Como escolher um saco de dormir?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como escolher um saco de dormir?"

Transcrição

1 Recomendações sobre o material individual. Como escolher um saco de dormir? Mais do que apenas uma cama, o saco de dormir irá protegê-lo durante uma noite na natureza. Sentir frio no meio da noite ou mesmo morrer de calor a ponto de não deixá-lo dormir não significa que você não comprou um bom saco de dormir mas, sim, que você comprou o saco errado... Por ser um item fundamental, o cuidado na escolha é imprescindível. E, para isso, você precisa levar em consideração uma série de detalhes e dicas, que listamos abaixo. Mas, antes disso, é importante que você considere como pretende usar seu equipamento, em que ocasião e situação etc. Vai acampar perto do carro? Irá usá-lo em acampamentos selvagens e, portanto, precisará carregá-lo dentro da mochila? Você só acampa em praias e em lugares quentes? Precisa de um equipamento multi-funções, que vire um edredon na casa de praia ou quer um saco de dormir que suporte temperaturas negativas? Antes de comprar um saco de dormir, uma boa regra é pensar na noite mais fria que você deverá enfrentar e, então, desça uns 5 graus centígrados. Lembre-se que é mais difícil se manter aquecido em um saco de dormir fabricado para temperaturas mais quentes do que se refrescar em um saco de dormir para temperaturas mais frias um zíper totalmente aberto costuma resolver este problema em questão de segundos. Algumas situações de uso do saco de dormir: Camping - por estar muito próximo do carro, o peso e o volume não são significativos, podendo escolher modelos que ofereçam mais conforto, como os retangulares que, abertos, viram um grande edredon. Trilhas - serão carregados na mochila por trilhas que podem exigir de um a vários pernoites. A relação volume x peso deverá ser bem menor que o equipamento usado no camping. Expedição - além de serem carregados na mochila, exigem uma alta performance e serão escolhidos de acordo com a região a ser visitada, podendo variar entre -15oC a -50oC (top de linha no mundo, com pouquíssimos usuários. Estes equipamentos só são utilizados nas regiões dos pólos. Nem mesmo o Everest exige saco tão potente). Detalhes a serem considerados, antes de comprar um saco de dormir: 1 - Formato existem dois formatos principais de sacos de dormir: a - Camping são os retangulares. Costumam abrir inteiramente, se tornando um edredon. Alguns vêm com capuz, o que facilita em lugares mais frios mas, em geral, são sacos para lugares quentes, pois a abertura maior deixa escapar o calor com mais facilidade. Para quem é um pouco claustrofóbico ou se mexe muito durante a noite, estes modelos são os mais indicados.

2 b - Múmia acompanha o formato do corpo e aquece melhor, além de ser mais leve e compacto. Todos os sacos deste tipo, da Trilhas & Rumos, possuem zíperes e permitem transformá-lo em saco de casal (tenha certeza de ter comprado sacos com zíperes colocados em lados opostos, para que possam se unir). Alguns vêm com fitas compressoras para diminuir o tamanho quando guardados. 2 - Temperatura Além do nome, o que difere os modelos é a temperatura mínima na qual ele permite que você durma confortavelmente dentro dele isto não é uma ciência exata e você só verá efetivamente a diferença entre sacos do mesmo fabricante. Aguns fatores devem ser levados em consideração, como o cansaço, a presença de vento, a fome, a umidade e fatores pessoais, já que existem pessoas calorentas e friorentas (em geral pessoas com menor pressão sanguínea e gordura corporal tendem a sentir mais frio). As temperaturas indicadas na embalagem do saco de dormir dão uma medida do conforto, mas é preciso sempre considerar alguma margem, podendo afirmar que nossas indicações servem para cerca de 80% das pessoas, sempre lembrando que o uso de um colchonete isolante em conjunto é indispensável, pois o peso do corpo reduz a eficiencia isolante das fibras sob o peso do corpo. Na embalagem a temperatura é definida como de conforto, tolerância e extrema. "Conforto" é a temperatura em que se sentirá bem no saco de dormir sem o uso de roupas muito pesadas. "Tolerância" indica que seria necessário estar vestido com o mesmo tipo de agasalho que usaria ao ar livre, naquela temperatura (quando dormimos ou estamos inativos precisamos mais proteção ao frio). E "extremo" indica que é necessário o uso de agasalhos extras para se sentir ainda confortável na temperatura indicada dentro do saco de dormir. Procure deitar alimentado por uma refeição quente e você terá uma noite melhor. E, o mais importante, procure ter um saco de dormir um pouco além do que a temperatura mínima que você pretende enfrentar. Se você usar o seu saco de dormir envolto por um cobertor ou um saco de alumínio de emergência, seu isolamento térmico melhora em até 5o C, protegendo-o também da umidade. O cobertor de emergência é um acessório útil e de baixo custo que não deve faltar dentro das mochilas Colar térmico e capuz nós perdemos pelo menos 25% do calor pela cabeça e, para mantê-lo aquecido, nossos sacos de dormir possuem capuzes que fecham o suficiente para permiti-lo respirar mas não deixam o calor gerado pelo seu corpo sair. O colar térmico impede que o calor do corpo saia pela abertura na área do pescoço, mantendo seu corpo aquecido. Vale lembrar aqui que todos os equipamentos para frio não "fabricam" calor, mas têm a função de não permitir que o calor produzido pelo próprio corpo se dissipe mantendo, assim, seu conforto térmico. Estes itens costumam não existir em sacos de dormir retangulares, mas são fundamentais em sacos que agüentam baixas temperaturas. 4 - Costuras quentes costuras podem ser uma importante forma de se perder calor, pelos micro furos feitos pela agulha. Assim, os sacos de dormir para temperaturas mais frias possuem costuras "desencontradas" entre a camada interna e externa, não permitindo a fuga do ar quente. 5 - Zipper os zíperes devem ser fáceis de manusear e abrir para os dois lados. Lembre-se que você poderá ter de manuseá-los com luvas, em noites mais frias. Os sacos de dormir desenhados para temperaturas mais baixas terão uma aba entre seu corpo e o zíper, para não permitir que seu calor saia por ali.

