Organizar o projeto editorial do livro comemorativo dos 60 anos da declaração universal dos direitos humanos.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Organizar o projeto editorial do livro comemorativo dos 60 anos da declaração universal dos direitos humanos."

Transcrição

1 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS TERMO DE REFERÊNCIA OEI/BR08-001/SEDH/PR - FORTALECIMENTO DA ORGANIZAÇÃO DO MOVIMENTO SOCIAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO BRASIL E DIVULGAÇÃO DE SUAS CONQUISTAS 1 Objeto Organizar o projeto editorial do livro comemorativo dos 60 anos da declaração universal dos direitos humanos. 2 Justificativa Em 2001 foi lançada a segunda edição do Manual de Direitos Humanos, cujo objetivo era o de organizar e publicar um documento destinado a prestar informações, bem como atuar como instrumento de educação de pessoas, grupos e instituições envolvidas na implementação do Programa Nacional de Direitos Humanos. O documento, lançado na ocasião, teve seu conteúdo organizado para relacionar, de forma direta e objetiva, os compromissos assumidos pelo Brasil na área de direitos humanos tanto no que se refere às ações do Programa Nacional, como também nas realizações em âmbito internacional. Nos últimos sete anos, desde a publicação da segunda edição do Manual, as políticas e estratégias governamentais para a área de direitos humanos passaram por profundas mudanças, uma vez que se tornaram foco referencial para a formulação e implantação de programas e projetos do Governo Federal. A partir do ano de 2003, com o início do primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a conformação dos planos de governo incorpora os direitos humanos como condição necessária e indispensável à consolidação da justiça, das liberdades individuais e do desenvolvimento humano em geral. A partir de então, o tratamento do tema adquire uma perspectiva endógena no contexto governamental, considerado sempre como componente integrado à estrutura programática dos organismos governamentais. Perde, desta forma, a tendência prosaica ou episódica que geralmente se atribuía aos direitos humanos no Brasil. Atualmente está presente nos processos de formulação e implantação de políticas sociais, como também nas estratégias governamentais referentes à economia, à administração pública e às relações internacionais.

2 Sob essa nova visão política, inúmeros empreendimentos na área tiveram significativo avanço nesse período. Pode ser relacionado, por exemplo, a introdução de novas metodologias de educação tanto nas escolas públicas, como em outros processos informais de ensino e aprendizagem, no sentido de criar o humanismo da igualdade e do respeito entre raças/etnias, gênero, crenças religiosas, culturas. Da mesma forma, o tema de pessoas portadoras de deficiência ganhou relevância, sendo tema inclusive da agenda social do governo federal. Neste sentido se justifica a contratação de consultoria especializada para a atualização da segunda edição do Manual de Direitos Humanos para que não fique comprometida sua função orientadora e referencial de governos, pessoas, instituições públicas e nãogovernamentais nos seus esforços de consolidar consciências e práticas promotoras da igualdade harmoniosa entre todos os brasileiros. 3 Especificação das atividades a serem realizados e perfil dos consultores a serem contratados 3.1 Atividades a serem realizadas: Consultor I Organizador: Elaboração do projeto editorial integral do livro, incluindo sua estrutura lógica; Planejamento do processo de geração de conteúdos de texto e imagem para a obra; Identificação e direção dos profissionais para execução das atividades específicas para cobertura da pauta proposta; Planejamento da logística de suporte das demandas editoriais; Identificação e direção dos profissionais de artes gráficas para consecução do projeto de design e editoração; Acompanhamento da pesquisa, das reportagens e demais operações; Leitura crítica dos originais; Seleção final das imagens; Supervisão do fechamento final do livro Consultor II Editor: Planejamento jornalístico da edição;

3 Definição da linha editorial, detalhamento de pautas, atribuição de funções aos outros membros da equipe; Acompanhamento da produção de textos e fotos, edição de textos, definição do espelho (distribuição de textos e fotos), hierarquização de temas e informações; Fechamento das páginas com a arte, revisão final Consultor III Redator: Coordenação dos passos do fluxo editorial; Trabalho em consonância com o Editor-Chefe e o Editor de texto; Organização da produção, desde o brifing à finalização; Produção de textos e pesquisas; Acompanhamento de todos os detalhes do projeto (início, meio e fim). 3.2 Perfil do consultor (pessoa física) a ser contratado: Consultor I Organizador: Formação Acadêmica: Jornalismo, direito, e áreas afins. Experiência Profissional: Mínimo de 5 (cinco) anos na coordenação e condução de pesquisas historiográficas; Experiência mínima de 5 (cinco) anos na autoria/co-autoria de livros e artigos com viés historiográfico; Experiência na organização livros com viés hitoriagráfico; Experiência na organização e curadoria de eventos Consultor II Editor: Formação Acadêmica: Jornalismo e áreas afins.

