MPAH Newsletter. In this issue

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MPAH Newsletter. In this issue"

Transcrição

1 MAPUTALAND -PONDOLAND -ALBANY HOTSPOT MPAH Newsletter Issue 2 Spring 2013 It s that time again where the MPAH newsletter brings you the most exciting news stories and developments taking place across the hotspot. For the first time, this season s newsletter features guest writers from different projects giving grantees the opportunity to speak and share in both English and Portuguese! This sharing of information started at our very first MPAH Forum held at Pietermaritzburg where grantees had an opportunity to grow their networks like the web of the Golden Orb-Weaver spider. The newsletter is compiled by the South African National Biodiversity Institute (SANBI) as one of the ways in which knowledge and lessons learned will be disseminated across the MPAH and elsewhere. Anyone may sign up to receive this newsletter or share their stories through submitting written contributions to Kennedy Nemutamvuni (Learning Network Officer, SANBI; We look forward to interacting with you and hope that you enjoy reading! In this issue This season s issue includes: Reminder: CEPF proposals in the MPAH due soon Grantees across the hotspot share lessons at the Forum Maputaland grantees receive basic training on R and QGIS Helping people address environmental challenges in Macassane, Mozambique An introduction to Spatial Biodiversity Planning Skills developed in the Futi corridor Upcoming events Request for information from projects Highlight: Forum discussions 1

2 Reminder: CEPF proposals in the MPAH due soon The Critical Ecosystems Partnership Fund (CEPF) opened a call to Civil Society Organisations to propose projects in the MPAH. This was the fifth call for proposals in the MPAH and is only relevant to Strategic Directions 2 and 3 of the Ecosystem Profile. Please note that proposals for Strategic Direction 1 and 4 will not be accepted at this stage. Applicants are asked to propose projects that will support the achievement of the following outcomes. 1. Strategic Direction 2: Expand conservation areas and improve land use in 19 key biodiversity areas. This involves leveraging funding for current CEPF investments under Strategic Direction 2 of the Ecosystem Profile to maximize the impact of projects catalysed by CEPF. This will include, but is not limited to, investigations into and piloting of applicable economic instruments that will secure long-term and sustainable financing of conservation efforts; using CEPF s investment as co-funding that will unlock investment from other donors, where other donors have committed a minimum of 10% of the total project value; and planning and preparation for large scale investments that have already been secured but that do not have adequate funds for project planning prior to implementation. 2. Strategic Direction 3: Maintain and restore ecosystem function and integrity in the Highland Grasslands and Pondoland corridors specifically to improve implementation of environmental regulations to maintain functional ecosystem corridors, particularly rivers and coastal zones; and/or support community stewardship initiatives that will catalyse sustainable financing from local carbon markets. Applicants should be specific and explicit about the link between the proposed activity and the relevant strategic direction. The maximum size of grants awarded under this call is $50,000 (approximately R ). The closing date for proposals is Monday, 2 September More information about the call for proposals, applications and the requirements is available at 2

3 Grantees across the Hotspot share lessons at the Forum/ Os parceiros do Hotspot compartilham lições no Fórum English version It was an exciting experience when the Maputaland-Pondoland-Albany Hotspot (MPAH) Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF) grantees came together at the first MPAH Forum. The Forum was held in Pietermaritzburg, KwaZulu- Natal from the 8 th - 10 th April It was organized by the South African National Biodiversity Institute (SANBI) in close collaboration with the Wildlands Conservation Trust and funded by the CEPF. Nearly 100 people attended the Forum from the three countries over which the MPAH extends Mozambique, Swaziland and South Africa. Attendees were predominantly representatives of civil society organisations that had received grants from the CEPF to build capacity and strengthen civil society s ability to conserve and better use biodiversity for development. The Forum brought these people together to help build a network of organisations working in Portuguese versão Foi uma experiência emocionante quando os beneficiarios do Maputaland-Pondoland-Albany Hotspot (MPAH) Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF) se reuniram no primeiro Fórum MPAH. O Fórum foi realizado em Pietermaritzburg, KwaZulu-Natal a partir do abril de O evento foi organizado pelo Instituto da Biodiversidade Nacional Sul-Africano (SANBI), em estreita colaboração com o Wildlands Conservation Trust e financiado pelo CEPF. Cerca de 100 pessoas participaram no Fórum a partir dos três países sobre os quais o MPAH estende - Moçambique, Suazilândia e África do Sul. Os participantes eram predominantemente representantes de organizações da sociedade civil que receberam fundos do CEPF para capacitar e fortalecer a capacidade da sociedade civil para a conservação e melhor utilização da biodiversidade para o desenvolvimento. Continued over the next page Continua na próxima página 3

