CADERNO DE QUESTÕES PROVA ESCRITA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CADERNO DE QUESTÕES PROVA ESCRITA"

Transcrição

1 ETEC Prof. Alfredo de Barros Santos Guaratinguetá CONCURSO PÚBLICO DE PROFESSOR DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO - EDITAL Nº 026/03/2016 PROCESSO Nº 3101/2016 CADERNO DE QUESTÕES PROVA ESCRITA Nome do(a) candidato(a): Nº de inscrição: Assinatura do(a) candidato(a): Componente Curricular: Ilustração (Comunicação Visual) Prezado(a) candidato(a): Antes de iniciar a prova, leia atentamente as instruções a seguir e aguarde a ordem do Aplicador para iniciar a Prova Escrita. 1. Este caderno contém 40 (quarenta) questões em forma de teste. 2. Cada questão MODELO contém 4 (quatro) alternativas (A, B, C e D) das quais somente uma está correta. 3. Esta prova vale de 0 a 100 pontos. 4. A prova terá duração de 03 (três) horas. 5. Após o início da Prova Escrita, você deverá permanecer na sala no mínimo 01 (uma) hora, e não poderá levar consigo este caderno de questões. 6. Você receberá do Aplicador juntamente com este Caderno de Questões uma Folha de Respostas. 7. Leia atentamente cada questão e assinale na Folha de Respostas a alternativa que responde corretamente a cada uma delas. A Folha de Respostas será o único documento válido para a correção. O preenchimento da Folha de Respostas e a respectiva assinatura serão de inteira responsabilidade do candidato. Não haverá em hipótese alguma a substituição da Folha de Resposta. 8. Observe as seguintes informações relativas à Folha de Respostas: a. A maneira correta de marcação das respostas é cobrir, fortemente, com esferográfica de tinta azul ou preta, o espaço correspondente à letra a ser assinalada, como no exemplo ao lado: b. Será atribuída nota zero às questões não assinaladas ou com falta de nitidez, ou com marcação de mais de uma alternativa, e as emendadas ou rasuradas. c. Responda a todas as questões. Para cômputo da nota, serão considerados apenas os acertos. 9. A última folha do Caderno de Questões estará em branco e caberá ao candidato anotar na mesma suas respostas e destacá-la para futura consulta ao gabarito. 10. Por motivo de segurança, só é permitido fazer anotação durante a prova no Caderno de Questões. 11. Após identificado e instalado na sala, o candidato não poderá consultar qualquer material, enquanto aguarda o horário de início da prova, bem como durante a sua realização. 12. Durante a realização da prova escrita não serão permitidas consultas bibliográficas de qualquer espécie, nem a utilização de máquinas calculadoras ou equipamentos eletrônicos. 13. Os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato entregue a Folha de Resposta da prova escrita. 14. Ao terminar a prova, é de sua responsabilidade entregar ao aplicador o Caderno de Questões e a Folhas de Resposta. 15. Não esqueça seus pertences. 16. O desrespeito às normas que regem o presente Concurso Público, bem como a desobediência às exigências registradas no Edital de Abertura de Inscrições, implicam a insubsistência da inscrição do candidato. 17. O gabarito da prova escrita será divulgado no site da ETEC no primeiro dia útil após a realização da presente prova. BOA PROVA!

2 1 Para se produzir uma ilustração, podem-se usar várias técnicas e materiais diferentes. Com relação a materiais para desenho, associe a coluna da direita com a da esquerda de acordo com a imagem do desenho e com o material que foi utilizado para produzir esse desenho. (1) Carvão (2) Aquarela (3) Grafite (4) Guache Fonte das imagens: SAMARA, Timothy. Design Elements: A Graphic Style Manual p. Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA de associação, de cima para baixo. (A) 2, 4, 1, 3 (B) 1, 3, 2, 4 (C) 4, 1, 2, 3 (D) 2, 1, 4, 3 2 Imagens desenvolvidas para exibição em tela devem ser adequadas à grande variação de dispositivos digitais disponíveis atualmente. A resolução em PPI (pixels por polegada) adequada para imagens exibidas na web é: (A) 72 (B) 120 (C) 144 (D) Os formatos JPEG e GIF são adequados, respectivamente, para: (A) fotografias para impressão, animações para a web. (B) fotografias, imagens com fundo transparente ambos para a web.

3 (C) ilustrações com cores chapadas, imagens com fundo transparente ambos para impressão. (D) fotografias para impressão, fotografias para a web. 4 O formato que oferece suporte a imagens com cores no padrão CMYK é: (A) GIF (B) PNG-8 (C) PNG-24 (D) TIFF 5 O significado da sigla PDF e a empresa responsável por seu desenvolvimento são, respectivamente: (A) Portable Document Format, Xerox (B) Printable Document File, Adobe (C) Portable Document File, Xerox (D) Portable Document Format, Adobe 6 A sigla a seguir corresponde a um sistema de cor por subtração luminosa: (A) CMYK (B) LAB (C) HSB (D) RGB 7 A cor complementar de uma cor primária é aquela que resulta da combinação: (A) de uma cor secundária adjacente com uma outra cor primária. (B) de duas cores secundárias adjacentes. (C) de outras duas cores primárias. (D) da própria cor com seu par secundário. 8 Ao se trabalhar com formas em curva em imagens raster, é fundamental a utilização do recurso anti-aliasing. O resultado do uso desse recurso está corretamente descrito em: (A) As figuras possuem seu tamanho em Kbytes reduzido, otimizando a exibição na web. (B) O recurso impede a alocação de cores CMYK, indevidas para exibição em tela. (C) As figuras são exibidas progressivamente, enquanto imagens sem anti-aliasing são exibidas de modo entrelaçado. (D) As bordas dos elementos são suavizadas. 9 A edição e finalização de arte para a web pode ser realizada nos programas: (A) Flash, Illustrator e Photoshop. (B) Corel Draw, Photoshop e QuarkXpress. (C) Illustrator, Photoshop e Dreamweaver. (D) Illustrator, InDesign e Photoshop. 10 Em programas de edição de imagens, o recurso de máscaras serve para: (A) agrupar elementos de diferentes camadas de edição. (B) mesclar elementos de texto com imagens. (C) vetorizar partes de uma imagem. (D) isolar e proteger partes de uma imagem.

4 11 O formato adequado para exibir imagens na web, aproveitando- se seus canais alpha para definir diferentes níveis de opacidade é: (A) SWF (B) GIF (C) PNG (D) PSD 12 Quando uma imagem de 1500 x 1000 pixels a 150 PPI é redimensionada para 3000 x 2000 pixels a 300 PPI, os seguintes resultados são observados: (A) Na tela, a imagem é reduzida com aumento de qualidade; na impressão, a imagem é ampliada. (B) Na tela, a imagem é ampliada com aumento de qualidade; na impressão, a imagem permanece com as dimensões originais. (C) Na tela, a imagem é ampliada com redução de qualidade; na impressão, a imagem permanece com as dimensões originais. (D) Na tela, a imagem é ampliada com redução de qualidade; na impressão, a imagem é reduzida. 13 A curva de Bezier é uma das mais importantes ferramentas em programas de ilustração vetorial e seu funcionamento pode ser descrito da seguinte forma: (A) A ferramenta conecta dois nós sem alças de controle associadas. (B) A curva Bezier apresenta nós que alteram a curvatura e as alças de controle que conectam os segmentos. (C) Existe apenas uma alça de controle para cada nó, utilizada para alterar a sua curvatura. (D) A ferramenta apresenta duas alças de controle para cada nó, exceto naqueles nós localizados nos pontos inicial e final da curva. 14 A representação da cor magenta nos sistemas RGB, hexadecimal e CMYK, respectivamente, é: (A) rgb(255,0,255), #FF00FF, cmyk(0,100,0,0) (B) rgb(255,255,0), #FFFF00, cmyk(100,0,100,100) (C) rgb(0,255,255), #00FFFF, cmyk(0,100,0,100) (D) rgb(0,255,0), #FF00FF, cmyk(0,100,0,0) 15 Dos formatos de arquivo a seguir, os mais adequados para exportar uma ilustração com cores chapadas para a web e para a inserção em um arquivo para impressão em offset são, respectivamente: (A) JPEG, PSD (B) JPEG, TIFF (C) PNG-24, PSD (D) PNG-8, TIFF 16 A ilustração de símbolo de uma empresa em cores chapadas será aplicada nas seguintes peças: cartão de visita, website, capa de catálogo em 4 cores, cartaz de grande porte e no envelopamento de um ônibus. A melhor forma de se criar a arte, considerando a variedade de aplicações é: (A) Em um programa de edição vetorial, pois a definição da imagem se mantém em diferentes escalas.

5 (B) Em um programa de edição de imagens raster, com resolução de 600 PPI para garantir sua aplicação nas peças maiores, permitindo a redução para resoluções menores para aplicação nas demais peças. (C) Em um programa de edição vetorial, pois este permite trabalhar tanto com cores CMYK, necessárias para a impressão quanto com cores RGB para a web. (D) Em um programa de edição de imagens raster, em que é possível indexar as cores reduzindo o peso do arquivo, sem a necessidade de reduzir sua resolução. 17 Muitas ilustrações são baseadas em fotografias. Câmeras digitais profissionais são capazes de salvar as imagens em um formato conhecido como RAW, que é descrito como um formato que: (A) Possui um ou mais canais de cor além do RGB. (B) Contém dados não processados obtidos diretamente do sensor da câmera, dando ao fotógrafo um controle maior no tratamento da imagem. (C) Converte automaticamente as fotos para o padrão CMYK, preparando-as para impressão. (D) Compensa automaticamente problemas de exposição no momento em que a foto é tirada. 18 A diferença entre imagens raster e imagens vetoriais pode ser definida da seguinte forma: (A) Imagens raster são ideais para ilustrações e imagens vetoriais são ideais para fotografias. (B) Imagens raster não dependem de resolução e imagens vetoriais dependem. (C) Uma imagem raster só pode ser gerada através da digitalização de imagens ou através de fotografias digitais; uma imagem vetorial só pode ser gerada em programas de ilustração. (D) Uma imagem raster é baseada em uma grade de pixels e uma imagem vetorial é formada por formas baseadas em expressões matemáticas. 19 Os programas de ilustração vetorial permitem a conversão do texto em curvas. A principal vantagem deste recurso é: (A) Eliminar a necessidade de enviar a fonte junto com o arquivo para outras pessoas. (B) Reduzir o tamanho do arquivo. (C) Permitir a rasterização do texto com maior facilidade. (D) Facilitar a exportação para outros aplicativos. 20 O formato PDF é bastante flexível, permitindo a preparação de um arquivo para diferentes saídas. O PDF ideal para envio a uma gráfica offset é: (A) PDF High Quality Print (B) PDF Press Quality (C) PDF/X-1a (D) PDF Smallest File Size 21 Trata-se de um guia que apresenta uma escala de cores sofisticada. Baseado nos pigmentos padronizados mundialmente na indústria de tintas gráficas, esse guia se compõe por uma série de lâminas com conjuntos de faixas coloridas e numeradas. Abaixo de cada faixa uma pequena fórmula determina quais dos pigmentos padronizados devem ser mesclados, e em que proporção, para que se obtenha cada uma daquelas cores. A mesma sequência de cores vem impressa sobre dois tipos diferentes de papéis: [...].

6 O excerto acima faz referência ao guia: (A) Escala de grises. (B) Multicolor. (C) Policromo. (D) Pantone. 22 Orientado inicialmente para imagens fotográficas e usado na maioria das câmeras digitais, tornou-se um dos formatos de uso geral mais difundidos; pode usar compressão com ou sem perdas. O trecho acima faz referência a um dos formatos comuns para imagens estáticas, identificado em: (A) GIF (B) BMP (C) TIFF (D) JPEG 23 Qual é a característica visual predominante nas duas ilustrações? (A) Volume. (B) Simetria. (C) Padronismo. (D) Sinuosidade.

7 24 A ilustração abaixo é um exemplo notável do equilíbrio de forças, conseguido com alguns poucos elementos. Tal efeito na composição é obtido a despeito do(a): Fonte da imagem: HULBURT, Allen. Layout: o design da página impressa. São Paulo: Nobel, (A) padrão. (B) movimento. (C) formalismo. (D) assimetria. 25 O impacto visual da imagem abaixo é obtido através do contraste de: (A) cores. (B) curvas. (C) escalas. (D) espaços. Fonte da imagem: HULBURT, Allen. Layout: o design da página impressa. São Paulo: Nobel, 1996

8 26 A ilustração abaixo representa uma ilusão das três dimensões. Foi desenvolvida para sugerir profundidade por meio da perspectiva de um elemento simples. Originalmente foi usada pelos artistas da antiga China e, posteriormente, pelos designers contemporâneos, por conta do seu potencial gráfico. Esse método oblíquo de sugerir profundidade é chamado de: (A) gráfico. (B) cinético. (C) projeção. (D) isométrico. 27 Qual das descrições corresponde aos arquivos apresentados abaixo? (A) Os dois arquivos possuem lpi médio. (B) Os dois arquivos poderão ser usados indistintamente porque não apresentarão diferença considerável para a impressão final. (C) O arquivo 1 possui um tamanho em lpi alto, enquanto o arquivo 2 possui um tamanho em ppi baixo. (D) O arquivo 1 é bitmap e o arquivo 2 é vetorial, ambos podem ser impressos.

9 28 No exemplo de peça gráfica abaixo, a tipologia é neutra e objetiva, não há elementos lúdicos ou inesperados. O profissional não alinhou os grafismos em caixas como se estivessem em um grid e parecem ter sido dispostos de modo intuitivo e aleatório, levando o observador a completar as linhas omitidas. Esse é um típico exemplo de trabalho gráfico: (A) concreto. (B) conceitual. (C) art nouveau. (D) pós-moderno. Fonte da imagem: MEGGS, Philip B. e PURUIS, Alston W. São Paulo: Cosac Naify, No exemplo abaixo, o elemento principal é formado por imagens contrastantes, em que várias armas são usadas para construir uma pomba, que conota uma ideia de paz. Essa reprodução é um típico exemplo de um trabalho gráfico: Fonte da imagem: MEGGS, Philip B. e PURUIS, Alston W. São Paulo: Cosac Naify, 2009.

