CORAÇÃO DE ESTUDANTE PÁGINAS DE AMOR A VIDA CASOS, FATOS & FOTOS O QUE VEM POR AÍ? COM O PÉ NA ESTRADA CHOCOLATE: MEU BEM, MEU MAU

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CORAÇÃO DE ESTUDANTE PÁGINAS DE AMOR A VIDA CASOS, FATOS & FOTOS O QUE VEM POR AÍ? COM O PÉ NA ESTRADA CHOCOLATE: MEU BEM, MEU MAU"

Transcrição

1 EXEMPLAR DE ASSINANTE VENDA PROIBIDA Uma publicação trimestral do CENTRO BD DE EDUCAÇÃO EM DIABETES - Ano XVIII CORAÇÃO DE ESTUDANTE PÁGINAS DE AMOR A VIDA CASOS, FATOS & FOTOS O QUE VEM POR AÍ? COM O PÉ NA ESTRADA CHOCOLATE: MEU BEM, MEU MAU

2 02 Agenda DIA 30 DE MAIO Corrida para Vencer o Diabetes Local: Parque Moinhos de Vento - Porto Alegre, RS Promoção do Instituto da Criança com Diabetes Informações: ICD, telefone (51) DE 23 A 25 DE JULHO 9º Congresso Brasileiro Multidisciplinar e Multiprofissional em Diabetes Promoção da ANAD Associação Nacional de Assistência ao Diabético. Local: UNIP Universidade Paulista. Av. Marquês de São Vicente, 3001, São Paulo, SP. Informações pelo telefone. (11) e congress9.htm EDITORIAL Isto não se aprende na escola... Esta edição do BD Bom Dia traz, como em tantas outras, vários aspectos relacionados à educação em diabetes. A diferença está na forma de apresentação. Ao invés de conter somente algo mais convencional, este número apresenta casos de portadores de diabetes e algumas situações que eles enfrentaram e que normalmente não são encontradas nos livros tradicionais a respeito de diabetes. São exemplos que podem ser transmitidos no dia-a-dia mas que fogem do convencional e que a revista se preocupou em coletar, possibilitando o intercâmbio entre pessoas que sequer conhecem nossos leitores. Este é o objetivo fundamental desta publicação, qual seja, promover a disseminação de informações, das mais tradiconais e científicas até as mais simples, mas que podem ser fundamentais na rotina diária. Este é o espírito de outra seção da revista, onde o trabalho de uma vida de duas senhoras, Vera e Irací, tem como objetivo difundir suas experiências como portadoras de diabetes, seus medos, incertezas e vitórias, pois, como diz um dos poemas que ilustra a matéria, ser feliz não é difícil, é só a gente querer. Se o leitor julgar que os demais artigos da revista são menos importantes, somente porque não foram destacados, estará cometendo um erro. O fato é que o que foi mencionado mostra o quão produtiva e dinâmica pode ser a vida do portador de diabetes, e o quanto ele pode construir independente de seu nível social ou cultural. Todos podem aprender e ensinar quando o assunto é diabetes. Basta não se entregar! Como diz Iraci em sua entrevista, na minha vida não há lugar para a tristeza. Pense nisto enquanto você estiver fazendo sua leitura. Alcides Barrichello Diretor de Marketing Consumer Health Care - SLA EXPEDIENTE Publicação trimestral do Centro BD de Educação em Diabetes. Rua Alexandre Dumas, 1976, Chácara Sto. Antonio. CEP São Paulo, SP. Tel.: Diretor da publicação Alcides Barrichello Coordenação: Márcia Camargo de Oliveira Jornalista Responsável: Milton Nespatti (MTB SP) Revisão: Solange Eira Design e Editoração: Planta Propaganda e Marketing As matérias desta publicação podem ser reproduzidas, desde que citada a fonte. Tiragem: 100 mil exemplares. Ajudando as pessoas a viverem vidas saudáveis

3 DE VOLTA ÀS AULAS 03 Coração de estudante Em fevereiro reiniciou-se a rotina escolar e para quem tem diabetes isso representa sempre algo a mais. Principalmente para os novatos, ou seja, as crianças ou jovens recém diagnosticados e que enfrentam uma nova situação. Para os pais desses alunos, o diabetes e a escola significam um novo desafio. A ADJ mantém parcerias com os estabelecimentos de ensino de São Paulo. Segundo a diretora executiva da associação, Graça Maria de Carvalho Câmara, a primeira coisa que os pais devem se preocupar em relação às escolas é escolher uma que seja de confiança na formação educacional e profissional dos filhos. É um erro tentar encontrar um estabelecimento especialmente dedicado a alunos com diabetes. Na visão de Graça, que tem diabetes tipo 1, assim como seus dois filhos, os pais devem dialogar com os diretores e professores do estabelecimento para mostrar-lhes o que é o diabetes e como lidar com ele. O aluno com diabetes, por sua vez, tem que estar suficientemente educado sobre o assunto para poder lidar sozinho em qualquer situação, comenta. Para a nutricionista e coordenadora de educação da ADJ, Alessandra Souza, havendo a aproximação entre os pais de alunos com diabetes e os seus professores, em pouco tempo as dúvidas vão se esclarecendo. E isso ocorre sem necessidade de excesso de zelo por parte dos pais, observa. Afinal, não há lógica em ligar toda hora para o colégio a fim de saber se a criança está descompensada, ou se a filha fez o teste de glicemia como prescreveu o médico, ou se o garoto precisou tomar um lanche extra depois da aula de educação física... Isso é muito chato e atrapalha o desenvolvimento da criança ou do adolescente, que passa a se acostumar com o tratamento super protetor. Veja a seguir algumas recomendações aos pais para que seus filhos tenham o máximo aproveitamento escolar. Merenda No caso de ser uma criança, o lanche deve variar todos os dias. O importante é incluir uma fonte de carboidrato que pode ser um pãozinho, uma bisnaguinha ou alguns biscoitos que não tenham recheio doce. Inclua também uma fonte de proteína, presente em queijo ou no leite. Um lanche extra é imprescindível para combater uma eventual hipoglicemia. É importante explicar na escola a função deste lanche extra que pode ser um sanduíche, uma fruta ou bolachas. Como complemento, sempre é bom levar alguns tabletes de açúcar, balas ou qualquer coisa que tenha glicose para ser ingerida se a glicemia cair demais (evite chocolates pois são muito calóricos). Algumas escolas fornecem a merenda. Nessa situação, é interessante os pais verificarem o que é servido. Se observarem que o lanche oferecido pela escola é muito rico em carboidratos e inclui doces, é preciso explicar ao estabelecimento a importância de uma alimentação balanceada e que o filho segue uma alimentação livre de açúcar. Se a escola não puder preparar uma merenda adequada, substituindo os alimentos ricos em carboidratos por outros mais saudáveis, é melhor o aluno levar sua própria refeição de casa. Há dois anos, os projetos de Lei números de 09/11/2001 e de 09/01/2002 foram aprovados pela Câmara Municipal de São Paulo, determinando a obrigatoriedade das escolas e creches a manterem alimentação diferenciada aos alunos com diabetes na merenda escolar. Em função disso, a ADJ elaborou um manual para orientar as escolas no preparo de merendas adequadas a esses alunos. O manual está à disposição dos pais e estabelecimentos de ensino na ADJ (telefone ). Hipoglicemia Alessandra e Graça As crises hipoglicêmicas geram grande preocupação, principalmente quando se trata de uma criança muito pequena que ainda não esteja preparada para lidar com o problema. A escola não precisa montar uma enfermaria só para cuidar desses casos. Basta que a direção e os professores sejam orientados pelos pais sobre o que é a hipoglicemia e como tratá-la, explica Graça. É importante que o aluno leve sempre consigo o monitor de teste de glicemia para a necessidade de se confirmar uma hipoglicemia. Também não deve faltar o já citado lanche extra, além de sachês de glicose, torrões de açúcar ou balas. Os sintomas da hipo e da hiperglicemia às vezes se confundem. Portanto, se não há como identificar com um teste de glicemia, é melhor dar algo para o aluno comer e em seguida encaminhá-lo imediatamente a um posto de saúde para verificar a glicemia e tomar as providências necessárias, recomenda Alessandra. Aplicações de insulina Para que não coincida com os horários das aulas, o esquema de aplicações de insulina deve ser revisto e ajustado pelo médico. O ideal é que o aluno não precise tomar insulina enquanto estiver na escola, observa Graça. Porém, se o estudante estiver num quadro de descompensação e as aplicações sejam necessárias, é melhor fazê-las num momento adequado, seja no horário do lanche ou nos intervalos entre as aulas. Outra recomendação é escolher um local tranqüilo onde o aluno possa lavar as mãos, preparar a dose e fazer a aplicação com toda a tranqüilidade que o procedimento requer. Importante: diariamente, a insulina assim como todo o material para aplicação deve ser levado num estojo, pochete ou bolsa própria só para isso.

