ANO XVII Julho - Agosto / 2010 Nº 86 EXCLUSIVO: Beto e Osmar detalham suas propostas para o nosso turismo.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANO XVII Julho - Agosto / 2010 Nº 86 EXCLUSIVO: Beto e Osmar detalham suas propostas para o nosso turismo. www.newline.tur.br"

Transcrição

1 ANO XVII Julho - Agosto / 2010 Nº 86 EXCLUSIVO: Beto e Osmar detalham suas propostas para o nosso turismo

2 EXPEDIENTE ÍNDICE Jornalista responsável: Edson Góis Militão da Silva (DRT V/T). Redação: RDR Comunicação (Diogo Dreyer - Rudney Flores). Editoração eletrônica: Luiz Gustavo da Silva / Jackson Luiz da Silva Mídia: Fidelis Libero Grando Filho. Relações Públicas: Rose Grando. Comercialização: Edson Militão Publicidade. Av. Cândido de Abreu, cj Curitiba/PR - Fone/ fax: (41) E.mail: edsonmilitao.com.br. Depto. Comercial: Paulo Mosimann. Colaboração: Flamma Comunicação. Fotos da Capa: Divulgação Candidatos. Pré-impressão: Perfil Fotolitos Gráficos. Impressão: Gráfica Apta. tiragem: exemplares - distribuição gratuita, via mala direta. Edição on line: DEstAQUEs O futuro do turismo paranaense em debate...18/19 Beto Richa e Osmar Dias, principais candidatos ao governo do Paraná, apresentam suas propostas para a área EsPECIAIs Afonso Pena não terá principais reformas, apesar de investimentos do PAC...6 Feirantes participam de cursos para receber turistas na Copa Aspectos jurídicos das agências de viagens...10 Luiz Barretto garante empenho na busca de investimentos para Foz...12 PERIÓDICAs Editorial... 3 ABAV-PR/ABAV Nacional... 4/5 Aviões... 6 Navios Hotéis Notícias de Santa Catarina Rotas Internacionais Dicas de Viagem Agências Cadastradas ABAV-PR...30/31 Os encantos das Rotas do Pinhão...26/27 Festival de Turismo das Cataratas superou expectativas...13 Ministério do Turismo Notícias do Trade DIREtoRIA: Presidente: Celso José Tesser. Vice-presidentes: Roberto Bacovis e José Roberto Ghisi. Diretor secretário e Administrativo: Lisandro do Nascimento Vasconcelos. Diretor Financeiro e de Patrimônio: Silvio Bertoldi. Diretor de Relações com o Mercado: Geraldo José Zaidan Rocha. Diretor de turismo Receptivo: Fernando Ricott Valente. Diretora de Capacitação Profissional: Ana Paula Lacerda Garcia. Diretor de serviços aos Associados: Edson Luiz Wistuba CoNsELHo DELIBERAtIVo: titulares: Tricia Sander, Josanne Rizental Savas, Lucineide Nicolau da Silva, Ângela Maria Neves Fellini e Claudia Martins de Lima Castro; suplentes: Shudy Takekawa, Pedro Cristino Vega Falcón, e Gil Hailton Pereira de Miranda. Confira a grande variedade de atrativos turísticos de Curitiba e Região Metropolitana Troféu Amigo Revitalização dá nova vida ao Parque Estadual do Monge...16 Temporada 2010/2011 terá 20 navios na costa brasileira º Salão Paranaense de Turismo Feira das Américas será realizada em outubro...25 Confira as fotos dos estandes e caravanas do 16º Salão Paranaense de Turismo. Celso Tesser marcou presença no 5º Festival de Turismo das Cataratas, realizado no Rafain Palace Hotel, em junho. No evento, o presidente da ABAV-PR foi agraciado com o Troféu Amigo, juntamente com outras autoridades do trade paranaense. Na foto: Juliana Vosnika (secretária de Turismo de Curitiba), Celso Tesser, Jorge Samek (presidente da Itaipú Binacional), Sérgio Dobrusin (secretário de Gestão Estratégica do Governo de Missiones, na Argentina) e Darci Piana (presidente da Fecomercio-PR). CoNsELHo FIsCAL: titulares: Jeanine Degraf Enei, Eder Pavan Berti e Luiz Ben Hur Rocha Loures; suplentes: João Alceu Rigon Filho, Dirceu Alcides Tinti e Irene da Conceição Penna Ferreira. CoNsELHo DE ÉtICA: Celso de Souza Caron, Mauro E. Lopes e Shudy Takekawa. CoNsELHo JUNto A ABAV NACIoNAL: titulares: Antonio João Monteiro de Azevedo, Celso José Tesser, Roberto Bacovis, Felipe Santiago Gonzalez, Eraldo Palmerini, José Roberto Ghisi, Geraldo José Zaidan Rocha e Flávia Sandrechi Reis; suplentes: Tricia Sander, Fernando Ricott Valente e Pedro Cristino Vega Falcón. CoNsELHo EDItoRIAL: Antonio João Monteiro de Azevedo; Celso José Tesser; Roberto Bacoviz; todos os demais diretores e delegados regionais; e Assessoria de Comunicação. Correspondências para a redação: Travessa Nestor de Castro, 247-1º andar - conjs. 16 a Centro - Curitiba/PR. Tel: Fax E.mail: Home Page: 2 - Informativo Agente Urgente Julho / Agosto 2010

3 Novos ventos sobre o MERCADO TURÍSTICO Para sobressair-se nesse competitivo e complexo mercado, é necessário ainda investimento no padrão de qualidade dos produtos e serviços comercializados, na capacitação do profissional e no planejamento e gestão eficiente JosÉ RoBERto GHIsI VICE-PREsIDENtE DA ABAV-PR DIVULGAÇÃo/FLAMMA CoMUNICAÇÃo A atividade turística cada vez mais vem sendo percebida como uma das principais fontes geradoras de emprego e renda, especialmente no Brasil. Mas, apesar de toda a pujança que o setor vem conquistando nos últimos anos, esse é também o momento de novos paradigmas. Há novos ventos soprando sobre o turismo brasileiro, especialmente no que diz respeito às agências de viagens. Temos hoje uma nova geração de consumidores com muito mais acesso à informação, ao passo que a internet vem ganhando espaço como instrumento de pesquisa na hora da compra de produtos e serviços e isso inclui também a definição de roteiros de viagens, aquisição de passagens, reservas de hotéis... O aumento da renda dos brasileiros contribuiu para a expansão do número de turistas dentro do país, mas também promoveu uma nova dinâmica na cadeia de negócios do setor. Exemplo disso são as companhias aéreas, que recentemente iniciaram a comercialização de passagens em redes de varejo ou em supermercados, de olho nessa nova fatia de mercado que os consumidores da classe C representam. Sabemos que, numericamente, no universo de empresas turísticas, predominam os negócios de pequeno porte, que não têm condições de competir de igual para igual com empresas gigantes. Por isso, temos que usar as estratégias e ferramentas que estão ao nosso dispor: especialização, diversificação e capacitação. O perfil do agente mudou de simples vendedor para consultor de viagens, aquele que aconselha as viagens dos seus clientes. O posicionamento das agências deve, portanto, ir acima da função comercial, evoluindo para a prestação de serviços e para a assessoria aos clientes, agregando valor ao trabalho e estreitando o relacionamento com o consumidor. Para sobressair-se nesse competitivo e complexo mercado, é necessário ainda investimento no padrão de qualidade dos produtos e serviços comercializados, na capacitação do profissional e no planejamento e gestão eficiente. Somente assim, é possível atender bem aos diferentes perfis de turistas do país. É nesse sentido que a ABAV-PR vem trabalhando, procurando oferecer cursos que preparem os profissionais para esses desafios e agreguem vantagens competitivas às nossas associadas. Cordiais saudações. Julho / Agosto 2010 Informativo Agente Urgente - 3

4 ABAV - PR / NACIONAL Treinamento do Proagência registra participação expressiva no Paraná Paraguay Travel Mart José Roberto Ghisi (vice-presidente da ABAV-PR), André Tadeu (consultor do Sebrae) e Celso Tesser (presidente da ABAV-PR). André Tadeu informa e diverte o público ao mesmo tempo em sua apresentação. DIVULGAÇÃo/FLAMMA CoMUNICAÇÃo DIVULGAÇÃo/FLAMMA CoMUNICAÇÃo Em sua passagem pelo Paraná, o training show do Proagência II, Competitividade, um Caminho para o Sucesso, contou com a participação expressiva de mais de 200 agentes de viagens. Na capital paranaense, foram 104 participantes, enquanto Foz do Iguaçu e Londrina registraram 66 e 52, respectivamente. Em Londrina, ainda tivemos a participação de sete agentes de Maringá, Celso Tesser fala aos participantes na abertura do evento. Tam apresenta nova forma de remuneração para dirigentes da ABAV No dia 11 de agosto, a Tam participou da reunião de Conselho de Presidentes e Diretores da ABAV Nacional, realizada no Novotel Jaraguá, em São Paulo. No encontro, o vice-presidente comercial e de Planejamento da aérea, Paulo Castello Branco, e o diretor de Vendas da empresa, Klaus Kühnast, apresentaram uma nova forma de remuneração das agências de turismo na venda de passagens aéreas internacionais. A proposta prevê, a partir de 1 de outubro, uma comissão de 2% e uma taxa de serviço na emissão de bilhetes de 4%. A partir de janeiro de 2011, a comissão seria reduzida a zero e a taxa de serviço seria liberada, de forma que cada agência cobrará o que achar justo pela prestação de serviços. A ideia de liberalização da taxa de serviço será muito prejudicial para as agências e também Castelo Branco e Klaus integram a mesa da diretoria da Abav Nacional. Empresários brasileiros que atuam no segmento de turismo de selva e de base comunitária fizeram visitas técnicas nas cidades de Lima e Puerto Maldonado, no Peru, durante a semana de 16 a 20 de agosto. Eles participam do Programa Benchmarking 2010, Excelência em Turismo Aprendendo com as Melhores Práticas Internacionais, executado pela ABAV em parceria com o Sebrae, Ministério do Turismo e Embratur. O objetivo do programa é identificar boas práticas na operação deste segmento do turismo que possam ser adotadas no Brasil. A escolha do Peru para esta etapa do Benchmarking se deve ao fato do país ser referência mundial em turismo de selva e de base comunitária, informa Antonio Azevedo, diretor do Iccabav e gestor do programa. Puerto Maldonado está localizada no sudeste do Peru, no Estado de Madre de Deus, próxima a Cusco, em uma região de selva exuberante e rios sinuosos. Conhecida como capital da biodipara o consumidor e criará uma guerra de mercados, enfatizou Carlos Alberto Amorim Ferreira, o Kaká, presidente da ABAV Nacional, Os dirigentes abavianos devem formular uma contraproposta que atenda a ambos os lados e aos consumidores e ratificam que não concordam com a nova forma de comercialização indicada pela TAM. Não concordamos com a ideia apresentada e vamos tentar dialogar para reverter alguns pontos, anunciou Kaká. A liberalização da taxa de serviços na emissão de bilhetes domésticos, a partir de janeiro de 2011, também é um desejo da companhia aérea, assim como a igualdade nas comissões GR, referentes às vendas ao governo, em 6% e 7% para bilhetes domésticos e internacionais, respectivamente. DIVULGAÇÃo/FLAMMA CoMUNICAÇÃo DIVULGAÇÃo/ABAV NACIoNAL. onde colocamos uma van a disposição dos interessados. Eles percorreram 120 quilômetros para ir e para voltar do treinamento, comemora Celso Tesser, presidente da ABAV-PR. Segundo Tesser, o formato do treinamento foi um atrativo a mais para o público, que se mostrou bastante participativo. Ministrado pelo consultor e ator especialista em teatro-treinamento André Tadeu, o training show apresentou, por meio de linguagem descontraída, uma série de situações e orientações voltadas para o aumento da competitividade das agências de viagens. Trata-se de uma iniciativa da ABAV e Sebrae Nacional. O mercado turístico passa por um momento de mudanças e decisões. Essa é a hora de avaliar tendências, preparar estratégias, priorizar o atendimento e focar no receptivo para os eventos que estão por vir, como a Copa do Mundo 2014 e os Jogos Olímpicos 2016, analisa o consultor. Em maio, o presidente Celso Tesser representou a ABAV-PR no evento Paraguay Travel Mart, em Assunção, que teve a participação de diversos representantes do trade. Na foto: Marcio Bachim (Andes Operadora), Carolina Ramos (MMT Gapnet), representante do Yacht Golf (que sediou o evento), Bernardo Munõz (Andes Operadora), Celso Tesser, Adriana Melo (Tam Viagens) e Bruno Delfini (New Line Tour Operator). Benchmarking leva empresários ao Peru O que falar do sr. Amador da Fonseca? Conhecido por quase todos do turismo como sr. Fonseca, quando o chamavam de Amador, ele logo retrucava Profissional. Ele partiu no dia, deixando saudades e exemplo de luta pela vida. Ele entrou para o exército com 18 anos e saiu depois de cinco anos, para tentar a vida fora dos muros do quartel, com muito medo, segundo ele mesmo contava. Começou na antiga Real, em 1961, e nunca mais saiu do ramo turístico. Passou pela Varig, Pan American, Vasp e acabou comprando a representação da Tam em Curitiba, em Podemos dizer que ele foi o primeiro consolidador da marca na capital paranaense. Todos tinham bilhetes Tam para emissão nas agências, mas ele inovou. Em 1988, ele vendeu a Tam e abriu a Santurismo, na qual tive a honra de trabalhar e aprender tudo que sei. Trabalhamos juntos por todos esses anos e, apesar de todas as dificuldades que a vida nos traz, nunca o vi desanimar, sempre me dizia Eterno Fonseca versidade, a pequena cidade de 25 mil habitantes é o ponto de partida para conhecer alguns dos parques nacionais e reservas da região com bemsucedidas experiências de ecoturismo sustentável com apoio às comunidades locais. Azevedo conta que um dos focos de análise do Benchmarking foi o hotel de selva Inkaterra Reserva Amazônica, fundado em 1975 e que inseriu em suas operações de turismo de luxo iniciativas de voluntariado e boas práticas sociais e ambientais, que poderão servir de referência para empreendimentos no Brasil. Os participantes do Benchmarking se envolvem em diversas atividades. Após o retorno ao Brasil, eles têm a tarefa de promover encontros em seus Estados de origem para repassar para outros empresários do setor os conhecimentos obtidos no Peru. Esta é a terceira etapa do Benchmarking 2010, Excelência em Turismo. A primeira foi realizada em março, na República Tcheca, e a segunda em junho, na Itália. que pra tudo tinha uma solução. Muitos do turismo vão se lembrar dele pelas brincadeiras nos jantares, almoços e encontros do trade. O que posso mais dizer sobre esse homem, que era meu pai? Sim, ele era alegre, especial e um otimista sempre. Vamos sentir muita falta dele. Parabéns (Palavra típica dele) Depoimento de Rossana Cristina da Fonseca Pinto. 4 - Informativo Agente Urgente Julho / Agosto 2010

