Revista de Imprensa Diário de Notícias, , Biografias de Manuel de Lucena hoje apresentadas 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Revista de Imprensa 25-03-2015. 1. Diário de Notícias, 25-03-2015, Biografias de Manuel de Lucena hoje apresentadas 1"

Transcrição

1

2 Revista de Imprensa Diário de Notícias, , Biografias de Manuel de Lucena hoje apresentadas 1 2. i, , Heróis da Terra que viraram cidadãos nobres 2 3. TV 7 Dias - Novelas, , A filha do Super Pai 3 4. Agência Ecclesia Online, , Cultura: José Tolentino Mendonça destaca «obra imortal» de Herberto Helder Diário do Minho, , Isabel Jonet comenta em Famalicão filme Comboio Noturno para Lisboa Expresso Online, , Conheça o currículo da nova diretora-geral da AT Expresso Online, , Conheça o currículo da nova diretora-geral do Fisco Local.pt Online, , De Garcia de Orta a Harry Potter. novos olhares sobre as "Jóias da Carreira da Índia" Portugal Mundial Online, , A verdade sobre os prazos de validade dos alimentos - Portugal Mundial Mirante - Economia, , ISLA de Santarém comemorou trigésimo primeiro aniversário Pessoal, , Programa Avançado de gestão para o Turismo 25

3 A1 ID: Tiragem: Period.: Diária Âmbito: Informação Geral Pág: 43 Área: 5,26 x 30,00 cm² Corte: 1 de 1

4 A2 ID: Tiragem: Period.: Diária Âmbito: Informação Geral Pág: 48 Área: 18,62 x 25,65 cm² Corte: 1 de 1

5 A3 Tiragem: Pág: 13 Period.: Semanal Área: 13,50 x 19,50 cm² ID: Novelas Âmbito: Interesse Geral Corte: 1 de 9

6 Tiragem: Pág: 14 Period.: Semanal Área: 13,50 x 19,50 cm² ID: Novelas Âmbito: Interesse Geral Corte: 2 de 9

7 Tiragem: Pág: 15 Period.: Semanal Área: 13,50 x 19,50 cm² ID: Novelas Âmbito: Interesse Geral Corte: 3 de 9

8 Tiragem: Pág: 16 Period.: Semanal Área: 13,50 x 19,50 cm² ID: Novelas Âmbito: Interesse Geral Corte: 4 de 9

9 Tiragem: Pág: 17 Period.: Semanal Área: 13,50 x 19,50 cm² ID: Novelas Âmbito: Interesse Geral Corte: 5 de 9

10 Tiragem: Pág: 18 Period.: Semanal Área: 13,50 x 19,50 cm² ID: Novelas Âmbito: Interesse Geral Corte: 6 de 9

11 Tiragem: Pág: 19 Period.: Semanal Área: 13,50 x 19,50 cm² ID: Novelas Âmbito: Interesse Geral Corte: 7 de 9

12 Tiragem: Pág: 20 Period.: Semanal Área: 13,50 x 19,50 cm² ID: Novelas Âmbito: Interesse Geral Corte: 8 de 9

13 Tiragem: Pág: 1 Period.: Semanal Área: 10,73 x 1,75 cm² ID: Novelas Âmbito: Interesse Geral Corte: 9 de 9

14 A12 Cultura: José Tolentino Mendonça destaca «obra imortal» de Herberto Helder Tipo Meio: Internet Data Publicação: Meio: URL: Agência Ecclesia Online Lisboa, 24 mar 2015 (Ecclesia) - O poeta madeirense Herberto Helder, um dos maiores nomes da literatura portuguesa contemporânea, morreu esta segunda-feira aos 84 anos na sua casa em Cascais. Em entrevista concedida hoje à Agência ECCLESIA, o padre e também poeta José Tolentino Mendonça, conterrâneo do autor, destaca a "imortalidade da sua obra e da sua experiência" de vida. Um legado que "permanecerá para lá do desaparecimento do poeta e que constitui um dos patrimónios mais intensamente originais que a cultura portuguesa de todos os tempos produziu", salientou o atual vice-reitor da Universidade Católica Portuguesa. Natural do Funchal, Herberto Hélder de Oliveira é considerado o maior poeta português da segunda metade do século XX e estreou-se na literatura com a obra "O Amor em Visita", em Durante quase 60 anos, a par de outras ocupações profissionais, inclusivamente como redator e repórter, publicou dezenas de títulos como a "Apresentação do Rosto", uma autobiografia apreendida pela Censura em 1968; a "Vocação Animal" em 1971; "A cabeça entre as mãos" em 1982; "A faca não corta o fogo", em 2008 e "Servidões" em Em 1994 o autor viu ser-lhe atribuído o Prémio Pessoa como reconhecimento por uma obra literária impar no contexto do país, no entanto recusou o galardão por querer permanecer fora dos holofotes. O padre José Tolentino Mendonça, antigo diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, recorda um homem que "mergulhou profundamente nas dimensões do silêncio e do mistério". "A sua palavra nada tem da ruidosa sonoridade do tempo mas Herberto Helder é como o poeta mineiro que com uma luz na testa escava as profundidades mais recônditas do silêncio, do coração", apontou. O último trabalho de Herberto Helder, intitulado "A morte sem Mestre", foi escrito em 2013 e publicado em meados do ano passado pela Porto Editora. À Agência ECCLESIA, José Tolentino Mendonça descreve a forma como aquele autor o influenciou na juventude. De tal modo que o primeiro poema que escreveu, em 1990 com 24 anos, teve como título "A infância de Herberto Helder". "Os seus poemas foram o meu primeiro mapa para a abordagem à própria poesia e através dos seus versos aprendi uma música que até aí não sabia que o mundo possuía", frisou o vice-reitor da UCP. O funeral de Herberto Helder está marcado para esta quarta-feira e segundo a Porto Editora será "reservado à família". JCP

15 A13 Tiragem: 8500 Pág: 13 Cores: Preto e Branco ID: Period.: Diária Âmbito: Regional Isabel Jonet comenta em Famalicão filme Comboio Noturno para Lisboa A presidente do Banco Alimentar Contra a Fome, Isabel Jonet, vai estar na sexta-feira, na Casa de Camilo Centro de Estudos, em Vila Nova de Famalicão, a partir das 21h45, para participar em mais uma sessão de Um Livro, Um Filme. A iniciativa, que tem entrada gratuita, decorre desde 2006 e conta, todos os meses, com a presença de uma personalidade da vida pública portuguesa para apresentar um filme, preferencialmente baseado numa obra literária. Comboio Noturno para Lisboa, realizado pelo dinamarquês Bille August, foi o filme escolhido por Isabel Jonet para exibir e comentar esta sexta-feira. Baseado no romance homónimo do escritor suíço Pascal Mercier, o filme tem Lisboa como cenário e do elenco fazem parte atores como Beatriz Batarda, Nicolau Breyner, entre outros nomes portugueses e estrangeiros. Licenciada em Economia pela Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa, Isabel Jonet nasceu em Lisboa a 16 de fevereiro de Em 1993 iniciou a sua atividade como voluntária no Banco Alimentar Contra a Fome, instituição que atualmente preside. Em maio de 2012, foi nomeada presidente da Federação Europeia dos Bancos Alimentares. Área: 7,82 x 11,28 cm² Corte: 1 de 1

16 A14 Conheça o currículo da nova diretora-geral da AT Tipo Meio: Internet Data Publicação: Meio: URL: Expresso Online Licenciada em Gestão pelo ISEG, em 1993, Helena Borges, 52 anos, entrou para a então Direção-Geral de Contribuições e Impostos em :45 Terça feira, 24 de março de 2015 "O currículo académico e profissional, evidencia a competência técnica, aptidão, experiência profissional e formação adequadas ao exercício das respetivas funções", pode ler-se no despacho de nomeação da nova diretora-geral da Autoridade Tributária e Aduaneira, publicado esta segunda-feira em "Diário da República", assinado pela ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque Helena Borges irá acumular as funções de Diretora-Geral da Autoridade Tributária e Aduaneira com as de Diretora de Finanças de Lisboa, cargo para o qual foi nomeada em Nota Curricular 1 - Dados de identificação Nome: Helena Maria José Alves Borges; Data de nascimento: 7 de julho de 1962; Naturalidade: Lisboa. 2 - Habilitações académicas Licenciatura em Gestão pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa, 1989/93; Mestrado em Gestão de Empresas, INDEG/ISCTE, 2003/2005, concluída a parte escolar; Curso Avançado em Gestão Pública (CAGEP), INA, abril de 2009; Técnica da Administração Tributária Assessora Principal, da Direção-Geral dos Impostos, desde agosto de Atividade profissional 3.1 Cargos Desempenhados/Atividades Desenvolvidas : Diretora de Finanças de Lisboa, em regime de substituição; : Subdiretora Geral na Autoridade Tributária e Aduaneira, com responsabilidades na Área de Planeamento, Organização e Comunicação e na coordenação do Gabinete de Gestão das Reformas, criado por despacho do Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, de , com o objetivo de garantir os procedimentos inerentes à extinção da Direção Geral dos Impostos (DGCI), Direção Geral das Alfandegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo (DGAIEC) e Direção -Geral de Informática e Apoio aos Serviços Tributários e Aduaneiros (DGITA) e à criação da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT); : Diretora de Finanças Adjunta na Direção de Finanças de Lisboa, onde assumiu responsabilidades na Área da Justiça Administrativa, Justiça Contenciosa e Investigação Criminal Fiscal;

