Missionárias completam 4 anos no Norte da África Pág. 12. Ano VII Nº 36 Novembro Dezembro 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Missionárias completam 4 anos no Norte da África Pág. 12. Ano VII Nº 36 Novembro Dezembro 2010"

Transcrição

1 CT Águas de Meribá vira referência em Senador Canedo (GO) Pág. 6 Brasil Mundo Mobilização Missionária Missionárias completam 4 anos no Norte da África Pág. 12 PEPE chega a Nicarágua, Ruanda e Haiti Pág. 15 Jornal de Missões Órgão Oficial das Juntas de Missões Mundiais e Nacionais da Convenção Batista Brasileira O ano de 2010 foi muito proveitoso para aqueles que desejavam seguir aos campos missionários mundiais como voluntários. Diversas caravanas, apoiadas pela JMM, seguiram para países da África e do Oriente Médio, além do Haiti, que sofreu com o terremoto que devastou o país em janeiro. Foram mais de 400 voluntários que ajudaram na evangelização daqueles países e levaram, por meio de suas profissões e talentos, esperança a pessoas que sofrem física e espiritualmente. Ano VII Nº 36 Novembro Dezembro 2010 Novos Sonhos para crianças da cracolândia Com o objetivo de complementar o trabalho realizado pela Missão Batista Cristolândia, projeto de resgate a marginalizados da cracolândia paulista, nasceu o Projeto Novos Sonhos, que visa assistir as crianças do entorno da Missão - filhas de dependentes químicos, traficantes, prostitutas e moradores da região. Inaugurado no dia 2 de outubro, Novos Sonhos alia esporte, cultura e a mensagem de Cristo para dar novos rumos aos pequeninos através de aulas de balé, futebol, basquete, alfabetização, entre outras atividades. Percebemos a necessidade que as crianças têm e decidimos investir nelas para que o seu futuro seja diferente do de seus pais, oferecendo a possibilidade de sonhar e realizar sonhos, disse Joana Machado, responsável pelo projeto. E a ideia já nasceu com proposta de crescimento. Segundo Joana, no futuro há a intenção de instalar uma base na favela do Moinho, se assim for a vontade de Deus, pois muitas crianças daquela comunidade visitam a MB Cristolândia. O Projeto Novos Sonhos já está dando frutos e, na medida em que crianças passam a vislumbrar uma nova perspectiva de vida, começa a decretar a falência das trevas que dominam o bairro. Pág. 7 Inauguração do Novos Sonhos na PIB em São Paulo JMM envia caravanas a três continentes Cristo aos romeiros Realizada em Belém do Pará, projeto leva assistência social e planta nova frente missionária em meio ao Círio de Nazaré Pág. 5 Muitos deles regressaram a suas igrejas no Brasil transformados e prontos para colocar em prática tudo o que aprenderam. Outros, sensibilizados com o que viram, desejam voltar ao campo novamente como voluntários ou até mesmo como missionários da JMM. Contudo, os voluntários são unânimes em afirmar que experiências transculturais não mudam a vidas das pessoas assistidas, mas de quem vai ao campo para ajudar. Página 22 e 23 Tenda da Esperança Senegal Crianças haitianas atentas às apresentações dos voluntários Nova igreja em Mbour Executivo da JMM participa de cerimônia da pedra fundamental de templo Pág. 15

2 2 Novembro/Dezembro 2010 Editorial Por um Brasil verdadeiramente feliz O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres... liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos... Isaías 4.18 e 19 A realidade expressa pela divisa de nossa campanha 2010 tem sido compreendida e posta em prática por milhares de discípulos de Jesus que herdaram dele a missão de anunciar as boas novas em todos os locais. Desta forma, voluntários seguiram para mais uma edição da Tenda da Esperança em Belém do Pará, no mês de outubro, e iniciaram a plantação de mais uma igreja para atender pessoas que se encontram sedentas de Deus, como você pode conferir na página 5. Enquanto isso, líderes e pastores de quatro estados brasileiros participaram do congresso Igrejas Multiplicadoras (ver página 3). O congresso foi além das minhas expectativas, pois o tema proposto foi tratado de maneira sóbria, tangível e sob a inspiração e motivação do Espírito Santo, afirmou o pastor Juvenal Gomes da Silva (PIB Barro Branco, São Fidélis, RJ) que participou do congresso na 1ª IB Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro. Os participantes em todos os estados tiveram a oportunidade de compartilhar da vasta experiência do pastor Charles Brock, orador oficial dos congressos. A Missão Batista Cristolândia, localizada nas ruas da cracolândia paulista, tem testemunhado os milagres do Senhor a cada dia. Jovens são resgatados das trevas para a maravilhosa luz de Cristo e já colocam suas vidas nas mãos daquele que os resgatou para ser instrumentos de resgate de tantos outros que ainda estão caídos à beira do caminho. Além disso, as crianças daquele local também são alvo do trabalho. Na página 7 você conhecerá o projeto Novos Sonhos que, a partir da união de diferentes sonhos, permitirá a construção de histórias de vida diferentes das que se encontram naquele local. Tanto neste projeto quanto nas comunidades terapêuticas (página 6) e nos campos de forma geral, o envolvimento direto de voluntários têm feito toda a diferença na proclamação do evangelho integral do Senhor Jesus. Nesta edição compartilhamos um pouco do muito que o Senhor tem realizado, pela instrumentalidade de cada um de seus discípulos, na expansão de seu reino em nosso país, tornando-o verdadeiramente feliz! Marize Gomes Garcia Gerente de Jornalismo Institucional da JMN Expediente O JORNAL DE MISSÕES é uma publicação bimestral das Juntas de Missões Mundiais e Nacionais da CBB. JornalistaS ResponsáveIS: Sérgio Dias /DRT-RJ (JMM) Marize Gomes Garcia /DRT-RJ (JMN) MISSÕES MUNDIAIS: Rua Senador Furtado, 71 Praça da Bandeira, Rio de Janeiro, RJ - CEP: Tel.: (21) Fax: (21) s: Portal: DIRETOR EXECUTIVO Pr. João Marcos Barreto Soares GERENTE DE COMUNICAÇÃO E MARKETING Pr. Luiz Cláudio Marteletto REDATORES: Ailton de Faria Figueiredo, Márcia Pinheiro e Sérgio Dias EDITORAÇÃO: Zani Augute Junior MISSÕES NACIONAIS: Rua Gonzaga Bastos, 300 Vila Isabel CEP: Rio de Janeiro, RJ Tel.: (21) Fax: (21) Site: DIRETOR EXECUTIVO: Pr. Fernando Brandão GERENTE EXECUTIVO DE PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA: Pr. Jeremias Nunes REDAÇÃO: Tiago Monteiro REVISÃO: Adalberto Alves de Sousa COORDENAÇÃO DA PRODUÇÃO EDITORIAL: Gerson Daminelli Ribeiro DIAGRAMAÇÃO: Oliverartelucas TIRAGEM: exemplares Palavra do Diretor Não vamos recuar... Com o lançamento no início deste ano da visão de Igreja Multiplicadora, Missões Nacionais prioriza e estabelece o seu foco na multiplicação de discípulos e na plantação de igrejas multiplicadoras. A visão da igreja multiplicadora é fazer o maior número de discípulos até a volta do Senhor Jesus. Seu foco estratégico é: multiplicar o número de igrejas; evangelizar e discipular impactando sua Jerusalém ; formar líderes multiplicadores; orar e se submeter à direção do Espírito Santo. A expansão da igreja no Livro de Atos foi toda coordenada pelo Espírito Santo. Ele tinha o controle sobre todo o processo de avanço e multiplicação. As estratégias eram direcionadas e coordenadas por Ele. O posicionamento estratégico da igreja em cada região era impulsionado por Ele. O Espírito também encorajava os discípulos, removia obstáculos e criava oportunidades para que o evangelho fosse proclamado e novas igrejas fossem plantadas em lugares de alta prioridade estratégica. Ele usava os discípulos de forma impactante. Vidas eram transformadas e abençoadas com mensagem da salvação. Aos discípulos restava obedecer e confiar. O Espírito Santo fazia as coisas acontecerem. A igreja estava permanentemente focada na multiplicação de discípulos e na plantação de novas igrejas. Em pouco tempo a igreja atravessou as fronteiras da Judeia e alcançou outros continentes formando milhares de discípulos. Elas se multiplicavam numa velocidade muito grande e em pouco tempo muitas igrejas foram plantadas. Foi um milagre. O Espírito Santo era a chave de tudo. Um ano de bênçãos e gratidão Ao chegar ao final deste ano sinto-me profundamente grato a Deus por tudo o que Ele tem feito através da Junta de Missões Mundiais. A obra missionária batista brasileira no exterior continuou a crescer e, ao mesmo tempo, a produzir despertamento entre as igrejas aqui no Brasil. Mais uma vez Deus tem abençoou o trabalho da JMM sobremaneira, com visão, recursos e engajamento de pessoas. Também é importante ressaltar e agradecer o apoio recebido das igrejas. O trabalho de Missões Mundiais é resultado da visão e do compromisso delas com o Senhor da seara. Da mesma forma agradeço a confiança demonstrada pela liderança batista brasileira a esse trabalho. Sem esse apoio pouco poderíamos fazer. Quero lembrar, também, de toda a equipe que realiza o trabalho da JMM, no campo e na sede. Tais pessoas têm trabalhado com afinco, cooperando para a evangelização do mundo. Minha gratidão aumenta ainda mais ao olhar para os resultados deste ano. Dentre os muitos frutos destaco os seguintes: o envio de 103 novos missionários, a organização de 50 igrejas, o batismo de mais de novos crentes e as cerca de 20 mil decisões por Cristo nos campos. Expandimos o trabalho missionário Realizamos quatro congressos de Igreja Multiplicadora este ano e muitos outros ainda serão realizados nos próximos meses, como também clínicas e seminários. O livro Plantando Igrejas Contextualizadas, uma Jornada Multiplicadora escrito pelo Dr. Charles Brock, publicado em português pela editora Convicção, é um dos materiais que temos usado na disseminação da visão de Igreja Multiplicadora. A leitura desse livro é de grande valia para aqueles que desejam multiplicar o número de discípulos exponencialmente até a volta do Senhor Jesus. A Igreja Multiplicadora tem algumas características:... tem a visão missionária de Atos 1.8;... é movida pela paixão de fazer discípulos;... cada membro é um ministro com visão multiplicadora;... ama, vive e faz missões;... tem impacto transformador onde está plantada;... cresce plantando outras igrejas;... é dirigida pelo Espírito Santo. Vivemos um momento de avanço missionário em nosso país e não podemos perder a oportunidade de conquistar a Pátria para Cristo. É tempo de avançar na total dependência do Espírito de Deus. Pr. Fernando Brandão Diretor Executivo de Missões Nacionais para novos locais, aumentando o investimento na obra missionária de forma significativa. O socorro às vítimas do terremoto no Haiti foi algo que mobilizou crentes em todo Brasil; essa mobilização resultou em doações, adoções e viagens, quando dezenas de brasileiros foram até aquele país, como voluntários, para demonstrar o amor de Deus ao povo de forma concreta. De igual forma, a Campanha Missionária de 2010, Por Cristo, vou até os confins da Terra, mobilizou as igrejas em todo Brasil! Elas responderam de maneira ímpar aos desafios apresentados. Na Junta de Missões Mundiais sempre lembramos da nossa missão como agência missionária: Servir e mobilizar as igrejas da CBB, viabilizando a obra missionária global. A obra é das igrejas, são elas que verdadeiramente fazem missões. Portanto, como batistas brasileiros, avançaremos até os confins da Terra! Juntos, alcançaremos aqueles que também precisam da graça do Pai. Pr. João Marcos Barreto Soares Diretor Executivo da JMM

3 Missionária se emociona ao contemplar a expansão do Reino de Deus em antigo campo Novembro/Dezembro Brasil Chamados para multiplicar Ampliando a visão da multiplicação de igrejas por meio do aproveitamento do potencial de discípulos, Missões Nacionais realizou, no mês de outubro, uma série de congressos em Mato Grosso do Sul, Maranhão, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Pastor Charles Brock, missionário norte-americano e autor do livro Plantando Igrejas Contextualizadas uma jornada multiplicadora, foi o orador oficial dos congressos, que contaram ainda com mensagens dos pastores Fernando Brandão, diretor executivo de Missões Nacionais; José Laurindo Filho, 1ª IB de Niterói (RJ); Luís Sayão, conferencista e tradutor bíblico; e Eli Fernandes, IB Liberdade (SP). Pastor Charles Brock impactou a todos com seu testemunho brilhante, suas experiências e seu grande entusiasmo pelo crescimento de igrejas no Momento de intercessão pelo avanço do evangelho no MS Brasil. Eu nunca vi um lugar tão aberto e receptivo para a plantação de igrejas! O que confirma o que tem sido dito pelo pastor Fernando Brandão: O grande desafio não é o Brasil, mas é a igreja, somos nós!, quando aborda a inércia da igreja para alcançar os perdidos. O orador oficial do congresso apontou alguns caminhos que podem ser aplicados nos trabalhos de pequenos grupos, quando as igrejas estão em sua fase embrionária; abordou princípios básicos para o plantador de igrejas, dando oportunidade aos congressistas para fazerem perguntas relativas aos temas abordados no manual de Plantação de Igrejas. Ressaltou que toda a ação do plantador deve ser reproduzível entre os novos convertidos e também chamou a atenção para a exclusividade da Palavra como resolução de questionamentos que surgem durante os períodos de discipulado. Precisamos lembrar que aquilo Pr. Charles Brock - orador oficial do Congresso Igreja Multiplicadora que a Palavra diz é mais importante e poderoso do que qualquer coisa que eu tenha a dizer acerca da Palavra de Deus. Porque a Palavra de Deus é inspirada e nem sempre as minhas são. Qual a chave para a multiplicação de igrejas? foi o tema de uma das mensagens do diretor executivo da JMN que, para responder, voltou à igreja de Atos. Ressaltou a ausência de recursos materiais, ausência de grandes estruturas, de literatura e de tantas outras ferramentas presentes nos dias de hoje, mas enfatizou que a igreja crescia e se multiplicava porque os crentes estavam cheios do Espírito Santo. Incentivou pastores e líderes presentes a buscarem uma vida cheia do Espírito Santo, a desprezarem interesses que não sejam os do reino de Deus e a começarem em suas vidas e igrejas um verdadeiro despertamento para a multiplicação de igrejas no Brasil. Encantada com o conhecimento adquirido, a jovem Grazielle Machado, da 2ª IB de Três Lagoas (MS), deseja levar este conhecimento aos membros de sua comunidade. O que mais me tocou foi saber mais sobre evangelismo, de uma forma prática, acrescentou. Vasti Ortolan, que mora em Campinas (SP), também foi tremendamente edificada ao acompanhar, de sua casa, as mensagens dos preletores. Assisti pela internet. Foi algo novo na minha vida, mas a Palavra de Deus sempre chega de forma inesperada na vida da gente; e sempre quando pensamos que já fazemos e sabemos de tudo, o Senhor Jesus renova de forma surpreendente nossos sentimentos e acende o amor por vidas. Pastor Wander Gomes, 1ª IB Recreio dos Bandeirantes, igreja que sediou o congresso no Rio de Janeiro, afirmou: A consciência de que somos o sal da terra e a luz do mundo precisa se materializar e frutificar na evangelização e na plantação de igrejas por todos os lugares. A igreja é a continuidade da encarnação do Senhor, seu amor, sua graça. Deus ampliou nossa visão, agora vamos trabalhar na expansão do Reino. Um sonho que se realizou Missionária Aidete Brum Fazia 14 anos que havia estado na cidade do Juazeiro do Norte (CE), onde tive o privilégio de atuar iniciando o trabalho batista da Convenção. Cheguei à cidade no dia 23 de dezembro de 1988, fui a primeira dos cinco que formariam a equipe a pisar naquela que era conhecida como terra de padre Cícero Romão Batista, como dizem eles, meu padinho Ciço. Os anos se passaram, o que conseguimos plantar, com a graça do Senhor Jesus, hoje se multiplicou em mais nove igrejas e 16 congregações, tendo a primeira igreja quase 400 membros, um povo vibrante com missões, com pastor local, com vários grupos musicais, teatro, ação social, equipe de evangelismo e discipulado, enfim uma igreja viva. Muitas vezes chorei e sonhei com uma grande igreja naquele lugar, e agora pude ver uma grande igreja, mais uma vez chorei, agora de alegria em constatar um sonho realizado. Na noite do dia 16/10/2010 quando assumi a palavra no culto e olhei aquela multidão não sabia se falava ou chorava, dei muitas graças a Deus por tudo que estava vendo. Sou grata a Missões Nacionais pela visão de mandar em 1988 uma equipe de cinco missionários e um grupo de seminaristas para proclamar na terra de padre Cícero uma nova mensagem, aquela que o povo local não conhecia, Jesus o Salvador. Por tudo isso que contemplei, agradeço o privilégio de servir a Deus por intermédio da Junta de Missões Nacionais. Saí de Juazeiro do Norte mais confiante no poder e misericórdia daquele que nos chamou das trevas para sua maravilhosa luz. Sei que a semente foi plantada, adubada, regada e a colheita está acontecendo em larga escala para glória do Pai.