4 04 DE VOLTA ÀS AULAS Monitorização Assim como nas aplicações de insulina, é preferível que a monitorização de rotina seja feita apenas em casa. No entanto, alguém da escola deve estar preparado e treinado para esta tarefa. As famílias que não têm recursos para adquirir um monitor ou tiras de testes de glicemia devem procurar ajuda no posto de saúde mais próximo do estabelecimento de ensino. No entanto, é fundamental que o aluno consiga ter o equipamento e o material para fazer a automonitorização, assegura Alessandra. Aulas de educação física e excursões Não é porque tem diabetes que o aluno deve ficar de fora de qualquer atividade regular da escola. É importante que esse estudante freqüente as aulas de ginástica e participe dos jogos esportivos. Só em casos de hipoglicemia ou hiperglicemia não se deve praticar atividade física. É muito importante que o estudante participe dos passeios, viagens e excursões organizados pela escola, para não sofrer discriminação, observa Graça. Sempre que sair nesses passeios, o aluno tem que contar com o apoio do colega. Basta orientar o companheiro sobre o que fazer quando houver um problema que exige uma solução rápida, como uma hipoglicemia, finaliza Alessandra. É isso aí moçada: vamos estudar bastante porque o Brasil precisa de vocês! Saúde escolar em Rondonópolis tem educação em diabetes Dra. Ivonês Um bom exemplo de parceria com objetivo de levar educação em diabetes às escolas é o trabalho realizado pela Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação do Município de Rondonópolis, cidade com cerca de 158 mil habitantes, localizada a 210 km de Cuiabá (MT). Essa iniciativa vem sendo desenvolvida há cerca de 4 anos, quando a dra. Ivonês Reck de Mendonça ingressou no Programa de Saúde da Família (PSF)-CAIC. Junto com os professores e a comunidade local, a dra. Ivonês e os profissionais de saúde do PSF promovem exposições, apresentações teatrais e concursos para os alunos, sempre tendo como tema a alimentação saudável e a prática de exercícios físicos na prevenção do diabetes. Nas comemorações do Dia Mundial de Diabetes (14 de novembro) em 2002, a aluna da 4a série do CAIC, Ellen Souza do Espírito Santo, venceu o concurso sobre a importância da boa alimentação na prevenção do diabetes, com o inusitado Rap da Diabete. No concurso de 2003, um dos vencedores do concurso foi Josiane da Silva Ferreira, que apresentou um desenho com o título Alimentação Saudável. Ela está na 6ª série e faz parte do Projeto Olho Vivo. Como prêmio ela recebeu uma bicicleta da BD, entregue pelo executivo de vendas David Soares. Na visão da dra. Ivonês o trabalho realizado nas escolas de Rondonópolis pode servir de modelo para outros municípios com o mesmo perfil. A escola é um agente de transformação da sociedade. Se educarmos as crianças sobre os benefícios da alimentação saudável e dos exercícios físicos, elas transmitirão tais ensinamentos aos seus pais, irmãos e outros membros da família, colaborando para o controle e prevenção de alguns problemas de saúde, acredita. Para saber mais sobre os projetos em diabetes da Secretaria de Saúde e da Secretaria de Educação do Município de Rondonópolis envie para: / Josiane de camiseta azul, está ao lado da dra Ivonês; David, executivo de vendas BD; Mariúva Valentin Chaves, coordenadora do Departamento de Ações Programáticas da SSMR e Laura Alves Souza, enfermeira da Secretaria da Saúde.

5 GENTE QUE FAZ 05 Páginas de amor à vida Na época em que meu companheiro se aproximou de mim, vigoravam tabus e a crença de que a mulher diabética não podia casar e engravidar, pois a criança não vingaria e a mãe morreria. Que conseqüências tais comentários produziriam em pessoas diabéticas, que sonhassem, desde tenra idade, em serem mães? Este é um trecho do livro 40 Anos de Companheirismo, de autoria de Vera Maria Alcântara Puggina. No caso, o companheiro a que a autora se refere é o diabetes. É o relato de uma gaúcha de Pelotas que aos 11 anos de idade foi diagnosticada com Diabetes Mellitus tipo 1 e, que ao atingir a idade adulta, compreendeu que sua luta para manter a saúde poderia servir de exemplo para outras pessoas. Como eu sempre gostei muito de escrever, depois que me aposentei, resolvi colocar minha vida num pequeno livro e, doálo às pessoas, foi a melhor forma que encontrei para ajudar a quem tem diabetes, explica. Vera descreve as várias situações em que tentou ignorar os cuidados para manter o diabetes sob controle. Comecei a furtar alimentos. No princípio eram as frutas de que eu gostava muito e cuja quantidade era cotizada. Depois o arroz, o feijão, a massa e, finalmente, o vilão de tudo O DOCE. Ah! Deus meu, quanta ignorância! Mas, naquela época, eu assim não julgava, achando-me, até, super-inteligente! Quando voltava ao consultório médico para fazer exames, aí sim, é que o medo tomava conta de mim e aumentava quando o exame ficava pronto e retornavam comigo ao consultório. O cômico é que, em minha santa inocência, acreditava piamente, que nem o médico nem os meus familiares descobririam meus furtos, ainda que EU, aqui no meu interior sentisse-me super culpada e sofresse momentos cruéis: por estar enganando meus pais e irmãos, que se preocupavam com minha saúde e lutavam, e muito, para cobrirem os gastos de manutenção da dieta, dos medicamentos e das consultas... A escritora reconhece a importância de sua família que, em todos os momentos difíceis, sempre esteve ao seu lado. O marido Henrique, seu grande apoio, é apresentado no livro como um personagem fundamental na vida da escritora. Ele está sempre atento e gentil, sempre solícito a me levar aonde eu necessite ir, Vera Puggina que com sua paciência de Jó entende as mudanças de meu temperamento hipoglicêmico. Um dos trechos de grande emoção em 40 Anos de Companheirismo é o que descreve o nascimento da filha do casal. Foi um momento vitorioso na vida de Vera, principalmente por ter perdido um bebê em sua primeira gestação. Se ao gerar outras vidas a mulher é abençoada pela graça divina, tenho a certeza que, durante o nascimento de cada uma dessas vidas, o Criador e Maria Santíssima seguram nossas mãos e compartilham de nossa felicidade e da emoção que só as mães são capazes de sentir nesse momento. Foi com essa emoção, indescritível, que assisti, atenta e bem acordada, o nascimento de nossa querida, esperada e amada BEATRIZ. Com a divulgação da obra no Diário Popular, jornal de Pelotas, Vera passou a receber inúmeros pedidos de seu livro que hoje já vai para a 5 a edição. Ela vem contando com o apoio da Pro-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Pelotas-UFPel. Jamais imaginaria que meu livro teria tanta aceitação assim. Isso me deixou muito feliz e até está fazendo bem à minha saúde, pois é um estímulo para continuar escrevendo, diz. Entre em contato com Vera Maria Alcântara Puggina, enviando carta para a Rua Tiradentes, 1849, Centro, Pelotas, RS, CEP O da escritora é: Versos sábios O diabético controlado não passa sufoco não Inclua na sua dieta abacaxi, laranja e melão Apesar das restrições, tudo podemos fazer Ser feliz não é difícil, é só a gente querer Com a ajuda de Deus podemos na vida vencer. Diabetes é um mal que não tem cura aquele que não se cuidar ela leva à loucura... Eu, porém, faço a minha dieta direitinha, É mentira. Só não posso chegar perto da cozinha principalmente se tiver torrando uma galinha. Os versos de Irací Cortez Inácio expressam o amor da poeta pela vida, com conselhos, alertas e mensagens de estímulo para enfrentar os desafios de cada dia. Sua arte retrata a sabedoria popular com pura emoção. Em alguns momentos há inconformismo, noutros resignação, sempre com uma pitada de bom humor. Alerta aos Diabéticos é o primeiro livro dessa poeta de Natal (RN) que hoje está com 63 anos e há quase 4 décadas convive com o diabetes. Antes de trabalhar em seu livro, Irací pensou em gravar um CD no qual seus poemas seriam apresentados em forma de canção. Pode-se considerá-la uma trovadora, pois a poesia que cria é declamada com melodia. Como projeto do CD ainda não vingava, meu médico, o dr. Francisco Lima sugeriu que eu publicasse as poesias num livro relata.

6 06 GENTE QUE FAZ Por ser semi-alfabetizada, Irací precisou da ajuda dos filhos Joselito, Francisca e Joselita, da sobrinha Risoneide, além das amigas Mirtes e Zeleide. Enquanto ia declamando, os seus colaboradores anotavam os poemas para depois digitá-los no microcomputador. Assim, a energia dos versos serviu para unir as pessoas em torno de um objetivo: a publicação do livro. Ela ainda contou com o apoio cultural do vereador Jorge Araújo e do jornalista Abmael Filho, que se encarregou da divulgação do trabalho da poeta na TV Ponta Grossa, do Rio Grande do Norte. Uma presença recorrente em Alerta aos Diabéticos é a mãe da poeta que se chamava Maria Nunes Cortez. Num dos poemas, Irací a homenageia com os estes versos: Minha mãe teve 14 filhos / Quando ela partiu / Deixou 9 usineiros / Só que o açúcar que fabricamos / É o açúcar vermelho. Em qualquer lugar por onde passa, Irací acaba sendo querida por quem a conhece. Esse afeto ela conquista por expressar felicidade e bom humor, apesar dos problemas que enfrenta. Na minha vida não há lugar para a tristeza, afirma. Quem quiser se corresponder com a poeta, basta enviar carta ao seguintes endereço: Rua Monjolos, 4353, Conjunto Pirangi, Bairro Neópolis, Natal (RN), CEP Iraci Cortez Inácio e Luciano Cavalcanti Filho, executivo de vendas BD. Compatíveis com todas as canetas disponíveis no mercado brasileiro BD Ultra-Fine Comprimento: 12,7mm Calibre: 0,33mm (29G) Ideal para adultos que estão acima do peso (IMC acima de 25) BD Ultra-Fine III (curta) Comprimento: 8mm Calibre: 0,25mm (31G) Indicada para crianças, adolescentes e adultos magros (IMC até 25) BD Ultra-Fine III (mini) Comprimento: 5mm Calibre: 0,25mm (31G) Indicada para crianças, adolescentes e adultos magros (IMC até 25). Dispensa a realização da prega cutânea. Segurança embalagens individualizadas com protetores interno e externo da agulha garantem proteção e esterilidade. Conforto são as agulhas mais finas disponíveis no mercado É totalmente siliconizada proporcionando deslizamento suave e contínuo, prevenindo o desconforto nas aplicações. Recomendação: não reutilize agulhas descartáveis.

