Em 2006 a Telefônica destinou mais de 50 milhões de euros para a Ação Social

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Em 2006 a Telefônica destinou mais de 50 milhões de euros para a Ação Social"

Transcrição

1 Telefónica em Ação Social Em 2006 a Telefônica destinou mais de 50 milhões de euros para a Ação Social A Fundação Telefônica é o principal motor da ação social do Grupo. Em 2006, foram destinados mais de 33 milhões de euros, 6% mais que em 2005, para 673 iniciativas sociais que beneficiaram mais de 30 milhões de pessoas diretamente. Também vale destacar os 13 milhões de euros destinados para favorecer a integração das pessoas portadoras de deficiência através da ATAM. Na Telefónica assumimos um firme compromisso com a sociedade. Estamos convencidos de que nossa atividade beneficia os países onde operamos proporcionando maior desenvolvimento econômico, tecnológico e social. Entretanto, acreditamos que ao desempenho de nossa atividade devemos somar outras ações sociais e culturais nos lugares onde estamos presentes. Em 2006 contribuímos com mais de 50 milhões de euros para a ação social com investimentos na Fundação Telefónica, O2, contribuições para a ATAM e os patrocínios sociais. A parte mais importante destes recursos (33 milhões de euros) foi investida pela Fundação Telefónica 1, o principal instrumento da ação social do Grupo. Desde 2006, a Fundação tem redirecionado sua estratégia no sentido da educação, integração social das crianças na América Latina, promoção da sociedade do conhecimento e gestão dos programas de voluntariado corporativo como explicaremos nesta seção. ATAM A ATAM é a associação do Grupo voltada para pessoas portadoras de deficiência através da qual, há 34 anos, os empregados e a empresa procuram melhorar a qualidade de vida destas pessoas através da prevenção e plena integração social. A associação é financiada basicamente pelas colaborações solidárias e voluntárias de cerca de empregados de 22 empresas do Grupo. Os trabalhadores contribuem com 0,002 de seu salário fixo e a empresa dobre este valor. O valor recebido pela ATAM de todas as empresas da Telefónica em 2006 foi de 13,6 milhões de euros, os quais beneficiaram a pessoas. Com este projeto sem fins lucrativos oferecemos aos beneficiários e às suas famílias uma ampla cobertura de proteção social durante toda a vida para enfrentar situações de incapacidade e dependência. Por isso, além de contribuir com uma ação solidária em troca de uma nova quantia, os sócios e suas famílias dispõem de uma garantia de presente e futuro para enfrentar qualquer uma destas necessidades. Patrocínios sociais O terceiro pilar fundamental da ação social da Telefónica são os patrocínios sociais, com a empresa colaborando com atividades nos países onde opera. Em 2006, oferecemos 73 patrocínios sociais que representam 9% dos patrocínios da empresa. Continuamos apoiando projetos de caráter benéfico social e dando nosso apoio às instituições que trabalham nestas áreas através da colaboração com programas de promoção das tecnologias da informação. Vale destacar a colaboração com a Fundação de Ajuda contra as Drogas, Associação Espanhola Contra o Câncer, Cruz Vermelha Espanhola e outras organizações sem fins lucrativos. Investimento da Telefónica em ação social Dados em milhares de euros Fundação Telefónica 1 ATAM 2 Patrocínios sociais 3 O2 4 Total Orçamento de FT. 2 Colaborações da Telefônica e de seus empregados para a ATAM. 3 Inclui patrocínios sociais e não culturais. A quantidade real foi de 2,9 milhões de euros, da qual diminuímos alguns patrocínios do contabilizados pela Fundação Telefônica na Colômbia. 4 Dado aplicável desde Inclui FT Colômbia, entidade constituída legalmente em Telefónica, S.A. Relatório Anual 2006

2 Ação Social Total de Pessoas participantes/beneficiadas diretamente pela atividade da Fundação Telefónica em 2006* Área Educared Voluntários Telefónica Fórum Arte e Tecnologia Outros programas Total Número de pessoas * Inclui os beneficiários presenciais e beneficiários através da Internet Fundação Telefónica O que é a Fundação Telefónica? A Fundação Telefónica é a expressão do compromisso do Grupo Telefônica com a sociedade dos países onde está presente. Desde 1998 é o instrumento de ação social e cultural do Grupo cuja base estratégica está enfocada na Educação através do uso das Tecnologias da Informação e das Comunicações. Onde está situada a Fundação Telefónica? A Fundação Telefónica está presente na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espana, México, Peru e Venezuela. Com um enfoque global, as oito fundações compartilham os mesmos objetivos e métodos de trabalho, embora cada uma delas atue de acordo com a realidade social e cultural de seu país. Além disso, a ação social e cultural da Fundação com o programa, também inclui outros países da América Latina como Nicarágua, Guatemala, El Salvador, Panamá, Equador e Uruguai. Sua principal missão é contribuir para a construção do futuro das regiões onde a Telefónica opera, e promover o desenvolvimento social através da educação utilizando para isso sua fortaleza e capacidade tecnológica, sua presença territorial e sua ampla base de clientes e empregados. 95% das pessoas que mantiveram relação direta com a Fundação em 2006 acessaram conteúdos, serviços e informações através da Internet, o que demonstra a importância que têm as tecnologias como motor de desenvolvimento social. Atuação da Fundação Telefónica Distribuição dos recursos destinados aos projetos e iniciativas realizadas pela Fundação Telefónica em 2006, por áreas de atividade. 15% Educação 29% Fórum 5% Voluntários 4% Arte e Tecnologia 12% Outros programas 11% Vários 24% Os principais programas da Fundação Telefónica são: EducaRed Forum Voluntarios Telefónica Arte e Tecnologia Distribuição do orçamento por países Argentina Brasil Chile Colombia Espanha México Peru Venezuela 7% 10% 3% 4% 65% 2% 5% 3% 91

3 02.4 Ação Social Fundação Telefónica Mais de meninos, meninas e adolescentes escolarizados Mais de beneficiados indiretos 646 escolas e centros educacionais participam do O Grupo Telefónica, através da sua Fundação, administra o, um programa de ação social que visa ajudar a cumprir as metas regionais de erradicação das piores formas de trabalho infantil na América Latina, antes de Trata-se de um programa de atendimento integral que, através de uma escolarização de qualidade, garante conquistas educacionais e o conhecimento das Tecnologias da Informação e das Comunicações. Além disso, inclui em suas atividades, ações específicas de fortalecimento das instituições e agentes sociais ligados ao atendimento à criança e a promoção dos direitos da infância para tornar sustentável a longo prazo, a erradicação do trabalho infantil. O aposta na qualidade da educação, melhorando as infra-estruturas dos centros e dando um novo enfoque educacional e pedagógico adaptados a cada situação social, que favoreçam não só os beneficiários diretos do, mas a todo o ambiente educacional dos lugares onde atua. No dia 31 de dezembro de 2006, o beneficiava de forma direta meninos, meninas e adolescentes de treze países (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, El Salvador, Equador, Guatemala, México, Panamá, Peru, Venezuela e Uruguai), e de forma indireta através de 646 centros educacionais e escolas. Percentual de meninos, meninas e adolescentes que trabalham 1 País Ocupados (em milhares) Taxa de trabalho Belize Bolivia Brasil Colômbia Costa Rica Chile Equador El Salvador Guatemala Honduras Jamaica Nicarágua Panamá Paraguai Peru R. Dominicana 9 11% % % % % 196 5% % % % % 16 2% % 46 6% % % % 1 Fonte: Organização Internacional do Trabalho A erradicação do trabalho infantil: um objetivo ao nosso alcance. A base do são as ONG's de reconhecido prestígio internacional com as quais trabalha diretamente, além das escolas, instituições públicas e privadas, e a colaboração das comunidades dos países onde atua o. Os Voluntários da Telefónica têm um papel fundamental no programa, participando de diferentes atividades e colaborando com tempo e talento. 92 Telefónica, S.A. Relatório Anual 2006