17 : Secretária -Geral Adjunta na Secretaria -Geral do Ministério da Justiça, organismo onde assumiu responsabilidades em todas as áreas de atribuição, assegurou a substituição da Secretária -Geral nas suas faltas e impedimentos e onde teve sob sua direta responsabilidade a área dos Serviços Jurídicos e do Contencioso e a Unidade Ministerial de Compras; : Subdiretora -Geral na Direção Geral da Administração da Justiça, onde assumiu, entre outras, a responsabilidade pelas áreas da gestão e controlo orçamental, direito financeiro e pela implementação da reforma do contencioso administrativo, instalação e acompanhamento da atividade dos Tribunais Administrativos e Fiscais; 2002: Diretora de Finanças Adjunta na 2ª Direção de Finanças de Lisboa, dirigindo a área da Justiça Tributária; 1999/2002: Chefe da Divisão da Justiça Administrativa na 2ª Direção de Finanças de Lisboa; 1998/1999: Chefe de Divisão de Justiça Tributária/área oriental, na Direção de Finanças de Lisboa; 1996/1997: Subdiretora Tributária na Direção de Finanças de Lisboa; 1991/1996: Quadro Técnico de Fiscalização Tributária da DGCI; 1982/ Quadro Técnico Tributário da DGCI. 3.2 Funções de Representação do Ministério da Justiça No Instituto Nacional para a Reabilitação e Federação Portuguesa da Associação de Surdos, de fevereiro 2008 a abril 2010; Na Comissão Interministerial de Compras, órgão consultivo da Agência Nacional de Compras Públicas, E.P.E., de julho 2007 a abril 2010; No Conselho Consultivo da Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres, de setembro 2005 a abril 2010; 3.3 Participação em Conferências e Seminários na União Europeia "Smart Cooperation" - Technical Conference of the Inter - American Center of Tax Administrations (CIAT), Amsterdam, The Netherlands (outubro 2012); The Stockholm Expert Meeting on Good Administration. The Swedish Agency for Public Management, Stockholm (dezembro, 2004); Implementation of Human Rights: the Efficiency of Justice in the Council of Europe and its Member States, Netherlands Ministry of Foreign Affairs NJCM, Dutch Section of the International Commission of Jurists, The Netherlands (abril, 2004); 3.4 Eventos em que participou como Oradora Convidada Compras Públicas: Mais Eficiência e/ou Mais Inovação - Desenhar e Construir Redes/A Legislação e o Governance das Compras Públicas, APDC - Associação para o Desenvolvimento das Comunicações (junho 2010); 1ª Convenção Nacional de Compras Públicas: Agregação de Necessidades e Aquisições ao abrigo dos Acordos Quadro/Unidade de Compras do Ministério da Justiça, Centro de Congressos da FIL (julho 2009);

18 III Encontro Nacional de Bibliotecas e Arquivos Jurídicos: "Arquivos Jurídicos na Justiça: a desmaterialização sem descurar a preservação", IDEFE, Faculdade de Direito de Lisboa (novembro 2008); Compras Públicas no Contexto da Sociedade de Informação, APDSI - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento dos Sistemas de Informação, Fundação Calouste Gulbenkian (maio 2008); 1, 2 e 3 Congresso Nacional de Contratação Eletrónica, OPET - Observatório de Prospetiva da Engenharia e da Tecnologia (setembro 2007, novembro de 2008 e novembro 2009); 4 - Formação Profissional I Congresso de Direito Fiscal/Direito Fiscal em Tempo de Crise - Auditório da Faculdade de Direito de Lisboa (novembro 2010); O Regime de Arbitragem Tributária, Universidade Católica Portuguesa (dezembro 2010); Seminário sobre a Prevenção dos Riscos de Corrupção, organização conjunta do Conselho de Prevenção da Corrupção e do Tribunal de Contas (março 2010); A Nova Lei da Responsabilidade Extracontratual do Estado: Aplicação Prática, INA (outubro 2009); Microsoft Project 2007, Rumos (maio 2009); O Novo Código dos Contratos Públicos, JurisNova e Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (janeiro 2008); 5 Congresso Nacional da Administração Pública: Modernização, Desenvolvimento e Competitividade, INA (outubro 2007); Desenvolvimento de Competências em Liderança e Gestão, Leadership Business Consulting, 2006; Management by Objetives in Public Administration, INA/Maxwell School of Citizenship and Public Afairs, 2006; Interesse Público, Funções do Estado e Reforma da Administração - III Colóquio Internacional, ISCTE, 2005; Seminário de Alta Direção, INA, 2005; Novas Perspetivas na Contratação Pública, INA/ Tribunal de Contas, 2004; O Estado do Séc. XXI: Redefinição das Suas Funções, INA/Tribunal de Contas, 2004; O Novo Contencioso Administrativo, Instituto de Ciências Jurídico-Políticas da Faculdade de Direito de Lisboa, 2003.

19 A17 Conheça o currículo da nova diretora-geral do Fisco Tipo Meio: Internet Data Publicação: Meio: URL: Expresso Online Licenciada em Gestão pelo ISEG, em 1993, Helena Borges, 52 anos, entrou para a então Direção-Geral de Contribuições e Impostos em :45 Terça feira, 24 de março de 2015 "O currículo académico e profissional, evidencia a competência técnica, aptidão, experiência profissional e formação adequadas ao exercício das respetivas funções", pode ler-se no despacho de nomeação da nova diretora-geral da Autoridade Tributária e Aduaneira, publicado esta segunda-feira em "Diário da República", assinado pela ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque Helena Borges irá acumular as funções de Diretora-Geral da Autoridade Tributária e Aduaneira com as de Diretora de Finanças de Lisboa, cargo para o qual foi nomeada em Nota Curricular 1 - Dados de identificação Nome: Helena Maria José Alves Borges; Data de nascimento: 7 de julho de 1962; Naturalidade: Lisboa. 2 - Habilitações académicas Licenciatura em Gestão pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa, 1989/93; Mestrado em Gestão de Empresas, INDEG/ISCTE, 2003/2005, concluída a parte escolar; Curso Avançado em Gestão Pública (CAGEP), INA, abril de 2009; Técnica da Administração Tributária Assessora Principal, da Direção-Geral dos Impostos, desde agosto de Atividade profissional 3.1 Cargos Desempenhados/Atividades Desenvolvidas : Diretora de Finanças de Lisboa, em regime de substituição; : Subdiretora Geral na Autoridade Tributária e Aduaneira, com responsabilidades na Área de Planeamento, Organização e Comunicação e na coordenação do Gabinete de Gestão das Reformas, criado por despacho do Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, de , com o objetivo de garantir os procedimentos inerentes à extinção da Direção Geral dos Impostos (DGCI), Direção Geral das Alfandegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo (DGAIEC) e Direção -Geral de Informática e Apoio aos Serviços Tributários e Aduaneiros (DGITA) e à criação da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT); : Diretora de Finanças Adjunta na Direção de Finanças de Lisboa, onde assumiu responsabilidades na Área da Justiça Administrativa, Justiça Contenciosa e Investigação Criminal Fiscal;

