ESPECIFICAÇÃO DESCRITIVA - EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO. BOLSA PARA EPIs. -2 alças de mão com 30mm de largura em polipropileno de 60cm de comprimento.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESPECIFICAÇÃO DESCRITIVA - EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO. BOLSA PARA EPIs. -2 alças de mão com 30mm de largura em polipropileno de 60cm de comprimento."

Transcrição

1 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 1 de 58 BOLSA PARA EPIs Descrição técnica: -Bolsa para transporte e armazenagem de EPIs. -Confeccionada em Nylon 600, cor azul marinho. -Costuras em linha de nylon e poliamida na cor do tecido. -2 alças de mão com 30mm de largura em polipropileno de 60cm de comprimento. -1 alça reforçada de ombro com 30mm de largura em polipropileno de 1,20m de comprimento. -2 Fivelas para fitas de 30mm de largura em poliamida fixadas na alça de ombro. -1 Passador para fitas de 30mm de largura em poliamida fixado na alça de ombro. -1 compartimento principal com abertura quadrangular conforme representação. -2 bolsos laterais conforme representação. -2 bolsos longitudinais conforme representação. -6 Zíper com cursores em metal niquelado e dentes para fechamento da abertura do compartimento principal e dois bolsos laterais e longitudinais sendo: -1 em cada bolso(4 bolsos) e 2 na abertura quadrangular do compartimento principal. -Fundo interno da bolsa com reforço de placa em poliéster. -Pés de mala com 22mm de diâmetro em PVC fixados na parte inferior externa da bolsa. -Acabamento com vivo de PVC. -2 bordados do logo da Sulgás fixados nos bolsos longitudinais da bolsa conforme representação.

2 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 2 de 58 Representações: cm 1-2 alças de mão com 30mm de largura em polipropileno de 60cm de comprimento 2-1 alça reforçada de ombro com 30mm de largura em polipropileno de 1,20m de comprimento.

3 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 3 de 58 13cm 38cm 13cm 15cm bolsos longitudinais com 15cm x 38cm e bordado centralizado. 23cm 4 35cm compartimento principal com abertura quadrangular. 5-6 Zíper com cursores em metal niquelado e dentes para fechamento da abertura do compartimento principal e dos dois bolsos laterais e longitudinais sendo: -1 em cada bolso(4 bolsos) e 2 na abertura quadrangular do compartimento principal.

4 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 4 de mm 6 - Pés de mala com 22mm de diâmetro em PVC fixados na parte inferior externa da bolsa cm 32cm

5 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 5 de Fivelas para fitas de 30mm de largura em poliamida fixadas na alça de ombro. 1 Passador para fitas de 30mm de largura em poliamida fixado na alça de ombro 8-2 bolsos laterais BORDADO Especificação: Logo Sulgás. Conforme representação nº1. Posição: Centralizado nos 2 (dois) bolsos longitudinais da bolsa. Detalhes: Confeccionado diretamente sobre a malha da bolsa, dimensões e cores conforme representação nº2. Representação nº1: Representação nº2: 3,5cm 9cm

6 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 6 de 58 VARIAÇÕES - Admite-se tolerância máxima de variação de medidas do bordado para largura e altura de 0,5cm para mais ou para menos. - Não se admite variação na tonalidade de cores dos bordados. - Admite-se tolerância máxima de variação das medidas da bolsa para largura, altura e comprimento de 1,5cm para mais ou para menos.

7 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 7 de 58 POCHETE PARA EPIs Descrição técnica: - Pochete para transporte e armazenagem de EPIs. - Confeccionada em Nylon 600, cor azul marinho. - Costuras em linha de nylon e poliamida na cor do tecido. - 1 alça de cintura com 30mm de largura em polipropileno de 80cm de comprimento. - 1 fivela para fitas de 30mm de largura em poliamida fixadas na alça de cintura. - 1 Passador para fitas de 30mm de largura em poliamida fixado na alça de cintura. - 1 Compartimento principal conforme representação. - 1 bolso frontal conforme representação. - 2 Zíper com cursores em metal niquelado e dentes para fechamento da abertura do compartimento principal e do bolso frontal sendo: 1 no bolso frontal e 1 na abertura do compartimento principal. - Acabamento com vivo de PVC. BORDADO Bordado frontal: - Logo da Sulgás aplicado diretamente sobre o tecido da pochete e confeccionado em conformidade com a respectiva especificação e representação. - Modo de aplicação: centralizado no bolso frontal da pochete. Representação e medidas do bordado frontal: 3,5cm 9cm

8 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 8 de 58 Cores do bordado Sulgás: Para a obtenção do melhor resultado para a reprodução das cores, deve ser utilizado como referência as cores originais das tabelas pantone e observar que, mesmo que a superfície de aplicação ou a composição da cor seja diferente, o resultado final deverá ser idêntico ao das tonalidades originais específicas de azul e cinza. As referências abaixo apresentam a correspondência das cores institucionais: Representação e modo de aplicação do bordado frontal:

9 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 9 de 58 Representação do compartimento principal: O compartimento principal é o espaço interno tridimensional destinado ao transporte de EPIs de pequeno porte como: máscaras, protetores auriculares, óculos e ferramentas. O comprimento do fechamento do zíper é de aproximadamente 40cm. 40cm Representação do bolso frontal: O bolso frontal auxiliar é o espaço interno chapado e plano destinado ao transporte de documentos, e pequenos objetos os quais necessitam transporte em separado dos demais materiais acondicionados no compartimento principal. O comprimento do fechamento do zíper e a altura do bolso é de respectivamente, 15cm e 10cm, aproximadamente.

10 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 10 de 58 10cm 15cm Representação das dimensões da pochete: 8cm 14cm 22cm

11 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 11 de 58 Variações: Admite-se tolerância máxima nas dimensões do bordado para largura e altura de 0,5cm para mais ou para menos. Admite-se tolerância máxima nas dimensões do compartimento principal e do bolso frontal auxiliar da pochete para largura e altura de 0,5cm para mais ou para menos. Admite-se tolerância máxima nas dimensões da pochete para largura e altura de 1cm para mais ou para menos. Não se admite variação na tonalidade de cores do bordado.

12 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 12 de 58 CALÇADO DE SEGURANÇA TIPO BOTINA Descrição técnica: Botina de segurança confeccionada totalmente em vaqueta de alta qualidade na cor preta com curtimento atravessado, cano acolchoado, costuras duplas centralizadas, palmilha de montagem costurada junto ao cabedal (sistema strobel), língua acolchoada e fole externo, cadarço frontais em algodão, ilhós e ganchos, palmilha em espuma antibacteriana, solado bidensidade em Poliuretano [PU] bicolor, injetado diretamente no cabedal com perfil antiderrapante e sistemas de absorção de impacto. Especificação técnicas do solado: Densidade entressola 0,43 g/cm³ Densidade sola 0,98 g/cm³ Absorção de impacto no calcanhar 33 Joules Dureza 50 Shore A Desgaste 30 mm³ Flexão 3,3 mm Campo de utilização: Todo tipo de piso, incluindo abrasivo. Resistente a materiais como: óleos vegetais e minerais, tintas, água, demais fluidos com ph básico e hidrocarbonetos (derivados de petróleo), além de cavacos, brita, minérios e etc. As botinas deverão ser fornecidas em pares. O calçado de segurança deve possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Embalagem: Os calçados de segurança devem ser fornecidos dentro de caixas de papelão montadas e individualizadas para cada par. Cor: Preto.

13 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 13 de 58 Imagens ilustrativas do item: Imagem meramente ilustrativa Confeccionada totalmente em vaqueta de alta qualidade na cor preta com curtimento atravessado Imagem meramente ilustrativa Língua acolchoada e fole externo, cadarço frontais em algodão, ilhós e ganchos

14 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 14 de 58 Imagem meramente ilustrativa Cano acolchoado em forro natural Imagem meramente ilustrativa Costuras duplas centralizadas

15 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 15 de 58 Imagem meramente ilustrativa Perfil antiderrapante com sistema de absorção de impacto REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidas botinas da marca SAFETLINE - modelo Rudolf ou, fornecidas de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação às botinas mencionadas. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se a botina é de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

16 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 16 de 58 CAPACETE DE SEGURANÇA CLASSE A - BRANCO Descrição técnica: Capacete de segurança para uso na indústria, tipo II (aba frontal), classe A (com ventilação), com tira refletiva, apresentando fendas laterais superiores para acessórios, composto de casco e sistema de suspensão. Suspensão: A suspensão é composta de duas cintas de tecido cruzadas, fixa ao casco através de quatro pontas de encaixe, possui testeira absorvente de suor e carneira com sistema de regulagem através de ajuste por catraca giratória. Ao casco é acoplado uma tira jugular com cinta simples de ajuste. Carneira: Confeccionada em polietileno de baixa densidade, de alta resistência, composta de cinta dupla ajustável, em tecido de poliéster, deslizante entre as fendas dos clips de fixação da suspensão ao capacete, destinadas a absorver o impacto. A carneira deve ter quatro pontos de fixação e estar posicionada em forma de cruz. O sistema de fixação, por catraca giratória, deve impedir que a suspensão se solte facilmente durante a utilização. Testeira absorvente de suor: Peça que integra a carneira, revestida de material absorvente e que fica em contato com a testa do usuário. Deve ser confeccionada em laminado de PVC atóxico, dublado com espuma multiperfurada em poliéster. Montagem: O capacete deve ser fornecido montado, ou seja, com as respectivas carneira e jugular acopladas. Embalagem: sacos plásticos individuais. Normas: ABNT NBR 8221:2003.

