TARY newsletter. Rotary Club de Sintra Sede: Hotel Tivoli-Sintra Largo Rainha D. Amélia, 2710 Sintra. Pág. 1/11. 3ª Série, V.1, N.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TARY newsletter. Rotary Club de Sintra Sede: Hotel Tivoli-Sintra Largo Rainha D. Amélia, 2710 Sintra. Pág. 1/11. 3ª Série, V.1, N."

Transcrição

1 O Projecto Dê uma Tampa à Indiferença O Rotary Club de Sintra iniciou este projecto no ano de Só ao fim de seis longos meses é que reuniu 1 tonelada de tampas e entregou a 1ª cadeira de rodas a um aluno da escola de Montelavar (Sintra). Como essa entrega foi divulgada pelo "Jornal da Região" da zona de Sintra, a partir desse dia foi uma bola de neve. Ao fim de 5 meses, numa cerimónia que tinha como principal objectivo a entrega de uma viatura à Santa Casa da Misericórdia de Sintra, entregámos mais 6 cadeiras de rodas. A partir daí o número de cadeiras entregues em cada cerimónia foi sempre aumentando mais e mais. Recebemos tampas de vários locais, entre eles Vila Viçosa (Cruz Vermelha Portuguesa), Faro, Amareleja, Peniche (CERCIPENICHE), Nazaré (CERCINA), Sines (Bombeiros Voluntários de Sines), por exemplo. Em relação à zona de Sintra: Bombeiros Voluntários, Escolas, Infantários, A.T.L., Juntas de Freguesia, Câmara Municipal (Divisão de Higiene e Segurança Ocupacional), Hospital Amadora Sintra (Grupo de Voluntários) entre muitos outros, e também inúmeros particulares, Até 18 de Outubro 2009, dia em que entregámos 40 cadeiras de uma só vez, alcançámos a bonita soma de 280 cadeiras de rodas entregues, o que quer dizer que já enviámos 280 toneladas de Tampinhas para a reciclagem. No mês de Abril, o Rotary Club de Sintra irá entregar mais 50 Cadeiras de Rodas. (continua na página seguinte) ÍNDICE 3ª Série, Vol. 1, N.º 3 / Abril de 2010 Comissão redactorial e Artes Gráficas: Álvaro Ribeiro, Michelle Ricardo, Luis Diniz José Monteiro Martins, António Moniz Inácio Rotary Club de Sintra Sede: Hotel Tivoli-Sintra Largo Rainha D. Amélia, 2710 Sintra História do Tampinhas 1 Visita oficial do Governador 3 Homenagem ao Profissional do ano 4 Em destaque 6 Notícias 7 Notícias de Rotaract 9 Reunião do G7 10 Última hora! 10 Pág. 1/11

2 (continuação da página anterior) Como se processa: As tampas são recolhidas pelos membros do Rotary Club de Sintra ou são entregues num armazém de Companheiros Rotários que disponibilizam o espaço para esse efeito. Sempre que é necessário vamos a esse armazém ao serão, para embalar as tampas em "big bags" e preparar o envio para a fábrica de reciclagem. Geralmente o transporte é efectuado aos sábados à tarde, gratuitamente, numa viatura da empresa Luís Simões, sendo que um dos sócios também é Rotário no nosso clube. Normalmente cada viatura leva cerca de 7 toneladas de tampas. Mais ou menos uma semana após a descarga dos sacos na empresa de reciclagem, é-nos enviado o respectivo pagamento com o qual se adquirem as cadeiras de rodas que, posteriormente, são entregues numa cerimónia pública (a maior parte das vezes a cerimónia ocorre no Palácio Valenças cedido pela Câmara Municipal de Sintra). Os destinatários são seleccionados mediante a análise de uma lista de pedidos de instituições e pessoas, procurando responder proporcionalmente às carências e ao envolvimento das Instituições no projecto. Este é um pequeno resumo de como se desenvolve esta actividade do Rotary Club de Sintra, na área de serviços à comunidade. Não comecei por explicar como iniciámos esta actividade, porque de facto ela surgiu um pouco por acaso, ao ver vários locais com garrafões para colocar tampas e as pessoas não saberem muito bem dizer onde ou a quem eram entregues as cadeiras de rodas e algumas pessoas até já nem saberem o que fazer às tampas que tinham, estando por isso a pensar abandonar a recolha de tampas. E assim se começou a fazer a recolha de tampas em Sintra, fez-se um cartaz e a partir daí não mais parámos. Álvaro Câmara de Sousa Presidente do R. C. de Sintra Pág. 2/11

3 A visita oficial do Governador Mário Rebelo O Governador Rotário do Distrito 1960 (2009/10), Companheiro Mário Rebelo, visitou o Rotary Club de Sintra no dia 12 de Outubro de Nesta visita que o Governador efectua aos diversos clubes rotários do Distrito são efectuadas reuniões de acompanhamento da actividade desenvolvida pelos Clubes, bem como, se procura mostrar alguma da obra feita pelos mesmos nas suas comunidades e ao serviço da comunidade mundial. O Governador teve a oportunidade de visitar Instituições do Concelho apoiadas pelos Rotários de Sintra, nomeadamente, a Casa de Sant Ana em Pexiligais e participou no projecto dê uma tampa à indiferença, visitando o espaço onde se armazenam algumas toneladas de tampinhas recolhidas e participando no ensacamento de algumas tampas. Houve, ainda, oportunidade para um curto encontro com o Senhor Presidente da Câmara Municipal de Sintra e para uma reunião de jantar onde o Governador realçou o papel que o Clube tem desempenhado na sua comunidade e a sua acção em prol da consolidação do projecto rotário. Álvaro S. Ribeiro Entrega de Prémio de Melhor Aluno: Bruno Miguel Aluno da Escola Secundária Santa Maria Acompanhado pela Prof. Maria da Conceição Coelho (Vice Directora) Vanessa Domingues Aluna da Escola Secundária Mem Martins Acompanhado pela Prof. Teresa Lobato Oliveira (Directora) Pág. 3/11