3 6 - Tecido externo e interno normalmente, são feitos de náilon/poliéster (externo) e tactel ou microfibra (interno). O náilon exterior não é tratado com impermeabilizantes, pois seu corpo transpira muito durante a noite e este vapor precisa sair de alguma forma, para não condensar dentro do saco e acabar molhando-o. 7 - Enchimento é aqui que está a diferença da maioria dos sacos de dormir... é aqui que se define o quanto um saco de dormir suporta de temperatura. O ar é o maior isolante que temos e a capacidade das fibras do enchimento armazenar ar é o que vai torná-lo mais ou menos quente. As fibras podem ser naturais (pluma do papo de ganso duvet ou down e lã) ou sintéticas. As fibras sintéticas existem em várias formas e nomes, de acordo com seu fabricante, e procuram imitar o isolamento e a capacidade de compressão que a pena de ganso oferece. No entanto, a pena de ganso não funciona quando molhada, demora para secar (e a secagem é a parte mais delicada do uso da pena de ganso) e a manutenção de um saco de dormir feito com este material é bastante delicada. Além disso, costuma ter uma vida útil menor que a fibra sintética. Esta, por sua vez, é mais pesada que a pena, mas continua mantendo o calor mesmo molhada, seca mais rápido e a manutenção é um pouco mais fácil, mas ainda assim exige alguns cuidados importantes A tecnologia que existe por trás das fibras sintéticas não pára de melhorar, tornando-as cada vez mais próximas da pena de ganso em peso, capacidade de aquecimento e compressão. Uma das formas de se medir a espessura das fibras sintéticas é através do denier. Um fio de cabelo tem 20 denier, por exemplo. Quanto maior o número, mais grosso é o fio. A base para estas pesquisas foi a lã de carneiro e, hoje, as fibras sintéticas procuram imitá-la. CUIDADOS BÁSICOS COM O SACO DE DORMIR: Nunca guarde seu saco de dormir comprimido na embalagem, pois isto fará com que as fibras "se acomodem" e não voltem a se expandir. Este processo de expansão da fibra, enchendo a de ar, é o que proporciona a eficácia do enchimento, já que o ar é o melhor isolante que existe. Alguns modelos possuem pendurador e você pode deixá lo no cabide. Outra boa forma de guardá lo é dentro de um enorme saco de algodão, longe da poeira e sem comprimi lo, mas esta alternativa pode exigir um espaço físico que você não tem. Não o transporte fora da mochila. O lugar do saco de dormir é no fundo da mesma, envolvido em um saco plástico para não correr o risco de molhar na chuva. Ao guardá lo no saco, soque o lá dentro. Embrulhar com cuidado é prejudicial às fibras, que criarão uma espécie de "memória", se acostumando com determinada posição. Empurrá lo desordenadamente para dentro do saco é a melhor forma de guardá lo. Tenha roupas extras confortáveis e secas para vestir durante a noite. E deixe a roupa úmida usada durante o dia para ser colocada apenas no dia seguinte. Lembre se de não levar roupas apertadas, que possam restringir a circulação.

4 MOCHILAS Mochilas de Uso Diário Procure por mochilas que vão de 10, 15 a 35, 40 litros. Procure uma com vários bolsos. É uma forma de guardar óculos escuros, cameras e mapas longe da comida e da água. As melhores mochilas são aquelas que possuem um painel nas costas, para proteger suas costas e deixar algum espaço livre para a ventilação. Alças acolchoadas não são muito comuns mas bastante úteis se a mochila estiver com o peso um pouco acima do indicado. Capa de chuva embutida é sempre uma ótima opção! É claro que há a opção de cor, formato etc. Mas isso é com você... Mochilas de Uso Misto Procure por mochilas entre 40 e 60 litros. Se você for fazer caminhadas mais longas, procure as maiores. Para caminhadas curtas, as menores já servirão. Mas lembre se que, se ela estiver pesada demais, sua capacidade de distribuição do peso deve ser compatível, ou seja, não adianta querer colocar uma mochila sem barrigueira cheia de todo o material de camping necessário para uma noite ao ar livre. Quem vai sofrer é você! Procure mochilas que se ajustem ao seu corpo. Isto quer dizer barrigueiras que fechem na sua cintura e tenham fita suficiente para apertar ainda mais (sem ficar largo! Afinal, é aí que você carregará boa parte do peso). E alças que sejam ajustáveis ou, então, acompanhem a sua distância entre o ombro e o meio dos quadris, onde deverá estar sua barrigueira. Mochilas com armações internas são mais confortáveis do que as suas irmãs com armações externas. Alças e barrigueira acolchoadas já começam a ser quase fundamentais... Bolsinhos, capa de chuva embutida e fitas para você comprimir e guardar material é sempre útil. Muitas oferecem saída para mangueira de hidratação e local especial para o cantil flexível. São cada vez mais usados e sempre muito eficientes, já que você não precisa parar de se exercitar para se hidratar. Mochilas Cargueiras Algo entre 60 e 90 litros é o que você encontrará com este nome. Mais do que a quantidade de equipamento que você pretende carregar, você precisa saber o que agüenta carregar! Lembre se que uma pessoa acostumada a trilhas e que esteja bem preparada fisicamente deverá carregar, no máximo, 1/3 de seu peso. Pouco preparo? Diminua para ¼. Sem preparo ou nenhuma experiência? 1/5 e não se fala mais nisso! Mesmo assim, algumas coisas precisam entrar na mochila, se você pretende passar uma noite ao ar livre, ou várias. Barraca, saco de dormir, roupas, comida, fogareiro, panelas etc. Procure mochilas que sejam do seu tamanho ou que tenham regulagens nas costas, para adequar a distância entre os ombros e os quadris. Alças, barrigueira e costas acolchoadas são fundamentais. Você carregará muito peso por longas horas e precisa usar algo confortável...

5 Bolsinhos, capa de chuva embutida e fitas para você comprimir e guardar material do lado de fora é muito importante. Aqui também muitas oferecem saída para mangueira de hidratação e local especial para o cantil flexível. São cada vez mais usados e sempre muito eficientes, já que você não precisa parar de se exercitar para se hidratar. Mais dicas: Normalmente, o tecido usado para fazer as mochilas é náilon ou lona de náilon. Costumam ser tratados para repelir a água, mas não são impermeabilizados. Cuide se durante chuvas, pois elas podem encharcar o seu equipamento. Procure SEMPRE uma mochila do seu tamanho, que sirva para você ou que tenha ajustes para fazê la servir. Preste atenção nas fitas situadas na parte de cima das alças. Estas fitas são feitas para aproximar a parte superior da mochila ao seu corpo, para melhorar o equilíbrio. Estas fitas e a barrigueira são fundamentais para o seu conforto. Enchimento das alças, costas e barrigueira feitos com espumas firmes, densas, apoiam melhores. Espumas de densidades mais suaves acabam sendo mais macias mas, também, podem ser menos confortáveis depois de longas horas. A maioria das mochilas cargueiras possui abertura por cima e pela frente, na parte de baixo, facilitando o acesso aos equipamentos situados no fundo da mochila. Compartimentos que separam o fundo do resto podem até ser funcionais, mas não são fundamentais dependendo da sua forma de usar uma cargueira, também podem complicar bastante a sua vida, na hora de montá la. Quando for guardar alguma coisa nas laterais das mochilas ou mesmo na parte da frente, como bastões de caminhada, as varetas da barraca, o isolante térmico ou mesmo o sobreteto da barraca, tenha certeza de que a fita está bem firme e que você não corre o risco de perder o equipamento, preso a algum galho de árvore ou simplesmente cair pelo caminho. Armações internas são feitas para transferirem o peso da carga. Normalmente, elas são compostas de duas varetas de alumínio e uma placa semi rígida de plástico. ISOLANTES TÉRMICOS Isolante térmico: por que usar? Como o próprio nome diz, os isolantes térmicos têm a função de isolar a temperatura do solo, e são utilizados como uma espécie de colchão. Eles fazem um par perfeito com os sacos de dormir, garantindo uma boa e aconchegante noite de sono dentro das barracas de acampamento, ainda que o chão esteja frio, úmido ou irregular. Antigamente, quando não havia muitas opções de equipamentos especializados para acampamento, usava-se jornal ou papelão como isolante térmico. Depois passou-se a usar colchonetes com enchimento de algodão, espuma ou tecido. Estes, no entanto, são grandes, pesados e difíceis de transportar, especialmente em casos de caminhadas de longa distância, onde toda a bagagem necessária deve ser acomodada na própria mochila.

