Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza"

Transcrição

1 Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

2 Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo ou quaisquer partes do documento, em especial a interpretação de tradução, reprodução, distribuição ou comercialização física ou na Web do conteúdo contido nos slides, estão sujeitas a autorização prévia pelo autor. Hugo Vieira Lucena de Souza, 2015 Todos os textos, nomes, marcas e figuras de outras publicações e autores contidos neste documento estão devidamente referenciados através de suas obras originais e protegidos pelas leis de propriedades intelectuais.

3 Agenda Empreendedorismo na pequena empresa Teorias do Empreendedorismo Teoria Econômica: Richard Cantillon, Jean B. Say e Joseph Shumpeter; Teoria Comportamental: Max Weber e David McClelland; Planejamento mercadológico nas pequenas empresas Implementação de pequenas estratégias: o diferencial como alicerce de sucesso; Organização e flexibilidade: pessoas e produto como foco; Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica A pequena empresa e a internet Comércio Eletrônico [e-commerce]; Logística virtual e o marketing de pontos; A ferramentas e os métodos de inovação sociais Tecnologias de Informação e Comunicação [TICs]; Mídias sociais; Referências

4 Empreendedorismo na pequena empresa Estudamos na primeira unidade uma visão geral sobre as principais áreas da gestão, que podem ser alinhadas a administração da pequena empresa. Vimos que, diante de tantos aspectos a serem trabalhados para gerenciar projetos institucionais, o entendimento de cada área é um diferencial para que um gestor se torne capacitado para gerenciar micro e pequenas empresas; Vimos que o conhecimento do mercado, a definição sobre como o negócio poderá prosperar e o desenvolvimento de um plano de realização do trabalho são fatores fundamentais para garantir que o projeto saia do papel e possa alcançar resultados de sucesso; Nas próximas aulas iremos entender melhor como podem ser feitos o alinhamento do projeto da pequena empresa às estratégias de mercado, ou seja, a parte prática do projeto. Estaremos estudando o empreendedorismo e a inovação tecnológica como forte para as pequenas empresas;

5 Empreendedorismo na pequena empresa O termo empreender não é algo tão novo como muitos pensam. Martinelli [1] explica em seu livro que desde os séculos dezesseis e dezessete, os primeiros sinais de evolução da construção fabril já demonstrava a demanda por mudanças em seus processos e técnicas de configuração; O autor cita que o termo não tem uma denominação específica. A palavra empreender vem da definição econômica entrepreneur, que significa aquela pessoa que confia na mudança alinhada a inovação, seja ela pessoal, profissional ou empresarial; Podemos entender que o empreendedorismo poder ser considerado como: A capacidade de investir ideias, métodos, mecanismos e valores em mudanças pessoais, profissionais e empresariais para construir novos modelos de mercado, sejam para consumo ou para a economia de um determinado local

6 Empreendedorismo na pequena empresa O empreendedorismo seguiu [e segue] duas tendências principais: a primeira é aquela voltada para a economia, típica do mercado, e a segunda, voltada para a melhoria comportamental; A Teoria do Empreendedorismo Econômico é aquela baseada em aspectos e fatores institucionais e organizacionais. E quais seriam alguns deles? Reinvenção do modelo do negócio ou a proposição de um novo negócio; Mudança ou atualização da regra do negócio e das perspectivas de conhecimento; Investimento em novos mecanismos de produção ou na materialização da produção, sejam insumos, matéria-prima, etc.; Como uma das principais características organizacionais, está a formulação de um negócio obtendo como base de consolidação a inovação. Joseph Schumpeter, um dos percursores da teoria, defende que os empreendedores são racionalistas, antenados e visionários acerca da evolução do mercado;

7 Empreendedorismo na pequena empresa A evolução do mercado econômico na concepção schumpteriana, segundo explica FUZETTI [2] é fundamentada através da combinação de melhorias em várias áreas-chaves que se complementam para formularem um negócio; Dentre as principais áreas-chaves que compreendem um conjunto de conceitos e práticas, estão aquelas voltadas para a gestão de produção, para a engenharia de produção e para a administração dos negócios; No contexto institucional estão atualização e expansão das relações tecnológicas e sociais. Todo empreendedor deve estar preparado para as mudanças projetadas pelo mercado, mesmo que de maneira gradativa, para garantir que sua sustentabilidade será mantida. Imagine os seguintes exemplos: Loja de departamentos com filiais físicas e com endereços na internet; Atendimento ao consumidor pelo telefone, s e redes sociais;

8 Empreendedorismo na pequena empresa Outros autores como Richard Cantillon e Jean Say também são considerados baluartes das teorias do empreendedorismo econômico moderno, concordando em tese com os conceitos da teoria de Schumpeter; Para Cantillon [3], o mercado é uma gangorra de operações coordenadas. O autor explica que a economia, quando observada no perfil de um visionário, é uma matriz que rastreia os riscos, a incerteza acerca das oscilações da cadeia de insumos, estrando entre eles a demanda, a oferta e a regularidade dos valores. Dentre os valores, o autor cita como principais: Valor econômico do negócio: quanto pode influenciar a imagem do negócio e a empresa; Valores da oferta e da procura [preços]: os investimentos devem ser planejados, considerando como referência o timing da fase ou do ciclo pela qual o mercado está em ascendência; Observe algumas características sobre a visão de Cantillon, na tabela:

