responsáveis Escola de Serviço Público do Espírito Santo - ESESP Secretário de Gestão e Recursos Humanos Heráclito Amâncio Pereira Junior

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "responsáveis Escola de Serviço Público do Espírito Santo - ESESP Secretário de Gestão e Recursos Humanos Heráclito Amâncio Pereira Junior"

Transcrição

1 responsáveis Governador do Estado Paulo Cesar Hartung Gomes Secretário de Gestão e Recursos Humanos Heráclito Amâncio Pereira Junior Escola de Serviço Público do Espírito Santo - ESESP Diretora Presidente Maria Luiza dos Santos Vellozo Diretor Técnico João Mário de Bastos Valbon Diretora Administrativa e Financeira Dângela Maria Bertoldi Volkers Gerente de Desenvolvimento de Talentos Humanos Rosangela Maria Luchi Gerente da Secretaria Escolar Viviane Maitan do Nascimento Gerente Administrativo e Financeiro Dorany Cardoso Equipe Técnica Adriana Demuner das Neves Auriete Rosa Vasconcellos Bernadete Alves de Albuquerque Denise Ferreira Costa Flavia Cardoso Garcia Hildenéia Ribeiro Patrício Julio César da Silva Marizinha Coqueiro Borges Maria de Fátima Coutinho Zorzal Sylvana Marschall Torres Suely Marta Kretli da Silva Wistercley Alves Carvalho Apoio Técnico Rayany Mathias da Silva Rua Francisco Fundão, 155 Morada de Camburi Vitória/ES Tel.: (27) Fax: (27)

2

3 Sumário Sobre a ESESP Orientações aos Servidores Proposta Curricular Programa de Desenvolvimento Gerencial - PDG PROGRAMA DE AMBIENTAÇÃO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA GESTÃO DE PROGRAMAS E PROJETOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GESTÃO ESTRATÉGICA POR PROCESSOS GESTÃO DE TERCEIROS E CONTRATUALIZAÇÃO DE RESULTADOS GESTÃO DE SUPRIMENTOS E COMPRAS GOVERNAMENTAIS GESTÃO DO CONHECIMENTO INFORMÁTICA PRESENCIAL E À DISTÂNCIA PROGRAMA DE TRILHAS DE DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PROGRAMA DE MELHORIA DA GESTÃO MUNICIPAL PROGRAMA DE ENCONTROS E DEBATES PROGRAMAS ESPECIAIS PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE ESPECIALISTAS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA... 73

4

5 SoBrE A ESESP A Escola de Serviço Público do Espírito Santo - ESESP, autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos - SEGER, tem como finalidade a execução da política de capacitação e desenvolvimento dos servidores estaduais e municipais do Poder Executivo, para o desempenho gerencial de suas competências e habilidades específicas e o seu desenvolvimento comportamental, visando a profissionalização do serviço público, bem como a prestação de serviços de consultoria e assessoramento na área de modernização e gestão pública, nos termos da Lei Complementar n. 333, de 27 de outubro de Sua missão é promover ações de educação continuada nas áreas de gestão e tecnologias administrativas para o desenvolvimento das competências, dos recursos humanos das instituições estaduais e municipais, em benefício dos cidadãos do Espírito Santo. No reconhecimento de um universo social sujeito a mudanças contínuas, a Esesp avalia, renova e apresenta seu catálogo de cursos para o biênio 2011/2012 fruto de ampla reflexão e debates coletivos. O novo paradigma que norteia a administração pública deve definir os resultados que se espera alcançar e organizar os recursos da instituição, visando obter esses resultados. Assim, a instituição não existe simplesmente dentro da sociedade, mas sim para atender as suas demandas. Ela existe para produzir resultados efetivos que possibilitem um contínuo aprimoramento e crescimento de uma sociedade sadia, moderna e construtiva. 5

6

7 orientações AoS SErViDorES

8 Para o alcance dos melhores resultados da capacitação e desenvolvimento do servidor e das equipes de trabalho solicitamos a leitura atenciosa do Catálogo de Cursos, reconhecendo as áreas de atuação da Esesp, os programas e cursos oferecidos. O catálogo da Esesp se encontra impresso e distribuído às Secretarias e órgãos do Estado do ES ou pode ser acessado por meio do endereço: 1. Mensalmente a Esesp divulga no site e por meio dos RH s, o cronograma de cursos oferecidos. Solicite a autorização de sua chefia imediata para participar de curso do seu interesse. 2. As inscrições serão realizadas On-Line, no sistema de capacitação da Esesp, pelo profissional de RH do seu órgão. A confirmação será emitida imediatamente pelo sistema Para os cursos cujas vagas estiverem esgotadas a Esesp formará listas de espera, indicadores da demanda de cursos para a Instituição. Efetivada sua inscrição, verifique a data, o horário de início de curso e as seguintes instruções: Horário: O servidor deverá observar cuidadosamente o horário das aulas (início e término), devendo se programar com antecedência para evitar atrasos. Manhã 08h30min às 12h Tarde - 14h às 17h30min Integral 08h30min às 12h e das 13h30min às 17h Intervalo: é de 15 minutos e ocorre no turno da manhã às 10h e a tarde às 15h30. Frequência: a frequência é registrada diariamente. Sua assinatura é de fundamental importância para o recebimento do certificado de conclusão de curso e para atestar sua presença na Esesp, por solicitação de seu órgão de origem. Certificado: de acordo com a Instrução de Serviço nº. 043/06 será conferido o certificado de conclusão de curso ao servidor que obtiver: Frequência de 100% nos cursos com carga horária de até 20 horas Demais cursos: frequência mínima de 80% da carga horária total. Nos cursos organizados por Módulos será observada a frequência mínima de 80% em cada módulo e 80% na carga horária total.

9 Art. 6º Os participantes do PDG assinarão Termo de Compromisso junto à Esesp, comprometendo-se a ressarcir os custos de sua participação caso desistam dos cursos que integram o Programa de Desenvolvimento Gerencial ou não obtenham frequência de 100% (cem por cento) em cada Módulo (Decreto 2567-R, 11/08/2010). Obs. 1: Frequência entre 50% a 80% (cinquenta a oitenta por cento) recebe Declaração de Participação. Obs. 2: O servidor que for inscrito no curso e não comparecer não poderá participar de outros cursos no período de 90 dias, salvo em caso de apresentação de justificativa formal junto a Secretaria Escolar, unidade que irá deferir ou indeferir a solicitação. Obs. 3: Alguns cursos apresentam regulamentos específicos para o controle de frequência e outros procedimentos, apoiados no termo de compromissos assinado pelos cursistas. Instituem, ainda, o ressarcimento dos valores financeiros pagos pelo Estado, em caso de abandono de curso. Cronograma de Execução No site da Esesp: Planejamento e execução de cursos/eventos de capacitação Gerência de Desenvolvimento de Talentos Humanos - GEDTH Tel: / 6719 Fax: Infraestrutura de apoio a alunos e docentes Secretaria Escolar Tel: / 6721 / 6713 Fax:

10 Inscrições nos cursos Um sistema informatizado de gerenciamento dos cursos está disponível para efetuar a inscrição no sítio: Dúvidas podem ser esclarecidas pelos telefones: Tel:

11 Proposta Curricular

12 Os cursos da Esesp incorporam conhecimentos pertinentes às áreas de economia e finanças, de ciência política, de direito e administração desenvolvidos por meio dos programas que contemplam conteúdos, técnicas e habilidades pertinentes à gestão pública. PROGRAMAS PROGRAMA DE AMBIENTAÇÃO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA PROGRAMAS ESPECIAIS PROGRAMAS PROGRAMA DE MELHORIA DA GESTÃO MUNICIPAL PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE ESPECIALISTAS PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROGRAMA ENCONTROS E DEBATES

13 ProGrAmA DE DESENVoLVimENTo GErENCiAL - PDG

14 Para Dirigentes Públicos do Poder Executivo, tendo em vista a necessidade de difundir novos paradigmas e instrumentos de gerenciamento no setor público, voltados à eficiência e aos resultados. PÚBLICO-ALVO: Dirigentes Públicos e Servidores Públicos investidos da função gerencial nos órgãos da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo do Estado do Espírito Santo, identificados de acordo com a natureza e os níveis de responsabilidade dos cargos ocupados. I. Subsecretário de Estado; II. Direção em Órgão ou Entidade da Administração Direta, Autárquica e Fundacional; III. Superintendente e Diretor de Unidade Prisional, Hospital Público e Unidade Escolar; IV. Gerente, Subgerente, Coordenador, Assessor Especial I, II, III e IV e Chefe de Gabinete; V. Chefe de Divisão, de Seção, ou de demais unidades equivalentes, com formação de Nível Superior. (DECRETO Nº 2274-R, de 17 de Junho de 2009). Nível de Escolaridade: Superior ÁREAS DE CONHECIMENTO CONTRATUALIZAÇÃO RESULTADOS PESSOAS CONHECIMENTO PROJETOS PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL - PDG TERCEIROS PROCESSOS SUPRIMENTOS ORÇAMENTO E FINANÇAS

15 ProGrAmA DE AmBiENTAÇÃo NA ADmiNiSTrAÇÃo PÚBLiCA

16 É destinado à Ambientação dos Ingressantes na Administração Pública. Apresenta um Ciclo de Palestras e Debates (16h): PÚBLICO-ALVO: Servidores de nível de escolaridade superior ingressantes na Administração Pública por meio de concurso. Comportamento Organizacional: postura pessoal e profissional Avaliação de Desempenho Estágio Probatório Administração Pública em Contexto de Mudanças: as pessoas e as instituições Arquitetura Institucional: o mapa da estrutura administrativa Metas e resultados na Gestão Pública PROGRAMA DE AMBIENTAÇÃO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Legislação Básica na Administração Pública Ética na Gestão Pública Plano de Desenvolvimento do ES 2025 Gestão Pública para Sociedades Sustentáveis 16

17 ProGrAmA DE EDuCAÇÃo CoNTiNuADA 17

18 Composto por cursos que aprofundam os conhecimentos específicos pertinentes a cada uma das diversas áreas de atuação. PÚBLICO-ALVO: Servidores Públicos do poder executivo estadual em busca de formação continuada com vistas ao aprimoramento de sua atuação profissional. Na disponibilidade de vagas serão atendidos servidores dos municípios e outros poderes GESTÃO DE PESSOAS ÉTICA E GESTÃO MOTIVAÇÃO E O CONTEXTO ORGANIZACIONAL EXCELÊNCIA NA COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES QUALIDADE NO ATENDIMENTO AO CIDADÃO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA GESTÃO DA IMAGEM PÚBLICA LIDERANÇA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO GESTÃO POR COMPETÊNCIAS GESTÃO POR DESEMPENHO NEGOCIAÇÃO E GESTÃO DE CONFLITOS 18

19 1. Motivação e o Contexto Organizacional Compreender o ambiente humano dentro do qual o trabalho se desenvolve e a maneira particular como as pessoas agem na busca de seus objetivos nos campos pessoais e organizacionais. Público-alvo: Dirigentes e servidores de recursos humanos e outros gerentes de nível estratégico e tático da Administração Pública, interessados em promover a motivação no contexto organizacional Carga horária: 20 horas Programa: Interfaces da motivação com a gestão do trabalho. Motivação Intrínseca e Extrínseca. Diferenças individuais e culturais. Decisões Intencionais. Papel do líder frente a motivação. Líderes e líderes na construção de um ambiente motivador e seguro. Motivação e valores compartilhados. 19

20 2. Excelência na Comunicação Organizacional Melhorar a efetividade na comunicação interpessoal e organizacional Público-Alvo: Dirigentes e servidores que desejam aperfeiçoar as interações humanas e a comunicação nas equipes e na organização como um todo. Carga horária: 20 horas Programa: Módulo I: Comunicação e Relacionamentos O que é comunicação. Importância da comunicação. Elementos da comunicação. Processo de comunicação. Comunicação estratégica. A experiência da comunicação. Comunicação, linguagem e discurso. Módulo II: Técnicas de Oratória Fundamentos da oratória contemporânea. Comunicação oral: a arte de falar e ser compreendido. Voz e comunicação oral. Recursos vocais: ritmo, velocidade, pausa, entonação, respiração. Gestos e postura: o corpo fala. Estratégias de comunicação oral. Barreiras à comunicação: medo de falar em público, improviso, planejamento. 20

21 3. Gestão da Imagem no Setor Público Compreender a relação entre a imagem dos servidores, a identidade nas organizações e seus impactos no ambiente interno e externo. Público-alvo: Gestores Públicos que mantém interlocução com a sociedade em nome do estado. Carga horária: 20 horas Programa: Imagem e identidade organizacional: conceitos e distorções. O que é e para que serve um plano de gerenciamento de imagem. O Grupo de gerenciamento de imagem. Crise de imagem. Como funciona a mídia. 4. Liderança Preparar líderes, visando o envolvimento e a integração de pessoas, equipes e processos, para o cumprimento dos princípios e políticas de Governo, assim como para o alcance dos resultados organizacionais. Público-alvo: Dirigentes e servidores que desejam aperfeiçoar suas competências gerenciais e as de suas equipes, integrando-as às estratégias da organização. Escolaridade: Superior. Carga horária: 24 horas Programa: Conceito de liderança. Estilos de liderança. Dimensões de liderança. Comunicação e liderança. Motivação e liderança. Negociação e liderança. Planejamento e liderança. Tomada de decisão. Gestão por resultados. Coaching, Liderança e Gestão de Pessoas. 21

22 5. Qualidade de Vida no Trabalho Compreender as diversas concepções de qualidade de vida no trabalho e seus modelos de avaliação. Público-alvo: Servidores públicos interessados e profissionais de recursos humanos do Estado do Espírito Santo. Carga horária: 20 horas Programa: O modelo de gestão avançada em qualidade de vida no trabalho: gestão estratégica, cultura, aprendizagem, gestão da diversidade, stress no mundo do trabalho - trajetória conceitual. Perfil do gestor de qualidade de vida no trabalho. Estresse & Trabalho visão e desafios práticos para a gestão. Gestão Ambiental e suas relações com qualidade de vida. O processo de envelhecimento: preparação. 22

23 6. Negociação e Gestão de Conflitos Adquirir métodos e ferramentas de negociação e de gestão de conflitos. Trabalhar questões práticas no âmbito de suas equipes e entre equipes de diferentes órgãos. Público-alvo: Dirigentes e servidores que desejam aperfeiçoar as interações humanas e a gestão de conflitos nas equipes e na organização como um todo. Carga horária: 20 horas Programa: 1. Gestão das relações de trabalho: Informações de referência e diferentes tipos de cooperação. A gestão das tensões e dos conflitos no âmbito das equipes A gestão das relações inter-equipes e de parcerias. Princípios, métodos e técnicas em matéria de negociação Diagnóstico das práticas dos participantes em matéria de negociação. Características de uma situação de negociação. A preparação de uma negociação. A condução de uma negociação: estratégias, técnicas e táticas. 23