5 ABAV - PR / NACIONAL Ações do ProAgência II são apresentadas em videoconferência Em continuidade às ações do Programa de Desenvolvimento Setorial em Agenciamento e Operações Turísticas (ProAgência II), ABAV e Sebrae Nacional realizaram, no dia 30 de julho, uma videoconferência que foi transmitida para todos estados brasileiros através das sedes dos Sebraes Estaduais. O evento, realizado na sede do Sebrae RJ, teve o objetivo de lançar as novas ações do Pro- Agência II previstas para esse segundo semestre. Entre elas, está o lançamento da Matriz de Competitividade para o Setor de Agenciamento de Viagens, uma nova ferramenta de mensuração do nível de competitividade do setor. Estiveram presentes no evento o presidente ABAV Nacional, Carlos Alberto Amorim Ferreira, o gestor do ProAgência/ Sebrae Nacional, Dival Schmidt Filho, o diretor do Iccabav/ProAgência, Antonio Azevedo, a gerente da Área de Turismo do Sebrae-RJ, Mariangela Rosseto, e a diretora secretária da ABAV-RJ, Rosele Pimentel, além de agentes de viagens. O ProAgência apresentou novidades sobre a implementação das Centrais de Negócios no setor de agenciamento de viagens e lançou o calendário de cursos de Educação a Distância (EaD) para o segundo semestre. Dando continuidade ao bem sucedido Resumo dos cursos até o final de AGosto Gestão de Empresas de Agenciamento e operações turísticas. Direcionado a Gestores de Agências de Viagens. Duração: 35h, 11 sessões, 5 semanas. Gestão de Produtos e serviços turísticos. Direcionado a Operadores e Agentes de Viagens. Duração: 20h, 10 sessões, 3 semanas. De Agente a Consultor de Viagens. Direcionado a Gestores de Agências de Viagens, Operadores e Agentes de Viagens. Duração: 20h, 7 sessões, 3 semanas. Gestão de Roteiros no turismo Receptivo. Direcionado a Operadores e Agentes de Viagens. Duração: 20h, 6 sessões, 3 semanas. setembro Gestão de Empresas de Agenciamento e operações turísticas. Direcionado a Gestores de Agências de Viagens. Duração: 35h, 11 sessões, 5 semanas. De Agente a Consultor de Viagens. Direcionado a Gestores de Agências de Viagens, operadores e Agentes de Via- Para atender à classe C, que desponta no mercado como um novo consumidor de turismo, e oferecer às agências associadas um produto exclusivo, a Abav Nacional, em parceria com a Administradora de Consórcios Gazin, criou o Programa Viaja Fácil Brasil. O produto visa oferecer facilidades de pagamento aos serviços turísticos ofere- Julho / Agosto 2010 Training Show, realizado pelo ProAgência em 2008, em todas as capitais brasileiras, a ABAV e o Sebrae lançaram também o Training Show II Competitividade um Caminho para Sucesso. Mais uma vez, o evento percorrerá todos os estados, a partir de agosto, levando conhecimento de forma irreverente e em formato de palestra-show a 35 destinos. O Training Show deste ano abordará temas como planejamento estratégico, liderança e motivação de equipes, qualidade no turismo e padrões de excelência no atendimento da agência. Em 2008, quando fizemos a primeira edição, o objetivo era alcançar até 800 participantes, mas a aceitação do training show atraiu mais de profissionais. Este ano, esperamos superar esse número, enfatiza Antonio Azevedo. Ministrado pelo consultor e ator André Tadeu, o training show apresentará, através de linguagem descontraída, artística e eficiente, uma série de situações e orientações que devem nortear o aumento da competitividade das Agências de Viagens. Serão discutidos, ainda, temas como as oportunidades do setor diante da realização da Copa do Mundo 2014 e dos Jogos Olímpicos 2016 e a ascensão das classes C e D. gens. Duração: 20h, 7 sessões, 3 semanas. Gestão de Pessoas em Agenciamento e operações turísticas. Direcionado a Gestores de Agências de Viagens, Gerentes/supervisores de Recursos Humanos. Duração: 20h, 6 sessões, 3 semanas. NoVEMBRo Gestão de Pessoas em Agenciamento e operações turísticas. Direcionado a Gestores de Agências de Viagens, Gerentes/Supervisores de Recursos Humanos. Duração: 20h, 6 sessões, 3 semanas. Gestão de Roteiros no turismo Receptivo. Direcionado a Operadores e Agentes de Viagens. Duração: 20h, 6 sessões, 3 semanas. Gestão de Vendas de serviços Através de Consolidadoras e operadoras. Direcionado a Gestores de Agências de Viagens, Consolidadores, Operadores e Agentes de Viagens. Duração: 10h, 8 sessões, 3 semanas. Inscrições e informações: Abav Nacional e Gazin lançam Programa Viaja Fácil Brasil cidos pelas agências de viagens. O Viaja Fácil Brasil possibilitará ao cliente das agências abavianas programarem com antecedência suas viagens e realizar seu pagamento em até 36 vezes, sem a cobrança de juros, explica Alessandro Macedo, diretor de projetos especiais da Abav Nacional. Mais informações no site Melhores práticas do Turismo de Eventos e de Negócios de SP Equipe Benchmarking atenta durante a apresentação dos seminários. Com o objetivo de apresentar um diagnóstico completo do mercado turístico em todo o Brasil, a ABAV e o Sebrae Nacional fecharam uma parceria com a Fundação Getúlio Vargas para a criação do estudo Matriz de Competitividade para o Setor de Agenciamento de Viagens. A pesquisa, uma iniciativa do ProAgência II, visa analisar os fatores críticos de competitividade ao levantar informações diversas, tais como: receita anual das agências de viagens, lucratividade, tempo de atuação, grau de terceirização dos serviços, número de dirigentes, segmento de atuação, distribuição dos clientes segundo a classe econômica, entre outros. Os dados serão uma importante ferramenta de apoio ao setor, já que refletirão a realidade do mercado, destacando suas principais deficiências e oportunidades, ressalta Carlos Alberto Amorim Ferreira, Em julho, um grupo de empresários de vários estados brasileiros participou da segunda etapa do programa Benchmarking em Turismo 2010 Vivências Brasil, realizando uma série de reuniões e visitas técnicas em São Paulo. Com apoio da ABAV, Sebrae, Embratur e Ministério do Turismo, os empresários procuraram identificar práticas de excelência na captação de eventos e estímulo aos negócios que pudessem ser disseminadas pelo Brasil. Segundo Antonio Azevedo, diretor do Iccabav e gestor do programa, São Paulo foi escolhida como destino desta etapa do Benchmarking por ser referência no setor. A cidade recebe mais de 90 mil eventos por ano e 75% das maiores feiras do país. Já observamos uma série de práticas exemplares, que certamente irão contribuir para o crescimento do turismo de eventos e de negócios em todo o Brasil, confirmou Azevedo. Um dos destaques da programação foi a palestra de Eduardo Sanovicz, da Reed Exhibitions Alcântara Machado, que realiza 440 feiras por ano em 35 países, totalizando 90 mil expositores e mais de 6 milhões de visitantes. Mantemos uma política permanente de troca de informações entre os executivos da empresa nos diversos países em que atuamos e é fundamental essa troca de experiências. Uma das vantagens de trabalhar numa conceituada empresa organizadora de eventos é que superamos os problemas que aparecem baseados nos nossos exemplos de sucesso, revelou. Na apresentação de Jussara Leite, do Grupo Couromoda, que nasceu de uma atuação regional segmentada para se tornar uma das mais representativas empresas do setor a nível nacional, as práticas mais destacadas foram o trabalho de fidelização e apoio aos clientes/expositores e o esforço da empresa em alcançar a sustentabilidade socioambiental. A principal feira, que inclusive dá nome à empresa, gera 189 toneladas de resíduos, dos quais 88 recicláveis e 101 toneladas não-recicláveis. Percebemos que, a cada ano, crescia a quantidade de resíduos, muitas vezes descartando materiais reutilizáveis. Firmamos parceria com duas empresas, que se capacitaram para dar destinação correta. Iniciamos trabalho de conscientização com os expositores para utilizarem materiais recicláveis e evitarem o desperdício, além de organizar concursos de estímulo a sustentabilidade socioambiental entre os clientes, confirma Jussara. Pesquisa irá traçar radiografia do setor turístico nacional presidente da ABAV Nacional. A matriz de competitividade servirá ainda como uma ferramenta de apoio à gestão das empresas, contribuindo para que elas possam avaliar o seu desempenho comercial com base em indicadores reais do mercado, complementa Antonio Azevedo, diretor do Iccabav/ProAgência. A previsão é que o resultado do estudo, que será realizado em âmbito nacional com ampla participação dos gestores de agências de viagens associadas à ABAV, seja apresentando em maio de Nesse processo, serão levantadas também as informações disponíveis no Sistema de Cadastro dos Empreendimentos, Equipamentos e Profissionais da Área de Turismo do Ministério do Turismo (Cadastur) referentes ao setor de agenciamento e operações turísticas, com o objetivo de identificar os diferentes perfis com base em suas características socioeconômicas. EQUIPE BENCHMARKING Informativo Agente Urgente - 5

6 Aviões Afonso Pena não terá principais reformas, apesar de investimentos do PAC FERIADO DA INDEPENDÊNCIA NA ARGENTINA A TAM Viagens, operadora de turismo da TAM Linhas Aéreas, oferece pacotes especiais para quem quiser passar o feriado de Independência do Brasil, 7 de Setembro, em Buenos Aires, na Argentina. Os pacotes incluem aéreo (ida e volta), quatro noites de hospedagem com café da manhã, traslado aeroporto/hotel/aeroporto, city tour, seguro e bolsa de viagem e pontos no Multiplus Fidelidade. Os pacotes podem ser adquiridos em qualquer loja TAM Viagens, pelas Centrais de Atendimento , (11) (São Paulo) e (21) (Rio de Janeiro), ou pelo site: WEBJET FAZ VENDAS A BORDO A Webjet Linhas Aéreas, em parceria com a LSG Sky Chef s, iniciou, em agosto, um projeto experimental para venda de alimentos a bordo. A princípio, o novo serviço será oferecido em dois voos da companhia, que fazem a ligação entre São Paulo e Salvador. O cardápio conta uma variedade de sanduíches, cup cakes, sopa, chocolate, cerveja, refrigerantes, sucos, bebidas quentes, entre outros. O pagamento deverá ser feito em dinheiro (moeda nacional) e o troco será dado no momento da compra. A companhia está comunicando a novidade aos clientes através de uma newsletter, entregue no momento da compara da passagem, juntamente com um cardápio. O site da Webjet (www.webjet.com.br) tem uma seção exclusiva sobre o assunto. ANIVERSÁRIO E NOVOS AVIÕES NA PASSAREDO Para celebrar seus 15 anos de história, a Passaredo Linhas Aéreas adquiriu, no mês de julho, dois novos jatos Embraer, ERJ 145, com capacidade para 50 passageiros. Agora, a empresa passa a operar com oito jatos e um EMB120 Brasília, atendendo 20 cidades de todos o país. Ainda neste segundo semestre, a Passaredo irá receber mais três novos jatos, totalizando a sua frota em 11 aeronaves. AZUL PARA SÃO LUÍS E TERESINA Dois novos destinos começam a ser servidos pela Azul Linhas Aéreas Brasileiras, a partir de 1 de setembro: São Luís (MA) e Teresina (PI). Com isso, sobe para 23 o número de cidades servidas pela companhia. Os voos diários partirão todos os dias de Campinas para São Luís com escala em Teresina. As passagens aéreas já estão sendo vendidas, com preços promocionais até 30 de setembro. Mais informações: Pequeno, desconfortável, com sas opções de lojas e restaurantes. Filas escasde até 45 minutos para estacionar. Durante os meses de outono e inverno, a falta de teto para pousos e decolagens é uma situação praticamente diária. Ao mesmo tempo, os passageiros nas salas de embarque passam frio. As companhias aéreas, mesmo quando interessadas, não encontram infraestrutura para voos internacionais relevantes. O Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, aberto para a aviação civil em 1946 e reconstruído em 1996, quando recebeu o título de internacional clama por reformas. A priori, a distribuição dos bilhões por todo o país, iniciada após a escolha do Brasil como sede da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, deveria suprir as necessidades de todos os aeródromos das cidades-sede, caso de Curitiba. Mas a realidade não poderia ser mais diferente. Na divisão do bolo, apenas 1,6% dos R$ 5,4 bilhões destinados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) dos Aeroportos para os principais terminais aéreos do país estão garantidos ao Afonso Pena. O orçamento previsto de R$ 88,5 milhões servirá para a ampliação dos pátios, dos terminais de cargas e de passageiros (que opera 40% acima da capacidade), dos pontos de embarque e aumento da capacidade do estacionamento. A Infraero promete gastar outros R$ 82 milhões até a Copa, mas, de acordo com a assessoria de comunicação da Infraero, as melhorias estão em fase de projetos. Ou seja, não há garantia nenhuma que esse recurso será emprenhado no Afonso Pena. Além disso, duas obras consideradas prioritárias e cobradas há mais de uma década pelo trade para solucionar os problemas de infraestrutura do Afonso Pena não entraram em nenhuma das duas promessas: o ILS-3, equipamento que permite pousos e decolagens em dias com nevoeiro, e a construção da terceira pista ou a ampliação da segunda em 500 metros. Só para essas melhorias, estima-se que o gasto seria de cerca de R$ 340 milhões. O terminal de passageiros do Afonso Pena apresenta sintomas óbvios de defasagem, operando 40% acima de sua capacidade. O valor, no entanto, é considerado irrisório para o presidente do Instituto de Engenharia do Paraná (IEP), Jaime Sunye Neto. Essas obras estão prometidas há mais de dez anos. É preciso parar de empurrar com a barriga a questão dos aeroportos. Os investimentos são necessários e precisam ser rápidos, aponta. Será destinado muito pouco dinheiro para mudar a realidade do Afonso Pena. Além disso, não vai dar tempo de terminar todas as reformas até É errado vincular o direcionamento de verbas à vinda ou não da Copa. É preciso investimento independentemente disso, afirma o deputado federal Gustavo Fruet (PSDB), que foi membro da CPI do Apagão Aéreo em 2007 e, que desde então, milita pela garantia de mais verbas para os aeroportos do estado. Mas, além da falta de mobilização política para garantir mais recursos para o aeroporto, o Afonso Pena enfrenta oposição interna. O superintendente do aeroporto, Antonio Pallu, considera que não há demanda para uma obra do porte da construção da terceira pista. Os estudos que temos indicam que a pista atual ainda tem capacidade para o nível de operações. Mesmo assim, o presidente da Infraero, Murilo Marques Barboza, assinou um Termo de Cooperação Técnica com o Governo do Paraná e com a Prefeitura de São José dos Pinhais para a realização de estudos para a construção da nova pista. O documento, no entanto, não menciona prazos para o início das obras ou valores, ficando apenas no plano das intenções. No entendimento da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), por exemplo, essa obra pode trazer vantagens econômicas ao estado, com a transformação do aeroporto em hub regional, uma espécie de concentrador no atendimento aeroportuário de todos os estados do sul do país. E o mais intrigante é que, apesar desse panorama, do valor total dos investimentos garantidos para o Afonso Pena, destinados através do PAC, apenas R$ 30 milhões serão investidos diretamente no aeroporto. A outra parte dos recursos foi destinada para a realização de obras de revitalização do trecho entre a trincheira da Avenida das Torres-Avenida Rui Barbosa e o Contorno Leste, projetos que serão realizados em parceria com a Prefeitura de Curitiba. HERR stahlhoefer GOL LANÇA PROMOÇÃO DE MILHAS Até 30 de setembro, a Gol, por meio do programa Smiles, trocará 4 mil pontos por passagens para voos domésticos e 6 mil por bilhetes para trechos internacionais. O regulamento completo e os trechos promocionais podem ser consultados no site do programa, AVIANCA REATIVA BASE OPERACIONAL NO GALEÃO Em 9 de agosto, a Avianca reativou sua base de operações no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro Galeão-Tom Jobim. A primeira rota a ser operada é Guarulhos (SP)-Galeão-Brasília. O voo será diário. A reativação da base do Galeão faz parte de uma plano de longo prazo para estabelecer estratégias de expansão internacional com conexões no aeroporto carioca. O plano prevê também a ampliação de pontos de venda na cidade. Chamado de internacional desde 1996, hoje, o Aeroporto Afonso Pena tem apenas dois voos que partem de Curitiba para países do Mercosul um deles diário e o outro, a cada dois dias. INFRAERo/DIVULGAÇÃo 6 - Informativo Agente Urgente Julho / Agosto 2010