20 : Secretária -Geral Adjunta na Secretaria -Geral do Ministério da Justiça, organismo onde assumiu responsabilidades em todas as áreas de atribuição, assegurou a substituição da Secretária -Geral nas suas faltas e impedimentos e onde teve sob sua direta responsabilidade a área dos Serviços Jurídicos e do Contencioso e a Unidade Ministerial de Compras; : Subdiretora -Geral na Direção Geral da Administração da Justiça, onde assumiu, entre outras, a responsabilidade pelas áreas da gestão e controlo orçamental, direito financeiro e pela implementação da reforma do contencioso administrativo, instalação e acompanhamento da atividade dos Tribunais Administrativos e Fiscais; 2002: Diretora de Finanças Adjunta na 2ª Direção de Finanças de Lisboa, dirigindo a área da Justiça Tributária; 1999/2002: Chefe da Divisão da Justiça Administrativa na 2ª Direção de Finanças de Lisboa; 1998/1999: Chefe de Divisão de Justiça Tributária/área oriental, na Direção de Finanças de Lisboa; 1996/1997: Subdiretora Tributária na Direção de Finanças de Lisboa; 1991/1996: Quadro Técnico de Fiscalização Tributária da DGCI; 1982/ Quadro Técnico Tributário da DGCI. 3.2 Funções de Representação do Ministério da Justiça No Instituto Nacional para a Reabilitação e Federação Portuguesa da Associação de Surdos, de fevereiro 2008 a abril 2010; Na Comissão Interministerial de Compras, órgão consultivo da Agência Nacional de Compras Públicas, E.P.E., de julho 2007 a abril 2010; No Conselho Consultivo da Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres, de setembro 2005 a abril 2010; 3.3 Participação em Conferências e Seminários na União Europeia "Smart Cooperation" - Technical Conference of the Inter - American Center of Tax Administrations (CIAT), Amsterdam, The Netherlands (outubro 2012); The Stockholm Expert Meeting on Good Administration. The Swedish Agency for Public Management, Stockholm (dezembro, 2004); Implementation of Human Rights: the Efficiency of Justice in the Council of Europe and its Member States, Netherlands Ministry of Foreign Affairs NJCM, Dutch Section of the International Commission of Jurists, The Netherlands (abril, 2004); 3.4 Eventos em que participou como Oradora Convidada Compras Públicas: Mais Eficiência e/ou Mais Inovação - Desenhar e Construir Redes/A Legislação e o Governance das Compras Públicas, APDC - Associação para o Desenvolvimento das Comunicações (junho 2010); 1ª Convenção Nacional de Compras Públicas: Agregação de Necessidades e Aquisições ao abrigo dos Acordos Quadro/Unidade de Compras do Ministério da Justiça, Centro de Congressos da FIL (julho 2009);

21 III Encontro Nacional de Bibliotecas e Arquivos Jurídicos: "Arquivos Jurídicos na Justiça: a desmaterialização sem descurar a preservação", IDEFE, Faculdade de Direito de Lisboa (novembro 2008); Compras Públicas no Contexto da Sociedade de Informação, APDSI - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento dos Sistemas de Informação, Fundação Calouste Gulbenkian (maio 2008); 1, 2 e 3 Congresso Nacional de Contratação Eletrónica, OPET - Observatório de Prospetiva da Engenharia e da Tecnologia (setembro 2007, novembro de 2008 e novembro 2009); 4 - Formação Profissional I Congresso de Direito Fiscal/Direito Fiscal em Tempo de Crise - Auditório da Faculdade de Direito de Lisboa (novembro 2010); O Regime de Arbitragem Tributária, Universidade Católica Portuguesa (dezembro 2010); Seminário sobre a Prevenção dos Riscos de Corrupção, organização conjunta do Conselho de Prevenção da Corrupção e do Tribunal de Contas (março 2010); A Nova Lei da Responsabilidade Extracontratual do Estado: Aplicação Prática, INA (outubro 2009); Microsoft Project 2007, Rumos (maio 2009); O Novo Código dos Contratos Públicos, JurisNova e Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (janeiro 2008); 5 Congresso Nacional da Administração Pública: Modernização, Desenvolvimento e Competitividade, INA (outubro 2007); Desenvolvimento de Competências em Liderança e Gestão, Leadership Business Consulting, 2006; Management by Objetives in Public Administration, INA/Maxwell School of Citizenship and Public Afairs, 2006; Interesse Público, Funções do Estado e Reforma da Administração - III Colóquio Internacional, ISCTE, 2005; Seminário de Alta Direção, INA, 2005; Novas Perspetivas na Contratação Pública, INA/ Tribunal de Contas, 2004; O Estado do Séc. XXI: Redefinição das Suas Funções, INA/Tribunal de Contas, 2004; O Novo Contencioso Administrativo, Instituto de Ciências Jurídico-Políticas da Faculdade de Direito de Lisboa, 2003.

22 A20 De Garcia de Orta a Harry Potter. novos olhares sobre as "Jóias da Carreira da Índia" Tipo Meio: Internet Data Publicação: Meio: URL: Local.pt Online LISBOA - Analisar as "Jóias da Carreira da Índia" sob duas perspectivas distintas, numa visita temática e numa conferência, são as sugestões do Museu do Oriente para os dias 25 e 26 de Março. Ambas as iniciativas são de entrada livre. Na quarta-feira, 25 de Março, pelas 18.00, a visita "A pedra de bezoar: a história de um antídoto de Garcia de Orta a Harry Potter" orientada por Jorge dos Santos Alves, professor da Universidade Católica Portuguesa, aborda a história da pedra de bezoar, considerada durante séculos um antídoto universal contra venenos. A pedra de Goa [exemplos da qual podem ser vistos na exposição], preparada pelos boticários jesuítas do Convento de São Paulo, era um bezoar artificial usado como medicamento contra vários males nos séculos XVI e XVII. No dia seguinte, às 18.30, Luísa Penalva, conservadora do Museu Nacional de Arte Antiga, apresenta "As Jóias da Índia". Em foco nesta conferência, as preciosas peças ostentadas durante séculos pelas mulheres goesas, e em que medida estas jóias reflectem as vivências sociais do território e os sincretismos das culturas cristã e hindu. A exposição "Jóias da Carreira da Índia" termina já no dia 26 de Abril. Visita temática "A Pedra de Bezoar: a história de um antídoto de Garcia de Orta a Harry Potter" com Jorge dos Santos Alves 25 de Março Gratuito Conferência "As Jóias da Índia" com Luísa Penalva 26 de Março Gratuito

23 A21 A verdade sobre os prazos de validade dos alimentos - Portugal Mundial Tipo Meio: Internet Data Publicação: Meio: URL: Portugal Mundial Online Será que devemos acreditar nos prazos de validade? Saiba até quando os alimentos podem mesmo ser consumidos porque nunca é tempo de desperdiçar comida. Aberta a porta do frigorífico, lança-se um olhar desconfiado à tampa do iogurte, à caixa dos ovos ou ao fiambre embalado. Já passaram alguns dias desde o fim do prazo de validade. Comer ou não comer, eis a indecisão. Resposta possível: arriscar e "seja o que Deus quiser". Mas uma coisa é certa: o produtor só se responsabiliza por uma eventual intoxicação alimentar até ao dia marcado no rótulo da embalagem. Dessa data em diante, a responsabilidade é nossa. E é grande. Ao deitar fora comida, também contribuímos para o aumento do desperdício alimentar. Os números da FAO, organismo da ONU para a Agricultura e a Alimentação, convidam à reflexão: 1,3 mil milhões de toneladas de comida no mundo vão, a cada ano, para o lixo. As condições inadequadas de armazenamento e transporte, a adopção de prazos de validade curtos e as promoções encorajadoras de compras em excesso são os principais motivos de desperdício. Solução, procura-se Para a Deco, prolongar os prazos de validade não reduz, por si só, as perdas alimentares. "É preciso gerir as compras, ser um consumidor pró-activo", diz Dulce Ricardo, daquela associação. "Deve-se estar atento às promoções, mas sem excessos, porque, depois, poupamos por um lado, para desperdiçarmos por outro." A opinião é partilhada pela ASAE: "Os retalhistas precisam de fazer a gestão adequada dos alimentos em stock. E mesmo o consumidor tem de fazer compras inteligentes", avisa Graça Mariano, directora do Departamento dos Riscos Alimentares e Laboratórios. Para que as compras inteligentes funcionem, é necessário saber distinguir entre data de durabilidade mínima ("consumir de preferência antes de.", ou "consumir de preferência antes do fim de.") e data limite de consumo ("consumir até."). A data de durabilidade mínima é aplicada ao arroz e às massas, às leguminosas secas, às conservas e enlatados, às bolachas e cereais, ao chocolate, ao azeite e ao óleo, entre outros produtos que não se degradam de forma rápida. Ultrapassado o prazo de validade destes alimentos, e mesmo existindo algumas alterações de sabor e textura, poderão ainda ser consumidos com relativa segurança. As bolachas ou os cereais, por exemplo, perdem a sua principal característica, a textura crocante, pelo que dificilmente o consumidor os quererá comer. Já a data limite em alimentos muito perecíveis, como queijo fresco, iogurtes, ovos, carne picada, salsichas frescas ou carne de aves deve ser respeitada. Também o cheiro da sopa azeda ainda antes de a ferver ou a cor acastanhada de um bife de vaca não deixam dúvidas de que não se deve comer. Mas não nos podemos fiar na análise dos alimentos à vista desarmada. "Tudo depende do nível de contaminação e da bactéria", explica Matilde Figueiredo, da Saport, uma spin off da Universidade Católica. O aspecto e o cheiro não dizem tudo Quando, em Abril de 2010, Sally Davies comprou um hambúrguer e batatas fritas, no McDonald's, estava longe de imaginar que, dias depois, os alimentos estivessem impecáveis, sem vestígios evidentes de decomposição. Diariamente, ao longo de três anos, a artista nova-iorquina vegetariana fotografou o hambúrguer e as batatas fritas só nas imagens recentes o pão dá sinais de estar ressequido. O Happy Meal Project provou que "um alimento contaminado pode ter um aspecto perfeitamente normal", alerta Dulce Ricardo, da Deco. "Qualquer carne fora do frio degrada-se, mas as bactérias mais patogénicas podem não dar sinais evidentes ", explica Graça Mariano, da ASAE. Outro caso insólito, também nos EUA, foi notícia, em David Whipple, do Utah, comprou um hambúrguer em Julho de 1999 e esqueceu-se dele, embrulhado no papel, dentro do bolso de um casaco. Encontrou-o dois anos depois sem sinais de bolor ou de deterioração. Continuou a observação da carne picada e já lá vão 14 anos. No programa de TV The Doctors, mostrou-se como, apesar de rijo, o hambúrguer não tem bolor ou fungos. Justificando-se, a McDonald's disse que a carne perde água, em forma de vapor, durante a confecção. E se o produto for deixado num local pouco