4 Homenagem ao Profissional do Ano O Rotary Club de Sintra atribui anualmente esta distinção a uma personalidade cuja actividade profissional e valores éticos se destaquem na Comunidade. Em 2009/2010 esta homenagem foi dedicada a Neilma Williams, Bailarina e Professora de Bailado Clássico. Neilma Williams nasceu em 28 de Março de 1942 em Inglaterra. Desenvolveu os seus estudos na Legat School of Russian Ballet, em Inglaterra entre 1950 e 1958, e entre 1958 e 1961 na Bush Davies School, também em Inglaterra. Em Maio de 1960 foi-lhe conferido o diploma pela Royal Academy of Dancing of London, assinado por Margot Fonteyn, enquanto presidente desta instituição. Posteriormente, foi-lhe conferido o diploma pela Imperial Society of Teachers of Dancing, de Londres. Da sua carreira enquanto bailarina, destaca-se a sua presença na Companhia Nacional de Bailado, como figura principal do seu Corpo de Bailado, sendo referenciada a sua participação nas temporadas de , e do Teatro Nacional de S. Carlos (como 1ª Bailarina nas duas últimas), bem como, a sua participação especial na temporada de , conforme consta do livro O teatro de S. Carlos: dois séculos de historia, de Mário Moreau (vol. II). Da sua carreira refiram-se interpretação de Bailados como o Lago dos Cisnes, Interpretadas com Bailarinos do mesmo Corpo, nomeadamente, Klaus Goetze. A sua participação tardia em 1987, no Teatro de S. Carlos, ocorreu a convite de Armando Jorge, então Director da Companhia Nacional de Bailado, tendo representado a Rainha-Mãe no Bailado Lago dos Cisnes de Tschaikovsky. Também por convite de Armando Jorge, teve uma participação especial representando a Rainha D. Maria I nos espectáculos das Noites de Queluz do Festival de Sintra, numa peça baseada na obra A Corte da Rainha D. Maria I, peça baseada na obra de William Beckford, a compilação da sua correspondência durante a sua primeira passagem por Portugal em Iniciou a sua carreira de professora de bailado clássico em 1969, no Sintrense, entidade bem conhecida do nosso meio cultural. Desde então, acompanhou inúmeras classes de jovens, leccionando no Colégio de S. José no Ramalhão, em Sintra, e nos cursos de Ballet de Sintra e de Cascais. A sua orientação foi relevante para que diversas jovens tenham encontrado a sua vocação para a dança. Algumas delas ganharam reconhecimento e fazem a sua carreira no meio artístico. Pág. 4/11

5 Em 1987, leccionou no Estúdio de Dança do Professor Armando Jorge, já mencionado Director da Companhia Nacional de Bailado. Entre 1991 e 2001 acompanhou diversas alunas dos seus cursos a Inglaterra, onde estas participaram em diversos cursos de verão dedicados à dança nas suas diferentes vertentes artísticas, proporcionando, desta forma, uma experiência certamente inesquecível para muitas das suas alunas. Realça-se o mérito de, ao longo da sua carreira, ter contribuído para a formação cultural e a valorização intelectual de um número significativo de jovens no nosso País. Durante a sua carreira enquanto Professora de Bailado Clássico, Neilma Williams procurou estimular elevados valores éticos e morais associando a sua actividade a eventos de solidariedade, destacando-se a sua acção promovendo espectáculos de final de curso com vista à angariação de fundos para instituições de solidariedade social como são a CECD e a CERCICA, aqui representadas, associando-se dessa forma a este evento. Álvaro S. Ribeiro Pág. 5/11

6 Em Destaque O Rotary Club de Sintra realizou nos dias 6, 7 e 8 de Dezembro a 3ª Feira do Livro na Vila Alda (casa do Eléctrico em Sintra). Mais uma vez, esta iniciativa teve como objectivo promover uma acção de angariação de fundos visando apoiar o projecto internacional de Rotary International PolioPlus. Desta forma, a comunidade sintrense e os ilustres visitantes puderam contribuir para o programa de vacinação mundial para a erradicação da poiliomielite. No decorrer desta Feira do Livro decorreu, ainda, a apresentação do romance mais recente do Escritor Sérgio Luís de Carvalho intitulado O Destino do Capitão Blanc. Álvaro S. Ribeiro Os Clubes Rotários de Sintra e de Lisboa-Norte, dando continuidade a uma parceria iniciado em 2008, lançaram o projecto internacional de organização de um campo internacional de férias para jovens esperando que, na sequência de sucessos anteriores, o campo de férias de 2008, possa juntar cerca de dez jovens de diferentes países europeus e, dessa forma, promover um dos objectivos de Rotary International: promover a paz e a compreensão mundial. Álvaro S. Ribeiro Pág. 6/11

7 Notícias Protocolo celebrado entre a Portugal Telecom e o Rotary Club de Sintra Dê uma tampa à indiferença Os colaboradores da Portugal Telecom vão poder através de um gesto simples a recolha de tampas de plástico flexível permitir que cidadãos com necessidades especiais possam usufruir de produtos de apoio que lhes permitirá ter uma vida melhor. A partir de 27 de Julho e até 2012, os colaboradores da Portugal Telecom vão poder ter um papel activo de intervenção social, dando "uma tampa à indiferença". Para isso necessitam apenas de recolher tampas de plástico flexível e depositá-las nos pontos de recolha que vão começar a ser disponibilizados pelos diversos espaços da empresa, em Lisboa e, inclusive, restaurantes que prestam serviço à PT. A empresa irá, igualmente, disponibilizar sacos para a recolha e garantir a respectiva armazenagem temporária. A iniciativa decorre no âmbito de um protocolo assinado entre a Fundação PT e o Rotary Club de Sintra, organização que fica responsável pelo processo de envio para reciclagem das tampas recolhidas. As receitas resultantes da reciclagem das tampas de plástico permitirão a aquisição de produtos de apoio, destinados a instituições designadas pela Fundação PT, a fim de dar resposta aos pedidos efectuados com vista à satisfação das necessidades dos seus beneficiários. Através do Programa Aurora, e da identificação de voluntários que ficarão responsáveis pelos pontos de recolha, a Fundação PT prevê conseguir alargar a iniciativa e assim dinamizar os colaboradores para esta causa. Óscar Vieira, administrador-delegado da Fundação PT, explicou a importância da iniciativa: Pensamos que este é o tipo de operações simples, mas que representa um casamento perfeito. Por um lado, ajudamos a reciclar e, por outro, com os proveitos que se obtêm por essa via, conseguimos auxiliar quem efectivamente precisa do nosso apoio. Essa é a razão suficiente para que o nosso contentamento seja redobrado. Neste sentido, lança um apelo a todos os colaboradores: É um gesto simples. Basta retirar a tampa de garrafas de água ou de qualquer contentor de plástico que seja maleável, flexível. Recolham e depositem nos pontos que serão providenciados pela Fundação, para que gota a gota consigamos obter uma quantidade apreciável. Pág. 7/11

8 Através desta parceria o Rotary Club de Sintra reforça a sua missão de intervenção humanitária. Álvaro Câmara de Sousa, presidente do Clube, salientou a importância do protocolo para o alargamento da dinâmica de recolha de tampas, que tem o fim de contribuir para um mundo melhor. Óscar Vieira salientou ainda a importância do reforço de ligações com instituições parceiras da PT para o sucesso da iniciativa. O Hospital Garcia de Orta, através do Centro de Desenvolvimento Infantil Torrado da Silva, já confirmou a sua participação na recolha de tampas. Participe! Dê uma tampa à indiferença Pág. 8/11

9 Notícias de Rotaract Prémio Mérito e Excelência ao Jovem Profissional do Ano No passado dia 21 de Outubro, o RTC Sintra teve o orgulho e o privilégio de poder organizar um evento tão importante: a entrega do Prémio Mérito e Excelência ao Jovem Profissional do Ano Prémio D.1960, a Alena Khmelinskaia. O mês de Outubro é o mês dos Serviços Profissionais, que serve para não nos esquecermos de que no Mundo Rotário há valores muito importantes, tais como o conhecimento e a liderança. Estes valores são os pilares da nossa vida. E, por isso mesmo, neste mês, o Rotaract do Distrito 1960 homenageou um profissional que, pelo seu esforço, mereceu ser nomeado. Alena Khmelinskaia é uma jovem talentosa, persistente e ambiciosa, mostrando que sem trabalho, esforço e dedicação nada se consegue. E como todo o trabalho é sempre recompensado, nessa noite homenageámos um exemplo a seguir. O RTC Sintra agradece a todos os companheiros presentes, pela disponibilidade e vontade de estarem num jantar tão especial. Devo salientar a presença de vários Clubes de Rotaract, nomeadamente, Amadora, Cascais-Estoril, Entroncamento, Lisboa-Norte, Lisboa-Olivais, Loulé, Sintra e Lisboa-Estrela; a presença do Governador de Rotary, o Companheiro Mário Rebelo e a sua esposa Anabela; a presença de Clubes Rotários, tais como, Algés, Cascais-Estoril, Lisboa- Estrela, Lisboa-Norte, Setúbal-Sado, Sintra e Santarém e ainda, a presença de Rahul Chawla do Distrito Não nos podemos despedir sem antes agradecer à Companheira Representante Rita Pedro pela honra que nos deu em organizar este jantar e pelas palavras valiosas com que caracterizou o RTC Sintra. Andreia Vicente Presidente RTC Sintra Pág. 9/11

10 Reunião do G7 No presente ano Rotário tem sido promovido um conjunto de iniciativas visando consolidar o companheirismo e o serviço dos Clubes Rotários do distrito 1960 que constituem o Grupo 7 do distrito 1960 (Amadora, Mafra, Loures, Odivelas e Sintra). Neste sentido, diversas iniciativas têm sido concretizadas, destacando-se as reuniões conjuntas entre os Clubes, em Janeiro, em Odivelas, em Fevereiro, em Mafra e em Março, em Loures. Estes eventos têm permitido a troca de experiências e o fortalecimento dos laços de amizade que potenciam o desenvolvimento de acções de serviço. Em concreto salientase a colaboração dos Clubes Rotários de Odivelas e Loures na organização do Seminário Distrital de Educação e Alfabetização, que decorrerá em 27 de Março próximo e a realização de um encontro realizado em Mafra no dia 23 de Fevereiro, aniversário de Rotary International, dedicado à divulgação do projecto mundial de erradicação da Polio. Neste último, esteve presente uma comitiva de Rotários de Curitiba-Oeste que, desta forma, permitiu que se fizesse uma celebração especial. Álvaro S. Ribeiro Última hora!!! Foi com muito orgulho que recebemos a notícia de que o melhor aluno das bolsas patrocinadas pela Fundação Rotária Portuguesa é bolseira do Rotary Club de Sintra, Soraia Ribeiro (12.º ano). Pág. 10/11

11 Restauramos os seus móveis antigos, consulte Orçamentos Grátis Tel Pág. 11/11

12 DÊ UMA TAMPA à indiferença AO COLOCAR AQUI AS SUAS TAMPAS DE PLÁSTICO MALEÁVEL ESTÁ A APOIAR INSTITUIÇÕES CARENCIADAS NA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS DE RODAS Contacto: O ROTARY CLUB DE SINTRA APOIA INSTITUIÇÕES CARENCIADAS DO NOSSO MUNICÍPIO

TARY newsletter. Momento da presidência INDICE

TARY newsletter. Momento da presidência INDICE Momento da presidência 3ª Série. Vol. 1, N.º 2 / Julho de 2009 Comissão redactorial e Artes Gráficas: Álvaro Ribeiro, Michelle Ricardo, Luis Diniz José Monteiro Martins, António Moniz Inácio Rotary Club

Leia mais

Presidente de RI RON D. BURTON Governador D1960 FERNANDO MARTINS

Presidente de RI RON D. BURTON Governador D1960 FERNANDO MARTINS PROGRAMA DISTRITAL Presidente de RI RON D. BURTON Governador D1960 FERNANDO MARTINS Desenvolvimento Quadro Associativo e Expansão Esta comissão, liderada pela Compª Maria de Lurdes Paiva, tem por objectivo,

Leia mais

Em defesa do Sector da Hotelaria, Restauração e Bebidas. desde 1896

Em defesa do Sector da Hotelaria, Restauração e Bebidas. desde 1896 Em defesa do Sector da Hotelaria, Restauração e Bebidas desde 1896 Quem Somos? Instituição de Utilidade Pública Restauração Pastelarias e Cafés Mais de um século de existência Empreendimentos Turísticos

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES ORÇAMENTO

PLANO DE ACTIVIDADES ORÇAMENTO FUNDAÇÃO ROTÁRIA PORTUGUESA PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO ANO 2013 1 PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2013 No cumprimento dos seus Estatutos (art.º 19º, alínea I) e de acordo com as normas em vigor,

Leia mais

CANDIDATURA PROJECTOS DE APOIO AOS CLUBES ROTÁRIOS ÊNFASES PRESIDENCIAIS

CANDIDATURA PROJECTOS DE APOIO AOS CLUBES ROTÁRIOS ÊNFASES PRESIDENCIAIS CANDIDATURA PROJECTOS DE APOIO AOS CLUBES ROTÁRIOS ÊNFASES PRESIDENCIAIS ANO DE 2015 FASE DE SETEMBRO ROTARY CLUB DE NOME DA ÊNFASE 1 PRINCIPIO Esta proposta de Candidatura aos Projectos de Apoio da Fundação

Leia mais

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Responsabilidade Social Como estratégia de Sustentabilidade a Responsabilidade Social das Organizações, tornou-se de vital importância para o Terceiro Sector,

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE ACTA Nº. 4 Ao dia nove de Setembro do ano dois mil e nove, nesta Vila de Castelo de Vide, reuniu na Biblioteca Municipal pelas 10,00 horas, o Conselho

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2014

PLANO DE ACTIVIDADES 2014 PLANO DE ACTIVIDADES 2014 A - INTRODUÇÃO O ano de 2013 que agora termina, foi decisivo para a continuidade da Fundação do Desporto. O Governo, através do Sr. Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares,

Leia mais

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 Preâmbulo A ocupação dos tempos livres dos jovens em tempo de aulas, através de actividades que contribuam significativamente para o enriquecimento da sua formação pessoal, funcionando

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016 Associação Sénior de Odivelas A Universidade Sénior de Odivelas é um projecto inovador que tem por base a promoção da qualidade de vida dos seniores de Odivelas, fomentando

Leia mais

Projecto Nacional Educação para o Empreendedorismo

Projecto Nacional Educação para o Empreendedorismo Projecto Nacional Educação para o Empreendedorismo Instrumento de avaliação A. Projecto da escola A.1. Apresentação do Projecto da escola Caros colegas da Comissão, No âmbito do processo de monitorização,

Leia mais

APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS

APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS APOIOS A DIVERSAS ENTIDADES, INSTITUIÇÕES, ASSOCIAÇÕES E COLECTIVIDADES NO ANO DE 2014 APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS Apoio à Associação de Estudantes da Escola Secundária

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Denominação, Sede e Âmbito 1. O Conselho Local de Acção Social do Concelho de

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto

CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA. Concurso. Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Nacional de Vozes & Revelação de Vozes da Diáspora - Projecto Concurso 2015 CONCURSO NACIONAL DE VOZES & FESTIVAL REVELAÇÃO DE VOZES DA DIÁSPORA PROJECTO APRESENTADO PARA EFEITO DE APRECIAÇÃO E RESPECTIVO

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Deputados do PSD eleitos pela Região do Algarve Gabinete de apoio Palácio de S. Bento - 1249-068 Lisboa Telef: 213917282 - Fax: 213917445 Mail da coordenação: mendesbota@psd.parlamento.pt NOTA DE IMPRENSA

Leia mais

Educação e Saúde 2014

Educação e Saúde 2014 Educação e Saúde 2014 A ONG SIM organizou mais uma missão a Moçambique, orientada para os temas da Educação e da Saúde, em Agosto. Para além da Presidente de direcção, Carmo Jardim, e da coordenadora,

Leia mais

Projecto Integrado da Baixa da Banheira

Projecto Integrado da Baixa da Banheira Projecto Integrado da Baixa da Banheira 1. INTRODUÇÃO O Projecto Integrado da Baixa da Banheira nasce de uma parceria entre a Câmara Municipal da Moita e o ICE tendo em vista induzir as Associações da

Leia mais

Apoios gratuitos a doentes e seus familiares

Apoios gratuitos a doentes e seus familiares União Humanitária dos Doentes com Cancro Quanto mais olharmos o cancro de frente, mais ele se afasta de nós Exmo(a). Senhor(a), Os melhores cumprimentos. A União Humanitária dos Doentes com Cancro está

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO CONCELHIO DE PREVENÇÃO DAS TOXICODEPENDÊNCIAS (PECPT)

PLANO ESTRATÉGICO CONCELHIO DE PREVENÇÃO DAS TOXICODEPENDÊNCIAS (PECPT) PLANO ESTRATÉGICO CONCELHIO DE PREVENÇÃO DAS TOXICODEPENDÊNCIAS (PECPT) Plano de Actividades 2009/10 Odivelas 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO 1 1 IDENTIDADE E COMUNICAÇÃO 2 2 FUNCIONAMENTO DA REDE DE PARCERIA 4 2.2

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta dos Vereadores Senhores Dr. José Polido, Alberto

Leia mais

Regulamento. Loja Social de Ourique

Regulamento. Loja Social de Ourique Regulamento Loja Social de Ourique Regulamento Loja Social de Ourique Nota Justificativa O presente Regulamento define as normas de funcionamento da Loja Social e faz parte integrante do projecto Espaço

Leia mais

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições.

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições. 1. No dia 4 de Dezembro, a União Distrital de Santarém em parceria com Segurança Social, levou a efeito o ultimo dos 5 encontros realizados em várias zonas do distrito, sobre o tema "Encontros de Partilha",

Leia mais

Plano de atividades de 2012

Plano de atividades de 2012 Plano de atividades de 2012 Introdução A Confederação Portuguesa do Voluntariado (CPV) congrega, à data de votação do presente Plano de actividades, 18 associações, federações e confederações, de diferentes

Leia mais

www.avalmancil.pt O escritor José Viale Moutinho na E.B. 1 de Almancil semana de 2 a 6 de Maio de 2011

www.avalmancil.pt O escritor José Viale Moutinho na E.B. 1 de Almancil semana de 2 a 6 de Maio de 2011 N@vegador Jornal Electrónico do Agrupamento Vertical de Almancil www.avalmancil.pt semana de 2 a 6 de Maio de 2011 O escritor José Viale Moutinho na E.B. 1 de Almancil A Biblioteca Escolar Sala Mágica,

Leia mais

Polícia e o Natal das Crianças

Polícia e o Natal das Crianças Nº 4 - Março 2010 Assinatura de Protocolo - SES da PN e SS da PSP Polícia e o Natal das Crianças A o longo de muitos anos, o Serviço Social vem programando, conjuntamente com as unidades policiais e serviços,

Leia mais

M U N I C Í P I O D E V A L E N Ç A C ÂM ARA MUNIC I PAL

M U N I C Í P I O D E V A L E N Ç A C ÂM ARA MUNIC I PAL PREÂMBULO REGULAMENTO DA LOJA SOCIAL DO CONCELHO DE VALENÇA Com a emergência de novos processos de exclusão social e a persistência de fortes desigualdades sociais, subjacentes à problemática da pobreza

Leia mais

Ano V N.º 4. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Sexta-Feira 22 de Janeiro de 2010

Ano V N.º 4. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Sexta-Feira 22 de Janeiro de 2010 Ano V N.º 4 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Sexta-Feira 22 de Janeiro de 2010 Foi atribuído em 2006, pela Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores, um Diploma

Leia mais

Gabinete de Comunicação Nota de Imprensa n.º 112, de 13 de outubro de 2014. 1. Projeto Eco-Escolas

Gabinete de Comunicação Nota de Imprensa n.º 112, de 13 de outubro de 2014. 1. Projeto Eco-Escolas Gabinete de Comunicação Nota de Imprensa n.º 112, de 13 de outubro de 2014 1. Projeto Eco-Escolas O início do ano letivo escolar 2014/2015 fica desde já marcado, a nível ambiental, pela atribuição de 19

Leia mais

BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME DE VISEU

BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME DE VISEU BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME DE VISEU A NOSSA MISSÃO Lutar contra o desperdício, recuperando excedentes alimentares, para os levar a quem tem carências alimentares, mobilizando pessoas e empresas que

Leia mais

J U N T A D E F R E G U E S I A D E S I N E S ATA Nº22/2012

J U N T A D E F R E G U E S I A D E S I N E S ATA Nº22/2012 ATA Nº22/2012 Aos doze dias do mês de Setembro do ano de dois mil e doze, nesta Cidade de Sines e sala de reuniões da Freguesia de Sines, sito no Largo Ramos da Costa nº 21 B, teve lugar a reunião ordinária

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

1. O que é? 2. O que se pretende? 3. Quem pode concorrer?

1. O que é? 2. O que se pretende? 3. Quem pode concorrer? 1. O que é? Trata-se de um Programa de Bolsas de Investigação na Área da Cidade e da Arquitectura, entendido como um apoio a jovens na realização de um trabalho inédito de investigação, com a duração de

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001)

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião

Leia mais

Discurso de Sua Excelência o Presidente da República

Discurso de Sua Excelência o Presidente da República Continuarei a percorrer o País, de Norte a Sul, a apelar à união de esforços, a levar uma palavra de esperança e a mostrar bons exemplos de resposta à crise. Discurso de Sua Excelência o Presidente da

Leia mais

1 Criação de uma bolsa anual de árvores para oferta

1 Criação de uma bolsa anual de árvores para oferta Floresta Comum, Qual o objectivo principal do Floresta Comum? O objectivo? O Floresta Comum, é um programa de incentivo à reflorestação com a floresta autóctone portuguesa. Para a concretização deste objectivo,

Leia mais

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho De : DCED/DICUL Carlos Anjos Proc. Nº Para : ANA JOSÉ CARVALHO, CHEFE DA DICUL Assunto : PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES DO GRUPO DE TRABALHO PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO - 2011 Para os efeitos tidos

Leia mais

ÍNDICE: Novembro de 2009

ÍNDICE: Novembro de 2009 ÍNDICE: 1. Início Ano Lectivo 2. Portugal Tecnológico 3. Gripe A Plano Contingência 4. Espaço de Leitura 5. Sonangol 6. Novos Órgãos Sociais da ETLA 7. Medalha de Mérito Concelho de Santiago do Cacém 8.

Leia mais

Conselho Municipal de Educação de Vila Velha de Ródão

Conselho Municipal de Educação de Vila Velha de Ródão MUNICÍPIO DE VILA VELHA DE RÓDÃO CÂ1VLARA MUNICIPAL Conselho Municipal de Educação de Vila Velha de Ródão ACTA N~ 42 Aos dez dias do mês de Setembro do ano de dois mil e catorze, pelas catorze horas, reuniu

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO CENTRO COMUNITÁRIO

REGULAMENTO INTERNO CENTRO COMUNITÁRIO REGULAMENTO INTERNO CENTRO COMUNITÁRIO INTRODUÇÃO A cultura Comunitária é a expressão concreta de tentar proporcionar aqueles que mais precisam a ajuda necessária para começar de novo a viver. O Centro

Leia mais

MANUAL DO DELEGADO À FUNDAÇÃO ROTÁRIA PORTUGUESA

MANUAL DO DELEGADO À FUNDAÇÃO ROTÁRIA PORTUGUESA FUNDAÇÃO ROTÁRIA PORTUGUESA MANUAL DO DELEGADO À FUNDAÇÃO ROTÁRIA PORTUGUESA COIMBRA 2003 FUNDAÇÃO ROTÁRIA PORTUGUESA Instituição Particular de Solidariedade Social Membro Honorário da Ordem de Mérito

Leia mais

OLIMPÍADAS NACIONAIS DE BIOLOGIA

OLIMPÍADAS NACIONAIS DE BIOLOGIA OLIMPÍADAS NACIONAIS DE BIOLOGIA OLIMPÍADAS DE BIOLOGIA 2012 Olimpíadas de Biologia uma longa história num curto período As Olimpíadas Nacionais de Biologia eram um sonho antigo, que foi tornado realidade

Leia mais

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de -------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências)

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Educação (PRODEP III) Objectivos: Reduzir

Leia mais

Regulamento. Espaço Solidário de Ourique

Regulamento. Espaço Solidário de Ourique Regulamento Espaço Solidário de Ourique Regulamento Espaço Solidário de Ourique Nota justificativa O Espaço Solidário surge no âmbito da Rede Social, de acordo com o Diagnóstico Social do Concelho, constando

Leia mais

SPORTING CLUBE DE CASAÍNHOS NEWSLETTER Nº25 FEVEREIRO 2013 S.C.C. NEWSLETTER #25

SPORTING CLUBE DE CASAÍNHOS NEWSLETTER Nº25 FEVEREIRO 2013 S.C.C. NEWSLETTER #25 No próximo sábado, dia 2 de Março, decorrerá uma Via-sacra pelas 21.30 realizada no largo da igreja, pelos grupos de catequese juvenis e também pelo grupo de jovens. No sábado seguinte terá lugar outra

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ESPINHO - INSTITUIÇÕES ADERENTES E RESPECTIVOS CONTACTOS -

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ESPINHO - INSTITUIÇÕES ADERENTES E RESPECTIVOS CONTACTOS - CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ESPINHO - INSTITUIÇÕES ADERENTES E RESPECTIVOS CONTACTOS - Março 2010 Agrupamento de Centros de Saúde do Grande Porto IX - Espinho/Gaia (ACES Espinho/Gaia) Morada: Rua

Leia mais

Histórico Dados da Colectividade Descrição das Actividades Objectivos a atingir Meios Humanos

Histórico Dados da Colectividade Descrição das Actividades Objectivos a atingir Meios Humanos Histórico Dados da Colectividade Descrição das Actividades s a atingir Meios Humanos O Centro Popular de Trabalhadores do Bairro São João Atlético Clube com Estatutos aprovados em 28/02/1990 e publicados

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES ORÇAMENTO

PLANO DE ACTIVIDADES ORÇAMENTO FUNDAÇÃO ROTÁRIA PORTUGUESA PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO ANO 2014 1 PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2014 O da Fundação Rotária Portuguesa (FRP) cumprindo o art.º 19º, alínea I dos seus Estatutos

Leia mais

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA!

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA! A ESSENCIALIDADE DE CUIDAR DAS NOSSAS CRIANÇAS INVESTIR A TEMPO PARA EVITAR... E PERSISTIRMOS NA BUSCA DE FAZER SEMPRE MELHOR PARA NÓS A PREVENÇÃO NÃO É UMA OPÇÃO... É UMA OBRIGATORIEDADE MISSÃO A Fundação

Leia mais

1º Congresso de Controlo da Qualidade Laboratorial dos países de Língua Portuguesa. 21 a 24 de junho de 2015, no Rio de Janeiro

1º Congresso de Controlo da Qualidade Laboratorial dos países de Língua Portuguesa. 21 a 24 de junho de 2015, no Rio de Janeiro 1º Congresso de Controlo da Qualidade Laboratorial dos países de Língua Portuguesa 21 a 24 de junho de 2015, no Rio de Janeiro Começo por saudar a realização deste 1º Congresso de Controlo da Qualidade

Leia mais

Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL. Odivelas, 20 de Novembro de 2010. Caros Colegas,

Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL. Odivelas, 20 de Novembro de 2010. Caros Colegas, Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL Odivelas, 20 de Novembro 2010 Caros Colegas, Estando a terminar este ano de trabalho na Federação Concelhia de Odivelas, da qual eu fiz parte dos seus Órgãos Sociais neste

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2014/2015. Associação Sénior de Odivelas

PLANO DE ATIVIDADES 2014/2015. Associação Sénior de Odivelas PLANO DE ATIVIDADES 2014/2015 Associação Sénior de Odivelas A Universidade Sénior de Odivelas é um projecto inovador que tem por base a promoção da qualidade de vida dos seniores de Odivelas, fomentando

Leia mais

CAPITULO I DENOMINAÇÃO, NATUREZA E FINS. Artigo 1.º

CAPITULO I DENOMINAÇÃO, NATUREZA E FINS. Artigo 1.º - - CAPITULO I DENOMINAÇÃO, NATUREZA E FINS Artigo 1.º A Fundação P.e Félix, criada por iniciativa da Comunidade Católica de São Bernardo em 1989, na comemoração dos vinte e cinco anos da actividade pastoral

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 05.12.2014

NOTÍCIAS À SEXTA 05.12.2014 RELATÓRIO Portugal-Saúde Mental em Números 2014 O relatório "Portugal - Saúde Mental em Números 2014", que se baseia no 1º Estudo Epidemiológico Nacional de Saúde Mental divulgado em 2013, afirma que um

Leia mais

São mais de 80 os serviços que garantem o correcto acondicionamento e encaminhamento do papel/cartão para os respectivos pontos de recolha.

São mais de 80 os serviços que garantem o correcto acondicionamento e encaminhamento do papel/cartão para os respectivos pontos de recolha. A Câmara Municipal procura ser um exemplo de bom desempenho ambiental. A gestão ambiental da autarquia promove, através de um conjunto de projectos, a reciclagem junto dos munícipes e dos seus trabalhadores.

Leia mais

Acta n.º 13/2010 de 19/05/2010

Acta n.º 13/2010 de 19/05/2010 ------------------------------------- ACTA N.º 13/2010 -------------------------------------- -------- Aos 19 dias do mês de Maio de 2010, pelas 10 horas, no Salão Nobre dos Paços do Município de Celorico

Leia mais

PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO

PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO CONSIDERANDO QUE: PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO A simplificação administrativa e a administração electrónica são hoje reconhecidas como instrumentos fundamentais para a melhoria da competitividade e da

Leia mais

Castelo de Vide ACTA Nº. 1/2009

Castelo de Vide ACTA Nº. 1/2009 ACTA Nº. 1/2009 Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia três de Fevereiro de dois mil e nove - - - - Aos três dias do mês de Fevereiro do ano

Leia mais

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Apresentação dos seguintes projectos: 1) Câmara de Lobos.

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS

FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS lano de Activida e es Orçamento PPI 2012 À INTRODUCÃO Para cumprimento do disposto na alínea a) do n 2 do artigo 34 da lei n 169/99 de 18 de Setembro, na redacção que lhe

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO Entre: Município da Nazaré, pessoa colectiva nº 507 012 100, com sede na Avenida Vieira Guimarães, n.º 54, Nazaré, através do seu órgão executivo, Câmara Municipal da Nazaré, representado

Leia mais

A Participação Cívica dos Jovens

A Participação Cívica dos Jovens A Participação Cívica dos Jovens 2 Parlamento dos Jovens 2009 Nos dias 25 e 26 de Maio de 2009, realizou-se em Lisboa, no Palácio de São Bento, a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens 2009 do Ensino

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ

PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ COMISSÃO DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS DO PESO DA RÉGUA Modalidade Alargada Divulgar os Direitos da Criança na Comunidade OBJECTIVOS ACÇÕES RECURSOS HUMANOS DA CPCJ RECURSOS

Leia mais

Flash RH Responsabilidade Social

Flash RH Responsabilidade Social Flash RH Responsabilidade Social No seguimento da nossa campanha de recolha de bens interna, inserida no âmbito da responsabilidade social, a SPIE conseguiu recolher bens para chegar a 8 instituições de

Leia mais

C Â M A R A M U N I C I P A L D O S A B U G A L

C Â M A R A M U N I C I P A L D O S A B U G A L C Â M A R A M U N I C I P A L D O S A B U G A L ACTA N. º 3/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 06 DE FEVEREIRO DE 2009 PRESIDENTE: Manuel Rito Alves VEREADORES: José Santo Freire Manuel Fonseca Corte Luís Manuel

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ESPINHO - INSTITUIÇÕES ADERENTES E RESPECTIVOS CONTACTOS -

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ESPINHO - INSTITUIÇÕES ADERENTES E RESPECTIVOS CONTACTOS - CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ESPINHO - INSTITUIÇÕES ADERENTES E RESPECTIVOS CONTACTOS - Data da Última Actualização: Fevereiro 2011 1 Agrupamento de Centros de Saúde do Grande Porto IX - Espinho/Gaia

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 APD- DELEGAÇÃO LOCAL DE MEM MARTINS RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 INTRODUÇÃO O ano de 2004 ficou marcado por alguns acontecimentos relevantes, sinal de que, apesar do passar dos anos, a Delegação

Leia mais

Contactos: 21 481 58 72 Email: com.arte@dnacascais.pt

Contactos: 21 481 58 72 Email: com.arte@dnacascais.pt Contactos: 21 481 58 72 Email: com.arte@dnacascais.pt O que é o com.arte? O com.arte é um projecto promovido pela Câmara Municipal de Cascais e pela DNA CASCAIS Comércio e que terá, em 2012, a sua 4ª edição.

Leia mais

Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis

Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis 5ª feira, 4 de Maio I Reunião interna de parceiros europeus 14:00h 15:00h (UAL, sala 55) - Espaço de trabalho dos parceiros

Leia mais

Q U E R E S S E R V O L U N T Á R I O?

Q U E R E S S E R V O L U N T Á R I O? Q U E R E S S E R V O L U N T Á R I O? Da importância do desenvolvimento de competências interpessoais na prática, da necessidade de uma formação mais humana, da crescente consciencialização da injustiça

Leia mais

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO O Capítulo 36 da Agenda 21 decorrente da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada em 1992, declara que a educação possui um papel fundamental na promoção do desenvolvimento

Leia mais

Caritas Diocesana de Portalegre Castelo Branco

Caritas Diocesana de Portalegre Castelo Branco géneros alimentares recebidos do Banco Alimentar Contra a Fome - Delegação de Portalegre, com o qual existe protocolo. Artigo 12º (Afixação de documentos) É da responsabilidade d@ Coordenador/a da Loja:

Leia mais

. Mestre em Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em Julho de 2003, com Bom com Distinção:

. Mestre em Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em Julho de 2003, com Bom com Distinção: Julho de 2003. Mestre em Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em Julho de 2003, com Bom com Distinção: Dissertação subordinada ao tema Contributo para o Estudo

Leia mais

RELATÓRIO RELATIVO À ACTIVIDADE NO ANO 2011

RELATÓRIO RELATIVO À ACTIVIDADE NO ANO 2011 RELATÓRIO RELATIVO À ACTIVIDADE NO ANO 2011 A ENTRAJUDA prosseguiu em 2011 a sua missão estatutária de apoiar as instituições de solidariedade com instrumentos e ferramentas de gestão e organização, para

Leia mais

TESTEMUNHOS SUMÁRIO. de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo. Boletim Informativo n.º 24. Setembro 2011

TESTEMUNHOS SUMÁRIO. de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo. Boletim Informativo n.º 24. Setembro 2011 Boletim Informativo n.º 24 Setembro 2011 SUMÁRIO TESTEMUNHOS de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo Pequenas histórias de pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias em prol dos outros,

Leia mais

Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário NRDC Bairro Guaíra Três de Maio RS

Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário NRDC Bairro Guaíra Três de Maio RS I - ABERTURA GERAL Três de Maio, próspero município, com 24 mil habitantes, predominantemente descendentes de alemães, italianos e poloneses, na região noroeste do Rio Grande do Sul, foi emancipado em

Leia mais

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA. Loja Social de Paredes de Coura. Regulamento

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA. Loja Social de Paredes de Coura. Regulamento MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA Loja Social de Paredes de Coura Regulamento Preâmbulo A pobreza e a exclusão social têm fortes efeitos no desenvolvimento da comunidade local e implicam o empobrecimento de

Leia mais

O que é Rotary? Tourigo, 22.10.2011 - R.C. Tondela 1

O que é Rotary? Tourigo, 22.10.2011 - R.C. Tondela 1 O que é Rotary? Rotary é uma organização de Líderes de negócios e profissionais que prestam serviços humanitários, fomentam elevado padrão de Ética em todas as Profissões e ajudam a estabelecer a Paz e

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2008

PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2008 PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2008 ÁREA ALIMENTAR GESTÃO DE SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO Formador: Eng. João Bruno da Costa TRIVALOR, SGPS NUTRIÇÃO Formador: Dr. Lino Mendes - ESTeSL - Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

Acordo de Parceria. Plano Estratégico Concelhio de Prevenção das Toxicodependências (PECPT)

Acordo de Parceria. Plano Estratégico Concelhio de Prevenção das Toxicodependências (PECPT) Acordo de Parceria Plano Estratégico Concelhio de Prevenção das Toxicodependências (PECPT) 1. O presente Acordo pretende formalizar a parceria a estabelecer entre a Câmara Municipal de Odivelas, através

Leia mais

Nº 22 - Agosto 2013 - GRATUITO. newsletter E I P D A AGENDA. copywright Escola Intercultural, empresa municipal

Nº 22 - Agosto 2013 - GRATUITO. newsletter E I P D A AGENDA. copywright Escola Intercultural, empresa municipal Nº 22 - Agosto 2013 - GRATUITO newsletter copywright Escola Intercultural, empresa municipal E I P D A ENSINO INTERVENÇÃO PARCERIAS DESENVOLVIMENTO AGENDA 01 EDITORIAL Somos o que fazemos É tempo de férias

Leia mais

O Ministério da Justiça da República Portuguesa e o Ministério da Justiça da República democrática de Timor - Leste:

O Ministério da Justiça da República Portuguesa e o Ministério da Justiça da República democrática de Timor - Leste: Protocolo de Cooperação Relativo ao Desenvolvimento do Centro de Formação do Ministério da Justiça de Timor-Leste entre os Ministérios da Justiça da República Democrática de Timor-Leste e da República

Leia mais

Programa da Rede Social CLAS Mesão Frio. Plano de Acção. O Plano de Acção do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de

Programa da Rede Social CLAS Mesão Frio. Plano de Acção. O Plano de Acção do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de O do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de Desenvolvimento Social, onde estão definidos alguns Projectos (com o desejo de uma projecção num futuro próximo), a serem desenvolvidos para se concretizarem

Leia mais

Ser empreendedor em Portugal é ser:

Ser empreendedor em Portugal é ser: Ser empreendedor em Portugal é ser: Um pouco louco; Muito curioso; Muito persistente; Capaz de arriscar de forma sustentada; É ter noção das limitações do mercado nacional e das potencialidades do mercado

Leia mais

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS Plano de Actividades e Orçamento Exercício de 2012 Plano de Actividades e Orçamento para o exercício de 2012 Preâmbulo: O Plano de Actividades do ano de 2012 foi concebido com a prudência que resulta da

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 2008.07.18

NOTÍCIAS À SEXTA 2008.07.18 NOTÍCIAS À SEXTA 2008.07.18 CAROS DIRIGENTES Num momento em que foram reveladas algumas previsões preocupantes quanto ao comportamento da nossa economia, quero dizer aos portugueses que isto é um tempo

Leia mais

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Criada em Setembro de 2005 em Sacavém, a Explicolândia Centros de Estudo tem sido ao longo dos anos, uma

Leia mais

UNIÃO DAS FREGUESIAS DE BAIXA DA BANHEIRA E VALE DA AMOREIRA ACTA Nº 45-UF/2014

UNIÃO DAS FREGUESIAS DE BAIXA DA BANHEIRA E VALE DA AMOREIRA ACTA Nº 45-UF/2014 UNIÃO DAS FREGUESIAS DE BAIXA DA BANHEIRA E VALE DA AMOREIRA ACTA Nº 45-UF/2014 12/11/2014 (Executivo) Aos doze dias do mês de Novembro de dois mil e catorze, pelas vinte e uma horas, na Sede da União

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO 2016. Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental

PROGRAMA DE AÇÃO 2016. Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental PROGRAMA DE AÇÃO 2016 Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental ÍNDICE I - INTRODUÇÃO... 3 II EIXOS/OBJETIVOS ESTRATÉGICOS... 3 III AÇÕES E ATIVIDADES... 4 IV AVALIAÇÃO... 4 V

Leia mais

EDITAL Nº 21/10. Regulamento

EDITAL Nº 21/10. Regulamento MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL EDITAL Nº 21/10 Regulamento - - - Frederico Fernandes Pereira, Presidente da Assembleia Municipal do Barreiro, torna público que, por deliberação deste órgão

Leia mais

Rotary Club Batatais BATATAIS ROTÁRIO ROTARY CLUB BATATAIS E O SUCESSO DO FESTIVAL DI SAN GENNARO. Nesta edição. e muito mais

Rotary Club Batatais BATATAIS ROTÁRIO ROTARY CLUB BATATAIS E O SUCESSO DO FESTIVAL DI SAN GENNARO. Nesta edição. e muito mais fff fff ffcacacaca BATATAIS ROTÁRIO Rotary Club Batatais Boletim Informativo Nº 04 Outubro de 2014 Distrito 4540 ROTARY CLUB BATATAIS E O SUCESSO DO FESTIVAL DI SAN GENNARO Aconteceu na Praça da Matriz

Leia mais

Representações Nacionais

Representações Nacionais Representações Nacionais ANEXO 4 2012 Janeiro Dia 4 -Cerimónia de Entrega de "Prémios por Obtenção de Resultados de Mérito Desportivo 2011" Dia 30 -Apresentação do Livro "Sports Law in Portugal" Dia 31

Leia mais

Noções Básicas do Rotary

Noções Básicas do Rotary Noções Básicas do Rotary www.rotary.org/pt/rotarybasics Guia de Envolvimento com o Rotary Bem-vindo ao Rotary! Agora você é parte de uma rede global de voluntários empresariais, profissionais e comunitários.

Leia mais

Projecto Nestum Rugby nas Escolas. Balanço 2009/2010

Projecto Nestum Rugby nas Escolas. Balanço 2009/2010 Projecto Nestum Rugby nas Escolas Balanço 2009/2010 No segundo ano (2009/2010) de implementação do projecto Nestum Rugby nas Escolas, projecto este que resulta da parceria entre a Federação Portuguesa

Leia mais

Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social. João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social

Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social. João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social Conferência "Compromisso Cívico para a Inclusão" Santarém, 14 de Abril

Leia mais

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder Revista de Imprensa 08-11-2010 DNA 1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder 3 - Diário Económico, 28-10-2010,

Leia mais

Rede Escolar Particular do Concelho de Sintra

Rede Escolar Particular do Concelho de Sintra Rede Escolar Particular do Concelho de Sintra Instituições sem fins lucrativos Escolas Moradas / Contactos Creche Rua da Lagoa, n.º 15 S. Carlos 2725-355 Mem Martins Tel.: 219214466 / Fax: 219221910 E-mail:

Leia mais

HÁ 7 ANOS A ACREDITAR EM MOÇAMBIQUE

HÁ 7 ANOS A ACREDITAR EM MOÇAMBIQUE HÁ 7 ANOS A ACREDITAR EM MOÇAMBIQUE Relatório de Apresentação 2012 Um projecto: O PUMAP é um programa de voluntariado constituído por estudantes de várias universidades de Lisboa, realizando-se através

Leia mais

Dois jovens que transitaram de ano e que faziam parte do grupo anterior, mantêm-se no projeto.

Dois jovens que transitaram de ano e que faziam parte do grupo anterior, mantêm-se no projeto. O COLINAS Dezembro 2015 Depois de umas merecidas férias, regressámos em setembro para receber os novos voluntários que se inscreveram para dar apoio aos nossos meninos. Com o apoio da Sr.ª Vereadora da

Leia mais