10 (A) concreto. (B) conceitual. (C) art nouveau. (D) pré-moderno. 30 Considerando-se em uma imagem, o contraste entre a cor de uma figura em primeiro plano e a cor do fundo, a combinação que oferece a pior legibilidade é: (A) figura preta sobre fundo branco. (B) figura amarela sobre fundo preto. (C) figura azul sobre fundo vermelho. (D) figura vermelha sobre fundo amarelo. 31 Um formato de arquivo que não suporta o uso de camadas é: (A) PNG (B) AI (C) PDF (D) TIFF 32 Há um consenso entre os autores LOOMIS (1947), DONDIS (2007) e ZEEGEN (2009) de que ilustrar é transmitir uma mensagem através de imagens e, é a partir deste pensamento que comumente a ilustração é definida como uma arte. (A) Figurativa. (B) Impositiva. (C) Teatral. (D) Dinâmica. 33 A pessoa física ou entidade privada que detiver informações em virtude de vínculo de qualquer natureza com o poder público e deixar de observar o disposto nesta Lei estará sujeita às seguintes sanções: I - advertência; II - multa; III - rescisão do vínculo com o poder público; IV - suspensão temporária de participar em licitação e impedimento de contratar com a administração pública por prazo não superior a 2 (dois) anos; e V - declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a administração pública, até que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penalidade. (A) Todas as alternativas estão corretas. (B) Somente as alternativas II, II, IV e V estão corretas. (C) Somente as alternativas I e II estão corretas. (D) Somente a alternativa III, IV e V estão corretas. 34 O tratamento das informações pessoais deve ser feito de forma transparente e com respeito à intimidade, vida privada, honra e imagem das pessoas, bem como às liberdades e garantias individuais. 1o As informações pessoais, a que se refere este artigo, relativas à intimidade, vida privada, honra e imagem:

11 I Não terão seu acesso restrito, independentemente de classificação de sigilo e pelo prazo máximo de 100 (cem) anos a contar da sua data de produção, a agentes públicos legalmente autorizados e à pessoa a que elas se referirem; e II Não poderão ter autorizada sua divulgação ou acesso por terceiros diante de previsão legal ou consentimento expresso da pessoa a que elas se referirem. 2o Aquele que obtiver acesso às informações de que trata este artigo será responsabilizado por seu uso indevido. 3o O consentimento referido no inciso II do 1o não será exigido quando as informações forem necessárias: I - à prevenção e diagnóstico médico, quando a pessoa estiver física ou legalmente incapaz, e para utilização única e exclusivamente para o tratamento médico; II - à realização de estatísticas e pesquisas científicas de evidente interesse público ou geral, previstos em lei, sendo vedada a identificação da pessoa a que as informações se referirem; III - ao cumprimento de ordem judicial; IV - à defesa de direitos humanos; ou V - à proteção do interesse público e geral preponderante. (A) Nenhuma das respostas estão corretas. (B) Somente a alternativa do 1o está correta. (C) Somente as alternativas do 1o e 2o estão corretas. (D) Somente as alternativas dos 2o e 3º estão corretas. 35 A Lei Nº , em seu Art. 6o diz que cabe aos órgãos e entidades do poder público, observadas as normas e procedimentos específicos aplicáveis, assegurar a: I - gestão transparente da informação, propiciando amplo acesso a ela e sua divulgação; II - proteção da informação, garantindo-se sua disponibilidade, autenticidade e integridade;e III - proteção da informação sigilosa e da informação pessoal, observada a sua disponibilidade, autenticidade, integridade e eventual restrição de acesso. (A) As alternativas I, II e III estão corretas. (B) Somente as alternativas II e III estão corretas. (C) Somente as alternativas I e II estão corretas. (D) Somente as alternativas I e III estão corretas. 36 Qualquer interessado poderá apresentar pedido de acesso a informações aos órgãos e entidades referidos no art. 1o desta Lei, por qualquer meio legítimo, devendo o pedido conter a identificação do requerente e a especificação da informação requerida. 1o Para o acesso a informações de interesse público, a identificação do requerente não pode conter exigências que inviabilizem a solicitação. 2o Os órgãos e entidades do poder público não devem viabilizar alternativa de encaminhamento de pedidos de acesso por meio de seus sítios oficiais na internet. 3o São vedadas quaisquer exigências relativas aos motivos determinantes da solicitação de informações de interesse público. (A) Nenhuma das respostas estão corretas. (B) Somente a alternativa do 1o está correta. (C) Somente as alternativas do 1o e 3o estão corretas. (D) Somente a alternativa do 2o está correta.

12 37 O órgão ou entidade pública deverá autorizar ou conceder o acesso imediato à informação disponível. 1o Não sendo possível conceder o acesso imediato, na forma disposta no caput, o órgão ou entidade que receber o pedido deverá, em prazo não superior a 20 (vinte) dias: I - comunicar a data, local e modo para se realizar a consulta, efetuar a reprodução ou obter a certidão; II Não precisa indicar as razões de fato ou de direito da recusa, total ou parcial, do acesso pretendido; ou III - comunicar que não possui a informação, indicar, se for do seu conhecimento, o órgão ou a entidade que a detém, ou, ainda, remeter o requerimento a esse órgão ou entidade, cientificando o interessado da remessa de seu pedido de informação. (A) Somente a alternativa I está correta. (B) Somente a alternativa II está correta. (C) Somente as alternativas I e III estão corretas. (D) Nenhuma está correta. 38 O acesso a informações públicas será assegurado mediante: I - criação de serviço de informações ao cidadão, nos órgãos e entidades do poder público, em local com condições apropriadas para: II - realização de audiências ou consultas públicas, incentivo à participação popular ou a outras formas de divulgação. (A) Somente a alternativa I está correta. (B) Somente a alternativa II está correta. (C) Ambas estão corretas. (D) Nenhuma está correta. 39 De acordo com o Decreto Nº , de , os documentos, dados e informações sigilosas em poder de órgãos e entidades da Administração Pública Estadual, observado o seu teor e em razão de sua imprescindibilidade à segurança da sociedade ou do Estado, poderão ser classificados nos seguintes graus, de acordo com seus prazos: I Ultrassecreto: até 50 anos II Secreto: até 15 anos III Reservado: até 5 anos (A) Todas as alternativas estão corretas. (B) Somente as alternativas II e III estão corretas. (C) Somente as alternativas I e II estão corretas. (D) Somente a alternativa II e III estão corretas. 40 A Lei Nº , de , dispõe sobre os procedimentos a serem observados pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios, com o fim de garantir o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5o, no inciso II do 3º do art. 37 e no 2º do art. 216 da Constituição Federal. Subordinam-se ao regime desta Lei: I - os órgãos públicos integrantes da administração direta dos Poderes Executivo, Legislativo, incluindo as Cortes de Contas, e Judiciário e do Ministério Público;

13 II - as autarquias, as fundações públicas, as empresas públicas, as sociedades de economia mista e demais entidades controladas direta ou indiretamente pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios. (A) Somente a alternativa I está correta. (B) Somente a alternativa II está correta. (C) Ambas estão corretas. (D) Nenhuma está correta.

14 ETEC Prof. Alfredo de Barros Santos Guaratinguetá CONCURSO PÚBLICO DE PROFESSOR DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO - EDITAL Nº 026/03/2016 PROCESSO Nº 3101/2016 Componente Curricular: Ilustração (Comunicação Visual) GABARITO PROVA ESCRITA 1 D 2 A 3 B 4 D 5 D 6 A 7 C 8 D 9 A 10 D 11 C 12 C 13 D 14 A 15 D 16 A 17 B 18 D 19 A 20 C 21 D 22 D 23 B 24 D 25 C 26 D 27 D 28 D 29 B 30 C 31 A 32 A 33 A 34 D 35 A 36 C 37 C 38 C 39 B 40 C

15 CONCURSO PÚBLICO DE PROFESSOR DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO EDITAL Nº 026/03/2016 PROCESSO Nº 3101/2016 Componente Curricular: Ilustração (Comunicação Visual) NOTA: A critério da Presidente da Comissão, a questão 33 foi considerada correta para todos os candidatos!

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 49.111, DE 16 DE MAIO DE 2012. (publicado no DOE nº 095, 17 de maio de 2012) Regulamenta, no âmbito da Administração Pública Estadual, a Lei Federal nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, que

Leia mais

UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA.

UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA. UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA. Imagem digital é a representação de uma imagem bidimensional usando números binários codificados de modo a permitir seu armazenamento, transferência, impressão ou reprodução,

Leia mais

FORMATO DO PAPEL SANGRIA E PAGINAÇÃO

FORMATO DO PAPEL SANGRIA E PAGINAÇÃO 2 3 4 5 FORMATO DO PAPEL SANGRIA E PAGINAÇÃO DIFERENÇAS ENTRE IMRESSÃO OFFSET E DIGITAL O processo de impressão Offset é indireto. Cada uma das cores CMYK (ciano, magenta, amarelo e preto), são gravadas

Leia mais

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4)

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4) Prof. Breno Leonardo G. de M. Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4) 1 Classificação da imagem Em relação à sua origem pode-se classificar uma imagem,

Leia mais

ferramentas da imagem digital

ferramentas da imagem digital ferramentas da imagem digital illustrator X photoshop aplicativo ilustração vetorial aplicativo imagem digital 02. 16 imagem vetorial X imagem de rastreio imagem vetorial traduz a imagem recorrendo a instrumentos

Leia mais

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta.

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. 1 Prezado(a) candidato(a): Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Nº de Inscrição Nome PROVA DE CONHECIMENTOS

Leia mais

PHOTOSHOP. Menus. Caixa de Ferramentas:

PHOTOSHOP. Menus. Caixa de Ferramentas: PHOTOSHOP Universidade de Caxias do Sul O Photoshop 5.0 é um programa grande e complexo, é o mais usado e preferido pelos especialistas em editoração e computação gráfica para linha PC. Outros programas

Leia mais

Bitmap X Vetorial OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA

Bitmap X Vetorial OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA Editores vetoriais são frequentemente contrastadas com editores de bitmap, e as suas capacidades se complementam. Eles são melhores para leiaute

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL 1 MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA O conjunto marca/logotipo é o elemento gráfico e visual pelo qual somos reconhecidos nos diversos meios em que atuamos. As suas formas foram concebidas

Leia mais

ETI - Edição e tratamento de imagens digitais

ETI - Edição e tratamento de imagens digitais Curso Técnico em Multimídia ETI - Edição e tratamento de imagens digitais 2 Fundamentos "Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus." 2 Timóteo 1:13

Leia mais

Plano de Aula - Fireworks CS5 - cód. 4084 16 Horas/Aula

Plano de Aula - Fireworks CS5 - cód. 4084 16 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Fireworks CS5 Plano de Aula - Fireworks CS5 - cód. 4084 16 Horas/Aula 1.1. Novidades do Fireworks CS5...23 1.2. Área de Trabalho...24 1.2.1. Painel Ferramentas...25 1.2.2.

Leia mais

CONCURSO PARA A SELEÇÃO DA LOGOMARCA/LOGOTIPO DO CURSO BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA

CONCURSO PARA A SELEÇÃO DA LOGOMARCA/LOGOTIPO DO CURSO BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SÃO BORJA EDITAL Nº 073 DE 12 DE

Leia mais

Produção Gráfica. Fechamento de arquivos para impressão

Produção Gráfica. Fechamento de arquivos para impressão Arquivo aberto vs Arquivo fechado Arquivo aberto: Pacote de arquivos Na gráfica: Pacote de arquivos abertura do arquivo checagem de links conferência de imagens conferência de fontes edição de retoques

Leia mais

FECHAMENTO DE ARQUIVO PARA IMPRESSÃO DIGITAL

FECHAMENTO DE ARQUIVO PARA IMPRESSÃO DIGITAL FECHAMENTO DE ARQUIVO PARA IMPRESSÃO DIGITAL GERENCIAMENTO DE COR CONFORME ISO 12647-2:2004 Buscando qualidade, agilidade e fidelidade nas cores dos materiais impressos aos nossos clientes, a Dinâmica

Leia mais

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Departamento de Eletrônica e Computação - DELC Introdução à Informática Prof. Cesar Tadeu Pozzer Julho de 2006 Imagens Uma imagem é representada por uma matriz

Leia mais

Apresentação do Projeto Gráfico

Apresentação do Projeto Gráfico Arte-final Arquivo feito no computador utilizando softwares específicos que permitem a produção de um fotolito para impressão gráfica. Programas Utilizados para a Produção de Arte-final. Dependendo das

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 21/14-COPLAD

RESOLUÇÃO Nº 21/14-COPLAD RESOLUÇÃO Nº 21/14-COPLAD Cria a Política de Segurança da Informação na Universidade Federal do Paraná (PSI/UFPR). O CONSELHO DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO da Universidade Federal do Paraná, no uso de

Leia mais

Siga nossos padrões de margens especificadas abaixo e utilize nossas matrizes (disponíveis no link Gabaritos).

Siga nossos padrões de margens especificadas abaixo e utilize nossas matrizes (disponíveis no link Gabaritos). Guia de Instruções Atenção com as margens de corte Siga nossos padrões de margens especificadas abaixo e utilize nossas matrizes (disponíveis no link Gabaritos). Sempre utilize no mínimo a 3,5mm de margem

Leia mais

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Disciplina:FERRAMENTAS E TÉCNICAS DE ANIMAÇÃO WEB. Professora Andréia Freitas

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Disciplina:FERRAMENTAS E TÉCNICAS DE ANIMAÇÃO WEB. Professora Andréia Freitas TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Disciplina:FERRAMENTAS E TÉCNICAS DE ANIMAÇÃO WEB Professora Andréia Freitas 2012 3 semestre Aula 03 MEMORIA, F. Design para a Internet. 1ª Edição. Rio de Janeiro:

Leia mais

Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP?

Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP? Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP? 66.393 Visualizações Por Daniele Starck Disponível em: www.tecmundo.com.br/imagem/5866 quais as diferencas entre os formatos de

Leia mais

Xerox EX Print Server Powered by Fiery para a Xerox igen 150 Press. Impressão em cores

Xerox EX Print Server Powered by Fiery para a Xerox igen 150 Press. Impressão em cores Xerox EX Print Server Powered by Fiery para a Xerox igen 150 Press Impressão em cores 2013 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão contempladas pelos Avisos de caráter legal deste

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ EDITAL N 14/2016 PROPESPG/EDITORA Concurso da Logomarca da Editora da Universidade Federal do Amapá A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, por meio da Editora da Universidade Federal do Amapá, no

Leia mais

Imagem digital. Unidade 3

Imagem digital. Unidade 3 Imagem digital Unidade 3 Objectivos Reconhecer o potencial comunicativo/ expressivo das imagens; Reconhecer as potencialidades narrativas de uma imagem; A criação de sentido nas associações de imagens

Leia mais

Conteúdo 2 - Conceitos básicos de produção gráfica. professor Rafael Hoffmann

Conteúdo 2 - Conceitos básicos de produção gráfica. professor Rafael Hoffmann Conteúdo 2 - Conceitos básicos de produção gráfica professor Rafael Hoffmann Cor Modelos cromáticos - Síntese aditiva/cor-luz Isaac Newton foi o responsável pelo desenvolvimento da teoria das cores. Em

Leia mais

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA PRODUÇÃO GRÁFICA PUBLICIDADE & PROPAGANDA Prova Semestral --> 50% da nota final. Sistema de avaliação Atividades em laboratório --> 25% da nota final Exercícios de práticos feitos nos Laboratórios de informática.

Leia mais

Conceitos do Photoshop. Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores

Conceitos do Photoshop. Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores Conceitos do Photoshop Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores Bitmap Image Conceito de pixel Imagem bitmap x imagem vetorial Pixel x bits Resolução de tela e imagem 72 pixel/inch 300

Leia mais

7 Introdução ao uso do LibreOffice Impress

7 Introdução ao uso do LibreOffice Impress Introdução a Informática - 1º semestre AULA 04 Prof. André Moraes Objetivos desta aula: Criar apresentações básicas com uso do LibreOffice Impress; o Manipular a estrutura de tópicos para a digitação de

Leia mais

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA 1. APRESENTAÇÃO Este manual apresenta, documenta e normatiza a utilização da identidade visual do Circo Crescer e Viver e de seu selo comemorativo de 10 anos. É fundamental

Leia mais

Uma nova maneira de interagir com a Gráfica Art3! A mais nova tecnologia em aprovação de arquivos via WEB.

Uma nova maneira de interagir com a Gráfica Art3! A mais nova tecnologia em aprovação de arquivos via WEB. Uma nova maneira de interagir com a Gráfica Art3! A mais nova tecnologia em aprovação de arquivos via WEB. O Portal Art3 é um sistema que permite uma grande flexibilidade na entrega e aprovação de seus

Leia mais

19/11/2015. Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA. James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático.

19/11/2015. Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA. James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático. Prof. Reginaldo Brito Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA Joseph-Nicéphore Niepce * França, (1765-1833) James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático. 1826,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL RESOLUÇÃO 18 / 03 / 2013 PRESIDÊNCIA Nº 62/2013 O PRESIDENTE DO INSTITUTO

Leia mais

Conteúdo 5 - Pré-impressão. professor Rafael Hoffmann

Conteúdo 5 - Pré-impressão. professor Rafael Hoffmann Conteúdo 5 - Pré-impressão professor Rafael Hoffmann Orçamento Para realizar um orçamento de custo de produção de um trabalho em uma gráfica não é necessário enviar um modelo do layout. Enviando alguns

Leia mais

I Concurso Fotográfico CIENCIARTE PPGCF

I Concurso Fotográfico CIENCIARTE PPGCF I Concurso Fotográfico CIENCIARTE PPGCF O CONCURSO É promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas e tem caráter exclusivamente científico-cultural, não havendo qualquer modalidade

Leia mais

CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DO LOGOTIPO DO EVENTO OUROS DA CASA REGULAMENTO DO CONCURSO

CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DO LOGOTIPO DO EVENTO OUROS DA CASA REGULAMENTO DO CONCURSO CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DO LOGOTIPO DO EVENTO OUROS DA CASA REGULAMENTO DO CONCURSO Capítulo I - Dos objetivos e participantes Art.1. O concurso tem como objetivo selecionar um logotipo para ser utilizado

Leia mais

CONCURSO. 1. Introdução. 2. Objetivo. Criação de imagem gráfica do Ministério Público. [Regulamento]

CONCURSO. 1. Introdução. 2. Objetivo. Criação de imagem gráfica do Ministério Público. [Regulamento] S. R. PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA CONCURSO Criação de imagem gráfica do Ministério Público [Regulamento] 1. Introdução O Ministério Público português, órgão constitucional do Estado, é autónomo do

Leia mais

CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN

CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN Com o Corel você vai trabalhar com um dos aplicativos mais usados no campo do design e da auto-edição, já que permite operar com dois tipos de gráficos (vetoriais

Leia mais

Edital. Processo Seletivo 2016

Edital. Processo Seletivo 2016 Edital Processo Seletivo 2016 O Diretor Executivo da Fundação Educacional Nordeste Mineiro FENORD, no uso de suas atribuições, faz saber aos interessados que, no período indicado neste Edital, estarão

Leia mais

Configurando Color Sttings - no CS3 Shift + Ctrl + K

Configurando Color Sttings - no CS3 Shift + Ctrl + K GCR Photoshop CS3 Cores Digitais Primeiramente, vamos entender como é possível substituir o CMY por preto apenas nas áreas cinzas e escuras sem influenciar nas outras cores da foto. Quando um scanner captura

Leia mais

COMPUTAÇÃO GRÁFICA EDIÇÃO DE IMAGENS DIGITAIS

COMPUTAÇÃO GRÁFICA EDIÇÃO DE IMAGENS DIGITAIS COMPUTAÇÃO GRÁFICA EDIÇÃO DE IMAGENS DIGITAIS Curso: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: COMPUTAÇÃO GRÁFICA 4º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA EDIÇÃO DE IMAGENS POWER POINT Criar

Leia mais

Pág 31. UC Introdução a Informática Docente: André Luiz Silva de Moraes 1º sem Redes de Computadores. 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress

Pág 31. UC Introdução a Informática Docente: André Luiz Silva de Moraes 1º sem Redes de Computadores. 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress O pacote BrOffice é um pacote de escritório muito similar ao já conhecido Microsoft Office e ao longo do tempo vem evoluindo e cada vez mais ampliando as possibilidades

Leia mais

II COMPETIÇÃO DE ARBITRAGEM EMPRESARIAL (CAEMP) DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL (PUCRS) REGULAMENTO