4 Fundação Telefónica Durante 2006 o EducaRed on line recebeu mais de 40 milhões de visitas, com um total de 220 milhões de páginas consultadas em seus cinco portais É o programa educativo líder na Espanha e na América Latina Educared É um programa que foi criado pela Fundação Telefónica em 1998 de acordo com as 16 principais organizações da comunidade educacional espanhola. Pretende contribuir para melhorar a qualidade da Educação com o objetivo de fomentar a igualdade de oportunidades através da aplicação das Tecnologias da Informação e das Comunicações no processo de ensino e aprendizagem. Embora o EducaRed tenha nascido na Espanha, é um programa transnacional que conta com portais locais na Argentina, Brasil, Chile, Peru e, em breve, na Colômbia e no México. Só na Espanha existem colégios inscritos no programa, o que representa mais de professores e 4,4 milhões de alunos. Estas são as duas principais linhas de atividades do EducaRed: EducaRed on line. EducaRed presencial. Linhas de Atuação Educared on line Os melhores conteúdos didáticos em software e sites educativos: O Navegador do EducaRed As ferramentas mais avançadas no Navegador do EducaRed: Software e sites educativos Formação on line para professores e alunos: Professores Inovadores Aprenda com a Internet Concursos e atividades interativas A navegar Cheque-Mate Comunidades virtuais EducaRed 2.0 Tam-Tam Coisas Boas 2007 EducaRed Presencial Formação e inovação para a comunidade educativa: EducaRed Innova Aula Móvel Rede de centros modelo Exposições de divulgação científica e tecnológica: Divulga Biotec Programas educativos de integração: EducaRed Integra Atividades de dinamização educativa: Congresso Internacional Congressos Ibero-americanos Dia do EducaRed Educa Party 93

5 02.4 Ação Social Fundação Telefónica A Fundação Telefónica passou a ser uma referência em termos de pesquisa e conhecimento sobre o impacto social das Tecnologias da Informação e das Comunicações empregados do Grupo Telefónica de 14 países participaram em 2006 das iniciativas de Voluntariado Corporativo às quais dedicaram mais de horas Fórum Fórum é uma área da Fundação Telefónica que foi concebida como uma unidade de criação, debate e divulgação do conhecimento para tornar-se uma referência no que diz respeito ao desenvolvimento da Sociedade da Informação, construir e utilizar as estruturas necessárias para a geração e difusão do conhecimento, além de apoiar projetos inovadores. Através deste programa, a Fundação Telefónica planeja atividades para fomentar e facilitar a pesquisa avançada, a análise e o conhecimento das Tecnologias da Informação e das Comunicações e seu impacto social, principalmente na Espanha e na América Latina. Linhas estratégicas Pesquisa e análise. Promoção de pesquisas e estudos de tendências em matérias relacionadas com a Sociedade da Informação. Debates e intercâmbios. Seminários, conferências e fóruns de debate, presenciais e em rede, sobre os temas pesquisados, sobre outros temas e tendências atuais. Difusão do Conhecimento. Criação da Coleção Fundação Telefónica. Publicações sobre o resultado das pesquisas, estudos, debates e temas relevantes relacionados com a sociedade do conhecimento. o Também vale destacar o Fórum en Red como um capítulo à parte do site da Fundação Telefónica onde constantemente são publicadas as principais linhas de atuação do programa, e a revista Telos, referente aos estudos realizados na área de comunicação em língua espanhola. Voluntários da Telefónica O programa de Voluntariado Corporativo do Grupo Telefónica procura estimular as atividades de voluntariado social entre os empregados, facilitando e criando os meios necessários para que este voluntariado seja eficaz e permanente. Criado como uma iniciativa transnacional, seu objetivo é organizar e fortalecer a criação de uma rede solidária constituída por empregados que estão na ativa, préaposentados e aposentados do Grupo Telefónica que queiram trabalhar de forma pró-ativa em benefício da comunidade e dos coletivos mais carentes. O programa de Voluntariado Corporativo, administrado pela Fundação Telefónica, desenvolve três grandes linhas de trabalho: Fomentar a participação dos empregados nas atividades de voluntariado identificando as possibilidades de colaboração nos programas próprios de ação social da Fundação Telefónica como o ou através de acordos com ONG's. Apoiar técnica e financeiramente a implantação de programas solidários realizados por grupos de empregados. Fortalecer a capacidade de liderança do voluntariado através de uma formação que lhe proporcione conhecimentos sobre o mundo social e os recursos disponíveis para melhorar o impacto de suas ações e sua capacidade de trabalho com organizações sociais, além de dar ferramentas práticas para a elaboração, implantação e avaliação do projeto. 94 Telefónica, S.A. Relatório Anual 2006

6 Fundação Telefónica 7,3 milhões de pessoas participaram das inúmeras atividades de Arte e Cultura organizadas pela Fundação na Espanha e na América Latina, durante 2006 Arte e Tecnologia Arte e Cultura Desde que foi criada, a Fundação Telefónica tem realizado um grande esforço para difundir a cultura e a arte contemporânea, buscando a relação entre os valores de vanguarda artística e a inovação tecnológica que tem caracterizado sempre o desenvolvimento das telecomunicações, e recentemente com um enfoque especial nas criações da arte digital e seu acesso e distribuição através da Rede. Neste sentido, a primeira tarefa da Fundação Telefónica em matéria de Arte e Tecnologia foi a gestão do patrimônio artístico do Grupo, composto principalmente pelas seguintes coleções: Coleção Histórica de Arte Espanhola Contemporânea. Considerada pela crítica como um dos exemplos mais significativos do colecionismo corporativo, é composta por um total de 84 peças de artistas espanhóis de grande prestígio internacional: Pablo Picasso, Luis Fernández, Eduardo Chillida e Anton i Tàpies. Coleção de Cubismo. Um total de 41 quadros do período de , pertencentes a 18 autores (Gleizes, Lhote, Marcoussis, Metzinger, Barradas, María Blanchard, Torres García, Xul Solar, etc.), reunidos em um excepcional conjunto de 11 obras de Juan Gris. Coleção de Fotografia Contemporânea.. 78 obras (276 peças) de 48 autores internacionais (Bernd e Hilda Becher, Thomas Ruff,Thomas Struth, Vik Muniz, Helena Almeida, etc.) que refletem as mudanças de paradigmas que desde os anos 60 até os dias de hoje, vêm ocorrendo na cultura visual. Arquivo Histórico-Fotográfico da Telefónica. Um dos grupos de fotografia documental da Espanha mais importantes do século XX, com cerca de imagens e 20 filmes do período de , feitas pelos mais famosos repórteres gráficos espanhóis da época: Alfonso, Luis Ramón Marín, etc. Coleção "Telos". 418 obras de um total de 43 artistas: Antonio Saura, Luis Feito, Eduardo Úrculo, etc. A Coleção surgiu em 1985 a partir dos originais especialmente encomendados para que fossem publicados como ilustrações na revista Telos, editada pela Fundação. Por outro lado, a Fundação também é responsável pela Coleção Histórico Tecnológica da Telefónica e o Museu das Telecomunicações, um dos mais importantes do mundo em sua especialidade. Além disso, a Fundação Telefónica desenvolve um intenso programa de exposições temporárias de arte (com salas próprias em Madrid, Santiago do Chile, Buenos Aires e Lima) que no ano de 2006 recebeu um total de visitantes. Ars Virtual O Museu virtual destinado ao patrimônio cultural e que permite a visita interativa e em 3D de quase 50 monumentos (Patrimônio Nacional, catedrais, igrejas e mosteiros, Parques Naturais, etc.) na Espanha, América Latina e Marrocos. Em 2006, seu portal na Internet recebeu mais de 3 milhões de visitas diretas e indiretas 95

