PROGRAMA DE PARCERIAS Unir esforços na preparação para as notas da série Europa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA DE PARCERIAS Unir esforços na preparação para as notas da série Europa"

Transcrição

1 PROGRAMA DE PARCERIAS Unir esforços na preparação para as notas da série Europa

2 ÍNDICE I. Em que consiste o Programa de Parcerias? Vamos unir esforços! 3 Funcionamento do Programa de Parcerias 4 Potenciais parceiros 5 II. Como aderir ao Programa de Parcerias? Registo como parceiro 6 O seu contacto no BCE 6 III. O que oferece o Programa de Parcerias? Principais datas e eventos 7 Meios digitais 8 Publicações 8 Euro Cash Academy (módulo disponível online e aplicação para smartphone) 9 Curso de formação Knowledge of Banknotes 9 Logótipo A NOSSA MOEDA 10 Imagens de notas de alta resolução para fins profissionais 11 2

3 I. EM QUE CONSISTE O PROGRAMA DE PARCERIAS? Vamos unir esforços! Desde a sua introdução em 2002, as notas e moedas de euro são reconhecidas como um meio de pagamento e de reserva de valor fiável, contando com a confiança dos 338 milhões de cidadãos da área do euro. A fim de preservar a integridade das notas de euro e permanecer um passo à frente dos falsificadores, o Banco Central Europeu (BCE) e os bancos centrais nacionais (BCN) do Eurosistema deram início, em 2 de maio de 2013, à introdução de uma segunda série de notas de euro. As novas notas continuam a oferecer uma proteção ótima face à contrafação, sendo ainda mais seguras. Incluem elementos de segurança melhorados, que beneficiam dos avanços em termos de segurança e tecnologia de produção de notas. A nova nota de 5 foi a primeira da série Europa a ser introduzida. O nome da segunda série de notas de euro remete para Europa, a figura mitológica grega que deu origem ao nome do nosso continente. O retrato de Europa é exibido no holograma e na marca de água da nova série, que inclui também um número esmeralda no canto inferior esquerdo das notas. A nova nota de 10 entrou em circulação em setembro de 2014, tendo os fabricantes e fornecedores de equipamento de notas beneficiado de um período de preparação alargado. Em 2015, proceder-se-á à introdução da nova nota de 20, oficialmente apresentada ao público em 24 de fevereiro pelo Presidente do BCE. Mais uma vez, pretende-se apoiar proativamente os fabricantes e fornecedores de equipamento de notas, com vista a assegurar que a atualização de equipamento decorre sem problemas e os preparativos para a entrada em circulação da nova nota são concluídos atempadamente. Dado que as notas de 20 figuram entre as notas com maior circulação, o Programa de Parcerias da série Europa foi alargado a outras organizações profissionais, designadamente associações bancárias e de consumidores, bem como outras entidades com boa capacidade para informar o público. A presente brochura fornece informação detalhada sobre a forma como o BCE e os BCN do Eurosistema colaborarão consigo, no sentido de o ajudarem a preparar-se para a nova nota de 20. O objetivo é que todos estejam devidamente preparados, quando as novas notas entrarem em circulação. Teríamos todo o prazer em unir esforços consigo. A adesão ao Programa de Parcerias traz muitas vantagens. Em 2014, participaram no programa mais de 300 parceiros industriais e comerciais. Contamos com cada um de vós para que o programa tenha um êxito ainda maior em

4 Como funciona o Programa de Parcerias? O Programa de Parcerias oferece a fabricantes e fornecedores de equipamento de notas e organizações profissionais uma vasta gama de instrumentos e materiais didáticos, disponíveis, na maioria, nas línguas oficiais da União Europeia e explicados na presente brochura. No âmbito do programa, o BCE e o Eurosistema: organizaram um seminário para fabricantes e fornecedores de equipamento de notas e outros parceiros, que teve lugar no Banca d ltalia, em Roma, em 6 de fevereiro de 2015; apresentaram a nova nota de 20 num evento realizado na sede do BCE, em Frankfurt am Main, em 24 de fevereiro de 2015; continuarão a fornecer ampla informação, quer diretamente aos parceiros, quer através dos meios de comunicação social, sobre a série Europa e a necessidade de adaptação das máquinas de tratamento de numerário e dos dispositivos de autenticação, a fim de que aceitem as novas notas; disponibilizarão material digital e impresso sobre as novas notas de euro e o logótipo A NOSSA MOEDA em formatos que ajudarão os parceiros a comunicar com os respetivos grupos-alvo; e oferecerão aos parceiros a possibilidade de distribuir material impresso, pronto a ser utilizado, com informação sobre as novas notas de euro. Ao abrigo do programa, os parceiros assegurarão que o material produzido pelo BCE seja distribuído a todos os intervenientes, aos respetivos clientes e ao público em geral. Os fabricantes e fornecedores de equipamento de notas devem começar a distribuir o material informativo e a preparar-se, o mais cedo possível, para adaptar as suas máquinas e dispositivos, com vista a que aceitem e reconheçam as novas notas, logo que estas entrem em circulação. Os utilizadores de máquinas de tratamento de notas e dispositivos de autenticação devem contactar os respetivos fornecedores ou fabricantes para começar a preparar a adaptação do equipamento. Se pretenderem adquirir uma máquina de tratamento de notas e/ou dispositivos de autenticação, deverão verificar, junto dos fornecedores, se estes podem ser adaptados para aceitar as novas notas. As listas de dispositivos de autenticação e máquinas de tratamento de notas, cuja capacidade para reconhecer as novas notas de 5 e 10 foi testada oficialmente pelos bancos centrais do Eurosistema, encontram-se disponíveis no sítio do BCE (www.ecb.europa.eu/euro/cashprof/ cashhand/devices/html/results.pt.html). No decurso do corrente ano, após a realização de testes adicionais pelos bancos centrais do Eurosistema, as listas serão atualizadas, passando a incluir a nova nota de 20. 4

5 Potenciais parceiros Todos os parceiros desempenham um papel único na comunicação sobre a introdução das novas notas de euro, em especial: os fabricantes e fornecedores de equipamento de notas, o setor das máquinas de venda automática, as empresas de transporte de valores e todos aqueles que operam com equipamento de notas ou o utilizam; os bancos comerciais, que gozam de um elevado nível de confiança e têm funcionários especializados no tratamento de numerário, sendo, por conseguinte, fulcrais no processo de informação do público sobre os elementos de segurança das notas e moedas; os retalhistas, que têm igualmente uma função importante, na medida em que recebem numerário dos clientes e o distribuem aos mesmos como troco; os profissionais do setor de viagens e os operadores de agências de câmbio, que constituem uma fonte de informação essencial para os viajantes; e as organizações profissionais, as associações bancárias e de consumidores ou outros organismos oficiais que, pela natureza das suas funções, disponibilizam informação sobre questões relacionadas com numerário. 5

6 II. COMO ADERIR AO PROGRAMA DE PARCERIAS? Registo como parceiro O seu contacto no BCE A informação sobre as novas notas de euro pode ser comunicada de várias formas. A sua organização pode simplesmente escolher os materiais que prefere, à luz das suas necessidades e das dos seus clientes, associados, empregados ou partes interessadas. É encorajado a utilizar o logótipo A NOSSA MOEDA para conferir autoridade ao seu material e demonstrar que uniu esforços com o BCE e o Eurosistema, no sentido de ajudar a assegurar uma introdução sem problemas das novas notas. Na página 10, são disponibilizadas mais informações sobre o logótipo. Pode aderir ao programa através da Internet em Após a validação do registo, receberá os dados de acesso e a palavra-passe, que lhe permitirão aceder à secção do sítio reservada a parceiros. Como parceiro, além de ter acesso a uma secção restrita do sítio do BCE sobre as novas notas (www.novas-notas-deeuro.eu), onde são disponibilizadas informações adaptadas às suas necessidades, terá também uma pessoa de contacto no BCE, que será responsável por todas as questões de comunicação relacionadas com a parceria. Depois de efetuar o registo, receberá uma confirmação oficial e poderá enviar os seus pedidos de informação ou solicitar publicações impressas a: Egidijus Paleckis Banco Central Europeu Direção-Geral de Comunicação Sonnemannstrasse Frankfurt am Main Alemanha Telefone: Fax: Correio eletrónico: Os BCN também prestarão apoio aos parceiros a nível local em todas as questões relacionadas com a adaptação de equipamento. Para contactar o seu BCN, consulte a seguinte página: Recursos eletrónicos desenvolvidos pelo BCE e prontos a utilizar Estes materiais permitir-lhe-ão divulgar informação sobre as novas notas de euro aos seus grupos-alvo. Depois de confirmado como parceiro, poderá obter recursos eletrónicos passíveis de serem diretamente integrados nos seus instrumentos e materiais de comunicação. Distribuição de material impresso Oferecemos igualmente a possibilidade de distribuir material impresso pronto a ser utilizado. Recomenda-se que informe o BCE, o mais atempadamente possível, sobre o número de publicações de que necessita, com vista a podermos garantir reservas suficientes. 6

7 III. O QUE OFERECE O PROGRAMA DE PARCERIAS? Principais datas e eventos No período até à entrada em circulação da nova nota de 20, o Eurosistema organizará uma série de eventos e iniciativas. Estes serão indicados num calendário, que poderá ser descarregado e incluído nos seus instrumentos de comunicação, garantindo, assim, uma maior difusão das principais datas da introdução da nova nota. 6 de fevereiro de de fevereiro de 2015 Outubro de de novembro de 2015 Seminário do Eurosistema para fabricantes e fornecedores de equipamento de notas, Banca d Italia, Roma Apresentação da nova nota de 20 na sede do BCE, em Frankfurt am Main Disponibilização de exemplares da nova nota de 20 a fabricantes e fornecedores de equipamento de notas para efeitos de adaptação das respetivas máquinas e dispositivos de autenticação Envio de folhetos sobre a nova nota de 20 a 3 milhões de pontos de venda na área do euro Entrada em circulação da nova nota de 20 no conjunto da área do euro Comunicado Comunicado 7

8 Meios digitais O sítio Web sobre as notas de euro (www.novas-notas-de-euro.eu), disponível em 23 línguas, é a principal fonte de informação acerca das notas e moedas de euro. A informação que receberá como parceiro incidirá sobre os elementos de segurança das notas de euro. Ao concordar com os termos do Programa de Parcerias, poderá utilizar os seguintes materiais no seu sítio Web: a) Reproduções das notas e moedas de euro com uma qualidade de imagem para publicação na Web (72 dpi, formato jpeg) b) O módulo online e a aplicação para smartphone da Euro Cash Academy, dirigida a caixas profissionais (formato exe) c) Um conjunto completo de vídeos de alta qualidade, que podem ser incorporados diretamente nas suas comunicações em qualquer momento (formato mp4) d) Uma página dedicada às principais conferências no âmbito do Programa de Parceiras, com ficheiros PDF descarregáveis de apresentações específicas e) Os logótipos A NOSSA MOEDA, para apresentar a sua instituição como parceira (formato jpeg) 10 f) Um calendário ilustrado, que será atualizado regularmente (ficheiro PDF imprimível) g) Determinados conteúdos do sítio Web sobre as notas de euro (www.novas-notas-de-euro.eu), que podem ser reproduzidos e integrados nas suas aplicações online (IFRAME) Publicações O Banco Central Europeu disponibilizar-lhe-á ficheiros PDF imprimíveis das três publicações disponíveis em 23 línguas, que poderá incorporar no seu sítio Web ou transmitir aos seus contactos. Poderá também incluir ligações às versões em formato de livro digital, disponíveis em Se preferir material impresso, informe o BCE do número de exemplares de que necessita. O material disponível será distribuído enquanto as reservas durarem. As publicações sobre a nova nota de 20 estarão disponíveis apenas a partir de maio de

9 Euro Cash Academy (módulo disponível online e aplicação para smartphone) O módulo online e a aplicação para smartphone da Euro Cash Academy permitem aos utilizadores explorar, online e offline, as notas de euro e os respetivos elementos de segurança. Tanto o módulo como a aplicação estão disponíveis em 23 línguas. Curso de formação Knowledge of Banknotes O curso de formação em ambiente de e-learning Knowledge of Banknotes 1 permite explorar em pormenor as notas de euro e os respetivos elementos de segurança. Visa complementar a formação dos profissionais que operam com numerário, em consonância com as decisões tomadas pelo BCE relativamente à verificação da autenticidade e qualidade das notas de euro. O curso consiste em três módulos, que incidem sobre: 1. a verificação da autenticidade das notas de euro, 2. a verificação da qualidade das notas, e 3. a identificação e verificação dos elementos de segurança da segunda série de notas de euro a série Europa. O curso está disponível em inglês e foi desenvolvido com base num curso de formação em ambiente de e-learning disponibilizado pelo Banco de Portugal. 1 9

