Avaliação Bimestral Linguagens e Códigos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Avaliação Bimestral Linguagens e Códigos"

Transcrição

1 Avaliação Bimestral Linguagens e Códigos 1º Ano (EM) 3º Bimestre Aluno(a):... 21/09/2012 Este Caderno de Questões para a Avaliação Bimestral segue as novas diretrizes estabelecidas pela portaria nº 109, emitida em 27/05/2009, no Diário Oficial da União, para realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Desta forma, o provão agora inclui a redação para os alunos de 5ª série do ensino fundamental até o ensino médio, a divisão por áreas do conhecimento, com nova distribuição das disciplinas e, para esta edição, novidades quanto à elaboração e enunciado das questões.

2 2 SUMÁRIO INSTRUÇÕES... 3 LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS... 4 Arte... 4 Educação física... 7 Espanhol... 9 Informática Inglês Português Literatura... 26

3 3 INSTRUÇÕES 1.Para realizar esta Avaliação Bimestral você utilizará este Caderno de Questões, composto de 84 questões de múltipla escolha, enumeradas de 97 a 180, e um Cartão Resposta. Confira se o seu caderno possui todas as questões e se o Cartão Resposta não apresenta rasuras ou imperfeições; 2.Coloque o nome na capa do Caderno de Questões e no Cartão Resposta; 3.Para responder as questões, utilize somente caneta esferográfica azul ou preta; 4.A interpretação das questões faz parte da prova; 5.Comece a responder as questões da disciplina que você julga ter mais dificuldade; 6.No final deste caderno de questões encontra-se um rascunho do Cartão Resposta, que poderá ser destacado e levado com o aluno para conferência com o Gabarito Oficial; 7.No Cartão Resposta, as alternativas devem ser pintadas por inteiro, conforme exemplo abaixo; 1 a b c d e 8.Ao finalizar sua Avaliação Bimestral, entregue este Caderno de Questões e o Cartão Resposta, devidamente preenchido; 9.O aluno que perturbar ou descumprir quaisquer orientações do professor terá sua avaliação eliminada; 10.Qualquer irregularidade comunique o professor. BOA SORTE!

4 4 LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Arte 97. Foi por intermédio de um importante acontecimento que pudemos ter um entendimento bem acertado sobre a cultura e, consequentemente, sobre a arte egípcia. Qual foi esse acontecimento? (A) O início da navegação. (B) A estruturação da escrita. (C) O aperfeiçoamento da arqueologia. (D) O casamento do faraó Ramsés II com sua esposa Nafertari. (E) O desenvolvimento da mumificação. 98. Assinale as alternativas corretas. I. Não foi usada argamassa na construção das pirâmides, entretanto, existem blocos que, por estarem tão unidos, nem uma agulha perpassa entre eles. II. Nenhuma pirâmide foi construída à margem do rio Nilo. III. A poluição, juntamente com a ação corrosiva do tempo, fez a pirâmide de Quéops perder alguns metros de sua altura. IV. Duas majestosas pirâmides foram erigidas como tumbas dos reis Kufu, Quéfren e Menkaure. V. Foram necessários mais de vinte anos e o trabalho de cerca de cem mil homens para que ficasse pronta a construção da pirâmide de Quéops. (A) II e IV. (B) I, II, e V. (C) II,III e V. (D) I, III, V. (E) I, III e IV. 99. A figura abaixo apresenta um exemplar da escrita egípcia, que era representada através de desenhos. Marque a alternativa com o nome correto das três formas de escrita desenvolvida pelos egípcios. (A) Cuneiforme, hieróglifo e abugida. (B) Hiragana, katakana e hierática. (C) Hieróglifo, hierática e demótica. (D) Cherokeed), silábica e abugida. (E) Demótica, cuneiforme e hieróglifo A arte Egeia está associada às culturas que floresceram no mar Egeu. Dentre estas, as principais foram as culturas (A) Cicládica, Cretense, Micênica. (B) Grega, Romana, Espartana. (C) Grega, Cretense, Romana. (D) Espartana, Romana, Cretense. (E) Cicládica, Grega, Micênica.

5 Vistas como verdadeiras obras de arte, as Cariátides eram em primeiro lugar (A) vasos para armazenar azeite e água. (B) espaços, nos palácios, destinados à recepção de convidados. (C) colunas de sustentação na forma de corpos femininos. (D) janelas com arcos agudos, dos templos gregos. (E) os degraus mais altos das escadarias dos templos A partir de seus conhecimentos, preencha as lacunas nas alternativas abaixo: I. As esculturas e pinturas eram feitas em, ou. II. Foi a a maior expressão artística dos gregos. III. e foram os arquitetos que mais se destacaram na construção de templos gregos. IV. Na destacam-se três tipos de capitéis: o, o e o. V. A Pintura tinha e. Assinale abaixo a alternativa que contenha a sequência de palavras que completam os itens acima: (A) Granito, madeira, calcário; arquitetura; Ictínio, Calígula; arquitetura, dórico, jônico, coríntio; bidimensionalidade, profundidade. (B) Mármore, madeira, calcário; escultura; Ictínio, Calígula; arquitetura, dórico, jônico, coríntio; bidimensionalidade, profundidade. (C) Granito, madeira, calcário; escultura; Ictínio, Calígula; arquitetura, dórico, jônico, coríntians; tridimensionalidade, profundidade. (D) Mármore, madeira, calcário; escultura; Ictínio, Calicrates; arquitetura, dórico, jônico, coríntians; tridimensionalidade, profundidade. (E) Mármore, madeira, calcário; arquitetura; Ictínio, Calicrates; arquitetura, dórico, jônico, coríntio; tridimensionalidade, profundidade O aparecimento da cidade de Roma está envolto em lendas e mitos. Tradicionalmente, indica-se para sua formação a data de 753 a.c. Sabe-se ainda que a formação cultural de Roma (A) deve-se principalmente aos gregos e fenícios. (B) é derivada dos persas e vikings. (C) deve-se principalmente aos gregos e etruscos. (D) formou-se a partir dos egípcios e egeus. (E) é formada a partir dos gregos e persas A mais típica característica da arte cristã primitiva nos dá conta de que (A) a religião não pode tolerar a arte existindo pelo próprio direito e lhe impõe um caráter didático. (B) as pinturas se assemelhavam as do homem das cavernas. (C) predominava o emprego das pinturas rupestres. (D) na arquitetura destacam-se três estilos: dórico, jônico e coríntio. (E) as pinturas são regidas pela lei da frontalidade.

6 Num primeiro momento, no tempo da Alta Idade Média, denominou-se a expressão artística daquela época de estilo românico; num período posterior, durante a Baixa Idade Média, foi chamado de estilo gótico. O cristianismo oriental, por sua vez, cuja capital espiritual era Constantinopla (Bizâncio), e que somente sucumbiu mil anos depois da queda de Roma, manteve uma identidade estética própria, conhecida como Estilo Bizantino, que muito influenciou a arte medieval ocidental. 6 I II III IV V VI 105. Dos elementos arquitetônicos observados acima, podemos listar como sendo características do período Gótico, as imagens (A) III, V e VI (B) I, II e IV (C) I, II e III. (D) II, IV e V (E) II, IV e V 106. O que tornou possível a construção das arrojadas catedrais no período gótico, que atingiam grandes alturas, foi (A) o aparecimento do concreto armado. (B) duas novas criações da engenharia: a abóbada de nervuras e os suportes externos. (C) o uso do óleo de baleia na liga de cimento, para melhor fixação da alvenaria. (D) a invenção do guindaste, movido por motor elétrico. (E) o uso de placas de granito, intercaladas com camadas de tijolos cozidos Escolha a alternativa que melhor reflete as características da pintura no Renascimento. (A) Arte mural, pintura de cerâmica utilitária e de suas obras escultóricas. (B) Pintura afresco. (C) Representação através da frontalidade. (D) Ignorância da profundidade. (E) Consolidação do uso da perspectiva, do uso do claro-escuro e do realismo.

7 108. Segundo seus conhecimentos sobre arte Gótica, assinale as alternativas corretas e faça a soma: 01.( ) Na idade média, a arte atinge seu apogeu através da arquitetura na construção das catedrais. 02.( ) O estilo gótico é caracterizado pelos arcos ogivais das catedrais, pela leveza e harmonia dos traços. 04.( ) O objetivo da arte gótica é a decoração de livros infantis. 08.( ) Vitrais são pinturas em cerâmicas vitrificadas. 16.( ) Gárgulas eram bijuterias sofisticadas usadas como adorno nos pescoços femininos. (A) 06 (B) 12 (C) 20 (D) 03 (E) 07 7 Educação física 109. No voleibol, quando um determinado jogador ataca a bola e a mesma toca em uma das antenas que delimitam a área de jogo da rede sem tocar antes no adversário que está realizando o bloqueio, o juiz determinará (A) ponto para equipe adversária. (B) ponto para equipe que realizou o ataque. (C) ponto de bloqueio da equipe adversária. (D) ponto de bloqueio para equipe que realizou o ataque. (E) voltará o saque para equipe que havia sacado No voleibol, quando um determinado jogador ataca a bola ou tenta passar a mesma para quadra adversária e a mesma passa por fora das antenas que delimitam a área de jogo, o juiz determinará (A) voltará o saque para equipe que havia sacado. (B) voltará o saque para equipe que realizou o ataque. (C) ponto para equipe adversária. (D) ponto para equipe que realizou o ataque. (E) ponto de bloqueio da equipe adversária Em uma partida de voleibol, normalmente são realizadas três formas de bloqueio que são mais conhecidas como bloqueio simples ou, bloqueio e bloqueio (A) individual; duplo e quádruplo. (B) duplo; quádruplo e quíntuplo. (C) individual; triplo e quádruplo. (D) duplo; triplo e quádruplo. (E) individual; duplo e triplo.

