Political economy determinants of public investments for nutrition in Mozambique

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Political economy determinants of public investments for nutrition in Mozambique"

Transcrição

1 MSU-IFPRI Workshop In partnership with MINAG and USAID 9 December 2013, VIP Hotel, Maputo, Mozambique Political economy determinants of public investments for nutrition in Mozambique Lucy Billings*, Tewodaj Mogues* and Domingos M. do Rosário ** * International Food Policy Research Institute ** Universidade Eduardo Mondlane PRELIMINARY STAGE OF THE STUDY

2 Study motivation and objectives Political economy factors Public Expenditures Development outcomes Empirically test theory on political economy drivers for public investment decisions Apply theory to a complex multi-sector topic Nutrition Examine the topic in the Mozambican context with extensive development and nutrition opportunities but also challenges

3 Framework Socio-economic inequality Political liberties Rule of law de la Croix & Delavallade 2009; Keefer & Knack 2007 de facto de jure Cohen et al. 1972; Davis 1971; Cowart et al. 1975; Ostrom 1977; Reinikka & Svensson, 2004 Political and economic governance environment Budget process Public investment decisions Donors Bureaucrats Beneficiaries NGOs Politicians Researchers Actors... and their attributes & incentives Characteristics of investments Budget-maximizing Vote-seeking Knowledge Collective action Olson 1985; Tridimas 2001; Binswanger & Deininger 1997 Visibility Lag Keefer & Khemani 2005

4 For this study Political and economic governance environment Public investment decisions Actors... and their attributes & incentives Budget process Characteristics of investments

5 Qualitative analytical methods Process tracing (Beach and Pederson, 2013) Within-case inferences on the presence or absence of causal mechanisms Theory-testing: Identify if the theorized causal mechanisms are present and if they function as anticipated Theory-building: Investigate the empirical material to identify causal mechanisms between defined explanatory and outcome variables Resource flow map A component of PETSs (Reinikka and Svensson 2006, Koziol and Tolmie 2010), which seek to identify public expenditure inefficiencies. We will not conduct a full PETS in this study, but will develop a RFM to track budgeting and spending processes Identification of emerging themes Apply the Grounded Theory method (Glaser and Strauss, 2012) to analyse data across sites within Mozambique, and identify themes that further develop theoretical framework

6 Process-tracing: theory-testing Political and economic governance environment Budget process Public investment decisions Actors... and their attributes & incentives Characteristics of investments

7 Process-tracing: theory-testing Characteristics of investments Visibility Attributability Political credit Decision maker s motivation Public spending Outputs & Outcomes Lag

8 Process-tracing: theory-testing Characteristics of investments Explanatory Visibility and lag of investments Causal mechanism Attributability to decision maker Causal mechanism Political recognition Outcome Public resource allocation to nutrition THEORETICAL Investment is recognisable; Time between resource allocation and outcomes Identification of decision makers responsible for allocation Greater support for politician Level of & change in public expenditures on nutrition EMPIRICAL

9 Process-tracing: theory-building Political and economic governance environment Budget process Public investment decisions Actors... and their attributes & incentives Characteristics of investments

10 Process-tracing: theory-building Actors and their incentives Explanatory Coordination across sectors & agencies Causal mechanism Causal mechanism?? Inferred existence Outcome Public resource allocation to nutrition THEORETICAL One agency s knowledge of and influence on another Observable manifestations Observable manifestations Facts of the case Level of & change in public expenditures on nutrition EMPIRICAL

11 Resource flow map Political and economic governance environment Budget process Public investment decisions Actors... and their attributes & incentives Characteristics of investments

12 Resource flow map Budget process Funding sources What are the intermediary steps? What are the different types of allocations? Beneficiaries Which actors are involved? Who are the decision makers? What is the budget process direction?

13 Área de Estudo País Moçambique Perspectiva de Nível Nacional 3 províncias Tete Nampula Sofala 6 distritos Foram seleccionados 2 distritos em cada província: Um distrito com alto nível de investimento e outro com baixo nível de investimento Maputo Maputo (capital) Selected districts so far

14 Ferramenta empírica Entrevistas com informantes chave Método de processamento de dados Transcrição completa de todas entrevistas; Codificação através do NVivo Tradução de partes do material codificado em Português Nacional Provincial Distrital Total Governo NGOs Doadores Outros TOTAL Revisão Documental Documentos Fiscais do Governo Iniciativas e Compromissos de Doadores Documentos de plano, programas e projectos de ONG s

15 Resultados Preliminares: processo de orçamentação Não há no orçamento uma rúbrica destinada à nutrição. Por isso, as alocações orçamentais para a nutrição são feitas dentro dos sectores; Somente no Ministério da Saúde existe um Departamento totalmente focado na implementação de projectos de Nutrição (contudo, outros ministérios tem Departamentos com alguma relevância para a nutrição); As prioridades dos Doadores exercem um grande impacto nas dotações orçamentais (em parte, através da sua comparticipação no total de investimentos para a nutrição); As linhas orçamentárias dos Doadores incluem : Canalização de Fundos através do Governo geralmente dentro de um único sector; Canalização de Fundos através de NGO s devido a facilidade na implementação abordagem multissectorial