10 Logótipo A NOSSA MOEDA Desde 2001 que o BCE utiliza o logótipo A NOSSA MOEDA para identificar a informação oficial sobre as notas e moedas de euro. O objetivo é transmitir a ideia de que o euro pertence a todos os cidadãos. O logótipo será exibido em todos os materiais relacionados com as notas e moedas de euro. Constitui uma boa forma de conferir um elemento de autoridade ao seu material criativo. Se pretender utilizar o logótipo no seu sítio Web, solicita-se que observe as instruções a seguir indicadas. O logótipo A NOSSA MOEDA está disponível em 23 línguas na área restrita do sítio Web dedicado às notas de euro (www.new-euro-banknotes.eu/partners/logos). Esquema de cores e fundo O logótipo deve ser utilizado nas cores originais ou seja, azul (Pantone Reflex Blue) e amarelo (Pantone Yellow), em material impresso, ou cores equivalentes, em versões digitais. Cores do logótipo Material impresso Pantone Reflex Blue CMYK: Pantone Yellow CMYK: Meios digitais RGB: RGB: Cor do fundo Cinzento prateado (Silver-grey) CMYK: RGB: O logótipo não deve ser colocado sobre uma barra colorida que se confunda com ele. Os fundos passíveis de causar distração devem ser evitados. Não devem ser acrescentados sombreados adicionais como fundo do logótipo. Se decidir utilizar o logótipo A NOSSA MOEDA no seu sítio Web, assegure-se de que inclui uma ligação ao sítio 10

11 Imagens de alta resolução para fins profissionais A crescente utilização de computadores pessoais e de software de digitalização de imagens para a contrafação de notas representa uma ameaça para o papel-moeda. Em resposta a essa ameaça, um grupo internacional de dissuasão da contrafação constituído por 27 bancos centrais, o Grupo de Dissuasão da Contrafação dos Bancos Centrais (Central Bank Counterfeit Deterrence Group CBCDG), criou um sistema de dissuasão de contrafação (Counterfeit Deterrence System CDS), que impede computadores pessoais e software de digitalização de imagens de captarem ou reproduzirem imagens de notas protegidas. Vários produtores de hardware e software implementaram este sistema voluntariamente, o que aumenta a probabilidade de os utilizadores legítimos de imagens de notas entrarem em contacto com o CDS no decurso do seu trabalho. Para estes utilizadores, o BCE desenvolveu imagens digitais de notas (300 dpi, formato TIFF e marcadas com a palavra Specimen ), que não ativam o sistema CDS. Essas imagens apenas serão fornecidas aos interessados que: necessitem de imagens de notas para fins profissionais, tenham um computador pessoal ou um software de digitalização de imagens com o CDS incorporado, e assinem uma declaração de confidencialidade. As regras aplicáveis à reprodução de notas e moedas de euro encontram-se disponíveis numa secção dedicada do sítio do BCE (www.ecb.europa.eu/euro/html/reproduction.pt.html). Para solicitar o formulário da declaração de confidencialidade, contacte: Martin Novak / Vicente Ventura Banco Central Europeu Direção de Notas de Banco Sonnemannstrasse Frankfurt am Main Alemanha Correio eletrónico: Correio eletrónico: Banco Central Europeu,

12

Seminário Nota nova de 10 - Série Europa. 10 euros - Série Europa

Seminário Nota nova de 10 - Série Europa. 10 euros - Série Europa Seminário Nota nova de 10 - Série Europa 10 euros - Série Europa 10 euros - Série Europa O Programa de Parcerias e José Luís Ferreira Banco de Portugal 26 fevereiro 2014 Seminário Nota nova de 10 - Série

Leia mais

FIQUE A CONHECER A NOVA NOTA DE 10. www.newfaceoftheeuro.eu. www.novas-notas-de-euro.eu www.euro.ecb.europa.eu

FIQUE A CONHECER A NOVA NOTA DE 10. www.newfaceoftheeuro.eu. www.novas-notas-de-euro.eu www.euro.ecb.europa.eu FIQUE A CONHECER A NOVA NOTA DE www.newfaceoftheeuro.eu www.novas-notas-de-euro.eu www.euro.ecb.europa.eu INTRODUÇÃO A nota de da segunda série de notas de euro, a série Europa, entrará em circulação na

Leia mais

Instrução n. o 9/2014 BO n. o 6 16-06-2014...

Instrução n. o 9/2014 BO n. o 6 16-06-2014... Instrução n. o 9/2014 BO n. o 6 16-06-2014 Temas Operações Bancárias Notas e Moedas Euro Índice Texto da Instrução Anexo Texto da Instrução Assunto: Reporte de informação relativa à verificação da autenticidade

Leia mais

DHL EXPRESS PORTUGAL Faturação Eletrónica

DHL EXPRESS PORTUGAL Faturação Eletrónica DHL EXPRESS PORTUGAL Faturação Eletrónica Faturação Eletrónica DHL O que é a Faturação Eletrónica? O serviço de faturação eletrónica da DHL é um método alternativo ao correio e ao fax de receber as suas

Leia mais

União das freguesias de Sebal e Belide

União das freguesias de Sebal e Belide de e Belide 1 Âmbito / Disposições Gerais No âmbito da agregação das extintas Freguesia de e da Freguesia de Belide, que deram origem à nova Freguesia denominada Freguesia de e Belide, o executivo da Junta

Leia mais

BANCO CENTRAL EUROPEU

BANCO CENTRAL EUROPEU 9.7.2003 Jornal Oficial da União Europeia C 160/7 BANCO CENTRAL EUROPEU MODELO DE ACORDO ENTRE O BANCO CENTRAL EUROPEU E O [banco central nacional do país aderente] ( 1 ) O PRESENTE ACORDO é celebrado

Leia mais

Esta aplicação é propriedade da ANA, Aeroportos de Portugal, SA. (de ora em diante designada por ANA) e é operada pela Direção Comercial Não Aviação.