4 Continues... the biodiversity rich hotspot. It s all about the group support and collaboration to get things going at a community level said an organiser during the opening. The primary purpose of this Forum was to review the progress made by projects funded through the CEPF investment in the MPAH across the four strategic directions identified in the ecosystem profile. As the Forum was part of the midterm assessment of the CEPF investment in the region, grantees had a chance to hear about each other s projects through presentations, small group and one-on-one discussions. Topics discussed included biodiversity stewardship, ecological restoration, land reform and community development, strengthening the enabling environment, working with municipalities, shared learning and capacity building. Many of the challenges experienced across projects were more alike than dissimilar, meaning that lessons learnt in one project were useful to others. The value of sharing experience, successes and difficulties experienced by different civil society organisations in the MPAH Forum was apparent. Among the experienced were CEPF funded SKEP and CAPE project participants who had spent the morning of the first day discussing the lessons learnt from their projects. They used these insights and lessons to provide inputs and advice to MPAH grantees during the rest of the Forum. This link between previously funded CEPF projects and the current ones provided an invaluable opportunity for the communication of practical knowledge to help guide current projects and further investment in the region. Because critically, this Forum was also forwardlooking questioning where the priorities for Continua... O Fórum trouxe essas pessoas juntas para ajudar a construir uma rede de organizações que trabalham na rica biodiversidade do hotspot. "Sao o apoio de grupo e a colaboração que fazem as coisas começar a nível da comunidade", disse um organizador durante a abertura. O principal objetivo deste Fórum foi rever os progressos alcançados pelos projectos financiados através do investimento do CEPF na MPAH nas quatro direções estratégicas identificadas no perfil do ecossistema.como o Fórum fez parte da avaliação intercalar do investimento do CEPF na região, os beneficiados tiveram a oportunidade de ouvir sobre uns dos outros projetos através de apresentações, pequenos grupos e di cussões um-para-um. Foram abordados temas como manejo da biodiversidade, a restauração ecológica, a reforma agrária e o desenvolvimento da comunidade, a criação e fortalecimento de um ambiente propício, o trabalho com os municípios, a aprendizagem compartilhada e a capacitação. Muitos dos desafios experimentados nos projetos são mais parecidos do que diferentes, o que significa que as lições aprendidas em um projeto foram úteis para os outros. O valor da partilha de experiências, sucessos e dificuldades vividas por diferentes organizações da sociedade civil no fórum MPAH foi aparente. Entre os mais experientes financiados pela CEPF, foram a SKEP e o projeto CAPE que passaram a manhã do primeiro dia discutindo as lições aprendidas a partir de seus projetos. Eles usaram essas informações e lições para fornecer insumos e conselhos para os outros beneficiarios da MPAH durante o resto do Forum. Continued over the next page Continua na próxima página 4

5 Continues... further investment should be, what the key issues are and what more can be done to strengthen capacity and build a stronger network of projects and people (not only civil society) sharing, learning and supporting each other. The Forum was an important step in building a learning network in the hotspot that will help to strengthen relationships and facilitate sharing of lessons. It highlighted possibilities for regional learning networks and capacity building interventions that will be investigated further and taken forward through the SANBI CEPF grant to develop civil society capacity for improved conservation and management of Maputaland- Pondoland-Albany priority sites. Excited about the outcomes of the Forum, Dr Roelie Kloppers (MPAH Regional Implementation Team Co-ordinator) said: It is great to see something coming together, people working together and how the grants fit into each other. Continua... Esta ligação entre projectos anteriormente financiados pela CEPF e os atuais foi uma oportunidade inestimável para a comunicação de conhecimentos práticos que ajudar a orientar os projetos atuais e os novos investimentos na região. Porque criticamente, este fórum também foi voltada para o futuro - questionando onde as prioridades para novos investimentos deve ser, quais são as questões-chave e o que mais pode ser feito para fortalecer a capacidade e construir uma rede forte de projetos e pessoas (não só da sociedade civil) partilha, aprendizagem e apoiando-se mutuamente. O Fórum também foi um passo importante na construção de uma rede de aprendizagem no hotspot que vai ajudar a fortalecer as relações e facilitar o compartilhamento de lições. Destacou possibilidades de redes regionais de aprendizagem e intervenções de capacitação que será investigada e levado adiante atraves do projecto da SANBI CEPF para desenvolver a capacidade da sociedade civil de melhorar a conservação e gestão dos sítios prioritários no Maputaland-Pondoland-Albany. Empolgado com os resultados do Fórum, o Dr Roelie Kloppers (Coordenador da Equipa Regional de implementação da MPAH ) disse: "É muito bom ver algo que está a acontecer, as pessoas que trabalham juntos e como os projectos se encaixam uns aos outros. 5

6 Maputaland grantees receive basic training course on R and QGIS/ Os parceiros da Maputaland recebem um curso basico de formação em R e QGIS English version By Wayne Matthews, Space for Elephants Foundation, South Africa. The growing challenge of using biodiversity conservation tools and softwares sparked the interest of grantees in Maputaland to develop a basic training course on the statistical programming language R and on Quantum Geographic Information Systems (QGIS). The course was held in Phinda Private Game Reserve from the 6-8 May 2013 and used MPAH funds from the Thanda/ Mnduna Project with logistic support from the Phinda. The objectives of the three day course were to enable participants to gain sufficient skills to use the software at an elementary level and then to develop further skills on their own. Portuguese versão Por Wayne Matthews, Space for Elephants Foundation, África do Sul. O desafio crescente do uso de ferramentas e softwares de conservação da biodiversidade despertou o interesse dos parceiros em Maputaland para desenvolver um curso de formação básica na linguagem de programação estatística R e em Quantum Geographic Information Systems (QGIS). O curso foi realizado na Phinda Private Game Reserve a partir do 6-8 maio de 2013 e usou os fundos MPAH do Projeto Thanda/Mnduna com apoio logístico do Phinda. Os objetivos do curso de três dias foram para permitir aos participantes adquirir conhecimentos suficientes para utilizar o software em um nível ele mentar e, em seguida, Continued over the next page Continua na próxima página 6

