Pós-Graduação em Tratamento de Feridas e Viabilidade Tecidular

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pós-Graduação em Tratamento de Feridas e Viabilidade Tecidular"

Transcrição

1 1. Justificação A elevada prevalência de feridas no contexto actual dos cuidados de saúde e o seu impacto na qualidade de vida dos doentes, tornam este tema uma questão relevante em saúde pública, cuja gestão e tratamento se revestem de elevada complexidade onde a necessidade da intervenção em equipa multidisciplinar se alia à necessidade da realização de investigação e de melhorar as práticas para as adequar ao conhecimento existente. Para além disso, para muitos dos grupos profissionais que se dedicam a este trabalho, a formação de base nem sempre aborda esta questão com a profundidade desejada. Assim, foi desejo desta Escola dar um passo no sentido de contribuir para uma formação avançada de profissionais de saúde nesta área, tendo desafiado organizações nacionais e europeias, bem como profissionais de elevada competência científica para aderirem a este projecto, abrindo a primeira formação pós-graduada nesta área em Portugal. É, por isso, com grande satisfação e com muitos projectos de futuro que nos lançamos em cooperação e parceria com o Grupo Associativo de Investigação em Feridas (GAIF) e com a European Wound MAnagement Association (EWMA), contando ainda com o patrocínio de empresas de reconhecido interesse nesta área. O corpo docente, composto profissionais da docência, da investigação e da prática clínica com elevada qualificação e reconhecido mérito, permite-nos acreditar que procurámos o melhor para conseguir realizar com sucesso mais um desafio na concretização da missão de inovação e qualidade que são lema desta Escola. 2. REGULAMENTO GERAL DO CURSO Objectivos do curso: O curso de pós-graduação em tratamento de feridas e viabilidade tecidular tem como objectivo desenvolver competências de avaliação, intervenção e investigação em prevenção e tratamento de feridas, permitindo o desenvolvimento de boas práticas através de um projecto de intervenção em contexto de trabalho. Destinatários: Profissionais de saúde habilitados com grau de licenciatura, com prioridade para os que exerçam actividade na área de prevenção e tratamento de feridas, desejando-se a obtenção de um grupo multiprofissional. Duração: 1 ano, de acordo com calendarização. Horário das aulas: À 2ª Feira, das 8h30m às 17h; excepcionalmente, a leccionação de disciplinas por professores estrangeiros, implicará também a 3ª feira, no mesmo horário. 1

2 Condições de funcionamento: Mínimo de 12 e máximo de 30 participantes; A frequência do curso está condicionada ao domínio básico da compreensão oral e escrita da língua inglesa, uma vez que as aulas não terão tradução integral; A avaliação das disciplinas leccionadas por professores de língua inglesa será feita em português. É condição para obtenção do diploma a frequência de pelo menos 80% das aulas de cada disciplina; É possível a frequência e aprovação em disciplinas isoladas; as vagas serão disponibilizadas e oportunamente divulgadas, em função da aceitação de cada docente e da existência de lugares na sala. O diploma de pós graduação está condicionado à execução de um projecto na área de prevenção ou tratamento de feridas, no local de trabalho do estudante. 3. ESTRUTURA DO CURSO Área disciplinar Temas transversais Problemas específicos Investigação e intervenção Código Unidade Curricular Horas de ECTS presença UC1 Questões essenciais em 15 2 tratamento de feridas UC2 Anatomo-fisiologia da 30 4 pele e do processo de cicatrização UC3 Opções terapêuticas em tratamento de feridas 30 4 UC4 Controle de infecção 15 2 UC5 Feridas agudas 15 2 UC6 Úlcera de perna 15 2 UC7 Pé diabético 15 2 UC8 Úlcera maligna 15 2 UC9 Úlcera por pressão 15 2 UC10 Ciclo de conferências 15 2 UC11 Bibliografia e editologia 15 2 UC12 Metodologias de 15 2 investigação UC13 Ética em investigação 15 2 UC14 Investigação aplicada 15 2 UC15 Projecto de intervenção 30* 28 Total 270h 60 2

3 *Esta unidade curricular inclui 300h de estágio, no local de trabalho do estudante, no desenvolvimento de um projecto de intervenção, bem como trabalho individual, sendo apenas 30h de presença na ESS para acompanhamento e orientação. Na contabilização dos créditos ECTS (European Credit Transfer System) é tido em conta o trabalho do aluno associado à realização de cada disciplina e não apenas as horas de leccionação. 4. COORDENAÇÃO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICA Professora Doutora Sue Bale (Membro do Executive Board da EWMA e da EPUAP) Professora Dulce Cabete (ESS) Dra. Elaine Pina (GAIF) Enfermeira Kátia Furtado (GAIF) Coordenação: Professora Dulce Cabete Organização: Área Disciplinar de Enfermagem Secretariado: Ana Esteves (das 9h30 às 12h30 e das 14h às 17h) Campus do IPS - Estefanilha Edifício ESCE Setúbal Telefone: Fax:

4 5. EQUIPA DOCENTE Cândida Ferrito, MSc Docente da Escola Superior de Saúde Dr Christine Moffat, PhD Faculty of Health & Human Sciences Thames Valley University London (UK) Professora Dulce Cabete, MSc, PGR Coordenadora da Pós-Graduação em Tratamento de Feridas e Viabilidade Tecidular Professora Doutora Helena Caria Coordenadora da Área Disciplinar de Ciências Biomédicas Kátia Furtado, Enfermeira, PGR Centro de Saúde de Penha de França Sub-Região de Saúde de Lisboa Dr. Luis Teles, MD Unidade de Queimados Hospital da Universidade de Coimbra Dr. Nuno Ramos, MD Serviço de Cirurgia Hospital Fernando da Fonseca Dr Carol Dealey, PhD Research Development Team University Hospital Birmingham NHS Foundation Trust Birmingham (UK) Deborah Hofman, RGN BA Hons Dept Dermatology Churchill Hospital, Oxford Dra. Elaine Pina Chefe de Serviço de Patologia Clínica Especialização em microbiologia e controlo de infecção Lisboa Hugo Partsch, MD, Prof. Emeritus Head of the Dermatological Dept. Wilhelminen Hospital Vienna Professora Doutora Lucília Nunes Coordenadora da Área Disciplinar de Enfermagem Madeleine Flanagan, Qualified Nurse Principal Lecturer Tissue Viability School of Continuing & Professional Development University of Hertfordshire (UK) Dr Patricia Grocott PhD, BSc(Hons), RGN Senior Research Fellow King s College London 4

5 Dr. Patricia Price, PhD Wound Healing Research Unit Cardiff, UK Dr. Peter Vowden, PhD, MD Immediate Past President of the European Wound Management Association Professora Rute Salvador Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas Mestre em Psicologia Educacional Dr Sue Bale, PhD Associate Director of Nursing Gwent Healthcare - NHS Trust South Wales (UK) Professor of the University of Glamorgan South Wales (UK) Dr. Pereira Albino Director do Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular Hospital Pulido Valente Lisboa Dr. Rui de Carvalho, MD Serviço de Endocrinologia Hospital de Santo António Porto Professor Doutor Silvestre Carneiro Serviço de Cirurgia Hospital de S. João Porto Dr Tom Defloor, PhD Professor of Nursing Sciences Gent University Belgium 5

PÓS-GRADUAÇÃO EM ACTIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ E PÓS-PARTO

PÓS-GRADUAÇÃO EM ACTIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ E PÓS-PARTO Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior PÓS-GRADUAÇÃO EM ACTIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ E PÓS-PARTO REGULAMENTO Artigo 1.º Designação A Escola Superior de Desporto de

Leia mais

3ª Edição 2010/2011 FEUC. mestrado. em marketing

3ª Edição 2010/2011 FEUC. mestrado. em marketing 3ª Edição 2010/2011 FEUC mestrado em marketing APRESENTAÇÃO Como Coordenadores dos programas de formação para executivos desta Faculdade,, damos-lhe as boas vindas a esta nova edição do programa de Mestrado

Leia mais

Mestrados em Fisioterapia MÚSCULO-ESQUELÉTICA E SAÚDE PUBLICA 2013-2015

Mestrados em Fisioterapia MÚSCULO-ESQUELÉTICA E SAÚDE PUBLICA 2013-2015 Mestrados em Fisioterapia MÚSCULO-ESQUELÉTICA E SAÚDE PUBLICA 2013-2015 INDICE Competências a Desenvolver 5 Área de Especialização Músculo-Esquelética 5 Área de Especialização Saúde Pública 6 Condições

Leia mais

EngIQ. em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química. Uma colaboração:

EngIQ. em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química. Uma colaboração: EngIQ Programa de Doutoramento em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química Uma colaboração: Associação das Indústrias da Petroquímica, Química e Refinação (AIPQR) Universidade de Aveiro Universidade

Leia mais

ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS

ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS Pós-Graduação ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS [ Pós-Graduação na Área Comportamental e Inteligência Emocional ] 9ª Edição Atribuição de créditos (ECTS) a todas as unidades curriculares. Processo de Bolonha

Leia mais

U LISBOA. [Diretor] Despacho D-11/201S. É criado, pela Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, o Curso de

U LISBOA. [Diretor] Despacho D-11/201S. É criado, pela Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, o Curso de U LISBOA r. FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA [Diretor] Despacho D-11/201S Por decisão do Conselho Científico da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, na sua reunião de 4 de março de 2015,

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM 2010 MESTRADO EM ACTIVIDADE FÍSICA EM POPULAÇÕES ESPECIAIS

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM 2010 MESTRADO EM ACTIVIDADE FÍSICA EM POPULAÇÕES ESPECIAIS Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior MESTRADO EM REGULAMENTO Artigo 1.º Designação A Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM) do Instituto Politécnico de Santarém

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR de CIÊNCIAS da SAÚDE EGAS MONIZ. - Curso de Pós Graduação. GESTÃO do MEDICAMENTO para a SAÚDE PÚBLICA

INSTITUTO SUPERIOR de CIÊNCIAS da SAÚDE EGAS MONIZ. - Curso de Pós Graduação. GESTÃO do MEDICAMENTO para a SAÚDE PÚBLICA INSTITUTO SUPERIOR de CIÊNCIAS da SAÚDE EGAS MONIZ Curso de Pós Graduação GESTÃO do MEDICAMENTO para a SAÚDE PÚBLICA Objectivos: Contribuir para a formação pós graduada dos profissionais licenciados que