Esta aplicação é propriedade da ANA, Aeroportos de Portugal, SA. (de ora em diante designada por ANA) e é operada pela Direção Comercial Não Aviação. Termos e Condições Objeto e âmbito Esta aplicação é propriedade da ANA, Aeroportos de Portugal, SA. (de ora em diante designada por ANA) e é operada pela Direção Comercial Não Aviação. As Políticas de

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:215101-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:215101-2013:text:pt:html 1/8 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:215101-2013:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Apoio no âmbito do trabalho preparatório de medidas de conceção ecológica

Leia mais

Mobilidade por Doença

Mobilidade por Doença MANUAL DE INSTRUÇÕES Candidatura Eletrónica Mobilidade por Doença Tipo de candidato Docentes de carreira dos estabelecimentos de ensino da rede pública de Portugal Continental e das Regiões Autónomas nos

Leia mais

Plataforma Colaborativa Gestão e Arquivo Digital de Documentos e Mensagens

Plataforma Colaborativa Gestão e Arquivo Digital de Documentos e Mensagens Pasta TOC Plataforma Colaborativa Gestão e Arquivo Digital de e Mensagens Atualização e Migração: - Atualização tecnológica para a mais recente tecnologia de desenvolvimento Oracle - Migração de conteúdos

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR TABLET PARA O SETOR DA RESTAURAÇÃO

MANUAL DO UTILIZADOR TABLET PARA O SETOR DA RESTAURAÇÃO MANUAL DO UTILIZADOR TABLET PARA O SETOR DA RESTAURAÇÃO SDILAB Investigação e Desenvolvimento de Software, Lda. Parque Industrial de Celeirós - 1ª Fase, Lote C 4705 Celeirós Braga, Portugal +351 253 678

Leia mais

Guia de Depósito Teses

Guia de Depósito Teses Guia de Depósito Teses Descreva o documento que está a depositar Página 1 Se seleccionar todas as opções nesta página, visualizará um formulário diferente, modificado com o intuito de capturar informações

Leia mais

17. Quais os documentos que devem ser submetidos com o pedido de registo de compra e. Venda com reserva de propriedade?...8

17. Quais os documentos que devem ser submetidos com o pedido de registo de compra e. Venda com reserva de propriedade?...8 Perguntas Frequentes Advertência: O IRN disponibiliza conteúdos com carácter informativo e geral, sobre o pedido de registo Automóvel Online. Esta informação não substitui o atendimento técnico e qualificado

Leia mais

A nossa Política de Privacidade

A nossa Política de Privacidade A nossa Política de Privacidade Última modificação: 12 de dezembro de 2014. O resumo de alterações pode ser consultado na parte final desta Política de Privacidade. Esta Política de Privacidade tem por

Leia mais

Manual de Normas Gráficas Classe Energética do Imóvel

Manual de Normas Gráficas Classe Energética do Imóvel Manual de Normas Gráficas Classe Energética do Imóvel Manual de Normas Gráficas Classe Energética do Imóvel Índice 1. Introdução pág.05 2. Normas Gráficas pág.07 3. Regras de Aplicação pág.21 4. Aplicações

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 2012/2013

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 2012/2013 PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 2012/2013 1. Que documentos tenho de entregar? Os documentos a entregar são os solicitados no separador Documentos, em Documentos em Falta, da sua página pessoal de candidatura

Leia mais

Declaração de Privacidade

Declaração de Privacidade Declaração de Privacidade A Kelly Services, Inc. e as suas subsidiárias ("Kelly Services" ou Kelly ) respeitam a sua privacidade e reconhecem que possui determinados direitos relacionados com quaisquer

Leia mais

manual de normas gráficas Centro de Informação Europeia Jacques Delors

manual de normas gráficas Centro de Informação Europeia Jacques Delors manual de normas gráficas Centro de Informação Europeia Jacques Delors índice Eurocid logótipos de marcas associadas conceito p.2 normas de utilização p.3 construção margens de segurança dimensões cores

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Sumário Apresentação 3 Logotipo - Versões Cromáticas 4 Diagrama de Construção, Área de Reserva e Redução 5 Convivência com Outras Marcas 6 Patrocínio 7 Aplicações sobre Fundos 8 Aplicações Incorretas 9

Leia mais

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura Para o correto preenchimento do formulário de candidatura deverá ter consigo os seguintes documentos,

Leia mais

Plataforma de Comunicação Colaborativa. Programa Espaço Atlântico. Guia do utilizador da área Projectos

Plataforma de Comunicação Colaborativa. Programa Espaço Atlântico. Guia do utilizador da área Projectos Plataforma de Comunicação Colaborativa Programa Espaço Atlântico Guia do utilizador da área Projectos Versão Junho 2010 Investindo no nosso futuro comum Guia do utilizador da área Projectos Versão Junho

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS PARA LOGÓTIPO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS PARA LOGÓTIPO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS PARA LOGÓTIPO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU 1. Promotor O Instituto Politécnico de Viseu (IPV) leva a efeito o concurso de ideias para apresentação de propostas de renovação

Leia mais

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA PRODUÇÃO GRÁFICA PUBLICIDADE & PROPAGANDA Prova Semestral --> 50% da nota final. Sistema de avaliação Atividades em laboratório --> 25% da nota final Exercícios de práticos feitos nos Laboratórios de informática.

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Normas e padrões de utilização Versão 1.3 Alterada em 13/11/2014 Alteração: inclusão do elemento de marca registrada, após a concessão do registro da marca pelo INPI. Sumário

Leia mais

Submissa o de pedidos online

Submissa o de pedidos online Procedimentos a adotar para a Submissa o de pedidos online Fevereiro de 2013 1/5 Os Serviços Online permitem dois tipos de utilizadores: Não registados: têm acesso à plataforma e às informações gerais

Leia mais

Iniciativa igeo Mentes Criativas. Concurso de ideias para o desenvolvimento de uma aplicação para sistemas móveis (App)

Iniciativa igeo Mentes Criativas. Concurso de ideias para o desenvolvimento de uma aplicação para sistemas móveis (App) Iniciativa igeo Mentes Criativas Concurso de ideias para o desenvolvimento de uma aplicação para sistemas móveis (App) Coordenação: Equipa: Apoio: 1/8 REGULAMENTO Concurso de ideias para divulgação de

Leia mais

Fotografia digital. Aspectos técnicos

Fotografia digital. Aspectos técnicos Fotografia digital Aspectos técnicos Captura CCD (Charge Coupled Device) CMOS (Complementary Metal OxideSemiconductor) Conversão de luz em cargas elétricas Equilíbrio entre abertura do diafragma e velocidade

Leia mais

TERMOS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO WIFI FOR BUSINESS. I. Membro do WiFi for Business, Instalação e Ativação do Fon Spot