24 húmido, ainda perde mais água, secando em vez de apodrecer. Lição: o aspecto e o cheiro não devem substituir os prazos de validade. Frigorífico Evitar transmissão de odores e bactérias, protegendo os alimentos com película aderente ou em caixas herméticas Legumes e fruta devem ser guardados nas gavetas A carne e o peixe frescos podem estar dois dias no frigorífico. Após esse tempo, se não os usar, deve congelá-los Leite Um pacote "inchado", antes de o abrir, é mau sinal: o desenvolvimento de microrganismos pode provocar a formação de gás e um aumento do volume do pacote Guardar o leite ultrapasteurizado, depois de aberto, na porta (zona menos fria), e consumir dentro de 3 a 4 dias. Os leites pasteurizados ou do dia devem ir para o frio logo após a compra e, depois de abertos, duram até 3 dias Ovos Só podem estar 21 dias nas prateleiras dos supermercados embora tenham 28 dias de validade, desde a data da colocação. Garante-se, assim, que ainda possam permanecer uma semana em casa dos consumidores, com validade O frio ajuda a prolongar o prazo de validade Pré-embalados (queijo, queijo fresco, requeijão, fiambre, carne, salsichas frescas) A carne picada deve ser consumida até 24 horas. Outras carnes cruas podem ficar no frigorífico até 3 dias. As cozinhadas só resistem 1 a 2 dias. A temperatura no frigorífico deve rondar os 3ºC, mas nunca deve ser negativa, nem superior a 5ºC Na zona mais fria, arrume carne picada ou de aves, fiambre e charcutaria, peixe, cozinhados, conservas abertas e produtos de pastelaria Despensa Arroz, óleo, azeite, conservas, massas, enlatados, bolachas e cereais não se deterioram facilmente No caso do vinho, o processo de fermentação e a presença de sulfitos são conservantes Açúcar conservante natural Farinha como provem de cereais acumulados a granel, pode estar contaminada com substâncias químicas produzidas por fungos e mesmo parasitas. Atenção redobrada à validade Se os alimentos estiverem próximos do fim da validade, use-os numa receita e congele. Outro alerta: a congelação não elimina as bactérias, ao contrário da cozedura, mas suspende o seu desenvolvimento Fonte: Visão

25 A23 Tiragem: Pág: 4 Period.: Semanal Área: 23,00 x 14,05 cm² ID: Economia Âmbito: Regional Corte: 1 de 2

26 Tiragem: Pág: 1 Period.: Semanal Área: 7,96 x 2,65 cm² ID: Economia Âmbito: Regional Corte: 2 de 2

27 A25 ID: Tiragem: Period.: Mensal Âmbito: Outros Assuntos Pág: 6-7 Área: 6,14 x 6,43 cm² Corte: 1 de 1

Combate ao Desperdício Alimentar. Dicas e sugestões

Combate ao Desperdício Alimentar. Dicas e sugestões Combate ao Desperdício Alimentar Dicas e sugestões 2014 A alimentação ocupa um lugar importante na gestão da economia familiar. No entanto, nas casas portuguesas são desperdiçadas cerca de 324 mil toneladas

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 11 de dezembro de 2015. Série. Número 223

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 11 de dezembro de 2015. Série. Número 223 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 11 de dezembro de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO Despacho n.º 470/2015 Nomeação em regime de substituição do Licenciado João Manuel

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO

CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO I - QUALIFICAÇÕES ACADÉMICAS 1. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1976, com a classificação final de 15 valores. 2. Pós-graduado

Leia mais

Professor Auxiliar Convidado Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP)

Professor Auxiliar Convidado Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Nacionalidade VALDEZ FERREIRA MATIAS, VASCO JORGE Portuguesa Data de nascimento 28/09/1953 Endereço Electrónico vjvaldez@gmail.com Contacto Telefónico

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

A MIXIE RESPONDE TOP 10 DÚVIDAS DO ONLINE

A MIXIE RESPONDE TOP 10 DÚVIDAS DO ONLINE A MIXIE RESPONDE TOP 10 DÚVIDAS DO ONLINE DICA DA MIXIE - MARÇO 2014 1 SOCORRO! AS NATAS FICARAM LÍQUIDAS. O QUE FAZER? Use sempre natas indicadas para bater, ou seja, com pelo menos 35% de gordura. Quanto

Leia mais

Do campo ao garfo: desperdício alimentar em Portugal 13 de Março 2013. Autores: Pedro Baptista Inês Campos Iva Pires Sofia Vaz

Do campo ao garfo: desperdício alimentar em Portugal 13 de Março 2013. Autores: Pedro Baptista Inês Campos Iva Pires Sofia Vaz Do campo ao garfo: desperdício alimentar em Portugal 13 de Março 2013 Autores: Pedro Baptista Inês Campos Iva Pires Sofia Vaz Projecto PERDA Prémio Ideias Verdes 2011 Coordenação David Sousa (Cestras)

Leia mais

Legislação MINISTÉRIO DAS FINANÇAS - GABINETE DA MINISTRA. Despacho n.º 11088-B/2014, de 1 de setembro de 2014

Legislação MINISTÉRIO DAS FINANÇAS - GABINETE DA MINISTRA. Despacho n.º 11088-B/2014, de 1 de setembro de 2014 Legislação Diploma Despacho n.º 11088-B/2014, de 1 de setembro de 2014 Estado: vigente Resumo: Designação dos subdiretores gerais e do diretor do Centro de Estudos Fiscais e Aduaneiros da AT Publicação:

Leia mais

CURRICULUM VITAE NOME DATA DE NASCIMENTO HABILITAÇÕES LITERÁRIAS CONHECIMENTO DE LÍNGUAS EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL - JOSÉ MIGUEL SARDINHA - 15/09/59

CURRICULUM VITAE NOME DATA DE NASCIMENTO HABILITAÇÕES LITERÁRIAS CONHECIMENTO DE LÍNGUAS EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL - JOSÉ MIGUEL SARDINHA - 15/09/59 CURRICULUM VITAE NOME - JOSÉ MIGUEL SARDINHA DATA DE NASCIMENTO - 15/09/59 HABILITAÇÕES LITERÁRIAS - LICENCIADO EM DIREITO PELA FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA (1984). 13 valores.grau de Mestre em Direito

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E

M O D E L O E U R O P E U D E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Nacionalidade VALDEZ FERREIRA MATIAS, VASCO JORGE Portuguesa Data de nascimento 28/09/1953 Endereço Electrónico vjvaldez@gmail.com

Leia mais

Módulo 1 Entendendo a contaminação dos alimentos

Módulo 1 Entendendo a contaminação dos alimentos Módulo 1 Entendendo a contaminação dos alimentos Aula 1 - O que é um Alimento Seguro? Por que nos alimentamos? A alimentação é uma atividade básica para o indivíduo manter- se vivo. Precisamos nos nutrir

Leia mais

CONSUMO CONSCIENTE DE ALIMENTOS Conteúdo desenvolvido pelo Instituto Akatu.