16 Resultados Preliminares: Características dos Investimentos Projectos com alta visibilidade ajudam a atrair Fundos: Exemplo, visibilidade das crianças gravemente desnutridas versus micronutrientes para crianças desnutridas; Projectos que precisam de pouco tempo de investimento para atingirem resultados satisfátórios atraem investimentos. Exemplo, resultados rápidos obtidos na suplementação de vitamina A durante a semana Nacional de Saúde, versus educação das mães de modo a mudarem de comportamento em relação a hábitos alimentares

17 Resultados Preliminares: Actores e seus incentivos Os actores (exemplo, Ministros) são fortemente impulsionados pelas (a) suas actividades obrigatórias, (b) pelos resultados (intermediários e finais) fortemente associados aos seus sectores; Pelas tentativas de cobertura geográfica no processo de alocação de Fundos. Isto é justificado no seio dos doadores pela existência de um organismo de coordenação forte no sector de nutrição Pela existência de lacunas na coordeação inter-agencias: os diferentes stakeholders apontam para a falta de conhecimento; e de coordenação (i) entre os programas governamentais e iniciativas das ONG s; e (ii) entre as diferentes ONG s

18 Próximos passos Nas próximas semanas, analisaremos de forma mais sistemática todos os dados e iremos apresentar resultados mais consolidados desta pesquisa Por isso agradecemos vossos comentários e questões Obrigado!

STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE

STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE Hosted by Abt Associates Reduzir a desnutrição crónica em Moçambique: contexto internacional e assistência dos parceiros de desenvolvimento

Leia mais

Indicadores de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I) em Software e Serviços de TI: o Caso da Lei do Bem (nº 11.196/05)

Indicadores de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I) em Software e Serviços de TI: o Caso da Lei do Bem (nº 11.196/05) Universidade de Brasília Indicadores de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I) em Software e Serviços de TI: o Caso da Lei do Bem (nº 11.196/05) Rafael Henrique Rodrigues Moreira BRASÍLIA 2014 Universidade

Leia mais

Termos de Referência

Termos de Referência MAPEAMENTO DE PARTES INTERESSADAS (PARCEIROS E DOADORES) Termos de Referência 1. Contexto O Fundo Mundial para a Natureza (WWF) tem vindo a trabalhar em Moçambique desde os meados dos anos 90 em áreas-chave

Leia mais

Termos de Referência para Análise das Plataformas das Organizações da Sociedade Civil que trabalham na gestão de recursos naturais em Moçambique

Termos de Referência para Análise das Plataformas das Organizações da Sociedade Civil que trabalham na gestão de recursos naturais em Moçambique Termos de Referência para Análise das Plataformas das Organizações da Sociedade Civil que trabalham na gestão de recursos naturais em Moçambique I. Introdução Nos últimos anos, uma das principais apostas

Leia mais

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água A Água e o Programa Horizonte 2020 (8ºPQ) Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água Governancia da Água Francisco

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA DESCRIÇÃO DO POSTO. Junho de 2012.

ANÚNCIO DE VAGA DESCRIÇÃO DO POSTO. Junho de 2012. ANÚNCIO DE VAGA DESCRIÇÃO DO POSTO Posição: Director Executivo Programa Inter Religioso Contra a Malária (PIRCOM) Projecto Academy for Educational Development/Communication for Change (C Change) Supervisor:

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Ana Teresa Dias Valente Marline Morais Conceição Vieira de Carvalho Ana Teresa Dias Valente Morais EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Dissertação de Mestrado em Intervenção

Leia mais

Maputo, Moçambique 2008 6 Factores Externos Demográficos: (idade, sexo) Socio-económicos: (educação, ocupação) Ambiente: (conflitos, clima) Sistemas Saúde (DOTS) Disponibilidade Acesso Utilização Detecção

Leia mais

Análise da Fidelidade nos Serviços de Consultoria de Informática para o Mercado Corporativo

Análise da Fidelidade nos Serviços de Consultoria de Informática para o Mercado Corporativo Rogério Nascimento Análise da Fidelidade nos Serviços de Consultoria de Informática para o Mercado Corporativo Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau

Leia mais

INVESTIMENTOS HOTELEIROS EM CABO VERDE: O CASO DO RIU HOTELS & RESORTS

INVESTIMENTOS HOTELEIROS EM CABO VERDE: O CASO DO RIU HOTELS & RESORTS INVESTIMENTOS HOTELEIROS EM CABO VERDE: O CASO DO RIU HOTELS & RESORTS Minarvino Filomeno Silva Furtado Caso de Estudo Mestrado em Finanças Orientadora: Prof. Doutora Clara Raposo, Prof. Associada, ISCTE

Leia mais

MEDICUS MUNDI EM MOÇAMBIQUE A NOSSA PROPOSTA: CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS: VAMOS TORNÁ-LOS REALIDADE

MEDICUS MUNDI EM MOÇAMBIQUE A NOSSA PROPOSTA: CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS: VAMOS TORNÁ-LOS REALIDADE MEDICUS MUNDI EM MOÇAMBIQUE A NOSSA PROPOSTA: CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS: VAMOS TORNÁ-LOS REALIDADE Cuidados de Saúde Primários em Moçambique Já foi há mais de 30 anos que o sonho de Saúde para todos

Leia mais

JEANNE DE BRITO PEREIRA DISSEMINAÇÃO DE INOVAÇÕES NO SERVIÇO PÚBLICO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA TEORIA DO ATOR-REDE