17 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 17 de 58 Aprovado Para: PROTEÇÃO DO USUÁRIO CONTRA IMPACTOS DE QUEDAS DE OBJETOS SOBRE O CRÂNIO. No impacto a força transmitida a cabeça não pode ser superior em média a 265 dan; Na resistência à penetração a incursão não deve ser superior a 3 mm; A velocidade de propagação da chama não deve ser superior a 3,5 cm por minuto; A absorção de água não deve ser superior a 1,1%; Resistência ao isolamento elétrico não superior a 9,0 ma; Peso total do conjunto não superior a 305 gr. O capacete deve possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Customização: O capacete deve ser fornecido com a imagem da logomarca indelével gravada na parte frontal do casco, conforme imagem e medidas abaixo: Imagem: 2,3cm 5cm Cores: Para a obtenção do melhor resultado para a reprodução das cores, deve ser utilizado como referência as cores originais das tabelas pantone e observar que, mesmo que a superfície de aplicação ou a composição da cor seja diferente, o resultado final deverá ser idêntico ao das tonalidades originais específicas de azul, cinza e branco. As referências abaixo apresentam a correspondência das cores institucionais: As cores representadas servem apenas de referência. Poderá haver uma variação de nuance de acordo com o monitor utilizado para visualização do arquivo.

18 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 18 de 58 Imagem meramente ilustrativa: REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos capacetes da marca 3M modelo H-700 ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação aos capacetes mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se o capacete é de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

19 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 19 de 58 COLETE REFLETIVO Descrição técnica: Colete refletivo, 100% em poliéster, cor verde fluorescente. Na parte frontal faixas refletivas duplas horizontais e e duplas verticais. Na parte traseira faixas refletivas duplas horizontais e duplas dispostas em X. A cor das faixas refletivas é cinza. Sistema de fechamento frontal com zipper, com no mínimo um (1) bolso frontal. O colete deve estar dentro dos parâmetros e regras constantes na NBR para equipamento de proteção individual. Dimensões aproximadas ( cm ): A B D C M G XG A B C D

20 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 20 de 58 Imagem meramente ilustrativa: REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos coletes da marca RFX ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação aos coletes mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se o colete é de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

21 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 21 de 58 LANTERNA TIPO HOLOFOTE A PROVA DE EXPLOSÃO Descrição técnica: Lanterna à prova de explosão, com alimentação por bateria de lanterna de 6V, Possui refletor em policarbonato, conector da bateria ABS e molas revestidas. A intensidade luminosa é de velas o que permite um raio foco de 200m, peso de 420 g (sem bateria). É à prova de água, tem segurança intrínseca, é à prova d água e explosão, hermeticamente selada e confeccionada em polipropileno (laranja Segurança).Possui alça de transporte, o botão liga/desliga é anticentelha e possui protetor de impacto. Alimentação Bateria 6 volts Potência luminosa velas Tempo de uso continuo 90 minutos Peso com baterias 420gramas Dimensões 20,9 x 12,4 x 14,2cm (CxLxH) Material polipropileno à prova d água e à prova de explosão Imagem meramente ilustrativa:

22 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 22 de 58 REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos lanternas da marca WORKSAFE ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação às lanternas mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se as lanternas são de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

23 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 23 de 58 CINTURÃO DE SEGURANÇA Descrição técnica: Cinturão de segurança, tipo pára-quedista, confeccionado em poliéster, possibilita a ancoragem no peito e nas costas, dotado de 5 (cinco) fivelas duplas sem pino, confeccionadas em aço (estampado), sendo duas para ajuste do cadarço frontal, duas utilizadas para ajuste nas pernas e uma utilizada para ajuste da correia de cintura, uma argola triangular em aço (inox microfundido), localizada na parte traseira, na altura dos ombros, fixa ao cinto através de costura reforçada, dois laços frontais para ancoragem e uma fita de material sintético, localizada na altura do peito, utilizada para fechamento peitoral; o modelo pode ser utilizado com talabarte simples (ligação frontal ou dorsal) em poliéster ou corrente de aço e de talabarte modelo Y sem absorvedor de energia, ligação obrigatoriamente frontal. TAMANHO ÚNICO. O cinturão de segurança deve possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Imagem meramente ilustrativa:

24 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 24 de 58 REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos cinturões da marca VICSA ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação ao cinturão mencionado. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se os cinturões são de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

25 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 25 de 58 LUVA DE POLIAMIDA Descrição: Luva de segurança, confeccionada em fios de poliamida, sem costura, com revestimento externo de poliuretano na face palmar e em parte do dorso branco. Características: As luvas são tricotadas em fios de poliamida revestidos com banho de políuretano na palma e dedos na cor preta, oferece resistência mecânica, além de conforto, flexibilidade e excelente tato e aderência. As luvas deverão ser fornecidas em pares. - Resistência a abrasão leve; - Na cor preta apresenta menos o aspecto de sujidade; - Revestimento em poliuretano. Bom desempenho nos contatos com peças levemente impregnadas e/ou úmidas; - Excelente destreza proporcionada pela espessura da luva e maleabilidade dos fios; - Forma anatômica: Proporciona excelente ajuste nas mãos e sensibilidade tátil; - Conforto ao usuário proporcionado pelo suporte têxtil sem costuras; - Indicada para atividade onde haja presença de agentes abrasivos e simultaneamente agentes químicos e físicos (umidade) em grau leve. Tamanho M G comprimento 240mm 250 mm As luvas devem possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual.

26 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 26 de 58 Imagem meramente ilustrativa: REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos luvas da marca PROMAT modelo 750PT ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação às luvas mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se as luvas são de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

27 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 27 de 58 LUVA MALHA COM PALMA PIGMENTADA Descrição técnica: Luva de Segurança confeccionada em três fios de algodão e poliéster com pigmentos de PVC antiderrapantes na palma, proporcionando muita flexibilidade, sensibilidade e resistência, tricotada em uma só peça, sem costuras internas acabamento em overloque, modelo reversível e punho elástico. As luvas deverão ser fornecidas em pares. As luvas devem possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Imagem meramente ilustrativa:

28 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 28 de 58 LUVA NITRÍLICA Descrição técnica: As luvas são confeccionadas em látex sintético nitrílico verde com formato anatômico para maior sensibilidade tátil e palma antideslizante, flocadas internamente oferecendo maior destreza na manipulação de materiais. As luvas deverão ser fornecidas em pares. Resistência mecânica: excelente resistência à abrasão, maior durabilidade, melhor proteção; Resistência Química: excelente desempenho no contato com óleos, graxas e derivados de petróleo. Impermeabilidade garantida pela qualidade dos compostos; Tamanhos comprimento perímetros espessura P 330mm 184mm 0,38mm M 330mm 220mm 0,38mm G 330mm 238mm 0,38mm As luvas devem possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Imagem meramente ilustrativa:

29 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 29 de 58 REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos luvas da marca PROMAT Nitrimat 900 ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação às luvas mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se as luvas são de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

30 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 30 de 58 LUVA VAQUETA/RASPA TAMANHO G Descrição técnica: Luva de segurança tipo mista: dorso de raspa e palma de vaqueta. Tamanho Grande. Confeccionada em vaqueta natural, curtida ao cromo, espessura do couro 10/12, com elástico embutido no dorso. Polegar fixo na palma e no dorso, com reforço na palma confeccionado com linha de nylon, acabamento com Vies. As luvas deverão ser fornecidas em pares. Aplicações: Promover a Proteção das mãos em diversas operações, auxilia no manuseio de pequenas peças ou ferramentas que requeiram precisão. As luvas devem possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Imagem meramente ilustrativa:

31 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 31 de 58 REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos luvas da marca VALCAN ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação às luvas mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se as luvas são de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

32 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 32 de 58 MACACÃO DE PROTEÇÃO Descrição técnica: Macacão confeccionado em não-tecido composto 100% de fibras de polietileno de alta densidade que não possuem aditivos, corantes ou resinas em sua composição. O não-tecido, apresenta alta resistência à rasgos, furos, rupturas e perfurações. O macacão é química e biologicamente inerte e atóxico. Cor branca. TAMANHO G. Desenvolvidos para proteger trabalhadores de substâncias perigosas, assim como, evitar a contaminação de produtos pelo contato com pessoas. Para proteger o usuário, dependendo da toxidade do agente químico e das condições de exposição, em operações onde exista risco de contaminação com partículas tóxicas ou alergênicas, secas e úmidas, maiores que 0,5 micron, respingos e/ou névoas de produtos químicos em baixa concentração e pressão. Macacão com capuz fixo e fechamento frontal por meio de zíper. Elásticos nos punhos e nos tornozelos. O macacão deve possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Imagem meramente ilustrativa:

33 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 33 de 58 REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos macacões da marca DuPont - TYVEK ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação aos macacões mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se os macacões são de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

34 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 34 de 58 ÓCULOS DE SEGURANÇA CINZA Descrição técnica: Modelo compacto, perfeito para selagem na região dos olhos e septo nasal com discrição e conforto. Apresenta armação com esponja antichama que oferece um contato macio entre os óculos e a pele do usuário. Esta esponja é almofadada e melhora a qualidade da selagem do produto. A lente é antiembaçante e bem protegida por uma armação resistente. É fornecido com tira elástica de fixação e hastes para que o usuário escolha o melhor sistema, de acordo com sua necessidade. A tira elástica permite o uso simultâneo com Abafadores de Ruídos. As hastes apresentam revestimento macio e flexível. Pode-se dobrar a armação nas laterais para que o óculos fique ainda mais compacto e possa ser guardado no bolso, por exemplo. O óculos devem possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Especificação Geral: Espessura da lente Distância pupilar Peso Tamanho vertical da lente Tamanho diagonal da lente Comprimento total do óculos Mínima distância entre as lentes Distância entre as hastes Proteção na lente 2,3mm 68mm 35g 44mm 66,3mm 163mm 18,5mm 56mm Antirrisco e Antiembaçante Componentes/materiais: Lentes Armação Proteção lateral Apoio nasal Hastes Parafusos Cor da armação Cor da lente policarbonato Policarbonato Policarbonato Nylon policarbonato Aço inoxidável preto cinza

35 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 35 de 58 Imagens meramente ilustrativas: É fornecido com tira elástica de fixação e hastes A tira elástica permite o uso simultâneo com Abafadores de Ruídos

36 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 36 de 58 A lente é antiembaçante e bem protegida por uma armação resistente As hastes apresentam revestimento macio e flexível Apresenta armação com esponja antichama que oferece um contato macio entre os óculos e a pele do usuário. Esta esponja é almofadada e melhora a qualidade da selagem do produto

37 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 37 de 58 REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos óculos da marca MSA - modelo Albatross ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação aos óculos mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se o óculos é de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

38 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 38 de 58 ÓCULOS DE SEGURANÇA INCOLOR Descrição técnica: Modelo compacto, perfeito para selagem na região dos olhos e septo nasal com discrição e conforto. Apresenta armação com esponja antichama que oferece um contato macio entre os óculos e a pele do usuário. Esta esponja é almofadada e melhora a qualidade da selagem do produto. A lente é antiembaçante e bem protegida por uma armação resistente. É fornecido com tira elástica de fixação e hastes para que o usuário escolha o melhor sistema, de acordo com sua necessidade. A tira elástica permite o uso simultâneo com Abafadores de Ruídos. As hastes apresentam revestimento macio e flexível. Pode-se dobrar a armação nas laterais para que o óculos fique ainda mais compacto e possa ser guardado no bolso, por exemplo. O óculos devem possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Especificação Geral: Espessura da lente Distância pupilar Peso Tamanho vertical da lente Tamanho diagonal da lente Comprimento total do óculos Mínima distância entre as lentes Distância entre as hastes Proteção na lente 2,3mm 68mm 35g 44mm 66,3mm 163mm 18,5mm 56mm Antirrisco e Antiembaçante Componentes/materiais: Lentes Armação Proteção lateral Apoio nasal Hastes Parafusos Cor da armação Cor da lente policarbonato Policarbonato Policarbonato Nylon policarbonato Aço inoxidável preto incolor

39 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 39 de 58 Imagens meramente Ilustrativas: É fornecido com tira elástica de fixação e hastes A tira elástica permite o uso simultâneo com abafadores de ruídos

40 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 40 de 58 A lente é antiembaçante e bem protegida por uma armação resistente As hastes apresentam revestimento macio e flexível Apresenta armação com esponja antichama que oferece um contato macio entre os óculos e a pele do usuário, esta esponja é almofadada e melhora a qualidade da selagem do produto

41 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 41 de 58 REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos óculos da marca MSA - modelo Albatross ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação aos óculos mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se o óculos é de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

42 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 42 de 58 PROTETOR AUDITIVO CONCHA Descrição técnica: Protetor tipo concha com haste fixa acima da cabeça. Atenuação 20 db(nrrsf). Exclusiva haste em aço mola inoxidável, que assegura conforto e pressão contínua no abafador. Possui haste acolchoada e macia que distribui o peso do protetor sobre a cabeça, além de exercer pressão constante. Norma ANSI.S.12.6:1997 Os protetores devem possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Imagem meramente ilustrativa:

43 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 43 de 58 REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos protetores da marca 3M modelo H6A ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação aos protetores mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se o protetor é de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

44 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 44 de 58 PROTETOR AUDITIVO DE ESPUMA MOLDÁVEL Descrição técnica: Protetor auditivo do tipo inserção moldável, confeccionado em espuma, em formato de cone, com a base plana e o topo arredondado, de forma a proporcionar maior conforto ao usuário. O protetor é disponível em tamanho único, sendo que a característica de ser moldável faz com que seja adaptável à maioria dos condutos auditivos. Os Protetores Auditivos de Espuma Moldável são designados para inserção no canal auditivo, ajudando a reduzir a exposição aos níveis perigosos de ruído e outros sons indesejados. Dimensões (mm) Tolerância +/- 0,5 mm diâmetro da base: 1,3 cm diâmetro do topo: 1,0 cm Formato cilíndrico Peso aproximado 1.0 g/par Os protetores devem possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Testado de acordo com a norma ANSI S12.6/1997 Método B Método do Ouvido Real Tabela de Atenuação: Frequência (Hz) NRRsf Redução de ruído 18, ,1 22,6 29,9 37,8 35,3 no ouvido (db) 15 db Desvio Padrão (db) 7,4 6,8 8,1 7,2 6,1 6,7 6,3 Imagem meramente Ilustrativa:

45 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 45 de 58 REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos protetores da marca 3M ou, fornecidas de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação aos protetores mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se o protetor é de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

46 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 46 de 58 PROTETOR AUDITIVO DE SILICONE Descrição técnica: Protetor auditivo do tipo inserção pré-moldado, confeccionado em silicone, no formato cônico com três flanges concêntricos, de diâmetros variáveis, contendo um orifício em seu interior, que torna o equipamento macio e facilmente adaptável ao canal auditivo. o protetor é fornecido em tamanho único na cor laranja, com cordão de silicone cinza e caixa plástica. Os protetores devem possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual. Tabela de atenuação: Frequência (Hz) NRRsf Redução De Ruído 20,8 23,2 25,4 22,5 27,1 27,8 38,1 No Ouvido (db) 17 db Desvio Padrão (db) 5,0 4,8 5,0 4,0 4,9 7,2 6,7 Imagem meramente ilustrativa:

47 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 47 de 58 REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos protetores da marca 3M ou, fornecidas de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação aos protetores mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se o protetor é de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

48 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 48 de 58 PROTETOR SOLAR Descrição técnica: O creme protetor solar FPS 30 com Repelente, protege a pele contra a ação nociva dos raios ultravioleta tipos UVA e UVB emitidos por raios solares e por radiações provenientes de trabalhos com soldas elétricas e otras fontes emissoras. Contém bactericidas que protegem a pele contra picadas de insetos presentes em áreas abertas ou fechadas. Composição: Água, EDTA, Trietanolamina, PPG, Metilparabeno, Propilparabeno, Manoestearato de Glicerina, Antaron V220, Repelente de Insetos, Amphysol, Emulsionante A/O e O/A, Metacionamato de Octila, Benzofenona 3, Dióxido de Titânio, Silicilato de Octila e Água desmineralizada. Características Físico Químicas: Não contém abrasivos. ph: 7,0 (neutro) Não contém silicone. Não provoca irritabilidade dérmica e ocular. Não contém solventes. Hidratante com ação bactericida. Cor branca. Atóxico. Creme do Grupo III, conforme portaria nº 26 de 29 de dezembro de 1994,da Secretaria da Segurança e Saúde do Ministério do Trabalho. Validade: O protetor solar deve possuir validade vigente de, no mínimo, mais 18 meses contados a partir da data de fornecimento/entrega para a Sulgás.

49 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 49 de 58 Imagem meramente ilustrativa: REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidos protetores da marca SUNLAU ou, fornecidos de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação aos protetores mencionados. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se o protetor é de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

50 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 50 de 58 RESPIRADOR SEMIFACIAL 3M SÉRIE 6000 Descrição técnica: Respiradores semifaciais tipo filtrantes, operam com filtros duplos. O corpo do respirador é desenvolvido em elastômero poli-isopreno de altíssima qualidade, promovendo maior conforto e segurança ao usuário, podendo ser nos tamanhos Pequeno, Médio ou Grande. Estas diferentes opções de tamanhos visam proporcionar uma perfeita vedação aos diferentes tipos de rostos de usuários: REFERÊNCIA TAMANHO COR FOTO 6100 P Cinza claro 6200 M cinza 6300 G Cinza escuro

51 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 51 de 58 Toda peça semifacial usada como respirador purificador de ar com pressão negativa tem fator de proteção atribuído de 10, ou seja, desde que utilizada com o filtro correto, pode ser utilizada até 10 vezes o Limite de Tolerância dos contaminantes. Devem atender aos seguintes requisitos quanto aos ensaios com válvulas descrito no projeto de norma da ABNT: Vazamento máximo da válvula de Inalação* 30 cm3/min Resistência à respiração das válvulas** INALAÇÃO: 130 Pa (fluxo=95 l/min) EXALAÇÃO: 300 Pa (fluxo=160l/min) * Neste ensaio a válvula de exalação é retirada da peça semifacial e ensaiada em um equipamento de bancada, onde é provocada uma pressão negativa no lado interno da válvula de 250 Pa e então medido o vazamento de ar por minuto. ** Este ensaio de laboratório é feito utilizando-se um equipamento onde é feita a medição da resistência imposta pelas válvulas de inalação à passagem do ar. Os respiradores serão utilizados com filtros químicos que são compostos por carvão ativado granulado envolvido por um cartucho plástico. O filtro químico utilizado pela Sulgás está indicado na tabela: REFERÊNCIA INDICADO CONTRA COR PESO FOTO 6003 Vapores Orgânicos/Gases Ácidos amarelo 189 Validade: O respirador deve possuir validade vigente de, no mínimo, mais 4 anos contados a partir da data de fornecimento/entrega para a Sulgás.

52 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 52 de 58 CARTUCHO PARA RESPIRADOR Descrição técnica: Os respiradores semifaciais são do tipo filtrantes e operam com filtros duplos, portanto devem ser fornecidos em pares. Os respiradores serão utilizados com filtros químicos que são compostos por carvão ativado granulado envolvido por um cartucho plástico. Para contaminantes específicos (como amônia, formaldeído, gases ácidos e mercúrio) o carvão ativado também é tratado para que haja adsorção química do contaminante, através de sua reação com a substância utilizada no tratamento. Referência Indicado contra Cor Peso Imagem 6003 Vapores Orgânicos/Gases Ácidos amarelo 189 Os cartuchos químicos da série 6000 são filtros da classe 1, e portanto obedecem, entre outros, aos seguintes requisitos estabelecidos pela norma NBR 13696, referente aos Filtros Químicos 3M tipo 6003: Gás/Vapor Concentração Concentração Vida útil Tipo de Ensaio de teste(ppm) limitante(ppm) Mínima(min) Vapor Orgânico CCl Cl ,5 20 Gás ácido SO Estes ensaios são realizados em uma sala a 70% UR e 20o C, onde são passados pelos cartuchos num fluxo constante de 30 l/min, 1000 ppm do contaminante de ensaio. Um detector colocado em série com o cartucho registra quantos minutos ele (o cartucho) resiste para que se detecte a passagem da concentração limitante através do filtro. Para serem aprovados nesta classe, os filtros ou cartuchos devem no mínimo suportar o tempo de Vida Útil Mínima estipulado na tabela sem que se detecte os valores descritos na concentração limitante durante este tempo.

53 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 53 de 58 Validade: O cartucho para respirador deve possuir validade vigente de, no mínimo, mais 4 anos contados a partir da data de fornecimento/entrega para a Sulgás. REFERÊNCIA DE MATERIAL A necessidade da aquisição de respiradores 3M série 6000 se dá pelo fato de que, conforme ensaio de vedação realizado nos trabalhadores, são os que melhores se adaptaram nos rostos de cada um. A obrigatoriedade da elaboração do ensaio de vedação está previsto na Instrução Normativa n. 01 do MTE de O ensaio de vedação tem como objetivo verificar se os respiradores garantem a vedação satisfatória no rosto do trabalhador, de modo a garantir a sua saúde nas atividades em que se use estes Equipamentos de Proteção. Desse modo, a aquisição de outros respiradores de outros modelos ou marcas, tornaria necessária nova realização de ensaios de vedação, sem a garantia de que estes novos equipamentos sejam aprovados nos ensaios.

54 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 54 de 58 CAPA DE SEGURANÇA Descrição técnica: Capa de segurança confeccionada em tecido laminado de PVC reforçado. TAMANHO G. Possui forro, capuz fixo e mangas simples compridas. A capa possui fechamento frontal com no mínimo quatro (4) botões plásticos de pressão e costurados por meio de solda eletrônica. Capa confeccionada na cor amarela. Capa confeccionada em material impermeável e resistente, apropriado para proteger a integridade física do trabalhador, que durante a sua atividade, estará exposto a chuva e em contato de líquidos perigosos e água contaminada por detritos ou esgoto. A capa de segurança deve possuir Certificado de Aprovação junto ao Ministério do Trabalho - CA, válido na data da realização da Sessão Pública do Pregão, para equipamento de proteção individual.

55 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 55 de 58 Foto e dimensões aproximadas: 45cm 55cm 1,45m 1m 55cm REFERÊNCIA DE MATERIAL Deverão ser fornecidas capas da marca PANTANEIRO ou, fornecidas de marca similar de mesma qualidade ou qualidade superior em comparação às capas mencionadas. A Sulgás determinará - subsidiada por dados técnicos - se a capa é de qualidade inferior ou superior em comparação à marca do material referência. A indicação de marca de referência, quando presente na especificação técnica, tem o objetivo de servir como parâmetro de qualidade e facilitar a descrição do objeto a ser licitado.

56 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 56 de 58 FITA ZEBRADA Descrição técnica: Fita zebrada de isolamento e sinalização em polietileno não adesiva. Cor: listras amarela e preta intercaladas. Medidas: Rolos com fita de 7cm de largura e 200m de comprimento. Imagem meramente ilustrativa:

57 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 57 de 58 PROTETOR PARA FERRO DE CONSTRUÇÃO Descrição técnica: Proteção para pontas de ferro em vergalhão, nas obras em construção. Utilizado em barras de 4mm à 25mm Desenho técnico: Imagem meramente ilustrativa:

58 UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 58 de 58 CONFORMIDADE E NÃO-CONFORMIDADE As características físicas e os detalhes listados na presente especificação técnica são considerados essenciais e balizadores à manutenção do padrão de materiais da Companhia e, dessa forma, requisito básico para conferir conformidade ou não-conformidade por meio de aprovação/reprovação técnica do material na oportunidade do recebimento. A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul Sulgás será extremamente criteriosa em relação à conformidade e não-conformidade do material a ser comprado. A presente especificação técnica é parâmetro condicional a ser satisfeito pelo material proposto. O material a ser fornecido deverá conter as características físicas componentes dessa especificação em sua totalidade e exatidão. Na hipótese da reprovação técnica do material, o fornecedor perderá a expectativa de fornecimento e será desclassificado do processo. A Sulgás procederá a convocação imediata do próximo fornecedor classificado que se sujeitará ao mesmo processo de negociação, recebimento e aprovação. As custas do envio do material, bem como da devolução em caso de reprovação por inconformidade, são exclusivamente de responsabilidade do fornecedor, eximindo-se a Sulgás de qualquer custo ou despesa adicional ao valor contratado no processo licitatório.

DIVISÃO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO DVSMT PROTEÇÃO DA CABEÇA, FACE E OLHOS

DIVISÃO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO DVSMT PROTEÇÃO DA CABEÇA, FACE E OLHOS PROTEÇÃO DA CABEÇA, FACE E OLHOS CAPACETE DE SEGURANÇA CAP1 Proteção da cabeça do usuário contra impactos provenientes de queda ou projeção de objetos. a) Casco: deve ser confeccionado em polietileno de

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE CAPACETES DE SEGURANÇA, SUSPENSÃO E JUGULAR

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE CAPACETES DE SEGURANÇA, SUSPENSÃO E JUGULAR ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE CAPACETES DE SEGURANÇA, SUSPENSÃO E JUGULAR DAST nº 04/2001 R3 3ª Revisão: 08/02/2010 1. OBJETIVO Determinar a sistemática para aquisição de capacete de segurança e suspensão

Leia mais

Venda Proibida - Gratuito

Venda Proibida - Gratuito NR 6 - Equipamento de Proteção Individual - EPI 6.1. Para os fins de aplicação desta Norma Regulamentadora - NR, considerase Equipamento de Proteção Individual - EPI todo dispositivo de uso individual,

Leia mais

Proposta de Preços ANEXO I

Proposta de Preços ANEXO I PREGÃO PRESENCIAL Nº 088 / 2011 Proposta de Preços ANEXO I Processo 14.793 / 2011 Razão Social do Licitante: CNPJ: Insc. Estadual: Endereço: Cidade: Estado: Telefone : Fax : e-mail : INFORMACÕES PARA PAGAMENTOS

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL (SRP) Nº 56/2013

PREGÃO PRESENCIAL (SRP) Nº 56/2013 1 2 AVENTAL EM RASPA INTEIRO Avental de proteção confeccionado em raspa de couro, com emendas, com altura de 1,00m e largura de 0,60m. AVENTAL IMPERMEÁVEL Avental de segurança tipo frontal, em Trevira,

Leia mais

SURG Cia. de Serviços de Urbanização de Guarapuava Rua Afonso Botelho, 63 Bairro Trianon CNPJ 75.646.273/0001-07 COMUNICADO

SURG Cia. de Serviços de Urbanização de Guarapuava Rua Afonso Botelho, 63 Bairro Trianon CNPJ 75.646.273/0001-07 COMUNICADO SURG Cia. de Serviços de Urbanização de Guarapuava Rua Afonso Botelho, 63 Bairro Trianon CNPJ 75.646.273/0001-07 REF., PREGÃO PRESENCIAL Nº 059/2014 COMUNICADO ABERTURA / DATA: 11/08/2014 Objeto: Contratação

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO 1 Aquisição de Equipamentos de Proteção Individual - PLANTEQ/2012

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO 1 Aquisição de Equipamentos de Proteção Individual - PLANTEQ/2012 TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO 1 Aquisição de Equipamentos de Proteção Individual - PLANTEQ/2012 1. JUSTIFICATIVA A presente aquisição justifica-se pela necessidade de atender a demanda do Projeto PLANTEQ /2012,

Leia mais

Consulte Certificações, mais informações técnicas, medidas e embalagens no site industriasimples.com.br

Consulte Certificações, mais informações técnicas, medidas e embalagens no site industriasimples.com.br Vestimentas de Proteção Vestimentas de Proteção Cinto Ergonômico Confeccionado em TNT e elástico de compressão. As alças são trançadas em X nas costas para maior conforto do usuário e ajustáveis por passadores.

Leia mais

CONDIÇÕES MINÍMAS DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO.PARA. PRESTADORAS DE SERVIÇOS. MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO DE USINA

CONDIÇÕES MINÍMAS DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO.PARA. PRESTADORAS DE SERVIÇOS. MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO DE USINA 1/7 I FINALIDADE Definir critérios de Segurança e Medicina do Trabalho. a serem exigidas das prestadoras de serviços. II ABRANGÊNCIA Todas Prestadoras de Serviços contratadas pela CERON. III PROCEDIMENTOS

Leia mais

Capacetes de Segurança H-700

Capacetes de Segurança H-700 Dados Técnicos Página 1 de 8 Capacetes de Segurança H-700 DESCRIÇÃO GERAL: O capacete de segurança H-700 é composto de: Casco ventilado (com ou sem tira refletiva) ou sem ventilação (com ou sem tira refletiva),

Leia mais

RELAÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO.

RELAÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA Av. Araújo Pinho, nº 39, Canela - CEP: 40.110-150 - SSA/BA. Tel.: (071) 2102-0435 CNPJ nº: 10.764.307.0001-12 Inscrição: nº 70.244.376 Fax: (071) 3235-4563

Leia mais

EPIS Segurança do Jatista

EPIS Segurança do Jatista EPIS Segurança do Jatista Capacete de Proteção do Jatista - Fibra Azul 200.370.00992 PC 28642 Branco 200.370.00107 PC Capacete de proteção do Jatista fabricado em fibra com visor de vidro temperado e saída

Leia mais

CONSIDERANDO que cabe às OS o fornecimento dos insumos e equipamentos para as Unidades de Saúde sob contrato de Gestão com a SMSDC;

CONSIDERANDO que cabe às OS o fornecimento dos insumos e equipamentos para as Unidades de Saúde sob contrato de Gestão com a SMSDC; Circular S/SUBPAV/SAP n.º 08/2011. Rio de Janeiro, 09 de maio de 2011. Aos Coordenadores das A.P.s com vistas às Organizações Sociais e às Unidades Primárias de Saúde Assunto: Uniformes para as Equipes

Leia mais

Cuidando da segurança individual dos trabalhadores

Cuidando da segurança individual dos trabalhadores A Destra Brasil EPI Indústria e Comércio Meritocracia Acreditamos nas pessoas. Reconhecemos e recompensamos sua contribuição com isenção e imparcialidade, para que possam crescer e fazer nossa organização

Leia mais

Aos Coordenadores das A.P.s com vistas às Organizações Sociais e às Unidades Primárias de Saúde Assunto: Uniformes para as Equipes de Saúde da Família

Aos Coordenadores das A.P.s com vistas às Organizações Sociais e às Unidades Primárias de Saúde Assunto: Uniformes para as Equipes de Saúde da Família Circular S/SUBPAV/SAP n.º 07/2011. Rio de Janeiro, 15 de abril de 2011. Aos Coordenadores das A.P.s com vistas às Organizações Sociais e às Unidades Primárias de Saúde Assunto: Uniformes para as Equipes

Leia mais

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL- EPI

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL- EPI EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL- EPI Conforme Norma Regulamentadora nº.6, Equipamento de Proteção Individual EPI é todo dispositivo de uso individual utilizado pelo empregado, destinado à proteção de

Leia mais

3 Dados Técnicos Página 1 de 7 Protetores Auditivos Tipo Abafador Modelo H9A-02 e H9P3E-02

3 Dados Técnicos Página 1 de 7 Protetores Auditivos Tipo Abafador Modelo H9A-02 e H9P3E-02 3 Dados Técnicos Página 1 de 7 Protetores Auditivos Tipo Abafador Modelo H9A-02 e H9P3E-02 DESCRIÇÃO Protetores auditivos tipo circum-auriculares constituídos por: - 2 conchas em plástico ABS de cor azul,

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA COTAÇÃO ELETRÔNICA N.º 10003/2015 Embrapa SEDE TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Definir critérios de Segurança e Medicina do Trabalho. a serem exigidas das prestadoras de serviços.

Definir critérios de Segurança e Medicina do Trabalho. a serem exigidas das prestadoras de serviços. 1/6 I FINALIDADE Definir critérios de Segurança e Medicina do Trabalho. a serem exigidas das prestadoras de serviços. II ABRANGÊNCIA Todas Prestadoras de Serviços contratadas pela CERON. III PROCEDIMENTOS

Leia mais

Catálogo de Equipamentos de Proteção e Segurança do Trabalho

Catálogo de Equipamentos de Proteção e Segurança do Trabalho Tipo de Documento Procedimento Institucional EPI PI-Costsa-004 Título do Documento Catálogo de Equipamentos de Proteção e Elaborado por Adalberto do N. Bastos Júnior / Laércio Teixeira dos Santos Área

Leia mais

ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS

ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS ITEM 125 Código: 1085448 Frasco de 120g Detalhe da tampa com abertura Flip Top (Meramente ilustrativo) : CARACTERÍSTICAS: Creme bloqueador solar, mínimo

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para eventual fornecimento, montagem e instalação de mobiliário, para a Procuradoria Regional do Trabalho da 2a Região

Leia mais

Definir critérios de Segurança e Medicina do Trabalho a serem exigidas das prestadoras de serviços.

Definir critérios de Segurança e Medicina do Trabalho a serem exigidas das prestadoras de serviços. 1/9 0I FINALIDADE Definir critérios de Segurança e Medicina do Trabalho a serem exigidas das prestadoras de serviços. II ABRANGÊNCIA Todas Prestadoras de Serviços contratadas pela CERON. III PROCEDIMENTOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana. Termo de Adjudicação do Pregão Eletrônico Nº 00033/2015 (SRP)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana. Termo de Adjudicação do Pregão Eletrônico Nº 00033/2015 (SRP) Pregão Eletrônico MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana Termo de Adjudicação do Pregão Eletrônico Nº 00033/2015 (SRP) Às 16:06 horas do dia 20 de novembro de 2015,

Leia mais

DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS

DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS 1- COLETE : - Azul marinho; - 02 (duas) faixas refletivas, na direção horizontal, na cor laranja;

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL (SRP) Nº 56/2013

PREGÃO PRESENCIAL (SRP) Nº 56/2013 39 40 LUVA NITRÍLICA 30 Luva de segurança confeccionada em borracha nitrílica, na cor verde, palma antiderrapante em alto relevo, interior em algodão flocado, espessura mínima de 0,35mm, comprimento não

Leia mais

PROTETORES AUDITIVOS 3M MILLENIUM

PROTETORES AUDITIVOS 3M MILLENIUM PROTETORES AUDITIVOS 3M MILLENIUM C.A.: 11882 DESCRIÇÃO E APLICAÇÕES DO PRODUTO Protetor auditivo do tipo inserção pré-moldado, confeccionado em silicone, no formato cônico, com três flanges concêntricos,

Leia mais

Equipamento de Protecção e Segurança

Equipamento de Protecção e Segurança Catálogo Geral N 03-09 Equipamento de Protecção e Segurança 40.0074337 SAPATO DE SEGURANÇA NOBUK Nº37 1 PAR 40.0074338 SAPATO DE SEGURANÇA NOBUK Nº38 1 PAR 40.0074339 SAPATO DE SEGURANÇA NOBUK Nº39 1

Leia mais

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL EPI EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL A principal norma brasileira que regulamenta os dispositivos ou produtos relacionados ao EPI é a NR 06, Portaria 3214 do MTE.

Leia mais

catálogo de produtos

catálogo de produtos catálogo de produtos O Mercado de EPIs ganhou uma nova marca de luvas profissionais: a MUCAMBO PROFISSIONAL. Criada a partir da expansão do portfólio de produtos da Mucambo, esta nova marca soma a tradição

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 005/2014 TIPO: MENOR PREÇO POR GRUPO

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 005/2014 TIPO: MENOR PREÇO POR GRUPO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 005/2014 TIPO: MENOR PREÇO POR GRUPO A UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES, entidade privada sem fins lucrativos, mantida pela Fundação

Leia mais

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL. Erica Cristina Possoli Técnica em Segurança do Trabalho

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL. Erica Cristina Possoli Técnica em Segurança do Trabalho EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Erica Cristina Possoli Técnica em Segurança do Trabalho Norma Regulamentadora 06 Segundo a NR 06, EPI é: todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE ÓCULOS DE SEGURANÇA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE ÓCULOS DE SEGURANÇA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE ÓCULOS DE SEGURANÇA DAST nº 01/2001 R3 3ª Revisão: 06/06/2007 1. OBJETIVO Determinar a sistemática para aquisição de óculos de segurança e definir as características técnicas dos

Leia mais

Pregão Eletrônico Nº 00007/2015 RESULTADO POR FORNECEDOR. Valor Item Descrição

Pregão Eletrônico Nº 00007/2015 RESULTADO POR FORNECEDOR. Valor Item Descrição PREGÃO ELETRÔNICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria Executiva Subsecretaria de Planejamento e Orçamento INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIENCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ Campus Abaetetuba Pregão Eletrônico Nº

Leia mais

ACESSÓRIOS PARA CANIL / BRINQUEDOS

ACESSÓRIOS PARA CANIL / BRINQUEDOS ACESSÓRIOS PARA CANIL / BRINQUEDOS BOLSA DE NYLON Produzido em lona poliamida ideal para transporte do material de treino. Material: Lona poliamida Peso: 300gr/350gr/400gr Tamanho: P/M/G Código: 006/007/008

Leia mais

PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS DO MOBILIÁRIO PARA INSPETORIA REGIONAL DE MOSSORÓ

PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS DO MOBILIÁRIO PARA INSPETORIA REGIONAL DE MOSSORÓ ANEXO VII Item Descrição Pedido mínimo por fornecimento 01 Tampo em formatos retangular, medindo 90 x 60 cm, em chapa de madeira aglomerada de alta densidade revestida em ambas as faces em laminado plástico

Leia mais

PERFUROCORTANTES RÍGIDO

PERFUROCORTANTES RÍGIDO COLETOR PARA RESÍDUOS TÓXICOS Fabricado com plástico rígido proporcionando segurança e fácil limpeza Sistema de fechamento que garante a vedação da tampa evitando o escape do resíduo Translúcido, permite

Leia mais

3M Proteção Respiratória e Visual. Guia 3M. de Seleção de Equipamentos. para Proteção Respiratória e Visual em Ambientes da Saúde

3M Proteção Respiratória e Visual. Guia 3M. de Seleção de Equipamentos. para Proteção Respiratória e Visual em Ambientes da Saúde 3M Proteção Respiratória e Visual Guia 3M de Seleção de Equipamentos para Proteção Respiratória e Visual em Ambientes da Saúde 3 Saúde e segurança caminham juntos. É por isso que a 3M oferece uma linha

Leia mais

Lista de Materiais para a Arena Desenho da estrutura

Lista de Materiais para a Arena Desenho da estrutura Lista de Materiais para a Arena Desenho da estrutura Desenho da estrutura (detalhes) Lista de materiais para Arena V RODEIO NACIONALDE ELETRICISTAS Lista de Materias para Arena Item Descrição Quantidade

Leia mais

ANEXO X. Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 001/2016

ANEXO X. Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 001/2016 ANEXO X Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 001/2016 NORMAS E PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO Página 1 de 5 1 - CONDIÇÕES BÁSICAS 1.1 As normas aplicáveis aos serviços a serem

Leia mais

Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e de Proteção Coletiva (EPC)

Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e de Proteção Coletiva (EPC) Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e de Proteção Coletiva (EPC) PCC 2302 Gestão da Produção na Construção Civil Profº Francisco Ferreira Cardoso Juliana Bueno Silva Thales Landgraf Soraia Regina

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150835

TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150835 TERMO DE REFERÊNCIA TR 20150835 1. DA JUSTIFICATIVA: Dispensa de licitação, via cotação eletrônica, nos termos do decreto estadual Nº 28.397, de 21 de setembro de 2006 para atender SC 014256 P/ GESUP 2.

Leia mais

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Nome:...

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Nome:... FORMULÁRIO-PROPOSTA Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Responsável pela assinatura do contrato: Nome:... Cargo/função:...Telefone/fax:...

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Braçadeira para Injeção Intravenosa ARS 01 Braçadeira para Injeção Intravenosa ARS 01 Braçadeira de apoio de piso para suporte de braço e aplicação de injeção. Altura regulável por mandril,base de ferro,

Leia mais

ANEXO II - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT)

ANEXO II - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT) ANEXO II - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT) LICITAÇÃO MOD.: PREGÃO PRESENCIAL Nº 14/2012 TIPO: MENOR PREÇO Data e Hora da Entrega das Propostas: 05/04/2012 Horas: 09h30min REMARCADA PARA O DIA 10/04/2012 ÀS 09h30min

Leia mais

A STEELFLEX, nova marca da BSB, chega ao mercado de EPIs com um portifólio de produtos diferenciados, de alta performance e design arrojado.

A STEELFLEX, nova marca da BSB, chega ao mercado de EPIs com um portifólio de produtos diferenciados, de alta performance e design arrojado. A STEELFLEX, nova marca da BSB, chega ao mercado de EPIs com um portifólio de produtos diferenciados, de alta performance e design arrojado. Com o objetivo de oferecer soluções cada vez mais eficazes para

Leia mais

ELEMENTO FILTRANTE - HATHOR - 170 x 148 (d x h)

ELEMENTO FILTRANTE - HATHOR - 170 x 148 (d x h) UNIDADE: COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA - COLOG (GESUS) 1 de 7 DESCRIÇÃO: Cartucho Filtrante: O meio filtrante do cartucho é composto por camadas de fibras celulósicas e impregnado com resina fenólica, que lhe

Leia mais

Impermeáveis Resistência e Qualidade em Impermeáveis

Impermeáveis Resistência e Qualidade em Impermeáveis Impermeáveis Resistência e Qualidade em Impermeáveis Impermeáveis fabricados com matéria prima de alta qualidade, soldados eletronicamente, muito resistentes e disponíveis em diversos modelos que se adequam

Leia mais

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Valor unitário. Valor total. Item Descrição Qtde. 1 Móvel com Gavetas 12,00m². 2 Móvel com Portas de Abrir 70,00m²

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Valor unitário. Valor total. Item Descrição Qtde. 1 Móvel com Gavetas 12,00m². 2 Móvel com Portas de Abrir 70,00m² FORMULÁRIO-PROPOSTA Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Responsável pela assinatura do contrato: Nome:... Cargo/função:...Telefone/fax:...

Leia mais

3M Saúde Ocupacional. Proteção Visual. Proteção. visual. Protegendo o seu mundo.

3M Saúde Ocupacional. Proteção Visual. Proteção. visual. Protegendo o seu mundo. 3M Saúde Ocupacional Proteção Visual Proteção visual Protegendo o seu mundo. PROTEGENDO O SEU MUNDO. Bem-estar é ir além dos sorrisos. Trabalho é ir além de produtividade. E proteção é ir além de segurança.

Leia mais

LINHA DE RESPIRADORES SEM MANUTENÇÃO

LINHA DE RESPIRADORES SEM MANUTENÇÃO LINHA DE RESPIRADORES SEM MANUTENÇÃO CÓDIGO CLASSE CA INDICAÇÃO 8720 PFF - 1 445 Cimento, Carvão Mineral 8812 PFF - 1 5658 Cimento, Carvão mineral LINHA DE RESPIRADORES SEM MANUTENÇÃO CÓDIGO CLASSE CA

Leia mais

Telha TopSteel. Telhas termoacústicas. Leveza e conforto aliados à eficiência.

Telha TopSteel. Telhas termoacústicas. Leveza e conforto aliados à eficiência. Telha TopSteel Telhas termoacústicas. Leveza e conforto aliados à eficiência. Telha TopSteel Leveza e conforto aliados à eficiência. As novas telhas termoacústicas TopSteel da Brasilit são de fácil transporte

Leia mais

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL EPI SETOR DE ZELADORIA HOSPITAL VETERINÁRIO

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL EPI SETOR DE ZELADORIA HOSPITAL VETERINÁRIO EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL EPI SETOR DE ZELADORIA HOSPITAL VETERINÁRIO Danielle Vargas TÉCNICA EM SEGURANÇA DO TRABALHO CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988 art. 6º - são direitos sociais a educação,

Leia mais

Capacetes de Segurança 3M H-700

Capacetes de Segurança 3M H-700 Capacetes de Segurança 3M H-700 CA 29.637 (versão c/ ventilação) CA 29.638 (versão s/ ventilação) DESCRIÇÃO GERAL: O capacete de segurança 3M H-700 é composto de: Casco ventilado ou sem ventilação (ambos

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS ESTADO DO PARÁ

TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS ESTADO DO PARÁ 1. Dados Gerais da Licitação Número do Processo Licitatório PA 031/2016 Exercício 2016 Modalidade Tipo Objeto Registro de Preços Originário de Pregão Presencial Menor Preço Status Publicada Contratação

Leia mais

Página 1 de 6 KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão;

Página 1 de 6 KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão; KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão; - 02 gorros de moletom; - 02 calças compridas; - 02 pares de meia recém-nascido; -

Leia mais

3M Segurança Pessoal. Catálogo de Vestimentas de Proteção. Proteção ao. corpo. Protegendo o seu mundo.

3M Segurança Pessoal. Catálogo de Vestimentas de Proteção. Proteção ao. corpo. Protegendo o seu mundo. 3M Segurança Pessoal Catálogo de Vestimentas de Proteção Proteção ao corpo Protegendo o seu mundo. PROTEGENDO O SEU MUNDO. Bem-estar é ir além dos sorrisos. Trabalho é ir além de produtividade. E proteção

Leia mais

PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR. Automotiva Indústria

PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR. Automotiva Indústria PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR www.rehau.com.br Construção Automotiva Indústria DESIGN PARA MÓVEIS DA REHAU: SOLUÇÕES INOVADORAS DE SISTEMAS NO MESMO LOCAL A REHAU se estabeleceu como a principal

Leia mais

1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS. 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro)

1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS. 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro) 1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro) BASE - Estrutura em aço SAE 1010/1020, com 5(cinco) patas de aço, em tira relaminada com 1,9mm espessura

Leia mais

APÊNDICE V. Modelos de Uniforme e Crachá

APÊNDICE V. Modelos de Uniforme e Crachá APÊNDICE V Modelos de Uniforme e Crachá MARÇO DE 2016 1 23 ÍNDICE 1.1. Apresentação...3 1.2. Tecidos...3 2.1. Gerente Feminino...5 2.2. Atendente Feminino...7 2.3. Gestante...9 2.4. Orientador Feminino...

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

MESTRE MARCENEIRO. Saúde e segurança do marceneiro

MESTRE MARCENEIRO. Saúde e segurança do marceneiro Saúde e segurança marceneiro. A preocupação com o bem-estar, a saúde e a segurança do marceneiro no trabalho, vem crescendo no decorrer dos últimos anos, pois, quando o trabalho representa apenas uma obrigação

Leia mais

ANEXO II NORMAS TÉCNICAS APLICÁVEIS AOS EPI. objetos sobre o crânio; Choques elétricos. Proteção do crânio e pescoço contra: ISO 11612:2008

ANEXO II NORMAS TÉCNICAS APLICÁVEIS AOS EPI. objetos sobre o crânio; Choques elétricos. Proteção do crânio e pescoço contra: ISO 11612:2008 Equipamento de Proteção Individual EPI A PROTEÇÃO DA CABEÇA A.1. CAPACETE A.2. CAPUZ ou BALACLAVA ANEXO II NORMAS TÉCNICAS APLICÁVEIS AOS EPI Enquadramento NR 06 Anexo I Proteção da cabeça contra: A.1.1.

Leia mais

VESTIMENTAS DE SEGURANÇA E IMPERMEÁVEIS

VESTIMENTAS DE SEGURANÇA E IMPERMEÁVEIS PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA PROTEÇÃO DOS OLHOS PROTEÇÃO AUDITIVA PROTEÇÃO DO CRÂNIO PROTEÇÃO FACIAL PROTEÇÃO DAS MÃOS ACESSÓRIOS PARA SOLDA EQUIPAMENTOS DE SINALIZAÇÃO VESTIMENTAS DE SEGURANÇA E IMPERMEÁVEIS

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2012 PROCESSO: 23066.040825/12-97 UASG: 153038 Vigência: 17/04/2013 até 17/04/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DIVISÃO DE MATERIAL DIM Maria Edite Jesus Brandão DIVISÃO DE MATERIAL

Leia mais

3M Produtos de Protecção Pessoal. Fatos de Protecção. Desenhados para proteger. Criados pelo. conforto. A Força para Proteger o seu Mundo

3M Produtos de Protecção Pessoal. Fatos de Protecção. Desenhados para proteger. Criados pelo. conforto. A Força para Proteger o seu Mundo 3M Produtos de Protecção Pessoal Fatos de Protecção Desenhados para proteger Criados pelo conforto A Força para Proteger o seu Mundo 1 Fatos de Protecção A 3M oferece-lhe uma gama de fatos de protecção

Leia mais

Relatório Técnico. Equipamentos de proteção individual testados através de ataque real de serpentes peçonhentas

Relatório Técnico. Equipamentos de proteção individual testados através de ataque real de serpentes peçonhentas Relatório Técnico Equipamentos de proteção individual testados através de ataque real de serpentes peçonhentas Bote de Cascavel (Crotalus durissus terrificus) Fte: Autor desconhecido São Paulo/SP Janeiro

Leia mais

MÓDULO DE ACESSIBILIDADE

MÓDULO DE ACESSIBILIDADE MÓDULO DE ACESSIBILIDADE ESPECIFICAÇÃO: GPRO/DEINF 082104 EMISSÃO: NOVEMBRO/2008 DESENHO: DT 494/6 CAPÍTULO I - INTRODUÇÃO 1.1. FINALIDADE: A presente especificação estabelece dados para fornecimento à

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES PREGÃO MOBILIÁRIO 2013.

ESPECIFICAÇÕES PREGÃO MOBILIÁRIO 2013. ESPECIFICAÇÕES PREGÃO MOBILIÁRIO 2013. Processo 56220/2013-73 Pregão 26/2014 GRUPO 1 MESAS E ESTAÇÕES DE TRABALHO 1 MESA RETANGULAR PARA COMPUTADOR 1200X770MM 2 MESA RETANGULAR PARA COMPUTADOR 1600X770MM

Leia mais

MANUAL - POLICARBONATO POLICARBONATO CHAPAS E TELHAS TELEVENDAS. SÃO PAULO: +55 11 3871 7888 CAMPINAS: +55 19 3772 7200 www.vick.com.

MANUAL - POLICARBONATO POLICARBONATO CHAPAS E TELHAS TELEVENDAS. SÃO PAULO: +55 11 3871 7888 CAMPINAS: +55 19 3772 7200 www.vick.com. MANUAL POLICARBONATO POLICARBONATO CHAPAS E TELHAS TELEVENDAS SÃO PAULO: +55 11 3871 7888 CAMPINAS: +55 19 3772 7200 wwwvickcombr POLICARBONATO COMPACTO O Policarbonato Compacto é muito semelhante ao vidro

Leia mais

MÓDULO 1 ESPECIFICAÇÕES MOBILIÁRIOS REFERENCIAIS

MÓDULO 1 ESPECIFICAÇÕES MOBILIÁRIOS REFERENCIAIS DATA: DESTINO: FORUM CÍVEL MÓDULO 1 (itens 1-2) JUNHO 2015 RESPONSAVÉL: DIVISÃO DE ARQUITETURA ESPECIFICAÇÕES MOBILIÁRIOS REFERENCIAIS ITEM 1 MESAS /GAVETEIROS/CONEXÕES IMPORTANTE: AS MARCAS DE MATERIAIS,

Leia mais

PREGÃO Nº 008/2012 CML/PM ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/2013 GERP/SEMAD EMPRESA VENCEDORA: COMÉRCIO E INDÚSTRIA EQUILÍBRIO LTDA

PREGÃO Nº 008/2012 CML/PM ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/2013 GERP/SEMAD EMPRESA VENCEDORA: COMÉRCIO E INDÚSTRIA EQUILÍBRIO LTDA PREGÃO Nº 008/2012 CML/PM ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/2013 GERP/SEMAD No dia 16 de abril de 2013, no Órgão Gerenciador, foram registrados os preços das empresas abaixo identificadas, para eventual

Leia mais

MATERIAL DE ENFERMAGEM 2

MATERIAL DE ENFERMAGEM 2 Absorvente higiênico Adaptador para agulhas de coleta múltipla MATERIAL DE ENFERMAGEM 2 Absorvente higiênico tipo hospitalar, hipoalergênico, com absorção eficiente e bordas devidamente acabadas, constituído

Leia mais

Definir critérios de Segurança e Medicina do Trabalho. a serem exigidas das prestadoras de serviços.

Definir critérios de Segurança e Medicina do Trabalho. a serem exigidas das prestadoras de serviços. 1/7 I FINALIDADE Definir critérios de Segurança e Medicina do Trabalho. a serem exigidas das prestadoras de serviços. II ABRANGÊNCIA Todas Prestadoras de Serviços contratadas pela CERON. III PROCEDIMENTOS

Leia mais

LOTE 1 - SISTEMA ANTIFURTO

LOTE 1 - SISTEMA ANTIFURTO QUANTIDADE ITEM PRODUTO ESPECIFICAÇÃO IMAGEM ILUSTRATIVA MAFRA BRUSQUE VIDEIRA TOTAL VALOR UNIT. VALOR TOTAL DO ITEM VALOR TOTAL DO LOTE LOTE 1 - SISTEMA ANTIFURTO 1.1 EQUIPAMENTO ELETROMAGNÉTICO DE REATIVAÇÃO/

Leia mais

DISTRIBUIDORA DE MATERIAIS DESCARTÁVEIS LINHA PROFISSIONAL

DISTRIBUIDORA DE MATERIAIS DESCARTÁVEIS LINHA PROFISSIONAL SIMAMED DISTRIBUIDORA DE MATERIAIS DESCARTÁVEIS LINHA PROFISSIONAL LUVA DE LÁTEX CERTIFICADA COM PÓ Desenvolvida para o uso em higiene e cuidados pessoais, aplicação de tinturas capilares, manuseio e trato

Leia mais

ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Referente ao Pregão nº 038/2010

ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Referente ao Pregão nº 038/2010 ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Referente ao Pregão nº 038/2010 LOTE 01: ESPECIFICAÇÕES DO ITEM 1: Blusa para usuários do sexo feminino, colarinho, com pence de busto no sentido horizontal frente e pence

Leia mais

ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ARQUIVOS DESLIZANTES

ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ARQUIVOS DESLIZANTES ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ARQUIVOS DESLIZANTES ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ARQUIVOS DESLIZANTES DESTINADOS À EDIFICAÇÃO DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL RIO GRANDE DO SUL,

Leia mais

CAPACETE DE SEGURANÇA 2000/2010

CAPACETE DE SEGURANÇA 2000/2010 CAPACETE DE SEGURANÇA 2000/2010 DESCRIÇÃO GERAL: O capacete de segurança 2000/2010 é composto de: Casco (com ou sem tira refletiva), Suspensão (com ajuste simples ou com catraca), Tira de absorção de suor,

Leia mais

ANEXO 01. Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall.

ANEXO 01. Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall. ANEXO 01 Sala MEV DW DW B B Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall. 1 Figura 2 Detalhes das portas em drywall. A porta P11, destinada a acesso à

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO - MG. Resultado do Processo Licitatório nº 20298.000061/2014-08 Pregão Presencial SRP n 41/2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO - MG. Resultado do Processo Licitatório nº 20298.000061/2014-08 Pregão Presencial SRP n 41/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO - MG Resultado do Processo Licitatório nº 20298.000061/2014-08 Pregão Presencial SRP n 41/2014 Objeto: Aquisição de EPI - Equipamentos de proteção Individual e EPC-Equipamento

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO

ATA DE REGISTRO DE PREÇO ATA DE REGISTRO DE PREÇO DADOS DO PREGÃO NÚMERO DO PREGÃO: 20/2014 NÚMERO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: 20/2014 ÓRGÃO GESTOR: HOSPITAL GERAL DO RIO DE JANEIRO UASG: 160323 CONTATO NO ÓRGÃO PARA ADESÃO:

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Portaria 029/2015 EMENTA: Normatiza a padronização do mobiliário existente do CRF-ES e dá outras providências. O Presidente do CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO - CRF/ES, no uso

Leia mais

Requisitos Técnicos para o trabalho seguro em alturas

Requisitos Técnicos para o trabalho seguro em alturas SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE COORDENAÇÃO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE GERÊNCIA DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL SUBGERÊNCIA DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR Requisitos Técnicos para o trabalho seguro em

Leia mais

Equipamentos de Proteção Individual (EPI)

Equipamentos de Proteção Individual (EPI) Equipamentos de Proteção Individual (EPI) SEGURANÇA NA SOLDAGEM Segurança na Soldagem 1.1 - Principais riscos para um soldador 1.1.1 - Poluição por fumos de soldagem 1.1.2 - Radiações visíveis e invisíveis

Leia mais

21/05/2013. A natureza equipou os seres com Equipamento de proteção natural. Gianfranco Pampalon. E o homem, a natureza equipou com inteligência...

21/05/2013. A natureza equipou os seres com Equipamento de proteção natural. Gianfranco Pampalon. E o homem, a natureza equipou com inteligência... A natureza equipou os seres com Equipamento de proteção natural Gianfranco Pampalon E o homem, a natureza equipou com inteligência... 1 Definição: 6.1 EPI é todo dispositivo ou produto, de uso individual

Leia mais

Respiradores sem Manutenção 9920 Dobrável (PFF-2)

Respiradores sem Manutenção 9920 Dobrável (PFF-2) 3 Respiradores sem Manutenção 9920 Dobrável (PFF-2) Dados Técnicos Descrição Geral Julho/2006 Substitui: CA 16366 O respirador 3M 9920, tipo peça semifacial filtrante para partículas PFF-2, modelo dobrável,

Leia mais

Equipamentos de Proteção Individual EPI.

Equipamentos de Proteção Individual EPI. Equipamentos de Proteção Individual EPI. Considera-se EPI todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e

Leia mais

MUNICIPIO DE ERECHIM PREFEITURA MUNICIPAL

MUNICIPIO DE ERECHIM PREFEITURA MUNICIPAL ADITIVO Nº 419/2014 ADITIVO AO CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 197/2014 ADITIVO AO CONTRATO ADMINISTRATIVO N. 197/2014 PROCESSO N.º 13443/2013 PREGÃO PRESENCIAL N.º 199/2013 AQUISIÇÃO DE EPIs - DIVERSAS SECRETARIAS

Leia mais

ES-05. Estante para exposição. Mobiliário. Atenção 3 08/03/13. Revisão Data Página 1/6 VISTA FRONTAL ESC. 1:20 VISTA LATERAL ESC.

ES-05. Estante para exposição. Mobiliário. Atenção 3 08/03/13. Revisão Data Página 1/6 VISTA FRONTAL ESC. 1:20 VISTA LATERAL ESC. Mobiliário 2000 1/6 VISTA LATERAL 0 VISTA FRONTAL 0 900 0 VISTA SUPERIOR 0 A A Mobiliário 900 PAINEL DE FUNDO CHAPA 24 (0,6mm) PAINEL LATERAL CHAPA 24 (0,6mm) 0 40 COLUNA CHAPA 1 (2,25mm) VISTA SUPERIOR

Leia mais

RESULTADO Nº QTDADE UNIDADE DESCRIÇÃO NEGOC VENCEDOR 1 10 UNIDADE 148,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 94,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 2 10 UNIDADE

RESULTADO Nº QTDADE UNIDADE DESCRIÇÃO NEGOC VENCEDOR 1 10 UNIDADE 148,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 94,00 DORNE & DORNE LTDA - EPP 2 10 UNIDADE 1 10 UNIDADE CADEIRA modelo secretária executiva, giratória, com braços tipo corsa fechado, em poliuretano injetado; assento e encosto moldados anatomicamente em compensado com espessura mínima de 12 mm,

Leia mais

F E E L S A F E FEEL SAFE FEEL PROFESSIONAL FEEL LIBUS EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL. libus.com

F E E L S A F E FEEL SAFE FEEL PROFESSIONAL FEEL LIBUS EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL. libus.com F E E L S A F E FEEL SAFE FEEL PROFESSIONAL FEEL LIBUS EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL + libus.com + INVESTIMENTO PERMANENTE EM PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA GARANTIR ALTOS NIVEIS DE SEGURANÇA

Leia mais

Apoio ao Lojista. Código de ética. A mais completa linha de Equipamentos de Proteção e Acessórios para o Autosserviço.

Apoio ao Lojista. Código de ética. A mais completa linha de Equipamentos de Proteção e Acessórios para o Autosserviço. Trabalho no PDV Apoio ao Lojista Código de ética A mais completa linha de Equipamentos de Proteção e Acessórios para o Autosserviço. Home Centers Supermercados Materiais de Construção Ferragens e Ferramentas

Leia mais

20 172,00 Und 161,0000. 21 170,00 Und 120,0000. 22 230,00 Und 240,0000 74,0900. 23 520,00 Und. 24 136,00 Und 680,0000. 25 100,00 Und 1.

20 172,00 Und 161,0000. 21 170,00 Und 120,0000. 22 230,00 Und 240,0000 74,0900. 23 520,00 Und. 24 136,00 Und 680,0000. 25 100,00 Und 1. Ata: 316 11484 C.K.YOKOTA MÓVEIS (42) 36245754 Armário de escritório multiuso nas medidas aproximadas 2,39m x 0,80m x 0,55m composto por 10 prateleiras e coluna central. Tampo 2 215,00 Und confeccionado

Leia mais

COMPONENTES PARA ANDAIMES PROFISSIONAIS

COMPONENTES PARA ANDAIMES PROFISSIONAIS Bastidores das Torres Rolantes Disponíveis em 2 larguras (0,75 e 1,35 m) de 4 degraus (1 m) e 7 degraus (2 m) Os degraus possuem uma superfície estriada antideslizante e a distância entre degraus é de

Leia mais

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 1 Produtos Devcon Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 2 Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo Prefácio 3 Preparação da

Leia mais

Qualidade presente no seu dia-a-dia. Catálogo 2016

Qualidade presente no seu dia-a-dia. Catálogo 2016 Qualidade presente no seu dia-a-dia Catálogo 2016 talge.com.br talge.com.br Nós somos a Talge Fundada em junho de 2005, a Talge é uma empresa que já nasceu com a tradição e a experiência de quem conhece

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Manual de Operação e Instalação Chave de nível capacitiva Cod: 073AA-004-122M Rev. B Série LC-200 Março / 2010 S/A Rua João Serrano, 250 Bairro do Limão São Paulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. ESTRUTURA E BLINDAGEM DOS MODULOS 1.1 - Estruturas Laterais Externas Deverão ser confeccionadas em chapa de aço SAE1010 #18, com varias dobras formando colunas, sem quinas ou

Leia mais

Kits para Proteção Facial MSA

Kits para Proteção Facial MSA 06-00-02 Imagens Ilustrativas Kits para Proteção Facial MSA [Uma linha completa para atender as necessidades do usuário com muito estilo.] Quando o assunto é Proteção Facial, a MSA é a marca mais forte

Leia mais