6 Os isolantes térmicos modernos vieram substituir esses materiais. Atualmente existem vários tipos de isolantes no mercado sendo que os mais comuns são feitos em espuma de EVA (sigla de Etileno Vinil Acetato). Além de não exalar cheiro algum e serem extremamente leves (geralmente com menos de meio quilo), esses materiais isolam o corpo tanto do calor quanto do frio que vem do chão. E ainda protegem o corpo das irregularidades do terreno. Em casos de emergência, esse tipo de isolante pode até ser usado para imobilizar fraturas. Existem alguns tipos revestidos com lâminas de alumínio, o que dá mais resistência ao isolante. LANTERNAS 1. Tenha sempre pilhas sobressalentes e cheque a carga da bateria que está sendo usada. 2. Não guarde as lanternas com as pilhas. 3. Verifique sempre o estado da lâmpada reserva. 4. Proteja a sua lanterna da umidade, principalmente se ela for apenas resistente à água. 5. Se for à prova d'água e molhar, seque a e limpe a antes de guardar. 6. As pilhas usadas podem e devem ser recicladas do contrário, viram lixo tóxico, extremamente danoso ao meio ambiente. Reciclar é simples e prático (separe um recipiente em casa para elas e, ao enchê lo, jogue em lixeiras apropriadas para a reciclagem). Incentive as pessoas que convivem com você a fazerem o mesmo... Tipos de lanternas e lâmpadas: 1. Headlamp (lanterna de cabeça ou frontal) é a mais indicada para o praticante de esportes ao ar livre, por deixar as mãos livres, facilitando na hora de montar a barraca, fazer a comida, escalar e/ou rapelar, andar em trilhas etc. 2. Lanterna de mão esta todo mundo conhece... São as mais tradicionais e, caso você queira usá las em atividades ao ar livre, procure mantê las por perto com uma fita de segurança. Costumam ser um eficiente backup para as lanternas de cabeça. 3. Lanternas resistentes à água praticamente todas são resistentes, pois se destinam ao uso ao ar livre. 4. Lanternas à prova d'água algumas o são. Não deixam de ser uma tranqüilidade em uma forte chuva de verão Lanternas seladas são aquelas feitas para lugares confinados com acúmulo de gás, tendo o perigo de explodir ao utilizar uma lanterna convencional. 6. Tipos de lâmpadas standard, halogêneas, xenon (gás), krypton e led. Saiba o uso que dará ao seu equipamento e escolha a que melhor se adapta às suas necessidades, lembrando que algumas iluminam muito melhor mas também gastam muito mais pilhas e baterias que o normal...

7 LOJAS ESPECIALIZADAS Pé na Trilha Digital (Loja Internet): (de segunda à sexta-feira das 8:30 às 18:30 h). Loja Paraíso: Rua Apeninos Paraíso (de segunda à sexta das 10 às 20 h e sábado das 9:30 às 16 h). Endereço: Alameda dos Nhambiquaras, 946 Moema São Paulo S.P. Tel.: (11) Horários de Funcionamento: Segunda a Sexta: das 10:00 às 20:00 Sábado: das 9:30 às 16:00 Loja Morumbi Dados da loja Rua Duquesa de Goias, São Paulo Tel. :(11) Fax :(11) Ao lado da Leroy Merlin da Marginal Pinheiros, antes da ponte do Morumbi. Os horários De Segunda do Sábado : 9h00 a 22h00 Domingo : 10h00 a 20h00 Loja Raposo Tavares Dados da loja Rod Raposo Tavares, KM16 Rio Pequeno São Paulo Tel. :(011) Fax :(011) Km 16 saída para Av. Escola Politécnica Os horários De Segunda do Sábado : 9h00 a 22h00 Domingo : 10h00 a 20h00

8 MUNDO TERRA HIGIENÓPOLIS R. Maria Antônia, 80 Telefones: / Convênio c/ Way Parking Rua Maria Antonia nº Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta das 9:00 às 20:00hs Sábados 9:00 às 17:00hs PINHEIROS Av. Pedroso de Moraes, 1085 Telefones: Vendas: / Estacionamento próprio. Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta das 9:00 às 20:00hs Sábados 9:00 às 17:00hs

Primeiros Socorros. O que fazer imediatamente após acontecer um acidente?

Primeiros Socorros. O que fazer imediatamente após acontecer um acidente? Primeiros Socorros Dicas de Primeiros Socorros Você não precisa ser um socorrista experiente para conseguir ajudar alguém que se machucou no meio da natureza. Mas algumas coisas são fundamentais ter em

Leia mais

1 SEGURANÇA, 2 PRATICIDADE, 3 CONFORTO

1 SEGURANÇA, 2 PRATICIDADE, 3 CONFORTO ATIVIDADES RECREATIVAS 052 Texto: Aênio Rodrigues; Diagramação: Khelven Klay AÊNIO RODRIGUES Faça sua apresentação: Sou desbravador desde os 9, participo do clube Reino Marinho da cidade de Lagarto-SE.

Leia mais

Refil Hydrat Pró. Código: 0166A Peso: 216 gramas

Refil Hydrat Pró. Código: 0166A Peso: 216 gramas LANÇAMENTO ÚNICO PRODUZIDO NO BRASIL Refil Hydrat Pró Código: 0166A Peso: 216 gramas Mais que um reservatório, o Hydrat Pró é um sistema com alto desempenho que conecta você à hidratação na hora que você

Leia mais

A Maxflex é a única empresa brasileira de Colchões e Sistemas de Dormir que possui certificação ISO 9001 nos escopos:

A Maxflex é a única empresa brasileira de Colchões e Sistemas de Dormir que possui certificação ISO 9001 nos escopos: Manual do usuário A Maxflex é a única empresa brasileira de Colchões e Sistemas de Dormir que possui certificação ISO 9001 nos escopos: Desenvolvimento, Produção e Comercialização. 3 1 Um sonho, um desejo

Leia mais

GUIA DE COMPRA. Edredões, almofadas e protetores

GUIA DE COMPRA. Edredões, almofadas e protetores GUIA DE COMPRA Edredões, almofadas e protetores 2016 Edredões, almofadas e protetores de almofadas Edredões, almofadas e protetores são uma parte importante do conforto completo para dormir. A almofada

Leia mais

WWW.APRDESIGNERS.PPG.BR 2341.7634. 44x30x14 cm 0,470 kg

WWW.APRDESIGNERS.PPG.BR 2341.7634. 44x30x14 cm 0,470 kg mochilas casual ny212 Costas e alças de mão acolchoadas: mais conforto para carregar sua mochila. Diversas cores: mais opções de escolha. Revestida em poliéster 600: beleza e durabilidade. Costura reforçada:

Leia mais

Hardware Básico. Refrigeração. Professor: Wanderson Dantas

Hardware Básico. Refrigeração. Professor: Wanderson Dantas Hardware Básico Refrigeração Professor: Wanderson Dantas Ventoinhas Ventoinhas são pequenos ventiladores que melhoram o fluxo de ar dentro do computador, trazendo ar frio para dentro do computador e removendo

Leia mais

Práticas Verdes Para Condomínios

Práticas Verdes Para Condomínios Guia de Práticas Verdes Para Condomínios A economia que faz bem para o seu bolso e para o meio ambiente Com o objetivo de incentivar e disseminar práticas sustentáveis em condomínios, o Secovi Rio criou

Leia mais

Manual de Consumo Consciente de Energia. Veja se você está aproveitando a energia com todo o conforto e segurança que ela traz.