4 Experiência Profissional Mínimo de 10 (dez) anos como repórter e editor de jornais (impressos e televisivos) e revistas Consultor III Redator: Formação Acadêmica: Jornalismo e áreas afins. Experiência Profissional: Mínimo de 2 (dois) anos como secretário de redação. 4 Produtos dos consultores contratados 4.1. Consultor I Produto 1. Proposta de projeto editorial do livro comemorativo dos 60 anos da declaração universal dos direitos humanos. Produto 2. Relatório de pesquisa, operação e reportagens. Produto 3. Projeto editorial final do livro comemorativo dos 60 anos da declaração universal dos direitos humanos Consultor II Produto 1. Elaboração da pauta detalhada para a produção de todo o material editorial (definição de reportagens, artigos, entrevistas, fotos, pesquisa) referente ao livro comemorativo dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos Produto 2. Espelho do livro: definição dos espaços para cada tema (hierarquização da informação) e distribuição de textos e fotos pelas páginas do livro. Produto 3. Edição final de textos e imagens do livro comemorativo dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos Consultor III

5 Produto 1. Cronograma de prazos; cronogramas de trabalho; roteiro, registro e acompanhamento da distribuição das pautas. Produto 2. Relatórios de produção (andamento do projeto, previsões, problemas enfrentados); balanço de fechamentos;produção na redação de texto e pesquisa. Produto 3. Controle de versões de texto (artigos, reportagens, entrevistas): originais, editadas e revisadas, arte final. Planilhas de fluxo redação-arte gráfica/diagramação do projeto. 5 Período de execução 5.1 Consultor I De 02/06 a 5/ Consultor II De 02/06 a 02/ Consultor III De 02/06 a 02/11 6 Modalidade de Contratação Por Produto. 7 Forma de Pagamento Crédito em conta bancária 8 Valor do contrato 8.1 Consultor I Valor total R$ ,00 (quarenta e cinco mil reais inclui o IR) Produto 1 20/06 30% Produto 2 20/08 40%

6 Produto 3 30/10 30% 8.2 Consultor II Valor total R$ ,00 (quarenta e cinco mil reais inclui o IR) Produto 1 20/06 30% Produto 2 20/08 40% Produto 3 30/10 30% 8.3 Consultor III Valor total R$ ,00 (trinta e três mil reais inclui o IR) Produto 1 20/06 30% Produto 2 20/08 40% Produto 3 30/10 30% 9 Nome do Supervisor 10 Orçamento O orçamento para esta contratação está previsto no Projeto OEI/BRA 08/001- Fortalecimento da Organização do Movimento Social das Pessoas com Deficiência no Brasil e Divulgação de suas Conquistas, Resultado x, atividades x, x, x, x.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS TERMO DE REFERÊNCIA OEI/BR08-006/SEDH/PR ATUALIZAÇÃO DE PROCESSOS POLÍTICOS E INSTITUCIONAIS PARA A IMPLANTAÇÃO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) PARA CONSULTOR EM PRODUÇÃO DE MATERIAIS DE APOIO PEDAGÓGICO - 44

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) PARA CONSULTOR EM PRODUÇÃO DE MATERIAIS DE APOIO PEDAGÓGICO - 44 TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) PARA CONSULTOR EM PRODUÇÃO DE MATERIAIS DE APOIO PEDAGÓGICO - 44 N.º e Título do Projeto: Projeto OEI/BRA 09/002, Desenvolvimento de Processos Gerenciais e Operacionais no Ministério

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR)

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Código: CDH -EC- 009 A presente Consultoria visa contratar serviços profissionais especializados

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Justificativa

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Justificativa MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA COORDENAÇÃO GERAL DE DIREITOS HUMANOS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR POR PRODUTOS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR POR PRODUTOS Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR POR PRODUTOS OEI/BRA 09/005 - Desenvolvimento da Gestão Estratégica do

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 04/2010

TERMO DE REFERÊNCIA 04/2010 TERMO DE REFERÊNCIA 04/2010 PROJETO: OEI/BRA 08/003 Fortalecimento da Capacidade Institucional da Secretaria de Educação Especial SEESP/MEC em Gestão e Avaliação do Programa de Acompanhamento e Monitoramento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Código: CONSPROC 2010 Prestação de serviço técnico especializado, modalidade de consultoria

Leia mais

MINUTA PLANO DE TRABALHO Nº /2010 FUNDAÇÃO

MINUTA PLANO DE TRABALHO Nº /2010 FUNDAÇÃO MINUTA PLANO DE TRABALHO Nº /2010 FUNDAÇÃO PROJETO: Curso de Especialização em Epidemiologia 2ª Turma 1 Identificação do objeto a ser executado: a) Unid./Orgão: Instituto de Patologia Tropical e Saúde

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE CURSOS DE ATUALIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO, COM FORMAÇÃO CONTINUADA

PROJETO BÁSICO DE CURSOS DE ATUALIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO, COM FORMAÇÃO CONTINUADA 1 PROJETO BÁSICO DE CURSOS DE ATUALIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO, COM FORMAÇÃO CONTINUADA 1. JUSTIFICATIVA DA PROPOSIÇÃO: 1.1.1. O Programa de Formação Continuada, para a Coordenação e Implementação das Diretrizes

