais Mercado da reciclagem: a qualidade dos materiais Cinthia Versiani Scott Varella Ms. Engenheira de Produção Pesquisadora do Núcleo Alternativas de Produção Consultora INSEA Objetivo Qualidade da matéria

Leia mais

COMO VENDER. A IMAGEM DA SUA ESCOLA Dicas que garantem a visibilidade da sua instituição

COMO VENDER. A IMAGEM DA SUA ESCOLA Dicas que garantem a visibilidade da sua instituição BP COMO VENDER A IMAGEM DA SUA ESCOLA Dicas que garantem a visibilidade da sua instituição PRODUTOS EDUCACIONAIS MULTIVERSO Avenida Batel, 1750 Batel CEP 80420-090 Curitiba/PR Fone: (41) 4062-5554 Editor:

Leia mais

grandes profissionais.

grandes profissionais. Soluções e Equipamentos para Controle Térmico Negócios empresariais, o resultado dos grandes profissionais. Relação entre pessoas geram negócios empresariais O termo (B2B - business to business em inglês)

Leia mais

Klabin eleva produtividade e eficiência operacional e financeira de fábricas com SAP MII

Klabin eleva produtividade e eficiência operacional e financeira de fábricas com SAP MII Klabin eleva produtividade e eficiência operacional e financeira de fábricas com SAP MII Com 16 fábricas no Brasil e uma na Argentina, a Klabin S.A. é a maior produtora e exportadora de papéis do Brasil.

Leia mais

Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão

Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão Módulo 4: Captação de recursos (parte 1) André Fonseca Santo André / maio 2009 Captação de recursos Fases anteriores à captação Preparação do projeto

Leia mais

Gestão da Produção e Operações. Prof. Dr. José Carlos de Souza Lima Produção e Operações na Organização

Gestão da Produção e Operações. Prof. Dr. José Carlos de Souza Lima Produção e Operações na Organização Gestão da Produção e Operações Prof. Dr. José Carlos de Souza Lima Produção e Operações na Organização Objetivo Analisar a importância da função produção e operações nas organizações e sua hierarquia identificando

Leia mais

Everaldo Baldin. cipa entrevista. 22 cipacaderno informativo de prevenção de acidentes www.cipanet.com.br

Everaldo Baldin. cipa entrevista. 22 cipacaderno informativo de prevenção de acidentes www.cipanet.com.br Everaldo Baldin Prot-Cap: quatro décadas de empreendedorismo PARA EVERALDO BALDIN, O SEGREDO DO SUCESSO DA EMPRESA ESTÁ NA QUALIDADE DO ATENDIMENTO E NO FOCO NO MERCADO DE EPI POR VIVIANE FARIAS redacao6@cipanet.com.br

Leia mais

A Maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas.

A Maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas. A Maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas. Consumidores Empresas Pesquisar Reclamar Comparar Responder Replicar Resolver O ReclameAQUI é um elo de ligação entre

Leia mais

e das pessoas; conceitos e informações socialmente responsável funcionais e institucionais; estimular o comportamento divulgar aos colaboradores

e das pessoas; conceitos e informações socialmente responsável funcionais e institucionais; estimular o comportamento divulgar aos colaboradores Levar todas as informações decisivas da empresa, de forma rápida e simples; jornalmural divulgar aos colaboradores conceitos e informações funcionais e institucionais; reconhecer o trabalho das áreas e

Leia mais

BM&FBOVESPA aperfeiçoa práticas de gerenciamento de projetos com CA Clarity PPM

BM&FBOVESPA aperfeiçoa práticas de gerenciamento de projetos com CA Clarity PPM CUSTOMER SUCCESS STORY BM&FBOVESPA aperfeiçoa práticas de gerenciamento de projetos com CA Clarity PPM PERFIL DEL CLIENTE Indústria: Serviços financeiros Companhia: BM&FBOVESPA Empregados: 1.400+ Faturamento

