GU BF-Codigo-Etica2.indd 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GU-0017-15BF-Codigo-Etica2.indd 1"

Transcrição

1 GU BF-Codigo-Etica2.indd 1 07/12/15 17:39

2 GU BF-Codigo-Etica2.indd 2 07/12/15 17:39

3 APRESENTAÇÃO Carta do Presidente do Conselho de Administração Pessoas e equipes são valorizadas na Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos e, como representantes desta, precisam atuar em conformidade com os princípios éticos e morais praticados pela Concessionária, agindo, a cada momento, com honestidade, comprometimento, responsabilidade e respeito. O Código de Ética e Conduta é o guia para uma conduta adequada, que nos ajuda a manter em alto nível e também proteger a reputação da Concessionária, estabelecendo padrões de relacionamento justo e responsável com todos os públicos envolvidos no negócio: acionistas, empregados, clientes, sindicatos, parceiros, prestadores de serviços, poder público, comunidade e sociedade em geral. 3 O cumprimento das diretrizes e parâmetros contidos neste Código é fundamental para que a Concessionária possa exercer sua Missão e alcançar sua Visão empresarial, sempre demonstrando o compromisso de servir à sociedade com eficiência e excelência e em conduzir os negócios de maneira sustentável. Gustavo Nunes da Silva Rocha Presidente do Conselho de Administração GU BF-Codigo-Etica2.indd 3 07/12/15 17:39

4 Carta do Presidente É dever de todos que integram a Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos agir de forma exemplar, entregando resultados pela gestão de pessoas e de ativos, assumindo e delegando com ética, autoridade e responsabilidade. 4 Como importante instrumento para atingir nossas metas e resultados empresariais superiores, o Código de Ética e Conduta norteia nossos comportamentos e atitudes e nos oferece diretrizes claras e objetivas. Este documento deve ser seguido por todos que atuam na Concessionária ou em seu nome, sem distinção de empresa ou de nível hierárquico. É compromisso de todos nós garantirmos que o guia seja respeitado em sua totalidade, pois essa é a melhor maneira de assegurar que as relações comerciais e institucionais construídas em nome da Concessionária sejam pautadas sempre pela ética e transparência, em consonância com valores como dignidade e respeito ao ser humano. Marcus Vinicius Monteiro Santarém Diretor-Presidente GU BF-Codigo-Etica2.indd 4 07/12/15 17:39

5 ÍNDICE OBJETIVOS 6 PRINCÍPIOS BÁSICOS 7 ABRANGÊNCIA 7 EMPREGADOS 8 AMBIENTE DE TRABALHO 9 SOCIEDADE 9 COMUNIDADES 10 RESPONSABILIDADE AMBIENTAL 11 ÓRGÃOS GOVERNAMENTAIS 11 POLÍTICA 12 CLIENTES 12 FORNECEDORES E PRESTADORES DE SERVIÇO 12 BRINDES, PRESENTES, FAVORES E ENTRETENIMENTO 14 INFORMAÇÕES CONTÁBEIS OU FINANCEIRAS 15 IMPRENSA 15 CONFIDENCIALIDADE 16 CONCORRÊNCIA 16 GOVERNANÇA CORPORATIVA 16 CONFLITO DE INTERESSES 17 COMISSÃO DE ÉTICA 17 EXPECTATIVA DE CONDUTA 18 CANAL DE DENÚNCIA 19 TERMO DE COMPROMISSO 19 ANEXO 1 TERMO DE COMPROMISSO 21 5 GU BF-Codigo-Etica2.indd 5 07/12/15 17:39