CONSUMO CONSCIENTE DE ALIMENTOS Conteúdo desenvolvido pelo Instituto Akatu. CONSUMO CONSCIENTE DE ALIMENTOS Conteúdo desenvolvido pelo Instituto Akatu. Os impactos do desperdício de alimentos. Pense em um prato de comida à sua frente. Imagine-o sendo jogado no lixo, sem piedade.

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 12 de agosto de 2015. Série. Número 146

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 12 de agosto de 2015. Série. Número 146 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 12 de agosto de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DA SAÚDE Despacho n.º 372/2015 Designa no cargo de Chefe do Gabinete, o licenciado Miguel

Leia mais

DADOS PESSOAIS. Nome: Rui Pedro Costa Melo Medeiros. Data e local de nascimento: 1963, Lisboa. Nacionalidade: Portuguesa

DADOS PESSOAIS. Nome: Rui Pedro Costa Melo Medeiros. Data e local de nascimento: 1963, Lisboa. Nacionalidade: Portuguesa DADOS PESSOAIS Nome: Rui Pedro Costa Melo Medeiros Data e local de nascimento: 1963, Lisboa Nacionalidade: Portuguesa Correio eletrónico: rm@servulo.com 2 HABILITAÇÕES LITERÁRIAS Licenciatura em Direito

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014 I Apresentação O BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME DE VIANA DO CASTELO, continuou em 2014 a sua política interna para fazer mais, com menos, prestando um serviço público, contratualizado

Leia mais

CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL:

CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL: CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL: Nome: Sandra Lopes Luís Morada: Rua de Entrecampos n.º 16, 2.º dto, 1000-152 Lisboa Portugal Data de Nascimento: 20. 05. 1979 Nacionalidade: Portuguesa Telefone: +351

Leia mais

Currículos. 1. Membros do Conselho de Administração. 1.1. Administradores Executivos. 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra

Currículos. 1. Membros do Conselho de Administração. 1.1. Administradores Executivos. 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra Currículos 1. Membros do Conselho de Administração 1.1. Administradores Executivos 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra Ano de Nascimento: 1944 - Licenciatura em Engenharia Aeronáutica e Mecânica

Leia mais

CURRICULUM VITAE SÍNTESE JORGE JÚLIO LANDEIRO DE VAZ

CURRICULUM VITAE SÍNTESE JORGE JÚLIO LANDEIRO DE VAZ CURRICULUM VITAE SÍNTESE JORGE JÚLIO LANDEIRO DE VAZ MAIO DE 2012 1. DADOS PESSOAIS Nome: JORGE JÚLIO LANDEIRO DE VAZ 2. HABILITAÇÕES ACADÉMICAS 2011 Auditor de Defesa Nacional Curso de Defesa Nacional

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS 4696 Diário da República, 1.ª série N.º 151 7 de agosto de 2013 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS Portaria n.º 252/2013 de 7 de agosto A 2.ª edição do Programa de Estágios Profissionais na Administração Pública

Leia mais

Fernando Correia. Principais atividades e funções atuais

Fernando Correia. Principais atividades e funções atuais 1 Fernando Correia Fernando António Pinheiro Correia nasceu em Coimbra em 1942. Jornalista. Docente universitário, com o grau de Professor Associado Convidado. Investigador em Sociologia, História e Socioeconomia

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. 2013/2014 CONTABILIDADE PÚBLICA, FINANÇAS E GESTÃO ORÇAMENTAL WWW.IDEFE.PT PÁG. 1

PÓS-GRADUAÇÃO ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. 2013/2014 CONTABILIDADE PÚBLICA, FINANÇAS E GESTÃO ORÇAMENTAL WWW.IDEFE.PT PÁG. 1 PÓS-GRADUAÇÃO CONTABILIDADE PÚBLICA, FINANÇAS E GESTÃO ORÇAMENTAL 2013/2014 ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. WWW.IDEFE.PT PÁG. 1 CONTABILIDADE PÚBLICA, FINANÇAS E GESTÃO ORÇAMENTAL 11ª EDIÇÃO COORDENAÇÃO CIENTÍFICA

Leia mais

OCS: Observador Online

OCS: Observador Online Observador Online ID: 58199358 04-03-2015 Visitas diárias: 95730 OCS: Observador Online Obra Completa do padre António Vieira é hoje oferecida ao papa Francisco http://observador.pt/2015/03/04/obra-completa-do-padre-antonio-vieira-e-hojeoferecida-ao-papa-francisco/

Leia mais

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DURAÇÃO / COMPONENTE / DIPLOMA CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA I Edição 2014 30 Horas lectivas / Teórica / Curso de Formação Avançada COORDENAÇÃO Coordenação Científica Prof.

Leia mais

Plano de Formação 2010

Plano de Formação 2010 Plano de Formação 2010 Formando Unidade Orgânica Designação das acções de formação Data e duração Entidade Formadora/ Local Custo c/iva DIRIGENTES Participação no Colóquio "Quality of Legislation" da International

Leia mais

Autoridade de Segurança Alimentar e Económica. Alexandra Veiga Manuel Barreto Dias

Autoridade de Segurança Alimentar e Económica. Alexandra Veiga Manuel Barreto Dias Alexandra Veiga Manuel Barreto Dias SEGURANÇA ALIMENTAR Prevenir a presença de agentes patogénicos nos alimentos agentes biológicos microrganismos parasitas agentes tóxicos origem microbiana origem no

Leia mais

O que fazer para proteger os alimentos dos microrganismos?

O que fazer para proteger os alimentos dos microrganismos? O que fazer para proteger os alimentos dos microrganismos? Para além do cumprimento das regras de higiene pessoal dos manipuladores de alimentos e das regras de higiene das instalações e dos equipamentos,

Leia mais

Pós-Graduação Leadership & Management. 3ª Edição

Pós-Graduação Leadership & Management. 3ª Edição Pós-Graduação Leadership & Management 3ª Edição 2010/2011 Leadership & Management Direcção Científica Prof. Doutor José Verissimo Doutora Teresa Passos A Direcção Executiva é partilhada entre o IDEFE e

Leia mais

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 20 de maio de 2015. Série. Número 90

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 20 de maio de 2015. Série. Número 90 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 20 de maio de 2015 Série 2.º Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Despacho n.º 253/2015 Redefine as regras

Leia mais

CURRICULUM VITÆ JOÃO CARLOS ALBUQUERQUE AMARAL E ALMEIDA. Nasceu em Mangualde, distrito de Viseu, a 3 de Setembro de 1964.

CURRICULUM VITÆ JOÃO CARLOS ALBUQUERQUE AMARAL E ALMEIDA. Nasceu em Mangualde, distrito de Viseu, a 3 de Setembro de 1964. CURRICULUM VITÆ JOÃO CARLOS ALBUQUERQUE AMARAL E ALMEIDA DADOS PESSOAIS: Nasceu em Mangualde, distrito de Viseu, a 3 de Setembro de 1964. Estado civil: solteiro. Trabalha em Lisboa, com escritório na Rua

Leia mais

A SECRETARIA-GERAL DO ME

A SECRETARIA-GERAL DO ME Conferência Anual de Serviços Partilhados e Compras Públicas NOVOS DESAFIOS PARA AS COMPRAS PÚBLICAS A DO ME Mª Ermelinda Carrachás 26 de novembro de 2014 MINISTÉRIO DA ECONOMIA O Ministério da Economia

Leia mais

INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE MATOSINHOS Diário da República, 2.ª série N.º 186 26 de Setembro de 2006

INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE MATOSINHOS Diário da República, 2.ª série N.º 186 26 de Setembro de 2006 INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE MATOSINHOS Diário da República, 2.ª série N.º 186 26 de Setembro de 2006 Regulamento n.º 185/2006 Regulamento de provas de avaliação da capacidade para

Leia mais

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder Revista de Imprensa 08-11-2010 DNA 1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder 3 - Diário Económico, 28-10-2010,

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 19 de outubro de 2015. Série. Número 189

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 19 de outubro de 2015. Série. Número 189 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 19 de outubro de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DA ECONOMIA, TURISMO E CULTURA Despacho n.º 445/2015 Designa, em regime de substituição,

Leia mais

1 - Expresso, 13-10-2007, Cascais empreende. 2 - Sol, 13-10-2007, Inovação precisa de dinheiro

1 - Expresso, 13-10-2007, Cascais empreende. 2 - Sol, 13-10-2007, Inovação precisa de dinheiro Revista de Imprensa Semana Europeia de Empreendedorismo 2007 DNA 1 - Expresso, 13-10-2007, Cascais empreende 2 - Sol, 13-10-2007, Inovação precisa de dinheiro 3 - Jornal da Costa do Sol, 11-10-2007, Inovar

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS EMENTAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS EMENTAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS EMENTAS DIVISÃO DE EDUCAÇÃO REFEITÓRIOS ESCOLARES ELABORAÇÃO DE EMENTAS Na elaboração das ementas foram tomados em conta vários aspetos, tais como conceitos de alimentação saudável,

Leia mais

GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS:

GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS: 1 GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS: 1) MODIFICAÇÃO NA INGESTÃO DE GORDURA: O consumo de menos gordura é um aspecto importante da orientação nutricional para comer de maneira mais saudável, para a protecção

Leia mais

Pós-graduação em Fiscalidade, promovida pela Faculdade de Direito de Lisboa, com 2001.