9 Empreendedorismo na pequena empresa [4] Elementos que contribuem para uma concepção visionária do mercado;

10 Empreendedorismo na pequena empresa A teoria de Jean Say foi um pouco mais direcionada a análise de mercado, do que puramente empreendedora. O economista defendia que o empreendedor não é um capitalista pleno, pois investe com seus próprios recursos os negócios que reinventam o mercado; Para Say, o empreendedor é o principal condutor da expansão do mercado. A expansão cria oportunidades, que nem sempre poderão ser seguras, mas que impactam mudanças e geram novas oportunidades, que por consequências possíveis lucros, com um processo gradativo de faturamento; Da mesma forma que Schumpeter propunha que a inovação seria um diferencial para a expansão econômica, Say também aponta em sua teoria que novas oportunidades só poderiam surgir com a combinação dos aspectos de mercado aos aspectos financeiros. Neste caso, o autor defende que os negócios só podem prosperar se houverem investimentos, mesmo com riscos;

11 Empreendedorismo na pequena empresa A segunda teoria do empreendedorismo é a Teoria do Empreendedorismo Comportamental. Esta teoria sugere que o empreendedor é o profissional que já possui em si próprio as características de liderança, organização e excelência, para angariar novas ideias e compor seus negócios; Max Weber, um dos pilares da teoria, defende que o fator primordial que qualifica um empreendedor é sua persuasão de contatos sociais. A estabilidade de traçar metas é motivada pela persistência e pela altivez de manter como foco a sustentabilidade do negócio; David McClelland, um dos pais da teoria de negócios e relações sociais, aponta em seus trabalhos o empreendedor moderno deve conhecer o funcionamento do mercado, mas sem deixar de lado, o entendimento das demandas das pessoas O autor propõe que o mercado deve ser analisado por categorias, sendo elas:

12 Empreendedorismo na pequena empresa [5] Visão de McClelland sobre a teoria do empreendedor comportamental;

13 Empreendedorismo na pequena empresa As teorias do empreendedorismo, na prática sem complementam. Se analisarmos o contexto do mercado brasileiro, por exemplo, é possível notar que muitos empreendedores desenvolveram características que estão relacionadas a ambos os conceitos de mercado, explicados pelos autores; Os segredos que alavancam os negócios e despertam em muitas pessoas a curiosidade para saber quais são as principais estratégias que competem as pequenas empresas a obterem sucesso [unindo as teorias] foram abordados pela Revista Business Week¹ em uma obra intitulada como Empreendedorismo: as regras do jogo. Como os empreendedores mais dinâmicos do mundo alcançaram o topo; No livro, editado pela Nobel [6] são destacados casos de sucesso de grandes empresas mundiais, de mercado, tecnologia e outras áreas de atuação, em que podemos destacar como estratégias recomendadas pelos seus CEOs: ¹ Business Week é uma marca registrada sob autoria da Business News, Stock Market and Financial.

14 Empreendedorismo na pequena empresa Liderança com consenso: as empresas precisam ser lideradas por apenas uma pessoa para evitar o caos. Entretanto as grandes decisões devem ser tomadas por consenso entre seus colaboradores Google² Cultura criativa: Foco no consumidor, e não no cliente: fidelize o cliente e o transforme em um consumidor. Ofereça o que ele quer, como preços, condições e suporte total como segredo. Dessa forma ele vai gastar ainda mais Amazon ₄ você precisa ter indivíduos como pensadores artísticos para fazer café. Treinamento, inovação, reinvenção de hábitos e um pacote de benefícios generosos e a qualificação são os diferenciais Expresso Vivace Roasteria³ ²Google é uma marca registrada sob autoria da Google Inc. ³Expresso Vivace Roasteria é uma marca registrada sob autoria da Expresso Vivace ₄ Amazon é uma marca registrada sob autoria da amazon.com

15 Empreendedorismo na pequena empresa Flexibilidade: as organizações não precisam ser rígidas para serem bem sucedidas. A flexibilidade é atribuída através de uma estrutura social em que as pessoas sejam contribuintes e não apenas colaboradores Red Hat₅ Regionalização, nicho e segmento: projetar, produzir e alavancar o consumo em mercados não valorizados pelas gigantes é uma estratégia para descobrir novos meios para o atendimento das necessidades de diferentes clientes Samsung₆ Invista no seu público: um site de relacionamento não precisa ser enorme para ser valioso. Se a comunidade é pequena, mas é ativa, pode haver a fidelização e o marketing particular Buzz-Oven₇ e Coca-Cola₈ ₅ Red Hat é uma marca registrada sob autoria da Red Hat Inc. ₆ Samsung é uma marca registrada sob a autoria da Samsung Corp. ₇ Buzz-Oven é uma marca registrada sob autoria de Aden Holt. ₈ Coca-Cola é uma marca registrada sobre autoria da Coke Inc.