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) PARA CONSULTOR EM ESTRUTURAÇÃO ORGANIZACIONAL - 33

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) PARA CONSULTOR EM ESTRUTURAÇÃO ORGANIZACIONAL - 33 TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) PARA CONSULTOR EM ESTRUTURAÇÃO ORGANIZACIONAL - 33 N.º e Título do Projeto: Projeto OEI/BRA 09/002, Desenvolvimento de Processos Gerenciais e Operacionais no Ministério do Esporte

Leia mais

CAPÍTULO II - DA REALIZAÇÃO

CAPÍTULO II - DA REALIZAÇÃO REGIMENTO 3ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres Regimento CAPÍTULO I - DO OBJETIVO Art. 1º - A 3ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres, convocada pelo Decreto do Governo Estadual,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1225 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1225 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 24/02/2012-16:58:00 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1225 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO 1.

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUÇÃO DO PROJETO DE TRABALHO TÉCNICO SOCIAL EMPREENDIMENTO RESIDENCIAL: ALPHA.

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 006/2012 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: MAPEAMENTO O Projeto O Projeto BRA/06/032 comunica

Leia mais

Modalidade 1: Estágio em impressos ou internet

Modalidade 1: Estágio em impressos ou internet MODALIDADES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Modalidade 1: internet internet: planejamento Estágio 1 8º/10 90h 06h editorial adequado ao público-alvo. Pré-produção e produção de notícias e reportagens, considerando

Leia mais

Produção e Edição de Conteúdo para Novas Tecnologias de Informação e Comunicação

Produção e Edição de Conteúdo para Novas Tecnologias de Informação e Comunicação Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária - SEAPEC EDITAL De acordo com o Contrato de Empréstimo firmado entre o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento BIRD e o Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

PROGRAMA PROREDES BIRD RS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL ESPECIALIZADA EM ANÁLISE DE SISTEMAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO

PROGRAMA PROREDES BIRD RS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL ESPECIALIZADA EM ANÁLISE DE SISTEMAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO PROGRAMA PROREDES BIRD RS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL ESPECIALIZADA EM ANÁLISE DE SISTEMAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO Sumário 1 Objetivo da contratação... 1 2 Antecedentes e

Leia mais

PROJETO DO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADO EM INFORMÁTICA

PROJETO DO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADO EM INFORMÁTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO. CAMPUS CERES DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL PROJETO DO

Leia mais

FORMULÁRIO DE CURRÍCULO PADRONIZADO FCP. Orientação para preenchimento

FORMULÁRIO DE CURRÍCULO PADRONIZADO FCP. Orientação para preenchimento MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE INFROMÁTICA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO WEB COM INTERFACES RICAS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional Número e Título do Projeto: BRA/09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo de internacionalização

Leia mais

ASSESSORIA DE IMPRENSA ESPECIALIZADA

ASSESSORIA DE IMPRENSA ESPECIALIZADA Seja bem-vindo ASSESSORIA DE IMPRENSA ESPECIALIZADA 1 - Para que serve a assessoria de imprensa? Basicamente para fortalecer a imagem e divulgar o nome de empresas, associações, nomes, marcas, produtos,

Leia mais

CAPÍTULO I - DO CONCURSO

CAPÍTULO I - DO CONCURSO Regulamento CAPÍTULO I - DO CONCURSO Art. 1 o O Concurso de Dissertação de Mestrado, Monografia de Pós-Graduação, Monografia de Graduação, Trabalho de Iniciação Científica e Artigo é uma iniciativa da

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO 121.3604.2 TELEJORNALISMO I 6ª 04 60 1 2011 PROFESSOR (A) VANDERLEI DIAS OBJETIVOS Geral: Possibilitar

Leia mais

Revelação: jornal-laboratório do curso de Comunicação Social da Universidade de Uberaba (Uniube). Edição especial 1

Revelação: jornal-laboratório do curso de Comunicação Social da Universidade de Uberaba (Uniube). Edição especial 1 Revelação: jornal-laboratório do curso de Comunicação Social da Universidade de Uberaba (Uniube). Edição especial 1 Natalia Alberto de MELO 2 Diogo Paiva GOMES 3 Indiara FERREIRA 4 André Azevedo da FONSECA

Leia mais

CURSO: JORNALISMO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: JORNALISMO EMENTAS º PERÍODO CURSO: JORNALISMO EMENTAS - 2017.2 2º PERÍODO DISCIPLINA: COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIAS DIGITAIS Estudo da relação entre a tecnologia e a comunicação visando a compreensão o fenômeno técnico de forma global.