Leia mais

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Escola Nacional de Saúde Pública REGULAMENTO E PLANO DE ESTUDOS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Escola Nacional de Saúde Pública REGULAMENTO E PLANO DE ESTUDOS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA REGULAMENTO E PLANO DE ESTUDOS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA JULHO DE 2015 ÍNDICE CHAVE DE SIGLAS 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESTINATÁRIOS... 4 3. FINALIDADE... 4 4. OBJECTIVOS GERAIS... 4 5. PLANO

Leia mais

1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS

1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS 1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS Disseção e Técnicas Cirúrgicas Joelho, Ombro e Coluna Vertebral 17 e 18 de Fevereiro de 2015 Coordenadores Professor Doutor João Goyri O Neill Dr. Gonçalo Neto

Leia mais

FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE DO ALGARVE MESTRADO EM CONTABILIDADE

FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE DO ALGARVE MESTRADO EM CONTABILIDADE FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE DO ALGARVE MESTRADO EM CONTABILIDADE EDIÇÃO 2011 / 2013 ÍNDICE 1. Apresentação.. 3 2. Objectivos...... 3 3. Condições de Acesso. 3 4. Organização do Curso e Plano de

Leia mais

LEADERSHIP & MANAGEMENT

LEADERSHIP & MANAGEMENT 4ª edição PÓS-GRADUAÇÃO LEADERSHIP & MANAGEMENT 2013/14 4ª edição Coordenação Científica Prof. Doutor José Manuel Veríssimo Prof.ª Dr.ª Teresa Passos Natureza do curso e perfil da formação O curso de Pós-Graduação

Leia mais

Direito da Economia Programa

Direito da Economia Programa Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa Licenciatura em Direito 2011/2012 Direito da Economia Programa Aulas 1/2-20 de Setembro Apresentação do programa, bibliografia, métodos de ensino e aprendizagem

Leia mais

47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011

47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011 47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011 2) Cartas de curso identificação do Reitor da Universidade Nova de Lisboa, identificação do titular do grau, n.º do documento de identificação

Leia mais

OTORRINOLARINGOLOGIA

OTORRINOLARINGOLOGIA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO MÉDICA Presidente da Direcção Prof. A. Matos-Ferreira Secretário-Geral Prof. L. Campos Pinheiro Director Prof. A. Galvão-Teles Curso Teórico-Prático Patologia Oral Doenças, síndromas,

Leia mais

Mestrado em Engenharia Informática

Mestrado em Engenharia Informática Mestrado em Engenharia Informática Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras Ano Lectivo 2007/2008 Objectivo do Mestrado Dotar os diplomados de competências que lhes permitam actuar no âmbito

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Propriedade Industrial

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Propriedade Industrial INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico / / Aprovação do Conselho Técnico-Científico / / Ficha de Unidade Curricular

Leia mais

3-7 Novembro 2014, Lisboa

3-7 Novembro 2014, Lisboa Curso Instrutor de Reabilitação Cardíaca fase 4 British Association for Cardiovascular Prevention and Rehabilitation (BACPR) 3-7 Novembro 2014, Lisboa Área(s) de Formação: 726- Terapia e Reabilitação Unidades

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA ALIMENTAR

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA ALIMENTAR 1.1 REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA ALIMENTAR Ao abrigo do Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de Março, e do disposto na Deliberação nº 1487/2006 da Reitoria da Universidade Técnica

Leia mais

Participou em 20 cursos de actualização e formação contínua e Reuniões Científicas entre 1995 e 2007, em Portugal e no estrangeiro.

Participou em 20 cursos de actualização e formação contínua e Reuniões Científicas entre 1995 e 2007, em Portugal e no estrangeiro. RESUMO DE DADOS CURRICULARES 1. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO Filipa Fernandes Soares Franco Borges de Lemos Nome profissional: Filipa Soares Franco Nascida a 31 de Agosto de 1973 Nacionalidade Portuguesa

Leia mais

Cursos de Doutoramento

Cursos de Doutoramento PROSPECTO FACULDADE DE ECONOMIA Cursos de Doutoramento CONTACTOS FACULDADE DE ECONOMIA Av. Julius Nyerere, Campus Universitário, 3453 Tel: +258 21 496301 Fax. +258 21 496301 1 MENSAGEM DO DIRECTOR Sejam

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PÓS-GRADUAÇÃO EM INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL ENQUADRAMENTO E OBJECTIVOS: Num mundo em constante aceleração económica, tecnológica e de produção de grandes quantidades de conhecimento,

Leia mais

Regulamento da Unidade Curricular de Projecto da. Licenciatura em Biologia Aplicada

Regulamento da Unidade Curricular de Projecto da. Licenciatura em Biologia Aplicada Regulamento da Unidade Curricular de Projecto da Licenciatura em Biologia Aplicada Janeiro de 2008 O presente Regulamento integra um conjunto de princípios básicos e fundamentais de organização da Unidade

Leia mais

Aguarda creditação pela European Wound Management Association EWMA.

Aguarda creditação pela European Wound Management Association EWMA. 1. Qual é a PG que vai ter início a 26 de setembro na ERISA? Ferida Complexa Novas Abordagens. 2. A PG já está certificada? Aguarda creditação pela European Wound Management Association EWMA. 3. Porquê

Leia mais

Projecto de Lei n.º 54/X

Projecto de Lei n.º 54/X Projecto de Lei n.º 54/X Regula a organização de atribuição de graus académicos no Ensino Superior, em conformidade com o Processo de Bolonha, incluindo o Sistema Europeu de Créditos. Exposição de motivos

Leia mais

Usar BPM desde o ensino ao mercado

Usar BPM desde o ensino ao mercado Usar BPM desde o ensino ao mercado Formação Continua no IPS-EST e na ULHT Nuno Pina Gonçalves Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Tecnologia de Setúbal (ESTSetúbal), Setúbal, Portugal nuno.pina@estsetubal.ips.pt

Leia mais

NCE/11/00731 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/11/00731 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/11/00731 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Instituto Politécnico De Coimbra A.1.a.

Leia mais

SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco

SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco 1_ DADOS BIOGRÁFICOS E FORMAÇÃO ESCOLAR JAIME DA CUNHA BRANCO, filho de Francisco Rodrigues Branco e de Dorinda Maria da Cunha Claro Branco( ), nasceu em Lisboa,

Leia mais

9ª edição. Em parceria com a Faculdade de Farmácia

9ª edição. Em parceria com a Faculdade de Farmácia 9ª edição Em parceria com a Faculdade de Farmácia PÓS-GRADUAÇÃO AVALIAÇÃO ECONÓMICA DOS MEDICAMENTOS 2016/17 9ª edição coordenação científica prof. doutor carlos Gouveia pinto Prof. Doutor José Cabrita

Leia mais

EDITAL. PÓS GRADUAÇÃO Cuidar para a viabilidade tecidular

EDITAL. PÓS GRADUAÇÃO Cuidar para a viabilidade tecidular EDITAL PÓS GRADUAÇÃO Cuidar para a viabilidade tecidular Ano letivo 2014-2015 A formação especializada Cuidar para a viabilidade tecidular resulta da parceria da Escola Superior de Enfermagem São José

Leia mais

Regulamento de Funcionamento e Avaliação dos Mestrados da APNOR

Regulamento de Funcionamento e Avaliação dos Mestrados da APNOR ASSOCIAÇÃO DE POLITÉCNICOS DO NORTE (APNOR) Instituto Politécnico de Bragança Instituto Politécnico do Cávado e do Ave Instituto Politécnico do Porto Instituto Politécnico de Viana do Castelo Regulamento

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE

GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE valor acrescentado para a sua carreira GESTÃO DA QUALIDADE NA SAÚDE 2ª edição Coordenação Científica: Prof. Doutor José Miguel Soares Direcção Executiva: Mestre Sérgio Sousa PÓS-GRADUAÇÃO 07/08 Pós-Graduação

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Educação e Tecnologias Digitais (Regime a Distância) Edição Instituto de Educação da Universidade

Leia mais

I SÉRIE BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU SUMÁRIO. Número 44. Terça-feira, 3 de Novembro de 2015

I SÉRIE BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU SUMÁRIO. Número 44. Terça-feira, 3 de Novembro de 2015 44 Número 44 I SÉRIE do Boletim Oficial da Região Administrativa Especial de Macau, constituído pelas séries I e II Terça-feira, 3 de Novembro de 2015 BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL

Leia mais

NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade De Évora A.1.a. Outra(s)

Leia mais

OPTIMIZAR A INTERVENÇÃO EM ÁREAS DE SAÚDE E CONFORTO. Ordem dos Farmacêuticos (Rua da Sociedade Farmacêutica 18, 1169-075 Lisboa)

OPTIMIZAR A INTERVENÇÃO EM ÁREAS DE SAÚDE E CONFORTO. Ordem dos Farmacêuticos (Rua da Sociedade Farmacêutica 18, 1169-075 Lisboa) Título Farmácia Comunitária OPTIMIZAR A INTERVENÇÃO EM ÁREAS DE SAÚDE E CONFORTO Local Ordem dos Farmacêuticos (Rua da Sociedade Farmacêutica 18, 1169-075 Lisboa) Datas 26 de Março a 6 de Junho 2012 Organização

Leia mais

Com a publicação dos novos Estatutos da Escola -Diário da República, 2ª série, nº 164, 25 de Agosto de 2009, por iniciativa do Conselho de Direcção,

Com a publicação dos novos Estatutos da Escola -Diário da República, 2ª série, nº 164, 25 de Agosto de 2009, por iniciativa do Conselho de Direcção, Com a publicação dos novos Estatutos da Escola -Diário da República, 2ª série, nº 164, 25 de Agosto de 2009, por iniciativa do Conselho de Direcção, iniciou-se um trabalho de reflexão e discussão, tendo

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA ZOOTÉCNICA / PRODUÇÃO ANIMAL

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA ZOOTÉCNICA / PRODUÇÃO ANIMAL REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA ZOOTÉCNICA / PRODUÇÃO ANIMAL Ao abrigo do Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de Março, e do disposto na Deliberação nº 1487/2006 de 26 de Outubro, da

Leia mais

www.master ic.com Curso creditado pela Ordem dos Farmacêuticos: Atribuição de 10 créditos

www.master ic.com Curso creditado pela Ordem dos Farmacêuticos: Atribuição de 10 créditos www.master ic.com Curso creditado pela Ordem dos Farmacêuticos: Atribuição de 10 créditos Apresentação O programa está estruturado em três módulos sequenciais, leccionados ao longo de 2 anos, atribuindo

Leia mais

FORMAÇÃO PÓS GRADUADA

FORMAÇÃO PÓS GRADUADA FORMAÇÃO PÓS GRADUADA Pós-Graduações Formação Avançada - Oferta formativa 2016/2017-1º Semestre ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DA CRUZ VERMELHA PORTUGUESA FORMAÇÃO PÓS-GRADUADA A Escola Superior de Saúde da

Leia mais

Programa de Unidades Curriculares Opcionais

Programa de Unidades Curriculares Opcionais Programa de Unidades Curriculares Opcionais Para assegurar que todos os alunos tenham acesso a UC que permitam perfazer as exigências em créditos (ECTS) de UC Opcionais dos respectivos Planos de Estudo,

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação e Formação Especialização: E-learning e Formação a Distância (Regime a Distância) 14 15 Edição Instituto

Leia mais

CURSO MASTER EM MESOTERAPIA

CURSO MASTER EM MESOTERAPIA CURSO MASTER EM MESOTERAPIA - 4ª edição - Curso Teórico-Prático www.apestetica.org CURSO MASTER EM MESOTERAPIA - 4ª edição O sector da Medicina em geral e da Medicina Estética em particular, está em constante

Leia mais

CURSO MASTER EM MESOTERAPIA

CURSO MASTER EM MESOTERAPIA CURSO MASTER EM MESOTERAPIA - 3ª edição - Curso Teórico-Prático www.apestetica.org CURSO MASTER EM MESOTERAPIA - 3ª edição - O sector da Medicina em geral e da Medicina Estética em particular, está em

Leia mais

REABILITAÇÃO E INSERÇÃO SOCIAL

REABILITAÇÃO E INSERÇÃO SOCIAL REABILITAÇÃO E INSERÇÃO SOCIAL EM CELORICO DA BEIRA EM COLABORAÇÃO COM A UNIVERSIDADE DE ESTRASBURGO COM A COOPERAÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CELORICO DA BEIRA PÓS-GRADUAÇÃO DIRECÇÃO DO CURSO Arménio SEQUEIRA

Leia mais

Revista Portuguesa de. irurgia. II Série N. 25 Junho 2013. Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia ISSN 1646-6918

Revista Portuguesa de. irurgia. II Série N. 25 Junho 2013. Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia ISSN 1646-6918 Revista Portuguesa de irurgia II Série N. 25 Junho 2013 ISSN 1646-6918 Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Página da SPC Júlio Soares Leite Presidente da Sociedade Portuguesa de Cirurgia

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS. Departamento de Economia e Gestão (ce.deg@esce.ips.pt)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS. Departamento de Economia e Gestão (ce.deg@esce.ips.pt) INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS Departamento de Economia e Gestão (ce.deg@esce.ips.pt) Curso de CONTABILIDADE E FINANÇAS 1º. Ciclo Curso de GESTÃO DE RECURSOS

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA, DA FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO PREÂMBULO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA, DA FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO PREÂMBULO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA, DA FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO PREÂMBULO No cumprimento da sua missão, a FEUP tem desenvolvido uma significativa

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NO ENSINO SUPERIOR

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NO ENSINO SUPERIOR Campus Académico de Santo André Escola Superior de Tecnologia e Gestão Jean Piaget do Litoral Alentejano REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO ANO LETIVO DE 2013-2014

Leia mais

Ciclo de Estudos Conducente ao Grau de Mestre em Tecnologia e Segurança Alimentar. Normas regulamentares

Ciclo de Estudos Conducente ao Grau de Mestre em Tecnologia e Segurança Alimentar. Normas regulamentares Ciclo de Estudos Conducente ao Grau de Mestre em Tecnologia e Segurança Alimentar Normas regulamentares Preâmbulo O regulamento do Ciclo de Estudos Conducente ao Grau de Mestre em Tecnologia e Segurança

Leia mais

Seleção das recomendações de Integração e Continuidade de Cuidados

Seleção das recomendações de Integração e Continuidade de Cuidados ANEXO AO ROTEIRO DE INTERVENÇÃO EM ARTICULAÇÃO E CONTINUIDADE DE CUIDADOS ANEXO II Seleção das recomendações de Integração e Continuidade de Cuidados Autores: Ana Dias (doutoranda da Universidade de Aveiro

Leia mais

A experiência do IPN no interface Universidade/Empresa. Carlos Cerqueira, Director de Inovação

A experiência do IPN no interface Universidade/Empresa. Carlos Cerqueira, Director de Inovação A experiência do IPN no interface Universidade/Empresa Carlos Cerqueira, Director de Inovação O Instituto Pedro Nunes Criado em 1991 pela Universidade de Coimbra Promove a inovação na área científica e

Leia mais

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO/DOUTORAMENTO CURSO PÓS-GRADUADO DE ESPECIALIZAÇÃO CONTROLO DA QUALIDADE E TOXICOLOGIAS DOS ALIMENTOS Acreditado pela A3ES 10ª Edição 2013/2015 O Curso

Leia mais

Mestrado em Gerontologia Social

Mestrado em Gerontologia Social Mestrado em Gerontologia Social Apresentação O Programa de Mestrado em Gerontologia Social do Instituto Superior Bissaya Barreto (ISBB), com estrutura curricular e plano de estudos constantes do Despacho

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Alimentar Ref.ª : 1322004 Ano lectivo: 2009-10 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR ECONOMIA AGRO-ALIMENTAR FOOD ECONOMICS 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica: 31 4 Economia

Leia mais

Press Release. I Jornadas de Medicina Complementar

Press Release. I Jornadas de Medicina Complementar Press Release I Jornadas de Medicina Complementar 21 de Setembro de 2013 Apresentação O irá realizar as I Jornadas de Medicina Complementar A pesquisa científica em Medicina Complementar e a sua pertinência

Leia mais

EDITAL. Instituto Politécnico de Viseu MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA ANO LECTIVO: 2016/2018.

EDITAL. Instituto Politécnico de Viseu MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA ANO LECTIVO: 2016/2018. Escola Superior Agrária Instituto Politécnico de Viseu MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA EDITAL ANO LECTIVO: 2016/2018 2ª Edição 1. NOTA INTRODUTÓRIA O Mestrado em Enfermagem Veterinária

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Psicologia e Educação

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Psicologia e Educação UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Psicologia e Educação Regulamento de Estágios 2º Ciclo em Psicologia da Universidade da Beira Interior Artigo 1.º

Leia mais

1. A cooperação instituída terá, designadamente, por objecto a realização dos

1. A cooperação instituída terá, designadamente, por objecto a realização dos ~~PROTOCOLO Considerando que o Instituto Nacional de Administração, IP, tem como missão fundamental contribuir, através da formação, da investigação científica e da assessoria técnica, para a modernização

Leia mais

ACEF/1415/17827 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1415/17827 Relatório preliminar da CAE ACEF/1415/17827 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade De Lisboa A.1.a. Outras Instituições

Leia mais

Apreciação do Anteprojecto de Decreto-Lei sobre o Regime Jurídico da Habilitação Profissional para a Docência

Apreciação do Anteprojecto de Decreto-Lei sobre o Regime Jurídico da Habilitação Profissional para a Docência Apreciação do Anteprojecto de Decreto-Lei sobre o Regime Jurídico da Habilitação Profissional para a Docência Documento elaborado no âmbito das 1ª, 2ª e 3ª Comissões Permanentes e aprovado na reunião destas

Leia mais

Técnico Superior de Higiene e Segurança no Trabalho

Técnico Superior de Higiene e Segurança no Trabalho Técnico Superior de Higiene e Segurança no Trabalho (580H) FORMAÇÃO À MEDIDA DO SEU ÊXITO Contacto Formação Empresa Horácio Faria Largo de S.Domingos, n.º1 a 4 4900-330 Viana do Castelo Tlm. 961717337

Leia mais

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO/DOUTORAMENTO CURSO PÓS-GRADUADO DE ESPECIALIZAÇÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA E TERAPÊUTICA Acreditado pela A3ES 9 ª Edição 2013/2015 O Curso de Especialização

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 73/2013 de 1 de Julho de 2013

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 73/2013 de 1 de Julho de 2013 PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 73/2013 de 1 de Julho de 2013 Tendo por aceite que os órgãos de gestão das unidades de saúde devem manter os seus representantes clínicos, mas

Leia mais

MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS (i.é. ANÁLISES QUÍMICO-BIOLÓGICAS)

MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS (i.é. ANÁLISES QUÍMICO-BIOLÓGICAS) MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS (i.é. ANÁLISES QUÍMICO-BIOLÓGICAS) º Ciclo Bolonha Aviso n.º/0 (D.R. N.º,.ª série, de Dezembro de 0) Registo DGES: / (DR) Extracto do Regulamento Geral de Mestrados do ISCSEM

Leia mais

O Processo de Bolonha na ESTBarreiro/IPS

O Processo de Bolonha na ESTBarreiro/IPS O Processo de Bolonha na ESTBarreiro/IPS João Vinagre Santos A ESTBarreiro/IPS Criação em Julho de 1999, pelo Ministro da Educação Prof. Marçal Grilo 4ª Escola do IPS, 2ª Escola de Tecnologia, 1ª Escola

Leia mais

Relatório de projecto de intervenção Formato: artigo

Relatório de projecto de intervenção Formato: artigo Relatório de projecto de intervenção Formato: artigo Título Implementação da Escala de Braden Avaliação do grau de risco de desenvolvimento de úlceras por pressão Autor (es) com breve identificação (Título

Leia mais

Documento de Consenso. Recomendações para a utilização de apósitos na prevenção das Úlceras por Pressão, baseadas na evidência da práctica

Documento de Consenso. Recomendações para a utilização de apósitos na prevenção das Úlceras por Pressão, baseadas na evidência da práctica Documento de Consenso Recomendações para a utilização de apósitos na prevenção das Úlceras por Pressão, baseadas na evidência da práctica Grupo de Consenso: Joyce Black RN PhD (Co-Chair), Michael Clark

Leia mais

História e Sistemas da Psicologia

História e Sistemas da Psicologia 1 História e Sistemas da Psicologia 1. Resumo descritivo 1.1. Elementos básicos Curso Unidade Curricular Área Científica Ano / Semestre ECTS Horas de Contacto Professores responsáveis Docentes 1.2. Síntese

Leia mais

Recrutamento ético de enfermeiros

Recrutamento ético de enfermeiros Recrutamento ético de enfermeiros Posição do CIE: Tomada de posição O CIE e as suas associações membro acreditam firmemente que a qualidade dos cuidados de saúde depende directamente de um fornecimento

Leia mais

Acções de Formação - Jornalistas

Acções de Formação - Jornalistas Acções de Formação - Jornalistas A crescente necessidade de informação dos Meios de Comunicação Social, o desenvolvimento do sector financeiro e a maior sofisticação dos mercados, levaram a APB e os seus

Leia mais

Educação Formação Avançada

Educação Formação Avançada ISEC Instituto Superior de Educação e Ciências Educação Formação Avançada ISEC Instituto Superior de Educação e Ciências Educação Formação Avançada Unidade Científico- Pedagógica de Ciências da Educação

Leia mais

1911 2011 A caminho do Centenário

1911 2011 A caminho do Centenário 1911 2011 A caminho do Centenário Licenciaturas ISEG 1º Ciclo de Bolonha ISEG: Uma Escola de referência. O ISEG forma Economistas e Gestores com espírito de liderança e inovação assente numa sólida capacidade

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Gestão de Redes Informáticas

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Gestão de Redes Informáticas INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 26/3/2014 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 21/5/2014 Ficha de Unidade

Leia mais

CATÓLICA. VISEU Departamento de Ciências da Saúde LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOMÉDICAS - 2014-2015

CATÓLICA. VISEU Departamento de Ciências da Saúde LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOMÉDICAS - 2014-2015 LICENCIATURA Ciências Biomédicas UNIDADE CURRICULAR Microbiologia ANO/SEMESTRE ANO LECTIVO 2 º Ano/1.º Semestre 2014/2015 ECTS DA UNIDADE HORAS DE CONTACTO 6 T:35 TPs:14 RESPONSÁVEL da UNIDADE Maria José

Leia mais

NCE/10/01746 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/10/01746 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/10/01746 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Instituto Politécnico De Coimbra

Leia mais

MBA em Gestão de Unidades de Saúde. 2ª Edição

MBA em Gestão de Unidades de Saúde. 2ª Edição MBA em Gestão de Unidades de Saúde 2ª Edição Funchal Junho de 2011 CURSO DE GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE Justificação Num contexto de especial complexidade socio-económica, encontram fundamento as preocupações

Leia mais

Jornadas de Enfermagem em Pediatria e Neonatologia: A criança sob o olhar de quem cuida.

Jornadas de Enfermagem em Pediatria e Neonatologia: A criança sob o olhar de quem cuida. Jornadas de Enfermagem em Pediatria e Neonatologia: A criança sob o olhar de quem cuida. Ensinar para Cuidar: Enfermagem Pediátrica que Futuro? Bom dia a todos os presentes, aos colegas de mesa e à comissão

Leia mais

Regulamento Geral de Estudos Pós-Graduados. do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

Regulamento Geral de Estudos Pós-Graduados. do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Regulamento Geral de Estudos Pós-Graduados do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito de aplicação 1 O presente Regulamento Geral (RG) aplica-se

Leia mais

Normas regulamentares. Artigo 1º. Objecto

Normas regulamentares. Artigo 1º. Objecto UNIVERSIDADE ABERTA Nos termos da deliberação nº 13/07 do Senado Universitário, aprovada em sessão de 31 de Maio, de 2007, e ao abrigo do disposto no artigo 43º do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS E INOVAÇÃO

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS E INOVAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS E INOVAÇÃO ENQUADRAMENTO E OBJECTIVOS: A Pós-Graduação em Gestão Estratégica dos Recursos Humanos e Inovação tem como objectivo geral dotar os gestores,

Leia mais

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO/DOUTORAMENTO CURSO PÓS-GRADUADO DE ESPECIALIZAÇÃO CIÊNCIAS BIOFARMACÊUTICAS Acreditado pela A3ES 4ª Edição 2013/2015 Colaboração Research Institute

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação: Prática e Ética Profissional Área Científica: Design Carácter: Obrigatória Semestre: 6º ECTS: 3 Tempo de Trabalho: Horas de Contacto: 40,5 Ensino

Leia mais

Clínica Equina. Pós-Graduação em. - 2ª Edição. http://fmv.ulusofona.pt. Programa de Formação Avançada

Clínica Equina. Pós-Graduação em. - 2ª Edição. http://fmv.ulusofona.pt. Programa de Formação Avançada UNIVERSIDADE LUSÓFONA de Humanidades e Tecnologias Humani nihil alienum de Formação Avançada Pós-Graduação em Clínica Equina - 2ª Edição 24 Dias/Módulos de Formação - 12 fins-de-semana Início: Novembro

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DO PORTO

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DO PORTO APROVADO 19 de Novembro de 2010 O Presidente, ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DO PORTO (Paulo Parente) REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO NÃO CONFERENTES DE GRAU Capítulo I Natureza e âmbito Artigo

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 49 11 de Março de 2010 11201

Diário da República, 2.ª série N.º 49 11 de Março de 2010 11201 Diário da República, 2.ª série N.º 49 11 de Março de 2010 11201 vem obedecer às orientações para este efeito emitidas por despacho do Director da FCSH. 2 A tese de doutoramento deverá ter um mínimo de

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Agro-pecuária Ref.ª : 1531001 Ano lectivo: 2010-11 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO ENTERPRISE MANAGEMENT AND ENTREPRENEURSHIP 1. Unidade

Leia mais

Um mar de oportunidades. Mestrado em Gestão Portuária. Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique.

Um mar de oportunidades. Mestrado em Gestão Portuária. Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Um mar de oportunidades Mestrado em Gestão Portuária Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique A ENIDH é a Escola Superior pública portuguesa que assegura a formação de

Leia mais

ACREDITAÇÃO DOS HOSPITAIS PADRÕES DE QUALIDADE E ENFERMAGEM

ACREDITAÇÃO DOS HOSPITAIS PADRÕES DE QUALIDADE E ENFERMAGEM ACREDITAÇÃO DOS HOSPITAIS PADRÕES DE QUALIDADE E ENFERMAGEM Óbidos, Novembro 2008 Maria da Saudade de Oliveira Custódio Lopes SUMÁRIO DE APRESENTAÇÃO A Política de Qualidade para as Instituições de Saúde:

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA

ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA Licenciatura em Engenharia Agro-pecuária Ref.ª : 1510003 Ano lectivo: 2008-09 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR LÍNGUA INGLESA E COMUNICAÇÃO 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica: 22 - Humanidades 1.2

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ao abrigo do Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de Março, e do disposto na Deliberação nº 1487/2006 da Reitoria da Universidade

Leia mais

NCE/10/01836 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/10/01836 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/10/01836 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Fedrave - Fundação Para O Estudo E

Leia mais

EDITAL. 1. Enquadramento

EDITAL. 1. Enquadramento EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Fisioterapia na Saúde da Mulher 2ª Edição 2014/2015 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

MBA em GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE

MBA em GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE MBA em Este MBA resulta do protocolo de colaboração estabelecida entre a Escola da APEL e a UAL, e com a participação da Escola Superior de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias. Coordenador Científico

Leia mais

PROGRAMA APOIOS ORGANIZAÇÃO SECRETARIADO. A APIH é membro da

PROGRAMA APOIOS ORGANIZAÇÃO SECRETARIADO. A APIH é membro da APOIOS S H AR I N EXPE R T I S E PROGRAMA ORGANIZAÇÃO associação portuguesa de infecção hospitalar A APIH é membro da European network to promote infection prevention for patient safety SECRETARIADO ASSOCIAÇÃO

Leia mais

HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES

HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES 2011 HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES COM O PATROCÍNIO DE: ÍNDICE A NOSSA PROPOSTA DE VALOR 3 HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES 4 Estrutura e Coordenação 5 Conteúdos e Corpo Docente 6 Introdução: Health Servuction

Leia mais

Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa MESTRADO EM ENSINO DA MÚSICA REGULAMENTO SECÇÃO I DA ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DO CURSO

Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa MESTRADO EM ENSINO DA MÚSICA REGULAMENTO SECÇÃO I DA ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DO CURSO Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa MESTRADO EM ENSINO DA MÚSICA REGULAMENTO SECÇÃO I DA ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DO CURSO Artigo 1º Objecto 1 O presente regulamento aplica-se

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DA QUALIDADE E DA SEGURANÇA ALIMENTAR 2ª EDIÇÃO (início a 24 de Outubro de 2005)

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DA QUALIDADE E DA SEGURANÇA ALIMENTAR 2ª EDIÇÃO (início a 24 de Outubro de 2005) PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DA QUALIDADE E DA SEGURANÇA ALIMENTAR 2ª EDIÇÃO (início a 24 de Outubro de 2005) Horário Pós-Laboral 3 dias/semana das 18:30 às 23:00 Apoio: Gestão da Qualidade e da Segurança Alimentar

Leia mais

Universidade Portucalense Departamento de Direito

Universidade Portucalense Departamento de Direito Universidade Portucalense Departamento de Direito Normas Regulamentares do 1º Ciclo do Curso de Direito DD, Departamento de Direito Aprovado em Conselho Científico de 2006-07-26 Com as alterações aprovadas

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO E SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO E SEGURANÇA ALIMENTAR Escola Superior Agrária Instituto Politécnico de Viseu PÓS GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO E SEGURANÇA ALIMENTAR EDITAL ANO LECTIVO: 2014/2015 2ª Edição 1. NOTA INTRODUTÓRIA A segunda edição da pós-graduação em

Leia mais