7

8 Feirantes participam de cursos para receber turistas na Copa 2014 A feirante Josimara Cordeiro do Prado revela que já fez modificações nas suas barracas para se adequar às novas normas da Prefeitura. Luiz Costa/SMCS Alheios às discussões sobre as possibilidades da Arena não conseguir financiamento para as reformas e Curitiba não ser uma das sedes da Copa de 2014, órgãos da prefeitura já arregaçaram as mangas e começam a preparar a cidade para receber os visitantes. As secretarias municipais de Turismo, Abastecimento e Saúde realizaram no início do mês um curso de boas práticas de alimentos para os participantes das 22 feiras de artesanato nos bairros de Curitiba e da feira do Largo da Ordem. O encontro reuniu cerca de 50 donos de barracas de alimentos, com o objetivo de repassar conceitos sobre segurança alimentar, além de preparar e qualificar os profissionais para a Copa em Curitiba. No total, 150 feirantes devem passar pelo curso até o fim do ano. As três secretarias passaram a ser responsáveis pela fiscalização das feiras. Uma comissão foi estabelecida e irá percorrer os locais de produção e também as barracas nos dias de feira para garantir a qualidade dos produtos. Essa é uma nova era para as feiras de Curitiba. Agora, as três secretarias vão trabalhar juntas e alinhadas para garantir que os alimentos oferecidos nas feiras sejam de qualidade. Cada vez mais, o consumidor está ficando exigente e os feirantes devem acompanhar esse processo se atualizando, destaca Ana Valéria de Almeida Carli, Chefe da Vigilância Sanitária de Alimentos da Secretaria da Saúde. Tadeu Kawalec: É gratificante receber pessoas de fora e mostrar que temos qualidade e somos de primeiro mundo. Luiz Costa/SMCS Integrantes das 22 feiras de artesanato dos bairros e da feira do Largo da Ordem recebem instruções sobre a qualidade da comida nas barracas. Tadeu Kawalec, o Tadeu do Pirogue, de 57 anos, participou do curso. Do alto dos seus 22 anos como feirante, ele reconhece a importância do trabalho e concorda com o controle feito pelas secretarias. As equipes de controle de qualidade percorrem as barracas nas feiras todos os dias. Isso é importante para o público saber que o alimento oferecido é de qualidade. Também é fundamental ao feirante, afinal, se todos estiverem dentro do padrão, não corremos o risco de afastarmos clientes, afirma Tadeu, que monta sua barraca todos os dias nas feiras livres durante a semana e aos domingos, na feira do Lago da Ordem. A também feirante Josimara Cordeiro do Prado, 42 anos, já realizou algumas modificações no seu local de produção de bolinhos de bacalhau e espetinhos para estar de acordo com as normas. Ciente do processo, Josimara faz coro ao colega e reconhece a relevância da avaliação. O acompanhamento das secretarias serve para os feirantes melhorarem. Com todos se adequando, é certeza de que as feiras continuarão sendo um sucesso entre os curitibanos e pessoas de fora da cidade, diz. Na avaliação dos representantes das secretarias e dos próprios feirantes, a capacitação ganha um peso maior por causa Copa do Mundo de 2014, já que todos têm ciência de que a cidade irá receber milhares de turistas nacionais e estrangeiros e que as feiras devem ter uma grande procura. Há alguns anos, durante um fórum internacional de meio ambiente em Curitiba, muitos estrangeiros foram à minha barraca conhecer o pirogue. É gratificante receber pessoas de fora e mostrar que temos qualidade e somos de primeiro mundo, conta Tadeu Kawalec. Luiz Costa/SMCS 8 - Informativo Agente Urgente Julho / Agosto 2010

9

10 Navios Aspectos jurídicos das agências de viagens BRUNA BAzzo CIDADES AFRICANAS NAS ESCALAS DA MSC A MSC Cruzeiros incluiu cidades africanas nas rotas de dois navios de sua frota MSC Melody e MSC Sinfonia, que passarão a ter escalas em localidades como Cidade do Cabo, Durban e Mossel Bay (África do Sul), Dakar (Senegal), Inhambane e Maputo (Moçambique), Walvis Bay (Namíbia), entre outras. Confira preços, pacotes e outras informações no site PoR DAYANA sandri DALLABRIDA Advogada do escritório Vernalha Guimarães & Pereira Advogados Associados, consultora na área de Direito Público, graduada pela Faculdade de Direito de Curitiba, pós-graduada em Teoria Geral do Direito pela Academia Brasileira de Direito Constitucional INCENTIVO AOS AGENTES DE VIAGENS A Costa Cruzeiros lançou, em agosto, duas campanhas de incentivo para os agentes de viagens. A empresa diminuiu de oito para cinco o número de cabines reservadas para serem consideradas grupos mas só em saídas específicas e ainda aumentou em 5% o comissionamento. Além disso, a Costa dará, até 31 de agosto, mais 10% comissão para algumas saídas específicas dos navios Costa Serena e Costa Fortuna. No Paraná, consulte tabela de cruzeiros com Airlines & Sealines (representante Costa Cruzeiros), no fone (41) e pelo onda.com.br. CRUZEIROS MUSICAIS NA CVC Cinco artistas brasileiros, dos mais variados estilos musicais, farão parte de cruzeiro temáticos organizados pela CVC Cruzeiros entre o final de 2010 e o início de Confira a programação: Cruzeiro Daniel (CVC Soberano): de 16 a 19 de dezembro de 2010; Cruzeiro Alexandre Pires (CVC Zenith): de 9 a 12 de janeiro de 2011; Cruzeiro Exaltasamba (CVC Zenith): de 23 a 26 de janeiro de 2011; Motorcycle Rock Cruise (CVC Zenith): de 30 de janeiro a 2 de fevereiro de 2011; e Cruzeiro Claudia Leitte (CVC Zenith): de 13 a 16 de fevereiro de Mais informações no endereço hotsite/cruzeiro_1024/default.jsf. TEMPORADA 2010/2011 ROYAL CARIBBEAN A Royal Caribbean Brasil comunica a todos os seus parceiros informações relevantes sobre as saídas da temporada 2010/2011 na América do Sul do navio Splendour of the Seas, impressas no catálogo de cruzeiros América do Sul, publicado em maio de Todos os hóspedes com reservas deverão assinar os termos de ciência de itinerários. Os termos de ciência para hóspedes estão disponíveis no manual do agente online pelo site É obrigatório o preenchimento e o envio destes termos assinados pelo hóspede para o endereço da Royal Caribbean em São Paulo. A empresa está à disposição para esclarecer qualquer dúvida. EUROPAMUNDO PARA O ORIENTE MÉDIO Os novos destinos da Europamundo para o Oriente Médio, comercializados pela operadora ByTravel, uma das Empresas Schultz, foram apresentados em Salvador (BA), durante o 3º Encontro Nacional de Turismo (Entur), realizado nos dias 19 e 20 de agosto. Na ocasião, foi distribuído um novo material com roteiros de destaque da Europamundo, uma página inteiramente dedicada a Terra Santa, Egito e Jordânia, além de pacotes da parceria ByTravel e Costa Cruzeiros, que juntam aéreo com roteiros Europamundo e travessia transatlântica. A proteção ao consumidor conferida pela Lei 8.078/90 (CDC) fez das agências e operadoras de turismo o bode expiatório das companhias aéreas. A regra responsável por este fenômeno é a que atribui responsabilidade solidária entre os fornecedores da cadeia de prestação de serviço. Quando a companhia aérea Varig imergiu em sua crise financeira, muitas agências de turismo que intermediaram a compra e venda dos bilhetes aéreos foram acionadas judicialmente para responder pelos danos aos passageiros que tiveram seus vôos cancelados, atrasados, etc. O mesmo ocorreu quando a TAP, companhia aérea portuguesa, passou por idêntica crise. Voos foram cancelados do dia para a noite e os passageiros brasileiros utilizaram-se da opção oferecida pelo CDC. Com isso, tiveram seus prejuízos reparados diretamente pelas agências de turismo brasileiras. Afora os casos TAP e Varig, diariamente, os passageiros reclamam contra as agências de turismo questões como a impossibilidade de reembolso de bilhetes promocionais, atrasos, extravio de bagagens, etc. A concepção da regra de solidariedade no sistema de proteção ao consumidor foi importantíssima e refletiu efetiva e positivamente na facilitação da defesa e reparação dos prejuízos ao consumidor. Contudo, a regra da solidariedade merece algum temperamento na sua aplicação em relação às agências de turismo e companhias aéreas. O serviço que consiste na intermediação da venda dos bilhetes aéreos é prestado mais como uma comodidade ao consumidor do que como uma oportunidade de lucro para a agência de turismo. O comissionamento pela intermediação é ínfimo e, por vezes, sequer existe. Em contrapartida, a presença da companhia aérea é muito clara para o consumidor quando este adquire o seu bilhete. A companhia aérea está longe de ser um fornecedor oculto ou inacessível, até mesmo porque a opção entre as companhias é em regra assumida pelo próprio consumidor. Ou seja, neste contexto, perde-se o sentido da responsabilização solidária. Por isso, não parece razoável que as agências de turismo sempre respondam solidariamente pelos vícios e fatos decorrentes da prestação de serviço das companhias aéreas. A agência de turismo não interfere na execução do serviço da companhia aérea, bem como está submetida tanto quanto o consumidor às regras tarifárias impostas por estas empresas e organizações. Do ponto de vista da posição econômica, é muito mais correta a equiparação entre a vulnerabilidade da agência de turismo com a vulnerabilidade do consumidor frente à companhia aérea, do que a equiparação da suposta supremacia econômica das agências de turismo e companhias aéreas frente ao consumidor. Recorde-se de outra regra de facilitação da defesa do consumidor: a que permite ao consumidor acionar o fornecedor no foro do seu próprio domicílio. Ou seja, nunca será maior a dificuldade em se buscar a reparação de eventuais prejuízos diretamente contra a companhia aérea (à exceção das companhias estrangeiras). Reconhece-se, porém, sem nenhuma controvérsia, o dever das agências de turismo prestar a informação mais adequada, clara e completa ao passageiro. Se o passageiro optou pela compra de um bilhete com tarifa promocional, a agência de turismo obrigatoriamente deve lhe esclarecer todas as condições de uso deste bilhete e assim por diante. A informação é direito do consumidorpassageiro e dever da agência de turismo. Não obstante, desde a entrada em vigor do CDC, em 1991, os Tribunais estão condenando as agências de turismo a repararem prejuízos de todas as ordens sob o fundamento da solidariedade entre a agência de turismo e a companhia aérea. Não se observou durante todo este tempo a peculiaridade da relação entre a agência de turismo e as companhias aéreas, de modo que a aplicação indiscriminada da regra resultava em gravíssimas consequências, tal como, em alguns casos, a própria quebra das agências. Em 2006, o Superior Tribunal de Justiça analisou a hipótese através do caso da Transbrasil e os prejuízos que os consumidores tiveram com a interrupção do serviço desta companhia. O entendimento foi finalmente renovado (1). O STJ, naquela ocasião, reconheceu que a agência de turismo não intervinha na execução do serviço, exonerando a sua responsabilidade. Este entendimento passou então a ser repetido em alguns tribunais estaduais, como recentemente fez o Tribunal de Santa Catarina ao exonerar agência de turismo da responsabilidade sobre overbooking ocasionado pela TAM. A decisão bem reconheceu a impossibilidade de ingerência da agência de turismo na atividade operacional da companhia aérea, demonstrando, sobretudo, que até onde existia a atuação da agência, a prestação do serviço estava perfeita. É o que se espera dos próximos julgamentos dos nossos tribunais, que precisam dedicar atenção não só ao consumidor, mas às consequências das suas decisões sobre a vida da empresa que é condenada. Existe a possibilidade de regresso da agência de turismo contra a companhia aérea, porém, a depender das circunstâncias concretas, a resposta do Judiciário pode ser intempestiva a reparar o prejuízo daquela primeira condenação. Não obstante o CDC, estatuto destinado a amenizar o desequilíbrio econômico entre os consumidores e os fabricantes de bens, comerciantes e prestadores de serviços, criar um novo sistema jurídico protecional nas relações de consumo, adotando princípios especiais como o da culpa objetiva, o da responsabilidade solidária e outros, a sua aplicação não pode ultrapassar os limites do ponderável, ou do justo, tanto que também fez presentes regras que limitam ou que excluem a responsabilidade, como estabelecido nos transcritos dispositivos artigo 14, 3º, incisos I e II Informativo Agente Urgente Julho / Agosto 2010