4 4 Novembro/Dezembro 2010 Brasil Alunos do CIEM realizam estágio missionário no RN O Brasil que poucos conhecem Paulyne e Eduardo Peixoto Para a glória de Deus e com a misericórdia dele, realizamos nosso estágio missionário, de dois meses, no estado do Rio Grande do Norte, na cidade de Carnaubais. Fomos hospedados pelos missionários de Missões Nacionais atuantes naquele campo, José Robson Bezerra e Luzinete Brito, e suas lindas filhas, Débora e Damaris. A saudade apertou ao mencioná-los. Somos alunos do último ano de Graduação em Missões do Centro Integrado de Educação e Missões (CIEM), por isso o estágio, porém não o vemos simplesmente como um cumprimento acadêmico e sim como uma oportunidade dada por Deus para sermos abençoados. No nosso caso foi também o tempo de confirmação ministerial. Nós imaginávamos trabalhar em uma cidade pequena, calma, com uma congregação sendo fortalecida dia a dia e alguns membros sendo discipulados. Foi exatamente isso que encontramos, mas não apenas isso. Encontramos uma congregação jovem, com novos crentes e um casal de missionários persistentes e certos de sua vocação. Ao chegarmos a Carnaubais, o missionário Robson foi nos apresentar seu trabalho e que seria nosso também. Naquela cidade existem três assentamentos do Movimento dos Sem-Terra, a falta de emprego é enorme, a maioria dos jovens tem trabalhos temporários e incertos, alguns jovens da congregação trabalham no lixão. Além desses há outros problemas sociais. Fomos aos assentamentos conversar com os líderes para recebermos autorização de iniciarmos o trabalho ali. Segundo o próprio líder, o número de pessoas não letradas era muito grande. As crianças também seriam alcançadas, com apoio escolar e escolas bíblicas. Ali nos deparamos com uma realidade extremamente difícil, extremamente complicada. O interessante é que quando a promotora de missões da nossa igreja nos ligou perguntando se estávamos precisando de alguma coisa, eu pensei: TUDO. A necessidade ali era geral, bicho de pé e piolho eram epidemia entre crianças e adultos; meninas muito jovens grávidas; falta de água e a energia fraca, em constante queda, ocasionava uma higiene precária. Eles moram em barracas feitas de madeira e lona. Com o apoio de nossa igreja-mãe recebemos materiais como chinelos, remédios, fraldas, materiais pedagógicos, recursos financeiros, oração e tudo o que estávamos precisando. E assim Trabalho infantil em assentamento iniciamos o trabalho naquele local. A alfabetização começou com seis alunos, e a cada aula chegavam novos alunos. Não tínhamos cadeiras e muito menos mesas, alguns traziam de suas barracas, outros sentavam-se em pedras e tijolos. Eles vinham cansados de um dia todo de trabalho na roça, era noite, a luz fraca, muitos com dificuldades de visão. Eles são esforçados, como eles mesmos diziam: faremos tudo para aprender as letras. Antes de cada aula, fazíamos um momento devocional. A primeira aula foi evangelística, depois Deus começou a nos incomodar para compartilhar sobre o povo de Israel no deserto, que, assim como eles, moravam em barracas e criavam animais, ou seja, viviam em acampamentos. Foi interessante a reação deles ao saber que existe Sem-Terra na Bíblia, eles se sentiam importantes. Na terceira semana de aula, pedimos ajuda da prefeitura para manter aquele projeto e, para a Glória de Deus, nos disseram que ajudariam no que precisássemos. Conseguimos carteiras escolares, lanche e material escolar durante 1 ano tanto para os adultos como para as crianças. Conseguimos transporte da prefeitura para irmos a Mossoró buscar as doações enviadas por nossa igreja e a liberação da quadra poliesportiva da cidade para utilizarmos em nossas programações e 100 blusas. Apoio essencial para a execução de nosso projeto. Quando as carteiras escolares chegaram aos assentamentos, as crianças vieram correndo atrás do caminhão, as mulheres e homens saíram para carregálas, todos muito felizes e satisfeitos. No mesmo dia eles começaram a montar uma barraca para ser nossa sala de aula. Aos poucos eles nos pediam cultos, orações e compartilhavam sua gratidão. O trabalho com as crianças também nos deu muitos frutos. Três jovens da congregação e a missionária Luzinete já faziam um trabalho de evangelização com elas. Participavam de todas as programações e iniciamos o discipulado com todas. Sem dúvida foi uma experiência marcante, nossa visão de mundo mudou. Percebemos que vivíamos em um mundinho feito de cores em tom pastel, vivendo um evangelho hipócrita. Vimos que enquanto nós estamos em nossos templos com ar condicionado e todo o conforto a que temos direito muitos não têm nem água para beber. Nós sabemos que Deus separa pessoas para ir, enquanto outras ficam. Mas ficam fazendo o quê? O que você tem feito? Quantas horas por dia você ora pelo trabalho missionário em sua igreja, em seu bairro, em sua cidade, em seu país? Você pode ter lido este artigo e ter achado bonitinho o trabalho com os Sem-Terra, só que uma realidade muito dura cerca esse trabalho: sua oferta está fazendo falta, não só para este campo, mas para o campo missionário em geral. Pense nisso. Tivemos momentos de lutas, porém com a mão de Deus agindo as vencemos. Difícil mesmo foi ter que voltar para o Rio de Janeiro. Deus tem planos para a cidade de Carnaubais, Deus tem um plano lindo para a vida de cada membro daquela pequena congregação. Deus tem usado grandemente aquela família que, deixando os seus, se dedica à obra do Senhor: missionário Robson, missionária Luzinete e suas filhas. Lembre-se deles em suas orações. *Membros da Igreja Batista em Cachambi, RJ

5 Novembro/Dezembro Além da ação social, Tenda da Esperança planta nova igreja Brasil Tenda inicia mais uma igreja em Belém Comunidade ribeirinha também é alcançada Em 2010, na 217ª edição do Círio de Nazaré, mais de 2,2 milhões de pessoas foram atraídas a Belém do Pará para participação na festividade religiosa que homenageia a Senhora de Nazaré. Segundo dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), aproximadamente US$ 25 milhões foram gastos no Pará pelos visitantes durante este período. Fazendo frente a esses números estavam nossos voluntários, 200 irmãos representantes de 20 estados brasileiros que, entre os dias 2 e 12 de outubro, somaram forças para a realização do projeto evangelístico Tenda da Esperança. Apesar do grande desafio que foi a evangelização em meio ao mar de idolatria em Belém, o poder da mensagem do verdadeiro evangelho superou a devoção de mais de 360 romeiros alcançados para Cristo, entre adultos, jovens e crianças. Em 2010, além do trabalho de impacto e assistência social que acontece todos os anos entre os romeiros, a Tenda da Esperança repetiu a proposta de fixar suas bases em Belém por meio da plantação de igrejas. A ideia é fortalecer o evangelho na região a fim de que mais vidas possam ser resgatadas da cegueira espiritual que domina a região. A primeira iniciativa de plantação aconteceu em 2007, no Conjunto Julia Seffer. Dessa vez, o bairro escolhido foi Terra Firme. O culto de comissionamento da Tenda da Esperança marcou o início do trabalho em Terra Firme, como aponta o coordenador do projeto, pastor Marcelo Farias, da Gerência de Evangelismo e Discipulado de Missões Nacionais: Simbolizou a inauguração de uma nova congregação, que terá como igreja-mãe a Primeira Igreja Batista de Canudos, pastor Benildo Veloso da Costa. Essa e outras igrejas batistas estão se mobilizando para viabilizarem o sustento do casal de missionários que deverá assumir a direção do trabalho. As bases da nova igreja estão se firmando em uma das localidades mais populosas de Belém. Situado entre os limites dos bairros Canudos e Guamá, o bairro, carente de saneamento básico e com altos índices de violência, concentra boa parte da população de baixa renda. Segundo o pastor Edson Cerqueira, missionário da JMN em Sergipe e participante da Tenda da Esperança, apesar do quadro social do bairro, vimos muita sede de Deus. As pessoas nos procuravam para pedir bíblias e estudos em seus lares, disse o pastor, vislumbrando um grande crescimento do Reino. De acordo com o pastor Marcelo, o trabalho de plantação a partir da Tenda está tomando novas proporções. Duas novas oportunidades estão surgindo, sendo uma no mesmo bairro, em uma associação de moradores, e outra em uma região mais afastada, onde vive uma população ribeirinha. A ideia do trabalho batista entre os que vivem à margem do rio Guamá veio da própria presidente da associação ribeirinha, que, vendo o trabalho da Tenda, viu a seriedade dos batistas. Já havia pedido a várias igrejas para fazer um trabalho aqui, mas nunca havia recebido ninguém. Vocês foram os primeiros, declarou. Impacto na BR O impacto na BR 316, estratégia iniciada há dois anos, continua sendo uma das marcas da Tenda da Esperança. Neste ano, foram 3800 atendimentos a romeiros que chegavam a Belém. Massagens nos pés, curativos, água para hidratação do corpo e muita disposição foram as ferramentas utilizadas nessa abordagem. Sentados, os romeiros recebiam os cuidados dos voluntários, ouviam e provavam um evangelho de amor, que acolhe e transforma vidas. Entre os assistidos, um senhor, que portava uma faca, chegou ao posto de atendimento demonstrando certa inquietação, fruto de uma opressão maligna. Após abordagem, puxou a arma e relatou: Com essa faca eu já matei um e ia matar mais um. Entretanto, diante da ação do Espírito, converteu-se e entregou o objeto a um dos voluntários como prova de sua mudança. Outra pessoa, que já havia caminhado 260 km, sentiu suas pernas paralisarem ao chegar próximo ao posto da Tenda. Ali recebeu os primeiros cuidados e ouviu o evangelho, mas decidiu, ainda assim, prosseguir viagem. Dados alguns passos, sentiu novamente a santa paralisia e retornou ao posto, onde, finalmente, admitiu a soberania de Cristo. Dali mesmo voltou para casa com a certeza de ter encontrado o que verdadeiramente buscava: o Salvador. Trabalho social A equipe de assistência social da Tenda da Esperança atuou nas dependências da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), local onde foi armada a estrutura do projeto. Cortes de cabelo, atendimentos médicos e odontológicos, curso de artesanato, doação de medicamentos, serviço jurídico, verificação de pressão e teste de glicose foram alguns dos serviços prestados. Além dos voluntários da Tenda, alunos da UFRA também apoiaram o projeto. O Programa Dentista Cidadão (DC), responsável pelos atendimentos na área odontológica, realizou 529 procedimentos. A equipe foi composta por três dentistas voluntários, sendo dois já integrantes da rede do DC. O terceiro, após a experiência Ação Social - uma marca da Tenda da Esperança em Belém do Pará, está aderindo à causa. Segundo o coordenador do programa, Dani Alves Paes, o trabalho foi muito positivo, com procedimentos sendo realizados de maneira excelente e o apoio de parceiros na disponibilização de cadeiras seminovas. Trabalho infantil As crianças também foram contempladas com um programa especial de evangelização: a Tenda Mirim. Foram cerca de 460 crianças participantes. Para a contextualização da mensagem cristã, os voluntários utilizaram as ferramentas disponibilizadas pelo Programa Nacional de Evangelização de Crianças, desenvolvido por Missões Nacionais e a União Feminina Missionária Batista do Brasil. Parte desse material foi publicada na Revista Infantil da campanha Por Um Brasil Verdadeiramente Feliz. Os resultados da Tenda e a mobilização dos batistas foram elogiados pela diretoria da UFRA, sendo destacada a consciência integral das ações que atingiram a população em todos os aspectos. Em reunião realizada dias após a Tenda, a diretoria da instituição fechou parceria com a JMN para a disponibilização de uma cadeira odontológica, que será destinada aos atendimentos sociais da missão plantada em Terra Firme. Na ocasião, estavam presentes a assistente social Sandra Gonçalves, prof. Paulo Santos vice-reitor, pastor Marcelo Farias coordenador da Tenda da Esperança, prof. Kédson Raul Lima diretor de Planejamento, Francisco Ribeiro adjunto da Pró-Reitoria de Planejamento e Gestão e Caitto Vasconcelos superintendente de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas.

6 6 Novembro/Dezembro 2010 Wellington Antenor Brasil Crianças do LBFFS participam de festa do Dia das Crianças A terapia do evangelho Comunidade Terapêutica Águas de Meribá é referência em desintoxicação feminina Interna participa de oficina de artesanato O tratamento de dependentes químicos sempre foi um grande desafio para a sociedade. São muitos os métodos, mas, entre as comunidades terapêuticas de vertente cristã, o poder restaurador do evangelho sempre foi o diferencial. Exemplo disso é a Comunidade Terapêutica Águas de Meribá, em Senador Canedo (GO), que, mais que uma filosofia de trabalho, oferece cuidados que passam pela desintoxicação do corpo, mente e coração. A CT Águas de Meribá, em atividade desde abril de 2010, tornou-se referência no tratamento de dependentes químicos na região onde está inserida. O trabalho de excelência foi aprovado pelo Conselho Municipal de Entorpecentes, que convidou os diretores da instituição, pastor Sérgio e Márcia Grycuk, a prestar serviço de consultoria a instituições vizinhas, reproduzindo algumas características de sua gestão. Segundo o pastor Sérgio, o êxito do trabalho tem a ver com a forma como a dependente química é considerada: Cada residente como um potencial e não como um desafio. Não esperamos sua recuperação, investimos, sim, num ser humano integral que ao amar a Deus recebe forças, esperanças e sonhos, completou o missionário. Além do reconhecimento dos agentes municipais, as próprias internas testemunharam sobre a excelência do tratamento, com base nas mudanças ocorridas nesse processo de desintoxicação. Uma das mais novas residentes de Meribá é L., 19 anos. Com pouco mais de dois meses de internação, traz consigo o medo de retornar às ruas, ao estado de dependência em que se encontrava. Certa vez, durante aconselhamento, declarou: Pastor, me deixe ser obreira da casa assim que meu tempo acabar, pois eu sei que, se ficar aqui, estarei protegida. Não quero mais voltar para minha vida antiga. L. e suas companheiras recebem ministrações diárias de estudos bíblicos, além de participarem de oficinas terapêuticas e momentos de confraternização. A presença de voluntários na CT também é constante, fortalecendo os laços entre a instituição e as igrejas ao redor. Como diz a missionária Márcia, a presença de voluntários, organizações e igrejas tem transformado Meribá numa grande família. V., que teve seu primeiro contato com as drogas aos 11 anos, idade quando se desviou dos caminhos do evangelho, está há cerca de 5 meses em Meribá,. Começou com o álcool, depois usou cocaína, maconha e crack. Cresceu no vício e casou-se com outro usuário de drogas, com quem teve filhos. O cuidado dos filhos já estava comprometido pelo vício e mau relacionamento no lar. Cheguei a vender tudo que tinha em minha casa... até o vaso sanitário para obter a droga, lembra a residente. Assim que entrou em Meribá, precisou ser lapidada e convencida pelo Espírito. Aos poucos, a agressividade peculiar deu lugar a um coração paciente. Eu era muito ignorante, agressiva, até o dia em que me converti e provei do amor de Deus. Então pude entender quais são os propósitos de Deus para minha vida e que os planos dele são maravilhosos e perfeitos. Como consequência da transformação pessoal, V. percebeu que tudo em sua volta também mudou. Minha família já está sendo restaurada, pois já tenho o carinho dos meus filhos e o respeito dos meus familiares, diz. Enquanto Deus vai trabalhando seu futuro, V. atua como monitora da CT, ajudando outras a trilharem o caminho da transformação. Em novembro, V. passou pela cerimônia do batismo e concretizou um grande sonho que guardava desde os 11 anos: participar da ceia do Senhor. Não menos sofrida, Z. conta que havia perdido a vontade de viver. Cheguei a Meribá com 26 anos, 4 filhos e uma vida acabada. Na Comunidade Terapêutica, descobriu que sua propensão ao vício, considerada incurável por alguns, pode ser freada por uma ação do Espírito Santo. Dessa forma, tem acompanhado o surgimento de projetos de vida e o desejo de ver outras sendo recuperadas dos malefícios das drogas. Ao invés de sofrimento, Z. vive uma fase de alegria e gratidão. Agradeço a Deus por Meribá, pois tem sido o instrumento que o Ele tem usado para trabalhar em minha vida e a de tantas outras que aqui estão. Oro para que todas tenham esse mesmo encontro com o Salvador. Crianças do F. F. Soren participam de festa da Procuradoria da República Wellington Antenor No mês de outubro, crianças do Lar Batista F. F. Soren (TO) participaram das comemorações do Dia das Crianças promovidas pela Procuradoria da República no Tocantins. A festa contou com a iniciativa da AS- SEMPU/TO (Associação dos Servidores do Ministério Público da União do Tocantins) e do Colegiado de Procuradores da Procuradoria da República no Estado do Tocantins. Cama elástica, piscina de bolas, escorregador inflável e outros brinquedos animaram a festa. Segundo a diretora do Lar Batista F. F. Soren, Judite Rocha, a iniciativa deve ser seguida por outras instituições. Vejo como sendo um evento importante até para os filhos dos servidores da Procuradoria, que têm a oportunidade de conviver com outras crianças, de uma realidade diferente. Para as crianças de abrigo, é um acontecimento maravilhoso de se sentirem incluídos, amados e bem recebidos por outros adultos e crianças. Há conosco crianças que estão tendo contato com este tipo de brinquedos, infláveis, pela primeira vez. Para Will Flávio, um dos organizadores do evento e servidor da Procuradoria, proporcionar alegria a essas crianças é uma oportunidade inestimável. Apesar do trabalho, ver o sorriso estampado no rosto daquelas crianças não tem preço. Muitas delas estavam brincando pela primeira vez naqueles brinquedos, tão comum para os nossos filhos. Além da aproximação de crianças de diferentes contextos sociais, a Procuradoria doou roupas, calçados e brinquedos.

7 Novembro/Dezembro Voluntários marcham pelas ruas de Assu ao som da banda Tambores Remidos Brasil Projeto transforma crianças na cracolândia Crianças aprendem balé Foi iniciado no dia 2 de outubro o projeto Novos Sonhos, voltado para crianças (filhas de dependentes químicos, traficantes, prostitutas e moradores da região) que vivem em albergues ao redor da cracolândia. Por meio do projeto estas crianças terão oportunidade de fazer aulas de balé, futebol, basquete, vôlei, cinema, street dance e alfabetização. Percebemos a necessidade que as crianças têm e decidimos investir nelas para que o seu futuro seja diferente do de seus pais, oferecendo a possibilidade de sonhar e realizar sonhos, disse Joana Machado, responsável pelo projeto Novos Sonhos, que acrescentou que no futuro pretendem instalar o projeto também na favela do Moinho, se assim for a vontade de Deus, pois muitas crianças daquela comunidade visitam a MB Cristolândia. Na inauguração, as crianças passaram o dia na Missão Batista Cristolândia, onde foi oferecido lanche, almoço com sobremesa, Kid s Games, muita brincadeira e ainda foi montada uma rampa de esqueite onde elas se divertiram muito. À noite na Primeira Igreja Batista de São Paulo houve a apresentação do estúdio de balé Ana Esmeralda, onde as meninas terão as aulas de balé com a professora Karen Ribeiro. Todas as aulas serão ministradas por voluntários, que se sentiram tocados a se envolver no projeto, membros de igrejas, professores de educação física, duas das radicais (Aline de Souza e Tauana de Melo) nas aulas de alfabetização. No caso das aulas de balé houve uma identificação de sonhos. O Studio Ana Esmeralda conhece bem a situação das meninas, pois a maestra Ana Esmeralda, vinda de família humilde, foi descoberta por um mecenas da cultura que a apoiou, investiu e a incentivou muito em sua carreira. Há anos vinha manifestando seu desejo de dar aulas para crianças que não tivessem condições sociais e econômicas de fazerem a dança espanhola. Joana começou a fazer aulas de balé no Studio, acompanhando Iany, que já dançava em sua igreja e buscava desenvolver mais o talento dado por Deus. Com o passar dos dias, as duas apresentaram à professora Karen Ribeiro sua missão e falaram sobre o trabalho, perguntando se poderia ensiná-las a dar aulas de balé para as crianças. Levo muito a sério o ensino, especialmente o ensino do balé clássico, ainda mais para crianças que estão em formação. Então olhei bem fundo, respirei, vi minha agenda lotada, e pensei: é agora ou nunca, lembrei do sonho da Maestra Ana Esmeralda (hoje com 81 anos) e respondi: Joana, e se eu desse as aulas para as crianças? Pois além de balé poderíamos também oferecer dança espanhola e realizar o sonho da Ana Esmeralda. O que acha?! Karen também tinha o sonho de trabalhar com pessoas incentivando-as a olhar seus problemas, deficiências e dificuldades apenas como instrumento de fortalecimento. E sabe bem o que é isso na prática. A professora tem uma deficiência física congênita, que impede o crescimento normal da perna direita (6,5 cm de diferença entre uma perna e outra), mas encontrou anjos em seu caminho que nunca mostraram isso como um problema e sim como uma necessidade de superação de limites. Sou bailarina clássica profissional e a falta de simetria em meu corpo jamais me impediu de fazer uma carreira Momento de recreação linda e com sucesso no mundo do balé clássico. E tenho como lema a frase: não diga que algo é impossível se você ainda não experimentou fazê-lo possível. Assim, cheia de emoção ( como a dança tem que ser ), fecharam o início de uma grande parceria. O Studio oferece as aulas de balé clássico com a professora Karen Ribeiro e as aulas de dança espanhola com a ilustre Maestra Ana Esmeralda, unindo o sonho de pessoas diferentes que experimentaram a transformação em suas próprias vidas e desejam colaborar para que outras tantas sejam transformadas. A princípio 12 meninas da cracolândia estão matriculadas nas aulas, às quartas-feiras, no Studio Ana Esmeralda. Karen afirma que já têm uma apresentação marcada para as crianças, que se apresentarão em caráter de bailarinas convidadas do espetáculo de fim de ano do Balé Adulto Karen Ribeiro, no Teatro Gazeta, no dia 18 de dezembro às 19h30. Temos a honra de convidar você que está lendo a prestigiar o fruto de um ano de trabalho, dedicação e amor pela arte do balé clássico. Evangelho é proclamado em Assu Atendimento social em Assu No fim de outubro, a cidade de Assu (RN) foi mais uma vez impactada pelo projeto missionário Assu para Cristo. Promovido pela Segunda Igreja Batista da Convenção em Assu, o impacto, que já está em sua 6ª edição, levou um evangelho contextualizado e atendimentos sociais à comunidade do bairro Parati Tais atividades encerraram os festejos alusivos ao aniversário do município, superando todas as expectativas dos organizadores. A programação esteve sob a coordenação do missionário pastor Manoel Soares Moreira e contou com a ajuda de voluntários vindos de várias partes do Rio Grande do Norte e até mesmo de outros estados. Na área social, centenas de pessoas foram atendidas no bairro Parati 2000, um dos mais populosos da cidade aproximadamente famílias. Entre as ações, a comunidade recebeu atendimento médico, odontológico, aplicação de flúor, atividades lúdicas, atividades recreativas, verificação de pressão, palestras educativas nas mais diversas áreas, orientação jurídica, entre outras. Um grande arrastão fez parte das atividades do Assu para Cristo. Junto a evangélicos de várias outras igrejas, voluntários marcharam pelas ruas da cidade ao som da banda baiana Tambores Remidos, proclamando o nome de Cristo. Foi um momento de muita alegria, descontração e, principalmente, adoração ao nosso Deus. Uma festa pacífica e sem acidentes, mostrando a todos que é possível festejar e se alegrar sem drogas e violência, comentou Tiago Moreira, filho do pastor Manoel e componente da coordenação do evento.

8 8 Novembro/Dezembro 2010 Brasil Congressos ajudam a expandir evangelização de surdos Congressos mobilizam batistas para evangelização de surdos em SP o Diário de Penápolis e Interior. As matérias, publicadas no dia 24, convocavam interessados no assunto a participarem da programação. Ainda em São Paulo, nos dias 15 e 16 de outubro, 220 inscritos, sendo 70% surdos, se reuniram na IB da Penha para aprender mais acerca da evangelização da população surda. Este foi o último congresso deste ano convencional e espera-se, para o próximo ano, a realização de mais quatro programações de incentivo à expansão missionária e formação de líderes. O congresso na Penha trouxe como preletora oficial a gerente regional de SP, Maria Helena Santos. A missionária trouxe uma palavra centrada em desafios para um maior compromisso com a obra. Na ocasião, os congressistas assumiram responsabilidades ministeriais, comprometendo-se a alcançarem os surdos da região para Cristo. Eles também contribuíram para o sustento da obra missionária, levantando uma oferta significativa para o casal de missionários Flávio e Patrícia dos Santos, que atuam em Arapiraca, AL. Missionários da JMN e voluntários do Ministério com Surdos Para alcançar os mais de 2 milhões de surdos da região sudeste do país são necessárias estratégias de incentivo e alcance dessa população. Chamando a atenção dos batistas para esse desafio, Missões Nacionais realizou, nos meses de setembro e outubro, dois congressos de evangelização e discipulado. Ampliando a visibilidade do trabalho com surdos, a JMN promoveu, nos dias 24 e 25 de setembro, o Congresso de Evangelização e Discipulado de Surdos na Igreja Batista de Penápolis (SP), contando com a participação de caravanas de Avanhandava, Birigui, São José do Rio Preto, Tupã, entre outros municípios próximos. O Congresso foi ministrado pela missionária Marília Manhães, com apoio da voluntária norte-americana Elizabeth Lontquist. Entre as atividades, houve a apresentação do Hino Nacional Brasileiro sinalizado, grupo coreográfico com sinais, além de mensagens sobre o desafio da evangelização de surdos e a integração destes na sociedade. O evento para surdos também ganhou notoriedade em jornais locais, tais como Mais de 220 inscritos na IB da Penha Ao alcance de surdos de Juazeiro do Norte Começou na última semana de outubro, na cidade de Juazeiro do Norte, o projeto evangelístico Alcance Surdos. O projeto contou com 26 voluntários, representantes de sete unidades federativas que atenderam ao chamado, sendo 16 deles surdos. Além do trabalho de recenseamento e evangelização, o projeto visou à implantação de ministérios com surdos nas igrejas batistas da Convenção e Nova Vida, no bairro de Timbaúbas e Pirajá, respectivamente. Até o fechamento desta edição, os voluntários já haviam encontrado 15 surdos em Timbaúbas, marcado cinco estudos bíblicos e iniciado o curso de Libras para 25 alunos, entre eles, seis surdos. Em Pirajá, o recenseamento ainda não havia acontecido, mas as aulas de iniciação em Libras já contavam com 15 pessoas, todos da IB Nova Vida. O Alcance Surdos aconteceu em meio às festividades da Romaria de Finados, considerada a maior de Juazeiro do Norte, quando cerca de meio milhão de religiosos se encontraram na cidade, marcada pela devoção a padre Cícero Romão Batista. Aproveitando a concentração de pessoas, os voluntários do projeto, apoiados por irmãos de igrejas vizinhas, realizaram a Operação Silêncio. Na ocasião, os participantes se valeram apenas da Língua Brasileira de Sinais para chamar a atenção dos surdos presentes à festividade. Além das atividades já mencionadas, o Alcance Surdos promoveu nos bairros de Timbaúbas e Pirajá trabalho infantil, com jogos, histórias bíblicas e aplicação de flúor; e série de conferência com o filme Jesus, este dividido em três partes. A cidade de Juazeiro do Norte tem aproximadamente surdos, segundo dados do IBGE. Segundo a missionária Marília Moraes Manhães, coordenadora do Ministério com Surdos de Missões Nacionais, grande parte dos que residem no Centro tem conhecimento em Libras, mas, em bairros mais distantes, aumenta a falta de acesso à língua.

9 Novembro/Dezembro Institucional

10 10 Novembro/Dezembro 2010 Mundo O evento reuniu mais de participantes, de 198 nações Congresso Lausanne discute rumos da evangelização mundial Mais de participantes, de 198 nações, discutiram os novos rumos da evangelização mundial A 3ª edição do Congresso Mundial de Evangelização, também Cavalcanti; Gilciane Abreu, executiva da Lausanne; o bispo anglicano Robinson conhecido como Movimento Juventude Batista Brasileira; e Analzira Lausanne, aconteceu entre os dias 17 e 25 Nascimento, missionária da JMM. de outubro, na Cidade do Cabo, África do O Pr. João Marcos destacou a forma Sul, para discutir os novos rumos da evangelização como os assuntos foram organizados. mundial. O evento reuniu mais Segundo ele, os maiores desafios da de participantes, de 198 nações, igreja para a evangelização mundial, nas sendo considerado o maior congresso próximas décadas, foram identificados sobre missões já realizado. e organizados em seis questões básicas: Entre os 90 brasileiros presentes estavam 1) a necessidade de a igreja defender a o Pr. João Marcos Barreto Soares, verdade de Cristo em um mundo plura- Diretor Executivo de Missões Mundiais da lista e globalizado; 2) a reconciliação, por CBB; o pastor luterano Valdir Steuernagel, meio da qual é possível construir a paz de um dos vice-presidentes do Movimento Cristo em um mundo dividido e ferido; Divididos por mesa, com um representante de cada nação, os congressistas debateram e elaboraram o Compromisso da Cidade do Cabo Fotos: Movimento Lausanne 3) o desafio de testemunhar do amor de Cristo a pessoas de outras crenças; 4) a necessidade de discernir a vontade de Deus para a evangelização neste século, especialmente entre os povos nãoalcançados; 5) o chamado da igreja a um retorno para a humildade, a integridade e a simplicidade; e 6) o desafio da formação de parcerias entre cristãos para que haja um novo equilíbrio global, enfatizando a necessidade de realização de trabalhos conjuntos para acelerar o processo de evangelização mundial. O executivo de Missões Mundiais também destacou as lições que tirou especificamente para o seu campo de atuação. Ele comenta: Ao estudarmos as questões apresentadas no congresso pude perceber a importância de uma ação que as enfrente. O desafio dos povos nãoalcançados foi algo marcante. Entretanto, foi maravilhoso perceber que estamos indo na direção certa, pois pelo menos seis, dos povos destacados fazem parte do nosso plano estratégico de expansão missionária. Outra coisa que chamou sua atenção foi a ideia de que não há crianças não-alcançadas, pois alguém as está doutrinando em alguma religião. Isto confirma a importância de ações como o Programa de Educação Pré-Escolar (PEPE), ressalta. O executivo afirmou que saiu do congresso animado e desejoso de levar os desafios às igrejas brasileiras. Os dias do congresso foram marcados por testemunhos emocionantes de cristãos fiéis, que estão enfrentando o sofrimento em favor do Evangelho em lugares como Índia, Coreia do Norte e Oriente Médio. Numa das noites aconteceu uma homenagem à Igreja na Jovem nortecoreana emocionou os presentes China, cuja delegação seria a segunda maior do congresso (atrás somente da norte-americana), mas foi impedida pelo governo chinês de deixar o país. Outro momento emocionante foi o testemunho de uma jovem nortecoreana, de 18 anos, que contou sobre os sofrimentos de seu pai, um cristão valoroso que foi preso e possivelmente morto por pregar o Evangelho. A história emocionou a todos, que aplaudiram de pé, por longos minutos, aquela jovem. A exibição de um vídeo sobre o ministério de Billy Graham também foi de grande impacto. Foi uma justa homenagem ao principal articulador e líder do primeiro congresso, realizado em 1974, na cidade de Lausanne, na Suíça. Naquela ocasião, mais de líderes evangélicos, de 150 países, elaboraram o Pacto de Lausanne: Toda a igreja levando todo o evangelho para todo o mundo. Dentre os brasileiros presentes os pastores Nílson do Amaral Faninni, Irland Azevedo, João Falcão Sobrinho e Orivaldo Pimentel contribuíram para a elaboração de um documento que definiu as obras com fundamentos teológicos para a evangelização mundial. O resultado do 3º Congresso Mundial de Evangelização foi uma declaração chamada de Compromisso da Cidade do Cabo, que ainda não está pronta, mas que na sua versão provisória destaca a necessidade de a Igreja de Cristo ter o amor como força motriz para agir no mundo.

11 Novembro/Dezembro Ex-chefe da aldeia foi batizado pelo Pr. Girlan da Silva Mundo 4 anos fazendo missões no norte da África Associação local apresenta Jesus através de cursos para mulheres sada do seu trabalho sem nada a receber. As missionárias continuaram clamando a Deus e num sábado foram todas à igreja. A mensagem foi na Parábola do Semeador. As missionárias contam que passaram toda a reunião orando, clamando ao Senhor pela vida das duas. Em nosso coração havia muita esperança e expectativa de que aquele fosse o dia decisivo para a vida delas, revelam. No final, para a glória do Senhor, a jovem entregou sua vida a Jesus. A outra amiga ainda não tomou a decisão; segundo as missionárias, ela está muito confusa com o ensino de sua religião. As missionárias pedem orações pela vida da amiga recém-convertida, pois sabem que ela encontrará muitos desafios como cristã, até mesmo dentro de sua própria casa. Pedem também que intercedam pela outra amiga e pelos demais habitantes do Norte da África que ainda não se decidiram pelo Evangelho. Batismos em Botsuana e nas Filipinas Pr. Girlan da Silva (à esq.) batiza um de seus filhos e sr. de 85 anos, ex-chefe da Vila de Sebina Em outubro, o Pr. Girlan da Silva, missionário de Missões Mundiais em Botsuana, na África, realizou 10 batismos na Igreja Batista de Sebina. Entre os batizados estavam dois em especial: os seus filhos Mariana (13 anos) e Pedro Henrique (12). A maior alegria, para mim e para minha esposa Denise, foi poder batizar nossos filhos, que vieram para o campo missionário com apenas 2 e 1 anos de No último mês de setembro, as missionárias Débora e Paula completaram quatro como obreiras no Norte da África. Elas, que são irmãs, consideram que esse tempo passou muito rápido e se recordam quando chegaram à região e não viam perspectiva alguma, até que em 2007 começaram o trabalho em uma Associação local, onde viveram grandes experiências sendo usadas pelo Senhor. Foi na Amel que elas conheceram uma senhora solteira, mãe de um menino de 9 meses de idade. A amizade foi fortalecida, a criança já está com quatro anos, e finalmente, este ano, ela manifestou desejo de ir à igreja, ao saber que outra amiga também iria. As missionárias não sabiam disfarçar tanta alegria. E decidiram orar durante toda a semana para que nada atrapalhasse a ida de sua amiga à igreja. Mas, como o inimigo não descansa, naquela semana a jovem mãe foi dispenidade, respectivamente, e cresceram na África, revela o missionário. Para o missionário da JMM, além da alegria pelo batismo dos filhos, outro motivo de regozijo, que glorificou o nome de Deus, foi o testemunho público de fé em Cristo dado pelo ex-chefe da Vila de Sebina, um senhor de 85 anos. Esse irmão é um homem que vivera a maior parte da vida servindo às religiões tribais africanas, misturadas com o islamismo, e que não conhecia o amor de Deus. Mas, graças ao trabalho missionário, ele conheceu a salvação em Jesus. O meu coração se encheu de alegria por ver jovens, adolescentes e esse irmão professando publicamente sua fé, conta o missionário. O missionário da JMM faz um apelo aos crentes brasileiros: Por favor, orem por esses que foram batizados, pela evangelização de Botsuana e pela obra missionária em todo o mundo. Outro momento importante para o ministério do Pr. Girlan foi a sua participação no Congresso Mundial de Evangelização, também conhecido como Movimento Lausanne, que aconteceu em outubro na Cidade do Cabo, na África do Sul. Ele destacou a importância do encontro, ressaltando a emoção de conhecer missionários de todas as partes do planeta. São heróis anônimos da força missionária da igreja moderna, que testemunharam de suas lutas e conquistas em campos onde o terreno é extremamente duro aos olhos humanos, mas que Deus está atuando para resgatar o ser humano em estado de condenação, disse. Primeiros batismos Nas Filipinas, o Pr. Jônatas Caldeira, missionário de Missões Mundiais, celebrou no mês de outubro, na província de Sorsogon, os primeiros três batismos daquele trabalho. Foi realmente uma grande alegria e emoção, pois em nosso último campo missionário quem batizava eram os obreiros da terra, contou o missionário. Além dos batismos, o Pr. Jônatas pregou em duas noites e as mensagens, inspiradas por Deus, levaram seis pessoas a aceitarem a Cristo como Salvador e Senhor. Outra grande oportunidade foi a visita ao vice-governador e à Secretaria de Justiça de Sorsogon. De acordo com o missionário da JMM, ambos ficaram realmente honrados em receber a primeira visita de um brasileiro. Ele aproveitou e orou pelo trabalho daquele chefe de Estado, que aceitou tudo com muita reverência e respeito, como é costume asiático, narrou o Pr. Jônatas. Já na cidade de Daet, o missionário esteve acompanhado de sua esposa, Juscelêndia Caldeira. Eles realizaram uma semana de treinamentos com os líderes do trabalho missionário, que segundo os obreiros da JMM é o maior de todos nas Filipinas. Em Daet aconteceram, também, mais oito batismos de irmãos filipinos. Por favor, ore pelo ministério missionário aqui nas Filipinas, pois são muitos os desafios, finalizou o Pr. Jônatas Caldeira.

12 12 Novembro/Dezembro 2010 Mundo O amor de Cristo se expande por Burkina Fasso, levando a graça do Pai àquele país Lançada pedra fundamental de templo no Senegal Culto de lançamento da pedra fundamental Os irmãos em Cristo da cidade de Mbour, no Senegal, vivem a expectativa pela construção de um templo onde a igreja possa se reunir. A pedra fundamental foi colocada durante um culto realizado no dia 11 de setembro e que contou com a presença do diretor executivo de Missões Mundiais, Pr. João Marcos Barreto Soares. O executivo da JMM levou uma palavra de saudação à igreja e participou da colocação do primeiro bloco da construção. A cerimônia contou ainda com as participações dos jovens Radicais da cidade de Kedougou e dos que estão em treinamento na capital Dacar, além dos missionários da JMM que estão no país. O casal missionário Pr. Ronaldo e Ana Paula Lourenço agradece a Deus pela vida dos crentes brasileiros que têm sustentado a obra missionária no Senegal através de suas orações e contribuições financeiras. No Senegal não há nenhuma lei que proíba o estabelecimento de igrejas. Porém, segundo os missionários, os trâmites burocráticos muitas vezes retardam o avanço dio Reino de Deus no local. E o Senhor tem colocado pessoas no caminho da igreja que são fundamentais para o andamento do processo de construção. Apesar de ter sido um dia muito chuvoso havia um grande número de convidados, o que superou as expecta- Pr. João Marcos (de camisa listrada) observa a colocação de blocos tivas da liderança. Foi motivador ver o comprometimento da igreja de Mbour para a realização deste evento, que foi um marco na vida de cada irmão, encerra o Pr. Ronaldo Lourenço. Atividades despertam mulheres em Burkina Fasso, África as não-crentes. Tivemos a participação de 30 mulheres. Foi uma bênção de grande impacto à igreja, disse. Ao retornar, no final de setembro, ela passou um final de semana, juntamente com mais três irmãs em Cristo que vieram da capital, para participar de um curso de formação que atingiu 20 senhoras. Cada mulher recebeu também um kit com histórias bíblicas em desenho, já que a maioria é analfabeta. A intenção é fazer com que elas repassem o que aprenderam às suas famílias e outras mulheres do vilarejo e arredores. Assim, o amor de Cristo se expande por Burkina Fasso, levando a graça do Pai àquele país que tem grandes carências materiais e desafios espirituais. Grupo de estudos bíblicos liderado por Cristiane (ao centro) Entre os 10 países com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo, Burkina Fasso, país do oeste da África, abriga um grupo de mulheres que tem enfrentado batalhas espirituais e até mesmo físicas como o forte calor do deserto do Saara para servir ao Senhor. Boa parte desse despertar das cristãs burquinenses pode ser creditada à obra da missionária Cristiane Oliveira, que tem colaborado com o desenvolvimento de várias atividades de apoio ao crescimento dessas mulheres no Reino de Deus. Neste semestre, a missionária revela ter sido ricamente abençoada com a visita do Coordenador da JMM para a África, Pr. Mayrinkellison Wanderley, ao campo missionário. Foram três dias de intensa programação, com visitas ao povo marka e reuniões com a liderança local. Pude também receber aconselhamento e apoio espiritual e emocional, revela Cristiane. Após decidir a organização do projeto Fábrica de Sabão, a missionária concentrou seu trabalho na Igreja Batista Wend Benedo, na capital Uagadugu, devido ao período de fortes chuvas (junho-setembro), que tornou complicado o acesso ao vilarejo de Nana. Ela organizou um curso de capacitação para a nova diretoria da União Feminina de Wend Benedo, que as habilitou a tomar várias decisões em relação ao trabalho. O segundo módulo do Centro de Formação de Líderes foi concluído e agora está sob a responsabilidade do irmão Bazié, mas com a supervisão e apoio da missionária. Ainda na capital, Cristiane separou um sábado para organizar a Tarde do Chá, com o objetivo de integrar todas as mulheres da igreja, incentivando-as também a convidar Mulheres alcançadas pelo trabalho da missionária da JMM

13 Missionária Vladia Soares ensina crianças, através do PEPE, a conhecerem mais sobre Deus Novembro/Dezembro Mundo Na Espanha, igreja investe 80% dos recursos em missões Pr. Elton Rangel* Irmãos da IB em Sevilha amam e apoiam a obra missionária Estamos muito contentes com o que o Senhor está fazendo em nossa igreja! Observamos um aumento considerável na assistência aos cultos na Igreja Batista em Sevilha. O número de pessoas que estão dando os primeiros passos na vida cristã tem aumentado. Estamos impressionados com o que está acontecendo porque isso não é o normal na Europa, em especial na Espanha. Nossa igreja já chegou a 330 membros, mas, com a organização em igrejas de duas congregações, no período de um ano, voltamos a 205 membros. Com os últimos batismos e as novas cartas de transferências, seguimos avançando. Estamos com 10 células familiares que, dentro de algum tempo, serão transformadas em congregações. Observamos que os crentes estão entusiasmados com a ideia e estão abrindo suas casas para estudos bíblicos. O ano de 2010 foi muito abençoado, pois tivemos o privilégio de realizar quatro cultos em que realizamos 25 batismos. Entre junho de 2009 e junho de 2010 organizamos duas novas igrejas, uma com 64 membros e outra com 63, filhas da nossa igreja. Também dedicamos ao Senhor um novo local de cultos para outra de nossas congregações. Estamos experimentando um extraordinário crescimento em quatro das cinco congregações que temos. Uma delas, a que está numa cidade chamada Alcalá Del Río, é a que está com mais dificuldade para expandir-se, pela indiferença do povo às coisas do Senhor. A ênfase da nossa igreja é missões. Nos últimos três anos, do total geral das entradas financeiras da nossa igreja, 75% a 80% são dedicados à obra missionária. Isto envolve missões locais, regionais, nacionais e mundiais. Essa é a razão por que contamos hoje com 80 missionários apoiados pela igreja em 23 países. Enquanto os irmãos brasileiros cuidam do casal de nosso ministério em Sevilha, nós cuidamos de outras famílias aqui na Espanha e em outros países. Aleluia! Deus é mesmo assim faz-nos unir forças para que, juntos, evangelizemos o mundo! Quanto à Fundação Paixão e Compromisso, finalmente nosso sonho se está convertendo em realidade. Estamos no último estágio de todo o longo processo de legalização, mas já estamos funcionando. Temos muitos outros projetos em andamento como, por exemplo, a criação de uma escola de música, idiomas, informática e futebol; a criação de duas pequenas empresas para dar trabalho aos membros que estão desempregado (limpeza e pequenos reparos na área da construção); estabelecer uma agenda para que os dentistas brasileiros possam vir ajudar-nos (já temos nosso consultório montado em Sevilha). Através da Fundação já enviamos um veículo para Cabo Verde (para o pastor Emanuel Monteiro, obreiro da terra da JMM), algumas bicicletas para adultos e crianças, roupas, calçados, material informático etc. Para o Marrocos enviamos um consultório dentário e muitas outras coisas. O Senhor tem sido generoso para conosco, facilitando-nos os meios para ajudar a muita gente. Por favor, sigam orando por nós, para que o Senhor nos dê sabedoria em tudo o que fazemos para Sua honra e glória. Casal missionário Elton e Mirian Rangel Louvamos a Deus pois, ao longo deste ano, recebemos muitas visitas de pessoas que vieram para ajudar-nos nessa tarefa de evangelizar a Espanha. Recebemos um grupo de 13 seminaristas do Seminário Teológico Batista de Niterói/RJ que veio fazer seu estágio aqui. O grupo realizou uma grande obra em Sevilha e Málaga, na Espanha, e Lisboa, em Portugal. Tivemos um total de 26 pessoas que conheceram e aceitaram a Jesus como Salvador. Também recebemos um grupo de irmãos da 3ª IB do Plano Piloto (Brasília/DF). Esses irmãos nos ajudaram muito na área da evangelização e apoio às células. Recebemos alguns missionários da JMM que vieram para descansar e, ao mesmo tempo, cooperarem com a expansão do Reino aqui em Sevilha. Nossos missionários sempre têm uma palavra especial da parte do Senhor para a nossa igreja. *missionário em Sevilha, Espanha No Paraguai, crianças convertidas testemunham para suas famílias Mais crianças estão sendo alcançadas pela Palavra de Deus no Paraguai, graças a uma parceria firmada entre a missionária Vládia Soares e o projeto Jesus Responde, que permitiu a exibição de filmes evangelísticos a 98 alunos do Programa de Educação Pré-Escolar (PEPE) em Itauguá, no Paraguai. Todos os que assistiram aos filmes decidiram aceitar a Cristo como Salvador. Outra ação de grande impacto entre os meninos e meninas foi a distribuição do livro Jesus Te Ama, com a mensagem de salvação ilustrada. A semente do Evangelho plantada na escola é levada também às famílias. Realizo cursos bíblicos nas aulas de orientação cristã e vejo o interesse das crianças e adolescentes em saber mais sobre Deus. Eles estão orando, cantando os louvores em suas casas e seus pais estão ouvindo também a mensagem de salvação, diz a missionária Vládia. No Festival da Família, realizado neste Crianças, adolescentes e pais ouvem mais sobre Deus através do PEPE em Itauguá, no Paraguai. semestre, muitos pais ficaram emocionados ao ouvirem seus filhos louvando a Deus em espanhol, guarani e português. Uma equipe voluntária distribuiu cerca de 200 folhetos evangelísticos durante a apresentação e a missionária tem a certeza de que a Palavra não voltará vazia. Sei que não existe coisa impossível ou coração duro que o Senhor não possa quebrantar, afirma. Os alunos do PEPE receberam, com muita alegria, brinquedos e outras doações de irmãos da Igreja Batista Nova Ramada/ RS e da ONG canadense Samaritan s Purse (Bolsa samaritana, em tradução livre). Outro presente que essas crianças também ganharam foi a construção de dois banheiros que faltavam na infraestrutura da unidade Semillita. Há dois anos no Paraguai, a missionária tem visto resultados de grande qualidade para o Reino de Deus. Ela conta que, através do PEPE, 10 pessoas aceitaram a Jesus e agora estão sendo discipuladas; algumas já manifestaram o desejo de ser batizadas. A meta é discipular e batizar os novos convertidos que participam das programações da igreja e da escola bíblica dominical. Cremos que o nosso Deus tem respondido as orações do seu povo e está conosco, ajudando-nos a revitalizar essa igreja. Os irmãos têm assumido o papel de servos e aprendido que Deus pode fazer o impossível em suas vidas, mas o possível cabe a cada um de nós, finaliza.

