RELAÇÕES DE PARENTESCO DA FILIAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELAÇÕES DE PARENTESCO DA FILIAÇÃO"

Transcrição

1 Cód. barras: STJ (2012) SUMÁRIO RELAÇÕES DE PARENTESCO DA FILIAÇÃO Definição... 1 Filhos concebidos na constância do casamento. Presunção... 1 Prova da impotência. Adultério da mulher... 2 Direito de contestar a paternidade... 2 Filiação. Prova... 2 Ação de prova de filiação. Legitimidade ativa..., 3 DO RECONHECIMENTO DOS FILHOS Reconhecimento pelos pais... 3 Reconhecimento no Código Civil e no Estatuto da Criança e do Adolescente... 4 Lei n.o 8.560, de 29 de dezembro de Ação de investigação de paternidade. Imprescritibilidade..., 6 Ação de investigação de paternidade. Legitimidade ativa e passiva... 7 Ação de investigação de paternidade post mortem... 7 Ação de investigação de paternidade. Legitimidade do Ministério Público em favor dos incapazes... 8

2 Maternidade. Termo de nascimento. Contestação pela mãe... 8 Reconhecimento dos filhos fora do casamento. Forma... 8 Reconhecimento. Irrevogabilidade... 8 Reconhecimento de filho maior. Consentimento deste... 8 Reconhecimento de filho menor. Impugnação. Prazo Ação de investigação de paternidade. Petição inicial Ação de investigação de paternidade. Contestação. Legitimidade Ação de investigação de paternidade. Procedimento Ação de investigação de paternidade. Contestação. Interesse Ação de investigação de paternidade. Prova. Exame de DNA Exame de DNA. Comparecimento do demandado. Recusa Exame de DNA. Recusa na realização do exame Ação de investigação de paternidade julgada. Preservação da coisa julgada. Impossibilidade de se propor nova ação para realiza o exame. 13 Ação de investigação de paternidade. Competência Ação de investigação de paternidade. Sentença. Efeitos. Alimentos Ação de investigação de paternidade. Exercício do poder familiar DA PETiÇÃO DE HERANÇA Reconhecimento do direito sucessório do herdeiro Disposições no Código Civil Ação de petição de herança. Legitimidade ativa e passiva Ação de petição de herança. Oportunidade de ajuizamento Ação de petição de herança. Prazo prescricional. Hipótese Alienação dos bens pelo herdeiro aparente. Terceiros de boa-fé Ação de investigação de paternidade cumulada com petição de herança Ação de petição de herança. Competência... 24

3 Demanda dos bens da herança em poder de terceiros Efeitos da sentença que julgar procedente a ação Valor da causa DA ADOÇÃO Adoção. Estatuto da Criança e do Adolescente Adoção. Processo de habilitação Adoção. Pessoas que possuemlegitirnidade Adoção. Casais homoafetivos e homossexuais Adoção. Idade do adotante. Consentimento dos pais e do adotando Adoção. Estágio de convivência Adoção de maiores de dezoito (18) anos. Forma de se realizar Adoção. Competência Adoção. Sentença Adoção. Inscrição da sentença no registro civil Adoção. Falecimento do adotante antes de prolatada a sentença Adoção por estrangeiro Adoção por estrangeiro. Requisitos Adoção por estrangeiro. Competência Adoção por estrangeiro. Sentença. Efeitos Redação dos arts. 39 a 52-D do Estatuto da Criança e do Adolescente DO PODER FAMILIAR Poder familiar. Sujeição dos filhos. Conceito... 44

4 Poder familiar. h renunciabilidade. Indivisibilidade. Indisponibilidade Poder familiar. Dissolução do casamento por falecimento Poder familiar. Exclusividade Poder familiar. Divergência. Solução judicial Suspensão e extinção do poder familiar Suspensão e extinção do poder familiar. Procedimento. Legitimidade Suspensão. Provisoriedade Suspensão e extinção do poder familiar. Competência Perda do poder familiar. Hipóteses Destituição do poder familiar. Incapacidade Perda do poder familiar. Procedimento Suspensão e extinção do poder familiar. Sentença Extinção do poder familiar. Hipóteses Anulação de alienação de bens de filhos menores Proibição de alienar ou gravar os imóveis dos filhos. Hipótese DOS ALIMENTOS Conceito Legitimidade Fundamento legal Características Atualidade Inalienabilidade Irrenunciabilidade hnpenhorabilidade... 61

5 _Reciprocidade Responsabilidade secundária dos avós _ Transmissibilidade hnprescritibilidade eirrepetibilidade edívida portáble _Divisibilidade Cessação dos alimentos pela maioridade do filho Necessidade de ser proposta ação com tal finalidade Cessação do dever de prestar alimentos. Filho em idade escolar Continuidade do pensionamento. Possibilidade e necessidade Alimentos Provisionais edefrnição. Hipóteses de admissibilidade Exigência. Finalidade Fixação. Critérios. Necessidade e possibilidade Alimentos provisionais. Investigação de paternidade em andamento emodificação no curso do processo Competência Petição inicial Alimentos gravídicos Lei n.o , de 05 de dezembro de Fixação dos alimentos. Critérios Oferecimento de alimentos Ação de alimentos inversa efinalidade da medida

6 Competência ugitimidade Rito processual Fixação da pensão Participação do Ministério Público Execução de alimentos Ação fundada no art. 732 do Código de Processo Civil Ação fundada no art. 733 do Código de Processo Civil Escolha da espécie de ação a cargo do autor Execução nos próprios autos Petição inicial. Título executivo Competência Procedimento Citação do devedor para pagar em três dias Admissibilidade de arresto Intimação por hora certa. Edital Penhora em dinheiro. Levantamento da prestação Embargos. Matérias alegáveis eexecução com pena de prisão civil Citação do devedor para pagar, provar que o fez ou justificar a impossibilidade de fazê-lo Admissibilidade da prisão civil. Espécie de alimentos elegitimidade para propor a execução Requerimento da pensão e prisão pelo Ministério Público Execução de prestações atrasadas. Critérios das três últimas vencidas Prisão civil. Decretação independentemente de outros meios Desconto em folha de pagamento Aposentadoria do devedor

7 .Prisão civil. Decretação com ponderação Execução em caso de alimentos. Ato ilícito Requisitos da petição inicial. Citação do devedor. Prazo Pagamento do principal. Custas. Honorários advocatícios Acordo entre o devedor e o credor Suspensão da execução Prova do pagamento. Modo Justificativa da impossibilidade do pagamento. Decisão Decisão. Fundamentação. Recurso Ação revisional de alimentos. Propositura. Efeitos Justificativa. Produção de provas. Cerceamento de defesa Dificuldade financeira do devedor. Desemprego Admissibilidade da prisão civil por mais de urna vez Decisão que decreta a prisão civil. Recurso. Prazo Impetração de habeas corpus. Matérias apreciáveis Mandado de Segurança Acórdãos coletados sobre habeas corpus Cumprimento da prisão civil Revisão dos Alimentos Conceito Critériolegal Motivo para a revisão. Alteração na fortuna de quem paga ou recebe alimentos Alimentos. Encargo variável Majoração. Redução. Oportunidade Exoneração. Motivos Cumulação de pedidos Causas de extinção ou cessação da obrigação Casamento e união estável do credor

8 _Pensão devida à filha menor. Casamento ou união estável da mesma Legitimidade Petição inicial Cumulação de pedidos. Pedido em ordem sucessiva Reconvenção Competência Procedimento Intervenção do Ministério Público Ônus da prova eprodução de provas. Julgamento antecipado da lide Pedido de liminar ou tutela antecipada para majoração ou redução da pensão Jurisprudência selecionada sobre liminar na ação revisional Recursos. Efeitos Efeitos da propositura da ação revisional com referência à execução de alimentos GUARDA UNILATERAL OU COMPARTILHADA Conceito. Poder familiar Transferência da guarda. Hipótese Guarda unilateral Guarda compartilhada Interesses do menor Formas de ajuste da guarda compartilhada. Decisão judicial Designação de audiência Análise de orientação técnico-profissional

9 Benefícios da guarda compartilhada Guarda alternada Pressupostos da guarda compartilhada Exigência de consenso na guarda compartilhada Guarda em favor dos avós maternos ou paternos Dependência. Consequência da guarda Alegação de insuficiência frnanceira Alteração de guarda Pressupostos. Benefícios ao menor Oitiva do menor Foro competente para o pedido Jurisprudência selecionada Cônjuges casados. Direito de requerer a guarda de criança alheia DIREITO DE VISITA E COMPANHIA DOS FILHOS Direito de visita e regulamentação Ajuste pelos pais acerca do direito de visita Direito de visita do pai Alteração do direito de visita Direito de visita. Benefício e interesse do menor. Preponderância Direito de visita assegurado aos avós Direito de visita do ex-companheiro ou ex-companheira aos filhos do outro ou da outra

10 DENEGAÇÃO DE CONSENTIMENTO PARA O CASAMENTO Consentimento dos pais. Denegação Regime de bens para o casamento Competência Legitimidade para o pedido Procedimento TUTELA E CURATELA Thtela Conceito Fundamento legal Espécies Procedimento Legitimidade Pessoas incapazes de exercer a tutela Deveres do tutor Responsabilidade do tutor Prestação de contas _Pedido de tutela. Competência Cessação das funções do tutor Destituição do tutor

11 Curatela Pessoas sujeitas Competência :Legitimidade epedido pelo Ministério Público epetição inicial Procedimento Sentença. Nomeação de curador Sentença de interdição. Efeitos Curador ao nascituro Levantamentodainterdição Casos de escusa do tutor ou curador. Remoção Rermuneração do curador MODELOS PRÁ llcos Ação de Investigação de Paternidade Ação de Investigação de Paternidade c.c. Alimentos Ação de Reconhecimento de Paternidade c.c. Oferta de alimentos e Regulamentação de Visitas Ação de Investigação de Paternidade c.c. Petição de Herança Ação Negatória de Paternidade Ação Negatória de Paternidade c.c. Ação de Paternidade e Retificação de Registro Civil Contestação. Investigação de Paternidade c.c. Alimentos Pedido de Adoção

12 Pedido de Adoção por estrangeiro Ação Declaratória de Anulação de Adoção Ação de Regulação do Poder Familiar Ação de Suspensão do Poder Familiar Ação de Restituição do Poder Familiar Ação de Destituição do Poder Familiar Pedido de Solução ao Juiz Pedido de Alienação de Bens de Menores Ação de Anulação de Alienação c.c. Pedido de Reivindicação doimóvel Ação de Alimentos Gravídicos AçãodeAlimentos Ação de Alimentos do filho representado pela mãe Ação de Alimentos c.c. alimentos provisórios Ação de Alimentos do pai contra o filho maior Ação de Alimentos contra os avós Ação de Alimentos contra os avós quando constatada em outra ação a impossibilidade do pai em pagar a pensão ao menor Ação de Alimentos Provisionais Ação de Oferta de Alimentos Ação Revisional para redução do encargo alimentar Ação Revisional de Alimentos com pedido de liminar Ação Revisional de Alimentos para aumento do encargo Ação Revisional de Alimentos para redução do encargo Ação Revisional de Alimentos para exoneração do encargo Contestação em Revisional de Alimentos. Maioridade do filho Contestação em Revisional de Alimentos Contestação em Revisional de Alimentos

13 Contestação em Revisional de Alimentos Contestação. Exoneração de Pensão Alimentícia Contestação em Revisional de Alimentos Execução de Alimentos. CPC, mi Execução de Alimentos. CPC, art Justificação pelo devedor de alimentos Guarda e Educação dos Filhos regulado o direito de visita Medida Cautelar de Guarda e Educação dos Filhos, regulado o direito de visita c.c. Separação de Corpos Contestação. Ação de Regulamentação de Guarda e Poder Famílim Posse Provisória de Filhos Busca e Apreensão de Menor Regulamentação do Direito de Visita. Pedido feito pelo pai Regulamentação do Direito de Visita. Pedido feito pelo filho Regulamentação do Direito de Visita. Pedido feito pelos avós Pedido de concessão de guarda Guarda de Menor. Pedido pela avó com tutela antecipada e fixação de alimentos Ação de Modificação de Guarda Revogação de guarda de incapaz Pedido de Guarda Compartilhada feita por um dos pais Pedido de Guarda Compartilhada feita por ambos os pais Ação de Alteração de Guarda Compartilhada c.c. Regulamentação do Direito de Visita Contestação. Guarda Compartilhada Posse em nome do Nascituro Pedido de Tutela

14 Pedido de escusa do tutor nomeado Incidente de remoção do tutor Pedido do tutor requerendo exoneração do encargo Prestação de Contas do tutor Pedido de Interdição Pedido de Interdição com tutela antecipada LevantamentodeInterdição Pedido de escusa do curador nomeado Incidente de remoção do curador Pedido de exoneração do curador Prestação de Contas do curador Ação de Petição de Herança Alienação, Arrendamento ou Oneração de Bens de Interditos Alienação, Arrendamento ou Oneração de Bens de Órfãos Bibliografia

Bertoldo Mateus de Oliveira Filho. Sumário

Bertoldo Mateus de Oliveira Filho. Sumário Bertoldo Mateus de Oliveira Filho Sumário Capítulo 1 Alimentos 1.1 Nota introdutória...21 1.2 Alcance jurídico da expressão alimentos...23 1.3 Alimentos Características...26 1.3.1 Irrenunciabilidade...26

Leia mais

Sumário SEPARAÇÃO CONSENSUAL

Sumário SEPARAÇÃO CONSENSUAL Sumário SEPARAÇÃO CONSENSUAL Conceito Requisitos Legitimidade Formas de realização Fundamento legal Petição inicial Petição da separação. Requisitos Descrição dos bens e partilha entre os cônjuges Venda

Leia mais

Cód. barras: STJ00094821 (2013) PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM Juízo 1. INTRODUÇÃO... 21

Cód. barras: STJ00094821 (2013) PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM Juízo 1. INTRODUÇÃO... 21 Cód. barras: STJ00094821 (2013) SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM Juízo 1. INTRODUÇÃO... 21 2. DA SOLUÇÃO DOS LITíGIOS PERANTE O JUDICIÁRIO... 23 2.1 Estrutura jurisdicional

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM JUÍZO

SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM JUÍZO SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM JUÍZO 1. INTRODUÇÃO 2. DA SOLUÇÃO DOS LITÍGIOS PERANTE O JUDICIÁRIO 2.1 Estrutura jurisdicional brasileira 2.2 Lide, processo e

Leia mais

PONTO 1: União estável PONTO 2: Alimentos. 1. União estável:

PONTO 1: União estável PONTO 2: Alimentos. 1. União estável: 1 PONTO 1: União estável PONTO 2: Alimentos 1. União estável: - Leis 8971/94 e 9278/96. - Lei 10.406/2002 e art. 1723 e seguintes. - Art. 226, 3 1, CF. União entre homem e mulher pública (notoriedade),

Leia mais

Prefácio, xxv Nota à 8ª edição, xxvii Introdução, 1

Prefácio, xxv Nota à 8ª edição, xxvii Introdução, 1 Prefácio, xxv Nota à 8ª edição, xxvii Introdução, 1 16 MEDIDAS DE URGÊNCIA - ANTECIPAÇÃO DE TUTELA E AÇÃO CAUTELAR, 5 16.1 Medidas de urgência - considerações gerais, 6 16.2 Diferenças ontológicas entre

Leia mais

VALOR (R$) ou FORMA de CÁLCULO (Cód. Tributário RJ)

VALOR (R$) ou FORMA de CÁLCULO (Cód. Tributário RJ) TAXA JUDICIÁRIA: Classes processuais - Justiça Estadual (1º GRAU) Cód. VALOR (R$) ou FORMA de CÁLCULO (Cód. Tributário RJ) JUIZADOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE 547 Seção Cível 1385 Cartas 1450 Carta de

Leia mais

TEORIA E PRÁTICA DO INVENTÁRIO JUDICIAL E EXTRAJ U DICIAL

TEORIA E PRÁTICA DO INVENTÁRIO JUDICIAL E EXTRAJ U DICIAL JOÃO ROBERTO PARIZATTO TEORIA E PRÁTICA DO INVENTÁRIO JUDICIAL E EXTRAJ U DICIAL 5. a Edição EDITORA PARIZATTO Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio eletrônico, mecânico ou xerográfico,

Leia mais

JOÃO ROBERTO PARIZATTO EXECUÇÃO NO ATUAL E NO NOVO CPC

JOÃO ROBERTO PARIZATTO EXECUÇÃO NO ATUAL E NO NOVO CPC JOÃO ROBERTO PARIZATTO EXECUÇÃO NO ATUAL E NO NOVO CPC SUMÁRIO PROCESSO DE EXEC ção Inadimplemento da obrigação... 1 Existência de título executivo... 2 Legitimidade para propor a execução... 2 Legitimidade

Leia mais

OAB. 2 a FASE PRÁTICA CIVIL E EMPRESARIAL. Wander Garcia. 3 a Edição 2012. Wander Garcia, Robinson Barreirinhas e Henrique Subi

OAB. 2 a FASE PRÁTICA CIVIL E EMPRESARIAL. Wander Garcia. 3 a Edição 2012. Wander Garcia, Robinson Barreirinhas e Henrique Subi na Wander Garcia Coordenador da coleção Como Passar OAB 3 a Edição 2012 2 a FASE PRÁTICA CIVIL E EMPRESARIAL Wander Garcia, Robinson Barreirinhas e Henrique Subi SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...15

Leia mais

1. DOS PROTESTOS, NOTIFICAÇÕES E INTERPELAÇÕES

1. DOS PROTESTOS, NOTIFICAÇÕES E INTERPELAÇÕES 1. DOS PROTESTOS, NOTIFICAÇÕES E INTERPELAÇÕES Conceito: São procedimentos em que o juiz limita-se a comunicar a alguém uma manifestação de vontade, com o fim de prevenir responsabilidade ou impedir que

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Direito

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Direito (A) - o afastamento do menor autorizado a se casar contra a vontade dos pais é medida que tem natureza acautelatória. (B) - o protesto contra alienação de bens destina-se a obstar a alienação imaginada

Leia mais

Corregedoria Geral da Justiça

Corregedoria Geral da Justiça ,,* Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Página 1 de 7 r Corregedoria Geral da Justiça Provimento CG. N 33/97 Regulamenta a informatização dos Ofícios de Justiça que passam a utilizar o Sistema de

Leia mais

Área Família e Sucessões

Área Família e Sucessões Área Família e Sucessões ÁREA FAMÍLIA E SUCESSÕES Descrição Abertura, Registro e Cumprimento de Testamento 51 Administração de Herança 7676 Sucessões 7673 Ação Civil Pública 65 Família 5626 DIREITO CIVIL

Leia mais

Resumo. Sentença Declaratória pode ser executada quando houver o reconhecimento de uma obrigação.

Resumo. Sentença Declaratória pode ser executada quando houver o reconhecimento de uma obrigação. 1. Execução Resumo A Lei 11.232/05 colocou fim à autonomia do Processo de Execução dos Títulos Judiciais, adotando o processo sincrético (a fusão dos processos de conhecimento e executivo a fim de trazer

Leia mais

ENUNCIADOS DAS I, III E IV JORNADAS DE DIREITO CIVIL DIREITO DE FAMÍLIA E SUCESSÕES

ENUNCIADOS DAS I, III E IV JORNADAS DE DIREITO CIVIL DIREITO DE FAMÍLIA E SUCESSÕES As Jornadas de Direito Civil são uma realização do Conselho da Justiça Federal - CJF e do Centro de Estudos Jurídicos do CJF. Nestas jornadas, compostas por especialistas e convidados do mais notório saber

Leia mais

1. Parentesco: - Parentesco natural consaguíneo - linha reta (descendente e ascendente); linha colateral (transversal limitado ao 4º grau).

1. Parentesco: - Parentesco natural consaguíneo - linha reta (descendente e ascendente); linha colateral (transversal limitado ao 4º grau). 1 PONTO 1: Parentesco PONTO 2: Filiação PONTO 3: Bem de família PONTO 4: Tutela PONTO 5: Curatela 1. Parentesco: - Parentesco natural consaguíneo - linha reta (descendente e ascendente); linha colateral

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO SOBRE TUTELA E CURATELA 1

ESTUDO DIRIGIDO SOBRE TUTELA E CURATELA 1 Universidade do Sul de Santa Catarina Campus Norte Curso: Direito Disciplina: Direito de Família Orientadora: MSc. Patrícia Fontanella Acadêmico: ESTUDO DIRIGIDO SOBRE TUTELA E CURATELA 1 BIBLIOGRAFIA

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES 2007/1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL III Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

SUMÁRIO. Parte I. Recomendações Iniciais, Relatório, Fundamentação e Dispositivo

SUMÁRIO. Parte I. Recomendações Iniciais, Relatório, Fundamentação e Dispositivo SUMÁRIO Parte I Recomendações Iniciais, Relatório, Fundamentação e Dispositivo 1. CONCEITO E RECOMENDAÇÕES INICIAIS 1.1 Rascunho 1.2 Apresentação do texto 1.3 Tempo de prova, simulação e prática 1.4 Redação

Leia mais

AULA 07. Herança Jacente = herança sem herdeiros notoriamente conhecidos (arts. 1819 e ss. do CC).

AULA 07. Herança Jacente = herança sem herdeiros notoriamente conhecidos (arts. 1819 e ss. do CC). 01 Profª Helisia Góes Disciplina: DIREITO CIVIL VI SUCESSÕES Turmas: 8ºDIV, 8ºDIN-1 e 8º DIN-2 Data: 21/08/12 AULA 07 II - SUCESSÃO EM GERAL (Cont...) 11. Herança Jacente e Vacante (arts. 1.819 a 1.823,

Leia mais

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO E AÇÃO DE DEPÓSITO 1 Parte I AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO 2 1) O DIREITO MATERIAL DE PAGAMENTO POR CONSIGNAÇÃO a) Significado da palavra consignação b) A consignação

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO - CTASP PROJETO DE LEI Nº 7920, DE 2014.

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO - CTASP PROJETO DE LEI Nº 7920, DE 2014. COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO - CTASP PROJETO DE LEI Nº 7920, DE 2014. (Do Supremo Tribunal Federal) Acrescenta o inciso I ao 1º do artigo 4º da Lei nº 11.416, de 15 de dezembro

Leia mais

A extinção da personalidade ocorre com a morte, que pode ser natural, acidental ou presumida.

A extinção da personalidade ocorre com a morte, que pode ser natural, acidental ou presumida. Turma e Ano: Turma Regular Master A Matéria / Aula: Direito Civil Aula 04 Professor: Rafael da Mota Mendonça Monitora: Fernanda Manso de Carvalho Silva Personalidade (continuação) 3. Extinção da personalidade:

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás Casa do Advogado Jorge Jungmann

Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás Casa do Advogado Jorge Jungmann 1. AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA PERCENTUAL MÍNIMO VALOR MÍNIMO APROVADO 15/04/2009 Salvo disposição em contrário, em todas as ações contenciosas ou que assumam esse caráter, deverá ser cobrado o percentual

Leia mais

MEDIDAS CAUTELARES. COMPETÊNCIA:

MEDIDAS CAUTELARES. COMPETÊNCIA: MATERIAL DE APOIO MEDIDAS CAUTELARES. COMPETÊNCIA: A ação acessória será proposta perante o juiz competente para a ação principal. No caso de cautelar preparatória, será feito prognóstico da competência

Leia mais

Negativas a Procedimentos Médicos

Negativas a Procedimentos Médicos Negativas a Procedimentos Médicos Agravo nos próprios autos - contra o Estado - para admitir recurso especial - danos morais e honorários Agravo nos próprios autos - plano de saúde - para admitir recurso

Leia mais

16.7.1 Execução de alimentos. Prisão do devedor, 394

16.7.1 Execução de alimentos. Prisão do devedor, 394 1 Introdução ao Direito de Família, 1 1.1 Compreensão, 1 1.2 Lineamentos históricos, 3 1.3 Família moderna. Novos fenômenos sociais, 5 1.4 Natureza jurídica da família, 7 1.5 Direito de família, 9 1.5.1

Leia mais

ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL PARTE GERAL LIVRO I - DAS NORMAS PROCESSUAIS CIVIS TÍTULO ÚNICO - DAS NORMAS FUNDAMENTAIS E DA APLICAÇÃO DAS NORMAS PROCESSUAIS CAPÍTULO I - DAS NORMAS

Leia mais

PONTO 1: Execução Trabalhista. Fase de Liquidação de Sentença Trabalhista é uma fase preparatória da execução trabalhista art. 879 da CLT.

PONTO 1: Execução Trabalhista. Fase de Liquidação de Sentença Trabalhista é uma fase preparatória da execução trabalhista art. 879 da CLT. 1 DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PONTO 1: Execução Trabalhista 1. EXECUÇÃO TRABALHISTA: ART. 876 ART. 892 da CLT Fase de Liquidação de Sentença Trabalhista é uma fase preparatória da execução trabalhista

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS DA OAB/RS

TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS DA OAB/RS 1. ATIVIDADES AVULSAS OU EXTRAJUDICIAIS 1.1 Consulta R$ 200,00 Consulta em condições excepcionais R$ 500,00 1.2 Hora intelectual R$ 500,00 1.3 Acompanhamento ou exame de documentos em órgão público R$

Leia mais

SUMÁRIO. I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1

SUMÁRIO. I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1 SUMÁRIO I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1 1 Fontes do direito processual do trabalho, 2 1.1 Fontes materiais, 2 1.2 Fontes formais, 3 1.2.1 Fontes formais diretas, 3 1.2.2 Fontes formais

Leia mais

APELAÇÃO SEM REVISÃO Nº 863.771-0/2 Mogi das Cruzes Apelante: Maurício Guina Pires Apelado: Arnaldo Rufino Lopes Parte: Wagner Alves da Silva

APELAÇÃO SEM REVISÃO Nº 863.771-0/2 Mogi das Cruzes Apelante: Maurício Guina Pires Apelado: Arnaldo Rufino Lopes Parte: Wagner Alves da Silva APELAÇÃO SEM REVISÃO Nº 863.771-0/2 Mogi das Cruzes Apelante: Maurício Guina Pires Apelado: Arnaldo Rufino Lopes Parte: Wagner Alves da Silva EMBARGOS À EXECUÇÃO. AÇÃO DE DESPEJO POR FALTA DE PAGAMENTO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO MANUAL DE APLICAÇÃO DAS TABELAS UNIFICADAS RECIFE - 2008

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO MANUAL DE APLICAÇÃO DAS TABELAS UNIFICADAS RECIFE - 2008 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO MANUAL DE APLICAÇÃO DAS TABELAS UNIFICADAS RECIFE - 2008 2 INDICE ORIENTAÇÕES GERAIS... 4 CLASSES... 4 ASSUNTOS... 9 CASOS ESPECIAIS... 14 Adoção... 14 Cartas

Leia mais

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$ PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Outros Procedimentos Atos e expedientes Habilitação para Casamento 2 214 23 239 Art. 20, II Lei 9.94/13 ISENTO Instrução de Rescisória 240 SEM CUSTAS - Já abrangidas nas custas

Leia mais

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$ PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Outros Procedimentos Atos e expedientes Habilitação para Casamento 2 214 237 239 Art. 20, II Lei 9.974/13 ISENTO Instrução de Rescisória 240 Já abrangidas nas custas da ação

Leia mais

Área Falência e Recuperação Judicial/Extrajudicial

Área Falência e Recuperação Judicial/Extrajudicial Área Falência e Recuperação Judicial/Extrajudicial ÁREA FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO JUDICIAL/EXTRAJUDICIAL Descrição da Descrição (apenas Ação Civil Pública 65 e Alienação Judicial de Bens 52 Alienação Judicial

Leia mais

ÍNDICE GERAL. Nota à 4ª edição... XXI Nota à 3ª edição... XXIII Prólogo... XXV

ÍNDICE GERAL. Nota à 4ª edição... XXI Nota à 3ª edição... XXIII Prólogo... XXV ÍNDICE GERAL Nota à 4ª edição................................................................... XXI Nota à 3ª edição................................................................... XXIII Prólogo.......................................................................

Leia mais

Sumário PARTE GERAL 3. PESSOA JURÍDICA

Sumário PARTE GERAL 3. PESSOA JURÍDICA Sumário PARTE GERAL 1. LINDB, DAS PESSOAS, DOS BENS E DO NEGÓCIO JURÍDICO 1. Introdução (DL 4.657/1942 da LINDB) 2. Direito objetivo e subjetivo 3. Fontes do Direito 4. Lacuna da lei (art. 4.º da LINDB)

Leia mais

C002030 Peça Prático-Profissional

C002030 Peça Prático-Profissional PEÇA Nº: DO PROGRAMA: C002030 Peça Prático-Profissional Processo civil: procedimentos especiais de jurisdição voluntária. Maria de Fátima, viúva, com idade de 92 (noventa e dois anos), reside no bairro

Leia mais

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação Supervisão: Habermann Editora Capa: Kaloã Tuckmantel Habermann Diagramação: Habermann Editora Dados Internacionais de Catalogação na Publicação Soluções Práticas do Dia a Dia do Advogado - Doutrina, Legislação,

Leia mais

DESTAQUES DO INVENTÁRIO 1

DESTAQUES DO INVENTÁRIO 1 DESTAQUES DO INVENTÁRIO 1 DO INVENTÁRIO EXTRAJUDICIAL A lei 11.441/2007 alterou os dispositivos do CPC, possibilitando a realização de inventário, partilha, separação consensual e divórcio consensual por

Leia mais

P O D E R J U D I C I Á R I O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO SECRETARIA DA COMISSÃO DE CONCURSO

P O D E R J U D I C I Á R I O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO SECRETARIA DA COMISSÃO DE CONCURSO P O D E R J U D I C I Á R I O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO SECRETARIA DA COMISSÃO DE CONCURSO XXI CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NA MAGISTRATURA DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO EDITAL nº 7/2008

Leia mais

Prova de Direito Civil Comentada Banca FUNDATEC

Prova de Direito Civil Comentada Banca FUNDATEC Prova de Direito Civil Comentada Banca FUNDATEC 2014) QUESTÃO 54 Analise as seguintes assertivas sobre as causas de exclusão de ilicitude no Direito Civil: I. A legítima defesa de terceiro não atua como

Leia mais

Direito Processual Civil. Professor Raphael Corrêa. Doutorando em Direito Processual Civil PUC/SP. Mestre em Direito. raphael@rcacadvogados.com.

Direito Processual Civil. Professor Raphael Corrêa. Doutorando em Direito Processual Civil PUC/SP. Mestre em Direito. raphael@rcacadvogados.com. Direito Processual Civil Professor Raphael Corrêa Doutorando em Direito Processual Civil PUC/SP Mestre em Direito raphael@rcacadvogados.com.br Módulo de Direito Processual Civil Exercícios: TÍTULO I DOS

Leia mais

1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER

1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER Tabela de honorários de advogados dativos - 2013 (Resolução-Conjunta TJMG/AGE/ OAB 001/2013) ANEXO I - PARTE ESPECIAL 1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER Salvo outra disposição

Leia mais

ARPEN - SP ASSOCIAÇÃO DOS REGISTRADORES DE PESSOAS NATURAIS DE SÃO PAULO RECONHECIMENTO DE PATERNIDADE REGINA BEATRIZ TAVARES DA SILVA

ARPEN - SP ASSOCIAÇÃO DOS REGISTRADORES DE PESSOAS NATURAIS DE SÃO PAULO RECONHECIMENTO DE PATERNIDADE REGINA BEATRIZ TAVARES DA SILVA ARPEN - SP ASSOCIAÇÃO DOS REGISTRADORES DE PESSOAS NATURAIS DE SÃO PAULO RECONHECIMENTO DE PATERNIDADE REGINA BEATRIZ TAVARES DA SILVA Espécies de parentesco e contagem de graus Parentesco CÓDIGO CIVIL/2002,

Leia mais

Prática de Direito de Família. Paternidade. Oswaldo Peregrina Rodrigues Promotor de Justiça em São Paulo Professor Universitário (PUC/SP)

Prática de Direito de Família. Paternidade. Oswaldo Peregrina Rodrigues Promotor de Justiça em São Paulo Professor Universitário (PUC/SP) Paternidade Oswaldo Peregrina Rodrigues Promotor de Justiça em São Paulo Professor Universitário (PUC/SP) 10.4.2015 Poder Familiar -> Sujeitos: Pais (Pai e Mãe) E Filhos Menores! -> Objetivo: Exercício

Leia mais

Anexo Tabela única de classes da 2ª Região

Anexo Tabela única de classes da 2ª Região CLASSE 01000 AÇÕES ORDINÁRIAS Anexo Tabela única de classes da 2ª Região CORRESPONDÊNCIA NA TABELA ÚNICA DE CLASSES DO DA 01001 ORDINÁRIA / TRIBUTÁRIA 29 AÇÃO ORDINÁRIA (PROCEDIMENTO COMUM 07 ORDINÁRIO)

Leia mais

Curso Resultado. Jurisprudência ordenada por matérias e assuntos Processo Civil

Curso Resultado. Jurisprudência ordenada por matérias e assuntos Processo Civil Curso Resultado Jurisprudência ordenada por matérias e assuntos Processo Civil Atualizado em 18 de dezembro de 2015 Sumário Ação coletiva / civil pública Ação contra seguradora Ação de adjudicação compulsória

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Antônio Augusto, ao se mudar para seu novo apartamento, recém-comprado, adquiriu, em 20/10/2015, diversos eletrodomésticos de última geração, dentre os quais uma

Leia mais

Índice Sistemático do Novo Código de Processo Civil

Índice Sistemático do Novo Código de Processo Civil Índice Sistemático do Novo Código de Processo Civil LEI CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Parte Geral Livro I DAS NORMAS PROCESSUAIS CIVIS TÍTULO ÚNICO DAS NORMAS FUNDAMENTAIS E DA APLICAÇÃO DAS NORMAS PROCESSUAIS

Leia mais

Fornecer ao estudante uma visão global do processo de execução, no Brasil, especialmente da execução para a cobrança de crédito.

Fornecer ao estudante uma visão global do processo de execução, no Brasil, especialmente da execução para a cobrança de crédito. 1 de 7 06/02/2015 15:58 Detalhes da Disciplina Código JUR3313 Nome da Disciplina DIREITO PROCESSUAL CIVIL III Carga Horária 60 Créditos 4 Ementa Objetivos Gerais Teoria Geral da Execução. Execução de Títulos

Leia mais

O Processo Trabalhista

O Processo Trabalhista Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Profa. Barbara Mourão O Processo Trabalhista Princípios gerais do processo Constituição Federal de 1988; Código de Processo Civil (CPC). Princípios

Leia mais

NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA /CIESA

NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA /CIESA Professor: JOÃO BOSCO DA SILVA VIEIRA FILHO Período: NOTURNO A QUALIDADE DA JUSTIÇA DEPENDE DO ADVOGADO QUE VOCÊ CONTRATA. (Charles Dickens) APONTAMENTOS 1. DO FORO: (ART.100 CPC) 1.1. DA MULHER: (Inciso

Leia mais

Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil.

Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil. DELIBERAÇÃO N 30/2006 Câmara de Pós-Graduação Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil. CONSIDERANDO a solicitação da Coordenação do Curso, conforme processo nº

Leia mais

Sumário. TíTULO I INTRODUÇÃO ÀS TÉCNICAS DE EXECUÇÃO FORÇADA. CAPíTULO I AS VIAS DE EXECUÇÃO NO PROCESSO CIVil BRASilEIRO

Sumário. TíTULO I INTRODUÇÃO ÀS TÉCNICAS DE EXECUÇÃO FORÇADA. CAPíTULO I AS VIAS DE EXECUÇÃO NO PROCESSO CIVil BRASilEIRO Sumário TíTULO I INTRODUÇÃO ÀS TÉCNICAS DE EXECUÇÃO FORÇADA CAPíTULO I AS VIAS DE EXECUÇÃO NO PROCESSO CIVil BRASilEIRO l. 2. 3. 4. Tutelas jurisdicionais............ Breve histórico da ação executiva...........

Leia mais

Ementário do curso de

Ementário do curso de Introdução ao Estudo de I Fase: I Carga Horária: 60 h/a Créditos: 04 A sociedade. e ordem jurídica. Conceito de justiça. e moral. Fontes do. Positivo. objetivo e subjetivo. Público e Privado. Capacidade

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO ESTADO DO PIAÚI TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO ESTADO DO PIAÚI TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO ESTADO DO PIAÚI Resolução n x, de 07 de fevereiro de 2014 TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS O Conselho da ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, SECCIONAL DO

Leia mais

PREPARATÓRIO 2ª ETAPA Direito Civil Parte Geral e Contratos Professor: Marcu Antonio Gonçalves

PREPARATÓRIO 2ª ETAPA Direito Civil Parte Geral e Contratos Professor: Marcu Antonio Gonçalves PARTE GERAL PREPARATÓRIO 2ª ETAPA Direito Civil Parte Geral e Contratos Professor: Marcu Antonio Gonçalves QUESTÃO 01 Disserte sobre os Direitos da Personalidade abordando os seguintes aspectos: I - a

Leia mais

Data da Autuação Nº Tipo Lei-Artigo Requerente Requerido Da Descrição Da Sentença. Pessoa Jurídica Brasileiro; lavrador; casado.

Data da Autuação Nº Tipo Lei-Artigo Requerente Requerido Da Descrição Da Sentença. Pessoa Jurídica Brasileiro; lavrador; casado. 03/02/1961 28/61 Executiva Art. 298 do lavrador; O requerente pede ao requerido a importância de Cr$ 264.000,00. 30/08/1967 03/02/1961 29/61 Executiva Art. 298 do Casado lavrador; O requerente pede ao

Leia mais

Constituição e Processo: direitos e garantias fundamentais de natureza processual.

Constituição e Processo: direitos e garantias fundamentais de natureza processual. PONTO Nº 01 Hermenêutica: interpretação, integração e aplicação do Direito do Trabalho. Métodos básicos de exegese. O papel da equidade. Eficácia das normas trabalhistas no tempo e no espaço. Revogação.

Leia mais

Petições Trabalhistas 3.0

Petições Trabalhistas 3.0 Petições iniciais 1. Reclamação-trabalhista-relação-de-emprego-representação-comercialcomissão-pedido-pelo-espólio-inicial 2. Declaratória - incidental - data da admissão 3. Declaratória - incidental trabalhista

Leia mais

(Tabela de correspondência de artigos com o código antigo)

(Tabela de correspondência de artigos com o código antigo) (Tabela de correspondência de artigos com o código antigo) CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 49 LEI N.º 41/2013, DE 26 DE JUNHO 49 Artigo 1.º Objeto 49 Art. 2.º Remissões 49 Art. 3.º Intervenção oficiosa do juiz

Leia mais

4.1 CADASTRAMENTO DE ASSUNTOS PROCESSUAIS NA ÁREA CÍVEL 4.2 CADASTRAMENTO DE ASSUNTOS PROCESSUAIS NA ÁREA CRIMINAL

4.1 CADASTRAMENTO DE ASSUNTOS PROCESSUAIS NA ÁREA CÍVEL 4.2 CADASTRAMENTO DE ASSUNTOS PROCESSUAIS NA ÁREA CRIMINAL 1 SUMÁRIO: 1. APRESENTAÇÃO 2. TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO PODER JUDICIÁRIO 3. TABELA DE CLASSES PROCESSUAIS 4. TABELA DE ASSUNTOS PROCESSUAIS 4.1 CADASTRAMENTO DE ASSUNTOS PROCESSUAIS NA ÁREA CÍVEL

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA VARA DO ÚNICO OFÍCIO DE BOCA DA MATA EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS

ESTADO DE ALAGOAS PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA VARA DO ÚNICO OFÍCIO DE BOCA DA MATA EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS ESTADO DE ALAGOAS PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA VARA DO ÚNICO OFÍCIO DE BOCA DA MATA EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS O Doutor ANDRÉ GUASTI MOTTA, MM Juiz de Direito Titular da Comarca de Boca da

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA PROVA

INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA PROVA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA PROVA 1) A prova terá duração máxima de 3 horas. 2) Cada questão possui apenas uma resposta correta e, a marcação de mais de uma assertiva, implicará em sua nulidade. 3) Durante

Leia mais

I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO

I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO PROGRAMA ESPECÍFICO DA PROVA ORAL XX CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR RECORRENTE RECORRIDO REPR. POR : MINISTRO RAUL ARAÚJO : C G DA S J : CARLOS EDUARDO PINHEIRO M DE OLIVEIRA : S C G S - MENOR IMPÚBERE : S N F S : EDERCY CATHARINA PACE DE SOUZA LIMA E OUTRO(S)

Leia mais

Conclusão PJE JT - DECISÃO OU JULGAMENTO?

Conclusão PJE JT - DECISÃO OU JULGAMENTO? OCORRÊNCIA TIPO DE CONCLUSÃO MOVIMENTAÇÃO Adjudicação de bem Homologada a adjudicação do bem Arrematação de bem Homologada a arrematação do bem Assistência judiciária gratuita Não concedida a assistência

Leia mais

Prefácio... xxi Introdução... 1

Prefácio... xxi Introdução... 1 SUMÁRIO Prefácio... xxi Introdução... 1 CAPÍTULO I BREVE HISTÓRICO... 5 1. O comércio e o direito comercial... 5 2. A falência... 9 3. A evolução do direito falimentar... 11 4. O direito falimentar no

Leia mais

DIREITO CIVIL ALIMENTOS

DIREITO CIVIL ALIMENTOS DIREITO CIVIL ALIMENTOS Atualizado em 27/10/2015 Direito Civil Aula Professor André Barros 1 União Estável: 1. Conceito: Art. 1.723, CC: É reconhecida como entidade familiar a união estável entre o homem

Leia mais

AS RESTRIÇÕES JUDICIAIS FACE ÀS TRANSMISSÕES DA PROPRIEDADE IMOBILIÁRIA. Telma Lúcia Sarsur Outubro de 2011

AS RESTRIÇÕES JUDICIAIS FACE ÀS TRANSMISSÕES DA PROPRIEDADE IMOBILIÁRIA. Telma Lúcia Sarsur Outubro de 2011 AS RESTRIÇÕES JUDICIAIS FACE ÀS TRANSMISSÕES DA PROPRIEDADE IMOBILIÁRIA Telma Lúcia Sarsur Outubro de 2011 Para conceituarmos restrição judicial, há de se definir restrição, que é limitação imposta ao

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação 2007/1 ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO CIVIL VI Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito 111111111111111111111111111111111111111

Leia mais

Destituição/perda do poder familiar frustrada: restabelecimento jurídico do vínculo deôntico da filiação biológica 1

Destituição/perda do poder familiar frustrada: restabelecimento jurídico do vínculo deôntico da filiação biológica 1 Destituição/perda do poder familiar frustrada: restabelecimento jurídico do vínculo deôntico da filiação biológica 1 Sumário I- Introdução II- III- Introdução Fundamentação da tese Conclusão Epaminondas

Leia mais

TRT Comentário da Prova de Analista

TRT Comentário da Prova de Analista TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9a REGIÃO Direito Processual Civil Glauka Archangelo Pessoal. A prova de processo civil, não trouxe nenhuma surpresa, o edital foi respeitado e não há nenhuma questão passível

Leia mais

www.apostilaeletronica.com.br

www.apostilaeletronica.com.br DIREITO CIVIL I. Lei de Introdução às Normas de Direito Brasileiro... 002 II. Pessoas Naturais e Pessoas Jurídicas... 013 III. Domicílio e Bens... 025 IV. Dos Fatos Jurídicos... 030 V. Prescrição e Decadência...

Leia mais

1. CABIMENTO DAS PEÇAS.

1. CABIMENTO DAS PEÇAS. 1. CABIMENTO DAS PEÇAS. Após o Nascimento do Tributo, mas antes do lançamento: Ação Declaratória de Inexistência da relação jurídica tributária; Mandado de Segurança Preventivo. Após a notificação do contribuinte

Leia mais

Partilha dos Bens: Pode ser posterior ao divórcio, pois o interesse pessoal prevalece sobre o patrimonial.

Partilha dos Bens: Pode ser posterior ao divórcio, pois o interesse pessoal prevalece sobre o patrimonial. 1. DIVÓRCIO O divórcio rompe o matrimônio, dissolvendo o vínculo conjugal. O divórcio é determinado pelo decurso do tempo, sendo que ele tem três diferenças em relação à separação: Dissolução do vínculo;

Leia mais

ÍNDICE GERAL. PARTE INTRODUTÓRIA O Processo de Insolvência. PARTE I Pressupostos do Processo de Insolvência

ÍNDICE GERAL. PARTE INTRODUTÓRIA O Processo de Insolvência. PARTE I Pressupostos do Processo de Insolvência ÍNDICE GERAL SIGLAS PARTE INTRODUTÓRIA O Processo de Insolvência 1O Direito da insolvência 11 2 O processo de insolvência 12 3 Fontes 15 4 Ordem de sequência 15 PARTE I Pressupostos do Processo de Insolvência

Leia mais

Os Procedimentos Especiais III

Os Procedimentos Especiais III PROCESSO CIVIL 18 Os Procedimentos Especiais III Os Procedimentos Especiais de Jurisdição Voluntária Alienações Judiciais A alienação judicial de bens pode ter caráter que alguns autores consideram como

Leia mais

DIREITO CIVIL IV TEORIA GERAL DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS. Foed Saliba Smaka Jr. Aulas 27/28 10 e 11/11/2015.