11

12 Hotéis TRANSFER GRATUITO AEROPORTO/HOTÉIS Para facilitar o trânsito dos hóspedes e agregar maior comodidade, a Bristol Hotéis & Resorts oferece um serviço adicional no deslocamento aeroporto/hotel/aeroporto. As unidades de Curitiba (PR), São José dos Pinhais (PR) e Guarulhos (SP) oferecem transfer gratuito, mediante agendamento prévio de 24 horas. Nas cidades contempladas estão os hotéis Bristol Upper, Centro Cívico, Ambassador Metropolitan, Saint Emilion e Brasil 500 (Curitiba); Dom Ricardo (São José dos Pinhais); e International (Guarulhos). Para agendar horário, é necessário contatar a recepção do hotel em questão ou a central de reservas da Bristol pelo telefone REFORMAS NO EXPOCENTER DO RAFAIN Considerado referência no trade hoteleiro do país para a promoção de eventos, o Rafain Palace Hotel & Convention Center anunciou o investimento em melhorias na troca de 3 mil m2 de piso comum por porcelanato, no seu Expocenter. A instalação do piso conclui a reforma iniciada em 2009, que visa um espaço que atenda às demandas tecnológicas e logísticas do mercado de eventos atual. O processo de reformulação investiu ainda em novas tecnologias para a acústica, iluminação, refrigeração e infraestrutra das salas de convenções do complexo. AÇÃO BENEFICENTE NO BOURBON CASCAVEL O Bourbon Cascavel vestiu a camisa da solidariedade e realizou o 1º Bourbon Solidário, evento beneficente em prol do Núcleo Assistencial Francisco de Assis. Foi organizado um café colonial no dia 17 de agosto, com toda renda revertida às famílias carentes atendidas pelo núcleo, localizado no bairro Interlagos, em Cascavel. Liderado pela dentista Simone Sarolli Preisner Braga Cortes, o projeto completa três anos, mas já é tradição na cidade, com muitos participantes. Para Gunnar Georgi, gerente do hotel, a realização do café colonial beneficente é, na verdade, uma oportunidade para a Rede Bourbon colaborar com os que mais precisam e de forma efetiva. DIXIE BAR & CAFÉ No último dia 10 de agosto, o Deville Maringá inaugurou o novo Dixie Bar & Café, espaço gastronômico localizado no lobby do hotel. O bar tem entrada independente e pode ser frequentado por hóspedes e público em geral. O espaço foi incrementado e houve reformulação do cardápio, além da implantação uma cafeteria de alto padrão, com uma Carta de Café Gourmet sofisticada. Formulada pela Treviolo empresa presente no ramo do café desde 1930, a lista possui mais de 20 tipos de bebidas feitas com café. O horário de atendimento será de segunda à sábado, das 10 às 23 horas. 4ª CHAMPAGNE SUMMER PARTY O Dom Pedro Hotels assinalou o verão europeu com a quarta edição do Champagne Summer Party, que aconteceu no dia 22 de julho. A já tradicional festa foi realizada no Villa Summer Club, em Vilamoura, um novo local de referência nas noites de verão da região do Algarve, em Portugal. Participaram vários convidados especiais do Dom Pedro Hotels, como Micaela Reis, Miss Angola. Luiz Barretto garante empenho na busca de investimentos para Foz Demorou mas acenteceu. No último dia 23 de julho, o ministro do Turismo, Luiz Eduardo Barretto, visitou, pela primeira vez desde que assumiu o cargo, Foz do Iguaçu, um dos principais destinos turísticos do país. E com ele vieram boas notícias, já que o ministro confirmou empenho, junto ao governo federal, para buscar investimentos no turismo da região para a Copa do Mundo de 2014 e para as Olimpíadas de Barretto foi recepcionado pelo prefeito de Foz, Paulo Mac Donald Ghisi, pelo diretor-geral da Itaipu Binacional, Jorge Samek, representantes do trade e autoridades políticas da cidade. No encontro, o ministro assistiu a uma apresentação dos investimentos da iniciativa pública e privada no destino, feita pelo presidente do Fundo Iguaçu, Gilmar Piolla. Durante a reunião, Barretto anunciou que, até o final deste ano, serão liberados R$ 6 milhões destinados a melhorias no corredor turístico do município. A apresentação também mostrou ao ministro alguns gargalos que atrapalham o crescimento do turismo, como a estrutura acanhada do Aeroporto Internacional e a falta de integração das aduanas do Brasil com a Argentina e Paraguai. Ele conheceu também as ações propositivas na divulgação de Foz em feiras e eventos, a criação do Fundo Iguaçu e a campanha Vote Cataratas. Barretto assinou um convênio para repasse de R$ 925 mil para a instalação de placas turísticas e de 107 abrigos de ônibus nas vias que formam o corredor turístico da cidade, recapeamento das principais vias e a revitalização da praça do Bairro Três Bandeiras. O ministro se comprometeu, ainda, a intermediar com representantes do Ministério do Transporte, para que, até o final do ano, seja disponibilizada verba para completar a reforma do asfalto da BR-469, no interior do Parque Nacional do Iguaçu. Estamos trabalhando em conjunto, setor público e iniciativa privada, para que a cidade esteja pronta para receber os turistas que virão ao país durante a Copa de 2014 e a Olimpíada de Há ações específicas da Embratur para a promoção da cidade de Foz do Iguaçu, para que ela se consolide como um dos principais destinos do continente. Hoje, dos 5 milhões de turistas que o Brasil recebe, 2 milhões são sul-americanos. Temos condições de aumentar esse número e Foz tem um papel central nesse projeto, informou Barretto. AERoPoRto Investimentos do governo federal tem sido fundamentais para este novo momento do turismo em Foz do Iguaçu. O Aeroporto Internacional das Cataratas, por exemplo, deverá receber R$ 40 milhões para sua reforma e ampliação. Outros R$ 30 milhões serão destinados para obras de mobilidade urbana e R$ 15 milhões para a construção de um novo mirante nas Cataratas do Iguaçu. Além disso, outro projeto que deverá Projetos para Foz foram apresentados para o ministro Luiz Barretto durante encontro que reuniu trade, prefeitura e representantes da Itaipu Binacional. Jorge Samek, Luiz Barretto, Paulo Mac Donald Ghisi e Felipe Gonzalez. Ministro afi rmou que Foz do Iguaçu receberá R$ 6 milhões para incremento do turismo. smcs-foz Do IGUAÇU sair do papel é a nova ponte entre Brasil e Paraguai. PARQUEs DA CoPA 2014 Barretto recebeu o secretário de Turismo de Foz do Iguaçu e o chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro, para informar do empenho dos ministérios do Turismo e Meio Ambiente, visando dotar cerca de dez parques nacionais, com toda estrutura para receber visitas durante a Copa de 2014, tendo como exemplo o próprio Iguaçu. O projeto Parques da Copa, prevê um investimento de R$ 300 a R$ 400 milhões, que serão utilizados na criação de trilhas, capacitação de profissionais e todo o restante necessário para a recepção dos turistas. No parque paranaense, os investimentos irão para tornar a Trilha das Cataratas um local com acessibilidade total. ItAIPU O ministro visitou ainda a usina de Itaipu, onde foi recebido pelo diretorgeral brasileiro, Jorge Samek, e plantou uma muda de jabuticabeira no Bosque dos Visitantes. Barretto trabalhou muito para atrair grandes eventos para o Brasil, como a Copa e as Olimpíadas. Ele está investindo na infraestrutura turística do país e a presença dele é indicativo de que Foz do Iguaçu é, de fato, um polo dos mais importantes. Para a Itaipu, que investe muito no turismo da região, é uma excelente notícia, revelou Samek. Trabalhamos sobre esses desafios justamente para que possamos despertar o respeito pelo turismo, melhorando nossos serviços e buscando qualificação profissional, disse Gilmar Piolla, presidente do Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu Fundo Iguaçu, composto pelas entidades do trade local. smcs-foz Do IGUAÇU 12 - Informativo Agente Urgente Julho / Agosto 2010

13 Festival de Turismo das Cataratas superou expectativas O 5º Festival de Turismo das Cata- ratas do Iguaçu, realizado entre os dias 16 e 18 de junho, superou as edições anteriores segundo os organizadores, que divulgaram números para comprovar o sucesso de mais uma realização na área. A Rodada de Negócios, promovida pelo Sebrae para aproximar empresas e propor intercâmbios comerciais, agendou 219 reuniões, reunindo 21 âncoras e 71 ofertantes. Em comparação, o Salão de Turismo de São Paulo, realizado em maio e um dos maiores eventos da área, teve 18 âncoras e 41 ofertantes. Nos três dias de festival, mais de 5 mil pessoas se inscreveram e conferiram novidades e tendências do setor turístico, em um espaço de mais de 2 mil metros quadrados que abrigou cerca de 300 expositores. Ficamos satisfeitos com a procura. Isso mostra que o Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu já está consolidado e coloca o mês de junho no calendário de negócios de turismo da América do Sul, ressalta Newton Paulo Angeli, idealizador e coordenador do evento. Cerimônia de abertura do 5º Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu, realizado em Foz em paralelo com mais dez eventos. Dez eventos paralelos foram realizados na edição 2010, entre eles, a Feira de Turismo, o Fórum Internacional de Turismo do Iguaçu, a Rodada de Negócios, o Hotel Show, o Encontro da Abrasel, a Mostra de Turismo Sustentável do Iguaçu, a Reunião do Conselho Consultivo do Turismo do Paraná e da MARCos LABANCA Federação Brasileira de Convention & Visitors Bureau e a Mostra de Turismo de Base Comunitária. De acordo com Jaime Nelson Nascimento, gerente do Complexo Turístico Itaipu, a simultaneidade de eventos paralelos contribuiu para o sucesso do evento. Além disso, a Feira de Turismo estava bonita, os eventos promovidos foram de grande qualidade e o resultado só poderia ser a satisfação dos participantes. Muitos vieram me comunicar que o festival foi surpreendente, comemora. Paulo Angeli lembra que diversos expositores já confirmaram presença em Muitos já queriam reservar espaço para a próxima edição. Todos estavam satisfeitos com os resultados, salienta. O 6º Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu, em 2011, também ocorrerá entre 16 e 18 de junho, no Rafain Palace Hotel & Convention Center. O evento é promovido pela Polo Iguassu Feiras & Eventos e pela Fundação Parque Tecnológico Itaipu, com apoio da Itaipu Binacional, Ministério do Turismo, Secretaria de Estado do Turismo, Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Secretaria Municipal de Turismo, Tam, Sebrae, Instituto Internacional Polo Iguassu, Educare, Abrasel, Abeta, ICVB, ABAV e Sindhotéis. Confira outras informações sobre o festival no site Julho / Agosto 2010 Informativo Agente Urgente - 13

14 Notícias de Santa Catarina Paulo Mosimann Aconchegante e repleta de atrativos Fincada no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, Gaspar é, na verdade, a soma de três culturas: açoriana, alemã e italiana. Essa mescla contribuiu para a formação da cultura local, que hoje se manifesta nas tradições, costumes, arquitetura e principalmente na gastronomia, com destaque para as confeitarias, nas quais imperam doces e salgados típicos da região. A cidade concentra a atratividade turística nos parques aquáticos e recantos naturais, incluídos no roteiro turístico Rota das Águas. Ao total são seis parques aquáticos, que oferecem hospedagem, atividades de lazer e aventura; além dos pesque e pagues, cervejaria e cacha- O Parque Hidromineral Cascata Carolina é uma das atrações de Gaspar. Turismo no Vale Europeu No final de julho, em Brusque, ADR Vale, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional em Brusque e Santur (Santa Catarina Turismo) realizaram um encontro sobre Governança e Desenvolvimento Turístico no Vale Europeu e Rota Vale Mais. Participaram do evento secretários municipais de turismo de Botuverá, Brusque, Blumenau, Ituporanga, Nova Trento e Tijucas, além de representantes do Consórcio das Águas, de Timbó. O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Valdir Rubens Walendowsky, abriu os trabalhos falando sobre o turismo em Santa Catarina e ressaltou também a importância do turismo no interior, citando como exemplo a instalação do Bondinho em Nova Trento. A gerente de Políticas de Turismo da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Elisa Wypes Sant Ana de Liz, falou aos presentes sobre o 1º Fórum das Instâncias de Governança evento que acontece em Lages nos dias 23 e 24 de agosto. Na pauta, estão o Plano Catarina e suas interfaces regionais e o desenvolvimento do turismo em Santa Catarina, entre outros assuntos. Também será discutida a implantação do Observatório de Turismo Regional para o Vale Europeu. çaria artesanal, que os turistas podem conhecer ao percorrer a região. A cidade tem como cartão postal a Igreja Matriz São Pedro Apóstolo, conhecida por sua imponência e beleza, misturando o estilo gótico e o romano e que trai turistas devido ao seu estilo arquitetônico e às características internas. Localizada no alto de um morro, possibilita vista panorâmica do centro e arredores do município. Vale destacar ainda que Gaspar é conhecida pela prática de esportes radicais como motocross, jeepcross, aeromodelismo e parapente, com a realização de eventos anuais nestas modalidades. Santur tem novo presidente Cimélio Marcos Pereira irá comandar a Santur. Em evento realizada no dia 21 de julho, o executivo Cimélio Marcos Pereira assumiu a presidência da Santur (Santa Catarina Turismo). O novo presidente exerceu várias atividades na área do turismo, dentre elas, a gerência comercial do Sul e Mercosul do Parque Beto Carrero World, a diretoria de marketing e comercialização do Parque Unipraias Camboriú, a presidência do Convention & Visitors de Balneário de Camboriú e a vice presidência da Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado de Santa Catarina (FC&VB/SC), quando teve seu nome aprovado pelo governador Leonel Pavan para assumir a presidência da Santur. Cimélio Pereira está sendo muito bem aceito pelo trade turístico catarinense. AssEssoRIA DE IMPRENsA santur PREFEItURA DE GAsPAR ATRAÇÕES DE GASPAR VERÃo PARQUE HIDRoMINERAL CAsCAtA CARoLINA O primeiro parque aquático a se instalar na região da Rota das Águas, e também o único que utiliza em suas piscinas água mineral. Conta com uma boa infraestrutura de lazer, restaurantes, playground, toboáguas, trilhas ecológicas, churrasqueiras e estacionamento. Mais informações em: www. cascatacarolina.com.br. PQ. AQUÁtICo CAsCANÉIA Maior parque da categoria na região, tem ampla infraestrutura de lazer, toboáguas gigantes, diversas piscinas, hotel em anexo, churrasqueiras, restaurante, lanchonetes, lojas de souvenirs e estacionamento. Mais informações em: www. cascaneia.com.br. ANo todo truticultura BERtoLDI Local para pesca de truta (peixe de água doce) e para deliciar-se com um belo almoço, regado por trutas preparadas de diversas formas: defumada, alho e óleo, com molhos de laranja, alcaparras, amêndoas, etc. Localizada no Alto Gasparinho, encravado entre morros e cercado pela Mata Atlântica, o local oferece muita tranquilidade em contato com a natureza. O confeito que comemorou o início das festividades da fundação de Balneário Camboriú celebrado no dia 20 de julho, em mais uma edição da festa que acontece na Rua 3100, fez jus ao desenvolvimento crescente da cidade. Assim que foi montado, o bolo de 46 metros (referência aos 46 anos do município, fundado em 1964), oferecido pelos amigos e comerciantes da via, somou nada menos que 1,2 toneladas de ingredientes, sendo 450 quilos de farinha, outros 450 quilos de açúcar e ovos. A solenidade do corte do bolo, coordenada por Arnaldo Santana Filho, um dos realizadores da festa, contou com a presença do prefeito Edson Renato Dias (o Piriquito), a primeira-dama Sabrina Schimidt, o presidente do Legislativo, Moacir Schimidt, vereadores, secretários municipais, rainha e princesa da Melhor Idade, além da comunidade e amigos em geral. FAzENDA PARK HotEL É o maior hotel fazenda da região e tem um importante destaque turístico no Brasil, devido à sua completa estrutura de lazer, com trilhas ecológicas, atividades em contato com a natureza, passeios em geral, piscinas normais e térmicas, quadras esportivas, bem como uma culinária típica e caseira. Mais informações em: CERVEJARIA DAs BIER A primeira cervejaria do município possui um projeto arquitetônico arrojado e único entre as cervejarias do país. A Das Bier destaca-se turisticamente devido ao estilo arquitetônico, a gastronomia típica alemã e pelo chope que produz, que é artesanal. Em anexo à cervejaria, há o Schmitt Pesca e Lazer (pesque e pague) com diversas lagoas, pedalinho e espaço para lazer e happy hour. Mais informações em A cerveja artesanal é o destaque na Das Bier. A Maravilha do Atlântico Sul A festa teve ainda pula-pula, pintura de rosto e escorregador de ar que divertiram a criançada, atividades com cães, sorteio de brindes obtidos junto ao comércio da via e imediações, doces e refrigerantes de graça, o que garantiu a animação das famílias presentes. Os moradores da cidade e quem visitou a Capital Catarinense do Turismo durante o seu aniversário, tiveram como presente o tempo firme, sol forte e temperaturas na casa dos 20 graus. LUIs EDUARDo schramm 14 - Informativo Agente Urgente Julho / Agosto 2010