JEANNE DE BRITO PEREIRA DISSEMINAÇÃO DE INOVAÇÕES NO SERVIÇO PÚBLICO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA TEORIA DO ATOR-REDE JEANNE DE BRITO PEREIRA DISSEMINAÇÃO DE INOVAÇÕES NO SERVIÇO PÚBLICO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA TEORIA DO ATOR-REDE CÂMARA DOS DEPUTADOS 19 DE JUNHO DE 2013 Objetivo do estudo Avaliar o processo de disseminação

Leia mais

Aplicando Pontos de Função na Definição de um Sistema de Indicadores BIT

Aplicando Pontos de Função na Definição de um Sistema de Indicadores BIT Aplicando Pontos de Função na Definição de um Sistema de Indicadores BIT Eduardo Alves de Oliveira eduaopec@yahoo.com.br SERPRO - Serviço Federal de Processamento de Dados Rua Pacheco Leão, 1235 - Fundos

Leia mais

Universidade do Porto

Universidade do Porto O Estado da Arte em Projectos de Investimento - A Importância da Análise Não Financeira Na Prática das Empresas Portuguesas Nuno Filipe Lopes Moutinho Tese de Mestrado em Ciências Empresariais Área de

Leia mais

Consultoria Para Mapeamento os Actores e Serviços de Apoio as Mulheres Vitimas de Violência no País 60 dias

Consultoria Para Mapeamento os Actores e Serviços de Apoio as Mulheres Vitimas de Violência no País 60 dias TERMO DE REFERÊNCIA Consultoria Para Mapeamento os Actores e Serviços de Apoio as Mulheres Vitimas de Violência no País 60 dias 1. Contexto e Justificação O Programa conjunto sobre o Empoderamento da Mulher

Leia mais

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010 Apresentação Do Banco Setembro de 2010 Conteúdos Onde estamos Missão Valores Accionistas Nosso mercado Responsabilidade social Factos Contactos Onde estamos Onde Estamos O Banco Terra está representado,

Leia mais

A Teoria de Opções Reais: Uma Abordagem para Avaliar Investimentos da Indústria de Venture Capital

A Teoria de Opções Reais: Uma Abordagem para Avaliar Investimentos da Indústria de Venture Capital Rafael Campos Laskier A Teoria de Opções Reais: Uma Abordagem para Avaliar Investimentos da Indústria de Venture Capital Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE Presidência da República

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE Presidência da República REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE Presidência da República Discurso de Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República por ocasião do Almoço dos 20 Anos da Cervejas de Moçambique Maputo, 18 de Setembro

Leia mais

ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT

ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT LONDRINA - PR 2015 ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT Trabalho de Conclusão

Leia mais

Guião para a elaboração da Teoria de Mudança. ... juntos pela boa governação!

Guião para a elaboração da Teoria de Mudança. ... juntos pela boa governação! Guião para a elaboração da Teoria de Mudança... juntos pela boa governação! Guião para a elaboração da Teoria de Mudança Maputo, Março de 2013 FICHA TÉCNICA Título: Guião para a elaboração da Teoria de

Leia mais

Como preparar um orçamento da saúde que o cidadão-contribuinte entenda?

Como preparar um orçamento da saúde que o cidadão-contribuinte entenda? Como preparar um orçamento da saúde que o cidadão-contribuinte entenda? Do Orçamento da Saúde ao Orçamento das Instituições de Saúde Luís Viana Ministério da Saúde - ACSS 12 de Julho de 2011 workshop organizado

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO S FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO ANO 2012 JANEIRO A JUNHO RELATÓRIO 1. Introdução 2. Equilíbrio Orçamental 3. Receitas do Estado 4. Financiamento

Leia mais

SÍNTESE DA SESSÃO 1- ABASTECIMENTO DE ÁGUA: APRESENTAÇÕES RESULTADOS DOS GRUPOS DE TRABALHO Água rural, Água urbana RESULTADOS DO GRUPO VIP

SÍNTESE DA SESSÃO 1- ABASTECIMENTO DE ÁGUA: APRESENTAÇÕES RESULTADOS DOS GRUPOS DE TRABALHO Água rural, Água urbana RESULTADOS DO GRUPO VIP 1 SÍNTESE DA SESSÃO 1- ABASTECIMENTO DE ÁGUA: APRESENTAÇÕES RESULTADOS DOS GRUPOS DE TRABALHO Água rural, Água urbana RESULTADOS DO GRUPO VIP 2 APRESENTAÇÕES Acesso universal aos serviços básicos do AA

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

Uma Abordagem de Engenharia de Requisitos Para Linhas de Produtos de Software

Uma Abordagem de Engenharia de Requisitos Para Linhas de Produtos de Software Uma Abordagem de Engenharia de Requisitos Para Linhas de Produtos de Software Gabriela Guedes de Souza, Jaelson Castro e Carla Silva ggs@cin.ufpe.br, jbc@cin.ufpe.br, carla@dce.ufpb.br DEPARTAMENTO DE

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO RURAL NAS PROVINCIAS DE MANICA E SOFALA - PADR

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO RURAL NAS PROVINCIAS DE MANICA E SOFALA - PADR REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO RURAL NAS PROVINCIAS DE MANICA E SOFALA - PADR Concurso com Previa Qualificação Convite para a Manifestação de Interesse