Leia mais

BM&FBOVESPA Aperfeiçoa Práticas de Gerenciamento de Projetos com CA Project & Portfolio Management

BM&FBOVESPA Aperfeiçoa Práticas de Gerenciamento de Projetos com CA Project & Portfolio Management CUSTOMER SUCCESS STORY Outubro 2013 BM&FBOVESPA Aperfeiçoa Práticas de Gerenciamento de Projetos com CA Project & Portfolio Management CUSTOMER LOGO HERE EMPRESA A BM&FBOVESPA é a principal instituição

Leia mais

2.3 Transformados Plásticos. Diagnóstico

2.3 Transformados Plásticos. Diagnóstico 2.3 Transformados Plásticos Diagnóstico A indústria de plásticos vem movendo-se ao redor do mundo buscando oportunidades nos mercados emergentes de alto crescimento. O setor é dominado por um grande número

Leia mais

CURSO DE DESIGN DE EMBALAGENS. São Paulo/2013 Assunta Camilo

CURSO DE DESIGN DE EMBALAGENS. São Paulo/2013 Assunta Camilo CURSO DE DESIGN DE EMBALAGENS São Paulo/2013 Assunta Camilo Sustentabilidade Preocupação real com o final Conceito dos R s (reduzir, reutilizar, reciclar, reaproveitar, recusar, retornar, refilar, recuperar,

Leia mais

fazem bem e dão lucro

fazem bem e dão lucro Melhores práticas de fazem bem e dão lucro Banco Real dá exemplo na área ambiental e ganha reconhecimento internacional Reunidos em Londres, em junho deste ano, economistas e jornalistas especializados

Leia mais

Custom Publishing Por que minha organização deve ter uma publicação própria?

Custom Publishing Por que minha organização deve ter uma publicação própria? Custom Publishing O mercado das publicações próprias e suas (excelentes) oportunidades de negócios para as empresas antenadas de qualquer setor, com qualquer público Um guia de consulta rápida sobre a

Leia mais

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Introdução Planejamento Divulgando sua loja Como fechar as vendas Nota Fiscal

Leia mais

internacional A tento ao varejo fórumagasinternacional conhecer as 38/39 Saber quais são as experiências do mercado supermercadista

internacional A tento ao varejo fórumagasinternacional conhecer as 38/39 Saber quais são as experiências do mercado supermercadista A tento ao varejo internacional Fotos: Lúcia Simon Saber quais são as experiências do mercado supermercadista internacional é uma boa forma de cortar caminho e prever erros e acertos. Certa disso, a Associação

Leia mais

Setor de Panificação e Confeitaria

Setor de Panificação e Confeitaria Setor de Panificação e Confeitaria Em 2014 o setor de Panificação e Confeitaria brasileiro cresceu 8,02%e faturou R$ 82,5 bilhões. Desde 2010, o mercado vem registrando uma desaceleração. Setor de Panificação

Leia mais

SOLUÇÃO COMPLETA PARA SUA COZINHA PROFISSIONAL

SOLUÇÃO COMPLETA PARA SUA COZINHA PROFISSIONAL TOPEMA COZINHAS PROFISSIONAIS INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. AV. ROBERTO GORDON, 171 - DIADEMA - SÃO PAULO - SP - BRASIL - CEP 09990-090 TEL.: (11) 2134-7400 / FAX.: (11) 2134-7416 topema@topema.com www.topema.com

Leia mais

QUALIDADE QUE PROTEGE SEU PRODUTO E PRESERVA A NATUREZA

QUALIDADE QUE PROTEGE SEU PRODUTO E PRESERVA A NATUREZA QUALIDADE QUE PROTEGE SEU PRODUTO E PRESERVA A NATUREZA EMPRESA 100% NACIONAL A ARTIVINCO A ARTIVINCO produz papel, chapas e embalagens de papelão. Como uma empresa que atua no mercado há mais de 40 anos

Leia mais