14 14 Novembro/Dezembro 2010 Mundo Missões Mundiais pede a todos os crentes brasileiros que orem pelos Radicais Radicais encerram ano contando bênçãos Pr. João Marcos (abaixado à dir.) e o grupo de Radicais em treinamento no Senegal Eles são jovens, abnegados, unidos e por um momento abriram mão do conforto de seus lares e da igreja para servirem a Deus nos campos de Missões Mundiais. Os missionários do Projeto Radical Voluntários Sem Fronteiras que atuam no Senegal, Níger e Mali, na África, chegam ao final de mais um ano contabilizando muitas bênçãos, para a glória de Deus. A equipe de Kedougou, no Senegal, formada por Eduardo Barcellos, Élida de Souza, Emerlyn Paulo, Gabriela Silva e Síndel Passos, prepara as instalações para o primeiro PEPE (Programa de Educação Pré-Escolar) da aldeia. Além disso, seguem trabalhando com as crianças, apresentando-lhes o amor de Deus e o plano da salvação através de cursos de artesanato e de histórias bíblicas. O grupo esteve na capital Dacar recebendo treinamento sobre como aplicar estudos cronológicos de histórias bíblicas. Os jovens Radicais aproveitaram para participar da inauguração das obras de um templo em Mbour (veja matéria na pág. 12). Nessa oportunidade também se encontraram com os pastores João Marcos Barreto Soares, Diretor Executivo de Missões Mundiais, e Mayrinkellison Wanderley, coordenador dos missionários para a África. A equipe Radical África 7, que em Dacar finalizou o período de imersão na cultura africana, também participou dos treinamentos de estudos cronológicos e da inauguração do templo. Os missio- nários Ayrthon Breder, Paula Barcelos, Thiago Dayam, Cristina Silveira, Weider Alves, Valdirene Gonçalves, Vinícius Gama e Keli Cristina em breve serão divididos em equipes e seguirão para os novos campos a fim de substituírem os Radicais que encerraram seu período nos campos e já voltaram ao Brasil. Despedida para uns, começo para outros As Radicais Cíntia Santos, Geima Galgane e Vivién do Carmo deixam a aldeia de Mouzoun, no Mali, neste mês de novembro, cumprindo a etapa final do Projeto, mas com objetivos conquistados, especialmente no PEPE ali implantado, que serão expandidos pela equipe que as substituirá. Um dos testemunhos mais impactantes é o do filho do chefe religioso daquela aldeia. Sabedor que o PEPE ensina, além das disciplinas, sobre Jesus, o líder afirmou que tiraria o menino da escola. As missionárias então passaram a orar e agir. Foram até à casa daquele homem para pedir-lhe que permitisse a divulgação, na mesquita da aldeia, da abertura das matrículas para o próximo ano letivo. As ousadas ação e oração foram respondidas com os dois sim que o líder religioso deu: para a divulgação e a renovação da matrícula de seu pequeno filho. Ele, como chefe ou guia religioso, poderia fazer de outra maneira, principalmente para testemunhar de sua religião para a aldeia, mas escolheu ficar conosco, mesmo sabendo que ensinamos sobre o Filho de Deus, algo que o islamismo discorda totalmente, disse uma das Radicais. Aldeia de Dargol, no Niger, tem sido a base dos Radicais As missionárias cumpriram o período do Projeto na África e retornaram ao Brasil no início de novembro. Mesmo tristes com a partida, tendo que deixar várias pessoas que passaram a amar em Cristo, a felicidade de saber que os projetos prosseguirão nas mãos da outra equipe de Radicais que chega ao Mali Fabíola Dutra, Juliana Fernandes, Josane Alves, Géssika Vieira e Almir Felipe Silva. No vilarejo de Dargol, no Níger, a equipe formada por Adeísa Barbosa, Aline da Silva, Camila de Paula, Gisele Moura e Fernando Santos recebeu a visita, no início de setembro, do Pr. Mayrinkellison Wanderley. Na ocasião, mostraram o trabalho que desenvolvem naquele lugar através do orfanato e dos relacionamentos com o povo local. Semanas depois, o grupo esteve na capital do país, Niamey, para realizar um curso de aperfeiçoamento no idioma zarma, fundamental para o bom desempenho de seus ministérios. Missões Mundiais pede a todos os crentes brasileiros que orem pelos Radicais, seus ministérios em países da África, pelas pessoas com as quais têm contatos e pela saúde física e espiritual de cada um deles.

15 a inclusão da música no currículo do Programa justifica-se pelo fato de ela contribuir para o desenvolvimento Novembro/Dezembro Mundo PEPE chega a Nicarágua, Ruanda e Haiti Levar alegria ao coração da criança é o principal desafio do PEPE volvido o PEPE constata-se que o programa é uma bênção e faz a diferença o impacto tem sido muito grande. Elas onde funciona uma unidade do PEPE na comunidade em que estão as igrejas, incluindo e envolvendo as crianças ção nas comunidades, caindo na graça adquirem maior credibilidade e aceita- em sua visão ministerial. Nas igrejas, do povo. Este fato tem sido reconhe- Por Cristo estamos indo até os confins da Terra, com os recursos que Ele nos tem dado para o testemunho do Evangelho. Louvamos a Deus pelo ano convencional que se encerrou (30 de setembro), pois foi de muitas vitórias, com milhares de vidas alcançadas através do Programa de Educação Pré-Escolar (PEPE). Neste ano desenvolvemos um trabalho prof ícuo nos 18 países onde temos atuado, e Deus continua dando crescimento e expandindo Sua obra através desse programa. O grupo executivo do Programa de Educação Pré-Escolar Internacional PEPE Network é composto por uma diretora internacional que, juntamente com os coordenadores regionais, toma decisões e iniciativas visando cumprir a Declaração de Missão do programa PEPE, que é: Capacitar as igrejas evangélicas a expressar, através da Educação Infantil, sua fé em amor e ação, a comunidades menos favorecidas ao redor do mundo. Em todos os países onde é desencido pelas entidades governamentais. Como fruto do impacto, as crianças, seus familiares e vizinhos demonstram interesse em conhecer a Jesus, de participar e integrar-se às igrejas locais. Temos diversos testemunhos de lares que se abriram para o estudo da Palavra de Deus. Um levantamento feito até setembro de 2010 revelou números impressionantes desse programa. Atualmente são 333 unidades do PEPE, cerca de 70 coordenadores e mais de 760 missionários-educadores. Com isso são beneficiadas crianças, famílias contatadas e o número de decisões por Cristo registrado entre outubro de 2009 e setembro deste ano foi de 336 pessoas. E, com muita alegria, informamos que mais três novos países estão no processo de implantar o PEPE: Nicarágua e Haiti, na América Central, Ruanda, na África. Louvamos a Deus por mais essas portas abertas. O Senhor continua dando crescimento e expandindo Sua obra para outros países.

16 16 Novembro/Dezembro 2010 Artigo O que nos faz realmente felizes? Sermos criativos, extrovertidos? Aproveitarmos o sol, a praia, a montanha, as florestas? Repensando nossa funcionalidade eclesiástica Uma reflexão sobre os elementos da anti-missão Ronaldo Lidório* Ao refletir sobre a natureza da Igreja nos confrontamos imediatamente com algumas claras limitações. A primeira seria uma limitação sociológica, na medida de que todos nós temos sido, de alguma forma, influenciados por dois fatores: o hedonismo e o narcisismo. Junto a alguns outros, os tenho chamado de elementos da anti-missão. Isto devido a capacidade que eles têm de postar o homem, e consequentemente a Igreja, no centro do universo. De nos tornarmos, aos nossos próprios olhos, os atores principais da história. Percebendo essa realidade, teremos bastantes dificuldades de conceber uma Igreja que seja chamada para servir a Deus com toda a sua alma, suas energias, seu dinheiro e seu tempo. Ao contrário, tal limitação lança-nos a consequências puramente humanistas, como o triunfalismo e ufanismo, e desemboca no orgulho, raiz de grandes males. O hedonismo nos leva a crer que existimos para nossa própria realização, que nossa alegria e felicidade pessoal são os bens mais preciosos, pelo qual vale a pena tudo. Vivemos para nós mesmos, pensamos em nós mesmos, investimos em nós mesmos, teologizamos para nós mesmos e, consequentemente, não servimos a Jesus, mas a nós mesmos. O narcisismo é a desenfreada busca pela beleza pessoal e público reconhecimento da mesma. Não basta estar no centro das atenções, é necessário que todos saibam disto, que sejamos reconhecidos pelos nossos pares, aplaudidos, elevados em pedestais. Tanto o hedonismo quanto o narcisismo corrompem não apenas a alma humana sua integridade e santidade mas também sua motivação. Há, portanto, muitas igrejas, pastores, líderes e missionários fazendo a coisa certa pela motivação errada. A segunda limitação que temos ao refletir sobre a Igreja é uma limitação teológica, e me refiro aqui à teologia do serviço, ou teologia da missão, que é a maneira como nós compreendemos o nosso papel no Reino e nos posicionamos em relação a ele. Em Atos o autor evidencia que Deus está no controle de todas as coisas e que Ele cumpre todas as promessas. Inicia, já nesse momento, com o cumprimento da promessa de Jesus de que enviaria o Consolador. O Espírito Santo se manifesta para a Igreja e a reveste de autoridade e poder para servir. Atos 2 pinta o quadro desta Igreja chamada segundo o coração de Deus. Perceberemos que ela é uma Igreja Koinônica (orientada pela comunhão); uma Igreja Kerygmática (proclamadora de Jesus); Martírica (que vive segundo aquilo que crê); Proséitica (que tem vida de oração); Escriturística (que ama e segue a Palavra); Diákona (com paixão pelo serviço); Poimênica (que pastoreia o seu povo); e por fim Litúrgica (cuja vida é a adoração do Pai). Voltamos às primeiras palavras. Os elementos da anti-missão hedonismo e narcisismo são expressões da obra da carne, e que nos afastam da missão de ser a Igreja segundo o coração de Deus. A inércia que experimentamos não provém do nosso desconhecimento da necessidade humana ou do mandato de Deus, mas sim da nossa falta de paixão deslumbrante por Jesus. Há no mundo, hoje, mais de 2 mil povos que não O conhecem. Falam mais de 3 mil línguas e dialetos sem nada da Bíblia em seus idiomas. No Brasil temos 121 etnias indígenas ainda pouco ou não evangelizadas e 95 sem presença missionária. Há mais de meio milhão de ciganos em nossa pátria que não conhecem a Palavra de Deus. As tribos urbanas nas grandes cidades relativizam a vida e, ao contrário de se tornarem ateus, passam a crer em tudo. Vivem à procura de um deus utilitário para saciar uma sociedade humanista. Jim Eliott, mártir entre os índios do Equador, em uma carta que escrevera à sua igreja na América do Norte, concluiu dizendo: Viva de tal forma, que ao chegar o dia da sua morte, nada mais tenha a fazer para Deus, a não ser morrer. *teólogo e missiólogo POR UM BRASIL VERDADEIRAMENTE FELIZ Ivo Augusto Seitz* O Brasil é conhecido no mundo todo como um país alegre. Em qualquer lugar onde se ajuntam os brasileiros, logo todos ficam sabendo. Para isso concorrem o povo, a fama da paisagem e a capacidade de enfrentar problemas com criatividade. Fica fácil exaltar as belezas da nossa terra, como na biografia cantada por Jorge Ben Jor: Moro num país tropical abençoado por Deus, com sua receita de felicidade: a natureza, o carnaval, um fusca e um violão, o futebol, a mulher, e os amigos (1). Por ser um divertimento, seu patropi passa longe dos graves problemas nacionais. Não é hora de falar da injustiça, corrupção, violência e impunidade. Ben Jor e os poetas estão certos ao cantar seu amor pelo Brasil, cada um do seu jeito. Mas não podemos viver deslumbrados. A Comunidade Evangélica de Nilópolis reconhece isto em uma oração. Em Deus, sara esta nação, mesmo sem citar cada problema, há a busca de Deus. A curiosidade está na intimidade com que nossos irmãos cantam: Um dia, Deus olhou para esta nação e por ela se apaixonou de uma forma especial (2). A mensagem de Nilópolis não menciona especificamente o Brasil. Serve para todas as nações. Há quem ache que Deus é brasileiro, esquecendo que o amor do Pai é dado aos seus filhos pela graça, e indistintamente. Todos os povos podem ser felizes. Somos contagiados pela alegria dos sul-africanos e as vuvuzelas das torcidas. Até povos de clima frio brincam e riem na neve. Os índios do Xingu e os distantes povos da Ásia celebram suas festas com coreografias originais. O que nos faz realmente felizes? Sermos criativos, extrovertidos? Aproveitarmos o sol, a praia, a montanha, as florestas? Projetarmos universalmente nossa arte e cultura? Mas, e a natureza agredida, a tragédia moral do carnaval, o fanatismo esportivo, as propagandas que associam o álcool à alegria, a zombaria da televisão quanto ao valor do casamento? Podem não estar nos poemas, mas estão ao nosso lado, por toda parte. Um Brasil feliz precisa enfrentar os problemas reais e abranger todas as pessoas. Isto só é possível com Cristo, o Salvador que veio ao mundo para trazer boas notícias aos pobres, libertar os presos e oprimidos, curar os cegos, e dar vida a todos (Lucas ). Não adianta cantar as belezas da criação sem anunciar o Criador. É Deus que nos faz capazes de apreciar o belo e crer no potencial que há por trás de vidas hoje desfiguradas. À semelhança de Jesus, intercedamos por nosso povo, e anunciemos a esperança e vida, liberdade e vitória preparadas por Deus para todo aquele que crê (3). *Pastor da Igreja Batista da Floresta Porto Alegre, RS Notas (1)Diz a letra: Moro num país tropical abençoado por Deus e bonito por natureza, mas que beleza. Em fevereiro, tem carnaval; tenho um fusca e um violão; sou Flamengo e tenho uma nega chamada Teresa. Posso não ser um band leader mas lá em casa todos meus amigos, meus camaradinhas me respeitam, e essa é a razão da simpatia, do poder, do algo mais e da alegria. (2) Diz a letra: Deus, sara esta nação com o teu poder, com o óleo da tua unção! Um dia, Deus olhou para esta nação e por ela se apaixonou de uma forma especial. Colocou sobre ela a sua mão, derramando a sua unção, liberando o seu poder. (3) Na campanha de Missões Nacionais de 2003 sugerimos o acréscimo de uma 5ª. estrofe ao hino De ti, ó meu Brasil (Hinário para o Culto Cristão, 600): Recebe, ó Deus de amor, este hino de clamor por meu País. Que eu prove a gratidão dizendo ao meu irmão: Com Deus, nossa Nação será feliz!

17 Novembro/Dezembro Institucional Trans Rio Grande do Sul 2011

18 18 Novembro/Dezembro 2010 Cartas Geral Campanha Parabéns, pela belíssima campanha que estão fazendo. Quero dizer o quanto amo missões e a minha maior felicidade é: quando Deus me usa para ser uma geradora de almas pra Ele. Elza pelo Orkut Pátria feliz Parabéns por mais uma campanha de missões, cujo tema escolhido vem tocar profundamente nossos corações. Tenho a cada dia me surpreendido com a Obra Missionária e desde o dia que, de coração, declarei ao Senhor eis-me aqui, Ele tem feito um rebuliço em minha vida, usando pra isso a Obra Missionária de Missões Nacionais. O tema da campanha de 2009 foi tremendo e esse de 2010 não ficou pra trás. Que o Senhor de Missões os abençoe PODEROSAMENTE nessa obra e que muito em breve, possamos ver nossa Pátria sendo verdadeiramente liberta e feliz para a glória de Deus. Um grande e fraterno Abraço, Jeferson & Luciana Promotores de Missões em Itaperuna-RJ Tenda da Esperança Gostaria de parabenizar toda a equipe que trabalhou na realização da Tenda da Esperança Foi minha primeira de muitas que, com certeza, irei participar, pois essa Tenda foi show, muito massa... Estarei orando e divulgando a Tenda da Esperança aqui no meu estado (Maranhão) fiquem com Deus e até 2011 se Deus quiser. Luan Carvalho França Por Gratidão Quero agradecer a JMN e JMM pelas notícias de missões que recebo através do Jornal de Missões, Revista do PAM Brasil e A Colheita. As cartas dos missionários têm sempre me estimulado a orar e contribuir com a obra de missões para resgatar vidas do inferno e povoar o céu como na Cristolândia com os radicais liderados pelo pr. Humberto e irmã Soraya e filhos ali na cracolândia, no bairro que leva o nome de Luz, mas é mais trevas do que luz. José Gonçalves Promotor de Missões e missionário voluntário da IB Ipiranga, São Paulo/SP qualidade e quantidade Ao voltar de férias encontrei sobre minha mesa o (edição set/out de 2010) e fiquei encantado com a qualidade e quantidade dos textos. Alegrei-me ao perceber como proclamação e ação social andam de mãos juntas. Chamou-me a atenção o riso presente na maioria das fotos, demonstrando o estado de espírito de quem olha para fotografar, de quem olha para selecionar as fotos e de quem está se deixando fotografar. Que Deus continue a abençoar suas vidas Pr. Edvar Gimenes de Oliveira, IB da Graça, Salvador/BA Privilégio É um privilégio promover a obra missionária em nossa igreja. Temos desafiado os irmãos a orarem pelos missionários espalhados pelo mundo todo e sempre pedimos a Deus um coração generoso para ofertar para missões com alegria e voluntariedade Ana Nascimento, IB em Apucarana/PR Boa informação Quero parabenizar Missões Mundiais pela qualidade do seu trabalho nos campos internacionais. As matérias trazem informações missionárias importantes para nós, como cristãos. Que Deus continue abençoando todos da JMM Rodrigo Vilela, Olinda/PE Alimentando a paixão Louvo a Deus por Missões Mundiais, pois através desta agência Deus tem alimentado a minha paixão por missões. Lendo os veículos de comunicação da JMM tenho podido, também, participar da obra grandiosa de expansão do Evangelho pelo mundo. Renato Lima, IB Boas Novas de Sorocaba/SP ESCREVA-NOS CONTANDO SUAS EXPERIÊNCIAS COM MISSÕES Envie sua carta ou com experiências com a obra missionária. Sua opinião sobre o nosso trabalho, e o conteúdo do, é muito importante. Escreva para ou missionária Ana Paula Amorim celebrou o culto de gratidão a Deus, no A último dia 29 de outubro, pela construção do templo da Primeira Igreja Batista em Viçosa, CE, com a presença de cerca de 200 pessoas. Foram semanas muito intensas, desafiadoras e de muita alegria refletida no rosto de cada obreiro participante da construção. Como resultado, em cinco Os missionários de Missões Mundiais, Pr. Roberto e Aline Romão, vivem a expectativa de seguir para o seu provável novo campo missionário: o Timor-Leste. Atuando através do Programa Esportivo Missionário (PEM), o casal esteve durante 4 anos na Malásia. Para lá seguiu a família Capoeira como estratégia Missão Batista Estrela de Ouro A passou por mudanças significativas, implantando projetos para o alcance da comunidade do Morro dos Macacos, no bairro de Vila Isabel, no Rio de Janeiro. Uma das grandes propostas da missão foi a criação de um projeto esportivo que tem se mostrado eficiente, atraindo crianças, adolescentes e jovens. Denominado Grupo de Capoeira e Artes Estrela de Ouro, a ideia é compartilhar valores Inauguração em Viçosa PEM no Timor-Leste Convicção na Itália Igreja de Treviso, na Itália, cresce A graças às mãos de Deus em projetos na área musical, com crianças, com grupos de estudos bíblicos e no trabalho com os casais. Os resultados são demorados, mas muito celebrados. Neste semestre, o Pr. Caio Bottega, missionário de Missões Mundiais na região, realizou batismos de irmãos pelos quais havia orado durante até 8 anos. O processo de conversão aqui Batismo em Treviso na Itália é longo, mas acontece de forma convicta. Os italianos só dão um passo quando têm certeza absoluta do que estão fazendo, conta o pastor. Em 2011, a Igreja dias (após a construção do alicerce) a equipe de irmãos americanos, juntamente com outros obreiros brasileiros, terminaram a construção, compartilhou Ana Paula. As obras seguem com a finalização dos banheiros e salas, especialmente para as crianças. Contamos com sua parceria em oração, clamou a missionária. missionária William, Márcia e Carolina Carrilho. Há algum tempo Deus colocou o Timor em nossos corações, e agora estamos buscando preparo e confirmação do Senhor para somar forças com os outros missionários que já estão naquele país, diz o Pr. Romão. morais e princípios bíblicos durante os encontros. Na direção do projeto está o voluntário Ivan, mestre de capoeira e membro da Igreja Batista do Farol da Lapa. Já contamos com mais de 30 matriculados no Projeto. Peço que orem por este grupo, para que possamos influenciar a vida das nossas crianças, adolescente e jovens, comentou o pastor João Marcos, missionário líder da Missão. Batista de Treviso espera ganhar novas vidas para Jesus através de retiros dos grupos de adolescentes, jovens, louvor e casais, além de outras atividades evangelísticas.

19 Crianças moçambicanas recebem orientação odontológica através do Projeto Kgomotso (Consolo) Novembro/Dezembro Geral Batismo em Capão da Canoa Nos campos de Missões Nacionais, frutos de um trabalho constante de evangelização e discipulado surgem no dia a dia das frentes missionárias, resultando em vidas batizadas. Em outubro, obreiros de Porto Firme (MG), Capão da Canoa (RS) e do Sudoeste do Paraná celebraram o Proporcionando experiências missionárias aos membros, a Primeira Igreja Batista de São João de Meriti realizou, em setembro, a Feira Nacional. A programação, que atraiu mais de 500 pessoas, contou com a presença de missionários de Missões Nacionais. Participaram como preletores da festividade os missionários pastores Gilnei da Silva Leão Batismos nos campos Campanha nas igrejas batismo de cinco, três e oito vidas, respectivamente. O missionário Thiago Soares de Freitas Rebello, de Porto Firme, comenta a alegria de ver os frutos da Obra: É muito bom ver o trabalho de Deus crescendo. Temos lutado muito aqui e essa é mais uma vitória. de São Leopoldo (RS), Mário Moura (TO), que atua entre os índios xerentes, e Antônio Marcos Xavier de Tauá (CE). Como resultado do mover do Espírito, foram firmadas 40 parcerias missionárias. Além disso, três pessoas tomaram decisão ao lado de Cristo por meio da ação de evangelização realizada durante a Feira. Consolo aos Moçambicanos Obras no Lar segunda fase das obras do Lar Batista A F. F. Soren, em Luzimangues (TO), já começou. Algumas obras de acabamento da primeira fase foram concluídas, duas quitinetes já estão em fase de acabamento, um poço artesiano e reservatório de água foram instalados, estes dois últimos com investimentos doados pela International Mission Board, parceira de Missões Nacionais em projetos de evangelização no Brasil. Ainda restam a construção de quadra poliesportiva, vestiários, pistas ecológicas, estacionamento, além de obras de arruamento e urbanização. Os recursos estão sendo enviados por irmãos e igrejas parceiras do PAM Brasil, que mensalmen- Os missionários de Barra da Estiva, pastor Renato e Juliana Fagundes, têm dedicado grande parte de suas atividades na evangelização de crianças. Em outubro, mês em que os batistas participaram do Programa Nacional de Evangelização de Crianças, o casal realizou uma grande festa com brincadeiras e distribuição de brinquedos. A Congregação do Bairro São Félix, No mês de setembro, a família do missionário Leno Lúcio Franco completou 13 anos de ministério através de Missões Mundiais. Louvo a Deus pois, com o apoio de minha família Raquel Priscila (esposa), Gabriela e Ana Rebeca (filhas) muitas pessoas foram evangelizadas, discipuladas e treinadas para o ministério. Foram anos de lutas e também de muitas vitórias nos campos por onde passamos Bolívia e Ucrâ- Novo chalé em construção Crianças para Jesus te dedicam parte de sua renda ao sustento da obra missionária. Com a conclusão das obras, a instituição terá capacidade para 100 internos, além do atendimento de 200 crianças e adolescentes da comunidade. que sediou o evento, contou com mais de 60 crianças, além dos pais presentes. Para os missionários, a quantidade de meninos e meninas foi uma grande vitória, já que muitos pais impedem as crianças de estarem na casa de Deus. Ore por este projeto, a fim de que Deus quebrante os corações dos familiares dos pequeninos e não mais os impeçam de fazer parte do Reino. Lutas e vitórias na Espanha nia e, agora, na Espanha, lembra o missionário. A Igreja Batista de Huelva, na Espanha, onde estão os obreiros, vai crescendo pouco a pouco. Segundo o Pr. Leno, são muitas as lutas que ainda estão atravessando, com pressões de uma sociedade pós-cristã e cada dia mais secularizada. Mas eles continuam firmes com a visão de evangelizar e proclamar que Cristo é a esperança de todos os povos. Sede por evangelizar muçulmanos Missionária Dione Virgínio evangeliza crianças Projeto Kgomotso (Consolo) acontece em diversas províncias daquele O país e visa atender a população local na área da saúde. A missionária e também médica Conceição Antônio coordena o Projeto, que conta ainda com outra obreira da JMM, Dione Virgínio. Recentemente o Projeto atendeu às igrejas batistas da região de Djuba, onde as obreiras realizaram evangelismo nas casas e fizeram palestras para jovens e adultos sobre como prevenir a AIDS e sobre sexualidade segundo a orientação bíblica. Além dessas atividades, elas exibiram um filme que aborda a importância da presença de Deus no casamento. Em seguida, atenderam à IB das Mohatas, onde também fizeram várias atividades, como evangelização de crianças e ensino de higiene oral, e palestras para jovens e adultos. esporte tem sido uma das ferramentas usadas pelos missionários casal missionário no Oriente Médio, Pr. Calebe e Rebeca, está em participarem de congressos missionários, lógicas, além é claro, de visitarem igrejas e O preparação para um novo campo. Outro o que tem despertado vocacionados. fato que ainda deixa os missionários no O casal clama para que os brasileiros Brasil é o tratamento de saúde de Rebeca, orem por mais trabalhadores para a seara. que não tem mais um tumor na hipófise. Pois têm a certeza de que se existissem Mas ainda precisa de cuidados médicos muitos obreiros juntos aos muçulmanos, para estar totalmente recuperada. não estariam tão ansiosos por voltar, sabendo que o nome de Jesus continuaria No Brasil, Pr. Calebe e Rebeca ministram aulas e palestras em instituições teo- sendo anunciado naquela região.

20 20 Novembro/Dezembro 2010 Mobilização Missionária Por Um Brasil Verdadeiramente Feliz ecoa no coração dos batistas A Campanha de Missões Nacionais continua impactando a vida de igrejas que decidiram se mobilizar em prol do crescimento do Reino. Com muita criatividade e disposição, promotores e membros realizaram diversas atividades que serviram tanto para arrecadação de ofertas quanto para evangelização local. De uma forma ou de outra, Cristo foi glorificado e a igreja edificada por meio de uma visão missionária amadurecida. Trabalhando para a arrecadação de ofertas e conscientização de seus membros, a Igreja Batista em Maruípe Vitória (ES) promoveu, nos meses de setembro e outubro, mais uma campanha missionária. O desafio apresentado parecia muito grande e o alvo proposto, para muitos, era uma impossibilidade, já que ainda havia a campanha de reforma do templo. Mesmo assim, o passo foi dado e a igreja, sob a direção do pastor Fábio Torres, realizou a primeira arrecadação de ofertas a partir de uma ideia original: a confecção e venda de sabões artesanais, por meio da reutilização de óleo de cozinha. Como uma ideia puxa outra, o pastor também decidiu levar sua igreja à realização do Bazar Missionário. Todos se envolveram, doando roupas, calçados e bolsas. Exposto em local estratégico, na Praça de um bairro próximo, o bazar foi a sensação da região, oferecendo produtos de qualidade e preço baixo. Dessa forma, a comunidade, que é muito carente, foi Bazar da IB Maruípe assistida, mais ofertas foram alcançadas e o evangelho foi anunciado a todos que por ali passaram. No dia 2 de outubro foi realizada a última estratégia de missões. Um Feirão Missionário, que vendia de tudo, de livros a plantas. Enfim, o dia do encerramento foi marcado com uma apoteose missionária. No culto houve uma encenação com pessoas que representaram moradores de rua, prostitutas, viciados em drogas e executivos. Jussara, promotora de missões, emocionou os membros ao representar uma mãe que vive à margem da sociedade e perdeu um filho, vítima Campanha de Missões Nacionais continua impactando igrejas das drogas. No fim das apresentações, o pastor Sebastião Lúcio Guimarães trouxe a Palavra, encorajando os irmãos a não desistirem da obra missionária. No culto de encerramento da campanha, era notória a curiosidade quanto ao alvo. Quando finalmente o valor arrecadado foi informado, a igreja explodiu em aplausos por ter ultrapassado o valor proposto. Mas as ações da igreja não pararam por aí. Empolgado com o momento vivido pela igreja, pastor Fábio já convidou os membros a se prepararem para uma jornada missionária, levando o evangelho aos brasileiros carentes do evangelho. A Primeira Igreja Batista em Aliança, PE pastor José Jorge Barbosa aproveitou o período de ênfase missionária para impactar a cidade em duas ocasiões de grande importância para o município: o dia 7 de setembro Independência do Brasil e 11, quando os moradores comemoram a emancipação política. Nestas datas, há um grande alvoroço na cidade, com todos os alunos do município participando de desfiles cívicos. Todas as escolas da cidade desfilam pela principal avenida da cidade, onde está localizada nossa igreja, explicou a promotora Azenate Pessoa, que estrategicamente levou sua igreja a distribuir água e folhetos evangelísticos nos eventos. A ideia, segundo a promotora, surgiu da campanha O Brasil tem sede de Deus. Quem terá compaixão?, do ano de A atitude da igreja chamou a atenção de quem participava dos eventos da cidade. A iniciativa, pioneira na região, arrancou elogios dos moradores. Ninguém nunca fez isso aqui, vocês estão de parabéns!, diziam alguns. Neste ano, a 1ª IB em Aliança já distribuiu mil litros de água e 7 mil literaturas evangelísticas, boa parte das quais estão disponíveis na loja de Missões Nacionais. Queremos saber como foi a Campanha de Missões Nacionais em sua igreja. Para enviar as atividades e resultados desse período, mande um para Uma campanha abençoada Durante esta campanha, toda a igreja esteve empenhada em levantar o recurso para missões. Os adolescentes fizeram uma campanha linda, foram motivados a preparar um cofre e, durante todo o período, eles juntaram com muito carinho suas economias. Também utilizamos a cantina da igreja para levantar recursos e, no encerramento, a igreja promoveu um chamado almoço missionário, ocasião em que foi feita venda de quentinhas. Foi uma bênção, pois tudo foi doado pelos irmãos com muito amor. Ficamos felizes por participar desse trabalho. Clébio Barreto Presidente da Igreja Batista em Joana D arc Estamos realizando a Campanha na Igreja Batista da Orla, em São Gonçalo (RJ), com uma grande gincana, dividindo os grupos em cinco regiões. O objetivo é fazer todos trabalharem por missões, ou o maior número de pessoas da igreja. Não somos um grupo grande e saímos de duas campanhas de construção. Foi a maneira que encontramos para incentivar os irmãos. Além da representação das regiões com peças, pesquisas etc. tivemos Feira Missionária e Almoço. Todos estão se esforçando. Stand da JMN na IB da Orla Quanto à Festa do Brasil, foi baseada no encarte infantil, muito bom! As crianças compareceram, em sua maioria com roupas amarelas e azuis, da Copa. Realizamos viagens pelo Brasil, adaptando as tarefas conforme as nossas condições. Temos usado o encarte no culto infantil, à noite, para que as crianças também fiquem integradas na programação missionária da igreja. Marilene Dominguez Léia Tassi Promotora de Missões Queremos compartilhar com o povo de Deus as maravilhas que Ele tem operado em nosso meio. Durante os meses de setembro e outubro desenvolvemos a Campanha de Missões Nacionais em nossa frente missionária. Estabelecemos um alvo arrojado e desafiador para nossa realidade. Decoramos o templo com temas missionários, usando o material da Campanha, em todos os cultos demos ênfase aos Projetos da JMN, com o auxílio dos vídeos que recebemos, sempre chamando o povo para um grande envolvimento. Para honra e glória e louvor de nosso Deus, ultrapassamos em 50% nosso alvo. Além de ultrapassarmos o alvo, tivemos uma grande alavancada na obra como um todo, com cultos marcantes, em que a média de frequência aos domingos à noite nunca ficou abaixo de 45 pessoas, e em algumas noites tivemos pessoas em pé por falta de cadeiras. Pr. Jorge e Laurete Missionários em Canoas RS

Casas de Paz Uma estratégia para levar famílias a experimentar a paz que só Jesus pode oferecer.