7 Continues... A further objective was to create a support network that enables members to solve problems and develop skills in line with the open source philosophy. The support network has been called the "Maputaland R-QGIS Network". The decision to start with R and QGIS was mainly because they are basic tools that are used in conservation and biodiversity studies today. They are both well-developed open source software programs that are freely available for download and use. The cost of commercially available software for statistical analysis, specialized numerical analysis and geographic information system (GIS) analysis is no longer affordable for many organizations. Many private and government conservation agencies as well as almost all smaller NGO's must rely on these alternative software options. The participants did not have any prior experience of open source software so exposure to this was a major benefit for the region. The training included an introduction to R, an open source statistical software package. It was followed by an introduction to QGIS, the open source GIS software that is most widely used. All examples used to demonstrate the software s potential came from the region e.g. wildog information from Tembe Elephant Park,vegetation maps from Thanda/Mduna and satellite data from the elephant collars. The course was well attended and the participants were largely from Thanda, Tembe and Phinda and used their own data in the exercise sessions. Continua... desenvolver novas habilidades por conta própria. Um outro objectivo era criar uma rede de apoio que permite aos membros para resolver problemas e desenvolver habilidades em linha com a filosofia de código aberto. A rede de apoio tem sido chamado de "Maputaland R-QGIS Network". A decisão de se começar com R e QGIS foi principalmente porque são ferramentas básicas que são utilizadas em estudos de conservação e biodiversidade hoje. Ambos são programas de software de código aberto bem desenvolvidos que estão disponíveis gratuitamente para download e uso. O custo do software disponível no mercado para a análise estatística, análise numérica especializada e analise de sistemas de informação geográfica (GIS) não é acessível para muitas organizações. Muitas agências de conservação privadas e governamentais, bem como quase todas as ONGs menores, devem poder contar com estas opções de software alternativos. Os participantes não tinham qualquer experiência anterior do software de código aberto e a exposição a este tipo de software foi um grande benefício para a região. O treinamento inclui uma introdução ao R, um pacote de software estatístico de código aberto. Este foi seguido por uma introdução ao QGIS,o software GIS de código aberto que é mais utilizado. Todos os exemplos utilizados para demonstrar o potencial do software são provenientes da região p.ex. informações sobre os cains selvagens do Tembe Elephant Park, mapas de vegetação de Continued over the next page Continua na próxima página 7

8 Continues... The organisers of this course are willing to take this introductory course to other areas and have been approached by the Swaziland group to set up a similar three-day course for them. For more info about the course please contact Wayne Matthews at or Bruce Page at Continua... Thanda/Mduna e dados de satélite dos colares de elefante. O curso foi bem atendido e os participantes chegaram em grande parte a partir de Thanda, Tembe e Phinda e usaram seus próprios dados nas sessões de exercício. Os organizadores deste curso estão dispostos a fazer este curso introdutório para outras áreas e foram abordados pelo grupo Suazilândia para configurar um curso de três dias semelhante para eles. Para mais informações sobre o curso entre em contato com Wayne Matthews em ou Bruce Page na 8

9 Helping people address environmental challenges in Macassane, Mozambique/Ajudar as pessoas a enfrentar os desafios ambientais em Macassane, Moçambique English version By Geraldo Palalane, LUPA Association, Mozambique The Futi Corridor falls within the MPAH. It is part of a transfrontier initiative that links Mozambican and South African protected areas. Within the scope of the Conservation of Biodiversity Project in the Futi Corridor, environmental monitoring was carried out with the community of Macassane, in the Matutuíne district. More than 30 people (two thirds of whom were women) came together to discuss the main environmental problems affecting the area around Macassane, the likely causes, consequences and potential solutions. Por Geraldo Palalane, LUPA Association, Mozambique Portuguese versão O Corredor de Futi se enquadra no MPAH. É parte de uma iniciativa transfronteiriça que liga as áreas protegidas da África do sul e de Moçambique. No âmbito do Projeto de Conservação da Biodiversidade do Corredor de Futi, foi realizado um monitoramento ambiental com a comunidade de Macassane, no distrito de Matutuíne. Mais de 30 pessoas (dois terços dos quais eram mulheres) se reuniram para discutir os principais problemas ambientais que afetam a área ao redor de Macassane, as prováveis causas, consequências e possíveis soluções. Continued over the next page Continua na próxima página 9