7 REPORTAGEM 07 Desafiando os deuses dos Andes Desde pequeno, esportes e aventuras fazem parte da vida de Alexei Angelo Caio. Quando menino praticava judô e natação. Hoje, com 29 anos é adepto de modalidades bem diversas: trampolim acrobático, ciclismo, aiki-dô, corrida pedestre, tai-chi-chuan, kung-fu... ufa! É, eu gosto de chacoalhar bem o esqueleto, admite o rapaz. Outra atividade que ele adora é o treking, longas caminhadas por trilhas naturais. No verão de 1999 ele se preparou para uma caminhada pela trilha do Parque Nacional de Torres Del Paines, que fica ao sul da cordilheira dos Andes, no Chile. A empreitada consistia em caminhar sozinho cerca de 80 km em 8 dias, circundando o Cerro Torres, uma cadeia de montanhas onde se destacam três enormes agulhas de pedra que sobem verticalmente a mais de 2 mil metros de altura. Embora as paisagens sejam deslumbrantes, com geleiras multicoloridas e visões panorâmicas de tirar o fôlego, o ambiente é bem inóspito, principalmente devido às chuvas, o frio intenso mesmo no verão e a altitude. Isso sem falar na fauna do lugar. Lá vive o famoso leão-da-montanha, ou puma para os mais íntimos da fera. Mesmo estando muito bem preparado para a jornada, Alexei não imaginou que aquela seria a maior e mais perigosa aventura de sua vida. As condições climáticas nos primeiros 3 dias de trilha pela Patagônia Chilena até que estavam bem satisfatórias. Mas no dia seguinte São Pedro não quis mais colaborar e mandou ver: primeiro chuva, depois muito vento e neve, toneladas de neve. Para um brasileiro como eu que vive num país tropical, caminhar por camadas de um metro de neve fofa, com uma mochila de 30 quilos nas costas, sem ter o equipamento e o conhecimento necessário, seria muito arriscado continuar em frente, explica. A situação desfavorável fez com que decidisse voltar por onde tinha vindo. Ele já havia coberto praticamente metade do caminho e seu objetivo era apenas fazer um treking ao redor do Cerro Torres e não entrar numa gelada que poderia não ter retorno. Na volta, o viajante solitário ainda teria de enfrentar a fúria dos deuses dos Andes, que lhe mandaram uma terrível tempestade de neve e vento. No final da tarde do quarto dia de caminhada, ele começou a sentir o efeito do frio intenso. Para piorar a situação uma leve hipoglicemia começou a se manifestar. Imediatamente, Alexei escolheu um local para acampar e, antes que perdesse a consciência, conseguiu montar sua barraca e pular dentro para comer alguma coisa. Depois que me acalmei e percebi que tinha controlado a hipoglicemia, vesti roupas secas, me aqueci o máximo que pude e dormi, conta. Foi um sono curto. Por volta da meia-noite, Alexei acordou assustado com as fortes rajadas de vento que tentavam arrancar sua barraca do chão. Os ventos da Patagônia são famosos por levar embora tudo o que estiver na frente. A cada rajada, a barraca tremia feito gelatina e até achei que estava sendo arrastado pelo vento. Passei a noite toda segurando a barraca para ela não decolar, lembra. Felizmente, a tempestade abrandou no final da madrugada. Na manhã seguinte, Alexei tomou seu desjejum de chocolate com leite em pó, castanhas, pão e frutas secas. Depois de medir a glicemia e tomar sua mistura de NPH com insulina de ação rápida, decidiu levantar acampamento e sair rapidinho dali. Mesmo naquela temperatura negativa, a insulina não estragou e o monitor de glicose continuou funcionando. Eu mantive o material de aplicação e monitorização junto ao meu corpo durante todo o tempo e isso evitou que a insulina e o glicosímetro congelassem. Aí sim, eu estaria em maus lençóis, comenta. Alexei afirma que enfrentou tudo isso sem medo. Foi o maior sufoco da minha vida, mas também serviu como um super aprendizado sobre como agir em situações extremamente críticas, diz. Para ele, ficou aquele gostinho de desafio maior. Ainda voltarei ao Parque Nacional de Torres Del Paines e tenho a certeza que nessa próxima vez, farei a trilha completa, garante. Desde já, estamos torcendo para o aventureiro. Que te vaya bien! Suerte!

8 08 CASOS REPORTAGEM Rir é mesmo o melhor remédio Alguns sinais de hipoglicemia são clássicos: tremor, fraqueza, fome, suor frio e nervosismo. Às vezes, o problema também provoca sonolência, dificuldade de raciocínio, confusão mental, agressividade e desmaio. Em Juliana da Silva Souza, as crises de hipoglicemia provocam ataques de riso. Tudo bem que ela é uma moça bastante alegre, extrovertida e espirituosa. Mas, já houve ocasiões em que ela ficou numa verdadeira saia justa por causa das tais risadas incontroláveis. Às vezes estou com meus amigos e caio na gargalhada sem ter nada a ver. Quem me conhece já sabe o que é e me dá algo com açúcar para comer, explica. Sempre que ocorrem esses acessos de riso, ela tenta se controlar. Porém o grande esforço que faz para conter a risada a deixa mais nervosa e aí não tem jeito: Juliana dispara o riso. A pior situação que enfrentou por causa de uma crise de hipoglicemia hilariante foi no metrô. Eu estava voltando de uma reunião e era quase hora do almoço. O trem não estava cheio e na minha frente havia um rapaz, muito na dele. Aí, a coisa começou, conta. No começo, foi um risinho que ninguém percebeu. Mas não deu para segurar muito tempo e, de repente, estava rindo incontrolavelmente, ao mesmo tempo em que olhava para o rapaz. Talvez ele tenha pensado que eu estava lhe paquerando ou coisa desse tipo. Ficou uma coisa ridícula, lembra. Felizmente, teve um lampejo de consciência e percebeu que havia chegado na estação onde tinha de descer. Ao deixar o trem, ainda olhou para o rapaz. Coitado, ele estava com a maior cara de ponto de interrogação, conta. Antes de sair da estação, Juliana ingeriu um sachê de glicose, aguardou alguns minutos sentada e fez um teste de glicemia (estava com 56 mg/dl). Assim que se restabeleceu, saiu para a rua e foi almoçar. Tenho que ficar mais atenta para evitar as hipoglicemias e não dar novos vexames, admite. Realmente, Juliana, o caminho é por aí. A vida tem seus altos e baixos e rir faz bem à saúde. Desencontros na terra do Tio Sam Em meados do ano passado, Mark Thomaz Ugliara Barone participou do Acampamento do Centro de Diabetes Joslin, nos Estados Unidos. Após um mês de trabalhos e atividades educacionais no tradicional acampamento, ele teve a oportunidade de esticar sua viagem até Boston para um curso intensivo de inglês. Nada mau, mais um mês na terra do Tio Sam! O problema é que seu estoque de insulina estava no fim e o que lhe restava daria para pouco mais de uma semana. Nos EUA a insulina só pode ser adquirida nas drogarias mediante a prescrição de um médico americano. A única receita que ele possuía era a que havia levado do Brasil. Ele tentou se informar como conseguir uma receita médica para aquisição de insulina. Ninguém conhecia um médico disposto a ajudar. Mark foi ficando cada vez mais ansioso com a situação. A única solução seria ligar para sua família no Brasil e pedir que lhe enviassem a insulina. A dúvida era se a insulina chegaria em bom estado, pois poderia ser transportada no compartimento de bagagens do avião, onde a temperatura geralmente é muito baixa e isso poderia estragar a insulina, diz. Os dias passavam e nada da insulina chegar. Para seu espanto, descobriu que a remessa tinha sido mandada para um número errado. Todos os dias eu ia à casa aonde a insulina tinha sido postada. Porém, parecia que não tinha ninguém morando lá. Eu até coloquei uma carta por baixo da porta pedindo para entrarem em contato comigo caso chegasse uma remessa vinda por engano do Brasil, explica. Como última tentativa, ele mandou um ao Centro de Diabetes da Joslin relatando seu drama. No dia seguinte, veio a resposta para que ele comparecesse à entidade onde seria atendido pela mesma médica que havia trabalhado no acampamento. Foi assim que ele conseguiu a prescrição para comprar a insulina. Quando retornou ao Brasil, recebeu em sua casa uma caixa contendo frascos de insulina. Na etiqueta do correio, a informação de que o destinatário não fora encontrado. Meu erro foi não ter levando insulina extra. Aprendi a lição e nas próximas viagens levarei vários frascos a mais, garante. As aparências enganam Diagnosticada há pouco mais de 1 ano, Andréa Scholl já tem um punhado de histórias insólitas para contar. Estudante de Direito e dona de uma certa veia literária, ela decidiu escrever um livro As aparências enganam para contar suas experiências com o diabetes. Leia a seguir uma das histórias que farão parte de seu livro. Era um dia ensolarado, aliás, muito propenso para se fazer um churrasco no clube, em família. Comemorávamos o aniversário de minha cunhada. Como de praxe em datas comemorativas, ela recebeu um buquê de rosas vermelhas de uma amiga. E agora? Onde colocá-las sem o risco de estragá-las? Imediatamente improvisaram uma panela velha para servir de vaso. Colocaram no canto de uma mesa com comidas. O que tinha na mesa? Um prato fundo com farofa, as sobras de um frango numa bandeja, uma garrafa de pinga e alguns pães e bananas soltas.

9 CASOS REPORTAGEM 09 Eu estava perto dessa mesa e por lá permaneci. Algum tempo depois, comecei a tremer, fiquei pálida, parecia que estava em transe, fora de mim. O desespero era tanto que arranquei a banana da mão da tia do meu noivo e comi compulsivamente. Todos ficaram perplexos, até perguntaram de qual religião eu era. Por que perguntaram isso? Ora, eu estava perto de uma mesa, que tinha rosas vermelhas dentro de uma panela, um prato fundo com farofa, uma garrafa de pinga, um frango quase inteiro e eu ainda por cima tremendo. O que parecia? Uma sessão de despacho num terreiro. Mas, é claro que não era isso, gente, era apenas uma crise de hipoglicemia por eu ter tomado dose a mais de insulina. Isso tudo aconteceu porque eu só tinha 3 meses de diagnóstico de diabetes, não dominava ainda bem o preparo da insulina. Além disso, poucos sabiam sobre o meu diabetes, por isso, confundiram a cena e acharam que eu estava pegando santo. No fim, todos caíram na gargalhada, pois realmente parecia uma mesa de despacho. Doce fujão Vestiu a sandália de prata e saiu por aí Anos atrás, Ariane Gomes Moreira gostava muito de freqüentar as quadras de escolas de samba de São Paulo, especialmente a quadra da Gaviões. Seu irmão, Rodrigo, era colaborador da comissão organizadora da escola e a garota vivia pedindo a ele para conseguir uma vaga no desfile do sambódromo. Havia a possibilidade de desfilar de graça, inclusive sem ter que pagar a fantasia, pois na hora H sempre faltava gente. Sorte de Ariane, que graças ao irmão, conseguiria desfilar na ala das pessoas que trabalhavam na escola. No Carnaval de 95, Ariane estava só com 13 anos. Havia dois anos que tinha sido diagnosticada e sabia muito pouco sobre o que era ter diabetes. Momentos antes da escola entrar na passarela do samba, a menina começou a se sentir meio esquisita e saiu da ala onde deveria desfilar. Não sei o que me aconteceu, mas lembro que alguém me deu um suco de frutas para beber. De repente, alguém me chamou e perguntou se eu queira desfilar num dos carros alegóricos. Tinha apenas que provar um par de sandálias de passista e, se servissem, poderia subir no carro alegórico. E não é que os sapatos serviram? Para melhorar, eu já estava me sentindo muito bem novamente. Enquanto isso meu irmão estava desesperado me procurando, conta. Quando começou o desfile, alguém avisou o Rodrigo: Olha lá, olha lá onde sua irmã está!. Ele quase perdeu a fala ao ver Ariane saracoteando em cima do carro. O Rodrigo teve de sair correndo para se juntar à sua ala, que era uma das últimas da escola. Mais um pouco e ele desfilaria na ala dos garis, lembra a moça. E lá ia ela, bela e feliz, cantando e gingando nas sandálias de prata, em cima do carro alegórico para todo mundo ver e aplaudir. Naquele ano, a escola de samba Gaviões sagrou-se campeã do primeiro grupo do carnaval paulista. É muito irritante quando não encontramos alguma coisa que necessitamos desesperadamente naquele exato momento. Principalmente quando se está entrando numa hipoglicemia e não há jeito de achar uma balinha ou aquele pedacinho de doce reservado para uma emergência. Ada Verônica da Silva Maciel já passou por um apuro desses e por sorte não se deu mal. Aconteceu no dia em que ela saiu de seu serviço para buscar sua filha Verônica na escola. A distância entre o local de trabalho, a escola e minha casa era pequena, mas eu achei melhor ir de carro para ganhar tempo pois estava com pressa. Assim que peguei minha filha e a coloquei no assento traseiro do carro, antes mesmo de dar a partida no motor, comecei a sentir os efeitos da hipoglicemia, lembra. Bem que ela procurou e procurou dentro de sua bolsa alguma fonte de glicose para elevar o nível do açúcar. Parecia que o sachê de glicose que tinha guardado havia criado pernas e fugido da bolsa, diz. Meio confusa, Ada cometeu o erro de sair dirigindo em plena crise de hipoglicemia. Eu guiava o carro sem a menor idéia do que estava acontecendo. Devo ter avançado alguns faróis vermelhos e por muita sorte não provoquei um acidente que poderia resultar numa tragédia, confessa. Algum alarme interno deve ter soado em Ada, pois num dado momento ela conseguiu identificar uma farmácia e parar o carro no estacionamento. Estava bastante confusa e pedi ao balconista da farmácia um pouco de açúcar para ingerir. Ele perguntou o que eu tinha e eu tentei explicar, relata. Bastou ela dizer que tinha diabetes para o funcionário da farmácia se negar terminantemente a dar-lhe algo doce. Ada quase teve um ataque de nervos diante da intransigência do rapaz, mas conseguiu controlar-se e sair correndo em direção a um boteco ali da esquina, onde pediu um refrigerante não dietético. Foi a minha salvação, afirma. Solidário, o dono do barzinho ainda levou mãe e filha para casa no automóvel de Ada. Depois que chegamos em casa e me restabeleci, abri a minha bolsa e o que foi que encontrei? O tal do sachezinho de glicose que sempre guardo para combater as hipoglicemias, conta. Ela diz que agora anda mais atenta para não deixar os sachês de glicose fugirem de sua bolsa.

10 10 NOVIDADES Um grupo de cientistas brasileiros participa do grande projeto internacional que pesquisa novas formas para o controle da glicemia e de esquemas de transplante celular que possibilitem a cura do diabetes. Diversos estudos e protocolos realizados com voluntários portadores de diabetes tipos 1 e 2 no Brasil estão sendo desenvolvidos no CPClin-Centro de Pesquisas Clínicas, uma organização instalada em São Paulo e integrada por uma equipe multidisciplinar de profissionais de saúde. Um dos protocolos estabelecidos no CPClin é o que pesquisa a insulina inalada, sob o patrocínio de alguns laboratórios farmacêuticos. Segundo o diretor do centro e chefe do Departamento de Endocrinologia do Hospital Heliópolis de São Paulo, dr. Freddy Goldberg Eliaschewitz, a pesquisa da insulina inalada encontra-se na fase 3. Isso significa que o processo atravessa uma etapa de avaliação e segurança do produto, cujos resultados serão encaminhados às agências regulatórias como o FDA (Food and Drug Administration) dos EUA e a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) do Brasil. Nossos estudos já demonstraram que a insulina inalada é eficiente. Agora estamos investigando se, em longo prazo, ela é segura para a função pulmonar, observa o médico e cientista. Outra linha de pesquisa em evolução, da qual a equipe clínica do CPClin participa, é a que visa a cura do diabetes através do transplante de ilhotas de Langerhans. Esta já é uma proposta bem mais ambiciosa e conta com o trabalho voluntário de uma equipe de cirurgiões, endocrinologistas, bioquímicos, nutricionistas, farmacêuticos, além de outros profissionais. Há pouco mais de um ano, o dr. Freddy, que também é coordenador do Programa Brasileiro de Transplante de Ilhotas de Langerhans, realizou com sua equipe o primeiro transplante dessa modalidade no Brasil. A operação ocorreu no Hospital Israelita Albert Einstein, e até o final de janeiro, a paciente já tinha recebido 4 infusões de ilhotas. Os resultados têm sido muito bons, pois antes do transplante a paciente precisava de 36 unidades de insulina e fazia de 6 a 7 aplicações por dia. Agora, ela toma apenas 7 unidades por dia em 3 aplicações. O mais importante é que os episódios de hipoglicemia desapercebida não ocorrem mais, comenta o cientista. O que vem de bom por aí? A seguir o dr. Freddy explica alguns conceitos básicos sobre insulina inalada e transplante de ilhotas de Langerhans. O que é insulina inalada? Nada mais é do que insulina preparada para ser inalada ao invés de ser injetada com seringa, caneta ou bomba. Os alvéolos pulmonares são os locais onde ocorre a troca de gases, oxigênio e gás carbônico, além de permitirem a entrada e a saída de substâncias. Quando a insulina é muito purificada, constituída de partículas muito pequenas, ela consegue atravessar a membrana do alvéolo. Dessa forma, a insulina inalada chega à circulação sangüínea para agir como as insulinas de ação rápida e ultra-rápida administradas pela via subcutânea. A insulina inalada é de ação rápida e não substitui as aplicações de insulina de ação intermediária (NPH) ou de ação prolongada (Glargina). Vantagens A principal vantagem da insulina inalada é que não precisa ser injetada. Para pessoas que se sentem inseguras diante de todo o processo de preparação de insulina e têm medo da aplicação, isso é um grande benefício. Nas pessoas com diabetes tipo 2, que representam a maior parte dos portadores, o medo e a insegurança da aplicação é muito comum. Portanto, o fato de existir a opção da insulina inalável pode antecipar o uso de insulina. Para os portadores de diabetes tipo 1, a insulina inalada pode substituir apenas as aplicações de insulina de ação rápida ou ultra-rápida. A insulina inalada não é de ação lenta ou do tipo basal. Nesse caso, a pessoa com diabetes tipo 1 deverá, por exemplo, fazer uma aplicação de insulina de ação intermediária (NPH) ou de ação prolongada (Glargina) e fazer três inalações, uma a cada refeição. Quando será lançada Ainda são desconhecidos os efeitos em longo prazo desse produto em pessoas com diabetes que também tenham bronquite ou asma. O CPClin que estuda este sistema de tratamento no Brasil necessita de voluntários com essas características (diabetes + asma ou bronquite) para avaliar os efeitos. O FDA recomenda que os testes com insulina inalada transcorram durante dois anos em pelo menos cerca de 6 mil pessoas para avaliações e validação dos resultados. As pesquisas estão sendo encaminhadas nesse sentido e, assim que os estudos estiverem concluídos e aprovados, a insulina inalada poderá ser comercializada nos próximos dois anos. Os interessados em conhecer e participar das pesquisas sobre insulina inalada podem entrar em contato com o CPClin: Rua Goiás, 91, Higienópolis, São Paulo, SP CEP , telefone (11) , fax (11) ,

11 NOVIDADES 11 Transplante de ilhotas de Langerhans Existem no pâncreas as chamadas ilhotas de Langerhans onde estão concentradas as células beta que produzem insulina. A idéia é que ao invés de transplantar o pâncreas inteiro, faça-se apenas o implante dessas ilhotas onde estão as células produtoras de insulina. Para isso, o pâncreas é retirado de uma pessoa em morte cerebral (doador) e mantido no gelo durante o transporte para o laboratório. No laboratório, o órgão recebe uma infusão de enzimas, para digerir o tecido que mantém sua estrutura. Numa câmara contendo esferas de metal e sob agitação cuidadosa, o tecido do pâncreas desmancha-se e passa por uma peneira fina. Depois disso, o pâncreas é submetido a um sofisticado processo de purificação numa centrífuga, até as ilhotas se separarem do material original. As ilhotas representam apenas 1% de um pâncreas inteiro. Uma vez obtidas no processo de separação, as ilhotas permanecem num meio de cultura para repousar e então são testadas em contato com glicose. Se neste contato for liberada insulina, significa que as ilhotas estão funcionado adequadamente e podem ser utilizadas para o transplante. Cirurgia simples Neste tipo de transplante, as ilhotas de Langerhans são injetadas em uma veia do fígado. Localizada a veia do fígado através do ultra-som, faz-se uma anestesia local no ponto em que será introduzido um cateter. Uma vez que o cateter esteja implantado no fígado, inicia-se a infusão da solução com as ilhotas. Tudo isso é monitorado por radiografias, para que a operação transcorra com segurança. Em cerca de 30 minutos, as ilhotas são infundidas. O cateter é retirado deixando uma minúscula cicatriz na pele. Não havendo nenhuma intercorrência, a pessoa recebe alta no dia seguinte. O protocolo de Edmonton, cidade canadense onde foi realizado o primeiro transplante de ilhotas de Langerhans com taxas significativas de sucesso, prevê de 3 a 4 aplicações. O Programa Brasileiro de Transplante de Ilhotas de Langerhans segue este protocolo. Após o transplante é necessário adotar um tratamento com imunossupressores a fim de evitar a rejeição das ilhotas transplantadas. O tratamento é feito com drogas injetáveis no início e depois com comprimidos orais que devem ser administrados durante toda a vida da pessoa transplantada. Portanto, ocorre aqui uma substituição: a troca das aplicações de insulina por medica-mentos imunossupressores. Diante disso, é preciso avaliar muito bem os prós e os contras do transplante de ilhotas de Langerhans. Dr. Freddy Goldberg Eliaschewitz Para quem é indicado o transplante de ilhotas O candidato a este tipo de transplante deve ter diabetes tipo 1 há mais de 5 anos, idade superior a 18 anos, não ter complicações e estar com a função renal normal. Seu peso não pode ser superior a 60 kg e deve utilizar menos que 30U de insulina por dia. Diante das dificuldades em se obter doações de pâncreas para extração das ilhotas, este tratamento é hoje extremamente limitado. Por isso, o transplante de ilhotas de Langerhans é muito mais indicado aos portadores de diabetes tipo 1 com freqüentes crises de hipoglicemia severa que passam desapercebidas, mesmo em situações de boa aderência ao tratamento. Nesses casos, a substituição da insulina pela imunossupressão é totalmente justificada. O futuro do transplante de ilhotas No atual método, as ilhotas são transplantadas diretamente no fígado sem nenhuma proteção. Ou seja, elas vão nuas ao organismo do portador de diabetes, de forma que ficam sujeitas à rejeição. Por isso é necessário o tratamento com imunossupressores. Contudo, os cientistas internacionais e a equipe do Programa Brasileiro de Transplante de Ilhotas de Langerhans estão atrás de uma técnica na qual as ilhotas transplantadas permaneçam protegidas numa cápsula resistente que evite a rejeição. Com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo-FAPESP e da Biomm (empresa que atua na área da Genômica), o NUCEL- Núcleo de Terapia Celular Molecular da USP está desenvolvendo, um protótipo de cápsula que deverá permitir o isolamento das ilhotas, protegendo-as da resposta imunológica e preservando as células betas que produzem a insulina. Isso poderá determinar a cura do diabetes. Talvez, falte muito pouco para isso. Para saber mais sobre transplante de ilhotas de Langerhans, envie Equipe do Programa Brasileiro de Transplante de Ilhotas de Langerhans Coordenadores - drs. Freddy Goldberg Eliaschewitz e Mari Cleide Sogayar. Equipe Cirúrgica - Drs. Tércio Genzini, Marcelo Perosa, Rodrigo B Dumarco, Pedro PP Caravatto e Lucas YS Yamakami. Equipe Radiológica drs. Eduardo Noda, Luis Antonio de Castro e Mario Andreolli. Equipe Anestesia dr. Hélio Halpern.Equipe Clínica - drs. Freddy Goldberg Eliaschewitz, Irene L. Noronha e Denise R. Franco. Unidade de Ilhotas Pancreáticas Humanas drs. Mari Cleide Sogayar, Anna Carla Goldberg, Carlos Alberto Aita, Letícia Labriola, Ricardo Peres do Souto, Elizabeth Maria C. Oliveira, Fernando Lojudice, Irenice Cairo da Silva, Karin Krogh, Patricia Barros e Caroline S. Corrêa.

12 12 VIAGEM COM na O PÉ estrada Seja a lazer ou a trabalho, viajar é uma diversão. E não é porque você tem diabetes que não pode viajar para qualquer lugar e manter-se em bom controle. Basta planejar bem a viagem e aí não haverá problemas. Em todo tipo de viagem, curta ou longa, a rotina muda bastante e isso acaba sendo estressante para qualquer pessoa. Nessas andanças, muitas vezes temos de encarar o desconhecido. Além disso, alguns dias da viagem são mais movimentados. Por isso, é bom prever o que pode acontecer. Planejando O primeiro passo no planejamento da viagem é pensar em tudo o que você vai ter que levar. - Arranje uma pequena bolsa ou uma mochila para carregar o material de tratamento consigo. Não coloque o material e os medicamentos na mala que irá embarcar no bagageiro do carro, do trem, do ônibus ou do avião. - Peça ao seu médico uma carta informando que você tem diabetes e o que deve ser feito numa emergência. Seu médico também deve fornecer-lhe prescrições para todos os medicamentos e materiais que utiliza no tratamento. - Faça uma lista de nomes e telefones das associações de diabetes e centros de saúde existentes no local para onde você está indo. - Leve também os números dos telefones do médico para uma emergência e telefones e endereços de pessoas que você conhece. - Não se esqueça de seu cartão de convênio médico e seu cartão pessoal de identificação de diabetes. - Algumas companhias aéreas servem refeições especiais para quem tem diabetes. Se você faz questão desse tipo de serviço, informe-se com antecedência. Medicamentos e materiais Leve medicamentos e materiais suficientes para todo o período da viagem além de uma quantidade extra para uma semana. Na lista de medicamentos e materiais relacione: - medicação oral; - insulinas (frascos e refis de canetas); - caneta de insulina; - Agulhas BD Ultra-Fine para caneta; - Seringas BD Ultra-Fine; - BD Alcohol Swabs; - Lancetas BD Ultra-Fine e Lancetador BD Ultra-Fine; - monitor de glicemia (glicosímetro) e de teste de cetona; - baterias extras para os monitores; - tiras para teste de glicemia; - tiras para testes de cetonas; - solução controle do monitor; - um kit de emergência para tratar hipoglicemias. É bom também solicitar orientação médica para levar alguns comprimidos para combater situações de indigestão, diarréia, vômitos, dor de cabeça, febre, dores musculares, pastilhas para garganta e estojo de primeiros socorros. Não esquente nem esfrie a insulina Durante a viagem, mantenha a insulina sempre em temperatura adequada, isto é, evite que ela permaneça em temperaturas extremas. Se a insulina ficar guardada em local muito quente ou muito frio, ela perde o efeito. Por isso, nunca ponha seus frascos no porta-luvas, porta-malas ou no bagageiro de aviões. Também não é preciso mantêlos no gelo enquanto estiver viajando. Uma boa regra é: se a temperatura ambiente estiver boa para você, também é boa para a insulina. Alimentos Às vezes durante uma viagem, pode ser que não ocorra aquela parada para o lanche ou aconteça um atraso até chegar a um restaurante ou lanchonete. Além disso, em alguns vôos não é servida nenhuma refeição. Então, para que você não fique sem comer, leve durante a viagem: - lanches que não tenham de ser mantidos em refrigeração como bisnaguinhas de pão, latas ou caixinhas de suco sem açúcar, bolachas, barrinhas de cereais, uva-passa ou frutas secas; - lanches que possam ser levados numa pequena geladeira portátil ou embalados em película de plástico, como iogurte, queijo, sanduíches, refrigerantes dietéticos, frutas frescas; - para prevenir eventual hipoglicemia durante a viagem, não deixe de levar algumas fontes de glicose de rápida absorção, tais como torrões de açúcar, sachês de mel, balas, suco ou refrigerante não dietéticos; - beba bastante água e evite tomar bebidas alcoólicas. Se consumir tais bebidas, coma algo junto e não exagere para não dar vexame e estragar a viagem; - evite comidas muito condimentadas e também alimentos muito diferentes do que costuma comer. Cuidados com os pés Em qualquer viagem, você deve manter cuidados especiais com seus pés. Nunca saia sem um calçado ou sandália, mesmo que você vá à praia. Seus pés têm sempre que ficar protegidos de objetos perfurantes ou cortantantes. Sapatos novos podem causar bolhas. Por isso, dê um jeito de amaciálos antes de calçá-los, pois seus pés têm que ficar em total conforto. Siga estas dicas:

13 VIAGEM 13 - leve pares extras de sapatos amaciados e confortáveis; - inclua na bagagem um tênis para atividade física e longas caminhadas; - use meias de algodão, pois absorvem melhor a transpiração dos pés; sandálias de borracha são excelentes para caminhar na praia. Cuidados com a pele Inclua na sua lista de materiais um bom hidratante para pele. Não deixe de comprar ainda um protetor solar e uma loção ou spray contra insetos. Importante: evite se expor ao sol muito forte, principalmente no período entre as 10 e 15 horas, a não ser que você queira sofrer uma insolação ou na melhor das hipóteses ficar igual a um pimentão vermelho e ter de aturar queimaduras na pele. Viajando com outra pessoa Se você viaja com outra pessoa, certifique-se de que o acompanhante saiba que você tem diabetes e como poderá ajudar no caso de haver algum problema. Mostre-lhe todos seus medicamentos e materiais, onde encontrá-los e ensine-lhe como utilizá-los. Expliquelhe o que é uma hipoglicemia e como tratá-la. Para quem dirige Se você vai dirigir o carro na viagem, faça paradas de descanso pelo menos a cada uma hora. Vez ou outra, faça um teste para verificar como está sua glicemia. Se enquanto estiver rodando e sentir que vai passar mal, pare o carro, descanse e faça uma rápida refeição se estiver entrando numa hipoglicemia. Alongue-se e movimente-se Embora isso nem sempre seja possível por falta de espaço entre os assentos dos ônibus, trens e aviões, procure alongar-se durante a viagem. Para isso, fique em pé por alguns minutos, faça pequenas caminhadas pelo corredor. Aproveite as parada para alongar a coluna. Massageie os pés para melhorar a circulação do sangue. Viagens aéreas Se você tiver que fazer uma aplicação durante o vôo, injete no interior do frasco de insulina metade de ar como de costume. A pressão do ar dentro do avião é menor do que a pressão atmosférica em solo. Por isso não é necessário colocar todo o ar correspondente à dose no interior do frasco. Evite tomar bebidas alcoólicas durante o vôo pois o efeito do álcool poderá desidratar seu corpo e você sentirá sede. Fusos horários Quando fazemos viagens distantes para o leste ou oeste, mudamos os horários devido aos fusos. Além disso, em muitos estados de nosso país vigora o horário de verão. Portanto, se você programou uma viagem internacional ou mesmo dentro do Brasil que terá mudanças de horários, converse com seu médico para receber informações sobre o que poderá mudar nos horários de refeições e de aplicações de insulina. Tudo pronto para por o pé na estrada? Se você tem dúvidas a respeito, converse com seu médico ou com o educador em diabetes. Peça dicas também para o Centro BD de Educação em Diabetes, é só ligar para No site você encontrará um artigo mais detalhado sobre o assunto. Boa viagem!

14 14 NUTRIÇÃO Chocolate: meu bem, meu mau Certamente você já experimentou aquela prazerosa sensação de algo macio e saboroso dissolvendo na boca que, sem perceber, invade você de um enorme bem estar! Pode apostar, estamos falando do velho e irresistível chocolate. Descoberto pelos povos Maias e Astecas em a.c., onde o cacau (Theobroma Cacau), matéria prima do chocolate, era docemente definido como o alimento dos deuses e consumido pelos sacerdotes em rituais religiosos. As sementes do cacaueiro eram tão valorizadas que, durante muito tempo, foram utilizadas como moeda corrente. Historicamente, foi Cristóvão Colombo quem descobriu o cacau e o levou para a Europa, por volta de Ao longo dos tempos, este alimento foi sendo difundido em todo o mundo nas mais diversificadas formas e, junto ao prazer em consumí-lo, foram surgindo curiosidades relacionadas à saúde. Uma delas sugere que as propriedades do chocolate em melhorar o humor reflitam a ação de componentes que funcionam como drogas, incluindo a cafeína e o magnésio. Contudo, muitos estudos mostram que os níveis destas substâncias no chocolate são muito baixos, não justificando tal hipótese. O que de fato ocorre é que o consumo de chocolate estimula a produção de endorfina (substância produzida no cérebro), melhorando o humor e sensação de bem-estar. Além disso, pesquisadores têm identificado o cacau como fonte de flavonóides, substâncias que favorecem a circulação sanguínea, reduzindo o risco para o desenvolvimento de doenças do coração. Vale ressaltar que o chocolate também é excelente fonte de energia, proveniente dos carboidratos, proteínas e principalmente das gorduras. Contudo, seu consumo excessivo, pode acarretar o aumento do peso corporal, desajuste nos níveis de colesterol e piora do controle glicêmico para quem tem diabetes. Dra. Gisele Rossi Goveia, nutricionista da Preventa Consultoria em Saúde. Aqui vão algumas dicas que poderão ajudar na hora de saborear esta maravilha. Fique atento porque, mesmo sendo dietético, os chocolates contém grandes quantidades de gorduras. Identifique as quantidades de carboidratos (g) na porção de chocolate que você vai consumir, pois esse dado será importante na hora da substituição por outro alimento. Evite tratar as hipoglicemias com chocolates, pois é um alimento que contém altas concentrações de gordura, de maneira que seu açúcar no sangue levará mais tempo para se elevar. Opte por 15g de carboidratos na forma de 01 colher (sopa) de açúcar ou 03 balas de caramelo, ou ainda 1 copo (150ml) de suco de laranja ou refrigerante comum. Se você necessita perder uns quilinhos, não há necessidade de banir o chocolate da sua alimentação. Basta reformular as quantidades e freqüência no consumo de chocolate. Lembre-se que embora 1 bombom pequeno (15g) tenha aproximadamente as mesmas calorias de uma fruta média (80 calorias), você estará consumindo mais gorduras e menos vitaminas e fibras. Converse com um nutricionista sobre o chocolate, pois ele é o profissional de saúde que poderá melhor orientá-lo quanto ao consumo deste alimento dos deuses que faz bem tanto ao corpo quanto à alma. RECEITA Quadradinho de Menta Ingredientes: 250 gramas chocolate dietético 100 gramas queijo tipo cream cheese light 3 colheres (sopa) adoçante pó (aspartame) Essência de menta a gosto Valores nutricionais por porção Valor calórico : 28 calorias Carboidratos: 2.5g Proteínas: 0.02g Gorduras: 2.0g Modo de preparar: Derreta a metade da porção do chocolate em banhomaria e espalhe-o numa assadeira antiaderente. Leve à geladeira até endurecer. Em seguida misture o queijo cremoso com o adoçante e a essência de menta e espalhe por cima do chocolate já endurecido, levando novamente à geladeira. Por último, derreta o restante do chocolate em banho-maria e espalhe sobre a camada de queijo, retornando mais uma vez à geladeira. Assim que endurecer, corte em quadradinhos. Rendimento: 50 porções. Esta receita foi gentilmente fornecida pela dra. Gisele Rossi Goveia, nutricionista da Preventa Consultoria em Saúde.

15

16 Não reutilize lancetas, agulhas e seringas A reutilização causa sérios danos à sua saúde, tais como: Infecção e proplemas dermatológicos; Aplicação dolorosa; Hiperglicemia devido a perda e absorção irregular da insulina

AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog

AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog DICAS PARA UTILIZAÇÃO DESTA CARTILHA 1. Você pode distribuí-la para todos os

Leia mais

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle?

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Tenho diabetes: o que isso significa, afinal? Agora que você recebeu o diagnóstico de diabetes, você começará a pensar em muitas

Leia mais

Quais são os sintomas? O sucesso no controle do diabetes depende de quais fatores? O que é monitorização da glicemia? O que é diabetes?

Quais são os sintomas? O sucesso no controle do diabetes depende de quais fatores? O que é monitorização da glicemia? O que é diabetes? Quais são os sintomas? Muita sede, muita fome, muita urina, desânimo e perda de peso. Esses sintomas podem ser observados antes do diagnóstico ou quando o controle glicêmico está inadequado. O aluno com

Leia mais

Guia de viagem. O kit de emergência

Guia de viagem. O kit de emergência Guia de viagem Viajar é sempre muito bom. Mesmo em uma viagem de negócios, é possível aproveitar. De férias, então, todo mundo gosta. Mas, para garantir a tranquilidade do passeio, é preciso planejar,

Leia mais

Dicas Para Emagrecer com Saúde

Dicas Para Emagrecer com Saúde 2011 www.blog.vivaplenamente.com Página 1 DIREITOS DE DISTRIBUIÇÃO Você pode distribuir este e-book livremente, assim como presenteá-lo a través do seu site ou blog aos seus visitantes e clientes. A única

Leia mais

sobre pressão alta Dr. Decio Mion

sobre pressão alta Dr. Decio Mion sobre pressão alta Dr. Decio Mion 1 2 Saiba tudo sobre pressão alta Dr. Decio Mion Chefe da Unidade de Hipertensão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP)

Leia mais

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem!

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Convivendo bem com a doença renal Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Nutrição e dieta para diabéticos: Introdução Mesmo sendo um paciente diabético em diálise, a sua dieta ainda

Leia mais

DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Governo do Estado da Bahia Jacques Wagner Secretário de Saúde do Estado da Bahia Jorge José Santos Pereira Solla Superintendência de Atenção

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS

conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS 2013 Diretoria Executiva Diretor-Presidente: Cassimiro Pinheiro Borges Diretor Financeiro: Eduardo Inácio da Silva Diretor de Administração: André Luiz de Araújo Crespo

Leia mais

Dicas de Saúde. Quero e preciso emagrecer! Uma Abordagem Realista

Dicas de Saúde. Quero e preciso emagrecer! Uma Abordagem Realista Dicas de Saúde Quero e preciso emagrecer! O sucesso no emagrecimento e manutenção de peso saudável depende de metas e expectativas sensatas. Se você traçar para si mesmo metas sensatas, terá maior probabilidade

Leia mais

Manual com Diretrizes para Professores de Crianças com Diabetes

Manual com Diretrizes para Professores de Crianças com Diabetes Manual com Diretrizes para Professores de Crianças com Diabetes Índice Página 1. Aprendendo a conviver com o diabetes. 3 2. O que é diabetes? 4-5 3. Hiperglicemia e Cetoacidose. 6 4. Planeje com antecedência.

Leia mais

Proteger nosso. Futuro

Proteger nosso. Futuro Proteger nosso Futuro A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1943, tendo como objetivo unir a classe médica especializada em cardiologia para o planejamento

Leia mais

Como se preparar para a semana de provas

Como se preparar para a semana de provas Como se preparar para a semana de provas REGRAS DE ESTUDO (APLICAR DIARIAMENTE) ANTES DO INÍCIO DE CADA ATIVIDADE 1º CONCENTRAÇÃO (1 A 2 MINUTOS) PROCURE A SEQUÊNCIA: * FIQUE EM POSIÇÃO CONFORTÁVEL; *

Leia mais

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano.

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano. Oficina CN/EM 2012 Alimentos e nutrientes (web aula) Caro Monitor, Ao final da oficina, o aluno terá desenvolvido as habilidade: H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo

Leia mais

Receita infalível para uma boa viagem

Receita infalível para uma boa viagem Receita infalível para uma boa viagem Para que a tão sonhada viagem de férias não se transforme em um pesadelo, alguns cuidados básicos devem ser tomados. Pensando no seu conforto e na sua segurança nesse

Leia mais

N o 36. Abril 2015. Insulina com duração de até 42 horas: nova opção para os insulinodependentes

N o 36. Abril 2015. Insulina com duração de até 42 horas: nova opção para os insulinodependentes N o 36 Abril 2015 Centro de Farmacovigilância da UNIFAL-MG Site: www2.unifal-mg.edu.br/cefal Email: cefal@unifal-mg.edu.br Tel: (35) 3299-1273 Equipe editorial: prof. Dr. Ricardo Rascado; profa. Drª. Luciene

Leia mais

Café da manhã. na medida para você

Café da manhã. na medida para você Café da manhã na medida para você Seja qual for a sua rotina, agitada ou calma, a regra primordial é não fugir da primeira refeição do dia, que lhe trará muitas vitaminas e nutrientes, além de ajudar a

Leia mais

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa Vou passar a você, algumas receitas que usei para poder emagrecer mais rápido e com saúde. Não direi apenas só sobre como preparar algumas receitas, mas também direi como perder peso sem sofrimento e de

Leia mais

NOSSO ALUNOCOM DIABETES

NOSSO ALUNOCOM DIABETES NOSSO ALUNOCOM DIABETES NOSSO ALUNOCOM DIABETES Estamos fornecendo algumas informações importantes sobre diabetes para auxiliar a equipe da escola na rotina escolar do aluno com Diabetes. Quando houver

Leia mais

Parabéns!! Você está grávida!

Parabéns!! Você está grávida! Parabéns!! Você está grávida! Você está grávida e mudanças acontecerão no seu corpo e nas suas emoções. É um caminho, um tempo e uma experiência ímpar, que você não perceberá, mas fará de você uma nova

Leia mais

O Renal é um ser humano como todos e tem seu direito de ser respeitado e não ter vergonha de ser renal. Jaderson

O Renal é um ser humano como todos e tem seu direito de ser respeitado e não ter vergonha de ser renal. Jaderson Jaderson é um garoto de 11 anos, portador de insuficiência renal crônica, paciente do Serviço de Hemodiálise Pediátrica do Hospital Roberto Santos em Salvador-BA. É uma criança muito inteligente e talentosa,

Leia mais

PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL

PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL PRIMEIRA EDIÇÃO MARINA MENEZES MINI GUIA DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA O NATAL Introdução A busca para uma alimentação mais saudável

Leia mais

Perder Peso Pedalando

Perder Peso Pedalando Perder Peso Pedalando Pedalar: Caminho para um estilo de vida saudável. Tudo o que você precisa saber. Quase todo mudo quer perder peso para melhorar a aparência e também para a melhora geral da saúde.

Leia mais

25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar

25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar 25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar O açúcar pode ser ótimo para o nosso humor, mas é péssimo para a nossa saúde. O excesso dele conduz à obesidade, diabetes, ao câncer, entre outros. Às vezes, muitos

Leia mais

PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR

PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR A Diabetes afeta cerca de 366 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 1 milhão de Portugueses. A cada 7 segundos morre no Planeta Terra

Leia mais

1 Por que tomar café da manhã?

1 Por que tomar café da manhã? A U A UL LA Por que tomar café da manhã? Exercícios Acordar, lavar o rosto, escovar os dentes, trocar de roupa e... tomar o café da manhã. É assim que muitas pessoas começam o dia, antes de ir trabalhar.

Leia mais

7 alimentos que sabotam a dieta sem você perceber. Até mesmo as comidas consideradas "magras" pedem consumo moderado

7 alimentos que sabotam a dieta sem você perceber. Até mesmo as comidas consideradas magras pedem consumo moderado 7 alimentos que sabotam a dieta sem você perceber Até mesmo as comidas consideradas "magras" pedem consumo moderado Por Roberta Vilela - publicado em 26/11/2010 Mudança dos hábitos alimentares A mudança

Leia mais

CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica Coronariana

CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica Coronariana HOSPITAL DAS CLÍNICAS - UFMG Programa de Reabilitação Cardiovascular e Metabólica Residência Multiprofissional em Saúde Cardiovascular CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica

Leia mais

Primeiros Socorros. O que fazer imediatamente após acontecer um acidente?

Primeiros Socorros. O que fazer imediatamente após acontecer um acidente? Primeiros Socorros Dicas de Primeiros Socorros Você não precisa ser um socorrista experiente para conseguir ajudar alguém que se machucou no meio da natureza. Mas algumas coisas são fundamentais ter em

Leia mais

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas).

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Titulo - VENENO Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Corta para dentro de um apartamento (O apartamento é bem mobiliado. Estofados

Leia mais

O que trazer: Roupa do ridículo; pijama para o jantar do pijama; roupa preta; gel para cabelo (jantar do cabelo maluco); camisa de esportes (para o

O que trazer: Roupa do ridículo; pijama para o jantar do pijama; roupa preta; gel para cabelo (jantar do cabelo maluco); camisa de esportes (para o O que trazer: Roupa do ridículo; pijama para o jantar do pijama; roupa preta; gel para cabelo (jantar do cabelo maluco); camisa de esportes (para o jantar do esportista); entre outros que achar interessante

Leia mais

5Maneiras para Crescer Saudável

5Maneiras para Crescer Saudável 5Maneiras paracrescer Saudável 1 Troque as bebidas adoçadas por água Objetivo: Troque as bebidas adoçadas (como refrigerantes, bebidas esportivas e refrescos) por água. Você sabia? Os exemplos a seguir

Leia mais

Introdução. Vamos à Dieta!

Introdução. Vamos à Dieta! Introdução Imagine só descobrir não caber naquela roupa que você planejou usar daqui a uma semana, ou pior, imagine vestir aquele lindo vestido de noiva e notar que por pouco ele não ficou perfeito em

Leia mais

Este template é muito diferente e muito, mas muito especial!

Este template é muito diferente e muito, mas muito especial! Esta é nossa última sequência! Este template é muito diferente e muito, mas muito especial! Quero que você olhe para ele com olhos de águia e reflita, e muito, se ele realmente serve para o seu produto

Leia mais

Dicas. do professor. Eliseu Gabriel. Como estudar? Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano

Dicas. do professor. Eliseu Gabriel. Como estudar? Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano Eliseu Gabriel O vereador e professor Eliseu Gabriel conseguiu aprovar uma Lei para ajudar a despertar o gosto pelo estudo e a

Leia mais

CONSELHOS para uma boa alimentação em viagens por estrada

CONSELHOS para uma boa alimentação em viagens por estrada CONSELHOS para uma boa alimentação em viagens por estrada 1 Água ALIMENTE-SE DE FORMA EQUILIBRADA E SAUDÁVEL. A alimentação influi na sua segurança ao volante. Uma alimentação incorreta pode gerar fadiga,

Leia mais

Como viver bem com diabetes

Como viver bem com diabetes Como viver bem com diabetes Sumário 3 5 7 8 10 12 14 15 16 17 19 O que é diabetes? Como saber se tenho diabetes? Por que controlar bem o diabetes? Alimentação Por que fazer exercícios físicos? Tratamento

Leia mais

Uma Boa alimentação e sua relação com a dor, humor e. outros sintomas

Uma Boa alimentação e sua relação com a dor, humor e. outros sintomas Uma Boa alimentação e sua relação com a dor, humor e outros sintomas Nutricionista Camila Costa Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício InCor/FMUSP Será que o que você come influencia

Leia mais

especial iate LIAMARA MENDES

especial iate LIAMARA MENDES 54 Maio / Junho de 2013 especial use os alimentos a seu favor iate por LIAMARA MENDES Uma dieta equilibrada aliada a exercícios físicos pode ser considerada a fórmula ideal para a conquista do corpo perfeito.

Leia mais

Equipamento adequado. Tênis. Objetivo do tênis

Equipamento adequado. Tênis. Objetivo do tênis A corrida é uma atividade aeróbica que traz diversos benefícios para o nosso corpo e nossa mente. Quando praticada com regularidade, nos ajuda a perder peso e a aumentar a massa magra, além de aumentar

Leia mais

www.receitasganharmassamuscular.com

www.receitasganharmassamuscular.com Esse e-book é oferecido como bônus na compra do e- book Receitas Anabólicas no site: www.receitasganharmassamuscular.com INTRODUÇÃO Nesse e-book você vai aprender a montar uma dieta para musculação personalizada,

Leia mais

Mesomorfo, Ectomorfo ou Endomorfo? Qual o seu tipo físico?

Mesomorfo, Ectomorfo ou Endomorfo? Qual o seu tipo físico? Mesomorfo, Ectomorfo ou Endomorfo? Qual o seu tipo físico? Você provavelmente já notou que seu corpo não é o mesmo que o de seus amigos ou colegas de trabalho. Algumas pessoas tendem a ser mais magras

Leia mais

CLÍNICA UPTIME TRATAMENTO DA DOR E PROBLEMAS EMOCIONAIS OBESIDADE A ESCOLHA DE ALIMENTOS COMO MANTER O CORPO. (segunda parte) A ESCOLHA

CLÍNICA UPTIME TRATAMENTO DA DOR E PROBLEMAS EMOCIONAIS OBESIDADE A ESCOLHA DE ALIMENTOS COMO MANTER O CORPO. (segunda parte) A ESCOLHA OBESIDADE A ESCOLHA DE ALIMENTOS COMO MANTER O CORPO (segunda parte) A ESCOLHA Responda à seguinte pergunta: Você gosta de carro? Se você gosta, vamos em frente. Escolha o carro de seus sonhos: Mercedes,

Leia mais

CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS

CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS UM COMPROMISSO COM A VIDA CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS AMBULATÓRIO DE DOENÇA DE CHAGAS UNIDADE DE INSUFICIÊNCIA CARDÍACA UNIDADE DE

Leia mais

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Objetivos: - Desenvolver uma visão biopsicossocial integrada ao ambiente de trabalho, considerando

Leia mais

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus 2 Opa, aqui é Augusto Marmo idealizador do #Dietadafibra e neste e-book vou te mostrar um ponto chave para você atingir o seu peso ideal de forma fácil e saborosa. Eu utilizei os sucos detox para a desintoxicação

Leia mais

10 hábitos. que você deve mudar agora mesmo. Para ter uma melhor qualidade de vida

10 hábitos. que você deve mudar agora mesmo. Para ter uma melhor qualidade de vida 10 hábitos que você deve mudar agora mesmo Para ter uma melhor qualidade de vida Sumário Introdução............................... 2 1- Pare de pensar negativo: você atrai o que transmite!........ 3 2

Leia mais

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus 2 Opa, aqui é Augusto Marmo idealizador do #Dietadafibra e neste e-book vou te mostrar um ponto chave para você atingir o seu peso ideal de forma fácil e saborosa. Eu utilizei os sucos detox para a desintoxicação

Leia mais

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR Introdução: Aqui nesse pequeno e-book nós vamos relacionar cinco super dicas que vão deixar você bem mais perto de realizar o seu sonho

Leia mais

Coloque quem voc gosta para correr da pregui a

Coloque quem voc gosta para correr da pregui a 2014 Coloque quem voc gosta para correr da pregui a manual do ex-sedentário para o futuro corredor dedico este guia à pois quero te botar pra correr Por mais que seu estofado seja acolchoado, macio e convidativo,

Leia mais

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL A promoção da alimentação saudável é uma diretriz da Política Nacional de Alimentação e Nutrição e uma das prioridades para a segurança alimentar e nutricional

Leia mais

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Uma vida normal com diabetes Obesidade, histórico familiar e sedentarismo são alguns dos principais fatores

Leia mais

D I R E T O R I A D E S A Ú D E

D I R E T O R I A D E S A Ú D E Saúde In Forma Junho/2013 Dia 26 de Junho Dia Nacional do Diabetes Diabetes é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal da glicose ou açúcar no sangue. A glicose é a principal fonte de

Leia mais

Rafael Siqueira 0 SUCESSO. é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso!

Rafael Siqueira 0 SUCESSO. é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! 0 SUCESSO é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! 0 SUCESSO é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! Versão 1.0 Introdução: Acredito que o processo

Leia mais

Orientações sobre o uso correto dos medicamentos.

Orientações sobre o uso correto dos medicamentos. Orientações sobre o uso correto dos medicamentos. O quê preciso saber sobre os medicamentos do paciente? Antes de administrar qualquer medicamento, verifique: O nome: alguns medicamentos têm nomes parecidos,

Leia mais

5 receitas para emagrecer e manter a forma física

5 receitas para emagrecer e manter a forma física 5 receitas para emagrecer e manter a forma física Hoje em dia, a busca pelo corpo perfeito e por manter hábitos saudáveis está em voga em boa parte do mundo. As pessoas têm perseguido um estilo de vida

Leia mais

COMECE O DIA COM ENERGIA!

COMECE O DIA COM ENERGIA! COMECE O DIA COM ENERGIA! Inclui receitas de pequenos almoços saudáveis. Índice Introdução Benefícios para a saúde E quando falta o pequeno almoço? Não deixe o seu filho sair de casa sem tomar o pequeno

Leia mais

Manual de Orientação ao Cliente

Manual de Orientação ao Cliente Manual de Orientação ao Cliente Prezado Cliente O Hospital IGESP reúne em um moderno complexo hospitalar, os mais avançados recursos tecnológicos e a excelência na qualidade do atendimento prestado por

Leia mais

A Trilha Inca (2 dias/ 1 noite)

A Trilha Inca (2 dias/ 1 noite) A Trilha Inca (2 dias/ 1 noite) "A sua emocionante aventura Sulamericana Esta trilha segue os passos ancestrais dos Incas até a mundialmente famosa Cidade Perdida dos Incas, Machu Picchu. Historicamente

Leia mais

SAIBA TUDO SOBRE COMO EMAGRECER COM SAÚDE

SAIBA TUDO SOBRE COMO EMAGRECER COM SAÚDE SAIBA TUDO SOBRE COMO EMAGRECER COM SAÚDE SAIBATUDO SOBRE COMO EMAGRECER COM SAÚDE Veja todas as dicas e os segredos para emagrecer com saúde e manter o corpo sempre em forma e saudável! Introdução Atualmente

Leia mais

A maioria das pessoas sente-se apta para comer outra vez após a cirurgia, aumentando o seu apetite à medida que os dias passam.

A maioria das pessoas sente-se apta para comer outra vez após a cirurgia, aumentando o seu apetite à medida que os dias passam. Dieta durante o tratamento O que comer e o que evitar de comer Após a cirurgia A maioria das pessoas sente-se apta para comer outra vez após a cirurgia, aumentando o seu apetite à medida que os dias passam.

Leia mais

Aumentando A Termogênese Pós Prandial

Aumentando A Termogênese Pós Prandial Autor: Claudio G. Amorim dos Santos Site: www.melhoresultado.com.br E-mail: contato@melhoresultado.com.br Advertência Jurídica O conteúdo dessa publicação é baseado nas opiniões e pesquisas do autor. As

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Homocistinúria Clássica

Homocistinúria Clássica Homocistinúria Clássica Texto: Ida Vanessa D. Schwartz Ilustrações: Matheus Wilke Serviço de Genética Médica/HCPA, Departamento de Genética /UFRGS, Porto Alegre, RS, Brasil Esta publicação é destinada

Leia mais

II OFICINA NACIONAL DE FORMAÇÃO DE TUTORES EM EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA O AUTOCUIDADO EM DIABETES

II OFICINA NACIONAL DE FORMAÇÃO DE TUTORES EM EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA O AUTOCUIDADO EM DIABETES II OFICINA NACIONAL DE FORMAÇÃO DE TUTORES EM EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA O AUTOCUIDADO EM DIABETES Orientações básicas de nutrição para o autocuidado em DM Maria Palmira C. Romero Nutricionista Marisa Sacramento

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

Ilustrações: David Queiróz

Ilustrações: David Queiróz Esta publicação foi elaborada pelo INCA - Instituto Nacional do Câncer Coordenação Nacional do Tabagismo e Prevenção Primária do Câncer - CONTAPP Rua dos Inválidos, 212/2ºandar Cep: 20231-030 Rio de Janeiro

Leia mais

Dieta da Banana Mini-Curso. 1 Copyright 2009 http://dietasobcontrole.org - Todos os Direitos Reservados.

Dieta da Banana Mini-Curso. 1 Copyright 2009 http://dietasobcontrole.org - Todos os Direitos Reservados. 1 Como começar: Sem demora Sem gastos Sem perda de tempo Sumário 1. Só comendo bananas de manhã? 2. Este método de dieta considera o tempo de descanso do estômago e intestino. 3. Uma boa noite de sono

Leia mais

CURSO: Cuidador de Idoso

CURSO: Cuidador de Idoso CURSO: Cuidador de Idoso Bárbara Pereira Quaresma Enfermeira Docente 2 1 3 Bem vindos 4ª aula 4 Mãos As mãos do cuidador são suas maiores, melhores e mais usadas ferramentas. Por isso devem estar SEMPRE

Leia mais

Insígnia Mundial do Meio Ambiente IMMA

Insígnia Mundial do Meio Ambiente IMMA Ficha Técnica no. 5.3 Atividade Principal no. 5.3 HISTÓRIA DE UM DESASTRE NATURAL Objetivo da : 5 Os escoteiros estão trabalhando para um mundo onde as pessoas estão preparadas para responder aos perigos

Leia mais

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf 1 Sumário Introdução...04 Passo 1...04 Passo 2...05 Passo 3...05 É possível Aprender Inglês Rápido?...07 O Sonho da Fórmula Mágica...07 Como Posso Aprender Inglês Rápido?...09 Porque isto Acontece?...11

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

MANUAL DO ALUNO - EDUCAÇÃO INFANTIL

MANUAL DO ALUNO - EDUCAÇÃO INFANTIL MANUAL DO ALUNO - EDUCAÇÃO INFANTIL 1. APRESENTAÇÃO Este guia tem por finalidade orientar os alunos e seus responsáveis sobre a estrutura e o funcionamento da 2. MISSÃO DA ESCOLA Para o COC, a missão da

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

SABOR. NUMEROSem. Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos do Ministério da Saúde.

SABOR. NUMEROSem. Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos do Ministério da Saúde. SABOR Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos do Ministério da Saúde. Conteúdo produzido pela equipe de Comunicação e Marketing do Portal Unimed e aprovado pelo coordenador técnico-científico:

Leia mais

13 BENEFÍCIOS PARA VOCÊ FAZER UMA DESINTOXICAÇÃO

13 BENEFÍCIOS PARA VOCÊ FAZER UMA DESINTOXICAÇÃO 13 BENEFÍCIOS PARA VOCÊ FAZER UMA DESINTOXICAÇÃO Sobre a Super Dieta Detox Sobre o Autor Este e-book foi escrito por Edu Sampa Home & Office - Super Dieta Detox São Caetano do Sul - SP - Brasil www.superdietadetox.com.br

Leia mais

A Importância do Sono

A Importância do Sono 1 A Importância do Sono Dra. Regeane Trabulsi Cronfli É um total contra-senso o fato de que, num mundo em que cerca de 16 a 40% das pessoas em geral sofrem de insônia, haja aquelas que, iludidas pelos

Leia mais

Perca Peso Acelerando Seu Metabolismo

Perca Peso Acelerando Seu Metabolismo Perca Peso Acelerando Seu Metabolismo Trazido Até Você Por http://www.vidasaudavelparavoce.com Perca Peso Acelerando Seu Metabolismo Termos e Condições Aviso Legal O escritor esforçou-se para ser o tão

Leia mais

VAMOS PLANEJAR... As três palavras mágicas para um bom planejamento financeiro...

VAMOS PLANEJAR... As três palavras mágicas para um bom planejamento financeiro... FASCÍCULO IV VAMOS PLANEJAR... Se você ainda não iniciou seu planejamento financeiro, é importante fazê-lo agora, definindo muito bem seus objetivos, pois, independentemente da sua idade, nunca é cedo

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento Eu e umas amigas íamos viajar. Um dia antes dessa viagem convidei minhas amigas para dormir na minha casa. Nós íamos para uma floresta que aparentava ser a floresta do Slender-Man mas ninguém acreditava

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Os 4 passos para ser aprovado no Exame de Certificação PMP

Os 4 passos para ser aprovado no Exame de Certificação PMP Os 4 passos para ser aprovado no Exame de Certificação PMP Andriele Ribeiro 1 Um passo de cada vez. Não consigo imaginar nenhuma outra maneira de realizar algo. Michael Jordan O alcance da certificação

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa?

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa? Antigamente, quando não tinha rádio a gente se reunia com os pais e irmãos ao redor do Oratório para rezar o terço, isso era feito todas as noites. Eu gostaria que agora a gente faça isso com os filhos,

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Sono com qualidade apresentação Uma boa noite de sono nos fazer sentir bem e com as forças renovadas. O contrário também vale. Uma péssima noite

Leia mais

PARABÉNS! Parabéns por dar o primeiro passo para começar a sua jornada de fitness e conquistar o corpo que tanto deseja.

PARABÉNS! Parabéns por dar o primeiro passo para começar a sua jornada de fitness e conquistar o corpo que tanto deseja. INTERVAL TRAINING PARABÉNS! Parabéns por dar o primeiro passo para começar a sua jornada de fitness e conquistar o corpo que tanto deseja. Com este material você vai conhecer o caminho mais rápido para

Leia mais

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES Introdução Geralmente, as pessoas descobrem estar diabéticas quando observam que, apesar

Leia mais

Existem apenas 3 partes importantes para alcançar o seu objetivo.

Existem apenas 3 partes importantes para alcançar o seu objetivo. Por Carlos J. Cara amiga, se você chegou até aqui é porque realmente se interessa em alcançar o corpo que você almeja. Portanto, eu te dou meus parabéns! Se você seguir as instruções que vou te ensinar,

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA SAÚDE

FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA SAÚDE União Metropolitana de Educação e Cultura Faculdade: Curso: NUTRIÇÃO FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA SAÚDE Disciplina: INTRODUÇÃO A NUTRIÇÃO Carga horária: Teórica 40 Prática 40 Semestre: 1 Turno:

Leia mais

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e Sexta Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e mudou o rumo da vida profissional FOLHA DA SEXTA

Leia mais

Corpo Ás As 10 Páginas Que Vão Transformar o Seu Corpo 2013 www.luisascensao.pt

Corpo Ás As 10 Páginas Que Vão Transformar o Seu Corpo 2013 www.luisascensao.pt Corpo Ás As 10 Páginas Que Vão Transformar o Seu Corpo www.luisascensao.pt Página 1 de 10 Termos e Condições Madeira, Portugal. Autor: Luís Ascensão (o Ás). Todos os direitos reservados. Copyright 2012,

Leia mais

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje.

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO- Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. Profa. Dra. Valéria Batista O que é vida saudável? O que é vida saudável? Saúde é o estado de complexo bem-estar físico,

Leia mais

DIRETO DA REDAÇÃO. VITÓRIA RESIDENCE News. Seja Bem Vindo Felipe. Novo Musicoterapeuta. Deixe-nos ajudá-lo a cuidar de quem cuidou de você

DIRETO DA REDAÇÃO. VITÓRIA RESIDENCE News. Seja Bem Vindo Felipe. Novo Musicoterapeuta. Deixe-nos ajudá-lo a cuidar de quem cuidou de você Edição: Fevereiro/ 2015 Recanto do Idoso Vitoria Residence VITÓRIA RESIDENCE News Deixe-nos ajudá-lo a cuidar de quem cuidou de você Olá amigos do Vr NEWS, DIRETO DA REDAÇÃO É com grande alegria que trazemos

Leia mais

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final Laís Cruz Nutricionista CRN 3 18128 2013 Período de transição entre infância e vida adulta (dos 10 aos 19 anos de idade) Muitas transformações físicas, psicológicas e sociais Acelerado crescimento e desenvolvimento:

Leia mais

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa MODELO 1 Compreensão da Leitura e Expressão Escrita Parte 1 Questões 1 20 O Luís enviou cinco mensagens através do telemóvel. Leia as frases 1 a 5. A cada frase corresponde uma mensagem enviada pelo Luís.

Leia mais