8 112. Uma partida de futsal adulto é dividida em tempos de minutos cada. Assim, a duração total de uma partida é de minutos. (A) 3; 20 e 40. (B) 2; 20 e 40. (C) 3; 30 e 40. (D) 2; 30 e 40. (E) 2; 25 e O futsal foi inventado na cidade de no ano de, pelo professor de Educação Física da Associação Cristã de Moços. (A) Buenos Aires; 1934; Juan Carlos Garcia. (B) Lima; 1935; Juan Carlos Mendonça. (C) Bogotá; 1936; Juan Carlos Ceriani Gravier. (D) Montevidéu; 1934; Juan Carlos Ceriani Gravier. (E) São Paulo; 1935; Juan Carlos Ceriani Gravier Considerando a menor resistência do organismo em formação e não poder exigir de atletas de reduzida idade um excessivo esforço físico, os tempos de duração da partida, na categoria Infantil, serão de 30 minutos, cronometrados, divididos em dois períodos de 15 minutos cada, com o máximo de 10 minutos de descanso entre ambos, sendo que para o Futsal feminino o tempo de duração das partidas será o mesmo estabelecido para a categoria. (A) adulto. (B) infanto juvenil. (C) juvenil. (D) infantil. (E) mirim No jogo de handebol, quando a equipe que está atacando sofre uma falta no ataque, a mesma equipe deve posicionar-se toda da linha pontilhada para cobrar a falta e a equipe defensora deve posicionar-se toda da linha pontilhada. (A) à frente; atrás. (B) à frente; entre e atrás. (C) atrás; à frente. (D) à frente e entre; atrás. (E) atrás; atrás O espaço em que a defesa deve posicionar-se em caso de falta é compreendido entre a e a. (A) linha pontilhada; linha de centro. (B) linha de área; linha de centro. (C) linha de área; linha lateral. (D) linha pontilhada; linha lateral. (E) linha pontilhada; linha de área. 8

9 117. No handebol, as punições por faltas cometidas durante uma partida serão sempre. (A) regressivas. (B) progressivas. (C) acumulativas. (D) por cartões. (E) excludentes O basquetebol é jogado por duas (2) equipes de cinco (5) jogadores cada. O objetivo de cada equipe é (A) marcar pontos em qualquer uma das cestas. (B) marcar pontos no gol dos adversários e evitar que a outra equipe faça gols. (C) marcar pontos na cesta dos adversários e evitar que a outra equipe pontue. (D) marcar pontos em qualquer um dos gols. (E) jogar a bola contra tabela adversária para marcar pontos e evitar que a outra equipe acerte sua tabela para marcar pontos No basquete, após a quinta falta pessoal ou técnica de um jogador, o mesmo deverá ser informado deste fato por um e tem que deixar a partida imediatamente. Ele tem que ser substituído dentro de trinta (30) segundos. Uma falta de um jogador que já tenha cometido sua quinta falta é considerada como falta de jogador e é marcada e registrada na súmula contra o. (A) oficial; excluído; jogador. (B) técnico; incluído; jogador. (C) oficial; excluído; técnico. (D) jogador; incluído; jogador. (E) oficial; incluído; técnico Em um jogo de basquete, se o placar estiver empatado ao final do tempo de jogo do quarto período, o jogo continuará com tantos períodos extras de quanto necessários para desfazer o empate. (A) 2 minutos. (B) 3 minutos. (C) 4 minutos. (D) 5 minutos. (E) 6 minutos. 9 Espanhol Lea conteste las preguntas 121 a la 124 según el texto A veces, la ciencia no basta Ya nadie discute que la ciencia y sus aplicaciones son las principales fuerzas de transformación de la sociedad global. Pero hay problemas para cuya solución no alcanza con la intervención de los científicos. Uno es el de la sostenibilidad planetaria, tema complejo si los hay, que hasta mañana congrega en Londres a cerca de 3000 científicos, funcionarios y empresarios. Con el lema de "Nuevo conocimiento para [buscar] soluciones", la conferencia "Planeta bajo Presión 2012" (Planet

10 under Pressure 2012 ) se propone hacer una puesta al día del impacto del cambio climático y de otras transformaciones sin precedente que la humanidad introdujo en los últimos 50 años en su relación con la naturaleza. Entre los indicadores que se discuten en este encuentro, que intenta ser una preparación para la gran cumbre de mandatarios Río+20 (que tendrá lugar entre el 20 y el 22 de junio en la ciudad brasileña), figuran predicciones demográficas que no dejan de ser inquietantes. Por ejemplo, que según cálculos de las Naciones Unidas, en 2030 la humanidad ocupará 1,5 millones de kilómetros cuadrados más, una superficie comparable a los territorios de Francia, Alemania y España combinados. En los próximos 38 años, nacerán un millón de bebes por semana, y se incorporarán mil millones de personas a las ciudades. Para comprender el impacto que esto tendrá en los sistemas naturales basta recordar que las urbes no sólo plantean enormes desafíos en materia de transporte, manejo de los residuos, vivienda, y abastecimiento de agua, energía y comunicaciones, sino también en lo sociológico y antropológico. Se estima que las ciudades producen alrededor del 70% de las emisiones de dióxido de carbono, de modo que para enfrentar el cambio climático, dijo Shobhakar Khakal, director ejecutivo del Global Carbon Project, es fundamental hacer una reingeniería urbana trabajando sobre la eficiencia. Los atascos, por ejemplo, les cuestan a las economías del mundo entre un1% y un 3% del producto bruto interno y miles de millones de horas! a los sufridos transeúntes. En un editorial parascidev.net a propósito de la reunión, David Dickson subraya que la ciencia fue muy efectiva hasta ahora para reunir pruebas convincentes de que la actividad humana tiene un impacto creciente y potencialmente insostenible en casi todos los sistemas vitales del planeta. Pero, lamentablemente, si no queremos desencadenar una catástrofe inmanejable, con eso no basta. Hay que desarrollar nuevas tecnologías y diseñar modelos de desarrollo social y económico compatibles con los recursos finitos del planeta, dice Dickson. Además, agrega, los científicos deben "interactuar más directa y eficazmente con los diseñadores de políticas, en lugar de darles sermones a distancia", y establecer prioridades de investigación determinadas por los problemas que hay que resolver y no sólo por los temas que encuentran intelectualmente estimulantes. Un cambio cultural difícil, pero al parecer imperioso. Nora Bär, La Nación, 28 de marzo, Marque con V las afirmaciones verdaderas y con F las falsas. ( ) La ciencia prueba que la actividad humana no produce impacto en la naturaleza. ( ) También se dice que la ciencia es el principal factor de transformación de la sociedad global. ( ) Investigar apenas temas intelectualmente estimulantes es suficiente si nos resignamos a ser meros espectadores de una catástrofe anunciada. ( ) Investigaciones que se concentren en resolver problemas reales implican un cambio cultural difícil pero imprescindible de realizar. La secuencia correcta, de encima para abajo es (A) F - V - F - V (B) F - F - V - V (C) F - V - V - V (D) V - F - V F (E) V V V - V

11 122. Señale La alternativa que contiene La frase con conceptos presentes en el texto presentes no texto. (A) La incorporación de personas en las urbes acarrea problemas psicológicos y antropológicos. (B) El 28 de marzo, se reunieron en Londres 300 científicos, funcionarios y empresarios, en la conferencia Planeta bajo Presión (C) El 70% de los cambios climáticos se producen por la emisión de dióxido de carbono proveniente de las ciudades. (D) La conferencia Planeta bajo Presión 2012 prepara la cumbre de mandatarios Rio+20. (E) El 2% de los cambios climáticos se producen por la basura en el mundo 123. Marque la alternativa correcta según la gramática l. La Conferencia Planeta Bajo Presión 2012 hubo predicciones demográficas preocupantes. ll. Embotellamientos provocan pérdidas altísimas a las economías mundiales. Lll. Los transeúntes perden muchas horas en vías atascadas de las grandes ciudades. lv. Caso no querramos desencadenar una catástrofe natural sin precedentes es conveniente comenzar a actuar de inmediato. (A) Apenas la li está correcta. (B) Apenas la IV está correcta. (C) Las oraciones l e III están correctas. (D) Apenas III está correcta. (E) Apenas la I está correcta 124. Marque la única alternativa gramaticalmente correcta. (A) En 2030, la humanidad ocupará 1,5 millones de kilómetros cuadrados mas según cálculos de las Naciones Unidas. (B) La Rio+20 tendrá lugar entre 20 y 23 de junio en Rio de Janeiro. (C) La transformación que el hombre ha provocado en la naturaleza durante los últimos 50 años produjeran impactos ambientales sin precedentes. (D) (D) La naturaleza sufrios cambios debido a la mano del hombre es necesario ser mas responsables. (E) A veces, sólamente la ciencia no es suficiente porque hay problemas que los científicos no pueden solucionar use la contracción adecuada para la siguiente frase todos los domingos vengo cumbre. (A) de la (B) de el (C) en la (D) del (E) de las 126. (UFGD 2007) Con respecto a los heterogenéricos, señale cual no es heterogenerica. (A) máquina (B) pollo (C) costumbre (D) papel (E) casa 11

12 A dónde va juan cine? (A) en la (B) en el (C) a la (D) al (E) en 128. Use el adverbio de tiempo correcto fue sábado y olvide lavar la ropa. (A) hoy (B) ayer (C) ahora (D) siempre (E) aún 129. Use la acción habitual correcta yo todos los días ducho. (A) se (B) le (C) me (D) te (E) nos 130. El día que está entre jueves y sábado es? (A) lunes (B) miércoles (C) viernes (D) martes (E) domingo 131. Use el interrogativo adecuado está la sala? (A) adónde (B) qué (C) dónde (D) cuál (E) adóndes 132. Use el demostrativo adecuado me prestas hojas que tienes en tu mano, ahh si de aquí claro toma. (A) esas, estas (B) esos, estos (C) aca,estas (D) esas, aqui (E) eses,esos

13 13 Informática 133. HTML é uma linguagem desenvolvida para criação de páginas na Internet. Para melhorar e facilitar a montagem da apresentação e estilos das páginas, pode ser utilizada a linguagem (A) PHP. (B) TCP. (C) CSS. (D) HTTP. (E) Java Um domínio na Internet representa (A) um . (B) o endereço de um site. (C) um hiperlink. (D) um login de usuário. (E) uma forma de conexão com a Internet Protocolos são criados para padronizar a comunicação na Internet. O principal protocolo utilizado na Internet é o (A) FTP. (B) HTTP. (C) WWW. (D) . (E) TCP/IP O protocolo utilizado para transferência de hipertexto, ou seja, para exibir as páginas da Internet é o (A) FTP. (B) HTTP. (C) WWW. (D) . (E) TCP/IP O protocolo utilizado para transferência de arquivos, ou seja, para baixar arquivos da Internet é o (A) FTP. (B) HTTP. (C) WWW. (D) . (E) TCP/IP Em relação aos critérios de segurança da informação, o critério que garante que as informações não serão modificadas por pessoas não autorizadas é o critério de (A) Confidencialidade. (B) Integridade. (C) Autenticidade. (D) Confiabilidade. (E) Disponibilidade.

14 139. Em relação aos tipos de malwares, o malware que possui função de se replicar através da Internet é conhecido como (A) Cavalo de Tróia. (B) Spyware. (C) Vírus. (D) Keylogger. (E) Worm Com relação a software livres, suas licenças de uso, distribuição e modificação, assinale a opção correta, tendo como referência as definições e os conceitos atualmente empregados pela Free Software Foundation. (A) Todo software livre deve ser desenvolvido para uso por pessoa física em ambiente com sistema operacional da família Linux, devendo haver restrições de uso a serem impostas por fornecedor no caso de outros sistemas operacionais. (B) Toda licença de software livre deve estabelecer a liberdade de que esse software seja, a qualquer momento, convertido em software proprietário e, a partir desse momento, passem a ser respeitados os direitos de propriedade intelectual do código fonte do software convertido. (C) O código-fonte de um software livre pode ser adaptado ou aperfeiçoado pelo usuário, para necessidades próprias, e o resultado de aperfeiçoamentos desse software pode ser liberado e redistribuído para outros usuários, sem necessidade de permissão do fornecedor do código original. (D) Quando a licença de um software livre contém cláusula denominada copyleft, significa que esse software, além de livre, é também de domínio público e, dessa forma, empresas interessadas em comercializar versões não gratuitas do referido software poderão fazê-lo, desde que não haja alterações nas funcionalidades originais do software. (E) Um software livre é considerado software de código aberto e gratuito apenas quando o seu código-fonte está disponível em site da Internet com designação.org, podendo, assim, ser continuamente atualizado, aperfeiçoado e estendido às necessidades dos usuários, que, para executá-lo, devem compilá-lo em seus computadores pessoais. Essa característica garante a superioridade do software livre em face dos seus concorrentes comerciais proprietários Nas distribuições Linux, uma interface gráfica representa o principal gerenciador de pastas e arquivos, utilizado para cópia, exclusão, organização, movimentação e atividades relacionadas a arquivos e instalação de programas. É um recurso que permite a visualização de imagens, vídeos, animações e a interação com essas características através de mouse, teclado e outros. Sem ser um sistema operacional, um dos principais exemplos dessa interface gráfica no Linux é conhecida por (A) SUSE E FEDORA. (B) UBUNTU E MANDRAKE. (C) KDE E GNOME. (D) CHROME E FIREFOX. (E) SOLARIS E UNIX Os sistemas operacionais Linux, com suas interfaces gráficas cada vez mais estáveis e amigáveis para os usuários, utilizam, entre outros, a suíte de aplicativos para escritório (A) Borland Office. (B) Super Office. (C) Microsoft Office. (D) LibreOffice. (E) Ubuntu Office. 14

15 Em relação ao Linux, pode-se afirmar que ele é um software livre: I. Somente por ele ser um software gratuito. II. Porque seu código-fonte está disponível para qualquer usuário e pode-se alterá-lo para adequálo às suas necessidades específicas, sem ter de pagar. III. Porque ele é freeware, embora seu código-fonte não esteja disponível para alterações. IV. Porque ele atende as 4 liberdades do software livre. Assinale a alternativa correta (A) II e IV (B) I e III (C) II e III (D) Todas as afirmativas estão incorretas. (E) Todas as afirmativas estão corretas (ENEM 2011) O hipertexto refere-se à escritura eletrônica não sequencial e não linear, que se bifurca e permite ao leitor o acesso a um número praticamente ilimitado de outros textos a partir de escolhas locais e sucessivas, em tempo real. Assim, o leitor tem condições de definir interativamente o fluxo de sua leitura a partir de assuntos tratados no texto sem se prender a uma sequência fixa ou a tópicos estabelecidos por um autor. Trata-se de uma forma de estruturação textual que faz do leitor simultaneamente coautor do texto final. O hipertexto se caracteriza, pois, como um processo de escritura/leitura eletrônica multilinearizado, multisequencial e indeterminado, realizado em um novo espaço de escrita. Assim, ao permitir vários níveis de tratamento de um tema, o hipertexto oferece a possibilidade de múltiplos graus de profundidade simultaneamente, já que não tem sequência defina, mas liga textos não necessariamente correlacionados. MARCUSCHI, L.A. Disponível em: Acesso em: 29 jun O computador mudou nossa maneira de ler e escrever, e o hipertexto pode ser considerado como um novo espaço de escrita e leitura. Definido como um conjunto de blocos autônomos de texto, apresentado em meio eletrônico computadorizado e no qual há remissões associando entre si diversos elementos, o hipertexto (A) é uma estratégia que, ao possibilitar caminhos totalmente abertos, desfavorece o leitor, ao confundir os conceitos cristalizados tradicionalmente. (B) possibilita ao leitor escolher seu próprio percurso de leitura, sem seguir sequência predeterminada, constituindo-se em atividade mais coletiva e colaborativa. (C) é uma forma artificial de produção da escrita que, ao desviar o foco da leitura, pode ter como consequência o menosprezo pela escrita tradicional. (D) exige do leitor um maior grau de conhecimentos prévios, por isso deve ser evitado pelos estudantes nas suas pesquisas escolares. (E) facilita a pesquisa, pois proporciona uma informação específica, segura e verdadeira, em qualquer site de busca ou blog oferecidos na internet.

16 16 Inglês READ THE TEXT How do I get paid? All money generated by click throughs or customers signing on with a program are fed into a database on the affiliated advertisers site and tallied automatically (1). The affiliated advertiser transfers, wires, mails the any money earned once an amount of $50 or more has been collected. I only want certain types of ads on my site. With most affiliate advertisers you can determine exactly what kinds of ads appear on your site. The upside is you have more control, the down side is it is more labor intensive managing the ads. When an ad is automatically generated, as is the case with Google AdSence, the nature of the ad depends on the content of your page where (2) the ad is located. This means you have little or no control over the contents of the ads other than the content of your web page. It must (3) be hard to put the ads or banners up on the site. In most cases it is a matter of cutting (4) the advertising code from the affiliated advertisers site and paste into (5) your web page. No messing with images or writing copy for the advertisments. Adapted from: Accessed on: March 25th, (UDESC 2012) Mark the correct sequence of grammar definitions from the underlined words, following the sequence of numbers (1), (2), (3), (4) and (5). (A) subject, pronoun, verb, gerund, phrasal verb. (B) adjective, objective adverb, auxiliary, past participle, phrasal verb (C) adverb, possessive pronoun, modal, passive voice, subject. (D) adverb, adverb, modal verb, gerund, preposition. (E) adverb, question word, simple past, past participle, noun (UDESC 2012) It is correct to say that: where (line 9), is related to: (A) the Ad. (B) page. (C) the content. (D) nature. (E) Google Ad Sense (UDESC 2012) Mark which would be the best title for this text. (A) Creating Income with Online Advertising (B) Being a Google Partner (C) Profit on TV (D) Stock Market Investments (E) Eco Ad

17 148. The term Ad, approached by the text, is a reduced form, very commonly used nowadays, for the bigger word (A) Administration. (B) Adverb. (C) Ad referendum. (D) Advise. (E) Advertisement Consider the colocations with do, go and make to match with the words shopping a living business karate money The correct sequence for the matches is (A) go / make / do / do / make (B) make / do / do / go / make (C) do / do / make / go / make (D) go / go / make / do / do (E) make / do / go / make / do 150. Considering monetary vocabulary, the word profit stands for (A) the putting and keeping of things in a special place for use in the future. (B) money which is earned in trade or business, especially after paying the costs of producing and selling goods and services. (C) the activity of buying and selling, or exchanging, goods and/or services between people or countries. (D) an account in a bank or similar financial organization which earns interest. (E) costing a lot of money Considering the correct use of prepositions, complete the sentences below We live London. Would you like to go the cinema tonight? No, thanks. I was the cinema yesterday. We are going holiday next week. There is a bridge the river. my wall, there are many picture postcards. Who is the person this picture? The correct matching sequence is (A) in / on / over / on / at / to / in (B) in / to / in / to / on / in / at (C) in / to / at / on / over / on / in (D) at / to / on / in / over / on / in (E) over / on / at / in / in / at / at 17

18 152. Now think of time prepositions, can you fill in the gaps? Jane is arriving January 26 2 o'clock the afternoon. It snows here every year December. We always go outside and play in the snow Christmas day. Michael is leaving Friday noon. Now you match the sequence: (A) in / at / at / on / in / at (B) on / on / in / in / at / at (C) in / at / in / at / on / on (D) on / at / in / in / at / on (E) at / in / in / on / on / at 153. Considering relative pronouns, the gaps below must be filled with the sequence: I talked to the girl car had broken down in front of the shop. Mr Richards, is a taxi driver, lives on the corner. We often visit our aunt in Norwich is in East Anglia. This is the girl comes from Spain. That's Peter, the boy has just arrived at the airport. (A) that / who / where / that / that (B) who / who / which / who / whose (C) which / that / where / why / when (D) whose / who / which / who / who (E) when / where / where / who / whose 154. Still with the relative pronouns, we must use the sequence: Thank you very much for your was very interesting. The man, father is a professor, forgot his umbrella. The children, shouted in the street, are not from our school. The car, driver is a young man, is from Ireland. What did you do with the money your mother lent you? (A) that / whose / who / whose / which (B) that / who / whose / which / which (C) which / whose / who / whose / that (D) when / where / why / whose / what (E) that / what / where / when / why 155. Considering monetary vocabulary, the act of keeping Money, in an account, or even avoiding using it unnecessarily, is expressed by the verb (A) to make (B) to keep (C) to save (D) to earn (E) to spend 18

19 156. Considering unreal past wish or if olny, we can express regret, without using the verb regret, by using the verb tense: (A) present perfect. (B) past perfect. (C) imperative form. (D) modal verb would. (E) gerund. 19 Português 157. Leia com atenção. Os espaços das falas devem ser preenchidos, correta e, respectivamente, com: (A) faria... fazia... senso (B) farei... fará... censo (C) fizesse... fez... senso (D) faço... faria... censo (E) fizer... fará... senso 158. Leia os versos do poeta Manoel de Barros. Ele só andava por lugares pobres E era ainda mais pobre Do que os lugares pobres por onde andava.... O homem usava um dólmã de lã sujo de areia e cuspe de aves. Mas ele nem tô aí para os estercos. Era desorgulhoso. Para ele a pureza do cisco dava alarme. E só pelo olfato esse homem descobria as cores do amanhecer.

20 Quanto ao processo de formação de palavras, nos versos há um neologismo, criado por meio de prefixo e de sufixo, e uma palavra formada por parassíntese. Trata-se, respectivamente, de (A) tô e descobria. (B) dólmã e estercos. (C) pureza e alarme. (D) desorgulhoso e amanhecer. (E) cuspe e olfato Há um advérbio no quadrinho, a palavra (A) Não. (B) Esse. (C) Se. (D) Qual. (E) Prefeito Observe:... em nenhum momento ele escreve que tudo será de graça. O sentido dessa frase está mantido em (A)... ele escreve que tudo será de graça em momento algum. (B)... ele escreve que tudo será de graça em algum momento. (C)...ele, em algum momento, escreve que tudo será de graça. (D)...ele escreve que tudo, em algum momento, será de graça. (E)...ele, em momento algum, escreve que tudo será de graça.

21 cha-limpa html O pronome essa, no enunciado da charge (A) Está utilizado em conformidade com a norma padrão. (B) Conforme a norma padrão, deveria ser substituído por esta, pois se refere à primeira pessoa. (C) Conforme a norma padrão, deveria ser substituído por esta, pois se refere à terceira pessoa. (D) Conforme a norma padrão, deveria ser substituído por aquela, pois se refere à primeira pessoa. (E) Conforme a norma padrão, deveria ser substituído por esta, pois se refere à segunda pessoa (ENEM adaptada) A linguagem da tirinha revela (A) o uso de expressões linguísticas e vocabulário próprios de épocas antigas. (B) o uso de expressões linguísticas inseridas no registro mais formal da língua. (C) o uso de um vocabulário específico para situações comunicativas de emergência. (D) o caráter coloquial expresso pelo uso do tempo verbal no segundo quadrinho. (E) a intenção comunicativa dos personagens: a de estabelecer a hierarquia entre eles.

22 Leia. Com relação ao segundo quadrinho, que coloquem está conjugado (A) na terceira pessoa do plural do presente do subjuntivo. (B) na primeira pessoa do plural do presente do subjuntivo. (C) na segunda pessoa do plural do presente do subjuntivo. (D) na terceira pessoa do plural do presente do indicativo. (E) na terceira pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo Em relação à regra abordada na charge, uma exemplo de palavra que perdeu o acento gráfico é (A) Rainha. (B) Constroi. (C) Pelo (de animal). (D) Feiura. (E) Ideia.

23 165. Na charge abaixo, o autor utiliza-se de um vício de linguagem relacionado aos verbos para alcançar o efeito de humor. 23 Analisando as formas nominais do verbo, pode-se concluir que tal vício de linguagem, comum aos atendentes de telemarketing é o (A) barbarismo. (B) gerundismo. (C) pleonasmo. (D) preciosismo. (E) cacofonia Analisando o enunciado, percebe-se que o sujeito das orações presentes na manchete da reportagem é Guns N Roses e que os verbos toca e encerra (A) estão na voz passiva sintética. (B) estão na voz reflexiva. (C) estão na voz ativa. (D) são defectivos. (E) são irregulares.

24 Leia a reportagem com atenção. O ano de 2010 vai marcar os 40 anos do fim da banda que moldou a música que se ouve até hoje no rádio. Formado no fim dos anos 50 em Liverpool, na Inglaterra, o quarteto formado por Paul McCartney, Ringo Starr, George Harrison e John Lennon pode ser considerado o maior nome da história do pop, com seus concertos para multidões de fãs que não se limitam a ouvir a música de seus ídolos, mas também querem imitá-los. Como descreveu VEJA em maio de 1970, "em um certo sentido, durante longo tempo, os Beatles representaram dois milagres: o da música e o da democracia. Seus sons foram o veículo da revolta da juventude, subiram às alturas de Mozart e Beethoven e, de ruídos para a inconsequência de adolescentes, tornaram-se ritmos da alegria de viver para moços e velhos. Ao mesmo tempo, os quatro jovens de Liverpool viviam a síntese maravilhosa da liberdade individual para cada integrante da banda". Analise atentamente o enunciado Ao mesmo tempo, os quatro jovens de Liverpool viviam a síntese maravilhosa da liberdade individual para cada integrante da banda". É possível afirmar que (A) Maravilhosa é um adjetivo e de Liverpool uma locução adjetiva. (B) Maravilhosa é um advérbio e de Liverbool é uma locução adjetiva. (C) Viviam é um verbo irregular, conjugado no presente do indicativo. (D) Liberdade é um substantivo concreto. (E) Quatro é um numeral ordinal.

25 O percussionista dos Slipknot, Shawn "Clown" Crahan, comentou a notícia do Des Moines Register, em que o médico Daniel Baldi, foi acusado de homicídio involuntário do baixista Paul Gray. "Nada vai trazer de volta o nosso irmão Paul," disse ao The Des Moines Register. "A epidemia, deste tipo de atividade está-se a tornar mais e mais... evidente", falando das questões que envolvem o abuso de drogas. "Está-se a tornar realmente um problema entre as pessoas. E acaba por percorrer todo o caminho até à juventude. E é preciso trazer alguma consciência. " Crahan acrescentou que se refere "não só ao abuso de substâncias, mas há capacidade de adquirir substâncias, para obter produtos químicos e a eficiência deles. " "Espero que a justiça seja feita". No enunciado "não só ao abuso de substâncias, mas há capacidade de adquirir substâncias, para obter produtos químicos e a eficiência deles." (A) a palavra abuso é um substantivo concreto. (B) a palavra abuso é um substantivo composto. (C) a palavra eficiência é um substantivo concreto. (D) deles pode ser classificado como um pronome indefinido. (E) a palavra abuso é um substantivo abstrato.

Conteúdo Programático Anual

Conteúdo Programático Anual INGLÊS 1º BIMESTRE 5ª série (6º ano) Capítulo 01 (Unit 1) What s your name? What; Is; My, you; This; Saudações e despedidas. Capítulo 2 (Unit 2) Who s that? Who; This, that; My, your, his, her; Is (afirmativo,

Leia mais

Origem e características Arquitetura, Pintura e Escultura Expressionismo Fauvismo Cubismo Abstracionismo

Origem e características Arquitetura, Pintura e Escultura Expressionismo Fauvismo Cubismo Abstracionismo Centro de Educação Integrada 1º ANO ARTE A arte na História A arte na Pré-História - Período Paleolítico - Período Neolítico A arte na Pré-História brasileira A arte românica A arte gótica O que é arte?

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE AVALIAÇÕES DE MAIO / 2010 6º ANO MATUTINO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE AVALIAÇÕES DE MAIO / 2010 6º ANO MATUTINO São Luís (MA),19/05/2010. 6º ANO MATUTINO História A civilização mesopotâmica Planos do desenho, p.38 42; Perspectiva; Renascimento, p. 45 46; Imagens 3D / Encher, p.48 51. Sistema operacional, p.12; Conceitos

Leia mais

Texto 1 O FUTEBOL E A MATEMÁTICA Modelo matemático prevê gols no futebol Moacyr Scliar

Texto 1 O FUTEBOL E A MATEMÁTICA Modelo matemático prevê gols no futebol Moacyr Scliar PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 5 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 O FUTEBOL E A MATEMÁTICA

Leia mais

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO Aula 3.2-2 1. A Anunciação é uma das obras mais conhecidas de Leonardo da Vinci. Feita por volta do ano de 1472, ela retrata uma das cenas bíblicas mais famosas de todos os tempos. Escreva nas linhas abaixo

Leia mais

Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio APOSTILA DE INGLÊS

Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio APOSTILA DE INGLÊS Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Índice APOSTILA DE INGLÊS Módulo I - EXPRESSÕES PARA USO COTIDIANO - SUBJECT PRONOUNS - VERBO

Leia mais

PROGRAMA DE CONTEÚDOS ENSINO MÉDIO 2014

PROGRAMA DE CONTEÚDOS ENSINO MÉDIO 2014 DISCIPLINA: PROFESSOR(A): E-MAIL: PROGRAMA DE ENSINO MÉDIO 204 Língua Inglesa SÉRIE TURMA CARGA HOR./SEM Nº DE H/A MENSAL Nº DE H/A ANUAL Edimara Adams Haab 3º EM 4 38 edimara72@hotmail.com OBJETIVOS GERAIS

Leia mais

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br Preposições na língua inglesa geralmente vem antes de substantivos (algumas vezes também na frente de verbos no gerúndio). Algumas vezes é algo difícil de se entender para os alunos de Inglês pois a tradução

Leia mais

CONTEÚDO DA PU I UNIDADE 6º ANO

CONTEÚDO DA PU I UNIDADE 6º ANO 6º ANO - Interpretação textual; - Substantivo: Flexão (gênero, número e grau); - Encontros vocálicos e consonantais, dígrafos, letra-fonemas. - Cap. 1 Adição e subtração; - Cap. 2 Multiplicação e divisão;

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 6º ANO BÁSICO Name: Nº Class: Date: / / Teacher: Nota: (1)

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 6º ANO BÁSICO Name: Nº Class: Date: / / Teacher: Nota: (1) ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 6º ANO BÁSICO Name: Nº Class: Date: / / Teacher: Nota: (1) Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos necessários. Agora, você

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano 55 Numerais (1-20) Cores Alfabeto Linguagem da sala de aula Cumprimentos Nome, Idade O Reino Unido Identificação (Nome, Idade, País, Nacionalidade)

Leia mais

História da Arte - Linha do Tempo

História da Arte - Linha do Tempo História da Arte - Linha do Tempo PRÉ- HISTÓRIA (1000000 A 3600 a.c.) Primeiras manifestações artísticas. Pinturas e gravuras encontradas nas paredes das cavernas. Sangue de animais, saliva, fragmentos

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE INGLÊS - 1º PERÍODO 8º ANO DE ESCOLARIDADE NÍVEL 4

PLANIFICAÇÃO DE INGLÊS - 1º PERÍODO 8º ANO DE ESCOLARIDADE NÍVEL 4 PLANIFICAÇÃO DE INGLÊS - 1º PERÍODO 8º ANO DE ESCOLARIDADE NÍVEL 4 MANUAL ADOTADO: NEXT MOVE- 8º ANO DE ESCOLARIDADE ANO LETIVO 2014/2015 PROFESSORAS: ISABEL NUNES, ISABEL SILVA COMPETÊNCIA COMPETÊNCIAS

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano 48 Numerais (1-20) Cores Alfabeto Linguagem da sala de aula Cumprimentos Nome, Idade O Reino Unido Identificação (Nome, Idade, País, Nacionalidade)

Leia mais

ANO LETIVO 2013-2014 CONTEÚDOS CURRICULARES

ANO LETIVO 2013-2014 CONTEÚDOS CURRICULARES Ano de escolaridade: 5º LÉXICO O Reino Unido Saudações Identidade Nomes ingleses O alfabeto A sala de aula Objectos escolares As cores Os dias da semana Países Nacionalidades Numerais cardinais (de 1 a

Leia mais

7º ANO ROTA DE ESTUDOS 6º ANO 1º SEMESTRE PROVA DE SUBSTITUIÇÃO 1º SEMESTRE PROVA DE SUBSTITUIÇÃO

7º ANO ROTA DE ESTUDOS 6º ANO 1º SEMESTRE PROVA DE SUBSTITUIÇÃO 1º SEMESTRE PROVA DE SUBSTITUIÇÃO ROTA DE ESTUDOS 6º ANO SOCIEDADE EDUCACIONAL ELITE LTDA. Rua Maria Ramos de Lima, 342 Antares Maceió Alagoas CNPJ nº. 08.068.163/0001-18 Telefax: 82 ** 3241-4946 site: www.elite10.com.br email: elite10@elite10.com.br

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NO ENSINO DA LÍNGUA INGLESA

A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NO ENSINO DA LÍNGUA INGLESA 1. Introdução A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NO ENSINO DA LÍNGUA INGLESA Jhonatas Garagnani de Souza (G- CLCA - UENP-CJ/CJ) Juliano César Teixeira (G- CLCA UENP/CJ) Paula Fernanda L. de Carvalho (G- CLCA -UENP-CJ-CJ)

Leia mais

Como dizer quanto tempo leva para em inglês?

Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Você já se pegou tentando dizer quanto tempo leva para em inglês? Caso ainda não tenha entendido do que estou falando, as sentenças abaixo ajudarão você a entender

Leia mais

ASSUNTOS PARA TESTES II UNIDADE 6º ANO

ASSUNTOS PARA TESTES II UNIDADE 6º ANO ASSUNTOS PARA TESTES II UNIDADE 6º ANO PORTUGUÊS 1- Interpretação de Texto 2-Adjetivo p.13 3-Locução Adjetiva p.14 e 15 4-Flexões do Adjetivo (gênero, número e grau), p.16 a 20 5- Uso de E e I; L e U finais.

Leia mais

(Eu) sempre escrito em letra maiúscula, em qualquer posição na frase. (Tu, você)

(Eu) sempre escrito em letra maiúscula, em qualquer posição na frase. (Tu, você) Nome: nº. 6º.ano do Ensino fundamental Professoras: Francismeiry e Juliana TER 1º BIMESTRE PERSONAL PRONOUNS (Pronomes pessoais) O que é pronome pessoal? O pronome pessoal substitui um nome, isto é um

Leia mais

ROTEIRO DE CONTEÚDOS PARA ESTUDOS AUTÔNOMOS 1ª ETAPA/2011. Dicas do professor:

ROTEIRO DE CONTEÚDOS PARA ESTUDOS AUTÔNOMOS 1ª ETAPA/2011. Dicas do professor: /2011 Professor(a): Angela Velloso Disciplina: Inglês Interpretação de textos. Vocabulário: - Tour guide (p. 32, 33); - Cashier (p. 110, 111) - Synonyms (p. 40) Gramática: - Verb to be; - WH- questions;

Leia mais

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação.

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. 1.Todo software livre deve ser desenvolvido para uso por pessoa física em ambiente com sistema

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE INGLÊS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE INGLÊS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE INGLÊS Aluno(a): Nº Ano: 6º Turma: Data: Nota: Professor(a): Débora Toledo Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

Planificação Annual Turma P.C.A.

Planificação Annual Turma P.C.A. Inglês º Ciclo-6º Ano Manual: Look! Ano letivo:0/03 Planificação Annual Turma P.C.A. Objetivos Gerais No final do ano os alunos devem: - Demostrar conhecimentos de vocabulário a nível das áreas lexicais

Leia mais

Inglês Instrumental. / NT Editora. -- Brasília: 2013. 75p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm.

Inglês Instrumental. / NT Editora. -- Brasília: 2013. 75p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm. Autor José Ricardo Moreira Pós graduado em Literatura e autor de literatura para jovens de todas as idades, como prefere classificar as narrativas alinhadas com os grandes temas da atualidade. Em meados

Leia mais

ASSUNTOS PARA AS PROVAS II UNIDADE 6º ANO

ASSUNTOS PARA AS PROVAS II UNIDADE 6º ANO ASSUNTOS PARA AS PROVAS II UNIDADE 6º ANO MATEMÁTICA CIÊNCIAS ED. AMBIENTAL Capítulos:VIII, IX e X 1-Interpretação de Texto; 2-Numeral (classificação: ordinal, cardinal, multiplicativo e fracionário) -

Leia mais

CONTEÚDO PREVISTO/2015 6º ANO

CONTEÚDO PREVISTO/2015 6º ANO CONTEÚDO PREVISTO/2015 6º ANO DISCIPLINA 1º BIMESTRE 2º BIMESTRE 3º BIMESTRE 4º BIMESTRE GRAMÁTICA Cap. 1 Uso do dicionário. Alfabeto Cap. 2 Fonema e letra. Encontros vocálicos Cap. 3 Estudo da sílaba

Leia mais

Súmario. Apresentação da Coleção Sinopses para Carreiras Fiscais...13

Súmario. Apresentação da Coleção Sinopses para Carreiras Fiscais...13 Súmario Apresentação da Coleção Sinopses para Carreiras Fiscais...13 CAPÍTULO 1 ARTIGOS...15 1.1 Artigo definido the...15 1.2 Artigos indefinidos a/an...18 CAPÍTULO 2 PRONOMES...31 2.1 Pronomes pessoais...31

Leia mais

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as Exercícios extras Assunto do dia Na aula de hoje, você deverá arregaçar as mangas e entrar de cabeça nos exercícios extras, que têm como tema tudo que vimos nas aulas do Segundo Grau. Atenção: 3, 2, 1...

Leia mais

Lista de conteúdos que serão cobrados nas avaliações da 2ª etapa. Avaliação II

Lista de conteúdos que serão cobrados nas avaliações da 2ª etapa. Avaliação II DISCIPLINA: INGLÊS Lista de conteúdos que serão cobrados nas avaliações da 2ª etapa. Avaliação II Vocábulario Fazer frase afirmativano simple present Regras do s, es ies Thereis e There are Imperativo

Leia mais

FICHA DE ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS. ING - LEM - Inglês - 3º Ano - Prof: HENRIQUE Data da Prova: 18/06/2015-2ª AE - Duração: 90 min

FICHA DE ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS. ING - LEM - Inglês - 3º Ano - Prof: HENRIQUE Data da Prova: 18/06/2015-2ª AE - Duração: 90 min Estudar utilizando a apostila poliedro ING - LEM - Inglês - 3º Ano - Prof: HENRIQUE Data da Prova: 18/06/2015-2ª AE - Duração: 90 min Caneta de tinta azul ou preta Quaisquer fontes de consulta 1. Leitura

Leia mais

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015 Compreensão 1. Compreender discursos muito simples articulados de forma clara e Unidade 0 Oral/Listening L6 pausada 1. Identificar palavras e expressões em canções e textos áudio/audiovisuais. - Cultura

Leia mais

Planificação anual - 2015/2016llllllllllll. Disciplina / Ano: Inglês / 5º ano. Manual adotado: Win!5 (Oxford University Press) Gestão de tempo

Planificação anual - 2015/2016llllllllllll. Disciplina / Ano: Inglês / 5º ano. Manual adotado: Win!5 (Oxford University Press) Gestão de tempo 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO ESCOLA BÁSICA DA ABELHEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL DE INGLÊS DO 5.º ANO 2015/2016 Planificação anual - 2015/2016llllllllllll Disciplina / Ano: Inglês / 5º ano Manual adotado:

Leia mais

História da Arte. Exercícios de Sala de Aula

História da Arte. Exercícios de Sala de Aula História da Arte Exercícios de Sala de Aula A arte é um conjunto de procedimentos que são utilizados para realizar obras, e no qual aplicamos nossos conhecimentos. Apresenta-se sob variadas formas como:

Leia mais

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS 01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS OBS1: Adaptação didática (TRADUÇÃO PARA PORTUGUÊS) realizada pelo Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos. OBS2: Textos extraídos do site: http://www.englishclub.com

Leia mais

CURRÍCULO DAS ÁREAS DISCIPLINARES / CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CURRÍCULO DAS ÁREAS DISCIPLINARES / CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º. Ciclo 2012 / 2013 Inglês / 6ºAno Total de aulas: 93+/- Objetivos Conteúdos Programáticos Critérios de Avaliação Instrumentos de Avaliação Usar a língua inglesa em apropriação progre4ssiva das regr4as

Leia mais

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO Uma prova, para avaliar tantos candidatos deve ser sempre bem dosada como foi a deste ano. Houve tanto questões de interpretação (6) como de gramática

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano Numerais (1-20) Cores Alfabeto Linguagem da sala de aula Cumprimentos Nome, Idade, Desportos, Passatempos O Reino Unido Identificação (Nome, Idade,

Leia mais

WORKING CHILDREN. a) How many children in Britain have part-time jobs?. b) What do many Asian children do to make money in Britain?.

WORKING CHILDREN. a) How many children in Britain have part-time jobs?. b) What do many Asian children do to make money in Britain?. Part A I. TEXT. WORKING CHILDREN Over a million school children in Britain have part-time Jobs. The number is growing, too. More and more teenagers are working before school, after school or on weekends.

Leia mais

Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante?

Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante? Do you know how to ask questions in English? Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante? Note que tanto

Leia mais

UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO.

UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO. UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO MATERIA: PORTUGUÉS Curso 2014-2015 INSTRUCCIONES Y CRITERIOS GENERALES DE CALIFICACIÓN

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA LOGOTIPO MACMILLAN BRASIL Utilização colorido; preto/branco e negativo Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que

Leia mais

Horário da aplicação da prova: às 08H da manhã.

Horário da aplicação da prova: às 08H da manhã. 6º ANO/EF VESPERTINO Prof. RAFAEL - Língua, Código, Língua padrão, não padrão e interlocutores; - Substantivo; - Classificação dos substantivos: primitivos e derivados; simples e compostos; comuns e próprios;

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL CRISTO REI ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

COLÉGIO ESTADUAL CRISTO REI ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO COLÉGIO ESTADUAL CRISTO REI ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO Rua das Ameixeiras, 119 Núcleo Cristo Rei Fone/Fax: 0xx42 3624 3095 CEP 85060-160 Guarapuava Paraná grpcristorei@seed.pr.gov.br PLANO DE TRABALHO

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS SÍNTESE DA AULA DE INGLÊS ENSINO MÉDIO I VOCABULÁRIO IMPORTANTE: 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS II - PERSONAL PRONOUNS

Leia mais

Academia Diplomática y Consular Carlos Antonio López

Academia Diplomática y Consular Carlos Antonio López FUNDAMENTACIÓN: IDIOMA: PORTUGUÊS CONTENIDO TEMÁTICO Llevando en consideración las directrices del Marco Europeo Común de Referencia, el examen será encuadrado en un nivel Intermedio Superior. En este

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 01 -Existem vários tipos de vírus de computadores, dentre

Leia mais

Ensino Fundamental 9º ano/8ª série

Ensino Fundamental 9º ano/8ª série COLÉGIO SANTA EMÍLIA CALENDÁRIO PARA PROVAS DE RECUPERAÇÃO ANUAL E FINAL Ensino Fundamental 9º ano/8ª série 2013 HORÁRIO: 8H ÀS 12H PARA TODAS AS TURMAS Recuperação Anual Data/Dia 6 o Ano 7 o Ano 8 o Ano

Leia mais

PLANIFICAÇÃO INGLÊS 6º ANO MANUAL: WIN! ANO LETIVO 2014/2015

PLANIFICAÇÃO INGLÊS 6º ANO MANUAL: WIN! ANO LETIVO 2014/2015 ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III PLANIFICAÇÃO INGLÊS 6º ANO MANUAL: WIN! ANO LETIVO 2014/2015 UNIDADES / TÓPICOS 1ºPeríodo +/- 38 aulas STARTER UNIT (Direitos humanos / Dimensão Europeia da Educação) Personal

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 129/2012-CONSET/SEHLA/G/UNICENTRO, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012. Convalida o projeto de extensão Curso de Línguas Estrangeiras, na modalidade de Curso, na categoria de Projeto de Extensão por

Leia mais

6º. Ano A do Ensino Fundamental

6º. Ano A do Ensino Fundamental 6º. Ano A do Ensino Fundamental DAS AVALIAÇÕES Conteúdos: Leitura e interpretação textual; classes de palavras: substantivos e suas classificações, adjetivo e verbo. Onde estudar: apostila Ser, caderno

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA. 9 o ANO Horário: das 7:20 h às 12:15 h.

RECUPERAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA. 9 o ANO Horário: das 7:20 h às 12:15 h. C A M 03 04 C A M RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA RECUPERAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA 1 a PROVA MATEMÁTICA 1 DATA: 07/12/2015 Potências e Radicais Cálculo Algébrico (Fatoração e Produtos Notáveis) Equações do 2

Leia mais

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer?

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer? MONEY CHANGER Câmbio I d like to exchange some money. Where can I find a money changer? Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Onde posso encontrar um câmbio? I d like to exchange (I would) Where can

Leia mais

EDITAL CALEM 01/2014/01 CURSOS - RETIFICADO Inscrições CALEM 1º semestre 2014

EDITAL CALEM 01/2014/01 CURSOS - RETIFICADO Inscrições CALEM 1º semestre 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS PATO BRANCO Centro Acadêmico de Línguas Estrangeiras Modernas EDITAL CALEM 01/2014/01 CURSOS - RETIFICADO Inscrições CALEM 1º semestre

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO INTERMEDIÁRIO 1º BIM - 2016

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO INTERMEDIÁRIO 1º BIM - 2016 ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO INTERMEDIÁRIO 1º BIM - 2016 Nome: Nº 7ª Série Data: / / Professor(a): Nota: (Valor 1,0) INSTRUÇÕES PARA A PARTICIPAÇÃO NA RECUPERAÇÃO Neste bimestre, sua media foi

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS ÁREA DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS ÁREA DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS ÁREA DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS LTA004 LÍNGUA ESPANHOLA I A Língua Espanhola do ponto de vista histórico, geográfico e linguístico. A sua unidade e diversidade.

Leia mais

Roteiro de Recuperação 1ª Etapa 7º ano

Roteiro de Recuperação 1ª Etapa 7º ano Roteiro de Recuperação 1ª Etapa 7º ano SR CRONOGRAMA DE PROVAS DATA DIA DA SEMANA DISCIPLINA 15/05 6ª feira Redação 18/05 2ª feira Inglês 19/05 3ª feira Ciências 20/05 4ª feira Espanhol 21/05 5ª feira

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO BÁSICO Name: Nº Class

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO BÁSICO Name: Nº Class ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO BÁSICO Name: Nº Class Date: / / Teacher: Mark: ( ) Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos necessários. Agora, você

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CÓDIGOS E LINGUAGENS

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CÓDIGOS E LINGUAGENS Título do Podcast Present continuous SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CÓDIGOS E LINGUAGENS Área Segmento Duração Códigos e Linguagens Ensino Fundamental/Ensino Médio 4min54seg Habilidades: Ensino Fundamental:

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 7º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 7º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 7º Ano 50 a 56 44 a 48 Identificação Pessoal Gostos e preferências Rotina Diária Alimentação A Família: Relações Familiares Descrição Psicológica Celebrações:

Leia mais

Agrupamento de Escolas D. Maria II V. N. Famalicão SÍNTESE DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DA DISCIPLINA DE INGLÊS

Agrupamento de Escolas D. Maria II V. N. Famalicão SÍNTESE DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DA DISCIPLINA DE INGLÊS Conteúdos temáticos Conteúdos gramaticais 5º ano 5º ano Saudações Linguagem de sala de aula/objetos/ Cores Pessoas: saudação/apresentação/nome/idade Números 1-12 Adjetivos para descrever lugares Dias da

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMATICOS 6º ANO - 2015. INSTITUTO SOCIAL OBJETIVO Ensino: Infantil Fundamental - Médio

CONTEÚDOS PROGRAMATICOS 6º ANO - 2015. INSTITUTO SOCIAL OBJETIVO Ensino: Infantil Fundamental - Médio CONTEÚDO PROGRAMATICO ANUAL - 6º ANO (5ª SÉRIE) - ENSINO FUNDAMENTAL - DISCIPLINA(S): PORTUGUÊS / GEOGRAFIA/ CIÊNCIAS / HISTÓRIA / REDAÇÃO / ARTES / EDUCAÇÃO FÍSICA / DESENHO GEOMETRÍCO / MATEMÁTICA /

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23)

Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) 6ºANO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE INGLÊS 2014-2015 DOMÍNIO INTERCULTURAL COMPETÊNCIAS COMUNICATIVAS LÉXICO E GRAMÁTICA ARTICULAÇÃO TEMAS DESCRITORES

Leia mais

1º dia 30/07 2º dia 31/07. Disciplina Número de questões Disciplina Número de questões. Português 10 Matemática 10. Geografia 10 História 10

1º dia 30/07 2º dia 31/07. Disciplina Número de questões Disciplina Número de questões. Português 10 Matemática 10. Geografia 10 História 10 11/06/2014 6º ano Nos dias 30 e 31/07 faremos o primeiro Teste Intermediário da Etapa TIE. A prova valerá 4 pontos. As Número de questões Número de questões 10 10 10 10 10 10 Interpretação de textos (trechos,

Leia mais

Brasília, 17 de setembro de 2013. SCP-CIR-099/2013 Assunto: Conteúdos Avaliação Integrada 7 Ano. Serviço de Coordenação Pedagógica SCP 6 ao 8 Ano

Brasília, 17 de setembro de 2013. SCP-CIR-099/2013 Assunto: Conteúdos Avaliação Integrada 7 Ano. Serviço de Coordenação Pedagógica SCP 6 ao 8 Ano SCP-CIR-099/2013 Assunto: Conteúdos Avaliação Integrada 7 Ano Brasília, 17 de setembro de 2013. Prezado responsável, Conforme consta no calendário escolar, no dia 30/9 (segunda-feira), das 7h30 às 12h10,

Leia mais

FICHA DE ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS. IA - LEM - Inglês - Prof: DORIANE Data da Prova: 18/11/2014-4ª AE - 1ª Chamada

FICHA DE ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS. IA - LEM - Inglês - Prof: DORIANE Data da Prova: 18/11/2014-4ª AE - 1ª Chamada IA - LEM - Inglês - Prof: DORIANE Estudar unidades 6 e 7 do livro Top Notch-Fundamentals A- second edition, estudar anotações e exercícios vistos em sala, refazer VIs Lápis, caneta preta ou azul, borracha,

Leia mais

Vocabulário e frases chave

Vocabulário e frases chave Vocabulário e frases chave la tradición La sociedad moderna tiende a desvincularse de las tradiciones. a tradição A sociedade moderna tende a se afastar das tradições. la cultura Las distintas culturas

Leia mais

linguagem técnica de informática; Perceber os sinais de pontuação e identificar sua função no texto; Ler siglas e identificar seus significados;

linguagem técnica de informática; Perceber os sinais de pontuação e identificar sua função no texto; Ler siglas e identificar seus significados; PLANO DE CURSO Disciplina Competências Habilidades Bases Tecnológicas INGLÊS TÉCNICO Aumentar e consolidar o seu vocabulário ativo e passivo, através da fixação de novas palavras e expressões contidas

Leia mais

A arte na Grécia. Capítulo 3

A arte na Grécia. Capítulo 3 A arte na Grécia Capítulo 3 Por volta do século X a. C, os habitantes da Grécia continental e das ilhas do mar Egeu formavam pequenas comunidades, distantes umas das outras, e falavam diversos dialetos.

Leia mais

GABARITO ITA - 2013/2014

GABARITO ITA - 2013/2014 GABARITO ITA - 2013/2014 INGLÊS PORTUGUÊS 01. A 21. B 02. E 22. C 03. A 23. A 04. B 24. D 05. B 25. A 06. A 26. C 07. E 27. B 08. E 28. E 09. E 29. D 10. D 30. E 11. C 31. C 12. B 32. B 13. D 33. A 14.

Leia mais

CONTEÚDO DA 1ª AVALIAÇÃO BIMESTRAL 2014. Disciplina: Redação Poema(forma e estrutura) Narrativa em prosa poética (momentos e elementos)

CONTEÚDO DA 1ª AVALIAÇÃO BIMESTRAL 2014. Disciplina: Redação Poema(forma e estrutura) Narrativa em prosa poética (momentos e elementos) Série: 6º Ano CESEP- CENTRO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS DO PARÁ COORDENAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTLA/2º CICLO CONTEÚDO DA 1ª AVALIAÇÃO BIMESTRAL 2014 Disciplina: Português Variedades linguísticas(formal e informal)

Leia mais

6 o Ano AC 1 + AC 2. 2 a ETAPA

6 o Ano AC 1 + AC 2. 2 a ETAPA ROTEIRO DE ESTUDO 6 o Ano AC 1 + AC 2 2 a ETAPA 2015 Querido(a) Aluno(a), Ensino Fundamental II APRESENTAÇÃO Este é o seu roteiro de estudo da 2 a etapa. Esperamos que juntos possamos desenvolver um belo

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 178/2009-CONSET/SEHLA/G/UNICENTRO, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2009. Aprova o projeto de extensão Curso de Línguas Estrangeiras, na modalidade de Curso, na categoria de Projeto de Extensão por Tempo

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL Ano letivo: 2015/2016. Disciplina: Inglês Ano: 5º COMPETÊNCIAS-CHAVE. 1. Competência em Línguas. 2. Competência Matemática.

PLANIFICAÇÃO ANUAL Ano letivo: 2015/2016. Disciplina: Inglês Ano: 5º COMPETÊNCIAS-CHAVE. 1. Competência em Línguas. 2. Competência Matemática. Governo dos Açores Escola Básica e Secundária de Velas PLANIFICAÇÃO ANUAL Ano letivo: 2015/2016 Disciplina: Inglês Ano: 5º COMPETÊNCIAS-CHAVE 1. Competência em Línguas. 2. Competência Matemática. 3. Competência

Leia mais

Andrew is an engineer and he works in a big company. Sujeito Predicado (e) Suj. Predicado

Andrew is an engineer and he works in a big company. Sujeito Predicado (e) Suj. Predicado Inglês Aula 01 Título - Frases básicas em Inglês As orações em Inglês também se dividem em Sujeito e Predicado. Ao montarmos uma oração com um sujeito e um predicado, montamos um período simples. Estas

Leia mais

Trabalho de Compensação de Ausência - 1º Bimestre

Trabalho de Compensação de Ausência - 1º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Trabalho de Compensação de Ausência

Leia mais

Conteúdos do 3º Bimestre Ensino Fundamental 6º ao 9º Ano

Conteúdos do 3º Bimestre Ensino Fundamental 6º ao 9º Ano São Paulo, 16 de setembro de 2015. Conteúdos do 3º Bimestre Ensino Fundamental 6º ao 9º Ano 6º Ano Pg. 17 Linguagem do relato histórico Pg. 60 Preposições Pg. 74 Intertextualidade Pg. 78 Extensão do sentido

Leia mais

Caderno de Prova. NÍVEL FUNDAMENTAL: Auxiliar Administrativo Financeiro

Caderno de Prova. NÍVEL FUNDAMENTAL: Auxiliar Administrativo Financeiro ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE PORTO BELO Concurso Público Edital 001/2012 Caderno de Prova 28 28 de outubro das 14 às 18:00 h 4 h de duração 30 questões NÍVEL FUNDAMENTAL: Auxiliar Administrativo

Leia mais

SERIE CURSOS DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA / 2010 CURSO DE NEGÓCIOS

SERIE CURSOS DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA / 2010 CURSO DE NEGÓCIOS SERIE CURSOS DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA / 2010 CURSO DE NEGÓCIOS Curso dirigido a estudantes e profissionais que necessitem aprender espanhol no âmbito empresarial e comercial. Neste curso, o

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Inglês 6º Ano de Escolaridade Prova 06 / 2.ª Fase 7 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. 2014 Prova 06/ 2.ª F.

Leia mais

Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português

Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português 1 Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português A partir do momento que você souber de cor a função de cada peça do nosso jogo de dominó, você não terá mais problemas para formular frases,

Leia mais

EDITAL CALEM - 07/2013 INGLÊS e ESPANHOL CURSOS

EDITAL CALEM - 07/2013 INGLÊS e ESPANHOL CURSOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS PATO BRANCO Centro Acadêmico de Línguas Estrangeiras Modernas EDITAL CALEM - 07/2013 INGLÊS e ESPANHOL CURSOS Inscrições CALEM 2º

Leia mais

1º Ano Artes 4ª Aula 2015 Prof. Juventino

1º Ano Artes 4ª Aula 2015 Prof. Juventino 1º Ano Artes 4ª Aula 2015 Prof. Juventino Contrapondo-se a Egípcia vida pósmortem. Arte grega fundamenta-se na inteligência Os governantes não eram deuses, mas seres mortais Usavam a razão e o senso de

Leia mais

Coleguium -3ºEM 1ª etapa

Coleguium -3ºEM 1ª etapa Coleguium -3ºEM 1ª etapa CIVILIZAÇÃO EGÍPCIA: - Desenvolvida às margens do Nilo, na África; - Organização social complexa e rica em realizações culturais; - Escrita bem estruturada; Hieróglifos na parede

Leia mais

PROGRAMA DE CONTEÚDOS ENSINO MÉDIO 2014

PROGRAMA DE CONTEÚDOS ENSINO MÉDIO 2014 DISCIPLINA: PROFESSOR(A): E-MAIL: PROGRAMA DE ENSINO MÉDIO 204 Língua Inglesa Edimara Adams Haab edimara72@hotmail.com OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA: SÉRIE TURMA CARGA HOR./SEM Nº DE H/A MENSAL Nº DE

Leia mais

COLÉGIO CRISTO REDENTOR/ACADEMIA DE COMÉRCIO

COLÉGIO CRISTO REDENTOR/ACADEMIA DE COMÉRCIO de Recuperação 3º Bimestre 2013 5ª série do Ensino Fundamental Capítulo 14 Capítulo 15 Capítulo 16 Capítulo 18 Capítulo 09 - O relevo e suas formas. Capítulo 10 - A formação e a transformação do relevo.

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 22 - ( ESAF - 2004 - MPU - Técnico Administrativo ) O

Leia mais

CONTEÚDO AVALIAÇÕES IV UNIDADE / ENSINO FUNDAMENTAL II 6º ANO

CONTEÚDO AVALIAÇÕES IV UNIDADE / ENSINO FUNDAMENTAL II 6º ANO CONTEÚDO AVALIAÇÕES IV UNIDADE / ENSINO FUNDAMENTAL II 6º ANO DISCIPLINA / TURMA 2ª CHAMADA RECUPERAÇÃO FINAL 6º ANO A E B UNIDADES DE MEDIDA DE COMPRIMENTO PÁG. 261. TRANSFORMAÇÃO DAS UNIDADES DE MEDIDA

Leia mais

Língua Portuguesa 9º ano

Língua Portuguesa 9º ano Língua Portuguesa 9º ano Conteúdos por unidade didática 1º Período A - Comunicação Oral.. Intencionalidade comunicativa. Adequação comunicativa: Ideia geral. Ideias principais. Ideias secundárias. Informação

Leia mais

ACTIVE VOICE X PASSIVE VOICE

ACTIVE VOICE X PASSIVE VOICE www.blogpensandoemingles.com www.facebook.com/pensandoeminglesblog O que é? ACTIVE VOICE X PASSIVE VOICE Active Voice ( Voz Ativa): Ocorre quando o sujeito pratica a ação, e é chamado de agente. Ex: Robert

Leia mais

Informática - Prof. Frank Mattos

Informática - Prof. Frank Mattos Informática - Prof. Frank Mattos Q298262 1. Por padrão, a lixeira do Windows 7 ocupa uma área correspondente a 10% do espaço em disco rígido do computador. Impressionante como essa informação está muito

Leia mais

A.S. Sistemas Rua Prof. Carlos Schlottfeldt, 10A Clélia Bernardes Viçosa MG CEP 36570-000 Telefax: (31) 3892 7700 dietpro@dietpro.com.

A.S. Sistemas Rua Prof. Carlos Schlottfeldt, 10A Clélia Bernardes Viçosa MG CEP 36570-000 Telefax: (31) 3892 7700 dietpro@dietpro.com. Sumário Principais Características...5 Configuração necessária para instalação...6 Conteúdo do CD de Instalação...7 Instruções para Instalação...8 Solicitação da Chave de Acesso...22 Funcionamento em Rede...26

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE INGLÊS 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE INGLÊS 5.º ANO DE INGLÊS 5.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No final do 5.º ano o aluno deve ser capaz de: compreender e usar expressões familiares e quotidianas, assim como enunciados muito simples, que visam

Leia mais

Present Simple Exercises

Present Simple Exercises Present Simple Exercises Antes de fazer as atividades, você pode querer ler as dicas dos links abaixo. Nelas você encontra explicações sobre os usos e as conjugações dos verbos no Present Simple. Ø www.bit.ly/psimple1

Leia mais

To Be. Present Simple. You are (você é / está) He / she / it is (Ele ela é / está)(*) We were (Nos éramos / estávamos) You are (Voces são / estão)

To Be. Present Simple. You are (você é / está) He / she / it is (Ele ela é / está)(*) We were (Nos éramos / estávamos) You are (Voces são / estão) To Be Um dos mais famosos verbos do Inglês. Quem já fez colegial e não ouviu falar dele? Mas você realmente conhece o verbo To Be? Você sabe de todos os tempos compostos que ele ajuda a formar? Você sabe

Leia mais

Números Primos; Decomposição em produto; Fatoração de um número; Adição; Cálculo do Máximo divisor comum (mdc);

Números Primos; Decomposição em produto; Fatoração de um número; Adição; Cálculo do Máximo divisor comum (mdc); Adição; MATEMÁTICA Algumas Propriedades da Adição: Comutativa, Associativa e Elemento Neutro; Subtração; Multiplicação; Problemas de contagem; Algumas Propriedades da Multiplicação: Comutativa, Associativa,

Leia mais

ESCOLA BÁSICA FERNANDO CALDEIRA Currículo de Português. Departamento de Línguas. Currículo de Português - 7º ano

ESCOLA BÁSICA FERNANDO CALDEIRA Currículo de Português. Departamento de Línguas. Currículo de Português - 7º ano Departamento de Línguas Currículo de Português - Domínio: Oralidade Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade e complexidade. Registar, tratar e reter a informação. Participar oportuna

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais