LEAN STARTUP: ALINHANDO ESTRATÉGIA & INOVAÇÃO WILSON CALDEIRA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LEAN STARTUP: ALINHANDO ESTRATÉGIA & INOVAÇÃO WILSON CALDEIRA"

Transcrição

1 1 LEAN STARTUP: ALINHANDO ESTRATÉGIA & INOVAÇÃO WILSON CALDEIRA

2 2 2 Trade-Off CERTEZA INCERTEZA

3 Estratégia de Inovação baseada em certeza 3 O FUTURO... DO PRETÉRITO ou O lugar onde todos têm certeza PROBLEM KNOWN SOLUTION KNOWN

4 DESCONHECIDA SOLUÇÃO CONHECIDA 5 5 CONHECIDO PROBLEMA DESCONHECIDO +EFICIÊNCIA Experiência $$$ SOLUÇÃO EM BUSCA DE UM PROBLEMA TIME TO MKT Rapidez Muito $$$ INOVAÇÃO

5 6 6 Lean Startup O QUE É? Método de Gerenciamento de Projetos FOCO Validar a transformação de uma ideia inovadora em um negócio rentável PREMISSAS Incerteza & Aprendizado

6 7 7 STARTUP Um novo empreendimento ou um novo negócio em uma empresa Organização temporária em BUSCA um modelo de negócios REPETÍVEL e ESCALÁVEL Necessita transformar hipóteses em fatos Errar e aprender faz parte do processo de busca. EMPRESA EXECUTA um modelo de negócios É moldada por uma estrutura organizacional Necessita atingir metas financeiras É hierarquizada e burocrática Errar faz parte do processo... de ser demitido. 7

7 O Método 8 8 BUSCA EXECUÇÃO Customer Discovery MVP Customer Validation Customer Creation Company/ Business Building PIVOT PROJETO?

8 9 9 9 Lean Startup: Princípios PIVOT? APRENDIZADO VALIDADO MVP

9 O PRODUTO QUE VOCÊ PRETENDE CONSTRUIR Lean Startup: Princípios 10 Minimum Viable Product NÃO SERVE PARA MUITA COISA... BOM PARA TESTAR

10 11 O Produto Mínimo Viável (MVP) 11 Exemplos

11 12 Lean Startup: PIVOT TO PIVOT OR... NOT TO PIVOT 12

12 13 Alguns exemplos de PIVOT PIVOTs para Projetos? ZOOM-IN O que era uma característica passa a ser o escopo do novo produto ZOOM-OUT O que era o produto todo, passa a ser uma característica do novo produto RE- SEGMENTAÇÃO O produto é viável, mas para um segmento de clientes diferente do imaginado MODELO DE NEGÓCIOS Mudar de margem baixa/grande volume para margem alta/baixo volume ou vice versa

13 14 14 Fase 3 Testar a visão da Solução Fase 2 Testar o problema NÃO VENDA! ESCUTE Fase 4 Comprovar ou Pivotar Fase 1 Definir hipóteses CUSTOMER VALIDATION ENTENDIMENTO COMPLETO DOS PROBLEMAS / NECESSIDADES DO CLIENTE

14 15 15 Fase 3 Defina seu posicionamento Fase 4 Comprovar ou Pivotar Fase 2 Busque os clientes! APRENDA SOBRE A TENTATIVA DE VENDA! Fase 1 Prepara-se para vender CUSTOMER CREATION VALIDAR A SOLUÇÃO

15 16 16 Serve para todos os tamanhos? Pode me chamar de CORPORAÇÃO Parece tão insignificante Parece tão lerdo Olá, Meu nome é STARTUP

16 17 17 Serve para todos os tamanhos? Serve somente para TI?

17 18 18 Lean Startup Necessidades Pontos chave Abordagem Aumentar a velocidade de entrega de novos produtos no mercado Reduzir o risco de construir produtos que não vendem Alinhar necessidades dos clientes Encurtar o ciclo de vida dos produtos Agilizar a tomada de decisão interna Criação de um método chamado FastWorks fundamentado no Lean Startup

18 19 19 Lean Startup: Teste de fogo GE Monogram Line French Doors Determinações do CEO (GE Appliances) Mude tudo que o cliente vê Orçamento apertado para o projeto Deve ter um produto funcional em 3 meses Linha de produção inicia em 12/13 meses O caminho Definição de processos básicos baseados no Lean Startup Criação de times multifuncionais Rápido envolvimento do cliente com MVP em apenas 1 mês

19 20 20 Lean Startup: Resultados Mês 1 GE Monogram Line French Doors Teste da versão 1... clientes não gostaram (e os engenheiros e designers não acreditaram no que estavam vendo!)... a cor de aço inox é muito escuro 6 meses depois Teste da versão 5... os clientes começaram a gostar 12 meses depois Produziram 75 unidades para testar a venda

20 21 21 Lean Startup: Mudanças Fornecedores GE Monogram Line French Doors Envolvidos cedo no processo Finanças Era parte constante do time Ajudou a viabilizar ao invés de aprovar Autonomia Novos papéis e responsabilidades Se serve para a GE e para geladeiras...

21 O Resumo da Ópera Transforme hipóteses em fatos Confirme suas hipóteses o mais cedo possível no processo Valide o PROBLEMA e a SOLUÇÃO Não tenha medo de corrigir o rumo, se for necessário (Pivot) Confirme que existe um encaixe PROBLEMA-SOLUÇÃO e que é escalável Aprenda sobre o encaixe utilizando um MVP Certifique-se que é escalável Não tenha medo de corrigir o rumo, se for necessário (Pivot) ESCALE Agora é hora de pisar no acelerador! LEAN STARTUP

22 23 Referências Lean Startup The Lean Startup, 2011 Eric Ries The Startup Owner s Manual, 2012 Steve Blank Case GE How GE Applies Lean Startup Practices hbr.org/2014/04/how-ge-applies-lean-startup-practices/ Filosofia e sabedoria sobre o assunto Criação do conhecimento na empresa, 1997 Nonaka & Takeuchi 23

23 24 Saindo do forno... Em The Startup Way Eric Ries Versão Lean Startup do livro The Leader s Guide Kickstarter 24

24 25 25 OBRIGADO! WILSON CALDEIRA br.linkedin.com/in/wilsoncaldeira

Pivô e Startups. Como fazer ou transformar um produto para que encontre um bom encaixe entre um problema e sua solução?

Pivô e Startups. Como fazer ou transformar um produto para que encontre um bom encaixe entre um problema e sua solução? Pivô e Startups Como fazer ou transformar um produto para que encontre um bom encaixe entre um problema e sua solução? Saiba quando mudar sua estratégia. por Mauro Ribeiro Quem sou eu? Mauro Shimizu Ribeiro

Leia mais

Como startup lean pode ajudar na criação de novos negócios no Brasil

Como startup lean pode ajudar na criação de novos negócios no Brasil Como startup lean pode ajudar na criação de novos negócios no Brasil por Marcelo Amoroso Lima Há um movimento relevante e massivo de criação de startups, principalmente digitais. Muitas dessas empresas

Leia mais

Lab de Negócios catalisando iniciativas dentro de uma organização. Informação Confidencial

Lab de Negócios catalisando iniciativas dentro de uma organização. Informação Confidencial Lab de Negócios catalisando iniciativas dentro de uma organização v1 Informação Confidencial Copyright DBServer Centros de Competência Dell e HP Grupo SONAE e Dell Experiência Internacional Brasil Estados

Leia mais

Guia do Participante

Guia do Participante Guia do Participante Patrocinadores Com uma paixão compartilhada por inovação e empreendedorismo, nossos parceiros oferecem suporte constante para nossos programas e iniciativas. Google for Entrepreneurs

Leia mais

Lean Startup. Julio Beles Lussari (ESIC) julio@juliolussari.com.br

Lean Startup. Julio Beles Lussari (ESIC) julio@juliolussari.com.br Lean Startup Julio Beles Lussari (ESIC) julio@juliolussari.com.br Resumo: O presente artigo acadêmico visa o estudo sobre a metodologia Lean Startup, as ferramentas para colocá-la em prática e suas metodologias

Leia mais

Prof. Me. Marcos Echevarria

Prof. Me. Marcos Echevarria Prof. Me. Marcos Echevarria Como tirar nossas ideias do papel e transformá-las em software de verdade? Como criar softwares que realmente dão certo e, até mesmo, rendam muito dinheiro pra nós e para nossos

Leia mais

10 lições que aprendi trabalhando com Startups

10 lições que aprendi trabalhando com Startups 10 lições que aprendi trabalhando com Startups Semana do Administrador 2015 UNOCHAPECÓ 10 de Setembro de 2015 Apresentação Rodrigo Ventura -Engenheiro de Produção UFSC (2002-2008) -Empresário Júnior (2002-2004)

Leia mais

VALIDAÇÃO DE HIPÓTESES

VALIDAÇÃO DE HIPÓTESES Ferramenta para auxiliar o processo de VALIDAÇÃO DE HIPÓTESES Carlos Eduardo Bizzotto - Eliza Coral - Guilherme Paludetto - Janice Maciel - Jéssica dos Santos Sumário 1 Introdução...3 2 Quadro de Validação:

Leia mais

JAI - XXXIII Jornadas de Atualização em Informática Empreendedorismo em Computação e Startups de Software 1 - Introdução e Lean Startup

JAI - XXXIII Jornadas de Atualização em Informática Empreendedorismo em Computação e Startups de Software 1 - Introdução e Lean Startup JAI - XXXIII Jornadas de Atualização em Informática Empreendedorismo em Computação e Startups de Software 1 - Introdução e Lean Startup! Fabio Kon (kon@ime.usp.br) Julian Monteiro (jm@ime.usp.br) Agenda

Leia mais

PALESTRA: GESTÃO DO CONHECIMENTO COMO PROCESSO ORGANIZACIONAL: O CONTEXTO DA GESTÃO PÚBLICA PROF. HEITOR JOSÉ PEREIRA ( Doutor em Administração EAESP/ FGV - Presidente da SBGC Gestão 2005-2007 ) Revolução

Leia mais

Case de Startup: Strategy Manager. Kleber Teraoka kleber@strategymanager.com.br

Case de Startup: Strategy Manager. Kleber Teraoka kleber@strategymanager.com.br Case de Startup: Strategy Manager Kleber Teraoka kleber@strategymanager.com.br Agenda Para quê criar a Strategy? Beabá da Startup Customer Discovery Descoberta de cliente Minimum Viable Product (MVP) Produto

Leia mais

QUER INOVAR E NÃO SABE COMO?

QUER INOVAR E NÃO SABE COMO? QUER INOVAR E NÃO SABE COMO? Conheça a LEAN Startup - metodologia que promete aumentar as chances de sucesso do seu negócio de forma rápida e prática Esqueça os demorados planos de negócios. O mercado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA Lean Innovation Management: Um estudo de caso da empresa Mix Tecnologia Proposta de Trabalho de Conclusão de

Leia mais

Drupal para Startups. Agilizando o desenvolvimento do seu MVP com o Drupal

Drupal para Startups. Agilizando o desenvolvimento do seu MVP com o Drupal Sorteio de R$400 de crédito nos cursos de Drupal! http://j.mp/sorteio400reais O que veremos nessa palestra? # Apresentação # Startups # Drupal # Apresentação Apresentação Thiago Régis @tregismoreira Apresentação

Leia mais

MODELOS DE NEGÓCIOS PARA STARTUPS

MODELOS DE NEGÓCIOS PARA STARTUPS MODELOS DE NEGÓCIOS PARA STARTUPS Aprenda a aplicar os conceitos de Business Model Canvas e Lean Startup na sua empresa 1 MODELOS DE NEGÓCIOS PARA STARTUPS Aprenda a aplicar os conceitos de Business Model

Leia mais

Lean manufacturing, é uma filosofia de gestão focada na redução de desperdícios;

Lean manufacturing, é uma filosofia de gestão focada na redução de desperdícios; AGENDA 1. LEAN MANUFACTURING 2. TOYOTA WAY 3. O QUE É STARTUP? 4. LEAN STARTUP 5. LEAN STARTUP X LEAN MANUFACTURING 6. CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS LEAN MANUFACTURING Lean manufacturing,

Leia mais

TRANSFORMANDO SUA IDEIA EM UM NEGÓCIO

TRANSFORMANDO SUA IDEIA EM UM NEGÓCIO TRANSFORMANDO SUA IDEIA EM UM NEGÓCIO DANIEL GOMES 2015 CENTRO EMPREENDEDOR SUMÁRIO 1 Introdução... 3 O que é este guia?... 3 O que não falamos nesse guia?... 4 Quem é o Autor?... 4 Para quem é esse guia?...

Leia mais

Introdução 01. José Roberto Marques

Introdução 01. José Roberto Marques Introdução 01 José Roberto Marques 9 Empreendedorismo & Coaching Pessoas Inovadoras Empreendem Tudo que você é capaz de imaginar, você pode conseguir. Walt Disney José Roberto Marques jrmcoaching 10 Instituto

Leia mais

CONHEÇA. nosso. processo. Para você lançar sua Startup. Semana de descoberta. Semana de desenvolvimento. E depois de tudo pronto?

CONHEÇA. nosso. processo. Para você lançar sua Startup. Semana de descoberta. Semana de desenvolvimento. E depois de tudo pronto? CONHEÇA nosso processo Para você lançar sua Startup Semana de descoberta Semana de desenvolvimento E depois de tudo pronto? Acreditamos em uma melhor maneira de começar sua startup De forma Colaborativa,

Leia mais

Palestra de Philip Kotler - Tecnologia

Palestra de Philip Kotler - Tecnologia Palestra de Philip Kotler Tecnologia Pesquisa de Mercado, Treinamento de Vendas, Consultoria em Marketing SMGShare Marketing Group Por Helton Haddad Em uma excelente palestra, a autoridade de marketing

Leia mais

Conheça ferramentas comuns do dia-a-dia dos empreendedores que podem ser utilizadas no desenvolvimento e na gestão de campanhas políticas.

Conheça ferramentas comuns do dia-a-dia dos empreendedores que podem ser utilizadas no desenvolvimento e na gestão de campanhas políticas. EMPREENDEDORISMO ELEITORAL Trazendo conhecimento, técnicas e habilidades aplicadas pelos empreendedores de STARTUPS para o mercado político brasileiro. EM BRASÍLIA 6 e 7 NOV 2015 PRIMEIRA TURMA 20 participantes

Leia mais

Capacitação em Marketing e Vendas para empresas de TI

Capacitação em Marketing e Vendas para empresas de TI Capacitação em Marketing e Vendas para empresas de TI Treinamentos e oficinas para empresas de Tecnologia da Informação 2 Transmitir uma visão abrangente e integrada de aspectos relacionados a marketing

Leia mais

PALESTRA: GESTÃO DO CONHECIMENTO PROF.: HEITOR JOSÉ PEREIRA

PALESTRA: GESTÃO DO CONHECIMENTO PROF.: HEITOR JOSÉ PEREIRA PALESTRA: GESTÃO DO CONHECIMENTO PROF.: HEITOR JOSÉ PEREIRA Doutor em Administração EAESP/ FGV (1995); Professor da FIA Fundação Instituto de Administração Presidente da Sociedade Brasileira de Gestão

Leia mais

Práticas sobre Lean Startups, Customer Development e empreendedorismo em geral Search for: Search

Práticas sobre Lean Startups, Customer Development e empreendedorismo em geral Search for: Search 1 de 7 04/02/2016 10:17 Warning: ob_start(): non-static method wpgoogleanalytics::get_links() should not be called statically in /home/ericnsantos/manualdastartup.com.br/blog/wp-content/plugins/wp-google-analytics

Leia mais

Uma nova forma de gestão

Uma nova forma de gestão Uma nova forma de gestão por Michael Ballé ARTIGO Desvio da missão, silos e uma força de trabalho desengajada são alguns dos efeitos negativos da gestão tradicional. Michael Ballé oferece uma alternativa

Leia mais

"Inovação, Riscos e Compliance nos negócios e nas empresas".

Inovação, Riscos e Compliance nos negócios e nas empresas. "Inovação, Riscos e Compliance nos negócios e nas empresas". Reinterpretando "The Lean Startup", de Eric Ries ( Crown Books, 2011) José Mário B. Serra jms.consult Capo Software Li - nem sei dizer por que

Leia mais

TESTANDO SEU MODELO DE NEGÓCIO CURSO DE MODELOS DE NEGÓCIO INOVADORES AULA 4

TESTANDO SEU MODELO DE NEGÓCIO CURSO DE MODELOS DE NEGÓCIO INOVADORES AULA 4 TESTANDO SEU MODELO DE NEGÓCIO O que já foi visto até agora... ...nós estudamos modelo de negócio ...nós entendemos modelo de negócio...nós estudamos problema solução ... muitas vezes gostamos do inside

Leia mais

ASPECTOS PRINCIPAIS SOBRE

ASPECTOS PRINCIPAIS SOBRE ASPECTOS PRINCIPAIS SOBRE EMPREENDEDORISMO Empreendedorismo A Administração da revolução O empreendedorismo é uma revolução silenciosa, que será para o século 21 mais do que a revolução industrial foi

Leia mais

Se pudéssemos resumir em tópicos alguns conceitos apresentados na Palestra poderíamos citar os seguintes:

Se pudéssemos resumir em tópicos alguns conceitos apresentados na Palestra poderíamos citar os seguintes: Palestra de Philip Kotler Por Helton Haddad Além de ser um valioso aprendizado em termos de conhecimentos, este evento nos traz a certeza de cada vez mais, as empresas precisam agilizar e acelerar suas

Leia mais

TÍTULO: CONCEITOS MODERNOS EM STARTUPS: REALIDADE OU ILUSÃO? CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

TÍTULO: CONCEITOS MODERNOS EM STARTUPS: REALIDADE OU ILUSÃO? CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO TÍTULO: CONCEITOS MODERNOS EM STARTUPS: REALIDADE OU ILUSÃO? CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO FECAP AUTOR(ES): ANNA LUIZA WAGNER

Leia mais

Gestão de Pessoas Uma janela para o sucesso

Gestão de Pessoas Uma janela para o sucesso Gestão de Pessoas Uma janela para o sucesso Já vivemos muitas eras de mudanças Terra Trabalh o Capital CONHECIMENTO Agora, vivemos uma mudança de era! Exportações EUA Most companies die not because they

Leia mais

OBJETIVO DO PROGRAMA ORGANIZAÇÃO DO PROGRAMA E CARGA HORÁRIA PREMISSAS DOS PROGRAMA INVESTIMENTO E PRÓXIMA TURMA I NSTRUTORES

OBJETIVO DO PROGRAMA ORGANIZAÇÃO DO PROGRAMA E CARGA HORÁRIA PREMISSAS DOS PROGRAMA INVESTIMENTO E PRÓXIMA TURMA I NSTRUTORES PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS DE OBJETIVO DO PROGRAMA O programa visa capacitar seus participantes em técnicas práticas e conceitos necessários para trabalhar em iniciativas de modelagem,

Leia mais

USANDO O DESIGN THINKING PARA TRANSFORMAR SEU TIME E SUA EMPRESA: A EXPERIÊNCIA DA TOTVS. Fábio Miranda e Glauber Gallego

USANDO O DESIGN THINKING PARA TRANSFORMAR SEU TIME E SUA EMPRESA: A EXPERIÊNCIA DA TOTVS. Fábio Miranda e Glauber Gallego USANDO O DESIGN THINKING PARA TRANSFORMAR SEU TIME E SUA EMPRESA: A EXPERIÊNCIA DA TOTVS Fábio Miranda e Glauber Gallego MAS O QUE É INOVAÇÃO? INOVAÇÃO INOVAÇÃO NEGÓCIOS Financeiramente Viável TECNOLOGIA

Leia mais

Gestão de Projetos com Métodos Ágeis - Avançado

Gestão de Projetos com Métodos Ágeis - Avançado Gestão de Projetos com Métodos Ágeis - Avançado Caxias do Sul, 16 de Agosto 2013 Gustavo Casarotto Agenda O Scrum Planejamento da Sprint 1 Execução da Sprint 1 Revisão da Sprint 1 Retrospectiva da Sprint

Leia mais

Balanced Scorecard INTRODUÇÃO

Balanced Scorecard INTRODUÇÃO Balanced Scorecard Transformando a teoria em prática Nairson de Oliveira Drª Rosemeire Guzzi Sampaulo INTRODUÇÃO Somente 10% das empresas conseguem executar suas estratégias Fortune Na maioria dos fracassos

Leia mais

Startups e Computação em Nuvem: A Combinação Perfeita

Startups e Computação em Nuvem: A Combinação Perfeita Universidade Federal do Ceará Startups e Computação em Nuvem: A Combinação Perfeita Flávio R. C. Sousa flaviosousa@ufc.br @flaviosousa www.es.ufc.br/~flavio 2013 Introdução 2,7 bilhões de usuários na internet

Leia mais

RELATÓRIO MESA REVOLVER DESIGN (PESQUISA)

RELATÓRIO MESA REVOLVER DESIGN (PESQUISA) 1ª RODADA O QUE É PESQUISA? Por no google? Buscar conhecimento Ir a fundo nos interesses/ saber mais/ descobrir Faculdade: pesquisar coisas pelas quias você não necessariamente se interessa --> conhecimento

Leia mais

O PROCESSO MENTAL POR TRÁS DE UM BUSINESS PLAN

O PROCESSO MENTAL POR TRÁS DE UM BUSINESS PLAN O PROCESSO MENTAL POR TRÁS DE UM BUSINESS PLAN A Concepção de um Negócio O MODELO MENTAL Percepção de oportunidade de negócio e visão preliminar de como será o negócio A IDEIA E O CONCEITO ORIGINAL Qual

Leia mais

As principais competências que farão a diferença para os líderes 2016-17. KM Coaching Desenvolvendo Performance para Aumento de Resultados

As principais competências que farão a diferença para os líderes 2016-17. KM Coaching Desenvolvendo Performance para Aumento de Resultados As principais competências que farão a diferença para os líderes 2016-17 KM Coaching Desenvolvendo Performance para Aumento de Resultados Katya Mangili Atua como Coach de Carreira e Liderança. É sócia

Leia mais

GESTÃO DO CONHECIMENTO MÓDULO 8

GESTÃO DO CONHECIMENTO MÓDULO 8 GESTÃO DO CONHECIMENTO MÓDULO 8 Índice 1. Identificação, Criação e Socialização do Conhecimento...3 1.1 Objetivo:... 3 1.2 Síntese:... 3 2. Identificação e criação do conhecimento...3 2 1. IDENTIFICAÇÃO,

Leia mais

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky Tradução: Diogo Kosaka Gostaria de compartilhar minha experiência pessoal como engenheiro

Leia mais

Sistemas de Informações

Sistemas de Informações Tópicos da aula GESTÃO DA INFORMAÇÃO GESTÃO DO CONHECIMENTO CAPITAL INTELECTUAL TOMADA DE DECISÃO ENGENHARIA DA INFORMAÇÃO Sistemas de Informações Ondas de transformação da humanidade Revolução Agrícola

Leia mais

JAI - XXXIII Jornadas de Atualização em Informática Empreendedorismo em Computação e Startups de Software 3 - Desenvolvimento de Cliente

JAI - XXXIII Jornadas de Atualização em Informática Empreendedorismo em Computação e Startups de Software 3 - Desenvolvimento de Cliente JAI - XXXIII Jornadas de Atualização em Informática Empreendedorismo em Computação e Startups de Software 3 - Desenvolvimento de Cliente! Fabio Kon (kon@ime.usp.br) Julian Monteiro (jm@ime.usp.br) Agenda

Leia mais

Resumo de: THE FOUR STEPS TO THE EPIPHANY de Steve Blank de Diogo Miguel Jesus, Engenharia Informática, Instituto Superior Técnico, Lisboa, 2011

Resumo de: THE FOUR STEPS TO THE EPIPHANY de Steve Blank de Diogo Miguel Jesus, Engenharia Informática, Instituto Superior Técnico, Lisboa, 2011 Resumo de: THE FOUR STEPS TO THE EPIPHANY de Steve Blank de Diogo Miguel Jesus, Engenharia Informática, Instituto Superior Técnico, Lisboa, 2011 INTRODUÇÃO Ouvir os potenciais futuros clientes, ir ao terreno

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 Semana de Tecnologia Gerenciamento de Projetos Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 ferreiradasilva.celio@gmail.com O que é um Projeto? Projeto é um "esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço

Leia mais

COMITÊ DE MARKETING ASSESPRO MG. MAIO 2015 Como transformar os problemas do cliente nos argumentos de vendas da sua empresa?

COMITÊ DE MARKETING ASSESPRO MG. MAIO 2015 Como transformar os problemas do cliente nos argumentos de vendas da sua empresa? COMITÊ DE MARKETING ASSESPRO MG MAIO 2015 Como transformar os problemas do cliente nos argumentos de vendas da sua empresa? Visão Geral 2 VENDAS MARKETING Encaixe ProblemaSolução Abordagem de Mercado Comunicação

Leia mais

O Seis Sigma como apoio a Estratégia Organizacional

O Seis Sigma como apoio a Estratégia Organizacional 1 O Seis Sigma como apoio a Estratégia Organizacional Andre Rodrigues da SILVA 1 Introdução A produção em massa revolucionou a fabricação na metade do século XIX e esta filosofia foi explorada por grandes

Leia mais

Aula 10. Delegação X Empowerment

Aula 10. Delegação X Empowerment Aula 10 Delegação X Empowerment Profa. Ms. Daniela Cartoni daniela.cartoni@veris.edu.br DELEGAÇÃO X EMPOWERMENT Delegar significa orientar o colaborador para que execute uma determinada atividade no lugar

Leia mais

Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.) O PMBoK diz que: O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos e as atividades necessárias para identificar, definir, combinar, unificar e coordenar

Leia mais

SAÚDE MENTAL RELACIONADA AO TRABALHO. Marcia Hespanhol Bernardo PUC-Campinas

SAÚDE MENTAL RELACIONADA AO TRABALHO. Marcia Hespanhol Bernardo PUC-Campinas SAÚDE MENTAL RELACIONADA AO TRABALHO Marcia Hespanhol Bernardo PUC-Campinas O que diz o discurso predominante na literatura de gestão atual? Organização que aprende (Senge) Missão compartilhada - Família-empresa

Leia mais

21 sacadas para levar o seu negócio para o próximo nível

21 sacadas para levar o seu negócio para o próximo nível Para quem é este livro? Este livro é para todas aquelas pessoas que fazem o que amam em seu trabalho mas não estão tendo o retorno que gostariam. Este mini guia com 21 sacadas é um resumo dos atendimentos

Leia mais

MAC 5856 - Desenvolvimento de Software Livre Começando uma Startup de Sw

MAC 5856 - Desenvolvimento de Software Livre Começando uma Startup de Sw MAC 5856 - Desenvolvimento de Software Livre Começando uma Startup de Sw Vladimir Moreira Infomobile Roteiro Motivação de começar uma Startup Startup O que é um Startup Peças fundamentais Empreendedor

Leia mais

II UNIDADE : O ESPÍRITO EMPREENDEDOR

II UNIDADE : O ESPÍRITO EMPREENDEDOR 1. 1 CURSO: ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: EMPREENDEDORISMO PROFESSOR (A): NAZARÉ FERRÃO ACADÊMICO (A):------------------------------------------------ TURMAS: 5- ADN-1 DATA: / / II UNIDADE : O ESPÍRITO EMPREENDEDOR

Leia mais

OS 10 PASSOS PARA CRIAR UMA EMPRESA INOVADORA DE SUCESSO

OS 10 PASSOS PARA CRIAR UMA EMPRESA INOVADORA DE SUCESSO 5º. Diálogo & Inovação Giro de Ideias em Soluções Tecnológicas 5 de Setembro de 205 OS 0 PASSOS PARA CRIAR UMA EMPRESA INOVADORA DE SUCESSO Leandro Carioni Diretor Executivo CENTRO DE EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Alexandre Lima Guilherme Melo Joeldson Costa Marcelo Guedes