Pós-graduação em Fiscalidade, promovida pela Faculdade de Direito de Lisboa, com 2001. RICARDO GUIMARÃES Data e local de nascimento: 1975, Lisboa Cédula Profissional: 17142L E-mail: rg@servulo.com HABILITAÇÕES LITERÁRIAS Pós-graduação em Direito Administrativo, subordinada ao tema O novo

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Ana Teresa Bernardo Guia RUA CENTRO REPUBLICANO, 70 2º ESQ 2300 359 TOMAR, PORTUGAL Telefone 966 166 243 Correio

Leia mais

COMPRAR GATO POR LEBRE

COMPRAR GATO POR LEBRE PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA SEGUNDA-FEIRA, 4 DE MARÇO DE 2013 POR JM CAVALO POR VACA É A VERSÃO ATUAL DE COMPRAR GATO POR LEBRE O consumo da carne de cavalo é encarado, ainda, com uma certa conotação

Leia mais

Boletim Temático sobre Tecnologias Sociais

Boletim Temático sobre Tecnologias Sociais Boletim Temático sobre Tecnologias Sociais Tema 6 : Perdas e Desperdício de Alimentos Editorial Nº 6, Dezembro de 2009 Estimados leitores. Este é o ultimo Boletim do ano 2009. Infelizmente o ano terminou

Leia mais

DADOS BIOGRÁFICOS. Maria Catarina Vieira Trincão Machado Cordeiro. Documentação: B.I. n.º 8894709, de 15/12/1997 Arquivo de Identificação de Coimbra

DADOS BIOGRÁFICOS. Maria Catarina Vieira Trincão Machado Cordeiro. Documentação: B.I. n.º 8894709, de 15/12/1997 Arquivo de Identificação de Coimbra DADOS BIOGRÁFICOS Nome: Maria Catarina Vieira Trincão Machado Cordeiro Data de Nascimento: 03 de Março de 1970 Estado Civil: Solteira Documentação: B.I. n.º 8894709, de 15/12/1997 Arquivo de Identificação

Leia mais

JORNAL OFICIAL Terça-feira, 20 de agosto de 2013

JORNAL OFICIAL Terça-feira, 20 de agosto de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 20 de agosto de 2013 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DOS ASSUNTOS SOCIAIS Despacho n.º 130/2013 Nomeação em comissão de serviço da licenciada Maria

Leia mais

Conselho Nacional de Educação. Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006)

Conselho Nacional de Educação. Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006) Votos de Pesar VOTOS DE PESAR Conselho Nacional de Educação Falecimento Prof. a Doutora Maria Teresa Ambrósio (1937-2006) Faleceu hoje, vítima de doença prolongada, a Prof. a Doutora Maria Teresa Vieira

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Como reduzir o desperdício alimentar Alexandra Bento Iara Pimenta, Helena Real

FICHA TÉCNICA. Como reduzir o desperdício alimentar Alexandra Bento Iara Pimenta, Helena Real FICHA TÉCNICA Título: Direcção Editorial: Concepção: Corpo Redactorial: Produção Gráfica: Propriedade: Redacção: Como reduzir o desperdício alimentar Alexandra Bento Iara Pimenta, Helena Real Iara Pimenta,

Leia mais

Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central

Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Curso Gestão para executivos hospitalares - Uma questão de competitividade Hospitais

Leia mais

editorial A ATITUDE DE TODOS CONTA! RESÍDUOS URBANOS E DESPERDÍCIO ALIMENTAR:

editorial A ATITUDE DE TODOS CONTA! RESÍDUOS URBANOS E DESPERDÍCIO ALIMENTAR: editorial A produção de resíduos continua a ser um dos problemas ambientais que mais impacte causa, devido não só ao aumento da sua produção, como também ao tipo de resíduos produzidos e à sua perigosidade.

Leia mais

GUIA DE CONSERVAÇÃO DOS ALIMENTOS

GUIA DE CONSERVAÇÃO DOS ALIMENTOS GUIA DE CONSERVAÇÃO DOS ALIMENTOS INTRODUÇÃO A alimentação é uma necessidade básica do Homem. Uma alimentação variada e equilibrada é fundamental para o bem-estar físico e emocional. Os consumidores esperam

Leia mais

SEDE - Carnaxide. Número de postos de trabalho - Presidente (1) - 1. Cargo/carreira/categoria. Técnico Superior. Técnico Superior Direito 3

SEDE - Carnaxide. Número de postos de trabalho - Presidente (1) - 1. Cargo/carreira/categoria. Técnico Superior. Técnico Superior Direito 3 2009 MAPA DE PESSOAL DA ANPC (Artigo 5º da Lei nº 2-A/2008, 27 Fevereiro) SEDE - Carnaxi Competências/Actividas Área formação académica e/ou - Presinte () - - Director Nacional () - 3 - Comandante Operacional

Leia mais

CURRICULUM VITAE. A - Identificação, habilitações, profissão e actividades na área do Direito. Participação: colóquios; encontros; cursos; seminários.

CURRICULUM VITAE. A - Identificação, habilitações, profissão e actividades na área do Direito. Participação: colóquios; encontros; cursos; seminários. CURRICULUM VITAE A - Identificação, habilitações, profissão e actividades na área do Direito Nome: GUILHERME COELHO DOS SANTOS FIGUEIREDO. Naturalidade: FREGUESIA DE MASSARELOS, CONCELHO DO PORTO. Data

Leia mais

CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima

CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima Profª. Nensmorena Preza ALIMENTO Toda substância ou mistura de substâncias, no estado sólido, líquido, pastoso ou qualquer

Leia mais

Os + Crescidos também gos tam de saber +

Os + Crescidos também gos tam de saber + Os + Crescidos também gos tam de saber + Compilação de textos da secção + crescidos da revista de Festa do Leite Mimosa Documento para Pais e Encarregados de Educação Dar prioridade ao que é mais importante

Leia mais

TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

TECNOLOGIA DE ALIMENTOS TECNOLOGIA DE ALIMENTOS NUTRIÇÃO UNIC Profª Andressa Menegaz Conservação por irradiação A irradiação pode servir para: -destruir os microrganismos; -retardar a germinação de certos legumes; -destruir os

Leia mais

Markus Kummer Ana Cristina Amoroso das Neves

Markus Kummer Ana Cristina Amoroso das Neves Markus Kummer is a member of the Board of Directors of the Internet Corporation for Assigned Names and Number (ICANN and the Secretary of the Internet Governance Forum Support Association (IGFSA) and).

Leia mais

GASTRONOMIA, PATRIMÓNIO CULTURAL

GASTRONOMIA, PATRIMÓNIO CULTURAL GASTRONOMIA, PATRIMÓNIO CULTURAL um ativo da restauração e do turismo nacional [Ciclo de Workshops do Projeto Restaurante do Futuro ] 8 de Março de 2012, Tomar Instituto Politécnico de Tomar CONCLUSÕES

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Bacharel em Administração Autárquica pelo Instituto Superior Politécnico Portucalense, com média final de 15 valores (1993);

CURRICULUM VITAE. Bacharel em Administração Autárquica pelo Instituto Superior Politécnico Portucalense, com média final de 15 valores (1993); CURRICULUM VITAE I - Identificação Nome completo: José Manuel Vaz Marta de Sampaio e Melo Local e Data de Nascimento: Chavães Tabuaço, 11 de Janeiro de 1971 Morada Institucional: Instituto Superior de

Leia mais

1 - Actual Sintra, 29-10-2010, Figuras públicas apoiam promoção de alimentação saudável. 2 - Time Out, 20-10-2010, Feiras

1 - Actual Sintra, 29-10-2010, Figuras públicas apoiam promoção de alimentação saudável. 2 - Time Out, 20-10-2010, Feiras Revista de Imprensa 08-11-2010 Agenda 21 1 - Actual Sintra, 29-10-2010, Figuras públicas apoiam promoção de alimentação saudável 2 - Time Out, 20-10-2010, Feiras 3 - Planeta Azul.pt, 19-10-2010, Começa

Leia mais

Como ler. Quantidade. Denominação do produto. Lista de ingredientes. Durabilidade. Fabricante/ Importador. Junho de 2008

Como ler. Quantidade. Denominação do produto. Lista de ingredientes. Durabilidade. Fabricante/ Importador. Junho de 2008 Como ler Flocos de arroz e de trigo integral, enriquecidos com vitaminas (B1, B2, B3, B6, ácido fólico, B12, C) e ferro Peso líquido: CONSUMIR DE PREFERÊNCIA ANTES DE Junho de 2008 Quantidade Denominação

Leia mais

REGULAMENTO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL ESPECIALMENTE CONTRATADO

REGULAMENTO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL ESPECIALMENTE CONTRATADO Artigo 1º Objeto O presente regulamento estabelece as regras a observar pelas Unidades Orgânicas aquando da contratação de pessoal especialmente contratado ao abrigo do artigo 8º do ECPDESP, bem como nos

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Uma alimentação equilibrada proporciona uma quantidade correcta

Leia mais

História!do!café! O!café!começou!a!ser!consumido!em!meados!do!século!IX!na!Etiópia!e,!esse! é!um!hábito!que!ainda!hoje!se!mantém!atual.!