Leia mais

TOMADA DE PREÇO Nº 001/2017

TOMADA DE PREÇO Nº 001/2017 TOMADA DE PREÇO Nº 001/2017 1. Contexto e Justificativa A Associação O Eco, instituição não governamental sem fins lucrativos com sede no Rio de Janeiro, cuja missão é dedicar-se a cobertura de pautas

Leia mais

QUADRO III ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES

QUADRO III ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES QUADRO III ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES ESTAGIÁRIO - ANALISTA DE RECURSOS HUMANOS Executar tarefas ligadas à área de Recursos Humanos de empresa. Participar do levantamento e análise de necessidade, executar

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA E TCC: UM GUIA PARA PROJETOS EXPERIMENTAIS E TRABALHOS MONOGRÁFICOS FACULDADE 7 DE SETEMBRO - FA7

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA E TCC: UM GUIA PARA PROJETOS EXPERIMENTAIS E TRABALHOS MONOGRÁFICOS FACULDADE 7 DE SETEMBRO - FA7 FACULDADE 7 DE SETEMBRO - FA7 GRADUAÇÃO EM JORNALISMO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA E TCC: Comissão Organizadora Ana Paula Rabelo e Silva, Ms. Dilson

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4011 EDITAL Nº 008/2010 1. Perfil: Iphan Central 47 3. Qualificação educacional: Profissional de nível superior na área de humanas 4. Experiência

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CHAMADA INTERNA PROEX Nº 02/2014 PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CHAMADA INTERNA PROEX Nº 02/2014 PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Avenida Rio Branco, 0 Santa Lúcia 906- Vitória ES 7 7-7 CHAMADA INTERNA PROEX Nº 0/0 PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS A Pró-Reitoria

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA DE CONSULTORES POR PRODUTOS. Consultor de Cadastro de Museus

TERMO DE REFERÊNCIA DE CONSULTORES POR PRODUTOS. Consultor de Cadastro de Museus TERMO DE REFERÊNCIA DE CONSULTORES POR PRODUTOS OEI/BRA 09/005 - Desenvolvimento da Gestão Estratégica do IBRAM e dos Museus Brasileiros para o Fortalecimento Institucional na Formulação e Implantação

Leia mais

PORTAL PARA FORMAÇÃO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA.

PORTAL PARA FORMAÇÃO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA. PORTAL PARA FORMAÇÃO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA http://pacto.portalceel.com.br 2013 O portal para formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa apresenta informações

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO OEI/TOR/FNDE/CGETI

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRA4007 EDITAL Nº 02/2010 1. Perfil: 1 3. Qualificação educacional: Pós-graduação em Turismo, Administração ou Marketing 4. Experiência profissional:

Leia mais

Lato Sensu da FGV Management Rio compreende uma análise curricular. Desta forma, solicitamos o

Lato Sensu da FGV Management Rio compreende uma análise curricular. Desta forma, solicitamos o Prezado (a) Sr.(a.), Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de

Leia mais

Comunicação Integrada: uma experiência em assessoria na Saúde Pública

Comunicação Integrada: uma experiência em assessoria na Saúde Pública Comunicação Integrada: uma experiência em assessoria na Saúde Pública Kalyne Menezes, mskalyne@gmail.com, UFG Daiana Stasiak, daiastasiak@gmail.com, UFG Silvana Coleta, silvanacoleta@gmail.com, UFG Marcelo

Leia mais

ESTATUTO DO GRUPO JOVENS PROMOTORES DA VIDA

ESTATUTO DO GRUPO JOVENS PROMOTORES DA VIDA ESTATUTO DO GRUPO JOVENS PROMOTORES DA VIDA Sumário TÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO, DA NATUREZA, DOS COMPROMISSOS E DAS FINALIDADES... 2 CAPÍTULO I - DOS COMPROMISSOS DO GRUPO... 2 CAPÍTULO II - DAS FINALIDADES

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE DIRETORIA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA COORDENAÇÃO-GERAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Diretriz Nacional de Comunicação. Sistema Unimed

Diretriz Nacional de Comunicação. Sistema Unimed Diretriz Nacional de Comunicação Sistema Unimed Diretriz de Comunicação Definição Política ou Diretriz de Comunicação é um processo articulado de definição de valores, objetivos, diretrizes, normas e estruturas,

Leia mais

SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR

SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR Elza Cristina Giostri elza@sociesc.org.br PROGRAMA Apresentação Diagnóstico de conhecimento e necessidades Conceito Geral Elaboração do relatório

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 1 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ORIENTAÇÕES GERAIS Cada aluno deve elaborar seu relatório, mesmo que o trabalho esteja sendo desenvolvido em grupo. Os relatórios devem

Leia mais

Data: 06 a 10 de Junho de 2016 Local: Rio de Janeiro

Data: 06 a 10 de Junho de 2016 Local: Rio de Janeiro Data: 06 a 10 de Junho de 2016 Local: Rio de Janeiro Justificativas O Estado contemporâneo busca superar uma parte substantiva dos obstáculos que permeiam as políticas públicas e as ações privadas através

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL CONTRATAÇÃO DE ASSESSOR TÉCNICO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 03/2016 -

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL CONTRATAÇÃO DE ASSESSOR TÉCNICO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 03/2016 - EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL CONTRATAÇÃO DE ASSESSOR TÉCNICO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 03/2016 - A UNICAFES torna pública a realização de Cotação Eletrônica nº 03/2016 - do Tipo Melhor Técnica para contratação

Leia mais

O objetivo do estágio curricular é de possibilitar ao aluno:

O objetivo do estágio curricular é de possibilitar ao aluno: FACULDADES INTEGRADAS DE RIBEIRÃO PIRES CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Versão 2016.1 PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Prezado acadêmico Este manual destina-se a orientar o aluno de Licenciatura em Pedagogia

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA CODT 03 (AM) Uma Vaga TERMO DE REFERÊNCIA (TR) Prestação de serviço técnico especializado, modalidade de consultoria

Leia mais

1 Computação (2.º Semestre): Documentos para consulta no exame N.º. Nome completo: Curso: Foto:

1 Computação (2.º Semestre): Documentos para consulta no exame N.º. Nome completo: Curso: Foto: 1 N.º Nome completo: Curso: Foto: 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

Leia mais

Faculdades Integradas de Ponta Porã FIP/MAGSUL

Faculdades Integradas de Ponta Porã FIP/MAGSUL Faculdades Integradas de Ponta Porã FIP/MAGSUL PROJETO DAS FACULDADES FIP/MAGSUL 2011 ( ) ENSINO ( ) PESQUISA ( X ) EXTENSÃO 1. Título: Acompanhamento e divulgação dos preços de produtos que compõem a

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL A Agência de Certificação Ocupacional (ACERT) é parte integrante da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração

Leia mais

Cada um dos projetos executados pelo Funbio conta com uma Gerência de Projeto, cujas atribuições e responsabilidades são:

Cada um dos projetos executados pelo Funbio conta com uma Gerência de Projeto, cujas atribuições e responsabilidades são: TERMO DE REFERÊNCIA nº 011/2017 Contratação de pessoa física para a função de GERENTE DE PROJETOS da Superintendência de Programas para atendimento às demandas dos projetos apoiados pelo Fundo Brasileiro

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE ITIL. Fonte:

IMPLANTAÇÃO DE ITIL. Fonte: IMPLANTAÇÃO DE ITIL A fase mais importante do projeto de implantação é a estratégia. É nesta fase, do clico de vida da ITIL, onde você vai entender o portfólio de serviços do seu time, entender a demanda

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE PEDAGOGIA

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE PEDAGOGIA 2016.1 MANTENEDORA Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão LTDA MANTIDA Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão Facema DIRETORIA Maria

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO REGULAMENTO INTERNO -

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO REGULAMENTO INTERNO - Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO REGULAMENTO INTERNO - CAPÍTULO I Da Natureza, das Finalidades e dos Objetivos Art.

Leia mais

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS - CUR INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - ICHS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PACTO NACIONAL

Leia mais

IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA MODALIDADE: PRODUTO CARGO A

IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA MODALIDADE: PRODUTO CARGO A INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA IICA/BRA/09/005 TERMO DE REFERÊNCIA MODALIDADE: PRODUTO CARGO A 01. OBJETO DA CONSULTORIA Contratar Consultoria por produto para desenvolver atividades

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA nº Objetivo da contratação. 2. Antecedentes e contexto

TERMO DE REFERÊNCIA nº Objetivo da contratação. 2. Antecedentes e contexto TERMO DE REFERÊNCIA nº 2017.0202.00008-3 Responsável: Betânia Santos Fichino Setor: Departamento de Áreas Protegidas/MMA Brasília, 02 de fevereiro de 2017 1. Objetivo da contratação Contratação de serviços

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRA4003 EDITAL Nº 006/2010 1. Perfil: AL CORUMBÁ II 2010 3. Qualificação educacional: Profissional com nível superior em Arquitetura e Urbanismo 4. Experiência

Leia mais

Atividade profissional da área de comunicação que visa coletar, investigar, analisar e transmitir periodicamente ao grande público, ou a segmentos

Atividade profissional da área de comunicação que visa coletar, investigar, analisar e transmitir periodicamente ao grande público, ou a segmentos Atividade profissional da área de comunicação que visa coletar, investigar, analisar e transmitir periodicamente ao grande público, ou a segmentos dele, informações da atualidade, utilizando veículos de

Leia mais

IIIº ENCONTRO CIENTÍFICO DE ESTÉTICA E NUTRIÇÃO HOTEC 30 de maio de 2016

IIIº ENCONTRO CIENTÍFICO DE ESTÉTICA E NUTRIÇÃO HOTEC 30 de maio de 2016 Apresentação O IIIº Encontro Científico de Estética e Nutrição da Faculdade Hotec visa apresentar as pesquisas realizadas na área da Saúde contribuindo para a atualização de informações e possibilitando

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE DIRETORIA DE POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE DIRETORIA DE POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE DIRETORIA DE POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) BRA/06/005 - OEI - A Educação Como

Leia mais

SÃO PAULO. Decreto Nº , de 2 de Dezembro de Programa Educação-Compromisso de São Paulo. PROFESSOR: PAULO CESAR DELOROSO

