Eng Mecânico Pedro Teixeira de Carvalho CREA/MG 26976/D

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Eng Mecânico Pedro Teixeira de Carvalho CREA/MG 26976/D"

Transcrição

1 Pág. 1 de 7 PARECER ÚNICO Nº INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 25171/2011/004/2014 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO: LP + LI (Ampliação) VALIDADE DA LICENÇA: 02 anos PROCESSOS VINCULADOS CONCLUÍDOS: PA COPAM: SITUAÇÃO: LP + LI 25171/2011/001/2011 Licença Concedida AAF 25171/2011/003/2013 Autorização Concedida EMPREENDEDOR: Marluvas Calçados de Segurança Ltda CNPJ: / EMPREENDIMENTO: Marluvas Calçados de Segurança Ltda CNPJ: / MUNICÍPIO: Piedade do Rio Grande ZONA: Urbana COORDENADA GEOGRÁFICA: LAT/Y 21º LONG/X 44º LOCALIZADO EM UNIDADE DE CONSERVAÇÃO: INTEGRAL ZONA DE AMORTECIMENTO USO SUSTENTÁVEL X NÃO NOME: - BACIA FEDERAL: Rio Grande BACIA ESTADUAL: Rio Grande UPGRH: GD1 Alto Rio Grande SUB-BACIA: Represa de Camargos CÓDIGO: ATIVIDADE OBJETO DO LICENCIAMENTO (DN COPAM 74/04): CLASSE C Fabricação de Calçados em Geral 3 CONSULTORIA/RESPONSÁVEL TÉCNICO: REGISTRO: Eng Mecânico Pedro Teixeira de Carvalho CREA/MG 26976/D RELATÓRIO DE VISTORIA: DATA: Claudinei da Silva Marques Allana Abreu Cavalcanti EQUIPE INTERDISCIPLINAR MATRÍCULA ASSINATURA Anderson Ramiro Siqueira Diretor Regional de Controle Processual De acordo: Cezar Augusto Fonseca e Cruz Diretor Regional de Apoio Técnico Original Assinado Original Assinado Original Assinado Original Assinado

2 Pág. 2 de 7 1. Introdução O empreendimento MARLUVAS CALÇADOS DE SEGURANÇA LTDA, CNPJ: / , formalizou processo de Licenciamento Ambiental em 28/03/2014 requerendo Licença Prévia concomitante com Licença de Instalação (LP+LI), para ampliação do número de funcionários da unidade de fabricação de Calçados de Segurança no município de Piedade do Rio Grande/MG. Obteve Licença Prévia concomitante com Licença de Instalação (LP+LI) em 05/03/2012 com condicionantes, válida até 05/03/2014. Obteve Licença de Operação no dia 02/07/2013 com condicionantes, válida até o dia 02/07/2019. No dia 19/08/2013 o empreendimento obteve Autorização Ambiental de Funcionamento(AAF) para ampliação do número de funcionários de 140 para 179 funcionários. Esta LP+LI foi solicitada para contemplar 78 funcionários, englobando nesta contagem a AAF emitida para 39 funcionários. Em suma, o empreendimento já possui licença de operação emitida para 140 funcionários, Autorização Ambiental de Funcionamento AAF para mais 39 funcionários e com a ampliação solicitada passará seu quadro para 218 funcionários. Não foi necessária a realização de vistoria, uma vez que não ocorreram mudanças na área útil da empresa. Fazia parte do planejamento da empresa a ampliação do número de funcionários de 140 para até 220 funcionários, todas as medidas de controle ambiental foram previstas e dimensionadas para atender o número de funcionários solicitado, incluindo o depósito temporário de resíduos sólidos, galpão de inflamáveis e a Estação de Tratamento de Efluentes Sanitários. Os estudos ambientais foram elaborados sob responsabilidade do Engenheiro Mecânico, especializado em engenharia de segurança do trabalho Pedro Teixeira de Carvalho, CREA-MG 26976/D. Este parecer tem o objetivo de analisar tecnicamente os documentos que compõem o processo COPAM 25171/2011/004/2014 referente solicitação de Licença Prévia concomitante com Licença de Instalação (LP+LI). Ressalta-se que a proposição das medidas mitigadoras e demais informações técnicas e legais foram apresentadas nos estudos. Quando as mesmas forem sugeridas pela equipe interdisciplinar que analisou estes estudos ambientais será explicitado no parecer o seguinte texto: A SUPRAM Sul de Minas recomenda/determina : 2. Caracterização do Empreendimento A área onde foi instalado o empreendimento está localizada em terreno plano. Na divisa de propriedade da empresa, existe uma diferença altimétrica. Para estabilizar o talude, foi verificada durante a instalação da empresa a implantação de um muro de contenção, juntamente com procedimentos de drenagem de águas pluviais, já que abaixo da empresa existe um supermercado. O terreno possui uma área de m² de área útil. A empresa possui um galpão de 1.260m² onde se desenvolve o processo produtivo, um depósito de resíduos de 100m², um galpão de

3 Pág. 3 de 7 inflamáveis, ambos com piso impermeabilizado, cobertura e canaletas direcionadas para bacias de contenção. Possui uma Estação de Tratamento de Efluentes Sanitários constituída de tanque séptico seguida de filtro anaeróbio e uma caixa d água com capacidade para litros. De acordo com os projetos, as instalações da unidade possuem capacidade nominal para produção máxima de pares de calçados/dia. São realizadas as operações de corte e costura (pespontagem), ou seja, somente a estrutura de couro do calçado (cabedal) sem solado. A energia elétrica é fornecida pela concessionária estadual, CEMIG, e utilizada como força motriz para iluminação geral das instalações e para o funcionamento de máquinas e equipamentos. 3. DIAGNÓSTICO AMBIENTAL 3.1 CARACTERIZAÇÃO AMBIENTAL A área do empreendimento localiza-se na Rua José Bernardino do Nascimento, localizado no Centro da cidade. A área onde está instalado o empreendimento localiza-se em terreno plano. Conforme SIAM, não há restrições na área indicada, conforme print screen abaixo:

4 Pág. 4 de 7 4. Utilização e Intervenção em Recursos Hídricos A água industrial e potável é fornecida pela COPASA, armazenada em caixa de água e distribuída internamente por rede própria aos pontos de consumo e utilização em banheiros e sanitários. 5. Autorização para Intervenção Ambiental (AIA) Não há intervenção ou supressão de vegetação neste empreendimento referente à esta atividade/fase. 6. Reserva Legal O empreendimento não necessita de reserva legal porque está localizada na área urbana do município de Piedade do Rio Grande. 7. Impactos Ambientais e Medidas Mitigadoras Efluentes Líquidos: São gerados efluentes sanitários provenientes dos 218 colaboradores da empresa. Medidas mitigadoras: Para tratamento dos efluentes sanitários a empresa dimensionou a Estação de Tratamento de Efluentes Industriais composta por 01 tanque séptico, 02 filtros anaeróbios obedecendo as normas ABNT NBR 7229/93 e NBR 13696/97, com vazão média de litros/dia, com destinação final em rede pública, cujo automonitoramento figura como condicionante da licença principal. Resíduos Sólidos: São gerados os seguintes resíduos: Medidas mitigadoras: Para os Resíduos Sólidos Classe I: Constituído de aparas e pó de Couro, são armazenados no setor de reciclagem e a partir daí estocados em condições adequadas em um galpão de piso impermeável e coberto, sendo posteriormente destinados à aterro industrial terceirizado.

5 Pág. 5 de 7 Já para os Resíduos Sólidos Classe II: Constituídos por restos de embalagens plásticas, papelão, linhas, sintéticos etc, estes resíduos são segregados no local de origem, através do acondicionamento em containers específicos de modo a diferenciar cada resíduo potencialmente comercializável, reciclado e/ou reaproveitado, sendo diariamente enviados ao galpão de Reciclagem e Armazenamento. Todos os resíduos são encaminhados ao galpão da Reciclagem para prensagem e armazenamento para a destinação final (Comercialização e/ou Aterro Industrial). O automonitoramento de resíduos sólidos figura como condicionante da licença principal. 8. Controle Processual Trata-se de processo de Licença Prévia concomitante com Licença de Instalação (LP+LI), para uma unidade de fabricação de Calçados de Segurança no município de Piedade do Rio Grande/MG, formalizado e instruído com a documentação exigível. Os custos de análise do processo de licenciamento foram recolhidos conforme ofício /2014 e planilha elaborada nos termos da Resolução Conjunta SEMAD/IEF/FEAM nº 1919, de 17 de setembro de Realizada consulta no Sistema Integrado de Informação Ambiental SIAM, foi gerada a CERTIDÃO Nº /2014, com a qual verifica-se a inexistência de débito de natureza ambiental e, portanto, o processo está apto para deliberação da URC. O FCE foi assinado por responsável pelo empreendimento, conforme se comprova através do contrato social juntado às fls. 71/80. Através de análise do presente parecer, bem como em leitura do processo ao qual este encontra-se vinculado, pode-se verificar que o empreendimento possui Licença de Operação válida até Julho de 2019 computando 140 funcionários. Salienta-se que em Agosto/2013, o mesmo obteve AAF (Autorização Ambiental de Funcionamento) para ampliação do número de funcionários para 179. Nesta senda, compreende-se que o presente processo pugna pela ampliação de mais 39 funcionários, bem como o englobamento da AFF outrora concedida, nos termos do Art. 9ª 3º da DN 74/04, para a ampliação de 140 para 179 funcionários, o que ao final remontará o número final de 218 funcionários. Assim, o Decreto nº , de 25 de junho de 2008 que estabelece normas para licenciamento ambiental, nos incisos I e II estabelece o que se aprova num processo de LP e LI, bem como prevê no parágrafo primeiro a possibilidade de concessão concomitante das licenças: Art. 9º O COPAM, no exercício de sua competência de controle, poderá expedir as seguintes licenças: I - Licença Prévia - LP: concedida na fase preliminar de planejamento do empreendimento ou atividade aprovando sua localização e concepção, atestando a viabilidade ambiental e estabelecendo os requisitos básicos e condicionantes a serem atendidos nas próximas fases de sua implementação, observados os planos municipais, estaduais ou federais de uso e ocupação do solo;

6 Pág. 6 de 7 II - Licença de Instalação - LI: autoriza a instalação de empreendimento ou atividade de acordo com as especificações constantes dos planos, programas e projetos aprovados, incluindo as medidas de controle ambiental e demais condicionantes, da qual constituem motivo determinante; e 1º Poderão ser concedidas concomitantemente as licenças prévia e de instalação, na forma que dispuser o COPAM, por meio de Deliberação Normativa. Foi juntada ao processo a publicação em periódico local o requerimento da Licença Prévia concomitante com Licença de Instalação (LI+LI), conforme determina a Deliberação Normativa COPAM nº. 13/95 (fl. 83). O local de funcionamento do empreendimento e o tipo de atividade desenvolvida estão em conformidade com as leis e regulamentos municipais, segundo Declaração emitida pela Prefeitura Municipal do município de Piedade do Rio Grande - MG (fl. 09). De acordo com o item 6, reitera-se que o empreendimento encontra-se em perímetro urbano, não havendo se falar então em regularização de reserva legal. O empreendimento apresentou, quando do pedido da Licença Prévia mais Licença de Instalação, o Relatório de Controle Ambiental RCA e o Plano de Controle Ambiental - PCA, onde pôde-se verificar os principais impactos ambientais, sejam eles efetivos ou potenciais, decorrentes do empreendimento. Neste sentido, o item 7 do presente parecer, demonstra que ambos os estudos apresentados pelo empreendimento, abordam os impactos acima referidos e, ato contínuo, apresentam formas de atendimento à legislação ambiental de maneira satisfatória. Por fim, nos termos do item 9 deste parecer, destaca-se que restam dispensadas quaisquer compensações, tendo em vista inexistência de supressão de vegetação nativa em qualquer de seus estados. Conforme Deliberação Normativa nº. 17, de 17/12/96, a validade da Licença de Operação deverá ser de 02 (dois) anos. DE ACORDO COM PREVISÃO DO DECRETO ESTADUAL Nº /2008, EM SEU ANEXO I, CÓDIDO 124, CONFIGURA INFRAÇÃO ADMINISTRATIVA GRAVÍSSIMA DEIXAR DE COMUNICAR A OCORRÊNCIA DE ACIDENTES COM DANOS AMBIENTAIS ÀS AUTORIDADES AMBIENTAIS COMPETENTES. NÚCLEO DE EMERGENCIA AMBIENTAL NEA - CONTATO NEA: (31) Conclusão A equipe interdisciplinar da Supram Sul de Minas sugere o deferimento desta Licença Ambiental na fase de Licença Prévia concomitante com Licença de Instalação (LP+LI), para o empreendimento Marluvas Calçados de Segurança Ltda., para a atividade de Fabricação de Calçados em Geral, no município de Piedade do Rio Grande, MG, pelo prazo de 2 (dois) anos, vinculada ao cumprimento das condicionantes e programas propostos no anexo I. As orientações descritas em estudos, e as recomendações técnicas e jurídicas descritas neste parecer, devem ser apreciadas pela Unidade Regional Colegiada do COPAM Sul de Minas. Cabe esclarecer que a Superintendência Regional de Regularização Ambiental do Sul de Minas, não possui responsabilidade técnica e jurídica sobre os estudos ambientais apresentados

7 Pág. 7 de 7 nesta licença, sendo a elaboração, instalação e operação, assim como a comprovação quanto a eficiência destes de inteira responsabilidade da(s) empresa(s) responsável(is) e/ou seu(s) responsável(is) técnico(s). Ressalta-se que a Licença Ambiental em apreço não dispensa nem substitui a obtenção, pelo requerente, de outras licenças legalmente exigíveis. Opina-se que a observação acima conste do certificado de licenciamento a ser emitido. ANEXO I Condicionantes para Licença Prévia concomitante com Licença de Instalação (LP+LI) da Marluvas Calçados de Segurança Ltda. Empreendedor: Marluvas Calçados de Segurança Ltda. Empreendimento: Marluvas Calçados de Segurança Ltda CNPJ: / Municípios: Piedade do Rio Grande Atividade(s): Fabricação de Calçados em Geral Código(s) DN 74/04: C Processo: 25171/2011/004/2014 Validade: 02 anos Item Descrição da Condicionante Prazo* 01 Apresentar cópia do protocolo do Projeto de Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico PCIP, junto ao Corpo de Bombeiros. Na formalização da LO * Salvo especificações, os prazos são contados a partir da data de publicação da Licença na Imprensa Oficial do Estado.

Licença de Operação Corretiva. INTEGRAL ZONA DE AMORTECIMENTO USO SUSTENTÁVEL X NÃO BACIA FEDERAL: Rio Paraná BACIA ESTADUAL: Rio Grande UPGRH: GD4

Licença de Operação Corretiva. INTEGRAL ZONA DE AMORTECIMENTO USO SUSTENTÁVEL X NÃO BACIA FEDERAL: Rio Paraná BACIA ESTADUAL: Rio Grande UPGRH: GD4 Pág. 1 de 8 ANEXO DE INCLUSÃO DE CONDICIONANTES NO PARECER ÚNICO Nº 1771652/2013 (SIAM), APROVADO NA 104ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA URC DO COPAM SUL DE MINAS, REALIZADA EM 30 DE SETEMBRO DE 2013 INDEXADO AO

Leia mais

Unidade de Conservação: Não está localizado no interior ou na zona de amortecimento de Unidade de Conservação

Unidade de Conservação: Não está localizado no interior ou na zona de amortecimento de Unidade de Conservação PARECER ÚNICO PROTOCOLO Nº 499360/2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 11882/2005/001/2009 LOC DEFERIMENTO Outorga Nº - Concessionária local APEF Nº - Não se aplica Reserva legal

Leia mais

Unidade de Conservação: Refúgio Estadual de Vida Silvestre da Serra de São José

Unidade de Conservação: Refúgio Estadual de Vida Silvestre da Serra de São José PARECER ÚNICO SUPRAM-SM PROTOCOLO Nº 493240/2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 03279/2008/001/2009 LOC DEFERIMENTO Processo de Cadastro 010843/2009 APEF Nº - Não se aplica Reserva

Leia mais

Atividades objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe

Atividades objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe PARECER ÚNICO SUPRAM TM/AP PROTOCOLO Nº 081530/2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 02532/2004/002/2009 LI AMPLIAÇÃO DEFERIMENTO Outorga Portaria Nº 570/2008 Poço tubular Deferida

Leia mais

PARECER ÚNICO SUPRAM CM Nº. 221/2011 PROTOCOLO Nº. 0325288/2011 Indexado ao(s) Processo(s)

PARECER ÚNICO SUPRAM CM Nº. 221/2011 PROTOCOLO Nº. 0325288/2011 Indexado ao(s) Processo(s) PARECER ÚNICO Nº. 221/2011 PROTOCOLO Nº. 0325288/2011 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº. 23811/2010/001/2011 Licença de DEFERIMENTO Outorga Nº. (Não Aplicável) - - AIA Nº. (Não Aplicável)

Leia mais

Atividades objeto do licenciamento Código DN 74/04 Descrição Classe C-10-02-2 Usina de produção de concreto asfáltico 5

Atividades objeto do licenciamento Código DN 74/04 Descrição Classe C-10-02-2 Usina de produção de concreto asfáltico 5 PARECER ÚNICO Nº. 186/2011 PROTOCOLO Nº. 0256857/2011 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº. 00106/1999/004/2010 LOC DEFERIMENTO Outorga: Portaria IGAM Nº. 01318/2009 - - AIA: (Não aplica)

Leia mais

PARECER ÚNICO Nº 28/2014 Protocolo SIAM nº 0131334/2014 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação Corretiva LOC

PARECER ÚNICO Nº 28/2014 Protocolo SIAM nº 0131334/2014 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação Corretiva LOC Pág. 1 de 16 PARECER ÚNICO Nº 28/2014 Protocolo SIAM nº 0131334/2014 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 12991/2013/001/2013 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO:

Leia mais

PARECER ÚNICO SUPRAM CM Nº 265/2009 PROTOCOLO Nº 478389 /2009

PARECER ÚNICO SUPRAM CM Nº 265/2009 PROTOCOLO Nº 478389 /2009 PARECER ÚNICO CM Nº 265/2009 PROTOCOLO Nº 478389 /2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 9223/2007/002/2009 LO DEFERIMENTO Outorga Nº: (Não Aplicável) APEF Nº: (Não Aplicável) Reserva

Leia mais

Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 00071/2003/004/2007 LO Deferimento

Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 00071/2003/004/2007 LO Deferimento PARECER ÚNICO nº 360/2010 PROTOCOLO SIAM Nº xxxx/2010 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 00071/2003/004/2007 LO Deferimento Empresa: White Martins Gases Industriais Ltda. CNPJ: 35.820.448/0001-38

Leia mais

Referência: Licença Prévia concomitante com Licença de Instalação. Atividade objeto do licenciamento Código DN 74/04 Descrição Classe

Referência: Licença Prévia concomitante com Licença de Instalação. Atividade objeto do licenciamento Código DN 74/04 Descrição Classe PARECER ÚNICO Nº. 452/2010 PROTOCOLO Nº. 768035/2010 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº. 15665/2010/001/2010 LP+LI DEFERIMENTO Outorga Nº. (Não Aplicável) - - AIA Nº. (Não Aplicável)

Leia mais

PARECER ÚNICO nº 140/2011 PROTOCOLO Nº 0170634/2011 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 16832/2008/001/2010 LOC Deferimento

PARECER ÚNICO nº 140/2011 PROTOCOLO Nº 0170634/2011 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 16832/2008/001/2010 LOC Deferimento PARECER ÚNICO nº 140/2011 PROTOCOLO Nº 0170634/2011 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº LOC Deferimento Empreendimento: SAWAE TECNOLOGIA LTDA CNPJ: 71.256.283/0001-85 Município: Nova

Leia mais

PARECER ÚNICO Nº 1126525/2013 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO:

PARECER ÚNICO Nº 1126525/2013 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Pág. 1 de 16 PARECER ÚNICO Nº INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 16697/2005/003/2013 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO: Licença de Operação Corretiva LOC VALIDADE

Leia mais

DEFERIMENTO Portarias de Outorgas: - APEF Nº: - Reserva legal Nº: - Empreendimento: Carvalho & Veldhuizen Tratamento de Resíduos Ltda

DEFERIMENTO Portarias de Outorgas: - APEF Nº: - Reserva legal Nº: - Empreendimento: Carvalho & Veldhuizen Tratamento de Resíduos Ltda PARECER ÚNICO SUPRAM-ASF PROTOCOLO N º 820379/2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 07622/2007/002/2008 LO DEFERIMENTO Portarias de Outorgas: - APEF Nº: - Reserva legal Nº: - Empreendimento:

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Procedimento COPAM nº 01786/2003/009/2014 (nºantigo) nº 32370/2014/005/2015 (nºnovo) Licença de Operação Construção do Terminal de Passageiros 3- TPS 3 do Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Aeroporto

Leia mais

Referência: Licença de Operação (Transporte de Resíduos Perigosos)

Referência: Licença de Operação (Transporte de Resíduos Perigosos) PARECER ÚNICO CM nº 313/2009 PROTOCOLO SIAM Nº 597630/2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 11530/2006/001/2007 LO DEFERIMENTO Outorga Nº: (Não Aplicável) XXX XXX APEF Nº: (Não Aplicável)

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL DA ZONA DA MATA. Adendo ao PARECER ÚNICO 0493331/2014

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL DA ZONA DA MATA. Adendo ao PARECER ÚNICO 0493331/2014 Folha: 1/13 PARECER ÚNICO SUPRAM ZM N ADENDO AO PARECER ÚNICO SUPRAM-ZM Nº 0493331/2014 Indexado ao(s) Processo(s): Licenciamento Nº: 15411/2009/001/2013 FASE DO LICENCIAMENTO: Licença de Operação Corretiva

Leia mais

Município: Contagem/MG

Município: Contagem/MG PARECER ÚNICO SUPRAM CM N.º 108/2010 PROTOCOLO Nº 181518/2010 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 18910/2008/001/2009 LIC DEFERIMENTO Empreendedor: Hidrauman Indústria e Comércio Ltda.

Leia mais

ANEXO VIII DIRETRIZES PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL

ANEXO VIII DIRETRIZES PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL ANEXO VIII DIRETRIZES PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL PÁGINA 1 DE 6 I INTRODUÇÃO Os trabalhos e análises destinados à preparação dos documentos antecedentes e indispensáveis à abertura do processo licitatório

Leia mais

Referência: Licença de Operação (Transporte de Resíduos) Atividade objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe

Referência: Licença de Operação (Transporte de Resíduos) Atividade objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe PARECER ÚNICO nº 149/2008 PROTOCOLO Nº 503221 / 2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 09368/2007/001/2007 LO DEFERIMENTO Outorga Nº: (Não Aplicável) xxx xxx APEF Nº: (Não Aplicável)

Leia mais

PARECER ÚNICO Nº 009/2015 Protocolo SIAM nº 0477043/2015 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Revalidação da Licença de Operação REVLO

PARECER ÚNICO Nº 009/2015 Protocolo SIAM nº 0477043/2015 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Revalidação da Licença de Operação REVLO Pág. 1 de 12 PARECER ÚNICO Nº 009/2015 Protocolo SIAM nº INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 06850/2007/004/2014 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO: Revalidação

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 008 Licenciamento Ambiental de Condomínios Residenciais Horizontais e Verticais e Atividade de Hotelaria

INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 008 Licenciamento Ambiental de Condomínios Residenciais Horizontais e Verticais e Atividade de Hotelaria INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Nº 008 Licenciamento Ambiental de Condomínios Residenciais Horizontais e Verticais e Atividade de Hotelaria Disciplina o processo de licenciamento ambiental de condomínios residenciais

Leia mais

Atividades objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe G-03-07-7 Tratamento Químico para Preservação da Madeira (6.

Atividades objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe G-03-07-7 Tratamento Químico para Preservação da Madeira (6. PARECER ÚNICO PROTOCOLO Nº 1651772/2013 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 05536/2012/002/2013 LO DEFERIMENTO Portaria n 3532/2012 Poço Tubular - Processo Cadastro nº 005403/2012 Cisterna

Leia mais

PARECER ÚNICO Nº 101/2015 PROTOCOLO SIAM nº 0812387/2015 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação Corretiva LOC

PARECER ÚNICO Nº 101/2015 PROTOCOLO SIAM nº 0812387/2015 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação Corretiva LOC Pág. 1 de 16 PARECER ÚNICO Nº 101/2015 PROTOCOLO SIAM nº 0812387/2015 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 13400/2013/001/2014 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO:

Leia mais

PARECER ÚNICO Nº 195/2013 (Doc SIAM 1426589/2013) INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação - LO

PARECER ÚNICO Nº 195/2013 (Doc SIAM 1426589/2013) INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação - LO Pág. 1 de 9 PARECER ÚNICO Nº 195/2013 (Doc SIAM ) INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 13993/2012/001/2012 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO: Licença de Operação

Leia mais

Atividades objeto do licenciamento Código DN 74/04 Descrição Classe

Atividades objeto do licenciamento Código DN 74/04 Descrição Classe PARECER ÚNICO Nº. 155/2010 PROTOCOLO Nº. 402109/2010 Indexado ao(s) processo(s) Licenciamento Ambiental Nº. 00008/1996/005/2010 (LP+LI) DEFERIMENTO Portaria Nº. 658/2005 Outorga: Processo Nº. 233/2005/Revalidação

Leia mais

Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Serviços de Lavagem, Lubrificação e Troca de Óleo de Veículos - Licença de Instalação (LI) -

Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Serviços de Lavagem, Lubrificação e Troca de Óleo de Veículos - Licença de Instalação (LI) - Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Serviços de Lavagem, Lubrificação e Troca de

Leia mais

PARECER ÚNICO Nº 198/2013 (SIAM) INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação Corretiva LOC

PARECER ÚNICO Nº 198/2013 (SIAM) INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação Corretiva LOC Pág. 1 de 17 PARECER ÚNICO Nº 198/2013 (SIAM) INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 21751/2005/001/2012 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO: Licença de Operação

Leia mais

JOSÉ EUSTÁQUIO DE TOLEDO

JOSÉ EUSTÁQUIO DE TOLEDO JOSÉ EUSTÁQUIO DE TOLEDO 1 Legislação Pertinente Lei Federal n 6.938/81 Estabelece o licenciamento ambiental como um instrumento da PNMA Resolução CONAMA Nº 01/86 Lista os empreendimentos que dependerão

Leia mais

PARECER ÚNICO Nº 044 / 2010 PROTOCOLO Nº 067016/2010 Indexado ao(s) Processo(s) Processo de Licenciamento Ambiental Nº:

PARECER ÚNICO Nº 044 / 2010 PROTOCOLO Nº 067016/2010 Indexado ao(s) Processo(s) Processo de Licenciamento Ambiental Nº: PARECER ÚNICO Nº 044 / 2010 PROTOCOLO Nº 067016/2010 Indexado ao(s) Processo(s) Processo de Licenciamento Ambiental Nº: LO Licença de Operação Ampliação DEFERIMENTO Validade: 4 anos Empreendimento: ROTCEL

Leia mais

PARECER ÚNICO SUPRAM - CM Nº 023/2012 PROTOCOLO Nº 192358/2012

PARECER ÚNICO SUPRAM - CM Nº 023/2012 PROTOCOLO Nº 192358/2012 PARECER ÚNICO Nº 023/2012 PROTOCOLO Nº 192358/2012 Processo Administrativo COPAM nº LO Licença de 00257/2000/007/2011 Operação OUTORGA: Certidão de Registro de Uso Insignificante de Água nº 016156/2009.

Leia mais

Lei n. 3.245, de 17 de junho de 2014.

Lei n. 3.245, de 17 de junho de 2014. Dispõe sobre o Licenciamento Ambiental no Município de Serafina Corrêa e sobre a regulamentação das Taxas de Licenciamento Ambiental e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE SERAFINA CORREA, seguinte

Leia mais

Atividades objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe Preparação do leite e fabricação de produtos de laticínios

Atividades objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe Preparação do leite e fabricação de produtos de laticínios PARECER ÚNICO PROTOCOLO Nº 679002/2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental nº 00290/2000/002/2009 Revalidação de LO Deferimento Processo de Outorga nº 04407/2009 Deferida Empreendimento:

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA AGRICULTURA, DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E MEIO AMBIENTE

SECRETARIA MUNICIPAL DA AGRICULTURA, DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E MEIO AMBIENTE SECRETARIA MUNICIPAL DA AGRICULTURA, DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E MEIO AMBIENTE LICENÇA OPERAÇÃO/REGULARIZAÇÃO LO - Nº 14/2015 DEMA A Secretaria Municipal da Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Meio

Leia mais

PARECER ÚNICO PROTOCOLO Nº 101755/2010 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº. 00577/2009/001/2009 LP+LI INDEFERIMENTO

PARECER ÚNICO PROTOCOLO Nº 101755/2010 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº. 00577/2009/001/2009 LP+LI INDEFERIMENTO PARECER ÚNICO PROTOCOLO Nº 101755/2010 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº. 00577/2009/001/2009 LP+LI INDEFERIMENTO Empreendimento: FUNERÁRIA SÃO DOMINGOS CNPJ: 05.111.337/0001-90 Município:

Leia mais

PARECER TÉCNICO n 005/2015

PARECER TÉCNICO n 005/2015 PARECER TÉCNICO n 005/2015 Processo: 122/2015 Requerente: Mineração Mercedes Ltda. CNPJ: 05.830.499/0001-88 Atividade: Lavra a céu aberto com ou sem tratamento rochas ornamentais e de revestimento (exceto

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA AGRICULTURA, DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E MEIO AMBIENTE

SECRETARIA MUNICIPAL DA AGRICULTURA, DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E MEIO AMBIENTE Página 1 de 5 SECRETARIA MUNICIPAL DA AGRICULTURA, DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E MEIO AMBIENTE A Secretaria Municipal da Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, através do Departamento de

Leia mais

Referência: Licença de Operação (Transporte de Resíduos) Atividade objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição

Referência: Licença de Operação (Transporte de Resíduos) Atividade objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição PARECER ÚNICO nº 169/2008 PROTOCOLO Nº 527425 / 2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 06147/2006/001/2008 LO DEFERIMENTO Outorga Nº: (Não Aplicável) xxx xxx APEF Nº: (Não Aplicável)

Leia mais

RESOLUÇÃO CONAMA nº 334, de 3 de abril de 2003 Publicada no DOU n o 94, de 19 de maio de 2003, Seção 1, páginas 79-80

RESOLUÇÃO CONAMA nº 334, de 3 de abril de 2003 Publicada no DOU n o 94, de 19 de maio de 2003, Seção 1, páginas 79-80 RESOLUÇÃO CONAMA nº 334, de 3 de abril de 2003 Publicada no DOU n o 94, de 19 de maio de 2003, Seção 1, páginas 79-80 Dispõe sobre os procedimentos de licenciamento ambiental de estabelecimentos destinados

Leia mais

CARTILHA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL

CARTILHA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL CARTILHA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL Realização PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE DEPARTAMENTO DE AÇÕES E RECURSOS AMBIENTAIS Bauru, maio 2007. SUMÁRIO 01 - OBJETIVO 02 O QUE É O

Leia mais

ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Este documento. Requerimento padrão do empreendedor ou representante legal. Cadastro Descritivo da Atividade - Geral devidamente

Leia mais

I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA PRÉVIA e/ou INSTALAÇÃO LAVA-JATO E SIMILARES

I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA PRÉVIA e/ou INSTALAÇÃO LAVA-JATO E SIMILARES I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA PRÉVIA e/ou INSTALAÇÃO LAVA-JATO E SIMILARES ( ) Este documento Requerimento padrão do empreendedor ou representante legal; deve ser preenchido e assinado

Leia mais

Unidade de Conservação: não está na Zona de Amortecimento do Parque Municipal São Francisco de Assis.

Unidade de Conservação: não está na Zona de Amortecimento do Parque Municipal São Francisco de Assis. PARECER ÚNICO SUPRAM SM PROTOCOLO Nº 283073/2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 00263/1999/002/2009 RVLO INDEFERIMENTO Processo de Outorga Nº - Não possui Cap. Sub APEF Nº - não

Leia mais

Município: CONTAGEM / MG. Referência: LICENÇA DE OPERAÇÃO (Corretiva) LOc. Sub Bacia: Rio da Velhas

Município: CONTAGEM / MG. Referência: LICENÇA DE OPERAÇÃO (Corretiva) LOc. Sub Bacia: Rio da Velhas PARECER ÚNICO CM nº 079/2009 PROTOCOLO SIAM nº /2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 01677/2003/007/2007 LOc DEFERIDA Outorga Nº: (Não Aplicável) XXX XXX APEF Nº: (Não Aplicável)

Leia mais

PARECER ÚNICO nº 409/2009 PROTOCOLO SIAM Nº 713663/2009

PARECER ÚNICO nº 409/2009 PROTOCOLO SIAM Nº 713663/2009 PARECER ÚNICO nº 409/2009 PROTOCOLO SIAM Nº 713663/2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental: Nº 00035/1989/007/2005 Revalidação de LO Concedida Empresa: VALE (MBR) CNPJ: 33 417 445/0030-65

Leia mais

Licença de Operação - LO PROCESSOS VINCULADOS CONCLUÍDOS: PA COPAM: SITUAÇÃO: - - -

Licença de Operação - LO PROCESSOS VINCULADOS CONCLUÍDOS: PA COPAM: SITUAÇÃO: - - - Pág. 1 de 10 PARECER ÚNICO Nº (Doc SIAM 0717142/2014) INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 09163/2005/001/2013 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO: Licença de Operação

Leia mais

RESUMO DA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL

RESUMO DA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA DE ALIMENTOS CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS RESUMO DA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL Danilo José P. da Silva Série Sistema de Gestão Ambiental Viçosa-MG/Janeiro/2011

Leia mais

Código DN 74/04 Descrição Classe G-02-04-6 Suinocultura Ciclo Completo 3. Formulação de rações balanceadas e de alimentos preparados para animais.

Código DN 74/04 Descrição Classe G-02-04-6 Suinocultura Ciclo Completo 3. Formulação de rações balanceadas e de alimentos preparados para animais. GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Conselho Estadual de Política Ambiental COPAM Unidade Regional Colegiada Sul de Minas VOTO REPRESENTANTE

Leia mais

DECRETO Nº 47.400, DE 04 DE DEZEMBRO DE 2002 (*) GERALDO ALCKMIN, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, e

DECRETO Nº 47.400, DE 04 DE DEZEMBRO DE 2002 (*) GERALDO ALCKMIN, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, e ALTERADA PELO DECRETO SP N 48.919/2004 DECRETO Nº 47.400, DE 04 DE DEZEMBRO DE 2002 (*) Regulamenta dispositivos da Lei Estadual nº 9.509, de 20 de março de 1997, referentes ao licenciamento ambiental,

Leia mais

PARECER ÚNICO Nº 334/2013 (SIAM) INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação Corretiva LOC VALIDADE DA LICENÇA: 6 anos

PARECER ÚNICO Nº 334/2013 (SIAM) INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação Corretiva LOC VALIDADE DA LICENÇA: 6 anos Pág. 1 de 13 PARECER ÚNICO Nº 334/2013 (SIAM) INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 08728/2010/001/2013 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO: Licença de Operação

Leia mais

Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo

Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE SISTEMAS DE DISPOSIÇÃO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS Eng. Cristiano Kenji Iwai Eng.ª Solange Takahashi Diretoria de Controle

Leia mais

Direito Ambiental para Não Advogados VIEX Americas Bastidores do Licenciamento Ambiental Simone Paschoal Nogueira

Direito Ambiental para Não Advogados VIEX Americas Bastidores do Licenciamento Ambiental Simone Paschoal Nogueira Direito Ambiental para Não Advogados VIEX Americas Bastidores do Licenciamento Ambiental Simone Paschoal Nogueira São Paulo, 25 de fevereiro de 2016 Conceitos Principais Licenciamento ambiental Procedimento

Leia mais

À UNIDADE REGIONAL COLEGIADA RIO DAS VELHAS DO CONSELHO DE POLÍTICA AMBIENTAL DE MINAS GERAIS URC COPAM RIO DAS VELHAS

À UNIDADE REGIONAL COLEGIADA RIO DAS VELHAS DO CONSELHO DE POLÍTICA AMBIENTAL DE MINAS GERAIS URC COPAM RIO DAS VELHAS À UNIDADE REGIONAL COLEGIADA RIO DAS VELHAS DO CONSELHO DE POLÍTICA AMBIENTAL DE MINAS GERAIS URC COPAM RIO DAS VELHAS Processo Administrativo COPAM n.º: 00095/1998/010/2012 DNPM 930.787/1998 Empreendimento:

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente SISTEMA DE INFORMAÇÃO E DIAGNÓSTICO É expressamente proibido qualquer tipo de intervenção em Área de Preservação Permanente. Deverá ser observada rigorosamente a formatação deste formulário, não sendo

Leia mais

Licenciam e nto Am b ientalde Sistem a de Disposição Final de R e síduos Sólidos Urbanos e da Construção Civilno Estado do Rio Grande do Norte

Licenciam e nto Am b ientalde Sistem a de Disposição Final de R e síduos Sólidos Urbanos e da Construção Civilno Estado do Rio Grande do Norte Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte Licenciam e nto Am b ientalde Sistem a de Disposição Final de R e síduos Sólidos Urbanos e da Construção Civilno Estado do

Leia mais

PARECER ÚNICO SUPRAM CM Nº 562/2011. PROTOCOLO SIAM Nº 0910303/2011. Indexado ao(s) Processo(s)

PARECER ÚNICO SUPRAM CM Nº 562/2011. PROTOCOLO SIAM Nº 0910303/2011. Indexado ao(s) Processo(s) PARECER ÚNICO Nº 562/2011. PROTOCOLO SIAM Nº 0910303/2011. Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº: 0048/1979/008/2011 Tipo: Licença Prévia e de Instalação - LP+LI Outorga Nº Não se aplica.

Leia mais

NOVO SISTEMA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DECRETO Nº 42.159, DE 2.12.2009.

NOVO SISTEMA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DECRETO Nº 42.159, DE 2.12.2009. NOVO SISTEMA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DECRETO Nº 42.159, DE 2.12.2009. INSTRUMENTOS LEGAIS AUTORIZAÇÕES AMBIENTAIS CERTIDÕES AMBIENTAIS LICENÇAS AMBIENTAIS AUTORIZAÇÕES AMBIENTAIS

Leia mais

Validade até 23/07/2015

Validade até 23/07/2015 Pág. 1 de 23 PARECER ÚNICO Nº 225/2014 Protocolo SIAM nº 1234004/2014 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 00 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO: Licença de Operação

Leia mais

RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Este documento;

RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Este documento; RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Este documento; Requerimento padrão do empreendedor ou representante legal; Cadastro Descritivo da Atividade ; Cópia da Outorga de Lavra do DNPM,

Leia mais

PORTARIA CVS Nº 02, de 11/01/2010

PORTARIA CVS Nº 02, de 11/01/2010 PORTARIA CVS Nº 02, de 11/01/2010 Dispõe sobre Regulamento Técnico que estabelece requisitos sanitários para estabelecimentos destinados a eventos esportivos. A Diretora Técnica do Centro de Vigilância

Leia mais

Instrução Normativa nº 017, de 23 de outubro de 2014.

Instrução Normativa nº 017, de 23 de outubro de 2014. Instrução Normativa nº 017, de 23 de outubro de 2014. O diretor-presidente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo - IDAF, usando das atribuições que lhe confere o artigo 48 do

Leia mais

Estabelece diretrizes e procedimentos para aplicação da compensação ambiental de empreendimentos considerados de significativo impacto ambiental.

Estabelece diretrizes e procedimentos para aplicação da compensação ambiental de empreendimentos considerados de significativo impacto ambiental. SEMMA INSTRUÇÃO NORMATIVA N 004 DE 18 DE MARÇO DE 2013 Estabelece diretrizes e procedimentos para aplicação da compensação ambiental de empreendimentos considerados de significativo impacto ambiental.

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE INDÚSTRIAS

LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE INDÚSTRIAS LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE INDÚSTRIAS 5 dicas essenciais sobre o licenciamento ambiental de indústrias Copyright Ecovalor Consultoria e Assessoria em Sustentabilidade Ltda, 2014. Todos os direitos reservados.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA PARCELAMENTO DE SOLO: CODRAM 3414,40; CODRAM 3414,50; CODRAM 3414,60; CODRAM 3414,70; CODRAM 3415,10

TERMO DE REFERÊNCIA PARA PARCELAMENTO DE SOLO: CODRAM 3414,40; CODRAM 3414,50; CODRAM 3414,60; CODRAM 3414,70; CODRAM 3415,10 TERMO DE REFERÊNCIA PARA PARCELAMENTO DE SOLO: CODRAM 3414,40; CODRAM 3414,50; CODRAM 3414,60; CODRAM 3414,70; CODRAM 3415,10 O processo administrativo para aprovação e licenciamento de parcelamentos de

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente SISTEMA DE INFORMAÇÃO E DIAGNÓSTICO É expressamente proibido qualquer tipo de intervenção em Área de Preservação Permanente. Deverá ser observada rigorosamente a formatação deste formulário, não sendo

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL NA INDÚSTRIA

LICENCIAMENTO AMBIENTAL NA INDÚSTRIA LICENCIAMENTO AMBIENTAL NA INDÚSTRIA Renato das Chagas e Silva Engenheiro Químico Departamento de Controle FEPAM LEI FEDERAL 6938/81 DECRETO FEDERAL 99274/90 BASE PARA GESTÃO AMBIENTAL obrigatoriedade

Leia mais

PROCEDIMENTOS E CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE DEPÓSITOS DE EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICOS

PROCEDIMENTOS E CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE DEPÓSITOS DE EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICOS PROCEDIMENTOS E CRITÉRIOS TÉCNICOS PARA O LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE DEPÓSITOS DE EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICOS Serviço Agro-Silvo-Pastoril SEASP/DECONT OUTUBRO/2003 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 1.1 Objetivo

Leia mais

Curso E-Learning Licenciamento Ambiental

Curso E-Learning Licenciamento Ambiental Curso E-Learning Licenciamento Ambiental Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa do autor. Objetivos do Curso

Leia mais

PARECER ÚNICO nº 160/2008 PROTOCOLO Nº 2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº: 0103/1999/0002/2008 Licença de Operação

PARECER ÚNICO nº 160/2008 PROTOCOLO Nº 2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº: 0103/1999/0002/2008 Licença de Operação PARECER ÚNICO nº 160/2008 PROTOCOLO Nº 2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº: 0103/1999/0002/2008 Licença de Operação Deferimento Validade 4 anos Corretiva Outorga Nº : Não se Aplica

Leia mais

Formulário para Licenciamento Ambiental de Extração Mineral. Responsável pela leitura no GPS Nome: Profissão: Telefone: ( )

Formulário para Licenciamento Ambiental de Extração Mineral. Responsável pela leitura no GPS Nome: Profissão: Telefone: ( ) 1. IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDEDOR NOME / RAZÃO SOCIAL CPF/ CNPJ End. n Bairro CEP Município Telefone ( ) 2. IDENTIFICAÇÃO DA ATIVIDADE/ EMPREENDIMENTO Atividade Endereço Logradouro (Rua, Av,Linha, Picada,

Leia mais

RESOLUÇÃO CONAMA N. 312, DE 10/10/2002

RESOLUÇÃO CONAMA N. 312, DE 10/10/2002 RESOLUÇÃO CONAMA N. 312, DE 10/10/2002 O CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA, tendo em vista as competências que lhe foram conferidas pela Lei n. 6.938, de 31 de agosto de 1981, regulamentada pelo

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. DADOS DO EMPREENDEDOR:

1. INTRODUÇÃO 2. DADOS DO EMPREENDEDOR: TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL E PLANO DE CONTROLE AMBIENTAL PARA PARQUES DE GERAÇÃO DE ENERGIAS ALTERNATIVA (SOLAR, EÓLICA E OUTRAS) 1. INTRODUÇÃO Este Termo de

Leia mais

Documento sujeito a revisões periódicas Natal RN CEP 59056-450 Tel: (84) 3232-2102 / 3232-1975 / 3232-2118

Documento sujeito a revisões periódicas Natal RN CEP 59056-450 Tel: (84) 3232-2102 / 3232-1975 / 3232-2118 Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Postos (Revendedores e de Abastecimento) e Sistemas

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL MUNICIPAL MINEIROS - GO

LICENCIAMENTO AMBIENTAL MUNICIPAL MINEIROS - GO LICENCIAMENTO AMBIENTAL MUNICIPAL MINEIROS - GO 1. Qual a importância do Licenciamento Ambiental? É o instrumento básico da Política Municipal de Gestão e Saneamento Ambiental e tem por objetivo a prévia

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

LICENCIAMENTO AMBIENTAL LO N : 0003/2015 A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, criada pela Lei Municipal n 368 de 20/05/77, no uso das atribuições que lhe confere a Lei n 6.938, de 31/08/81, que dispõe sobre

Leia mais

Documento sujeito a revisões periódicas Natal RN CEP 59056-450 Tel: (84) 3232-2102 / 3232-1975 / 3232-2118

Documento sujeito a revisões periódicas Natal RN CEP 59056-450 Tel: (84) 3232-2102 / 3232-1975 / 3232-2118 Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Bases de Apoio a Empresas Transportadoras de Cargas e Resíduos

Leia mais

Informações para Licenciamento Ambiental Municipal de DEPÓSITO DE GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO (GLP) CLASSES I E II (CODRAM 4.750,10 Depósito de GLP)

Informações para Licenciamento Ambiental Municipal de DEPÓSITO DE GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO (GLP) CLASSES I E II (CODRAM 4.750,10 Depósito de GLP) DEPÓSITO DE GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO (GLP) CLASSES I E II (CODRAM 4.750,10 Depósito de GLP) 1 - IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDEDOR Nome ou Razão Social: CNPJ: CPF: CGC/TE: Endereço (Rua/Av.) : nº: Bairro:

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - ETE

LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - ETE III CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA OPERADORES DE ETE PROGRAMA SANEAMENTO BÁSICO: MAIS SAÚDE PARA TODOS LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - ETE Divisão de Saneamento Rural DTN / SPAT

Leia mais

PARECER ÚNICO Nº 30/2012 PROTOCOLO Nº 0114511/2012

PARECER ÚNICO Nº 30/2012 PROTOCOLO Nº 0114511/2012 PARECER ÚNICO Nº 30/2012 PROTOCOLO Nº 0114511/2012 Licenciamento Ambiental Nº 00022/1980/056/2011 Licença de Operação Deferido Outorga Nº Não se aplica - - APEF Nº Não se aplica - - Reserva legal Nº Não

Leia mais

Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS

Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROJETO BÁSICO GESER Nº 04/07 FISCALIZAÇÃO DA OBRA DE IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO 1. OBJETO Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de fiscalização

Leia mais

Atividades objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe

Atividades objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe PARECER ÚNICO SM PROTOCOLO Nº 442995/2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 17703/2008/001/2009 Licença Prévia concomitante DEFERIMENTO com Licença de Instalação Processo Outorga: 02359/2009

Leia mais

óleos hidráulicos residuais e óleos de processo de corte residuais, procedentes de máquinas industriais;

óleos hidráulicos residuais e óleos de processo de corte residuais, procedentes de máquinas industriais; PARECER ÚNICO Nº 341/2012 PROTOCOLO Nº 0910490/2012 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 17239/2005/002/201 2 REVLO DEFERIMENTO Outorga Nº: (Não Aplicável) XXX XXX APEF Nº: (Não Aplicável)

Leia mais

AMBIENTAL LL, LP, LI e LO (TORRES). ( ) Este documento (Devidamente Preenchido)

AMBIENTAL LL, LP, LI e LO (TORRES). ( ) Este documento (Devidamente Preenchido) I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL LL, LP, LI e LO (TORRES). ( ) Este documento (Devidamente Preenchido) ( ) Requerimento padrão do empreendedor ou representante legal;

Leia mais

feam FUNDAÇÃO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE

feam FUNDAÇÃO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE FUNDAÇÃO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE Parecer Técnico GEDAM 054/2007 Processo COPAM: 0099/85/40/2007 Processos DNPM: 830.241/80 Fase DNPM: Título de Lavra PARECER TÉCNICO Empreendedor: RIO PARACATU MINERAÇÃO

Leia mais

EMPREENDIMENTOS HIDRELÉTRICOS INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO E HABILITAÇÃO TÉCNICA COM VISTAS À PARTICIPAÇÃO NOS LEILÕES DE ENERGIA

EMPREENDIMENTOS HIDRELÉTRICOS INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO E HABILITAÇÃO TÉCNICA COM VISTAS À PARTICIPAÇÃO NOS LEILÕES DE ENERGIA EMPREENDIMENTOS HIDRELÉTRICOS INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO E HABILITAÇÃO TÉCNICA COM VISTAS À PARTICIPAÇÃO NOS LEILÕES DE ENERGIA Governo Federal Ministério de Minas e Energia Ministro Silas Rondeau Cavalcante

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PARECER ÚNICO (SUPRAM ZM) Nº: 146219

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PARECER ÚNICO (SUPRAM ZM) Nº: 146219 Indexado ao(s) Processo(s) Nº: 014446/2007/001/2007 Tipo de processo: Licenciamento Ambiental ( X ) Auto de Infração ( ) 1. IDENTIFICAÇÃO Empreendimento (Razão Social) /Empreendedor (nome completo): HIDROSERV

Leia mais

feam FUNDAÇÃO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE

feam FUNDAÇÃO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE FUNDAÇÃO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE Parecer Técnico GEDIN 92/2008 Processo COPAM: 1947/2004/001/2005 PARECER TÉCNICO Empreendedor: EMAM EMULSÕES E TRANSPORTE LTDA. Empreendimento: Fabricação de Emulsões

Leia mais

Considerando que o descarte de embalagens plásticas de óleo lubrificante pós-consumo para o solo ou cursos de água gera graves danos ambientais;

Considerando que o descarte de embalagens plásticas de óleo lubrificante pós-consumo para o solo ou cursos de água gera graves danos ambientais; RESOLUÇÃO N 037/2009 - SEMA Dispõe sobre a coleta, armazenamento e destinação de embalagens plásticas de óleo lubrificante pós-consumo no Estado do Paraná. O Secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos

Leia mais

Atos Administrativos. PREFEITURA DE JACOBINA/BA www.sitiosoficiais.org/ba/prefeitura/jacobina JACOBINA, BAHIA SEGUNDA-FEIRA 28 DE MAIO DE 2012

Atos Administrativos. PREFEITURA DE JACOBINA/BA www.sitiosoficiais.org/ba/prefeitura/jacobina JACOBINA, BAHIA SEGUNDA-FEIRA 28 DE MAIO DE 2012 2 Atos Administrativos 3 Condicionantes Comprar madeira devidamente legalizada, e com Certificação Ambiental; Nas operações de corte de madeira, utilizardispositivo empurrador e guia de alinhamento; Devido

Leia mais

Licenciamento Ambiental e Municipal

Licenciamento Ambiental e Municipal Curso de Treinamento - ABLP Licenciamento Ambiental e Municipal Simone Paschoal Nogueira 14 de outubro de 2008 Sede da ABLP Procedimento pelo qual o órgão ambiental competente permite a localização, instalação,

Leia mais

O licenciamento ambiental de unidades de compostagem no Estado de São Paulo

O licenciamento ambiental de unidades de compostagem no Estado de São Paulo Seminário: Compostagem na Cidade de São Paulo 10 de agosto de 2012 O licenciamento ambiental de unidades de compostagem no Estado de São Paulo Eng. Cristiano Kenji Iwai Divisão de Apoio ao Controle de

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente SISTEMA DE INFORMAÇÃO E DIAGNÓSTICO É expressamente proibido qualquer tipo de intervenção em Área de Preservação Permanente. Deverá ser observada rigorosamente a formatação deste formulário, não sendo

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002/2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002/2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002/2012 DISPÕE SOBRE TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE CONTROLE AMBIENTAL PCA E DÁ OUTRAS PROVIDENCIAS. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE GUARAPARI, Estado

Leia mais

Atividade objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe F-02-01-1 Transporte rodoviário de resíduos perigosos Classe-1 5

Atividade objeto do licenciamento: Código DN 74/04 Descrição Classe F-02-01-1 Transporte rodoviário de resíduos perigosos Classe-1 5 PARECER ÚNICO CM Nº 237/2008 PROTOCOLO Nº 815385/2008 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 02866/2001/004/2008 LO DEFERIMENTO Outorga Nº: (Não Aplicável) XXX XXX APEF Nº: (Não Aplicável)

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) SISTEMA DE COMUNICAÇÃO

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) SISTEMA DE COMUNICAÇÃO ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) SISTEMA DE COMUNICAÇÃO CÓDIGO 30.00 GRUPO/ATIVIDADES SISTEMA DE COMUNICAÇÃO PPD 30.01 Estação de Rádio Base para Telefonia Móvel M 30.02 Estação Repetidora Sistema de Telecomunicações

Leia mais

Oficinas, serviços de reparação e manutenção, e similares com lavagem automotiva

Oficinas, serviços de reparação e manutenção, e similares com lavagem automotiva Oficinas, serviços de reparação e manutenção, e similares com lavagem automotiva 1. Identificação Empresa/Interessado: Endereço para correspondência: Bairro: Município: CEP: CNPJ/CPF: Telefone: Fax: E-mail:

Leia mais

NORMA TÉCNICA GEPRO/ESGOTO 001/2015 DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS HIDROSANITÁRIOS POR TERCEIROS

NORMA TÉCNICA GEPRO/ESGOTO 001/2015 DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS HIDROSANITÁRIOS POR TERCEIROS NORMA TÉCNICA GEPRO/ESGOTO 001/2015 DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS HIDROSANITÁRIOS POR TERCEIROS ÍNDICE 1. OBJETIVOS... 1 2. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 1 3. EMPREENDIMENTOS DE INTERESSE... 2 4.

Leia mais

Diário Oficial Imprensa Nacional

Diário Oficial Imprensa Nacional INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 13, DE 22 DE OUTUBRO DE 2009 Dispõe sobre a documentação para regularização de equipamentos médicos das Classes de Risco I e II. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância

Leia mais

LEI Nº 4.657 DE 15 DE DEZEMBRO DE 2015

LEI Nº 4.657 DE 15 DE DEZEMBRO DE 2015 LEI Nº 4.657 DE 15 DE DEZEMBRO DE 2015 DISPÕE sobre o sistema/procedimento de Licenciamento Ambiental no Município de Não- Me-Toque e dá outras providências... TEODORA BERTA SOUILLJEE LUTKEMEYER, PREFEITA

Leia mais

PARECER ÚNICO Nº20/2014 (SIAM) 0131354/2014 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação Corretiva LOC VALIDADE DA LICENÇA: 6 Anos

PARECER ÚNICO Nº20/2014 (SIAM) 0131354/2014 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licença de Operação Corretiva LOC VALIDADE DA LICENÇA: 6 Anos Pág. 1 de 13 PARECER ÚNICO Nº20/2014 (SIAM) 0131354/2014 INDEXADO AO PROCESSO: PA COPAM: SITUAÇÃO: Licenciamento Ambiental 00253/2009/002/2013 Sugestão pelo Deferimento FASE DO LICENCIAMENTO: Licença de

Leia mais