TERMOS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO WIFI FOR BUSINESS. I. Membro do WiFi for Business, Instalação e Ativação do Fon Spot TERMOS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO WIFI FOR BUSINESS Bem-vindo à Fon! Ao registar o seu router Fon, está a aderir à Rede e a aceitar vincular-se aos presentes Termos de utilização do Serviço WiFi for Business,

Leia mais

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares) POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DE SEGURANÇA PRIVADA (SIGESP) Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Leia mais

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes Advertência: O IRN disponibiliza conteúdos com caráter informativo e geral, sobre o pedido de registo Automóvel Online. Esta informação não substitui o atendimento técnico e qualificado

Leia mais

Manual de Utilização Moodle@ISPAB

Manual de Utilização Moodle@ISPAB Manual de Utilização Moodle@ISPAB [Estudante] Pedro Valente Gabinete de Avaliação e Qualidade (GAQ) gaq@ispab.pt Criado em: 07/10/2014 Última alteração em: 07/10/2014 Versão: 0.9 1 Sumário O manual de

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 1.0 Departamento de Segurança Privada Abril de 2012 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 1.0 (30 de abril

Leia mais

Guia Rápido. Versão 9.0. Mover a perícia - não as pessoas

Guia Rápido. Versão 9.0. Mover a perícia - não as pessoas Guia Rápido Versão 9.0 Mover a perícia - não as pessoas Copyright 2006 Danware Data A/S. Partes utilizadas sob licença de terceiros. Todos os direitos reservados. Revisão do documento: 2006080 Por favor,

Leia mais

FICHA NEGÓCIOS Vendas OnLine

FICHA NEGÓCIOS Vendas OnLine Vendas OnLine Nesta Ficha Negócios pretende-se reunir um conjunto de informação útil e pertinente para apoio do desenvolvimento desta atividade. GDEE Setembro 2015 Área de Negócio: Vendas On-line Índice

Leia mais

National Endowment for Democracy (Fundo Nacional para a Democracia) Apoiando a liberdade em todo o mundo

National Endowment for Democracy (Fundo Nacional para a Democracia) Apoiando a liberdade em todo o mundo National Endowment for Democracy (Fundo Nacional para a Democracia) Apoiando a liberdade em todo o mundo Instruções para Usar a Inscrição Online O NED tem um processo de apresentação de proposta online

Leia mais

Política WHOIS do Nome de Domínio.eu

Política WHOIS do Nome de Domínio.eu Política WHOIS do Nome de Domínio.eu 1/7 DEFINIÇÕES Os termos definidos nos Termos e Condições e/ou nas Normas de Resolução de Litígios do domínio.eu são utilizados no presente documento em maiúsculas.

Leia mais

Guia "Web Connect" DCP-J4120DW MFC-J4420DW MFC-J4620DW MFC-J4625DW MFC-J5320DW MFC-J5620DW MFC-J5625DW MFC-J5720DW MFC-J5920DW

Guia Web Connect DCP-J4120DW MFC-J4420DW MFC-J4620DW MFC-J4625DW MFC-J5320DW MFC-J5620DW MFC-J5625DW MFC-J5720DW MFC-J5920DW Guia "Web Connect" DCP-J4120DW MFC-J4420DW MFC-J4620DW MFC-J4625DW MFC-J5320DW MFC-J5620DW MFC-J5625DW MFC-J5720DW MFC-J5920DW Antes de utilizar o equipamento Brother Modelos aplicáveis Definições de notas

Leia mais

Vodafone Conferencing Como criar uma reunião

Vodafone Conferencing Como criar uma reunião Vodafone User Guide Vodafone Conferencing Como criar uma reunião Um guia passo-a-passo sobre como configurar uma reunião através do serviço Vodafone Conferencing. Visão geral Pode utilizar a Vodafone Conferencing

Leia mais

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual de Utilização Direcção dos Serviços de Economia do Governo da RAEM Novembro de 2014 SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual

Leia mais

Fototeca Municipal. Regulamento

Fototeca Municipal. Regulamento Fototeca Municipal Regulamento Índice 1. Norma Habilitante 2. Definição 3. Objectivos 4. Cedência de Fotografias 5. Condições de Utilização 6. Direito de Propriedade 7. Acesso Requisitos e Contactos 8.

Leia mais

Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES.

Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES. Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES. E a marca HEAVYLOAD transmite essa confiança e, também, cria essa percepção! Em cada momento

Leia mais

Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes

Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes 1. Conteúdo 1. Estas Condições Gerais de Utilização regem a relação entre a HomeAway Spain, S.L. (Fornecedor) e o utilizador do site (Viajante),

Leia mais

GESTÃO E DIFUSÃO DE CONTEÚDOS DIGITAIS. BND RNOD Europeana. Workshop Pré-Congresso BAD

GESTÃO E DIFUSÃO DE CONTEÚDOS DIGITAIS. BND RNOD Europeana. Workshop Pré-Congresso BAD GESTÃO E DIFUSÃO DE CONTEÚDOS DIGITAIS BND RNOD Europeana Workshop Pré-Congresso BAD SUMÁRIO: BND RNOD Europeana Conteúdos Estruturas de produção Serviços Objetivos Funcionalidades Requisitos Conteúdos

Leia mais

Special Effects for Print. Design em uma nova dimensão com o Process Metallic Color System por Color-Logic

Special Effects for Print. Design em uma nova dimensão com o Process Metallic Color System por Color-Logic Special Effects for Print Design em uma nova dimensão com o Process Metallic Color System por Color-Logic Process Metallic Color System O sistema Process Metallic Color System (Sistema de Cores Metálicas

Leia mais

PRÉ-CANDIDATURAS E SELEÇÃO DOS CANDIDATOS... 2 CANDIDATURAS... 5 PREPARAÇÃO DA MOBILIDADE... 8 DURANTE O PERIODO DE MOBILIDADE...

PRÉ-CANDIDATURAS E SELEÇÃO DOS CANDIDATOS... 2 CANDIDATURAS... 5 PREPARAÇÃO DA MOBILIDADE... 8 DURANTE O PERIODO DE MOBILIDADE... Índice PRÉ-CANDIDATURAS E SELEÇÃO DOS CANDIDATOS... 2 CANDIDATURAS... 5 PREPARAÇÃO DA MOBILIDADE... 8 DURANTE O PERIODO DE MOBILIDADE... 12 Gabinete de Mobilidade ICBAS - 2013 Página 1 PRÉ-CANDIDATURAS

Leia mais

Índice. I O Sistema de Faturação Eletrónica ... Envio de faturas por email Integração direta das faturas no sistema de informação do Cliente ...

Índice. I O Sistema de Faturação Eletrónica ... Envio de faturas por email Integração direta das faturas no sistema de informação do Cliente ... Índice I O Sistema de Faturação Eletrónica.......................................................... Envio de faturas por email Integração direta das faturas no sistema de informação do Cliente...............

Leia mais

PHC Doc. Eletrónicos CS

PHC Doc. Eletrónicos CS Descritivo PHC Documentos Electrónicos CS PHC Doc. Eletrónicos CS A diminuição dos custos da empresa A solução que permite substituir a típica correspondência em papel, agilizando os processos documentais

Leia mais

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS 1 DE JULHO DE 2015 OPERAÇÕES TEMÁTICAS OPERAÇÃO TEMÁTICA M/C DOTAÇÃO ORÇAMENTAL CAPACITAÇÃO PARA AVALIAÇÕES DE IMPACTO REGULATÓRIO

Leia mais

Guia "Web Connect" Versão 0 POR

Guia Web Connect Versão 0 POR Guia "Web Connect" Versão 0 POR Modelos aplicáveis Este Manual do Utilizador aplica-se aos seguintes modelos: ADS-2500W e ADS-2600W Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, é utilizado

Leia mais

Serviços de Ecommerce

Serviços de Ecommerce Amen ecommerce 1 Serviços de Ecommerce Ideal para iniciar o seu negócio on-line; ou Complementar as vendas da sua loja física; Os Serviços Ecommerce são soluções poderosas fáceis e acessíveis para criar

Leia mais

A cor e o computador. Teoria e Tecnologia da Cor. Unidade VII Pág. 1 /5

A cor e o computador. Teoria e Tecnologia da Cor. Unidade VII Pág. 1 /5 A cor e o computador Introdução A formação da imagem num Computador depende de dois factores: do Hardware, componentes físicas que processam a imagem e nos permitem vê-la, e do Software, aplicações que

Leia mais

Concurso de Ideias para uma Nova Imagem da Associação Desportiva - BJWHF e das Secções Desportivas de Rugby DH e de Volley - LC. Artigo 1º (Objecto)

Concurso de Ideias para uma Nova Imagem da Associação Desportiva - BJWHF e das Secções Desportivas de Rugby DH e de Volley - LC. Artigo 1º (Objecto) Concurso de Ideias para uma Nova Imagem da Associação Desportiva - BJWHF e das Secções Desportivas de Rugby DH e de Volley - LC Artigo 1º (Objecto) O concurso de ideias para uma nova imagem dos Logótipos

Leia mais

FATURAÇÃO ELETRÓNICA Manual do Cliente

FATURAÇÃO ELETRÓNICA Manual do Cliente FATURAÇÃO ELETRÓNICA Manual do Cliente Índice I O Sistema de Faturação Eletrónica.......................................................... Envio de faturas por email Integração direta das faturas no sistema

Leia mais

20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor

20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor 20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor Versão 1.0 Índice I. Começar a utilizar o 20 Aula Digital... 4 1. Registo... 4 2. Autenticação... 4 2.1. Recuperar palavra-passe... 5 II. Biblioteca...

Leia mais

Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. R$ 90 mil em prêmios

Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. R$ 90 mil em prêmios R$ 90 mil em prêmios Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. UM GRANDE PRÊMIO PARA GRANDES PROFISSIONAIS SUMÁRIO 1.

Leia mais

Como agendar um ato consular?

Como agendar um ato consular? Consulado Geral de Portugal em Luanda Av. De Portugal,nº50, 1º Andar, Luanda Email: cgluanda@mne.pt Como agendar um ato consular? Manual do Utilizador 1 Aceder ao website: www.portaldascomunidades.mne.pt

Leia mais

Imagine se pudesse reduzir os inconvenientes e os custos de tornar os seus colaboradores mais acessíveis...

Imagine se pudesse reduzir os inconvenientes e os custos de tornar os seus colaboradores mais acessíveis... Imagine se pudesse reduzir os inconvenientes e os custos de tornar os seus colaboradores mais acessíveis... Como este serviço pode ajudá-lo Faça The uma chances gestão are you ve eficiente invested das

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

BIBLIOTECA NACIONAL DIGITAL RENOVADA

BIBLIOTECA NACIONAL DIGITAL RENOVADA BIBLIOTECA NACIONAL DIGITAL RENOVADA NOVOS SERVIÇOS, FUNCIONALIDADES E CONTEXTOS DE COOPERAÇÃO SUMÁRIO NOVA INTERFACE GRÁFICA DA BND COOPERAÇÃO RNOD REGISTO NACIONAL DE OBJETOS DIGITAIS PROJETOS EOD EBOOKS

Leia mais

INSCRIÇÕES MANUAL DE INSCRIÇÃO PARA O ALUNO FCUL. Inscrição a Disciplina(s) Comprovativo de inscrição Plano de pagamento de propinas

INSCRIÇÕES MANUAL DE INSCRIÇÃO PARA O ALUNO FCUL. Inscrição a Disciplina(s) Comprovativo de inscrição Plano de pagamento de propinas INSCRIÇÕES MANUAL DE INSCRIÇÃO PARA O ALUNO FCUL Inscrição a Disciplina(s) Comprovativo de inscrição Plano de pagamento de propinas Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa - Manual de Inscrição

Leia mais

ERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site

ERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site TERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site, ou a qualquer conteúdo do mesmo, o utilizador toma conhecimento e estabelece um acordo com a SDEA Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores, EPER

Leia mais

Uma ferramenta de apoio à reflexão continuada

Uma ferramenta de apoio à reflexão continuada portefólio Uma ferramenta de apoio à reflexão continuada Destinado a professores Aqui encontrará um conjunto de sugestões de trabalho para a utilização da metodologia dos portefólios no apoio ao desenvolvimento

Leia mais

INSCRIÇÕES MANUAL DE INSCRIÇÃO PARA O ALUNO FCUL. Inscrição a Disciplina(s) Comprovativo de Inscrição. Plano de pagamento de propinas

INSCRIÇÕES MANUAL DE INSCRIÇÃO PARA O ALUNO FCUL. Inscrição a Disciplina(s) Comprovativo de Inscrição. Plano de pagamento de propinas INSCRIÇÕES MANUAL DE INSCRIÇÃO PARA O ALUNO FCUL Inscrição a Disciplina(s) Comprovativo de Inscrição Plano de pagamento de propinas Unidade Académica Data do documento: Agosto de 2014 Faculdade de Ciências