SÃO PAULO. Decreto Nº , de 2 de Dezembro de Programa Educação-Compromisso de São Paulo. PROFESSOR: PAULO CESAR DELOROSO SÃO PAULO. Decreto Nº 57.571, de 2 de Dezembro de 2011. Programa Educação-Compromisso de São Paulo. PROFESSOR: PAULO CESAR DELOROSO 1 PROFESSOR: Paulo César Deloroso GRADUAÇÃO EM LETRAS E PEDAGOGIA ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONSULTORIA PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO DA INICIATIVA DIÁLOGO EMPRESAS E POVOS INDIGENAS

TERMO DE REFERÊNCIA CONSULTORIA PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO DA INICIATIVA DIÁLOGO EMPRESAS E POVOS INDIGENAS TERMO DE REFERÊNCIA CONSULTORIA PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO DA INICIATIVA DIÁLOGO EMPRESAS E POVOS INDIGENAS (JULHO à DEZEMBRO DE 2017) I. Histórico e Contexto Em 2012, associações indígenas

Leia mais

A GINÁSTICA RÍTMICA ENQUANTO PRÁTICA ESPORTIVA EDUCACIONAL INCLUSIVA NA VILA OLÍMPICA DA MANGUEIRA (2002/2013)

A GINÁSTICA RÍTMICA ENQUANTO PRÁTICA ESPORTIVA EDUCACIONAL INCLUSIVA NA VILA OLÍMPICA DA MANGUEIRA (2002/2013) 980 A GINÁSTICA RÍTMICA ENQUANTO PRÁTICA ESPORTIVA EDUCACIONAL INCLUSIVA NA VILA OLÍMPICA DA MANGUEIRA (2002/2013) Maria Augusta A. G. Buarque Maciel - Lapeade / FE- UFRJ José Jairo Vieira Lapeade- PPGE-

Leia mais

Máximo de Horas. Documentação a ser entregue pelo aluno Complementar: Memorando do Diretório Acadêmico contendo período Estudantil

Máximo de Horas. Documentação a ser entregue pelo aluno Complementar: Memorando do Diretório Acadêmico contendo período Estudantil Atividade Horas Máximo de Horas Documentação a ser entregue pelo aluno Complementar: Equivalentes Categoria (máximo por (até o final do ano) curso) Representação 5 Memorando do Diretório Acadêmico contendo

Leia mais

FACULDADE PRUDENTE DE MORAES BACHARELADO EM JORNALISMO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL

FACULDADE PRUDENTE DE MORAES BACHARELADO EM JORNALISMO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL 1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL ITU/SP 2013 2 CAPÍTULO I Do Conceito Artito 1

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Jardim 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Letras - Inglês Obs.: Para proposta

Leia mais

TIPOS DE PESQUISA E O PROJETO DE PESQUISA

TIPOS DE PESQUISA E O PROJETO DE PESQUISA METODOS DE PESQUISA TIPOS DE PESQUISA E O PROJETO DE PESQUISA Prof. Dr. Evandro Prestes Guerreiro Santos, 2016 Conceito de PROJETO 1. O projeto é o organizador do processo coletivo e, como tal, precisa

Leia mais

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL 024.2015 PSICOLOGIA - GDHS/HCU - UFU

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL 024.2015 PSICOLOGIA - GDHS/HCU - UFU 1 ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL 024.2015 PSICOLOGIA - GDHS/HCU - UFU O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA - FAEPU, no uso

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA Nº 04/2016 SELEÇÃO DE PESQUISADORES

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA Nº 04/2016 SELEÇÃO DE PESQUISADORES CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA Nº 04/2016 SELEÇÃO DE PESQUISADORES PROJETO: PESQUISA APLICADA NA IMPLANTAÇÃO DE NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COM OBJETIVO DE AMPLIAR A QUALIDADE, EFICIÊNCIA

Leia mais

Rodrigo Herrero. Em busca de projetos na área de comunicação. experiências. educações. São Bernardo do Campo, SP

Rodrigo Herrero. Em busca de projetos na área de comunicação. experiências. educações. São Bernardo do Campo, SP Rodrigo Herrero Em busca de projetos na área de comunicação São Bernardo do Campo, SP procurando por: tempo integral, meio período, freela Sou jornalista, com experiência na redação, revisão, edição, planejamento

Leia mais

TRABALHO DE CURSO TC CURSO DE DIREITO - UCB

TRABALHO DE CURSO TC CURSO DE DIREITO - UCB TRABALHO DE CURSO TC - UCB O aluno em fase de realização do Trabalho de Curso tem, entre outros, os seguintes deveres específicos: I - Freqüentar as reuniões convocadas pela Coordenação de Trabalho de

Leia mais

Plano de Sustentabilidade. (Instrumento / Roteiro para Construção do Plano) NOME DA REDE: 1ª PARTE DO PLANO

