CONVITE PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO PARA A CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE BAR FUNDAÇÃO DE SERRALVES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONVITE PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO PARA A CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE BAR FUNDAÇÃO DE SERRALVES"

Transcrição

1 CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE BAR FUNDAÇÃO DE SERRALVES

2 Índice Artigo 1.º Objeto do procedimento de Ajuste Direto Artigo 2.º Entidade adjudicante Artigo 3.º Órgão Competente Para a Decisão de Contratar Artigo 4.º Peças do Procedimento Artigo 5.º Prazo e Modo de apresentação de propostas Artigo 6.º Esclarecimentos e Retificações Artigo 7.º Conteúdo da Proposta Artigo 8.º Proposta com variantes Artigo 9.º Prazo da obrigação de manutenção da proposta Artigo 10.º Documentos que integram a proposta Artigo 11.º Esclarecimentos a Prestar pelos Concorrentes Artigo 12.º Encargos do Concorrente Artigo 13.º Negociação Artigo 14.º Escolha do adjudicatário Artigo 15.º Caução Artigo 16.º Aceitação da minuta do Contrato 2

3 Convite à Apresentação de Proposta CONVITE PARTE I SECÇÃO I Disposições gerais Artigo 1.º Objeto do procedimento de Ajuste Direto 1. A Fundação de Serralves pretende concessionar a exploração dos serviços de restauração do Bar do Auditório da Fundação de Serralves. 2. Os serviços a contratar encontram-se fixados na Parte II (Cláusulas Técnicas) do Caderno de Encargos. Artigo 2.º Entidade adjudicante A entidade contratante é a Fundação de Serralves, pessoa coletiva de direito privado n.º , instituída pelo Decreto-Lei n.º 240-A/89, de 27 de Julho, com escritório na Rua D. João de Castro, n.º 210, Porto, Portugal (telefone , telefax , e endereços eletrónicos Artigo 3.º Órgão Competente Para a Decisão de Contratar O órgão competente para a decisão de contratar é a Direção Geral da Fundação de Serralves, representada pela Diretora Geral no uso dos poderes que lhe foram conferidos por procuração outorgada no dia 28 de Setembro de 2012, em cumprimento do deliberado pelo Conselho de Administração, expresso na Ata n.º 2, do dia 2 de Março de Artigo 4.º Peças do Procedimento O presente procedimento é composto pelo Convite e Caderno de Encargos. SECÇÃO II Propostas Artigo 5.º Prazo e Modo de apresentação de propostas 1. A apresentação da proposta e dos documentos que a acompanham deverá ser realizada exclusivamente através de correio electrónico, para o endereço electrónico até às 12 horas do dia 30 de Novembro de A receção da proposta e dos documentos que a acompanham é registada com referência às respetivas data e hora, sendo entregue ao Concorrente um recibo eletrónico comprovativo dessa receção. Artigo 6.º Esclarecimentos e Retificações 1. O concorrente pode apresentar pedidos de esclarecimento de quaisquer dúvidas surgidas na compreensão e na interpretação das peças do procedimento, os quais devem ser solicitados exclusivamente para a Coordenadora do Serviço Comercial, 3

4 Helena Taveira, através do endereço electrónico até 7 (sete) dias antes da data fixada para a entrega das propostas. 2. Os esclarecimentos a que se refere o número anterior serão prestados através do endereço electrónico 3. Os esclarecimentos e as retificações mencionados nos números 1 e 2 fazem parte das peças do procedimento a que dizem respeito e prevalecem sobre estas em caso de divergência. Artigo 7.º Conteúdo da Proposta 1. A proposta deverá apresentar modelos de exploração para o Bar do Auditório, devidamente especificados e quantificados, como forma de incentivar a inovação e a melhoria da prestação dos serviços. 2. A proposta deverá especificar claramente o conceito do espaço de restauração, os menus e respectivos preços que o proponente apresenta para cada um dos serviços e fornecimentos. 3. Não é obrigatória a utilização da designação Bar do Auditório de Serralves como nome do estabelecimento. 4. É obrigatória a indicação da contrapartida financeira pela utilização das instalações que o proponente garante à Fundação de Serralves. 5. A proposta deverá ainda especificar o número de efectivos afectos ao espaço e respetivas funções. 6. As propostas devem conter toda a informação solicitada no Caderno de Encargos, nomeadamente: a) Projeto de exploração; b) Conceito da oferta e do espaço; c) Menus d) Lista de preços; e) Propostas de decoração do espaço; f) Plano de dinamização do espaço; g) Estrutura orgânica a implementar; h) Documentos de habilitação dos proponentes tal como exigidos no ponto 7 deste programa de candidatura. 7. Na proposta o concorrente manifesta a sua vontade de contratar e indica as condições em que se dispõe a fazê-lo. 8. Na proposta o concorrente pode especificar aspetos que considere relevantes para a apreciação da mesma. 9. O preço, que não deve incluir o IVA, é indicado em algarismos e por extenso. 10. A proposta deve mencionar expressamente que ao preço total acresce o IVA, indicando-se o respetivo valor e a taxa legal aplicável. 11. A proposta deve indicar o preço parcial e unitário de cada artigo, bem como o preço total. 12. Considera-se que o preço total resultante de uma proposta é anormalmente baixo quando seja 50% ou mais inferior ao preço base. 13. A proposta deve ser assinada pelo concorrente ou pelos representantes legais do concorrente, no caso de este se tratar de uma pessoa coletiva. 4

5 14. Não é admitida a apresentação de propostas com alterações de cláusulas do Caderno de Encargos. Artigo 8.º Proposta com variantes 1. Não é admitida a apresentação de proposta com variantes, pelo que cada concorrente só pode apresentar uma única proposta. 2. Para efeitos do presente procedimento, são variantes as propostas que, relativamente a um ou mais aspetos da execução do contrato a celebrar, contenham atributos que digam respeito a condições contratuais alternativas nos termos expressamente admitidos pelo caderno de encargos. Artigo 9.º Prazo da obrigação de manutenção da proposta O prazo da obrigação de manutenção da proposta é de 120 (cento e vinte) dias contados do termo do prazo fixado para a apresentação da proposta. Artigo 10.º Documentos que integram a proposta 1. A proposta deve incluir os seguintes elementos documentais, cuja apresentação é obrigatória: 1.1. Declaração do concorrente de aceitação do conteúdo do caderno de encargos, elaborada em conformidade com o modelo constante do Anexo I ao Código dos Contratos Públicos, e reproduzido nas disposições finais deste convite, devidamente assinada pela entidade convidada a apresentar proposta Documentos que, em função do objeto do contrato a celebrar e dos aspetos da sua execução, contenham os atributos da proposta, de acordo com os quais o concorrente se dispõe a contratar, nomeadamente: I. Declaração contendo a identificação completa do proponente, morada/sede, número de identificação fiscal, telefone, fax e , capital social e número de pessoa colectiva, nomes dos titulares dos corpos sociais e de outras pessoas com poderes para obrigarem a sociedade e, se for caso disso, de filial ou filiais que interessem à prestação dos serviços II. Apresentação de Relatório e contas do exercício findo e cópia da última declaração apresentada para efeitos do Imposto sobre Rendimento das Pessoas Colectivas; III. Identificação do representante que servirá de interlocutor na negociação; IV. Organograma estrutural; V. Indicação de número de pessoas ao seu serviço, considerando: Pessoal do quadro permanente; Pessoal do contrato a termo certo; Pessoal com outro tipo de vínculo precário; Pessoal médico e outros técnicos na área da nutrição e dietética. VI. Relação de empresas ou locais de restauração onde exerçam ou tenham exercido o mesmo tipo de atividades; 5

6 VII. Caso o proponente pretenda constituir uma nova sociedade com a finalidade de assegurar a exploração dos serviços de restauração objecto da Concurso, deverá identificar o projeto de constituição bem como indicar por que forma se responsabiliza pelo integral cumprimento do que eventualmente vier a ser contratado Certidão de registo criminal de todos os titulares dos órgãos sociais de administração, direção ou gerência, que se encontrem em efetividade de funções e do próprio concorrente, seja pessoa coletiva ou singular; 1.4. Declaração de não dívida à Segurança Social (ou autorização para consulta); 1.5. Declaração de não dívida à Finanças (ou autorização para consulta); 1.6. Certificado de HACCP Documentos que contenham os esclarecimentos justificativos da apresentação de um preço anormalmente baixo, quando esse preço resulte, direta ou indiretamente, das peças do procedimento; 2. No caso de existir divergência entre o preço total indicado na proposta e o valor resultante da respetiva nota justificativa, prevalece o valor mais baixo. Artigo 11.º Esclarecimentos a Prestar pelos Concorrentes O concorrente obriga-se a prestar, relativamente à proposta e a todos os documentos que a integram, todos os esclarecimentos que os serviços da Entidade Adjudicante solicitar. Artigo 12.º Encargos do Concorrente São da responsabilidade do concorrente todas as despesas e encargos inerentes à elaboração da proposta e à celebração do contrato. SECÇÃO III Negociação Artigo 13.º Negociação 1. Tendo em atenção os critérios acima definidos, poderão vir a ser selecionados até três proponentes para a fase de negociação. 2. Os proponentes selecionados para negociações obrigam-se a manter a sua proposta até à notificação da decisão final. 3. Finalizadas as negociações, será elaborado o respectivo relatório de avaliação para decisão final de adjudicação. 4. A Fundação de Serralves reserva-se o direito de não realizar negociações, caso decida realizar negociações, mais se reserva de, em qualquer momento, interromper as negociações ou dá-las por concluídas, com todos ou algum dos proponentes, se os resultados até então obtidos não se mostrarem satisfatórios. 6

7 SECÇÃO IV Adjudicação CONVITE Artigo 14.º Escolha do adjudicatário 1. As propostas serão apreciadas tendo em conta os seguintes parâmetros: I. Contrapartidas financeiras e outras para a Fundação de Serralves; II. Conceito da oferta e do espaço; III. Menus; IV. Preços; V. Plano de dinamização do espaço; VI. Capacidade técnica; VII. Garantia de qualidade; VIII. Capacidade financeira. 2. Depois de cumpridas as formalidades previstas na lei, o órgão competente para a decisão de contratar, com base num relatório de projeto de decisão elaborado pelos respetivos serviços, escolhe o adjudicatário, emitindo a decisão de adjudicação. 3. A decisão de adjudicação é notificada ao adjudicatário, juntamente com o relatório de projeto de decisão. SECÇÃO V Caução Artigo 15.º Caução 1. Para garantir o exacto e pontual cumprimento das suas obrigações legais e contratuais, o adjudicatário deve prestar uma caução no valor de 10000,00 (dez mil euros), com exclusão do IVA. 2. O adjudicatário deve, no prazo de 5 dias a contar da notificação da adjudicação, prestar a caução, devendo comprovar essa prestação junto da entidade adjudicante no dia imediatamente subsequente. 3. A entidade adjudicante pode considerar perdida a seu favor a caução prestada independentemente de decisão judicial, nos casos de não cumprimento das obrigações legais, contratuais ou pré-contratuais pelo adjudicatário. SECÇÃO VI Contrato Artigo 16.º Aceitação da minuta do Contrato A minuta do contrato é enviada, para aceitação, ao adjudicatário, juntamente com a decisão de adjudicação, considerando-se aceite quando haja aceitação expressa ou quando não haja reclamação nos 5 (cinco) dias subsequentes à respetiva notificação. 7

8 Artigo 17.º Celebração de contrato escrito O contrato deve ser celebrado no prazo máximo de cinco dias a contar da data da aceitação da minuta ou da decisão sobre a reclamação, mas nunca antes de apresentados todos os documentos de habilitação exigidos e a caução, no caso em que seja devida. 8

9 ANEXO I Modelo de declaração [nome, número de documento de identificação e morada], na qualidade de representante legal de (1)... [firma, número de identificação fiscal e sede ou, no caso de agrupamento concorrente, firmas, números de identificação fiscal e sedes], tendo tomado inteiro e perfeito conhecimento do caderno de encargos relativo à execução do contrato a celebrar na sequência do procedimento de... [designação ou referência ao procedimento em causa], declara, sob compromisso de honra, que a sua representada (2) se obriga a executar o referido contrato em conformidade com o conteúdo do mencionado caderno de encargos, relativamente ao qual declara aceitar, sem reservas, todas as suas cláusulas. 2 - Declara também que executará o referido contrato nos termos previstos nos seguintes documentos, que junta em anexo (3): a)... b) Declara ainda que renuncia a foro especial e se submete, em tudo o que respeitar à execução do referido contrato, ao disposto na legislação portuguesa aplicável. 4 - Mais declara, sob compromisso de honra, que: a) Não se encontra em estado de insolvência, em fase de liquidação, dissolução ou cessação de atividade, sujeita a qualquer meio preventivo de liquidação de patrimónios ou em qualquer situação análoga, nem tem o respetivo processo pendente; b) Não foi condenado(a) por sentença transitada em julgado por qualquer crime que afete a sua honorabilidade profissional (4) [ou os titulares dos seus órgãos sociais de administração, direção ou gerência não foram condenados por qualquer crime que afete a sua honorabilidade profissional (5)] (6); c) Não foi objeto de aplicação de sanção administrativa por falta grave em matéria profissional (7) [ou os titulares dos seus órgãos sociais de administração, direção ou gerência não foram objeto de aplicação de sanção administrativa por falta grave em matéria profissional (8)] (9); d) Tem a sua situação regularizada relativamente a contribuições para a segurança social em Portugal [ou no Estado de que é nacional ou no qual se situe o seu estabelecimento principal] (10); e) Tem a sua situação regularizada relativamente a impostos devidos em Portugal [ou no Estado de que é nacional ou no qual se situe o seu estabelecimento principal] (11); f) Tenham sido objeto de aplicação da sanção acessória prevista na alínea e) do n.º 1 do artigo 21.º do Decreto-Lei n.º 433/82, de 27 de outubro, na alínea b) do n.º 1 do artigo 71.º da Lei n.º 19/2012, de 8 de maio, e no n.º 1 do artigo 460.º do presente Código, durante o período de inabilidade fixado na decisão condenatória i ; 9

10 Deve mencionar-se: f) Não foi objeto de aplicação de sanção acessória aplicação da sanção acessória prevista na alínea e) do n.º 1 do artigo 21.º do Decreto-Lei n.º 433/82, de 27 de outubro, na alínea b) do n.º 1 do artigo 71.º da Lei n.º 19/2012, de 8 de maio, e no n.º 1 do artigo 460.º do presente Código g) Não foi objeto de aplicação da sanção acessória prevista na alínea b) do n.º 1 do artigo 627.º do Código do Trabalho (13) ii Deve mencionar-se: g) Não foi objeto de aplicação da sanção acessória prevista na alínea b) do nº 2 do artigo 562.º do Código do Trabalho ; h) Não foi objeto de aplicação, há menos de dois anos, de sanção administrativa ou judicial pela utilização ao seu serviço de mão-de-obra legalmente sujeita ao pagamento de impostos e contribuições para a segurança social, não declarada nos termos das normas que imponham essa obrigação, em Portugal [ou no Estado de que é nacional ou no qual se situe o seu estabelecimento principal] (14); i) Não foi condenado(a) por sentença transitada em julgado por algum dos seguintes crimes (15) [ou os titulares dos seus órgãos sociais de administração, direção ou gerência não foram condenados por alguns dos seguintes crimes (16)] (17): i) Participação em atividades de uma organização criminosa, tal como definida no n.º 1 do artigo 2.º da Ação Comum 98/773/JAI do Conselho; ii) Corrupção, na aceção do artigo 3.º do Ato do Conselho de 26 de Maio de 1997 e do n.º 1 do artigo 3.º da Ação Comum 98/742/JAI do Conselho; iii) Fraude, na aceção do artigo 1.º da Convenção relativa à Proteção dos Interesses Financeiros das Comunidades Europeias; iv) Branqueamento de capitais, na aceção do artigo 1.º da Diretiva n.º 91/308/CEE, do Conselho, de 10 de Junho de 1991, relativa à prevenção da utilização do sistema financeiro para efeitos de branqueamento de capitais. j) Não prestou, a qualquer título, direta ou indiretamente, assessoria ou apoio técnico na preparação e elaboração das peças do procedimento que lhe confira vantagem que falseie as condições normais de concorrência. 5 - O declarante tem pleno conhecimento de que a prestação de falsas declarações implica, consoante o caso, a exclusão da proposta apresentada ou a caducidade da adjudicação que eventualmente sobre ela recaia e constitui contraordenação muito grave, nos termos do artigo 456.º do Código dos Contratos Públicos, a qual pode determinar a aplicação da sanção acessória de privação do direito de participar, como candidato, como concorrente ou como membro de agrupamento candidato ou concorrente, em qualquer procedimento adotado para a formação de contratos públicos, sem prejuízo da participação à entidade competente para efeitos de procedimento criminal. 6 - Quando a entidade adjudicante o solicitar, o concorrente obriga-se, nos termos do disposto no artigo 81.º do Código dos Contratos Públicos, a apresentar a declaração 10

11 que constitui o anexo II ao referido Código, bem como os documentos comprovativos de que se encontra nas situações previstas nas alíneas b), d), e) e i) do n.º 4 desta declaração. 7 - O declarante tem ainda pleno conhecimento de que a não apresentação dos documentos solicitados nos termos do número anterior, por motivo que lhe seja imputável, determina a caducidade da adjudicação que eventualmente recaia sobre a proposta apresentada e constitui contraordenação muito grave, nos termos do artigo 456.º do Código dos Contratos Públicos, a qual pode determinar a aplicação da sanção acessória de privação do direito de participar, como candidato, como concorrente ou como membro de agrupamento candidato ou concorrente, em qualquer procedimento adotado para a formação de contratos públicos, sem prejuízo da participação à entidade competente para efeitos de procedimento criminal. [Local], [data] [Assinatura (18)] Notas: (1) Aplicável apenas a concorrentes que sejam pessoas coletivas. (2) No caso de o concorrente ser uma pessoa singular, suprimir a expressão «a sua representada». (3) Enumerar todos os documentos que constituem a proposta, para além desta declaração, nos termos do disposto nas alíneas b), c) e d) do n.º 1 e nos n.os 2 e 3 do artigo 57.º (4) Indicar se, entretanto, ocorreu a respetiva reabilitação. (5) Indicar se, entretanto, ocorreu a respetiva reabilitação. (6) Declarar consoante o concorrente seja pessoa singular ou pessoa coletiva. (7) Indicar se, entretanto, ocorreu a respetiva reabilitação. (8) Indicar se, entretanto, ocorreu a respetiva reabilitação. (9) Declarar consoante o concorrente seja pessoa singular ou pessoa coletiva. (10) Declarar consoante a situação. (11) Declarar consoante a situação. (12) Indicar se, entretanto, decorreu o período de inabilidade fixado na decisão condenatória. (13) Indicar se, entretanto, decorreu o período de inabilidade fixado na decisão condenatória. (14) Declarar consoante a situação. (15) Indicar se, entretanto, ocorreu a sua reabilitação. (16) Indicar se, entretanto, ocorreu a sua reabilitação. (17) Declarar consoante o concorrente seja pessoa singular ou pessoa coletiva. (18) Nos termos do disposto nos n.ºs 4 e 5 do artigo

12 ANEXO II Modelo de declaração CONVITE [nome, número de documento de identificação e morada], na qualidade de representante legal de (19)... [firma, número de identificação fiscal e sede ou, no caso de agrupamento concorrente, firmas, números de identificação fiscal e sedes], adjudicatário(a) no procedimento de... [designação ou referência ao procedimento em causa], declara, sob compromisso de honra, que a sua representada (20): a) Não se encontra em estado de insolvência, em fase de liquidação, dissolução ou cessação de atividade, sujeita a qualquer meio preventivo de liquidação de patrimónios ou em qualquer situação análoga, nem tem o respetivo processo pendente; b) Não foi objeto de aplicação de sanção administrativa por falta grave em matéria profissional (21) [ou os titulares dos seus órgãos sociais de administração, direção ou gerência não foram objeto de aplicação de sanção administrativa por falta grave em matéria profissional (22)] (23); c) Tenham sido objeto de aplicação da sanção acessória prevista na alínea e) do n.º 1 do artigo 21.º do Decreto-Lei n.º 433/82, de 27 de outubro, na alínea b) do n.º 1 do artigo 71.º da Lei n.º 19/2012, de 8 de maio, e no n.º 1 do artigo 460.º do presente Código, durante o período de inabilidade fixado na decisão condenatória iii ; Deve mencionar-se: c) Não foi objeto de aplicação da sanção acessória prevista na alínea e) do nº 1 do artigo 21.º do Decreto-Lei nº 433/82, de 27 de outubro, na alínea b) do nº 1 do artigo 71.º da Lei nº 19/2012, de 8 de maio, e no nº 1 do artigo 460.º do presente Código. d) Não foi objeto de aplicação da sanção acessória prevista na alínea b) do n.º 1 do artigo 627.º do Código do Trabalho (25) iv ; Deve mencionar-se: d) Não foi objeto de aplicação da sanção acessória prevista na alínea b) do nº 2 do artigo 562.º do Código do Trabalho ; e) Não foi objeto de aplicação, há menos de dois anos, de sanção administrativa ou judicial pela utilização ao seu serviço de mão-de-obra legalmente sujeita ao pagamento de impostos e contribuições para a segurança social, não declarada nos termos das normas que imponham essa obrigação, em Portugal [ou no Estado de que é nacional ou no qual se situe o seu estabelecimento principal] (26); f) Não prestou, a qualquer título, direta ou indiretamente, assessoria ou apoio técnico na preparação e elaboração das peças do procedimento que lhe confira vantagem que falseie as condições normais de concorrência. 2 - O declarante junta em anexo [ou indica... como endereço do sítio do sítio da Internet onde podem ser consultados (27)] os documentos comprovativos de que a 12

13 sua representada (28) não se encontra nas situações previstas nas alíneas b), d), e) e i) do artigo 55.º do Código dos Contratos Públicos. 3 - O declarante tem pleno conhecimento de que a prestação de falsas declarações implica a caducidade da adjudicação e constitui contraordenação muito grave, nos termos do artigo 456.º do Código dos Contratos Públicos, a qual pode determinar a aplicação da sanção acessória de privação do direito de participar, como candidato, como concorrente ou como membro de agrupamento candidato ou concorrente, em qualquer procedimento adotado para a formação de contratos públicos, sem prejuízo da participação à entidade competente para efeitos de procedimento criminal [Local], [data] [Assinatura (29)] Notas: (19) Aplicável apenas a concorrentes que sejam pessoas coletivas. (20) No caso de o concorrente ser uma pessoa singular, suprimir a expressão «a sua representada». (21) Indicar se, entretanto, ocorreu a respetiva reabilitação. (22) Indicar se, entretanto, ocorreu a respetiva reabilitação. (23) Declarar consoante o concorrente seja pessoa singular ou pessoa coletiva. (24) Indicar se, entretanto, decorreu o período de inabilidade fixado na decisão condenatória. (25) Indicar se, entretanto, decorreu o período de inabilidade fixado na decisão condenatória. (26) Declarar consoante a situação. (27) Acrescentar as informações necessárias à consulta, se for o caso. (28) No caso de o concorrente ser uma pessoa singular, suprimir a expressão «a sua representada». (29) Nos termos do disposto nos n.ºs 4 e 5 do artigo 57.º i De acordo com a circular informativa n.º 1/InCi/2013 publicada pelo INCI Instituto da Construção e do Imobiliário, disponível em a alínea f) do n.º 4 do Anexo I deve lerse da seguinte forma: f) Não foi objeto de aplicação de sanção acessória aplicação da sanção acessória prevista na alínea e) do n.º 1 do artigo 21.º do Decreto-Lei n.º 433/82, de 27 de outubro, na alínea b) do n.º 1 do artigo 71.º da Lei n.º 19/2012, de 8 de maio, e no n.º 1 do artigo 460.º do presente Código ii De acordo com a circular informativa n.º 2/InCi/2013 publicada pelo INCI Instituto da Construção e do Imobiliário, disponível em a alínea g) do n.º 4 do Anexo I deve ler-se da seguinte forma: g) Não foi objeto de aplicação da sanção acessória prevista na alínea b) do nº 2 do artigo 562.º do Código do Trabalho ; iii De acordo com a circular informativa n.º 1/InCi/2013 publicada pelo INCI Instituto da Construção e do Imobiliário, no seu site e em a alínea c) do n.º 1 do Anexo II deve ler-se da seguinte forma: c) Não foi objeto de aplicação da sanção acessória prevista na alínea e) do nº 1 do artigo 21.º do Decreto-Lei nº 433/82, de 27 de outubro, na alínea b) do nº 1 do artigo 71.º da Lei nº 19/2012, de 8 de maio, e no nº 1 do artigo 460.º do presente Código. 13

14 iv De acordo com a circular informativa n.º 2/InCi/2013 publicada pelo INCI Instituto da Construção e do Imobiliário, disponível em a alínea d) do n.º 1 do Anexo II deve lerse da seguinte forma: d) Não foi objeto de aplicação da sanção acessória prevista na alínea b) do nº 2 do artigo 562.º do Código do Trabalho ; 14

Procedimento n.º 09/2015/DGF-A. Convite para Aquisição de Serviços de Patrocínio Judiciário e Assessoria Jurídica na Modalidade de Avença

Procedimento n.º 09/2015/DGF-A. Convite para Aquisição de Serviços de Patrocínio Judiciário e Assessoria Jurídica na Modalidade de Avença Procedimento n.º 09/2015/DGF-A Convite para Aquisição de Serviços de Patrocínio Judiciário e Assessoria Jurídica na Modalidade de Avença Índice 1. Entidades... 3 2. Decisão de contratar e de autorização

Leia mais

Concurso público para a prestação de serviços de iluminação, som e palco para a Feira do Livro a realizar entre 20 e 29 de Maio de 2011

Concurso público para a prestação de serviços de iluminação, som e palco para a Feira do Livro a realizar entre 20 e 29 de Maio de 2011 Concurso público para a prestação de serviços de iluminação, som e palco para a Feira do Livro a realizar entre 20 e 29 de Maio de 2011 Programa de concurso CMF Abril de 2011 Programa de concurso Pág.

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO N.º 01/14/GJ/DSR/Estudo para a Simplificação Regulatória AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMNISTRATIVA, I.P. PROGRAMA DE PROCEDIMENTO

CONCURSO PÚBLICO N.º 01/14/GJ/DSR/Estudo para a Simplificação Regulatória AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMNISTRATIVA, I.P. PROGRAMA DE PROCEDIMENTO CONCURSO PÚBLICO N.º 01/14/GJ/DSR/Estudo para a Simplificação Regulatória AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMNISTRATIVA, I.P. PROGRAMA DE PROCEDIMENTO CONCURSO PÚBLICO PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS PARA ELABORAÇÃO

Leia mais

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÁO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONOMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÁO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONOMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÁO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONOMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO Contrato de Prestação de Serviço por Tarefa, de um Calceteiro, com

Leia mais

ATRIBUIÇÃO DE DIREITOS DE EXPLORAÇÃO DE DIVERSOS ESPAÇOS DESTINADOS A ATIVIDADE COMERCIAL NO MERCADO MUNICIPAL DA PENTEADA

ATRIBUIÇÃO DE DIREITOS DE EXPLORAÇÃO DE DIVERSOS ESPAÇOS DESTINADOS A ATIVIDADE COMERCIAL NO MERCADO MUNICIPAL DA PENTEADA ATRIBUIÇÃO DE DIREITOS DE EXPLORAÇÃO DE DIVERSOS ESPAÇOS DESTINADOS A ATIVIDADE COMERCIAL NO MERCADO MUNICIPAL DA PENTEADA PROGRAMA DO PROCEDIMENTO Página 1 de 18 Índice Artigo 1.º Objeto do concurso Artigo

Leia mais

PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO. Acordo Quadro para o fornecimento de gás natural em regime de mercado livre para Portugal Continental

PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO. Acordo Quadro para o fornecimento de gás natural em regime de mercado livre para Portugal Continental PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO Acordo Quadro para o fornecimento de gás natural em regime de mercado livre para Portugal Continental ÍNDICE CAPÍTULO I OBJETO E ÂMBITO DO CONCURSO... 3 Artigo 1.º Identificação

Leia mais

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO Prestação de serviços de vigilância e segurança para as Festas de Santo

Leia mais

PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO. Acordo Quadro para o fornecimento de eletricidade em regime de mercado livre para Portugal Continental

PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO. Acordo Quadro para o fornecimento de eletricidade em regime de mercado livre para Portugal Continental PROGRAMA DE CONCURSO PÚBLICO Acordo Quadro para o fornecimento de eletricidade em regime de mercado livre para Portugal Continental ÍNDICE CAPÍTULO I OBJETO E ÂMBITO DO CONCURSO... 3 Artigo 1.º Identificação

Leia mais

APSS, SA ADMINISTRAÇÃO DOS PORTOS DE SETÚBAL E SESIMBRA, S.A. AJUSTE DIRETO PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

APSS, SA ADMINISTRAÇÃO DOS PORTOS DE SETÚBAL E SESIMBRA, S.A. AJUSTE DIRETO PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS APSS, SA ADMINISTRAÇÃO DOS PORTOS DE SETÚBAL E SESIMBRA, S.A. AJUSTE DIRETO PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO NA ÁREA ENTRE O TERMINAL SADOPORT E RO RO, NO PORTO DE SETÚBAL. 1 CONVITE

Leia mais

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO Aquisição de ferramentas, utensílios e produtos fitofarmacêuticos para o serviço de Espaços Verdes SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO-

Leia mais

ASSUNTO: Convite para apresentação de proposta Ajuste Directo para Fornecimento de Material de Escritório Nº 3/ 2012-2013

ASSUNTO: Convite para apresentação de proposta Ajuste Directo para Fornecimento de Material de Escritório Nº 3/ 2012-2013 À JOBRILE, LDA. Rua Monte dos Congregados, 70 4000-338 Porto Porto, 30 de Agosto de 2012 ASSUNTO: Convite para apresentação de proposta Ajuste Directo para Fornecimento de Material de Escritório Nº 3/

Leia mais

Estruturas metálicas para cobertura Telescópio - Darksky - Cumeada

Estruturas metálicas para cobertura Telescópio - Darksky - Cumeada UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO CONVITE AJUSTE DIRETO Estruturas metálicas para cobertura Telescópio - Darksky - Cumeada r ===--'' """"'-= ~,~-..._!> t '"'Monsaraz EUROPE:IA

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO. CONCURSO PÚBLICO n.º 1/2010

PROGRAMA DO CONCURSO. CONCURSO PÚBLICO n.º 1/2010 PROGRAMA DO CONCURSO CONCURSO PÚBLICO n.º 1/2010 FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES PARA ESCOLAS DO 1º CICLO E JARDINS- DE-INFÂNCIA DO MUNICÍPIO DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO Aquisição de Serviços - Fornecimento de

Leia mais

Concurso limitado por prévia qualificação para a celebração de acordo quadro para a prestação do serviço de seguro automóvel

Concurso limitado por prévia qualificação para a celebração de acordo quadro para a prestação do serviço de seguro automóvel Concurso limitado por prévia qualificação para a celebração de acordo quadro para a prestação do serviço de seguro automóvel Convite à apresentação de propostas ANCP Outubro de 2010 Índice Artigo 1.º Objecto

Leia mais

Procedimento n.º 18/2015/DGF-A. Convite para Aquisição de Ambulância Tipo B

Procedimento n.º 18/2015/DGF-A. Convite para Aquisição de Ambulância Tipo B Procedimento n.º 18/2015/DGF-A Convite para Aquisição de Ambulância Tipo B Índice 1. Entidades 3 2. Decisão de contratar e de autorização da despesa 3 3. Preço base 3 4. Proposta 4 5. Apresentação da proposta

Leia mais

SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DA

SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DA SERVIIÇOS MUNIICIIPALIIZADOS DA CÂMARA MUNIICIIPAL DE PENIICHE Concurso Público PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA RECOLHA, TRANSPORTE E ENCAMINHAMENTO A DESTINO FINAL DE LAMAS, GRADADOS E RESÍDUOS DE DESARENAMENTO

Leia mais

Convite à apresentação de propostas

Convite à apresentação de propostas Concurso limitado por prévia qualificação para a celebração de acordo quadro para o fornecimento de veículos automóveis e motociclos e aluguer operacional de veículos Convite à apresentação de propostas

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL SAZONAL DO ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO/BEBIDAS SITO NO PARQUE MANUEL DE CASTRO, EM CUBA

CONCURSO PÚBLICO PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL SAZONAL DO ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO/BEBIDAS SITO NO PARQUE MANUEL DE CASTRO, EM CUBA CONCURSO PÚBLICO PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL SAZONAL DO ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO/BEBIDAS SITO NO PARQUE MANUEL DE CASTRO, EM CUBA PROGRAMA DE CONCURSO 1- ENTIDADE ADJUDICANTE: Entidade pública adjudicante

Leia mais

PROGRAMA DO PROCEDIMENTO CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL

PROGRAMA DO PROCEDIMENTO CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL PROGRAMA DO PROCEDIMENTO CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECOLHA E TRANSPORTE A DESTINO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS, LAVAGEM, MANUTENÇÃO, FORNECIMENTO E COLOCAÇÃO DE CONTENTORES

Leia mais

Concurso Público n.º 03/2015 Subconcessão de Exploração do Domínio Público Marítimo Porto de Recreio da Calheta

Concurso Público n.º 03/2015 Subconcessão de Exploração do Domínio Público Marítimo Porto de Recreio da Calheta Concurso Público n.º 03/2015 Subconcessão de Exploração do Domínio Público Marítimo Porto de Recreio da Calheta PROGRAMA DE PROCEDIMENTO DE CONCURSO PÚBLICO Outubro de 2015 Secção I Disposições gerais

Leia mais

E DA TRANSPLANTAÇÃO, IP N.º 1200115

E DA TRANSPLANTAÇÃO, IP N.º 1200115 INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE E DA TRANSPLANTAÇÃO, IP CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL N.º 1200115 AQUISIÇÃO DE: Material de Consumo Clínico Laminas para Conexão Estéril para Tubuladuras durante o ano 2015

Leia mais

PT Comunicações, SÁ Rua Andrade Corvo, 6 1050-009 LISBOA DAF

PT Comunicações, SÁ Rua Andrade Corvo, 6 1050-009 LISBOA DAF Município de Condeixa-a-Nova Largo Artur Barreto 3150-124 Condeixa-a-Nova Telef. 239 949 120 Fax 239945445 www.cm-condeixa.pt geral@cm-condeixa.pt N Verde Serviço de Águas 800 203 683 NIF 501 275 380 PT

Leia mais

INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE E DA TRANSPLANTAÇÃO, IP, DURANTE O ANO DE 2014

INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE E DA TRANSPLANTAÇÃO, IP, DURANTE O ANO DE 2014 INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE E DA TRANSPLANTAÇÃO CONCURSO PÚBLICO N.º 1900614 MANUTENÇÃO DA FROTA AUTOMÓVEL DO INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE E DA TRANSPLANTAÇÃO, IP, DURANTE O ANO DE 2014 PROGRAMA DO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA ADJUDICAÇÃO DA VENDA DE PRÉDIO PARA CONSTRUÇÃO COM FINS INDUSTRIAIS SITO NO PARQUE INDUSTRIAL DE VENDAS NOVAS

CONCURSO PÚBLICO PARA ADJUDICAÇÃO DA VENDA DE PRÉDIO PARA CONSTRUÇÃO COM FINS INDUSTRIAIS SITO NO PARQUE INDUSTRIAL DE VENDAS NOVAS CONCURSO PÚBLICO PARA ADJUDICAÇÃO DA VENDA DE PRÉDIO PARA CONSTRUÇÃO COM FINS INDUSTRIAIS SITO NO PARQUE INDUSTRIAL DE VENDAS NOVAS ANÚNCIO PROGRAMA DE CONCURSO CADERNO DE ENCARGOS ANEXOS Outubro de 2014

Leia mais

ASSUNTO: Convite para apresentação de proposta Ajuste Direto para Fornecimento de Material de Informático: Toners e Tinteiros Nº 4/2012-2013

ASSUNTO: Convite para apresentação de proposta Ajuste Direto para Fornecimento de Material de Informático: Toners e Tinteiros Nº 4/2012-2013 À BELTRÃO COELHO Parque Empresarial da Madalena Rua Maurício L. de Oliveira, 158 4405-034 Vila Nova de Gaia Porto, 30 de Agosto de 2012 ASSUNTO: Convite para apresentação de proposta Ajuste Direto para

Leia mais

Concurso Público com Publicação em Jornal Oficial da União Europeia

Concurso Público com Publicação em Jornal Oficial da União Europeia 1 C Â M A R A MU N I C I P A L D E L I S B O A Concurso Público com Publicação em Jornal Oficial da União Europeia Fornecimento Gás Natural para as instalações e equipamentos do Município de Lisboa Procedimento

Leia mais

1- ENTIDADE ADJUDICANTE:

1- ENTIDADE ADJUDICANTE: CONCURSO PÚBLICO PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL DO ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO/BEBIDAS DENOMINADO ADEGA DO ARRUFA, SITO NA TRAVESSA DAS FRANCAS, 3, EM CUBA PROGRAMA DE CONCURSO 1- ENTIDADE ADJUDICANTE:

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE ARRENDAMENTO COMERCIAL DE LOJAS NO MERCADO MUNICIPAL DA NAZARÉ PROGRAMA DO CONCURSO

CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE ARRENDAMENTO COMERCIAL DE LOJAS NO MERCADO MUNICIPAL DA NAZARÉ PROGRAMA DO CONCURSO CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE ARRENDAMENTO COMERCIAL DE LOJAS NO MERCADO MUNICIPAL DA NAZARÉ PROGRAMA DO CONCURSO 1 - ENTIDADE ADJUDICANTE Município da Nazaré, Avenida Vieira Guimarães, nº 54, Paços

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO RESTAURANTE IBAR, SITO NO CENTRO DE LAZER, NA PORTAGEM

CONCURSO PÚBLICO PARA CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO RESTAURANTE IBAR, SITO NO CENTRO DE LAZER, NA PORTAGEM CONCURSO PÚBLICO PARA CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO RESTAURANTE IBAR, SITO NO CENTRO DE LAZER, NA PORTAGEM 1. ENTIDADE CEDENTE 2. OBJECTO DO CONCURSO 3. ELEMENTOS DO PROCESSO 4. CONCORRENTES PROGRAMA DE PROCEDIMENTO

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS SELECÇÃO DE UM PONTO DE RECOLHA NO DISTRITO DE VISEU CADERNO DE ENCARGOS ÍNDICE. SECÇÃO I Disposições Gerais 2

CADERNO DE ENCARGOS SELECÇÃO DE UM PONTO DE RECOLHA NO DISTRITO DE VISEU CADERNO DE ENCARGOS ÍNDICE. SECÇÃO I Disposições Gerais 2 Folha 1/15 CADERNO DE ENCARGOS ÍNDICE SECÇÃO I Disposições Gerais 2 SECÇÃO II Apresentação de propostas 7 SECÇÃO III Selecção e celebração de contrato 12 SECÇÃO IV Disposições Finais 13 Anexos: Anexo I

Leia mais

PENICHE FORNECIMENTO DE DIVERSO MATERIAL DESTINADO AO ARMAZÉM

PENICHE FORNECIMENTO DE DIVERSO MATERIAL DESTINADO AO ARMAZÉM SERVIIÇOS MUNIICIIPALIIZADOS DA CÂMARA MUNIICIIPAL DE PENIICHE Concurso Público FORNECIMENTO DE DIVERSO MATERIAL DESTINADO AO ARMAZÉM 17 de Fevereiro de 2014 SERVIIÇOS MUNIICIIPALIIZADOS DA CÂMARA MUNIICIIPAL

Leia mais

Concurso público para a aquisição de 14 toneladas de arame queimado para o Município do Funchal

Concurso público para a aquisição de 14 toneladas de arame queimado para o Município do Funchal Concurso público para a aquisição de 14 toneladas de arame queimado para o Município do Funchal PROGRAMA DE CONCURSO - 1 - Índice Artigo 1º Objecto do concurso... Artigo 2º Entidade Adjudicante... Artigo

Leia mais

Ajuste Directo. (alínea a) do n.º 1 do artigo 20º do CCP) Procedimento 03/2015

Ajuste Directo. (alínea a) do n.º 1 do artigo 20º do CCP) Procedimento 03/2015 Ajuste Directo (alínea a) do n.º 1 do artigo 20º do CCP) Procedimento 03/2015 Aquisição de Serviços de Criação de imagem e Fornecimento de Material de divulgação da oferta comercial CADERNO DE ENCARGOS

Leia mais

PROGRAMA CONCURSO PÚBLICO Nº 04/SRLF/UI/2014 MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA GUARDA NACIONAL REPUBLICANA UNIDADE DE INTERVENÇÃO CONCURSO PÚBLICO

PROGRAMA CONCURSO PÚBLICO Nº 04/SRLF/UI/2014 MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA GUARDA NACIONAL REPUBLICANA UNIDADE DE INTERVENÇÃO CONCURSO PÚBLICO MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA GUARDA NACIONAL REPUBLICANA UNIDADE DE INTERVENÇÃO CONCURSO PÚBLICO N.º 04/SRLF/UI/2014 PROGRAMA SECÇÃO I Disposições Gerais Artigo 1.º Objeto do concurso 1. O presente

Leia mais

Município de Alenquer Departamento Administrativo e Financeiro Divisão de Contratação

Município de Alenquer Departamento Administrativo e Financeiro Divisão de Contratação Município de Alenquer Departamento Administrativo e Financeiro Divisão de Contratação CONCESSÃO PARA EXPLORAÇÃO DE TRÊS CAMPOS DE TÉNIS, UM CAMPO POLIVALENTE E UM EDIFÍCIO DE APOIO, SITOS NO PARQUE URBANO

Leia mais

o concurso público com publicação no Diário da República parafornecimento acondicionamento e entrega

o concurso público com publicação no Diário da República parafornecimento acondicionamento e entrega S.~~~R. RAM,;jtÀÇ'ÀÕ'OECURSOSHUM'..NOS RE G I Ã O AUTÓNO MA DA M AD E IRA GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE PONTA DO SOL ESTRADA DO V CENTENÁRIO,

Leia mais

MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE

MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE Concurso Público Arrendamento (para fins não habitacionais) do Estabelecimento Comercial Café Paraíso, em Castro Verde PROGRAMA DE CONCURSO Castro Verde, 04 de Janeiro de 2016

Leia mais

Setor do Património HASTA PÚBLICA PARA ALIENAÇÃO DE VEICULOS MUNICIPAIS E SUCATA DIVERSA

Setor do Património HASTA PÚBLICA PARA ALIENAÇÃO DE VEICULOS MUNICIPAIS E SUCATA DIVERSA HASTA PÚBLICA PARA ALIENAÇÃO DE VEICULOS MUNICIPAIS E SUCATA DIVERSA Procedimento nº HP-4//2015 INDICE Programa de Concurso 1. Objeto 2. Entidade pública alienante 3. Destinatários 4. Consulta das peças

Leia mais

Ajuste Directo. (alínea a) do n.º 1 do artigo 20º do CCP) Procedimento 02/2015

Ajuste Directo. (alínea a) do n.º 1 do artigo 20º do CCP) Procedimento 02/2015 Ajuste Directo (alínea a) do n.º 1 do artigo 20º do CCP) Procedimento 02/2015 Aquisição de Serviços de Social Media Marketing e de Criação de espaços virtuais de divulgação CADERNO DE ENCARGOS INDICE CADERNO

Leia mais

Concurso Público N.º 02/2008 Í N D I C E

Concurso Público N.º 02/2008 Í N D I C E Concurso Público N.º 02/2008!"!#$%%& Í N D I C E P R O G R A M A D E C O N C U R S O SECÇÃO I - D I S P O S I Ç Õ E S G E R A I S...................................................... 4 A r t i g o 1.

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:335509-2013:text:pt:html. Anúncio de concurso

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:335509-2013:text:pt:html. Anúncio de concurso 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:335509-2013:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: BEI - Controlador de projeto para custos, qualidade, planeamento e métodos

Leia mais

ACORDO DE REGULAÇÃO 1 MILLION FUND PROJECT PWC STARTUP PORTUGAL

ACORDO DE REGULAÇÃO 1 MILLION FUND PROJECT PWC STARTUP PORTUGAL ACORDO DE REGULAÇÃO 1 MILLION FUND PROJECT PWC STARTUP PORTUGAL ACORDO DE REGULAÇÃO 1 MILLION FUND PROJECT PWC STARTUP PORTUGAL Considerando que: O empreendedorismo combina a inovação, financiamento, visão

Leia mais

Programa do Concurso. 5 Prazo para apresentação de documentos de habilitação pelo adjudicatário

Programa do Concurso. 5 Prazo para apresentação de documentos de habilitação pelo adjudicatário Programa do Concurso 1 Objeto do concurso 2 Entidade Adjudicante 3 Decisão de contratar 4 Documentos de habilitação 5 Prazo para apresentação de documentos de habilitação pelo adjudicatário 6 Documentos

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL SAZONAL DO ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO/BEBIDAS DO PARQUE MANUEL DE CASTRO, EM CUBA

CONCURSO PÚBLICO PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL SAZONAL DO ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO/BEBIDAS DO PARQUE MANUEL DE CASTRO, EM CUBA CONCURSO PÚBLICO PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL SAZONAL DO ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO/BEBIDAS DO PARQUE MANUEL DE CASTRO, EM CUBA PROGRAMA DE CONCURSO 1- ENTIDADE ADJUDICANTE: Entidade pública adjudicante

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL 01/2015 AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS CONSULTORIA E DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PROGRAMA DE CONCURSO

CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL 01/2015 AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS CONSULTORIA E DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PROGRAMA DE CONCURSO CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL 01/2015 AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS CONSULTORIA E DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PROGRAMA DE CONCURSO Lisboa, 11 de dezembro de 2015 Artigo 1.º Identificação do Concurso 1. O presente

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:335508-2013:text:pt:html. Anúncio de concurso

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:335508-2013:text:pt:html. Anúncio de concurso 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:335508-2013:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: BEI - Consultor em matéria de projetos de escritório para prestar assistência

Leia mais

Direção Nacional Unidade Orgânica de Logística e Finanças Departamento de Logística. Concurso Público N.º 8/DAC/2012

Direção Nacional Unidade Orgânica de Logística e Finanças Departamento de Logística. Concurso Público N.º 8/DAC/2012 Direção Nacional Unidade Orgânica de Logística e Finanças Departamento de Logística Concurso Público N.º 8/DAC/2012 Aquisição de camisas azuis de meia manga e manga comprida e camisas brancas de manga

Leia mais

PROGRAMA DO PROCEDIMENTO

PROGRAMA DO PROCEDIMENTO CONCURSO PÚBLICO PARA A Prestação de Serviços de Transporte da População Escolar Ano letivo 2013/2014 PROGRAMA DO PROCEDIMENTO Câmara Municipal de Arouca maio 2013 1 PROGRAMA DO PROCEDIMENTO Artigo 1.º

Leia mais

Acordo quadro de serviço móvel terrestre PROGRAMA DE CONCURSO

Acordo quadro de serviço móvel terrestre PROGRAMA DE CONCURSO Acordo quadro de serviço móvel terrestre PROGRAMA DE CONCURSO ANCP 2012 Índice Artigo 1.º Tipo de procedimento, designação e objeto... 3 Artigo 2.º Entidade pública adjudicante... 3 Artigo 3.º Órgão que

Leia mais

PROGRAMA DE CONCURSO CONCESSÃO E EXPLORAÇÃO DE UMA LOJA NO CAIS DE MERCADORIAS DA REFER DESTINADAS À INSTALAÇÃO DE ESTABELECIMENTOS DE BEBIDAS-B4

PROGRAMA DE CONCURSO CONCESSÃO E EXPLORAÇÃO DE UMA LOJA NO CAIS DE MERCADORIAS DA REFER DESTINADAS À INSTALAÇÃO DE ESTABELECIMENTOS DE BEBIDAS-B4 PROGRAMA DE CONCURSO CONCESSÃO E EXPLORAÇÃO DE UMA LOJA NO ESTABELECIMENTOS DE BEBIDAS-B4 ÍNDICE Entidade promotora... 3 Objeto... 3 Local e modo de apresentação de candidaturas... 3 Valor base do procedimento...

Leia mais

MUNICÍPIO DO FUNCHAL PROCESSO DE CONCURSO PÚBLICO REFORÇO DAS COBERTURAS DO MERCADO DOS LAVRADORES

MUNICÍPIO DO FUNCHAL PROCESSO DE CONCURSO PÚBLICO REFORÇO DAS COBERTURAS DO MERCADO DOS LAVRADORES PROCESSO DE CONCURSO PÚBLICO REFORÇO DAS COBERTURAS DO MERCADO DOS LAVRADORES CONCURSO PÚBLICO REFORÇO DAS COBERTURAS DO MERCADO DOS LAVRADORES 1 - PROGRAMA DE CONCURSO (DECRETO LEI 18/2008 DE 29 DE JANEIRO

Leia mais

AJUSTE DIRECTO CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA

AJUSTE DIRECTO CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA AJUSTE DIRECTO CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS PARA A MANUTENÇÃO DE ESPAÇOS VERDES NA FREGUESIA 1 ÍNDICE 1. Objecto do Concurso 2. Entidade Adjudicante 3. Órgão que tomou a decisão

Leia mais

Programa Do Procedimento por Negociação, com publicação prévia de Anúncio

Programa Do Procedimento por Negociação, com publicação prévia de Anúncio Programa Do Procedimento por Negociação, com publicação prévia de Anúncio para celebração de contrato de cedência de utilização de diversos espaços, em edifícios municipais, para instalação e exploração

Leia mais

CONVITE AJUSTE DIRETO N.º 04/ENB/2012

CONVITE AJUSTE DIRETO N.º 04/ENB/2012 CONVITE AJUSTE DIRETO N.º 04/ENB/2012 RELATIVO A AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA DE BAIXA TENSÃO PARA AS INSTALAÇÕES DO CENTRO DE FORMAÇÃO DE SINTRA DA ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS.

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: UCA-PRQ 002/15 Aluguer a curto prazo de veículos rodoviários blindados de tipo berlina/limusina sem motorista 2015/S 030-049827

Bélgica-Bruxelas: UCA-PRQ 002/15 Aluguer a curto prazo de veículos rodoviários blindados de tipo berlina/limusina sem motorista 2015/S 030-049827 1/10 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:49827-2015:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: UCA-PRQ 002/15 Aluguer a curto prazo de veículos rodoviários blindados de

Leia mais

Luxemburgo-Luxemburgo: BEI - Prestador de serviços especializado em «Serviços de consultoria em matéria de continuidade de negócio» 2013/S 140-242795

Luxemburgo-Luxemburgo: BEI - Prestador de serviços especializado em «Serviços de consultoria em matéria de continuidade de negócio» 2013/S 140-242795 1/7 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:242795-2013:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: BEI - Prestador de serviços especializado em «Serviços de consultoria

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FINANCIAMENTO DO INR, I.P. ÀS ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FINANCIAMENTO DO INR, I.P. ÀS ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FINANCIAMENTO DO INR, I.P. ÀS ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS Preâmbulo Considerando a missão do INR, I.P., enquanto organismo público, de assegurar o planeamento, execução e

Leia mais

Programa de Procedimentos

Programa de Procedimentos Hasta Pública para venda de imóveis Programa de Procedimentos SETOR DE PATRIMÓNIO PROGRAMA DE PROCEDIMENTOS DE HASTA PÚBLICA PARA ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS 1. OBJETO DA HASTA PÚBLICA 1.1 A presente hasta pública,

Leia mais

ANEXO 1 [a que se refere a alinea a) do n.º 1 do artigo 57.º]

ANEXO 1 [a que se refere a alinea a) do n.º 1 do artigo 57.º] Restaurante-Marisqueira "M~IRA".; De: Luís Miguel Roques Leitão NIF 217 952 201 Qt de Santiago - E. N. 255 7200 REGUENGOS DE MONSARAZ ANEXO 1 [a que se refere a alinea a) do n.º 1 do artigo 57.º] 1 - Luís

Leia mais

Artecimel- Ruas e Neves, Lda Junto ao IC2 3105-238 Meirinhas

Artecimel- Ruas e Neves, Lda Junto ao IC2 3105-238 Meirinhas Município de Condeixa-a-Nova Largo Artur Barreto 3150-124 Condeixa-a-Nova Telef. 239949120 Fax 239945445 www.cm-condeixa.pt geral@cm-condeixa.pt N Verde Serviço de Águas 800 203 683 NIF 501 275 380 Artecimel-

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1/7 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:121273-2015:text:pt:html Portugal-Lisboa: FC.14.ADM.034.5.0 Prestação de serviços de formação linguística a favor do

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO LIMITADO POR PRÉVIA QUALIFICAÇÃO (Página 2 33) CADERNO DE ENCARGOS (Página 33 66)

PROGRAMA DO CONCURSO LIMITADO POR PRÉVIA QUALIFICAÇÃO (Página 2 33) CADERNO DE ENCARGOS (Página 33 66) PROGRAMA DO CONCURSO LIMITADO POR PRÉVIA QUALIFICAÇÃO (Página 2 33) CADERNO DE ENCARGOS (Página 33 66) Outubro - 2011 CONCURSO LIMITADO POR PRÉVIA QUALIFICAÇÃO N.º [número] Designação: PROGRAMA DO CONCURSO

Leia mais

Luxemburgo-Luxemburgo: Seguro contra incêndios e riscos conexos do parque imobiliário e do seu conteúdo 2013/S 131-225564. Anúncio de concurso

Luxemburgo-Luxemburgo: Seguro contra incêndios e riscos conexos do parque imobiliário e do seu conteúdo 2013/S 131-225564. Anúncio de concurso 1/10 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:225564-2013:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: Seguro contra incêndios e riscos conexos do parque imobiliário e do

Leia mais

PROGRAMA DE CONCURSO

PROGRAMA DE CONCURSO MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE Concurso Público ALIENAÇÃO DE LOTES DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO URBANA Loteamento Municipal de Castro Verde 7 Lotes Loteamento Municipal de Santa bárbara de Padrões 15 Lotes Loteamento

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS REGULAMENTO DO CONCURSO PARA ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1.º Objeto O presente Regulamento estabelece as normas pelas quais o Instituto de Gestão Financeira da Segurança

Leia mais

PROGRAMA DE PROCEDIMENTO CONCURSO PÚBLICO N.º 1.726/2015 CONCESSÃO DA EXPLORAÇÃO DO ESTABELECIMENTOS DE CAFETARIA/SNACK-BAR, NO EXTERIOR DO EDIFÍCIO

PROGRAMA DE PROCEDIMENTO CONCURSO PÚBLICO N.º 1.726/2015 CONCESSÃO DA EXPLORAÇÃO DO ESTABELECIMENTOS DE CAFETARIA/SNACK-BAR, NO EXTERIOR DO EDIFÍCIO PROGRAMA DE PROCEDIMENTO CONCURSO PÚBLICO N.º 1.726/2015 CONCESSÃO DA EXPLORAÇÃO DO ESTABELECIMENTOS DE CAFETARIA/SNACK-BAR, NO EXTERIOR DO EDIFÍCIO PRINCIPAL EM FRENTE AO SERVIÇO DE URGÊNCIA DA U. H.

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO URGENTE N.º 159A000003

CONCURSO PÚBLICO URGENTE N.º 159A000003 CONCURSO PÚBLICO URGENTE N.º 159A000003 Prestação de serviços de segurança, vigilância e controlo de circulação e estacionamento, nas instalações do Centro Hospitalar Lisboa Norte, E.P.E. Programa do Procedimento

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL N.º1-1004/15

CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL N.º1-1004/15 CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL N.º1-1004/15 AQUISIÇÃO DE REAGENTES PARA PESQUISA DE ÁCIDOS NUCLEICOS VIRAIS HIV½/HCV/HBV PARA O INTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE E DA TRANSPLANTAÇÃO, IP, DURANTE O ANO 2015

Leia mais

PROCEDIMENTO. I Arrendamento

PROCEDIMENTO. I Arrendamento PROCEDIMENTO Arrendamento de imóvel para fim não habitacional sito na Rua Cândido dos Reis, nº 62 fração A da União das Freguesias de Santa Marinha e São Pedro da Afurada. I Arrendamento Artigo 1º Regime

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Aquisição e manutenção de aparelhos de elevação 2015/S 144-265079. Anúncio de concurso. Fornecimentos

Bélgica-Bruxelas: Aquisição e manutenção de aparelhos de elevação 2015/S 144-265079. Anúncio de concurso. Fornecimentos 1/10 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:265079-2015:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Aquisição e manutenção de aparelhos de elevação 2015/S 144-265079 Anúncio

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:299833-2013:text:pt:html Espanha-Alicante: Serviços de consultoria geral, auditoria, gestão de projetos e estudos 2013/S

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO COM PUBLICAÇÃO NO JOUE PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA URBANA E RECOLHA DE ÓLEOS ALIMENTARES

CONCURSO PÚBLICO COM PUBLICAÇÃO NO JOUE PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA URBANA E RECOLHA DE ÓLEOS ALIMENTARES Página 1 de 16 CONCURSO PÚBLICO COM PUBLICAÇÃO NO JOUE PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA URBANA E RECOLHA DE ÓLEOS ALIMENTARES USADOS NO Nº 05/2015 APROV Página 2 de 16 Programa de Concurso Página

Leia mais

INSTITUTO HIDROGRÁFICO

INSTITUTO HIDROGRÁFICO S. R. Ministério da Defesa Nacional INSTITUTO HIDROGRÁFICO CONCURSO PÚBLICO N.º 02/2010 AQUISIÇÃO DE UM SISTEMA DE RADAR HF PARA MEDIÇÃO DE CORRENTES SUPERFICIAIS E ONDULAÇÃO (Radar HF) PROGRAMA DO CONCURSO

Leia mais

PROGRAMA DE PROCEDIMENTO

PROGRAMA DE PROCEDIMENTO PROCEDIMENTO POR NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA ARRENDAMENTO, COM OPÇÃO DE COMPRA, PARA FINS NÃO HABITACIONAIS, DESIGNADAMENTE PARA A INSTALAÇÃO DE UM EMPREENDIMENTO TURÍSTICO HOTELEIRO,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA CONCURSO PÚBLICO N.º 3.09 CADERNO DE ENCARGOS

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA CONCURSO PÚBLICO N.º 3.09 CADERNO DE ENCARGOS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA CONCURSO PÚBLICO N.º 3.09 CADERNO DE ENCARGOS (Conforme art.42º do Decreto Leinº18/2008 de 29 de Janeiro de 2008) Cláusula 1.ª Objecto 1. O presente

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE ATRIBUIÇÃO DE APOIOS FINANCEIROS A PESSOAS COLECTIVAS PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS PROGRAMA MODELAR

MINUTA DE CONTRATO DE ATRIBUIÇÃO DE APOIOS FINANCEIROS A PESSOAS COLECTIVAS PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS PROGRAMA MODELAR MINUTA DE CONTRATO DE ATRIBUIÇÃO DE APOIOS FINANCEIROS A PESSOAS COLECTIVAS PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS PROGRAMA MODELAR Entre O Primeiro Outorgante, A Administração Regional de Saúde de. IP, adiante

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Exmos. Senhores, Em anexo encontra-se a proposta de [nome do candidato], em resposta ao convite à manifestação de interesse n.º MARKT/2003/12/F, para peritos no domínio dos serviços

Leia mais

CONSULTA PRÉVIA PARA ADJUDICAÇÃO DE FORNECIMENTO CONTINUO DE SERVIÇOS PARA CONTROLO PREVENTIVO DE PRAGAS URBANAS NAS

CONSULTA PRÉVIA PARA ADJUDICAÇÃO DE FORNECIMENTO CONTINUO DE SERVIÇOS PARA CONTROLO PREVENTIVO DE PRAGAS URBANAS NAS CONSULTA PRÉVIA PARA ADJUDICAÇÃO DE FORNECIMENTO CONTINUO DE SERVIÇOS PARA CONTROLO PREVENTIVO DE PRAGAS URBANAS NAS ESCOLAS DO 1º CICLO E JARDINS DE INFÂNCIA NA ÁREA TERRITORIAL DO CONCELHO PROCESSO Nº

Leia mais

"CONCURSO PÚBLICO PARA EXPLORAÇÃO TEMPORÁRIA DE LOJAS, LOCALIZADAS NO MERCADO MUNICIPAL DE AREIAS DE SÃO JOÃO, EM ALBUFEIRA" CADERNO DE ENCARGOS

CONCURSO PÚBLICO PARA EXPLORAÇÃO TEMPORÁRIA DE LOJAS, LOCALIZADAS NO MERCADO MUNICIPAL DE AREIAS DE SÃO JOÃO, EM ALBUFEIRA CADERNO DE ENCARGOS "CONCURSO PÚBLICO PARA EXPLORAÇÃO TEMPORÁRIA DE LOJAS, LOCALIZADAS NO MERCADO MUNICIPAL DE AREIAS DE SÃO JOÃO, EM ALBUFEIRA" CADERNO DE ENCARGOS ARTIGO 1.º OBJETO O presente Caderno de Encargos diz respeito

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS CONCESSÃO DE USO PRIVADO DE ESPAÇO DO DOMÍNIO PÚBLICO NO JARDIM MUNICIPAL PARA INSTALAÇÃO E EXPLORAÇÃO DE DIVERSÕES

CADERNO DE ENCARGOS CONCESSÃO DE USO PRIVADO DE ESPAÇO DO DOMÍNIO PÚBLICO NO JARDIM MUNICIPAL PARA INSTALAÇÃO E EXPLORAÇÃO DE DIVERSÕES CADERNO DE ENCARGOS CONCESSÃO DE USO PRIVADO DE ESPAÇO DO DOMÍNIO PÚBLICO NO JARDIM MUNICIPAL PARA INSTALAÇÃO E EXPLORAÇÃO DE DIVERSÕES Cláusula 1ª Princípio geral O presente Caderno de Encargos compreende

Leia mais

Alienação do Hotel Netto

Alienação do Hotel Netto Alienação do Hotel Netto CONDIÇÕES GERAIS DO PROCEDIMENTO HASTA PÚBLICA 1. PROCEDIMENTO Nos termos do artigo 19º do Regulamento do Património Imóvel do Município de Sintra, a alienação do imóvel objeto

Leia mais

Concessão Comercial de Bebidas Semana do Mar 2015 CADERNO DE ENCARGOS. 1.º Objeto e Âmbito

Concessão Comercial de Bebidas Semana do Mar 2015 CADERNO DE ENCARGOS. 1.º Objeto e Âmbito Concessão Comercial de Bebidas Semana do Mar 2015 CADERNO DE ENCARGOS 1.º Objeto e Âmbito 1. Serve o presente regulamento para estabelecimento de regras relativas à concessão comercial de bebidas, no âmbito

Leia mais

PROCEDIMENTO POR NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA ARRENDAMENTO PARA A ACTIVIDADE DE RESTAURAÇÃO CADERNO DE ENCARGOS

PROCEDIMENTO POR NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA ARRENDAMENTO PARA A ACTIVIDADE DE RESTAURAÇÃO CADERNO DE ENCARGOS PROCEDIMENTO POR NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA ARRENDAMENTO PARA A ACTIVIDADE DE RESTAURAÇÃO CADERNO DE ENCARGOS CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1º Objeto O presente Procedimento

Leia mais

Programa de Procedimento Público de Venda de Prédio Urbano Câmara Municipal de Serpa

Programa de Procedimento Público de Venda de Prédio Urbano Câmara Municipal de Serpa Programa de Procedimento Público de Venda de Prédio Urbano Câmara Municipal de Serpa 1- Objeto O presente programa tem como objeto o Procedimento Público de Venda, com publicação prévia de anúncio, do

Leia mais

Programa do Concurso

Programa do Concurso Programa do Concurso Assunto: Concurso para a Concessão do Restaurante do Alvão Village & Camping Exmos. Senhores, Rui Manuel de Moura Ribeiro, Presidente da Associação Empresarial do Corgo de harmonia

Leia mais

Procedimento de Contratação. (artº 5º do CCP Contratação Excluída) Procedimento 5/2013

Procedimento de Contratação. (artº 5º do CCP Contratação Excluída) Procedimento 5/2013 Procedimento de Contratação (artº 5º do CCP Contratação Excluída) Procedimento 5/2013 Aquisição de Serviços de Consultores-formadores de Ligação e Especialistas para a execução do Projecto nº 084749/2012/831

Leia mais

CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇO DE SEGUROS Nº CP 001/ENB/2014

CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇO DE SEGUROS Nº CP 001/ENB/2014 CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇO DE SEGUROS Nº CP 001/ENB/2014 Entre: A Escola Nacional de Bombeiros, NIF 503 657 190, com sede na Quinta do Anjinho, São Pedro de Penaferrim - 2710-460 Sintra, neste

Leia mais

ARRENDAMENTO DO RESTAURANTE-BAR, NO RAMO DE ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO, SITO NA PISCINA MUNICIPAL, RUA DR. EDMUNDO CURVELO, EM ARRONCHES

ARRENDAMENTO DO RESTAURANTE-BAR, NO RAMO DE ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO, SITO NA PISCINA MUNICIPAL, RUA DR. EDMUNDO CURVELO, EM ARRONCHES 1 ARRENDAMENTO DO RESTAURANTE-BAR, NO RAMO DE ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO, SITO NA PISCINA MUNICIPAL, RUA DR. EDMUNDO CURVELO, EM ARRONCHES CADERNO DE ENCARGOS Artigo 1.º Objeto A Câmara Municipal de

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Programa de Concurso Concurso Público Aquisição de Simuladores Diversos para a Faculdade de Ciências da Saúde ÍNDICE GERAL DO PROGRAMA DO CONCURSO Artigo 1º Objecto do concurso Artigo 2º Entidade pública

Leia mais

Luxemburgo-Luxemburgo: Convite à manifestação de interesse relativo a serviços de auditoria externa para grupos políticos europeus 2013/S 248-431852

Luxemburgo-Luxemburgo: Convite à manifestação de interesse relativo a serviços de auditoria externa para grupos políticos europeus 2013/S 248-431852 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:431852-2013:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: Convite à manifestação de interesse relativo a serviços de auditoria

Leia mais

---Aos vinte e um dias do mês de abril de dois mil e quinze, celebram, em. suporte informático com aposição de assinaturas eletrónicas qualificadas o

---Aos vinte e um dias do mês de abril de dois mil e quinze, celebram, em. suporte informático com aposição de assinaturas eletrónicas qualificadas o 1 FORNECIMENTO ---Aos vinte e um dias do mês de abril de dois mil e quinze, celebram, em suporte informático com aposição de assinaturas eletrónicas qualificadas o presente contrato de FORNECIMENTO DE

Leia mais

wmunicípio de Condeixa-a-Nova

wmunicípio de Condeixa-a-Nova wmunicípio de Condeixa-a-Nova Largo Artur Barreto 3150-124 Condeixa-a-Nova Telef. 239 949 120 Fax 239 945 445 www.cm-condeixa.pt geral@cm-condeixa.pt N Verde Serviço de Águas 800 203 683 NIF 501 275 380

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO DE SISTEMA DE ANESTESIA, PARA O SERVIÇO DE ANESTESIA/BLOCO OPERATÓRIO CONCURSO PÚBLICO N.º 180027/16 1 Programa de Concurso Artigo 1.º

Leia mais

Concurso Público Urgente N.º 10001016 Página 1

Concurso Público Urgente N.º 10001016 Página 1 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PARA O CENTRO HOSPITALAR DE LISBOA CENTRAL, E.P.E. CONCURSO PÚBLICO N.º 1-0-0010/2016 PROGRAMA DO PROCEDIMENTO Artigo 1.º Entidade adjudicante

Leia mais

Itália-Ispra: Contrato-quadro de serviços relativo à manutenção de exaustores no JRC de Ispra Dividido em 3 lotes 2015/S 241-436449

Itália-Ispra: Contrato-quadro de serviços relativo à manutenção de exaustores no JRC de Ispra Dividido em 3 lotes 2015/S 241-436449 1 / 10 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:436449-2015:text:pt:html Itália-Ispra: Contrato-quadro de serviços relativo à manutenção de exaustores no JRC de Ispra

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DO TRANSPORTE PÚBLICO DE ALUGUER EM VEÍCULOS AUTOMÓVEIS LIGEIROS TRANSPORTES EM TÁXI - DO MUNICÍPIO DE MIRANDELA

REGULAMENTO MUNICIPAL DO TRANSPORTE PÚBLICO DE ALUGUER EM VEÍCULOS AUTOMÓVEIS LIGEIROS TRANSPORTES EM TÁXI - DO MUNICÍPIO DE MIRANDELA REGULAMENTO MUNICIPAL DO TRANSPORTE PÚBLICO DE ALUGUER EM VEÍCULOS AUTOMÓVEIS LIGEIROS TRANSPORTES EM TÁXI - DO MUNICÍPIO DE MIRANDELA Nota justificativa (artigo 116.º do CPA) Em 22 de Dezembro de 2006,

Leia mais

Regulamento de Acesso à Medida 7.1 - Desenvolvimento de Centros de Competências em TIC" Programa Operacional Sociedade do Conhecimento

Regulamento de Acesso à Medida 7.1 - Desenvolvimento de Centros de Competências em TIC Programa Operacional Sociedade do Conhecimento Regulamento de Acesso à Medida 7.1 - Desenvolvimento de Centros de Competências em TIC" Programa Operacional Sociedade do Conhecimento PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Despacho Sob proposta do Gestor

Leia mais

Plano Empresas Reforma

Plano Empresas Reforma Plano Empresas Reforma Condições gerais e especiais 1110599-01.20104 Pela protecção dos valores da vida. Liberty Seguros, S.A. - Av. Fontes Pereira de Melo, n.º 6 1069-001 Lisboa Telef. 808 243 000 - Fax

Leia mais

NORMAS APLICÁVEIS AO PROCEDIMENTO DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO E SELEÇÃO DE RECICLADORES PARA A AQUISIÇÃO DE RESÍDUOS DE BATERIAS E ACUMULADORES LER 160601* -

NORMAS APLICÁVEIS AO PROCEDIMENTO DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO E SELEÇÃO DE RECICLADORES PARA A AQUISIÇÃO DE RESÍDUOS DE BATERIAS E ACUMULADORES LER 160601* - NORMAS APLICÁVEIS AO PROCEDIMENTO DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO E SELEÇÃO DE RECICLADORES PARA A AQUISIÇÃO DE RESÍDUOS DE BATERIAS E ACUMULADORES LER 160601* - ACUMULADORES DE CHUMBO DEZEMBRO 2015 NORMAS APLICÁVEIS

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1 / 8 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:102558-2016:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Serviços de subscrição de periódicos, publicações informativas, bases de

Leia mais