Leia mais

Infraestrutura, Gestão Escolar e Desempenho em Leitura e Matemática: um estudo a partir do Projeto Geres

Infraestrutura, Gestão Escolar e Desempenho em Leitura e Matemática: um estudo a partir do Projeto Geres Naira da Costa Muylaert Lima Infraestrutura, Gestão Escolar e Desempenho em Leitura e Matemática: um estudo a partir do Projeto Geres Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

Restrições intrapessoais para o lazer em turismo

Restrições intrapessoais para o lazer em turismo Renato das Chagas Benevenuto Restrições intrapessoais para o lazer em turismo por idosos no Rio de Janeiro Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Administração

Leia mais

Avaliando o Cenário Político para Advocacia

Avaliando o Cenário Político para Advocacia Avaliando o Cenário Político para Advocacia Tomando em consideração os limites de tempo e recursos dos implementadores, as ferramentas da série Straight to the Point (Directo ao Ponto), da Pathfinder International,

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

SME Instrument e Fast Track to Innovation

SME Instrument e Fast Track to Innovation Apoio às PME no H2020 SME Instrument e Fast Track to Innovation Horizonte 2020 Apoio às PME no H2020 H2020 (2014-2020) Três prioridades que se reforçam mutuamente ~79M 7% para o SME Instrument Projectos

Leia mais

networking capabilities dynamic capabilities innovation capabilities

networking capabilities dynamic capabilities innovation capabilities networking capabilities dynamic capabilities innovation capabilities uma perspetiva focada na estratégia de inovação MARIANA PITA. UNIVERSIDADE DE AVEIRO PROGRAMA DOUTORAL EM MARKETING & ESTRATÉGIA. CONHECIMENTO

Leia mais

Evolução da ajuda prestada pelo Banco Africano de Desenvolvimento e pelo Banco Mundial aos PALOP Ano 2000 a 2007

Evolução da ajuda prestada pelo Banco Africano de Desenvolvimento e pelo Banco Mundial aos PALOP Ano 2000 a 2007 Evolução da ajuda prestada pelo Banco Africano de Desenvolvimento e pelo Banco Mundial aos Ano 2000 a 2007 1/11 2/11 Banco Africano de Desenvolvimento O Banco africano de Desenvolvimento tem por objectivo

Leia mais

Mudança Organizacional em uma Empresa Familiar Brasileira: um estudo de caso

Mudança Organizacional em uma Empresa Familiar Brasileira: um estudo de caso Cristina Lyra Couto de Souza Mudança Organizacional em uma Empresa Familiar Brasileira: um estudo de caso Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Departamento de Administração da PUC-Rio como

Leia mais

Propriedade Intelectual nos Países de língua Portuguesa

Propriedade Intelectual nos Países de língua Portuguesa Propriedade Intelectual nos Países de língua Portuguesa Politicas de Saúde e AIDS Moçambique Eusébio Chaquisse, MD, MIH Universidade Lúrio - Nampula Introdução: Moçambique possui uma população 20 milhões

Leia mais

A perspectiva bilateral de coordenação/mobiliza. o/mobilização o dos intervenientes externos. Ferruccio Vio

A perspectiva bilateral de coordenação/mobiliza. o/mobilização o dos intervenientes externos. Ferruccio Vio A perspectiva bilateral de coordenação/mobiliza o/mobilização o dos intervenientes externos Ferruccio Vio Estudo de caso: Moçambique 1 Moçambique ambique: Apoio dos doadores e Recursos Humanos Diferentes

Leia mais

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO RESUMO As incubadoras de empresas são ambientes dotados de competência gerencial, técnica e administrativa que impulsionam a promoção do nascimento

Leia mais

STUDY ABOUT INFLUENCE ON ACADEMIC PERFORMANCE OF STUDENTS USERS OF SOCIAL NETWORKS

STUDY ABOUT INFLUENCE ON ACADEMIC PERFORMANCE OF STUDENTS USERS OF SOCIAL NETWORKS STUDY ABOUT INFLUENCE ON ACADEMIC PERFORMANCE OF STUDENTS USERS OF SOCIAL NETWORKS Elton Rabelo (Instituto de Ensino Superior e Pesquisa INESP, MG, Brasil) - eltonneolandia@yahoo.com.br Thiago Magela Rodrigues

Leia mais

1. Introdução. 2. Objetivo geral. Av. Acordos de Lusaka, 2115 C.P. 2020 Maputo Telefone: 21466407, 21466244, 21465299 Fax: 21465849 1

1. Introdução. 2. Objetivo geral. Av. Acordos de Lusaka, 2115 C.P. 2020 Maputo Telefone: 21466407, 21466244, 21465299 Fax: 21465849 1 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO PARA A COORDENAÇÃO DA ACÇÃO AMBIENTAL Direcção Nacional de Gestão Ambiental Projecto de REDD+ Termos de Referência Consultoria para Avaliação Ambiental e Social Estratégica