Plano de Sustentabilidade. (Instrumento / Roteiro para Construção do Plano) NOME DA REDE: 1ª PARTE DO PLANO Plano de Sustentabilidade (Instrumento / Roteiro para Construção do Plano) NOME DA REDE: Inserir a logomarca da Rede Fomentada 1ª PARTE DO PLANO (Trabalho interno da Base de Economia Solidária e Feminista)

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO TOR/FNDE/DTI/MEC

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este regulamento disciplina o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC dos Cursos das Faculdades Integradas Hélio Alonso,

Leia mais

OBSERVATÓRIO ESCOLAR 2010

OBSERVATÓRIO ESCOLAR 2010 OBSERVATÓRIO ESCOLAR 2010 ANUALMENTE A ETEC PASSA POR UMA REFLEXÃO A RESPEITO DE SEU TRABALHO, REGISTRADA EM UM INDICADOR DENOMINADO OBSERVATÓRIO ESCOLAR. ESTE É REPRESENTADO POR SETE ASPECTOS CONTIDOS

Leia mais

DIA 10 DE DEZEMBRO: DIA DA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS ATIVIDADE 2: OBSERVATÓRIO DOS DIREITOS HUMANOS

DIA 10 DE DEZEMBRO: DIA DA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS ATIVIDADE 2: OBSERVATÓRIO DOS DIREITOS HUMANOS DIA 10 DE DEZEMBRO: DIA DA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Reprodução http://www.onu.org.br/img/2014/09/dudh.pdf ATIVIDADE 2: OBSERVATÓRIO DOS DIREITOS HUMANOS 1. RESUMO DA AÇÃO 1.1 Proposta

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSOS E PRODUTOS CRIATIVOS ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO INFORMAÇÕES PESSOAIS

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSOS E PRODUTOS CRIATIVOS ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO INFORMAÇÕES PESSOAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Regional Goiânia Faculdade de Artes Visuais COORDENAÇÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSOS E PRODUTOS CRIATIVOS INSCRIÇÃO N O : ANEXO I FICHA DE

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) TERMO DE REFERÊNCIA (TR) CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PESSOA FÍSICA PARA GESTÃO DE CONTEÚDO E MANUTENÇÃO DA PÁGINA WEB DINÂMICA PARA A II CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE IMPACTOS DAS VARIAÇÕES CLIMÁTICAS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA BLUMENAU ARTICULADOR

TERMO DE REFERÊNCIA BLUMENAU ARTICULADOR TERMO DE REFERÊNCIA BLUMENAU ARTICULADOR PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA INDIVIDUAL EM ARTICULAÇÃO DE REDE INTERSETORIAL ALCOOL E DROGAS DESCENTRALIZADO I. CONTEXTO O decreto 7.179 de 2010 da Presidência

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. OBJETO DE CONTRATAÇÃO A presente especificação tem por objeto a contratação de empresa Especializada de Consultoria para Planejamento da Estrutura Funcional e Organizacional

Leia mais

EDITAL PROPES Nº 02/2015

EDITAL PROPES Nº 02/2015 EDITAL PROPES Nº 02/2015 Dispõe sobre o Processo Seletivo do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Inovação Social com ênfase em Economia Solidária e Agroecologia O Reitor do Instituto Federal de Educaç

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) - TECN MCT 1 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) - TECN MCT 1 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) - TECN 3.1.6 - MCT 1 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Prestação de serviços de pessoa física para a elaboração de documento

Leia mais

Coordenação de Projetos. Antonio Pedro Alves de Carvalho

Coordenação de Projetos. Antonio Pedro Alves de Carvalho Coordenação de Projetos Antonio Pedro Alves de Carvalho Projetos: Definição Atividade responsável pelo desenvolvimento, organização, registro e transmissão das características físicas e tecnológicas especificadas

Leia mais

O Regimento Escolar é o documento que estabelece as diretrizes administrativas, as orientações, as regras de convivência, os direitos e deveres de

O Regimento Escolar é o documento que estabelece as diretrizes administrativas, as orientações, as regras de convivência, os direitos e deveres de O Regimento Escolar é o documento que estabelece as diretrizes administrativas, as orientações, as regras de convivência, os direitos e deveres de todos que convivem no ambiente escolar. A rede pode ter

Leia mais

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS RESOLUÇÃO Nº 1/2008

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS RESOLUÇÃO Nº 1/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS Campus Universitário Viçosa, MG 36570-000 Telefone: (31) 3899-2127 - Fax: (31) 3899-1229 - E-mail: soc@ufv.br RESOLUÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO

Leia mais

CAMINHOS SEGUROS PARA O EMPREENDEDOR

CAMINHOS SEGUROS PARA O EMPREENDEDOR CAMINHOS SEGUROS PARA O EMPREENDEDOR 2012 Pedro Cascaes Filho; Dirceu Martins Pio Direitos desta edição adquiridos pela Paco Editorial. Nenhuma parte desta obra pode ser apropriada e estocada em sistema

Leia mais

ROTEIRO PARA RELATÓRIO SEMESTRAL (Fase de elaboração da dissertação/tese) Relatório nº