48% dos jovens ibero-americanos encara o voluntariado como uma mais-valia para quem procura emprego. 51% já realizou algum tipo de voluntariado

48% dos jovens ibero-americanos encara o voluntariado como uma mais-valia para quem procura emprego. 51% já realizou algum tipo de voluntariado Opinião dos jovens sobre a importância do voluntariado 48% dos jovens ibero-americanos encara o voluntariado como uma mais-valia para quem procura emprego 51% já realizou algum tipo de voluntariado 95%

Leia mais

QUEM SOMOS. ...pela defesa dos direitos das pessoas que vivem nas favelas mais precárias e invisíveis...

QUEM SOMOS. ...pela defesa dos direitos das pessoas que vivem nas favelas mais precárias e invisíveis... BRIEF INSTITUCIONAL 2017 ...pela defesa dos direitos das pessoas que vivem nas favelas mais precárias e invisíveis... QUEM SOMOS TETO é uma organização internacional presente na América Latina e Caribe,

Leia mais

Consideras a possibilidade de trabalhar no estrangeiro?

Consideras a possibilidade de trabalhar no estrangeiro? Inquérito Universia e Trabalhando 94% dos jovens portugueses considera a possibilidade de trabalhar no estrangeiro Lisboa, 29 de Novembro de 2012. O Universia Portugal (http://), a rede de universidades

Leia mais

50 o CONSELHO DIRETOR 62 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL

50 o CONSELHO DIRETOR 62 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE 50 o CONSELHO DIRETOR 62 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL Washington, D.C., EUA, de 27 de setembro à 1º de outubro de 2010 Tema 5.1 da agenda

Leia mais

I Fórum ABRH-Brasil de Sustentabilidade O papel do RH na promoção da cultura da sustentabilidade

I Fórum ABRH-Brasil de Sustentabilidade O papel do RH na promoção da cultura da sustentabilidade I Fórum ABRH-Brasil de Sustentabilidade O papel do RH na promoção da cultura da sustentabilidade Anna Paula Rezende Diretora Executiva de Talentos & Sustentabilidade 17 de Novembro de 2015 Quem somos Uma

Leia mais

Briefing Institu cional

Briefing Institu cional Briefing Institu cional 01 Quem somos TETO é uma organização internacional presente na América Latina e Caribe, que atua há 10 anos no Brasil pela defesa dos direitos das pessoas que vivem nas favelas

Leia mais

O Espaço Ibero-Americano a comunidade de todos

O Espaço Ibero-Americano a comunidade de todos O Espaço Ibero-Americano a comunidade de todos SEGIB Criação: 1994 Definição e objetivo: A SEGIB é o órgão permanente de apoio institucional, técnico e administrativo à Conferência Ibero-Americana e tem

Leia mais

Grupo Santander Relatório Anual 2003. Responsabilidade Social Corporativa

Grupo Santander Relatório Anual 2003. Responsabilidade Social Corporativa -57 OK BRA 7/6/04 19:25 Página 24 24 -57 OK BRA 7/6/04 19:25 Página 25 25 José Antonio Durán García-Siñériz e Santiago Paniagua Caparrós Fachada sul, edifício Manglar Cidade -57 OK BRA 7/6/04 19:25 Página

Leia mais

O PAPEL DO REGULATEL NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

O PAPEL DO REGULATEL NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO 47 PAINEL TELEBRASIL O PAPEL DO REGULATEL NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO BRASÍLIA, 15 DE NOVEMBRO DE 2003 ANTONIO CARLOS VALENTE PRESIDENTE REGULATEL QUEM SOMOS? CONGREGA OS 19 PAÍSES LATINO AMERICANOS, INCLUINDO

Leia mais

POLITICADERESPONSABILIDADESOCIALDATHYSSENKRUPPELEVADORESBRASIL

POLITICADERESPONSABILIDADESOCIALDATHYSSENKRUPPELEVADORESBRASIL POLITICADERESPONSABILIDADESOCIALDATHYSSENKRUPPELEVADORESBRASIL 1. PoliticadoGrupoThyssenKrupp Esta política trata-se de um complemento à Politica «Group Policy on Corporate Citizenship Activities,MembershipsandTicketsPurchases(últimamodificaçãoJaneiro2013)».

Leia mais

Programa de doação de licenças ESET América Latina SRL. Protegendo laços. - Regras e Condições -

Programa de doação de licenças ESET América Latina SRL. Protegendo laços. - Regras e Condições - Programa de doação de licenças ESET América Latina SRL Construindo uma comunidade segura Protegendo laços - Regras e Condições - Protegendo laços. Construindo uma comunidade segura (doravante Protegendo

Leia mais

V SEMINÁRIO DE INTERNACIONALIZAÇÃO UNIVERSITÁRIA E VI WORKSHOP DE TRABALHO PAEC OEA-GCUB Brasília 17 a 19 de maio de 2017

V SEMINÁRIO DE INTERNACIONALIZAÇÃO UNIVERSITÁRIA E VI WORKSHOP DE TRABALHO PAEC OEA-GCUB Brasília 17 a 19 de maio de 2017 V SEMINÁRIO DE INTERNACIONALIZAÇÃO UNIVERSITÁRIA E VI WORKSHOP DE TRABALHO PAEC OEA-GCUB 2017 FORMAÇÃO DE MESTRES E DOUTORES COMO VETOR PARA O DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO DAS AMÉRICAS Brasília 17 a 19 de

Leia mais

BIREME/OPAS/OMS Comitê Assessor Nacional do Convênio de Manutenção da BIREME I Reunião do ano 2004, BIREME, São Paulo, 06 de agosto de 2004

BIREME/OPAS/OMS Comitê Assessor Nacional do Convênio de Manutenção da BIREME I Reunião do ano 2004, BIREME, São Paulo, 06 de agosto de 2004 BIREME/OPAS/OMS Comitê Assessor Nacional do Convênio de Manutenção da BIREME I Reunião do ano 2004, BIREME, São Paulo, 06 de agosto de 2004 Anexo 2 Biblioteca Virtual em Saúde e o controle bibliográfico

Leia mais

B. IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA MUNDIAL E DO PLANO DE AÇÃO SOBRE SAÚDE PÚBLICA, INOVAÇÃO E PROPRIEDADE INTELECTUAL

B. IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA MUNDIAL E DO PLANO DE AÇÃO SOBRE SAÚDE PÚBLICA, INOVAÇÃO E PROPRIEDADE INTELECTUAL Página 6 B. IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA MUNDIAL E DO PLANO DE AÇÃO SOBRE SAÚDE PÚBLICA, INOVAÇÃO E PROPRIEDADE INTELECTUAL 17. Neste relatório de progresso se destina a oferecer uma visão integral da maneira

Leia mais

CONSENSO DE MONTEVIDÉU

CONSENSO DE MONTEVIDÉU VIII CONFERÊNCIA IBEROAMERICANA DE MINISTROS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E REFORMA DO ESTADO (Montevidéu, Uruguai, 22 e 23 de junho de 2006) CONSENSO DE MONTEVIDÉU C L A D Código Iberoamericano de Bom Governo.

Leia mais

Rede Interamericana de Fundações e Ações Empresariais para o Desenvolvimento de Base

Rede Interamericana de Fundações e Ações Empresariais para o Desenvolvimento de Base Rede Interamericana de Fundações e Ações Empresariais para o Desenvolvimento de Base O QUE É REDEAMÉRICA? É UMA REDE TEMÁTICA LIDERADA PELO SETOR EMPRESARIAL COM UMA ESTRATÉGIA HEMISFÉRICA PARA FAZER DO

Leia mais

Español en Toledo ESTO Cursos de Espanhol para Estrangeiros PROGRAMA ESTO

Español en Toledo ESTO Cursos de Espanhol para Estrangeiros PROGRAMA ESTO PROGRAMA ESTO 2017 POR QUE PARTICIPAR DE UM INTERCÂMBIO? Aprendizado Intercultural; Conhecimento de outra língua; Oportunidade de conhecer pessoas de outros países; Enriquecimento pessoal e profissional;

Leia mais

Biblioteca Virtual em Saúde e o controle bibliográfico da produção científica da América Latina e Caribe: o sistema de bases de dados LILACS

Biblioteca Virtual em Saúde e o controle bibliográfico da produção científica da América Latina e Caribe: o sistema de bases de dados LILACS Anexo 2 BIREME/OPAS/OMS Biblioteca Virtual em Saúde e o controle bibliográfico da produção científica da América Latina e Caribe: o sistema de bases de dados LILACS O núcleo principal da produção científico

Leia mais

C. PLANO DE AÇÃO PARA O REFORÇO DAS ESTATÍSTICAS VITAIS E DE SAÚDE

C. PLANO DE AÇÃO PARA O REFORÇO DAS ESTATÍSTICAS VITAIS E DE SAÚDE - 13 - Anexo C C. PLANO DE AÇÃO PARA O REFORÇO DAS ESTATÍSTICAS VITAIS E DE SAÚDE Introdução 39. A finalidade deste documento é informar aos Órgãos Diretivos da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS)

Leia mais

VII. VIAGENS DO SECRETÁRIO-GERAL E DO SECRETÁRIO-GERAL ADJUNTO

VII. VIAGENS DO SECRETÁRIO-GERAL E DO SECRETÁRIO-GERAL ADJUNTO VII. VIAGENS DO SECRETÁRIO-GERAL E DO SECRETÁRIO-GERAL ADJUNTO Viagens do Secretário-Geral Visita oficial à Espanha e participação no ciclo de conferências Iberoamérica: discursos claves, auspiciado pela

Leia mais

Relatório e Contas da AIA-CTS 2014 e 2015

Relatório e Contas da AIA-CTS 2014 e 2015 Relatório e Contas da AIA-CTS 2014 e 2015 I. Relatório de Atividades A Associação Ibero-Americana CTS na Educação em Ciência (AIA-CTS) é uma associação científica de direito privado, sem fins lucrativos

Leia mais

MAYORS CHALLENGE 2016 América Latina e Caribe

MAYORS CHALLENGE 2016 América Latina e Caribe MAYORS CHALLENGE 2016 América Latina e Caribe Uma competição para cidades da América Latina e do Caribe que visa gerar novas ideias de impacto que resolvam desafios urbanos e melhorem a vida nas cidades

Leia mais

O mundo inteiro vai ver o seu município com bons olhos!

O mundo inteiro vai ver o seu município com bons olhos! O mundo inteiro vai ver o seu município com bons olhos! Metodologia do Selo UNICEF Município Aprovado 2009-2012 Realização Parcerias O Selo UNICEF Município Aprovado O QUE O SELO UNICEF REPRESENTA PARA

Leia mais

Comparative model: Telehealth in Latin America Mônica Pena de Abreu

Comparative model: Telehealth in Latin America Mônica Pena de Abreu Comparative model: Telehealth in Latin America Mônica Pena de Abreu Protocolos regionais de politica públicas de telessaúde para América Latina e Caribe Instituições coordenadoras: UFMG e RUTE Financiamento:

Leia mais

Zheng Bingwen, Professor & Director-General

Zheng Bingwen, Professor & Director-General ILAS CASS & IBRE FGV Seminar MIDDLE INCOME TRAP: PERSPECTIVES OF BRAZIL AND CHINA Ultrapassando a Armadilha da Renda Média : Vantagens e Desafios da China comparativo com América Latina (abertura 10 minutos)

Leia mais

53 o CONSELHO DIRETOR 66 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL DA OMS PARA AS AMÉRICAS

53 o CONSELHO DIRETOR 66 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL DA OMS PARA AS AMÉRICAS 53 o CONSELHO DIRETOR 66 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL DA OMS PARA AS AMÉRICAS Washington, D.C., EUA, 29 de setembro a 3 de outubro de 2014 Tema 8.6 da Agenda Provisória CD53/INF/6 18 de agosto de 2014 Original:

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDÉIAS PARA A DENOMINAÇÃO DA ALIANÇA IBERO-AMERICANA PARA A MOBILIDADE

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDÉIAS PARA A DENOMINAÇÃO DA ALIANÇA IBERO-AMERICANA PARA A MOBILIDADE REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDÉIAS PARA A DENOMINAÇÃO DA ALIANÇA IBERO-AMERICANA PARA A MOBILIDADE ANTECEDENTES A mobilidade internacional de estudantes, professores e investigadores traz vantagens acadêmicas,

Leia mais

Lei de Incentivo à Cultura Lei 8.313 de 1991

Lei de Incentivo à Cultura Lei 8.313 de 1991 LEI Nº. 8.313, DE 23 DE DEZEMBRO DE 1991. Restabelece princípios da Lei n 7.505, de 2 de julho de 1986, institui o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac) e dá outras providências O PRESIDENTE DA

Leia mais

Educação + Diversão = Ciência Divertida

Educação + Diversão = Ciência Divertida Quem Somos? Cência Divertida é a empresa líder em atividades interativas e oficinas para crianças entre 04 e 17 anos. Nossos programas educativos estão focados no Meio Ambiente, Nutrição, Astronomia, Saúde

Leia mais

SEMINÁRIO DE PARLAMENTARES DA AMÉRICA LATINA E CARIBE PARA GARANTIR O DIREITO À SAÚDE REPRODUTIVA, MATERNA, NEONATAL E INFANTIL

SEMINÁRIO DE PARLAMENTARES DA AMÉRICA LATINA E CARIBE PARA GARANTIR O DIREITO À SAÚDE REPRODUTIVA, MATERNA, NEONATAL E INFANTIL SEMINÁRIO DE PARLAMENTARES DA AMÉRICA LATINA E CARIBE PARA GARANTIR O DIREITO À SAÚDE REPRODUTIVA, MATERNA, NEONATAL E INFANTIL Dr. Bremen De Mucio Assessor Regional em Saúde Sexual e Reprodutiva CLAP/SMR

Leia mais

O QUE É O PROJETO PREJAL?

O QUE É O PROJETO PREJAL? O QUE É O PROJETO PREJAL? É um Projeto da OIT executado em oito países da América Latina com a finalidade de sensibilizar e promover a inclusão do tema do emprego de jovens nas políticas e programas dos

Leia mais

Garantir o direito de aprender, para todos e para cada um.

Garantir o direito de aprender, para todos e para cada um. A Educação Básica, B Avanços e Desafios Maria do Pilar Lacerda Almeida e Silva Secretária de Educação Básica Ministério da Educação Foto: João Bittar Garantir o direito de aprender, para todos e para cada

Leia mais

EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA

EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA TELEBRASIL 2006 Ronaldo Iabrudi MAIO 2006 O GRUPO TELEMAR RESPONSABILIDADE SOCIAL O DESAFIO DA INCLUSÃO INSTITUTO TELEMAR : PROGRAMAS E AÇÕES INVESTIMENTOS Mapa da Exclusão Social

Leia mais

Cinema, Soft Power e os BRICS

Cinema, Soft Power e os BRICS Seminário Cinema, Soft Power e os BRICS Mostra Internacional de Cinema de São Paulo Debora Ivanov 27/10/2016 Diretrizes Diretrizes das ações internacionais realizadas pela ANCINE 1. Estímulo à realização

Leia mais

COORDENAÇÃO-GERAL DE PESQUISA E MANUTENÇÃO DE PRODUTOS CONSOLIDADOS LILLIAN ALVARES

COORDENAÇÃO-GERAL DE PESQUISA E MANUTENÇÃO DE PRODUTOS CONSOLIDADOS LILLIAN ALVARES COORDENAÇÃO-GERAL DE PESQUISA E MANUTENÇÃO DE PRODUTOS CONSOLIDADOS LILLIAN ALVARES Coordenação do Laboratório de Metodologias de Tratamento e Disseminação da Informação Bianca Amaro Coordenação de Atendimento

Leia mais

João Batista Rodrigues da Silva Engenheiro Civil Diretor do IBTS - Instituto Brasileiro de Telas Soldadas

João Batista Rodrigues da Silva Engenheiro Civil Diretor do IBTS - Instituto Brasileiro de Telas Soldadas S João Batista Rodrigues da Silva Engenheiro Civil Diretor do IBTS - Instituto Brasileiro de Telas Soldadas PAREDE DE CONCRETO Angola Índia Argentina Iraque Aruba Jamaica Bolívia Japão Brasil Malásia Canadá

Leia mais

PROJETO 9: Capacitação Floresta Amazônica. Responsável: Dra. Alessandra Rodrigues. Apresentação: Dra. Lúbia Vinhas Chefe DPI/INPE

PROJETO 9: Capacitação Floresta Amazônica. Responsável: Dra. Alessandra Rodrigues. Apresentação: Dra. Lúbia Vinhas Chefe DPI/INPE PROJETO 9: Capacitação Floresta Amazônica Responsável: Dra. Alessandra Rodrigues Apresentação: Dra. Lúbia Vinhas Chefe DPI/INPE Projetos de Monitoramento da Amazônia Satélites e Resolução Espacial PRODES

Leia mais

POLÍTICA PÚBLICA AUDIOVISUAL

POLÍTICA PÚBLICA AUDIOVISUAL POLÍTICA PÚBLICA AUDIOVISUAL OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARA A PRODUÇÃO REGIONAL ROSANA ALCÂNTARA AGÊNCIA NACIONAL DO CINEMA MERCADO AUDIOVISUAL CEARENSE 2015 AGENDA Panorama do Audiovisual no Brasil Contribuição

Leia mais

Relatório de Atividades

Relatório de Atividades 1 Relatório de Atividades 2005 I- Introdução A Fundação Fé e Alegria do Brasil é uma sociedade civil de direito privado, de ação pública e sem fins lucrativos, com sede a Rua Rodrigo Lobato, 141 Bairro

Leia mais

LEVANDO ESPERANÇA AO CORAÇÃO DA CRIANÇA, SUA FAMÍLIA E SUA COMUNIDADE

LEVANDO ESPERANÇA AO CORAÇÃO DA CRIANÇA, SUA FAMÍLIA E SUA COMUNIDADE LEVANDO ESPERANÇA AO CORAÇÃO DA CRIANÇA, SUA FAMÍLIA E SUA COMUNIDADE OPEPE - Programa de Educação Pré-Escolar, teve sua origem no Brasil, no ano de 1992, pelo casal Stuart e Georgina Christine, da BMS

Leia mais

EDITAL DO NEXOFOTO 2016

EDITAL DO NEXOFOTO 2016 EDITAL DO NEXO 2016 A organização NexoFoto convoca o III Prêmio Internacional de Fotografia NEXO 2016, de acordo com o seguinte regulamento:: 1). OBJETO Poderá par ticipar deste edital qualquer ar tista

Leia mais

22 de março de Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo

22 de março de Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo 22 de março de 2004 Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo BRASIL 8.511.965 km2 176.502 milhões de habitantes PIB: R$ 1.101 bilhão (1) (1) Fonte: IBGE - Data Base 2000 2 ESTADO DE SÃO PAULO

Leia mais

Legislação federal de cultura no Brasil

Legislação federal de cultura no Brasil Legislação federal de cultura no Brasil Quadro atual da organização da cultura no país: Constituição Federal de 1988; Emenda Constitucional 48/2005: cria o Plano Nacional de Cultura; Emenda Constitucional

Leia mais

Amizade Autêntica OPEN CALL - CONvOCAtóriA

Amizade Autêntica OPEN CALL - CONvOCAtóriA Amizade Autêntica OPEN CALL - Convocatória ENQUADRAMENTO Considerada uma das mais relevantes cidades europeias no âmbito da produção plástica em graffiti e street art, Lisboa vai acolher a 2ª edição do

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DO CONGRESSO INTERNACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR: CAMINHOS PARA A EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL

RECOMENDAÇÕES DO CONGRESSO INTERNACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR: CAMINHOS PARA A EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL RECOMENDAÇÕES DO CONGRESSO INTERNACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR: CAMINHOS PARA A EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL 03 a 06 de outubro, 2017 - Brasília, Brasil. Países participantes: Bahamas, Barbados, Belize,

Leia mais

MANDATOS DECORRENTES DA SEXTA CÚPULA DAS AMÉRICAS. As Chefes e os Chefes de Estado e de Governo das Américas nos comprometemos a:

MANDATOS DECORRENTES DA SEXTA CÚPULA DAS AMÉRICAS. As Chefes e os Chefes de Estado e de Governo das Américas nos comprometemos a: SEXTA CÚPULA DAS AMÉRICAS OEA/Ser.E 14 a 15 de abril de 2012 CA-VI/doc.6/12 Rev.2 Cartagena das Índias, Colômbia 23 maio 2012 Original: espanhol MANDATOS DECORRENTES DA SEXTA CÚPULA DAS AMÉRICAS As Chefes

Leia mais

IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA EDUCAÇÃO

IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA EDUCAÇÃO CAPÍTULO 2 IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA EDUCAÇÃO SNOO PY ESCOLAR 17 Aproximar a escola e as famílias dos alunos nem sempre é fácil, mas o estreitamento dessa relação apresenta resultados importantes na redução

Leia mais

Criminalidade no Brasil

Criminalidade no Brasil Criminalidade no Brasil Instituto Avante Brasil Diretor- Presidente: Luiz Flávio Gomes Coordenação e elaboração de pesquisa: Flávia Mestriner Botelho CRIMINALIDADE NO BRASIL De acordo com um levantamento

Leia mais

Intermediária Sub-19 anos Qtde de atletas e Estados. 06 Estados Estados Estados Estados

Intermediária Sub-19 anos Qtde de atletas e Estados. 06 Estados Estados Estados Estados A Confederação Brasileira de Badminton CBBd, apresenta a tabulação dos eventos Nacionais e Internacionais, para o programa Bolsa Atleta 2017, conforme metodologia definida no PO DT-002- Bolsa Atleta. Os

Leia mais

Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007

Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007 Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007 Já sabemos que... Educação de qualidade para todos promove: Já sabemos que... Educação de qualidade para todos promove: Crescimento econômico Já sabemos que...

Leia mais

Introduction to Latin American Economies. Fabio Fonseca, Senior Director, FIESP

Introduction to Latin American Economies. Fabio Fonseca, Senior Director, FIESP Introduction to Latin American Economies Fabio Fonseca, Senior Director, FIESP América Latina México América Central Guianas América Andina América Platina Brasil México América Latina México América Central

Leia mais

INVESTIMENTOS SOCIAIS

INVESTIMENTOS SOCIAIS NOVA LIMA 2015 INVESTIMENTOS SOCIAIS Fotos: arquivo AGA Artesão da Associação dos Artesãos de Nova Lima, Artes da Terra, iniciativa apoiada pelo Chamada Pública de Projetos Artesã da Associação dos Artesãos

Leia mais

Apoio do BNDES às Exportações

Apoio do BNDES às Exportações Apoio do BNDES às Exportações ABINEE São Paulo outubro/2015 Classificação: Documento Ostensivo - Unidade Gestora AEX Objetivos Objetivos Apoiar a exportação de bens e serviços de alto valor agregado; Aumentar

Leia mais

CANAL MINAS SAÚDE: A COMUNICAÇÃO E A EDUCAÇÃO EM SAÚDE EM MINAS GERAIS

CANAL MINAS SAÚDE: A COMUNICAÇÃO E A EDUCAÇÃO EM SAÚDE EM MINAS GERAIS CANAL MINAS SAÚDE: A COMUNICAÇÃO E A EDUCAÇÃO EM SAÚDE EM MINAS GERAIS Belo Horizonte, 02 de maio de 2010 BONTEMPO, Verlanda Lima Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais verlanda@fastmail.fm DALMAS,

Leia mais

Prospecção de conhecimento no setor público. Lúcia Melo Presidente

Prospecção de conhecimento no setor público. Lúcia Melo Presidente Prospecção de conhecimento no setor público Lúcia Melo Presidente Abril 2006 Questões a considerar Qual a importância de estudos prospectivos para um país? Como pensar e debater o futuro? Como prospectar

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL A Agência de Certificação Ocupacional (ACERT) é parte integrante da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR GLOBAL BRASIL: janeiro-dezembro 2015

COMÉRCIO EXTERIOR GLOBAL BRASIL: janeiro-dezembro 2015 Secretaria-Geral ALADI/SEC/di 2668 12 de janeiro de 2016 COMÉRCIO EXTERIOR GLOBAL BRASIL: janeiro-dezembro 2015 Os fluxos globais do comércio exterior brasileiro contraíram-se significativamente em 2015

Leia mais

Revista de negócios líder na América Latina. Informação de líder para líder.

Revista de negócios líder na América Latina. Informação de líder para líder. Revista de negócios líder na América Latina. Informação de líder para líder. AméricaEconomia Brasil AméricaEconomia é a única revista brasileira que oferece cobertura econômica da América Latina em contexto

Leia mais

Estado e políticas sociais na América Latina. Aula 10 Regimes de Bem-Estar na América Latina. Prof.: Rodrigo Cantu

Estado e políticas sociais na América Latina. Aula 10 Regimes de Bem-Estar na América Latina. Prof.: Rodrigo Cantu Estado e políticas sociais na América Latina Aula 10 Regimes de Bem-Estar na América Latina Prof.: Rodrigo Cantu Europa e Países Anglo-Saxões: Maior parte da política social iniciada entre 1890 e o fim

Leia mais

DECLARAÇÃO FINAL CONSIDERANDO:

DECLARAÇÃO FINAL CONSIDERANDO: DECLARAÇÃO FINAL As Ministras, Ministros e Responsáveis de na América Latina, reunidos na Conferência de Ministros da realizada na cidade de Medellín, Colômbia, reiteramos nosso compromisso para construir

Leia mais

Introdução à comunicação científica em saúde. Bases de dados e índices bibliográficos internacionais e nacionais

Introdução à comunicação científica em saúde. Bases de dados e índices bibliográficos internacionais e nacionais Introdução à comunicação científica em saúde. Bases de dados e índices bibliográficos internacionais e nacionais Seminário eportuguêse Como melhorar o acesso à informação científica e técnica em saúde

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina DIVISÃO CENTRAL DE MARISTELA CRISTINA MARTINS

Universidade Estadual de Londrina DIVISÃO CENTRAL DE MARISTELA CRISTINA MARTINS DIVISÃO CENTRAL DE ESTÁGIOS E INTERCÂMBIOS MARISTELA CRISTINA MARTINS Estágios ESTÁGIO CURRICULAR LEI N 11.788 DE 25 DE SETEMBRO DE 2008 ESTÁGIO NA UEL DIREITO DO ESTAGIÁRIO ASSINATURA DO TERMO DE COMPROMISSO

Leia mais

CONEXÃO VERDE IASEA REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL

CONEXÃO VERDE IASEA REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL CONEXÃO VERDE REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL IASEA INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL 1. APRESENTAÇÃO Conexão Verde é uma rede de aprendizagem e colaboração que envolve jovens

Leia mais

Como podemos ajudar? Acesse o site A gente inova, você transforma.

Como podemos ajudar? Acesse o site  A gente inova, você transforma. PRODUZIDO POR CRIAX COMUNICAÇÃO EM ABRIL DE 2011 Soluções Microsoft para Educação Como podemos ajudar? Se você quer potencializar os processos de ensino e aprendizagem da sua instituição, oferecer aos

Leia mais

BRASIL. Da ideia à produção em série. 18-22 Agosto 2014 Pavilhões da Expoville - Joinville SC - Brasil

BRASIL. Da ideia à produção em série. 18-22 Agosto 2014 Pavilhões da Expoville - Joinville SC - Brasil Evento Simultâneo: BRASIL 18-22 Agosto 2014 Pavilhões da Expoville - Joinville SC - Brasil Da ideia à produção em série Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentas, Design e Desenvolvimento de

Leia mais

Encontros AVLAB São Paulo

Encontros AVLAB São Paulo Encontros AVLAB São Paulo Encontro #3 Gambiologia: Conceitos e práticas da gambiarra Coordenado e apresentado por Felipe Fonseca e Maira Begalli Domingo, 4 de julho às 17 horas no Centro Cultural da Juventude.

Leia mais

INVESTIMENTOS SOCIAIS

INVESTIMENTOS SOCIAIS RAPOSOS 2015 INVESTIMENTOS SOCIAIS Fotos: arquivo AGA Alunos e voluntários da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Raposos (APAE Raposos), iniciativa apoiada pela Chamada Pública de Projetos

Leia mais

Taxas de Retorno, Custos e Investimentos em Educação no Brasil e na América Latina

Taxas de Retorno, Custos e Investimentos em Educação no Brasil e na América Latina Taxas de Retorno, Custos e Investimentos em Educação no Brasil e na América Latina Autoria: Fabio Alvim Klein Resumo: O presente artigo discute as limitações do uso de cálculos de taxas internas de retorno

Leia mais

SESI pratica o que ensina

SESI pratica o que ensina SESI pratica o que ensina Regionais trabalham para ampliar atuação na área de responsabilidade social A marca SESI, associada à saúde, educação, lazer e esporte do trabalhador, começa a tornar-se referência

Leia mais

INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS BRASILEIRAS. ESPANHA COMO PLATAFORMA E DESTINO DE INVESTIMENTO.

INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS BRASILEIRAS. ESPANHA COMO PLATAFORMA E DESTINO DE INVESTIMENTO. INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS BRASILEIRAS. ESPANHA COMO PLATAFORMA E DESTINO DE INVESTIMENTO. RIO DE JANEIRO, 29 DE SETEMBRO DE 2015. SÃO PAULO, 1 DE OUTUBRO DE 2015. ESPANHA COMO DESTINO DE INVESTIMENTO

Leia mais

Your point of encounter Tu punto de encuentro Seu ponto de encontro

Your point of encounter Tu punto de encuentro Seu ponto de encontro A arte de avançar International Latino Cultural Center of Chicago Your point of encounter Tu punto de encuentro Seu ponto de encontro Introdução O Centro Internacional de Cultura Latina de Chicago (ILCC)

Leia mais

Ecoclubes. Juventude no Presente

Ecoclubes. Juventude no Presente Ecoclubes Juventude no Presente A Visão Procura-se jovem com um profundo desejo de mudar o mundo Espaço de participação juvenil, onde se promove a capacitação e organização dos jovens para que se assumam

Leia mais

COMO DESTINAR PARTE DO IMPOSTO DE RENDA DEVIDO. Existe hoje uma grande valorização para pessoas engajadas e responsáveis socialmente.

COMO DESTINAR PARTE DO IMPOSTO DE RENDA DEVIDO. Existe hoje uma grande valorização para pessoas engajadas e responsáveis socialmente. COMO DESTINAR PARTE DO IMPOSTO DE RENDA DEVIDO. Flávia Boavista F. Ruiz Existe hoje uma grande valorização para pessoas engajadas e responsáveis socialmente. É importante que se faça a destinação de parte

Leia mais

Razões para omissões

Razões para omissões ÍNDICE GRI 2014 CONTEÚDOS PADRÃO GERAIS Conteúdos Padrão Gerais Número da página (ou Ligação) Omissões identificadas Razões para omissões A informação relacionada com Conteúdos Padrão requerida pelas opções

Leia mais

Findeter financiamento para a reconstrução e a mitigação de mudanças climáticas

Findeter financiamento para a reconstrução e a mitigação de mudanças climáticas Findeter financiamento para a reconstrução e a mitigação de mudanças climáticas Linhas de Financiamento para Reconstrução e Mitigação de Mudanças Climáticas Fortalecimento de estratégias e produtos financeiros

Leia mais

MOTOS E SEGURANÇA RODOVIÁRIA A convivência segura das motos em uma rede viária desenhada para carros (urbana e rural)

MOTOS E SEGURANÇA RODOVIÁRIA A convivência segura das motos em uma rede viária desenhada para carros (urbana e rural) MOTOS E SEGURANÇA RODOVIÁRIA A convivência segura das motos em uma rede viária desenhada para carros (urbana e rural) São Paulo, 11 e 12 de setembro de 2013 Antecedentes O crescimento acelerado da frota

Leia mais

OEI: ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS IBERO-AMERICANOS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA Madrid (Espanha) Evolução e contributos da OEI.

OEI: ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS IBERO-AMERICANOS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA Madrid (Espanha) Evolução e contributos da OEI. OEI: ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS IBERO-AMERICANOS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA CRIAÇÃO SEDE 1949 Madrid (Espanha) DEFINIÇÃO E OBJETIVOS A Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação,

Leia mais

Competitividade na indústria brasileira e momento econômico. Ricardo L. C. Amorim Especialista em Análise Econômica da ABDI

Competitividade na indústria brasileira e momento econômico. Ricardo L. C. Amorim Especialista em Análise Econômica da ABDI Competitividade na indústria brasileira e momento econômico Ricardo L. C. Amorim Especialista em Análise Econômica da ABDI Julho/2016 Evolução do PIB a preços de mercado (em US$ correntes) Fonte: World

Leia mais

Rede J+ LAC. Pablo T. Aguilera / Co

Rede J+ LAC. Pablo T. Aguilera / Co Rede J+ LAC Pablo T. Aguilera / Co fundador @ptaguilera Quem são @s jovens vivendo com HIV? No mundo, estima-se que 5,4 milhões de jovens (15-24 anos) vivem com HIV (Unicef) 300.000 jovens (15-24 anos)

Leia mais

AVISO DO PRODUTO. Inversores CA PowerFlex 753 e 755 Anomalia de sobreposição de parâmetro com seu padrão

AVISO DO PRODUTO. Inversores CA PowerFlex 753 e 755 Anomalia de sobreposição de parâmetro com seu padrão Product Safety Group 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DO PRODUTO Aviso sobre possível problema com o produto A Rockwell Automation emite um Aviso do

Leia mais

TEMA 5 SALUD Y MEDIO AMBIENTE

TEMA 5 SALUD Y MEDIO AMBIENTE TEMA 5 SALUD Y MEDIO AMBIENTE Pode ser de muita utilidade conhecer os impactos na saúde provenientes dos fatores de risco ambiental, gerados pelas atividades referentes à saúde pública, pois permitem priorizar

Leia mais

Painel de Contribuição Núcleo Socioambiental - NSA (Fevereiro/2016)

Painel de Contribuição Núcleo Socioambiental - NSA (Fevereiro/2016) Núcleo Socioambiental - NSA Objetivo Estratégico / Iniciativa Estratégica/ Meta Estratégica 1. Aumentar para 5% os resíduos sólidos reciclados do TST Ação 1. Recolher Resíduos. Reaproveitamento de resíduos