Manual de Consumo Consciente de Energia. Veja se você está aproveitando a energia com todo o conforto e segurança que ela traz. Manual de Consumo Consciente de Energia. Veja se você está aproveitando a energia com todo o conforto e segurança que ela traz. Quando você utiliza energia de forma eficiente, todo mundo sai ganhando.

Leia mais

Téc. Caminhada, Graduação / Classificações, Acampamento, Logística e Ética

Téc. Caminhada, Graduação / Classificações, Acampamento, Logística e Ética Téc. Caminhada, Graduação / Classificações, Acampamento, Logística e Ética CLASSIFICAÇÃO - MODELO AMERICANO Classe 1 * Caminhada. Uso de trilhas simples e demarcadas, pode haver inclinação mas não há a

Leia mais

A brisa do mar está ótima!

A brisa do mar está ótima! A brisa do mar está ótima! Mais um fim de semana. Cristiana e Roberto vão à praia e convidam Maristela para tomar um pouco de ar fresco e de sol, e tirar o mofo! É verão e o sol já está bem quente. Mas

Leia mais

A estrutura do nosso corpo foi "projetada" para suportar o nosso peso. A mochila é, portanto, uma carga extra.

A estrutura do nosso corpo foi projetada para suportar o nosso peso. A mochila é, portanto, uma carga extra. Arrumar a Mochila Corpo Nacional de Escutas Agrupamento 143 S. Mamede de Infesta A estrutura do nosso corpo foi "projetada" para suportar o nosso peso. A mochila é, portanto, uma carga extra. Graças à

Leia mais

MANUAL COM DICAS SOBRE CONSUMO DE ENERGIA

MANUAL COM DICAS SOBRE CONSUMO DE ENERGIA SISTEMA SOLAR DE AQUECIMENTO DE ÁGUA a) Quando for adquirir um sistema de aquecimento solar dê sempre preferência aos modelos com o Selo Procel. b) Dimensione adequadamente o sistema (coletores e reservatórios)

Leia mais

ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR EDUCAÇÃO CÍVICA E PORTUGUÊS. 3.º Período - Abril

ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR EDUCAÇÃO CÍVICA E PORTUGUÊS. 3.º Período - Abril ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR EDUCAÇÃO CÍVICA E PORTUGUÊS 3.º Período - Abril Ano/ Turma: 7.º B Diretora de Turma e Professora de Português: Ana Cruz Alunos: N.º 1 Alexandrina Fonseca Na minha opinião, se

Leia mais

dicas de fotografia no frio por Daniel Duclos www.ducsamsterdam.net

dicas de fotografia no frio por Daniel Duclos www.ducsamsterdam.net dicas de fotografia no frio por Daniel Duclos www.ducsamsterdam.net Quando tá frio muito frio, com temperaturas negativas, e nevando ainda por cima, é interessante tomar alguns cuidados pra fotografar

Leia mais

FISIOLOGIA DA HIDRATAÇÃO:

FISIOLOGIA DA HIDRATAÇÃO: FISIOLOGIA DA HIDRATAÇÃO: Ed Burke, Phd. Fisiologista do Esporte da Universidade do Colorado (USA). DEFINIÇÃO: Causas de fadiga muscular: - Desidratação: Transpiração, respiração, produção de urina. -

Leia mais

O QUE É A AURORA BOREAL

O QUE É A AURORA BOREAL E-mail: rudyfav@gmail.com Facebook: Rudy Fávero Instagram: @rudyfavero O QUE É A AURORA BOREAL As luzes se originam no sol, mas precisamente pelo contato de partículas emitidas pelo sol com a atmosfera.

Leia mais

DICAS PARA REDUÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CASA

DICAS PARA REDUÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CASA DICAS PARA REDUÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CASA SELO PROCEL Prefira equipamentos com SELO PROCEL, e/ou consumo A de consumo de energia. GELADEIRA Evitar abrir a porta toda hora. Regular o termostato

Leia mais

Manual do Usuário. Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. Imagem Ilustrativa

Manual do Usuário. Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. Imagem Ilustrativa Manual do Usuário Imagem Ilustrativa Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. * Este Manual inclui Certificado de Garantia. ÍNDICE Apresentação... 03 Instruções de Segurança...

Leia mais

PROJETO DE CHOCADEIRA PARA 84 OVOS DE GALINHA CAIXA DE MADEIRA Autor: Randolfo Ribeiro

PROJETO DE CHOCADEIRA PARA 84 OVOS DE GALINHA CAIXA DE MADEIRA Autor: Randolfo Ribeiro PROJETO DE CHOCADEIRA PARA 84 OVOS DE GALINHA CAIXA DE MADEIRA Autor: Randolfo Ribeiro PROJETO DE CHOCADEIRA EM CAIXA DE MADEIRA Capacidade 84 ovos de galinha Autor: Randolfo Ribeiro Este projeto contém

Leia mais

O quanto você se conhece? O quanto você se cuida? Encontre aqui informações úteis e descomplicadas.

O quanto você se conhece? O quanto você se cuida? Encontre aqui informações úteis e descomplicadas. O quanto você se conhece? O quanto você se cuida? Encontre aqui informações úteis e descomplicadas. O bem-estar da mulher começa com autoconhecimento, que se conduz em equilíbrio e se traduz em saúde.

Leia mais

Dica nº 1: Esta dica do manual é relacionada ao bom uso da água!

Dica nº 1: Esta dica do manual é relacionada ao bom uso da água! Dica nº 1: Esta dica do manual é relacionada ao bom uso da água! Fui atrás de dados sobre o seu consumo consciente no site da Sabesp e encontrei ótimas informações. Você sabia que segundo a ONU - Organização

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC

MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC Utilização 3 em 1 (sistema travel system) bebê conforto adaptável ao carrinho Altura regulável das alças para empurrar o carrinho 3 posições de regulagem de

Leia mais

Aos Coordenadores das A.P.s com vistas às Organizações Sociais e às Unidades Primárias de Saúde Assunto: Uniformes para as Equipes de Saúde da Família

Aos Coordenadores das A.P.s com vistas às Organizações Sociais e às Unidades Primárias de Saúde Assunto: Uniformes para as Equipes de Saúde da Família Circular S/SUBPAV/SAP n.º 07/2011. Rio de Janeiro, 15 de abril de 2011. Aos Coordenadores das A.P.s com vistas às Organizações Sociais e às Unidades Primárias de Saúde Assunto: Uniformes para as Equipes

Leia mais

Frio» Recomendações gerais

Frio» Recomendações gerais No domicílio Antes do Inverno, verifique os equipamentos de aquecimento da sua casa; Se tiver lareira mande limpar a chaminé, se necessário; Mantenha a casa arejada, abrindo um pouco a janela/porta para

Leia mais

CONSIDERANDO que cabe às OS o fornecimento dos insumos e equipamentos para as Unidades de Saúde sob contrato de Gestão com a SMSDC;

CONSIDERANDO que cabe às OS o fornecimento dos insumos e equipamentos para as Unidades de Saúde sob contrato de Gestão com a SMSDC; Circular S/SUBPAV/SAP n.º 08/2011. Rio de Janeiro, 09 de maio de 2011. Aos Coordenadores das A.P.s com vistas às Organizações Sociais e às Unidades Primárias de Saúde Assunto: Uniformes para as Equipes