Alexandre Lima Guilherme Melo Joeldson Costa Marcelo Guedes Instituto Federal do Rio Grande do Norte IFRN Graduação Tecnologia em Analise e Desenvolvimento de Sistema Disciplina: Processo de Desenvolvimento de Software Scrum Alexandre Lima Guilherme Melo Joeldson

Leia mais

Curso de. Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI

Curso de. Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI Curso de Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI Descrição da Ementa do Curso Como integrar negócio e tecnologia? Como maximizar o retorno sobre investimentos em projetos de Tecnologia

Leia mais

"Criatividade e Inovação para o Aprendizado de Resultados" Apresentado por Jorge Pinheiro

Criatividade e Inovação para o Aprendizado de Resultados Apresentado por Jorge Pinheiro "Criatividade e Inovação para o Aprendizado de Resultados" Apresentado por Jorge Pinheiro Pessoal Relacional Organizacional = Equilibrado, Maduro e Responsável = Amigo, Atencioso, Excelente ouvinte = Desalinhado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Desmembrando o Lean Startup: Sistema de suporte a decisão na validação de hipóteses e na melhoria do ciclo

Leia mais

Luciana Zaina Alexandre Alvaro. Campus Sorocaba

Luciana Zaina Alexandre Alvaro. Campus Sorocaba Luciana Zaina Alexandre Alvaro INTRODUÇÃO Diminuir as distâncias: alinhar o ensino de ciência da computação (disciplinas técnicas) com disciplinas de negócio, visando fomentar a criação de negócios. Alunos

Leia mais

Processos. Gestão de Processos. Conceitos fundamentais. Por André L. N. Campos. André Campos

Processos. Gestão de Processos. Conceitos fundamentais. Por André L. N. Campos. André Campos Gestão de Conceitos fundamentais Por André L. N. Campos André Campos O QUE É GESTÃO DE PROCESSOS Gestão de processos ou Business Process Management (BPM), envolve gerenciar o trabalho ponta-a-ponta que

Leia mais

O Círculo de Kaizen para a sustentação do Lean. I. Círculo de Kaizen: objetivos, estrutura, vínculos com os negócios e benefícios

O Círculo de Kaizen para a sustentação do Lean. I. Círculo de Kaizen: objetivos, estrutura, vínculos com os negócios e benefícios O Círculo de Kaizen para a sustentação do Lean Marino Kishida* As empresas que iniciaram a jornada lean frequentemente empolgam-se com os ganhos iniciais de produtividade, produção, qualidade, redução

Leia mais

NAGI PG. Capacitação em Gestão da Inovação para o Setor de Petróleo e Gás. Polo: Campinas

NAGI PG. Capacitação em Gestão da Inovação para o Setor de Petróleo e Gás. Polo: Campinas NAGI PG NÚCLEO DE APOIO À GESTÃO DA INOVAÇÃO NA CADEIA DE PETRÓLEO E GÁS Capacitação em Gestão da Inovação para o Setor de Petróleo e Gás Polo: Campinas Programa do Módulo I Módulo I: Planejamento Estratégico

Leia mais

O FATOR HUMANO NA IMPLEMENTAÇÃO DE MELHORIAS DE PROCESSO

O FATOR HUMANO NA IMPLEMENTAÇÃO DE MELHORIAS DE PROCESSO O FATOR HUMANO NA IMPLEMENTAÇÃO DE MELHORIAS DE PROCESSO A sobrevivência e o crescimento das empresas, está associado a conceitos como: competitividade, tecnologia, qualidade, meio ambiente, competência

Leia mais

Edital PROEX/IFRS nº 021/2015. Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer crie seu negócio de alto impacto

Edital PROEX/IFRS nº 021/2015. Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer crie seu negócio de alto impacto Edital PROEX/IFRS nº 021/2015 Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer crie seu negócio de alto impacto A Pró-reitora de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do

Leia mais

FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA

FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA Toyota do Brasil Pós-venda Capítulo 1 - O que o Cliente espera do Serviço de Pós-Venda Capítulo 2 - A Filosofia do Serviço de Pós-Venda Toyota Definindo a Filosofia

Leia mais

Edital PROEX/IFRS nº 17/2016. Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer - crie seu negócio de alto impacto

Edital PROEX/IFRS nº 17/2016. Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer - crie seu negócio de alto impacto Edital PROEX/IFRS nº 17/2016 Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer - crie seu negócio de alto impacto O Pró-reitor de Extensão Substituto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

Empreendedorismo em Computação e Startups de Software

Empreendedorismo em Computação e Startups de Software Capítulo 5 Empreendedorismo em Computação e Startups de Software Fabio Kon e Julian Monteiro Resumo Esse capítulo tem como objetivo principal apresentar tanto os conceitos básicos relacionados ao empreendedorismo

Leia mais

DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos

DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Eu queria testar a metodologia criativa com alunos que eu não conhecesse. Teria de

Leia mais

4 Metodologia e estratégia de abordagem

4 Metodologia e estratégia de abordagem 50 4 Metodologia e estratégia de abordagem O problema de diagnóstico para melhoria da qualidade percebida pelos clientes é abordado a partir da identificação de diferenças (gaps) significativas entre o

Leia mais

Gestão Estratégica de Pessoas

Gestão Estratégica de Pessoas Gestão Estratégica de Pessoas MBA FGV 1 Grandes Decisões sobre Pessoas Fatores que Garantem o Resultado As Tendências e Perspectivas de Gestão de Pessoas em Saúde Gestão de Pessoas e o Balanced Score Card

Leia mais

Modelo de Gestão Estratégica para Resultados da SEFAZ

Modelo de Gestão Estratégica para Resultados da SEFAZ Modelo Estratégica para Resultados da SEFAZ Treinamento Gestores Conhecendo nosso Modelo Maio 2015 Modelo Estratégico para Resultados Assuntos previstos para esta oficina... Aprofundar no conceito de Gestão

Leia mais

Gerenciamento de Projetos de Software

Gerenciamento de Projetos de Software Gerenciamento de Projetos de Software Framework Ágil, Scrum Prof. Júlio Cesar da Silva Msc. 2º Encontro Ementa & Atividades Aula 1: Fundamentos do Gerenciamento de Projetos (p. 4) 30/abr (VISTO) Aula 2:

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR 20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR Resultados Processo de aprendizagem EXPLORAÇÃO Busco entender como as coisas funcionam e descobrir as relações entre as mesmas. Essa busca por conexões

Leia mais

De Barnaby S. Donlon, consultor sênior, Balanced Scorecard Collaborative

De Barnaby S. Donlon, consultor sênior, Balanced Scorecard Collaborative Construção de um programa de desdobramento De Barnaby S. Donlon, consultor sênior, Balanced Scorecard Collaborative Como ter a certeza de que a implementação do Balanced Scorecard promoverá a execução

Leia mais

versão 2.0 do BABOK Cover this area with a picture related to your presentation. It can

versão 2.0 do BABOK Cover this area with a picture related to your presentation. It can Uma visão geral da versão 2.0 do BABOK Cover this area with a picture related to your presentation. It can be humorous. Make sure you look at the Notes Pages for more information about how to use the template.

Leia mais

Como utilizar as ferramentas de marketing digital no relacionamento com os cooperados

Como utilizar as ferramentas de marketing digital no relacionamento com os cooperados Como utilizar as ferramentas de marketing digital no relacionamento com os cooperados 26 de Agosto de 2015 Belo Horizonte - MG Joe Jackson Sangalli Vidor Joe Jackson Sangalli Vidor Diretor da 2ck Marketing

Leia mais

Recife,'12'de'abril'de'2012'

Recife,'12'de'abril'de'2012' UNIVERSIDADEFEDERALDEPERNAMBUCO BACHARELADOEMCIÊNCIADACOMPUTAÇÃO CENTRODEINFORMÁTICA CIn 2012.1 TemadaPropostadeTG Desmembrando o Lean Sartup: Sistema de suporte a decisão na validação de hipóteses e na

Leia mais

Tecnologias de informação e comunicação na formação de professores Fábio Câmara Araújo de Carvalho Gregorio Bittar Ivanoff Laura Gallucci

Tecnologias de informação e comunicação na formação de professores Fábio Câmara Araújo de Carvalho Gregorio Bittar Ivanoff Laura Gallucci Tecnologias de informação e comunicação na formação de professores Fábio Câmara Araújo de Carvalho Gregorio Bittar Ivanoff Laura Gallucci slide 1 slide 2 Utilizando um navegador slide 3 Usando o navegador

Leia mais

Sumário AS LIÇÕES DA HISTÓRIA 13. O que é a Ciência da Fábrica? 1 PARTE I. 1 A Indústria Norte-Americana 15

Sumário AS LIÇÕES DA HISTÓRIA 13. O que é a Ciência da Fábrica? 1 PARTE I. 1 A Indústria Norte-Americana 15 O que é a Ciência da Fábrica? 1 0.1 Uma resposta simples (A resposta curta) 1 0.2 Uma resposta mais elaborada (A resposta longa) 1 0.2.1 Foco: a gestão da produção 1 0.2.2 O escopo: as operações 3 0.2.3

Leia mais

Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília

Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília AVALIAÇÃO DA ADOÇÃO DE BPM NO BRASIL: ERROS, APRENDIZADOS E BOAS PRÁTICAS Leandro Jesus INVESTIR EM PROCESSOS:

Leia mais

Liderança e Produtividade. ALBERTO PEZEIRO Sócio-Fundador e CEO pezeiro@setadg.com.br 11 98110-0026

Liderança e Produtividade. ALBERTO PEZEIRO Sócio-Fundador e CEO pezeiro@setadg.com.br 11 98110-0026 Liderança e Produtividade ALBERTO PEZEIRO Sócio-Fundador e CEO pezeiro@setadg.com.br 11 98110-0026 1 Definindo o perfil de Liderança que devemos ter na Organização para garantir o aumento da Produtividade

Leia mais

O Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e Doutorado

O Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e Doutorado O Quê Você Deveria Saber sobre o seu Mestrado e Doutorado Manoel Mendonça Professor do DCC-IM-UFBA Disclainmer Esta apresentação contém conselhos que considero úteis para o bom desenvolvimento de um curso

Leia mais

Desenvolvimento Ágil e Pragmático

Desenvolvimento Ágil e Pragmático Desenvolvimento Ágil e Pragmático Luiz Otavio Nascimento Kurt Lewin costumava dizer que a teoria informa a prática e a experiência prática dá forma à teoria. Esse parece ser o caso do Vale do Silício onde

Leia mais

Tecnologia, Negócio e Educação ( Startup )

Tecnologia, Negócio e Educação ( Startup ) Tecnologia, Negócio e Educação ( Startup ) Palestra: Desafios do Analista de Negócio na Era do Digital Business Agenda Apresentação Trends Analista de Negócio Digital transformation A & Q Apresentação

Leia mais

Projetos Ágeis aplicados a TI. Júlio Cesar da Silva Msc.

Projetos Ágeis aplicados a TI. Júlio Cesar da Silva Msc. Projetos Ágeis aplicados a TI Júlio Cesar da Silva Msc. Apresentação Graduação em Matemática e TI MBA em Gestão em TI Mestre em Administração Certificado ITIL, Cobit e ScrumMaster Professor Graduação Professor

Leia mais

PARTE VI ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA. Prof. Glauber Santos glauber@justocantins.com.br www.justocantins.com.br

PARTE VI ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA. Prof. Glauber Santos glauber@justocantins.com.br www.justocantins.com.br PARTE VI ADMINISTRAÇÃO EMPREENDEDORA REFLEXÃO O que leva uma pessoa a ser empresário? A realidade de ser empresário. Nem tudo são flores, os espinhos sempre estão juntos... BRASIL Um país Empreendedor

Leia mais

PDG centraliza projetos com o SAP Business Planning & Consolidation em nuvem

PDG centraliza projetos com o SAP Business Planning & Consolidation em nuvem PDG centraliza projetos com o SAP Business Planning & Consolidation em nuvem A PDG é uma das maiores incorporadoras imobiliárias do mercado brasileiro, com mais de 120 mil clientes ativos e cerca de 150

Leia mais

INSPER LAÍS ARTUSO TAKAKI MODELO DE DESENVOLVIMENTO DE STARTUPS EM SETORES TRADICIONAIS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A MARIA BRIGADEIRO

INSPER LAÍS ARTUSO TAKAKI MODELO DE DESENVOLVIMENTO DE STARTUPS EM SETORES TRADICIONAIS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A MARIA BRIGADEIRO INSPER LAÍS ARTUSO TAKAKI MODELO DE DESENVOLVIMENTO DE STARTUPS EM SETORES TRADICIONAIS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A MARIA BRIGADEIRO SÃO PAULO 2015 1 LAÍS ARTUSO TAKAKI MODELO DE DESENVOLVIMENTO DE STARTUPS

Leia mais

Mais INTEGRADOS A vida é muito curta para ser pequena. ok!

Mais INTEGRADOS A vida é muito curta para ser pequena. ok! Primeira Parada: Mais INTEGRADOS A vida é muito curta para ser pequena. Benjamin Disraeli (1804-1881) Escritor e ex - primeiro ministro britânico 1 O que a alta direção espera que o profissional de RH

Leia mais

Há não muito tempo, em um voo de Nova York para. Introdução

Há não muito tempo, em um voo de Nova York para. Introdução Introdução Há não muito tempo, em um voo de Nova York para Frankfurt, tive uma conversa com o passageiro ao meu lado. Ele perguntou o que eu fazia, e falei que era CEO de uma empresa prestadora de serviços

Leia mais

MANUAL DE RETENÇÃO BARRED S

MANUAL DE RETENÇÃO BARRED S MANUAL DE RETENÇÃO BARRED S A contratação contínua de talentos não pode ser isolada da estratégia geral da empresa, pois o correto recrutamento irá agregar pessoas mais valiosas, trazendo mais resultados.

Leia mais

Regulamento. Competição Sua Ideia na Prática

Regulamento. Competição Sua Ideia na Prática Competição Sua Ideia na Prática 1. Objetivo: A competição de empreendedorismo Sua Ideia na Prática tem como objetivo desenvolver a confiança empreendedora no jovem universitário brasileiro, por meio de

Leia mais

Promoção especial para o III Congresso Cearense de Gerenciamento Certified ScrumMaster, Certified Scrum Product Owner e Management 3.

Promoção especial para o III Congresso Cearense de Gerenciamento Certified ScrumMaster, Certified Scrum Product Owner e Management 3. Promoção especial para o III Congresso Cearense de Gerenciamento Certified ScrumMaster, Certified Scrum Product Owner e Management 3.0 Sobre a GoToAgile! A GoToAgile é uma empresa Brasileira que tem seu

Leia mais

Prof. Sérgio Roberto Sigrist srsigris@hotmail.com

Prof. Sérgio Roberto Sigrist srsigris@hotmail.com Prof. Sérgio Roberto Sigrist srsigris@hotmail.com Palavras-chave Melhores práticas, inovação, geração de valor, qualidade, serviços, gestão de serviços, suporte em TI, melhoria contínua, orientação a processos,

Leia mais

Prática e Gerenciamento de Projetos. Prof. MS Galvez Gonçalves

Prática e Gerenciamento de Projetos. Prof. MS Galvez Gonçalves Prática e Gerenciamento de Projetos Prof. MS Galvez Gonçalves PMI PMI (Project Management Institute) fundado em 1969 é uma instituição sem fins lucrativos. Missão:fomentar o profissionalismo e a ética

Leia mais

Arquitetura dos ambientes de saúde

Arquitetura dos ambientes de saúde Arquitetura dos ambientes de saúde Todos os olhares do ambiente de saúde A palavra arquitetura não traduz a dimensão do que produzimos nessa área. Nosso trabalho vai além da planta. Aqui, são os fluxos

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 07 2 Planejamento de Informática Como devem ser associados os recursos técnicos de informação à estrutura e filosofia administrativa da? Como

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE GESTÃO MPG VERITAS

CERTIFICAÇÃO DE GESTÃO MPG VERITAS 2011 CERTIFICAÇÃO DE GESTÃO MPG VERITAS MPG VERITAS 1/1/2011 Você deve ser a mudança que você deseja ver no mundo Mahatma Gandhi SUMÁRIO 1. Introdução 2. Histórico 3. Prêmio MPG VERITAS de gestão 3.1 Gestão

Leia mais

CRIANDO STARTUPS: Métodos, Processos, Técnicas e Ferramentas

CRIANDO STARTUPS: Métodos, Processos, Técnicas e Ferramentas CRIANDO STARTUPS: Métodos, Processos, Técnicas e Ferramentas Carlo M. R. da Silva Vinicius Cardoso Garcia Silvio R. L. Meira Autores (rbr@cin.ufpe.br) PhD. Candidate Cin UFPE Cheapig/ Campus Party Recife

Leia mais