PARASITOSES EM PEQUENOS ANIMAIS DA COMUNIDADE DO MATADOURO: DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO E CONSCIENTIZAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PARASITOSES EM PEQUENOS ANIMAIS DA COMUNIDADE DO MATADOURO: DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO E CONSCIENTIZAÇÃO"

Transcrição

1 PARASITOSES EM PEQUENOS ANIMAIS DA COMUNIDADE DO MATADOURO: DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO E CONSCIENTIZAÇÃO Priscilla Helena Aniboleti Machado 1; Daniela Fernandes Stelzer 1 ; Raphaela Cricco Guidi 2 ; Glaydston Cancella Corrêa 2 ; Adriana Jardim de Almeida 3 ; Ana Bárbara Freitas Rodrigues 4 ; João Carlos de Aquino Almeida 5 1 Estudante do Curso de Graduação em Medicina Veterinária, LCCA, CCTA, UENF. 2 Bolsista Universidade Aberta, Laboratório de Clínica e Cirurgia Animal (LCCA), Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias (CCTA), Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF). 3 Professora do Departamento de Terapêutica / Saúde no Ecossistema, LCCA, CCTA, UENF. 4 Professora do Departamento de Anatomia dos Animais Domésticos, LMPA, CCTA, UENF. 5 Professor do Departamento de Fisiologia e Bioquímica de Microorganismos, LFBM, CBB, UENF. RESUMO O objetivo deste projeto é o diagnóstico e tratamento das principais parasitoses circulantes em cães e gatos criados na comunidade do matadouro, com ênfase nas principais verminoses e hemoparasitoses de interesse em saúde pública, assim como o tratamento dos animais positivos, gratuitamente. Adicionalmente, busca-se a conscientização da população local quanto à necessidade de medidas profiláticas para que haja a redução da contaminação humana por estes agentes. Foram visitadas 33 famílias, com o total de 80 animais, sendo 75 da espécie canina e cinco da espécie felina. Das 119 amostras, 39 são de fezes e 80 de ponta de orelha. As amostras de sangue periférico foram distendidas em lâminas de vidro, sendo empregada a técnica de coloração em Panótico. A terapia utilizada, nos animais positivos para Rickettisiales, foi Oxitetraciclina LA, 20 mg/kg, intramuscular, a cada 48 horas durante 7 dias e Dipropionato de Imidocarb, 5 mg/kg, subcutâneo, para animais positivos para Babesia spp.todos animais atendidos foram tratados para a prevenção de infestações por ectoparasitos através da administração tópica de Fipronil a 1%. Nas amostras de fezes foram empregadas as técnicas de Willis e de Ziehl-Neelsen modificadas, visando a observação dos parasitas. Do total de 39 amostras fecais, apresentaram-se 11 negativos e 28 positivos, dentre os quais seis para Trichuris spp., 13 para Ancylostoma spp., seis para Ancylostoma spp. e Trichuris spp., duas para Ancylostoma spp. e Toxocara spp., uma para Toxocara spp. Até o momento dos 79 animais analisados, 10 foram positivos para hemoparasitas, e 28 para helmintos. PALAVRAS-CHAVES: Hemoparasitas; Helmintos; Canina; Felina. 1

2 INTRODUÇÃO A convivência com animais domésticos resulta em significantes benefícios para a sociedade, no entanto, os mesmos podem constituir importante fonte de infecção humana, determinando doenças genericamente denominadas zoonoses. Dentre os agentes capazes de causar enfermidades gastrointestinais estão os pertencentes ao Gênero Cryptosporidium. Parasitos deste Gênero são capazes de infectar pessoas de todas as idades, apesar da doença ser mais comum e severa em crianças (QUIGLEY, 2001). Outras zoonoses são comuns na região, como a ancilostomose, causada pelo helminto Ancylostoma sp. A doença manifesta-se quando as larvas infectantes penetram pela epiderme e vagueiam no tecido subcutâneo, provocando erupções serpiginosas, pruriginosas, distribuídas principalmente nas regiões do corpo que entram em maior contato com o solo: pés, pernas, nádegas, mãos e antebraços e, mais raramente, boca, lábios e palato (NEVES, 2005). Com relação às hemoparasitoses, pode-se dizer que, as mais freqüentes em caninos na região Norte Fluminense, são causadas por bactérias e protozoários intracelulares. Dentre estes microorganismos, a Ehrlichia spp., um organismo riquetsial, foi observada em material analisado proveniente de aproximadamente 14% dos cães de diferentes raças, idades e sexo, domiciliados em Campos dos Goytacazes, RJ (ALBERNAZ et al., 2007). Esta doença é considerada zoonose e sua sintomatologia clínica inclui febre, depressão, cefaléia, calafrios, podendo levar à insuficiência renal, hepato e esplenomegalias na doença avançada (OCCI, 2001; MURRAY et al., 1990). A transmissão ocorre após a inoculação dérmica dos parasitos por carrapatos infectados, podendo atingir diversas espécies de animais domésticos. Este trabalho de pesquisa teve como objetivo o diagnóstico de parasitoses circulantes nos animais domésticos da Comunidade do Matadouro, realização de medidas profiláticas e tratamento dos mesmos. Além destas metas, o trabalho de conscientização da população local quanto à necessidade de medidas profiláticas e curativas e o estímulo da prática diária de cuidados higiênico-sanitário e ambiental são praticados constantemente. METODOLOGIA Foram visitadas 33 famílias da Comunidade Matadouro, onde foi esclarecido o objetivo do projeto. Os animais foram avaliados clinicamente e foram feitas coletas de amostras de sangue periférico (extremidade de orelha), sendo distendidas em lâminas de vidro. As amostras foram identificadas individualmente e levadas ao Laboratório de Clínica e Cirurgia Animal, onde foi realizada a coloração em Panótico rápido. Após a coloração, realizou-se a leitura em microscópio óptico para a observação de hemoparasitas no aumento de 100 vezes. Nos animais positivos para Rickettsiales, foi utilizada a medicação a base de Oxitetraciclina LA na dosagem de 20 mg/kg, intramuscular, a cada 48 horas durante 7 dias. Para os animais positivos para Babesia spp utilizou-se o Dipropionato de Imidocarb na dosagem de 5 mg/kg, subcutâneo. Para o material fecal foi empregada a técnica de Willis para identificação dos parasitas gastrointestinais, e a técnica de Ziehl-Neelsen modificada para a observação de oocistos de Cryptosporidium spp. Nos animais positivos para verminoses gatrointestinais foram utilizados vermcidas a base de Praziquantel (50mg), Pamoato de pirantel (144mg) e Febantel (150mg) em dose única. Todos os animais foram tratados de forma profilática com a administração tópica de Fipronil a 1% para o controle da infestação por ectoparasitas, principalmente carrapatos. Os proprietários de animais positivos foram instruídos com relação ao tratamento e prevenção de recidivas. 2

3 As palestras educativas que são realizadas na Comunidade do Matadouro têm os objetivos de esclarecer o assunto e instruí-los sobre as principais medidas profiláticas e de cuidados básicos com animais domésticos. RESULTADOS E DISCUSSÃO Foram cadastradas 33 famílias da comunidade Matadouro, em Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, do mês de Abril a Agosto de Foram coletadas 119 amostras, sendo 80 amostras de sangue periférico (Tabela 1) e 39 de material fecal (Tabela 2). No momento das coletas, todos os animais apresentavam-se assintomáticos. Tabela 1: Resultados das análises laboratoriais para pesquisa de hemocitozoários em caninos e felinos em Campos dos Goytacazes, RJ Espécie Macho Fêmea Pesquisa de Hemocitozoários Positivo Negativo Total Canina Felino Total (12.5%) 70 (87,5%) 80 Das 80 amostras coletadas de sangue periférico em ponta de orelha para pesquisa de hemocitozoários, 12,5% animais estavam positivos, sendo três (3,75%) para Rickettisiales e sete (8,75%) para Babesia spp. Através da análise da Tabela 1, observa-se que a porcentagem de animais positivos em nosso trabalho, de 12,5%, foi inferior a encontrada por Sales et al. (2008), de 15,7% nos animais dessa mesma comunidade e foi superior ao encontrado por Mariano et al. (2009), de 10,9% e por Almeida et al. (2010), de 9,7%. Os resultados encontrados se aproximam dos obtidos em um estudo realizado por Albernaz et al. (2007), na mesma comunidade onde se obteve cerca de 13,89% de cães positivos. O aumento da porcentagem de cães positivos para o ano de 2012 na Comunidade do Matadouro pode ser justificado pelo fato de que duas ninhadas de caninos, sendo criados no mesmo ambiente, e com alto índice de infestação por carrapatos, apresentaram 50% de positividade para hemoparasitos, sendo que dos 12 filhotes, seis foram considerados positivos em lâminas. O método de diagnóstico por esfregaço sanguíneo é específico, e muito utilizado devido ao seu baixo custo, porém pouco sensível (DELL PORTO et al., 1993), sendo então, indicado para o diagnóstico na fase aguda da infecção, podendo apresentar falsos negativos na fase de baixa parasitemia, o que não descarta uma possível infecção (PASSOS et al., 2005). Na prática, o esfregaço sanguíneo deve ser associado às alterações sanguíneas, para um melhor diagnóstico. A sorologia tem um importante papel nas fases subclínica e crônica da doença (NAKAGHI, 2008), com as técnicas de Imunofluorescência Indireta, Western Immunoblot (MATTHEWMAN, 1993), dot -blot ELISA (ANDEREG; PASSOS, 1999); Reação em Cadeia da Polimerase e isolamento e cultivo da E. canis de sangue e tecidos (IQBAL; RIKIHISA, 1994) são exemplos de outras técnicas que possibilitam um diagnóstico mais preciso e sensível, por outro lado não são realizados como rotina de diagnóstico devido ao alto custo. Tabela 2: Resultados das análises parasitológicas de fezes em caninos em Campos dos Goytacazes, RJ Espécie Macho Fêmea Parasitológico de fezes Positivo Negativo Total Canina Total (71,8%) 11 (28,2%) 39 3

4 Das 39 amostras de fezes coletadas 71,8%, estavam positivas para parasitas gastrointestinais, resultado superior ao encontrado em um estudo de HUBER et al., (2005) realizado no Rio de Janeiro, de 50,6%. Foram encontrados ovos dos seguintes parasitas, Ancylostoma spp., Toxocara spp., e Trichuris vulpis. Das 28 amostras positivas oito (28,6%) apresentavam infecções associadas, sendo que seis (75%) apresentavam associação do Ancylostoma spp. com Trichuris vulpis, e duas (25%) estavam positivas para Ancylostoma spp. e Toxocara spp. Estes números foram inferiores aos resultados encontrados por Ederli, (2006) em cães domiciliados na região de Campos dos Goytacazes. Outro estudo realizado em Campos dos Goytacazes com 68 cães domiciliados em 2008, obteve resultado positivo para Ancylostoma spp, em 44,12% das amostras (MIRANDA, et al.; 2008), sendo superior ao encontrado nesse estudo, de 42,86%. Estes dados são de extrema importância em Saúde Pública, já que estes parasitos são os agentes causadores de patologias como a Larva Migrans Cutânea (LMC) e a Larva Migrans Visceral (LMV) em humanos (SANTARÉM et al., 2004). A LMC é uma dermatite provocada pela migração de larvas de nematóides em um hospedeiro não habitual. No homem, essa afecção geralmente é causada por larvas de ancilostomídeos de cães e gatos, como Ancylostoma caninum, A. braziliense e A. tubaeforme (SANTARÉM et al., 2004). CONCLUSÃO Este estudo demonstra o alto índice de animais infectados por endoparasitas na Comunidade estudada, principalmente por Ancylostoma spp. É possível inferir também que os hemoparasitas continuam sendo prevalentes Comunidade do Matadouro, e que o diagnóstico com o posterior tratamento desses animais em conjunto com o trabalho de conscientização, quanto à prevenção da doença constituem extrema importância para a redução do mesmo. AGRADECIMENTO Agradecemos ao Setor de Patologia Clínica LCCA/CCTA/UENF, sob a orientação do professor Antônio Peixoto Albernaz, à Pró-Reitoria de Extensão, e aos membros da Comunidade do Matadouro pela colaboração com a equipe responsável pelo Projeto. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ALBERNAZ, A. P., MIRANDA, B. J. F., JUNIOR, M. A. O., MACHADO, A. J., FAJARDO, V, H. Erliquiose canina em campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil. Ciência Animal brasileira, v.8, n.4, out/dez., p., ALMEIDA, J.A., ALBERNAZ, A.P., PIMENTEL, F.F., STELZER, D.F. Hemoparasitoses em pequenos animais: um projeto social como estratégia profilática. VIII Workshop de Extensão da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, ANDEREG, P. I.; PASSOS, L. M. F. Erliquiose canina revisão. Clínica Veterinária, n. 19, p , DELL'PORTO, A.; OLIVEIRA, M. R. ; MIGUEL, O. Babesia canis in stray dogs of São Paulo. Comparative studie between the clinical and hematological aspects and the indirect fluorescent antibody test. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, São Paulo, v. 2, n. 1, p , EDERLI, B.B., Fatores de Risco associado a infecção por Cryptosporidium sp em Cães Domiciliados na Cidade de Campos dos Goytacazes Estado Rio de Janeiro. Tese (Doutorado em Saúde Animal), Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro UENF RJ, 2006,115p. 4

5 HUBER, F.; BOMFIM, T.C.B.; GOMES, R.S. (2005) Comparison between natural infection by Cryptosporidium sp., Giardia sp. in dogs in two living situations in the West Zone of the Municipality of Rio de Janeiro. Veterinary Parasitology, XX: IQBAL, Z.; RIKIHISA, Y. Reisolation of Ehrlichia canis from blood and tissues of dogs after doxycycline treatment. Journal of Clinical Microbiology, v. 32, n. 7, p , MARIANO, F. A.; STELZER, D.F.; ALBERNAZ, A.P.; ALMEIDA, A.J. In: Hemoparasitoses de Interesse Sanitário em Pequenos Animais da Comunidade do Matadouro: Diagnóstico, Tratamento e Conscientização dos Riscos Pertinentes. VII Workshop de Extensão da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, MATTHEWMAN, L. A.; Kelly, P. J.; SEMU, D.;TAGWIRA, M.; BOBADE, P.A.; BROUQUE, P.; MASON, P.R.; RAOULT, D.. Western blot and indirect fluorescent antibody testing for antibodies reactive with Ehrlichia canis in sera from apparently healthy dogs in Zimbabwe. Journal of the South African Veterinary Association, v. 64, n. 3, p , MIRANDA, F. J. B.; ALBERNAZ A. P.; GOMES, F. F.; GARCIA, L. N. N.. Parasitismo por Ancilostomatídeos em Cães (Canis familiaris) Domiciliados em Campos dos Goytacazes, RJ. Ciência Animal Brasileira, v. 9, n. 4, p , out./dez MURRAY, P.R.; DREW, W.L.;KOBAYASHI, G.S., THOMPSON, J.H. Microbiologia Médica. Guanabara Koogan: Rio de Janeiro. 513p NAKAGHI, A. C. H. ET AL. Canine ehrlichiosis: clinical, hematological, serological and molecular aspects. Cienc. Rural vol.38 no.3 Santa Maria May/June NEVES, D. P. Parasitologia Humana. 110 ed. São Paulo: Ed. Atheneu, OCCI, J.L. Lyme disease association, INC; PASSOS, L. M. F.; GEIGER, S M; RIBEIRO, M. F. B.; PFISTER, K; ZAHLER- RINDER, M. First detection of Babesia vogeli in dogs from Brazil. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, São Paulo, v. 127, n. 1, p , QUIGLEY, J. Cryptosporidium & cryptosporidiosis. American Protein Corporation, Iowa. em 29/09/ SALES, I.S.; COSTA, P.C.; SOUZA, R.S.S.; ALBERNAZ, A.P.; ALMEIDA, A.J. In: Protozooses e hemoparasitoses de interesse sanitário em animais domésticos da comunidade do matadouro: levantameno e conscientização populacional dos riscos pertinentes. VI Workshop de Extensão da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, SANTAREM, V.A.; GIUFFRIDA, R.; ZANIN, G.A. Larva migrans cutânea: ocorrência de casos humanos e identificação de larvas de Ancylostoma spp em parque público do Município de Taciba, São Paulo. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 37(2):

CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE NITERÓI

CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE NITERÓI TÍTULO: PERFIL HEMATOLÓGICO E PARASITOLÓGICO DE ANIMAIS DOMÉSTICOS COM SUSPEITA DE INFECÇÃO POR PARASITOS ( HEMOPARASITOS E ENDOPARASITOS) COM POTENCIAL ZOONÓTICO ATENDIDOS NO HOSPITAL DE CLÍNICAS DA FACULDADE

Leia mais

PREVALÊNCIA DE ENDOPARASITAS EM CÃES (Canis lupus familiaris) ERRANTES DO MUNICÍPIO DE CAMPO LARGO, PARANÁ

PREVALÊNCIA DE ENDOPARASITAS EM CÃES (Canis lupus familiaris) ERRANTES DO MUNICÍPIO DE CAMPO LARGO, PARANÁ 1 PREVALÊNCIA DE ENDOPARASITAS EM CÃES (Canis lupus familiaris) ERRANTES DO MUNICÍPIO DE CAMPO LARGO, PARANÁ ALAN DOS ANJOS¹, JÉSSICA ZULATTO PEREIRA DOS ANJOS¹, LEOPOLDO MALCORRA DE ALMEIDA 1, SURYA MARTINS

Leia mais

COORDENAÇÃO ACADÊMICA NÚCLEO DE GESTÃO DE ATIVIDADES DE PESQUISA COORDENAÇÃO ACADÊMICA. Projeto de Pesquisa Registrado Informações Gerais

COORDENAÇÃO ACADÊMICA NÚCLEO DE GESTÃO DE ATIVIDADES DE PESQUISA COORDENAÇÃO ACADÊMICA. Projeto de Pesquisa Registrado Informações Gerais COORDENAÇÃO ACADÊMICA Projeto de Pesquisa Registrado Informações Gerais 1. Coordenador (a): ANA KARINA DA SILVA CAVALCANTE (KARINA@UFRB.EDU.BR) Vice- Coordenador (a): 2. Título do projeto: Ocorrência de

Leia mais

ERLIQUIOSE CANINA: RELATO DE CASO

ERLIQUIOSE CANINA: RELATO DE CASO ERLIQUIOSE CANINA: RELATO DE CASO Sérgio Pinter GARCIA FILHO Mestrando do programa de Cirurgia Veterinária, Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal, Universidade Estadual Paulista UNESP, Jaboticabal,

Leia mais

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: EVOLUÇÃO CLÍNICA E PARASITOLÓGICA DE ANCILOSTOMOSE CANINA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS

Leia mais

www.drapriscilaalves.com.br [VERMINOSES]

www.drapriscilaalves.com.br [VERMINOSES] [VERMINOSES] 2 Os cães e gatos podem albergar uma grande variedade de vermes (helmintos) que causam danos como perda de peso, crescimento tardio, predisposição a outras doenças, menor absorção e digestão

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 FREQUÊNCIA DE HEMOPARASITOSES EM CÃES NA REGIÃO SUL FLUMINENSE RJ PEDRO HENRIQUE EVANGELISTA GUEDES 1, ANA PAULA MARTINEZ DE ABREU 2, THIAGO LUIZ PEREIRA MARQUES 2, PATRÍCIA DA COSTA 1 1 Alunos de curso

Leia mais

Ano VI Número 11 Julho de 2008 Periódicos Semestral ANCILOSTOMÍASE. OLIVEIRA, Fábio FAGUNDES, Eduardo BIAZOTTO, Gabriel

Ano VI Número 11 Julho de 2008 Periódicos Semestral ANCILOSTOMÍASE. OLIVEIRA, Fábio FAGUNDES, Eduardo BIAZOTTO, Gabriel ANCILOSTOMÍASE OLIVEIRA, Fábio FAGUNDES, Eduardo BIAZOTTO, Gabriel Discentes da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Garça FAMED NEVES, Maria Francisca Docente da Faculdade de Medicina Veterinária

Leia mais

RELAÇÃO ENTRE ANIMAIS DE COMPANHIA E PARASITOSES INTESTINAIS EM CRIANÇAS, MUNICÍPIO DE SEROPÉDICA, RJ

RELAÇÃO ENTRE ANIMAIS DE COMPANHIA E PARASITOSES INTESTINAIS EM CRIANÇAS, MUNICÍPIO DE SEROPÉDICA, RJ RELAÇÃO ENTRE ANIMAIS DE COMPANHIA E PARASITOSES INTESTINAIS EM CRIANÇAS, MUNICÍPIO DE SEROPÉDICA, RJ ANNA B. FERNANDES 1 ; BRUNA DE A. BAÊTA 1 ; WILSON F. DE VASCONCELOS FILHO 2 ; FABIANA V. MASSAD 3

Leia mais

IMPORTÂNCIA E CONTROLE DAS HELMINTOSES DOS CÃES E GATOS

IMPORTÂNCIA E CONTROLE DAS HELMINTOSES DOS CÃES E GATOS Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Instituto de Veterinária Departamento de Epidemiologia e Saúde Pública IMPORTÂNCIA E CONTROLE DAS HELMINTOSES DOS CÃES E GATOS Adivaldo Henrique da Fonseca

Leia mais

IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO HEMATOLÓGICA E SOROLÓGICA (DOT- BLOT ELISA) NO DIAGNÓSTICO DE ERLIQUIOSE EM CÃES

IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO HEMATOLÓGICA E SOROLÓGICA (DOT- BLOT ELISA) NO DIAGNÓSTICO DE ERLIQUIOSE EM CÃES IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO HEMATOLÓGICA E SOROLÓGICA (DOT- BLOT ELISA) NO DIAGNÓSTICO DE ERLIQUIOSE EM CÃES IMPORTANCE OF EVALUATION HAEMATOLOGICAL AND SEROLOGICAL (ELISA dot-blot) IN THE DIAGNOSIS OF EHRLICHIOSIS

Leia mais

DOENÇAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA E ALIMENTAR RESPONSÁVEIS: Jaqueline Ourique L. A. Picoli Simone Dias Rodrigues Solange Aparecida C.

DOENÇAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA E ALIMENTAR RESPONSÁVEIS: Jaqueline Ourique L. A. Picoli Simone Dias Rodrigues Solange Aparecida C. ESQUISTOSSOMOSE CID 10: B 65 a B 65.9 DOENÇAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA E ALIMENTAR RESPONSÁVEIS: Jaqueline Ourique L. A. Picoli Simone Dias Rodrigues Solange Aparecida C. Marcon CARACTERÍSTICAS GERAIS DESCRIÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: Farmácia Disciplina: Parasitologia Básica Integral Professor(es):Ligia Beatriz Lopes Persoli Carga horária: Ementa: DRT: 1086619 Código

Leia mais

Biologia Parasitária. MIP 7003 Ciências Biológicas

Biologia Parasitária. MIP 7003 Ciências Biológicas Biologia Parasitária MIP 7003 Ciências Biológicas www.proto.ufsc.br Causas de doenças:! SOBRENATURAIS OU MÁGICAS! TEORIA HIPOCRÁTICA: INDIVÍDUO E MEIO AMBIENTE! MIASMAS: EMANAÇÕES DA DECOMPOSIÇÃO DE ANIMAIS

Leia mais

DETERMINAÇÃO DE INFECÇÃO POR ENTAMOEBA HISTOLYTICA

DETERMINAÇÃO DE INFECÇÃO POR ENTAMOEBA HISTOLYTICA DETERMINAÇÃO DE INFECÇÃO POR ENTAMOEBA HISTOLYTICA/ENTAMOEBA DÍSPAR EM PACIENTES DO CENTRO EDUCACIONAL INFANTIL DE SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS, MT DETERMINATION OF INFECTION BY ENTAMOEBA HISTOLYTICA / ENTAMOEBA

Leia mais

ESTUDO PARISITOLÓGICO EM ANIMAIS DA RESERVA BIOLÓGICA DAS PEROBAS, TUNEIRAS DO OESTE, CIANOTE.

ESTUDO PARISITOLÓGICO EM ANIMAIS DA RESERVA BIOLÓGICA DAS PEROBAS, TUNEIRAS DO OESTE, CIANOTE. ESTUDO PARISITOLÓGICO EM ANIMAIS DA RESERVA BIOLÓGICA DAS PEROBAS, TUNEIRAS DO OESTE, CIANOTE. Camila Gabrielle da Silva Ambrozio 1 ; Aparecida Cracco 2 ; Gustavo Lima Cardoso 3 ; Pamela Stephani Tymniak

Leia mais

INCIDÊNCIA DE PARASITAS INTESTINAIS DE CARÁTER ZOONÓTICO EM CÃES E GATOS NA REGIÃO DE MARINGÁ

INCIDÊNCIA DE PARASITAS INTESTINAIS DE CARÁTER ZOONÓTICO EM CÃES E GATOS NA REGIÃO DE MARINGÁ 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 INCIDÊNCIA DE PARASITAS INTESTINAIS DE CARÁTER ZOONÓTICO EM CÃES E GATOS NA REGIÃO DE MARINGÁ Jaqueline Pegoraro 1, Camila Agostini¹, Jussara Maria Leite

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia.

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Mossoró/RN no período de a 8. PUBVET, Londrina, V., N., Ed. 8, Art.,. PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Análise dos casos de leishmaniose visceral humana residentes em Mossoró/RN

Leia mais

Características dos Nematoides

Características dos Nematoides Nematoides Características dos Nematoides Possuem o corpo cilíndrico e alongado, com pontas afiladas e musculatura desenvolvida. Apresentam tamanhos variados. Tubo digestório completo (boca e ânus). Podem

Leia mais

XXIII CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA

XXIII CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA ALTERAÇÕES HEMATOLÓGICAS ENCONTRADAS EM CÃES COM HEPATOZOON CANIS ATRAVÉS DE HEMOGRAMAS REALIZADOS NO LABORATÓRIO DE PATOLOGIA CLÍNICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CLEIBIANE EVANGELISTA FRANCO BORGES

Leia mais

ANÁLISE DE PARASITAS NA ESPÉCIE CANINA VISANDO CONTROLE E BEM ESTAR ANIMAL

ANÁLISE DE PARASITAS NA ESPÉCIE CANINA VISANDO CONTROLE E BEM ESTAR ANIMAL 1 ANÁLISE DE PARASITAS NA ESPÉCIE CANINA VISANDO CONTROLE E BEM ESTAR ANIMAL FIANCO, A.N. 1, KARPINSKI, A.C. 1, MAHL, D.L 2. DRAWSZESKI, L.H.B.C.D.P. 1, BORSA, T.C. 1, LEVANDOSKI, V. 1, URIO, E.A. 2. RESUMO

Leia mais

24/8/2009. Larva migrans cutânea. Larva migrans cutânea. Larva migrans cutânea. Larva migrans cutânea

24/8/2009. Larva migrans cutânea. Larva migrans cutânea. Larva migrans cutânea. Larva migrans cutânea CICLO BIOLÓGICO Os cães e os gatos, que são os hospedeiros definitivos do parasita, podem infectar-se de formas diversas: Ingestão de ovos infectantes; Ingestão de larvas presentes em tecidos de hospedeiros

Leia mais

INSTITUIÇÃO: ÁREA TEMÁTICA

INSTITUIÇÃO: ÁREA TEMÁTICA TÍTULO: ANÁLISE DE RASPADOS CUTÂNEOS PARA DIAGNÓSTICO DE DERMATOFITOSES EM ANIMAIS ATENDIDOS PELO HOSPITAL VETERINÁRIO (UFRPE) AUTORES: R. F. C. VIEIRA; L. B. G. SILVA; M. L. FIGUEIREDO; R. A. MOTA; A.

Leia mais

Principais parasitas em cães e gatos:

Principais parasitas em cães e gatos: Principais parasitas em cães e gatos: Nematódeos: Ancylostoma caninum Ancylostoma caninum nenhum Comum em zonas tropicais e subtropicais Maior patogenicidade em filhotes Filhotes: anemia, perda de peso,

Leia mais

Verdades e mentiras sobre a Toxoplasmose

Verdades e mentiras sobre a Toxoplasmose Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Verdades e mentiras sobre a Toxoplasmose Muito se tem falado sobre a Toxoplasmose e seus perigos,

Leia mais

MICOPLASMOSE EM CÃES RELATO DE 4 CASOS

MICOPLASMOSE EM CÃES RELATO DE 4 CASOS MICOPLASMOSE EM CÃES RELATO DE 4 CASOS Melissa Silva-Santos 1 ; Paulo Tojal Dantas Matos 1 ; Victor Fernando Santana Lima¹; Patrícia Oliveira Meira-Santos²; Leandro Branco Rocha². 1. Estudante de Medicina

Leia mais

Palavras-chave: guarda responsável, higiene, vermifugação, saúde.

Palavras-chave: guarda responsável, higiene, vermifugação, saúde. ZOONOSES VERSUS ANIMAIS DE COMPANHIA: O CONHECIMENTO COMO FERRAMENTA DE PREVENÇÃO Área Temática: Saúde Maria Aparecida Gonçalves da Fonseca Martins (Coordenadora da Ação de Extensão) Jessyca Caroline Rocha

Leia mais

Ano VI Número 11 Julho de 2008 Periódicos Semestral. Bunostomíase

Ano VI Número 11 Julho de 2008 Periódicos Semestral. Bunostomíase Bunostomíase BATAIER, Miguel Neto SANTOS, William Ribeiro Martins dos INFORZATO, Guilherme Repas Discentes da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Garça NEVES, Maria Francisca Docente da Faculdade

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Erliquiose x Babesiose canina: relato de caso

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Erliquiose x Babesiose canina: relato de caso PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Erliquiose x Babesiose canina: relato de caso Zuliete Aliona Araujo de Souza Fonseca 1 ; Êlika Suzianny Sousa 2 ; Edinaidy Suianny Rocha de Moura

Leia mais

ESTUDO DAS PARASITOSES EM CRIANÇAS DE 4 A 12 ANOS EM UMA CRECHE NO MUNICÍPIO DE ANÁPOLIS-GO

ESTUDO DAS PARASITOSES EM CRIANÇAS DE 4 A 12 ANOS EM UMA CRECHE NO MUNICÍPIO DE ANÁPOLIS-GO ESTUDO DAS PARASITOSES EM CRIANÇAS DE 4 A 12 ANOS EM UMA CRECHE NO MUNICÍPIO DE ANÁPOLIS-GO Ana Julia Andrade Batista Filha (FAA) Uélvia Moisés Assunção (FAA) Márcio Martins de Lima (FAA) Camila Hofmann

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia.

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Ocorrência de parasitos gastrintestinais de gatos (Felis catus) que frequentam a Universidade Estadual do Piauí, Campus Torquato Neto, Teresina

Leia mais

Questionário Proficiência Veterinária

Questionário Proficiência Veterinária Tema Elaborador Caso Clínico PARASITOSE EM AVES Daniel de Almeida Balthazar, Zootecnista e Médico Veterinário, Clínica e Cirurgia de animais selvagens e domésticos. Em uma criação de perus com aproximadamente

Leia mais

Divulga PROEX II MOSTRA DE EXTENSÃO IFF/UENF/UFF VIII WORKSHOP DE EXTENSÃO DA UENF VII SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA 2010

Divulga PROEX II MOSTRA DE EXTENSÃO IFF/UENF/UFF VIII WORKSHOP DE EXTENSÃO DA UENF VII SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA 2010 Divulga PROEX Informativo da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da UENF Pró-Reitor: Prof. Silvério de Paiva Freitas Assessor: Prof. Gustavo de Castro Xavier II MOSTRA DE EXTENSÃO IFF/UENF/UFF

Leia mais

OCORRÊNCIA DE EHRLICHIOSE CANINA EM MOSSORÓ RESUMO ABSTRACT

OCORRÊNCIA DE EHRLICHIOSE CANINA EM MOSSORÓ RESUMO ABSTRACT OCORRÊNCIA DE EHRLICHIOSE CANINA EM MOSSORÓ (Occurrence of canine Ehrlichiosis in Mossoró) Allany Maria Melo de MEDEIROS & Ana Kelen Felipe LIMA 1 * 1 FAVET/Programa de Pós-graduação em Ciências Veterinárias/UECE

Leia mais

Aula IV Protozoários Zoopatogênicos

Aula IV Protozoários Zoopatogênicos ZOOLOGIA E PARASITOLOGIA Aula IV Protozoários Zoopatogênicos Professora: Luciana Alves de Sousa Doenças causadas por Protozoários Doença de Chagas Leishmaniose Malária Giardíase Amebíase Toxoplasmose Doença

Leia mais

ÁREAS DE ESTÁGIO. O aluno poderá dar maior ênfase a uma determinada opção, dentro da área ou entre áreas, COM MÁXIMO DE 40% DA CARGA HORÁRIA.

ÁREAS DE ESTÁGIO. O aluno poderá dar maior ênfase a uma determinada opção, dentro da área ou entre áreas, COM MÁXIMO DE 40% DA CARGA HORÁRIA. FACULDADE DE VETERINÁRIA COORDENAÇÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM MEDICINA VETERINÁRIA ÁREAS DE ESTÁGIO OBSERVAÇÕES GERAIS O aluno poderá dar maior

Leia mais

OCORRÊNCIA DE PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM FEZES DE GATOS DOMICILIADOS

OCORRÊNCIA DE PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM FEZES DE GATOS DOMICILIADOS 132 OCORRÊNCIA DE PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM FEZES DE GATOS DOMICILIADOS Brigitte Brennecke de Mattos 1 ; Bárbara Melina Viol² RESUMO - As parasitoses gastrintestinais são frequentes em todos os seres

Leia mais

Os Invertebrados. Prof. Luis Bruno

Os Invertebrados. Prof. Luis Bruno Os Invertebrados Prof. Luis Bruno Os Poríferos Animais simples que habitam o planeta; Não apresentam órgãos; Sésseis; Maioria de ambiente marinho, mas existem poucas espécies de água doce; São animais

Leia mais

Pré-imunização e Tratamento de Tristeza Parasitária em Bovinos Leiteiros

Pré-imunização e Tratamento de Tristeza Parasitária em Bovinos Leiteiros Pré-imunização e Tratamento de Tristeza Parasitária em Bovinos Leiteiros Laboratório de Imunovirologia Molecular DBG UFV Prof. Sérgio Oliveira de Paula Tristeza Parasitária Bovina (TPB) Enfermidade hemoparasita

Leia mais

ÁGUA E SAÚDE NA COMUNIDADE ESCOLAR

ÁGUA E SAÚDE NA COMUNIDADE ESCOLAR ÁGUA E SAÚDE NA COMUNIDADE ESCOLAR Ana Paula Santos Fidelis; Andreza Barboza da Silva Universidade Federal de Pernambuco, ppfidelis@gmail.com INTRODUÇÃO As parasitoses intestinais constituem-se num grave

Leia mais

Diagnóstico diferencial da trombocitopenia em cães e gatos. Leonardo P. Brandão, MV, Msc, PhD

Diagnóstico diferencial da trombocitopenia em cães e gatos. Leonardo P. Brandão, MV, Msc, PhD Diagnóstico diferencial da trombocitopenia em cães e gatos Leonardo P. Brandão, MV, Msc, PhD Gerente de Produto 0peração Animais de Companhia- MERIAL Saúde Animal 2011 Trombopoiese Plaquetas são fragmentos

Leia mais

INFECÇÃO POR DIOCTOPHYMA RENALE COM LOCALIZAÇÃO LIVRE EM CAVIDADE ABDOMINAL DE LOBO-GUARÁ (CHRYSOCYON BRACHYURUS) - RELATO DE CASO

INFECÇÃO POR DIOCTOPHYMA RENALE COM LOCALIZAÇÃO LIVRE EM CAVIDADE ABDOMINAL DE LOBO-GUARÁ (CHRYSOCYON BRACHYURUS) - RELATO DE CASO INFECÇÃO POR DIOCTOPHYMA RENALE COM LOCALIZAÇÃO LIVRE EM CAVIDADE ABDOMINAL DE LOBO-GUARÁ (CHRYSOCYON BRACHYURUS) - RELATO DE CASO Elaine Gomes Vieira 1, Guilherme Vidigal Bello de Araújo 2, André Luiz

Leia mais

ERLIQUIOSE CANINA - RELATO DE CASO

ERLIQUIOSE CANINA - RELATO DE CASO UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO INSTITUTO QUALITTAS DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO LATU-SENSU DE CLÍNICA MÉDICA E CIRURGICA DE PEQUENOS ANIMAIS ERLIQUIOSE CANINA - RELATO DE CASO Gleizer Lopes de Campos dos Santos

Leia mais

ANEMIA MICROCÍTICA EM PEQUENOS ANIMAIS

ANEMIA MICROCÍTICA EM PEQUENOS ANIMAIS ANEMIA MICROCÍTICA EM PEQUENOS ANIMAIS GARCIA, Claudia Zeferino HERRERA, Mariana de Souza JÚNIOR, José Maria Fernandes ALMEIDA, Marcio Fernando RAMOS, Matheus Henrique Fabri Discentes do 3º ano de Medicina

Leia mais

REQUISITOS: BEG5101 - Fundamentos da Biologia Celular. IDENTIFICAÇÃO DA OFERTA: Disciplina é oferecida somente para o curso de Nutrição

REQUISITOS: BEG5101 - Fundamentos da Biologia Celular. IDENTIFICAÇÃO DA OFERTA: Disciplina é oferecida somente para o curso de Nutrição UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS UNIVERSITÁRIO - TRINDADE - CAIXA POSTAL 476 CEP 88.040-970 - FLORIANÓPOLIS - SANTA CATARINA Telefone - (48) 37219353 Departamento de Microbiologia, Imunologia

Leia mais

LARVA MIGRANS CUTÂNEA E VISCERAL

LARVA MIGRANS CUTÂNEA E VISCERAL LARVA MIGRANS CUTÂNEA E VISCERAL Nomes populares Larva migrans cutânea (LMC) - dermatite serpiginosa, dermatite linear serpiginosa e bicho geográfico. Larva migrans Visceral (LMC) - granulomatose larval

Leia mais

CTENOCEPHALIDES CANIS E CTENOCEPHALIDES FELIS: REVISÃO DE LITERATURA

CTENOCEPHALIDES CANIS E CTENOCEPHALIDES FELIS: REVISÃO DE LITERATURA CTENOCEPHALIDES CANIS E CTENOCEPHALIDES FELIS: REVISÃO DE LITERATURA OLIVEIRA, Amanda Claudia de MACHADO, Juliane de Abreu Campos ANTÔNIO, Nayara Silva Acadêmicos da Associação Cultural e Educacional de

Leia mais

Occurrence of gastrointestinal parasites in dogs (Canis familiaris) with acute diarrhea from metropolitan region of Londrina, Parana State, Brazil

Occurrence of gastrointestinal parasites in dogs (Canis familiaris) with acute diarrhea from metropolitan region of Londrina, Parana State, Brazil Ocorrência de parasitos gastrintestinais em ARTIGOS cães (Canis / familiaris) ARTICLES com diarréia aguda oriundos da região... Ocorrência de parasitos gastrintestinais em cães (Canis familiaris) com diarréia

Leia mais

Relatório das Atividades da APA durante o ano de 2011

Relatório das Atividades da APA durante o ano de 2011 Relatório das Atividades da APA durante o ano de 2011 Visando o controle populacional de caninos e felinos no Município de Jaboticabal, durante o ano de 2011, a APA, entre muitas atividades, realizou a

Leia mais

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO RECÉM-NASCIDO EM FOTOTERAPIA: UMA REVISÃO DE LITERATURA

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO RECÉM-NASCIDO EM FOTOTERAPIA: UMA REVISÃO DE LITERATURA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO RECÉM-NASCIDO EM FOTOTERAPIA: UMA REVISÃO DE LITERATURA Flávia Teixeira Germano, Universidade Potiguar, flavinhabebezao@hotmail.com Ana Eliedna Nogueira, Universidade Potiguar,

Leia mais

EFICÁCIA DO ÓLEO DE NIM (Azadirachta indica) NO CONTROLE DO CARRAPATO DO CÃO (Rhipicephalus sanguineus)

EFICÁCIA DO ÓLEO DE NIM (Azadirachta indica) NO CONTROLE DO CARRAPATO DO CÃO (Rhipicephalus sanguineus) ISBN 978-85-6191-5-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 3 de outubro de 29 EFICÁCIA DO ÓLEO DE NIM (Azadirachta indica) NO CONTROLE DO CARRAPATO DO CÃO (Rhipicephalus sanguineus)

Leia mais

Ocorrência de parasitas com potencial zoonótico em fezes de cães coletadas em áreas públicas do município de Ribeirão Preto, SP, Brasil

Ocorrência de parasitas com potencial zoonótico em fezes de cães coletadas em áreas públicas do município de Ribeirão Preto, SP, Brasil Ocorrência de parasitas com potencial zoonótico em fezes de cães coletadas em áreas públicas do município de Ribeirão Preto, SP, Brasil Parasites with zoonotic potential in dog feces collected from public

Leia mais

Profissional da Saúde

Profissional da Saúde Profissional da Saúde Qual a sua responsabilidade frente a essa prática? Figura 1: abate de ovino na propriedade Se você ficou em dúvida sobre a resposta, então leia as informações a seguir sobre HIDATIDOSE.

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: Farmácia Disciplina: Imunologia Clínica Código da Disciplina 06117082 Professor(es): Yoshimi Imoto Yamamoto Etapa 7ªA Carga horária:

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE CRUTAC. Diabetes mellitus. Exames Laboratoriais. Extensão.

PALAVRAS-CHAVE CRUTAC. Diabetes mellitus. Exames Laboratoriais. Extensão. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( x ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA AUTOCUIDADO

Leia mais

Medicina Veterinária. BIO 3408-03S-20 - Citologia, Histologia e Embriologia II 60 - - 060

Medicina Veterinária. BIO 3408-03S-20 - Citologia, Histologia e Embriologia II 60 - - 060 Página 0001 de 0004 1º Período Não VET 3177-04S-20 - Anatomia Veterinária I 80 - - 080 6487-02S-20 - Bem-Estar Animal 20 20-040 BIO 0167-02S-20 - Bioestatística 40 - - 040 FAR 0534-04S-20 - Bioquímica

Leia mais

PREVALÊNCIA DE ENDOPARASITAS EM CÃES NA REGIÃO NORTE DO RIO GRANDE DO SUL/BRASIL

PREVALÊNCIA DE ENDOPARASITAS EM CÃES NA REGIÃO NORTE DO RIO GRANDE DO SUL/BRASIL 1 PREVALÊNCIA DE ENDOPARASITAS EM CÃES NA REGIÃO NORTE DO RIO GRANDE DO SUL/BRASIL PREVALENCE OF ENDOPASITES DOGS IN NORTHERN RIO GRANDE DO SUL / BRAZIL BEVILACQUA, Marcelo 1 FERRARI, Jonatan 1 KNEREK,

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 CENSO DOS ANIMAIS DA REGIÃO DO PORTO GRANDE, ARAQUARI - SC ERIANE DE LIMA CAMINOTTO 1, MARLISE POMPEU CLAUS 1, ALINE BRODA COIROLO 2, DESIREE BICALHO 2. 1 Docentes do Instituto Federal Catarinense Campus

Leia mais

Contaminação por ovos de Toxocara sp. em solo no município de Moreno, Estado de Pernambuco, Brasil

Contaminação por ovos de Toxocara sp. em solo no município de Moreno, Estado de Pernambuco, Brasil 339 Contaminação por ovos de Toxocara sp. em solo no município de Moreno, Estado de Pernambuco, Brasil José Lancart de LIMA 1 Luiz Dias de ANDRADE 1 Ana Maria AGUIAR-SANTOS 1 Leucio Camara ALVES 2 Zulma

Leia mais

CAMPANHA DE CASTRAÇÃO DOS ANIMAIS DO CANIL DA PREFEITURA MUNICIPAL

CAMPANHA DE CASTRAÇÃO DOS ANIMAIS DO CANIL DA PREFEITURA MUNICIPAL CAMPANHA DE CASTRAÇÃO DOS ANIMAIS DO CANIL DA PREFEITURA MUNICIPAL Liane Ziliotto (UNICENTRO) lianeziliotto@yahoo.com.br, Marcos Vinicius Tranquilim (UNICENTRO) - tranquiveter@hotmail.com, Helcya Mime

Leia mais

Sumário 1. A PREVENÇÃO CONTRA AS DOENÇAS CAUSADAS POR VERMES PODE SER FÁCIL... 2

Sumário 1. A PREVENÇÃO CONTRA AS DOENÇAS CAUSADAS POR VERMES PODE SER FÁCIL... 2 Sumário 1. A PREVENÇÃO CONTRA AS DOENÇAS CAUSADAS POR VERMES PODE SER FÁCIL.... 2 2. LOMBRIGA... 4 2.1. O QUE A LOMBRIGA CAUSA AO HOMEM?... 4 2.2. COMO É TRANSMITIDA A LOMBRIGA?... 5 2.3. COMO EVITAR A

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO MÉDICO VETERINÁRIO NO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA

A IMPORTÂNCIA DO MÉDICO VETERINÁRIO NO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA 1 A IMPORTÂNCIA DO MÉDICO VETERINÁRIO NO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA ADAM CHRISTIAN SOBREIRA DE ALENCAR WIDMER 1, RODRIGO VIANA SEPÚLVEDA 1, ISABELE LIMA PEREIRA 1 PAULA DIAS BEVILACQUA 1, ANDRÉA PACHECO

Leia mais

ESPACIALIZAÇÃO E ESTUDO DA LEISHMANIOSE VISCERAL EM MONTES CLAROS-MG 1

ESPACIALIZAÇÃO E ESTUDO DA LEISHMANIOSE VISCERAL EM MONTES CLAROS-MG 1 ESPACIALIZAÇÃO E ESTUDO DA LEISHMANIOSE VISCERAL EM MONTES CLAROS-MG 1 Bruna Andrade Laughton brunalaughton@yahoo.com.br Sandra Célia Muniz Magalhães sandramunizgeo@hotmail.com João Victor Souto de Oliveira

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO EM ANÁLISES CLÍNICAS PROFESSORA: ALMERINDA DOS SANTOS PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO EM ANÁLISES CLÍNICAS PROFESSORA: ALMERINDA DOS SANTOS PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO EM ANÁLISES CLÍNICAS PROFESSORA: ALMERINDA DOS SANTOS PLANO DE ENSINO FUNÇÃO: Educação para a Saúde SUBFUNÇÃO: Saúde Ambiental II

Leia mais

LEISHMANIOSES. Afonso Heusser Jr.*

LEISHMANIOSES. Afonso Heusser Jr.* LEISHMANIOSES Afonso Heusser Jr.* As leishmanioses compreendem um grupo de doenças zoonóticas causadas por protozoários flagelados heteroxenos, pertencentes ao gênero Leishmania (Protozoa, Kinetoplastida,

Leia mais

Grupo de estudos em parasitologia da Embrapa Pecuária Sudeste

Grupo de estudos em parasitologia da Embrapa Pecuária Sudeste Grupo de estudos em parasitologia da Embrapa Pecuária Sudeste Nombres de los integrantes del grupo: Simone Cristina Méo Niciura Márcia Cristina de Sena Oliveira Ana Carolina de Souza Chagas Luciana Correia

Leia mais

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO.

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. CARGO: ASSISTENTE DE PESQUISA Cód. ÁREA DE ATUAÇÃO N O DE VAGAS POR ÁREA PERFIL 212 Antropologia 2

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Identificar e caracterizar as relações parasito-hospedeiro,entendendo alterações;

PLANO DE ENSINO. Identificar e caracterizar as relações parasito-hospedeiro,entendendo alterações; PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: ENFERMAGEM Professores: Rosemari Santos de Oliveira- rosemarixw@yahoo.com.br Período/ Fase: 1º Semestre:

Leia mais

Pulgas e carrapatos: profilaxia e conscientização

Pulgas e carrapatos: profilaxia e conscientização Ano 01 Edição 06 Dezembro 2014 Pulgas e carrapatos: profilaxia e conscientização Dr. Marcio Antonio Batistela Moreira CRMV-SP 12.216 Médico veterinário. Professor de Patologia Clínica da Universidade Anhembi

Leia mais

Uso do Prediderm (prednisolona) no tratamento de dermatopatia e uveíte resultantes de alergia alimentar em cão da Raça Akita: relato de caso

Uso do Prediderm (prednisolona) no tratamento de dermatopatia e uveíte resultantes de alergia alimentar em cão da Raça Akita: relato de caso Uso do Prediderm (prednisolona) no tratamento de dermatopatia e uveíte resultantes de alergia alimentar em cão da Raça Akita: relato de caso Júllio da Costa Batista Parente I ; Bruna Pinto Coutinho II

Leia mais

1. INTRODUÇÃO EXPERIÊNCIAS E RECOMENDAÇÕES

1. INTRODUÇÃO EXPERIÊNCIAS E RECOMENDAÇÕES 1. INTRODUÇÃO O quadro sanitário da maioria da população da América Latina e do Caribe ainda é muito precário em virtude da carência de recursos para investimento e da deficiência ou da ausência de políticas

Leia mais

ANÁLISE DA PRESENÇA DE COLIFORMES TOTAIS E FECAIS ÁGUA DO LAGO IGAPÓ DO MUNICÍPIO DE LONDRINA- PR

ANÁLISE DA PRESENÇA DE COLIFORMES TOTAIS E FECAIS ÁGUA DO LAGO IGAPÓ DO MUNICÍPIO DE LONDRINA- PR ANÁLISE DA PRESENÇA DE COLIFORMES TOTAIS E FECAIS ÁGUA DO LAGO IGAPÓ DO MUNICÍPIO DE LONDRINA- PR VENANCIO, M. M 1.; FIORI, B. C 1.; DA SILVA, C. V 2. 1 Acadêmicas do Curso de Ciências Biológicas da Faculdade

Leia mais

ANEXO 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA

ANEXO 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA CURSO: MEDICINA DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA DISCIPLINA: MICROBIOLOGIA CARGA HORÁRIA: 150 HORAS CRÉDITOS: 07 CÓDIGO: SMP0002 PROFESSOR: CARMEN SARAMAGO

Leia mais

Preferência na Utilização de Preparações Anestésicas Injetáveis pelos Cirurgiões-Dentistas inscritos no Portal Farmaconline

Preferência na Utilização de Preparações Anestésicas Injetáveis pelos Cirurgiões-Dentistas inscritos no Portal Farmaconline Preferência na Utilização de Preparações Anestésicas Injetáveis pelos Cirurgiões-Dentistas inscritos no Portal Farmaconline Autores: ALMEIDA, Fernando Mendes de; DIAS, Francine, DIAS, Andréia Dias, FERREIRA,

Leia mais

1't.lMICIPAL DE. Diego De Nadai. Prefeito Municipal

1't.lMICIPAL DE. Diego De Nadai. Prefeito Municipal 1't.lMICIPAL DE FWÍOOÍ.0 Q6-A9O-2013-12! 11-006042-Í/2 1 ao GABINETE DO PREFEITO Americana, 05 de agosto de 2013. OF. 783/GP/08/2013 Prot. 16.123/2013 Senhor Presidente, REF. OF. 737/2013 - REQ. 83/2013

Leia mais

Como fazer um pôster. Adriane Pimenta da Costa Val Adaptado de Amanda Soriano Araújo

Como fazer um pôster. Adriane Pimenta da Costa Val Adaptado de Amanda Soriano Araújo Como fazer um pôster Adriane Pimenta da Costa Val Adaptado de Amanda Soriano Araújo Função Introdução Sintetizar as informações e dados relevantes da pesquisa. Elementos Textos Dados Tabelas, gráficos,

Leia mais

Avaliação DA CONTAMINAÇÃO AMBIENTAL POR PARASITAS POTÊNCIAIS CAUSADORES DE ZOONOSES EM ESPAÇOS PÚBLICOS DE LAZER EM APUCARANA, PARANÁ, BRASIL

Avaliação DA CONTAMINAÇÃO AMBIENTAL POR PARASITAS POTÊNCIAIS CAUSADORES DE ZOONOSES EM ESPAÇOS PÚBLICOS DE LAZER EM APUCARANA, PARANÁ, BRASIL 18 Avaliação DA CONTAMINAÇÃO AMBIENTAL POR PARASITAS POTÊNCIAIS CAUSADORES DE ZOONOSES EM ESPAÇOS PÚBLICOS DE LAZER EM APUCARANA, PARANÁ, BRASIL Juliana Dias Spósito 1 ; Bárbara Melina Viol 2 RESUMO: Os

Leia mais

4 0 0 /2 2 0 A D A IS V E R O Ã IÇ D pelo E V L T H O L E P O Ã Ç C E F - IN E T N IE C A P O D L A U N A M

4 0 0 /2 2 0 A D A IS V E R O Ã IÇ D pelo E V L T H O L E P O Ã Ç C E F - IN E T N IE C A P O D L A U N A M MANUAL DO PACIENTE - INFECÇÃO PELO HTLV EDIÇÃO REVISADA 02/2004 pelo Este manual tem como objetivo fornecer informações aos pacientes e seus familiares a respeito da Infecção pelo HTLV. Sabemos que as

Leia mais

EFEITO OVICIDA DE METARHIZIUM ANISOPLIAE IP 46, EM SOLO, SOBRE RHIPICEPHALUS SANGUINEUS

EFEITO OVICIDA DE METARHIZIUM ANISOPLIAE IP 46, EM SOLO, SOBRE RHIPICEPHALUS SANGUINEUS EFEITO OVICIDA DE METARHIZIUM ANISOPLIAE IP 46, EM SOLO, SOBRE RHIPICEPHALUS SANGUINEUS Macsuel Corado Barreto, Christian Luz Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública Universidade Federal de Goiás,

Leia mais

Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde ISSN: 1415-6938 editora@uniderp.br Universidade Anhanguera Brasil

Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde ISSN: 1415-6938 editora@uniderp.br Universidade Anhanguera Brasil Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde ISSN: 1415-6938 editora@uniderp.br Universidade Anhanguera Brasil Souza Mundim, Érika Cristina de; Silva Francisco, Manoel Marcelo da; Souza,

Leia mais

Aspectos Clínicos da Hemobartolenose Felina

Aspectos Clínicos da Hemobartolenose Felina GEAC UFV Grupo de Estudos de Animais de Companhia Aspectos Clínicos da Hemobartolenose Felina Cecilia Sartori Zarif, Graduanda do 9 período de Medicina Veterinária da UFV Etiologia Anemia Infecciosa Felina

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia.

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Ancylostoma spp. em cães de rua de Lages, Santa Catarina: variáveis epidemiológicas e coinfecção parasitária Rosiléia Marinho de Quadros 1, Fernanda

Leia mais

Editoria: Cidades Manaus Hoje

Editoria: Cidades Manaus Hoje Editoria: Cidades Manaus Hoje Adolescentes são internados vítimas de tiros no rosto ( ) Press-release da assessoria de imprensa (X) Iniciativa do próprio veículo de comunicação C5 www.portalamazonia.com.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE VETERINÁRIA ESPECIALIZAÇÃO EM ANÁLISES CLÍNICAS VETERINÁRIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE VETERINÁRIA ESPECIALIZAÇÃO EM ANÁLISES CLÍNICAS VETERINÁRIAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE VETERINÁRIA ESPECIALIZAÇÃO EM ANÁLISES CLÍNICAS VETERINÁRIAS INFECÇÃO PARASITÁRIA POR NEMATÓDEOS EM CÃES DO CANIL MUNICIPAL DE SANTA CRUZ DO SUL/RS

Leia mais

Fezes recentemente colhidas por evacuação espontânea ou por evacuação provocada (uso de laxantes). b) Quantidade mínima de amostra necessária

Fezes recentemente colhidas por evacuação espontânea ou por evacuação provocada (uso de laxantes). b) Quantidade mínima de amostra necessária 1/5 1. INTRODUÇÃO / FINALIDADE DO MÉTODO O exame de fezes oferece subsídios valiosos quando criteriosamente solicitado e executado. O exame parasitológico de fezes abrange pesquisa de trofozoítos e formas

Leia mais

DIAGNÓSTICO DE MICOSES EM PEQUENOS ANIMAIS DA CIDADE DE PELOTAS-RS E REGIÃO

DIAGNÓSTICO DE MICOSES EM PEQUENOS ANIMAIS DA CIDADE DE PELOTAS-RS E REGIÃO Autor(es): DIAGNÓSTICO DE MICOSES EM PEQUENOS ANIMAIS DA CIDADE DE PELOTAS-RS E REGIÃO Apresentador: Orientador: Revisor 1: Revisor : Instituição: SANTIN, Rosema; MEINERZ, Ana Raquel Mano; XAVIER, Melissa

Leia mais

EDUCAÇÃO EM SAÚDE: CONSCIENTIZAÇÃO DOS ADOLECENTES SOBRE AS DOENÇAS CARDIOVASCULARES E OS MEIOS DE PREVENÇÃO

EDUCAÇÃO EM SAÚDE: CONSCIENTIZAÇÃO DOS ADOLECENTES SOBRE AS DOENÇAS CARDIOVASCULARES E OS MEIOS DE PREVENÇÃO EDUCAÇÃO EM SAÚDE: CONSCIENTIZAÇÃO DOS ADOLECENTES SOBRE AS DOENÇAS CARDIOVASCULARES E OS MEIOS DE PREVENÇÃO BRAGA 1, Valdir. Professor colaborador. FRANÇA-SILVA 2, Maria S. Professor orientador. MONTENEGRO

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NA PRODUÇÃO LEITEIRA Revisão de Literatura

BOAS PRÁTICAS NA PRODUÇÃO LEITEIRA Revisão de Literatura BOAS PRÁTICAS NA PRODUÇÃO LEITEIRA Revisão de Literatura 1 LIMA, Eduardo Henrique Oliveira; 2 NORONHA, Cássia Maria Silva; SOUSA, Edgar João Júnio¹. 1 Estudante do Curso Técnico em Agricultura e Zootecnia

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia.

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Ocorrência e localização de cisticercos em bovinos abatidos e submetidos à Inspeção Federal no Estado de Goiás, Brasil Osvaldo José da Silveira

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia.

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Tratamento endodôntico em Gato Doméstico (Felis Catus): Relato de caso Jaime Sardá Aramburú Junior 1, Cristiano Gomes 2, Ney Luis Pippi 3, Paulo

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 AGRAVOS POR MORDEDURAS DE CÃES EM CAMPUS UNIVERSITÁRIO, CURITIBA-PR INJURIES BY BITING DOGS IN UNIVERSITY CAMPUS, CURITIBA CITY, BRAZIL MAYSA PELLIZZARO 1, GRAZIELA RIBEIRO DA CUNHA 2, ANA CAROLINA YAMAKAWA

Leia mais

INDICAÇÕES BIOEASY. Segue em anexo algumas indicações e dicas quanto à utilização dos Kits de Diagnóstico Rápido Bioeasy Linha Veterinária

INDICAÇÕES BIOEASY. Segue em anexo algumas indicações e dicas quanto à utilização dos Kits de Diagnóstico Rápido Bioeasy Linha Veterinária INDICAÇÕES BIOEASY Segue em anexo algumas indicações e dicas quanto à utilização dos Kits de Diagnóstico Rápido Bioeasy Linha Veterinária 1- ANIGEN RAPID CPV AG TEST BIOEASY PARVOVIROSE Vendas de Filhotes:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 2015.2 MEDICINA

MATRIZ CURRICULAR 2015.2 MEDICINA Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Coordenadoria de Ensino de Graduação Centro de Ciências da Saúde MATRIZ CURRICULAR 2015.2 MEDICINA PRIMEIRO PERÍODO MORFOLOGIA BIOLOGIA CELULAR, TECIDUAL E DO DESENVOLVIMENTO

Leia mais

TOXOCARA E OUTROS HELMINTOS, EM CÃES, NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO*

TOXOCARA E OUTROS HELMINTOS, EM CÃES, NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO* TOXOCARA E OUTROS HELMINTOS, EM CÃES, NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO* Luis Fernando Ferreira** Maria Lucia da S ilv a * * * e Léa C am illo C o u r a * * * * Os autores observaram prevalência de Toxocara

Leia mais

PANORAMA DE PARASITOSES EM OVINOS NO BRASIL.

PANORAMA DE PARASITOSES EM OVINOS NO BRASIL. PANORAMA DE PARASITOSES EM OVINOS NO BRASIL. Sérgio Tosi Cardim Médico Veterinário Mestrando em Ciência Animal CCA DMVP UEL Victor Bittencourt Dutra Tabacow Médico Veterinário Residente em Parasitologia

Leia mais

ANÁLISE HISTOPATOLÓGICA E PARASITOLÓGICA DE GLÂNDULA ADRENAL DE CÃES NATURALMENTE INFECTADOS POR LEISHMANIA SPP.

ANÁLISE HISTOPATOLÓGICA E PARASITOLÓGICA DE GLÂNDULA ADRENAL DE CÃES NATURALMENTE INFECTADOS POR LEISHMANIA SPP. ANÁLISE HISTOPATOLÓGICA E PARASITOLÓGICA DE GLÂNDULA ADRENAL DE CÃES NATURALMENTE INFECTADOS POR LEISHMANIA SPP. Guerra JM 1, Fernandes NCCA 2, Kimura LM 1, Shirata NK 1, Magno JA 3, Barbosa JER 4, Taniguchi

Leia mais

DERMATOFITOSE POR MICROSPORUM GYPSEUM EM FELINO: RELATO DE CASO FELINE DERMATOPHYTOSIS BY MICROSPORUM GYPSEUM: CASE REPORT

DERMATOFITOSE POR MICROSPORUM GYPSEUM EM FELINO: RELATO DE CASO FELINE DERMATOPHYTOSIS BY MICROSPORUM GYPSEUM: CASE REPORT DERMATOFITOSE POR MICROSPORUM GYPSEUM EM FELINO: RELATO DE CASO FELINE DERMATOPHYTOSIS BY MICROSPORUM GYPSEUM: CASE REPORT BALDINI, M.C. 1 ; MOREIRA, K.C. 2 ; FERRARIAS, T.M. 3 ; ROSSI, F.Z. 4 ; BENTUBO,

Leia mais