6 OBJETIVOS O Código de Ética e Conduta tem os seguintes objetivos: Estabelecer diretrizes e parâmetros de conduta ética para o fiel cumprimento da Missão, Visão e Valores da Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos S.A. ( Concessionária ); Estabelecer parâmetros para a conduta ética nas relações com a sociedade em geral; 6 Estabelecer princípios claros nos relacionamentos internos e externos à empresa, posicionando-se de forma íntegra na sociedade; Criar mecanismo de consulta e atuação sobre a conduta ética necessária; Manter em alto nível a imagem e a reputação da Concessionária como agente socioeconômico. As ações da Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos S.A. devem ser pautadas na observação da ética, da moral e dos preceitos deste Código. O padrão de comportamento e os valores da Concessionária, refletidos neste Código de Ética e Conduta, devem ser compartilhados por todos os seus empregados, estagiários, diretores, membros dos Conselhos e de Comitês e prestadores de serviços no exercício de suas funções. GU BF-Codigo-Etica2.indd 6 07/12/15 17:39

7 PRINCÍPIOS BÁSICOS Os princípios que norteiam o Código de Ética e Conduta da Concessionária estão diretamente vinculados aos seus Valores, Missão e Visão, assim como aos seus objetivos. ABRANGÊNCIA A observação e a prática dos princípios éticos definidos neste Código aplicam-se a todos os integrantes da Concessionária: conselheiros, membros de comitês e da diretoria, empregados e estagiários, bem como prestadores de serviços e fornecedores. 7 GU BF-Codigo-Etica2.indd 7 07/12/15 17:39

8 EMPREGADOS As atitudes individuais devem ser orientadas para o cumprimento dos objetivos organizacionais. Os empregados devem pautar suas ações pelo respeito mútuo, pelo trabalho em equipe, pela transparência e pela prática dos valores e princípios éticos definidos neste Código no relacionamento interno com fornecedores, clientes, sociedade, imprensa, concorrentes, comunidades e órgãos governamentais, seja no Brasil ou em qualquer país. Não será permitido nenhum tipo de preconceito ou discriminação em função de etnia, origem, orientação sexual, convicção política ou religiosa ou, ainda, assédio de qualquer natureza, inclusive moral e sexual. 8 É vedada a utilização das mídias eletrônicas, tais como s, impressoras, telefones ou quaisquer outros meios disponibilizados pela empresa para divulgação ou transmissão de informações estranhas às atividades empresariais, notadamente, mas não se limitando, às relacionadas a boatos, pornografia, comércio ou propaganda, inclusive de natureza político-partidária. O canal de denúncia foi criado pelo GRU e está disponível para que todo empregado comunique qualquer atitude ou prática em desacordo com este Código que seja de seu conhecimento ou desconfiança. Toda denúncia recebida será devidamente investigada e tratada, sendo garantido o anonimato do denunciante. Também não haverá nenhuma retaliação contra o denunciante. É compromisso de todos zelar pela conservação e uso correto do patrimônio da Concessionária. GU BF-Codigo-Etica2.indd 8 07/12/15 17:39

9 AMBIENTE DE TRABALHO Os relacionamentos no ambiente de trabalho serão baseados em confiança e transparência, tendo como objetivo o desenvolvimento e a preservação da imagem e reputação da Concessionária. O debate construtivo, com a participação e o respeito entre todos, será valorizado como forma de consolidação da cultura organizacional da Concessionária. Será incentivado o fluxo natural de informações entre as áreas organizacionais, visando ao conhecimento das boas práticas de gestão e controle e à melhoria de resultados. A Concessionária compromete-se em proporcionar um ambiente de trabalho saudável e seguro aos seus empregados, buscando sempre a redução de riscos de acidentes de trabalho ou doenças ocupacionais. A Concessionária condena o trabalho infantil e qualquer forma de trabalho forçado que reduza o homem à condição de escravidão ou equivalente. SOCIEDADE 9 Priorizamos a excelência em nossos serviços, de modo que o valor gerado pela Concessionária se reflita não somente para nossos acionistas e empregados, mas também tenha impacto positivo entre os nossos clientes e a sociedade. GU BF-Codigo-Etica2.indd 9 07/12/15 17:39

10 COMUNIDADES A Concessionária tem como compromisso contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades nas quais está inserida, trabalhando para que os projetos promovam o desenvolvimento local e alcancem resultados efetivos e duradouros, fortalecendo os indivíduos impactados como agentes de sua própria transformação. É compromisso da Concessionária criar canais de comunicação com as comunidades das regiões de sua influência. 10 GU BF-Codigo-Etica2.indd 10 07/12/15 17:39

11 RESPONSABILIDADE AMBIENTAL Preservar o meio ambiente para as futuras gerações é um compromisso da Concessionária, havendo total respeito e cumprimento da legislação ambiental e das suas obrigações regulatórias. Serão adotadas as melhores práticas existentes e economicamente viáveis para reduzir o consumo de recursos naturais, a geração de resíduos e as emissões atmosféricas e de efluentes e para prevenir a poluição decorrente de nossas atividades. ÓRGÃOS GOVERNAMENTAIS Nas relações mantidas com órgãos governamentais, em seus vários níveis (federal, estadual, municipal), são respeitadas a legislação e as normas aplicáveis. Não serão admitidas práticas ilícitas, tais como, mas não se limitando a, suborno, extorsão, favorecimento e corrupção. É estritamente proibida a oferta de pagamento em dinheiro ou de qualquer outro benefício pessoal a uma autoridade ou servidor público, direta ou indiretamente, seja nas esferas federal, estadual ou municipal. 11 O relacionamento com o poder concedente terá como premissas a responsabilidade e o espírito de colaboração. GU BF-Codigo-Etica2.indd 11 07/12/15 17:39

12 POLÍTICA Campanhas ou partidos políticos não poderão ser financiados nem apoiados institucionalmente. 12 Não será permitido o uso de recursos da Concessionária, tais como s, impressoras, telefones ou quaisquer outros meios disponibilizados pela Concessionária para a divulgação de propaganda político-partidária, assim como não será admitida propaganda dessa natureza dentro das instalações da Concessionária. CLIENTES O objetivo da Concessionária é superar as expectativas dos clientes, estabelecendo parceria duradoura baseada na ética e no interesse mútuo. FORNECEDORES E PRESTADORES DE SERVIÇO As relações com os fornecedores devem ser pautadas pelo respeito entre as partes, profissionalismo, transparência e integridade. É dever da Concessionária buscar por fornecedores que respeitem os princípios éticos aqui inseridos, sendo expressamente vedada a contratação de qualquer fornecedor que faça uso de mão de obra infantil ou escrava. A contratação e seleção de fornecedores terá como premissa básica o estabelecimento de critérios técnicos, GU BF-Codigo-Etica2.indd 12 07/12/15 17:39

13 profissionais e éticos, neles incluída a ausência de conflito de interesses, com o objetivo de garantir a melhor relação custobenefício e a otimização dos recursos. São vedadas compras ou contratações nos casos elencados abaixo: Nos casos em que haja algum grau de parentesco entre, de um lado, o Gestor/Aprovador ou Solicitante/Requisitante ou Comprador dos bens ou da contratação de serviços, e do outro, o fornecedor de bens ou de serviços. Para os fins desta Política, o grau de parentesco é aquele definido pela legislação civil como até o quarto grau de consanguinidade, inclusive (exemplos: pais, filhos, irmãos, tios, sobrinhos, primos, avós, tios-avós, netos, sobrinhos-netos, bisavós e bisnetos), e até o segundo grau de afinidade, inclusive (exemplos: sogros, genro ou nora, madrasta ou padrasto, enteados, cunhados, avôs ou netos do cônjuge ou companheiro). 13 GU BF-Codigo-Etica2.indd 13 07/12/15 17:39

14 BRINDES, PRESENTES, FAVORES E ENTRETENIMENTO Qualquer brinde, presente, favor ou entretenimento deve ter um objetivo empresarial legítimo. Dessa forma, ficam estabelecidas as seguintes regras: 14 Está proibido o recebimento e a concessão de brindes ou presentes em dinheiro ou equivalente; Está permitido o recebimento e a concessão de brindes, presentes ou entretenimento, desde que sejam atendidas todas as condições abaixo: - Não possam ser vistos ou interpretados como suborno, pagamento ou tentativa indevida de exercer influência; - Possuam valor comercial de até R$ 200,00 (duzentos reais). Valores acima de R$ 200,00 devem ser formalmente justificados e aprovados por escrito por 2 (dois) diretores da Concessionária. As possíveis concessões, brindes e presentes que qualquer fornecedor, prestador de serviços, cliente ou funcionário público possa oferecer não podem possuir valor comercial significativo, alterar a direção da decisão de melhor interesse para a empresa e/ou provocar benefícios para ele ou outrem em qualquer futura operação. GU BF-Codigo-Etica2.indd 14 07/12/15 17:39

15 INFORMAÇÕES CONTÁBEIS OU FINANCEIRAS A legislação, as normas e os princípios contábeis devem ser sempre observados. Logo, as demonstrações financeiras da Concessionária devem ser precisas, completas e verdadeiras. Todas as transações financeiras e contábeis precisam estar devidamente registradas e suportadas por documentação comprobatória. Não admitimos registros contábeis falsos ou fictícios. É dever de todo empregado, conselheiro, membro de Comitê, membro da Diretoria, e estagiário reportar, por meio do canal de denúncia, qualquer prática, que seja de seu conhecimento ou suspeita que possa comprometer a veracidade dos registros contábeis da Concessionária. 15 IMPRENSA O relacionamento com a imprensa deve se pautar no respeito e objetiva a preservação e valorização da imagem e reputação da Concessionária. As manifestações em nome da Concessionária são permitidas somente para pessoas previamente autorizadas e devem seguir a orientação corporativa. GU BF-Codigo-Etica2.indd 15 07/12/15 17:39

16 CONFIDENCIALIDADE É responsabilidade de todos os integrantes da Concessionária zelar pelo sigilo e confidencialidade das informações, metodologias e tecnologias de propriedade da Concessionária. As informações, metodologias e tecnologias de propriedade da Concessionária são confidenciais e de exclusivo uso interno. 16 A divulgação de qualquer dado restrito necessita ser previamente autorizada pela Diretoria da Concessionária, assim como deverão ser preservadas as tecnologias desenvolvidas internamente, inclusive se houver quebra do vínculo com a Concessionária. CONCORRÊNCIA As iniciativas para aquisições de novos negócios deverão ser feitas dentro dos padrões éticos, respeitando os princípios econômicos e regulares do mercado, com base na competição leal e sadia com os concorrentes. Não serão tolerados comentários ou disseminação de boatos com a intenção de afetar a imagem e a reputação dos concorrentes. GOVERNANÇA CORPORATIVA Todas as ações empresariais serão norteadas pelo respeito, pela honestidade, pela responsabilidade corporativa, pela transparência, pela prestação de contas, pela equidade e pela proatividade no trato de informações de interesse dos acionistas e investidores e da sociedade. GU BF-Codigo-Etica2.indd 16 07/12/15 17:39

17 CONFLITO DE INTERESSES Todos os empregados abrangidos por este Código devem prevenir e eliminar eventual conflito de interesses que ocorra durante o desenvolvimento de suas atribuições e responsabilidades, em especial no que diz respeito a: manter outros empregos, praticar comércio nas dependências da Concessionária ou atividades paralelas que venham a prejudicar a sua atuação profissional ou entrar em conflito com os interesses da Concessionária; obter receita proveniente de participação em sociedade ou trabalho de qualquer natureza que direta ou indiretamente esteja envolvida com a Concessionária e seus acionistas; receber favores, em benefício próprio ou de terceiros, de pessoas ou empresas que se relacionem com a Concessionária; beneficiar-se ou beneficiar a outrem em função de acesso a informações privilegiadas e confidenciais. COMISSÃO DE ÉTICA Com o objetivo de promover a implantação, garantir e manter a aplicação deste Código de Ética e Conduta, será constituída uma Comissão de Ética. 17 Toda informação recebida sobre violações deste Código será tratada de forma sigilosa pela Comissão de Ética, a qual será composta por: Gerente da área de Recursos Humanos, Gerente Jurídico, Gerente de Segurança Operacional, Gerente de Cargas e Gerente Executivo de Auditoria (do acionista privado), resguardando a identidade de quem a forneceu. GU BF-Codigo-Etica2.indd 17 07/12/15 17:39

18 EXPECTATIVA DE CONDUTA A Concessionária conta com o cumprimento dos itens abordados neste Código e com um comportamento da mais elevada integridade. O conhecimento de fatos ou dados que não se harmonizem com este Código deve ser comunicado por meio dos canais de denúncia disponíveis na empresa. Toda denúncia deve ser imediatamente investigada, observado sempre o benefício da dúvida. Infrações ao Código serão passíveis de sanções ao(s) responsável(is) na forma deste Código e da legislação aplicável. 18 Empregado algum sofrerá sanções sem a devida comprovação dos fatos. Não ocorrerá nenhum tipo de retaliação ao empregado que reportar atos que não harmonizem com o Código de Ética e Conduta ou que relatar fatos considerados irregulares, porém isso não o isentará de punição caso tenha envolvimento. Cabe à Diretoria da Concessionária zelar pela observação deste Código, sendo ela também responsável por propor recomendações para o seu aperfeiçoamento, visando a sua permanente atualização. Quaisquer dúvidas sobre o entendimento deste Código podem ser esclarecidas com a área de Recursos Humanos. GU BF-Codigo-Etica2.indd 18 07/12/15 17:39

19 CANAL DE DENÚNCIA O canal de denúncia foi criado pela Concessionária e está disponível para que todo empregado, conselheiro, membro de Comitês ou da Diretoria e estagiário comunique qualquer atitude ou prática em desacordo com este Código que seja de seu conhecimento ou desconfiança. Esse suporte também pode ser usado para o envio de sugestões de aprimoramento do Código de Ética e Conduta. As opções para contato com o canal de denúncia são: TERMO DE COMPROMISSO Todos os Conselheiros, membros de Comitês ou da Diretoria e empregados da Concessionária são responsáveis por conhecer, cumprir e divulgar este Código. O Termo de Compromisso, após assinado, ficará arquivado na área de Recursos Humanos. Versão 3 Impressa em dezembro de 2015 GU BF-Codigo-Etica2.indd 19 07/12/15 17:39

20 GU BF-Codigo-Etica2.indd 20 07/12/15 17:39

21 ANEXO 1 TERMO DE COMPROMISSO Declaro que recebi, examinei e compreendi o CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA CONCESSIONÁRIA DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE GUARULHOS S.A. Comprometo-me a cumpri-lo no desempenho de minhas atividades. Nome completo Área de trabalho Número da matrícula Local/Data Assinatura Preencha este Termo de Compromisso, destaque-o e entregue-o à área de Recursos Humanos. Versão 3 Impressa em dezembro de 2015 GU BF-Codigo-Etica2.indd 21 07/12/15 17:39

22 GU BF-Codigo-Etica2.indd 22 07/12/15 17:39

23 GU BF-Codigo-Etica2.indd 23 07/12/15 17:39

24 GU BF-Codigo-Etica2.indd 24 07/12/15 17:39

CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO

CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO invepar índice Apresentação Visão, Missão, Valores Objetivos Princípios Básicos Pág. 4 Pág. 6 Pág. 7 Pág. 8 Abrangência / Funcionários Empresas do Grupo Sociedade / Comunidade

Leia mais

Código de Ética e Conduta do grupo Invepar

Código de Ética e Conduta do grupo Invepar Código de Ética e Conduta do grupo Invepar Edição: agosto/2014 1 ÍNDICE Visão, Missão e Valores 6 Fornecedores e prestadores de serviço 14 Objetivos 7 Brindes, presentes e entretenimento 15 Princípios

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta Estrutura do Código de Ética e Conduta 1. Introdução pág. 03 2. Mensagem da Diretoria pág. 04 3. Relações no Ambiente de Trabalho pág. 05 4. Relacionamento Externo pág. 07 5.