16 Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica Muitos dos cases citados pela revista citam que a tecnologia e inclusão digital impulsionaram o crescimento mercadológico nos últimos vintes anos. A mudança de hábitos das pessoas a as facilidades de acesso a informação alavancaram das empresas novas perspectivas sobre como poderiam ser chamadas as atenções para os novos mercados e clientes modernos; O surgimento da Internet contribuiu imensamente com toda a reorganização do mercado mundial, principalmente para aqueles que não tinham/têm perspectivas de observar as diferentes classes de consumidores; Como? Têm-se clientes que não tem acesso a informação digitalizada; Têm-se clientes que apenas acessam a informação digitalizada; E como atuar em dois meios ao mesmo tempo?

17 Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica O Comércio Eletrônico é uma área de atuação do mercado empreendedor e varejista que adota um modelo integrado de investimento, baseado nas estratégias de marketing e tecnologia como mecanismos de sucesso; Na prática, o modelo integrado é uma espécie de fusão entre a comercialização das oportunidades financeiras aos processos eletrônicos de venda de produtos. Imagine que o cliente pode escolher diferentes mecanismos de compra [cartão, boleto, pontos-fidelidades, descontos, promoções, etc.] que geralmente são desempenhados pela internet, alinhando-se a qualidade visual e a grande quantidade de informações, algo que as vezes torna-se inviável para ser oferecido pelas lojas físicas; Quanto ao marketing, as empresas utilizam as aldeias globais [ver slide de gestão de pessoas] como uma estratégia de recomendar o produto, loja ou mecanismo de comprar, ou simplesmente boicotar todos esses pontos;

18 Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica O comércio eletrônico também é conhecido como e-commerce. O termo surgiu logo após a consolidação das primeiras lojas virtuais serem instaladas e obterem sucesso com suas vendas, algo que deixou muitos empreendedores com o pé atrás para empenhar investimentos neste segmento; O e-commerce evoluiu muito ao longo dos últimos quinze anos. Várias categorias surgiram como forma de atrativo, e como modelo de mercado a ser integrado, utilizando a integração social como mecanismo chave. dentre, alguns, podemos destacar: Television Commerce [T-Commerce]: as empresas de TV e Internet a Cabo implementaram de maneira pioneira os primeiros métodos de vendas utilizando apenas tecnologias pela TV. Algus anos atrás outros canais, como televendas utilizaram a TV [ou o telefone] como mecanismo de vendas, mas a imagem e o áudio eram apenas uma forma de marketing; Virtual Payment Technologies: atualmente várias empresas hospedam serviços de integração comercial ou serviços de pagamento independente;

19 Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica Na modalidade de pagamento on-line, as empresas podem contratar os serviços [especializados] e, em certa parte, podem ficar despreocupadas com o gerenciamento financeiro em seus negócios. Exemplos de empresas podem ser o PayPal₉ e o PagSeguro₁₀ ; Produtos e serviços virtuais: hoje em dia muitas pessoas e empresas contratam serviços ou compram produtos e simplesmente não os veem. Imagine, por exemplo, que você pode pagar para ver pelo seu computador ou smartphone vários filmes, seriados, entre outros produtos como repositórios de backup, hospedagem de sites, etc.; Compras coletivas: uma nova modalidade que surgiu em meados de 2007 e expandiu-se no Brasil entre 2009 e As pessoas utilizam as redes sociais ou as socials shops como estratégia para compor grupos de compras em atacado ou varejo e podem obter descontos incomuns a serem praticados em lojas físicas. O faturamento para os lojistas também é vantajoso, visto o marketing atribuído as oportunidades disponíveis na internet; ₉ PayPal é uma marca registrada sob autoria da PayPal Media. ₁₀ PagSeguro é uma marca registrada sob autoria da UOL Hosting Brasil

20 Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica As ferramentas e métodos de inovação sociais contribuem diretamente para o fortalecimento e para o surgimento de novas empresas nos dias de hoje. Muitos empreendedores se quer investem em infraestrutura física, mas sim, em uma infraestrutura virtual, que pode ser comprada ou alugada conforme as necessidades dos investidores; Várias ferramentas são utilizadas pelos novos empreendedores. Algumas delas, em grande parte, pertencem ao grupo das Tecnologias da Informação e Comunicação. As TICs, como são chamadas, são todas as tecnologias que cooperam para que os métodos institucionais, governamentais, educacionais, sociais, entre outros aspectos, possam ser expandidos com o uso da tecnologia como alicerce para essa evolução; Para o segmento do empreendedorismo, as TICs podem ser aplicadas em vários mercados:

21 Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica Mercado da informação: as empresas de marketing digital utilizam tecnologias que captam as informações que os usuários propagam na rede. Imagine a importância que as empresas devem investir neste aspecto, para saber na rede qual o seu feedback acerca dos produtos e serviços; Exemplo: empresas que trabalham com análise de conteúdo digital e filtros da informação; Mercado do marketing digital: muitas vezes é confundido com o spam [propaganda chata], mas o MD tem uma diferença básica. O marketing digital é o mercado que tem como propósito avaliar as tendências de mercado da internet, sejam elas ditadas pelas empresas ou pelos usuários; Exemplo: as empresas que vendem campanhas e difundem produtos e serviços nas redes e na internet; De um modo geral muitas tecnologias buscam influenciar ou investir seus mercados nos grupos de pessoas, ou pelo menos tentam acompanhar o que está sendo ditado na internet; Uma abordagem importante que segue este aspecto são as Mídias Sociais;

22 Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica As Mídias Sociais não são necessariamente as redes sociais. Essas tecnologias compreendem a captação e a produção da informação através de tecnologias integradas que compartilham arquivos, dados, serviços, entre outros meios, similares a TV e ao rádio, só que de forma interativa; Como exemplos simples das mídias sociais, temos os portais interativos de notícias, blogs, grupos de s, plataformas de ensino interativas, entre outros modelos de comunicação em grupo. Na práticas, as mídias são responsáveis pela produção da informação em um contexto mais organizacional do que as redes sociais, visto que a segunda inicialmente fora criada para fins de entretenimento; Entretanto, as Redes Sociais são tipos de mídias sociais. O propósito das redes sociais é integrar grupos de pessoas ou tribos com perfis, hábitos e informações comuns para que possam ser compartilhadas;

23 Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica As redes sociais buscam e abrangem vários aspectos. Isso se deve ao fato que na atualidade temos redes sociais com foco pessoal redes sociais com foco corporativo e redes sociais com foco no mercado. E quais são as diferenças? Redes sociais com foco pessoal: são as redes em que os usuários criam perfis para se relacionarem com seus amigos sem fins lucrativos. Na prática, compreendem a troca de fotos, textos, vídeos, arquivos, etc.; Redes sociais com foco corporativo: são aquelas criadas para formalizar a interação social entre os profissionais. Na prática, essas redes configuram perfis de pessoas, vagas de emprego, recomendações para futuros trabalhos, etc.; Redes sociais com foco de mercado: são aquelas que tem como objetivo obter grupos para realizar transações e vendas pelas redes. Um exemplo comum, são as redes de compras coletivas; Para concluirmos nossa aula sobre a T.I., focando para o empreendedorismo, é importante que saibamos que os novos mercados são guiados pelas tecnologias, algo indispensável a ser considerado nos dias de hoje;

24 Referências [1] MARTINELLI, Alberto. Entrepreneurship and Management. In SMELSER, Neil and SWEDBERG Richard. The Handbook of Economic Sociology. Princeton University, 1994; [2] FUZETTI, Diana. Empreendedorismo na Visão Schumpteriana como fator de estratpegia de inovação empresarial: estudo em uma metalúrgica. 7º congresso Paulista da UNIMEP. Disponível em: < > Acesso em 28 Abr. 2014; [3] CANTILLON, R. Ensaio sobre a natureza do comércio em geral. Curitiba: Segesta, 2002; [4] CIMADON, José E.; RUPPENTHAL, Janes E.; Foto-reprodução O processo empreendedor em empresas criadas por necessidade. Disponível em: < a10qd03.jpg > Acesso em 28 Abr. 2014; [5] OLIVEIRA, J.R.; SILVA, Wendel A. C.; ARAUJO, Alberto T.; Longevidade empresarial e características empreendedoras: análise das MPEs da microrregião de Teófilo Otoni/Minas Gerais/ Brasil. Disponível em: < > Acesso em 28 Abr. 2014; [6] BUSINESS WEEK. EMPREENDEDORISMO: as regras do jogo. Como os empreendedores mais dinâmicos do mundo alcançaram o topo. McGraw-Hill/ Nobel do Brasil, São Paulo, 2009;

Introdução a Gestão de Projetos e Pequenos Negócios: introdução a pequena empresa Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Introdução a Gestão de Projetos e Pequenos Negócios: introdução a pequena empresa Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Introdução a Gestão de Projetos e Pequenos Negócios: introdução a pequena empresa Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo

Leia mais

Princípios fundamentais dos Sistemas de Informação: introdução, sistemas e níveis organizacionais e as TICs Prof. MSc Hugo Vieira L.

