Apresentação para Investidores 1S10

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação para Investidores 1S10"

Transcrição

1 Apresentação para Investidores 1S10 1

2 Agenda 1. Visão Geral e Desempenho Consolidado 2. Livraria Saraiva 3. Editora Saraiva 2

3 Governança Corporativa Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa Primeira empresa no Brasil a garantir tag along em seus estatutos - Março 2000 Tag along de 90% para as ações preferenciais Estatuto determina a distribuição da disponibilidade financeira* que exceder 25% do ativo total por quatro trimestres consecutivos 99.98% GVA : Gerenciamento de Valor ao Acionista Formador de Mercado Freefloat = 65% Ações Ordinárias 34% Ações Preferenciais 66% * Disponibilidade financeira: caixa e bancos + aplicações financeiras - empréstimos e financiamentos de curto e longo prazo 3

4 Operações em Crescimento Faturamento Bruto Consolidado (R$ MM) Editora Livraria 1.317, ,7 302,1 + 21,7% 326,4 779,4 742,3 489,1 505,6 227,2 224,3 261,9 281,3 587,3 235,1 352,2 292,0 487,4 827, ,0 609,8 133,4 476,3 138,5 603, S09 1S10 Faturamento Editora: já exclui vendas para Livraria Saraiva e Siciliano CAGR: Compound Annual Growth Rate (Taxa de Crescimento Anual Composta) Aquisição Ético Sistemas de Ensino Aquisição Siciliano S.A. CAGR 17,9% a.a (últimos 10 anos) CAGR 21,9% a.a (últimos 05 anos) CAGR 30,9% a.a (últimos 03 anos) 4

5 Mix da Receita Bruta EBITDA (Consolidado) Receita Bruta 2009 EBITDA Ajustado Editora 23% Livraria 77% Editora 60% Livraria 40% R$ 1.317,1 MM R$ 121,1 MM 1S10 Editora 19% Livraria 81% Editora 56% Livraria 44% R$ 742,3 MM R$ 61,6 MM 5

6 Remuneração dos Acionistas R$ mil 39,1% 27,6% 30,1% 26,9% 27,5% Dividendos Pay-out Ratio 6

7 Desempenho Consolidado Contratado Em fev/09 Liberado Até jun/10 Saldo a Liberar até dez/10 141,6 119,5 22,1 Posição Líquida de Caixa (R$ MM) x Dívida Líquida/EBITDA* 79,8 76,7 0,8 x 0,3 x 1,6 x -1,0 x -0,9 x (40,0) (110,0) (193,3) 1S06 1S07 1S08 1S09 1S10 * EBITDA dos últimos 12 meses 7

8 Agenda 1. Visão Geral e Desempenho Consolidado 2. Livraria Saraiva 3. Editora Saraiva 8

9 Nosso Negócio de Varejo Maior rede de livraria do Brasil em faturamento Saraiva e Siciliano: 94 lojas (Julho 2010) Mega Store: 40 Lojas Pioneira no conceito MegaStore no Brasil: foco na Experiência de Compra 4,0 mil eventos culturais realizados em 2009 Abril de 2010 itown - Apple Premium Reseller Operação Multicanal e Multiformato Uma das pioneiras no comércio eletrônico no Brasil 1998 Um dos maiores varejistas on-line de livros no Brasil Aproximadamente 1,4 milhão de clientes ativos em Junho de 2010 Operação integrada às lojas físicas e mix de produtos ampliado Saraiva Plus: 4,1 Milhões de Clientes Associados em Junho de 2010 Cartão de crédito internacional: 88,8 mil cartões ativos em Junho de

10 O Mercado de Varejo de Livros Mercado bastante fragmentado. Mais de livrarias no Brasil, sendo que 70% estão localizadas nas regiões Sul e Sudeste. Mercado Livreiro (2008) e demais categorias nas quais atuamos R$ 37,0 bilhões ,3 Eletronicos / Informatica Livros Papelaria Faturamento Bruto 2009 Mercado de Livros (Em R$ MM) CDs & DVDs ,0 4,2 2, ,2 4.2 Multimidia 270 Saraiva Cultura Distribuidora Curitiba La Selva ¹ Fonte: CBL (Câmara Brasileira do livro), Saraiva, Serasa e Diário Oficial (1) Dados de 2008 (2) Livros, CD s, DVD s e Periódicos (3) Outros 10

11 Saraiva é um negócio Multicanal filmes em mai/2009 e-books em jun/2010 Em

12 Saraiva explora novas mídias e fortalece relacionamento com clientes Saraiva Digital Lançamento Mai-09 Saraiva Conteúdo Lançamento Ago-09 Portal de Conteúdo associado às iniciativas culturais, especialmente música, literatura e cinema. 12

13 Multiformato: Modelo flexível Número de Lojas Inclui Siciliano desde jul/ Mega Stores Novas Tradicionais Tradicionais itown

14 Expansão no modelo Mega Store valoriza a experiência de compra Shopping Center Norte SP Visão Geral Shopping Center Belém - PA Informática Shopping Center Belém PA CD e DVD Shopping Center Norte SP Eventos 14

15 Saraiva e Siciliano S.A.: Crescimento Orgânico Livraria Saraiva e Livraria Siciliano - Número de Lojas Próprias e Área de Vendas (mil m²) ,4 42,6 15,9 47,9 49,4 50,2 0,4 0,6 16,6 17,0 17, ,4 26,7 31,3 32,0 32,6 ( 10) ( 30) ( 50) Dez/07 Dez/08 Dez/09 Jul/10 Dez/10* itown Siciliano Saraiva Número de Lojas (*) Estimativa do projeto expansão, sujeito a alterações 15

16 Destaques do Resultado Saraiva e Siciliano S.A. Vendas das lojas comparáveis 18,1% 20,2% 16,6% 11,7% 12,1% 10,5% Abr a Jun-09 Jul a Set-09 Out a Dez-09 Jan a Mar-10 Abr a Jun-10 Jul-10 Vendas* por Canal em 2009 % Vendas* por Canal no 1S10 % 33% 47% Mega Stores Novas Tradicionals 36% 46% Tradicionais 12% 8% Saraiva.com * Exclui vendas das lojas itown 10% 8% 16

17 Destaques do Resultado Saraiva e Siciliano S.A. Lojas Siciliano Transformadas 40 lojas transformadas até Julho 2010 Crescimento das vendas comparáveis das lojas reformadas da Siciliano: 47,8% no 1S10 Vendas por M 2 Lojas Físicas (Saraiva x Siciliano) 4% 76% 1S09 (Antes da Reforma) Lojas Saraiva 1S10 (Depois da Reforma) Lojas Siciliano Reformadas 17

18 Destaques do Resultado Saraiva e Siciliano S.A. Receita Bruta - R$ (milhões) 1.015,0 + 26,8% Saraiva.com Lojas Físicas 352,2 281,3 97,3 63,8 217,5 254,9 487,4 156,5 330,9 827,3 272,5 554,8 337,9 677,1 476,3 166,1 310,3 603,8 218,6 385, S09 1S10 Lucro Bruto R$ (milhões) x Margem Bruta % 39,0% 36,5% 36,4% 35,5% 34,6% 36,1% 33,7% + 17,9% 98,8 115,3 160,7 272,2 328,7 161,8 190, S09 1S10 18

19 Destaques do Resultado Saraiva e Siciliano S.A. Despesas Operacionais Ajustadas (R$ milhões) / Receita Liquida (%) 34,7% 32,0% 32,1% 30,7% 28,6% 33,0% 30,8% + 18,1% 87,7 101,3 126,1 235,5 305,2 147,6 174, S09 1S10 EBITDA Ajustado R$ (milhões) e % Margem EBITDA Ajustada 6,3% 6,0% 9,2% 7,2% 5,1% 4,7% 4,8% + 27,9% 16,0 19,0 40,5 55,1 49,0 21,1 27, S09 1S10 19

20 Destaques do Resultado Saraiva e Siciliano S.A. Capital de Giro ¹ / Vendas líquidas ² 73 dias 76 dias 75 dias 78 dias 16,8% 17,5% 17,1% 18,3% 1S07 1S08 1S09 1S10 (1) Estoques + Clientes Fornecedores (média mensal últimos 12 meses) (2) Receita líquida nos últimos 12 meses Ciclo Operacional 20

21 Agenda 1. Visão Geral e Desempenho Consolidado 2. Livraria Saraiva 3. Editora Saraiva 21

22 Nosso Negócio Editorial A Saraiva oferece um catálogo completo de livros Didáticos, Paradidáticos, Jurídicos, e de Administração, Economia, Negócios e Contabilidade Importante participação nas linhas Editoriais de Livros Científicos, Técnicos e Profissionais: 20% de market share 4 a maior editora de Livros Didáticos cerca de 13% de market share Nova linha editorial de ficção e não ficção Selo Benvirá Distribuição nacional: Rede de 12 filiais Divisão de Sistemas de Ensino 22

23 Panorama do Mercado Editorial Posição de destaque no segmento editorial jurídico e didático Livro cientifico, técnico e profissionais 2009 Faturamento Bruto R$ MM Mercado Editorial no Brasil Faturamento Bruto R$ 3,4 Bilhões 15% Didáticos Religiosos Obras Gerais % 10% 55% Científicos, técnicos e profissionais Saraiva RT ¹ Atlas Artmed Guanabara ¹ Forense ¹ ¹ Dados de 2008 Livro didáticos e paradidáticos 2009 Faturamento Bruto R$ MM Obras Gerais 2009 Faturamento Bruto R$ MM Ática Scipione ¹ Dados de Moderna ¹ F.T.D. Saraiva IBEP Nacional ¹ Editora do Brasil Record Schwarcz ¹ Rocco ¹ Saraiva ¹ Dados de 2008 ¹ 4 23

24 Estratégias de Negócio Editora Saraiva Aquisições Ficção e Não-Ficção Estratégias de Crescimento Novos Produtos Novas Mídias Divisão de Sistemas de Ensino Fortalecimento do Relacionamento com Professores e Serviços 24

25 Editora Saraiva A Editora Saraiva possui presença nacional através de 12 filiais espalhadas pelo Brasil e tem apoio de 17 revendedores autorizados. Filiais têm estoques para atender a demanda local e maximizar o esforço de vendas de nossos divulgadores RR AP Várias linhas editoriais permitem diluição de gastos fixos e criam vantagens competitivas. Adoção de livros didáticos no Brasil é decidida de forma descentralizada. AC AM RO MT PA TO DF GO MA PI BA CE RN PB PE AL SE MS SP MG ES PR RJ RS SC Filiais Revendedores Autorizados São Paulo: Centro de Distribuição 25

26 Ciclo de Compras Governamentais Nível de Ensino 1º e 2º ano do Ensino Fundamental (Português e Matemática) 2º ano do Ensino Fundamental (Ciência, História e Geografia) Potencial de Mercado % Potêncial de Mercado adquirido em cada ano # Livros (MM) PNLD 2010 PNLD 2011 PNLD ,2 100% 100% 100% 9,7 100% 17% * 17% * 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental 49,8 100% 17% * 17% * 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental 67 17% * 100% 17% * Língua Estrangeira (Inglês e/ou Espanhol) 13,4-100% 100% Ensino Médio 53,4 17% * 17% * 100% Língua Estrangeira (Inglês e/ou Espanhol) 7, % Filosofia e Sociologia 15, % Desempenho 1º - 5º ano (PNLD 2010) 6º - 9º ano (PNLD 2011) Ensino Médio (PNLD 2009) Market Share do último ciclo 11,60% 16,80% 27,10% Preço Médio (R$) 4,74 6,02 9,68 ** Fonte: FNDE/MEC/INEP(Censo Escolar 2006) (*) Estimativa do MEC (**) Excluindo língua Estrangeira Novas adoções 26

27 Contratos da Saraiva Valores dos Contratos em R$ MM 130,0 100,3 Reposições (EM + EF) 54,0 Reposições (EM + EF) 48,2 143,1 23,4 65,0 73,4 41,9 85,5 83,3 65,7 84,6 Nova Escolha (6º ao 9º) 52,1 88,1 Nova Escolha (6º ao 9º) 76,0 (*) (*) (*) (1) O Programa Nacional do Livro Didático baseia-se em ciclos trienais. (*) Ausência do programa, apenas reposição (1) Contrato aditivo de R$ 2,2 MM 27

28 Divisão de Sistemas de Ensino Ético Sistemas de Ensino para a Rede Privada Presença em 17 estados Brasileiros + Distrito Federal 388 Escolas conveniadas 81% de crescimento no número de alunos no 1S10 5% do mercado em número de escolas (Folha de SP 03/04/10) Agora Sistemas de Ensino para a Rede Pública Lançamento em Abril de 2010 Início das atividades no ano letivo de

29 Destaques do Resultado - Editora Saraiva Receita Bruta - R$ (milhões) Governo Privado 233,5 247,4 75,0 77,9 309,2 119,8 158,5 169,5 189,4 210,6 352,3 335,8 141,7 90,7 245,0 + 6,5% 154,7 164,8 154,3 0,4 164,4 0, Lucro Bruto R$ (milhões) e Margem Bruta % 1S09 1S10 69,3% 67,8% 65,5% 67,4% 69,1% 77,2% 75,8% + 4,5% 161,6 167,7 202,3 237,3 231,9 119,5 124, S09 1S10 29

30 Destaques do Resultado - Editora Saraiva Despesas Operacionais Ajustadas (R$ milhões) / Receita Líquida (%) 46,0% 47,7% 43,2% 44,9% 47,0% 52,8% 56,2% +13,4% 107,2 118,0 133,5 158,1 157,8 81,6 92, EBITDA Ajustado (R$ milhões) e % Margem EBITDA Ajustada 1S09 1S10 25,9% 22,1% 23,7% 24,6% 23,5% 26,0% 21,0% - 13,9% 60,4 54,8 73,2 86,5 78,7 40,2 34, S09 1S10 30

31 Contatos João Luís Ramos Hopp Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Telefone: (11) Maurício Fanganiello Diretor de Planejamento Telefone: (11) Site de Relações com Investidores: Ligia Montagnani Consultora de Relações com Investidores FIRB Financial Investor Relations Brasil Telefone: (11)

APRESENTAÇÃO PARA INVESTIDORES 1T08

APRESENTAÇÃO PARA INVESTIDORES 1T08 APRESENTAÇÃO PARA INVESTIDORES 1T08 Agenda Visão Geral e Desempenho Consolidado Editora Saraiva Livraria Saraiva 2 Governança Corporativa Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa Primeira empresa no

Leia mais

APRESENTAÇÃO PARA INVESTIDORES 9M12

APRESENTAÇÃO PARA INVESTIDORES 9M12 APRESENTAÇÃO PARA INVESTIDORES 9M2 Agenda. Visão Geral e Desempenho Consolidado 2. Livraria Saraiva 3. Editora Saraiva 2 Governança Corporativa CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EDITORA SARAIVA MINHA BIBLIOTECA

Leia mais

APRESENTAÇÃO APIMEC SP

APRESENTAÇÃO APIMEC SP APRESENTAÇÃO APIMEC SP 22 de novembro de 202 AGENDA Visão Geral e Desempenho Consolidado Livraria Saraiva Editora Saraiva 2 Governança Corporativa CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO MINHA BIBLIOTECA (e-books -

Leia mais

Apresentação para Investidores 1S11

Apresentação para Investidores 1S11 Apresentação para Investidores S Agenda. Visão Geral e Desempenho Consolidado 2. Livraria Saraiva 3. Editora Saraiva 2 Governança Corporativa CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EDITORA SARAIVA MINHA BIBLIOTECA

Leia mais

Editora Saraiva. Livraria Saraiva

Editora Saraiva. Livraria Saraiva Apresentação para Investidores 1 Agenda 2 Visão Geral e Desempenho Consolidado Editora Saraiva Livraria Saraiva Governança Corporativa de Primeira Classe 3 Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa

Leia mais

Marcílio Pousada Diretor Presidente Livraria e Papelaria Saraiva Centro Regional para el Fomento del Libro en América Latina, el Caribe, España y

Marcílio Pousada Diretor Presidente Livraria e Papelaria Saraiva Centro Regional para el Fomento del Libro en América Latina, el Caribe, España y 1 Marcílio Pousada Diretor Presidente Livraria e Papelaria Saraiva Centro Regional para el Fomento del Libro en América Latina, el Caribe, España y Portugal 2 O Grupo Saraiva Grupo Saraiva: Editora + Livraria

Leia mais

Visão Geral e Desempenho Consolidado

Visão Geral e Desempenho Consolidado Agenda Visão Geral e Desempenho Consolidado Editora Saraiva Livraria Saraiva 2 Governança Corporativa de Primeira Classe Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa Primeira empresa no Brasil a garantir

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011

TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011 TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011 1 Ressalvas Sobre Declarações Futuras Esta apresentação contém informações futuras. Tais informações não são fatos históricos, mas refletem as metas e expectativas

Leia mais

Apresentação APIMEC 3T de novembro de 2007

Apresentação APIMEC 3T de novembro de 2007 Apresentação APIMEC 3T07 22 de novembro de 2007 Agenda Visão Geral e Desempenho Consolidado Editora Saraiva Livraria Saraiva 2 Nosso Negócio A Companhia tem como foco a edição de livros e o varejo físico

Leia mais

Arezzo&Co s Investor Day

Arezzo&Co s Investor Day Arezzo&Co s Investor Day Marca Anacapri Yumi Chibusa Gerente Geral UN Alexandre Birman CEO Thiago Borges CFO Canal de Distribuição Anacapri Visão Geral da Marca A marca Anacapri vem se consolidando como

Leia mais

Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais. Flávio Bitter

Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais. Flávio Bitter Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais Flávio Bitter outubro 2015 Destaques Presença Nacional Beneficiários (Mil) Operadora líder no mercado brasileiro de Saúde suplementar,

Leia mais

Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009

Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009 Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009 Estrutura e Distribuição Geográfica Estrutura Estatutária A GEAP GEAP é administrada por por um um Conselho Deliberativo responsável pela pela definição da da

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T08. 19 de Maio de 2008

Apresentação de Resultados 1T08. 19 de Maio de 2008 Apresentação de Resultados 1T08 19 de Maio de 2008 Agenda A Companhia Resultados Operacionais Resultados Financeiros 2 Operação Virtual Canal Lojas A Companhia Globex S.A. Globex Utilidades S.A.: operadora

Leia mais

Programa de Requalificação de UBS. Março/2015

Programa de Requalificação de UBS. Março/2015 Programa de Requalificação de UBS Março/2015 PROGRAMA DE REQUALIFICAÇÃO DE UBS Instituído no ano de 2011 OBJETIVOS: Criar incentivo financeiro para as UBS Contribuir para estruturação e o fortalecimento

Leia mais

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados Resultados do 2T09 Teleconferência de Resultados Destaques do 2T09 2 Destaques do 2T09 em linha com a estratégia geral da Companhia Nossas conquistas do 2T09 são refletidas nos resultados da Companhia

Leia mais

Apresentação para Investidores

Apresentação para Investidores Apresentação para Investidores 1 Agenda 2 Visão Geral e Desempenho Consolidado Editora Saraiva Livraria Saraiva Governança Corporativa de Primeira Classe 3 Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Siglas do Pa CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Indicador Nº 2/215 Técnicos Responsáv

Leia mais

PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO

PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO Resumo Executivo Pesquisa 2014 APRESENTAÇÃO Pelo terceiro ano consecutivo, o CBCA Centro Brasileiro da Construção em Aço e a ABCEM Associação Brasileira da Construção

Leia mais

Apresentação para Investidores Setembro / 2013

Apresentação para Investidores Setembro / 2013 1 Apresentação para Investidores Setembro / 2013 Perfil Corporativo Visão Geral dos Negócios Destaques do Resultado Consolidado Varejo Negócios Editoriais Sistemas de Ensino Anexos A apresentação faz referências

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

AGENDA: Destaques Desempenho Operacional Mercado de Capitais Estratégias e Perspectivas

AGENDA: Destaques Desempenho Operacional Mercado de Capitais Estratégias e Perspectivas 0 Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam ou podem afetar o nosso

Leia mais

O Grupo Canal Energia

O Grupo Canal Energia Media Kit O Grupo CanalEnergia Linhas de Negócios Portal CanalEnergia.com.br - site referência na geração de conteúdo para o setor elétrico ZonaElétrica - produtora web e multimídia Agência CanalEnergia

Leia mais

Departamento de Engenharia de Saúde Pública/CGEAR LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS OBRAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA FUNASA.

Departamento de Engenharia de Saúde Pública/CGEAR LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS OBRAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA FUNASA. Departamento de Engenharia de Saúde Pública/CGEAR LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS OBRAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA FUNASA Brasília 2005 O Licenciamento Ambiental nasceu de uma exigência social, fruto de uma

Leia mais

LOPES Adquire a ROYAL, Maior Imobiliária do Distrito Federal*

LOPES Adquire a ROYAL, Maior Imobiliária do Distrito Federal* LOPES Adquire a ROYAL, Maior Imobiliária do Distrito Federal* * Em volume de vendas ri@lopes.com.br www.lopes.com.br/ri Aviso Importante Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de

Leia mais

BTG Pactual XIII CEO Conference

BTG Pactual XIII CEO Conference BTG Pactual XIII CEO Conference Fevereiro 2012 Agenda Visão Geral Magazine Luiza Principais Eventos em 2011 Expectativas para 2012 2 Visão Geral Magazine Luiza Liderança de Mercado Uma das maiores redes

Leia mais

Realizar o projeto de vida do jovem trabalhador, promovendo crescimento e ascensão profissional, por meio da educação de qualidade

Realizar o projeto de vida do jovem trabalhador, promovendo crescimento e ascensão profissional, por meio da educação de qualidade Apimec 2013 Agenda Abertura - Roberto Valério Qualidade e Inovação - Prof. Ana Maria Sousa e Leonardo Costa Marketing e Relacionamento - Patrícia Abreu e Rodrigo Cavalcanti Centro de Inteligência e Serviços

Leia mais

Desvio de Finalidade Papel Imune

Desvio de Finalidade Papel Imune Desvio de Finalidade Papel Imune Compliance com as Leis de Defesa da Concorrência ALERTA: Evitar quaisquer discussões ou conversações sobre temas sensíveis à livre competição entre as empresas associadas,

Leia mais

Crescer agregando valor

Crescer agregando valor Crescer agregando valor Marcio Araujo de Lacerda Presidente do Conselho de Administração Maio de 2008 1/XX Orientações do Governo Mineiro Para Minas Gerais: Um Estado para Resultados Visão: Tornar Minas

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Agricultura Familiar no Mundo São 500 milhões de estabelecimentos da agricultura familiar

Leia mais

Qualidade da Banda Larga Fixa (SCM) Relatório de Indicadores de Desempenho Operacional

Qualidade da Banda Larga Fixa (SCM) Relatório de Indicadores de Desempenho Operacional Qualidade da Banda Larga Fixa (SCM) Relatório de Indicadores de Desempenho Operacional 2014 Superintendência de Controle de Obrigações - SCO Gerência de Controle de Obrigações de Qualidade - COQL Brasília,

Leia mais

Teleconferência sobre os resultados do 1T11 Maio de 2011

Teleconferência sobre os resultados do 1T11 Maio de 2011 Teleconferência sobre os resultados do Maio de 2011 1 Ressalvas Sobre Declarações Futuras Esta apresentação contém informações futuras. Tais informações não são fatos históricos, mas refletem as metas

Leia mais

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15. 17 de agosto de 2015

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15. 17 de agosto de 2015 POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15 17 de agosto de 2015 Seção I Destaques & Conjuntura Positivo Informática registra crescimento de 3,1% na receita líquida no varejo no 2T15 Mesmo em um trimestre de

Leia mais

Helbor Empreendimentos

Helbor Empreendimentos Helbor Empreendimentos Aviso Legal Esta apresentação pode conter certas afirmações que expressam expectativas, crenças e previsões da administração da Helbor sobre eventos ou resultados futuros. Tais afirmações

Leia mais

Apresentação Institucional. Novembro 2015

Apresentação Institucional. Novembro 2015 Apresentação Institucional Novembro 2015 Seção 1 Visão Geral da Unidas Visão Geral da Unidas 3ª maior empresa brasileira de aluguel de carros em frota total, com cobertura nacional em soluções para terceirização

Leia mais

APIMEC 2012. APIMEC 2012 Flávio Donatelli Diretor de Relações com Investidores

APIMEC 2012. APIMEC 2012 Flávio Donatelli Diretor de Relações com Investidores APIMEC 2012 Flávio Donatelli Diretor de Relações com Investidores DURATEX S.A. Principais Acionistas em 31.Ago.2012 Governança Corporativa 0,2% 100% de ações ordinárias. 1 ação, 1 voto 12,1% Itaúsa e Famílias

Leia mais

4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados. 13 de Fevereiro de 2008

4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados. 13 de Fevereiro de 2008 4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados 13 de Fevereiro de 2008 Aviso Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations Apresentação APIMEC Dezembro 2010 AGENDA 03. Mercado Brasileiro de Telecom 06. Oi: Perfil e Estratégia 13. Resultados Operacionais e Financeiros 19. Aliança com a Portugal Telecom Mercado Brasileiro de

Leia mais

Teleconferência e Webcast de Resultados 4T12

Teleconferência e Webcast de Resultados 4T12 Teleconferência e Webcast de Resultados 4T12 Sexta-feira, 8 de Março de 2013 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EST) Webcast: http://ri.lasa.com.br/webcast4t12 Tel: +55 (11) 4688-6361

Leia mais

IMPACTOS DAS DISTORÇÕES DO ICMS NOS ESTADOS E DISTRITO FEDERAL

IMPACTOS DAS DISTORÇÕES DO ICMS NOS ESTADOS E DISTRITO FEDERAL IMPACTOS DAS DISTORÇÕES DO ICMS NOS ESTADOS E DISTRITO FEDERAL Brasília, Novembro/ 2013 Unidade de Políticas Públicas NOTA TÉCNICA IMPACTOS DAS DISTORÇOES DO ICMS NOS ESTADOS E DISTRITO FEDERAL Este estudo

Leia mais

FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE Santa Catarina - 20 de Novembro de 2010 IMPORTÂNCIA DA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS As MPEs correspondem à 98,81%* (CNE/IBGE 2009) das empresas

Leia mais

Investir em autoestima e bem-estar é sempre um excelente negócio

Investir em autoestima e bem-estar é sempre um excelente negócio Investir em autoestima e bem-estar é sempre um excelente negócio Abrir uma empresa envolve paixão, razão e empatia. Ao optar por um segmento é preciso sentir-se parte dele. É preciso sentir-se bem. O mercado

Leia mais

SEGURO RISCOS RURAIS 2002 / JAN A SET - 2012

SEGURO RISCOS RURAIS 2002 / JAN A SET - 2012 SEGURO RISCOS RURAIS 2002 / JAN A SET - 2012 1 SEGURO RISCOS RURAIS Esse estudo tomou por base dados oficiais gerados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, IBGE e pela SUSEP (Superintendência

Leia mais

Alternativa e Ecológica

Alternativa e Ecológica Alternativa e Ecológica Franquia de Publicidade na embalagem do produto mais consumido no Brasil Mercado Sustentabilidade é o negócio do futuro. A empresa que quiser ter o seu lugar garantido nos próximos

Leia mais

Apresentação Unidas. Maio 2014

Apresentação Unidas. Maio 2014 Apresentação Unidas Maio 2014 Seção 1 Visão Geral da Unidas Visão Geral da Unidas 2ª maior empresa brasileira de aluguel de carros em frota total, com cobertura nacional em soluções para terceirização

Leia mais

FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL

FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: Repartição das responsabilidades entre União, Estados e Municípios; Vinculação de impostos; Definição de Manutenção e Desenvolvimento do

Leia mais

A atuação da Cemig em Sustentabilidade Empresarial

A atuação da Cemig em Sustentabilidade Empresarial A atuação da Cemig em Sustentabilidade Empresarial Companhia Energética de Minas Gerais - Cemig Superintendência de Sustentabilidade Empresarial Adiéliton Galvão de Freitas Presença em 19 estados brasileiros

Leia mais

Reunião Pública com Analistas Abril, 2009

Reunião Pública com Analistas Abril, 2009 Reunião Pública com Analistas Abril, 2009 Profarma Overview Profarma: Overview da Companhia Desde 1961, a Profarma distribui produtos farmacêuticos, higiene pessoal e cosméticos para farmácias e hospitais

Leia mais

Relatório de Atividades ABCR - 2012

Relatório de Atividades ABCR - 2012 Relatório de Atividades ABCR - 2012 O ano de 2012 foi de transição na ABCR, em razão da mudança da gestão da sua Diretoria Executiva, e dos demais órgãos que a compõem. Eleita e empossada no final de março,

Leia mais

Resultados do 4T05 e do ano de 2005

Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Teleconferência 24/03/2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

Hábitos de Consumo Dia dos Namorados 2015

Hábitos de Consumo Dia dos Namorados 2015 Hábitos de Consumo Dia dos Namorados 2015 3 de junho de 2015 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: a sondagem ter por objetivo identificar os hábitos de compras

Leia mais

Resultados 4T12 e 2012. Relações com Investidores

Resultados 4T12 e 2012. Relações com Investidores Resultados 4T12 e 2012 Relações com Investidores Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e suposições de

Leia mais

Magazine Luiza APIMEC-RIO 2014

Magazine Luiza APIMEC-RIO 2014 APIMEC-RIO 2014 Visão Geral Estratégia Indicadores Financeiros Quem somos? Estados com Lojas Centros de Distribuição Alhandra 736 lojas 24 mil funcionários Centro-Oeste 2% 21% Ribeirão Preto Nordeste 48%

Leia mais

MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011

MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011 MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011 1 MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO: O Mercado de títulos de capitalização vem mantendo crescimentos fortes e retornos robustos. Nesse período o volume de vendas atingiu

Leia mais

O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE?

O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? Instrumento que permite o financiamento, por meio de incentivos fiscais, de projetos esportivos aprovados pelo Ministério do Esporte. BASE LEGAL: Lei 11.438/06 -

Leia mais

BIOMASSA & SUSTENTABILIDADE DA INDÚSTRIA CERÂMICA DESAFIOS E OPORTUNIDADES

BIOMASSA & SUSTENTABILIDADE DA INDÚSTRIA CERÂMICA DESAFIOS E OPORTUNIDADES BIOMASSA & SUSTENTABILIDADE DA INDÚSTRIA CERÂMICA DESAFIOS E OPORTUNIDADES Dr. J. V. Emiliano Consultor UCS 1 Aproximadamente 6.903 cerâmicas e olarias (Fonte: IBGE 2008 para Seção C, Divisão 23, Grupo

Leia mais

2º Balanço. Julho - Setembro 2011

2º Balanço. Julho - Setembro 2011 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Amapá Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar o

Leia mais

2ª Reunião Grupo Técnico de Sistematização de Informações Contábeis e Fiscais

2ª Reunião Grupo Técnico de Sistematização de Informações Contábeis e Fiscais Subsecretaria de Contabilidade Pública Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação 2ª Reunião Grupo Técnico de Sistematização de Informações Contábeis e Fiscais SICONFI 2014 OBJETIVOS

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO EM SAÚDE

CONSOLIDAÇÃO EM SAÚDE CONSOLIDAÇÃO EM SAÚDE Riscos e potenciais benefícios para usuários e prestadores José Cechin FGV/RJ, 13 novembro 2008 Agenda HISTÓRICO DA SAÚDE SUPLEMENTAR CONSOLIDAÇÃO E MODERNIZAÇÃO CONCENTRAÇÃO E CONCORRÊNCIA

Leia mais

Reunião Pública Dezembro de 2015

Reunião Pública Dezembro de 2015 Reunião Pública Dezembro de 2015 Cenário Macroeconômico Arlindo de Azevedo Moura CEO 2 Cenário Macroeconômico 3 COMMODITIES Pressão de queda nos preços Menor preço dos últimos 16 anos TAXA DE CÂMBIO RESTRIÇÃO

Leia mais

TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS

TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS UF Gasolina Automotiva e Álcool Anidro Álcool Hidratado Óleo Combustível Gás Natural Veicular Internas Interesta-duais Internas Interestaduais Internas

Leia mais

ANÁLISE MERCADO DE SEGUROS RISCOS NOMEADOS E OPERACIONAIS JAN A MAIO 2014 NÚMEROS SUSEP SES

ANÁLISE MERCADO DE SEGUROS RISCOS NOMEADOS E OPERACIONAIS JAN A MAIO 2014 NÚMEROS SUSEP SES ANÁLISE MERCADO DE SEGUROS RISCOS NOMEADOS E OPERACIONAIS JAN A MAIO 2014 NÚMEROS SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: Como sabemos a SUSEP, no intuito de aperfeiçoar

Leia mais

Sondagem Festas Juninas 2015

Sondagem Festas Juninas 2015 Sondagem Festas Juninas 0 de Maio de 0 0 Copyright Boa Vista Serviços Índice o Objetivo, metodologia e amostra... 0 o Perfil dos respondentes... 0 o Comemoração das Festas Juninas... 09 o Do que os consumidores

Leia mais

ELETRODOMÉSTICOS E ELETROELETRÔNICOS

ELETRODOMÉSTICOS E ELETROELETRÔNICOS DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ELETRODOMÉSTICOS E ELETROELETRÔNICOS MAIO DE 2016 PRODUTOS CADEIA DE ELETROELETRÔNICOS Matérias-primas Básicas Aço Motores Componentes Outros insumos

Leia mais

Banco Cruzeiro do Sul. Apresentação Pública Investidores & Analistas

Banco Cruzeiro do Sul. Apresentação Pública Investidores & Analistas Banco Cruzeiro do Sul Apresentação Pública Investidores & Analistas Maio 2008 História Banco Cruzeiro do Sul O Banco foi adquirido pela família Indio da Costa em 1993. A família Indio da Costa já possuía

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Siglas d CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Indica Nº 1/215 Técnicos Respon Equipe

Leia mais

Diagnóstico da realidade médica no país

Diagnóstico da realidade médica no país Diagnóstico da realidade médica no país Médicos por mil habitantes Peru 0,9 Chile 1,0 Paraguai 1,1* Bolívia 1,2* Colômbia 1,4* Equador 1,7 Brasil 1,8 Venezuela 1,9* México 2,0 Canadá 2,0 Estados Unidos

Leia mais

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 1 2 8 1» Centro de Artes e Esportes Unificados Rio Branco AC 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 Recanto das Emas DF 3» Creche Ipê Rosa Samambaia DF 4» Quadra escolar Maria Nascimento

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Sigla CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Ind Nº 9/215 Técnicos Resp Equipe CGPM

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre de 2011. RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2011

RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre de 2011. RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2011 3º Trimestre 2011 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro, nem esta apresentação ou

Leia mais

1. O Novo Plano Nacional de Educação (2011 2020) O antigo Plano Nacional de Educação terminou sua vigência em 2010 e o Novo Plano encontra-se em

1. O Novo Plano Nacional de Educação (2011 2020) O antigo Plano Nacional de Educação terminou sua vigência em 2010 e o Novo Plano encontra-se em 1. O Novo Plano Nacional de Educação (2011 2020) O antigo Plano Nacional de Educação terminou sua vigência em 2010 e o Novo Plano encontra-se em discussão na Câmara dos Deputados (PL 8.035/2010). Até o

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

Percepção da População Brasileira Sobre a Adoção

Percepção da População Brasileira Sobre a Adoção Percepção da População Brasileira Sobre a Adoção Brasília/DF Maio/2008 www.amb.com.br/mudeumdestino www.opiniaoconsultoria.com.br Objetivos Específicos Verificar o grau de consciência e envolvimento da

Leia mais

Painel IV: Panorama do Crédito no Banco do Brasil. Walter Malieni Júnior Diretor de Crédito

Painel IV: Panorama do Crédito no Banco do Brasil. Walter Malieni Júnior Diretor de Crédito Painel IV: Panorama do Crédito no Banco do Brasil Walter Malieni Júnior Diretor de Crédito Estrutura Organizacional - Gerências DICRE Diretoria de Crédito (Brasília) GEARC Gerência de Acompanhamento do

Leia mais

10 Anos de Transmissão das Reuniões APIMEC pela Internet

10 Anos de Transmissão das Reuniões APIMEC pela Internet Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas da direção da companhia. As palavras "antecipa",

Leia mais

Investmania Video Chat 3T13 19/11/2013

Investmania Video Chat 3T13 19/11/2013 Investmania Video Chat 3T13 19/11/2013 1 A Senior Solution 2 Resultados do 3T13 3 Perguntas e respostas 2 A Senior Solution Pioneirismo e liderança na vertical financeira Atuação desde 1996 no setor de

Leia mais

Reunião APIMEC / Abril Educação

Reunião APIMEC / Abril Educação Reunião APIMEC / Abril Educação Aviso Legal Aviso Legal O presente documento não deve em nenhuma circunstância, ser considerado uma recomendação de investimento nas Units. Antes de investir nas Units,

Leia mais

Ações Itaú em foco. Informativo para acionistas Ano 12 3º trimestre de 2015

Ações Itaú em foco. Informativo para acionistas Ano 12 3º trimestre de 2015 Ações Itaú em foco Informativo para acionistas Ano 12 3º trimestre de 2015 nº 48 www.itau.com.br/relacoes-com-investidores facebook.com/itauunibancori @itauunibanco_ri Recompra de Ações No período de janeiro

Leia mais

Planejamento Financeiro. Aula 6. Contextualização. Orçamento. Organização da Aula. Instrumentalização. Profa. Claudia Abramczuk

Planejamento Financeiro. Aula 6. Contextualização. Orçamento. Organização da Aula. Instrumentalização. Profa. Claudia Abramczuk Planejamento Financeiro Aula 6 Contextualização Profa. Claudia Abramczuk Orçamento Ferramenta para o sucesso empresarial Tomada de decisão Exposição de hipóteses Sistema de autorização, meio de planejamento,

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

1- INTRODUÇÃO: 2- RESULTADOS SUSEP JAN 2015:

1- INTRODUÇÃO: 2- RESULTADOS SUSEP JAN 2015: 1- INTRODUÇÃO: A SUSEP liberou no dia 07/03/2015 os números do Mercado de Seguros e Previdência referente ao mês de janeiro 2015. Cabe ainda lembrar que esses números se referem ao banco de dados SES o

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 227, DE 2010.

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 227, DE 2010. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 227, DE 2010. Dispõe sobre o capital mínimo requerido para autorização e funcionamento e sobre planos corretivo e de recuperação

Leia mais

SISMAMA INDICADORES DE QUALIDADE

SISMAMA INDICADORES DE QUALIDADE SISMAMA INDICADORES DE QUALIDADE Encontro Nacional de Coordenadores Maio/2011 SISMAMA Portaria SAS 779/08 Subsistema do sistema de faturamento ambulatorial do (SIA-SUS) Faturamento dos serviços de mamografia,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

Saraiva S.A. Livreiros Editores

Saraiva S.A. Livreiros Editores 1 Saraiva S.A. Livreiros Editores Teleconferência - Resultados até setembro de 2006 17 de novembro de 2006 Ressalvas sobre declarações futuras 2 Esta apresentação contém informações futuras. Tais informações

Leia mais

Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05

Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05 Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05 Safe Harbor Statement Certas declarações na apresentação a seguir estão relacionadas com resultados futuros, que são considerados como projeções,

Leia mais

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004 Apresentação Corporativa Maio - 2004 Apresentação Telemar - Agenda 1. Destaques 2003/2004 1 2. Estratégia de Crescimento 3 3. Revisão do Resultado Operacional 12 4. Resultados Financeiros 20 1 Destaques

Leia mais

CSU CardSystem - 2010

CSU CardSystem - 2010 CSU CardSystem - 2010 Considerações Iniciais Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários

Leia mais

(MLRV) TRANSPORTES NACIONAIS JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1

(MLRV) TRANSPORTES NACIONAIS JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 TRANSPORTES NACIONAIS JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: Lamentavelmente a SUSEP alterou a estrutura de resultados não mais detalhando os prêmios

Leia mais

Magazine Luiza. Junho 2015

Magazine Luiza. Junho 2015 Magazine Luiza Junho 2015 2 Movimento #AbraceoNovo Ações de Partida do Movimento Ações para sustentação do movimento no curto prazo Ações para sustentação do movimento no longo prazo DE: Empresa Tradicional

Leia mais

RISCOS NOMEADOS E OPERACIONAIS JAN A MAIO DE 2012

RISCOS NOMEADOS E OPERACIONAIS JAN A MAIO DE 2012 RISCOS NOMEADOS E OPERACIONAIS JAN A MAIO DE 2012 1 ANÁLISE RISCOS NOMEADOS E OPERACIONAIS: Essa análise está calcada nos números divulgados pela SUSEP referente ao período de jan a maio de 2012 através

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 31 de dezembro de

Leia mais

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO SECRETARIA DE POLÍTICA DE INFORMÁTICA

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO SECRETARIA DE POLÍTICA DE INFORMÁTICA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO SECRETARIA DE POLÍTICA DE INFORMÁTICA Relatório Estatístico Preliminar de Resultados da Lei de Informática 8.248/91 e suas Alterações Dados dos Relatórios Demonstrativos

Leia mais

EXPO MONEY SP - 2011

EXPO MONEY SP - 2011 EXPO MONEY SP - 2011 VISÃO GERAL DA ESTÁCIO Atuação Geográfica¹ PRINCIPAIS INDICADORES Universidade Faculdade Centro Universitário Em processo de credenciamento para se tornar Centro Univers. 241.000 Alunos

Leia mais