10 Continues... Through a process of community sensitization and discussion the community identified several key environmental problems in the area, namely deforestation, uncontrolled fires, human-animal conflict, and poor sanitation. Cutting down of trees, such as Chanfuta and Xilate (local names) used for charcoal production and other purposes, has economic and cultural benefits for the community but it is resulting in unsustainable deforestation and potentially contributing to the spread of uncontrolled fires. The community action plan highlighted the community law that prohibits cutting threatened species of trees and that greater enforcement is necessary. The community decided to establish a Committee of Natural Resources Management that will use the action plan to improve environmental management in the future. Another key problem was around sanitation. The lack of proper sanitation means that families have only the forest to use as a latrine. This results in pollution of the water of the Maputo River, and spreads water borne diseases through the drinking of contaminated water. In response to this problem, the community of Macassane were given instructions on the SANTOLIC method of latrine construction. This method addresses the privacy, hygiene and pollution issues of open sanitation and creates a community based solution. A plan of latrine construction was developed and sanitation for the primary school of Macassane was prioritised. The parents were involved in the construction of latrines at the school. The construction of latrines continues, with high participation from the local people. This shows that helping people to meet their basic needs can often enhance environmental awareness and Continua... Através de um processo de sensibilização e discussão, a comunidade identificou vários problemas ambientais na área, ou seja, desmatamento, queimadas descontroladas, o conflito homem-animal, e falta de saneamento. Corte de árvores, como Chanfuta e Xilate (nomes locais) utilizado para a produção de carvão e outros fins, tem benefícios econômicos e culturais para a comunidade, mas que está resultando em desmatamento insustentável e potencialmente contribuindo para a propagação de incêndios descontrolados. O plano de ação da comunidade destacou o direito comunitário que proíbe o corte de espécies ameaçadas de árvores e que uma maior aplicação é necessária. A comunidade decidiu criar um Comité de Gestão de Recursos Naturais, que vai usar o plano de ação para melhorar a gestão ambiental no futuro. Outro problema fundamental era em torno de saneamento. A falta de saneamento adequado significa que as famílias têm apenas a floresta para usar como uma latrina. Isso resulta em poluição da água do rio Maputo, e espalha doenças transmitidas pela água através do consumo de água contaminada. Em resposta a este problema, a comunidade de Macassane foram dadas instruções sobre o método SANTOLIC de construção de latrinas. Este método aborda as questões de privacidade, higiene e poluição de saneamento aberta e cria uma solução baseada na comunidade. Um plano de construção de latrinas foi desenvolvido e saneamento para a escola primária de Macassane foi priorizada. Os pais foram envolvidos na construção de latrinas na escola. A construção de latrinas continua, com elevada Continued over the next page Continua na próxima página 10

11 Continues... encourage environmental management in communities associated with protected areas. Continua... participação da população local. lsso mostra que ajudar as pessoas a satisfazer suas necessidades básicas muitas vezes pode aumentar a consciência ambiental e incentivar a gestão ambiental em comunidades associadas. The table below highlights the environmental action plan developed by the Macassane community Problems Causes Consequences Solution/Action Cutting of trees Production of coal Deforestation There are norms of punish- Intensive agriculture ment for tree cutting and Uncontrolled fires Clearing of paths Loss of production The community has inspec- Unknown reasons tors, but they are reluctant Human-animal conflict Animals invading the fields Loss of production Improvement of the reserves fences Sanitation Lack of proper sanitation Pollution of groundwater and rivers Construction of latrines in schools and communities 11

12 An introduction to Spatial Biodiversity Planning/Uma Intro- dução ao Planejamento Espacial da Biodiversidade English version By Dr Philip Desmet, ECOSOL-GIS Por Philip Desmet da ECOSOL-GIS Portuguese versão On the 5th and 6th of June 2013 Philip Desmet and Andrew Skowno from Ecosol GIS presented a 2 day introductory course on Spatial Biodiversity Planning. The event was organised in partnership with the Department of Agronomy and Forestry Engineering at Eduardo Mondlane University (UEM) in Maputo and funded by the CEPF MPAH Programme. The training course is part of the MPAH project on "strengthening biodiversity management in southern Mozambique by building the capacity of individuals and institutions in the field of spatial biodiversity planning". Nos dias 5 e 6 de junho de 2013 Philip Desmet e Andrew Skowno da Ecosol GIS apresentaram um curso introdutório de dois dias em Planejamento Espacial da Biodiversidade. O evento foi organizado em parceria com o Departamento de Agronomia e Engenharia Florestal da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), em Maputo e financiado pelo Programa MPAH CEPF. O curso de formação é parte do projeto MPAH sobre "o fortalecimento da gestão da biodiversidade no sul de Moçambique através da capacitação de indivíduos e instituições na área de planejamento espacial da biodiversidade". Continued over the next page Continua na próxima página 12

13 Continues... The course was very well attended attracting 26 participants including university lecturers, postgraduate students, government officials and local NGO representatives. The positive response to the course and the level of interest shown by the participants in the topic demonstrate that there is a demand for developing capacity in the field of spatial biodiversity planning in Mozambique. ECOSOL GIS and the UEM hope to attract further CEPF funding to offer an expanded 2- week conservation biology masters course module in applied biodiversity planning in 2014 and Continua... O curso foi muito bem atendido atraindo 26 participantes, incluindo professores universitários, estudantes de pós-graduação, funcionários do governo e representantes de ONGs locais. A resposta positiva para o curso eo nível de interesse demonstrado pelos participantes no tópico demonstram que há uma demanda por desenvolvimento da capacidade na área de planejamento espacial da biodiversidade em Moçambique. ECO- SOL GIS ea UEM esperam atrair mais financiamento do CEPF para oferecer um módulo de curso masters expandido de duas semanas sobre a biologia de conservação no ambito do planejamento aplicado da biodiversidade em 2014 e

14 Skills developed in the Futi Corridor/Habilidades desenvolvidas no Corredor de Futi English version By Isabel Tete, CESVI, Mozambique Por Isabel Tete, CESVI, Moçambique Portuguese versão The Futi Corridor is a slice of land along the Futi River in the Matutuine District of Mozambique. It is part of a transfrontier park that aims to restore connectivity between Mozambican and South African parks, especially for the migration of elephant. Twelve members of the Futi Consortium in Mozambique came together recently for a course on Project Development and Management. The course was held at Matutuine District through the Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF) grant. It was structured in line with the consortium s vision of reducing human pressure on the Futi Corridor. O Corredor de Futi é uma fatia de terra ao longo do rio Futi no distrito de Matutuine de Moçambique. É parte de um parque transfronteiriço que visa restaurar a conectividade entre Moçambique e parques Sul-Africano, especialmente para a migração de elefante. Doze membros do Consórcio Futi em Moçambique se reuniram recentemente para um curso sobre Desenvolvimento de Projetos e Gestão. O curso foi realizado no distrito de Matutuine, através do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF) concessão. Ele foi estruturado de acordo com a visão do consórcio de reduzir a pressão humana sobre o Corredor de Futi. Continued over the next page Continua na próxima página 14

15 Continues... The course was facilitated by CRESCO Consulting and attended by two participants from LUPA, three from CESVI, four from KUWUKA and three from ORAM. The training programme was divided into two sessions focusing on project development and project management. The project development session allowed participants to acquire skills in developing a complete project proposal using participatory tools and methods, in compliance with international standards. The session on project management allowed participants to learn about the management of a project after it has been funded, including the development of operational plans, administrative rules applying to procurement, human resource management and monitoring. The skills gained will help the consortium members with initiating and managing projects in the Futi Corridor. More info is available from Isabel Tete at Continua... O curso foi facilitada pela CRESCO Consulting e com a presença de dois participantes de LUPA, três do CESVI, quatro de KUWUKA e três do ORAM. O programa de treinamento foi dividido em duas sessões com foco no desenvolvimento de projetos e gerenciamento de projetos. A sessão de desenvolvimento do projeto permitiu que os participantes adquiram competências no desenvolvimento de uma proposta de projeto completo utilizando ferramentas e métodos participativos, em conformidade com as normas internacionais. A sessão sobre gestão de projetos permitiu que os participantes aprendem sobre a gestão de um projeto após ele ter sido financiado, incluindo o desenvolvimento de planos operacionais, normas administrativas aplicáveis à aquisição, gestão e monitorização de recursos humanos. As habilidades adquiridas ajudará os membros do consórcio com a abertura e gestão de projetos no Corredor Futi. Mais informações estão disponíveis a partir de Isabel Tete em 15

16 Upcoming Events/Próximos Eventos Symposium of Contemporary Conservation Practice from the 4 to the 8 November 2013 in KwaZulu Natal,South Africa. For more information, please go to or contact the Secretariat at Simpósio de Prática de Conservação Contemporânea de 4 a 8 de Novembro de 2013, em KwaZulu Natal, África do Sul. Para mais informações, acesse ou contactar o Secretariado de Request for information from projects Please remember to send through news or events that you would like communicated to the MPAH Learning Network. We will make this information available on the MPAH website (which is under development) and in the newsletter. Please send news stories, photos, updates and interesting developments from your CEPF MPAH projects to Kennedy Nemutamvuni (SANBI MPAH Learning Network Officer) at 16

17 Highlight: Forum discussions/destaque: discussões Fórum 17

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM.

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS Prova-modelo Instruções Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. A prova é avaliada em 20 valores (200 pontos). A prova é composta

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

Descrição das actividades

Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Em Acção Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião D 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures GeoInfo - 2006 Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures Leonardo Lacerda Alves Clodoveu A. Davis Jr. Information Systems Lab

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Semestre do plano de estudos 1

Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Inglês CU Name Código UC 6 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 54 ECTS 2 Horas de contacto TP - 22,5 Observações n.a. Docente responsável

Leia mais

ST. PAUL S SCHOOL. To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements:

ST. PAUL S SCHOOL. To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements: ST. PAUL S SCHOOL CHARITY OF THE YEAR APPLICATION FORM How to apply for funding 1. Application - Requirements and Conditions To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements:

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

GIS in Disaster Risk Management in Mozambique

GIS in Disaster Risk Management in Mozambique GIS in Disaster Risk Management in Mozambique 1 Contents 1. Disasters in Mozambique 2. Role of GIS 3. Some Examples 4. CIG Profile 2 1. Disasters in Mozambique Frequent disasters are: Droughts Floods (+

Leia mais

ANO I Abertura Opening Os primeiros movimentos do jogo Há um ano, três advogados vindos de renomados escritórios de advocacia, onde exerciam funções de destaque, se reuniram em torno de uma idéia:

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

Participatory Map of Rio de Janeiro

Participatory Map of Rio de Janeiro Leandro Gomes Souza Geographer Luiz Roberto Arueira da Silva Director of City Information Pereira Passos Institute - City of Rio de Janeiro About us Pereira Passos Institute (IPP) is Rio de Janeiro municipal

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

As Novas Formas de Financiamento da Economia

As Novas Formas de Financiamento da Economia As Novas Formas de Financiamento da Economia Francisco Fonseca Vice-Presidente ANJE 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS - LISBOA O que são? Formas alternativas de financiamento incluem

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Unidade curricular História do Direito Português I (Doutoramento - 1º semestre) Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Type of course Compulsory Year 2º Semester 2nd sem Student Workload: Professor(s) Natalia Gomes, Ascensão Maria

Leia mais

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Hidráulica Urbana CU Name Código UC 725 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 164 ECTS 6 Horas de contacto T - 22,5; PL -

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular Comunicação Multimédia (Desenvolvimento) Multimedia Communication (Development) 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Instruções aos candidatos: (1) Preencher somente o número de inscrição em todas as folhas. (2) Usar caneta preta ou azul. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leia mais

EIA and SEA differences and relationship

EIA and SEA differences and relationship Mestrado em Urbanismo e Ordenamento do Território/ Master in Urban Studies and Territorial Management Mestrado em Engenharia do Ambiente / Master in Environmental Engineering Avaliação Ambiental Estratégica

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho GUIÃO A 1º Momento Intervenientes e Tempos Descrição das actividades Good morning / afternoon / evening, A and B. For about three minutes, I would like

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

The Brazil United States Consumer Product Safety Conference Brazil United States Joint Press Statement June 10, 2011 Rio de Janeiro, Brazil Common Interests Ensuring a high level of consumer product safety

Leia mais

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon Pedro Soares / IDESAM Project Proponent & Partners Proponent: Support and supervise the project activities and will

Leia mais

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Transportes CU Name Código UC 706 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto T - 22,5; TP - 22,5

Leia mais

CIENCIA VIVA. A Portuguese initiative for scientific and technological culture

CIENCIA VIVA. A Portuguese initiative for scientific and technological culture CIENCIA VIVA A Portuguese initiative for scientific and technological culture OUR MISSION CIENCIA VIVA IN SCHOOLS Science Education, practical work in partnership with research institutions NATIONAL SCIENTIFIC

Leia mais

What is Bullying? Bullying is the intimidation or mistreating of weaker people. This definition includes three important components:1.

What is Bullying? Bullying is the intimidation or mistreating of weaker people. This definition includes three important components:1. weaker people. This definition includes three important components:1. Bullying is aggressive behavior that involves unwanted, negative actions. 2. Bullying involves a pattern of behavior repeated over

Leia mais

Integração de Imigrantes

Integração de Imigrantes Integração de Imigrantes ODEMIRA INTEGRA It is a project born from the need to improve and increase support measures, reception and integration of immigrants. 47% of immigrants registered in the district

Leia mais

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS 01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS OBS1: Adaptação didática (TRADUÇÃO PARA PORTUGUÊS) realizada pelo Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos. OBS2: Textos extraídos do site: http://www.englishclub.com

Leia mais

Iniciação ao software SIG Open Source WinGRASS 6.4 7-9 Maio 2010 Lisboa Cristina Catita, FCUL

Iniciação ao software SIG Open Source WinGRASS 6.4 7-9 Maio 2010 Lisboa Cristina Catita, FCUL Iniciação ao software SIG Open Source WinGRASS 6.4 7-9 Maio 2010 Lisboa Cristina Catita, FCUL Objectivos O objectivo deste curso é familiarizar os formandos com a utilização do software Geographic Resources

Leia mais

6ª Reunião, ISEP, Porto 27 Novembro 2013 AGENDA

6ª Reunião, ISEP, Porto 27 Novembro 2013 AGENDA 6ª Reunião, ISEP, Porto 27 Novembro 2013 O projeto Building SPP O projeto Building SPP da Unidade de Produção Consumo Sustentável do Laboratório Nacional de Energia e Geologia () tem como objetivo desenvolver

Leia mais

1. Lingüística Periódicos. 2. Língua Inglesa Periódicos

1. Lingüística Periódicos. 2. Língua Inglesa Periódicos ISSN 0102-7077 the ESP São Paulo Vol. 25 nº especial p. 1-114 2004 The Especialist/Centro de Pesquisas, Recursos e Informação em Leitura da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo CEPRIL. V. 1, n.

Leia mais

AVALIAÇÃO E GESTÃO DE IMPACTO SOCIAL

AVALIAÇÃO E GESTÃO DE IMPACTO SOCIAL AVALIAÇÃO E GESTÃO DE IMPACTO SOCIAL SOCIAL IMPACT ASSESSMENT AND MANAGEMENT A formação em AVALIAÇÃO E GESTÃO DE IMPACTO SOCIAL tem como objectivos: Enquadrar o tema no âmbito dos estudos de avaliação

Leia mais

manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil

manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil These guides possess a lot information especially advanced tips such as the optimum settings configuration for manualdepsiquiatriainfantil manual

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle So that all the available files in the Moodle can be opened without problems, we recommend some software that will have to be installed

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

Casa de lenguas romances Romance Language House Reed Hall Application for Portuguese speakers

Casa de lenguas romances Romance Language House Reed Hall Application for Portuguese speakers Romance Language House Reed Hall Application for Portuguese speakers The current residents of the Casa de lenguas romances, along with the faculty of the Department of Spanish and Portuguese, invite you

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

Sucessos, Fracassos e Replicação de Inovações Sociotécnicas: Implicações dos estudos de caso do projeto DESAFIO.

Sucessos, Fracassos e Replicação de Inovações Sociotécnicas: Implicações dos estudos de caso do projeto DESAFIO. Sucessos, Fracassos e Replicação de Inovações Sociotécnicas: Implicações dos estudos de caso do projeto DESAFIO. SISAR Ceará Brazil Recife Brazil Baixada Fluminense Brazil La Voragine Colombia Mondomo

Leia mais

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS SANDRA MARIA MORAIS VALENTE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Área de

Leia mais

Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding

Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding Pedro Gomes Moscoso Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia de Redes de Comunicações Presidente: Orientador: Co-Orientador:

Leia mais

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water André Rauen Leonardo Ribeiro Rodnei Fagundes Dias Taiana Fortunato Araujo Taynah Lopes de Souza Inmetro / Brasil

Leia mais

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 APRESENTAÇÃO ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 Instalações elétricas de baixa tensão NBR 5410:1997 NBR 5410:2004

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PARA ESTUDANTE DE INTERCÂMBIO EXCHANGE STUDENT APPLICATION FORM Semestre

Leia mais

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira 15 INTELIGÊNCIA DE MERCADO: TRANSFORMANDO AS OLIMPÍADAS EM NEGÓCIOS 1 RESUMO Um dos grandes desafios das organizações hoje é a aplicabilidade assertiva das técnicas de análise e métodos utilizados em Inteligência

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Os principais modelos Modelo europeu tradicional: diferenciação no secundário entre vertentes acadêmicas e técnico-profissionais

Leia mais

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development?

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Emerson Murphy-Hill Thomas Zimmermann and Nachiappan Nagappan Guilherme H. Assis Abstract

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO RURAL NAS PROVINCIAS DE MANICA E SOFALA - PADR

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO RURAL NAS PROVINCIAS DE MANICA E SOFALA - PADR REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO RURAL NAS PROVINCIAS DE MANICA E SOFALA - PADR Concurso com Previa Qualificação Convite para a Manifestação de Interesse

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Informática e Programação CU Name Código UC 4 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Informática Duração Semestral Horas de trabalho 135 ECTS 5 Horas de contacto TP - 67,5 Observações

Leia mais

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES a. Unidade curricular Course unit title: Construção da Imagem Fílmica Construction of the Filmic Image Código: 01343927 Code: 01343927 b. ECTS: 5.0 c. Horas de contacto

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão: 26 30 41 A questão 26 do código 02, que corresponde à questão 30 do código 04 e à questão 41 do código 06 Nº de Inscrição: 2033285 2041257 2030195 2033529 2032517 2080361 2120179 2120586 2037160

Leia mais

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE?

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE? Visitor, is this is very important contact with you. I m Gilberto Martins Loureiro, Piraí s Senior Age Council President, Rio de Janeiro State, Brazil. Our city have 26.600 habitants we have 3.458 senior

Leia mais

MUSEUM MEDIATORS EUROPEAN CONFERENCE

MUSEUM MEDIATORS EUROPEAN CONFERENCE MUSEUM MEDIATORS EUROPEAN CONFERENCE Museu do Trajo - São Brás de Alportel 16-17 de September PORTUGAL Na área da cultura, a criatividade desempenha um papel fundamental na sociedade europeia tocando muitas

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

MySQL, Como e Por que Utilizar? por Dimas Cassimiro dimascnf@lsd.ufcg.edu.br

MySQL, Como e Por que Utilizar? por Dimas Cassimiro dimascnf@lsd.ufcg.edu.br MySQL, Como e Por que Utilizar? por Dimas Cassimiro dimascnf@lsd.ufcg.edu.br Por que estou aqui? O que vamos ver? Agenda O que é MySQL? Por que MySQL? História MySQLComnunity Server Por que utilizar o

Leia mais

Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental. Parent Academy Digital Citizenship. At Elementary Level

Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental. Parent Academy Digital Citizenship. At Elementary Level Parent Academy Digital Citizenship At Elementary Level Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental Pan American School of Bahia March 18 and 29, 2016 Digital Citizenship Modules Cyberbullying

Leia mais

USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 WORK PLAN FOR IMPLEMENTATION OF THE UNITED STATES PATENT AND

Leia mais

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them?

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them? GUIÃO A Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Chocolate Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and RESUMO EXPANDIDO Pode definir-se Literacia Emocional como a capacidade para reconhecer, compreender, expressar e gerir estados emocionais, do próprio e de outras pessoas, existindo associações entre esta

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

EIXO TEMÁTICO. 1- Educação ambiental: concepções e políticas públicas

EIXO TEMÁTICO. 1- Educação ambiental: concepções e políticas públicas EIXO TEMÁTICO 1- Educação ambiental: concepções e políticas públicas 11 CONCEPÇÕES AMBIENTAIS DE EDUCANDOS DAS SÉRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL PERTENCENTES A INSTITUIÇÃO BENEFICENTE DE JUNDIAÍ- SP

Leia mais

2012 State of the Industry Survey

2012 State of the Industry Survey 2012 State of the Industry Survey Contact Information Por favor, preencha suas informações de contato (* indicates required information) Nome * Título * Title Razão Social completa da Empresa/Organização

Leia mais

Enterprise Europe - Portugal

Enterprise Europe - Portugal Enterprise Europe - Portugal Oportunidades de Cooperação Internacional Agência de Inovação Bibiana Dantas Lisboa, 5-Jun-2012 Enterprise Europe Portugal Jun 2012 2 A União Europeia é um mercado de oportunidades!

Leia mais

CONSULTORIA E ACOMPANHAMENTO PATRIMÓNIO HISTÓRICO E CONTEMPORÂNEO

CONSULTORIA E ACOMPANHAMENTO PATRIMÓNIO HISTÓRICO E CONTEMPORÂNEO CONSULTORIA E ACOMPANHAMENTO PATRIMÓNIO HISTÓRICO E CONTEMPORÂNEO O QUE OFERECEMOS! COMO FUNCIONA! CONTACTOS CONSULTORIA E ACOMPANHAMENTO PATRIMÓNIO HISTÓRICO E CONTEMPORÂNEO ÍNDICE CONTACTOS O QUE OFERECEMOS!

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

(FUC) GESTÃO DA RELAÇÃO COM O CLIENTE (CRM)

(FUC) GESTÃO DA RELAÇÃO COM O CLIENTE (CRM) Processo Bolonha Ficha de unidade curricular (FUC) GESTÃO DA RELAÇÃO COM O CLIENTE () Departamento: Ciências de Gestão Área: Marketing Activa nos Planos Curriculares: Mestrado em Gestão e Engenharia Industrial

Leia mais

JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA

JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E TECNOLÓGICAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM BANCO DE DADOS JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE CONTROLE DE

Leia mais

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person?

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person? Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014 GUIÃO A Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho 1.º Momento Intervenientes e Tempos

Leia mais

A Modernização Tecnológica no Setor Público: a experiência de cooperação

A Modernização Tecnológica no Setor Público: a experiência de cooperação A Modernização Tecnológica no Setor Público: a experiência de cooperação Clarice Stella Porciuncula 1 Analista de Sistemas da PUC-RS Especialista em Sistemas de Informação e Telemática na UFRGS Analista

Leia mais

Ciudad Viva Barrio Bellavista, Santiago, Chile. Transporte para a EQUIDADE.

Ciudad Viva Barrio Bellavista, Santiago, Chile. Transporte para a EQUIDADE. Ciudad Viva Barrio Bellavista, Santiago, Chile Transporte para a EQUIDADE. Planejamento ciclo-inclusivo e transporte público: O papel das organizações da sociedade civil (não somente ONGs) Lake Sagaris,

Leia mais

Cultural Identity of Young Volunteers Differences and understanding Empowering People. Volunteer Profile Questionnaire

Cultural Identity of Young Volunteers Differences and understanding Empowering People. Volunteer Profile Questionnaire Volunteer Profile Questionnaire 1 Índice 1 VOLUNTEER PROFILE QUESTIONNAIRE... 1.1 Country... 1. AGE... 1. GENDER... 1..1 GENDER vs... 1. Qualification... 1..1 QUALIFICATION GREECE VS PORTUGAL... 1. Are

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

Métodos Formais em Engenharia de Software. VDMToolTutorial

Métodos Formais em Engenharia de Software. VDMToolTutorial Métodos Formais em Engenharia de Software VDMToolTutorial Ana Paiva apaiva@fe.up.pt www.fe.up.pt/~apaiva Agenda Install Start Create a project Write a specification Add a file to a project Check syntax

Leia mais

SUMÁRIO VOLUME 1 LÍNGUA INGLESA

SUMÁRIO VOLUME 1 LÍNGUA INGLESA SUMÁRIO VOLUME 1 "No mar tanta tormenta e dano, Tantas vezes a morte apercebida, Na terra, tanta guerra, tanto engano, Tanta necessidade aborrecida." Os Lusíadas, p. 106, Luís Vaz de Camões Lesson 1 -

Leia mais

Trabalho de Compensação de Ausência - 1º Bimestre

Trabalho de Compensação de Ausência - 1º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Trabalho de Compensação de Ausência

Leia mais

Desenvolvimento Ágil 1

Desenvolvimento Ágil 1 Desenvolvimento Ágil 1 Just-in-Time Custo = Espaço + Publicidade + Pessoal De que forma poderiamos bater a concorrência se um destes factores fosse zero? 2 Just-in-time Inventory is waste. Custo de armazenamento

Leia mais

Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores

Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores Campos extraídos diretamente Título Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores Huang, Chin-Yu and Lin, Chu-Ti Ano de publicação 2006 Fonte de publicação

Leia mais

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks Intellectual Property IFAC Formatting Guidelines Translated Handbooks AUTHORIZED TRANSLATIONS OF HANDBOOKS PUBLISHED BY IFAC Formatting Guidelines for Use of Trademarks/Logos and Related Acknowledgements

Leia mais

Lung Cancer. Risk Factors

Lung Cancer. Risk Factors Lung Cancer The lungs are the organs that help us breathe. They help to give oxygen to all the cells in the body. Cancer cells are abnormal cells. Cancer cells grow and divide more quickly than healthy

Leia mais

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água A Água e o Programa Horizonte 2020 (8ºPQ) Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água Governancia da Água Francisco

Leia mais