Princípios fundamentais dos Sistemas de Informação: introdução, sistemas e níveis organizacionais e as TICs Prof. MSc Hugo Vieira L. Princípios fundamentais dos Sistemas de Informação: introdução, sistemas e níveis organizacionais e as TICs Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão

Leia mais

Introdução a Gestão da Informação: dado, informação, conhecimento e a organização empresarial Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Introdução a Gestão da Informação: dado, informação, conhecimento e a organização empresarial Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Introdução a Gestão da Informação: dado, informação, conhecimento e a organização empresarial Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados

Leia mais

Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo ou quaisquer partes do documento, em

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais: princípios, tipos, apoio a decisão Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Sistemas de Informações Gerenciais: princípios, tipos, apoio a decisão Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Sistemas de Informações Gerenciais: princípios, tipos, apoio a decisão Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo ou quaisquer

Leia mais

Introdução a Gestão de Pessoas nas pequenas empresas Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Introdução a Gestão de Pessoas nas pequenas empresas Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Introdução a Gestão de Pessoas nas pequenas empresas Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo ou quaisquer partes do documento,

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Introdução aos Processos de Software: modelos e ciclo de vida de software Prof. MSc. Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais Introdução as redes de comunicação e redes de computadores Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Sistemas de Informações Gerenciais Introdução as redes de comunicação e redes de computadores Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Sistemas de Informações Gerenciais Introdução as redes de comunicação e redes de computadores Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados

Leia mais

E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa]

E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa] E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa] 1 Sumário O Surgimento do Analista de Redes Sociais... 2 O que é um Analista de Redes Sociais?... 5 Qual é o Perfil do Analista

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Comércio Eletrônico Um breve histórico Comércio compra, venda, troca de produtos e serviços; Incrementado pelos Fenícios, Árabes, Assírios e Babilônios uso

Leia mais

Introdução a Gestão de Custos nas pequenas empresas Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Introdução a Gestão de Custos nas pequenas empresas Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Introdução a Gestão de Custos nas pequenas empresas Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo ou quaisquer partes do documento,

Leia mais

Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo ou quaisquer partes do documento, em

Leia mais

Sistemas de Produtividade

Sistemas de Produtividade Sistemas de Produtividade Os Sistemas de Produtividade que apresentaremos em seguida são soluções completas e podem funcionar interligadas ou não no. Elas recebem dados dos aplicativos de produtividade,

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo ou quaisquer partes do documento, em

Leia mais

Sobre o Instituto Desenvolve T.I

Sobre o Instituto Desenvolve T.I Sobre o Instituto Desenvolve T.I A empresa Desenvolve T.I foi fundada em 2008, em Maringá, inicialmente focando a sua atuação em prestação de serviços relacionados à Tecnologia da Informação e atendendo

Leia mais

Boas-vindas ao Comércio Eletrônico. André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes Jan.2014

Boas-vindas ao Comércio Eletrônico. André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes Jan.2014 Boas-vindas ao Comércio Eletrônico André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes Jan.2014 SOBRE A TRAY Sobre a Tray + 10 anos de atuação em e-commerce + 4.500 lojas virtuais + 3MM pedidos processados em

Leia mais

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico.

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. TENDÊNCIAS NO COMÉRCIO ELETRÔNICO Atualmente, muitos negócios são realizados de forma eletrônica não sendo necessário sair de casa para fazer compras

Leia mais

Administração de CPD Chief Information Office

Administração de CPD Chief Information Office Administração de CPD Chief Information Office Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados ao profissional de

Leia mais

Administração estratégica da Informação: definição, controle estratégias de mercado Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Administração estratégica da Informação: definição, controle estratégias de mercado Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Administração estratégica da Informação: definição, controle estratégias de mercado Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo

Leia mais

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

Comércio na internet: muito mais que e-commerce

Comércio na internet: muito mais que e-commerce Comércio na internet: muito mais que e-commerce Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

Sistemas para internet e software livre

Sistemas para internet e software livre Sistemas para internet e software livre Aula 3 - Plataformas e sistemas para e- commerce Image: FreeDigitalPhotos.net E-commerce: Por onde começar? Projeto de e-commerce Plataforma de TI Treinamento de

Leia mais

Tema: Responsabilidade Social Objetivos: Apresentar uma empresa modelo em Responsabilidade Social (Promon Engenharia) com analise dos 7P s da empresa

Tema: Responsabilidade Social Objetivos: Apresentar uma empresa modelo em Responsabilidade Social (Promon Engenharia) com analise dos 7P s da empresa Tema: Responsabilidade Social Objetivos: Apresentar uma empresa modelo em Responsabilidade Social (Promon Engenharia) com analise dos 7P s da empresa e proposta de melhoria de pelo menos 2P s. Tópicos:

Leia mais

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Apresentação Previsão de Início Julho/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Comunicação Organizacional

Leia mais

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce;

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce; Objetivos Administração Profª Natacha Pouget Módulo: Gestão de Inovação e Ativos Intangíveis Tema da Aula: E-Business e Tecnologia da Informação I Entender as definições de e-business e e- commerce; Conhecer

Leia mais

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com 7 DICAS IMPERDÍVEIS QUE TODO COACH DEVE SABER PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com As 7 dicas imperdíveis 1 2 3 Identificando seu público Abordagem adequada

Leia mais

CONNECT AMERICAS: REDE SOCIAL EMPRESARIAL

CONNECT AMERICAS: REDE SOCIAL EMPRESARIAL CONNECT AMERICAS: REDE SOCIAL EMPRESARIAL DAS AMÉRICAS Washington D. C - março 2014 NOME CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA TEMA PALAVRAS-CHAVE REDE SOCIAL EMPRESARIAL : CONNECT AMERICAS PRÁTICA INTERNACIONALIZAÇÃO

Leia mais

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Público-alvo Indicado para profissionais de comunicação organizacional, relações públicas, assessores de comunicação, gestores de comunicação, bem

Leia mais

VALORES MISSÃO. "Ética nos negócios e no relacionamento com nossos colaboradores, comprometimento e transparência com nossos clientes e parceiros".

VALORES MISSÃO. Ética nos negócios e no relacionamento com nossos colaboradores, comprometimento e transparência com nossos clientes e parceiros. Media Kit 2015 A DRT Brasil é inovadora quando o assunto é Comunicação e Publicidade Digital, além de ser uma empresa jovem e arrojada em seus projetos. Iniciou suas operações com muito otimismo e trabalho,

Leia mais

Aula 03 - Redes e Conectividade. Prof. Hugo V. L. Souza

Aula 03 - Redes e Conectividade. Prof. Hugo V. L. Souza Aula 03 - Redes e Conectividade Prof. Hugo V. L. Souza Agenda Introdução as Redes de Computadores Fundamentos das redes de alta velocidades e a internet Redes locais e privadas - LANs Redes locais sem

Leia mais

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA Há muito se discute que o mercado de farmácias é ambiente competitivo e que a atividade vem exigindo profissionalismo para a administração de seus processos, recursos e pessoal.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE CURTA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do

Leia mais

Universo Online S.A 1

Universo Online S.A 1 Universo Online S.A 1 1. Sobre o UOL HOST O UOL HOST é uma empresa de hospedagem e serviços web do Grupo UOL e conta com a experiência de mais de 15 anos da marca sinônimo de internet no Brasil. Criado

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Sociedade e Tecnologia

Sociedade e Tecnologia Unidade de Aprendizagem 15 Empresas em Rede Ao final desta aula você será capaz de inovações influenciam na competitividade das organizações, assim como compreender o papel da Inteligência Competitiva

Leia mais

E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS

E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS Central de Cases E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS www.espm.br/centraldecases Central de Cases E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS Preparado pelo Prof. Vicente Martin Mastrocola, da ESPM SP. Disciplinas

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO INTRODUÇÃO O setor de RH deve ser extinto. Ram Charan em artigo na Harvard Business Review Você concorda? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP

Leia mais

acesse: vouclicar.com

acesse: vouclicar.com Transforme como sua empresa faz negócios, com o Office 365. Vouclicar.com A TI chegou para as pequenas e médias empresas A tecnologia é hoje o diferencial competitivo que torna a gestão mais eficiente,

Leia mais

Apresentação comercial

Apresentação comercial Apresentação comercial 1 Dotstore Quem somos 8 anos de mercado Mais de mil clientes ativos Uma das plataformas líderes no país 40 colaboradores Equipe certificada Mais de 150 projetos personalizados por

Leia mais

Pós-Graduação em COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

Pós-Graduação em COMUNICAÇÃO CORPORATIVA Pós-Graduação em COMUNICAÇÃO CORPORATIVA Ingresso Março 2016 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Pós-Graduação em Comunicação Corporativa O Pós em Comunicação Corporativa é um curso de Pós-Graduação

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Início em 28 de Abril de 2016 Aulas as terças e quintas, das 7h às 9h30 Valor do curso: R$ 18.130,00 À vista com desconto: R$ 16.679,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

NOVOS LÍDERES EVOLUEM. SEMPRE.

NOVOS LÍDERES EVOLUEM. SEMPRE. NOVOS LÍDERES EVOLUEM. SEMPRE. CONHEÇA TODOS OS CURSOS DE MBA E PÓS-GRADUAÇÃO DA ESPM. 540h MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL O MBA Executivo Internacional forma líderes com visão estratégica e atitudes adequadas

Leia mais

1. Planos. 1.1. Standard

1. Planos. 1.1. Standard ITB Webdesigner 1. Planos... 2 1.1. Standard... 2 1.2. Plus... 4 1.3. Premium... 5 2. Termos de uso... 7 2.1. Objetivos... 7 2.2. Direitos autorais e marcas... 7 2.3. Hospedagem... 8 2.4. Suporte e manutenção...

Leia mais

Personalização da Loja: Personalizamos a sua loja com base na identidade visual da empresa, logomarca, personalização de botões e cores.

Personalização da Loja: Personalizamos a sua loja com base na identidade visual da empresa, logomarca, personalização de botões e cores. Curitiba, 03 de Dezembro de 2014. CLIENTE: Vidri FONE: 3272-9598 RESPONSÁVEL: Luciano Plataforma e-commerce Ideal Loja Apresentação: A Plataforma e-commerce Ideal Loja, é uma plataforma própria em uso

Leia mais

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores!

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Empreendedores Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Por meio de um método de aprendizagem único,

Leia mais

Introdução. 1. O que é e-commerce?