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética MENSAGEM DO PRESIDENTE O Código de Conduta Ética das Empresas Concremat contempla os princípios que devem estar presentes nas relações da empresa com seus colaboradores, clientes,

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA 1. MENSAGEM IESC

CÓDIGO DE CONDUTA 1. MENSAGEM IESC CÓDIGO DE CONDUTA 1. MENSAGEM IESC De origem grega, o termo ethos significa costumes e deve ser entendido com um conjunto de princípios básicos que visam disciplinar e regular, a moral e a conduta das

Leia mais

Código de Conduta e Ética

Código de Conduta e Ética CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA BC CONSULT Página 1 de 9 1. INTRODUÇÃO... 3 2. PRINCÍPIOS... 4 INTEGRIDADE... 4 DISCRIMINAÇÃO... 4 CONFLITO DE INTERESSE... 4 CONFIDENCIALIDADE DE INFORMAÇÕES... 5 PROTEÇÃO AO

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA SUMÁRIO 1 ÉTICA...03 2 APRESENTAÇÃO...04 3 APLICAÇÃO...05 4 FINALIDADES...06 5 DEFINIÇÕES...07 6 CULTURA ORGANIZACIONAL...08 6.1 MISSÃO...08 6.2 VISÃO...08 6.3 VALORES...08 6.4

Leia mais

Código de Ética e de Conduta Empresarial

Código de Ética e de Conduta Empresarial O da Irmãos Parasmo S/A leva em consideração os elementos essenciais existentes nas suas relações com os seus diferentes públicos acionistas, clientes, colaboradores, fornecedores, prestadores de serviços,

Leia mais

Código de Ética e de Conduta do. Grupo Energisa

Código de Ética e de Conduta do. Grupo Energisa Código de Ética e de Conduta do Grupo Energisa Caro colaborador, A prática do Código de Ética e de Conduta do Grupo Energisa é tão importante que fazemos questão que cada colaborador tenha seu próprio

Leia mais

Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1

Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1 Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1 CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 2 Sumário 1. Introdução...3 2. Postura pessoal e profissional...4 3. Relacionamento com público interno...6 4. Relacionamento

Leia mais

A SINIGAGLIA, endossa e pratica de forma sistemática os princípios do Pacto Global 1 da ONU, integrando-os a seus processos:

A SINIGAGLIA, endossa e pratica de forma sistemática os princípios do Pacto Global 1 da ONU, integrando-os a seus processos: INTRODUÇÃO O regime da livre iniciativa impõe às organizações e seus integrantes a conduzirem-se dentro de um ambiente de respeito e entendimento, zelando para que toda e qualquer forma de relacionamento,

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA AGÊNCIA DE FOMENTO DE GOIÁS S/A GOIÁSFOMENTO

CÓDIGO DE ÉTICA AGÊNCIA DE FOMENTO DE GOIÁS S/A GOIÁSFOMENTO CÓDIGO DE ÉTICA DA AGÊNCIA DE FOMENTO DE GOIÁS S/A GOIÁSFOMENTO 0 ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO... 2 2 - ABRANGÊNCIA... 2 3 - PRINCÍPIOS GERAIS... 2 4 - INTEGRIDADE PROFISSIONAL E PESSOAL... 3 5 - RELAÇÕES COM

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DO GRUPO HERING

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DO GRUPO HERING CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DO GRUPO HERING O Código de Conduta Ética é um instrumento destinado a aperfeiçoar os relacionamentos da organização e elevar o clima de confiança nela existente. Este Código tem

