APAC Biblioteca de Lisboa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APAC Biblioteca de Lisboa"

Transcrição

1 APAC Biblioteca de Lisboa 100 años Cia. de los Ferrocarriles Vascongados, AS 100 Años de la Compañia Internacional de Coches Camas en España 100 Años de Tracción Eléctrica en los Ferrocarriles de Euskadi 100 Jahre elektriche eisenbahner in Osterreich 125 Jahre Henschel 150 Ans de Chemins de Fer en Suisse ans d'évolution téchnique aux chemins de fer belges 150 ars jubilaeum 150 years of main line railwyas : Historia Centenaria del F.C. Alicante - Murcia y Ramal de Edition: Facts and Figures 1998 HO Scale - Model Railroad Catalog 25 Anys d'història 25 Anys d'il.lusions 25 years of the Railways in People's Poland 26º Congresso da AICFF/UIC Discursos de Abertura e Encerramento 26º. Congresso da AICCF/UIC: Conclusões 31 de Agosto de Inauguração da Tracção Eléctrica em Lisboa Vista na Imprensa 50 Anos de Tracção Eléctrica - CCFL 50 Jahre Wuppertaler Schivebebahn 75ª. Exposição Restrospectiva do Turismo Português no Século XX A "Europabus", grande empreendimento turístico dos c.f. europeus, entrou... A Arte no Metro A Baixa de Lisboa A book of Model Railways A Casa Nobre do Braço-de-Prata A Catenária e as outras Instalações Fixas de Tracção Eléctrica A Civilização e os Transportes A Civilização e os Transportes A Companhia do Caminho de Ferro de Guimarães A Coordenação dos Transportes em Portugal A CP e a crise dos Caminhos de Ferro A dinâmica do futuro na experiência do passado A Economia e a Técnica nos Trasnportes A electrificação das Grandes Linhas A energia atómica e a exploração dos transportes por caminhos de ferro A Estação de Campanhã A estação Fluvial das Linhas Ferreas do Sul e Sueste A Europe dos Caminhos de Ferro A evolução da Oferta Monetária Portuguesa A Fábrica anos da CUF no Barreiro A Gestão Estratégica das Empresas Ferroviárias c/o Componentes de um Sist.. A Guide to Portuguese Railways A História e as Gentes de São Martinho das Amoreiras A History of the Electric Locomotive A Illustrated Guide to Modern Trains À L'Étranger A Liberalização do Mercado dos Transportes e a Posição das Empresas Ferrov. A Linha do Sul A Linha Férrea Porto, Póvoa e Famalicão: Contribuindo para a sua História A locomotiva Universal para a Europa - LE 5600 A Nova Ponte de Canelas A Potência de Transporte c/o Elem. Fundamental na Moderna Planif. Ferrov. A Publicidade em Portugal Através do Bilhete Postal Ilustrado A Questão Ferroviária A Segurança Problema Fundamental da Circulação A Tentative Check-list of Early European Railway Literature A Viagem Maravilhosa do Comboio A Vida da CP desde o Convénio de 1894 A Vida da CP desde o Convénio de Dificuldades e Soluções A Vila de S. Pedro de Rates e o Caminho de Ferro

2 A Volta ao Mundo em Comboio Abordagem à história do ramal Barreiro-Seixal Abordagem ao Estudo da Produtividade dos Recursos Humanos ( ) Acordo de Empresa 1996 Acordo de Empresa entre a CP, Caminhos de Ferro Portugueses e o Sindicato Aderência Patinhagem e Derrapagem Areeiros Adeus Mercês Administration des Chemins de Fer de l'etat ADTRANS - Information ADtranz: o mais completo fornecedor de sistemas ferroviários Aerial Ropeways AICCF(1) AICFF(2) Ainda as Linhas do Alto Minho - Resposta a um pamphleto difamatorio Album de Trenes de Viajeros Album de Vagones - RENFE Albuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique Alfredo da Silva - Biografia Algumas inst. recentes de sinal. e manobras de agulhas dos c.f. esp e franc Algumas Pistas para a Realização de um Estudo sobre um Museu Nacional Ferro Alguns aspectos do problema dos custos de produção do traqnsporte em c.f. Alguns Equívocos sobre a Industrialização do País Almanaque Familiar para 1875 Alsthom International Alta Velocidad en España Alta Velocidad: Linea Madrid-Sevilla Alto Douro: Douro Superior Always Building a Greater East Africa Amoreiras Gare - A sua história Amtrak America Catálogo dos Serviços da Empresa "Amtrak" Anexo ao Manual de Condução das Locomotivas Díesel-Eléctricas B-7-7 Anexo ao Manula de Condução das Locomotivas B'B'1500 de Angola Annuaire de la Féderation des Industries Ferroviaire Françaises Annual Report (1997) of the Danish Railway Agency Annual Report 1988 Anotações Pessoais sobre os Caminhos de Ferro a norte do Mondego Ante Projecto para o Metropolitano Ligeiro da Margem Sul do Tejo Antologia de Bracarenses Ilustres Anuário Anuário : 1942 Anuário CP Anuário de CP Anuario del Ferrocarril 1996 Anuario del Ferrocarril 1997 Apontamentos da 17ª. cadeira "Caminhos de Ferro" ARN.Jung Jungenthal Bei Kirchen/Sieg Leichte Lokomotiven Arqueologia & Indústria Arquivo de Cascais - Boletim Cultural do Município nº. 6 Arsrapport 1980 NSB Arsrapport 1981 Arthur Koppel Arthur Koppel 1898 As infraestruturas no T. F. Sub. em linhas de grande intedidade de tráfego As Infraestruturas no Transporte Ferroviário Suburbano em Linhas de Grande. As Linhas Ferroviárias do Dão e do Vouga em Retrospectiva As Locomotivas a Vapor em Portugal - Via Larga ASEA ASEA: Electric Multiple Unit Trains for Suburban and interurban service Asociacion de Amigos del Ferrocarril de Bilbao Assembleia Geral Ordinária Associação Para o Museu dos Transportes e Comunicações Associacion de Aficionados a los Ferrocarriles - Barcelona Association Europénne des Journslistes Ferroviaires

3 Atlantic Era Atlas of the World's Railways Auf Silbernem Bande Australian Steam Austria Automotoras ALLAN Automotoras NOHAB - Disp. "SERCK" p/ accionamento das ventoínhas de refrige Automotoras UDD 400 : Guia de Desempanagem Automotoras, Autocarros e Barcos Autorização de partida com sinal de manobras Auxiliar do Ferroviário Avaliação das Potencialçidades das Infra-Estruturas Ferroviárias na Região do Alentejo Avaliação das Potencialidades das Infra-Estruturas Ferroviárias do Alentejo Avaliação das Potencialidades das Infra-Estruturas Ferroviárias na Região do Alentejo (tomo I) Avaliação das Potencialidades das Infra-estruturas Ferroviárias na Região do Alentejo Vertente Turística Avaliação das Potencialidades das Infra-Estruturas Ferroviárias na Região do Alentejo Avaliação das Potencialidades das Infra-Estruturas Ferroviárias na Região do Alentejo Avaliação das Potencialidades das Infra-Estruturas Ferroviárias na Região do Alentejo Avaliação das Potencialidades das Infra-Estruturas Ferroviárias na Região do Alentejo Avaliação das Potencialidades das Infra-Estruturas Ferroviárias na Região do Alentejo Avaliação das Potencialidades das Infra-EstruturasFerroviárias do Alentejo Avaliação das Potencialidades das Infra-Estruturras Ferroviárias do Alentejo AVE: Alta Velocidad Española Aviso do Dep. do Movimento Baldwin Locmotives Baldwin Locomotives(1) Baldwin Locomotives(2) Baldwin Locomotives(3) Bases do Arrendamento dos CFE-SS e MD Bern Loetschberg Simplon - BLS(1) Bern Loetschberg Simplon - BLS(2) Big Boy e ELEGIVEL : Das Ende der Dempflok - Die in den USA BLS BLS - Bern - Loetschberg - Simplon Boletim Bibliográfico Boletim Bibliográfico CP Boletim Bibliográfico da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP

4 Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim da CP Boletim de Ligação Boletim do Arquivo Histórico de Moçambique Bom Jesus do Monte Boutique - Le Catalogue Bouw BR Diesel and Electric British Rail Motive Power British Railways Annual Report And Accounts 1990/91

5 British Railways: Lcomotives and Other Motive Power British Trains Buenavista - Gran Estacion Central de Pasajeros - México Buenos Dias Europa Building an International Official Car Bulletin de la Comission Internationale du Congrès des Chemins de Fer C.F.E. - Minho e Douro - Relatório da Direcção C.F.E. - Minho e Douro - Relatório da Direcção (1891 e 1892) C.F.E. - Minho e Douro - Relatório da Direcção (1893 a 1895) C.F.E. - Sul e Sueste - Resumos (1910 a 1911) C.F.E. - Sul e Sueste - Resumos (1914) C.F.E. - Sul e Sueste - Resumos (1916) C.F.E. - Sul e Sueste - Resumos (1918) C.F.E. Sul e Sueste - Resumos C.F.F. pour un anniversaire Cada Via com o Seu Uso Cada Roca com o seu Fuso Caderno para Legislação pertencente a Carlos da Costa Ribeiro Cahiers de l'institut de Science - Économique Apliquée Caminho de Ferro da Beira Alta Caminho de Ferro da Beira Baixa : 100 Anos Caminho de Ferro de Benguela Caminho de Ferro de Nacala Caminho de Ferro de Ponta Delgada às Furnas e Ribeira Grande Caminho de Ferro do Limpopo Caminho de Ferro na Ponte Sobre o Tejo em Lisboa Caminhos de Ferro Caminhos de Ferro Caminhos de Ferro de Ponta Delgada às Furnas e Ribeira Grande - S. Miguel Caminhos de Ferro do Estado - Legislação de 1904 a 1914 Caminhos de Ferro e Automóveis - sua Cooperação Caminhos de Ferro Portugueses Caminhos de Ferro Portugueses: Subsídios para a sua História Caminhos de Ferro Portuguezes - Subsídios para a sua História Caminhos de ferro sobre estrada - Pedidos de correcção de legislação Caminhos-de-Ferro em S. Tomé e Príncipe Cara. Principais e outros valores das Loc. Alsthom 1901/13, 1931/47 Carácter Tipográfico Cargomover: Just in Time Carris Formação Carta Demográfica de Portugal Cartes des Distances Kilométriques Catálogo da ADTRANZ, Portugal Catálogo da Exposição "O Caminho de Ferro Revisitado" Catálogo da exposição de trabalhos artísticos Catálogo de Bilhetes de Eléctrico, Autocarro, Elevadores e ----? Catálogo do Salão "Eurail Speed 95 - Lille (França) de 4 a 6 de Outubro de Catálogo Henschel & Sohn - Lokomotiv und Maschinen-Fabrik (1900) Catálogo para a Exposição Universal de Paris de 1900 da Hannoversche Maschinenbau - Egestorff CBTU - Companhia Brasileira de Trens Urbanos CCFL: Algumas datas marcantes Cem Anos a Ranger nas Calhas Cem Anos de Caminho de Ferro na Literatura Portuguesa(1) Cem anos de Caminho de Ferro na Literatura Portuguesa(2) Centenário del F.C. Madrid-Lisboa Centenary of the South Africa Railways ELEGIVEL Centro de formação do pessoal serviço de formação-taxação de mercadorias Chaine des Transports en Trafic Ferroviaire Marchandises Chemins de Fer 75 Chemins de Fer d' Interêt Local et Tramways Chemins de Fer de Paris a Lyon et a la Mediterranée Chemins de Fer de Salamanca à la Frontière Portugaise Chemins de fer et ports de commerce colonie de Moçambique Chemins de Fer: Superstructure

6 Cinemateca Portuguesa - Museu do Cinema Circulação de Comboios nas Linhas de Via Única, Exploradas em Regime de CTC Circular num 1 : Operaciones Contables de las Estaciones Class 50s at Work Coches Camas Restaurantes y Salones en los Ferrocarriles de la Pen. Ibérica Comboio e a Paisagem Comboios com histórias Comboios com histórias Comboios Históricos do Douro Comboios Históricos do Douro Comboios Históricos do Douro: regulamento da campanha 2003 Comboios Históricos do Douro: Comboios Portugueses - Um Guia Sentimental Comboios Rigorosamente Vigiados Comboios Turísticos e Históricos do Douro - Regulamento? 2000 Comboios, Estações e Apeadeiros Companhia Carris de Ferro de Lisboa Companhia do Caminho de Ferro de Benguela Companhia do Caminho de Ferro de Torres Novas a Alcanena Companhia Real dos Caminhos de Ferro Através de África Companhia Real dos Caminhos de Ferro Atravez de África Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses Condicionalismos Adm. do Tráfego International de Passageiros, Bagagens... Condition Survey Report on Oporto Tramcar 273 Condução com Sistema de Controlo Automático de Velocidade - CONVEL Congrès AICCF/UIC Congrés International des Chemins de Fer Congrés Internationale des Chemins de Fer Congresso 85 da ordem dos engenheiros Congresso Anual IATM - Assoc Intern. Museus Transportes e Comunicações Construção da Linha do Douro - Arbitragem sobre as reclamações da Empreitada Geral Construção da Linha do Tua Construção de Estradas de Ferro Construire L'Alta Velocitá Contabilidade de Tráfego Ferroviário Continental Modeller Continental Modeller Jan/Fev 1986 Jan/Fev 1988 Continental Modeller Mar/Abr 1988 Jan/Fev 1990 Continental Modeller Set/Out 1981 a Set/Out 1983 Contribuições para Estudo de Exploração da Rêde Ferroviária no Continente Português Contributo para a análise qualitativa do tráfego de passageiros por c.f. Contributo para o Est. de Viabilidade de um Comboio Turístico Lisboa-Sintra Conv. Internacional de Berne para Transp. de Mercadorias Coordenação Técnica entre os Caminhos de Ferrro e outros Meios de Transport Coordenadas para uma política de transportes e comunicações Couplings to the Khyber Cours de Mécanique Apliquée aux Machines CP - Boletim Folha Informativa CP - Caminhos de Ferro Portugueses - A Terra como Destino CP - Espécime dos Modoleos Utilizados Gestão Material Circulante, Mercadorias e Ute. Aux. Car. CP - Informação Estatística 1985 CP - Locomotivas CP - Relatório e Contas 1993 CP - Relatório e Contas 1998 CP - Relatório e Contas 2000 CP - Relatório e Contas de 2001 CP - Relatórios / 1971/1973/ 1975 CP - Segurança Ferroviária - Relatório Anual de 1984 CP - Segurança Ferroviária - Relatório Anual de 1985 CP - Segurança Ferroviária - Relatório Anual de 1986 CP - Serviço de Saúde CP A 4000 CP: Direcção do Pessoal

7 CP: Linha do Norte - Azambuja - Remodelação da Estação CP: Quadro das Distâncias em Quilómetros entre as estações,apeadeiros... Croatian Railways Annual Report 1998 Crónica da Fundação dos Caminhos de Ferro em Portugal Czech Railways Da Função Internacional do Caminho de Ferro (1) Da Função Internacional do Caminho de Ferro (2) Da Gestão Comercial Da Gestão Comercial - 1º Aditamento Da Gestão Comercial - 2º Aditamento Da Gestão Comercial - 3º Aditamento Da Reestruturação do Serviço Comercial Dados Técnicos e Estatísticos da SNCF Dalla Bayard All' ETR Sommario Storico delle Ferrovie dello Stato Dampf - Nostalgie '89 Dampflok - Foto - Safaris Damplokomotiven Geliebt und Unvergessen Dansk Industribaner Dansk Jernbaner Danske lokomotiver og motorvogne 1997 Das Jubiläum der Deutschen Eisenbahnen 1985 DB - Jubiläumsparaden De Spoorwegen van Midden-en Zuid-Europa Deliberações da AG da Associação Comercial de Lisboa contra a projectada edificação da estação do CFE-Ss no terr Deliberações sobre as propostas de Arrendamento das Linhas Ferreas dos CFE Departamento Comercial Der Grobe Handguch Deutscher Locomotiven Der Rigi und Die Arth-Rigi-Bahn Der Stählerne Weg Des Chemins de Fer au Point de Vue du Transport des Voyageurs et des Merchandises Des trains pour l'europe et autres trains européens Deutsche Waggonbau Aktiengesellschaft Diagnistic des perfomances des trains de passagers en Eurupe ( ) Diagnostic des Performances des Trains de Passagers en Europe Diagnóstico das Performances dos Comboios de Passageiros na Europa ( ) Dictionnaire des Chemins de Fer Die Ausriistung des Lokomotivkessels Die Eisenbahn-Jubiläen Die Eisenbahn-Technik der Gegenwart Die Eisenbahn-Technik der Gegenwart Die Eisenbahn-Technik der Gegenwart Die Eisenbahn-Technik der Gegenwart Die Eisenbahn-Technik der Gegenwart Die elektrische Ausr*ustung der Triebzuge BR 2300 Die Letzten Damplokomotiven Weteuropas Die Lokomotiven des Republik Österreich Dieseltriebzüge Dinamarca: a Rede Ferroviária Direccion de Seguridad - Memoria 1987 (RENFE) Directtissima Roma-Firenze Distrito de Lourenço Marques - Ind., Agricultura, Aspectos das Circunscri.. Div. Estudos e Relações de Trabalho - Previsões para 1986 Do Rossio a Campolide - A reabilitação de um túnel e de uma estação com História Do Rossio a Campolide - Estação e Túnel do Rossio Do Sitio da Junqueira Do You Really Know About Europe's Trains? Docklands Ligth Railway Documentação da Reunião Ordinária do Conc. Geral para o Museu dos Transportes e Comunicações Documentação sobre as UQEs 2300 DSB : DSB : The IC3 Train Early Pioneers East African Railways and Harbours - Working Tables East African Railways and Harbours Magazine

8 East Japan Railway Company Economia de los Transportes Educar... Eisenbahner: Fallen Nicht Vom Himmel Eisenbahn-Fahrzeuge-Fabrik Eixo Ferroviário Norte-Sul Eixo Ferroviário Norte-Sul: Ficha do Empreendimento El Camino de Hierro de la Habana a Güines El Ferrobús El Ferrocarril en España El Ferrocarril Metropolitano de Madrid El Sueño del Tren El Tren per la Pobla de Montornès i el Cent. del Fc. de Reus a Roda de Berà Electric Railways and Tramways Electric Traction Engineering ELECTRICAL COMMUNICATION Electrical Equipment for Urban Transport Systems - Siemens Electricity in Transport Eléctricos de Lisboa Eléctricos de Sintra Eléctricos Nova Geração Electrificação do Troço Pego-Abrantes Electrificação dos Caminhos de Ferro Portugueses Electrification de Paris-Lyon Electrification des Chemins de Fer Portugais Elementos Estatisticos dos Caminhos de Ferro do Continente de Portugal de 1877 a 1904 Elevador dos Guindais - Porto Ellettromotrici ed Electtrotreni Em Defesa de Uma Linha -.para o Museu dos Transportes Urbanos de Coimbra Empreendimento Campo Grande - Odivelas Empreendimento Pontinha - Amadora Este Encadernação Bastão-Piloto, número 1 a número 24 Encadernação Bastão-Piloto, número 109 a número 120 Encadernação Bastão-Piloto, número 144 a número 156 Encadernação Bastão-Piloto, número 157 a número 168 Encadernação Bastão-Piloto, número 169 a número 180 Encadernação Bastão-Piloto, número 181 a número 192 Encadernação Bastão-Piloto, número 193 a número 204 Encadernação Bastão-Piloto, número 205 a número 215 Encadernação Bastão-Piloto, número 216 a número 227 Encadernação Bastão-Piloto, número 25 a número 36 Encadernação Bastão-Piloto, número 37 a número 48 Encadernação Bastão-Piloto, número 49 a número 60 Encadernação Bastão-Piloto, número 61 a número 72 Encadernação Bastão-Piloto, número 73 a número 84 Encadernação Bastão-Piloto, número 85 a número 96 Encadernação Bastão-Piloto, número 97 a número 108 Enciclopédia Visual: Comboios Encuentro en Chamartin Engenharia de Transportes Entroncamento, o comboio, a terra e os Homens Erlebnis Bahn & Schiff (1) Erlebnis Bahn & Schiff (1) Erros e Curiosidades - Filatelia Temática de Caminho de Ferro Especif. Técnicas y Pliegos de Condiciones Unificadas de los Ffcc Franceses Esquema do Bastão Piloto Essais de Machines et Chaudières a Vapeur Estação da Figueira da Foz - Trabalhos de Remodelação Estação do Campo Grande Estação do Oriente Estações de Caminho de Ferro Através do Bilhete Postal Ilustrado Estações Ferroviárias Portuguesas em postais ilustrados antigos Estatutos da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses

9 Estradas e Caminhos de Ferro Estruturas Salariais (1982 e 1983) Estudo das Potencialidades das Infra-Estruturas Ferroviárias no Alentejo 1999) Estudo das Potencialidades das Infra-Estruturas Ferroviárias no Alentejo Estudo de Impacto AmbientalProjecto Lisboa-Algarve Troço K94 - Ervidal Estudo Sócio-Económico.Financeiro do Ramal da Lousã Estudos e Construção da Linha de Cintura do Porto ETCS - European Train Control System Étude de la Composition et de la Tendance des Moyens de Transport en Vue... EU Energy and Transport in Figures Eurofreight Euroilspeed 92 Europa y Las Nuevas Infraestructuras Ferroviarias Europabus - Uma nova manifestação da colaboração dos Caminhos de Ferro Europeus European Infraestructure 1993 European Timetable, June 1996 European Trams Eurorailspeed 92 Eurorailspeed 95 Eusrotren - Locomotora Zuzkadi Evolução dos Principais Indicadores da Função Pessoal Excertos do Livro de Viajante de 1880 Experiencias de Utilización Alternativa de Infraestructuras Ferroviarias... Exploração da Catenária Exposição de Modelos e Miniaturas Ferroviárias Exposição: O Caminho de Ferro (1) Exposição: O Caminho de Ferro (2) Exposição: O Caminho de Ferro Revisitado F. C. Glasser and R. Pflaum Fabrica de Locomotivas de Baldwin Facts about Danish Railways - DSB Facts About SJ Famous Trains of 20th Century Faro Ferbritas a 1991 Ferbritas - Curriculum Ferdouro - Ponte Ferroviária sobre o Douro Ferrivia Italiana dello Stato Ferrocarril Metropolitano de Barcelona, S.A Ferrocarril Minero de Rio Tinto Ferrocarriles en la Guerra Ferrocarriles Mineros de la Provincia de Huelva Feve Fiat Ferroviária - Pendolino Fiat Group Facts and Figures Fichas de Ferrocarriles en España - Vol III Fichas de Material Motor de Renfe en Galicia Confec. Segun Codigo Informati Fichas de Material Motor de Renfe en Galicia Confeccionadas segun Cód. Inf. Films Ferroviaires Finnish Motive Power Finnish State Railways 1978 First Trains Fontes Pereira de Melo Fontes Pereira de Melo Fotocópias de uma Colecção de Selos de Motivos Ferroviários FPI - Les Chemins de Fer Freight by Rail From the Footplate FS 84 FS...da Porta a Porta col Conrello Stradale Fund. Ferrocarriles Españoles - Selección Bibliográfica Año 1996 Galloway-Hill GAT - Museu Nacional Ferroviário

10 GEC - Traction: World Leaders in Traction Since 1823 GEC Alsthom - TGV Korea Genève-Aéroport: le train Gennem Danmark med Dancker Gente Singular Géographie des Chemins de Fer Geographie des Chemins de Fer Français GESCHAFTSBERICHT 1980 Global Coverage of the Railway Market Grande Vitesse: Un Réseau pour l'europe Grandes Vitesses Graveyard of Steam Great Trains Guia de Braga Turístico e Histórico Guia de Expedição de Material Vazio Guia de Portugal I, II Guia del Museu del Ferrocarril Guia do las Viges Más Hermosas en Tren Guia do Maquinista e do Fogueiro de Locomotivas Guia Expresso - Portugal de Comboio Guide to the Most Picturesque Railway Journey GWR Steam Hammelbanen Hedehusene og Jernbanerne Hedelards Veteranbane Materielfortgnelse Henschel: Bau - Feldbahn - Kleunbahn - und Industrie Lokomotiven High Speed Railways in Japan Present and Future High Speed Railways: A Network for Europe High-Speed Trains Histoire des Chemins de Fer Belges Histoire des Chemins de Fer en France Histoire des Chemins des Fer en France et dans le Monde História da camionagem no concelho de Almada Historia da The Baldwin Locomotive Works Historia de los Ferrocarriles Españoles Historia de los Ferrocarriles Españoles Historia del Ferrocarril en España: História do Eléctrico da carris História dos Veículos de Transportes Públicos da Cidade do Porto Histórias dos Cavalos de Ferro HO Basic Electrical Handbook HO Electrical Data Handbook Horário n.º 1 - LS - Circulação nas linhas de Sintra e Lisboa Horário N.º 1 - RN Hugarian Railways I Congresso Nacional de Transportes I Congresso Nacional de Turismo: Comunicação I Nostri Carri per le Vostre Merci IC3 A new Dimension in Train Technology... ICE: Intercity - Facts and Aspects IET N.º 51 - Tabela de Carga das Locomotivas Il Transporto Urbano a Venezia Il Treno in Casa Imagens do Caminho de Ferro do Monte - Madeira Inauguração da Ponte de São João Indicadores da Fuinção Pessoal - 1º. Trimestrew de 1986 Indicadores da Função Pessoal Indicadores da Função Pessoal - 1º. Trimestre de 1986 Indicadores da Função Pessoal - 4º. Trimestre de 1984 Indicadores Estatísticos do Pessoal - 2º. Trimestre de 1984 Indicateur Official Est INECO Informação Estatística

11 Informação Estatística - CP 1984 Ins. Gerais p/ Condução e Conservação dos Motores Diesel Gardner ("Drewry") Inst. Português do Património Cultural - Legislação s/ Arqueologia (3 vol) Installations de Sécurité du Chemin de Fer Hollandais Instrução de Exploração Técnica nº. 17: Transportes de Contentores Instrução de Exploração Técnica Nº. 2: Índice dos Textos Reg. em Vigor Instrução de Exploração Técnica Nº.51 - Tab. de Cargas das Loc. e dos Locot Instrução Geral de Sinalização Nº. 7 : Passagens de Nível Automáticas Instrução Geral Nº. 5: Serviço do Pessoal Graduado das Estações Instrução Técnica IT/DIF/01/94 Instruções de Sinalização Instruções para o Serviço de Revisão de Bilhetes Instruções para Socorros Urgentes a Feridos e Doentes Instruções para Socorros Urgentes a Feridos e Doentes Intercity - Passenger Railway without subsidy Intercity - West Coast Main Line Internatiional Train Service Fact Sheets EPS Intervenções em Estações da Linha do Norte Inventario de Líneas Férreas en Desuso Inventário do Museu Ferroviário Iron Dinossaurs Itinéraire des Gares Rurales Itinéraires Spécialment Demandés Jane's Freight Containers Jane's World Railways Jane's World Railways Jernbanearbogen Pa sporet af 1992 Jorge de Mello - Um Homem Jornal de Modelismo Journées d' Information sur la Traction Électrique par Courant Monophasé... Jugoslovenske Zeleznice Kobenhavns sporveje Kultog Til Gasvaerket L' Exploitation Commerciale des Chemins de Fer Français La colección del Museo La Construccion de Locomotoras de Vapor en España La Formation du Personnel La France a Voie Etroite La Locomotora La Machine a Vapeur La Magnífica Montaña 4600 Norte La Navigazione Urbana e Marittima nella Laguna Veneta La Nouvelle Liaison Transalpine Lyon-Turin La Politique Générale des Transports et ses Conséquences La Regie Autonome des Transports Parisiens - Notice Descriptive La SNCF - Organisation Générale Fonctionnement Importance Evolution La SNCF et la Grande Vitesse (1) La SNCF et la Grande Vitesse (2) La Voie Moderne Land Transport L'année ferroviaire L'Année Ferroviaire L'art de rouler en train Las Cifras del Tren L'Avenir des Chemins de Fer Europeens L'Avenir dans la Communauté Economique Européene L'Avenir des Chemins de Fer L'Avenir du Rail Le 75eme Anniversaire de la Compagnie Internationale des Wagons-Lits Le Droit Commercial Appliqué au Transport par Chemin de Fer Le Locomotive Eletriche delle FS Le Martyre du Banlieusard Le Matériel Roulant des Chemins de Fer Francais

12 Le Métro D'aujourd'hui Le Metro: Des Origines a Nous Jours Le Monde Fascinant des Trains Le Monteur de Lignes Électriques Le nostre automotrici (1) Le Nostre Automotrici (2) Le Nostre Locomotive Electtriche Le Réseau National desa Chemins de Fer Français Le Rigi et le Chemin de Fer Vitznau-Rigi Le Traction Mécanique des Tramways Le Trafic des denrees perissables et son org. sur les reseaux fer. europeen Le Train Leer: El Tren en el Cómic Legislação e Disposições Regulamentares sobre Caminhos de Ferro Legislação e Disposições Regulamentares sobre Caminhos de Ferro Legislação sobre Caminhos de Ferro L'Electrification en Courant Monophasé 50 HZ de la ligne Jadotville-Tenke L'Électrification Paris Marseille Lentz Les Chemins de Fer (1) Les Chemins de Fer (2) Les Chemins de Fer (3) Les Chemins de Fer a Faible Trafic Les chemins de fer au rendez-vous de Bruxelles Les Chemins de Fer Coloniaux en Afrique(1) Les Chemins de Fer Coloniaux en Afrique(2) Les Chemins de Fer Électriques Les Chemins de Fer en France (data?) Les Chemins de Fer en France 1972 Les Chemins de Fer en France Juin 1959 Les Chemins de Fer en France Mars 1955 Les Chemins de Fer Français Les Chemins de Fer Suisses ont Cent Ans Les Ecpériences de Morcenx Les Grands Trains Les Itinéraires Nationaux & Internationaux - Paris-Côte Basque-Pyrénées Les Locomotives Électriques a Grande Vitesse de la Compagnie P.L.M. Les Moteurs a Combustion Les Problèmes Économiques des Chemins de Fer des Pays Membres de... Les Tansports au Service mais non a la Charge de la Nation Les Tarifs de Chemins de Fer Les Tarifs des Chemins de Fer en Matière de Merchandises Les Trains à Grande Vitesse Les Trains du Tunnel Sous la Manche Les Trains en 1000 Photos Les Transports au Maroc Les Transports au Sol et l' Organisation de l'europe Les Transports Commerciaux LHL - Maschinenbau Light Railways Steamers and Historic Transport Linha ALFA Sobre País - Cem Anos de? Linha de Guimarães : a Luz do Túnel Linha de Odivelas - Eléctricos Articulados Linha do Douro - Remodelação do Troço Cête-Caíde Linha do Vale do Vouga reflexão e análise Linhas de Poesia - Antologia Linhas, ramais ou troços de via exploradas em regime de cantonamento autom. Lisboa em Movimento Lista de Fichas Técnicas de Vagões Cisternas da SAR Lista de Fichas Técnicas de Vagões da SAR Lista de Ref. de Material Circulante Ferroviária - SOREFAME Lista telefónica da CP (estações e departamentos) Listado de Trenes de Viageros

13 Liste de Descripteurs D'Economie des Transports Livre Blanc - Une Stategie Pour ELEGIVEL les Chemuns de Fer ELEGIVEL Livro sobre caminhos de ferro gregos Locomotivas 1400 e Carruagens Sorefame rumo à Argentina Locomotivas Alsthom B'B 2600 Locomotivas da CP Locomotivas Diesel e Eléctricas Locomotive Engineers of the LMS Locomotive Management Locomotives a Vapeur Locomotives by Chrithopher Chart Locomotives Diesel de Ligne de la SNCB Locomotives Électriques de la SNCB Locomotives Sans Fumée Locomotives: a Picture Survey Lomotivas Henschel L'Oragnisation du Transport des Chemins de Fer Français Los Ferrocarriles en España Los Ferrocarriles en Francia SNCF Los Ferrocarriles: un Invento que hizo realidad el supremo anhelo humano... Los Transportes Urbanos de Madrid de la Dictadura de Primo de Rivera Los Ultimos Gigantes Lourenço Marques - Aspectos da Cidade, Vida Comercial, Praia da Polana, etc Lourenço Marques - Edificios Públicos, Porto, Caminhos de Ferro, etc Lourenço Marques - Panoramas da Cidade Lungfranbahn Lustrande Antiguidades Madrid, ida y vuelta Malmö Elektriska Sparväg 100 Äg Manica e Sofala - Companhia de Moçambique: a Cidade da Beira; Asp. Territór Manual da Organização Geral - CP Manual de Asiento e de Conservacíon de Vias Férreas Manual de Condução das Locomotivas Diesel-Eléctricas "Alsthom" V.E. Manual de Condução das Locomotivas Diesel-Hidráulicas Angola Manual de Condução das Locomotivas General Electric Modelo U20C Manual de Condução de Automotoras NOHAB Manual de Condução de Locomotivas a Vapor Manual de Condução de Locotractores "SENTINEL" Manual de Condução: Locomotivas Eléctricas "Alsthom" Manual de Instrução de Codução - Locomotiva Diesel Eléctrica 1370 Märklin 125 Jahre Maschinenbau-Gesellschaft Karlsruhe Masterpieces in Steam Material Circulante sobre Carris - STCP (1) Material Circulante sobre Carris - STCP (2) Material das Linhas Ferreas Portuguezas Material e Tracção: Ordens da Direcção do Sul e Sueste , 23, 26 e 27 Material e Tracção: Ordens da Direcção do Sul e Sueste Material Ferroviario Español Material Proposto para o Museu Nacional Ferroviário Material y Tracción La Locomotora de Vapor McCann-Erikson Memória Descritiva do Traçado entre Coimbra e Santa Comba Dão e da variante entre Celorico e Villa Franca das Na Memoria por la Comission Especial el Plan General de Ferrocarriles Memórias - A Alma do Pvo Memórias da Linha de Cascais Memórias de Ferroviários de Pinhal Novo - Para a História da Vila e da Comunidade Ferroviária Metre Gauge Railways in the South and East Switzerland Metro Bilbao - Espanha Metro de Madrid- Cuentas Anuales e Informe de Géstion 1993 metro Ligeiro de Superfície - Circulares Externa e Interna Metro: Enre na Primeira Estação Metropolitano de Lisboa

14 Metropolitano de Lisboa: Expansão da Rede Mezinárodni Spoje CSR Midland Album Minas de Aljustrel Minas de s. Domingos: génese, formação social e identidade mineira Mio Pequeños Trenes Mobilidade na Área Metropolitana de Lisboa: Perspectivas e Propostas Mobilidade na Área Metropolitana de Lisboa: Perspectivas e Propostas Model Railroad Photography Model Railroad Model Railroad Model Railroads Model Railwaw Constructors Annual 1982 Model Railway News Model Railways Modern Railways Moderne Streken und schnelle Züge - ein Konzept für die Zukunft Modernisation des Travaux de Voie en U.R.S.S. Monografia do Vale do Vouga Monografias Ferroviárias/1 La Velocidad Morocco - Public Works MPB Limited: Capability and Expérience Musée Français du Chemin de Fer Musée Français du Chemin de Fer Museo Nazionale Ferroviario di Napoli Pietrarsa Museu Ferroviário Museu Nacional Ferroviário Museu Nacional Ferroviário - Estudo Prévio Museu Nacional Ferroviário - Tiragem Corporativa Museu: 1ª. Reunião do Conselho Geral Não Antepôr o Plano à Política Narrow Gauge Railways Narrow Gauge Railways of Portugal NAT - Associação Industrial Portuguesa Navarra y el Tren Netherlands Railways Nó Ferroviário do Porto No Mundo Inteiro as Est.Ferro e Firmas Empr. Confiam em Máq. Ferr. Plasser Nº. de Junho 86 do Bastão Piloto (provas p/ revisão) Noções de Física Noções de Mecânica e Motores Nomenclatura de Locomotivas a Vapor Nordens Järnvägar 1981 Normas de Manutenção de Automotoras Normas Internas de Equipamento de Protecção Individual Normas para a Notação Profissional: Pessoal dos Comboios North Western Railway Year Book of Information North Western Railway Year Book of Information Nos Chemins de Fer au Service du Pays (1) Nos Chemins de Fer au Service du Pays (2) Nos Trilhos dos Cavalos de Ferro Nos Vicinaux Nota Justificativa do Regulamento de Electrificação e Registo do Material Circulante Notas sobre Transportes Notas Sobre Transportes - Caminhos de Ferro Notice sur l'installation des appareils de bloc et des appareils pour la manoeuvre centrale des signaux et des aiguilles Notícias Sobre o Estabelecimento Minero de S. Domingos (1868 a 1880) Notions de Matériel Roulant de Chemin de Fer Nouveau Pont Rail sur le Fleuve Douro et Chemin de Fer à 2 Voies entre... Novas Técnicas de Construção e Conservação de Via Noventa Anos de Carros no Porto O alargamento, para um metro, da Linha do Porto à Póvoa e Famalicão O Caminho de Ferro de Benguela e o Desenvolvimento da África Austral

15 O Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios (2) O Caminho de Ferro e o Estado O Caminho de Ferro Elemento de Turismo O Caminho de Ferro Instrumento Económico, Nacional e Humano O Caminho de Ferro na Filatelia O Caminho de Ferro na Filatelia O Caminho de Ferro na Região do Douro e o Turismo O Caminho de Ferro Revisitado O Car. acess. nec. «transporte» e as cond. e os métodos... O Comboio do Tempo O Desenv. da Rede Ferrov. Portuguesa e as Relações com Espanha no Séc. XIX (1) O Desenv. da Rede Ferrov. Portuguesa e as Relações com Espanha no Séc. XIX (2) O Douro O Elevador do Bom Jesus do Monte O Elevadordos dos Guindais O Ferro de Moncorvo e o seu Aproveitamento através dos Tempos O Livro da Carris O Metropolitano e a Baixa de Lisboa: Condições Geotécnicas e Históricas O Papel do Caminho de Ferro nos Transportes Suburbanos O Papel do pessoal de estação nas relaçõe públicas O Porto - Origem, evolução e transportes O Problema do Risco nos Transportes em Vagões Descobertos O Problema dos Caminhos de Ferro O Problema Nacional dos Caminhos de Ferro O Problema Nacional Ferroviário e a Coordenação dos Transportes O Resgate da Concessão de 1906 à "Carris" do Porto O Sector dos Transportes em Portugal O Seu Nome É Vitória O Tráfego Ferroviário no 1º Semestre de 1951 Officinas de Locomotivas de Baldwin - Locomotivas e sus Pertences Orçamento do Fundo Especial para o ano económico de Organigrama do Departamento Comercial Organização do Departamento Comercial Os "Deficits" da CP (1ª Paryte) - Receitas e Despesas Os C. F. na Organização Nacional dos Transportes e do Turismo Os Caminhos de Ferro do Vale do Vouga Os Caminhos de Ferro e a Exportação Nacional Os Caminhos de Ferro Portugueses Os Caminhos de Ferro Portugueses Os Eléctricos de Lourenço Marques (1) Os Eléctricos de Lourenço Marques (2) Os Grandes Meios de Transporte Os Ramais Particulares da Rede Ferroviária Os Rios e as Montanhas Transformam-se em Passagem (China) Os Transportes Públicos de Lisboa entre 1830 e 1910 Os Velhos Eléctricos do Porto Outras terras-a Europa viajada a leste P.A.O.N.G.A. - Regulamento Pa Sporet af 1994 Pa sporet af 1995 Pa Sporet of 1993 Pa SPORETAF Cibog om dans ke jernhaner Palestra em Coimbra Pampilhosa - Origem do Lugar do Entroncamento Parecer acerca de plano da rede ferroviária em 1899 Parecer da Comissão Superior de Guerra acerca do plano da rede ferroviária a norte do Mondego em 1899 Parecer da comissão superior de guerra acerca do plano da rede ferroviária ao sul do Tejo em 1899 Parecer da primeira classe do Plano da Rede Complementar de caminhos de ferro entre o Mondego e o Tejo Parecer Sobre as Locomotivas a Vapor Existentes em Vila Nova de Gaia Passenger Trains Pequena História dos Caminhos de Ferro Pequena Velocidade-Classificação Geral de mercadorias, animais e veículo Perfil Longitudinal da Linha de Torres Vedras à Figueira e Alfarellos

16 Perspectivas do Desenvolvimento Ferroviário em Portugal Perspectivas Energéticas para o ano 2000 Pictogramas utilizados nas estações e no material circulante Planeamento de Recursos Humanos - Previsões para 1985 Plano do Museu dos Transportes e Comunicações Plano de Acção a Médio Prazo do Dep. de Tráfego Comercial Plano de Actividades e Orçamento de Exploração e de Investimentos Plano de Actividades e Orçamentos de Exploração e de Investimentos Plano de Actividades, Orçamento de Exploração e de Investimentos para 1984 Plano de Reabilitação Ferroviária Plano Estratégico de Recuperação Económica e Financeira da CP ( ) Planos de Actividades e Orçamento da Exploração e de Investimentos Plantas de modelos de eléctricos de Lisboa Política Económica Internacional de Transportes Políticas da Tarifação dos Transp. de Mercadorias pelo Caminho de Ferro Ponte Ferroviária sobre o Rio Douro Ponte Maria Pia Ponte Sobre o Rio Douro e seus Acessos (1) Ponte Sobre o Rio Douro e seus Acessos (2) Por los Caminos de hierro Bundersideetan Zeha Port and Railway of Beira Port of Lourenço Marques Porto - Caminhos e Memórias Porto de Leixões - Fotografias Porto e Caminhos de Ferro de Lourenço Marques Porto of Beira Portos e Caminhos de Ferro da Beira Portos e Transportes de Angola Portos e Transportes de Moçambique Portos Secundários de Moçambique Portugal Pa Skinner Potencialidades das Infra-Estruturas Ferroviárias da Reigião do Alentejo Prefácio do Catálogo Nº. 101 Prescrições sobre carga de vagões Previsões de Tráf. de Passageiros e Mercadorias (até 1982) e de Tráf.(83-90 Primeiro Congresso Nacional Ferroviário Primórdios dos Caminhos-de-Ferro em Portugal - O Milagre dos Carris Privatbanerne Gennew 150 Ar Problèmes et Tâches d'avenir des Chemins de Fer Européens Prog. Ambiente P/ Org. Não Governamentais e Ambiente - Guia de Candidatura Projecto da Linha do Sul Lisboa-Algarve Projecto de Modernização da Linha do Norte (1) Projecto de Modernização da Linha do Norte (2) Projecto de Modernização da Linha do Norte (3) Projecto de Modernização da Linha do Norte (4) Projecto de Modernização da Linha do Norte (5) Projecto de Modernização da Linha do Norte (6) Projecto de Prolongamento do Barreiro a Cacilhas Projecto de Regulamento de Carreiras e Funções Projecto de remodelação do troço Caíde a Marco Projecto dos Eléctricos Rápidos - CCFL Prop de Linhas Gerias de um Porg. de Acção p/ Assoc. p/ Museu dos Transp... Proposition pour un Reseau Europeen a Grande Vitesse Proposta de Organização dos caminhos de Ferro - Relatório do Ministério do Equipamento, do Planeamento e da Ad Propostas para o Arrendamento das Linhas Ferreas dos CFE Quadros das Distâncias entre Estações, Apeadeiros, Paragens e P. Frontei...(1) Quadros das Distâncias entre Estações, Apeadeiros, Paragens e P. Frontei...(2) Quadros Distâncias Quilom. de Aplicação nas Linhas e Ramais do Sul e Sueste Questions de Chemin de Fer Raças, usos, costumes indígenas e alguns exemp, da fauna moçambicana Rail International - Actes Railroad and Warehouse Commission of the State of Illinois Railroading with Caterpillar Tractors

17 Railroads of North America Rails of Manchester RAILWAY ACCIDENT - Report on the Collision that occured on 16th January 1982 in East Croydon station Railway Directory Year Book Railway Electrification in Japan Railway History Railway Locomotives and Rolling Stock RAILWAY SAFETY Railway Signalling and Communications Railway World Railway World 1977 Railway World 1979 Railway World Annual 1980 Railways at the Turn of the Century Railways at the Zenith of Steam Railways in the Formative Years Railways in the Transiction from Steam Railways in the Transition from Steam Railways in the Years of Preminence Railways of Canada Railways of New Zealand Railways of North Africa Railways of the Modern Age Since 1963 Railways Restored 1980 Railways: Past, Present & Future Rallaren Raport Ro---ELEGIVEL PKP 2000 Rapport d'activité Rapport d'activité 1995 RAVE - Relatório e Contas 2007 RAVE - Relatório e Contas 2008 Realidades y Perspectivas del Transportre por "Containers" Realites Industrielles Record Mondial de Vitesse sur Rails Reflexões Sobre Rendimentos e Custos da Exploração Ferroviária Règlement concernant les locomotives électriques - Cf Suiços Regras e Programa a que deve subordinar-se a intrução do Pessoal de Estaçõe Regras e Programa a que deve subordinar-se a intrução do Pessoal de Trens Regulação Colectiva de Trabalho dos Trabalhadores dos Caminhos de Ferro Portugueses Regulação da Circulação dos Comboios Regulamento da Secção de Problemas Recreativos do Boletim da CP Regulamento Geral de Segurança - V: Frenagem dos Comboios Regulamento Geral de Segurança : Generalidades Regulamento Geral de Segurança da Circulação Regulamento Interno: Estatutos da Secção Filatélica da APAC Regulamento para a condução de Unidades Motoras Rel. e Prog. de Trab. a Executar nas Linhas do Minho e Douro e Sul e Sueste Relatório da Direcção Geral 1974 Relatório de Actividades de 1990; Plano de Projecção de 1991 Relatório de Contas RAVE Relatório de Gestão e Contas 1975, CFF - SBB Relatório de Sustentabilidade 2006 Relatório do Conselho de Administração da CP Relatório e Contas Carris Relatório e Contas 1996 Relatório e Contas AMTC Relatório e Contas 2003 Relatório e Contas Metro do Porto Relatório e Contas Rave Relatório e Contas AMTC 2004 Relatório e Contas CP 2002 Relatório e Contas CP:Exercicio de 1967 Relatório e Contas da CP 1994

18 Relatório e Contas de CCFL Relatório e Contas de 1997 dos Caminhos de Ferro Portugueses Relatório e Contas de 1998 do Museu dos Transportes e Comunicações Relatório e Contas de 2004 Relatóriode Actividades do Museu dos Transportes e Comunicação Relatórtio e Contas da Carris de 2001 Reliable Traction Distributing Systems for Rapid Transit Remodelação da Estação de Lisboa-P Renfe - Parque Motor Vol. I Renfe - Parque Motor Vol. II Renfe - Parque Motor Vol. III Renfe - Parque Motor Volume II RENFE 252 La Tracción Eléctrica Renfe Annual Report 1988 Renfe en 1983 Renfe en 1984 Renfe en 1985 Renfe Memória 1983 Réseau Ferré Suisse Retro: Trains, Locomotives, Coaches, Museums, Tourist routes in Poland Reuniões do Comité de Gestão da UIC (1993) Revista "Pedra e Cal" - Os Caminhos de Ferro Como Património Cultural Revista "Pedra e Cal" - Pontos que Fazem História Revista Espanhola Revue de Presse Internationale Révue Génerale des Chemins de Fer Revue Générale des Chemins et des Tramways RGS XII - Serviço nas vias interditas à circulação RGS: Sinais RHB: Rhätische Bahn Rigi Rodamientos de Rodillos FAG para Ejes de Vehículos Ferrocarriles Roteiro da Mina - Mina de São Domingos Russian Steam Locomotives S.N.C.F.B.: Specification Technique SAB - Bromsregulator Santuário da Senhora da Nazaré - Apontamentos para uma cronologia Saxoniawerk Science et Vie: Les trains du XXI siécle Sciencia e Indústria Ano I 1926 Sciencia e Indústria Ano II 1927 Scottish Railways Segurança e Protecção CP-1989 Segurança e Protecção CP-1990 Segurança Ferroviária - Relatório Anual de 1984 Servicio Militare de Ferrocarriles Serviços Médicos nos Transportes Ferroviários Sesam Stasjan Sete Rios/Ponte de Santana : Estudo de Impacte Ambiental Seven Years of Transport and Comm. in the Egyptian Region of the UAR Siemens Siemens - O futuro de uma empresa com passado - 90 anos em Portugal Siemens - Realtório e Contas '91 Siemens: equipamento eléctrico das UQEs - Série para a CP Simpósio sobre Compactação dos Solos Sinalização da Estação do Louriçal SNCF SNCF en quelques chiffres SNCF - Max le Privé SNCF - Nouvelle Génération de Matériels SNCF - Raport d'activité 1983 SNCF - Rapports 1981 SNCF - Saxo dans le Train (1)

19 SNCF - Saxo dans le Train (2) SNCF - TGV (1) SNCF-TGV (2) Sobre-equipamento no sector dos Transportes Terrestres Societes Promotrices du "Eurotren Monoviga" Sorefame: Material Circulante de Caminho de Ferro South African Railways & Harbours & Airways Book Southern Region Steam Soyez les Bienvenus en Tchecoslovaquie SPEAR Spoorwegtechniek Het Rollend Materieel Stainless Steel - Sorefame Steam in Africa Steam in the Landscape Steam Locomotives Steam Locomotives of the South African Railways (1) Steam Locomotives of the South African Railways (2) Steam Paseenger Srevice Directory Including Electric Units and Museums Steam Railways Steam Railways of Britain Steam Safari Steam Trains Steam's Indian Summer Storia del Mostro (1) Storia del Mostro (2) Strecken in die Zukunft Subsídios para a História dos Transportes Terrestres em Lisboa no Século XIX Sudan Railways Working Time Table Suomen Rautatiemuseo - Finnish Railway Museum Svenska Iok Och Motorvagnar Sverige Pa Spar Tabela de Frenagem de Comboios de Mercadorias munidas somente de Freio Manual Tabela de Preços das diferentes peças do material circulante Table of Locomotives Tableau C Voyageurs - Distances kilométriques... Talgo (1) Talgo (2) Talgo "De un sueño a la alta velocidad" Talgo Pendular (1) Talgo Pendular (2) Tarifa Geral de Transportes: Passageiros e Bagagens Tarifa Geral dos Transportes:Mercadorias Tarifas e Coordenação de Transportes Tatatlan, Tatatlan y otros cuentos ferroviarios Técnicas de Modelismo Tecnologias Nacionais em Sinalização Ferroviária Teleindicadores de Partida e Chegada dos Comboios Temas Ferroviários - Revista Técnica Temas Ferroviários - Volume 4 Ter Amigo e Tren Terminal do Açúcar do Porto de Lourenço Marques Terminal Multimodal do Vale do Tejo TGV - L'Antlantique a 300 Km/H TGV Atlantique The 1997: Calendar Collection The Aspen Troley The Birth of British Rail The Brown Book The Class 50 Story The Dawn of World Railways The Fast-Train The Flying Scotsman The Golden Years

20 The Great Book of Trains The Great Way West The Growth of New Zealand Railways The History of Transportation Auction The Intercity A new generation of high speed electric trains The Light Railway Railcar in Western Europe The Limited The LNWR Precursor Family The Locomotive and Carriagehall in Tomteboda The Main Line Electrification - BR The Major Construction of TGV Nord The means of transport of the future The National Railway Museum The National Tramway Museum The National Tramway Museum The New Turin-Lyon Transalpine Connection The Picture Book of Trains The Pocket Encyclopedia of British Steam Locmotives The Port of Lobito and the Benguela Railway The Railway and Its Future Problems The Railwayman's Diesel Manual The Regulation of Railways The South Eastern and Chatham Railway The Steam Locomotives of Eastern Europe The Steam Locomotives of Yugoslavia The Tramways of Portugal - 1st edition The Tramways of Portugal - 4th. Edition The trans siberian rail guide The Union Pacific Tyle - Vol. 2 The Victoria Line The Wonder Book of Railways Timbres Ferroviaires Tokyn's Finest Products of Rolling Stock Towards Sustainable Mobility TOWARDS SUSTAINABLE MOBILITY Trabalho Sobre a APAC - Realizado por dois Alunos da Faculdade de Psicologia e de Ciências de Educação da Unive Traction Eléctrique (1) Traction Électrique (2) Traction Guide Book for Model Railroaders Trafic des Merchandises en Wagons Complets Train de Plaisir Train Disasters Trains Trains and Railways Trains and Railways Volume I Trains Around the World Trains in Colour Trains in the Eighties Trains in the Eights (1) Trains in the Eights (2) Trains in the Eights (3) Trains in the Eights (4) Traité Complet des Chemins de Fer Traité des Chemins de Fer Traité d'exploitation des Transports Traité Pratique de l'entretirn et de l'exploitation des Chemins de Fer Tramhorse Tranportation for a World on the Move : ABB Transport - Its History and Economics Transport Equipment Transport Logistique Transport Militaires par Chemins de Fer Transport Unique

Carris de ferro em Portugal

Carris de ferro em Portugal www.ocomboio.net Carris de ferro em Portugal Texto de António Alves (Abril 2009) Fotografias de Dario Silva Ponte São João (Porto~Gaia), Linha do Norte, 2006 Há 152 anos, em 28 de Outubro de 1856, foi

Leia mais

Linha do Oeste. Comboios em Portugal (fotografia e história) (A Linha do Litoral Centro)

Linha do Oeste. Comboios em Portugal (fotografia e história) (A Linha do Litoral Centro) Comboios em Portugal (fotografia e história) Linha do Oeste (A Linha do Litoral Centro) Novembro de 2007 http://combport.pt.to Texto: João Pedro Joaquim Fotos: João Pedro Joaquim Embora actualmente seja

Leia mais

Locomotivas 2600 CP nos Mercadorias Maio de 2007

Locomotivas 2600 CP nos Mercadorias Maio de 2007 Comboios em Portugal (fotografia e história) http://combport.pt.to Locomotivas 2600 CP nos Mercadorias Maio de 2007 Texto: João Pedro Joaquim Fotos: João Pedro Joaquim Nota Introdutória As locomotivas

Leia mais

Ver também Túnel do Canal da Mancha.

Ver também Túnel do Canal da Mancha. Estrada de ferro, Sistema de transporte sobre trilhos, que compreende a via permanente e outras instalações fixas, o material rodante e o equipamento de tráfego. É também chamado ferrovia ou via férrea.

Leia mais

REDE DE MERCADORIAS E ALTA VELOCIDADE

REDE DE MERCADORIAS E ALTA VELOCIDADE REDE DE MERCADORIAS E ALTA VELOCIDADE Com a criação da CEE, as trocas comerciais entre membros sofreram enormes aumentos de tráfego, tendo as empresas a oportunidade de aceder a um mercado muito mais vasto.

Leia mais

METRO DO PORTO. Melhoria da mobilidade. Foto do site da Bombardier

METRO DO PORTO. Melhoria da mobilidade. Foto do site da Bombardier METRO DO PORTO Melhoria da mobilidade Foto do site da Bombardier Rui Site: Rodrigues www.maquinistas.org (Ver Opinião) Email rrodrigues.5@netcabo.pt Data: Público, 15 de Dezembro de 2003 METRO DO PORTO

Leia mais

Jornadas do Socialismo 2010 Braga, 28 e 29 de Agosto Heitor de Sousa, Economista de Transportes

Jornadas do Socialismo 2010 Braga, 28 e 29 de Agosto Heitor de Sousa, Economista de Transportes Jornadas do Socialismo 2010 Braga, 28 e 29 de Agosto Heitor de Sousa, Economista de Transportes 1 Pressupostos e condicionantes Estratégia de Mobilidade nacional para o transporte de passageiros e de mercadorias:

Leia mais

RELATÓRIO. Os Comboios em Portugal

RELATÓRIO. Os Comboios em Portugal RELATÓRIO Os Comboios em Portugal Comboios de Mercadorias Grupo CIV212: Ana Correia José Henriques Luís Moreira Miguel Cunha Miguel Seixas Nuno Pereira 1 Resumo Sendo o tema do projecto Os Comboios em

Leia mais

O SISTEMA DE. Álvaro Seco SISTEMA DE MOBILIDADE DO MONDEGO

O SISTEMA DE. Álvaro Seco SISTEMA DE MOBILIDADE DO MONDEGO O Álvaro Seco ÍNDICE 1. Resenha Histórica 2. O Presente Mudança de Paradigma Breve Descrição da Rede 3. O Faseamento do Projecto 4. Os Desafios Futuros 1. RESENHA HISTÓRICA 1 RESENHA HISTÓRIA O PROBLEMA

Leia mais

Investimento na Rede Ferroviária Nacional 2009-2013

Investimento na Rede Ferroviária Nacional 2009-2013 Investimento na Rede Ferroviária Nacional 2009-2013 Porto, 1 de Outubro de 2009 António Viana 2 Plano da Apresentação Missão OESF 2006 Investimentos 2009-2013 3 Missão da REFER Proporcionar ao mercado

Leia mais

Construcciones y Auxiliar de Ferrocarriles S/A

Construcciones y Auxiliar de Ferrocarriles S/A Construcciones y Auxiliar de Ferrocarriles S/A História Origens há 150 anos 1860 Fundada na Espanha a Fabrica de Hierros Sán Martin 1892 Nasce também na Espanha, La Maquinista Guipuzcoana 1905 Esta constrói

Leia mais

www.italplan.com European Company Copyright 2005 Italplan Engineering, Environment & Transports S. p. A. Italy - All Rights Reserved

www.italplan.com European Company Copyright 2005 Italplan Engineering, Environment & Transports S. p. A. Italy - All Rights Reserved www.italplan.com European Company Copyright 2005 Italplan Engineering, Environment & Transports S. p. A. Italy - All Rights Reserved Quem Somos A Italplan é uma sociedade italiana de engenharia com grande

Leia mais

Energy for Smart Cities. Estoril, 29 de Novembro de 2012

Energy for Smart Cities. Estoril, 29 de Novembro de 2012 Smart Investments for Smart Cities Energy for Smart Cities Estoril, 29 de Novembro de 2012 Agenda Quem somos Mobilidade Ambiente O que querem os Consumidores de Mobilidade Reflexão conjunta sobre onde

Leia mais

Fernando Nunes da Silva Professor de Urbanismo e Transportes no IST. Câmara Municipal de Sines Maio 2008. 2008 - Prof. Fernando Nunes da Silva

Fernando Nunes da Silva Professor de Urbanismo e Transportes no IST. Câmara Municipal de Sines Maio 2008. 2008 - Prof. Fernando Nunes da Silva Fernando Nunes da Silva Professor de Urbanismo e Transportes no IST Câmara Municipal de Sines Maio 2008 PDM de Sines Sistema de Transportes e Acessibilidades DESENVOLVIMENTO REGIONAL / NACIONAL População

Leia mais

O Projecto de Alta Velocidade em Portugal. Lisboa, 17 de Novembro de 2008

O Projecto de Alta Velocidade em Portugal. Lisboa, 17 de Novembro de 2008 O Projecto de Alta Velocidade em Portugal Lisboa, 17 de Novembro de 2008 Sinopse Histórica Sinopse Histórica Dez/2000 Criação da RAVE Jan/2001 Criação do AVEP Jun/2002 Início dos Estudos de Viabilidade

Leia mais

NOVOS INVESTIMENTOS NA FERROVIA ESTRATÉGIAS E ARTICULAÇÃO INTERMODAL 9 DE NOVEMBRO DE 2015

NOVOS INVESTIMENTOS NA FERROVIA ESTRATÉGIAS E ARTICULAÇÃO INTERMODAL 9 DE NOVEMBRO DE 2015 NOVOS INVESTIMENTOS NA FERROVIA ENQUADRAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DA REDE TRANSEUROPEIA DE TRANSPORTES E DO MECANISMO INTERLIGAR A EUROPA JOSÉ VALLE / CEETVC ORIENTAÇÕES BASE DO PROGRAMA DA CEETVC PARA O

Leia mais

de serviço suburbano, mercadorias, médio e longo curso e o prestigiado serviço Intercidades.

de serviço suburbano, mercadorias, médio e longo curso e o prestigiado serviço Intercidades. O Comboio em Portugal Departamento de Informática Universidade do Minho Campus de Gualtar 4710-057 BRAGA Telefone: 253.604457 Fax: 253.604471 http://ocomboio.net 003 locomotivas milequatrocentas e carruagens

Leia mais

Património, gastronomia, natureza, cidades, praia enfim, uma multiplicidade de oferta turística e cultural para conhecer, sempre a viajar de comboio.

Património, gastronomia, natureza, cidades, praia enfim, uma multiplicidade de oferta turística e cultural para conhecer, sempre a viajar de comboio. 2015, o ano de lançamento deste divertido projeto pessoal que na prática sempre foi o nosso hobby preferencial: comboios, mais precisamente, viajar de comboio por essa imensa Ibéria de cenários paisagísticos

Leia mais

TRANSPORTE INTERMODAL. Os diferentes modos de transporte deverão funcionar como peças de um puzzle, que se encaixam harmoniosamente

TRANSPORTE INTERMODAL. Os diferentes modos de transporte deverão funcionar como peças de um puzzle, que se encaixam harmoniosamente TRANSPORTE INTERMODAL Os diferentes modos de transporte deverão funcionar como peças de um puzzle, que se encaixam harmoniosamente Rui Rodrigues Site: www.maquinistas.org (Ver Opinião) Email rrodrigues.5@netcabo.pt

Leia mais

ERROS ESTRATÉGICOS NA NOVA REDE FERROVIÁRIA. 1. Não há ligação, através de linhas de bitola europeia, aos portos de Sines e Setúbal

ERROS ESTRATÉGICOS NA NOVA REDE FERROVIÁRIA. 1. Não há ligação, através de linhas de bitola europeia, aos portos de Sines e Setúbal ERROS ESTRATÉGICOS NA NOVA REDE FERROVIÁRIA 1. Não há ligação, através de linhas de bitola europeia, aos portos de Sines e Setúbal 2. Não se justifica uma linha convencional de mercadorias para cargas

Leia mais

- Os dois Ministros acordam que a conexão do corredor Lisboa-Madrid será feita nas imediações das cidades de Elvas e Badajoz.»

- Os dois Ministros acordam que a conexão do corredor Lisboa-Madrid será feita nas imediações das cidades de Elvas e Badajoz.» Caros Tiago Azevedo Fernandes e José Ferraz Alves, Na chamada Cimeira da Figueira da Foz, que decorreu nos dias 7 e 8 de Novembro de 2003, o que ficou estabelecido entre os estados português e espanhol

Leia mais

Caracterização das Redes de Aeroportos e Alta Velocidade d em Portugal e Espanha e análise SWOT

Caracterização das Redes de Aeroportos e Alta Velocidade d em Portugal e Espanha e análise SWOT 2 de Abril de 2009 Caracterização das Redes de Aeroportos e Alta Velocidade d em Portugal e Espanha e análise SWOT Preparado para: C O N F I D E N T I A L www.oliverwyman.com Contexto e objectivo da apresentação

Leia mais

O Regresso do Vapor a Coimbra Outubro de 2002. Comboios em Portugal (fotografia e história) http://combport.pt.to

O Regresso do Vapor a Coimbra Outubro de 2002. Comboios em Portugal (fotografia e história) http://combport.pt.to Comboios em Portugal (fotografia e história) O Regresso do Vapor a Coimbra Outubro de 2002 http://combport.pt.to Texto: João Pedro Joaquim Fotos: João Pedro Joaquim Nota Introdutória Nos últimos anos têm

Leia mais

Metro. é o que mais agrada. Transportes públicos

Metro. é o que mais agrada. Transportes públicos é o que mais agrada O metro é um dos meios de transporte mais usados e que mais satisfaz os inquiridos. Já o autocarro desilude a elevada percentagem que o usa METRO DO PORTO A empresa que lidera na satisfação

Leia mais

CONFERÊNCIA FERROVIA, LOGÍSTICA E COMPETITIVIDADE NO CENÁRIO PÓS TGV

CONFERÊNCIA FERROVIA, LOGÍSTICA E COMPETITIVIDADE NO CENÁRIO PÓS TGV CONFERÊNCIA FERROVIA, LOGÍSTICA E COMPETITIVIDADE NO CENÁRIO PÓS TGV 15 de maio de 2012 Luís Cabral da Silva 1 1 A energia de que necessitamos (mas não temos) 2 Vantagens energética, económica e ambiental

Leia mais

2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra. Lisboa, 13 de Junho de 2015

2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra. Lisboa, 13 de Junho de 2015 2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra Lisboa, 13 de Junho de 2015 EMEL EMEL Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa, E.M. S.A., tem como objecto a gestão

Leia mais

SSF Ingenieure Consultoria, Engenharia e Construção Consulting Engineers

SSF Ingenieure Consultoria, Engenharia e Construção Consulting Engineers Infra-estruturas de tráfego à volta de um estádio desportivo Desencadear um mega-event Integração desses projectos de tráfego no dia-a-dia de uma cidade SSF Ingenieure Consultoria, Engenharia e Construção

Leia mais

Estação central de coimbra

Estação central de coimbra central de coimbra N o v a i n t e r f a c e i n t e r m o d a l e P l a n o d e u r b a n i z a ç ã o ( e n t r a d a p o e n t e ) Na sua história recente tem sido muito influenciada pela localização

Leia mais

OPTIMIZAR OS COMBOIOS SUBURBANOS DE LISBOA

OPTIMIZAR OS COMBOIOS SUBURBANOS DE LISBOA OPTIMIZAR OS COMBOIOS SUBURBANOS DE LISBOA Diagrama actual Rui Rodrigues Site: www.maquinistas.org (Ver Opinião) Email rrodrigues.5@netcabo.pt Data: Público, 13 de Junho de 2005 OPTIMIZAR OS COMBOIOS SUBURBANOS

Leia mais

Plano Estratégico dos Transportes (2011-2015)

Plano Estratégico dos Transportes (2011-2015) JAN.2012 Plano Estratégico dos Transportes (2011-2015) Transportes Públicos de Passageiros Fernando Nunes da Silva Vereador da Mobilidade - Câmara Municipal de Lisboa Plano Estratégico de Transportes (2011

Leia mais

O Futuro do Transporte de Mercadorias

O Futuro do Transporte de Mercadorias O Futuro do Transporte de Mercadorias A diminuição dos custos de transacção na economia portuguesa é fundamental para o aumento de nossa competitividade. Tal diminuição joga-se fundamentalmente no transporte

Leia mais

Barreiro, 22 de Outubro 2010

Barreiro, 22 de Outubro 2010 Contribuição do Projecto Português de Alta Velocidade na redução da factura energética nacional Barreiro, 22 de Outubro 2010 2 Aumento de: Velocidade Eficiência Conforto Segurança Capacidade A Alta Velocidade

Leia mais

2) ESCOLHA DO TRAÇADO, ELEMENTOS BÁSICOS PARA O PROJETO DE FERROVIAS E TERRAPLANAGEM

2) ESCOLHA DO TRAÇADO, ELEMENTOS BÁSICOS PARA O PROJETO DE FERROVIAS E TERRAPLANAGEM EMENTA: FERROVIAS - Vias permanentes: Características exigidas, trilhos e acessórios, dormentes, lastros, mudanças de via, esforços de linha, estabilização da via, construção da linha, conservação da linha

Leia mais

A CP Lisboa e o Desenvolvimento Sustentável

A CP Lisboa e o Desenvolvimento Sustentável A CP Lisboa e o Desenvolvimento Sustentável CP Lisboa Unidade de Negócios da Comboios de Portugal E.P.E. Gestão de Transporte Ferroviário de passageiros na área metropolitana de Lisboa Prestar serviço

Leia mais

Alstom em Portugal Mais de 70 anos a contribuir para o desenvolvimento económico e industrial em Portugal

Alstom em Portugal Mais de 70 anos a contribuir para o desenvolvimento económico e industrial em Portugal Presença Alstom História A Alstom Portugal, como parte integrante do Grupo Internacional Alstom, tem uma vasta história na indústria nacional, sendo a herdeira de grandes empresas portuguesas que hoje

Leia mais

Os Comboios de Passageiros em Portugal

Os Comboios de Passageiros em Portugal Os Comboios de Passageiros em Portugal Grupo civ216 António Miguel Moura de Freitas David Pereira da Silva Dolores Cristina Rodrigues Amorim Filipe Manuel Teixeira Cruz Gonçalo Teixeira Ferreira Lopes

Leia mais

por Miguel Bandeira A partir do momento em que se deu o salto do cavalo para o comboio, vai para dois séculos, é sem dúvida um absurdo constatar que uma das matérias mais faladas na informação do dia-a-dia,

Leia mais

Trem de Alta Velocidade e Trens Intercidades. Guilherme Quintella Presidente ADTrem Chairman UIC Latin America

Trem de Alta Velocidade e Trens Intercidades. Guilherme Quintella Presidente ADTrem Chairman UIC Latin America Trem de Alta Velocidade e Trens Intercidades Guilherme Quintella Presidente ADTrem Chairman UIC Latin America 6 de Maio de 2013 Agenda UIC e ADTrem Aspectos das Ferrovias Trem de Alta Velocidade Trens

Leia mais

Discurso do Encontro Ministerial sobre Infraestruturas entre China e PLP

Discurso do Encontro Ministerial sobre Infraestruturas entre China e PLP Discurso do Encontro Ministerial sobre Infraestruturas entre China e PLP Senhores Ministros, É com grande satisfação que venho ouvir as políticas de investimento internacional, a nível das infraestruturas,

Leia mais

Alargar os Horizontes -Visão CP -

Alargar os Horizontes -Visão CP - Alargar os Horizontes -Visão CP - Seminário de Transporte Ferroviário Porto, 1 de Outubro de 2009 Francisco Cardoso dos Reis Agenda Contexto Programa Transformação Estratégica CPmais Resultados 2008 Qualidade

Leia mais

Plano Ferroviário Nacional

Plano Ferroviário Nacional Plano Ferroviário Nacional Eng. Arménio Matias O último Plano de expansão dos Caminhos de Ferro Portugueses data de 1927. A sua execução foi quase nula já que ele nasceu numa altura em que se aproximava

Leia mais

Oprojectodaalta velocidade

Oprojectodaalta velocidade Oprojectodaalta velocidade o Ordenamento do Território e o Sistema de Transportes Amsterdam.2007 JUNHO 08 Fernando Nunes Nunes da Silva da Silva Professor Urbanismo e Transportes IST - CESUR Porto Junho

Leia mais

O FUTURO DA REDE CONVENCIONAL E A AV (1)

O FUTURO DA REDE CONVENCIONAL E A AV (1) O FUTURO DA REDE CONVENCIONAL E A AV (1) Durante o consulado de Oliveira Martins, enquanto Ministro dos Transportes, foram publicados três Diplomas fundamentais: A Lei de Bases dos Transportes Terrestres;

Leia mais

AS REDES DE TRANSPORTE NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS

AS REDES DE TRANSPORTE NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS AS REDES DE TRANSPORTE NO TERRITÓRIO PORTUGUÊS A DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DAS REDES DE TRANSPORTE Rodoviária Ferroviária De Aeroportos De Portos De Energia Uma distribuição desigual Uma rede melhorada Segura

Leia mais

perfil dos imigrantes em portugal: por países de origem e regiões de destino

perfil dos imigrantes em portugal: por países de origem e regiões de destino perfil dos imigrantes em portugal: por países de origem e regiões de destino Conceição Rego Maria Filomena Mendes José Rebelo Graça Magalhães Resumo: Palavras-chave Códigos JEL Abstract: Keywords JEL Codes

Leia mais

ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA FACTORES DE SUCESSO PARA O TRANSPORTE FERROVIÁRIO. CP LISBOA ENG.º ÓSCAR AMORIM Lisboa, 5 de Julho de 2007

ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA FACTORES DE SUCESSO PARA O TRANSPORTE FERROVIÁRIO. CP LISBOA ENG.º ÓSCAR AMORIM Lisboa, 5 de Julho de 2007 ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA FACTORES DE SUCESSO PARA O TRANSPORTE FERROVIÁRIO CP LISBOA ENG.º ÓSCAR AMORIM Lisboa, 5 de Julho de 2007 ÁREA DE ACTUAÇÃO A CP Lisboa é a Unidade de Negócio da CP responsável

Leia mais

Plano Estratégico dos Transportes e Infraestruturas. Horizonte 2014-2020

Plano Estratégico dos Transportes e Infraestruturas. Horizonte 2014-2020 Plano Estratégico dos Transportes e Infraestruturas Horizonte 2014-2020 Consensualização de Prioridades O Grupo de Trabalho para as Infraestruturas de Elevado Valor Acrescentado apresentou o seu relatório

Leia mais

Curriculum Vitae. TEIXEIRA, João M. Pereira Edifício Atlanta Park Estrada da Luz, 90-8ºA 1600-160 Lisboa PORTUGAL

Curriculum Vitae. TEIXEIRA, João M. Pereira Edifício Atlanta Park Estrada da Luz, 90-8ºA 1600-160 Lisboa PORTUGAL Curriculum Vitae nome morada TEIXEIRA, João M. Pereira Edifício Atlanta Park Estrada da Luz, 90-8ºA 1600-160 Lisboa PORTUGAL contacto jtassociados@hotmail.com telefone 00351 96 908 76 00 nacionalidade

Leia mais

LOCALIZAÇÃO DO CONGRESSO

LOCALIZAÇÃO DO CONGRESSO VIII Congresso Ibérico de Planeamento e Gestão da Água INFORMAÇÕES UTEIS E ACTIVIDADES COMPLEMENTARES LOCALIZAÇÃO DO CONGRESSO O congresso realiza se na Fundação Calouste Gulbenkian situada numa zona central

Leia mais

Transporte de Passageiros

Transporte de Passageiros Transporte de Passageiros 1997-2006 ÍNDICE GERAL 1. INTRODUÇÃO... 2 2. PARQUE DE VEÍCULOS LIGEIROS EM CIRCULAÇÃO... 4 3. EXTENSÃO DA REDE NACIONAL RODOVIÁRIA E DA REDE FERROVIÁRIA... 5 4. TRANSPORTE DE

Leia mais

ALL - América Latina Logística S. A.

ALL - América Latina Logística S. A. ALL - América Latina Logística S. A. A América Latina Logística S. A., vencedora do leilão de desestatização da Malha Sul da RFFSA em 13 de dezembro de 1996 iniciou suas atividades como Ferrovia Sul Atlântico

Leia mais

INFORMAÇÃO PESSOAL EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL C U R R I C U L U M V I T A E

INFORMAÇÃO PESSOAL EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL C U R R I C U L U M V I T A E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome SILVA, PEDRO ACÁCIO CRUZ E Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 30.07.1979 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Desde 2003 até à data Escritório de Advogados

Leia mais

SSF Ingenieure Consultoria, Engenharia e Construção Consulting Engineers

SSF Ingenieure Consultoria, Engenharia e Construção Consulting Engineers Infraestruturas de tráfego à volta de um estádio desportivo Projetar um mega evento Integração de projetos de tráfego no dia-a-dia de uma metrópole SSF Ingenieure Consultoria, Engenharia e Construção Consulting

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. promovido pelos Laboratórios Associados.

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. promovido pelos Laboratórios Associados. Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Encontro com a Ciência em Portugal, promovido pelos Laboratórios Associados. Sessão: TGV Comboios de Alta Velocidade ERTMS Tecnologias de Controlo-Comando

Leia mais

Homens com saudades dos tempos em que os comboios tinham alma.

Homens com saudades dos tempos em que os comboios tinham alma. Homens com saudades dos tempos em que os comboios tinham alma. C hegavam a trabalhar 14 horas seguidas. Andavam com a casa às costas e passavam dias e dias sem ver a família. Faziam dos comboios o seu

Leia mais

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS PROTOCOLO OA CP CAMINHOS DE FERRO PORTUGUESES CONDIÇÕES * >> DESCONTO DE 15% no preço de cada viagem, nos comboios ALFA PENDULAR e INTERCIDADES, respectivamente, nas CLASSES CONFORTO e 1ª CLASSE, na altura

Leia mais

Os comboios em Portugal

Os comboios em Portugal Os comboios em Portugal Como se caracterizam os comboios para o transporte ferroviário de mercadorias em Portugal? Como evoluíram esses veículos ao longo do tempo? Ana Marisa João Alonso Emanuel Fernando

Leia mais

METRO de Lisboa - História

METRO de Lisboa - História METRO de Lisboa - História A ideia Desde 1888 que se pensava em construir um sistema de caminhos-de-ferro subterrâneo na cidade de Lisboa. A ideia era do engenheiro militar Henrique de Lima e Cunha; este

Leia mais

MULTIMODALIDADE ÁREA METROPOLITANA DO PORTO UMA OFERTA INTEGRADA DE QUALIDADE

MULTIMODALIDADE ÁREA METROPOLITANA DO PORTO UMA OFERTA INTEGRADA DE QUALIDADE MULTIMODALIDADE ÁREA METROPOLITANA DO PORTO UMA OFERTA INTEGRADA DE QUALIDADE Enquadramento Comunitário e Nacional Livro Branco Roteiro do espaço único europeu dos transportes, rumo a um sistema de transportes

Leia mais

Integrar o Aeroporto Sá Carneiro na Linha de Velocidade Elevada Porto Galiza através da Linha de Leixões António Alves 10 01 2008

Integrar o Aeroporto Sá Carneiro na Linha de Velocidade Elevada Porto Galiza através da Linha de Leixões António Alves 10 01 2008 Integrar o Aeroporto Sá Carneiro na Linha de Velocidade Elevada Porto Galiza através da Linha de Leixões António Alves 10 01 2008 As grandes vantagens desta proposta são não pôr em causa o objectivo de

Leia mais

... A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

... A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z Lista das Publicações Periódicas Recebidas no ISP A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z A ACÓRDÃOS DOUTRINAIS DO SUPREMO TRIBUNAL ADMINISTRATIVO.

Leia mais

6.3 Guião de uma visita de estudo a uma unidade do Património Arqueológico-Industrial O Museu do Papel Terras de Santa Maria (exemplo)

6.3 Guião de uma visita de estudo a uma unidade do Património Arqueológico-Industrial O Museu do Papel Terras de Santa Maria (exemplo) 6.3 Guião de uma visita de estudo a uma unidade do Património Arqueológico-Industrial O Museu do Papel Terras de Santa Maria (exemplo) A Objetivos Integrado nas unidades 1 e 4, do Módulo 6, inserimos nesta

Leia mais

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES * >> DESCONTO DE 15% no preço de cada viagem, nos comboios ALFA PENDULAR e INTERCIDADES, respectivamente, nas CLASSES CONFORTO e 1ª CLASSE, na altura da aquisição do bilhete. >> DESCONTO DE 30%

Leia mais

Relatório de Gestão e Sustentabilidade. Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1

Relatório de Gestão e Sustentabilidade. Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1 Relatório de Gestão e Sustentabilidade Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1 As melhores vistas da cidade Relatório de Gestão e Sustentabilidade Índice 1 MENSAGEM DA PRESIDENTE 7 2 O ANO DE 2011

Leia mais

TRANSPORTE FERROVIÁRIO

TRANSPORTE FERROVIÁRIO TRANSPORTE FERROVIÁRIO O transporte ferroviário no Brasil sofreu, durante um grande período, talvez devido à grande concorrência do transporte rodoviário, a falta de incentivo com relação à ampliação do

Leia mais

A R E DE C ONV E NC IONAL

A R E DE C ONV E NC IONAL Seminário de Transporte Ferroviário Porto 27 de Setembro de 202 A R E DE C ONV E NC IONAL - A LG UMA S R EFLEXÕES --N els o n R. O liveira Associação Portuguesa dos Amigos dos Caminhos-de-ferro Rede Convencional

Leia mais

Requalificação da Frente Ribeirinha do Concelho de Vila Franca de Xira Polis & Polis XXI

Requalificação da Frente Ribeirinha do Concelho de Vila Franca de Xira Polis & Polis XXI Requalificação da Frente Ribeirinha do Concelho de Vila Franca de Xira Polis & Polis XXI Luís Matas de Sousa Director do Projecto de Requalificação Urbana da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Área

Leia mais

Licenciatura em Ergonomia concluída em 1999, na Faculdade de Motricidade Humana, Universidade Técnica de Lisboa, com a média de 13 valores.

Licenciatura em Ergonomia concluída em 1999, na Faculdade de Motricidade Humana, Universidade Técnica de Lisboa, com a média de 13 valores. 1. DADOS PESSOAIS Nome: Rui Nuno Martins José Naturalidade: Campo Grande - Lisboa Data de Nascimento: 23/5/1976 Bilhete de Identidade: 10734215 Emitido pelo Arquivo de Identificação de Lisboa, em 18/06/2007

Leia mais

INFORMAÇÃO Salão Topos&Clássicos Salão Topos&Clássicos II Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Antigos de Braga -

INFORMAÇÃO Salão Topos&Clássicos Salão Topos&Clássicos II Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Antigos de Braga - INFORMAÇÃO Depois do éxito alcançado na primeira edição do Salão Topos&Clássicos, onde perto de 15.000 entusiastas aderiram a visitar a Feira e onde os expositores puderam fazer algumas vendas in-situ

Leia mais

AGENDA VALORIZAÇÃO DO TERRITÓRIO

AGENDA VALORIZAÇÃO DO TERRITÓRIO Novas Oportunidades para o Financiamento de Investimento Público e Empresarial no âmbito do QREN --- Sines 11 de Março de 2008 A Agenda Operacional para a Valorização do Território é uma estratégia de

Leia mais

REGIÃO NORTE E A ALTA VELOCIDADE

REGIÃO NORTE E A ALTA VELOCIDADE REGIÃO NORTE E A ALTA VELOCIDADE Rui Rodrigues Site: www.maquinistas.org (Ver Opinião) Email rrodrigues.5@netcabo.pt Data: Público, 0 de Outubro de 003 A REGIÃO NORTE E A ALTA VELOCIDADE Independentemente

Leia mais

SOBRE OS PRESSUPOSTOS SUBJACENTES AO PLANO

SOBRE OS PRESSUPOSTOS SUBJACENTES AO PLANO No âmbito do procedimento de consulta pública do Plano Estratégico de Transportes 2008-2020 (PET), vem a Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza apresentar o seu parecer. SOBRE OS PRESSUPOSTOS

Leia mais

INSTRUÇÃO DE EXPLORAÇÃO TÉCNICA Nº 51. Tabelas de Carga das Locomotivas

INSTRUÇÃO DE EXPLORAÇÃO TÉCNICA Nº 51. Tabelas de Carga das Locomotivas I E T 51 INSTRUÇÃO DE EXPLORAÇÃO TÉCNICA Nº 51 Tabelas de das Locomotivas Em vigor desde 02 de Agosto de 2011 I M T T Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, I. P. -2- Distribuição CP, CP

Leia mais

A Cidade Logística. Plataforma Logística do Poceirão

A Cidade Logística. Plataforma Logística do Poceirão A Cidade Logística Plataforma Logística do Poceirão Póvoa de Santa Iria, 03 de Dezembro 2009 1 1. Apresentação Integrado na rede de plataformas nacionais definida pelo Portugal Logístico será desenvolvido

Leia mais

SESSÃO DE DEBATE PATRIMÓNIO DO TEJO Sociedade de Geografia de Lisboa, 24 de Setembro de 2010

SESSÃO DE DEBATE PATRIMÓNIO DO TEJO Sociedade de Geografia de Lisboa, 24 de Setembro de 2010 SESSÃO DE DEBATE PATRIMÓNIO DO TEJO Sociedade de Geografia de Lisboa, 24 de Setembro de 2010 Sáveis e contentores. Ambiente e energia. Navegar é preciso. António Carmona Rodrigues Faculdade de Ciências

Leia mais

Biblioteca Nacional : exterior : interior ; Ana Tostões... [et al.]. - Lisboa : Biblioteca Nacional, 2004. - 128 p.

Biblioteca Nacional : exterior : interior ; Ana Tostões... [et al.]. - Lisboa : Biblioteca Nacional, 2004. - 128 p. MONOGRAFIAS TOSTÕES, Ana Biblioteca Nacional : exterior : interior ; Ana Tostões... [et al.]. - Lisboa : Biblioteca Nacional, 2004. - 128 p. Monteiro, Porfírio Pardal, 1897-1957 / Costa, Daciano da, 1930-2005

Leia mais

21 ANEXO IV MAPA GLOBAL DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS

21 ANEXO IV MAPA GLOBAL DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS ANEXO IV MAPA GLOBAL DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS 1330 .1 SECTOR FERROVIÁRIO PROJETO - PRIV. PUB. RTE-T CORREDOR DA FACHADA ATLÂNTICA 734 0 5 0 2 Conclusão do Plano de Modernização -Linha do Norte 400 300

Leia mais

ARQUEOLOGIA INDUSTRIAL FERROVIARIA: VISITA / WORKSHOP. Foz Tua, 24 de Maio de 2014

ARQUEOLOGIA INDUSTRIAL FERROVIARIA: VISITA / WORKSHOP. Foz Tua, 24 de Maio de 2014 VISITA / WORKSHOP ARQUEOLOGIA INDUSTRIAL FERROVIARIA: 1 Foz Tua, 24 de Maio de 2014 2 Um oportunidade para visitar Foz Tua e algum do património ferroviário associado à linha do Tua, e também para discutir

Leia mais

INFORMAÇÃO Salão Topos&Clássicos I Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Antigos de Braga

INFORMAÇÃO Salão Topos&Clássicos I Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Antigos de Braga INFORMAÇÃO O Salão Topos&Clássicos I Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Antigos de Braga, é uma iniciativa de carácter comercial e de lazer, dirigida a aproximar o segmento do automóvel e da

Leia mais

Segunda Reunião sobre Ungulados Silvestres Ibéricos. Informação Útil

Segunda Reunião sobre Ungulados Silvestres Ibéricos. Informação Útil Informação Útil Como chegar? Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro Coordenada GPS: 40º38 01-51 N 08º39 33,91 W Gerar itinerário: GoogleMaps (http://maps.google.com/, destino: Universidade

Leia mais

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro www.regiaodeaveiro.pt PIMT de Aveiro, Aveiro TIS.PT Transportes Inovação e Sistemas, S.A. 1 16 Breve enquadramento A Comunidade Intermunicipal

Leia mais

Apresentação Overseas 2008. Preparado por Overseas Internacional

Apresentação Overseas 2008. Preparado por Overseas Internacional Apresentação Overseas 2008 Preparado por Overseas Internacional 2008 arnaudlogis - CRESCER EM SEGURANÇA Na linha da estratégia delineada pela sua Administração, a Arnaud Logis viu consolidada a sua liderança

Leia mais

ORDEM DOS ECONOMISTAS 4º CONGRESSO NACIONAL DOS ECONOMISTAS. Carlos Correia da Fonseca, Ordem dos Economistas, Out 2011 1

ORDEM DOS ECONOMISTAS 4º CONGRESSO NACIONAL DOS ECONOMISTAS. Carlos Correia da Fonseca, Ordem dos Economistas, Out 2011 1 ORDEM DOS ECONOMISTAS 4º CONGRESSO NACIONAL DOS ECONOMISTAS Carlos Correia da Fonseca, Ordem dos Economistas, Out 2011 1 Tema da comunicação: Transportes, economia de transportes, políticas de transportes

Leia mais

Transporte Marítimo e Portos

Transporte Marítimo e Portos Transporte Marítimo e Portos Disposição de Terminais num Porto - 1 Disposição geral do porto de Leixões. 1 Disposição de Terminais num Porto - 2 Porto de Rotterdam (Holanda), o maior porto europeu. Disposição

Leia mais

DIA SEM CARROS. Ou com adequados transportes colectivos?

DIA SEM CARROS. Ou com adequados transportes colectivos? Página 1/5 DIA SEM CARROS Ou com adequados transportes colectivos? Lisboa 21 de Setembro de 2011 Financiamento dos transportes colectivos nas áreas metropolitanas Façam-se as contas com transparência.

Leia mais

Transportes: projectos prioritários até 2020

Transportes: projectos prioritários até 2020 Alameda dos Oceanos, Lote 1.02.1.1. Z17 1990-302 Lisboa Telef: 210140312 E-Mail: geral@adfersit.pt Site: www.adfersit.pt Transportes: projectos prioritários até 2020 A ADFERSIT (Associação Portuguesa para

Leia mais

Ferrovia e competitividade

Ferrovia e competitividade Ferrovia e competitividade Mário Lopes Vice-Presidente da ADFERSIT, Prof. do Dept. de Engª Civil do Instituto Superior Técnico Email: mlopes@civil.ist.utl.pt Março de 2011 Resumo A globalização torna a

Leia mais

Principais critérios que influenciam na determinação dos coeficientes da capacidade ferroviária

Principais critérios que influenciam na determinação dos coeficientes da capacidade ferroviária Principais critérios que influenciam na determinação dos coeficientes da capacidade ferroviária OBJETIVO Este artigo tem como objetivo apresentar uma metodologia para o cálculo da capacidade de um trecho

Leia mais

03.ACTIVIDADE OPERACIONAL

03.ACTIVIDADE OPERACIONAL NÚMERO DE QUILÓMETROS PERCORRIDOS EM 2004 COMBOIOS DE PORTUGAL PRÓXIMA PARAGEM: MUDAR A SUA VIDA. INFORMAÇÕES ÚTEIS Foram percorridos, em 2004, 28.442 milhões de quilómetros. O serviço internacional de

Leia mais

PIRENE IV Melhoria das Redes de Transporte do Sudoeste Europeu

PIRENE IV Melhoria das Redes de Transporte do Sudoeste Europeu PIRENE IV Melhoria das Redes de Transporte do Sudoeste Europeu Ligação Ferroviária ria Sines/Elvas Luísa Soares Direcção de Estudos e Estratégia llsoares@refer.pt Zaragoza, 20.10.2009 Índice 1. Enquadramento

Leia mais

7. BIBLIOGRAFIA GERAL. Ascher, François (2010), Novos Princípios do Urbanismo, novos compromissos urbanos, Lisboa.

7. BIBLIOGRAFIA GERAL. Ascher, François (2010), Novos Princípios do Urbanismo, novos compromissos urbanos, Lisboa. 7. BIBLIOGRAFIA GERAL Ascher, François (2010), Novos Princípios do Urbanismo, novos compromissos urbanos, Lisboa. Alcoforado, M.J. et al. (1993), Domínios bioclimáticos em Portugal: definidos por comparação

Leia mais

O movimento de passageiros nos aeroportos nacionais em tráfego comercial totalizou 32,6 milhões em 2013 (+4,9%).

O movimento de passageiros nos aeroportos nacionais em tráfego comercial totalizou 32,6 milhões em 2013 (+4,9%). Estatísticas dos Transportes e Comunicações 2013 13 de novembro de 2014 Dinâmicas diferenciadas nos vários modos de transporte Passageiros transportados aumentaram nos aeroportos nacionais (+4,9%) mas

Leia mais

A Conceito Original é uma empresa integralmente detida pela WAY2B, SGPS, especificamente dedicada à promoção e gestão de plataformas logísticas.

A Conceito Original é uma empresa integralmente detida pela WAY2B, SGPS, especificamente dedicada à promoção e gestão de plataformas logísticas. I. O Promotor A Conceito Original é uma empresa integralmente detida pela WAY2B, SGPS, especificamente dedicada à promoção e gestão de plataformas logísticas. A Conceito Original pretende pois afirmar-se

Leia mais

Low cost housing Cordoba, Spain Habitação social Cordoba, Espanha 2012* Góios house Esposende, Portugal Casa em Góios Esposende, Portugal 2010*

Low cost housing Cordoba, Spain Habitação social Cordoba, Espanha 2012* Góios house Esposende, Portugal Casa em Góios Esposende, Portugal 2010* portfolio 2013 PedroFerreira architeture studio is a company based in Portugal with projects underway in Europe, Africa and South America. Among our associates and employees there are architects, engineers

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Luis Barrinha - Gestor de Ambiente e Segurança SGS ICS - International Certification Services Funchal, 28 de Novembro de 2002 SOCIÉTÉ

Leia mais

O Espólio de Artur Pastor. Isabel Corda Luís Pavão Luísa Costa Dias

O Espólio de Artur Pastor. Isabel Corda Luís Pavão Luísa Costa Dias O Espólio de Artur Pastor Isabel Corda Luís Pavão Luísa Costa Dias OArquivo Fotográfico Municipal de Lisboa enquanto veículo privilegiado de preservação e difusão da memória iconográfica da cidade de Lisboa,

Leia mais

Bibliografia Seleccionada

Bibliografia Seleccionada Março de 2007 Bibliografia Seleccionada AMB-147 CÂMARA MUNICIPAL DE AVEIRO. Divisão de Ambiente Plano municipal de ambiente e desenvolvimento sustentável de Aveiro : programa de acção : relatório final

Leia mais

Alstom Transporte 2013

Alstom Transporte 2013 Alstom Transporte 2013 Agenda 1. Grupo Alstom 2. Alstom Transporte Grupo Alstom A Visão do Grupo Acreditando que tecnologia e novos modelos de negócios contribuam para solucionar questões sociais e ambientais,

Leia mais

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011 Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 População a Milhares Hab. INE 10.563 10.586 10.604 10.623 10.638 10.636 10.643 2º Trimestre

Leia mais

Número de. Gabinete de Planeamento e Políticas. Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. 11 851 Tecnologia de protecção do ambiente

Número de. Gabinete de Planeamento e Políticas. Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. 11 851 Tecnologia de protecção do ambiente MADRP Entida Promotora Autorida Gestão do Programa Desenvolvimento Rural do Continente Autorida Gestão do PROMAR Autorida Florestal Nacional Direcção-Geral Veterinária Direcção Regional das Florestas Lisboa

Leia mais