Leia mais

FUNDAÇÃO INSTITUTO CAPIXABA DE PESQUISAS EM CONTABILIDADE, ECONOMIA E FINANÇAS GEORGE PINHEIRO RAMOS

FUNDAÇÃO INSTITUTO CAPIXABA DE PESQUISAS EM CONTABILIDADE, ECONOMIA E FINANÇAS GEORGE PINHEIRO RAMOS FUNDAÇÃO INSTITUTO CAPIXABA DE PESQUISAS EM CONTABILIDADE, ECONOMIA E FINANÇAS GEORGE PINHEIRO RAMOS FATORES DETERMINANTES E INFLUENCIADORES DE COMPRA DA MÚSICA GOSPEL VITÓRIA 2013 2 GEORGE PINHEIRO RAMOS

Leia mais

Um Processo Controlável de Desenvolvimento de Software Focado na Gestão da Qualidade em Pequenos Projetos

Um Processo Controlável de Desenvolvimento de Software Focado na Gestão da Qualidade em Pequenos Projetos Daniel Catunda Marreco Um Processo Controlável de Desenvolvimento de Software Focado na Gestão da Qualidade em Pequenos Projetos Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para

Leia mais

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS AGRADECIMENTOS O findar desta dissertação é o momento indicado para agradecer ao Professor Doutor João Carlos de Matos Paiva pela sua grande ajuda, pela disponibilidade sempre manifestada, pelo seu empenho

Leia mais

1.1. Antecedentes do Estudo

1.1. Antecedentes do Estudo CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO 1.1. Antecedentes do Estudo 1.1.1. Antecedentes do Estudo A estrutura básica do Programa de Cooperação Triangular para o Desenvolvimento Agrícola da Savana Tropical em Moçambique

Leia mais

MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA

MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA Universidade de Lisboa Faculdade de Medicina de Lisboa MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA Catarina Isabel Fonseca Paulos Mestrado em Medicina Legal e Ciências Forenses 2005 Esta dissertação

Leia mais

A Dinâmica em um Projeto de Tecnologia de Grande Porte

A Dinâmica em um Projeto de Tecnologia de Grande Porte Fabiano Sannino A Dinâmica em um Projeto de Tecnologia de Grande Porte Dissertação de Mestrado (Opção profissional) Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do título de Mestre pelo

Leia mais

Módulo Introdutório Economia Social

Módulo Introdutório Economia Social PLANO CURRICULAR CONTEUDOS PROGRAMÁTICOS Módulo Introdutório Economia Social. As Organizações Sem Fins Lucrativos. demonstrações. definições. classificações. Um Sector com uma força económica significativa.

Leia mais

Avaliação Ambiental Estratégica

Avaliação Ambiental Estratégica Mestrado em Engenharia do Ambiente Avaliação Ambiental Estratégica O que é a AAE? Evolução, âmbito, formas, benefícios 2 ª aula Prof. Doutora Maria do Rosário Partidário O que é a AAE? Instrumento (processo)

Leia mais

PARTE I GESTÃO DA PERFORMANCE E BALANCED SCORECARD CONCEITOS E INSTRUMENTOS

PARTE I GESTÃO DA PERFORMANCE E BALANCED SCORECARD CONCEITOS E INSTRUMENTOS Índice PREFÁCIO 15 PARTE I GESTÃO DA PERFORMANCE E BALANCED SCORECARD CONCEITOS E INSTRUMENTOS CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO À GESTÃO DA PERFORMANCE 1. Medir a performance 24 2. Gerir a performance 27 3. Contexto

Leia mais

American cities, global networks: mapping the multiple geographies of globalization in the Americas

American cities, global networks: mapping the multiple geographies of globalization in the Americas American cities, global networks: mapping the multiple geographies of globalization in the Americas Cidades americanas, redes globais: mapeando as múltiplas geografi as da globalização nas Américas Noah

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

CONTROLE GERENCIAL: QUE BICHO É ESSE?

CONTROLE GERENCIAL: QUE BICHO É ESSE? Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária CONTROLE GERENCIAL: QUE BICHO É ESSE? Fábio Frezatti AGENDA 1 Falando sobre o bicho

Leia mais

FINANCIAMENTO AO NIVEL COOPERAÇÃO NO SECTOR SAÚDE: ASPECTOS CONTEMPORÁNEOS MAPUTO 13 DE OUTUBRO

FINANCIAMENTO AO NIVEL COOPERAÇÃO NO SECTOR SAÚDE: ASPECTOS CONTEMPORÁNEOS MAPUTO 13 DE OUTUBRO FINANCIAMENTO AO NIVEL DISTRITAL COOPERAÇÃO NO SECTOR SAÚDE: ASPECTOS CONTEMPORÁNEOS MAPUTO 13 DE OUTUBRO Estrutura da apresentação Que é o financiamento externo ao nível distrital? Por que é importante?

Leia mais

José Benedito Alves Junior

José Benedito Alves Junior 1 José Benedito Alves Junior Gerenciamento de Projetos de TI: Uma análise sobre a possibilidade de aplicação da estrutura motivacional sugerida pelo Project Management Body of Knowledge - PMBOK - em uma

Leia mais

Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação

Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação (Mozambique egovernment and Communication Infrastructure Project) (MEGCIP) 5º Fórum Lusófono das Comunicações Painel 4: Infra-estruturas

Leia mais

Audiência Parlamentar Internacional em Moçambique Maputo, 19 de Setembro de 2009 1. ELECTRIFICAÇÃO RURAL EM MOÇAMBIQUE Moçambique é rico em recursos energéticos, como é o caso da energia hidroeléctrica,