24 7. Qualidade no Atendimento ao Cidadão Capacitar servidores que atuam no atendimento ao cidadão, a partir de um modelo de gestão que ofereça os instrumentos que apóiam a melhoria da qualidade de seu trabalho diário. Público-alvo: Gestores de atendimento das organizações públicas e servidores que desempenham funções de atendimento direto ao cidadão. Carga horária: 24 horas Programa: A administração pública voltada para o cidadão: diretrizes para um novo padrão de qualidade no atendimento prestado ao cidadão. O acolhimento ao cidadão: competências (conhecimentos, habilidades e atitudes) para implementar o novo padrão de atendimento. Estruturação do atendimento ao cidadão. Organização pública e o processo de trabalho: atendimento ao cidadão. A equipe de atendimento e o gestor. 8. Desenvolvimento de Equipes Aprimorar as competências interpessoais e inter-organizacionais possibilitando a construção de redes com objetivos comuns. Carga horária: 20 horas Programa: A equipe no contexto organizacional. Caracterização de equipe de trabalho. Processos da equipe de trabalho. O papel do líder no desenvolvimento da equipe. Plano de desenvolvimento da equipe. As redes de trabalho. 24

25 9. Avaliação de Desempenho/Estágio Probatório Capacitar gestores para administrar e operacionalizar de forma inteligente e eficaz a avaliação dos colaboradores em estágio probatório, dentro de um programa de gestão de pessoas, comprometido com o desenvolvimento de competências e resultados. Público-alvo: Dirigentes, gerentes, subgerentes, diretores, coordenadores e demais funções gerenciais que tem sob sua responsabilidade servidores em estágio probatório. Carga horária: 12 horas Programa: Gestão do desempenho: conceito e importância. Gestão do desempenho e avaliação de desempenho: diferenças e aplicabilidades. Avaliação de desempenho: por que avaliar? Objetivos e importância da avaliação de desempenho. Modelos de avaliação de desempenho. O acompanhamento do desempenho do colaborador. Feedback: sua importância, eficácia, modelos e impactos. Elaborando um modelo de avaliação de desempenho de acordo com a realidade da equipe e da organização. 25

26 10. Gestão por Competências Analisar as relações de interdependência entre estratégia organizacional, aprendizagem, competência e desempenho, bem como os métodos e técnicas de pesquisa aplicados ao mapeamento de competências relevantes para a organização. Público-alvo: Dirigentes, gerentes, subgerentes, diretores, coordenadores e demais funções gerenciais de RH. Carga horária: 12 horas Programa: Conceitos e tipos de competências. Dimensões das competências individuais: conhecimentos, habilidades e atitudes. A gestão por competências: objetivos, pressupostos e etapas. Mapeamento de competências. Competências individuais e organizacionais. 11. Ética e Gestão Analisar os modelos de gestão, abordando sua relação com a cultura organizacional e a ética. Público-alvo: Dirigentes, gerentes, subgerentes, diretores, coordenadores e demais funções gerenciais. Carga horária: 12 horas Programa: Principais vertentes da ética no pensamento ocidental. Sociedade Moderna, Estado e novas racionalidades. Política e sua relação com a ética. A vida nas organizações e a formalização da ética. Lei e consciência moral. A distinção entre ética da convicção e ética da responsabilidade. 26

27 GESTÃO DE PESSOAS: ABORDAGEM INSTRUMENTAL LEI COMPLEMENTAR 46/94 GESTÃO DE PESSOAS CAPACITAÇÃO SIARHES 12. Lei Complementar 46/94 Aplicar os conhecimentos que apóiam a execução das tarefas da gestão de recursos humanos, bem como estimular a troca de experiências por meio da comunidade virtual de profissionais. Público-alvo: Profissionais de recursos humanos do Estado do Espírito Santo. Carga horária: 20 horas Programa: Administração pública. Regime jurídico, formas de provimento e vacância. Organização de cargos e funções. Acumulações remuneradas. Afastamento e mobilidade funcional. Licença e readaptação. Vantagens comuns. Vantagens condicionais. Vantagens específicas. Benefícios. Férias e décimo - terceiro salário. Aposentadoria. Deveres, obrigações, responsabilidades dos servidores e suas implicações. 27

28 13. Capacitação SIARHES 13.1 Capacitação SIARHES Órgãos Centrais Capacitar gestores, assessores e servidores no âmbito de recursos humanos, permitindo visão global do sistema com as principais consultas de uso geral, execução de relatórios e utilização de produtos derivados. Público-alvo: Gestores, assessores e servidores no âmbito de recursos humanos que apoiarão e darão suporte à geração de produtos a partir da extração de dados do SIARHES. Carga horária: 40 horas Programa: Módulo I: Legislação de Recursos Humanos - LC 46/94 Administração Pública. Regime Jurídico. Organização de Cargos e Funções. Acumulações Remuneradas. Afastamento e Mobilidade Funcional. Licença e Readaptação. Vantagens Comuns. Vantagens Específicas. Benefícios. Férias e Décimo Terceiro Salário. Aposentadoria. Deveres, Obrigações, Responsabilidades dos servidores e implicações. Carga horária: 20 horas 28

29 Programa: Módulo II: Utilização do SIAHRES Visão Sistêmica. Conceitos Básicos: número funcional, requisição, provimentos, designações, substituições, frequência, licenças e afastamentos, cessões, férias, consolidação de frequência, atributos, folha de pagamento. Procedimentos Operacionais: nomeação cargo efetivo e comissionado, designação função gratificada, contratação de estagiário, designado para responder, substituição, frequência, licenças e afastamentos, cessão, férias, vantagens, escala de férias, ATS, assiduidade, CPL/gratificação e vale transporte, exoneração/dispensa: cargo comissionado e efetivo/comissionado. Carga horária: 20 horas 13.2 Capacitação SIARHES Gestores RH Público-alvo: Gestores, assessores e servidores no âmbito de recursos humanos que apoiarão e darão suporte à geração de produtos a partir da extração de dados do SIARHES. Carga horária: 8 horas Programa: Visão sistêmica. Principais Conjuntos de Dados. Perfis de Segurança. Funções Sistêmicas. Base de Sustentação. Número Funcional. Vínculos. Provimentos e Designações. Exercícios e Localização temporários. Movimentação dos servidores. Frequência. Licenças e Afastamentos. Rotinas e Produtos. Business Intelligence. Portal do servidor. Site Seger. 29

30 13.3 Capacitação SIARHES Unidades Descentralizadas Público-alvo: Gestores, assessores e servidores no âmbito de recursos humanos lotados nas Unidades descentralizadas que apoiarão e darão suporte à geração de produtos a partir da extração de dados do SIARHES. Carga horária: 20 horas Programa: Apresentação do SIARHES. Perfis de Segurança. Base de Sustentação. Número Funcional. Dependentes. Formação e Capacitação. Vínculos. Provimentos e Designações. Exercícios e Localizações Temporárias. UGS/ Projeto Atividade. Frequência. Licenças e Afastamentos. Férias. Vantagens. Pasta Funcional. 30