15

16 Revitalização dá nova vida ao Parque Estadual do Monge Retirada das espécies exóticas fez com que o parque, por segurança, fosse fechado. Uma das jóias de maior potencial turístico do Paraná, o Parque Estadual do Monge, na Lapa, será revitalizado. É o que prometem a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema) e o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que encabeçam um projeto para melhorar as condições para visitação do local e também para torná-lo referência ambiental. O parque é considerado um dos pontos turísticos mais importantes da região por atrair religiosos de todo o país. A previsão dos órgãos é que sejam investidos cerca de R$ 6 milhões, incluindo a retirada das espécies florestais exóticas. Estamos trabalhando para melhor proteção do ambiente e melhor aproveitamento de lazer e educação ambiental dos visitantes, diz o secretário estadual de Meio Ambiente, Jorge Augusto Callado Afonso. Segundo a Sema, cerca de 80% das espécies exóticas já foram retiradas do parque como parte do Programa Estadual de Erradicação de Espécies Exóticas Invasoras nas Unidades de Conservação, que o IAP desenvolve desde Para a retirada das madeiras e demolições das obras que já existiam no local o parque foi temporariamente fechado. Mas, recentemente, atendendo um pedido do governador Orlando Pessuti, o local foi reaberto para atendimento a romeiros vindos de outros estados, através de visitas acompanhadas por monitores do IAP e com acesso restrito. O manejo inadequado aplicado ao parque durante anos causou danos. Como representantes dos órgãos ambientais, não poderíamos permitir que as visitas permanecessem desordenadas, colocando em risco o ambiente natural, explica o presidente do IAP, José Volnei Bisognin. Já as obras de melhorias na infra-estrutura do parque começaram em outubro. Entre as mudanças previstas está a inclusão de um Centro de Visitantes, no qual serão feitas orientações aos turistas, o espaço denominado Visitação Religiosa, onde ficará o Espaço Monge, com A Gruta do Monge, que na verdade é uma escarpa, deu nome ao parque. uma área reservada para deixar objetos e velas pelos fiéis. A chefa do departamento de unidades de conservação do IAP, Maria do Rocio Lacerda Rocha, explica que o prazo previsto para o término das obras e revitalização não puderam ser cumpridos por causa dos trâmites burocráticos e os prazos legais estabelecidos na administração pública. Em algumas situações, as condições climáticas também foram desfavoráveis. A previsão de reabertura do parque é fevereiro de PARQUE EstADUAL Do MoNGE Possui 370 hectares e foi criado em A cada final de semana, a área recebe mais de mil visitantes. São pessoas atraídas pela Gruta do Monge, pela contemplação dos animais silvestres e da beleza, cenário que se apresenta do alto da Escarpa. Localizado a mil metros acima do nível do mar, o parque está assentado sobre a formação do arenito furnas, dando-lhe característica especial de formações rochosas (paredões e escarpas). São nestas escarpas rochosas que se formam reentrâncias e ressaltos horizontais, dos quais uma delas é conhecida por Gruta do Monge, que deu nome ao parque Informativo Agente Urgente Julho / Agosto 2010 DENIs FERREIRA NEtto DENIs FERREIRA NEtto

17 Temporada 2010/2011 terá 20 navios na costa brasileira A temporada de cruzeiros marítimos 2010/2011 na costa brasileira começa no dia 3 de outubro. Serão 20 navios, dois a mais que na temporada anterior, que ficarão no litoral do país até maio de Há roteiros de três e quatro noites e outros maiores, como os de sete, oito, nove e dez noites. Alguns cruzeiros incluem Buenos Aires, Montevidéu e Punta del Este e quem planeja a viagem com antecedência sai ganhando, pois pode aproveitar as promoções e pagar com prazo maior. O primeiro passo para aproveitar um cruzeiro é fazer a escolha correta. Isso significa se informar sobre o perfil dos passageiros. A faixa etária também é importante. Cruzeiros com programação comandada por DJs de música eletrônica concentram alta porcentagem de jovens e, assim, as festas não terminam antes do amanhecer, logo não são os mais recomendados para quem viaja com as crianças. Os cruzeiros temáticos, como os que ressaltam a alta gastronomia, inclusive com cursos e palestras, são uma boa dica para os gourmets, mas não para os que controlam a alimentação e se preocupam com o corpo. Para quem valoriza a qualidade de vida e é ligado em ginástica, vale embarcar num cruzeiro que tem ambos como tema. Para os que curtem dança, há cruzeiros com aulas de todos os ritmos na programação. E há, ainda, os tradicionais cruzeiros musicais, um com show de Roberto Carlos e outro com os irmãos Zezé di Camargo e Luciano. Para conhecer todas as opções de roteiros, basta entrar no site de cada empresa ou consultar um agente de viagens. Neste caso, o importante é a pessoa informar para onde tem vontade de viajar, em qual época, disponibilidade de tempo e dinheiro e suas preferências em lazer, para escolher a programação mais adequada ao seu perfil. A diversidade de roteiros é muito grande, então basta ter atenção para fazer uma viagem inesquecível. Por exemplo, quem quer aproveitar o fim de semana num cruzeiro de três noites, para relaxar com a família, talvez se sinta incomodado com a predominância de determinado estilo musical, diz Ricardo Amaral, presidente da Abremar Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos. Embora nunca percam seu charme, os cruzeiros estão mais informais, mas na bagagem é sempre bom incluir um traje mais fino para o jantar do comandante. Cruzeiros mais longos têm, em geral, duas noites especiais. Durante o dia, o cruzeiro marítimo pede roupas leves e informais. Trajes de banho e piscina, bermudas e calçados confortáveis, assim como óculos escuros e um boné ou chapéu com viseira são imprescindíveis, revela Amaral. DIVULGAÇÃo DIVULGAÇÃo DIVULGAÇÃo MSC Armonia, da MSC Cruzeiros. Splendour of the Seas, da Royal Caribbean Brasil. Costa Serena, da Costa Cruzeiros. Julho / Agosto 2010 Informativo Agente Urgente - 17

18 O futuro do turismo par A partir de 1.º de janeiro de 2011, o Paraná terá um novo governador. O turismo, apesar da importância que representa para a economia, cultura e desenvolvimento de um estado, poucas vezes entra na pauta das promessas e discussões das campanhas. Dessa forma, a Agente Urgente assumiu a tarefa de entrevistar os dois principais candidatos ao governo estadual para conhecer quais são as suas principais propostas, além de buscar saber seus pontos de vista sobre temas sensíveis para o desenvolvimento do trade no Paraná. Cada um dos dois candidatos recebeu a mesma lista de perguntas. A Agente Urgente decidiu publicar as respostas na íntegra, devido à importância do debate e por considerar que a entrevista serve como um documento público, que pode servir para cobrança de compromissos do próximo governador. Beto Richa (PSDB) Coligação Novo Paraná PRoPostAs Meu primeiro objetivo é atrair empreendimentos turísticos significativos para o Paraná, atuando em sinergia com o governo federal, as prefeituras e o setor privado, garantindo a segurança jurídica dos contratos celebrados, o que não ocorre hoje. Isso é fundamental para que o setor funcione como fomentador de inclusão social, geração de emprego e renda, especialmente o ecoturismo, que além do potencial de geração de emprego e renda, contribui para a conservação dos diversos biomas e ecossistemas presentes no estado. Todas as regiões do Paraná, sem exceção, têm potencialidades turísticas e serão contempladas num plano regional de desenvolvimento do turismo. De acordo com as características de cada região, vamos incentivar o turismo nas suas várias modalidades: turismo religioso, rural, gastronômico, de inverno, histórico-cultural, ecológico, de eventos e negócios ou de saúde e bem-estar. Turismo dirigido à terceira idade e aos jovens, às famílias e aos homens e mulheres de negócios. Por fim, mas não menos importante, vamos fazer do Paraná uma marca forte no turismo, de maior amplitude internacional, com capacitação profissional, atração de investimentos e divulgação do nosso produto turístico, que é variado e muito atraente. NAVIos DE CRUzEIRo EM PARANAGUÁ É perfeitamente possível, do ponto de vista físico e estrutural, Paranaguá ter um berço de atracação de navios de cruzeiro. A obra deve ser acompanhada de um detalhado plano de trabalho de divulgação do estado, em parceria com o trade turístico, com ampla divulgação junto às agências e aos operadores. É fundamental que o turista que desembarque em Paranaguá fique mais tempo no Paraná, que tenha opções de conhecer nosso litoral, suba a serra e vá a Foz do Iguaçu, Vila Velha ou ao cânion Guartelá, por exemplo, sem falar em muitos outros lugares. E que tenha roteiros alternativos à sua disposição. AERoPoRtos Dos mais de R$ 5 bilhões que serão investidos pelo governo federal nos aeroportos de cidades que sediarão jogos da Copa do Mundo, apenas R$ 70 milhões serão destinados ao aeroporto de Curitiba. Isso é discriminação. Foz do Iguaçu, Londrina e Maringá também precisam de novos investimentos, mas não são os únicos. O estado precisa de aeroportos regionais no Norte, Oeste, Sudoeste e Noroeste. Como governador, vou unir as nossas bancadas federais, juntamente com a representação de empresários e trabalhadores, e lutar em Brasília para que o governo federal dê ao Paraná a devida importância, repasse ao estado os investimentos, recursos e transferências que são de direito. É dever do governador usar a liderança inerente ao cargo para reverter esta situação. LItoRAL Vamos investir na infraestrutura do litoral, o que não é feito há muitos anos. Isso inclui o saneamento, a saúde, para dar mais qualidade de vida à população local, e a infraestrutura viária e urbana. Envolve, ainda, a criação de novas opções de lazer, como esportes e passeios náuticos, o turismo ambiental no litoral norte que pode incluir a observação de pássaros, e o turismo de bem-estar, dirigido à terceira idade. Meu plano de governo enfatiza, ainda, a fixação de um calendário anual de eventos para o litoral, abrangendo Paranaguá, Antonina e Morretes. turismo CULtURAL E REABERtURA DA PEDREIRA PAULo LEMINsKI Curitiba já registra mais de 3 milhões de visitantes por ano, e esse número vem crescendo anualmente. A Pedreira Paulo Lemimski foi fechada por determinação do Ministério Público, mas há inúmeras alternativas para quem viaja a Curitiba para se divertir, seja com música, teatro, dança, etc. Contudo, o turismo cultural não pode ficar restrito à capital. O litoral tem opções associadas ao artesanato, à arquitetura e à religião, que precisam ser devidamente encorajadas. Os Campos Gerais têm uma história e um patrimônio arquitetônico, além da gastronomia, que merecem ser melhor conhecidos. O Norte Pioneiro e outras áreas do Paraná podem e devem investir no turismo do café. A Lapa, com o centenário Theatro São João. Siqueira Campos tem uma das maiores e mais tradicionais festas religiosas do país, que visitei neste ano. Enfim, as alternativas são muitas e merecem uma atenção e um planejamento mais meticulosos. Julho / Agosto 2010

19 anaense em debate Osmar Dias (PDT) Coligação A União Faz Um Novo Amanhã PRoPostAs O turismo é uma das atividades econômicas que mais crescem no mundo e que mais geram postos de trabalho. De 2003 a 2009, a receita em dólares gerada pelos estrangeiros que visitam o Brasil cresceu 114%, passando de US$ 2,47 bilhões para US$ 5,3 bilhões. E o Paraná espera contribuir mais com esse crescimento. Mas, para que isso aconteça, precisa dotar-se de infraestrutura. São necessários investimentos, a fim de que o turismo consiga gerar emprego e renda o ano inteiro. Há possibilidade de desenvolver ideias viáveis e com pensamento de longo prazo, para perenizar a atividade turística em todas as regiões do estado. O Corredor Fluvial, por exemplo, é um projeto que visa ao aproveitamento e preservação da bacia fluvial paranaense, com a recuperação das matas ciliares, que beneficiará todos os municípios por onde passam os rios Iguaçu, Tibagi, Piquiri, Ivaí, Paraná e Paranapanema com turismo ecológico, de pesca e de aventura. E não podemos nos esquecer de projetos turísticos interessantes como o Caminho do Itupava, antiga trilha dos tropeiros, e o Caminho do Peabiru, dos antigos indígenas, que pretende seguir os rumos do mundialmente famoso Caminho de Santiago de Compostela, no norte da Espanha. Há, ainda, projetos turísticos para a Serra da Graciosa, as festas regionais, culturais e de colheita, além dos rodeios e festas religiosas. Além de incentivar esses novos projetos turísticos, queremos reforçar as atividades turísticas de Foz do Iguaçu, com o objetivo da melhoria contínua, bem como o turismo de negócios nas cidades médias e na capital, por ser uma categoria de turismo que gera mais riqueza, levando-se em conta o gasto médio diário por turista. E não podemos deixar de lado o turismo do litoral. Por meio de processos de gestão, vamos revisar a estrutura organizacional e legal do turismo; adotar critérios mínimos para exercício da atividade; profissionalizar e capacitar agentes do turismo; elaborar planejamento setorial de longo prazo; estruturar a captação de recursos; apoiar a adequação de equipamento, infraestrutura e empreendimentos turísticos. Na questão da promoção turística, queremos fomentar parcerias municipais e empresariais na área; realizar estudos e pesquisas turísticas; elaborar agenda turística participativa e calendário oficial de evento; promover incentivos e segurança ao turista; atrair eventos técnicos, esportivos e culturais; valorizar identidades turísticas, histórias e culturas regionais; e divulgar as potencialidades locais (Cataratas, Vila Velha, Guartelá, Floresta Atlântica, Araucárias e outras). Também vamos adequar e desenvolver produtos de turismo ecológico, cultural, gastronômico, de negócios, da terceira idade, religioso e outros; dinamizar atividades turísticas no Litoral, Costa Oeste, Campos Gerais, Região Metropolitana de Curitiba e demais regiões turísticas. NAVIos DE CRUzEIRo EM PARANAGUÁ O Corredor de Turismo, a exemplo do Corredor de Exportação, modernizará ainda mais o Porto de Paranaguá com infraestrutura necessária para receber os turistas dos grandes transatlânticos, com a construção de um píer dedicado a esse tipo de embarcação que costuma trazer, cada uma, cerca de dois mil turistas de alto poder aquisitivo. Tratase de um projeto ambicioso e caro, com custo estimado em R$ 35 milhões, e que já foi encaminhado para ser incluído no PAC 2 do governo federal. Eu mesmo estive com a candidata Dilma para pedir a inclusão do projeto nas prioridades do governo federal, caso ela seja eleita. Ela se mostrou muito simpática à ideia. Meu compromisso é fazer com que o Escritório de Representação do Paraná, que no meu governo será um escritório de apoio a projetos às prefeituras, conte com uma estrutura especialmente dedicada para tornar este projeto em particular uma realidade. AERoPoRtos As mudanças já estão acontecendo. O PAC dos aeroportos foi assinado em julho último pelo presidente Lula e prevê R$ 72,8 milhões para melhorias no terminal de passageiros e entorno viário, instalação de equipamentos e construção da terceira pista do aeroporto. As obras devem ser finalizadas até dezembro de 2012, para a Copa das Confederações que será realizada em Em Foz do Iguaçu, vamos lutar pela antecipação do cronograma de obras da reforma interna, ampliação e climatização do terminal de passageiros, reforma e ampliação de pistas e pátios e modernização de complexo logístico (Terminal de Cargas). Já em Cascavel, meu compromisso é acelerar as obras previstas no convênio firmado entre o Governo do Paraná e a prefeitura de Cascavel no valor de R$ 5,6 milhões para a ampliação da pista de pouso e decolagem do aeroporto municipal. O DER entrará com R$ 3,7 milhões e a prefeitura dará a contrapartida de R$ 1,8 milhão. A pista será ampliada em 115 metros de comprimento (de para 1.730) e 15 metros de largura (passando de 30 para 45 metros). Para o aeroporto de Maringá, o Governo do Paraná já liberou, no final de junho, R$ 2,9 milhões para a ampliação do estacionamento das aeronaves. Nossa proposta é liberar outros recursos para melhorar a infraestrutura aos passageiros. Em Londrina, iremos reivindicar que as obras de ampliação da pista aconteçam o quanto antes. No ano passado, acompanhei o prefeito de Londrina, Barbosa Neto, na solenidade de assinatura dos convênios federais com o aeroporto da cidade, que deram início aos estudos de viabilidade técnica para a ampliação da pista em 700 metros e a instalação do ILS, equipamento que permite pousos e decolagens por instrumentos, quando há pouca visibilidade na pista. Essa ampliação do aeroporto de Londrina é importante porque vai permitir que cerca de 90% dos voos, que hoje são cancelados rotineiramente por causa do mau tempo, possam pousar e decolar sem problemas. LItoRAL O Paraná tem praias belíssimas e não pode perder tantos turistas para os estados vizinhos. Precisamos reforçar a cultura turística, para que as cidades litorâneas não tenham somente dois meses por ano de turismo intenso. Será preciso investimentos e inovação. Para que isso se torne realidade, temos como proposta a revitalização e capitalização da Agência de Fomento ao Turismo, que irá possibilitar microcrédito e outras formas de financiamento para trabalhadores, mulheres, jovens, cooperativas de trabalhadores, micro e pequenos empresários, além de apoio para projetos de captação de recursos junto ao governo federal e outros organismos. Essas ações vão ajudar a movimentar a economia turística do litoral. Evidentemente, a infraestrutura será fundamental e, para isso, vamos recorrer ao governo federal e agências internacionais de desenvolvimento. turismo CULtURAL E REABERtURA DA PEDREIRA PAULo LEMINsKI Vamos respeitar o que é feito pela nossa gente. As manifestações culturais do Paraná têm que ser mais valorizadas. No Senado, fui, por dois anos, presidente da Comissão de Educação e Cultura, e ajudei a adequar as empresas culturais no Simples, lei aprovada que reduziu a carga tributária de produções culturais de 17,5% para 6%. Aprovada em 2009, a lei complementar beneficia empresas da área com faturamento de até R$ 120 mil ao ano, mas alcança até as que faturam R$ 2,4 milhões, com alíquotas adequadas. No Paraná, queremos estimular a criação de uma nova lei de incentivo à cultura no estado. A proposta partirá dos moldes da Lei Vanhoni, vigente em Curitiba, e do projeto do deputado Vanhoni, que parou na Assembleia Legislativa. Sei que os projetos culturais quase sempre esbarram na falta de recursos. E para contornar isso, além de lei específica, serão criadas novas formas de incentivo às empresas que investirem na área. Para conseguir orçamento, vamos discutir mecanismos para aplicar melhor a Lei Rouanet, que é federal. Quanto à reabertura da Pedreira Paulo Leminski, sou simpático à tentativa de negociação que está sendo liderada pelo vereador Jonny Stica (PT-PR) em conjunto com empresários de eventos artísticos, estudantes e comerciantes do bairro Abranches para reabrir o local. A Pedreira é um dos melhores locais do país para a realização de shows e, fechada, traz prejuízos para a classe artística, para a cultura e a economia de Curitiba. É incrível que o poder público municipal tenha deixado um espetacular espaço cultural inativo por tanto tempo. O que estiver ao alcance do governo estadual para reabrir a Pedreira Paulo Leminski será feito. Julho / Agosto 2010

20 O grande evento do turismo do Paraná Realizado nos dias 9 e 10 de abril, no Estação Convention Center, o 16 Salão Paranaense de Turismo, realizado pela ABAV-PR, superou todas as expectativas, registrando crescimento de 5% nos espaços comercializados. A feira contou com 169 estandes e 300 marcas expositoras de agências de viagens, operadoras, empresas hoteleiras, companhias aéreas, locadoras de veículos, seguradoras, destinos, companhias de cruzeiros marítimos e prestadoras de serviços turísticos do Brasil, da América Latina e da Europa. Ao todo, agentes de viagens, expositores e profissionais do trade movimentaram a Feira de Negócios e a 6ª Mostra de Regiões Turísticas do Paraná nos dois dias de evento. Cerca de 420 agentes vieram ao evento nas caravanas da ABAV-PR. A programação técnica do 16 Salão Paranaense de Turismo destacou diversas palestras e minicursos gratuitos, voltados para a capacitação profissional, aproveitamento de soluções disponíveis no mercado e apresentação de projetos e destinos. O destaque ficou por conta da palestra A Fantástica Volta ao Mundo com o jornalista e apresentador de TV Zeca Camargo, que se apresentou para um auditório lotado com quase 800 profissionais de turismo. A programação de palestras ainda destacou minicursos da Embratur ( Plano Aquarela ) e do Google ( O Mundo Está Mudando, a Comunicação já Mudou. E como Você Vai Aproveitar as Novas Oportunidades?), além das apresentações Atacama aos Olhos do Cliente, com Elaine Schneider e João Carlos Parra, da Orion Turismo; Quatro Estações para se Encantar com o Canadá, com Lucky Schnitzer, da Personal Brasil; e Descubra a Patagônia Argentina ao Sabor do Tango, com a Green Peace Operadora. Muitas autoridades prestigiaram o evento, como o governador Orlando Pessuti, que visitou vários estandes do A palestra de Zeca Camargo foi o principal destaque da edição 2010, lotando o auditório com mais de 800 espectadores. Perla Fernandes (Rio Quente Resorts) e os jornalistas Luiz Júlio Zaruch e Júlio Cesar Rodrigues, no jantar da imprensa. José Roberto Ghisi, Celso Caron, Orlando Pessut, Celso Tesser e Antonio Azevedo encontram-se durante o evento. evento ao lado de Celso Tesser, presidente da ABAV-PR. A solenidade de abertura do Salão teve a presença do senador Flávio Arns (PSDB-PR), do deputado federal Eduardo Sciarra (DEM- PR), do Secretário Estadual de Turismo na época, Celso Caron, da presidente do Instituto Municipal do Turismo, Juliana Vosnika, do presidente da Fecomércio, Darci Piana, além de representantes de instituições e presidentes das ABAVs regionais. Tiago Luz ministrou palestra O Mundo Está Mudando, a Comunicação já Mudou, sobre o Google. A solenidade de abertura do Salão Paranaense de Turismo contou com a presença de autoridades e representantes ABAV-PR. Roberto Bacovis conversa com Eliane Pucciariello (dir. geral Brasil/Aerolíneas Argentinas) e Ivan Cadahi (ger. com. São Paulo/Aerolíneas) Informativo Agente Urgente Julho / Agosto 2010

Dispomos de filiais em Natal/RN, bairro de Ponta Negra.

Dispomos de filiais em Natal/RN, bairro de Ponta Negra. Quem Somos? Atua há 22 anos firmada no mercado como agência especializada na negociação, planejamento, divulgação e execução das atividades turísticas. Empresa esta, devidamente cadastrada pelos órgãos

Leia mais

ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO

ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO MTUR/DEAOT/CGQT Campinas, 20 de março de 2010 ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO POLÍTICAS DE INCENTIVO AO TURISMO NORMATIZAÇÃO DE CAMPINGS COPA DO MUNDO E OLIMPÍADAS REGISTRO

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA VIAGENS E TREINAMENTO Data - 24/04/2015. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade

PROCEDIMENTO PARA VIAGENS E TREINAMENTO Data - 24/04/2015. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade FL. 01 / 08 1 OBJETIVO Este documento tem como objetivo estabelecer critérios para a emissão de bilhete de passagem aérea, reserva de hotel e locação de veículos para Serviço e/ou Treinamento em âmbito

Leia mais

DESTINO IGUASSU PLANO DE PATROCÍNIO 2014

DESTINO IGUASSU PLANO DE PATROCÍNIO 2014 DESTINO IGUASSU Com atrativos turísticos conhecidos internacionalmente, uma diversidade de mais de 70 etnias e roteiros de ecoturismo e aventura, o Destino Iguaçu promove o encontro geográfico e cultural

Leia mais

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL Trabalho apresentado no III ENECULT Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, realizado entre os dias 23 a 25 de maio de 2007, na Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. METODOLOGIA

Leia mais

TÉCNICO EM HOSPEDAGEM

TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Imagens para explicar que às vezes o turista quer um lugar simples, no meio da natureza para descansar, basta estar limpo, asseado e arejado, nem todos querem luxo, existe vários perfis de clientes.(grifo

Leia mais

Bourbon Hotéis & Resorts

Bourbon Hotéis & Resorts Bourbon Hotéis & Resorts O jeito brasileiro de hospedar Mais que um conceito, é a principal filosofia da Bourbon Hotéis & Resorts. Desde 1963 administrando empreendimentos hoteleiros, conta atualmente

Leia mais

MANUAL DA AVIAÇÃO Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016

MANUAL DA AVIAÇÃO Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 MANUAL DA AVIAÇÃO Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 Pela primeira vez, o setor de aviação está lançando todas as diretrizes operacionais com mais de 300 dias de antecedência, o que contribui decisivamente

Leia mais

Bourbon Hotéis & Resorts

Bourbon Hotéis & Resorts Bourbon Hotéis & Resorts O jeito brasileiro de hospedar Mais que um conceito, é a principal filosofia da Bourbon Hotéis & Resorts. Desde 1963 administrando empreendimentos hoteleiros, conta atualmente

Leia mais

PROJETO: 8 - AMPLIAÇÃO DA REDE HOTELEIRA PARA COPA DO MUNDO 2014.

PROJETO: 8 - AMPLIAÇÃO DA REDE HOTELEIRA PARA COPA DO MUNDO 2014. PROJETO: 8 - AMPLIAÇÃO DA REDE HOTELEIRA PARA COPA DO MUNDO 2014. Objetivo: Acompanhar trabalhos de ampliação do número de leitos na rede hoteleira na cidade de Curitiba. Justificativa: A cidade de Curitiba

Leia mais

A decolagem do turismo

A decolagem do turismo A decolagem do turismo OBrasil sempre foi considerado detentor de um enorme potencial turístico. Em 1994, no entanto, o país recebeu menos de 2 milhões de turistas internacionais, um contingente que, na

Leia mais

Room Tax/Doação para o Turismo ganha mascote Ação do CCVB pretende sensibilizar hóspedes e funcionários de hotéis

Room Tax/Doação para o Turismo ganha mascote Ação do CCVB pretende sensibilizar hóspedes e funcionários de hotéis 9 de maio de 2014 Room Tax/Doação para o Turismo ganha mascote Ação do CCVB pretende sensibilizar hóspedes e funcionários de hotéis Como a Room Tax/Doação para o Turismo é uma contribuição nacional, o

Leia mais

PANORAMA DOS MERCADOS Sul-Americanos

PANORAMA DOS MERCADOS Sul-Americanos Boletim PANORAMA DOS MERCADOS Sul-Americanos Edição nº 1 Julho/2015 Coordenação Geral de Mercados Americanos/Asiático - CGMA Diretoria de Mercados Internacionais - DMINT Apresentação A série Boletim Panorama

Leia mais

www.proconrj.gov.br milhas.indd 1 26/05/2014 10:59:40

www.proconrj.gov.br milhas.indd 1 26/05/2014 10:59:40 www.proconrj.gov.br milhas.indd 1 26/05/2014 10:59:40 1 - Quem é Consumidor? Consumidor é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final (Art. 2º do Código

Leia mais

Bourbon Hotéis & Resorts

Bourbon Hotéis & Resorts Bourbon Hotéis & Resorts O jeito brasileiro de hospedar Mais que um conceito, é a principal filosofia da Bourbon Hotéis & Resorts. Desde 1963 administrando empreendimentos hoteleiros, conta atualmente

Leia mais

Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015

Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015 Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015 Fecomércio AM e PMM debatem obras e mobilidade urbana para os jogos olímpicos de 2016 Meio: Site G1 Amazonas Editoria:-- Hora: 20h18 Data:4/8/2015

Leia mais

Bourbon Hotéis & Resorts

Bourbon Hotéis & Resorts Bourbon Hotéis & Resorts O jeito brasileiro de hospedar Mais que um conceito, é a principal filosofia da Bourbon Hotéis & Resorts. Desde 1963 administrando empreendimentos hoteleiros, conta atualmente

Leia mais

Bourbon Hotéis & Resorts

Bourbon Hotéis & Resorts Bourbon Hotéis & Resorts O jeito brasileiro de hospedar Mais que um conceito, é a principal filosofia da Bourbon Hotéis & Resorts. Desde 1963 administrando empreendimentos hoteleiros, conta atualmente

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014

INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014 INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014 Por Milton Karam 06.outubro.2010 COPA FIFA 2014 CRONOLOGIA 2003 03 de junho - a Confederação Sul-Americana de Futebol CONMEBOL anuncia Argentina, Brasil e Colômbia 2006

Leia mais

A revista Segue Viagem é uma publicação bimestral, um indicador de tendências em turismo. Recheada de informações úteis, sugestões de locais e

A revista Segue Viagem é uma publicação bimestral, um indicador de tendências em turismo. Recheada de informações úteis, sugestões de locais e A revista Segue Viagem é uma publicação bimestral, um indicador de tendências em turismo. Recheada de informações úteis, sugestões de locais e hospedagens no Brasil e no mundo, também revela dicas valiosas

Leia mais

Bourbon Hotéis & Resorts

Bourbon Hotéis & Resorts Bourbon Hotéis & Resorts O jeito brasileiro de hospedar Mais que um conceito, é a principal filosofia da Bourbon Hotéis & Resorts. Desde 1963 administrando empreendimentos hoteleiros, conta atualmente

Leia mais

Modelos de Gestão para o Crescimento de sua Empresa. Nova York, 12 a 21/setembro/2014

