Ref.: Consulta Pública Solução Educacional

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ref.: Consulta Pública Solução Educacional"

Transcrição

1 Belo Horizonte, 11 de junho de 2013 À Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais Rod. Pref. Américo Gianetti, Serra Verde - Prédio Minas, 11º andar Belo Horizonte Minas Gerais Ref.: Consulta Pública Solução Educacional A sociedade METASYS TECNOLOGIA S/A, com sede na cidade de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais, localizada na Avenida Raja Gabaglia, 4.055, Bloco A, Sala 218, Bairro Santa Lucia, inscrita no CNPJ sob o n / , neste ato representada na forma de seu estatuto social, vem apresentar sugestões e comentários para o aprimoramento das disposições editalícias, relativas ao Termo de Referência de implantação de Solução Educacional, cujo objeto é a contratação do direito de uso, não exclusivo, de licenças de software educacional para dispositivos do tipo Tablet e serviços especializados de suporte técnico e pedagógico. 1. Arquitetura de Múltiplas Camadas O Termo de Referência, em seu item 1, descreve que as soluções apresentadas pela proponente neste Item 1 deverão ser baseadas em um modelo multicamadas prevendo a instalação de uma camada de serviços web na central de dados da SEE-MG ). Na sessão da Consulta Pública ainda foi informado que haverá ainda uma quarta camada de servidores instalados na PRODEMGE, que deverão garantir a disponibilidade de todos os sistemas da Central de Dados. Ora, como cada camada desta arquitetura prevista é composta por softwares específicos responsáveis pelas funções descritas e exigidas nos subitens 1.1, 1.2 e 1.3, sugerimos que o Termo de Referência contemple a descrição destes sistemas e que seja considerada o fornecimento das respectivas licenças de uso de software, para cada camada prevista. Ainda sugerimos que seja descrita a quarta camada, a ser instalada na PRODEMGE, e que sejam definidas as funcionalidades requeridas para essa camada. Importante também que fique claro para os licitantes qual a infraestrutura estará disponível para implementação dos componentes da solução na Central de Dados da SEE-MG (Gameleira) e no datacenter da PRODEMGE, uma vez que a contratada deverá instalar os seus softwares nestes ambientes.

2 2. Contratação por Subitens Foi informado na sessão da Consulta Pública do dia 10/06/2013, que a contratação seria feita por subitens, podendo fornecedores diferentes fornecerem os diversos subitens do Lote 01. Entretanto, no item 1 é exigido que os parâmetros de autenticação de usuários (login e senha) ao sistema deverão ser únicos em toda solução, sendo que os usuários utilizarão os mesmos parâmetros para acesso aos ambientes descritos nos itens 1.1, 1.2 e 1.3. Mas, para que isso seja possível o fornecedor da solução para os três subitens deverá ser o mesmo, não podendo haver contratação em separado como informado. Assim, sugerimos que TODA a solução de software, para todas as camadas da arquitetura projetada seja consolidada em um ÚNICO LOTE a ser integralmente fornecido por um único fornecedor. 3. Autenticação de Usuários No item 1 é exigido que os parâmetros de autenticação de usuários (login e senha) ao sistema deverão ser únicos em toda solução, sendo que os usuários utilizarão os mesmos parâmetros para acesso aos ambientes descritos nos itens 1.1, 1.2 e 1.3. Para que isso seja possível o fornecedor da solução para os três subitens deverá ser o mesmo, como sugerido no item acima, caso contrário, não é possível garantir essa integração. Além disso, sugerimos que esteja claro no Termo de Referência que os parâmetros de autenticação de usuários deverão residir no servidor local da escola e que se referem ao sistema operacional e aos aplicativos que requerem autenticação. 4. Certificado de Cessão de Uso de Licenças O Item estabelece que Para cada entrega a contratada emitirá um certificado de cessão de uso das licenças fornecidas, em 2 (duas) vias, que deverá ser assinada por Servidor responsável pelo recebimento. Sugerimos que, alternativamente, o registro das licenças de uso possa ser feito eletronicamente, desde que referenciando o Tablet do Servidor com o respectivo número da licença de uso. Assim, a nossa sugestão para esse item: Para cada entrega a contratada emitirá um certificado de cessão de uso das licenças fornecidas, em 2 (duas) vias, que deverá ser assinada por Servidor responsável pelo recebimento. Alternativamente, o registro das licenças de uso fornecidas poderá ser feito por meio eletrônico, desde que seja referenciando o Tablet do Servidor com o respectivo número da licença de uso. 5. Versão do Android dos Tablets Como os Tablets, objetos da presente Consulta Pública, foram adquiridos pela SEE-MG através da Ata de Registro de Preços do MEC, já possuem o sistema operacional Android 4.0, Português Brasil, tanto para os Tablets do Tablet Tipo 1 (7 ), quanto para o Tablet Tipo 2 (9,7 ), sugerimos que seja corrigido o Termo de Referência, de forma a exigir a compatibilidade com esta versão do sistema operacional e não a anterior 3.1.

3 Isso se justifica pela grande diferença entre a nova versão 4.0 e as anteriores, 3.x, com a introdução de modificações profundas na estrutura interna do sistema. Aplicativos compatíveis com a nova versão 4.0 não necessariamente são compatíveis com a versão anterior 3.1 exigida. Assim, a nossa sugestão é que em todo o documento seja trocada a expressão de definição do sistema operacional do Tablet para Android 4.0 ou superior. 6. Sistema Operacional da Camada de Central de Dados Na descrição da solução projetada para a camada da Central de Dados, está especificado que o sistema operacional pode ser baseado em Microsoft Windows Server 2008 ou Linux Ubuntu ou Debian com Kernel 3.2 ou superior e base de dados Postgree SQL. Sugerimos que não seja imposta restrição de Marca, tanto da distribuição do Linux ( Ubuntu ), quanto do banco de dados SQL ( Postgree SQL ). Isso se justifica, por assim eliminar possibilidade de restrição à competitividade Assim, a nossa sugestão é que seja modificado o texto para: A solução deverá prever uma camada a ser instalada no servidor local de cada escola, sendo esta solução minimamente compatível com os sistemas operacionais Microsoft Windows Server 2008 ou distribuição Linux baseada no Kernel 3.2 ou superior para estações administrativas dos ambientes de informática pedagógica e, para a camada da central de dados, a solução de software deve ser compatível com estrutura de servidores Microsoft Windows Server 2008 com Internet Information Server 6.0 ou superior e bancos de dados Microsoft SQL Server 2008 ou superior, ou distribuições Linux com Kernel 3.2 ou superior e base de dados SQL. 7. Repositório de Conteúdos Sugerimos que na descrição no item 1 da arquitetura multicamada, seja claramente definido que o repositório de conteúdos deve ficar armazenado na Central de Dados e que o mesmo é sincronizado com o servidor da escola. Assim, um aluno pode buscar um conteúdo diretamente do servidor da escola, usando a rede sem fio local da escola, sem que tenha que utilizar a Internet. Isso se justifica pois a banda larga das escolas não tem tamanho e qualidade suficientes para permitir o acesso de dezenas ou até mesmo centenas de usuários simultâneo fazendo download de objetos pedagógicos (vídeos, apresentações, textos etc). 8. Bloqueio e Desbloqueio de Tablets No item 1.1, que descreve a Solução para gerenciamento remoto da configuração de aplicativos educacionais, estabelece que Que a solução disponibilize um Ambiente de Gestão no formato Painel de Controle em ambiente web, acessível por qualquer ponto conectado a Internet, que seja capaz de monitorar conjuntos de tablets, possibilitando um gerenciamento centralizado com consultas especificas e intervenções de bloqueio e desbloqueio nos equipamentos..

4 Como os Tablets adquiridos pelo programa do MEC não possuem o chip TPM ( trusted protection module ) que possibilitam o bloqueio e desbloqueio do equipamento, sugerimos que seja retirada essa exigência. Entretanto, para suprir essa deficiência do hardware, sugerimos que seja acrescentada a exigência de que o Tablet possa ser rastreado, quando este for declarado como furtado, de forma que seja identificada sua localização e o suspeito pelo furto, através de fotografias a serem enviadas para a central de dados. Assim, sugerimos a seguinte redação para o subitem (a): a) Que a solução disponibilize um Ambiente de Gestão no formato Painel de Controle em ambiente web, acessível por qualquer ponto conectado a Internet, que seja capaz de monitorar conjuntos de tablets, possibilitando um gerenciamento centralizado com consultas especificas. O rastreamento dos Tablet deverá possibilitar aos técnicos de monitoramento a localização de um equipamento furtado, a visualização de sua rota seguida e a visualização de imagens da webcam. 9. Plataforma de Aplicativos Android No item 1.1, nos subitens (d) e (e) está a exigência de uma plataforma web que uma ferramenta para armazenamento de aplicativos para Tablets e que esta ferramenta permita gerenciar as atualizações de versões e a instalação de novas versões de aplicativos ou atualizações automáticas. Como a versão do sistema operacional dos Tablets adquiridos é o Android 4.0, já está disponível uma plataforma provida pelo fabricante, a Gloogle Play. Essa plataforma permite a instalação de novos aplicativos e o gerenciamento de atualização dos milhares de aplicativos ali disponíveis. Portanto, é nosso entendimento que a exigência de uma outra plataforma semelhante a esta já existente e usada por desenvolvedores de aplicativos de todo o mundo não se justifica e caso fosse mantida, implicaria em aumento de custos para o projeto. Portanto, nossa sugestão é que sejam eliminados os subitens (d) e (e) do item Software para Interatividade No item 1.2, que descreve solução de software para interatividade e orquestração de laboratórios de informática, estabelece que a) A solução deverá permitir acesso individualizado e autenticado através do perfil Administrador, Professor e Aluno;. Entendemos, que por se tratar de uma solução de interatividade entre o professor e o aluno em sala de aula ou no laboratório de informática, que não faz sentido a exigência de um perfil para Administrador. Ainda quanto a esse software de interatividade entre professor e alunos, sugerimos que esteja claro no TR que todas as funcionalidades descritas nos subitens 1.2 (c) e 1.2 (d) sejam providas de forma integrada e por um único software.

5 11. Software para Sincronização de Conteúdos No item 1.2, o subitem (e) que descreve o aplicativo educacional para sincronização de conteúdos digitas em forma de objetos de aprendizagem, estabelece que esse aplicativo deve oferecer interface intuitiva, amigável e inteiramente customizável pela SEE-MG, permitindo ao professor navegar em diversos tipos de conteúdo organizados de acordo com as definições da SEE-MG. É nosso entendimento que ser customizável significa que a contratada deverá adaptar a interface de seu produto para atender a demanda da SEE-MG, antes da entrega do produto. Solicitamos esclarecimento quanto ao nosso entendimento. 12. Repositório de Conteúdos nos Tablets No item 1.2, o subitem (h) que descreve A solução deve prever sincronizações periódicas para que os objetos cadastrados pelo módulo web possam ser adicionados no repositório do Tablet;, sugerimos a alteração da redação para que fique mais claro o funcionamento do sincronismo de conteúdos da rede da escola, em conformidade com a arquitetura sugerida anteriormente. Assim, a nossa sugestão é que esse item tenha redação alterada como a seguir: h) A solução deve prever sincronizações periódicas para que os objetos cadastrados pelo módulo web na Central de Dados possam ser adicionados no repositório do servidor da escola e transferidos para os Tablets; 13. Interface do Tablet com Sistema de Administração da SEE-MG No item 1.3, o subitem (b) descreve a exigência de que A solução deverá prever uma sincronização de dados de um sistema de administração da Secretaria já existente com carga de dados do tablet gerado pelo sistema de administração e a descarga de dados do tablet para uma base de dados que seja acessível pelo sistema de administração da Secretaria; Solicitamos o esclarecimento de quais dados deverão ser sincronizados, quais deverão ser enviados do sistema de administração da SEE-MG e quais os dados deverão ser enviados do Tablet para o sistema. Além disso, sugerimos que a sincronização dos dados de interface com o sistema administrativo da SEE-MG sejam enviados não diretamente para o servidor central, como exigido no subitem (c) do item 1.3, mas sim para o servidor da escola para que, posteriormente possam ser enviados para o servidor da escola. Isso se justifica pelo fato de não haver largura de banda e qualidade suficiente da conexão de Internet nas escolas de forma a suportar o envio de grandes volumes de dados. Uma vez armazenados no servidor da escola, os dados podem ser transmitidos, por exemplo, à noite, quando a Internet não estiver sendo utilizada. 14. Usuário Coordenador No item 1.3, o subitem (e) descreve a exigência de que Através do usuário Coordenador é possível requisitar relatórios sobre a presença, ocorrências e atividades dos alunos no modulo web;.

6 Entendemos que os dados de interface com o sistema de administração da SEE-MG serão coletados dos Tablets dos professores e enviados para o sistema da Central de Dados. Assim, um usuário autorizado pela administração da SEE-MG poderá ter acesso ao sistema de administração, via web, e emitir relatório e consultas. Sugerimos que seja refeita a redação do texto do item (e), de forma a deixar mais claro o que se pretende. 15. Diário de Classe Também no item 1.3, subitem (f) descreve a exigência de que Que a solução tenha modulo web a fim de prover relatórios e edição de dados. Este módulo Web deve ter acesso gerenciado por usuário e senha e permita que as escolas possam gerar relatórios consolidados de frequência, atividades entre outros;. Sugerimos que a edição de dados relacionados ao diário de classe (presença, atividades e ocorrências) sejam passíveis de edição pelo professor no próprio Tablet e que, uma vez sejam transmitidos para a Central de Dados e integrados com o sistema de administração, que estes dados somente possam ser modificados no próprio sistema de administração, e não em um módulo web como exigido acima. 16. Treinamento no Sistema Android No item 1.4, que descreve o treinamento prático de utilização de Tablets baseado em plataforma Android, como não está especificada uma tecnologia para exposição do treinamento requerido, entendemos que os tópicos poderão ser apresentados em formato qualquer, tais como HTML ou PDF. Solicitamos a confirmação do nosso entendimento. 17. Monitoramento da Solução Educacional No item 1.1, que descreve a Solução para gerenciamento remoto da configuração de aplicativos educacionais, estabelece que b) Que através dessa solução seja possível a indicação da localização dos equipamentos tablets cadastrados no sistema web, que deverão ser exibidas por aplicativo integrado à solução;. Sugerimos que a solução de monitoramento e gerenciamento da solução seja estendida a todos os equipamentos integrantes da arquitetura descrita no Item 1, tais como, computadores do tipo PC padrão PROINFO, padrão diskless ou padrão PC x86, netbook, Tablet, para os diversos sistemas operacionais utilizados, Linux, Android e Windows. A solução de monitoramento deve constar de um item a parte e ser também implementada na arquitetura multicamadas proposta para o projeto, ou seja, com componentes sendo executados nos diversos equipamentos (agentes), no servidor da escola (concentradora de dados) e na central de dados (central de monitoramento). Isso se justifica pelo fato do projeto projetado pela SEE-MG, descrito no item 1, ser integrado. Assim, com o gerenciamento remoto da configuração deve ser estendido a todos os equipamentos da rede.

7 18. Serviços de Desenvolvimento e Customização de Software No item 2, que descreve a visão geral sobre os Serviços de Desenvolvimento e Customização de Software, não está claro se a SEE-MG vai fornecer a estimativa de Homem-Hora para cada Perfil. Neste caso, solicitamos a confirmação de que a licitante deverá apenas propor valores unitários de preço por perfil de mão-de-obra especializada. Da mesma forma para os Entregáveis, se a licitante deverá apenas propor valores unitários de preço por produto a ser entregue, conforme a lista da tabela. 19. Prazo dos Serviços de Suporte Técnico, Administração do Ambiente e Treinamentos No item 3.1.1, que descreve que a contratada deverá fornecer o serviço de especialistas nas soluções de software implementadas, para um consumo total de até 1200 horas mensais por ordem de serviço por um período de até 36 meses, visando apoiar a equipe local nos trabalhos de administração do ambiente e suporte técnico. As solicitações dos serviços dos especialistas deverão sempre ocorrer em módulos de 8 horas, e deverão ser agendadas com antecedência mínima de 5 dias úteis pela SEE-MG. Solicitamos o esclarecimento quanto ao prazo do projeto, se 12 meses ou 36 meses. Pelo descrito acima, é nosso entendimento de que a contratada deverá disponibilizar técnicos para a prestação de até 1200 horas mensais, o que deverá ocorrer em solicitações de módulos de 8 horas. Assim, solicitamos que seja estabelecida uma quantidade mínima garantida de horas a serem necessariamente alocadas pela SEE-MG. Assim posto, agradecemos a oportunidade de poder contribuir com o processo licitatório da solução educacional para a rede escolar do estado de Minas Gerais. Aproveito a oportunidade para apresentar protestos de apreço e consideração. Respeitosamente, Paulo Neuenschwander Maciel Metasys Tecnologia S/A Presidente CI: M SSP/MG Tel: (31) Cel: (31)

ANEXO I Termo de Referência

ANEXO I Termo de Referência ANEXO I Termo de Referência 1 - OBJETO, QUANTIDADES, LOCAL, PRAZO E PREÇOS. 1.1. Constitui objeto deste Termo de Referência a contratação do direito de uso, não exclusivo, de licenças de software educacional

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. 09068/2015. PREGÃO PRESENCIAL N.º 09025/2015 PROCESSO ADM. Nº.

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. 09068/2015. PREGÃO PRESENCIAL N.º 09025/2015 PROCESSO ADM. Nº. Secretaria de Educação e Cultura Comissão Setorial de Licitação PROCESSO LICITATÓRIO Nº. 2015/043212 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. 09068/2015. PREGÃO PRESENCIAL N.º

Leia mais

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 13/2011

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 13/2011 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/n Edifício Gerais - Bairro Serra Verde CEP: 31630-901 - Belo Horizonte - MG COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 13/2011

Leia mais

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a resposta da área técnica deste TRT, acerca dos questionamentos aos termos do Edital do Pregão Eletrônico 51/12, formulados pelas seguintes empresas:

Leia mais

Solução Educacional Metasys Sumário Executivo Março de 2013

Solução Educacional Metasys Sumário Executivo Março de 2013 Solução Educacional Metasys Sumário Executivo Março de 2013 Perfil da Empresa Metasys é uma solução tecnológica completa e integrada, especialmente projetada para apoiar os trabalhos de alunos, educadores

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES. O que é PROINFO?

PERGUNTAS FREQUENTES. O que é PROINFO? PERGUNTAS FREQUENTES O que é PROINFO? O Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo) é um programa educacional criado pela Portaria nº 522/MEC, de 9 de abril de 1997, para promover o uso pedagógico

Leia mais

Documento de Especificação de Requisitos

Documento de Especificação de Requisitos Sistema Móvel de Diário Escolar (SIMDE) Documento de Especificação de Requisitos Versão 3 Índice 1 PREFÁCIO... 4 2 INTRODUÇÃO... 5 3 GLOSSÁRIO... 6 4 DEFINIÇÃO DE REQUISITOS DO USUÁRIO... 7 5 ARQUITETURA

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº 08/2013 ORIGEM: COTAÇÃO DE PREÇOS

CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº 08/2013 ORIGEM: COTAÇÃO DE PREÇOS CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº 08/2013 ORIGEM: COTAÇÃO DE PREÇOS Pelo presente Contrato, de um lado a Câmara Municipal de Unaí, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 19.783.570/0001-23, com sede à Avenida Governador

Leia mais

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14:

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Senhores, A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Questionamento 1: 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMCAS No que diz respeito ao subitem 2.1.2, temos a seguinte

Leia mais

Guia de Acesso ao AVA. Ms. Eng. Claudio Ferreira de Carvalho

Guia de Acesso ao AVA. Ms. Eng. Claudio Ferreira de Carvalho Guia de Acesso ao AVA Ms. Eng. Claudio Ferreira de Carvalho Introdução Este guia apresenta os procedimentos iniciais para acessar o AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem), que será utilizado para as disciplinas

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Constitui objeto da presente licitação o registro de preços para implantação de sistema de telefonia digital (PABX) baseado em servidor IP, com fornecimento

Leia mais

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DE SANTOS

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DE SANTOS Anexo I Modelo para inscrição e apresentação dos projetos EDITAL DE CONVOCAÇÃO PÚBLICA nº 01/2016 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Nome ou Razão Social 1.2 Ramo de atividade (se empresa) 1.3 Endereço completo 1.4

Leia mais

Tutorial de Acesso. Curso Treinamento Introdutório do Governo de Minas Gerais 2ª Parte

Tutorial de Acesso. Curso Treinamento Introdutório do Governo de Minas Gerais 2ª Parte Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais MAGISTRA A Escola da Escola Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores de Minas Gerais Tutorial de Acesso Curso Treinamento Introdutório

Leia mais

Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES. Manual de Procedimentos

Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES. Manual de Procedimentos Pró-Reitoria de Administração - PRAd Assessoria de Informática - AI SISTEMA DE PUBLICAÇÃO DE LICITAÇÕES Manual de Procedimentos 2004 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. OBJETIVOS...3 3. ÂMBITO DE APLICAÇÃO...3

Leia mais

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0

CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0 CATÁLOGO DE SERVIÇOS DIRETORIA DE SUPORTE COMPUTACIONAL VERSÃO 1.0 2011 1 1. APRESENTAÇÃO No momento de sua concepção não haviam informações detalhadas e organizadas sobre os serviços de Tecnologia da

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 025/2015 TIPO: MENOR PREÇO

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 025/2015 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 025/2015 TIPO: MENOR PREÇO A GUAYÍ, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério da Fazenda sob o

Leia mais

SUPLEMENTO Nº 02. O presente Suplemento tem por finalidade introduzir no Edital da Licitação as seguintes alterações:

SUPLEMENTO Nº 02. O presente Suplemento tem por finalidade introduzir no Edital da Licitação as seguintes alterações: SUPLEMENTO Nº 02 O presente Suplemento tem por finalidade introduzir no Edital da Licitação as seguintes alterações: 1. A data limite de acolhimento de propostas fica alterada para 19.02.2008. 2. A CLÁUSULA

Leia mais

Manual do Operacional do Sistema Calendário da Gestão Municipal. 1ª Versão

Manual do Operacional do Sistema Calendário da Gestão Municipal. 1ª Versão Manual do Operacional do Sistema Calendário da Gestão Municipal 1ª Versão 23/01/2009 Federação Catarinense de Municípios - FECAM Apresentação O Calendário da Gestão Municipal é um sistema desenvolvido

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC- Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DERUS- Departamento de Relacionamento com o

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC- Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DERUS- Departamento de Relacionamento com o DERUS- Departamento de Relacionamento com o Usuário DERUS- Departamento de Relacionamento com o Usuário Sumário: Gerando um arquivo PDF 3 Como assinar digitalmente um documento PDF 17 O Assinador Livre

Leia mais

Configuração dos clientes da rede sem fio cefetmg_aluno

Configuração dos clientes da rede sem fio cefetmg_aluno Configuração dos clientes da rede sem fio cefetmg_aluno Para realizar as configurações do cliente, é necessário que o mesmo possua conta na base institucional de autenticação de usuários de sistemas de

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATANTE: Aqui designado apenas como a empresa que fez o cadastro pelo sistema de vendas online no site www.netflexfidelidade.com.br CONTRATADA: Openhaus Soluções Tecnológicas

Leia mais

NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT

NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT CONSELHO SUPERIOR DO SISTEMA ESTADUAL DE E TECNOLOGIA DA NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT 1/10 CONSELHO SUPERIOR DO SISTEMA ESTADUAL DE E TECNOLOGIA

Leia mais

Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios. Visão geral

Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios. Visão geral Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios Visão geral Quando você atualiza o software Polycom ou adquire opções adicionais do sistema, sua organização pode continuar

Leia mais

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo.

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Desafios da vigilância por vídeo hoje O mercado de vigilância por vídeo está crescendo, impulsionado por preocupações de segurança

Leia mais

Guia do Usuário ProAnalir 2013. Introdução... 2. Liberação das licenças... 3

Guia do Usuário ProAnalir 2013. Introdução... 2. Liberação das licenças... 3 Área Universidade Prosoft Autor Valquíria Coelho Criação 26/02/2013 Publicação - 28/02/2013 Distribuição Franqueadora, Franquias e Clientes. Guia do Usuário ProAnalir 2013 Conteúdo: Introdução... 2 Liberação

Leia mais

Manual do Usuário Janeiro de 2016

Manual do Usuário Janeiro de 2016 Manual do Usuário Janeiro de 2016 SOBRE CMX CMX é uma interface que dá acesso aos estudantes a milhares de atividades, exercícios e recursos todos posicionados com os padrões e conceitos curriculares.

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA NÚCLEO DE EMPREENDIMENTOS EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ARTES NECTAR.

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA NÚCLEO DE EMPREENDIMENTOS EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ARTES NECTAR. ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA NÚCLEO DE EMPREENDIMENTOS EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ARTES NECTAR. OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA CONSTRUÇÃO DO PORTAL E AQUISIÇÃO DE SOFTWARE DE GESTÃO DE

Leia mais

Censo Agropecuário e Contagem Populacional - Equipamentos de Coleta de Dados. Convite Público

Censo Agropecuário e Contagem Populacional - Equipamentos de Coleta de Dados. Convite Público 1 Convite Público A Diretoria de Informática do IBGE convida fabricantes e representantes da indústria de dispositivos móveis de telefonia celular para uma reunião a respeito de nosso planejamento para

Leia mais

MANUAL DO AVA GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS. Rua Ramos Ferreira, 991 A - Centro Fone: (92) 3878-7479 / 3233-6836 Manaus AM CEP: 69010-120

MANUAL DO AVA GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS. Rua Ramos Ferreira, 991 A - Centro Fone: (92) 3878-7479 / 3233-6836 Manaus AM CEP: 69010-120 MANUAL DO AVA 1. O QUE É EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA? A Educação a Distância, como dispõe o Decreto nº 5.622, de 19/12/2005, caracterizase como uma modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica

Leia mais

TERMO DE SUBLICENCIAMENTO E AUTORIZAÇÃO DE USO DE SOFTWARE

TERMO DE SUBLICENCIAMENTO E AUTORIZAÇÃO DE USO DE SOFTWARE TERMO DE SUBLICENCIAMENTO E AUTORIZAÇÃO DE USO DE SOFTWARE GLOBAL VILLAGE TELECOM S.A., com sede na cidade de Maringá, estado do Paraná, na Rua João Paulino Vieira Filho, nº 752, 2º andar, Novo Centro,

Leia mais

Cartilha Explicativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão (Serviço de Comunicação Multimídia)

Cartilha Explicativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão (Serviço de Comunicação Multimídia) Cartilha Explicativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão (Serviço de Comunicação Multimídia) Cartilha disponibilizada em atendimento ao disposto na Resolução Anatel n.º 574/2011 Página

Leia mais

Leitora Perto Smart. Guia de Instalação. Leitora Perto Smart Guia de Instalação. Janeiro/2010. Instalação da leitora Perto Smart.

Leitora Perto Smart. Guia de Instalação. Leitora Perto Smart Guia de Instalação. Janeiro/2010. Instalação da leitora Perto Smart. Leitora Perto Smart Guia de Instalação Página 1 de 14 Pré Requisitos para a instalação Dispositivos de Certificação Digital (Leitora Perto) Para que o processo de instalação tenha sucesso, é necessário

Leia mais

Descrição de Serviço da SAP Serviços de Suporte SAP Custom Development

Descrição de Serviço da SAP Serviços de Suporte SAP Custom Development Descrição de Serviço da SAP Serviços de Suporte SAP Custom Development A SAP oferece Serviços de Suporte para os Recursos desenvolvidos e entregues pela SAP nos termos de um Formulário de Pedido de Serviços

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 Sumário Prefácio: Prefácio...vii Capítulo 1: Apresentação do MozyPro...9 Capítulo 2: Noções básicas sobre os Conceitos do MozyPro...11 Noções básicas

Leia mais

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Visão geral do Serviço Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Os Serviços de gerenciamento de dispositivos distribuídos ajudam você a controlar ativos

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comissão de Segurança da Informação Núcleo de Governança Corporativa de TIC Setor de Segurança da Informação Revisão: 1.1 Vigência: 12/02/2016 Classificação:

Leia mais

O suporte técnico pode melhorar o desempenho do sistema e reduzir o tempo de paralisação;

O suporte técnico pode melhorar o desempenho do sistema e reduzir o tempo de paralisação; Descrição do Plano de Serviço Serviços de Suporte Técnico HP SmartFriend Visão geral: O HP SmartFriend o ajuda a solucionar uma grande variedade de problemas técnicos em seu Computador Pessoal (PC). O

Leia mais

Termo de Adesão ao Serviço "Oi Toca Aí

Termo de Adesão ao Serviço Oi Toca Aí Termo de Adesão ao Serviço "Oi Toca Aí Pelo presente instrumento particular, de um lado as empresas TELEMAR INTERNET LTDA, com sede nas Avenida Afonso Pena 4.001 8º andar sala A1 Serra Belo Horizonte MG

Leia mais

Solução de Segurança patrimonial com a tecnologia RFID(*)

Solução de Segurança patrimonial com a tecnologia RFID(*) Solução de Segurança patrimonial com a tecnologia RFID(*) (*) - RFID Identificação por Rádio Freqüência Usa antenas que lêem e gravam informações em chips, para monitoramento de ativos pessoas ou objetos

Leia mais

ORIENTAÇÕES DE USO DO TABLET

ORIENTAÇÕES DE USO DO TABLET ORIENTAÇÕES DE USO DO TABLET O tablet possui um manual do usuário já instalado. Assim que ligá-lo, basta clicar no ícone Manual, para ter acesso ao mesmo. O manual também está disponível através do link:

Leia mais

VERSÃO: DIREITOS DE USO: Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Tellfree Brasil Telefonia IP S.A

VERSÃO: DIREITOS DE USO: Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Tellfree Brasil Telefonia IP S.A VERSÃO: Março, 2015. DIREITOS DE USO: Publicação de uso exclusivo, classificada quanto ao nível de sigilo como RESERVADA. A presente documentação é propriedade da Tellfree Brasil Telefonia IP S.A., tem

Leia mais

Segue abaixo respostas aos questionamentos sobre o Pregão Eletrônico n 78/2014-SRP

Segue abaixo respostas aos questionamentos sobre o Pregão Eletrônico n 78/2014-SRP Prezada Pregoeira, PODER JUDICIÁRIO Segue abaixo respostas aos questionamentos sobre o Pregão Eletrônico n 78/2014-SRP 1. Item 8.7 do Termo de Referencia: 8.7 O monitoramento remoto de alarme deverá ser

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. 1) Recebimento de eventuais questionamentos e/ou solicitações de esclarecimentos Até 18/02/2009 às 18:00 horas;

ATA DE REUNIÃO. 1) Recebimento de eventuais questionamentos e/ou solicitações de esclarecimentos Até 18/02/2009 às 18:00 horas; ATA DE REUNIÃO CONSULTA PÚBLICA PARA AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO WEB-EDI Troca Eletrônica de Dados. Local Dataprev Rua Cosme Velho nº 06 Cosme Velho Rio de Janeiro / RJ. Data: 06/03/2009 10:30 horas. Consolidação

Leia mais

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.2. ExpressoMG

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.2. ExpressoMG Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge Manual do Usuário Versão 1.2 ExpressoMG 16/12/2015 Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Objetivos do Manual... 4 1.2 Público Alvo...

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

Esclarecimento: Não, a operação de matching ocorre no lado cliente da solução, de forma distribuída.

Esclarecimento: Não, a operação de matching ocorre no lado cliente da solução, de forma distribuída. 1 Dúvida: - Em relação ao item 1.2 da Seção 2 - Requisitos funcionais, entendemos que a solução proposta poderá funcionar em uma arquitetura Web e que na parte cliente estará apenas o componente de captura

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

26/09/2015. Windows Linux Mac OS/X IBM OS/2 Sun Solaris Google Android. MS-DOS Outros... O QUE É? SISTEMAS OPERACIONAIS

26/09/2015. Windows Linux Mac OS/X IBM OS/2 Sun Solaris Google Android. MS-DOS Outros... O QUE É? SISTEMAS OPERACIONAIS O QUE É? SISTEMAS OPERACIONAIS Um programa que vai gerenciar os recursos do seu computador, memória, processador, agenda de tarefas, segurança das transações, autenticação de usuários. Prof. André Aparecido

Leia mais

XDR. Solução para Big Data.

XDR. Solução para Big Data. XDR Solução para Big Data. ObJetivo Principal O volume de informações com os quais as empresas de telecomunicações/internet têm que lidar é muito grande, e está em constante crescimento devido à franca

Leia mais

Introdução Ciclo de vida tradicional de desenvolvimento Prototipagem Pacotes de software Desenvolvimento de 4ª geração Terceirização

Introdução Ciclo de vida tradicional de desenvolvimento Prototipagem Pacotes de software Desenvolvimento de 4ª geração Terceirização Prof. Ricardo José Pfitscher Material elaborado com base em: José Luiz Mendes Gerson Volney Lagemann Introdução Ciclo de vida tradicional de desenvolvimento Prototipagem Pacotes de software Desenvolvimento

Leia mais

QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013

QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013 QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 019/2013 A Contratante poderá estabelecer junto a Contratada um cronograma para execução do objeto, ou seja, poderá haver um planejamento para que o atendimento seja feito

Leia mais

P ODER J U D I C I Á R I O JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO

P ODER J U D I C I Á R I O JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO ESCLARECIMENTO 2 Referência: PREGÃO ELETRÔNICO 82/2011 Objeto: Registro de preços para aquisição de solução de biblioteca de fitas robotizadas (Tape Library) para o sistema de cópias de segurança (backup)

Leia mais

TELEFONIA E SOLUÇÕES CLOUD

TELEFONIA E SOLUÇÕES CLOUD PROPOSTA: TELEFONIA E SOLUÇÕES CLOUD EMPRESA: SCRIBE INFORMÁTICA LTDA DATA: 21 de Janeiro de 2014 A/C SRº JEAN 1 / 10 SOLUÇÃO DE TELEFONIA INTEGRADA O objetivo dessa proposta é apresentar os diferenciais

Leia mais

SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR

SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR SAW SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL Versão 1.0 ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR 2015 Este miniguia

Leia mais

Especificação Técnica Sistema ABS TEM+

Especificação Técnica Sistema ABS TEM+ Especificação Técnica Sistema ABS TEM+ A solução ABS TEM+ desenvolvida pela Vergence é baseada no conceito de TEM (Telecom Expenses Management), o qual visa a aplicação de melhoras em relação à tecnologia,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. ANEXO III DA RESOLUÇÃO Nº 26/2011-CUn ANÁLISE DOS PROJETOS DO PDTIC 2006-2011

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. ANEXO III DA RESOLUÇÃO Nº 26/2011-CUn ANÁLISE DOS PROJETOS DO PDTIC 2006-2011 ANEXO III DA RESOLUÇÃO Nº 26/2011-CUn ANÁLISE DOS PROJETOS DO PDTIC 2006-2011 I) Arquitetura e segurança de rede 1. Ampliar a Rede UFES a. Elaboração de projeto de ampliação da Rede UFES com vistas à disponibilização

Leia mais

BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EaD UAB/UFSCar Sistemas de Informação - prof. Dr. Hélio Crestana Guardia

BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EaD UAB/UFSCar Sistemas de Informação - prof. Dr. Hélio Crestana Guardia O Sistema Operacional que você usa é multitasking? Por multitasking, entende-se a capacidade do SO de ter mais de um processos em execução ao mesmo tempo. É claro que, num dado instante, o número de processos

Leia mais

Projeto: Implantação de Sistema Objetivo

Projeto: Implantação de Sistema Objetivo Projeto: Implantação de Sistema Objetivo Permitir ao aluno o contato com sistemas de informação gerenciais e com algumas fases de implantação de sistemas, como, análise do sistema, definição da matriz

Leia mais

Guia de Instalação TOTVS Segurança e Acesso 11.6.7

Guia de Instalação TOTVS Segurança e Acesso 11.6.7 10/2013 Sumário 1. Prefácio... 3 1.1. Finalidade... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Organização deste Guia... 3 1.4. Documentações Importantes... 4 2. Introdução... 5 2.1. Arquitetura Distribuída do Produto...

Leia mais

Projeto de Sistemas Distribuídos. Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com

Projeto de Sistemas Distribuídos. Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com Projeto de Sistemas Distribuídos Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com Exemplos de SD Quais podem ser? Ex. de SD: Internet Internet é um conjunto de redes de computadores, de muitos tipos diferentes,

Leia mais

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Às Licitantes do Pregão Demap nº 184/2011 - Presencial Prezados Senhores, Referimo-nos ao Edital do Pregão Demap nº 184/2011 -

Leia mais

Projeto Inovaeduc Perguntas Frequentes

Projeto Inovaeduc Perguntas Frequentes Projeto Inovaeduc Perguntas Frequentes 1) O que é o projeto Inovaeduc? O projeto Inovaeduc é um projeto pedagógico / educacional que contempla um conjunto de soluções tecnológicas educacionais que objetivam

Leia mais

Política de Celular Corporativo LIBBS

Política de Celular Corporativo LIBBS Política de Celular Corporativo LIBBS 1. Objetivo Estabelecer as diretrizes/normas para uso do Celular Corporativo LIBBS, recurso este disponibilizado para o trabalho, que visa melhorar a comunicação da

Leia mais

Endpoint Security Platform

Endpoint Security Platform AKER Endpoint Security Platform Proteção de endpoints dentro e fora da empresa Ataques virtuais a redes corporativas têm se tornado cada vez mais comuns. Sob constante ameaça, as empresas passaram a utilizar

Leia mais

Manual de instalação, configuração e utilização do Enviador XML

Manual de instalação, configuração e utilização do Enviador XML Manual de instalação, configuração e utilização do Enviador XML 1. Conceitos e termos importantes XML Empresarial: é um sistema web (roda em um servidor remoto) de armazenamento e distribuição de documentos

Leia mais

Julgue os itens a seguir, referentes a programas de navegação, programas de correio eletrônico e sítios de busca e pesquisa na Internet.

Julgue os itens a seguir, referentes a programas de navegação, programas de correio eletrônico e sítios de busca e pesquisa na Internet. 01 Q360880 Noções de Informática Internet Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: MDICProva: Agente Administrativo BETA Julgue os itens a seguir, referentes a programas de navegação, programas de correio eletrônico

Leia mais

PROJETO CURSO ALUNO INTEGRADO / 2013

PROJETO CURSO ALUNO INTEGRADO / 2013 PROJETO CURSO ALUNO INTEGRADO / 2013 INSTITUIÇÃO PROPONENTE: Ministério da Educação CNPJ: 00.394.445/0124-52 SETOR RESPONSÁVEL PELO PROJETO: Secretaria de Educação Básica(SEB) ENDEREÇO: Esplanada dos Ministérios,

Leia mais

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof.

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof. Aula 04 Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware:

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

TREINAMENTO SISTEMA ACADÊMICO (SA) E WEBDIÁRIO

TREINAMENTO SISTEMA ACADÊMICO (SA) E WEBDIÁRIO MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA, EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ Gerência de Tecnologia da Informação TREINAMENTO SISTEMA ACADÊMICO (SA) E WEBDIÁRIO Janeiro de 2009 NOTA DE CONFIDENCIALIDADE

Leia mais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais ITIL Conteúdo 1. Introdução 2. Suporte de Serviços 3. Entrega de Serviços 4. CobIT X ITIL 5. Considerações Finais Introdução Introdução Information Technology Infrastructure Library O ITIL foi desenvolvido,

Leia mais

Minuta de Termo de Referência

Minuta de Termo de Referência Minuta de Termo de Referência Contratação de serviço para elaboração do mapeamento, análise, propostas e implantação de melhorias nos processos de trabalho da Coordenadoria Geral de Licenciamento Ambiental

Leia mais

PLASAC POLÍTICA PARA UTILIZAÇÃO DA INTERNET Versão 1.0

PLASAC POLÍTICA PARA UTILIZAÇÃO DA INTERNET Versão 1.0 PLASAC - POLÍTICA PARA UTILIZAÇÃO DA INTERNET PLASAC POLÍTICA PARA UTILIZAÇÃO DA INTERNET Versão 1.0 Tecnologia da Informação. Índice: 1. Introdução 2. Objetivos da política 3. Princípios da política 4.

Leia mais

Atualizações de Software Guia do Usuário

Atualizações de Software Guia do Usuário Atualizações de Software Guia do Usuário Copyright 2009 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows e Windows Vista são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA. Aviso sobre o produto

Leia mais

... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB

... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB ... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.2 SENHA 4 1.3 INSTALAÇÃO 4 1.3.1 INSTALAÇÃO PARA MODERADOR 4 1.3.2 INSTALAÇÃO PARA PARTICIPANTES 8 1.3.2.1 PELO

Leia mais

APÓS A INSTALAÇÃO, MÃOS À OBRA. E AO TECLADO. MANUAL DE INSTALAÇÃO

APÓS A INSTALAÇÃO, MÃOS À OBRA. E AO TECLADO. MANUAL DE INSTALAÇÃO APÓS A INSTALAÇÃO, MÃOS À OBRA. E AO TECLADO. MANUAL DE INSTALAÇÃO 1 SEJA BEM-VINDO AO SIENGE. PARABÉNS! A partir de agora a sua empresa irá contar com os benefícios do Sienge. Conte conosco para ajudá-lo

Leia mais

Desenvolvendo um Ambiente de Aprendizagem a Distância Utilizando Software Livre

Desenvolvendo um Ambiente de Aprendizagem a Distância Utilizando Software Livre Desenvolvendo um Ambiente de Aprendizagem a Distância Utilizando Software Livre Fabrício Viero de Araújo, Gilse A. Morgental Falkembach Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção - PPGEP Universidade

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL - MAC

SISTEMA OPERACIONAL - MAC Manual do Usuário SISTEMA OPERACIONAL - MAC Copyright GVT 2015 Versão 1.0.0 www.gvtcloud.com.br 1 1 Cloud... 3 1.1 Instalação do Cloud... 4 2 Configurações de preferências... 8 2.1 Geral... 10 2.2 Pastas...

Leia mais

Visando atender as diferentes realidades de seus jurisdicionados, o sistema LicitaCon contará com dois módulos para o recebimento das informações.

Visando atender as diferentes realidades de seus jurisdicionados, o sistema LicitaCon contará com dois módulos para o recebimento das informações. Manual e Validador De TCERS WIKI Conteúdo 1 Apresentação 1.1 Informações Gerais 1.2 Requisitos mínimos de hardware e software 1.3 Leiaute dos Arquivos 2 Instalação do Aplicativo 2.1 Instalação do Java

Leia mais

Ofício Circ. n o 97 /2008-ADADM-Anatel Brasília/DF, 18 de julho de 2008.

Ofício Circ. n o 97 /2008-ADADM-Anatel Brasília/DF, 18 de julho de 2008. SAUS Quadra 6 Bloco H Brasília/DF CEP: 70070-940 (61) 2312-2000 e (Fax 2312-2002) http//www.anatel.gov.br Ofício Circ. n o 97 /2008-ADADM-Anatel Brasília/DF, 18 de julho de 2008. Às empresas interessadas

Leia mais

SOFTWARES DE SIMULAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA

SOFTWARES DE SIMULAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA Aula 7 SOFTWARES DE SIMULAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA META Discutir a utilização de softwares no ensino de Química. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: Através da utilização do software carbópolis,

Leia mais

Informações e Requisitos para o software NextSoft para 2016

Informações e Requisitos para o software NextSoft para 2016 Informações e Requisitos para o software NextSoft para 2016 Neste documento, você encontrará informações sobre: Parte 1 Informações sobre requisitos técnicos do computador, impressoras, e demais questões

Leia mais

Darwin Portal. Documentação Darwin Portal

Darwin Portal. Documentação Darwin Portal Darwin Portal Documentação Darwin Portal Versão 2.0.0 Outubro/2015 1. Introdução... 2 2. Darwin Portal, Requisitos de Acesso e Visão Geral... 2 3. My Darwin... 6 3.1. Operação... 6 3.2. Veículo... 7 3.3.

Leia mais

Faculdade de Tecnologia de Barueri Padre Danilo José de Oliveira Ohl. Portaria nº 05/2014

Faculdade de Tecnologia de Barueri Padre Danilo José de Oliveira Ohl. Portaria nº 05/2014 Página 1 de 9 Portaria nº 05/2014 Estabelece e Regulamenta a Política de Uso dos Computadores, Laboratórios de Informática e Equipamentos Eletrônicos da Faculdade de Tecnologia de Barueri. O Diretor da

Leia mais

Mindset Webcasting. Mindset Comunicação e Marketing. Conheça a solução completa da Mindset para transmissão de áudio, vídeo e dados pela Internet.

Mindset Webcasting. Mindset Comunicação e Marketing. Conheça a solução completa da Mindset para transmissão de áudio, vídeo e dados pela Internet. Mindset Webcasting Mindset Comunicação e Marketing Conheça a solução completa da Mindset para transmissão de áudio, vídeo e dados pela Internet. O que é webcast? Webcast é a captura e transmissão via internet

Leia mais

HP Factory Express. Para obter mais informações sobre o portfólio de computação pessoal HP PC Factory Express, visite www.hp.com/go/factory-express

HP Factory Express. Para obter mais informações sobre o portfólio de computação pessoal HP PC Factory Express, visite www.hp.com/go/factory-express HP Factory Express Serviços de personalização Portfólio de computação pessoal Para obter mais informações sobre o portfólio de computação pessoal HP PC Factory Express, visite www.hp.com/go/factory-express

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 4 Referência: Pregão Eletrônico n. 052/2010 Data: 19/11/2010 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de atendimento remoto e presencial a usuários de tecnologia

Leia mais

7 DIFERENÇAS ENTRE PABX e PABX IP. Comparativo de recursos e benefícios telefônicos para sua empresa

7 DIFERENÇAS ENTRE PABX e PABX IP. Comparativo de recursos e benefícios telefônicos para sua empresa 7 DIFERENÇAS ENTRE PABX e PABX IP Comparativo de recursos e benefícios telefônicos para sua empresa ÍNDICE Definição de PABX e PABX-IP 1ª - Gravação de Chamadas 2ª - URA 3ª - Fila de Atendimento 4ª - Ramal

Leia mais

TERMO DE USO E POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO GVT SOS DISPOSITIVOS

TERMO DE USO E POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO GVT SOS DISPOSITIVOS TERMO DE USO E POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO GVT SOS DISPOSITIVOS Pelo presente Termo de Uso, de um lado a GVTXXXXXXXXX., sociedade com sede social na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na XXXXXXXXXXXXXXXXXX,

Leia mais

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5 SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5 CAPÍTULO III 5 DA INFRAESTRUTURA 5 Seção I 6 Das Dependências 6 Seção II 6 Do Hardware e Software 6 Seção III 7 Das Manutenções 7

Leia mais

DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO - DAD COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CGADM COORDENAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA COINF SERVIÇO DE LICITAÇÃO - SELIC

DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO - DAD COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CGADM COORDENAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA COINF SERVIÇO DE LICITAÇÃO - SELIC DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO - DAD COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CGADM COORDENAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA COINF SERVIÇO DE LICITAÇÃO - SELIC Of. n.º 319/2009 Brasília, 11 de maio de 2009. Ref.:

Leia mais

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 FileMaker Pro 14 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 2007-2015 FileMaker, Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 014/2015

CONSULTA PÚBLICA Nº 014/2015 CONSULTA PÚBLICA Nº 014/2015 A Secretaria de Estado da Fazenda - SEFAZ realizará oportunamente processo de licitação visando à AQUISIÇÃO DE TI FERRAMENTA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS.NET MICROSFOT VISUAL

Leia mais

Curso Técnico em Informática Organização Curricular. A carga horária total dos módulos é oferecida conforme quadro síntese abaixo:

Curso Técnico em Informática Organização Curricular. A carga horária total dos módulos é oferecida conforme quadro síntese abaixo: FEDERAÇÃO DOS CÍRCULOS OPERÁRIOS DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA TÉCNICA SANTO INÁCIO Estrada Costa Gama, nº 1009 Belém Velho - Porto Alegre RS Fone: (51) 3374-2858 escola@stoinacio.com.br www.stoinacio.com.br

Leia mais

WatchKey. WatchKey USB PKI Token. Versão Windows. Manual de Instalação e Operação

WatchKey. WatchKey USB PKI Token. Versão Windows. Manual de Instalação e Operação WatchKey WatchKey USB PKI Token Manual de Instalação e Operação Versão Windows Copyright 2011 Watchdata Technologies. Todos os direitos reservados. É expressamente proibido copiar e distribuir o conteúdo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE

ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE Introdução O administrador de redes geovanegriesang@ifsul.edu.br www.geovanegriesang.com Gerenciamento de redes Gerenciamento de rede é o ato de iniciar, monitorar e modificar

Leia mais

ANEXO I - DISCRIMINAÇÃO

ANEXO I - DISCRIMINAÇÃO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Coordenadoria de Segurança Institucional PE nº. 73/3 ANEXO I - DISCRIMINAÇÃO AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE MONITORAMENTO E RASTREAMENTO

Leia mais