Leia mais

Metodologia SciELO. Odila Duru BIREME/OPAS/OMS. I Encontro de Editores de Revistas Científicas na Área de Psicologia São Paulo, 30 de agosto de 2004

Metodologia SciELO. Odila Duru BIREME/OPAS/OMS. I Encontro de Editores de Revistas Científicas na Área de Psicologia São Paulo, 30 de agosto de 2004 Metodologia SciELO Odila Duru BIREME/OPAS/OMS I Encontro de Editores de Revistas Científicas na Área de Psicologia São Paulo, 30 de agosto de 2004 Novas Perspectivas da Comunicação Científica Peer Review

Leia mais

AVISO DO PRODUTO. Anomalia na pré-carga de inversores CA PowerFlex 753 e 755

AVISO DO PRODUTO. Anomalia na pré-carga de inversores CA PowerFlex 753 e 755 Product Safety Group 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DO PRODUTO Aviso sobre possível problema com o produto A Rockwell Automation emite um Aviso do

Leia mais

2.2 Ambiente Macroeconômico

2.2 Ambiente Macroeconômico Por que Ambiente Macroeconômico? Fundamentos macroeconômicos sólidos reduzem incertezas sobre o futuro e geram confiança para o investidor. A estabilidade de preços é uma condição importante para processos

Leia mais

+138MM LÍDER DE MERCADO. de usuários registrados. 1.6 BI 479 MM

+138MM LÍDER DE MERCADO. de usuários registrados. 1.6 BI 479 MM AUTOMOTIVO LÍDER DE MERCADO Somos a empresa de tecnologia líder no desenvolvimento de soluções de comércio eletrônico na América Latina desde 1999. México Guatemala Panamá Colômbia República Dominicana

Leia mais

GEOGRAFIA UNIVERSOS. Por que escolher a coleção Universos Geografia

GEOGRAFIA UNIVERSOS. Por que escolher a coleção Universos Geografia UNIVERSOS GEOGRAFIA Por que escolher a coleção Universos Geografia 1 Pensada a partir do conceito SM Educação Integrada, oferece ao professor e ao aluno recursos integrados que contribuem para um processo

Leia mais

LEISHMANIOSES. Informe Epidemiológico das Américas. Organização Pan-Americana da Saúde ESCRITÓRIO REGIONAL PARA AS Américas

LEISHMANIOSES. Informe Epidemiológico das Américas. Organização Pan-Americana da Saúde ESCRITÓRIO REGIONAL PARA AS Américas Organização Pan-Americana da Saúde ESCRITÓRIO REGIONAL PARA AS Américas Informe Leishmanioses Nº 3 - Julho de 25 LEISHMANIOSES Informe Epidemiológico das Américas INTRODUÇÃO Nas Américas as leishmanioses

Leia mais

GABARITO Caderno do Aluno Geografia 7 a série Volume 4

GABARITO Caderno do Aluno Geografia 7 a série Volume 4 SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 1 PERU E MÉXICO: A HERANÇA PRÉ-COLOMBIANA Para começo de conversa Página 3 1. Espera-se que os alunos estabeleçam uma analogia, associando a Cidade do México a um palimpsesto,

Leia mais

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias Bijuterias Principais Países 2010 2011 2012 2013 2014 US$ mil 2014/ 2013 Estados Unidos 5.667 3.828 2.668 3.491 5.006 43 Colômbia 407 800 748 1.112 993-11 França 1.085 931 910 998 969-3 Argentina 2.112

Leia mais

TACIBA: CRECHE EM PROCESSO DE CONSTRUÇÃO E RENOVAÇÃO

TACIBA: CRECHE EM PROCESSO DE CONSTRUÇÃO E RENOVAÇÃO TACIBA: CRECHE EM PROCESSO DE CONSTRUÇÃO E RENOVAÇÃO 1. Introdução Foram várias as mudanças na legislação brasileira na ultima década que define a garantia de atenção à crianças de 0 a 6 anos, caracterizado

Leia mais

Sugestões de avaliação. Geografia 8 o ano Unidade 3

Sugestões de avaliação. Geografia 8 o ano Unidade 3 Sugestões de avaliação Geografia 8 o ano Unidade 3 5 Nome: Data: Unidade 3 1. Complete o trecho a seguir com informações sobre a localização do continente americano. O continente americano é o segundo

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas no Peru. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas no Peru. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas no Peru Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios A Lei peruana define as Pequenas e Micro Empresas (PMEs) como: "... a unidade econômica

Leia mais

América Latina Caderno de atividades

América Latina Caderno de atividades TURMA: América Latina Caderno de atividades Grupo: IDH Integrantes do grupo: NOME: Nº NOME: Nº NOME: Nº NOME: Nº NOME: Nº Data de início da elaboração do mapa: / / Data de conclusão da elaboração do mapa:

Leia mais

O Brasil e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

O Brasil e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio O Brasil e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio O Brasil avançou muito em relação ao cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e pavimentou o caminho para cumprir as metas até 2015.

Leia mais

Avaliação do Prêmio Itaú-Unicef busca fortalecer e dar credibilidade ao trabalho das organizações

Avaliação do Prêmio Itaú-Unicef busca fortalecer e dar credibilidade ao trabalho das organizações Avaliação do Prêmio Itaú-Unicef busca fortalecer e dar credibilidade ao trabalho das organizações Escrito por Thais Iervolino Em cada ano de premiação, o Prêmio Itaú-Unicef percorre todas as regiões do

Leia mais

Recomendação de políticas Alfabetização digital

Recomendação de políticas Alfabetização digital Recomendação de políticas A oportunidade O conhecimento de informática e a alfabetização, a familiaridade com software de produtividade, a fluência no uso de uma ampla gama de dispositivos digitais, estas

Leia mais

Trata-se aqui de uma interpretação gramatical do dispositivo invocado, uma vez que dispõe o art. 26: comprometem-se a adotar as providências

Trata-se aqui de uma interpretação gramatical do dispositivo invocado, uma vez que dispõe o art. 26: comprometem-se a adotar as providências Questão 16 Considere as seguintes assertivas: I - A Convenção Americana sobre Direitos Humanos, de 1969, não trata dos direitos econômicos, sócias e culturais, à exceção do artigo 26 que simplesmente determina

Leia mais

Revista Piccadilly - Um milhão de exemplares 100% distribuídos WORKSHOP CASES DE SUCESSO EM MÍDIA SEGMENTADA. Profashional Editora

Revista Piccadilly - Um milhão de exemplares 100% distribuídos WORKSHOP CASES DE SUCESSO EM MÍDIA SEGMENTADA. Profashional Editora Revista Piccadilly - Um milhão de exemplares 100% distribuídos Profashional Editora Profashional Editora Revista Piccadilly Editora Profashional Há 9 anos anos mercado, consolidou-se desenvolvendo publicações

Leia mais

28 a CONFERÊNCIA SANITÁRIA PAN-AMERICANA 64 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL

28 a CONFERÊNCIA SANITÁRIA PAN-AMERICANA 64 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE 28 a CONFERÊNCIA SANITÁRIA PAN-AMERICANA 64 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL Washington, D.C., EUA, 17 a 21 de setembro de 212 Tema 8.4 da Agenda

Leia mais