Casas de Paz Uma estratégia para levar famílias a experimentar a paz que só Jesus pode oferecer. Casas de Paz Uma estratégia para levar famílias a experimentar a paz que só Jesus pode oferecer. 1) Introdução. Pouco antes da sua morte Jesus declarou aos seus discípulos: Deixo com vocês a paz. É a minha

Leia mais

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão:

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: II) NOSSA VISÃO Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: A) Adorar a Deus em espírito e verdade Queremos viver o propósito para o qual Deus

Leia mais

Projeto e Metas para 2014

Projeto e Metas para 2014 Igreja Evangélica Assembleia de Deus-Imperatriz-MA Pastor Raul Cavalcante Pastor Wilson Filho Coord. Tribo da Área Tribo de Aser Pastor Presidente da IEADI ÁREA TRIBO DE ASER Projeto e Metas para 2014

Leia mais

Igreja Cristã Maranata. Trabalho com Surdos. Orientações gerais. Trabalho de LIBRAS

Igreja Cristã Maranata. Trabalho com Surdos. Orientações gerais. Trabalho de LIBRAS Orientações gerais Trabalho de LIBRAS Orientações quanto ao. Vimos, através desta, informar sobre a conduta básica para recepção dos nossos irmãos surdos e sobre procedimentos no tocante à introdução e

Leia mais

Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé

Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé Pr. Presidente : Raul C. Batista e Miss. Ruthe Ribeiro Ministra do MMO: Lourdes Ramalho Assembléia de Deus de Imperatriz- MA Liderança Pr. Raul C. Batista

Leia mais

COMPETÊNCIA AÇÕES ESTRATÉGICAS

COMPETÊNCIA AÇÕES ESTRATÉGICAS Planejamento Estratégico da UFMBB para o ano de 2012 Ênfase: Desafiadas a ser padrão de integridade Tema: Ser como Cristo - meu ideal Divisa: "Assim brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam

Leia mais

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO ORIENTAÇÕES GERAIS Bem-vindos à nova estação dos GFs: a estação do evangelismo! Nesta estação queremos enfatizar pontos sobre nosso testemunho de vida

Leia mais

DICAS DA COORDENADORA ESTADUAL DE JCA

DICAS DA COORDENADORA ESTADUAL DE JCA DICAS DA COORDENADORA ESTADUAL DE JCA Queridas irmãs, é com temor e tremor que estou diante deste desafio do trabalho junto a JCA, mas sei que quem nos capacita é o Senhor da obra; certo de contar com

Leia mais

Caros irmãos e amigos. A graça e a paz do Senhor Jesus. Grandes coisas tem feito o Senhor por nós por isso estamos alegres.

Caros irmãos e amigos. A graça e a paz do Senhor Jesus. Grandes coisas tem feito o Senhor por nós por isso estamos alegres. Caros irmãos e amigos A graça e a paz do Senhor Jesus. Grandes coisas tem feito o Senhor por nós por isso estamos alegres. Chegamos na metade do ano de 2015, graças a Deus, porque devido a tantas lutas,

Leia mais

AS CONEXÕES. QUEBRA GELO: Cite o nome de uma pessoa que mais te influenciou na vida. Comente como essa pessoa é, e explique como te influenciou.

AS CONEXÕES. QUEBRA GELO: Cite o nome de uma pessoa que mais te influenciou na vida. Comente como essa pessoa é, e explique como te influenciou. Lição 4 AS CONEXÕES QUEBRA GELO: Cite o nome de uma pessoa que mais te influenciou na vida. Comente como essa pessoa é, e explique como te influenciou. VERSO DA SEMANA: Sim, qualquer que seja o tipo de

Leia mais

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem Tudo bem. Eu vou para casa! Foi o que uma moça disse a seu namorado, na República Central-Africana. Tudo começou porque ele ia fazer uma viagem

Leia mais

CRIANÇAS E ADOLESCENTES MISSIONÁRIOS NA CARIDADE

CRIANÇAS E ADOLESCENTES MISSIONÁRIOS NA CARIDADE Vicente de Paulo dizia: "Que coisa boa, sem igual, praticar a Caridade. Praticá-la é o mesmo que praticar todas as virtudes juntas. É como trabalhar junto com Jesus e cooperar com ele na salvação e no

Leia mais

REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA

REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA AS CINCO FUNÇÕES ESSENCIAIS DA CÉLULA REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA A célula tem muitas funções na igreja local, mas queremos ver o que na nossa opinião seriam as funções mais essenciais e indispensáveis.

Leia mais

Deus chama você para orar

Deus chama você para orar 1 Deus chama você para orar Deus tem um plano maravilhoso por meio do qual você pode ter uma influência de alcance mundial. Este plano não é apenas para alguns poucos escolhidos. É para você e para mim.

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Introdução A CF deste ano convida-nos a nos abrirmos para irmos ao encontro dos outros. A conversão a que somos chamados implica

Leia mais

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação)

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação) O batismo do Espírito Santo (continuação) #62 Estamos falando sobre alguns dons do Espírito Santo; falamos de suas obras, dos seus atributos, como opera o novo nascimento e, por último, estamos falando

Leia mais

SERVIR COM ALEGRIA C O N F I R A

SERVIR COM ALEGRIA C O N F I R A 2014 UMA FAMÍLIA A SERVIÇO DO REI JESUS SERVIR COM ALEGRIA Boa Vista RR OUT./NOV./DEZ.- Celebrai com júbilo ao SENHOR, todas as terras. Servi ao Senhor com alegria; e entrai diante dele com canto. Sabei

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

Por ocasião da Marcha para Jesus, o deputado Wasny de Roure. (PT-DF) pronuncia o seguinte discurso: No próximo dia 11 de

Por ocasião da Marcha para Jesus, o deputado Wasny de Roure. (PT-DF) pronuncia o seguinte discurso: No próximo dia 11 de 1 06.06.05 Por ocasião da Marcha para Jesus, o deputado Wasny de Roure (PT-DF) pronuncia o seguinte discurso: No próximo dia 11 de junho teremos mais uma Marcha para Jesus em Brasília, evento que acontece

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA RECEBER UMA EQUIPE DE EVANGELISMO DA ESCOLA MISSIONÁRIA DE FÉRIAS (EMF)

INFORMAÇÕES PARA RECEBER UMA EQUIPE DE EVANGELISMO DA ESCOLA MISSIONÁRIA DE FÉRIAS (EMF) INFORMAÇÕES PARA RECEBER UMA EQUIPE DE EVANGELISMO DA ESCOLA MISSIONÁRIA DE FÉRIAS (EMF) Olá Pastor (a) / Amigo (a) de Missões. A JOCUM Jovens Com Uma Missão, situada em Campinas apresenta nesse informativo

Leia mais

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11)

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Mensagem 1 A metáfora do Caminho Introdução: A impressão que tenho é que Jesus escreveu isto para os nossos dias. Embora

Leia mais

Igreja Amiga da criança. Para pastores

Igreja Amiga da criança. Para pastores Igreja Amiga da criança Para pastores Teste "Igreja Amiga da Criança" O povo também estava trazendo criancinhas para que Jesus tocasse nelas. Ao verem isso, os discípulos repreendiam aqueles que as tinham

Leia mais

JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO

JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO JOVENS COM UMA MISSÃO JOCUM ARACAJU PROJETO INTERCESSÃO INTERCESSORES E GRUPOS DE INTERCESSÃO Miss. Gustavo Lima Silva (Beréu) & Wanessa S. B. Santos Silva (Brasil) Recife, 2010. SUMÁRIO INTRODUÇÃO...

Leia mais

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA TRILHO PEDRA VIVA ROTEIRO PARA PLANTAÇÃO DE VIDAS Um provérbio chinês nos lembra : se sua visão é para um ano, plante trigo; se sua visão é para uma década, plante árvores; se sua visão é para toda a vida,

Leia mais

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE A Novena de Natal deste ano está unida à Campanha da Fraternidade de 2013. O tema Fraternidade e Juventude e o lema Eis-me aqui, envia-me, nos leva para o caminho da JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE Faça a

Leia mais

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos,

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, PASCOM A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, t e x t o s e i d é i a s p a r a a s matérias! Nossa Senhora da Penha, que sabe o nome de cada

Leia mais

UMA FAMÍLIA A SERVIÇO DO REI JESUS

UMA FAMÍLIA A SERVIÇO DO REI JESUS UMA FAMÍLIA A SERVIÇO DO REI JESUS Boa Vista RR Fevereiro /2014 Samuel Yuri em suas aventuras pelos lavrados da Aldeia Darôra/Macuxi Anne Yasmin sempre pousando de artista...linda! Queridos amigos e família

Leia mais

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Psicografias Outubro de 2014 Sumário Cavaleiro da Chama-Vermelha.... 2 Dr. Emanuel.... 2 João Augusto... 3 Mago Horax... 3 Caravana de Koré....

Leia mais

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Copyright 2009 por Marcos Paulo Ferreira Eliézer dos Santos Magalhães Aridna Bahr Todos os direitos em língua portuguesa reservados por: A. D. Santos Editora Al. Júlia da Costa, 215 80410-070 - Curitiba

Leia mais

Teste dos Dons Espirituais 1

Teste dos Dons Espirituais 1 1 Teste dos Dons Espirituais 1 Este teste é usado no contexto do seminário do MAPI Introdução a Dons Espirituais e Equipes de Ministério. Para mais informações veja o site do MAPI no link de ferramentas

Leia mais

DESTA QUE E ENTREGUE ESTE CADERNO AO MÚSICO

DESTA QUE E ENTREGUE ESTE CADERNO AO MÚSICO DESTA QUE E ENTREGUE ESTE CADERNO AO MÚSICO A VERDADEIRA UTILIDADE DA MÚSICA 26 Mônica Coropos A Música tem lugar de destaque para os cristãos. Agostinho, um dos pais teólo- gos do passado, considerado,

Leia mais

APRESENTAÇÃO MBN. Fone: 011-98291-7300 Skype: albertoaconti E-mail: info@buenasnuevasbrasil.org http://buenasnuevasbrasil.org/

APRESENTAÇÃO MBN. Fone: 011-98291-7300 Skype: albertoaconti E-mail: info@buenasnuevasbrasil.org http://buenasnuevasbrasil.org/ APRESENTAÇÃO MBN Fone: 011-98291-7300 Skype: albertoaconti QUEM SOMOS? Somos um Ministério que tem a visão de equipar e treinar novos líderes, incentivar o surgimento do empreendedorismo e de profissionais

Leia mais

Ungidos Para Servir. Continua sendo um déficit entre o povo de Deus, o discernimento de seus ministérios e o entendimento do propósito da unção.

Ungidos Para Servir. Continua sendo um déficit entre o povo de Deus, o discernimento de seus ministérios e o entendimento do propósito da unção. Ungidos Para Servir Apesar dos esforços teológicos, a história cristã avançou dois mil anos e não conseguiu, em sua trajetória, evitar a má interpretação sobre o chamado ministerial dos santos e sobre

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

LIBERTANDO OS CATIVOS

LIBERTANDO OS CATIVOS LIBERTANDO OS CATIVOS Lucas 14 : 1 24 Parábola sobre uma grande ceia Jesus veio convidar àqueles que têm fome e sede para se ajuntarem a Ele. O Senhor não obriga que as pessoas O sirvam, mas os convida

Leia mais

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO 1 ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO LIÇÃO Nº 01 DIA 16/06/2014 INTRODUÇÃO: Vamos começar uma nova série de estudos em nossas células. Esta será uma série muito interessante

Leia mais

Mas isso irá requerer uma abordagem pessoal, persistente, muita oração e uma ferramenta poderosa para nos ajudar a fazer isso!

Mas isso irá requerer uma abordagem pessoal, persistente, muita oração e uma ferramenta poderosa para nos ajudar a fazer isso! 2015 NOSSO CONTEXTO GLOBAL: Quase 3 bilhões de pessoas online Quase 2 bilhões de smartphones 33% de toda a atividade online é assistindo a vídeos BRAZIL: Mais de 78% dos jovens (15-29) usam internet. São

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões Intercessão Missionária Como e Por que Interceder por Missões A Importância da Intercessão por Missões - Estamos em uma guerra Há necessidade de intercessores! - Nossa guerra não é pelo controle político

Leia mais

Nós esperamos que esta pequena seleção de notícias e comentários o encoraje a orar e dar graças.

Nós esperamos que esta pequena seleção de notícias e comentários o encoraje a orar e dar graças. Seminário a Distancia a Todas as Nações Muito obrigado pelo seu contínuo apoio e parceria neste ministério. Este mês celebramos o 44 aniversário da missão. No dia 14 de Julho, teremos mais um dia global

Leia mais

Conselho Missionário da Igreja. O que é? Como organizar?

Conselho Missionário da Igreja. O que é? Como organizar? Conselho Missionário da Igreja O que é? Como organizar? O que é? Como organizar? É o agente da Missão é o Corpo de Cristo e o comprometimento da Igreja surge a partir da oração, estudo dos princípios bíblia

Leia mais

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1)

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1) Ministério de Intercessão A Intercessão e a Batalha Espiritual Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1) O que é Intercessão?

Leia mais

RELATÓRIO DAS REUNIÕES NA ÁFRICA POR BRIAN KOCOUREK

RELATÓRIO DAS REUNIÕES NA ÁFRICA POR BRIAN KOCOUREK RELATÓRIO DAS REUNIÕES NA ÁFRICA POR BRIAN KOCOUREK Relatório das Reuniões em Mbanza Ngungu 2012 30 de agosto - 2 de setembro INTRODUÇÃO: Em setembro de 2007, durante as reuniões do irmão Brian em Mbanza

Leia mais

Geração compaixão A Revolução do Amor!

Geração compaixão A Revolução do Amor! 1 Geração compaixão A Revolução do Amor! A velocidade com que o tempo passa, nos mostra claramente a fugacidade da vida. Já estamos em 2016! E este será um ano diferente para a juventude adventista no

Leia mais

MISSÃO NA CIDADE UM NOVO OLHAR. Introdução

MISSÃO NA CIDADE UM NOVO OLHAR. Introdução 23 4 MISSÃO NA CIDADE UM NOVO OLHAR Introdução Chegamos ao último encontro de nossa série de 11 anos. Ao longo dessas semanas, conversamos, sob a luz do texto de Mateus 28.19-20a, a respeito dos olhares

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

Discipulado Pastor Emanuel Adriano (Mano) DISCIPULADO

Discipulado Pastor Emanuel Adriano (Mano) DISCIPULADO Discipulado Pastor Emanuel Adriano (Mano) DISCIPULADO Em vários textos a Bíblia relata visões que Deus deu a seu povo. Essas visões tinham por objetivo trazer uma orientação ou direção, em outros momentos

Leia mais

Lição 1. Lição 2. Lição 5

Lição 1. Lição 2. Lição 5 Caro responsável, O tema desta revista O Livro de Deus trata especificamente da Bíblia, enfatizando às crianças que ela é a Palavra de Deus, onde Ele nos conta sobre si mesmo e nos diz como devemos viver

Leia mais

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS 1 LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS Lc 19 1 Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade. 2 Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores

Leia mais

Você é um zero à direita!

Você é um zero à direita! Você é um zero à direita! A igreja é um corpo. Uma pequena parte do corpo, é uma célula. Uma micro-célula, é o discipulado. Para o corpo crescer, tudo precisa estar bem. Quando uma criança não cresce,

Leia mais

LEVANTAMENTO DOS DONS ESPIRITUAIS

LEVANTAMENTO DOS DONS ESPIRITUAIS LEVANTAMENTO DOS DONS ESPIRITUAIS INSTRUÇÕES: I Nas páginas seguintes, responda a cada afirmação do Levantamento de Dons Espirituais, utilizando a escala abaixo: 3 = CONSTANTEMENTE, DEFINITIVAMENTE CERTO.