História!do!café! O!café!começou!a!ser!consumido!em!meados!do!século!IX!na!Etiópia!e,!esse! é!um!hábito!que!ainda!hoje!se!mantém!atual.! Índice Históriadocafé...3 Espéciesbotânicasdecafé...5 OProcessodeTorrefaçãoeMisturadocafé...7 MoagemdoCafé...9 MáquinasdeCafé...10 QueCaféComprar?...11 Qualamelhorformadeguardarocafé?...13 Caféinstantâneo...14

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 02.10.2015 INFORMAÇÕES DA CNIS

NOTÍCIAS À SEXTA 02.10.2015 INFORMAÇÕES DA CNIS INFORMAÇÕES DA CNIS Fonte: Estudo sobre o Acesso e a qualidade nos cuidados de saúde mental, Entidade Reguladora da Saúde, set.2015 REPRESENTAÇÃO ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

GUIA DE PROCEDIMENTOS

GUIA DE PROCEDIMENTOS CIRCULAÇÃO DE BENS CULTURAIS MÓVEIS GUIA DE PROCEDIMENTOS Direção-Geral do Património Cultural Pág. 1 de 10 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 2. PROCEDIMENTOS 2.1. Exportação definitiva 2.2. Expedição definitiva

Leia mais

Esclarecimento 8/2014

Esclarecimento 8/2014 Segurança Alimentar Aprovação de estabelecimentos industriais em casas particulares Esclarecimento 8/2014 Resumo: O presente esclarecimento pretende clarificar o enquadramento legal da aprovação e atribuição

Leia mais

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida SETEMBRO Regresso à escola/adaptação Facilitar a adaptação/readaptação ao jardim de infância Negociar e elaborar a lista de regras de convivência Diálogo sobre

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79. MBA em Finanças pela Universidade Católica em 1995

CURRICULUM VITAE. Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79. MBA em Finanças pela Universidade Católica em 1995 CURRICULUM VITAE Franquelim Fernando Garcia Alves Nascido em 16/11/1954, 2 filhas Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79 Revisor Oficial de Contas em 1987 MBA em Finanças

Leia mais

VIII CONFERÊNCIA ANUAL DO TURISMO

VIII CONFERÊNCIA ANUAL DO TURISMO VIII CONFERÊNCIA ANUAL DO TURISMO Padre Tolentino Mendonça Keynote Speaker Vice-Reitor da Universidade Católica. Licenciado em Ciências Bíblicas e em Teologia e doutorado nesta última, é professor, sacerdote

Leia mais

Reforma Fiscal de Angola Formação profissional

Reforma Fiscal de Angola Formação profissional www.pwcacademy.pt Formação profissional Lisboa, 24 de novembro Porto, 27 de novembro A mais valia da nossa oferta formativa Em 2010, com a constituição do PERT - Projecto Executivo para a Reforma Tributária

Leia mais

NATURALIDADE: Cubal Angola DATA DE NASCIMENTO: 27.02.1961. ESTADO CIVIL: Casado

NATURALIDADE: Cubal Angola DATA DE NASCIMENTO: 27.02.1961. ESTADO CIVIL: Casado NOME: José António van der Kellen NATURALIDADE: Cubal Angola DATA DE NASCIMENTO: 27.02.1961 ESTADO CIVIL: Casado MORADA PROFISSIONAL: Direcção Regional de Lisboa, Vale do Tejo e Alentejo Av. António Augusto

Leia mais

MICROORGANISMOS perigosos na Cozinha:

MICROORGANISMOS perigosos na Cozinha: MICROORGANISMOS perigosos na Cozinha: Os microorganismos estão por todo o lado. Nas nossas mãos e corpo, no ar, nos utensílios de cozinha e mesmo nos alimentos que ingerimos. O facto de os alimentos possuirem

Leia mais

S I 1º E 2º ANO DO ENSINO BÁSICO

S I 1º E 2º ANO DO ENSINO BÁSICO S I 1º E 2º ANO DO Tema 1 E tu, conheces os alimentos? S I Objetivos: Após o desenvolvimento das atividades propostas para o Tema 1, as crianças deverão adquirir conhecimentos sobre: Os alimentos e os

Leia mais

CURRICULUM VITAE João Trabuco

CURRICULUM VITAE João Trabuco CURRICULUM VITAE João Trabuco Ponta Delgada, 1 de Março de 2008 1 DADOS BIOGRÁFICOS Nome: João Manuel Beliz Trabuco Filiação: Álvaro Velez Trabuco Catarina Lopes Beliz Data de nascimento: 20 de Abril de

Leia mais

A RODA DOS ALIMENTOS... um guia para a escolha alimentar diária! 1-3 3-5 2-3 1,5-4,5 1-2 3-5 4-11 COMA BEM, VIVA MELHOR! O QUE É UMA PORÇÃO?* POR DIA quantas são necessárias? ** Cereais e derivados, tubérculos

Leia mais

Perspetiva da indústria na implementação do Regulamento 1169/2011

Perspetiva da indústria na implementação do Regulamento 1169/2011 Perspetiva da indústria na implementação do Regulamento 1169/2011 Seminário Metrologia no Setor Alimentar Monte da Caparica, 30 de Outubro de 2014 Organização: Apresentação da ANCIPA A ANCIPA (Associação

Leia mais

1 - Câmaras Verdes.pt, 27-01-2010, CASCALENSES REGISTAM COMPORTAMENTOS ECOLÓGICOS ONLINE. 2 - Time Out Lisboa, 27-01-2010, Agenda de Feiras

1 - Câmaras Verdes.pt, 27-01-2010, CASCALENSES REGISTAM COMPORTAMENTOS ECOLÓGICOS ONLINE. 2 - Time Out Lisboa, 27-01-2010, Agenda de Feiras Revista de Imprensa Agenda 21 1 - Câmaras Verdes.pt, 27-01-2010, CASCALENSES REGISTAM COMPORTAMENTOS ECOLÓGICOS ONLINE 2 - Time Out Lisboa, 27-01-2010, Agenda de Feiras 3 - Time Out Lisboa, 20-01-2010,

Leia mais

Aligal. Uma gama de atmosferas de conservação dedicada aos produtos agroalimentares. www.airliquide.pt

Aligal. Uma gama de atmosferas de conservação dedicada aos produtos agroalimentares. www.airliquide.pt Aligal Uma gama de atmosferas de conservação dedicada aos produtos agroalimentares www.airliquide.pt Preservar a qualidade e a frescura dos seus produtos alimentares Como resposta aos consumidores que

Leia mais

Manuel Luís Macaísta Malheiros

Manuel Luís Macaísta Malheiros Curriculum Vitae Manuel Luís Macaísta Malheiros Dados Pessoais Data de Nascimento: 27 de Agosto de 1940 Estado Civil: Casado Nacionalidade: Portuguesa Situação actual Inscrito como advogado na lista de

Leia mais

JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 26 de abril de 2013

JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 26 de abril de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 26 de abril de 2013 Série Sumário VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL E SECRETARIA REGIONAL DO PLANO E FINANÇAS Despacho conjunto n.º 31/2013 Homologação

Leia mais

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos.

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. Programa 5 ao Dia Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. O que é o Programa 5 ao Dia? Enquadramento Conceito Objectivos e Destinatários Associação 5 ao Dia Desenvolvimento Enquadramento Mudança

Leia mais

Oficina Bactérias e Fungos

Oficina Bactérias e Fungos Oficina Bactérias e Fungos Leia todo a material antes de iniciar as atividades. Aproveite esse momento para explorar seus conhecimentos e ter uma aprendizagem significativa. Socialize suas dúvidas e conhecimentos

Leia mais

SEMINÁRIO. Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal 1ª Edição. Fundação Calouste Gulbenkian 15:30. 21 de março de 2013

SEMINÁRIO. Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal 1ª Edição. Fundação Calouste Gulbenkian 15:30. 21 de março de 2013 SEMINÁRIO Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal 1ª Edição Fundação Calouste Gulbenkian 15:30 Programa do seminário 15:30 - Receção aos participantes 16:00 - Sessão de Abertura Dr. Helena Ávila

Leia mais

Plataforma de Formação e Discussão para a Promoção do Emprego Qualificado Porto, julho2012

Plataforma de Formação e Discussão para a Promoção do Emprego Qualificado Porto, julho2012 Plataforma de Formação e Discussão para a Promoção do Emprego Qualificado Porto, julho2012 Enquadramento As sucessivas e dependentes crises financeiras - do subprime e das dívidas soberanas - têm levado

Leia mais

Carência vs. Desperdício Alimentar. Hélder Muteia Representante da FAO em Portugal/CPLP FAO-PT@fao.org www.fao.org/portugal 22 de janeiro de 2016

Carência vs. Desperdício Alimentar. Hélder Muteia Representante da FAO em Portugal/CPLP FAO-PT@fao.org www.fao.org/portugal 22 de janeiro de 2016 Carência vs. Desperdício Alimentar Hélder Muteia Representante da FAO em Portugal/CPLP FAO-PT@fao.org www.fao.org/portugal 22 de janeiro de 2016 Pessoas saudáveis dependem de sistemas alimentares saudáveis

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO NACIONAL DE IDEIAS CIDADES CRIATIVAS, REFLEXÃO SOBRE O FUTURO DAS CIDADES PORTUGUESAS

REGULAMENTO DO CONCURSO NACIONAL DE IDEIAS CIDADES CRIATIVAS, REFLEXÃO SOBRE O FUTURO DAS CIDADES PORTUGUESAS REGULAMENTO DO CONCURSO NACIONAL DE IDEIAS CIDADES CRIATIVAS, REFLEXÃO SOBRE O FUTURO DAS CIDADES PORTUGUESAS Dirigido aos alunos do 12.º ano da área curricular não disciplinar de Área de Projecto - 1.ª

Leia mais

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL A promoção da alimentação saudável é uma diretriz da Política Nacional de Alimentação e Nutrição e uma das prioridades para a segurança alimentar e nutricional

Leia mais

FUNCHAL. CAE Rev_3 68312 ACTIVIDADES DE ANGARIAÇÃO IMOBILIÁRIA ÂMBITO:

FUNCHAL. CAE Rev_3 68312 ACTIVIDADES DE ANGARIAÇÃO IMOBILIÁRIA ÂMBITO: O conteúdo informativo disponibilizado pela presente ficha não substitui a consulta dos diplomas legais referenciados e da entidade licenciadora. FUNCHAL CAE Rev_3 68312 ACTIVIDADES DE ANGARIAÇÃO IMOBILIÁRIA

Leia mais

Alimentação. no primeiro ano de vida

Alimentação. no primeiro ano de vida Alimentação Trv. Noronha, nº5 A Lisboa Telef: 21 394 73 10 Fax: 21 394 73 18 Email: usf.arco@arslvt.minsaude.pt no primeiro ano de vida A diversificação alimentar deve ser iniciada entre os 4-6 meses de

Leia mais

Alimentação saudável. Nídia Braz Outubro, 2012

Alimentação saudável. Nídia Braz Outubro, 2012 Alimentação saudável Nídia Braz Outubro, 2012 A alimentação tradicional portuguesa é variada, usa matérias primas diversas, preparadas de modos muito variado, quer pela indústria quer em casa. 2 Nídia

Leia mais

1.2 Microrganismos Micróbios Bons

1.2 Microrganismos Micróbios Bons 1.2 Microrganismos Micróbios Bons Ligação ao Currículo Nacional 2ª Fase Principal Ciências 1: 1a, 1b, 2a, 2b, 2c, 2d, 2g, 2j Ciências 2: 1a, 2b, 2g, 5f Unidade de Estudo Unidade 6 Microrganismos Tempo

Leia mais

OS PREÇOS MAIS BAIXOS CHEGARAM A S. MARCOS. ABERTURA

OS PREÇOS MAIS BAIXOS CHEGARAM A S. MARCOS. ABERTURA OS PREÇOS MAIS BAIXOS CHEGARAM A S. MARCOS. ABERTURA CARTÃO CONTINENTE Todos os dias tantas vantagens! ADIRA JÁ! É MUITO SIMPLES. PREENCHA O CUPÃO DE ADESÃO DISPONÍVEL NA SUA LOJA Descontos exclusivos

Leia mais

EMBAIXADA DO JAPÃO ::: notícias Janeiro 13

EMBAIXADA DO JAPÃO ::: notícias Janeiro 13 EMBAIXADA DO JAPÃO ::: notícias Janeiro 13 Av. da Liberdade, nº 245-6º - 1269-033 LISBOA ::: T.: 213110560 ::: Sector Cultural: cultural@embjapao.pt ::: www.pt.emb-japan.go.jp/ ::: http://www.pt.emb-japan.go.jp/470anos/index.html

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Defesa Agropecuária

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Defesa Agropecuária Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Defesa Agropecuária Brasília / DF 2010 2010 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Todos os direitos reservados. Permitida

Leia mais

31/01/2015. Programa. Paulo Figueiredo paulo@pfigueiredo.org

31/01/2015. Programa. Paulo Figueiredo paulo@pfigueiredo.org Paulo Figueiredo paulo@pfigueiredo.org Programa 1. Processos de alteração dos alimentos: físicos, químicos e biológicos. 2. Processos de conservação de alimentos: métodos fermentativos, conservantes alimentares,

Leia mais

Registo Alimentar de 3 dias. Nota: Leia com atenção, e tente cumprir, os parâmetros de utilização.

Registo Alimentar de 3 dias. Nota: Leia com atenção, e tente cumprir, os parâmetros de utilização. Registo Alimentar de 3 dias Nota: Leia com atenção, e tente cumprir, os parâmetros de utilização. Parâmetros de Utilização: É necessário anotar tudo o que foi ingerido durante 3 dias representativos do

Leia mais

Parceiro Logístico para

Parceiro Logístico para Parceiro Logístico para A logística no evento Maio de 2012 www.porlogis.pt Agenda ENQUADRAMENTO CALENDÁRIO LOGÍSTICO DOCUMENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO E EMBALAGEM PLATAFORMAS PARA RECEPÇÃO DOS PRODUTOS CONTACTOS

Leia mais

Newsletter n.º 19 Outubro 2013

Newsletter n.º 19 Outubro 2013 Sistema de Planeamento e Avaliação de Refeições Escolares Newsletter n.º 19 Outubro 2013 A Direcção-Geral da Saúde (DGS), em parceria com a Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular (DGIDC)

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 24 de abril de 2015. Série. Número 73

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 24 de abril de 2015. Série. Número 73 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 24 de abril de 2015 Série Suplemento Sumário PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL DA MADEIRA Despacho n.º 143/2015 Siglas oficiais a utilizar pelos departamentos

Leia mais

Acompanhamento Espiritual e Religioso em Cuidados Paliativos

Acompanhamento Espiritual e Religioso em Cuidados Paliativos Seminário O sabor do dióspiro Acompanhamento Espiritual e Religioso em Cuidados Paliativos Fátima, Domus Carmeli - 26 a 28 Novembro 2013 O Sabor do Dióspiro: o dióspiro é um fruto belo, do outono, que

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30

NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30 NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30 Taxa de desemprego em Portugal baixou para 16,5% em Julho, um sinal positivo sobre o terceiro trimestre. Um relatório do Eurostat indica que a taxa de desemprego nacional diminuiu

Leia mais

Síntese Curricular. 1. Membros da Mesa da Assembleia-Geral. 1.1. Presidente Carlos Alberto Martins Portas. Data de Nascimento: 29 de novembro de 1936

Síntese Curricular. 1. Membros da Mesa da Assembleia-Geral. 1.1. Presidente Carlos Alberto Martins Portas. Data de Nascimento: 29 de novembro de 1936 Síntese Curricular 1. Membros da Mesa da Assembleia-Geral 1.1. Presidente Carlos Alberto Martins Portas Data de Nascimento: 29 de novembro de 1936 Doutor em Engenharia Agronómica Prof. Emérito da Universidade

Leia mais