31 GESTÃo DE ProGrAmAS E ProJEToS NA ADmiNiSTrAÇÃo PÚBLiCA 31

32 GERENCIAMENTO DE PROJETOS MS PROJECT ELABORAÇÃO DE PROJETOS PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS PROGRAMAS E PROJETOS GESTÃO POR RESULTADOS INDICADORES PARA MONITORAMENTO DE PROGRAMAS E PROJETOS 1. Gerenciamento de Projetos Capacitar para a atuação de forma plena no gerenciamento de projetos, valendo-se de técnicas, ferramentas e melhores práticas de mercado, tomando como base os conhecimentos preconizados pelo PMI e englobando as etapas de iniciação, planejamento, execução, monitoramento e controle e encerramento de projetos. Público-Alvo: Dirigentes públicos e servidores responsáveis pela elaboração, implementação e gestão de projetos nas organizações públicas. Carga horária: 32 horas 32

33 Programa: Módulo I Etapa I Introdução ao Gerenciamento de Projetos Visão geral do gerenciamento de projetos. Conceitos e definições. Ciclo de vida de projetos. Estruturas organizacionais e influência no gerenciamento de projetos. Etapa II Iniciação de Projetos Desenvolvimento do Termo de Abertura do Projeto. Identificação das partes interessadas. Classificação das informações. Etapa III Planejamento de Projetos Gerenciamento de Escopo. Elaboração do Cronograma. Elaboração do Orçamento. Gerenciamento dos Riscos. Gerenciamento da Comunicação. Gerenciamento de Recursos Humanos. Gerenciamento das Aquisições. Carga horária: 20 horas Programa: Módulo II Etapa IV Execução de projetos Orientação e gerenciamento da execução do projeto. Desenvolvimento da equipe do projeto. Etapa V - Monitoramento e Controle de Projetos Monitoramento: escopo, prazos e custos do projeto. Relatório de Desempenho. Etapa VI Encerramento de Projetos Prestações de Contas. Lições Aprendidas. Carga horária: 12 horas 33

34 2. Ms Project Objetivo: Desenvolver conhecimento, capacidade de gerenciar projetos de pequeno porte utilizando software MS Project. Público-Alvo: Dirigentes públicos e servidores responsáveis pela elaboração, implementação e gestão de projetos nas organizações públicas. Pré-requisitos: Elaboração e Gerenciamento de Projetos e Domínio em Informática. Carga horária: 20 horas Introdução: O ambiente do MS Project e configuração das variáveis. Parametrizando o software. Criação de um projeto. Acompanhamento e Controle. Visualizando Informações do Projeto. Alguns gráficos no MS Project. Configuração do arquivo GLOBAL MPT. Subprojetos e Projetos consolidados. 3. Indicadores para Monitoramento de Programas e Projetos Conhecer os fundamentos básicos de indicadores de monitoramento de programas e projetos compreender sua utilização no ciclo de políticas públicas e oportunizar a estruturação dos requisitos básicos de um sistema de indicadores. Público-Alvo: Dirigentes públicos e servidores envolvidos com o gerenciamento de programas, ações e projetos, e que desejem efetuar o seu monitoramento e avaliação por meio da utilização de indicadores. Carga horária: 24 horas A utilização de indicadores no ciclo de política pública. Indicadores na gestão pública: conceitos, propriedades e tipologia. Sistemas e painéis de indicadores. Banco de dados: acesso e aplicabilidade. 34

35 4. Elaboração de Projetos para Captação de Recursos Financeiros Demonstrar o contexto da captação de recursos financeiros reconhecendo as ferramentas teóricas e práticas para facilitar a concepção e o desenho de projetos para a captação de recursos. Público-Alvo: Dirigentes e servidores públicos envolvidos na elaboração de projetos com vistas à captação de recursos. Carga horária: 16 horas Conceitos fundamentais da captação de recursos. Captação de recursos: identificação de fontes nacionais e internacionais. Elaboração de roteiros para obtenção de recursos financeiros. Modelos de Plano de Trabalho e Carta Consulta (Planejamento preliminar). Prestação de Contas. Exercícios de Aplicação. 5. Gestão Orientada para Resultados Conhecer os pressupostos da Gestão Orientada para Resultados e as ferramentas teóricas e práticas. Público-Alvo: Dirigentes e servidores públicos envolvidos na elaboração de projetos com vistas a gestão por resultados. Carga horária: 24 horas Visão panorâmica da gestão para resultados. Conceitos básicos. Instrumentos essenciais e suas aplicações. Casos referenciais. 35

36

37 GESTÃo ESTrATÉGiCA Por ProCESSoS 37

38 ORGANIZAÇÃO E GESTÃO POR PROCESSOS GESTÃO DE ARQUIVOS E COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE DOCUMENTOS (CADS) MELHORIA DE PROCESSOS PROCESSOS FORMALIZAÇÃO DE PROCESSOS E PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS OFICINA: PADRONIZAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO DE PROCESSOS 1. Organização e Gestão por Processos Identificar as transformações sociais como indutoras de um novo modelo de organização voltado para resultados, estruturado a partir das perspectivas estratégicas na administração pública e evidenciar os elementos que influenciam este modelo, ressaltando as características da organização e gestão por processo. Público-Alvo: Dirigentes e servidores que participem do processo decisório, da implementação e/ou do monitoramento e avaliação dos processos de trabalho da organização como um todo. Carga horária: 20 horas Programa Transformações sociais e suas implicações para as organizações. A perspectiva estratégica na administração pública. O modelo de organização e gestão. Organização e gestão por processos. 38

39 2. Melhoria de Processos Aplicar os fundamentos e ferramentas para a melhoria dos processos. Público-Alvo: Dirigentes e servidores que atuam no gerenciamento, estruturação e revisão de processos de trabalho. Pré-requisito: Ter cursado o curso de Organização e Gestão por Processos. Oficina: Padronização e documentação dos processos Carga horária: 8 horas Programa Metodologias utilizadas para mapeamento, análise, redesenho e documentação de processos. Ferramentas para avaliação e melhoria de processos. Planejamento e gerenciamento da implantação de melhoria de processos. 3. Formalização de Processos e Procedimentos Administrativos Orientar quanto às regras e procedimentos legais a serem observadas, destacando a importância dos procedimentos relacionados aos atos administrativos no desempenho da função pública. Público-Alvo: Servidores da Administração Pública e interessados. Carga horária: 8 horas Programa Administração pública: conceito e objetivos, princípios norteadores, legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. Ato administrativo: conceito e objetivos, requisitos essenciais de validade, competência, finalidade, forma, motivo e objeto. Aquisições: especificações, finalidades, disponibilidades de recursos, forma adequada. Estudo de caso. 39

40 4. Gestão de Arquivos e Comissões de Avaliação de Documentos (CADS) Orientar as Comissões de Avaliação de Documentos (CADS) quanto ao tratamento técnico arquivístico destinado à execução dos trabalhos nos arquivos setoriais. Público-Alvo: Servidores nomeados para atuar nas Comissões de Avaliação de Documentos (CADS). Carga horária: 12 horas Programa : Módulo I: Os arquivos e a gestão dos documentos públicos: Objetivos da gestão de documentos públicos. Atividade da gestão de documentos públicos. A gestão e o ciclo de vida dos documentos. Instrumentos de gestão de documentos públicos. Módulo II: Gestão de documentos públicos: fundamentos legais Plano de Classificação de Documentos de Arquivo Objetivos e benefícios da classificação. Contexto de produção e organicidade. Classificação e análise de documentos. Propriedades dos documentos de arquivos. Documentos de arquivo: elementos característicos. Metodologia e estratégias para elaboração do Plano de Classificação de Documentos de Arquivo. Etapas para elaboração do Plano de Classificação de Documentos de Arquivo. 40 Módulo III: Tabela de Temporalidade de Documentos de Arquivo Conceito de Avaliação Documental. Objetivos e benefícios da avaliação documental. Por que elaborar a Tabela de Temporalidade de Documentos de Arquivo? Competência para avaliar documentos: Comissões de Avaliação de Documentos de Arquivo. Metodologia e estratégias para elaboração da Tabela de Temporalidade de Documentos de Arquivo. Etapas para elaboração do Plano de Classificação de Documentos de Arquivo. Módulo IV: Avaliação e eliminação da massa documental acumulada em órgãos públicos: Atividade Técnicas e Procedimentos Administrativos.

41 GESTÃo DE TErCEiroS E CoNTrATuALiZAÇÃo DE resultados 41

42 CONTRATUALIZAÇÃO DE RESULTADOS PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CONVÊNIOS GESTÃO DE TERCEIROS E CONTRATUALIZAÇÃO DE RESULTADOS GESTÃO DE CONVÊNIOS 1. Gestão de Convênios Analisar aspectos teóricos e práticos da gestão de convênios em suas diversas fases, desde a solicitação, celebração, execução, acompanhamento e as prestações de contas e recomendações legais, com o intuito de melhor facilitar o entendimento daqueles que administram recursos provenientes da celebração de convênios. Público-alvo: Gestores de convênios, controle interno e outros servidores envolvidos nas atividades. Carga horária: 20 horas 42

PROGRAMA DE MELHORIA DA GESTÃO MUNICIPAL

PROGRAMA DE MELHORIA DA GESTÃO MUNICIPAL Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 4, 5 e 6 de junho de 2012 PROGRAMA DE MELHORIA DA GESTÃO MUNICIPAL Maria Luiza dos Santos Vellozo Rosangela Maria Luchi Flavia Cardoso Garcia Chaves Julio

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS ANALISTA DO SEGURO SOCIAL CONHECIMENTOS BÁSICOS VOLUME I ÍNDICE Língua Portuguesa 1 Compreensão e interpretação de textos.... 1 2 Tipologia textual.... 10 3 Ortografia

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ES (ESESP) EMENTAS ÁREAS TEMÁTICAS/CURSOS

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ES (ESESP) EMENTAS ÁREAS TEMÁTICAS/CURSOS GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ES (ESESP) EMENTAS ÁREAS TEMÁTICAS/CURSOS PROGRAMA DA MELHORIA DA GESTÃO PÚBLICA CONTEMPORÂNEA Eixo: Desenvolvimento de Pessoas Cursos Ementa

Leia mais

CURSO: Inglês Básico

CURSO: Inglês Básico Av. Piauí, nº 330 Bairro dos Estados - 58.030-330 - João Pessoa PB Curso: Informática Básica Objetivo: Proporcionar conhecimentos básicos para construção de planilhas, fórmulas e gráficos no Excel.. Público-alvo:

Leia mais

Levantamento de Necessidades de Treinamento LNT

Levantamento de Necessidades de Treinamento LNT SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS SECRETARIA EXECUTIVA DE RESSOCIALIZAÇÃO GÊRENCIA DE GESTÃO DE PESSOAS - GGP Levantamento de Necessidades de Treinamento LNT 2013 Gerência / Unidade

Leia mais

ESCOLA DE GOVERNO DE ALAGOAS REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA DE GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS

ESCOLA DE GOVERNO DE ALAGOAS REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA DE GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS ESCOLA DE GOVERNO DE ALAGOAS REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA DE GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS ( Decreto nº 24.202, de 07 de janeiro de 2013 Anexo Único Publicado no Diário Oficial do Estado de 08 de janeiro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA. Área: Gestão Pública EMENTAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA. Área: Gestão Pública EMENTAS Área: Gestão Pública EMENTAS Período: Setembro a Novembro de 2012 CURSO: Desenvolvimento de Lideranças Ampliar a competência gerencial dos participantes com ênfase na função e papéis frente às mudanças

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 26/2012-CUn

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 26/2012-CUn ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 26/2012-CUn PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA OS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DESTA UNIVERSIDADE 1. APRESENTAÇÃO O Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP),

Leia mais

CURSO: CONTABILIDADE PÚBLICA E ANÁLISE DE BALANÇOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: TEORIA E PRÁTICA. Período: Abril e Setembro

CURSO: CONTABILIDADE PÚBLICA E ANÁLISE DE BALANÇOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: TEORIA E PRÁTICA. Período: Abril e Setembro CURSO: CONTABILIDADE PÚBLICA E ANÁLISE DE BALANÇOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: TEORIA E PRÁTICA Período: Abril e Setembro Público Alvo: Servidores que trabalham na área contábil financeira do estado. Objetivo:

Leia mais

Informática Básica (Windows, Word, Internet). Curso: Excel Básico

Informática Básica (Windows, Word, Internet). Curso: Excel Básico Informática Básica (Windows, Word, Internet). Objetivo: Proporcionar conhecimentos básicos no sistema operacional windows, word e excel. Público alvo: Servidores públicos municipais, que ainda não tenham

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CADASTRO DE DOCENTES

EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CADASTRO DE DOCENTES EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CADASTRO DE DOCENTES A Associação Brasileira de Orçamento Público - Unidade Regional do Rio Grande do Sul (ABOP-RS), fundada em 04 de dezembro de 1974, como uma associação civil

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 4 OBJETIVOS 5 PROGRAMAS EDUCACIONAIS 6 CONSTRUÇÃO DO PLANO ANUAL DE EDUCAÇÃO 7 CONCEITOS BÁSICOS 8 CATÁLOGO DE CURSOS 2010 9

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 4 OBJETIVOS 5 PROGRAMAS EDUCACIONAIS 6 CONSTRUÇÃO DO PLANO ANUAL DE EDUCAÇÃO 7 CONCEITOS BÁSICOS 8 CATÁLOGO DE CURSOS 2010 9 1 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 4 OBJETIVOS 5 PROGRAMAS EDUCACIONAIS 6 CONSTRUÇÃO DO PLANO ANUAL DE EDUCAÇÃO 7 CONCEITOS BÁSICOS 8 CATÁLOGO DE CURSOS 2010 9 PROGRAMA EDUCACIONAL DIREITO 9 Atualização em Direito

Leia mais

Edital EDITAL Nº 001/2011 PROGEPE/CDP/UCAP PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO

Edital EDITAL Nº 001/2011 PROGEPE/CDP/UCAP PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS UNIDADE DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAS Edital EDITAL Nº 001/2011 PROGEPE/CDP/UCAP

Leia mais

QUADRO RESUMO DOS CURSOS E RECURSOS

QUADRO RESUMO DOS CURSOS E RECURSOS Pública no 1 20 3 30 A DEFINIR Módulo I: Gestão Pública A DEFINIR R$ 1.014,00 Pública no 2 20 3 30 A DEFINIR A DEFINIR Módulo II: Noções de R$ 1.014,00 Direito Administrativo Pública no 3 20 3 30 A DEFINIR

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO 2 CARTA DE APRESENTAÇÃO Todos nós idealizamos planos, projetos, mudanças e perspectivas de novas realizações. Para atingirmos esses objetivos precisamos constituir nossas ações com persistência, entusiasmo

Leia mais

PORTARIA PGR Nº 198 DE 15 DE ABRIL DE 2011. Regulamenta o Programa de Treinamento, Desenvolvimento e Educação do Ministério Público da União.

PORTARIA PGR Nº 198 DE 15 DE ABRIL DE 2011. Regulamenta o Programa de Treinamento, Desenvolvimento e Educação do Ministério Público da União. PORTARIA PGR Nº 198 DE 15 DE ABRIL DE 2011 Regulamenta o Programa de Treinamento, Desenvolvimento e Educação do Ministério Público da União. O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, no uso de suas atribuições,

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CURSO DE CAPACITAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS CURSO DE CAPACITAÇÃO TECNOLOGIA

Leia mais

GRUPO. CEP: 57020-670 - Cel. 8830-6001. WAPPE PUBLICIDADE E EVENTOS LTDA Unidade de Cursos www.wap.com.br CNPJ: 05.823.069/0001-39

GRUPO. CEP: 57020-670 - Cel. 8830-6001. WAPPE PUBLICIDADE E EVENTOS LTDA Unidade de Cursos www.wap.com.br CNPJ: 05.823.069/0001-39 Curso de Licitações, Contratos e Sistema de Registro de Preços (SRP) - 20 e 21 de Março Módulo i- licitação Definição O dever de licitar Quem pode licitar Pressuposto Natureza jurídica e fundamentos Legislação

Leia mais

PREFEITURA DE RIO BRANCO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO - RBPREV. Programa de Capacitações Exercicio de 2015

PREFEITURA DE RIO BRANCO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO - RBPREV. Programa de Capacitações Exercicio de 2015 Prefeitura Municipal de Rio Branco RBPREV Programa de Capacitações Exercicio de 2015 Equipe do RBPREV Raquel de Araújo Nogueira Diretora-Presidente Maria Gecilda Araújo Ribeiro Diretora de Previdência

Leia mais

CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS A DISTÂNCIA- EAD PARA SERVIDORES DO TCE E JURISDICIONADOS

CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS A DISTÂNCIA- EAD PARA SERVIDORES DO TCE E JURISDICIONADOS CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS - EAD PARA SERVIDORES DO TCE E CURSOS OBJETIVO PÚBLICO-ALVO CARGA HORÁRIA N. DE VAGAS MODALIDADE 1. As Novas Normas de Contabilidade Aplicada

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS 1 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS SUMÁRIO INTERATIVO ENTENDENDO SOBRE O PROGRAMA TELECURSO TEC... 3 ÁREAS DE ESTUDO DO TELECURSO

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO VICE-REITORIA DE ENSINO ACADÊMICA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO VICE-REITORIA DE ENSINO ACADÊMICA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO VICE-REITORIA DE ENSINO ACADÊMICA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR TUTOR A DISTÂNCIA A Reitoria da Universidade

Leia mais

Plano Anual de Educação Institucional 2013

Plano Anual de Educação Institucional 2013 Plano Anual de Educação Institucional 2013 Sumário Apresentação Metodologia de Construção do Plano Anual de Educação Ações do CEAF Planejadas para 2013 Programa Direito Programa Atuação Ministerial Programa

Leia mais

CRONOGRAMA DE CURSOS - DE MARÇO A ABRIL DE 2008 Revisão 04 de 12/03/08

CRONOGRAMA DE CURSOS - DE MARÇO A ABRIL DE 2008 Revisão 04 de 12/03/08 CRONOGRAMA DE CURSOS - DE MARÇO A ABRIL DE 2008 Revisão 04 de 12/03/08 Redação - Noturno Internet - Noturno CURSOS NOTURNOS MÓDULO DE CAPACITAÇÃO: LÍNGUA PORTUGUESA Ter conhecimentos básicos da Língua

Leia mais

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do sinal indicativo de crase Sintaxe da oração e

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR DIRETORIA DE GESTÃO INSTITUCIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS HUMANOS PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO PARA 2007

COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR DIRETORIA DE GESTÃO INSTITUCIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS HUMANOS PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO PARA 2007 COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR DIRETORIA DE GESTÃO INSTITUCIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS HUMANOS PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO PARA 2007 OBJETIVO O Plano Anual de Capacitação da CNEN-PACC/2007

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

PORTARIA-R N.º 197/2012, de 01 de março de 2012

PORTARIA-R N.º 197/2012, de 01 de março de 2012 PORTARIA-R N.º 197/2012, de 01 de março de 2012 O Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista a subdelegação

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O estágio

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIFEI CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIFEI CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIFEI CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1 - Objetivo Geral: Implantar na UNIFEI um Programa de Capacitação que seja continuado

Leia mais

Edital SEMA/PMT nº 1/2014. Regulamenta o 1º Concurso SERVIDOR INOVADOR.

Edital SEMA/PMT nº 1/2014. Regulamenta o 1º Concurso SERVIDOR INOVADOR. Edital SEMA/PMT nº 1/2014. Regulamenta o 1º Concurso SERVIDOR INOVADOR. A Prefeitura Municipal de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (SEMA), torna público o

Leia mais

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO A-01 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR PEDAGOGICO; A-02 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR

Leia mais

REALIZAÇÃO Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Goiás Coordenação de Educação Corporativa do Setor Público

REALIZAÇÃO Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Goiás Coordenação de Educação Corporativa do Setor Público REALIZAÇÃO do Estado de Goiás PARCERIA Órgãos da Administração Pública Estadual PROMOÇÃO FUNCAPE - Fundo de Capacitação e Profissionalização do Estado de Goiás ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO Renatta Aires Almeida

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa RESOLUÇÃO DE MESA Nº 847/2008 (atualizada até a Resolução de Mesa nº 951, de 3 de novembro de 2009) Regulamenta a

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE JARAGUÁ DO SUL

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE JARAGUÁ DO SUL L E I Nº 7.071/2015 Dispõe sobre a estrutura administrativa da Câmara Municipal de Jaraguá do Sul e dá outras providências. O PREFEITO DE JARAGUÁ DO SUL, no uso das atribuições que lhe são conferidas,

Leia mais

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL A DIRETORA DA ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS no exercício de suas atribuições legais, com fundamento no art. 65, inciso II da Lei

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 128/2014- COU/UNICENTRO. DISPOSITIVOS DO PROJETO PEDAGÓGICO APROVADO POR ESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 26/2009-COU/UNICENTRO.

Leia mais

Plano de Trabalho 2013/2015

Plano de Trabalho 2013/2015 SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FUNDAP SEADE CEPAM CONVÊNIO SPDR USP FUNDAP SEADE CEPAM ANEXO I Plano de Trabalho 2013/2015 OUTUBRO DE 2013 I. JUSTIFICATIVAS

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) (Candidaturas serão aceitas até o dia 22/2/2013 envie seu CV para asantos@uniethos.org.br)

COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) (Candidaturas serão aceitas até o dia 22/2/2013 envie seu CV para asantos@uniethos.org.br) COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) DESCRIÇÃO GERAL: O Coordenador Sênior do Uniethos é responsável pelo desenvolvimento de novos projetos, análise de empresas, elaboração, coordenação, gestão e execução

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008 ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO EDITAL ESMPU n. 177/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que estarão abertas, no período de 13 a 15 de outubro de 2008, as

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul EDITAL n 39/ 2014 - SELEÇÃO EXTERNA TEMPORÁRIA DE PROFESSORES O Instituto Federal Sul-rio-grandense

Leia mais

EDITAL Nº 05 DDG/CGPROG/2013

EDITAL Nº 05 DDG/CGPROG/2013 PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES DOS CURSOS DE GESTÃO DE MATERIAIS E FUNDAMENTOS DA GESTÃO DA LOGÍSTICA PÚBLICA E TEORIA GERAL DA LICITAÇÃO EDITAL Nº 05 DDG/CGPROG/2013

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015

PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 A Prefeitura Municipal de Angatuba, Estado de São Paulo, por meio de sua Comissão Examinadora, vem tornar publico a Inclusão dos empregos abaixo especificados

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 11/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 11/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 11/2013 ABERTURA E DISPOSIÇÕES GERAIS DE CURSOS DE CAPACITAÇÃO

Leia mais

M B A P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E S P E C I A L I Z A Ç Ã O E M G E R E N C I A M E N T O D E P R O J E T O S * Programa sujeito a alterações

M B A P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E S P E C I A L I Z A Ç Ã O E M G E R E N C I A M E N T O D E P R O J E T O S * Programa sujeito a alterações depto. mkt. IBE FGV * Programa sujeito a alterações RESOLUÇÃO DO MEC Os cursos MBA Pós-Graduação Especialização da Fundação Getulio Vargas atendem aos requisitos da Resolução CNE / CES nº 01, de 08/06/07.

Leia mais

Manual de Orientações

Manual de Orientações Dúvidas? Fale Conosco! SRH/Coordenadoria de Desenvolvimento de Pessoal Seção de Educação e Desenvolvimento de Pessoal 3403-3752, 3403-3753, 3403-3757 Manual de Orientações Fevereiro / 2008 Penalidades

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL Cacoal RO REGULAMENTO DE ESTÁGIOS

Leia mais

FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014

FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014 1 FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014 2 Sumário 1. Introdução... 3 2. Finalidade do Projeto Interdisciplinar... 3 3. Disciplinas Contempladas... 4 4. Material

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 06/2011

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 06/2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 06/2011 ABERTURA E DISPOSIÇÕES GERAIS DO CURSO DE INFORMÁTICA

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais LEI 15304 2004 Data: 11/08/2004 REESTRUTURA A CARREIRA DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL E INSTITUI A CARREIRA DE AUDITOR INTERNO DO PODER EXECUTO. Reestrutura a carreira de

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Liderança e Gestão de Pessoas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO UTRAMIG / Nº 01 / 2012. Processo de Seleção e Contratação de Profissionais

EDITAL DE SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO UTRAMIG / Nº 01 / 2012. Processo de Seleção e Contratação de Profissionais EDITAL DE SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO UTRAMIG / Nº 01 / 2012 1 Processo de Seleção e Contratação de Profissionais A em atendimento ao Plano de Trabalho do Convênio de Cooperação Financeira n 044/2012, comunica

Leia mais

ANEXO III QUADRO DOS REQUISITOS DE PROVIMENTO, REMUNERAÇÃO E ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGADOS PÚBLICOS. Requisitos Salário Bruto* Atribuições

ANEXO III QUADRO DOS REQUISITOS DE PROVIMENTO, REMUNERAÇÃO E ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGADOS PÚBLICOS. Requisitos Salário Bruto* Atribuições ANEXO III QUADRO DOS REQUISITOS DE PROVIMENTO, REMUNERAÇÃO E ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGADOS PÚBLICOS Secretário Executivo Carga horária 40 h/sanais Cargo Provimento cinco R$ 16.000,00 Assessoria ao liberações

Leia mais

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CAMPUS UNISULVIRTUAL EDITAL DE TRIAGEM Nº 08/05/2013

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CAMPUS UNISULVIRTUAL EDITAL DE TRIAGEM Nº 08/05/2013 UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CAMPUS UNISULVIRTUAL EDITAL DE TRIAGEM Nº 08/05/2013 A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA - UNISUL, Campus UnisulVirtual, nos termos deste edital, torna

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Apresentação O programa de MBA em Estratégia e Liderança Empresarial tem por objetivo preparar profissionais para

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO NOÇÕES EM GESTÃO E PROCESSOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

CURSO DE CAPACITAÇÃO NOÇÕES EM GESTÃO E PROCESSOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS PAU DOS FERROS COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS CURSO DE CAPACITAÇÃO NOÇÕES

Leia mais

OBJETIVO PÚBLICO ALVO VANTAGENS. www.licidata.com.br gerencia@licidata.com.br (41) 3064-1100

OBJETIVO PÚBLICO ALVO VANTAGENS. www.licidata.com.br gerencia@licidata.com.br (41) 3064-1100 A Licidata Cursos reconhecida nacionalmente por sua excelência em capacitação, e pelo compartir do conhecimento técnico e pratico, oportunizado por seus parceiros e renomados professores e palestrantes,

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS, usando das atribuições legais e regimentais,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS, usando das atribuições legais e regimentais, DECRETO JUDICIÁRIO Nº 1543/2013. Dispõe sobre a Regulamentação da concessão de Bolsa de Graduação e Pós-Graduação no âmbito do Poder Judiciário do Estado de Goiás. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITOSANTO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ESPÍRITO SANTO (ESESP)

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITOSANTO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ESPÍRITO SANTO (ESESP) GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITOSANTO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ESPÍRITO SANTO (ESESP) PROGRAMA DE GESTÃO PÚBLICA CONTEMPORÂNEA Cursos Ementa Eixo: Desenvolvimento de Pessoas Ética, Cultura e Mudança Organizacional

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de

Leia mais

Questionário de Governança de TI 2014

Questionário de Governança de TI 2014 Questionário de Governança de TI 2014 De acordo com o Referencial Básico de Governança do Tribunal de Contas da União, a governança no setor público compreende essencialmente os mecanismos de liderança,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ES (ESESP) EMENTAS ÁREAS TEMÁTICAS/CURSOS

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ES (ESESP) EMENTAS ÁREAS TEMÁTICAS/CURSOS Página 1 GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ES (ESESP) EMENTAS ÁREAS TEMÁTICAS/CURSOS Cursos Ética, Cultura e Mudança Organizacional Gestão Criativa na Solução de Conflitos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A PRÓ-REITORA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, da Fundação Universidade Federal da Grande Dourados, no uso das atribuições que lhe foram

Leia mais

Novo Sistema de Gestão do IFAM

Novo Sistema de Gestão do IFAM Novo Sistema de Gestão do IFAM Os módulos serão implantados atendendo aos critérios: Sistema/Módulo Entrega Prazo de Entrega Módulo Administrativo Integração SIAFI Módulo de Recursos Humanos Protocolo

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Recursos Humanos Qualificação:

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO PÚBLICA CONTEMPORÂNEA

PROGRAMA DE GESTÃO PÚBLICA CONTEMPORÂNEA PROGRAMA DE GESTÃO PÚBLICA CONTEMPORÂNEA Cursos Ética, Cultura e Mudança Organizacional GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO DO ES (ESESP) EMENTAS ÁREAS TEMÁTICAS/CURSOS Eixo:

Leia mais

COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS

COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS IMPORTANTE: 1. Este documento não substitui o Comunicado 01 e constitui-se em mera síntese para divulgação das

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 005/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 005/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 005/2014 A Cáritas Brasileira Regional Ceará, organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB, por intermédio de sua Comissão Permanente de Licitação, faz

Leia mais

CARTA DE SERVIÇOS. Coordenação-Geral da Gestão da Carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental.

CARTA DE SERVIÇOS. Coordenação-Geral da Gestão da Carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental. CARTA DE SERVIÇOS Coordenação-Geral da Gestão da Carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental Brasília - DF Secretaria de Gestão Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA 15/2015 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO NO CURSO BÁSICO DE PLANILHA ELETRÔNICA EXCEL 2010 EAD

EDITAL DE ABERTURA 15/2015 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO NO CURSO BÁSICO DE PLANILHA ELETRÔNICA EXCEL 2010 EAD EDITAL DE ABERTURA 15/2015 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO NO CURSO BÁSICO DE PLANILHA ELETRÔNICA EXCEL 2010 EAD 1. DA REALIZAÇÃO A Escola de Governo (EG), através da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA DIRETORIA DO CENTRO DE ESTUDOS DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA DIRETORIA DO CENTRO DE ESTUDOS DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA DIRETORIA DO CENTRO DE ESTUDOS DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARÁ SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO, 3 2 FUNCIONALIDADE ADMINISTRATIVA, 3 2 S ORGANIZACIONAIS DO CENTRO DE ESTUDOS, 3

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 12/06/2014 13:58:56 Endereço IP: 200.252.42.196 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA 008/2012 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS

EDITAL DE ABERTURA 008/2012 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS ecretaria da dministração e dos ecursos umanos EDITAL DE ABERTURA 008/2012 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS 1. DA REALIZAÇÃO A Fundação para o Desenvolvimento

Leia mais

I. DO PROCESSO SELETIVO 1.1. O processo seletivo docente será composto de três etapas: homologação da inscrição, prova didática e entrevista.

I. DO PROCESSO SELETIVO 1.1. O processo seletivo docente será composto de três etapas: homologação da inscrição, prova didática e entrevista. Rua do Salete, 50, Barris - Salvador - Bahia. Tel: (71) 2108-8562 / 2108-8503 home page: www.cairu.br - E-mail: presidencia@fvc.br E D I T A L A FVC - Fundação Visconde de Cairu, informa a abertura das

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você

Leia mais

Edital ECG nº 03/2015 CAPÍTULO I DA INSCRIÇÃO

Edital ECG nº 03/2015 CAPÍTULO I DA INSCRIÇÃO PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PARA COMPOR O CADASTRO DE DOCENTES DA ESCOLA DE CONTAS E GESTÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - ECG/TCE-RJ Edital ECG nº 03/2015 O Presidente do Conselho

Leia mais

Universidade de Brasília Sistema de Planejamento Institucional Secretaria de Planejamento Decanato de Administração

Universidade de Brasília Sistema de Planejamento Institucional Secretaria de Planejamento Decanato de Administração Anexo T Projetos Estratégicos Institucionais 1 Projetos Estratégicos da UnB 1 O processo de modernização da gestão universitária contempla projetos estratégicos relacionados à reestruturação organizacional

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O PROGRAMA SERVIDOR MULTIPLICADOR EDITAL EGP Nº 002/2015

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O PROGRAMA SERVIDOR MULTIPLICADOR EDITAL EGP Nº 002/2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O PROGRAMA SERVIDOR MULTIPLICADOR EDITAL EGP Nº 002/2015 A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos, por meio da Escola de Gestão Pública de Palmas, torna

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

EDITAL 001/2014 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROCESSO SELETIVO INTERNO DE REMOÇÃO

EDITAL 001/2014 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROCESSO SELETIVO INTERNO DE REMOÇÃO EDITAL 001/2014 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROCESSO SELETIVO INTERNO DE REMOÇÃO A Prefeitura Municipal da Serra, usando de suas atribuições legais por meio das Secretarias de Saúde e de Administração

Leia mais

ANEXO 1 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO LOGÍSTICA DE EVENTOS

ANEXO 1 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO LOGÍSTICA DE EVENTOS 135 ANEXO 1 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO LOGÍSTICA DE EVENTOS Curso: PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO LOGÍSTICA DE EVENTOS Objetivo: Capacitar profissionais para atuarem no segmento de Logística de Eventos,

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

Plano de Ação 2015: Objetivos estratégicos, Indicadores, Metas e Projetos priorizados

Plano de Ação 2015: Objetivos estratégicos, Indicadores, Metas e Projetos priorizados E77p Espírito Santo. Tribunal de Contas do Estado. Plano de Ação 2015: Objetivos estratégicos, Indicadores, Metas e Projetos priorizados / Tribunal de Contas do Estado. Vitória/ES: TCEES, 2015. 13p. 1.Tribunal

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

Porto Alegre (RS), 01, 02 e 03 de setembro de 2014

Porto Alegre (RS), 01, 02 e 03 de setembro de 2014 Porto Alegre (RS), 01, 02 e 03 de setembro de 2014 Prof. Geldes Ronan Passos Inscrições até 22/08/2014 APRESENTAÇÃO O RDC Regime Diferenciado de Contratações Públicas foi instituído no ano de 2011 objetivando

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

Cursos a Distância com Tutoria Turmas com mínimo de 60 participantes

Cursos a Distância com Tutoria Turmas com mínimo de 60 participantes Cursos a Distância com Tutoria Turmas com mínimo de 60 participantes Análise e melhoria de processos - MASP Servidores públicos federais interessados em conhecer a gestão da qualidade e utilizá-la na melhoria

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ENGENHARIA DE SOFTWARE, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das disposições gerais O presente

Leia mais

Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3

Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3 Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3 3 Investir no recrutamento, capacitação e desenvolvimento de seus profissionais. 7 7 Implementar ações de modernização administrativa

Leia mais

MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores

MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores Coordenação Acadêmica: Prof. Edmarson Bacelar Mota, M. A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios

Leia mais

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DE COLABORADORES PQC ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DE COLABORADORES PQC ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES Educação Superior no Brasil: cenários e tendências Conceitos e concepções de universidade; aspectos históricos da educação superior no Brasil; a reforma da educação superior

Leia mais

União Metropolitana de Educação e Cultura. Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM

União Metropolitana de Educação e Cultura. Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM União Metropolitana de Educação e Cultura Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM Lauro de Freitas - BAHIA 2013 2 JUSTIFICATIVA A principal justificativa para o desenvolvimento e implementação

Leia mais

UNESCO - PROJETO 914BRA1121 MEC 2007 SESU Edital nº SESu 001/2007

UNESCO - PROJETO 914BRA1121 MEC 2007 SESU Edital nº SESu 001/2007 ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA - UNESCO UNESCO - PROJETO 914BRA1121 MEC 2007 SESU Edital nº SESu 001/2007 Contrata Consultor na modalidade PRODUTO : Publicação de

Leia mais

L E I Nº 6.875, DE 29 DE JUNHO DE 2006

L E I Nº 6.875, DE 29 DE JUNHO DE 2006 L E I Nº 6.875, DE 29 DE JUNHO DE 2006 Altera dispositivos da Lei nº 6.563, de 1º de agosto de 2003, que dispõe sobre a reestruturação organizacional da Secretaria Executiva de Estado de Administração

Leia mais

Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios

Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios 1 A maioria dos Prefeitos e Presidentes de Câmaras de Vereadores não sabe que podem criar o Diário Oficial

Leia mais