ROTEIRO PARA RELATÓRIO SEMESTRAL (Fase de elaboração da dissertação/tese) Relatório nº ROTEIRO PARA RELATÓRIO SEMESTRAL (Fase de elaboração da dissertação/tese) Relatório nº Ano/Sem.: Nome do Aluno: Endereço: Tel. p/ contato: Título da dissertação/tese: Orientador: Prof. (a) Dr. (a). Coorientador:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 52.567, DE 23 DE SETEMBRO DE 2015. (publicado no DOE n.º 183, de 24 de setembro de 2015) Dispõe sobre o

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO MEDIO INTEGRADO À EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA

Leia mais

Comunicação Estratégica e Marketing AULA 7. Temas: Jornalismo

Comunicação Estratégica e Marketing AULA 7. Temas: Jornalismo Comunicação Estratégica e Marketing AULA 7 Temas: Jornalismo O Jornalismoé a área da Comunicação Social que lida com a descoberta, a produção e a divulgação de notícias, isto é, o relato de acontecimentos

Leia mais

INDICAÇÕES 2016-2º ANO AxBxC

INDICAÇÕES 2016-2º ANO AxBxC INDICAÇÕES 2016-1º ANO AxBxC 1º ANO A / ENS. FUNDAMENTAL INGLÊS: Introdução do vocabulário The House - págs. 16 e 17 do livro de / LÍNGUA PORTUGUESA: Revisão das letras do Bb ao Jj e seus pedacinhos através

Leia mais

O que é? A Comunicação Integrada alinha toda a estratégia, as ações e os produtos dos 4 setores da comunicação corporativa.

O que é? A Comunicação Integrada alinha toda a estratégia, as ações e os produtos dos 4 setores da comunicação corporativa. O que é? Entender e trabalhar a comunicação de uma empresa ou instituição de forma estratégica e integrada, alinhando produtos e ações dos diversos segmentos em prol de objetivos comuns. A Comunicação

Leia mais

por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, ou outro documento com mesmo valor legal; 3 (três) anos, no mínimo, de experiência

por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, ou outro documento com mesmo valor legal; 3 (três) anos, no mínimo, de experiência AGÊNCIA DE PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES DO BRASIL - APEX-BRASIL EDITAL No- 1, DE 31 DE AGOSTO DE 2006 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRORESERVA EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO AMBIENTAL PRÉVIO RAP

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO AMBIENTAL PRÉVIO RAP TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO AMBIENTAL PRÉVIO RAP 1 - INTRODUÇÃO O objetivo deste TERMO DE REFERÊNCIA é orientar a elaboração mais eficiente do RELATÓRIO AMBIENTAL PRÉVIO - RAP definido

Leia mais

EDITAL Nº 001/2013 INCUBADORA DE EMPRESAS

EDITAL Nº 001/2013 INCUBADORA DE EMPRESAS AYTY-INCUBADORA DE EMPRESAS DO IFAM EDITAL Nº 001/2013 INCUBADORA DE EMPRESAS Parceria Instituição Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas IFAM, Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa, Extensão

Leia mais

QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO

QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO Some prática, profissionalismo, inovação e retorno. O resultado da equação é a mistura da Sorella Studio. O conceito de agência online amplia

Leia mais

PLANO DE TRABALHO OFICINA PARA ELABORAÇÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA EMPRESAS

PLANO DE TRABALHO OFICINA PARA ELABORAÇÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA EMPRESAS PLANO DE TRABALHO OFICINA PARA ELABORAÇÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA EMPRESAS 1 ÁREA DE CREDENCIAMENTO/SUBÁREA Área Planejamento Empresarial; Subáreas Planejamento Estratégico. 2 PROJETO/AÇÃO Linha

Leia mais

XII Congresso Brasileiro de Fomento Comercial. 1º de maio de 2014

XII Congresso Brasileiro de Fomento Comercial. 1º de maio de 2014 XII Congresso Brasileiro de Fomento Comercial 1º de maio de 2014 Humberto Luiz Ribeiro Secretário de Comércio e Serviços (SCS) Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) Apresentação

Leia mais

EDITAL Nº.146/VRG/2015 Programa Docência na Educação Básica/ UNIVALI

EDITAL Nº.146/VRG/2015 Programa Docência na Educação Básica/ UNIVALI EDITAL Nº.146/VRG/2015 Programa Docência na Educação Básica/ UNIVALI PIBID/CAPES A Vice-Reitora de Graduação da Universidade do Vale do Itajaí, no uso de suas atribuições regimentais, torna públicos os

Leia mais

Relação Lattes/ Avaliação Cultura e Extensão Pesquisa em processo*

Relação Lattes/ Avaliação Cultura e Extensão Pesquisa em processo* Relação Lattes/ Avaliação Pesquisa em processo* Comissão de Universitária FAU/USP * Dúvidas ou sugestões nos envie um e-mail Detalhamento. (Atividades externas à USP e da especialidade em docência e pesquisa

Leia mais