SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO"

Transcrição

1 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO

2 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA Problema 1 SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO - MOTIVAÇÕES

3 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA Problema 2 SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO - MOTIVAÇÕES

4 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO Evidências dos Problemas Redundância Divergências Cadastrais Anarquia do Processo Muitas Exigências, Pouca Fiscalização Tratamento Não Diferenciado

5 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO Conceitos da Solução Integração Estado Municípios (Sistemas e Cadastros) Desburocratização Antes da Informatização Segmentação por Nível de Risco Seqüenciamento do Processo Preservação da Autonomia dos Órgãos Públicos

6 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO Diagrama da Solução Definitiva do Modelo REDESIM PESQUISA PRÉVIA REGISTRO E INSCRIÇÕES LICENCIAMENTOS SISTEMA DNRC Nome empresarial INTEGRADOR ESTADUAL Nome Aprovado Atividade Viável CHAVE 1 CHAVE 2 INTEGRADOR NACIONAL Coleta e batimento de dados - Prefeituras - Meio Ambiente - Vigilância - Corpo de Bombeiros INTEGRADOR ESTADUAL NIRE ATIVIDADE X CNPJ Licenças ENDEREÇO

7 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO Resultados alcançados de até Cidade Total Solicitações Tempo Médio Licenciamento Baixo Risco/Viabilidade Tempo Médio Licenciamento Alto Risco Limeira Mogi das Cruzes Piracicaba São Caetano do Sul São José dos Campos Total geral 9 23 Lembrete: Tempo médio de licenciamento 61 dias (Municipal Scorecard 2008)

8 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO Resultados alcançados de até Órgão Baixo Risco Alto Risco Quantidade % Quantidade % Total Secretaria de Estado da Saúde Centro de Vigilância Sanitária Secretaria de Estado do Meio Ambiente CETESB Secretaria de Estado da Segurança Pública Corpo de Bombeiros ,91% 229 2,09% ,23% 154 1,77% ,62% 194 1,38% Prefeituras ,08% 547 4,92% Limeira ,63% 84 4,38% Mogi das Cruzes ,78% 83 4,22% Piracicaba ,16% 98 2,84% São Caetano do Sul ,37% 64 2,63% São José dos Campos ,84% ,16% 1349

9 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO Benefícios para o Município Otimização e modernização da gestão Incentivo à formalidade Racionalização dos recursos públicos Aumento da eficiência da fiscalização Antecipa as medidas para a REDESIM

10 SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO TREINAMENTO CONTADORES

11 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO PREMISSAS PARA ADESÃO DO MUNICÍPIO AO SIL ligadas à desburocratização 1. ALTO RISCO TEM QUE SER TRATADO COMO EXCEÇÃO 2. BAIXO RISCO: SÓ DECLARAÇÕES OU PERGUNTAS E DECLARAÇÕES 3. SIMPLICIDADE NA FORMULAÇÃO DAS PERGUNTAS E DECLARAÇÕES 4. LICENÇAS ESTADUAIS NÃO CONDICIONAM O LICENCIAMENTO MUNICIPAL 5. REGULARIDADE DA EDIFICAÇÃO APARTADA DO LICENCIAMENTO

12 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO REGRAS - CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS Os riscos são classificados pelo município como Baixo, Alto ou Alto com perguntas. Risco Baixo: indica a dispensa de procedimentos de natureza presencial. Risco Alto: indica a obrigação de procedimentos de natureza presencial. Risco Alto com perguntas: indica que a necessidade de procedimentos de natureza presencial dependerá da resposta do empreendedor a perguntas configuradas pelo órgão. Se a resposta for sim o risco será classificado como Alto; se a resposta for não o risco será classificado como Baixo.

13 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO REGRAS VIABILIDADE X LICENCIAMENTO VIABILIDADE OBJETO DA ANÁLISE LICENCIAMENTO IMÓVEL + LOCAL (Entorno e Zoneamento) X ATIVIDADE ATIVIDADE X INSTALAÇÃO + EQUIPAMENTO + CAPACITAÇÃO RESTRIÇÕES DE OPERAÇÃO CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO

14 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO ESPAÇO LIVRE PARA O MUNICÍPIO APRESENTAR QUESTÕES SOBRE SEU ZONEAMENTO

15 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECÔNOMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO ESPAÇO LIVRE PARA O MUNICÍPIO APRESENTAR QUESTÕES SOBRE SEU ZONEAMENTO

16 ACESSO PERFIL EMPREENDEDOR/CONTADOR Solicitar Licenciamento

17 ACESSO COM PERFIL EMPREENDEDOR/CONTADOR Solicitar Licenciamento Acessar o site ( e selecionar o link do Sistema Integrado de Licenciamento SIL.

18 ACESSO COM PERFIL EMPREENDEDOR/CONTADOR Solicitar Licenciamento Efetuar o login com certificação digital tipo e-cpf ou e-cnpj

19 ACESSO COM PERFIL EMPREENDEDOR/CONTADOR Solicitar Licenciamento O acesso ao sistema para solicitações de licenciamento é feita somente através de certificação digital para garantir a segurança da informação. O SIL aceita todos os certificados do tipo e-cpf e e-cnpj que foram emitidos no modelo da Cadeia ICP Brasil. O licenciamento pode ser solicitado por um dos membros do quadro societário (com seu e-cpf ou e-cnpj da empresa) ou do contabilista responsável vinculado a empresa na Receita Federal, através de seu e-cpf ou e-cnpj do escritório contábil.