Leia mais

7/1/14. Conteúdos da Apresentação

7/1/14. Conteúdos da Apresentação Conteúdos da Apresentação República de Moçambique Ministério da Agricultura Ins:tuto do Algodão de Moçambique XII Reunião do SEACF A. Banze IAM Agronomist Maputo, 7-8 de Junho de 04 Piloto de Seguro Agrário

Leia mais

A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais para o Desenvolvimento

A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais para o Desenvolvimento REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO ESTATAL Direcção Nacional de Promoção do Desenvolvimento Rural A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais

Leia mais

ANTÓNIA CADIJATU ALVES DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS NO CONTEXTO DA REFORMA DO APARELHO DO ESTADO: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE BRASIL/GUINÉ BISSAU

ANTÓNIA CADIJATU ALVES DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS NO CONTEXTO DA REFORMA DO APARELHO DO ESTADO: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE BRASIL/GUINÉ BISSAU UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO ANTÓNIA CADIJATU ALVES DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS NO CONTEXTO DA REFORMA DO APARELHO DO ESTADO: ESTUDO

Leia mais

Enterprise Europe - Portugal

Enterprise Europe - Portugal Enterprise Europe - Portugal Oportunidades de Cooperação Internacional Agência de Inovação Bibiana Dantas Lisboa, 5-Jun-2012 Enterprise Europe Portugal Jun 2012 2 A União Europeia é um mercado de oportunidades!

Leia mais

Interacção Homem-Máquina Análise de Utilizadores

Interacção Homem-Máquina Análise de Utilizadores Interacção Homem-Máquina Análise de Utilizadores Pedro Campos dme.uma.pt/pcampos pcampos@uma.pt Entrevistando Utilizadores Fluxo de Trabalho: - O que faz primeiro? Onde começa? O que faz a seguir? Que

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Entre o SABER e o FAZER: A Educação na Cooperação Portuguesa para o Desenvolvimento

Entre o SABER e o FAZER: A Educação na Cooperação Portuguesa para o Desenvolvimento Entre o SABER e o FAZER: A Educação na Cooperação Portuguesa para o Desenvolvimento Sessão de debate e apresentação do estudo ISCTE 29 de Fevereiro de 2012 Estrutura do Estudo 1. Enquadramento Internacional:

Leia mais

TERCEIRA CHAMADA GLOBAL DE PROPOSTAS. Sessão de Orientação BRASIL 7 de Julho de 2015

TERCEIRA CHAMADA GLOBAL DE PROPOSTAS. Sessão de Orientação BRASIL 7 de Julho de 2015 TERCEIRA CHAMADA GLOBAL DE PROPOSTAS Sessão de Orientação BRASIL 7 de Julho de 2015 O que é o GPSA? O GPSA apoia a sociedade civil e governos para trabalharem em conjunto a fim de resolver problemas críticos

Leia mais

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração VICTOR HUGO SANTANA ARAÚJO ANÁLISE DAS FORÇAS DE PORTER NUMA EMPRESA DO RAMO FARMACÊUTICO:

Leia mais

Id: 40267 (42 years)

Id: 40267 (42 years) Foto não disponível Id: 40267 (42 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 25/06/1973 País: Mozambique, Região: Niassa, Cidade: Lichinga Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO:

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE MOÇAMBIQUE NA IMPLEMENTAÇÃO DA SEGURANÇA SOCIAL BÁSICA

EXPERIÊNCIA DE MOÇAMBIQUE NA IMPLEMENTAÇÃO DA SEGURANÇA SOCIAL BÁSICA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA MULHER E DA ACÇÃO SOCIAL EXPERIÊNCIA DE MOÇAMBIQUE NA IMPLEMENTAÇÃO DA SEGURANÇA SOCIAL BÁSICA 16 DE OUTUBRO DE 2013 1 CONTEXTO DE MOÇAMBIQUE Cerca de 23 milhões de

Leia mais

Internet Como um Serviço Essencial

Internet Como um Serviço Essencial Internet Como um Serviço Essencial [O Desenvolvimento da Banda Larga e o Crescimento da Economia Digital ] 20 de Nov de 2015 americo@incm Pontos de Apresentação 1. Banda larga em Moçambique; 2. Como desenvolver

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL

MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL República de Moçambique MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL Maputo, 06 de Outubro de 2006 1 PORQUE INSISTIR NO MEIO RURAL? Representa mais de 95% do território

Leia mais

OBJETIVO GERAL DA FUNÇÃO

OBJETIVO GERAL DA FUNÇÃO PROGRAMA DE COOPERAÇÃO EM MOÇAMBIQUE FUNÇÃO: Técnico de Capacitação Institucional (TCI) LOCALIZAÇÃO: Moçambique, Província de Nampula DURAÇÃO: 17 meses (datas prováveis: 1 de agosto de 2015 a 31 de dezembro

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique

Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique "Tendências do Investimento Privado em Moçambique: questões para reflexão" Nelsa Massingue da Costa Maputo, Setembro 2013 TENDÊNCIAS

Leia mais

Faculdade Boa Viagem DeVry Brasil Centro de Pesquisa e Pós-Graduação em Administração - CPPA Mestrado Profissional em Gestão Empresarial

Faculdade Boa Viagem DeVry Brasil Centro de Pesquisa e Pós-Graduação em Administração - CPPA Mestrado Profissional em Gestão Empresarial Faculdade Boa Viagem DeVry Brasil Centro de Pesquisa e Pós-Graduação em Administração - CPPA Mestrado Profissional em Gestão Empresarial KILMA GALINDO DO NASCIMENTO CULTURA ORGANIZACIONAL E TERCEIRIZAÇÃO:

Leia mais

TORs da Avaliação do CCF Julho, 2014

TORs da Avaliação do CCF Julho, 2014 1. CONTEXTO AVALIAÇÃO DO CENTRO CRIANÇA FELIZ Termos de Referência O projecto Centro Criança Feliz é uma iniciativa da IBIS Moçambique, concebida e por si implementada desde 2008. O projecto surgiu no

Leia mais

Cooperação Triangular para o Desenvolvimento Agrícola da Savana Tropical em Moçambique

Cooperação Triangular para o Desenvolvimento Agrícola da Savana Tropical em Moçambique Cooperação Triangular para o Desenvolvimento Agrícola da Savana Tropical em Moçambique ASSISTÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DIRECTOR DE DESENVOLVIMENTO AGRÍCOLA DO CORREDOR DE NACALA EM MOÇAMBIQUE (PROSAVANA-PD)

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 4ª Edição, 2015 Visão: Assegurar a participação do Cidadão em todas as fases do processo orçamental

Leia mais

The Challenges of Global Food Supply Chains Os Desafios da Cadeia Global de Alimentos. David Acheson, MD Leavitt Partners LLC

The Challenges of Global Food Supply Chains Os Desafios da Cadeia Global de Alimentos. David Acheson, MD Leavitt Partners LLC The Challenges of Global Food Supply Chains Os Desafios da Cadeia Global de Alimentos David Acheson, MD Leavitt Partners LLC Outline Esboço Factors Driving Changes Fatores que impulsionam as mudanças Challenges

Leia mais

COMÉRCIO, COMO CATALISADOR DE SERVIÇOS

COMÉRCIO, COMO CATALISADOR DE SERVIÇOS REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVÍNCIA DO NIASSA COMÉRCIO, COMO CATALISADOR DE SERVIÇOS O orador: Horácio Deusdado Gervásio Linaula (Director Provincial) ESTRUTURA No âmbito desta Conferência Sobre

Leia mais

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO A INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NA MOTIVAÇÃO E SATISFAÇÃO DOS COLABORADORES Ana Sofia Pacheco Pedro Março de 2015 UNIVERSIDADE DOS AÇORES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E GESTÃO

Leia mais

Ricardo Magalhães Gomes

Ricardo Magalhães Gomes Ricardo Magalhães Gomes Dividendos, Impostos, e Retornos no Mercado Acionário Brasileiro DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo Programa

Leia mais

Gestão de Projetos. Introdução ao PMBOK. Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br

Gestão de Projetos. Introdução ao PMBOK. Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br Gestão de Projetos Introdução ao PMBOK Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br Objetivos Apresentar o modelo de gerência de projetos definido pelo PMBOK. PMBOK 2 Ao final desta aula você será capaz

Leia mais

Ninguém Vive Sem Amizade! A Importância da Amizade Política dos Idosos Colaboradores da UnATI/UERJ.

Ninguém Vive Sem Amizade! A Importância da Amizade Política dos Idosos Colaboradores da UnATI/UERJ. Conceição de Maria Goulart Braga Cuba Ninguém Vive Sem Amizade! A Importância da Amizade Política dos Idosos Colaboradores da UnATI/UERJ. Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito

Leia mais

RODRIGO LEVI RUFCA MODELO MULTICRITÉRIO DE PLANEJAMENTO DE PRODUÇÃO DE CURTO PRAZO PARA UMA EMPRESA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS

RODRIGO LEVI RUFCA MODELO MULTICRITÉRIO DE PLANEJAMENTO DE PRODUÇÃO DE CURTO PRAZO PARA UMA EMPRESA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS RODRIGO LEVI RUFCA MODELO MULTICRITÉRIO DE PLANEJAMENTO DE PRODUÇÃO DE CURTO PRAZO PARA UMA EMPRESA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS Dissertação apresentada como requisito parcial à obtenção do grau de Mestre

Leia mais

2º Fórum Lusófono de Mulheres em Postos de Tomada de Decisão Luanda, 17-18 de Julho 2002

2º Fórum Lusófono de Mulheres em Postos de Tomada de Decisão Luanda, 17-18 de Julho 2002 2º Fórum Lusófono de Mulheres em Postos de Tomada de Decisão Luanda, 17-18 de Julho 2002 Tema: A Situação Actual da Educação das Jovens e Mulheres Leontina Virgínia Sarmento dos Muchangos Direcção Nacional

Leia mais

Strategic IT Manager +351 21 793 29 89. Gestão de Custos, Orçamentos e KPIs em IT. Como planificar, controlar e rentabilizar os investimentos

Strategic IT Manager +351 21 793 29 89. Gestão de Custos, Orçamentos e KPIs em IT. Como planificar, controlar e rentabilizar os investimentos www.iirangola.com MASTERCLASS IT Gestão de Custos, Orçamentos e KPIs em IT Strategic IT Manager Como planificar, controlar e rentabilizar os investimentos Variáveis no desenho do orçamento: objectivos,

Leia mais

Id: 40938 (31 years)