Leia mais

RIQASNet. Instruções de utilização. Introdução. Registo para o RIQASNet

RIQASNet. Instruções de utilização. Introdução. Registo para o RIQASNet RIQASNet Instruções de utilização Introdução O RIQASNet é um sistema de entrada de dados utilizando a internet que permite aos utilizadores enviarem os resultados e alterações de método para o RIQAS, e

Leia mais

A estabilidade de preços é importante porquê? Brochura informativa para os alunos

A estabilidade de preços é importante porquê? Brochura informativa para os alunos A estabilidade de preços é importante porquê? Brochura informativa para os alunos O que é que podes comprar com uma nota de 10? Que tal dois CD-singles ou talvez a tua revista preferida todas as semanas,

Leia mais

Solução de Tratamento de Documentos Contabilísticos. Apresentação de Solução

Solução de Tratamento de Documentos Contabilísticos. Apresentação de Solução Solução de Tratamento de Documentos Contabilísticos Apresentação de Solução Confidencialidade A informação contida neste documento é propriedade dos CTT e o seu conteúdo é confidencial, não podendo ser

Leia mais

SUPLEMENTO I SÉRIE ÍNDICE. Ministério das Finanças. Terça-feira, 24 de janeiro de 2012 Número 17

SUPLEMENTO I SÉRIE ÍNDICE. Ministério das Finanças. Terça-feira, 24 de janeiro de 2012 Número 17 I SÉRIE Terça-feira, 24 de janeiro de 2012 Número 17 ÍNDICE SUPLEMENTO Ministério das Finanças Portaria n.º 22-A/2012: Altera a Portaria n.º 363/2010, de 23 de junho, que regulamenta a certificação prévia

Leia mais

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan

Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Guia de Imprimir/Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan Versão I POR Definições de notas Ao longo deste manual do utilizador, é utilizado o seguinte estilo de nota: especifica o ambiente operativo,

Leia mais

CONCURSO POPPY O QUE É POPPY? O CONCURSO COMO PARTICIPAR

CONCURSO POPPY O QUE É POPPY? O CONCURSO COMO PARTICIPAR CONCURSO POPPY O QUE É POPPY? Tudo começou quando a Vera nasceu. Precisávamos de comprar mobiliário para o quarto dela e tudo parecia igual e pouco criativo. Pensámos então em como poderíamos contribuir

Leia mais

Processo de declaração de conformidade de software PEM

Processo de declaração de conformidade de software PEM Processo de declaração de conformidade de software agosto, 2015 Versão 2,0 Este trabalho não pode ser reproduzido ou divulgado, na íntegra ou em parte, a terceiros nem utilizado para outros fins que não

Leia mais

O CITIUS é uma ferramenta mais avançada do que a antiga aplicação Habilus.net, permitindo um conjunto de novas funcionalidades.

O CITIUS é uma ferramenta mais avançada do que a antiga aplicação Habilus.net, permitindo um conjunto de novas funcionalidades. Projecto CITIUS CITIUS (do latim mais rápido, mais célere) é o projecto de desmaterialização dos processos nos tribunais judiciais desenvolvido pelo Ministério da Justiça. Englobando aplicações informáticas

Leia mais

» Quer saber mais sobre a ação de registar e/ou enviar um documento através do GesDoc?

» Quer saber mais sobre a ação de registar e/ou enviar um documento através do GesDoc? » PERGUNTAS MAIS FREQUENTES FAQ s - https://gesdoc.uevora.pt» Quer saber mais sobre a ação de registar e/ou enviar um documento através do GesDoc?» Aqui encontra algumas respostas às perguntas mais frequentes

Leia mais

M a n u a l d o C a n d i d a t o

M a n u a l d o C a n d i d a t o Para efetuar o processo de candidatura deve aceder ao link: http://ff.academicos.ul.pt/cssnetff Tenha sempre em atenção que durante o seu processo de candidatura todos os campos assinalados com * são de

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Digitalização de documentos analógicos em suporte magnético 2014/S 180-316768. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Digitalização de documentos analógicos em suporte magnético 2014/S 180-316768. Anúncio de concurso. Serviços 1/7 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:316768-2014:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Digitalização de documentos analógicos em suporte magnético 2014/S 180-316768

Leia mais

TRABALHADORES INDEPENDENTES SEGURANÇA SOCIAL DIRETA

TRABALHADORES INDEPENDENTES SEGURANÇA SOCIAL DIRETA TRABALHADORES INDEPENDENTES SEGURANÇA SOCIAL DIRETA PASSO-A-PASSO PARA SOLICITAR PEDIDO DE ALTERAÇÃO DE ESCALÃO ATRAVÉS DA SEGURANÇA SOCIAL DIRETA Aceda à Segurança Social Direta, em https:///consultas/ssdirecta/

Leia mais

Sphinx Scanner Informações gerais V 5.1.0.8

Sphinx Scanner Informações gerais V 5.1.0.8 Sphinx Scanner Informações gerais V 5.1.0.8 Pré-requisitos: Possuir modalidade scanner no software Sphinx A SPHINX Brasil propõe uma solução de leitura automática de questionários por scanner. O Sphinx

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE SISTEMA MULTIFUNÇÕES DIGITAL Página INTRODUÇÃO ANTES DA INSTALAÇÃO INSTALAR O DRIVER DA IMPRESSORA LIGAÇÃO A UM COMPUTADOR 9 CONFIGURAR O CONTROLADOR DA IMPRESSORA 0 COMO

Leia mais

Guia de Imprimir/ Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan (Windows Phone )

Guia de Imprimir/ Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan (Windows Phone ) Guia de Imprimir/ Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan (Windows Phone ) Antes de utilizar o equipamento Brother Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, são utilizados os seguintes

Leia mais

Instruções para utilização. portal da Meusburger

Instruções para utilização. portal da Meusburger Instruções para utilização do portal da Meusburger 1. Índice 1. Informação geral 3 2. Registo no portal da Meusburger 4 3. 3.1 3.2 Senha Senha de acesso Esqueceu a senha? 4. Solicitar bilhetes para feiras

Leia mais

Guia de Início Rápido Antivirus Pro 2009 Importante! Leia atentamente a secção Activação do produto neste guia. As informações contidas nesta secção são essenciais para manter o seu computador protegido.

Leia mais

12) COMO É FEITO O REGISTO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS ATRAVÉS DA IES?

12) COMO É FEITO O REGISTO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS ATRAVÉS DA IES? Registo da prestação de contas 12) COMO É FEITO O REGISTO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS ATRAVÉS DA IES? Uma das obrigações integradas na IES é o registo de prestação de contas. Isto significa que, as empresas

Leia mais

ÍNDICE 1 Introdução... 2 Acesso do utilizador público... 3 Processo de apresentação e resolução de reclamação... 4 Acesso ao sistema...

ÍNDICE 1 Introdução... 2 Acesso do utilizador público... 3 Processo de apresentação e resolução de reclamação... 4 Acesso ao sistema... ÍNDICE 1 Introdução... 2 2 Acesso do utilizador público... 3 3 Processo de apresentação e resolução de reclamação... 4 4 Acesso ao sistema... 5 4.1 Como aceder ao website das BNTs... 5 4.2 Como criar uma

Leia mais

ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE

ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE 2 ÍNDICE ADSE Direta... 4 Serviços Disponíveis... 6 Atividade Convencionada... 7 Atualizar/Propor Locais de Prestação... 9 Propor Novo

Leia mais

Manual de Normas de Utilização da Informática na Universidade do Algarve

Manual de Normas de Utilização da Informática na Universidade do Algarve Manual de Normas de Utilização da Informática na Universidade do Algarve Controlo de Versões Versão Data Autor Status Alterações 1.0 1-06-2007 Equipa Informática Projectos Final 1ºa Versão 2 Índice 1.

Leia mais

Serviço HP Foundation Care Exchange

Serviço HP Foundation Care Exchange Dados técnicos Serviço HP Foundation Care Exchange Serviços HP Vantagens do serviço Acesso a recursos técnicos da HP para resolução de problemas Contribui para um melhor desempenho do sistema e redução

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Sumário 1. Introdução 1.1. Apresentação...4 1.2. Ficha Técnica...4 2.1.1. Logotipo Padrão...5 2.1.1.1. Versão Comercial e Institucional, com e sem slogan...6 2.1.1.2. Versão

Leia mais

Concurso Externo Extraordinário

Concurso Externo Extraordinário MANUAL DE INSTRUÇÕES Aperfeiçoamento da Candidatura Eletrónica Concurso Externo Extraordinário NOS TERMOS DO PONTO 3.2 do Nº 3 DO CAPÍTULO VIII DO AVISO N.º 1340-A/2013, PUBLICADO EM DIÁRIO DA REPÚBLICA,

Leia mais

online > Através de formulário > ComoCartãodeCidadão > Associação do Cartão de Cidadão 1. Aderir ao serviço

online > Através de formulário > ComoCartãodeCidadão > Associação do Cartão de Cidadão 1. Aderir ao serviço online 1. Aderir ao serviço > Através de formulário > ComoCartãodeCidadão > Associação do Cartão de Cidadão 2. Navegar no BAV 3. Consultar requisitos > Autenticação no BAV > Navegação nos menus > Localização

Leia mais

1. Requisitos quanto a detecção e sensores

1. Requisitos quanto a detecção e sensores TERMOS DE REFERÊNCIA DO EUROSISTEMA PARA A UTILIZAÇÃO DE MÁQUINAS DE DEPÓSITO, ESCOLHA E LEVANTAMENTO POR INSTITUIÇÕES DE CRÉDITO, BEM COMO QUALQUER OUTRA INSTITUIÇÃO DA ÁREA DO EURO, QUE INTERVENHAM,

Leia mais

USB para CONVERSOR EM SÉRIE

USB para CONVERSOR EM SÉRIE USB para CONVERSOR EM SÉRIE Manual do Utilizador DA-70156 Rev.5 Manual de Instalação do Windows 7/8/8.1 Passo 1: Introduzir o CD deste produto na entrada CD-ROM. Ligar o dispositivo à porta USB extra do

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR. Bolsa de Contratação de Escola. Candidatura

MANUAL DO UTILIZADOR. Bolsa de Contratação de Escola. Candidatura MANUAL DO UTILIZADOR Bolsa de Contratação de Escola Candidatura 22 de julho de 2015 Índice 1 ENQUADRAMENTO... 4 1.1 Aspetos gerais... 4 1.2 Normas importantes de acesso e utilização da aplicação... 5 2

Leia mais

Seu manual do usuário HP SLATE 10 HD 3500EF SILVER http://pt.yourpdfguides.com/dref/5512768

Seu manual do usuário HP SLATE 10 HD 3500EF SILVER http://pt.yourpdfguides.com/dref/5512768 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP SLATE 10 HD 3500EF SILVER. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a

Leia mais

Portal Web de Apoio às Filiadas

Portal Web de Apoio às Filiadas Portal Web de Apoio às Filiadas Manual de Utilizador Externo Titularidade: FCMP Data: 2014-02-03 Versão: 1 1 1. Introdução 3 2. Descrição das Funcionalidades 4 2.1. Entrada no sistema e credenciação de

Leia mais

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns.

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Internet Internet ou Net É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Como Comunicam os computadores Os computadores comunicam entre si utilizando uma linguagem

Leia mais

Termo de Condições de Participação no if DESIGN AWARD 2016 01

Termo de Condições de Participação no if DESIGN AWARD 2016 01 Termo de Condições de Participação no if DESIGN AWARD 2016 01 O if DESIGN AWARD é organizado pelo if International Forum Design GmbH (doravante denominado de if ). Condições de Participação A participação

Leia mais

Guia de qualidade de cores

Guia de qualidade de cores Página 1 de 5 Guia de qualidade de cores O Guia de qualidade de cores ajuda você a entender como as operações disponíveis na impressora podem ser usadas para ajustar e personalizar a saída colorida. Menu

Leia mais

MANUAL do UTILIZADOR

MANUAL do UTILIZADOR Software OFICIAR Gestão de Expediente Versão 2 para Windows MANUAL do UTILIZADOR Janeiro de 2014 J.P.M. & ABREU, Lda. Apartado 2927 2410-902 LEIRIA Telef: 244800570 Fax: 244 824576 Linha Verde: 800 225

Leia mais

Declaração de utilização prevista. Exclusão de responsabilidade

Declaração de utilização prevista. Exclusão de responsabilidade Como posso permitir que um paciente partilhe dados comigo? Como posso ligar um convite de paciente a um registo de paciente na minha conta web? Como é que os dados partilhados de um paciente são transferidos

Leia mais