Leia mais

PRIORIDADES REGIÃO DE ÁFRICA

PRIORIDADES REGIÃO DE ÁFRICA PRIORIDADES REGIÃO DE ÁFRICA PARTE 1 - INTRODUÇÃO PREFÁCIO: Quatro anos atrás Dr. Eugénio Duarte iniciou um processo que fez com que África falasse do seu futuro. Estes diálogos levaram-nos a rever o ministério

Leia mais

Fui arrebatado vivo e permaneci 15 minutos no céu

Fui arrebatado vivo e permaneci 15 minutos no céu Fui arrebatado vivo e permaneci 15 minutos no céu Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos, foi arrebatado até ao terceiro céu (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe) II.Coríntios 12:2

Leia mais

Projeto Providência. Criança Esperança apoia projeto que é exemplo de esforço e dedicação em benefício de crianças e adolescentes carentes

Projeto Providência. Criança Esperança apoia projeto que é exemplo de esforço e dedicação em benefício de crianças e adolescentes carentes ações de cidadania Criança Esperança apoia projeto que é exemplo de esforço e dedicação em benefício de crianças e adolescentes carentes Com o apoio da UNESCO, por meio do Programa Criança Esperança, a

Leia mais

SECRETARIA GERAL DO TRABALHO MASCULINO TEMA: "Sacerdócio Real".

SECRETARIA GERAL DO TRABALHO MASCULINO TEMA: Sacerdócio Real. SECRETARIA GERAL DO TRABALHO MASCULINO TEMA: "Sacerdócio Real". "José é um ramo frutífero, ramo frutífero junto a fonte; seus galhos se estendem sobre o muro." Gen. 49:22 UPH EM AÇÃO Sugestão para programações

Leia mais

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Carta Pastoral dirigida às igrejas da diocese de Rotemburgo-Estugarda na Quaresma Pascal de 2015 Bispo Sr. Dr.

Leia mais

DISCIPULADO PASSO A PASSO

DISCIPULADO PASSO A PASSO DISCIPULADO PASSO A PASSO DISCIPULADO PASSO A PASSO PALAVRA PASTORAL Dentro das nossas concepções de que uma igreja em células não é uma estratégia de grupos pequenos, mas sim uma estratégia de liderança,

Leia mais

EXISTE ALGUMA COISA IMPOSSÍVEL PARA O SENHOR? Gênesis 18: 14. A

EXISTE ALGUMA COISA IMPOSSÍVEL PARA O SENHOR? Gênesis 18: 14. A IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL EM PAU DOS FERROS-RN. ANUNCIANDO JESUS DESDE 1855 NO BRASIL. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Leia mais

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN "Pr. Williams Costa Jr.- Pastor Bullón, por que uma pessoa precisa se batizar? Pr. Alejandro Bullón - O Evangelho de São Marcos 16:16 diz assim: "Quem crer e for batizado,

Leia mais

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS DE IMPERATRIZ-MA MINISTÉRIO DA CRIANÇA GERAÇÃO FUTURO IEADI Evangelizando hoje homens e mulheres do amanhã.

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS DE IMPERATRIZ-MA MINISTÉRIO DA CRIANÇA GERAÇÃO FUTURO IEADI Evangelizando hoje homens e mulheres do amanhã. PROPOSTA2014 1 IMPERATRIZ - MARANHÃO O Ministério da CRIANÇA Geração Futuro Cristo em vós, a esperança da glória. Colossenses. 1.27b 1 IDENTIFICAÇÃO: 1- COMISSÃO: EVANGELIZAÇÃO DE CRIANÇAS E O FUTURO DA

Leia mais

Como realizar uma série de conferências com sucesso

Como realizar uma série de conferências com sucesso Como realizar uma série de conferências com sucesso Qual é o objetivo do Evangelismo? Reavivar a igreja. Buscar os afastados. Ganhar novas pessoas para Cristo. Preparação da igreja 1. Organize equipes

Leia mais

Multiplicação de Células

Multiplicação de Células Multiplicação de Células O objetivo principal da Célula Sub-metas: 1. Definir uma Data 2. Aumentar a presença de Deus 3. Levantar um novo Líder 4. Firmar novos membros 5. Encontrar um novo Anfitrião Multiplicar

Leia mais

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Quando, porém, chegou a plenitude do tempo, enviou Deus o seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a Lei,

Leia mais

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO O que é uma pessoa cristã? É a pessoa que acredita que o Deus vivo é revelado em e por meio de Jesus Cristo, que aceita Jesus Cristo como Senhor e Salvador, que

Leia mais

Samora Correia. Igreja Evangelica Assembleia de Deus Ministério Missão Transcultural. Pr. Milton Novais dos Santos. digigente local.

Samora Correia. Igreja Evangelica Assembleia de Deus Ministério Missão Transcultural. Pr. Milton Novais dos Santos. digigente local. Igreja Evangelica Assembleia de Deus Ministério Missão Transcultural Sede: Rua José Coelho Júnior, Lote 02, código Postal: 8125-629, Quarteira Pr. Milton Novais dos Santos digigente local Congregação:

Leia mais

O INVESTIMENTO. 4 pontos principais para apresentar a mensagem do Evangelho a qualquer pessoa:

O INVESTIMENTO. 4 pontos principais para apresentar a mensagem do Evangelho a qualquer pessoa: Lição 5 O INVESTIMENTO QUEBRA GELO: Compartilhe qual foi o maior investimento que você fez em sua vida. Por que você investiu? O que lhe garantiu o sucesso? VERSO DA SEMANA: Estejam sempre preparados para

Leia mais

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER INTRODUÇÃO: Qualquer que seja meu objetivo, ler é a atividade básica do aprendizado. Alguém já disse: Quem sabe ler, pode aprender qualquer coisa. Se quisermos estudar a Bíblia,

Leia mais

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 A trindade sempre existiu, mas se apresenta com maior clareza com vinda de Cristo e a redação do Novo Testamento. Por exemplo,

Leia mais

DECLARAÇÃO DE MISSÃO Proclamar o Cristo Vivo e ajudar as pessoas que nele crêem a se tornarem seus discípulos

DECLARAÇÃO DE MISSÃO Proclamar o Cristo Vivo e ajudar as pessoas que nele crêem a se tornarem seus discípulos PIBRJ DECLARAÇÃO DE MISSÃO Proclamar o Cristo Vivo e ajudar as pessoas que nele crêem a se tornarem seus discípulos DECLARAÇÃO DE VISÃO Ser uma família de fé, que recebe as pessoas como são e se esforça

Leia mais

Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia.

Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia. Jesus e sua vida Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia. Seu nascimento foi no meio de muitas

Leia mais

Atribuam ao Senhor glória e força (...) A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é majestosa. Salmos 29.1 e 4

Atribuam ao Senhor glória e força (...) A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é majestosa. Salmos 29.1 e 4 Precisa-se de Pais Espirituais Objetivo do Senhor: - Glorificar o nome de Deus, revelar Seu poder e beleza e atribuir a Ele toda glória. - Provocar o desejo de marcar significativamente a sua descendência/

Leia mais

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ANOTAÇÕES Como Planejar Um Culto Sensível Aos Não-crentes INTRODUÇÃO Uma das características do ministério de Jesus é que ele atraía muitas pessoas A Bíblia diz que "Numerosas

Leia mais

Projeto. Cidadania e Solidariedade. Giovanni Salera Júnior E-mail: salerajunior@yahoo.com.br

Projeto. Cidadania e Solidariedade. Giovanni Salera Júnior E-mail: salerajunior@yahoo.com.br Projeto Cidadania e Solidariedade Giovanni Salera Júnior E-mail: salerajunior@yahoo.com.br Gurupi Tocantins Agosto de 2008 Salera Júnior, Giovanni. Catalogação Projeto Cidadania e Solidariedade. Giovanni

Leia mais

MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA

MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA 1 40 dias vivendo para Jesus 12/05/2013 At 1 4 Um dia, quando estava com os apóstolos, Jesus deu esta ordem: Fiquem em Jerusalém e esperem até que o Pai

Leia mais

Lição 8 Trabalhar com Líderes

Lição 8 Trabalhar com Líderes Lição 8 Trabalhar com Líderes Já havia mais de um ano que o António se tornara membro da sua igreja. Ele tinha aprendido tanto! Começou a pensar nos líderes da igreja que o tinham ajudado. Pensava naqueles

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio 1 IGREJA METODISTA PASTORAL IMED PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PLANO DE AÇÃO BIÊNIO 2012-2013 Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA

Leia mais

Lição Oito. O Culto a Deus. Que É Culto? adoração da parte da pessoa que pensa acerca de Deus. O culto é a reação humana à glória,

Lição Oito. O Culto a Deus. Que É Culto? adoração da parte da pessoa que pensa acerca de Deus. O culto é a reação humana à glória, Livro 1 página 57 Lição Oito O Culto a Deus Que É Culto? O culto é o ato de reconhecer a Deus por quem Ele é. Inclui uma atitude de reverência, devoção e adoração da parte da pessoa que pensa acerca de

Leia mais

AUXILIADORA DO URUAPIARA AMAZONAS

AUXILIADORA DO URUAPIARA AMAZONAS AUXILIADORA DO URUAPIARA AMAZONAS A Província Brasil Sul, da Congregação das Irmãs de Santa Doroteias da Frassinetti, assume o trabalho de evangelização em Auxiliadora do Uruapiara, Amazonas. Em 2015 passaram

Leia mais

Oficina: Implantando Pequenos Grupos. Palestrante: Jones Brandão

Oficina: Implantando Pequenos Grupos. Palestrante: Jones Brandão Oficina: Implantando Pequenos Grupos Palestrante: Jones Brandão Todos os direitos reservados à Igreja Batista Central de Fortaleza. Reprodução permitida para uso exclusivo em sua igreja. EPL 2012 - Encontro

Leia mais

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo 10.14 O batismo do Espírito Santo #61 Estudamos o novo nascimento e vimos como o Espírito Santo realiza essa obra juntamente com a Palavra de Deus. Tínhamos que entender o novo nascimento e como alguém

Leia mais

Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas

Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas Uma breve meditação sobre Mudança de Estruturas O objetivo desta meditação é redescobrir a dimensão espiritual contida na metodologia de mudança

Leia mais

Campanha de missões mundiais: Um chamado. de Deus às nações. Igreja de SP doa laboratório de informática para comunidade indígena

Campanha de missões mundiais: Um chamado. de Deus às nações. Igreja de SP doa laboratório de informática para comunidade indígena Informativo da Igreja Batista Monte Sinai - Boa Vista, Roraima - Abril de 2015 Campanha de missões mundiais: Um chamado 3 de Deus às nações Igreja de SP doa laboratório de informática para comunidade indígena

Leia mais

No Dia do Juízo, quando o Filho do Homem, na Sua glória, vier nos julgar, escreve o evangelista Mateus, Ele nos questionará sobre

No Dia do Juízo, quando o Filho do Homem, na Sua glória, vier nos julgar, escreve o evangelista Mateus, Ele nos questionará sobre Caridade e partilha Vivemos em nossa arquidiocese o Ano da Caridade. Neste tempo, dentro daquilo que programou o Plano de Pastoral, somos chamados a nos organizar melhor em nossos trabalhos de caridade

Leia mais

13. O DEUS QUE NOS COMPLETA Páginas 272-278

13. O DEUS QUE NOS COMPLETA Páginas 272-278 13. O DEUS QUE NOS COMPLETA Páginas 272-278 ENCONTRO: Se você pudesse levar um amigo para morar com você, quem seria? EXALTAÇÃO: Leia Efésios 4.1-15. Peça que compartilhem em que o Gf tem ajudado a cada

Leia mais

O QUE É O PROJETO NATAL MISSIONÁRIO?

O QUE É O PROJETO NATAL MISSIONÁRIO? INTRODUÇÃO Como continuidade ao Projeto das Semanas Missionárias, Deus suscitou este novo projeto que envolverá não apenas ao movimento da Renovação Carismática Católica, mas a toda a Igreja Católica Apostólica

Leia mais

MINISTÉRIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS UNIDA

MINISTÉRIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS UNIDA MINISTÉRIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS UNIDA Pastor Miquéas Matos 2013 Pastor Vladimir Sales Presbítero Adilson dos Reis PESCAR ADU Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão

Leia mais

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção?

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção? MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Espiritualidade e profecia são duas palavras inseparáveis. Só os que se deixam possuir pelo espírito de Deus são capazes de plantar sementes do amanhã e renovar a face da terra. Todo

Leia mais

SEÇÃO 2 COMO ADORAR?

SEÇÃO 2 COMO ADORAR? SEÇÃO 2 COMO ADORAR? 1. Conhecendo o Deus que adoramos 2. A maior tragédia humana 3. Quem sou eu? 4. O caminho dado por Deus 5. Saindo da zona de conforto 6. Ouvindo o mundo 7. Ouvindo a Deus 8. O que

Leia mais

INFORMATIVO BASE MUNDIAL DE MISSÕES DE SÃO PAULO

INFORMATIVO BASE MUNDIAL DE MISSÕES DE SÃO PAULO INFORMATIVO BASE MUNDIAL DE MISSÕES DE SÃO PAULO Os atendimentos semanais da base continuam cada vez mais solidificados, SEGUNDA, TERÇAS E QUINTAS-FEIRAS, nossos assistidos tomam banho, ganham roupa, calçados

Leia mais

Relatório de viagens. Viagem ao Brasil e à Argentina, 03 a 31/10/ 2012

Relatório de viagens. Viagem ao Brasil e à Argentina, 03 a 31/10/ 2012 Relatório de viagens Viagem ao Brasil e à Argentina, 03 a 31/10/ 2012 Saudações calorosas! Tenho a alegria de compartilhar com vocês os acontecimentos mais importantes desta viagem. Quero começar agradecendo

Leia mais

Consolidação para o Discipulado - 1

Consolidação para o Discipulado - 1 Consolidação para o Discipulado - 1 Fortalecendo o novo convertido na Palavra de Deus Rev. Edson Cortasio Sardinha Consolidador/a: Vida consolidada: 1ª Lição: O Amor de Deus O amor de Deus está presente

Leia mais

Ainda existe preconceito, mas as ferramentas do século 21 estão disponíveis também para os cristãos buscarem relacionamentos.

Ainda existe preconceito, mas as ferramentas do século 21 estão disponíveis também para os cristãos buscarem relacionamentos. Ainda existe preconceito, mas as ferramentas do século 21 estão disponíveis também para os cristãos buscarem relacionamentos. Se você pensava que o namoro entre dois cristãos poderia acontecer somente

Leia mais

A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME

A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME Toda família tem um nome, este nome é o identificador de que família pertence esta pessoa, o qual nos aqui no Brasil chamamos de Sobrenome. Então este nome além de identificar

Leia mais

1ª Consulta Nacional de Missão Integral da CBN

1ª Consulta Nacional de Missão Integral da CBN 1ª Consulta Nacional de Missão Integral da CBN 14 a 17 de Novembro 2013 Pr. Wagner Bretas, Igreja Batista Shallom, Ipatinga, MG Como mobilizar sua igreja para uma identidade integral. Entender o conceito

Leia mais

1 - CONCEITOS GERAIS

1 - CONCEITOS GERAIS 15 1 - CONCEITOS GERAIS Estamos oferecendo a você este treinamento não com a intenção de que após este curto espaço de tempo, você saia um expert em discipulado, mas incentivá-lo a cuidar e ser instrumento

Leia mais

6. Pergunta de Transição: Quem é o meu próximo? 7. Frase de Transição: Quando usamos de misericórdia estamos agindo para a salvação.

6. Pergunta de Transição: Quem é o meu próximo? 7. Frase de Transição: Quando usamos de misericórdia estamos agindo para a salvação. 1 SERMÃO EXPOSITIVO TITULO: UM MINISTÉRIO DE COMPAIXÃO Lucas 10:25-37. INTRODUÇÃO 1. Saudações: Saúdo a todos os irmãos e amigos desta igreja com a paz do Senhor Jesus e a certeza na esperança de sua breve

Leia mais