DIREITO CIVIL IV TEORIA GERAL DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS. Foed Saliba Smaka Jr. Aulas 27/28 10 e 11/11/2015. DIREITO CIVIL IV TEORIA GERAL DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS. Foed Saliba Smaka Jr. Aulas 27/28 10 e 11/11/2015. Introdução: Tão antigo quanto a troca, anterior a compra e venda. Transferência de Patrimônio

Leia mais

ULISSES VIEIRA MOREIRA PEIXOTO

ULISSES VIEIRA MOREIRA PEIXOTO ULISSES VIEIRA MOREIRA PEIXOTO 2015 EDITORA S UMÁRIO CAPÍTULO 1 FAMÍLIA DIREITO DE FAMÍLIA DIREITO PESSOAL... 33 1. Casamento... 33 2. Capacidade para o casamento... 35 3. Impedimentos... 37 4. Causas

Leia mais

ATENÇÃO EDIÇÃO ATUALIZÁVEL. NÃO DESCARTE

ATENÇÃO EDIÇÃO ATUALIZÁVEL. NÃO DESCARTE JURISPRUDÊNCIA CONSOLIDADA Súmulas, Orientações Jurisprudenciais e Precedentes Normativos dos Tribunais Superiores e do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região SUMÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 O Presidente da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del-rei FAUF e o Prefeito Municipal de Ibirité, Antonio Pinheiro Júnior, faz saber

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS Direito Penal IV EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO Dos crimes contra a pessoa (crimes contra a vida; lesões corporais; periclitação da vida e da saúde; crimes contra a honra; crimes

Leia mais

DIREITO DE FAMÍLIA. Concubinato X União estável

DIREITO DE FAMÍLIA. Concubinato X União estável DIREITO DE FAMÍLIA Concubinato X União estável Concubinato Até a CF/88 nós tínhamos o chamado concubinato. E o que é concubinato? Pessoas que viviam como se casados fossem. Com a CF/88, art. 226, 3º1,

Leia mais

BENNER MARQUES Material para Estudo

BENNER MARQUES Material para Estudo PRAZOS NO PROCESSO CIVIL Antes de adentrarmos ao prazos processuais necessário saber a regra de contagem e quando começa-se a contar o prazo: CONTANDO O PRAZO PROCESSUAL: Exclui-se o dia da publicação

Leia mais

RESUMO ALIMENTOS CARLOS ROBERTO GONÇALVES 4 Bimestre

RESUMO ALIMENTOS CARLOS ROBERTO GONÇALVES 4 Bimestre RESUMO ALIMENTOS CARLOS ROBERTO GONÇALVES 4 Bimestre Conceito Alimentos são prestações para satisfação das necessidades vitais de quem não pode provê-la por si. Finalidade Fornecer a um parente, cônjuge

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Em 29/01/2010, ABC Barraca de Areia Ltda. ajuizou sua recuperação judicial, distribuída à 1ª Vara Empresarial da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro. Em

Leia mais

RECUPERAÇÃO JUDICIAL E FALÊNCIA PRAZOS NA LEI Nº 11.101/2005 OBJETO ARTIGO PRAZO

RECUPERAÇÃO JUDICIAL E FALÊNCIA PRAZOS NA LEI Nº 11.101/2005 OBJETO ARTIGO PRAZO RECUPERAÇÃO JUDICIAL E FALÊNCIA PRAZOS NA LEI Nº 11.101/2005 OBJETO ARTIGO PRAZO Alienação antecipada de bens perecíveis: manifestação do comitê e do falido. 113 48:00hs Apresentação de documento compromisso

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0024.05.871804-0/002 Númeração 8718040- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Fernando Caldeira Brant Des.(a) Fernando Caldeira Brant 28/02/2013 05/03/2013

Leia mais

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ Execuções para entrega de coisa, das obrigações de fazer e insolvência civil Sumário Execução para entrega de coisa, características, modalidades e fundamentação legal Execução para entrega de coisa certa:

Leia mais

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO...

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...19 DEDICATÓRIA...21 CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 23 1. Antecedentes históricos da função de advogado...23 2. O advogado na Constituição Federal...24 3. Lei de

Leia mais

DESENVOLVIMENTO VÁLIDO E REGULAR DO PROCESSO - QUESTÃO DE ORDEM PÚBLICA - EXTINÇÃO DO FEITO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO - ART. 557, DO CPC.

DESENVOLVIMENTO VÁLIDO E REGULAR DO PROCESSO - QUESTÃO DE ORDEM PÚBLICA - EXTINÇÃO DO FEITO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO - ART. 557, DO CPC. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 929977-6, DO FORO REGIONAL DE FAZENDA RIO GRANDE DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - VARA CÍVEL E ANEXOS AGRAVANTE : ROBERTO GOMES DA SILVA AGRAVADO : BANCO SANTANDER

Leia mais

CLASSE 0 - ADMINISTRAÇÃO SUBCLASSE 0-0- ADMINISTRAÇÃO GERAL SUBCLASSE 0-1 ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO

CLASSE 0 - ADMINISTRAÇÃO SUBCLASSE 0-0- ADMINISTRAÇÃO GERAL SUBCLASSE 0-1 ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO CLASSE 0 - ADMINISTRAÇÃO SUBCLASSE 0-0- ADMINISTRAÇÃO GERAL 0-0-4h - Edital de licitação; ata de julgamento de proposta; ata de reunião de abertura de envelopes; aviso de licitação de julgamento, adjudicação

Leia mais

COMPETÊNCIA DOS JUIZADOS ESPECIAIS DA FAZENDA PÚBLICA

COMPETÊNCIA DOS JUIZADOS ESPECIAIS DA FAZENDA PÚBLICA COMPETÊNCIA DOS JUIZADOS ESPECIAIS DA FAZENDA PÚBLICA Fabiano Samartin Fernandes * BREVE HISTÓRICO Os Juizados Especiais foram criados pela Lei n. 9.099, de 26 de setembro de 1995, inspirados diretamente

Leia mais