Modelos de Gestão para o Crescimento de sua Empresa. Nova York, 12 a 21/setembro/2014 Modelos de Gestão para o Crescimento de sua Empresa Nova York, 12 a 21/setembro/2014 1. Por que devo participar? Conhecer experiências internacionais é uma das mais eficazes formas de expandir os horizontes

Leia mais

Jornal do Brasil - O primeiro jornal brasileiro da internet

Jornal do Brasil - O primeiro jornal brasileiro da internet 1 de 8 7/6/2010 13:48 ir direto para o conteúdo buscar notícias ir direto para as editorias Jornal do Brasil - O primeiro jornal brasileiro da internet Capa País Rio Economia Internacional Esportes Ciência

Leia mais

SLCVB participa de feiras internacionais

SLCVB participa de feiras internacionais SLCVB participa de feiras internacionais O superintendente do São Luís Convention & Visitors Bureau, Liviomar Macatrão, e o presidente do São Luís Convention & Visitors Bureau, Nan Souza, embarcaram nesta

Leia mais

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ (A) Teresina; (B) Cajueiro da Praia; (C) Luis Correia; (D) Parnaíba; (E) Ilha Grande Rota das Emoções: Jericoacoara (CE) - Delta (PI) - Lençóis Maranhenses (MA) Figura

Leia mais

Direito do Consumidor Turista. Seja muito bem-vindo ao Estado do Paraná

Direito do Consumidor Turista. Seja muito bem-vindo ao Estado do Paraná Direito do Consumidor Turista Seja muito bem-vindo ao Estado do Paraná No Brasil os direitos do consumidor são regulamentados pelo Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8078/90). A lei é aplicada quando

Leia mais

Eventos Bourbon Mais de 26.000 m 2 em área de convenções

Eventos Bourbon Mais de 26.000 m 2 em área de convenções Eventos Bourbon Mais de 26.000 m 2 em área de convenções Com 14 empreendimentos na América Latina, possui a maior estrutura de convenções em hotéis no Brasil com mais de 12.000 m 2, e é gestora do maior

Leia mais

F O Z D O I G U A Ç U GESTÃO INTEGRADA DO TURISMO

F O Z D O I G U A Ç U GESTÃO INTEGRADA DO TURISMO F O Z D O I G U A Ç U GESTÃO INTEGRADA DO TURISMO O TURISMO É UMA ATIVIDADE... Sensível Dinâmica Competitiva IMAGEM Imagem é o nosso patrimônio. NOVA IMAGEM DE FOZ Agenda positiva Mídia espontânea Calendário

Leia mais

Bourbon Hotéis & Resorts

Bourbon Hotéis & Resorts Bourbon Hotéis & Resorts O jeito brasileiro de hospedar Mais que um conceito, é a principal filosofia da Bourbon Hotéis & Resorts. Desde 1963 administrando empreendimentos hoteleiros, conta atualmente

Leia mais

UMA. Publicação RIC EDITORA A MAIOR EDITORA DE SANTA CATARINA VERÃO 2014/2015 REVISTA 4ª EDIÇÃO

UMA. Publicação RIC EDITORA A MAIOR EDITORA DE SANTA CATARINA VERÃO 2014/2015 REVISTA 4ª EDIÇÃO UMA Publicação RIC EDITORA A MAIOR EDITORA DE SANTA CATARINA VERÃO 2014/2015 REVISTA 4ª EDIÇÃO DIVULGAÇÃO DE SANTA CATARINA Apresentação DA REVISTA SHOW ME é um produto inovador no mercado de Santa Catarina.

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL. Mapa de oportunidades para Agências de Viagens

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL. Mapa de oportunidades para Agências de Viagens GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL Mapa de oportunidades para Agências de Viagens O que é ABAV? Entidade empresarial, sem fins lucrativos, que representa as Agências de Viagens espalhadas

Leia mais

FACIM Feira Internacional de Maputo

FACIM Feira Internacional de Maputo FACIM Feira Internacional de Maputo 50ª Edição 25 a 31 de Agosto de 2014 1. Sobre a FACIM Feira Internacional de Maputo A FACIM é uma feira multisetorial com periodicidade anual, e constitui o maior evento

Leia mais

COPA DO MUNDO... 35 E OLIMPÍADA... 35

COPA DO MUNDO... 35 E OLIMPÍADA... 35 APRESENTAÇÃO... 13 INTRODUÇÃO... 15 Fortes transformações...15 Principais desafios...16 Evolução do setor...16 PERSPECTIVAS... 17 E TENDÊNCIAS... 17 Otimismo brasileiro...17 Tarifas dos hotéis...18 Barreiras

Leia mais

PLANO DE AÇÕES NA REGIÃO DO PANTANAL

PLANO DE AÇÕES NA REGIÃO DO PANTANAL Luis Carlos Morente 1 PLANO DE AÇÕES NA REGIÃO DO PANTANAL 1 Gerente de Políticas e Programas de Desenvolvimento do Turismo da Fundação de Turismo, MS - FUNDTUR. Rua desembargador Leão Neto do Carmo, s/nº,

Leia mais

Turismo de (bons) negócios. 26 KPMG Business Magazine

Turismo de (bons) negócios. 26 KPMG Business Magazine Turismo de (bons) negócios 26 KPMG Business Magazine Segmento ganha impulso com eventos internacionais e aumento da demanda interna Eventos mobilizaram mais de R$ 20,6 bilhões em 2011 A contagem regressiva

Leia mais

PROGRAMA BENCHMARKING EM TURISMO 2010

PROGRAMA BENCHMARKING EM TURISMO 2010 PROGRAMA BENCHMARKING EM TURISMO 2010 PROGRAMA BENCHMARKING EM TURISMO Iniciativa: SEBRAE, Ministério do Turismo e EMBRATUR Parceira Executora: ABAV PROGRAMA BENCHMARKING EM TURISMO O Programa tem como

Leia mais

Manaus - AM 5 Dias 4 Noites

Manaus - AM 5 Dias 4 Noites Manaus - AM 5 Dias 4 Noites Operador: Schultz Pacotes Nacionais Dias de Saída na Semana Moeda: R$ Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom Dias Limite para Venda: 0 X X X X X X X Quantidade mínima de passageiros por

Leia mais

Roteiro em Foz do Iguaçu-PR / Argentina / Paraguai. 4 noites e 4 dias

Roteiro em Foz do Iguaçu-PR / Argentina / Paraguai. 4 noites e 4 dias Roteiro em Foz do Iguaçu-PR / Argentina / Paraguai 1º) Dia 16-01-13 (Traslado Aeroporto / Hotel) Chegada ao Hotel. 4 noites e 4 dias À noite Livre. Sugestão: (Um passeio na Av. Brasil, que fica próximo

Leia mais

VIAJE LEGAL. www.viajelegal.turismo.gov.br

VIAJE LEGAL. www.viajelegal.turismo.gov.br Aqui você encontra dicas para viajar sem problemas. Afinal, uma viagem legal é aquela que traz boas recordações. Palavra do Ministro Prezado leitor, O turismo é uma atividade que envolve expectativas e

Leia mais

Missão Empresarial BATIMAT 2013

Missão Empresarial BATIMAT 2013 Missão Empresarial BATIMAT 2013 Paris/França De 01 a 10 de novembro de 2013 A Missão Empresarial destinada ao Salão Internacional da Construção BATIMAT 2013, esta sendo realizada pela FIESP, por meio do

Leia mais

Para isso aliamos a toda solidez e estrutura da Tastur viagens, os melhores pro ssionais, roteiros e serviços.

Para isso aliamos a toda solidez e estrutura da Tastur viagens, os melhores pro ssionais, roteiros e serviços. A Tastur viagens, empresa consolidada em Franca e Região ha mais de 20 anos traz a você, Agente e Parceiro uma novidade. Tastur Operadora Rodoviário Oferecendo no Mercado de Turismo Rodoviário o que existe

Leia mais

Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH. Roberto Luciano Fagundes Presidente do BHC&VB

Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH. Roberto Luciano Fagundes Presidente do BHC&VB Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH Roberto Luciano Fagundes Presidente do BHC&VB Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH O que é Belo Horizonte Convention & Vistors Bureau

Leia mais

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL Maio de 2009 NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL GRUPO FITTA CÂMBIO E TURISMO Segmento: Câmbio e Turismo Desde 1999, o Grupo Fitta oferece os mais completos produtos de câmbio no Brasil: cartões bandeira

Leia mais

Aéreas terão subsídios para operar rotas já existentes

Aéreas terão subsídios para operar rotas já existentes Fonte: Dr. Renato Kloss Seção: Economia Versão: Online Data: 28/07 Aéreas terão subsídios para operar rotas já existentes Medida do governo deve beneficiar cem linhas rentáveis. Subvenção pode somar R$

Leia mais

MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO

MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO ORLANDO 2013 MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO ORLANDO 2013 A busca pelas melhores práticas que conduzem uma empresa ou instituição à maximização da

Leia mais

PANORAMA DO MERCADO Asiático

PANORAMA DO MERCADO Asiático Boletim PANORAMA DO MERCADO Asiático Edição nº 1 Julho/2015 Coordenação Geral de Mercados Americanos/Asiático - CGMA Diretoria de Mercados Internacionais - DMINT Apresentação A série Boletim Panorama dos

Leia mais

Observatório do Turismo

Observatório do Turismo USUS 2012 Observatório do Turismo Cidade de São Paulo Brasil Turismo no Mundo 9,0% Representatividade no PIB Mundial em 2011 US$ 6,3 TRILHÕES Movimentação Financeira em 2011 980 MILHÕES Viagens no Mundo,

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES. (Do Sr. JÂNIO NATAL) Senhor Presidente,

CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES. (Do Sr. JÂNIO NATAL) Senhor Presidente, COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES REQUERIMENTO N O, DE 2011 (Do Sr. JÂNIO NATAL) Requer a realização de Audiência Pública para debater questões relativas à aviação civil brasileira. Senhor Presidente, Requeiro,

Leia mais

DADOS MINISTERIO DA CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVACAO ÓRGÃO CONCEDENTE MINISTERIO DA CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVACAO

DADOS MINISTERIO DA CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVACAO ÓRGÃO CONCEDENTE MINISTERIO DA CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVACAO DADOS OBJETO DO CONVÊNIO: Apoio à realização de Seminários com o tema Inclusão Social e Inovação para Produção Orgânica : : CNPJ: 01146526000147 UF: PR MODALIDADE: Convênio SITUAÇÃO: Prestação de Contas

Leia mais

ANEXO XXII POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO DE FOZ DO IGUAÇU LEI Nº 4.291, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014.

ANEXO XXII POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO DE FOZ DO IGUAÇU LEI Nº 4.291, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014. ANEXO XXII POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO DE FOZ DO IGUAÇU LEI Nº 4.291, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014. DISPÕE SOBRE A POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO, PREVISTA NO CAPÍTULO X, DO TÍTULO V, DA LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO,

Leia mais

INFORME CNAS Nº 11/2013

INFORME CNAS Nº 11/2013 IX Conferência Nacional de Assistência Social INFORME CNAS Nº 11/2013 Orientações Gerais para participação na IX Conferência Nacional de Assistência Social IX Conferência Nacional de Assistência Social

Leia mais

QUALIDADE EM HOSPEDAGEM AO LADO DO AEROPORTO INTERNACIONAL AFONSO PENA

QUALIDADE EM HOSPEDAGEM AO LADO DO AEROPORTO INTERNACIONAL AFONSO PENA QUALIDADE EM HOSPEDAGEM AO LADO DO AEROPORTO INTERNACIONAL AFONSO PENA Idealizada há mais de 50 anos pela família Vezozzo, a Bourbon Hotéis & Resorts consolida sua atuação no mercado da América Latina,

Leia mais

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República O que o Brasil já ganhou com a Copa COPA DO MUNDO NO BRASIL um momento histórico e de oportunidades A Copa do Mundo é um momento histórico para o Brasil, que vai sediar, em conjunto com as Olimpíadas em

Leia mais

PACOTES DE VIAGENS E PROTEÇÃO DO CONSUMIDOR A NOVA LEI DE AGÊNCIAS DE TURISMO DO BRASIL 1

PACOTES DE VIAGENS E PROTEÇÃO DO CONSUMIDOR A NOVA LEI DE AGÊNCIAS DE TURISMO DO BRASIL 1 PACOTES DE VIAGENS E PROTEÇÃO DO CONSUMIDOR A NOVA LEI DE AGÊNCIAS DE TURISMO DO BRASIL 1 Joandre Antonio Ferraz 2 SUMÁRIO I ANTECEDENTES ESPECÍFICOS II O CÓDIGO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR III

Leia mais

Odebrecht TransPort assume operação do Galeão

Odebrecht TransPort assume operação do Galeão nº 338 agosto 2014 Odebrecht TransPort assume operação do Galeão Odebrecht 70 anos: trajetória em aeroportos Novos serviços para usuários-clientes de água e esgoto Rota do Oeste deve investir R$5,5 bilhões

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951 ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951 A ATIVIDADE TURÍSTICA E O SEGMENTO DE EVENTOS. PERSPECTIVAS DE CRESCIMENTO GRAÇAS À COPA

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO - OPORTUNIDADES Um evento esportivo do porte de uma Copa do Mundo é como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um

Leia mais

11, 12 e 13 de Outubro

11, 12 e 13 de Outubro 11, 12 e 13 de Outubro Caros Escotistas e Dirigentes da Área Nordeste, A Região Escoteira de Alagoas estará recebendo na Cidade de Maceió nos dias 11, 12 e 13 de Outubro, o 9º ENCONTRO NORDESTE DE ESCOTISTAS

Leia mais

Atividades sociais pre -congresso (20 a 23/06/2015) e po s-congresso (28/06 a 01/07/2015):

Atividades sociais pre -congresso (20 a 23/06/2015) e po s-congresso (28/06 a 01/07/2015): Atividades sociais pre -congresso (20 a 23/06/2015) e po s-congresso (28/06 a 01/07/2015): Viagens de 20 a 23/06/2015 ou 28/06 a 01/07/2015 (4 dias) Viagem ao Rio de Janeiro Essa é a oportunidade de conhecer

Leia mais

São Francisco do Sul. Masculino 66% 56% 50% 51% 55% Feminino 34% 44% 50% 49% 45%

São Francisco do Sul. Masculino 66% 56% 50% 51% 55% Feminino 34% 44% 50% 49% 45% 1 2 A FECOMÉRCIO SC, com o intuito de mapear o perfil do turista e do empresário do turismo de carnaval em Santa Catarina, realizou uma pesquisa com esses públicos nas quatro cidades de maior movimento

Leia mais

Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014

Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014 Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014 David Barioni Neto Mar/10 a Jun/11: Presidente Executivo (CEO) da Facility Group S.A. Nov/07 a Out/09: Presidente Executivo (CEO) da TAM Linhas Aéreas

Leia mais

PROAGÊNCIA II. CURSOS EaD EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

PROAGÊNCIA II. CURSOS EaD EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA PROAGÊNCIA II CURSOS EaD EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA 1. NOME DO CURSO: GESTÃO DE EMPRESAS DE AGENCIAMENTO E OPERAÇÕES TURÍSTICAS 2. OBJETIVO: o curso visa envolver os profissionais nos seguintes assuntos: - as

Leia mais

BOLETIM 1 BOLETIM 1. Versão 1.3-9/9/15. Versão 1.3-9/9/15

BOLETIM 1 BOLETIM 1. Versão 1.3-9/9/15. Versão 1.3-9/9/15 BOLETIM 1 1 22º Congresso Nacional Escoteiro 21º BOLETIM Fórum Nacional de Jovens 1 Líderes 23ª Reunião Ordinária da Assembleia Nacional Campo Grande (MS) 21 a 23 de abril de 2016 BOLETIM 1 Informações

Leia mais

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Objetivo: A presente norma tem por objetivo formalizar e agilizar os pedidos de diária e passagem a serviço da entidade bem como

Leia mais

Fortaleza - CE 5 Dias 4 Noites

Fortaleza - CE 5 Dias 4 Noites Fortaleza - CE 5 Dias 4 Noites Operador: Schultz Pacotes Nacionais Dias de Saída na Semana Moeda: R$ Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom Dias Limite para Venda: 10 X X X X X X X Quantidade mínima de passageiros

Leia mais

Fam Tours Press Trips. Cliente Oculto

Fam Tours Press Trips. Cliente Oculto Embarque na Viagem Seu portal de Turismo, Lazer, Entretenimento e Gastronomia. Media Kit 2013 Notícias Fam Tours Press Trips Redes Sociais Publicidade Difenciada Projetos Especiais Perfil Cliente Oculto

Leia mais

Estimados acadêmicos, Bem-vindos ao Unilasalle!

Estimados acadêmicos, Bem-vindos ao Unilasalle! Estimados acadêmicos, Bem-vindos ao Unilasalle! Estamos prontos para acolher cada um de vocês e juntos realizarmos uma excelente formação acadêmica com nossa experiência de mais de 300 anos de educação

Leia mais

UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO REDE MERCOCIDADES 10 e 11 de abril de 2003. ATA DE REUNIÃO

UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO REDE MERCOCIDADES 10 e 11 de abril de 2003. ATA DE REUNIÃO UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO REDE MERCOCIDADES 10 e 11 de abril de 2003. ATA DE REUNIÃO Aos dez dias do mês de abril de dois mil e três, na sala Milano do Hotel Victória Villa, na cidade de Curitiba PR,

Leia mais

MERCOCIUDADES / UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO / ATA Nº 02/2011 REUNIÃO DA UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO DA REDE MERCOCIDADES

MERCOCIUDADES / UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO / ATA Nº 02/2011 REUNIÃO DA UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO DA REDE MERCOCIDADES MERCOCIUDADES / UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO / ATA Nº 02/2011 REUNIÃO DA UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO DA REDE MERCOCIDADES Celebrou-se na cidade de Porto Alegre, RS, Brasil, entre os dias 03 e 04 do mês

Leia mais

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL Considerações Gerais Para comemorar os cinco anos do Programa de Regionalização

Leia mais

O DESTINO APRESENTADO A SEGUIR PODE CAUSAR DESEJOS INCONTROLÁVEIS DE VIAJAR E DESFRUTAR DE EXPERIÊNCIAS E SENSAÇÕES ÚNICAS!

O DESTINO APRESENTADO A SEGUIR PODE CAUSAR DESEJOS INCONTROLÁVEIS DE VIAJAR E DESFRUTAR DE EXPERIÊNCIAS E SENSAÇÕES ÚNICAS! A Queensberry Viagens adverte: O DESTINO APRESENTADO A SEGUIR PODE CAUSAR DESEJOS INCONTROLÁVEIS DE VIAJAR E DESFRUTAR DE EXPERIÊNCIAS E SENSAÇÕES ÚNICAS! AO PERSISTIREM OS SINTOMAS, A QUEENSBERRY DEVERÁ

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA CADASTRO NO PORTAL VIAJA MAIS

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA CADASTRO NO PORTAL VIAJA MAIS ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA CADASTRO NO PORTAL VIAJA MAIS O Portal Viaja Mais funciona como um catálogo de ofertas. Ele não intermedeia negociações: o cliente compra diretamente da empresa anunciante ou de

Leia mais

POR QUE INTERIORIZAR O TRANSPORTE AÉREO?

POR QUE INTERIORIZAR O TRANSPORTE AÉREO? CONECTANDO O BRASIL CONECTANDO O BRASIL POR QUE INTERIORIZAR O TRANSPORTE AÉREO? O Brasil é um país de 8 milhões de quilômetros quadrados de área. Esse imenso território demanda ser integrado por uma

Leia mais

PROGRAMA PARANÁ MICE PROJETO DE PESQUISAS DE DEMANDA

PROGRAMA PARANÁ MICE PROJETO DE PESQUISAS DE DEMANDA PROGRAMA PARANÁ MICE PROJETO DE PESQUISAS DE DEMANDA PROMOTORES DE EVENTOS ASSOCIATIVOS ESTADUAIS ASSOCIATIVOS LOCAIS CORPORATIVOS TURISTAS NEGÓCIOS ( 2016) EVENTOS FEIRAS CONGRESSOS 2 SEMINÁRIO PARANÁ

Leia mais

8º SALÃO DE TURISMO DO ESPÍRITO SANTO E 3º SALÃO DE ARTESANATO DO ESPÍRITO SANTO.

8º SALÃO DE TURISMO DO ESPÍRITO SANTO E 3º SALÃO DE ARTESANATO DO ESPÍRITO SANTO. 1 APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL 8º SALÃO DE TURISMO DO ESPÍRITO SANTO E 3º SALÃO DE ARTESANATO DO ESPÍRITO SANTO.

Leia mais

PARCEIROS BONS. Mercado

PARCEIROS BONS. Mercado Mercado BONS PARCEIROS por Fabio Steinberg Saiba quem são e como funcionam os Conventions & Visitors Bureaus, que divulgam o destino, sendo fundamentais para a captação de visitantes e eventos. Há milhares

Leia mais

SINDICATO DE HOTÉIS, RESTAURANTES, BARES E SIMILARES DE JOINVILLE/SC E REGIÃO

SINDICATO DE HOTÉIS, RESTAURANTES, BARES E SIMILARES DE JOINVILLE/SC E REGIÃO ATA ASSEMBLEIA GERAL 24 DE SETEMBRO DE 2015 15H ÀS 16H30 Local: Angélico s Restaurante. Rua Otto Benack, 101 Bom Retiro - Joinville/SC Participantes: Sr. Raulino João Schmitz, Sr. Angélico de Souza, Sr.

Leia mais

Período de exposição e funcionamento dos Quiosques

Período de exposição e funcionamento dos Quiosques Chamamento Público para empreendimentos da agricultura familiar que tenham a intenção de participar dos Quiosques Brasil Orgânico e Sustentável durante os dias 11 a 27/06 em 10 cidades sedes da Copa de

Leia mais

As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras. Diretoria de Engenharia - DE

As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras. Diretoria de Engenharia - DE As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras Diretoria de Engenharia - DE Cidades candidatas e seus aeroportos Aeroportos da INFRAERO primeira e última imagem que o turista estrangeiro

Leia mais

1. LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil

1. LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil 1. LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil 30/07/2009 Brasilturis Online Online Invest Tur LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil30/07/2009 Ir para a lista de matérias André

Leia mais

Réveillon em Buenos Aires: Cores e Sabores da Capital Portenha

Réveillon em Buenos Aires: Cores e Sabores da Capital Portenha Réveillon em Buenos Aires: Cores e Sabores da Capital Portenha Série Cultura e Lazer Roteiro rodoviário 27-Dez-2015 a 03-Jan/2016-8 Dias 6 Noites - R$ 1 890,00 por pessoa em apto triplo 1 O tango, a arquitetura,

Leia mais

Pontapé inicial: Planejamento Integrado Governo de Minas e PBH. escolha das cidades-sede. Copa

Pontapé inicial: Planejamento Integrado Governo de Minas e PBH. escolha das cidades-sede. Copa Minas Gerais na Copa do Mundo de 2014 Copa em Minas já começou Pontapé inicial: Planejamento Integrado Governo de Minas e PBH 31 de maio de 2011 dois anos de escolha das cidades-sede 2014 BH/MG modelo

Leia mais

3.260.292 habitantes Taxa crescimento População: 2% (8 anos) IDH: 0,824 26 municípios

3.260.292 habitantes Taxa crescimento População: 2% (8 anos) IDH: 0,824 26 municípios Números Curitiba 1.828.092 habitantes TaxaCrescimentoPopulação: 1,8% (8 anos) TaxaCrescimentoAnualPIB: 3,8% (5 anos) PIB 2008 (estimado): R$ 39,2 bi (US$ 20 bi) 5º PIB do Brasil PIB per Capita: R$ 21.447

Leia mais

Introdução. Núcleo de Pesquisas

Introdução. Núcleo de Pesquisas Introdução O verão é um período onde Santa Catarina demonstra todo a sua vocação para a atividade turística. Endereço de belas praias, o estado se consolidou como um dos principais destinos de turistas,

Leia mais

Curitiba - Responsabilidades do Setor de Turismo de Curitiba na Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Curitiba - Responsabilidades do Setor de Turismo de Curitiba na Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Curitiba - do Setor de Turismo de Curitiba na Prevenção Capacitar os profissionais dos meios de hospedagem (hotéis/motéis) com a temática do ESCA ABIH, AMOPAR, Associação dos Hostels, Sindotel, Secretaria

Leia mais

O Paraná no mercado de turismo

O Paraná no mercado de turismo O TURISMO NO PARANÁ O Paraná no mercado de turismo Os principais pontos positivos são: 1.Cataratas de Foz de Iguaçu patrimônio natural da Humanidade (UNESCO), 3º destino mais visitado por turistas, além

Leia mais

Boletim Informativo 1

Boletim Informativo 1 Boletim Informativo 1 Ver. 6/2/2015 - 21º Congresso Nacional Escoteiro - 20º Fórum Nacional de Jovens Líderes - 22ª Reunião Ordinária da Assembleia Nacional Escoteira 1. MENSAGEM São Bernardo do Campo

Leia mais

CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS PARA O FESTIVAL DEFQON1 CHILE - 2015 CONTRATO DFC 002/15

CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS PARA O FESTIVAL DEFQON1 CHILE - 2015 CONTRATO DFC 002/15 CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS PARA O FESTIVAL DEFQON1 CHILE - 2015 CONTRATO DFC 002/15 ESPAÇO DJ BRASIL MARKETING ARTÍSTICO LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita

Leia mais

PORTO ALEGRE A cidade que tem alegria até no nome vai surpreender você! Conheça os diferenciais que podem fazer de seu evento um enorme SUCESSO!

PORTO ALEGRE A cidade que tem alegria até no nome vai surpreender você! Conheça os diferenciais que podem fazer de seu evento um enorme SUCESSO! PORTO ALEGRE A cidade que tem alegria até no nome vai surpreender você! Conheça os diferenciais que podem fazer de seu evento um enorme SUCESSO! Congresso Brasileiro de Mastologia 2017 Porto Alegre Candidata

Leia mais

OPÇÕES DE TURISMO DURANTE A FEIRA EM JOINVILLE

OPÇÕES DE TURISMO DURANTE A FEIRA EM JOINVILLE OPÇÕES DE TURISMO DURANTE A FEIRA EM JOINVILLE Roteiro Turístico por Joinville Saída do Hotel e iniciando pelo Museu da Imigração, Rua das Palmeiras, Panorâmico nas Praças do Imigrantes, da Barca, Prefeitura

Leia mais

CREA-PR FIEP IEP SICEPOT INSTITUIÇÕES PROPONENTES PELT 2020 CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO PARANÁ

CREA-PR FIEP IEP SICEPOT INSTITUIÇÕES PROPONENTES PELT 2020 CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO PARANÁ CREA-PR INSTITUIÇÕES PROPONENTES PELT 2020 CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO PARANÁ FIEP IEP FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO PARANÁ INSTITUTO DE ENGENHARIA DO PARANÁ SICEPOT

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

Para isso aliamos a toda solidez e estrutura da Tastur viagens, os melhores pro ssionais, roteiros e serviços.

Para isso aliamos a toda solidez e estrutura da Tastur viagens, os melhores pro ssionais, roteiros e serviços. tastur A Tastur viagens, empresa consolidada em Franca e Região ha mais de 25 anos traz a você, Agente e Parceiro uma novidade. Tastur Operadora Rodoviário Oferecendo no Mercado de Turismo Rodoviário o

Leia mais

RENEX SOUTH AMERICA 2014

RENEX SOUTH AMERICA 2014 RENEX SOUTH AMERICA 2014 O mercado sul-americano de energia renovável em um só lugar 26a 28 Novembro 2014 Porto Alegre - 14h às 20h no Centro de Eventos FIERGS Entre em contato e acompanhe a RENEX pelas

Leia mais

Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo

Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo PERFIL PROFISSIONAL Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo É o profissional que atua em agências de viagens, em meios de hospedagem, em empresas de transportes e de eventos; promove

Leia mais

Melhores e Piores no Transporte Aéreo Brasileiro

Melhores e Piores no Transporte Aéreo Brasileiro Melhores e Piores no Transporte Aéreo Brasileiro Sumário executivo Janeiro de 2008 PREFÁCIO Atrasos e cancelamentos nos vôos são problemas constantes na vida de milhões de brasileiros. A antiga excelência

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO Secretaria de Administração TERMO DE REFERÊNCIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO Secretaria de Administração TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA n OBJETO 1.1- Contratação de empresa especializada para FORNECIMENTO 0E PASSAGENS AÉREAS EM ÂMBITO NACIONAL E INTERNACIONAL PARA ESTE, mediante menor preço, apurado pelo menor valor

Leia mais

REF: PROJETO EVENTO N.º 02/2011/ CCBPB ENCONTRO EMPRESARIAL DE NEGÓCIOS NA LÍNGUA PORTUGUESA

REF: PROJETO EVENTO N.º 02/2011/ CCBPB ENCONTRO EMPRESARIAL DE NEGÓCIOS NA LÍNGUA PORTUGUESA REF: PROJETO EVENTO N.º 02/2011/ CCBPB ENCONTRO EMPRESARIAL DE NEGÓCIOS NA LÍNGUA PORTUGUESA APRESENTAÇÃO A CÂMARA DE COMÉRCIO BRASIL-PORTUGAL BRASÍLIA, associação civil sem fins lucrativos, foi constituída

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS Circuitos Estados Unidos e Canadá SOMENTE ASSINE ESTAS CONDIÇÕES APÓS SUA LEITURA COMPLETA, POIS NELA CONSTAM INFORMAÇÕES

CONDIÇÕES GERAIS Circuitos Estados Unidos e Canadá SOMENTE ASSINE ESTAS CONDIÇÕES APÓS SUA LEITURA COMPLETA, POIS NELA CONSTAM INFORMAÇÕES CONDIÇÕES GERAIS Circuitos Estados Unidos e Canadá SOMENTE ASSINE ESTAS CONDIÇÕES APÓS SUA LEITURA COMPLETA, POIS NELA CONSTAM INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SUA VIAGEM. 1. Condições Gerais A Air International

Leia mais