Leia mais

OS T U OD R P DE GO O L

OS T U OD R P DE GO O L CATáG D PRDUTS SU DSAFI M BA CMPHIA Desde 1984 estamos participando das aventuras dos brasileiros por este planeta. índice Nesse tempo estivemos carregando, abrigando e acompanhando o sonho de quem escolheu

Leia mais

BARRACAS Perguntas mais freqüentes

BARRACAS Perguntas mais freqüentes BARRACAS Perguntas mais freqüentes 1) O que é barraca quatro estações? Denominamos de quatro estações aquele modelo de barraca que pode ser usado tanto no inverno quanto no verão brasileiro. São modelos

Leia mais

DESAFIO DAS SERRAS SERRA DA BOCAINA 2012 REGULAMENTO

DESAFIO DAS SERRAS SERRA DA BOCAINA 2012 REGULAMENTO DESAFIO DAS SERRAS SERRA DA BOCAINA 2012 REGULAMENTO O Desafio das Serras será um evento de 2 dias, 01 e 02 de Setembro, na Serra da Bocaina, com percursos de 40 e 80 km feito em duplas e demarcado pela

Leia mais

I GUIA PARA UM DESCANSO PLENO I

I GUIA PARA UM DESCANSO PLENO I I GUIA PARA UM DESCANSO PLENO I GUIA PARA UM DESCANSO PLENO A IMPORTÂNCIA DO DESCANSO NA NOSSA VIDA QUAL O COLCHÃO IDEAL? 1. COMO ESCOLHER A MELHOR SOLUÇÃO DE DESCANSO 2. MEDIDAS DE SUPERFÍCIE DE DESCANSO

Leia mais

AR-CONDICIONADO 8 H / DIA = 35,3% / MÊS

AR-CONDICIONADO 8 H / DIA = 35,3% / MÊS O Brasil vive uma crise hídrica e energética que está afetando a distribuição de ambos os recursos no país todo, em maior ou menor intensidade. O Estado de São Paulo, em especial a capital, vem sofrendo

Leia mais

C a m p a n h a I n s t I t u C I o n a l

C a m p a n h a I n s t I t u C I o n a l Viva Melhor! Campanha Institucional CAMPANHA VIVA MELHOR! Camisetas garrafa squeeze saco lixo para carro FOLHETO PROMOCIONAL CAMPANHA Viva Melhor! JUNTOS, PODEMOS CONSTRUIR UM CAMINHO MAIS SOLIDÁRIO E

Leia mais

Guia de Puericultura. Alimentação

Guia de Puericultura. Alimentação Guia de Puericultura Com o nascimento do bebé, os pais necessitam de adquirir uma série de artigos. A oferta no mercado é cada vez maior, por isso é importante estar informado: com este guia ajudamo-la

Leia mais

Hoje vamos falar de... ENERGIA

Hoje vamos falar de... ENERGIA Hoje vamos falar de... ENERGIA A ENERGIA ESTÁ EM TODO O LADO. OS CARROS ANDAM COM A ENERGIA ARMAZENADA NA GASOLINA MUITOS BRINQUEDOS SÃO MOVIDOS COM A ENERGIA ARMAZENADA NAS PILHAS. OS BARCOS À VELA SÃO

Leia mais

ÍNDICE GUIA DE CONSULTA RÁPIDA INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO TABELA DE PROGRAMAS BROCHURA

ÍNDICE GUIA DE CONSULTA RÁPIDA INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO TABELA DE PROGRAMAS BROCHURA ÍNDIE GUIA DE ONSULTA RÁPIDA TABELA DE PROGRAMAS PREPARAÇÃO DA ROUPA SELEIONAR AS OPÇÕES E O PROGRAMA INIIAR E TERMINAR UM PROGRAMA MODIFIAR UM PROGRAMA INTERROMPER UM PROGRAMA MANUTENÇÃO E LIMPEZA DIÁRIAS

Leia mais

Acampamento Terra do Saber - Manual do Acampante

Acampamento Terra do Saber - Manual do Acampante Acampamento Terra do Saber - Manual do Acampante O Acampamento Terra do Saber A equipe do Acampamento efetua diariamente a limpeza dos quartos e banheiros; O Acampamento não fornece roupa de cama e banho,

Leia mais

saúde Sedentarismo Os riscos do Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se!

saúde Sedentarismo Os riscos do Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se! saúde Sinal Canal de Comunicação da Sistel para os Usuários de Saúde Ano I - Nº 4 - Dezembro 2014 Os riscos do Sedentarismo Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se! O sedentarismo é resultado

Leia mais

10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos

10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos VERSÃO FOTOGRAFIA 10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos Existem várias formas de alterar o resultado final de uma foto, seja através do ISO, da velocidade do obturador, da abertura

Leia mais

Apresenta: PAPEL METAL LIXO ORGÂNICO VIDRO PLÁSTICO. no luga

Apresenta: PAPEL METAL LIXO ORGÂNICO VIDRO PLÁSTICO. no luga Apresenta: Coloqu e o lixo no luga r, na hor a e no d certo. ia ORGÂNICO CAPItao VAREJO em: coleta seletiva Enquanto isso, na sala secreta de reuniões... Olá, Capitão Varejo! Grande Gênio, bom dia! Espero

Leia mais

Como escolher e arrumar uma mochila

Como escolher e arrumar uma mochila Como escolher e arrumar uma mochila A escolha da mochila exige certa atenção. A mochila ideal é aquela que mais se adequa às actividades e à estrutura física. Conhecer bem a capacidade e saber arrumá-la

Leia mais

Lingerie para exercícios físicos

Lingerie para exercícios físicos Lingerie para exercícios físicos Em época de guerra declarada ao sedentarismo a preocupação com a alimentação saudável e a beleza física tem tomado conta das academias e parques. Se exercitar é preciso

Leia mais

Colocação de material

Colocação de material Colocação de material Este capítulo inclui: Material suportado na página 2-2 Carregando material na bandeja 1 na página 2-8 Colocação de material na bandeja 2, 3 ou 4 na página 2-14 Copyright 2005 Xerox

Leia mais

Mundo das Especialidades Acampamento I - Atividades Recreativas - 050

Mundo das Especialidades Acampamento I - Atividades Recreativas - 050 Mundo das Especialidades Acampamento I - Atividades Recreativas - 050 Texto: Aênio Rodriguese Diagramação: Ranmaildo Revorêdo e Khelven Klay Quem escreveu! Aênio Rodrigues Estudante de Licenciatura de

Leia mais

Berço Playard cercado para dormir e brincar H600

Berço Playard cercado para dormir e brincar H600 ABNT NBR 5860-:200 MANUAL DE INSTRUÇÕES Berço Playard cercado para dormir e brincar H600 IMPORTANTE LER COM ATENÇÃO E GUARDAR PARA EVENTUAIS CONSULTAS ADVERTÊNCIA: esteja ciente do risco de chama aberta

Leia mais

COMO CUIDAR DE GATOS E CÃES RECÉM-NASCIDOS ASSOCIAÇÃO QUATRO PATINHAS

COMO CUIDAR DE GATOS E CÃES RECÉM-NASCIDOS ASSOCIAÇÃO QUATRO PATINHAS COMO CUIDAR DE GATOS E CÃES RECÉM-NASCIDOS ASSOCIAÇÃO QUATRO PATINHAS COMO CUIDAR DE GATOS E CÃES RECÉM-NASCIDOS SOBRE OS FILHOTES RECÉM-NASCIDOS Gatinhos e cãozinhos filhotes nascem ainda mais dependentes

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES ASPIRADOR DE PÓ 800 W COM CABO TELESCÓPICO Equipamento somente para uso doméstico. Obrigado por escolher um produto com a marca Tramontina. Por favor, leia o Manual de Instruções por

Leia mais

REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO

REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO 1) Analise as alternativas sobre aspectos relacionados ao lixo e marque (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas. ( ) O lixo é caracterizado como tudo aquilo

Leia mais

Consumo Consciente. Faz bem para você, para a sociedade e para o planeta

Consumo Consciente. Faz bem para você, para a sociedade e para o planeta Consumo Consciente Faz bem para você, para a sociedade e para o planeta Uma mudança do bem Para nós da Rossi, o consumo consciente é algo vital para a sustentabilidade da sociedade e para o futuro do nosso

Leia mais

Manual de Instruções IMPORTANTE LER COM ATENÇÃO E GUARDAR PARA EVENTUAIS CONSULTAS. FUNNY - LS2057 CARRO BERÇO MÚLTIPLO COM ALÇA REVERSÍVEL

Manual de Instruções IMPORTANTE LER COM ATENÇÃO E GUARDAR PARA EVENTUAIS CONSULTAS. FUNNY - LS2057 CARRO BERÇO MÚLTIPLO COM ALÇA REVERSÍVEL FUNNY - LS2057 CARRO BERÇO MÚLTIPLO COM ALÇA REVERSÍVEL Manual de Instruções Para crianças do nascimento até 18 kg IMPORTANTE LER COM ATENÇÃO E GUARDAR PARA EVENTUAIS CONSULTAS. Conhecendo o produto capota

Leia mais

SISTEMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA PARA SOLDA 3M SPEEDGLAS 9100 COM LINHA DE AR CA: 32.225

SISTEMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA PARA SOLDA 3M SPEEDGLAS 9100 COM LINHA DE AR CA: 32.225 SISTEMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA PARA SOLDA 3M SPEEDGLAS 9100 COM LINHA DE AR CA: 32.225 DESCRIÇÃO DO PRODUTO O sistema de proteção respiratória 3M com Linha de Ar Comprimido para a máscara de solda Speedglas

Leia mais

Agradecemos todos os nossos amigos e clientes, porque sem vocês não teríamos motivação paracontinuar a fazer o que achamos ser o nosso melhor!

Agradecemos todos os nossos amigos e clientes, porque sem vocês não teríamos motivação paracontinuar a fazer o que achamos ser o nosso melhor! Para que serve esse e-book? Criamos esse guia para você, que como nós, é apaixonado por decoração de interiores. Aqui você vai encontrar sugestões de como criar quartos decorados incríveis para seu(s)

Leia mais

67 - (12) 3833 6404 9142 9680 : 00.387.264/0001-40 - I.E.

67 - (12) 3833 6404 9142 9680 : 00.387.264/0001-40 - I.E. Baterias de níquel-cádmio (NiCd) Esta bateria remonta aos primórdios dos dispositivos de armazenamento de energia recarregáveis, pois ela foi o primeiro tipo de bateria a suportar uma nova carga, o que

Leia mais

Sistema de Proteção Respiratória para Solda 3M Speedglas TM Série 9002 com Motorizado Adflo

Sistema de Proteção Respiratória para Solda 3M Speedglas TM Série 9002 com Motorizado Adflo Sistema de Proteção Respiratória para Solda 3M Speedglas TM Série 9002 com Motorizado Adflo DESCRIÇÃO O sistema respiratório 3M Adflo é um equipamento combinado de proteção facial com filtro de luz e proteção

Leia mais

Introdução. Equipamentos necessários para produção de cerveja

Introdução. Equipamentos necessários para produção de cerveja Introdução O objetivo deste manual é demonstrar a construção dos equipamentos básicos para produção caseira de cerveja, sem a necessidade de ferramentas profissionais e utilizando materiais encontrados

Leia mais

Dicas para poupar energia Doméstico

Dicas para poupar energia Doméstico Dicas para poupar energia Doméstico Eficiência energética: Poupar energia, utilizá-la de forma eficiente e inteligente, para conseguir mais, com menos. Importância da eficiência energética: Redução da

Leia mais

Meio Ambiente: Piloto Automático O Piloto Automático é uma ótima opção e pode economizar gasolina, mas você tem que usá-lo de forma segura.

Meio Ambiente: Piloto Automático O Piloto Automático é uma ótima opção e pode economizar gasolina, mas você tem que usá-lo de forma segura. Visão Geral Família e Passageiros: Roupas Reflexivas Quanto mais claro e brilhante, melhor! É isso mesmo, quanto mais brilhante e clara for sua roupa, melhor são suas chances de ser visto. Segurança Pessoal:

Leia mais

Tudo o que a população pode fazer diariamente para poupar energia quer no trabalho ou em casa. Se todos colaborarmos um pouco, a natureza agradece e

Tudo o que a população pode fazer diariamente para poupar energia quer no trabalho ou em casa. Se todos colaborarmos um pouco, a natureza agradece e 1 Tudo o que a população pode fazer diariamente para poupar energia quer no trabalho ou em casa. Se todos colaborarmos um pouco, a natureza agradece e o seu bolso também. Poupar energia significa diminuir

Leia mais

Sustentabilidade do Planeta. Todo mundo deve colaborar!

Sustentabilidade do Planeta. Todo mundo deve colaborar! Sustentabilidade do Planeta Todo mundo deve colaborar! Situação no mundo atual O Planeta pede socorro!!!! A atividade humana tem impactado negativamente o meio ambiente. Os padrões atuais de consumo exploram

Leia mais

Papel Reciclado Artesanal Branco com Cascas de Cebola

Papel Reciclado Artesanal Branco com Cascas de Cebola Papel Reciclado Artesanal Branco com Cascas de Cebola 1 Técnica utilizada: reciclagem de papel com cascas de cebola Materiais 2 Papel para reciclar (sulfite, formulário contínuo ou outros papéis que não

Leia mais

Guia do Visitante. A chegada ao local (e estacionamento)

Guia do Visitante. A chegada ao local (e estacionamento) Guia do Visitante Para quem busca maiores informações sobre a Feira de Artes, Artesanato e Variedades de Belo Horizonte (Feira Hippie) ou vem visitar o espaço pela primeira vez, a equipe Open WebMarkets

Leia mais

0800-55 03 93 Segunda à Sexta, das 7h às 20h. Sábado, das 07h às 13h.

0800-55 03 93 Segunda à Sexta, das 7h às 20h. Sábado, das 07h às 13h. 1 ANO DE GARANTIA Manual de Instruções BE-01 SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR L I G U E G R Á T I S 0800-55 03 93 Segunda à Sexta, das 7h às 20h. Sábado, das 07h às 13h. M.K. Eletrodomésticos Mondial

Leia mais

O que fazer em caso de sismo

O que fazer em caso de sismo www.aterratreme.pt O que fazer em caso de sismo Todos os anos se realiza o exercício de prevenção de risco sísmico A Terra Treme, pois é importante relembrar as regras básicas de segurança incluindo alguns

Leia mais

KT DL-C-STRAP. Order code KT DL-C-STRAP

KT DL-C-STRAP. Order code KT DL-C-STRAP KT DL-C-STRAP A alça C Strap DL é feita de material muito leve e resistente, proporcionando conforte durante o uso, solução ideal para carregar sua câmera reflex ou DSLR. KT DL-C-STRAP DF-404 DL; Digital

Leia mais

UTILITÁRIOS BRUTE CARROS

UTILITÁRIOS BRUTE CARROS UTILITÁRIOS BRUTE CARROS FUNCIONAIS infinity MEGA BRUTE CARROS BASCULANTES MOPS PÓ - FIOS TORCIDOS MANUSEIO DE MATERIAIS: Carros Funcionais Carro Funcional - Linha Hotelaria Os carros mais compactos da

Leia mais

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Cozinha Industrial Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Serviços de alimentação Este tipo de trabalho aparenta não ter riscos, mas não é bem assim, veja alguns exemplos: Cortes

Leia mais

Tabela de Consumo e Rendimento

Tabela de Consumo e Rendimento Refrigerador de Ar Utilizando o princípio físico da troca de calor, o sistema de resfriamento CHP transforma o ar comprimido que o alimenta, em 2 fontes de saída, atingindo uma delas temperaturas de até

Leia mais

Respire fundo. E drible a Fibrose Cística.

Respire fundo. E drible a Fibrose Cística. MANUAL DO NEBULIZADOR Respire fundo. E drible a Fibrose Cística. Veja como utilizar e cuidar corretamente do seu Compressor e Nebulizador. Eu sou o compressor. Eu sou o Nebulizador, sou o grande goleador.

Leia mais

DESAFIO DAS SERRAS SERRA DO MAR / SP 2015 REGULAMENTO

DESAFIO DAS SERRAS SERRA DO MAR / SP 2015 REGULAMENTO DESAFIO DAS SERRAS SERRA DO MAR / SP 2015 REGULAMENTO O Desafio das Serras é um evento de 2 dias, a ser realizado nos dias 28 e 29 de Novembro, na Serra do Mar, com percursos de 40 e 80 km feito em duplas

Leia mais

BOLETIM 4 - ÚLTIMAS INFORMAÇÕES

BOLETIM 4 - ÚLTIMAS INFORMAÇÕES UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL AVENTURA SÊNIOR NACIONAL 14/07/2013 a 18/07/2013 Pirenópolis Goiás Brasil BOLETIM 4 - ÚLTIMAS INFORMAÇÕES ABERTURA DO CAMPO O campo abrirá às 14 horas do dia 14 de julho

Leia mais

Manual de Instrução. Bicicleta Horizontal Residencial Physibike Residencial A MAIOR EMPRESA DE EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS DA AMÉRICA LATINA

Manual de Instrução. Bicicleta Horizontal Residencial Physibike Residencial A MAIOR EMPRESA DE EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS DA AMÉRICA LATINA Manual de Instrução mais de 20 anos Bicicleta Horizontal Residencial Physibike Residencial www.physicus.com.br/bolas www.physicus.com.br/shop www.physicus.com.br/locacao www.physicus.com.br/turismoecoesportivo

Leia mais

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Folha do Professor Resumo: O professor fará uma demonstração do que não se deve fazer no laboratório e os alunos tentarão adivinhar os erros. Em seguida,

Leia mais

Qualidade et ecnologia MANUAL DO USUÁRIO PRENSA DIGITAL A VAPOR ELETRÔNICA MODELO QPFB-16 WWW.SUNSPECIAL.COM.BR

Qualidade et ecnologia MANUAL DO USUÁRIO PRENSA DIGITAL A VAPOR ELETRÔNICA MODELO QPFB-16 WWW.SUNSPECIAL.COM.BR Qualidade et ecnologia MANUAL DO USUÁRIO PRENSA DIGITAL A VAPOR ELETRÔNICA MODELO QPFB-16 WWW.SUNSPECIAL.COM.BR Este produto foi projetado para dar ao seu vestuário um aspecto profissional, sem rugas e

Leia mais

Dell Inspiron 14R Manual do proprietário

Dell Inspiron 14R Manual do proprietário Dell Inspiron 14R Manual do proprietário Modelo do computador: Inspiron 5420/7420 Modelo regulamentar: P33G Tipo regulamentar: P33G001 Notas, Avisos e Advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes

Leia mais

ECOFOGÃO MODELO CAMPESTRE 3. Manual de instalação, uso e manutenção.

ECOFOGÃO MODELO CAMPESTRE 3. Manual de instalação, uso e manutenção. ECOFOGÃO MODELO CAMPESTRE 3 Manual de instalação, uso e manutenção. Parabéns, ao adquirir o Ecofogão, você tem em mãos uma das tecnologias mais simples, eficiente e limpa atualmente disponível, para o

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS EMISSÕES DE HCFC-22 DOS SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO COMERCIAL EM SUPERMERCADOS

AVALIAÇÃO DAS EMISSÕES DE HCFC-22 DOS SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO COMERCIAL EM SUPERMERCADOS AVALIAÇÃO DAS EMISSÕES DE HCFC-22 DOS SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO COMERCIAL EM SUPERMERCADOS Eng. Eduardo Linzmayer RESUMO Avaliação e levantamento das emissões de fluidos nos sistemas de refrigeração; Importância

Leia mais

LLC NUNCA JOGUE FRUT NUNCA JOGUE FRU A FORA NO TA FORA N VA OV MENTE! AMENTE!

LLC NUNCA JOGUE FRUT NUNCA JOGUE FRU A FORA NO TA FORA N VA OV MENTE! AMENTE! MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE PEÇAS...2 MONTAGEM...3 DESMONTAGEM...4 LIMPEZA...4 PREPARAÇÃO DE ALIMENTOS...5 FAZENDO YONANAS...6 APÓS O USO/GARANTIA/RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS...7 DESCARTE DE APARELHOS E BATERIAS...8

Leia mais

Atlas Copco. Secadores de ar comprimido por refrigeração. FX1-16 60 Hz

Atlas Copco. Secadores de ar comprimido por refrigeração. FX1-16 60 Hz Atlas Copco Secadores de ar comprimido por refrigeração FX1-16 60 Hz Capacidade total, responsabilidade total A Atlas Copco fornece ar comprimido de qualidade para garantir uma excelente produtividade.

Leia mais

Sistema Laminar. Ecotelhado

Sistema Laminar. Ecotelhado Sistema Laminar Ecotelhado 2 Especificação O Sistema Modular Laminar Ecotelhado é o conjunto dos seguintes elementos: Membrana Ecotelhado de Proteção Anti-Raízes Membrana Ecotelhado de Retenção de Nutrientes

Leia mais

Tensão Capacidade (mm) (mm) (g) (V) (mah) PR10-D6A PR70 1,4 75 5,8 3,6 0,3 PR13-D6A PR48 1,4 265 7,9 5,4 0,83 PR312-D6A PR41 1,4 145 7,9 3,6 0,58

Tensão Capacidade (mm) (mm) (g) (V) (mah) PR10-D6A PR70 1,4 75 5,8 3,6 0,3 PR13-D6A PR48 1,4 265 7,9 5,4 0,83 PR312-D6A PR41 1,4 145 7,9 3,6 0,58 Produto Pilha de zinco-ar Nome do modelo IEC Nominal Nominal Diâmetro Altura Peso Tensão Capacidade (mm) (mm) (g) (V) (mah) PR10-D6A PR70 1,4 75 5,8 3,6 0,3 PR13-D6A PR48 1,4 265 7,9 5,4 0,83 PR312-D6A