Id: 40938 (31 years) Ver foto Id: 40938 (31 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 01/08/1984 País: Mozambique, Região: Maputo, Cidade: Maputo Cidade Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO: Objectivo:

Leia mais

Profissionalização de Organizações Esportivas:

Profissionalização de Organizações Esportivas: Eduardo de Andrade Pizzolato Profissionalização de Organizações Esportivas: Estudo de caso do Voleibol Brasileiro Dissertação de Mestrado (Opção profissional) Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A FASE 2 DA JANELA II DO PROGRAMA FINAGRO

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A FASE 2 DA JANELA II DO PROGRAMA FINAGRO PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A FASE 2 DA JANELA II DO PROGRAMA FINAGRO 1. A nossa empresa localiza-se dentro da área jurisdição do Município de Nampula. Sendo os SDAE, uma estrutura do Governo do Distrito

Leia mais

desenvolvimento de software em indústria, comunidades acadêmicas e científicas uma fábrica de software?... joa@ufrpe.br silvio@cesar.org.

desenvolvimento de software em indústria, comunidades acadêmicas e científicas uma fábrica de software?... joa@ufrpe.br silvio@cesar.org. desenvolvimento de software em indústria, comunidades acadêmicas e científicas uma fábrica de software?... joa@ufrpe.br silvio@cesar.org.br laboratórios de desenvolvimento... Produção de Software: histórico

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO UMA REALIDADE INCONTORNÁVEL

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO UMA REALIDADE INCONTORNÁVEL GREEN FESTIVAL, Centro de Congressos do Estoril Cascais, 22 de Setembro de 2009 Rui Cunha Marques rcmar@civil.ist.utl.pt CESUR, Instituto Superior Técnico Universidade Técnica de Lisboa AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

A Gestão de Mudanças em Organizações Brasileiras de Interesse Público: Uma Perspectiva dos Consultores

A Gestão de Mudanças em Organizações Brasileiras de Interesse Público: Uma Perspectiva dos Consultores Betania Dumoulin dos Reis A Gestão de Mudanças em Organizações Brasileiras de Interesse Público: Uma Perspectiva dos Consultores Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação

Leia mais

2007 Licenciatura em Relações Internacionais e Diplomacia pelo Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) Maputo Moçambique.

2007 Licenciatura em Relações Internacionais e Diplomacia pelo Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) Maputo Moçambique. CURRICULUM VITAE CHAGAS LEVENE Escritório Residência Estudos e Pesquisas Aplicadas, Lda Travessa da Azurara n o 11 Bairro da Sommerschield Tel/fax (+258) 21 485383 Cell: (+258) 82 6255794 clevene@kula.co.mz

Leia mais

Leonardo Pereira Rodrigues dos Santos

Leonardo Pereira Rodrigues dos Santos Leonardo Pereira Rodrigues dos Santos Desenvolvimento de serviços na área de educação: uma aplicação de análise conjunta nos cursos de mestrado em administração de empresas DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DEPARTAMENTO

Leia mais

Avaliação de Projeto de Mineração Aplicando a Teoria de Opções Reais

Avaliação de Projeto de Mineração Aplicando a Teoria de Opções Reais Alexandre Panza Vidal Avaliação de Projeto de Mineração Aplicando a Teoria de Opções Reais Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do título de Mestre pelo

Leia mais

Pressupostos verificação

Pressupostos verificação Maputo, Moçambique 2008 Descrição do Projecto Indicadores Meios de Pressupostos verificação Goal: Descrição ampla do Impacto Mede até que ponto o programa Fonte e métodos de que se pretende com o programa

Leia mais

Antecedentes sistémicos do comportamento organizacional

Antecedentes sistémicos do comportamento organizacional Antecedentes sistémicos do comportamento organizacional Estrutura Tecnologia Tamanho Idade Gestão de Recursos Humanos Cultura Aprendizagem Comportamento Desempenho Satisfação Mudança Inovação Tomada de

Leia mais

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects Local & Regional Development Expanding the positive impacts of mining projects Defining local and regional development Factors: Economic Social Specific to communities Need for ongoing consultations Link

Leia mais

Apresentação da DHV. Local delivery of world-class solutions. DHV 2012 All rights reserved

Apresentação da DHV. Local delivery of world-class solutions. DHV 2012 All rights reserved Apresentação da DHV Local delivery of world-class solutions DHV 2012 All rights reserved Grupo DHV Serviços de Consultoria Multidisciplinares 4,300 Colaboradores 70 Escritórios em 20 países 95 anos de

Leia mais

MARCELO DE LIMA BRAZ REDUÇÃO DA QUANTIDADE DE REPROCESSO NO SETOR DE PRODUÇÃO DE CALDOS ALIMENTÍCIOS NA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO (ERA).

MARCELO DE LIMA BRAZ REDUÇÃO DA QUANTIDADE DE REPROCESSO NO SETOR DE PRODUÇÃO DE CALDOS ALIMENTÍCIOS NA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO (ERA). MARCELO DE LIMA BRAZ REDUÇÃO DA QUANTIDADE DE REPROCESSO NO SETOR DE PRODUÇÃO DE CALDOS ALIMENTÍCIOS NA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO (ERA). Poços de Caldas / MG 2014 MARCELO DE LIMA BRAZ REDUÇÃO DA QUANTIDADE

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais