na área metropolitana de Lisboa revista da área metropolitana de lisboa 1º semestre 2010 ENTREVISTA Ao presidente da Junta metropolitana

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "na área metropolitana de Lisboa revista da área metropolitana de lisboa 1º semestre 2010 ENTREVISTA Ao presidente da Junta metropolitana"

Transcrição

1 29 revista da área metropolitana de lisboa 1º semestre 2010 Mobilidade e transportes na área metropolitana de lisboa ENTREVISTA Ao presidente da Junta metropolitana de Lisboa Destaque os desafios da mobilidade na aml PATRIMÓNIO festival de BD da amadora Festa brava na moita alcochete. almada. amadora. barreiro. cascais. lisboa. loures. mafra. MOITA. montijo. odivelas. oeiras. palmela. seixal. sesimbra. setúbal. sintra. vila franca de xira

2 Municípios que constituem a Área Metropolitana de Lisboa editorial Vencer juntos as dificuldades e construir juntos o futuro Alcochete Largo S.João Baptista ALCOCHETE Tel Fax Loures Praça da Liberdade, Loures Tel Fax Palmela Largo do Município PALMELA Tel Fax Carlos Humberto de Carvalho Presidente da JML Almada Largo Luis de Camões ALMADA Tel Fax Mafra Praça do Município MAFRA Tel Fax Seixal Rua Fernando de Sousa, nº SEIXAL Tel Fax Amadora Av.Movimento das Forças Armadas AMADORA Tel Fax www. cm-amadora.pt Moita Praça da República MOITA Tel Fax Sesimbra Rua da República, SESIMBRA Tel Fax No início do mandato decorrente das eleições autárquicas do ano passado, uma das primeiras questões práticas que se nos colocam, enquanto titulares dos órgãos dirigentes da Área Metropolitana de Lisboa, tem a ver com a mobilidade e os transportes. É por este motivo que o tema escolhido para o trabalho de Destaque da presente edição da Metrópoles - que passa a sair com periodicidade semestral - é o da Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa. Bastaria recordar o processo conturbado que levou à aprovação dos grandes projectos estruturantes para o futuro da AML - o Novo Aeroporto de Lisboa na margem sul, a linha de Alta Velocidade Lisboa- Madrid, a terceira travessia do Tejo no corredor Chelas-Barreiro e a nova Plataforma Logística prevista para a zona do Poceirão. Estes quatro grandes investimentos completam-se, concordam entre si e são indispensáveis, tanto ao desenvolvimento coerente das duas margens da Área Metropolitana de Lisboa, como da modernização do País no seu todo. Esta posição, reafirmada pela Junta Metropolitana no princípio de Junho, responde à eventual tentação de voltar a pô-los em causa. A par deste processo, é evidente a urgência de se fazer uma avaliação bem fundamentada e um planeamento conjunto do sistema de transportes públicos no território da Área Metropolitana de Lisboa, para corrigir possíveis desajustamentos e evitar, nuns casos a concorrência entre operadores no mesmo espaço, noutros a ausência de resposta adequada às necessidades dos utentes. É esta a vocação da Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa, uma antiga reivindicação das suas Autarquias, agora finalmente formalizada. Ambas as questões nos reconduzem a outra matéria de fundo, que é a necessidade de um poder Regional com legitimidade democrática própria, dotado de competências claras e de meios eficazes para funcionar entre o poder Central e os poderes Autárquicos. Notícias muito recentes mostram que esta matéria volta, pela sua própria natureza, a tomar o foco da atenção política, revelando a similitude dos problemas que se põem às duas grandes Áreas Metropolitanas constituídas, a de Lisboa e a do Porto. A difícil conjuntura financeira que vivemos, bem como as incertezas do futuro próximo, não devem ser usadas para pôr em causa os grandes projectos comuns - que ultrapassam mesmo as nossas diferenças político-partidárias. Pelo contrário, devem ser a oportunidade de um trabalho de concertação e consulta a todos os níveis e entre todos os poderes envolvidos, na convicção de que seremos capazes, tanto de ultrapassar essas dificuldades, como de construir juntos esse futuro. Barreiro Rua Miguel Bombarda BARREIRO Tel Fax Cascais Praça 5 de Outubro CASCAIS Tel Fax Montijo Rua Manuel N. Nunes Almeida MONTIJO Tel Fax Odivelas Rua Guilherme Gomes Fernandes ODIVELAS Tel Fax Setúbal Praça do Bocage SETÚBAL Tel Fax Sintra Largo Dr. Virgílio Horta SINTRA Tel Fax Lisboa Praça do Município LISBOA Tel Fax Oeiras Largo Marquês de Pombal OEIRAS Tel Fax Vila Franca de Xira Praça Afonso de Albuquerque, V.FRANCA de XIRA Tel Fax

3 SUMÁRIO METRÓPOLES 1º SEMESTRE 2010 FICHA TÉCNICA. Directores Carlos Humberto de Carvalho, Carlos Teixeira, Ministro dos Santos Directora Executiva Sofia Cid Coordenação Editorial Mariana Coelho Produção Editorial e Gráfica Choque de Letras, Publicações. Redacção José Miguel Dentinho e Silas de Oliveira Fotografia Diapositivo, Vivafit, Hugo Lima, RAVE, Câmaras de Almada, Barreiro, Lisboa, Loures, Moita, Odivelas e Oeiras Colaboradores permanentes António Valdemar (cultura), David Lopes Ramos (gostos), João Paulo Martins (aromas), Rui Pimentel (cartonista) Director Criativo Luís Beato Redacção e Propriedade Área Metropolitana de Lisboa, Rua Carlos Mayer, nº2, r/c, LISBOA Tel.: Fax: Distribuição gratuita ISSN: Depósito legal nº195580/03 Tiragem: 5000 exemplares Semestral Editorial 3 Breves 6 Notícias dos concelhos da AML Entrevista 12 Presidente da Junta Metropolitana de LIsboa AML SemESTRE 18 Realidade económico-social de Área Metropolitana de Lisboa Destaque 22 Mobilidade e Transportes na Área Metropolitana de Lisboa PME S INOVAÇÃO 44 Ginásio Vivafit Património 48 Festival de BD da Amadora Festa Brava na Moita Fundos comunitários 60 Modernização do Parque Escolar IMAGENS METROPOLITANAS 64 Luísa Flores Cultura 70 Jornais e Jornalistas da República Gostos 74 Mais do que espetadas e filetes de espada na Madeira Aromas 78 Os vinhos da Madeira Aconteceu 82 Orquestras Sinfónicas Juvenis 4.5 MTPAML

4 BREVES JUNTA METROPOLITANA DE LISBOA Área Metropolitana de Lisboa promove Seminário sobre Novo Modelo de Organização dos Serviços das Autarquias Locais A Área Metropolitana de Lisboa, em colaboração com a BDO e a CSA-sociedade de advogados, RL, promoveu, no passado dia 15 de Abril, um Seminário sobre o Novo Modelo de Organização dos Serviços das Autarquias Locais, dirigido a eleitos locais e dirigentes dos Municípios da Área Metropolitana de Lisboa. Este seminário realizou-se no contexto da publicação do DL305/2009, de 23 de Outubro, que veio estabelecer um novo regime jurídico da organização dos serviços das autarquias locais, pretendendo dotá-los de condições para o cumprimento adequado do seu amplo leque de atribuições. alcochete. Conhecer as crianças A Câmara Municipal de Alcochete celebrou um protocolo com a Abrigo, a Fundação do Gil e o Centro de Investigação em Serviço Social e Intervenção Social, para a implementação de um Centro de Investigação no âmbito dos estudos da criança em risco. Para além da área da investigação, a Abrigo Investigação apresenta ainda como objectivos gerais a criação de uma biblioteca e de uma base de dados especializadas nesta temática e a promoção de acções de formação e de seminários relacionados com o tema. Esta entidade funcionará provisoriamente na Escola Conde Ferreira, em Alcochete, num espaço cedido pela Câmara Municipal.. Feira dos Produtos da Terra A autarquia promoveu, recentemente, no Mercado Municipal, a I Feira dos Produtos da Terra, uma iniciativa que tem como objectivo dinamizar o comércio e a produção biológica local, visando a aproximação entre produtores e consumidores do Concelho. Com base na adopção de medidas agro-ambientais, grande parte das explorações agrícolas de Alcochete, que se dedicam à horticultura e à floricultura, valorizaram a comercialização dos produtos, tornando a sua actividade mais rentável.. Regime de fruta escolar No sentido de incentivar as famílias a adoptarem hábitos de consumo de produtos hortofrutícolas, o Município de Alcochete aderiu ao Regime de Fruta Escolar, instituído pela UE e implementado pelo Ministério da Educação, através do fornecimento semanal de peças de fruta (maçâs e pêras) aos 823 alunos que frequentam as seis escolas do 1º ciclo do Ensino Básico. O Regime de Fruta Escolar visa incentivar o consumo de hortofrutícolas ao longo da v ida das crianças, contribuir para a redução da obesidade e de outras doenças relacionadas com maus hábitos alimentares. almada. Costa da Caparica As monitorizações efectuadas desde 2008 às linhas de intervenção nas praias da Costa da Caparica, revelam a existência de acumulação de areia nas zonas submersas junto às praias, cumprindo assim a sua função de proteger a costa, e fazendo com que a rebentação ocorra mais longe da linha de praia. De acordo com os técnicos do INAG, está garantida a qualidade da areia, verificando-se também a acumulação de 90 mil m3 de areia na área abrangida, tornando desnecessário o enchimento artificial das praias durante este ano.. Cristo Rei No encerramento das celebrações dos 50 anos do Cristo Rei, foi inaugurada a nova iluminação do Santuário. O investimento, repartido em partes iguais entre as Câ- maras Municipais de Almada e de Lisboa e o Santuário, ascendeu a quase 180 mil euros e permitiu a substituição de toda a cablagem e parte eléctrica da iluminação anterior, bem como a instalação de luzes novas. A nova iluminação apresenta três tonalidades, com o pedestal a ter luz mais branca, as abóbadas uma luz azulada e a figura do Cristo Rei em tons de amarelo. As fachadas da capela estão agora iluminadas com lâmpadas led.. Cacilhas pedonalizada A Rua Cândido dos Reis, em Cacilhas, vai ficar pedonalizada, tendo como principais objectivos contribuir para a promoção do turismo nesta zona, melhorar as condições do comércio e restauração e requalificar o centro histórico de Cacilhas. Esta obra municipal enquadra-se numa das candidaturas da autarquia ao QREN e tem um investimento previsto de 500 mil euros. No âmbito da intervenção, que deverá arrancar no início do próximo ano, será renovado o mobiliário urbano, colocada calçada portuguesa em forma de ondas, e instalado um novo sistema de recolha de lixo. amadora. Parque central Aberto ao público desde 1985, o Parque Central da Amadora sofreu importantes melhoramentos, proporcionando aos seus visitantes um novo conceito de equipamento de lazer. O actual parque tem uma extensão de 65 mil m2, resultantes da junção de duas zonas (a do lago e do polidesportivo), através de uma alameda pedonal que veio substituir a Rua dos Bombeiros Voluntários. Para além do Centro de Interpretação Ambiental, os jovens visitantes têm acesso a três dos principais equipamentos: o Espaço de Jogo Organizado pela Câmara Municipal do Barreiro, decorreu recentemente, no Auditório Municipal Augusto Cabrita, um seminário subordinado ao tema Poder Local Democrático Descentralização de Competências nas Juntas de Freguesia, que contou com a participação do Secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro. Na presença de um elevado número de autarcas de várias regiões do país, que interviee Recreio Interactivo, o Espaço de Recreio Infantil e Juvenil e dois Circuitos Pedonais Multifunções.. Parque Urbano de Neudel O Executivo Municipal aprovou a minuta do protocolo a celebrar com a empresa Alpabrantes para a concretização do Parque Urbano do Neudel, na Damaia. A implementar numa área de cerca de sete hectares, este equipamento de lazer tem previsto um edifício multifunções; espaços destinados a jogos; zonas de estar; um quiosque de apoio e vários equipamentos lúdicos. O investimento total, suportado pelo urbanizador, é de cerca de dois milhões de euros.. Bairros críticos No âmbito do Programa de Intervenção da Operação Cova da Moura, o Executivo Municipal aprovou a abertura de um Concurso Público Internacional para a Aquisição dos Serviços de Elaboração do Plano de Pormenor da Cova da Moura, cujo valor base é de 410 mil euros. O procedimento aprovado pela autarquia visa viabilizar a intervenção urbanística naquele bairro crítico, permitindo a sua transformação numa zona urbanisticamente qualificada e legal. BARREIRO. Regeneração de Alburrica A Câmara Municipal do Barreiro e os oito parceiros que integram o protocolo de parceria local, assinaram o protocolo de financia- mento relativo à candidatura RE- PARA Regeneração Programada da Área Ribeirinha de Alburrica. Para Carlos Humberto Carvalho, presidente do Município, foi dado mais um passo no sentido de valorizar Alburrica e Barreiro Antigo, zonas emblemáticas e de referência para os barreirenses.. Novo equipamento educativo Após obras de reconstrução e adaptação a 1º ciclo, que implicaram um investimento de cerca de 1 milhão e 700 mil euros, (dos quais 750 mil correspondem a comparticipação do QREN), foi inaugurada a Escola Básica do 1º ciclo com Jardim-de-infância Professor José Joaquim Rita Seixas. A nova escola vai acolher 180 alunos dos estabelecimentos de ensino básico do 1º ciclo nº 1 e nº 2 do Barreiro. A partir de Setembro de 2010, este estabelecimento de ensino vai também contar com duas salas de pré-escolar para cerca de 50 crianças.. Poder local descentralizado ram sobre o tema proposto, o seminário distribuiu-se em vários painéis: Os Desafios da Descentralização, Avaliação e Acompanhamento, Gestão de Recursos e Do que falamos quando falamos em Descentralização?. CASCAIS. Novo hospital Localizado em Alcabideche, foi já inaugurado o novo hospital de Cascais, que resulta de uma parceria público-privada entre o grupo Hospitais Privados de Portugal e o Estado. A unidade hospitalar dispõe de 160 médicos, capacidade de internamento para 277 camas, duas novas especialidades: urologia e psiquiatria. Os serviços prestados pelo novo hospital abrangem cerca 300 mil pessoas dos concelhos de Cascais e Sintra.. Desenvolvimento desportivo A Câmara Municipal de Cascais assinou os Contratos-Programa de Desenvolvimento Desportivo com as associações concelhias que promovem ao longo do ano um vasto conjunto de actividades de interesse municipal de natureza desportiva e recreativa. As associações signatárias actuam em áreas tão diversas como, por exemplo, o râguebi, futebol, equitação adaptada, badminton, ginástica, hóquei em patins, esgrima, petanca ou atletismo.. Ribeira dos Mochos Foi inaugurado o Parque Urbano da Ribeira dos Mochos, um espaço integrado na Rede Ecológica Nacional que envolve uma das principais linhas de água do concelho de Cascais. Com uma área aproximada de 41 mil m2, a Ribeira dos Mochos é uma zona de grande valor natural e um importante corredor ecológico que promove a biodiversidade. Para além da requalificação da malha ecológica, este novo espaço de lazer integrado em meio urbano oferece um parque infantil, uma pista de aventura, um parque de merendas e um serviço de cafetaria. LISBOA. Requalificação de espaços verdes Com a duração de quatro meses, a autarquia lisboeta iniciou o projecto de requalificação da placa central da Praça de Londres, através da plantação de novas árvores, da implementação de relvados e mobiliário urbano, bem como da reestruturação dos pavimentos e da renovação da iluminação. Por outro lado, foi reaberto o Jardim França Borges, no Príncipe Real, alvo de importantes obras de requalificação, que incluiu a recuperação dos pavimentos, a plantação de novas árvores, a substituição da iluminação pública, a introdução de mobiliário urbano e a recuperação do parque infantil.. Parque Urbano Oeste Abriu ao público a terceira e última fase do Parque Urbano Oeste, no Alto do Lumiar, cuja construção foi promovida pela SGAL, para a Câmara Municipal. Este novo espaço verde ocupa um total de 19 hectares, 8 dos quais concluídos na presente fase, que correspondem aos planos de água e ponte 6.7 MTPAML

5 BREVES BREVES jardim. Do projecto para o Parque Urbano Oeste constam ainda um edifício de apoio com cafetaria e um SkatePark, cujos projectos se encontram em desenvolvimento pela SGAL.. Frente ribeirinha A Câmara Municipal de Lisboa e a Administração do Porto de Lisboa formalizaram a transferência para o domínio público de 30 hectares de áreas sem utilização portuária da Frente Ribeirinha, que estavam sob tutela da administração portuária. O município vai tomar posse da envolvente da Torre de Belém, da zona do Padrão dos Descobrimentos, Cordoaria/Junqueira, Cais do Sodré, Ribeira das Naus e Matinha, encerrando um processo iniciado há dois anos. A decisão implicará o pagamento à autoridade portuária no valor de 14,5 milhões de euros como compensação pelos investimentos realizados naqueles terrenos. LOURES. Oficina social Foi recentemente inaugurada a Oficina Social da Apelação, nas instalações do Centro Comunitário da Apelação, Bairro da Quinta da Fonte. A Câmara Municipal de Loures, que apoia o projecto empreendido por uma comerciante da freguesia, disponibiliza as referidas instalações para a Oficina Social desenvolver as suas actividades nas melhores condições. Para além do ateliê de patchwork, a Oficina dispõe de ateliê de pintura e découpage e formação em estética geriátrica para os profissionais interessados em trabalhar com a população idosa das instituições do Concelho.. Canto de leitura A EB1/JI de Lousa abriu as portas à nova biblioteca, a 40ª no Concelho de Loures, que contou com uma dotação de euros, no âmbito de uma candidatura à Rede de Bibliotecas Escolares, a que se associou a Câmara Municipal com uma verba de euros. O novo equipamento, apadrinhado pelo poeta e letrista José Fanha, reúne obras e várias publicações, entre revistas, CDs, DVDs, VHS e jogos.. Desenvolver o turismo A Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo apresentou no Palácio do Correio-Mor, em Loures, as linhas orientadoras para a elaboração do Plano de Marketing Estratégico para o posicionamento do turismo na região. No decorrer da cerimónia foram celebrados acordos de parceria turística com os municípios de Loures, Amadora e Vila Franca de Xira. Os acordos contemplam, além da participação dos municípios na elaboração do Plano, a sinalização turística, base de dados da oferta e dos recursos turísticos regionais, instrumentos de gestão territorial, edições, formação, rede de apoio ao empresário e acções promocionais. MAFRA. Arte no Palácio de Mafra A autarquia organizou o projecto Arte no Palácio Nacional de Mafra, dirigido a todos os interessados em pintura e desenho. Tendo como cenário de fundo o Palácio Nacional de Mafra e o seu vasto património, este projecto levou os participantes a criarem as suas obras pictóricas, partindo de modelos como a grande colecção de estatuária italiana e as pinturas que se encontram dentro do Palácio, originalmente concebidas por grandes pintores como Masucci, Vieira Lusitano ou Domingos Sequeira.. Programas de Verão Durante o período das férias escolares, a Câmara Municipal organiza vários projectos de ocupação dos tempos livres dos munícipes dos 3 aos 23 anos. Até Setembro, as propostas passam pelo desporto, cultura, animação e experiências no mundo do trabalho. Para as crianças são organizados os projectos Academia Divertida/ Actividades nas Interrupções Lectivas, Férias Vivas e Pequenos Pintores, enquanto que para os jovens as alternativas são os Jovens em Acção na Autarquia, Jovens Vigilantes do Património e Jovens Arqueólogos.. Chá das 5 Uma visita guiada à exposição Homenagem a Mestre José Franco, uma sessão de contos tradicionais por António Fontinha e um convívio com chá, são as propostas da autarquia mafrense para a actividade Chá das 5, que decorrem até Novembro, no Museu Municipal Prof. Raul de Almeida, em Mafra. As inscrições são gratuitas, mediante marcação prévia em Inscrições online, e as sessões limitadas a 25 participantes por edição.. MOITA. Plano director municipal Entrou em vigor o novo Plano Director Municipal da Moita (PDM), um instrumento de gestão imprescindível para o desenvolvimento do Município, onde estão equacionadas as dinâmicas da actividade económica, social, cultural e educativa, num quadro de transformação do Concelho. Com a entrada em vigor do PDM serão criadas novas áreas de instalação de actividade económica na envolvente ao nó IC32, na Moita, na Fonte da Prata Sul, em Alhos Vedros, e ampliada a Zona Industrial da Quinta dos Machados, em Alhos Vedros. No âmbito da revisão efectuada, procedeu-se, também, há desafectação de corredores na Reserva Ecológica Nacional nos Brejos e na Barra Cheia, sem comprometer a importante função agrícola e ecológica dos solos.. Projecto Tasse premiado A irmã Rita Cortez da Congregação das Escravas do Sagrado Coração de Jesus, em Alhos Vedros, recebeu o Prémio Vieira, atribuído anualmente pelo Centro Universitário Padre António Vieira, para destacar uma personalidade no campo dos direitos humanos, do diálogo intercultural e interreligioso. O projecto Tasse resulta da candidatura ao Programa Escolhas 3ª Geração e tem vindo a ser desenvolvido na Quinta da Fonte da Prata, em Alhos Vedros, desde Setembro de 2006, com a finalidade de promover o sucesso escolar e a inserção na vida activa de crianças, adolescentes e jovens adultos, entre os 8 e os 24 anos.. Apoio associativo A Câmara Municipal da Moita atribuiu recentemente apoios financeiros à Associação de Páraquedistas do Sul, à Sociedade Filarmónica Estrela Moitense e ao Clube Recreativo do Palheirão, dando continuidade à sua política de apoio ao movimento associativo desportivo do Concelho da Moita. A primeira daquelas entidades recebeu uma verba de euros para um torneio de paraquedismo. À Estrela Moitense foi atribuído um subsídio de 750 euros para comparticipação nas despesas do GIMNOMOITA. Idêntica quantia recebeu o Clube Recreativo do Palheirão, para promover o Campo de Verão de Minibasquetebol. MONTIJO. Casa para jovens A Câmara Municipal do Montijo aprovou um protocolo com o Centro Social de S. Pedro do Afonsoeiro, com a duração de cinco anos, com vista à integração de jovens em fase de transição para a fase adulta, mas, ainda, sem condições de autonomização. No âmbito do protocolo, a autarquia compromete-se a ceder uma habitação no Bairro do Esteval, para residência transitória dos jovens. O Centro Social de São Pedro, por sua vez, compromete-se a desenvolver com os habitantes da casa, um projecto de vida, que vise a sua autonomia, possibilitando ao mesmo tempo a sua integração social e saída da residência.. Matriz energética Foi apresentada, recentemente, no Auditório da Galeria Municipal, a Matriz Energética para os concelhos do Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete, uma iniciativa promovida pela S. Energia, Agência Regional de Energia. A Matriz Energética tem como objectivo permitir uma análise quantitativa dos consumos energéticos nos quatro concelhos, assim como permitir a identificação dos sectores de actividade prioritários em termos de aplicação de medidas que se traduzam na poupança e conservação de energia.. Homenagem a Jorge Peixinho No âmbito das comemorações dos 70 anos do nascimento do Maestro Jorge Peixinho, um dos mais importantes compositores do século XX, a Câmara Municipal de Montijo promoveu a exibição de duas exposições dedicadas ao compositor montijense, considerado o pai da vanguarda musical portuguesa. No Museu Municipal do Montijo foi possível visitar a exposição Jorge Peixinho Vida e Obra e, no Cine-Teatro Joaquim d`almeida, a mostra de pintura de São Nunes, In Memoriam. ODIVELAS. Mais escolas O reforço da aposta no acesso à escola vai ser uma realidade em três localidades do Concelho, após o lançamento da 1ª pedra em Olival Basto, Pontinha e Odivelas. No primeiro caso, terá lugar a construção de três salas de aula de jardim-de-infância na EB1/JI, traduzindo-se num investimento de 1 milhão e 200 mil euros. No caso da EB1 do Vale Grande, as obras a realizar destinam-se a dotar o equipamento escolar com duas salas de actividades no JI, um novo centro de recursos no 1º ciclo e refeitório comum. Em Odivelas, a autarquia cedeu, em direito de superfície, uma parcela de m2 na Ribeirada, à Associação João de Deus, para a construção de uma nova escola, com as valências de creche, jardim-de- -infância e 1º ciclo.. Quiosque de leitura Foi inaugurado, no Jardim da Música, o novo Quiosque de Leitura, um espaço de cultura que funciona como uma extensão da Biblioteca Municipal D. Dinis e que coloca à disposição dos utentes daquele jardim cerca de 300 livros. Este novo projecto de proximidade, leitura e cultura, está aberto ao público de 3ª a 6ª feira, das 10h30 às 12h30, e das 13h30 às 17h30. Aos Sábados, o horário é das 09h30 às 12h30.. Obras na Pontinha A Freguesia da Pontinha está a ser alvo da empreitada de requalificação do trajecto pedonal entre a Rua do Funchal e a Praça S. João. Esta obra tem por objectivo a requalificação do trajecto pedonal indicado no âmbito do Projecto Pedibus, desenvolvido pela Câmara Municipal de Odivelas com a Escola Básica do 1º Ciclo Mello Falcão, e compreende o rebaixamento de passeios e pintura de novas passagens de peões e/ ou deslocação das já existentes. OEIRAS. Academia Carlos Queiroz A academia fundada pelo seleccionador nacional português, em Oeiras, conta já com 320 alunos com idades compreendidas entre os cinco e os dezasseis anos, dos quais 40 são meninas. A Football By Carlos Queiroz desenvolve, entre outros programas próprios, um projecto em parceria com o Manchester United. No plano social, a parceria com a Câmara Municipal de Oeiras tem permitido a operacionalização de inúmeras acções de responsabilidade social junto de escolas e entidades de solidariedade social, bem como a co-organização de eventos de cariz lúdico-desportivo.. Plataforma das Fontainhas Prosseguem os trabalhos de requalificação da plataforma das Fontainhas, em Paço de Arcos, que visam a recuperação paisagística de uma área de mais de 30 mil m2, num investimento municipal que ascende a 220 mil euros. A obra em curso assenta 8.9 MTPAML

6 BREVES BREVES na construção de um solário verde sobranceiro à praia de Paço de Arcos, de percursos pedonais complementares ao passeio marítimo e de zonas de lazer informal, sempre em harmonia com o espaço envolvente.. Excelência em comunicação A Câmara Municipal de Oeiras foi distinguida com o Grande Prémio APCE (Associação Portuguesa de Comunicação de Empresas), Excelência em Comunicação, na categoria de publicação externa, com o trabalho Oeiras em Revista. A autarquia foi ainda agraciada com quatro menções honrosas com: Campanha de Comunicação institucional Oeiras Somos Todos 250 anos de Oeiras ; Blogue de Comunicação Oeiras a Ler ; Melhor capa com Oeiras em Revista de Agosto de 2009; e Responsabilidade Histórica e Memória Empresarial Expo Celebrar Oeiras. PALMELA. Cine-Teatro S. João Reabriu ao público o Cine-Teatro S. João, um equipamento cultural com 57 anos de existência, que se encontrava encerrado para a execução de obras de recuperação, que representou um investimento municipal no valor de 1 milhão e 20 mil euros. A intervenção incidiu na vertente restauro e conservação dos elementos de interesse artístico e patrimonial e na própria infraestrutura do edifício, fundamental para a qualidade, segurança e modernização, de acordo com os usos e valências que actualmente comporta.. Juventude Foi inaugurado o Centro de Recursos para a Juventude da Quinta do Anjo, enquadrado na estratégia de investimento da autarquia na rede concelhia de equipamentos para a juventude, que integra já os Centros de Recursos de Palmela e Pinhal Novo e o Centro Municipal de Juventude. Este novo equipamento, localizado na antiga Escola Básica de Quinta do Anjo 2, representa um investimento no valor de euros. O espaço dispõe de zona multimédia, espaço de leitura, área de estudo, espaço UNIVA e zona de apoio aos utilizadores do equipamento.. Reuniões on-line As reuniões públicas da Câmara Municipal passaram a ser transmitidas em directo pela Internet. Para a presidente da autarquia, Ana Teresa Vicente, esta é uma forma de tornar o trabalho dos órgãos autárquicos mais próximo das pessoas. Esta é apenas mais uma forma de apelar à participação dos munícipes na vida pública, na linha de outra medida tomada pelo Executivo, como o veículo de atendimento municipal que se desloca às zonas mais distantes e rurais do Concelho para ajudar os munícipes a resolver questões camarárias. SEIXAL. Hospital do Seixal Foi publicado no Diário da República o anúncio da abertura do concurso público internacional para o novo hospital do Seixal, que deve estar a funcionar em A unidade vai servir os cerca de 400 mil habitantes dos concelhos de Almada, Seixal e Sesimbra, que actualmente apenas dispõem do Hospital Garcia da Horta, em Almada. O futuro hospital será uma unidade de excelência, direccionada para a prestação de cuidados de ambulatório.. Informação geográfica A autarquia passou a disponibilizar uma nova aplicação no site SIG (Sistema de Informação Geográfica), que permite disponibilizar aos munícipes e visitantes várias informações referentes ao planeamento das actividades de limpeza urbana, recolha de resíduos sólidos urbanos e pontos de reciclagem em toda a área do município. Este espaço tem uma vertente interactiva, onde, através do preenchimento de um formulário, se pode deixar sugestões ou reclamações sobre o Planeamento de Limpeza Urbana.. Pinte a sua casa A Câmara Municipal do Seixal está a desenvolver o programa Pinte a Sua Casa, que tem como objectivo promover a pintura exterior de edifícios nos núcleos urbanos antigos de Amora, Arrentela, Paio Pires e Seixal. Este projecto tem como destinatários os proprietários ou arrendatários que pretendam pintar o exterior dos edifícios onde residam ou dos quais sejam proprietários, ficando a autarquia de fornecer os materiais de pintura necessários ao tratamento das fachadas. SESIMBRA. Promoção turística Sesimbra está a traçar um plano estratégico de desenvolvimento turístico, que pretende as estadas de turistas no Concelho. O grande objectivo é, segundo o presidente da Câmara Municipal, Augusto Pólvora, valorizar os aspectos positivos do mar de Sesimbra, com duas costas distintas: uma do Atlântico e outra mais calma, da costa da Arrábida. O plano estratégico inclui actividades náuticas, a valorização do Parque Natural da Arrábida e das matas de Sesimbra, a remodelação da marginal e da fortaleza de Santiago, a melhoria dos acessos à lagoa de Albufeira e intervenções no Meco.. Iluminação pública A Avenida da Liberdade e o Largo 5 de Outubro, em Sesimbra, a Avenida Humberto Delgado, na Quinta do Conde, e no Jardim de Santana, são algumas das zonas para onde está prevista a instalação, a título experimental, de iluminação LED componentes semicondutores que transformam corrente eléctrica em luz monocromática - em substituição das lâmpadas de vapor de sódio, usadas actualmente. Estas medidas destinam-se a melhorar a eficiência energética e fazem parte de um conjunto de projectos que integram a candidatura apresentada pela Agência de Energia e Ambiente da Arrábida ao Plano de Eficiência no Consumo Requalificação do Largo do Município O Largo do Município vai receber um conjunto de intervenções, incluindo a reinstalação da fonte removida nos anos 40, que pretendem devolver-lhe a identidade e vivência que o caracterizaram durante séculos. O projecto vai privilegiar a circulação pedonal, minimizando o impacte automóvel no núcleo urbano. Ao nível da iluminação vão também ser introduzidas medidas inovadoras que valorizam os edifícios e os elementos que compõem a praça. A intervenção está inserida no Programa Integrado de Valorização da Frente Marítima de Sesimbra. SETÚBAL. Arbitragem de litígios Os litígios civis, comerciais e administrativos passaram a ser resolvidos de forma mais célere e com menos custos, com a criação do primeiro pólo no País, do Centro de Arbitragem de Litígios (CAL), em Setúbal, nas instalações da delegação local da Ordem dos Advogados, constituindo uma alternativa aos tribunais comuns. Para o efeito foi assinado um protocolo entre o Conselho Distrital de Lisboa da Ordem dos Advogados, o Conselho Distrital de Évora e o Agrupamento de Delegações de Setúbal e Alcácer do Sal, com o patrocínio da autarquia setubalense.. Mercado do Livramento O projecto de requalificação e modernização do Mercado do Livramento, um dos projectos do Programa Integrado de Valorização da Zona Ribeirinha, adjudicado por 3,2 milhões de euros, foi apresentado aos operadores do espaço. A iniciativa contempla o aumento da área de venda para 558 m2, a ampliação do edifício, com a criação de um novo espaço que englobará um cais de descarga de mercadoria, uma área de frio, zonas de apoio e a criação de uma nova área multifuncional. O projecto é comparticipado por fundos europeus, em cerca de um milhão de euros, no âmbito do QREN.. Jardim da Algodeia A redução de custos, numa poupança energética até 60%, é um dos objectivos prosseguidos pela Câmara Municipal de Setúbal com a inauguração da iluminação LED no Jardim da Algodeia. O novo sistema de iluminação, um investimento na ordem dos 15 mil euros, além da poupança na factura energética do Município, permite aumentar os níveis de segurança do espaço verde intervencionado. O Jardim da Algodeia vai ainda ser reforçado com novas torres de iluminação LED, um investimento na ordem dos 5 mil euros. SINTRA. Monserrate renasce A música regressou ao Palácio de Monserrate, em Sintra, propriedade da empresa pública Parques de Sintra Monte da Lua, após trabalhos de restauro dos principais espaços no valor de 1,15 milhões de euros. A segunda fase de requalificação daquele monumento do século XIX foi comparticipada em 650 mil euros pelo EEA-Grants (mecanismo financeiro do espaço económico europeu).. Túnel Cavaleira/Ouressa No âmbito das comemorações do Dia do Município, a Câmara de Sintra inaugurou o novo túnel Cavaleira/Ouressa, uma via de características estruturantes para o Concelho de Sintra, com o objectivo de garantir as ligações de tráfego entre a A16 (nó de Sintra) e os aglomerados urbanos de Ouressa e Algueirão, melhorando as acessibilidades e o descongestionamento do trânsito na área da Portela de Sintra. O traçado desenvolve-se por uma extensão de um quilómetro, compreendendo uma passagem inferior sobre a linha de caminho-de-ferro.. Casa amiga Foi inaugurada a Casa Amiga, um espaço de acolhimento cedido pela autarquia, para doentes estrangeiros e acompanhantes no Concelho de Sintra, resultante de um protocolo celebrado entre o Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACI- DI), Instituto da Segurança Social (ISS), a Ser Alternativa Associação de Apoio Social e a Câmara de Sintra, em Junho de Este programa de apoio social é promovido pelo ISS e ACIDI com o objectivo de apoiar cidadãos que necessitem de tratamento em Portugal, ao abrigo de acordos de cooperação de permanência temporária para cidadãos provenientes de Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Moçambique, Angola e Guiné-Bissau. vila franca de xira. Mais educação A Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha, inaugurou a Escola EB 1 nº 2 /JI nº 4 da Quinta da Vala, em Alverca do Ribatejo, que representou um investimento de ,96 Euros, incluindo a aquisição de equipamento e mobiliário. Este novo estabelecimento de ensino tem uma área total de construção de 2.801,35 m2, que potenciam doze salas de aula destinadas ao 1º Ciclo do Ensino Básico e quatro salas de educação pré-escolar, com capacidade total para cerca de 400 crianças.. Apoio aos bombeiros A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira deliberou proceder à atribuição de uma comparticipação no valor de ,81 euros à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Castanheira do Ribatejo, para a construção do novo quartel daquela corporação. Este apoio surge na sequência do Plano Estratégico de Responsabilidade Social celebrado entre a autarquia e a ABERTIS, SA e enquadra-se na permanente colaboração entre o município e os Corpos de Bombeiros Voluntários do Concelho.. Tarrafal memórias Até 29 de Agosto, no Museu do Neo-Realismo, está patente a exposição documental Tarrafal Memória do Campo de Concentração do Tarrafal, da responsabilidade da Fundação Mário Soares e da Fundação Amílcar Cabral. A exposição constitui um legado histórico da maior importância, centrada num local Tarafal na então colónia de Cabo Verde, onde muitos portugueses opositores ao regime, entre 1936 e 1974, conheceram condições de vida infra-humanas de existência durante o Estado Novo MTPAML

08/Junho/2011 5ª REUNIÃO DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO

08/Junho/2011 5ª REUNIÃO DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO 08/Junho/2011 5ª REUNIÃO DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO Aprovação do Relatório de Execução de 2010 Estrutura do Relatório de Execução 2010 Estrutura do Relatório de Execução de 2010 do PORL: 1. Apresentação

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011 A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta do Senhor Presidente e do Vereador Senhor Eng.º Sérgio Manuel

Leia mais

Discurso de Sua Excelência o Presidente da República

Discurso de Sua Excelência o Presidente da República Continuarei a percorrer o País, de Norte a Sul, a apelar à união de esforços, a levar uma palavra de esperança e a mostrar bons exemplos de resposta à crise. Discurso de Sua Excelência o Presidente da

Leia mais

Requalificação da Frente Ribeirinha do Concelho de Vila Franca de Xira Polis & Polis XXI

Requalificação da Frente Ribeirinha do Concelho de Vila Franca de Xira Polis & Polis XXI Requalificação da Frente Ribeirinha do Concelho de Vila Franca de Xira Polis & Polis XXI Luís Matas de Sousa Director do Projecto de Requalificação Urbana da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Área

Leia mais

MONTIJO, CIDADE SAUDÁVEL E SUSTENTÁVEL DA CICLOVIA A UMA REDE PEDONAL E CICLÁVEL

MONTIJO, CIDADE SAUDÁVEL E SUSTENTÁVEL DA CICLOVIA A UMA REDE PEDONAL E CICLÁVEL MONTIJO, CIDADE SAUDÁVEL E SUSTENTÁVEL DA CICLOVIA A UMA REDE PEDONAL E CICLÁVEL Identificação do ponto de partida: O Município de Montijo: - Integra a Rede Portuguesa das Cidades Saudáveis, com quatro

Leia mais

Nota Introdutória Erro! Marcador não definido.

Nota Introdutória Erro! Marcador não definido. GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2015 ÍNDICE Nota Introdutória Erro! Marcador não definido. Ações Educação e Formação 2 Ação Social 3 Gestão Participada e Finanças 4 Saúde 5 Desporto 5 Juventude 6 Cultura 6 Turismo

Leia mais

RESUMO DAS OBRAS VISITADAS:

RESUMO DAS OBRAS VISITADAS: RESUMO DAS OBRAS VISITADAS: Bairro da Laje, freguesia de Porto Salvo: - Parque Urbano Fase IV Os Arranjos Exteriores do Parque Urbano Fase IV do bairro da Laje, inserem-se num vasto plano de reconversão

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Denominação, Sede e Âmbito 1. O Conselho Local de Acção Social do Concelho de

Leia mais

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196. 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.916,00 1 ENSINO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO 116.500,00 93.625,00 100.574,00 103.487,00 1 Apoios e subsídios CM 13 18 5 05-06-02-03-99 1.000,00 1.030,00 2.122,00

Leia mais

Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA)

Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA) Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA) Definições O Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades irá conter um programa das intenções necessárias para assegurar a acessibilidade física

Leia mais

Projecto REDE CICLÁVEL DO BARREIRO Síntese Descritiva

Projecto REDE CICLÁVEL DO BARREIRO Síntese Descritiva 1. INTRODUÇÃO Pretende-se com o presente trabalho, desenvolver uma rede de percursos cicláveis para todo o território do Município do Barreiro, de modo a promover a integração da bicicleta no sistema de

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE. Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006. Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr.

JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE. Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006. Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr. JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006 Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr.ª Guadalupe Tel. e Fax: 266 781 165 Tel.: 266 747 916 email: jfguadalupe@mail.evora.net

Leia mais

Expansão da Plataforma Logística

Expansão da Plataforma Logística CÂMARA U1 Expansão da Plataforma Logística RELATÓRIO DE PONDERAÇÃO DA DISCUSSÃO PÚBLICA DA PROPOSTA DE DELIMITAÇÃO E RESPECTIVO PROGRAMA-BASE DIVISÃO DE PLANEAMENTO E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO D EZ E M

Leia mais

A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento. Participativo

A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento. Participativo Cecília Branco Programa Urbal Red 9 Projecto Orçamento Participativo Reunião de Diadema Fevereiro 2007 A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento Participativo Município

Leia mais

Eng.º José Pinto Leite

Eng.º José Pinto Leite Dia 27 de Maio Investimento e sustentabilidade Eng.º José Pinto Leite Programa Polis Congresso LIDER A 09 Sustentabilidade e o POLIS José Manuel Pinto Leite IST 27/05/2009 1 Sustentabilidade e o POLIS

Leia mais

Id Serviços de Apoio

Id Serviços de Apoio Id Serviços de Apoio Cafetaria do Museu Calouste Gulbenkian e seu prolongamento no jardim. Serviços Centrais Valores em euros Encargos com pessoal 6 219 770 Despesas de funcionamento 9 606 628 Investimento

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 Versão Preliminar Este relatório tem por objectivo da conta do que de mais relevante foi realizado no cumprimento

Leia mais

SISTEMA DE INCENTIVOS À

SISTEMA DE INCENTIVOS À SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO AVISOS PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS INOVAÇÃO PRODUTIVA EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO Elisabete Félix Turismo de Portugal, I.P. - Direcção de Investimento PRIORIDADE

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011 1. Análise do Plano Plurianual de Investimentos (PPI) Neste orçamento, o Município ajustou, as dotações para despesas de investimento, ao momento de austeridade que o país

Leia mais

A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI

A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI Mobilidade em Cidades Médias e Áreas Rurais Castelo Branco, 23-24 Abril 2009 A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI A POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI Compromisso

Leia mais

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DO ANO 2015 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTIJO

E N T I D A D E DOTAÇÕES INICIAIS P L A N O P L U R I A N U A L D E I N V E S T I M E N T O S DO ANO 2015 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTIJO PÁGINA : 1 1. FUNÇÕES GERAIS 30.951,63 10.509,00 960.567,00 960.567,00 42.565,00 1.044.592,63 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE 30.951,63 10.509,00 960.567,00 960.567,00 42.565,00 1.044.592,63 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Leia mais

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo 22 de Fevereiro 2010 Índice Índice PARTE I SÍNTESE DO 2º FÓRUM PARTICIPATIVO (10 minutos) PARTE II SÍNTESE DA ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta FICHA TÉCNICA Relatório do Plano de Acção de Freixo de Espada à Cinta Conselho

Leia mais

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 23 10 2014 Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020 Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 Victor Francisco Gestão e Promoção da Inovação 21 de outubro

Leia mais

Enquadramento Turismo Rural

Enquadramento Turismo Rural Enquadramento Turismo Rural Portugal é um País onde os meios rurais apresentam elevada atratividade quer pelas paisagens agrícolas, quer pela biodiversidade quer pelo património histórico construído o

Leia mais

INTRODUÇÃO O QUE É O PLANO «SALATIA»?

INTRODUÇÃO O QUE É O PLANO «SALATIA»? INTRODUÇÃO O QUE É O PLANO «SALATIA»? No actual cenário económico-financeiro do Mundo e do País, é obrigação de todas as entidades públicas, à sua escala, promoverem medidas de apoio às empresas e às famílias

Leia mais

ANEXO I. FICHAS DE CARACTERIZAÇÃO DAS MEDIDAS 3.1. e 3.2. - EIXO 3 DO PRORURAL versão 7

ANEXO I. FICHAS DE CARACTERIZAÇÃO DAS MEDIDAS 3.1. e 3.2. - EIXO 3 DO PRORURAL versão 7 3.1.1. Diversificação de Actividades Não-Agrícolas na Exploração Descrição Apoio a iniciativas empresariais promotoras do saber fazer tradicional Apoio a actividades lúdicas de carácter inovador nas explorações

Leia mais

DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015

DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015 DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015 Senhor Presidente da Assembleia Legislativa Regional, Excelência Senhor Presidente do Governo Regional da Madeira, Excelência Senhoras e Senhores Secretários Regionais Senhoras

Leia mais

Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo. Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes

Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo. Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo Anadia, 25 de Fevereiro de 2008 Miguel Mendes 2 Apoios Financeiros ao Investimento no Turismo Índice 1 Plano Estratégico Nacional do Turismo (PENT) 2 Crédito

Leia mais

ANEXO I (À Tabela de Preços e Outras Receitas Municipais 2012) DESCONTOS A APLICAR AOS VALORES DA TABELA DE PREÇOS E OUTRAS RECEITAS MUNICIPAIS

ANEXO I (À Tabela de Preços e Outras Receitas Municipais 2012) DESCONTOS A APLICAR AOS VALORES DA TABELA DE PREÇOS E OUTRAS RECEITAS MUNICIPAIS ANEXO I (À Tabela de Preços e Outras Receitas Municipais 2012) DESCONTOS A APLICAR AOS VALORES DA TABELA DE PREÇOS E OUTRAS RECEITAS MUNICIPAIS Aos preços da Tabela de Preços e Outras Receitas Municipais

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 O Decreto-Lei n.º 7/2003, de 15 de Janeiro, tem por objecto os Conselhos Municipais de Educação, regulando as suas competências e composição,

Leia mais

Plano de Acção para a Energia Sustentável (PAES) Município do Barreiro. Nota complementar e explicativa

Plano de Acção para a Energia Sustentável (PAES) Município do Barreiro. Nota complementar e explicativa Plano de Acção para a Energia Sustentável (PAES) Município do Barreiro Nota complementar e explicativa Setembro de 2012 IDENTIFICAÇÃO Título: Plano de Acção para a Energia Sustentável (PAES) - Município

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PARA 2014

PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PARA 2014 PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PARA 2014 O ano de 2014 inicia um novo ciclo de trabalho marcado por um novo mandato autárquico que trouxe uma renovação, essencialmente, no grupo de políticos que representam

Leia mais

AGENDA VALORIZAÇÃO DO TERRITÓRIO

AGENDA VALORIZAÇÃO DO TERRITÓRIO Novas Oportunidades para o Financiamento de Investimento Público e Empresarial no âmbito do QREN --- Sines 11 de Março de 2008 A Agenda Operacional para a Valorização do Território é uma estratégia de

Leia mais

MOVIMENTOS PENDULARES NA ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA 1991-2001

MOVIMENTOS PENDULARES NA ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA 1991-2001 Informação à Comunicação Social 25 de Fevereiro de 2003 MOVIMENTOS PENDULARES NA ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA 1991-2001 Deslocações entre o local de residência e o local de trabalho / estudo PORTUGAL MINISTÉRIO

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Diário da República, 1.ª série N.º 30 10 de fevereiro de 2012 661 ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Lei n.º 6/2012 de 10 de fevereiro Primeira alteração à Lei n.º 8/2009, de 18 de Fevereiro, que cria o regime jurídico

Leia mais

Revista de Imprensa. 10 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais

Revista de Imprensa. 10 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais Revista de Imprensa Agenda 21 1 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais 2 - Jornal da Costa do Sol, 05-02-2009, Ambiente de Cascais chegou a Seia

Leia mais

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS (Aberto a todos os Cidadãos) 1. O QUE É: O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade é uma iniciativa da Câmara Municipal de

Leia mais

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES 1783 MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Decreto n.º 7/2008 de 27 de Março A rede ferroviária de alta velocidade constitui um empreendimento público de excepcional interesse nacional

Leia mais

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Câmara Municipal: Cidade VILA NOVA DE GAIA Vila Nova de Gaia Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Área da cidade 600 ha População total 30 hab. Dimensão

Leia mais

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS Plano de Actividades e Orçamento Exercício de 2012 Plano de Actividades e Orçamento para o exercício de 2012 Preâmbulo: O Plano de Actividades do ano de 2012 foi concebido com a prudência que resulta da

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta dos Vereadores Senhores Dr. José Polido, Alberto

Leia mais

Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra

Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra O Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra estabelece a concepção do espaço urbano, para a área de intervenção do Plano, dispondo, designadamente,

Leia mais

Decreto n.º 4/2005 Convenção Europeia da Paisagem, feita em Florença em 20 de Outubro de 2000

Decreto n.º 4/2005 Convenção Europeia da Paisagem, feita em Florença em 20 de Outubro de 2000 Decreto n.º 4/2005 Convenção Europeia da Paisagem, feita em Florença em 20 de Outubro de 2000 Considerando fundamental, para alcançar o desenvolvimento sustentável, o estabelecimento de uma relação equilibrada

Leia mais

Conselho Local de Acção Social De Vila Nova de Cerveira

Conselho Local de Acção Social De Vila Nova de Cerveira Conselho Local de Acção Social De Vila Nova de Cerveira REGULAMENTO INTERNO INTRODUÇÃO A rede social é uma plataforma de articulação de diferentes parceiros públicos e privados que tem por objectivos combater

Leia mais

Partido Popular. CDS-PP Grupo Parlamentar PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 452/X RECOMENDA AO GOVERNO A REORIENTAÇÃO DO INVESTIMENTO PÚBLICO

Partido Popular. CDS-PP Grupo Parlamentar PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 452/X RECOMENDA AO GOVERNO A REORIENTAÇÃO DO INVESTIMENTO PÚBLICO Partido Popular CDS-PP Grupo Parlamentar PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 452/X RECOMENDA AO GOVERNO A REORIENTAÇÃO DO INVESTIMENTO PÚBLICO A crise económica e social, quer a nível internacional quer a nível nacional,

Leia mais

VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA

VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA Setembro 2014 VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA O lançamento de um programa pedagógico e de desenvolvimento educativo de crianças e jovens, partilhado por todos os agentes do sistema escolar e educativo local,

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009 GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009 1. Análise do Plano Plurianual de Investimentos (PPI) O plano plurianual de investimentos para 2009 tem subjacente um planeamento financeiro que perspectiva a execução dos

Leia mais

Projeto Viva a Alameda

Projeto Viva a Alameda Projeto Viva a Alameda Janeiro 2012 I. Enquadramento a. Política de Cidades o instrumento PRU b. Sessões Temáticas II. A PRU de Oliveira do Bairro a. Visão b. Prioridades Estratégicas c. Área de Intervenção

Leia mais

Apoio a crianças e jovens em situação de risco

Apoio a crianças e jovens em situação de risco Ficha de Projecto Dezembro/2006 Designação Parceria Acordo de Parceiros de 20.12.05 Gabinete para a Cooperação do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social de Portugal Gabinete do Ministro do Trabalho,

Leia mais

Ação Piloto para a Regeneração Urbana. Avenida da Liberdade, Braga. Concurso de Ideias Profissionais de Arquitectura

Ação Piloto para a Regeneração Urbana. Avenida da Liberdade, Braga. Concurso de Ideias Profissionais de Arquitectura Ação Piloto para a Regeneração Urbana Avenida da Liberdade, Braga Concurso de Ideias Profissionais de Arquitectura Cientes da importância de promover uma intervenção capaz de revitalizar o centro histórico

Leia mais

Reabilitação do Mercado Municipal. Concurso de Ideias. Regulamento

Reabilitação do Mercado Municipal. Concurso de Ideias. Regulamento ARTIGO 1º Enquadramento Reabilitação do Mercado Municipal Concurso de Ideias Regulamento O Concurso de Ideias para a reabilitação do Mercado Municipal (MM), sito na praça do Comércio é uma iniciativa da

Leia mais

Iniciativa JESSICA. Perguntas Frequentes

Iniciativa JESSICA. Perguntas Frequentes 1 - Como nasceu a iniciativa JESSICA? A iniciativa JESSICA (Joint European Support for Sustainable Investment in City Areas) é um instrumento financeiro promovido pela Comissão Europeia e desenvolvido

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 02 FEVEREIRO DE 2011 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 02 FEVEREIRO DE 2011 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 02 FEVEREIRO DE 2011 ORDEM DO DIA ASSUNTO APRECIADO AO ABRIGO DO ART. 83.º DA LEI N.º 169/99, DE 18 DE SETEMBRO, REPUBLICADA PELA LEI

Leia mais

Fls. 1. Fich: EDITAL L N.º 11 - Reunião ordinária de 12 de Junho de 2008.doc

Fls. 1. Fich: EDITAL L N.º 11 - Reunião ordinária de 12 de Junho de 2008.doc Fls. 1 EDITAL ANTÓNIO MAGALHÃES, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES, FAZ SABER, em cumprimento do disposto no art. 91º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei 5-A/2002,

Leia mais

Gabinete de Planeamento Estratégico. Contextualização e desenvolvimento do processo de revisão do Plano Diretor Municipal de Palmela

Gabinete de Planeamento Estratégico. Contextualização e desenvolvimento do processo de revisão do Plano Diretor Municipal de Palmela Gabinete de Planeamento Estratégico Contextualização e desenvolvimento do processo de revisão do Plano Diretor Municipal de Palmela Em 2003, o Município de Palmela tomou a decisão de proceder à revisão

Leia mais

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE A LINK THINK AVANÇA COM PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSONAL PARA 2012 A LINK THINK,

Leia mais

Minhas senhoras e meus senhores.

Minhas senhoras e meus senhores. Minhas senhoras e meus senhores. Em primeiro lugar, gostaria de transmitir a todos, em nome do Senhor Secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, a satisfação pelo convite que

Leia mais

Iniciativa JESSICA. Perguntas Frequentes

Iniciativa JESSICA. Perguntas Frequentes Iniciativa JESSICA Perguntas Frequentes Iniciativa JESSICA: Perguntas Frequentes 1 - Como nasceu a iniciativa JESSICA? A iniciativa JESSICA (Joint European Support for Sustainable Investment in City Areas)

Leia mais

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 Revista de Imprensa Janeiro de 2007 DNA 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 2 - Diário Económico, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 10 projectos em 2006 3 - Jornal

Leia mais

Eixo Prioritário IV Qualificação do Sistema Urbano. Qualificação do Sistema de Transportes Públicos de Passageiros

Eixo Prioritário IV Qualificação do Sistema Urbano. Qualificação do Sistema de Transportes Públicos de Passageiros Eixo Prioritário IV Qualificação do Sistema Urbano Qualificação do Sistema de Transportes Públicos de Passageiros Aviso para apresentação de candidaturas em contínuo Qualificação do Sistema de Transportes

Leia mais

Conselho Regional da RLVT. Referencial para a elaboração do Plano de Ação Regional de Lisboa, 2014-20

Conselho Regional da RLVT. Referencial para a elaboração do Plano de Ação Regional de Lisboa, 2014-20 Conselho Regional da RLVT Referencial para a elaboração do Plano de Ação Regional de Lisboa, 2014-20 19 de fevereiro de 2013 Domínios-Chave Crescimento Inteligente Crescimento Inclusivo Crescimento Sustentável

Leia mais

III Encontro Agenda 21 Local (A21L) 20 de novembro 2015

III Encontro Agenda 21 Local (A21L) 20 de novembro 2015 III Encontro Agenda 21 Local (A21L) 20 de novembro 2015 Agenda 21: Faseamento 1 Agenda 21: Princípios orientadores A visão Um território com mais emprego, mais competitivo, mais qualificado, mais equitativo

Leia mais

1.ª REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2013

1.ª REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2013 1.ª REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2013 A Câmara reconhecendo a urgência de deliberação deliberou, por unanimidade, apreciar o seguinte assunto não incluído na

Leia mais

Plano Plurianual de Investimentos

Plano Plurianual de Investimentos O Orçamento da (Vale do Minho-CI), irá concentrar os seus recursos para o ano 2009 na implementação dos projectos aprovados no QCAIII que se encontram em fase de conclusão, bem como nos projectos já aprovados

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE CANAVIAIS Concelho de Évora GRANDES OPÇÕES DO PLANO

JUNTA DE FREGUESIA DE CANAVIAIS Concelho de Évora GRANDES OPÇÕES DO PLANO GRANDES OPÇÕES DO PLANO Na continuidade das opções que temos vindo a desenvolver ao longo do nosso mandato, que reflectem nas suas linhas gerais de orientação, uma constante preocupação em proporcionar

Leia mais

Promoção Imobiliária: que futuro para Lisboa?

Promoção Imobiliária: que futuro para Lisboa? REPORTAGEM AUTÁRQUICAS ALMOÇOS APPII reúne se com os candidatos à CML Promoção Imobiliária: que futuro para Lisboa? Antes do sufrágio que decidirá quem liderará os destinos da capital portuguesa durante

Leia mais

SI QUALIFICAÇÃO DE PME

SI QUALIFICAÇÃO DE PME SI QUALIFICAÇÃO DE PME SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (AVISOS DE CANDIDATURA MAIO 2010) TURISMO QREN QUADRO DE REFERÊNCIA ESTRATÉGICO NACIONAL 2007-2013 INFORMAÇÃO SINTETIZADA

Leia mais

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO POR CASCAIS, PARTICIPO. /opcascais www.cm-cascais.pt. escolha o seu projeto e vote por SMS grátis.

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO POR CASCAIS, PARTICIPO. /opcascais www.cm-cascais.pt. escolha o seu projeto e vote por SMS grátis. ORÇAMENTO PARTICIPATIVO POR CASCAIS, PARTICIPO. De 2 dez. a 5 de jan. 2014 escolha o seu projeto e vote por SMS grátis. Marcos Chuva Atleta Olímpico Salto em comprimento SAIBA MAIS: /opcascais www.cm-cascais.pt

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO NORMAS DE FUNCIONAMENTO 1.INTRODUÇÃO A prática de actividades de animação regular e sistemática,

Leia mais

Fls. 1. Departamento de Administração Geral tel.: 351 + 253 + 51 51 23 / 33 fax: 351 + 253 + 51 51 34 e-mail: camaraguimaraes@mail.telepac.

Fls. 1. Departamento de Administração Geral tel.: 351 + 253 + 51 51 23 / 33 fax: 351 + 253 + 51 51 34 e-mail: camaraguimaraes@mail.telepac. Fls. 1 EDITAL ANTÓNIO MAGALHÃES, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES, FAZ SABER, em cumprimento do disposto no art.º 91º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei 5-A/2002,

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO ALENTEJO 2014 2020 Versão 1.4 de 2 de Dezembro de 2014. Parecer da CGTP-IN

PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO ALENTEJO 2014 2020 Versão 1.4 de 2 de Dezembro de 2014. Parecer da CGTP-IN PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO ALENTEJO 2014 2020 Versão 1.4 de 2 de Dezembro de 2014 Parecer da CGTP-IN O Programa Operacional Regional do Alentejo para o período 2014-2020 tem uma dotação de fundos

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL. Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL. Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete A construção de um futuro impõe que se considere fundamental investir na capacitação e formação das pessoas,

Leia mais

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008 1. INTRODUÇÃO Em apenas 5 anos os OPEN DAYS Semana Europeia das Regiões e Cidades tornaram-se um evento de grande importância para a demonstração da capacidade das regiões e das cidades na promoção do

Leia mais

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO EIXO 1 EMPREGO, FORMAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E EMPREENDEDORISMO 01 - BALCÃO DE EMPREGABILIDADE; O Balcão de Empregabilidade pretende apoiar os desempregados

Leia mais

INQUÉRITO À POPULAÇÃO DE BRAGANÇA

INQUÉRITO À POPULAÇÃO DE BRAGANÇA FACULDADE DE LETRAS UNIVERSIDADE DE LISBOA Mestrado em Geografia, Esp. em Urbanização e Ordenamento do Território O planeamento urbano e o ordenamento territorial estratégico: O papel das politicas de

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

ESPOSENDE PACTO DE AUTARCAS

ESPOSENDE PACTO DE AUTARCAS ESPOSENDE PACTO DE AUTARCAS Novembro de 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE ESPOSENDE ESPOSENDE AMBIENTE, EEM OBJECTIVOS DE COMBATE ÀS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS Até ao ano de 2020, Aumentar em 20% a eficiência energética

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO. Preâmbulo

REGULAMENTO INTERNO. Preâmbulo REGULAMENTO INTERNO Preâmbulo O (adiante designado de Pacto Territorial), é uma plataforma de intervenção integrada, criada no âmbito do Projecto EQUAL Migrações e Desenvolvimento com vista à dinamização

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

INTERVENÇÕES DE REGENERAÇÃO URBANA EM PORTUGAL

INTERVENÇÕES DE REGENERAÇÃO URBANA EM PORTUGAL INTERVENÇÕES DE REGENERAÇÃO URBANA EM PORTUGAL JESSICA KICK-OFF MEETING FÁTIMA FERREIRA mrferreira@ihru.pt POLÍTICA DE CIDADES NO ÂMBITO DO QREN - PORTUGAL PO Regional Programas integrados de regeneração

Leia mais

FREGUESIA DE VILARINHO SANTO TIRSO MANDATO 2014/2017. Grandes opções do plano de atividades e investimentos ANO 2014

FREGUESIA DE VILARINHO SANTO TIRSO MANDATO 2014/2017. Grandes opções do plano de atividades e investimentos ANO 2014 1 FREGUESIA DE VILARINHO SANTO TIRSO MANDATO 2014/2017 Grandes opções do plano de atividades e investimentos ANO 2014 2 ÍNDICE - INTRODUÇÃO 3 - AÇÃO SOCIAL E EMPREGO 3,4 - EDUCAÇÃO SAÚDE 4 CULTURA, DESPORTO

Leia mais

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande 11.MARÇO.2013 25 anos da elevação a cidade APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande turismo industrial Marinha Grande www.cm-mgrande.pt MARÇO 2013 AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL DESTAQUE

Leia mais

para um novo ano lectivo

para um novo ano lectivo Ano Lectivo 2008/09 20 medidas de política para um novo ano lectivo Este documento apresenta algumas medidas para 2008/09: Apoios para as famílias e para os alunos Modernização das escolas Plano Tecnológico

Leia mais

What We re Doing For Cycling no município do Seixal

What We re Doing For Cycling no município do Seixal What We re Doing For Cycling no município do Seixal SEIXAL Seixal: 94 km2 158 269 habitantes 94 600 empregados e estudantes 47 800 ficam no concelho (50%) Seixal: 94 km2 158 269 habitantes 94 600 empregados

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR +

APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR + APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR + Ponta Delgada, 28 de Abril de 2014 Intervenção do Presidente do Governo Regional

Leia mais

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes:

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes: EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO PME) O presente documento suporta a apreciação do ponto 3

Leia mais

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social PLANO DE ACÇÃO 2007 Introdução O CLASA - Conselho Local de Acção Social de Almada, de acordo com a filosofia do Programa da Rede Social, tem vindo a suportar a sua intervenção em dois eixos estruturantes

Leia mais

PLANO DE PORMENOR DO DALLAS FUNDAMENTAÇÃO DA DELIBERAÇÃO DE DISPENSA DE AVALIAÇÃO AMBIENTAL

PLANO DE PORMENOR DO DALLAS FUNDAMENTAÇÃO DA DELIBERAÇÃO DE DISPENSA DE AVALIAÇÃO AMBIENTAL FUNDAMENTAÇÃO DA DELIBERAÇÃO DE DISPENSA DE AVALIAÇÃO AMBIENTAL Deliberação da Reunião Câmara Municipal de 29/11/2011 DIRECÇÃO MUNICIPAL DE URBANISMO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE PLANEAMENTO URBANO DIVISÃO

Leia mais

6. ESTRATÉGIAS DE ACÇÃO Relatório Agenda 21 - CASCAIS 2007 119 A implementação de uma estratégia no âmbito da Agenda Local 21 é apenas alcançável com a colaboração de todos os actores que actuam no Concelho,

Leia mais

CONTRIBUTOS PARA O DISCURSO DO SR. PRIMEIRO MINISTRO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA E POLÍTICAS PARA A EMIGRAÇÃO

CONTRIBUTOS PARA O DISCURSO DO SR. PRIMEIRO MINISTRO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA E POLÍTICAS PARA A EMIGRAÇÃO CONTRIBUTOS PARA O DISCURSO DO SR. PRIMEIRO MINISTRO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA E POLÍTICAS PARA A EMIGRAÇÃO PASSADO: OS PRIMEIROS PASSOS 1 Procura e estabelecimento de um relacionamento profícuo com os países

Leia mais

Projectar o Algarve no Futuro

Projectar o Algarve no Futuro Projectar o Algarve no Futuro Os Novos Desafios do Algarve Região Digital paulo.bernardo@globalgarve.pt 25 Maio 2007 Auditório Portimão Arena Um mundo em profunda mudança O Mundo enfrenta hoje um processo

Leia mais

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas.

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas. O Metro do Porto O Metro é um sistema de transportes públicos da Área Metropolitana do Porto e combina uma rede ferroviária subterrânea, no centro da cidade, com linhas à superfície em meio urbano e diversos

Leia mais

Eixo Prioritário II Valorização Económica de Recursos Específicos. Turismo Escolas de Hotelaria e Turismo

Eixo Prioritário II Valorização Económica de Recursos Específicos. Turismo Escolas de Hotelaria e Turismo Eixo Prioritário II Valorização Económica de Recursos Específicos Turismo Escolas de Hotelaria e Turismo Convite Público para Apresentação de Candidaturas Turismo Escolas de Hotelaria e Turismo Aviso relativo

Leia mais

(n.º/lote), (andar), (localidade) (cód. Postal), Freguesia de, com o telefone n.º, telemóvel n.º fax n.º e-mail Site (WWW):.

(n.º/lote), (andar), (localidade) (cód. Postal), Freguesia de, com o telefone n.º, telemóvel n.º fax n.º e-mail Site (WWW):. FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Ano a que respeita a candidatura I. IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE GESTORA (Designação da Entidade/Organização) n.º de contribuinte, com sede na (Rua, Av.) (n.º/lote), (andar), (localidade)

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. 2710 Diário da República, 1.ª série N.º 87 6 de Maio de 2009

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. 2710 Diário da República, 1.ª série N.º 87 6 de Maio de 2009 2710 Diário da República, 1.ª série N.º 87 6 de Maio de 2009 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Assembleia Legislativa Decreto Legislativo Regional n.º 12/2009/M Adapta à Região Autónoma da Madeira o Decreto -Lei

Leia mais

Decreto-Lei n.º 168/2007, de 3 de Maio, Aprova a orgânica do Instituto Português da Juventude, I. P (JusNet 1078/2007)

Decreto-Lei n.º 168/2007, de 3 de Maio, Aprova a orgânica do Instituto Português da Juventude, I. P (JusNet 1078/2007) LEGISLAÇÃO Decreto-Lei n.º 168/2007, de 3 de Maio, Aprova a orgânica do Instituto Português da Juventude, I. P (JusNet 1078/2007) ( DR N.º 85, Série I 3 Maio 2007 3 Maio 2007 ) Emissor: Presidência do

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA NOTA JUSTIFICATIVA Em conformidade com os poderes regulamentares que lhes são atribuídos pelos artigos 112º n.º 8 e 241º da Lei Constitucional, devem os Municípios aprovar os respectivos regulamentos municipais,

Leia mais

Movimentos Pendulares e Organização do Território Metropolitano: Área Metropolitana de Lisboa e Área Metropolitana do Porto, 1991-2001

Movimentos Pendulares e Organização do Território Metropolitano: Área Metropolitana de Lisboa e Área Metropolitana do Porto, 1991-2001 26 de Setembro de 2003 Movimentos Pendulares e Organização do Território Metropolitano: Área Metropolitana de Lisboa e Área Metropolitana do Porto, 1991-2001 PORTUGAL A análise dos movimentos pendulares

Leia mais