Introdução. 1. O que é e-commerce? Introdução As vendas na internet crescem a cada dia mais no Brasil e no mundo, isto é fato. Entretanto, dominar esta ferramenta ainda pode ser um mistério tanto para micro quanto para pequenos e médios

Leia mais

Atitude Empreendedora: Uma competência estratégica ao profissional de treinamento e desenvolvimento.

Atitude Empreendedora: Uma competência estratégica ao profissional de treinamento e desenvolvimento. Atitude Empreendedora: Uma competência estratégica ao profissional de treinamento e desenvolvimento. Por PAULA FRANCO Diante de um cenário empresarial extremamente acirrado, possuir a competência atitude

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

com seu consumidores e seu fornecedores. Trazemos para aqui 40 dicas que vão ajudar no amadurecimento, crescimento e no sucesso da sua loja.

com seu consumidores e seu fornecedores. Trazemos para aqui 40 dicas que vão ajudar no amadurecimento, crescimento e no sucesso da sua loja. Com a consolidação do comércio eletrônico no Brasil e mundo, fica cada vez mais claro e a necessidade de estar participando, e mais a oportunidade de poder aumentar suas vendas. Mas é claro que para entrar

Leia mais

Introdução a microinformática: fundamentos de software, hardware, sistemas operacionais e tipos de computadores Prof. MSc Hugo Vieira L.

Introdução a microinformática: fundamentos de software, hardware, sistemas operacionais e tipos de computadores Prof. MSc Hugo Vieira L. Introdução a microinformática: fundamentos de software, hardware, sistemas operacionais e tipos de computadores Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional CENÁRIO A comunicação nas empresas, num mercado impactado por fusões, aquisições, reposicionamentos etc., tem procurado ferramentas de comunicação interna, capazes de integrar

Leia mais

Sobre o Instituto Desenvolve T.I

Sobre o Instituto Desenvolve T.I Sobre o Instituto Desenvolve T.I A empresa Desenvolve T.I foi fundada em 2008, em Maringá, inicialmente focando a sua atuação em prestação de serviços relacionados à Tecnologia da Informação e atendendo

Leia mais

E um dia, quem sabe, poderemos despertar para o ser empreendedor. E ganhar dinheiro com esta história toda.

E um dia, quem sabe, poderemos despertar para o ser empreendedor. E ganhar dinheiro com esta história toda. COMÉRCIO ELETRÔNICO Introdução O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos e formas de

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO MARKETING E COMUNICAÇÃO DE MODA

PÓS-GRADUAÇÃO MARKETING E COMUNICAÇÃO DE MODA PÓS-GRADUAÇÃO MARKETING E COMUNICAÇÃO DE MODA Coordenadora: Gláucia Centeno 13/04/2015 > 09/2016 400 horas Idioma: Português Aulas: Segundas e quartas das 19h30 às 22h30 PÚBLICO-ALVO Profissionais com

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

1. Objetivo do Projeto

1. Objetivo do Projeto PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VISNET - INTERNET E COMUNICAÇÃO Desenvolvimento de Site para CDL 1. Objetivo do Projeto O CDL Online é o mais novo sistema interativo especialmente projetado para criar

Leia mais

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Apresentação da disciplina, metodologia de ensino, conteúdos, avaliações e bibliografia Prof. MSc. Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Introdução a Engenharia de Software: histórico, evolução, aplicações e os principais tipos de software Prof. MSc. Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

Especialização em Marketing Digital - NOVO

Especialização em Marketing Digital - NOVO Especialização em Marketing Digital - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O ambiente de negócios tem sido modificado pelas Novas Tecnologias da

Leia mais

INTERNET NA MEDIDA. Carga Horária A palestra tem uma carga horária de 2 horas.

INTERNET NA MEDIDA. Carga Horária A palestra tem uma carga horária de 2 horas. INTERNET NA MEDIDA O SEBRAE acredita na força da internet e por isso desenvolveu um conjunto de produtos para os empresários de microempresas ampliarem sua rede de contatos, estruturarem o relacionamento

Leia mais

O que é a BuenitStore

O que é a BuenitStore O que é a A é a plataforma desenvolvida pela Buenit para projetos de comércio eletrônico, baseada no modelo SaaS, onde é possível criar lojas virtuais de forma rápida, prática e funcional, com foco total

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA

MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA MANUAL DE TRANSIÇÃO DE MARCA Mudança da Marca e Posicionamento Esse boletim explicativo tem o objetivo de esclarecer suas dúvidas sobre a nova marca Evolua e de que forma ela será útil para aprimorar os

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

Pós Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Público - alvo Pós Graduação em Organizacional Integrada Indicado para profissionais de comunicação organizacional, relações públicas, assessores de comunicação, gestores de comunicação, bem como para

Leia mais

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 1 de outubro de 2015. Política de Privacidade do Site

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 1 de outubro de 2015. Política de Privacidade do Site ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 1 de outubro de 2015 Política de Privacidade do Site Esta Política de Privacidade do Site destina-se a informá-lo sobre o modo como utilizamos e divulgamos informações coletadas em

Leia mais

Linguagem Formais e Autômatos

Linguagem Formais e Autômatos Linguagem Formais e Autômatos Apresentação da disciplina, metodologia de ensino, conteúdos, avaliações e bibliografia Prof. MSc. Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos

Leia mais

FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO.

FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO. FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO. São Paulo - SP 2016 RENAN ROCHA ALVES - RA: 6448758 E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING

Leia mais

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa.

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. A Fran Press está de cara nova, mantendo a sua reconhecida identidade estratégica. Nos tempos atuais

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br @ribeirord Pesquisa e Propagação do conhecimento: Através da Web, é possível

Leia mais

Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik

Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik Mestre em Design (UFPR). MBA e pós-graduação em Marketing (UFPR). Pós-graduada em Web Design (PUCPR). Graduação em Desenho Industrial (UFPR). Técnico

Leia mais

egenial soluções para vídeos online e streaming

egenial soluções para vídeos online e streaming egenial soluções para vídeos online e streaming Quem Somos Somos uma das empresas líderes no desenvolvimento de soluções em streaming e comunicação em tempo real, altamente competitivo e eficiente, nós

Leia mais

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente.

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. .a agência A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. Nosso compromisso é auxiliar empresas e organizações

Leia mais

Ingresso Agosto 2015. Parceria: Abril 2015. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/varejo PÓS-GRADUAÇÃO

Ingresso Agosto 2015. Parceria: Abril 2015. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/varejo PÓS-GRADUAÇÃO Ingresso Agosto 2015 Parceria: Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/varejo Pós-Graduação em Gestão do Varejo Proporcionar a gestores e profissionais que atuam no varejo uma visão estratégica e sistêmica

Leia mais

Plano de Negócio EON. Escola Digital

Plano de Negócio EON. Escola Digital Plano de Negócio EON Escola Digital Resumo Executivo A EON é uma startup de educação que tem como principal objetivo capacitar profissionais do mundo digital, levando conhecimento específico, relevante

Leia mais

Ganhe Dinheiro na Internet

Ganhe Dinheiro na Internet Prof. Dr. José Dornelas www.planodenegocios.com.br Bem-vindoà versão de demonstração do curso! Vocêpoderá conferir alguns vídeos do curso antes de efetuar sua compra Prof. Dr. José Dornelas www.planodenegocios.com.br

Leia mais

Oficina de Gestão de Portifólio

Oficina de Gestão de Portifólio Oficina de Gestão de Portifólio Alinhando ESTRATÉGIAS com PROJETOS através da GESTÃO DE PORTFÓLIO Gestão de portfólio de projetos pode ser definida como a arte e a ciência de aplicar um conjunto de conhecimentos,

Leia mais

APRESENTAÇÃO SUA EMPRESA EM BOAS MÃOS. ASSESSORIA EM MÚLTIPLOS SEGMENTOS. SOLUÇÕES COMPLETAS EM: REGISTRO DE MARCAS PUBLICIDADE WEBSITES

APRESENTAÇÃO SUA EMPRESA EM BOAS MÃOS. ASSESSORIA EM MÚLTIPLOS SEGMENTOS. SOLUÇÕES COMPLETAS EM: REGISTRO DE MARCAS PUBLICIDADE WEBSITES APRESENTAÇÃO SUA EMPRESA EM BOAS MÃOS. ASSESSORIA EM MÚLTIPLOS SEGMENTOS. SOLUÇÕES COMPLETAS EM: REGISTRO DE MARCAS PUBLICIDADE WEBSITES WWW.GRUPOZION.COM.BR Você sente uma grande dificuldade de encontrar

Leia mais

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br Desde 2008 Mídia Kit 2015 encontrasãopaulo www.encontrasaopaulo.com.br Introdução O Mídia Kit 2015 do guia online Encontra São Paulo tem o objetivo de contextualizar a atuação do site no segmento de buscas

Leia mais

BLOG DE APOIO AO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL DE MACAÉ

BLOG DE APOIO AO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL DE MACAÉ FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE MACAÉ FUNEMAC FACULDADE PROFESSOR MIGUEL ÂNGELO DA SILVA SANTOS FeMASS PROJETO DE EXTENSÃO BLOG DE APOIO AO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL DE MACAÉ POR: Prof. Me. Daniele Cristina

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

Alberto Saraiva, Marcio Goldfarb e Carlos Medeiros Traçam panorama positivo para o ano que se inicia

Alberto Saraiva, Marcio Goldfarb e Carlos Medeiros Traçam panorama positivo para o ano que se inicia V I S T A Alberto Saraiva, Marcio Goldfarb e Carlos Medeiros Traçam panorama positivo para o ano que se inicia V A S T O 1201 C T I 201 S P C P S P DIÇÃO 198 - JAN 2012 - ALSHOP.COM.B Publicação da Associação

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL 2 + 67.500.000 + 67,5 MILHÕES DE INTERNAUTAS NO BRASIL FONTE: IBOPE/NIELSEN 58.290.000 58,2 MILHOES DE INTERNAUTAS NO BRASIL ACESSAM A INTERNET SEMANALMENTE -87% FONTE:

Leia mais