20 ACESSO COM PERFIL EMPREENDEDOR/CONTADOR Solicitar Licenciamento O Sistema Integrado de Licenciamento é independente da Receita Federal do Brasil - RFB e por isso não possui acesso junto às suas procurações eletrônicas (que são utilizadas somente em processos da própria RFB). Os contabilistas podem solicitar licenciamento para qualquer CNPJ desde que estejam cadastrados no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) e estejam vinculados a empresa que se deseja licenciar. Para vincular o(a) contabilista a um determinado CNPJ basta acessar o endereço eletrônico abaixo e alterar os dados do contador responsável. ( iv=guiacontribuinte/cnpj/)

21 ACESSO COM PERFIL EMPREENDEDOR/CONTADOR Solicitar Licenciamento O acesso do MEI as solicitações de licenciamento é facilitado, pois qualquer contabilista cadastrado na base de dados do CRCSP, mesmo sem estar vinculado ao CNPJ do MEI, pode solicitar o licenciamento por ele. Para solicitar o licenciamento de uma filial não é possível utilizar o certificado digital da matriz, pois como o sistema possui integração junto ao cadastro das empresas na Receita Federal, irá buscar os dados da matriz e não da filial. Dessa forma deve-se utilizar o e-cnpj da filial, e-cpf de um membro do quadro societário, e-cpf do contador responsável ou e-cnpj do escritório contábil responsável, vinculados a empresa na Receita Federal.

22 LOGIN ACESSO VIA CERTIFICADO DIGITAL

23 LOGIN ACESSO VIA CERTIFICADO DIGITAL

24 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO

25 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Inserir o CNPJ da empresa a ser licenciada.

26 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Como o sistema possui integração junto ao cadastro da empresa na Receita Federal, após digitar o CNPJ os seguintes campos são importados da RFB: nome empresarial, natureza jurídica, porte, CNAE s.

27 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Inserir localização do estabelecimento: SQL (setor/quadra/lote) é o número do imóvel que está no carnê do IPTU (para os casos de imóveis rurais utiliza-se o número do INCRA, mas não se esquecer de especificar que está na zona rural no campo de referência); CEP, logradouro, número, complemento, bairro, município, área do estabelecimento e área do imóvel;

28 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Escolher as CNAEs que efetivamente são realizadas no local (endereço) informado Primeira entrada no sistema, ou seja, todos os órgãos e município devem ser licenciados.

29 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Responder as perguntas necessárias

30 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Confirmar dados prestados

31 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Geração de Protocolo: necessário preencher as declarações para finalizar o licenciamento (quando houver).

32 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Preenchimento de declarações

33 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Preenchimento de declarações

34 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Preenchimento de declarações Digitar senha do certificado digital para assinatura da declaração.

35 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO

36 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Preenchimento de declarações Corpo de Bombeiros

37 PREENCHIMENTO DECLARAÇÕES CORPO DE BOMBEIROS 1. Proprietário dono do imóvel onde está o estabelecimento solicitante; 2. Responsável pelo uso o empreendedor/a empresa solicitante; 3. Número de pavimentos (plano de piso) necessário o preenchimento, pois acima de 3 pavimentos a atividade será de Alto Risco, visto à necessidade de Projeto Técnico e instalação de equipamentos de segurança; 4. Imóveis contíguo são os imóveis com restrições que podem ser observadas na Instrução Técnica nº07/2004( t&view=article&id=16&itemid=29); 5. Imóvel abriga outros usos importante para que o Corpo de Bombeiros identifique se o local é apenas residencial ou misto (comercial e residencial); 6. Número do AVCB digitar corretamente o número para que o órgão possa verificar; 7. Validade do AVCB deve-se estar com prazo VÁLIDO.

38 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Preenchimento de declarações Corpo de Bombeiros

39 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Preenchimento de declarações Corpo de Bombeiros

40 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Preenchimento de declarações Corpo de Bombeiros Digitar senha do certificado digital para assinatura da declaração.

41 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Falta Viabilidade necessário aguardar o parecer de viabilidade do município para finalizar a solicitação e obter o Certificado de Licenciamento Integrado, cujo botão para sua obtenção será habilitado no rodapé da página.

42 MENU SOLICITAR LICENCIAMENTO Certificado de Licenciamento Integrado - CLI O Certificado de Licenciamento Integrado somente será emitido quando todas as licenças forem emitidas e a análise de viabilidade for favorável. Ou seja, se o parecer da viabilidade for desfavorável ou se um dos órgãos ou o município não liberar a licença para os casos de Alto Risco, o CLI não é emitido e a empresa não é licenciada. Nas atividades de Baixo Risco também é necessário preencher as declarações (se houver) para liberação do CLI.

Manual do Usuário Abertura de Empresa

Manual do Usuário Abertura de Empresa Manual do Usuário Abertura de Empresa Empro - Tecnologia & Informação São José do Rio Preto, São Paulo Sumário Introdução... 3 Acesso... 4 Abertura de empresa - Consulta Prévia... 6 Etapa 1 - Requerente...

Leia mais

Empregador WEB. Cadastramento do Requerimento do Seguro-desemprego

Empregador WEB. Cadastramento do Requerimento do Seguro-desemprego Empregador WEB Cadastramento do Requerimento do Seguro-desemprego O que é Empregador WEB? É um aplicativo online, acessível a partir do Portal Mais Emprego para preenchimento de requerimento do Seguro-Desemprego

Leia mais

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 49

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 49 Pedido de Viabilidade Página 1 / 49 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 PEDIDO DE VIABILIDADE INSCRIÇÃO DE PRIMEIRO ESTABELECIMENTO.. 4 Dados do Solicitante e da Pessoa Jurídica... 5 Quadro Societário... 8 Nome Empresarial,

Leia mais

EMPREENDEDOR PAULISTANO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO PROCESSO DE ABERTURA E LICENCIAMENTO DE EMPRESAS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

EMPREENDEDOR PAULISTANO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO PROCESSO DE ABERTURA E LICENCIAMENTO DE EMPRESAS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO EMPREENDEDOR PAULISTANO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO PROCESSO DE ABERTURA E LICENCIAMENTO DE EMPRESAS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Este Guia Rápido tem como objetivo auxiliar o empreendedor paulistano no preenchimento

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE. 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais?

Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE. 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais? Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais? Desde o dia 21/10/2013, esta em operação o Módulo Estadual de Licenciamento

Leia mais

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 34

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 34 Requerimento Eletrônico Página 1 / 34 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE CONSTITUIÇÃO... 4 Novo Requerimento de Constituição... 5 Dados da Pessoa Jurídica... 7 Qualificação dos Sócios e

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES Este documento tem o objetivo de indicar as principais dúvidas referentes ao processo integrado de abertura e licenciamento de empresas do Município de São Paulo, viabilizado pelo

Leia mais

Manual do Usuário Abertura de Autônomo

Manual do Usuário Abertura de Autônomo Manual do Usuário Abertura de Autônomo Empro - Tecnologia & Informação São José do Rio Preto, São Paulo Sumário Introdução... 3 Acesso... 4 Abertura de autônomo... 6 Etapa 1 - Cadastro... 7 Etapa 2 - Endereço...

Leia mais

Boletim de Administração Pública Municipal

Boletim de Administração Pública Municipal Atualização: Junho 2005 Página: 3 SIAWeb Introdução: O SiaWeb é composto de três módulos Imobiliário, Mobiliário e Água e Esgoto. O uso do sistema pela Internet facilita e agiliza a troca de informações

Leia mais

MANUAL. Via Portal do Cidadão

MANUAL. Via Portal do Cidadão MANUAL Enviar Proposta de Licitações" Via Portal do Cidadão Para efetuar esta operação o usuário deverá acessar o portal balneariopicarras.atende.net rolar a página até o final, clicando na aba Enviar

Leia mais

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - SEMAD. Manual do Usuário

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - SEMAD. Manual do Usuário Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - SEMAD Manual do Usuário SISEMAnet Sistema Integrado de Meio Ambiente Módulo 1 Portal Submódulo Portal de Segurança Módulo Externo Versão

Leia mais

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 54

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 54 Requerimento Eletrônico Página 1 / 54 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE CONSTITUIÇÃO... 4 Novo Requerimento de Constituição... 5 Dados da Pessoa Jurídica... 8 Qualificação dos Sócios e

Leia mais

EMPREENDEDOR PAULISTANO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO PROCESSO DE ABERTURA E LICENCIAMENTO DE EMPRESAS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

EMPREENDEDOR PAULISTANO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO PROCESSO DE ABERTURA E LICENCIAMENTO DE EMPRESAS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO EMPREENDEDOR PAULISTANO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO PROCESSO DE ABERTURA E LICENCIAMENTO DE EMPRESAS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO INTRODUÇÃO Este Guia Rápido tem como objetivo auxiliar o empreendedor paulistano

Leia mais

O que é a Nota Fiscal Eletrônica?

O que é a Nota Fiscal Eletrônica? O que é a Nota Fiscal Eletrônica? A Nota Fiscal Eletrônica - NFS-e é um documento fiscal digital gerado e armazenado eletronicamente em tempo real, no site da própria Prefeitura, com o objetivo de registrar

Leia mais

O que é a Nota Fiscal Eletrônica?

O que é a Nota Fiscal Eletrônica? O que é a Nota Fiscal Eletrônica? A Nota Fiscal Eletrônica - NFS-e é um documento fiscal digital gerado e armazenado eletronicamente em tempo real, no site da própria Prefeitura, com o objetivo de registrar

Leia mais

POR QUE FORMALIZAR-SE?

POR QUE FORMALIZAR-SE? POR QUE FORMALIZAR-SE? São inúmeras as vantagens que a formalização traz, assim como são inúmeros os riscos que a informalidade proporciona. Ao registrar sua empresa você como empresário passa a existir

Leia mais

Solicitação de Cadastro de Instituição

Solicitação de Cadastro de Instituição Solicitação de Cadastro de Instituição Versão 1.2 Versão Autor Data Descrição 1.0 Equipe suporte 13/10/2011 Criação do Plataforma Brasil documento 1.1 Equipe suporte Plataforma Brasil 1.2 Equipe suporte

Leia mais

Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos e

Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos e Nota Eletrônica Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos estejam cadastrados (usuário e atualização

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página 2 de 22 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Veículos

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Veículos 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Veículos ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3 2.

Leia mais

Manual Escrituração Contábil Digital (ECD)

Manual Escrituração Contábil Digital (ECD) Manual Escrituração Contábil Digital (ECD) JUNHO/2013 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema ECD... 3 3. Gerar Arquivo... 5 3.1. Anexar Arquivo RTF... 7 3.2. Gerando Arquivo... 8 4. Signatários...

Leia mais

Manual do usuário Certificado Digital

Manual do usuário Certificado Digital Manual do usuário Certificado Digital Parabéns Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD Índice Importante 03 O que é um Certificado Digital? 04 Instalação

Leia mais

Serviços Ibama Certificação Digital

Serviços Ibama Certificação Digital 1. Informações Gerais Objetivando garantir mais segurança ao acesso dos usuários dos Serviços do Ibama, foi estabelecido desde o dia 1º de janeiro de 2014, o acesso por meio de certificação digital, em

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS FORNECEDORES PROCESSOS E SISTEMAS. Documento de Treinamento VERSÃO 3.0 AGOSTO DE Instrução aos Fornecedores Página 1

INSTRUÇÕES AOS FORNECEDORES PROCESSOS E SISTEMAS. Documento de Treinamento VERSÃO 3.0 AGOSTO DE Instrução aos Fornecedores Página 1 PROCESSOS E SISTEMAS Documento de Treinamento VERSÃO 3.0 AGOSTO DE 2017 Instrução aos Fornecedores Página 1 ÍNDICE 1. INTRUÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES... 3 1.1. COMO FAZER O MEU PRÉ-CADASTRO?...

Leia mais

SUMÁRIO. Como entrar no Portal de Serviços 02. Solicitar Autenticação do Livro 03. Editar solicitação 14. Assinar Solicitação 15

SUMÁRIO. Como entrar no Portal de Serviços 02. Solicitar Autenticação do Livro 03. Editar solicitação 14. Assinar Solicitação 15 Pré-Requisitos para utilização do Livro Digital: Java e Mozilla Firefox Atualizados; Certificado Digital e-cpf A3, previamente instalado e configurado no computador; Arquivo no formato PDF/A, com o tamanho

Leia mais

MANUAL DE GERAÇÃO DE ATESTADOS E CERTIFICADOS PORTARIA MTE

MANUAL DE GERAÇÃO DE ATESTADOS E CERTIFICADOS PORTARIA MTE MANUAL DE GERAÇÃO DE ATESTADOS E CERTIFICADOS PORTARIA 1.510-MTE Após adquirir seu REP (Relógio Eletrônico de Ponto) Henry e seu Sistema de Tratamento de Ponto Secullum, você está de acordo com a Portaria

Leia mais

Identificação da Empresa

Identificação da Empresa Identificação da Empresa MT-611-00001-14 Última Atualização 15/07/2016 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Preencher em Identificação os dados básicos, itens e as localidades

Leia mais

Manual Adesão à Campanha de Vacinação 2016

Manual Adesão à Campanha de Vacinação 2016 Manual Adesão à Campanha de Vacinação 2016 SEGURANÇA E SAÚDE PARA A INDÚSTRIA 1 Acessar o site da Campanha SESI de Vacinação Contra a Gripe pelo link: http://189.36.20.16/sesimg e clicar no item ADESÃO.

Leia mais

SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão)

SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão) SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão) Conteúdo: 1. Dados do responsável e contabilista 2. Emissão de balancete para conferência 3. Gerando arquivo ECD no sistema JOTEC 4. Utilizando o programa validador

Leia mais

Registro de Sociedade de Advogados

Registro de Sociedade de Advogados A OAB Minas está integrada à Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios (REDESIM) e é a responsável pelo registro das sociedades de advogados, individual e plural,

Leia mais

REQUISIÇÃO / SOLICITAÇÃO DE COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO GUIA RÁPIDO

REQUISIÇÃO / SOLICITAÇÃO DE COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO GUIA RÁPIDO REQUISIÇÃO / SOLICITAÇÃO DE COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO GUIA RÁPIDO Acessar http://150.162.1.90:8080/pergamumweb/home_geral/index.jsp#) Digitar nome de usuário, senha e captcha Para efetuar uma solicitação

Leia mais

Manual do cliente Pessoa Jurídica

Manual do cliente Pessoa Jurídica Manual do cliente Pessoa Jurídica Emissão, Alteração ou Baixa de CNPJ (REDESIM) Realização O que é a REDESIM? A Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios, REDESIM,

Leia mais

Manual Certidão Web - Certidão Específica

Manual Certidão Web - Certidão Específica Manual Certidão Web - Certidão Específica 1 Sumário 1. NORMATIVA... 3 2. PROCEDIMENTO PARA SOLICITAÇÃO... 4 3. PROCEDIMENTO PARA ACOMPANHAR O ANDAMENTO DA SOLICITAÇÃO13 2 1. NORMATIVA De acordo com a INSTRUÇÃO

Leia mais

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 52

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 52 Pedido de Viabilidade Página 1 / 52 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 PEDIDO DE VIABILIDADE PARA INSCRIÇÃO DE PRIMEIRO ESTABELECIMENTO... 4 Dados do Solicitante e da Pessoa Jurídica... 5 Quadro Societário... 8

Leia mais

SISTEMA CADASTRO INTEGRADO MANUAL DO USUÁRIO DAS ENTIDADES ESTADUAIS E MUNICIPAIS, PREFEITURA E CORPO DE BOMBEIROS

SISTEMA CADASTRO INTEGRADO MANUAL DO USUÁRIO DAS ENTIDADES ESTADUAIS E MUNICIPAIS, PREFEITURA E CORPO DE BOMBEIROS SISTEMA CADASTRO INTEGRADO MANUAL DO USUÁRIO DAS ENTIDADES ESTADUAIS E MUNICIPAIS, PREFEITURA E CORPO DE BOMBEIROS Abril / 2008 1 INDICE Objetivo do Sistema de Registro de Contribuinte na Junta Comercial...3

Leia mais

Recadastramento Nacional. Pesquisa sobre o Perfil dos/as Assistentes Sociais no Brasil: condições de trabalho e exercício profissional

Recadastramento Nacional. Pesquisa sobre o Perfil dos/as Assistentes Sociais no Brasil: condições de trabalho e exercício profissional Recadastramento Nacional Pesquisa sobre o Perfil dos/as Assistentes Sociais no Brasil: condições de trabalho e exercício profissional Substituição das atuais carteiras e cédulas de Identidade Profissional

Leia mais

Orientações básicas para submissão de projetos de pesquisa

Orientações básicas para submissão de projetos de pesquisa Orientações básicas para submissão de projetos de pesquisa Versão 1.2 Versão Autor Data Descrição 1.0 Equipe suporte 13/10/2011 Criação do Plataforma Brasil documento 1.1 Equipe suporte Plataforma Brasil

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITATIBAA PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITATIBAA PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO Abertura de Empresas Pessoa Jurídica PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITATIBAA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO SUMÁRIO 1 ACESSO... 4 1.1 ABERTURA ONLINE... 5 1.2 DADOS DO CONTRIBUINTE... 7 2 ENDEREÇO

Leia mais

DIVISÃO DE INFORMAÇÃO E SISTEMATIZAÇÃO

DIVISÃO DE INFORMAÇÃO E SISTEMATIZAÇÃO DIVISÃO DE INFORMAÇÃO E SISTEMATIZAÇÃO SEAMB MANUAL DO LICENCIAMENTO DE FONTES MÓVEIS DE POLUIÇÃO TRANSPORTE DE PRODUTOS E RESÍDUOS PERIGOSOS PELA INTERNET Outubro 2008 MANUAL DO LICENCIAMENTO DE FONTES

Leia mais

Manual do cliente Pessoa Jurídica

Manual do cliente Pessoa Jurídica Manual do cliente Pessoa Jurídica Autenticação da Escrituração Contábil Digital em Cartório (SPED) Realização O que é o SPED? Da obrigatoridade da autenticação dos livros em cartório de pessoa jurídica.

Leia mais

Solicitação de Autorização Intercâmbio

Solicitação de Autorização Intercâmbio Solicitação de Autorização Intercâmbio Passo a Passo - EQAT AGOSTO/2010 Por: Daniel Toledo 1 PARTE 1 PORTAL UNIMED... 4 1. ACESSO AO SITE... 4 2. SOLICITAÇÃO INTERCÂMBIO NACIONAL E ESTADUAL (EXCETO 0976

Leia mais

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo.

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo. Preenchimento da SEFIP para gerar a GFIP e imprimir as guias do INSS e FGTS Você, Microempreendedor Individual que possui empregado, precisa preencher a SEFIP, gerar a GFIP e pagar a guia do FGTS até o

Leia mais

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS Origem: ProUrbano Data de Criação: 22/03/2010 Ultima alteração: Versão: 1.3 Tipo de documento: PRO-V1. 0 Autor: Adriano

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS FORNECEDORES PROCESSOS E SISTEMAS. Documento de Treinamento VERSÃO 3.0 AGOSTO DE Instrução aos Fornecedores Página 1

INSTRUÇÕES AOS FORNECEDORES PROCESSOS E SISTEMAS. Documento de Treinamento VERSÃO 3.0 AGOSTO DE Instrução aos Fornecedores Página 1 PROCESSOS E SISTEMAS Documento de Treinamento VERSÃO 3.0 AGOSTO DE 2016 Instrução aos Fornecedores Página 1 INDICE DESCRIÇÃO PAG. INTRUÇÕES DE CADASTRO 1.1 Como fazer o meu cadastro? 3 1.1 - Como resetar

Leia mais

Manual do Advogado Credenciamento para acesso

Manual do Advogado Credenciamento para acesso PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE PERNMBUCO PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe Manual do Advogado Credenciamento para acesso Versão 1.11 Data Versão do Descrição Manual 31/03/2011 1.0 Criação do manual 19/04/2011

Leia mais

FORMULÁRIO DE ADESÃO AO PAT- EMPRESA BENEFICIÁRIA

FORMULÁRIO DE ADESÃO AO PAT- EMPRESA BENEFICIÁRIA FORMULÁRIO DE ADESÃO AO PAT- EMPRESA BENEFICIÁRIA Conforme Portaria n 34, de 07 de dezembro de 2007, disponível no site para consulta, as empresas serão cadastradas somente pela internet. Basta acessar

Leia mais

MANUAL DE GERAÇÃO DE ATESTADOS E CERTIFICADOS PORTARIA MTE

MANUAL DE GERAÇÃO DE ATESTADOS E CERTIFICADOS PORTARIA MTE MANUAL DE GERAÇÃO DE ATESTADOS E CERTIFICADOS PORTARIA 1.510-MTE Após adquirir seu REP (Relógio Eletrônico de Ponto) Henry e seu Sistema de Tratamento de Ponto Secullum, você está de acordo com a Portaria

Leia mais

TUTORIAL PRÁTICO ECD ESCRITURAÇÃO CONTABIL DIGITAL

TUTORIAL PRÁTICO ECD ESCRITURAÇÃO CONTABIL DIGITAL TUTORIAL PRÁTICO ECD ESCRITURAÇÃO CONTABIL DIGITAL Cadastros 1) Cadastro > Empresa 2) Cadastro > Contador 3) Documentações > Sócios Plano de Contas 4) Cadastro > Plano de Contas > Plano de Contas Contábil

Leia mais

MANUAL COMVEST - Participante

MANUAL COMVEST - Participante MANUAL COMVEST - Participante ORIGEM Departamento de TI ASSUNTO Manual do Sistema Comvest - Participante NÚMERO TI-XXX DATA 26/10/2011 Quadro de Revisões NÚMERO DATA REVISÃO EFETUADA REVISÃO 000 ELABORADO

Leia mais

MANUAL DE ACESSO PORTAL DO CLIENTE EMPRESA Saiba como acessar essa importante ferramenta.

MANUAL DE ACESSO PORTAL DO CLIENTE EMPRESA Saiba como acessar essa importante ferramenta. No seu navegador de internet, acesse 1 2 http://www.vs.unimed.coop.br, na página inicial, clique no espaço PORTAL DO CLIENTE. 1º Acesso Empresa : Na tela seguinte, clique em Seu primeiro acesso? 3 A partir

Leia mais

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência Sumário ORIENTAÇÕES GERAIS... 3 O que são Pessoas Obrigadas... 4 O que é o SISCOAF... 4 Quem deve

Leia mais

CADASTRO SINCRONIZADO NACIONAL - CADSINC. Alterações a partir de 01/07/2009

CADASTRO SINCRONIZADO NACIONAL - CADSINC. Alterações a partir de 01/07/2009 CADASTRO SINCRONIZADO NACIONAL - CADSINC Alterações a partir de 01/07/2009 Cadastro Sincronizado Nacional - CadSinc MODELO PREVISTO (palestra ministrada em junho/2008) Cadastro Sincronizado Nacional CadSinc

Leia mais

TCI Sistemas Integrados

TCI Sistemas Integrados TCI Sistemas Integrados Manual Gera arquivo Prefeitura 1 Índice 1 - Cadastros obrigatórios para Gerar Arquivo para Prefeitura...3 2 Gerar Arquivo...8 3 Retorno Arquivo Prefeitura...19 2 1 Cadastros obrigatórios

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes versão 01/09/2015

FAQ Perguntas Frequentes versão 01/09/2015 DÚVIDAS ADICIONAIS SOBRE DBE/CNPJ, PREVISTAS NESTE INFORMATIVO, DEVERÃO SER DIRIGIDAS À RECEITA FEDERAL, ATRAVÉS DE AGENDAMENTO DE HORÁRIO PELA INTERNET, PARA O SERVIÇO ORIENTAÇÕES CNPJ OU CONSULTADO A

Leia mais

Parametrização do Banco de Dados PROGRESS Base de Dados Origem

Parametrização do Banco de Dados PROGRESS Base de Dados Origem A conversão dos dados do TMS 4.01 para o SIGAGFE Gestão de Frete Embarcador utiliza uma conexão de dados ODBC. Parametrização do Banco de Dados PROGRESS Base de Dados Origem 1. Configurar a base de dados

Leia mais

Treinamento Hospital

Treinamento Hospital Treinamento Hospital O que é o Projeto SGU? É o projeto de implantação do sistema de gestão de planos de saúde - SGU (Sistema de Gestão Unimed) que irá substituir o Top Saúde. O Módulo SGU-Card é um sistema

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Cadastramento de Proponente, Consórcio Público e Entidades Privadas sem Fins Lucrativos

Portal dos Convênios - Siconv. Cadastramento de Proponente, Consórcio Público e Entidades Privadas sem Fins Lucrativos MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Cadastramento de Proponente, Consórcio

Leia mais

DADOS CADASTRAIS DE TERCEIROS 2

DADOS CADASTRAIS DE TERCEIROS 2 DADOS CADASTRAIS DE TERCEIROS 2 Definição 2 Funções 2 Comunicação Integrada 2 Menu do Sistema para Solicitantes 3 Acompanhamento de Solicitações pendentes 4 Solicitação Inicial de Dados Cadastrais de Terceiros

Leia mais

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online Campus de Botucatu Sistema de Recursos Humanos SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS RH Online Mônica Cristina Fumis do Carmo Faculdade de Medicina de Botucatu Seção Técnica de Desenv. Adm de RH / Serviço Técnico

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

Infojud. Informações ao Judiciário (Junho / 2014)

Infojud. Informações ao Judiciário (Junho / 2014) Infojud Informações ao Judiciário (Junho / 2014) Infojud - Informações ao Judiciário O Infojud - Sistema de Informações ao Judiciário - permite aos órgãos da Justiça fazer requisições judiciais de informações

Leia mais

PGA_SIGSIF: SOLICITAÇÃO E CONCESSÃO DE ACESSO EXTERNO

PGA_SIGSIF: SOLICITAÇÃO E CONCESSÃO DE ACESSO EXTERNO PGA_SIGSIF: SOLICITAÇÃO E CONCESSÃO DE ACESSO EXTERNO Divisão de Registro e Cadastro - DREC/CGI/DIPOA - SDA Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento registro.dipoa@agricultura.gov.br Tel: (61)

Leia mais

CHECKLIST DE ABERTURA E FECHAMENTO DE EMPRESAS: Passo a passo básico que todo empreendedor precisa percorrer para regularizar seu negócio

CHECKLIST DE ABERTURA E FECHAMENTO DE EMPRESAS: Passo a passo básico que todo empreendedor precisa percorrer para regularizar seu negócio CHECKLIST DE ABERTURA E FECHAMENTO DE EMPRESAS: Passo a passo básico que todo empreendedor precisa percorrer para regularizar seu negócio Antes de começar, é importante saber que: Os nomes dos processos

Leia mais

PORTAL SOLICITAÇÃO DE EXAMES 1ª EDIÇÃO

PORTAL SOLICITAÇÃO DE EXAMES 1ª EDIÇÃO PORTAL SOLICITAÇÃO DE EXAMES 1ª EDIÇÃO Sumário Objetivo... 3 Cadastro Portal Unimed Curitiba... 4 Acesso ao Portal de Solicitação SP/SADT... 6 1.Login Acesso... 9 2.Identificação... 9 2.1 Identificações:

Leia mais

Como emitir uma NF-e pelo sistema Gestão Empresarial?

Como emitir uma NF-e pelo sistema Gestão Empresarial? Como emitir uma NF-e pelo sistema Gestão Empresarial? O que é preciso cadastrar para emitir uma Nota Fiscal? Para que você consiga fazer a emissão da sua nota corretamente é necessário alguns cadastros

Leia mais

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE Prof. Cássio Marques LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE Prof. Cássio Marques LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE 2017 O PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO DE EMPRESAS - - Através dela procede-se a consulta nos registros da Junta Comercial de Minas Gerais sobre a existência de empresas constituídas

Leia mais

MANUAL DE ACESSO PORTAL DO CLIENTE CONTRATANTE DE PLANO FAMILIAR Saiba como acessar essa importante ferramenta.

MANUAL DE ACESSO PORTAL DO CLIENTE CONTRATANTE DE PLANO FAMILIAR Saiba como acessar essa importante ferramenta. No seu navegador de internet, acesse 1 2 http://www.vs.unimed.coop.br, na página inicial, clique no espaço PORTAL DO CLIENTE. 3 1º acesso: Na tela seguinte, clique em Seu primeiro acesso? A partir do 2º

Leia mais

Manual de Orientações. Recadastramento

Manual de Orientações. Recadastramento Manual de Orientações Recadastramento PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITATIBA SECRETARIA DE PLANETAMENTO E DESENVOLVIMENTO SUMÁRIO 1. ACESSO... 4 1.1 INÍCIO DO RECADASTRAMENTO... 5 1.2 LOGIN... 6 2 RECADASTRAMENTO...

Leia mais

MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE

MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE PROJETO HAE - WEB www.cpscetec.com.br/hae *NÃO DEVERÃO ser lançados os projetos de Coordenação de Curso, Responsável por Laboratório, Coordenação de Projetos Responsável

Leia mais

Central de Serviços de Tecnologia: Telefone: 0800-280-7005 Portal: http://10.1.2.109:8686/ Acesse com seu usuário de Rede, Libra ou E-mail.

Central de Serviços de Tecnologia: Telefone: 0800-280-7005 Portal: http://10.1.2.109:8686/ Acesse com seu usuário de Rede, Libra ou E-mail. Orientações ao Magistrado e Servidor Separar toda a documentação necessária conforme as páginas 02 a 04: Processo Caixa - Orientações sobre Documentação. Verificar no Portal Interno a relação de Magistrados

Leia mais

Manual do Usuário (Módulo Público) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço

Manual do Usuário (Módulo Público) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço Manual do Usuário (Módulo Público) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço P á g i n a 2 Sumário 1. CADASTROS... 3 1.1 CADASTRO PESSOA JURÍDICA... 3 1.2 CADASTRO PESSOA FÍSICA... 6 2. ACESSO AO SISTEMA... 7

Leia mais

Manual de Cadastro de Instituições de Ensino. MPE Meia Passagem Estudantil

Manual de Cadastro de Instituições de Ensino. MPE Meia Passagem Estudantil Manual de Cadastro de Instituições de Ensino MPE 1. OBJETIVO......... 3 2. ETAPAS......... 3 3.1. Acesso ao Portal para cadastro...... 3 3.2. Alteração de d Senha......... 5 3.3. Envio dos documentos obrigatórios

Leia mais

SISTEMA QUADRO DE ESTOQUE ON-LINE MANUAL DE OPERAÇÃO

SISTEMA QUADRO DE ESTOQUE ON-LINE MANUAL DE OPERAÇÃO MANUAL DE OPERAÇÃO Digitador do Quadro de Estoque Última atualização: 22/02/2010 ACESSO AO SISTEMA O acesso ao sistema deve ser feito por meio do endereço de internet: http://estoquedse.edunet.sp.gov.br

Leia mais

SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes Manual do Sistema

SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes Manual do Sistema SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes Manual do Sistema Produtor Rural 1. Pré-Cadastro SICAN...3 2. Preenchimento do cadastro...5

Leia mais

Clique aqui para contratar o VS Emissor

Clique aqui para contratar o VS Emissor MANUAL VS EMISSOR Link para acesso 2 Após cadastrar os dados da empresa, acesse aqui Clique aqui para contratar o VS Emissor 1 - Clique aqui para iniciar seu cadastro Clique aqui para contratar o VS Emissor

Leia mais

Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça

Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça 2016 Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GERENCIAMENTO DOS AUXILIARES DA JUSTIÇA PÚBLICO EXTERNO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO STI

Leia mais

Índice. Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento. Apresentação Home. Parte II. Nota Premiada. Cadastro. Entrar. Sorteio. Dúvidas.

Índice. Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento. Apresentação Home. Parte II. Nota Premiada. Cadastro. Entrar. Sorteio. Dúvidas. Nota Premiada Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Apresentação Home Cadastro Entrar Sorteio Realizados A realizar Dúvidas Fale Conosco Legislação

Leia mais

Manual Busca XML Contador

Manual Busca XML Contador BUSCA XML CONTADOR Manual Busca XML Contador O Busca XML Contador é uma ferramenta utilizada para gerenciar arquivos* recebidos por e- mail** através do Busca XML Cliente, onde possibilita a exportação

Leia mais

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE Prof. Cássio Marques LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE Prof. Cássio Marques LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE 2017 PROCESSO DE BAIXA - DISTRATO/EXTINÇÃO DE EMPRESAS PROCESSO DE BAIXA Como acontece com os processos de abertura e alteração, o processo de baixa é composto por uma série

Leia mais

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE 2016 PROCESSO DE BAIXA - DISTRATO/EXTINÇÃO DE EMPRESAS 1 PROCESSO DE BAIXA Como acontece com os processos de abertura e alteração, o processo de baixa é composto por uma série

Leia mais

SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes Manual do Sistema

SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes Manual do Sistema SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes Manual do Sistema Produtores Rurais - Pessoa Jurídica 1. Pré-Cadastro SICAN...3 2.

Leia mais

Prefeitura de Araxá sábado, 11 de setembro de 2015

Prefeitura de Araxá sábado, 11 de setembro de 2015 sábado, 11 de setembro de 2015 ÍNDICE Desbloquear PopUps SIAT ONLINE Considerações Gerais Benefícios Pessoas Físicas. Benefícios Pessoas Jurídicas. Tela Inicial anônimos Acesso Restrito Direcionado a Empresas

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO IT-0002

INSTRUÇÃO DE TRABALHO IT-0002 Páginas: 1 de 9 Pré-Cadastro O pré-cadastro é a etapa inicial do processo de cadastramento de fornecedores da Rumo e deve ser realizado pelo fornecedor através do site www.rumolog.com, seguindo os passos

Leia mais

Manual Para Peticionamento Online

Manual Para Peticionamento Online Manual Para Peticionamento Online 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv). 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

1 SOBRE A ÁREA RESTRITA EMPRESA

1 SOBRE A ÁREA RESTRITA EMPRESA Sumário 1 Sobre a área restrita Empresa...3 1.1 Apresentação...3 1.2 Acessando a área restrita Empresa...3 1.3 Acesso contribuintes aptos...4 1.4 Acesso contribuintes não aptos...5 1.5 Pesquisar contribuinte...5

Leia mais

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 35

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 35 Requerimento Eletrônico Página 1 / 35 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE CONSTITUIÇÃO... 4 Novo Requerimento de Constituição... 5 Dados da Pessoa Jurídica... 7 Qualificação dos Sócios e

Leia mais

Manual de operação do sistema. Cadastro Ambiental Rural. 05/2017 Versão 1.0

Manual de operação do sistema. Cadastro Ambiental Rural. 05/2017 Versão 1.0 Manual de operação do sistema Cadastro Ambiental Rural 05/2017 Versão 1.0 PERFIL CREDENCIADO CAR CADASTRAR CREDENCIADO Para efetuar um novo cadastro no sistema SIMCAR módulo de cadastro, o Credenciado

Leia mais

ÍNDICE. 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais Benefícios Pessoas Físicas Benefícios Pessoas Jurídicas Tela Inicial anônimos

ÍNDICE. 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais Benefícios Pessoas Físicas Benefícios Pessoas Jurídicas Tela Inicial anônimos ÍNDICE 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais 1.1 - Benefícios Pessoas Físicas. 1.2 - Benefícios Pessoas Jurídicas. 1.3 - Tela Inicial anônimos 1.4 Acesso Restrito Direcionado a Empresas 2 - Consulta Débito

Leia mais

Manifestação. O Sistema de Distribuição Fiscal Eletrônica do Gosocket. Manual de Usabilidade Gadget Manifestação

Manifestação. O Sistema de Distribuição Fiscal Eletrônica do Gosocket. Manual de Usabilidade Gadget Manifestação Manifestação O Sistema de Distribuição Fiscal Eletrônica do Gosocket Manual de Usabilidade Gadget Manifestação Versão 2.00 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Ativação do Gadget Manifestação... 3 3. Visão

Leia mais

SISTEMA SFUST. 1 A empresa deve designar um ou mais funcionários autorizados para acessar o Sistema Boleto em nome da entidade.

SISTEMA SFUST. 1 A empresa deve designar um ou mais funcionários autorizados para acessar o Sistema Boleto em nome da entidade. SISTEMA SFUST Acessar o site http://sistemas.anatel.gov.br/sis/sistemasinterativos.asp e clicar no link SFUST - Sistema de Acolhimento da Declaração do FUST. 1 A empresa deve designar um ou mais funcionários

Leia mais

MANUAL. Pedido Eletrônico de Restituição MEI

MANUAL. Pedido Eletrônico de Restituição MEI MANUAL Pedido Eletrônico de Restituição MEI Versão junho/2017 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 03 1.1 APRESENTAÇÃO DO APLICATIVO... 03 1.2 OBJETIVOS DO APLICATIVO... 03 2 ACESSO AO APLICATIVO PEDIDO ELETRÔNICO DE

Leia mais

TUTORIAL ESPORTE DA ESCOLA

TUTORIAL ESPORTE DA ESCOLA 1 Ministério do Esporte Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social TUTORIAL ESPORTE DA ESCOLA ORIENTAÇÕES DE CADASTRO: ESCOLA DIRETOR PROFESSOR COMUNITÁRIO MONITOR / OUTROS COLABORADORES

Leia mais

SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes

SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes Manual do Sistema Cooperativas . Pré-Cadastro SICAN...3 2. Preenchimento do cadastro...5

Leia mais

Manual do Usuário Alteração de Microempreendedor Individual - M.E.I.

Manual do Usuário Alteração de Microempreendedor Individual - M.E.I. Manual do Usuário Alteração de Microempreendedor Individual - M.E.I. Empro - Tecnologia & Informação São José do Rio Preto, São Paulo Sumário Introdução... 3 Acesso... 4 Alteração de M.E.I.... 6 Identificação...

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 011 Declaração de Isenção de Licenciamento Ambiental DILA

INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 011 Declaração de Isenção de Licenciamento Ambiental DILA INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 011 Declaração de Isenção de Licenciamento Ambiental DILA Disciplina o processo de dispensa de licenciamento ambiental das atividades localizadas no município de Blumenau, e passíveis

Leia mais

Solicitação de Rolagem

Solicitação de Rolagem Solicitação de Rolagem Sumário 1. Objetivo... 3 2. Introdução... 3 3. Serviço de Rolagem... 4 3.1 Realizando um Serviço de Rolagem... 4 3.2 Tela para Consultar a Rolagem e solicitar o Cancelamento... 7

Leia mais

1. ACESSO PÁGINA PRINCIPAL Botões Logoff MENU GERAL Dados Cadastrais Consulta Financeira...

1. ACESSO PÁGINA PRINCIPAL Botões Logoff MENU GERAL Dados Cadastrais Consulta Financeira... Página 1 de 19 SUMÁRIO 1. ACESSO... 3 2. PÁGINA PRINCIPAL... 4 2.1 Botões... 4 2.2 Logoff... 4 3. MENU GERAL... 5 3.1 Dados Cadastrais... 5 2.2 Consulta Financeira... 5 3.3 Parcelas... 5 3.4 Comprovante

Leia mais

Guia operação site www.atu.com.br

Guia operação site www.atu.com.br Guia operação site www.atu.com.br OBS: as telas no site bem como no sistema de gestão poderão sofrer alguma alteração, com base nos exemplos ilustrativos deste manual. 1. Objetivo Este guia tem como objetivo

Leia mais

Elaborado em Manual do Novo Portal de Fornecedores

Elaborado em Manual do Novo Portal de Fornecedores Elaborado em 11.03.2011 Manual do Novo Portal de Fornecedores 1 Índice: 1. Como acessar o Novo portal...03 1.1. Primeiro acesso...02 1.2. Esqueci minha senha...05 2. Conhecendo o Novo Portal...06 2.1.

Leia mais