II COMPETIÇÃO DE ARBITRAGEM EMPRESARIAL (CAEMP) DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL (PUCRS) REGULAMENTO Preâmbulo Considerando os objetivos da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) de proporcionar um ambiente de aprendizado; Ciente dos resultados obtidos por

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 15 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. Mensagem de veto Vigência Regulamento Regula o acesso a informações previsto

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A PROVA ESCRITA

ORIENTAÇÕES PARA A PROVA ESCRITA ORIENTAÇÕES PARA A PROVA ESCRITA 1.0 A Prova Escrita será realizada somente na cidade de Cuiabá, no dia 18 de setembro de 2011 (domingo), das 08h00min as 13h00min (Horário de Cuiabá/MT). Local: Universidade

Leia mais

Especificações Técnicas Editora Abril Copyright 2010, Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados

Especificações Técnicas Editora Abril Copyright 2010, Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados Especificações Técnicas Editora Abril Copyright 2010, Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados Como evitar erros http://grafica.abril.com.br/como_evitar_erros.php A quadricromia não deve ser utilizada

Leia mais

Imprimindo Branco e Clear na C941dn OKI

Imprimindo Branco e Clear na C941dn OKI Imprimindo Branco e Clear na C941dn OKI Com a C941dn OKI, você pode demonstrar toda a sua criatividade e ampliar suas possibilidades nas impressões, produzindo materiais com uma enorme variedade de cores

Leia mais

CONCURSO PARA CRIAÇAO LOGOTIPO DA REVISTA ELETRÔNICA MARUPIÍRA DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UEPA

CONCURSO PARA CRIAÇAO LOGOTIPO DA REVISTA ELETRÔNICA MARUPIÍRA DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UEPA GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E EDUCAÇÃO EDITAL Nº 005 /2013 CCSE/UEPA, de 23 de setembro de 2013. CONCURSO PARA CRIAÇAO LOGOTIPO DA REVISTA ELETRÔNICA

Leia mais

REGULAMENTO. I CONCURSO NACIONAL DE FOTOGRAFIA DOS CORREIOS Vá mais longe 1. OBJETIVO

REGULAMENTO. I CONCURSO NACIONAL DE FOTOGRAFIA DOS CORREIOS Vá mais longe 1. OBJETIVO REGULAMENTO 1. OBJETIVO 1.1 O I Concurso Nacional de Fotografia dos Correios tem como objetivos reunir imagens que representem a atuação dos Correios, especialmente a relação da empresa com a sociedade;

Leia mais

Concurso Fotográfico: VER A CIDADE, Edição Rio Manhuaçu. Regulamento

Concurso Fotográfico: VER A CIDADE, Edição Rio Manhuaçu. Regulamento Concurso Fotográfico: VER A CIDADE, Edição Rio Manhuaçu Regulamento A Faculdade de Ciências Gerenciais de Manhuaçu (FACIG), através do curso de Arquitetura e Urbanismo, institui o CONCURSO DE FOTOGRAFIA

Leia mais

Especificações Técnicas - Dicas, evitando erros

Especificações Técnicas - Dicas, evitando erros http://publicidade.abril.com.br/revistas/espe_tecnicas/rev _recomenda.shtml Especificações Técnicas - Dicas, evitando erros Recomendações que evitam os erros mais freqüentes Nunca utilize quadricromia

Leia mais

FORMATOS DE ARQUIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS NATIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS GENÉRICOS. Produção Gráfica 2 A R Q U I V O S D I G I T A I S -

FORMATOS DE ARQUIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS NATIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS GENÉRICOS. Produção Gráfica 2 A R Q U I V O S D I G I T A I S - Produção Gráfica 2 FORMATOS DE ARQUIVOS A R Q U I V O S D I G I T A I S - FORMATOS DE ARQUIVOS PARA IMAGEM BITMAPEADAS Uma imagem bitmapeada, uma ilustração vetorial ou um texto são armazenados no computador

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual rede de atenção À urgência Manual de Identidade Visual Versão 1.0 / Abr. 2012 As marcas do sus Introdução O Ministério da Saúde, por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), presta inúmeros serviços à população

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA MANUAL DE USO DA MARCA DA SUDAM EM PROJETOS

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA MANUAL DE USO DA MARCA DA SUDAM EM PROJETOS MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA MANUAL DE USO DA MARCA DA SUDAM EM PROJETOS ASCOM 2015 APRESENTAÇÃO Este Manual estabelece as normas, especificações e

Leia mais

III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE

III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE REGULAMENTO Um olhar para o futuro I PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO A. O Concurso de Fotografia da FAE é uma iniciativa promovida pela Coordenação do Núcleo Cultural do Programa de

Leia mais

Clique no número da página escolhida para acessá-la. Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material

Clique no número da página escolhida para acessá-la. Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material MANUAL DE ENVIO DE MATERIAL 2013 Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material Resolução Formatos Conteúdo Prova de cor Layout Marcas de corte Cores Clique no número

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS TÉCNICOS CÓD. 04

PROVA DE CONHECIMENTOS TÉCNICOS CÓD. 04 8 PROVA DE CONHECIMENTOS TÉCNICOS CÓD. 04 QUESTÃO 21: Windows e MAC OS são: a) Sistemas operacionais b) Aplicativos c) Programas d) Utilitários QUESTÃO 22: A título de manutenção, é recomendado que se

Leia mais

PRESIDÊNCIA 04/12/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 031/2013

PRESIDÊNCIA 04/12/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 031/2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PRESIDÊNCIA 04/12/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 031/2013 Assunto: Estabelecer

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO Nº 10/2014

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO Nº 10/2014 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO Nº 10/2014 A FUNPEC Fundação Norte-rio-grandense de Pesquisa e Cultura informa que se encontra aberto o Processo Seletivo 09/2014, destinado a recrutar e selecionar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI CENTRO DE CIENCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI CENTRO DE CIENCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI CENTRO DE CIENCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS E VOLUNTÁRIOS PARA O PROGRAMA DE EXTENSÃO PIA - PROJETO DE ILUSTRAÇÃO

Leia mais

Programa Brasil Transparente. Modulo II: Trasparência Passiva. Gabriel Aragão Wright. Data: 27/08/2015

Programa Brasil Transparente. Modulo II: Trasparência Passiva. Gabriel Aragão Wright. Data: 27/08/2015 Programa Brasil Transparente Modulo II: Trasparência Passiva Gabriel Aragão Wright Data: 27/08/2015 Modalidades de Acesso à Informação cópia TRANSPARÊNCIA PASSIVA Atendimento sociedade. das solicitações

Leia mais

REGULAMENTO PARA USO DE LOGOMARCAS, CERTIFICADOS E DECLARAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO, SEGUNDO A NBR ISO 9001 E VERSÃO PERTINENTE E O PBQP-H

REGULAMENTO PARA USO DE LOGOMARCAS, CERTIFICADOS E DECLARAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO, SEGUNDO A NBR ISO 9001 E VERSÃO PERTINENTE E O PBQP-H 1 ICQ BRASIL OCS - Organismo de Certificação de Sistema da Qualidade e OCO Organismo de Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade de Empresas de Serviços e Obras na Construção Civil, acreditado pelo

Leia mais

DICAS. #gruposantaedwiges

DICAS. #gruposantaedwiges DICAS Para você que irá confiar o fechamento à nossa gráfica, recomendamos que você se atente a pequenos detalhes de seu arquivo, pois estes farão enorme diferença na qualidade final do seu impresso gráfico.

Leia mais

DECRETO Nº. 970/2013

DECRETO Nº. 970/2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARAPARI ESTADO DO ESPIRITO SANTO GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº. 970/2013 DISPÕE SOBRE APROVAÇÃO DO MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL E APLICAÇÃO DA MARCA DO GOVERNO MUNICIPAL DE GUARAPARI

Leia mais

FACULDADE CDL. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2

FACULDADE CDL. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2 FACULDADE CDL Credenciada pela Portaria MEC n o 354 de 14 de março de 2008; D.O.U. nº 53, de 18/03/2008. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2 O Diretor Geral da Faculdade CDL, no uso de suas atribuições

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 23480.012035/2014-45 Assunto: Restrição de acesso: Providências adicionais: Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recorrente:

Leia mais

REGULAMENTO do 1º Concurso de Fotografia Isto é Mackenzie Campinas

REGULAMENTO do 1º Concurso de Fotografia Isto é Mackenzie Campinas 1. O Concurso REGULAMENTO do 1º Concurso de Fotografia Isto é Mackenzie Campinas 1.1. O 1º Concurso de Fotografia Isto é Mackenzie Campinas: será realizado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie - Campus

Leia mais

Introdução à Produção Gráfica

Introdução à Produção Gráfica Introdução à Produção Gráfica Flávio Gomes 1 - Sistemas de Cores Atualmente boa parte dos layouts desenvolvidos para impressão são elaborados em softwares gráficos, esses softwares utilizam um processo

Leia mais

Manual de Fechamento e Envio de Arquivos Digitais

Manual de Fechamento e Envio de Arquivos Digitais Manual de Fechamento e Envio de Arquivos Digitais 2015 Manual de Fechamento e Envio de Arquivos Digitais Introdução Você tem em mãos a nova versão do Manual de Fechamento e Envio de Arquivos Digitais do

Leia mais

Manual de Identidade Visual Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Manual de Identidade Visual Governo do Estado do Rio Grande do Sul Manual de Identidade Visual Governo do Estado do Rio Grande do Sul todos pelo rio grande É com muita satisfação que apresentamos a nova forma de expressão do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Daqui

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» DESIGN GRÁFICO (Perfil 03) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» DESIGN GRÁFICO (Perfil 03) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» DESIGN GRÁFICO (Perfil 03) «21. Numa determinada cena, um fotógrafo ajusta a velocidade de obturação de sua câmera em 125 e a abertura do diafragma em f=11 (125/11). Se quiser

Leia mais

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul.

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009 Business Online Comunicação de Dados Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Faço

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015-SEMJUV DISPÕE SOBRE O CONCURSO PARA CRIAÇÃO DE LOGOTIPO DO ENCONTRO TERESINENSE DE GRAFFITI ENTEGRAF.

EDITAL Nº 001/2015-SEMJUV DISPÕE SOBRE O CONCURSO PARA CRIAÇÃO DE LOGOTIPO DO ENCONTRO TERESINENSE DE GRAFFITI ENTEGRAF. EDITAL Nº 001/2015-SEMJUV DISPÕE SOBRE O CONCURSO PARA CRIAÇÃO DE LOGOTIPO DO ENCONTRO TERESINENSE DE GRAFFITI ENTEGRAF. O Secretário Municipal da Juventude de Teresina, Allan de Miranda Cronemberger,

Leia mais

Fotografia digital. Aspectos técnicos

Fotografia digital. Aspectos técnicos Fotografia digital Aspectos técnicos Captura CCD (Charge Coupled Device) CMOS (Complementary Metal OxideSemiconductor) Conversão de luz em cargas elétricas Equilíbrio entre abertura do diafragma e velocidade

Leia mais

Manual de aplicação do selo comemorativo de 60 anos da Ufes

Manual de aplicação do selo comemorativo de 60 anos da Ufes Manual de aplicação do selo comemorativo de 60 anos da Ufes A marca comemorativa de 60 anos da Ufes, através do símbolo que representa o infinito, baseia-se no conceito de continuidade, de olhar para o

Leia mais

Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica

Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica Professora Andréia Freitas 2012 7 semestre Aula 02 (1)AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica, Rio de Janeiro: Campus, 2005 (*0) (2) MENEZES, Marco Antonio

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 - TELESSAÚDE-ES/Ifes PROCESSO SELETIVO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR

EDITAL Nº 01/2015 - TELESSAÚDE-ES/Ifes PROCESSO SELETIVO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR EDITAL Nº 01/2015 - TELESSAÚDE-ES/Ifes PROCESSO SELETIVO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR O Diretor Geral do Campus Vitória do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes), no uso

Leia mais

Fotografia Digital. Aula 1

Fotografia Digital. Aula 1 Fotografia Digital Aula 1 FOTOGRAFIA DIGITAL Tema da aula: A Fotografia 2 A FOTOGRAFIA A palavra Fotografia vem do grego φως [fós] ("luz"), e γραφις [grafis] ("estilo", "pincel") ou γραφη grafê, e significa

Leia mais

Fechamento de Arquivos

Fechamento de Arquivos Fechamento de Arquivos Para impressão Felipe Santos www.infoprepress.ppg.br Copyright 2009 Adobe Systems Incorporated. All rights reserved. 1 CONCEITOS O que é Arquivo Fechado? Linguagem PostScript RIP

Leia mais

Manual de Aplicação da Marca do Inmetro INMETRO

Manual de Aplicação da Marca do Inmetro INMETRO Manual de Aplicação da Marca do Inmetro NOSSA MARCA É A NOSSA CULTURA As melhores marcas resistem ao teste do tempo, não devido aos gastos com propaganda, RP ou às incessantes promoções, mas devido à

Leia mais

VII Concurso de Fotografia OAB-PR - 2015 REGULAMENTO

VII Concurso de Fotografia OAB-PR - 2015 REGULAMENTO VII Concurso de Fotografia OAB-PR - 2015 REGULAMENTO 1. DESCRIÇÃO GERAL O VII Concurso de Fotografia OAB-PR edição 2015 ( CONCURSO ) é promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Paraná

Leia mais

2400 Series Primeiros passos

2400 Series Primeiros passos Conteúdo 2400 Series Primeiros passos Consute o Guia do usuário completo no CD para obter informações mais detalhadas sobre as seguintes tarefas: Configurando a impressora Conhecendo a impressora Colocando

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Edital nº. 003-2010 CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO DE NÍVEL MÉDIO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Edital nº. 003-2010 CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO DE NÍVEL MÉDIO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Edital nº. 003-2010 CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO DE NÍVEL MÉDIO Nome: RG: CPF: Nº. de inscrição: Função: Este caderno contém a prova de Informática

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Formatos de Imagens

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Formatos de Imagens IntroduçãoàTecnologiaWeb HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage FormatosdeImagens ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger FormatosdeImagens Índice 1 FORMATOS

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE COMISSÃO DE VESTIBULAR 2012/1

FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE COMISSÃO DE VESTIBULAR 2012/1 1 FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE COMISSÃO DE VESTIBULAR 12/1 EDITAL Nº 6-12/1 A Faculdade Católica Dom Orione, credenciada pelo Ministério da Educação sob as Portarias, n.º 4.044 de Novembro de 05 para

Leia mais

EDITAL 2/2012. PROGEST Programa de Estudos em Engenharia, Sociedade e Tecnologia. Grupo de Pesquisa do CEFET-MG certificado pelo CNPq

EDITAL 2/2012. PROGEST Programa de Estudos em Engenharia, Sociedade e Tecnologia. Grupo de Pesquisa do CEFET-MG certificado pelo CNPq EDITAL 2/2012 Grupo de Pesquisa do CEFET-MG certificado pelo CNPq PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS PARA OS CURSOS DE CAPACITAÇÃO - ANO 2012-2º SEMESTRE O Coordenador Geral do PROGEST

Leia mais

EDITAL N 02.23.001/2015 DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CARGOS DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE JAGUARIBE CEARÁ.

EDITAL N 02.23.001/2015 DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CARGOS DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE JAGUARIBE CEARÁ. EDITAL N 02.23.001/2015 DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CARGOS DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE JAGUARIBE CEARÁ. O PREFEITO MUNICIPAL DE JAGUARIBE-CE, Sr. José Ábner Nogueira Diógenes Pinheiro,

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA BRASÍLIA

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA BRASÍLIA MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA BRASÍLIA JUL.2014 1 APRESENTAÇÃO MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL // CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA CFO 3 //APRESENTAÇÃO A concepção da nova marca

Leia mais

ROTEIRO DE PRODUÇÃO GRÁFICA. versão 1.0. Criação. Aprovação. Produção. Desenvolvido por

ROTEIRO DE PRODUÇÃO GRÁFICA. versão 1.0. Criação. Aprovação. Produção. Desenvolvido por ROTEIRO DE PRODUÇÃO GRÁFICA versão 1.0 Criação Produção Aprovação Entrega Desenvolvido por EQUIPE : Daniel Augusto Design, Diagramação e Conteúdo Larissa Lopez Direção de arte e Conteúdo Planejar, Conceber

Leia mais

O que é a cor? Como converter as cores para CMYK

O que é a cor? Como converter as cores para CMYK Introdução A Cartilha de Fechamento de Arquivos a seguir foi preparada pela equipe de criação da gráfica Cores, com o intuito de ajudar seus clientes a criarem artes o mais precisa possível, evitando assim

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CÂMPUS SÃO BORJA BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CÂMPUS SÃO BORJA BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EDITAL Nº 015/2015 CONCURSO PARA A SELEÇÃO DA LOGOMARCA/LOGOTIPO DO CURSO DO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA A coordenação do Curso Bacharelado em Sistemas de Informação do Instituto Federal de Educação

Leia mais

Fiery E100 Color Server. Impressão em cores

Fiery E100 Color Server. Impressão em cores Fiery E100 Color Server Impressão em cores 2011 Electronics For Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. 45098264 09 de agosto

Leia mais

Concurso para criação do novo logotipo ou logomarca para a FUVEST 04-03-2016 EDITAL Nº 01/2016

Concurso para criação do novo logotipo ou logomarca para a FUVEST 04-03-2016 EDITAL Nº 01/2016 EDITAL Nº 01/2016 Concurso para criação do logotipo ou da logomarca da Fundação Universitária para o Vestibular (FUVEST). A Fundação Universitária para o Vestibular (FUVEST) torna público o concurso para

Leia mais

11/06/2013. O que é Software Aplicativo? Suítes de Software. Adquirindo Software SOFTWARES APLICATIVOS

11/06/2013. O que é Software Aplicativo? Suítes de Software. Adquirindo Software SOFTWARES APLICATIVOS 2 O que é Software Aplicativo? SOFTWARES APLICATIVOS Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Software que realiza tarefa útil específica Suítes de aplicativos Softwares empresariais Softwares

Leia mais

PROJETO DO REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS RELATIVO À IDENTIDADE VISUAL IMAGEM DO INSTITUTO DAS FLORESTAS E CONSERVAÇÃO DA NATUREZA

PROJETO DO REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS RELATIVO À IDENTIDADE VISUAL IMAGEM DO INSTITUTO DAS FLORESTAS E CONSERVAÇÃO DA NATUREZA PROJETO DO REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS RELATIVO À IDENTIDADE VISUAL IMAGEM DO INSTITUTO DAS FLORESTAS E CONSERVAÇÃO DA NATUREZA Preâmbulo A SECRETARIA REGIONAL DO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS pretende,

Leia mais

Departamento de Engenharia Industrial MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

Departamento de Engenharia Industrial MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Engenharia Industrial MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Apresentação Introdução / Conceito 02 Área de Proteção 03 Versões 04 Aplicação Sobre Fundo Colorido 06 Aplicação Sobre Fundo Claro e/ou Escuro 07 Aplicação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº 359/2009 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA ESCOLA DE EXTENSÃO DA UNICAMP - EXTECAMP

PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº 359/2009 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA ESCOLA DE EXTENSÃO DA UNICAMP - EXTECAMP PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº 359/2009 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA ESCOLA DE EXTENSÃO DA UNICAMP - EXTECAMP A Fundação de Desenvolvimento da Unicamp - FUNCAMP torna pública

Leia mais

Controlando o trabalho impresso 1

Controlando o trabalho impresso 1 Controlando o trabalho impresso 1 O seu driver da impressora fornece a melhor qualidade de saída para vários tipos de necessidades de impressão. No entanto, você pode desejar ter mais controle sobre a

Leia mais

Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Comunicação. manual de identidade visual

Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Comunicação. manual de identidade visual manual de identidade visual 1 Sumário 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Introdução A marca Compós O símbolo de infinito Construção Margem de segurança Valores cromáticos Tipografia Versões preferenciais Aplicações

Leia mais

Kingston Technology Programa de Personalização DataTraveler

Kingston Technology Programa de Personalização DataTraveler Kingston Technology Programa de Personalização DataTraveler KINGSTON.COM/BR/USB/CUSTOMIZATION Envie um fax ou e-mail com o formulário preenchido para o seu Representante de Vendas. Lado A: Logo Kingston

Leia mais

Câmera Digital. Autor: Darllene Negri Nicioli

Câmera Digital. Autor: Darllene Negri Nicioli Câmera Digital Autor: Darllene Negri Nicioli 2 OBJETIVO Têm como objetivo este trabalho mostrar o princípio de funcionamento geral de uma câmera digital até as vantagens e desvantagens do produto final,

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016 A Profa. Ms. Lizika Goldchleger, Gerente Executiva da Faculdade Cultura Inglesa, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER que o Processo Seletivo para o

Leia mais