Leia mais

Estrutura Atuador Bateria

Estrutura Atuador Bateria JACK 250 Kg Jack é um aparelho desenvolvido para facilitar a remoção e locomoção de pacientes. Com ele, tarefas como levar o paciente da cama para uma cadeira e ao banheiro podem ser feitas com muito mais

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PRANCHA DE CABELOS LA BELLE PAC900

MANUAL DO USUÁRIO PRANCHA DE CABELOS LA BELLE PAC900 MANUAL DO USUÁRIO PRANCHA DE CABELOS LA BELLE PAC900 Obrigado por adquirir a Prancha de Cabelos PAC900. Um produto de alta tecnologia, seguro, eficiente, barato e econômico. É muito importante ler atentamente

Leia mais

Experimentos. Indústria Química. Dicas e Truques para Pesagem. Experiência com as leis da ciência natural "ao vivo" - fácil aprendizagem

Experimentos. Indústria Química. Dicas e Truques para Pesagem. Experiência com as leis da ciência natural ao vivo - fácil aprendizagem Indústria Química Experimentos Pesagem Catálogo de Ajuda Dicas e Truques para Pesagem Experiência com as leis da ciência natural "ao vivo" - fácil aprendizagem Caro Leitor Primeiramente, obrigado pelo

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE 12:43 Page 1 INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE Jardins é Page 2 LIXO UM PROBLEMA DE TODOS Reduzir a quantidade de lixo é um compromisso de todos. Uma pessoa é capaz

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS 2014 LAVADORAS, CENTRÍFUGAS E SECADORAS. www.mueller.ind.br

CATÁLOGO DE PRODUTOS 2014 LAVADORAS, CENTRÍFUGAS E SECADORAS. www.mueller.ind.br CATÁLOGO DE PRODUTOS 2014 LAVADORAS, CENTRÍFUGAS E SECADORAS www.mueller.ind.br Unidade Lavadoras Há 65 anos, a Mueller tem o mesmo compromisso: criar soluções inteligentes para as famílias. Tanto que

Leia mais

Manual de Instruções SX-015-A

Manual de Instruções SX-015-A Manual de Instruções SX-015-A Tabela de conteúdos Características do Produto Desenho de Construção Civil Acessórios Lista Parâmetros técnicos Instrução de Operação Painel de Controle Salvaguardas importantes

Leia mais

Sistemas Solares VELUX. Fevereiro 2009

Sistemas Solares VELUX. Fevereiro 2009 Sistemas Solares VELUX Fevereiro 2009 Racionalidade, benefícios e economia Porquê utilizar a energia solar? Racionalidade O sol produz uma quantidade de energia que nunca seremos capazes de consumir na

Leia mais

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso TF-830 MOTOCICLETA Leia cuidadosamente antes do uso Leia este manual cuidadosamente antes de usar este produto. O manual o informará como operar e montar o produto de uma forma correta para que nenhuma

Leia mais

Fogão Foguete. Funcionamento

Fogão Foguete. Funcionamento Circular: ACAREG/ERP 001 13-06-2015 Assunto: Material de Equipa / Individual Caros Pioneiros! Aproxima-se a passos largos a chegada da grande actividade o ACAREG, por isso, convidámo-vos a serem guerreiros

Leia mais

PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO A

PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO A PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO A 01) Baseado no que foi visto no laboratório sobre transmissão de calor, analise as alternativas abaixo. I. A convecção térmica só ocorre nos fluidos,

Leia mais

www. flexmodular.com

www. flexmodular.com www.flexmodular.com FLEX LED SINALIZAÇÃO ARQUITETÔNICA DE REQUINTE SEM IGUAL PERFEITA ASSOCIAÇÃO ENTRE SOFISTICAÇÃO E OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS DA TECNOLOGIA DE ILUMINAÇÃO A LED. Perfis extrudados de alumínio

Leia mais

Manual de Instruções Bebê Conforto - Piccolina

Manual de Instruções Bebê Conforto - Piccolina Manual de Instruções Bebê Conforto - Piccolina (Ref. 8140) Página 1 de 7 Página 2 de 7 Página 3 de 7 Página 4 de 7 Para o uso da cadeira em automóveis ATENÇÃO: Como os fabricantes, modelos e ano de produção

Leia mais

Manual de Instruções Carrinho - Twin

Manual de Instruções Carrinho - Twin Manual de Instruções Carrinho - Twin (Ref. 1350) Página 1 de 8 Remova o carrinho da caixa. As rodas dianteiras, rodas traseiras, bandeja frontal, pedana e capota dianteira devem ser instaladas antes de

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Acesse: http://spacestarmodas.com.br/segredo/maquiagem

Acesse: http://spacestarmodas.com.br/segredo/maquiagem http://www.spacestarmodas.com.br 12 Super Dicas Para Hidratar Os Cabelos Aqui vai o Titulo do Capitulo #1 Enganam-se quem acha que só é possível ter cabelos sempre hidratados indo ao salão. Hoje em dia

Leia mais

Material. 2 Cristiane Débora

Material. 2 Cristiane Débora Feltro : - Cor de pele - Verde claro - verde escuro - Branco - Cáqui - Marrom - Laranja - Bege Papelão Paraná Palito de churrasco Manta siliconada 2 mini botões/ 2 meio pérolas pretas Linhas das cores

Leia mais

Energia elétrica: como usar e economizar

Energia elétrica: como usar e economizar endividado.com.br Energia elétrica: como usar e economizar Como fazer uso eficiente de Energia Quanto maior o desperdício de energia, maior é o preço que você e o meio ambiente pagam por ela. Ao usar a

Leia mais

1. Procedimentos para seleção dos respiradores. 4. Procedimentos para uso adequado de respiradores.

1. Procedimentos para seleção dos respiradores. 4. Procedimentos para uso adequado de respiradores. protrespsimples.doc Um guia para os usuários de respiradores, escrito de forma simples e de fácil entendimento. Mantenha este guia sempre à mão, releia-o periodicamente e conte sempre com a ajuda do seu

Leia mais

Semana da Prevenção de Resíduos - 16 a 23 de Novembro. Dicas de Prevenção e Preservação

Semana da Prevenção de Resíduos - 16 a 23 de Novembro. Dicas de Prevenção e Preservação Semana da Prevenção de Resíduos - 16 a 23 de Novembro Dicas de Prevenção e Preservação Tenha em conta Nunca comece uma reparação, por muito pequena que seja, sem antes desligara tomada do equipamento;

Leia mais

Manual de Instruções SATA 67595

Manual de Instruções SATA 67595 1. Conheça o produto...2 2. Âmbito do fornecimento...5 3. Dados técnicos...6 4. Modo de atuação da unidade de limpeza de ar com adsorvente de carvão ativo e do cinto sem adsorvente de carvão ativo...7

Leia mais

Art.-Nr.: 45.134.92 I.-Nr.: 11012 RT-SD 3,6/1 Li Bivolt. Manual de instruções original Carregador

Art.-Nr.: 45.134.92 I.-Nr.: 11012 RT-SD 3,6/1 Li Bivolt. Manual de instruções original Carregador Anleitung_RT_SD_3_6_1_Li_SPK7_1 17.08.12 09:00 Seite 1 Manual de instruções original Carregador Art.-Nr.: 45.134.92 I.-Nr.: 11012 RT-SD 3,6/1 Li Bivolt Anleitung_RT_SD_3_6_1_Li_SPK7_1 17.08.12 09:00 Seite

Leia mais