Leia mais

c. Promover o comportamento ético no ambiente em que atuamos.

c. Promover o comportamento ético no ambiente em que atuamos. Introdução O Código de Ética e Conduta foi aprovado em reunião do Conselho de Administração em 03/08/2015. É um documento que resume as principais políticas e diretrizes que definem as regras orientadoras

Leia mais

Código de Ética Rastru

Código de Ética Rastru CÓDIGO DE ÉTICA RASTRU O objetivo desse Código de É tica é definir com clareza os princípios éticos que norteiam as ações e os compromissos da organização Rastru, tanto da parte institucional como da parte

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Índice Nossos princípios diretivos 03 Proteção do patrimônio e uso dos ativos 04 Informação confidencial 05 Gestão e Tratamento dos Colaboradores 06 Conflitos de interesse 07

Leia mais

Código de Ética Nas Relações com as Partes Interessadas Com os Clientes e a Concorrência

Código de Ética Nas Relações com as Partes Interessadas Com os Clientes e a Concorrência Código de Ética Conduzimos nossos negócios dentro de uma estrutura de padrões profissionais, legislações, regulamentações e políticas internas. Entretanto, temos consciência que essas normas não necessariamente

Leia mais

Código de Ética LLTECH

Código de Ética LLTECH Código de Ética LLTECH Quem somos A LLTECH é uma empresa que oferece soluções inovadoras para automação e otimização de processos industriais, fornecendo toda a parte de serviços e produtos para automação

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E EMPRESARIAL GRUPO VIVO SABOR

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E EMPRESARIAL GRUPO VIVO SABOR MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E EMPRESARIAL GRUPO VIVO SABOR INTRODUÇÃO Ciente de sua responsabilidade como fornecedora de refeições coletivas e prestadora de serviços, o Grupo Vivo Sabor divulga seu Manual

Leia mais

Cliente Empreendedorismo Metodologia e Gestão Lucro Respeito Ética Responsabilidade com a Comunidade e Meio Ambiente

Cliente Empreendedorismo Metodologia e Gestão Lucro Respeito Ética Responsabilidade com a Comunidade e Meio Ambiente Código de Ética OBJETIVO Este código de ética serve de guia para atuação dos empregados e contratados da AQCES e explicita a postura que deve ser adotada por todos em relação aos diversos públicos com

Leia mais

Mensagem da Diretoria

Mensagem da Diretoria 2007 A Mensagem da Diretoria história da Responsabilidade Social na Copacol está intrínseca desde que abriu as portas do cooperativismo no Oeste do Paraná, em 1963. Com a assinatura do Pacto Global, essa

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento SUMÁRIO 1. Conceito 2. Objetivo 3. Abrangência 4. Regras e Normas 4.1 Conceito de Ética. Ponto de vista empresarial 4.2 Princípios

Leia mais

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 Sumário 1 Introdução... 2 1.1 Finalidade do documento... 2 1.2 Abrangência... 2 2 Objetivos do código de conduta... 2 3 Princípios éticos... 3 4 Relações entre os Profissionais... 4 4.1 Oportunidade no

Leia mais

[CÓDIGO DE ÉTICA] Interinvest

[CÓDIGO DE ÉTICA] Interinvest [CÓDIGO DE ÉTICA] Este documento determina as práticas, padrões éticos e regras a serem seguidos pelos colaboradores, fornecedores e a todos aqueles que, direta ou indiretamente, se relacionem com a Interinvest.

Leia mais

www.geoambiente.com.br CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR

www.geoambiente.com.br CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR www.geoambiente.com.br atudnoc ed ogidóc rodecenrof od CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR 2 3 WWW.GEOAMBIENTE.COM.BR Prezado fornecedor, você acaba de receber o Código de Conduta do Fornecedor que busca orientá-lo

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE DE FORNECEDORES

CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE DE FORNECEDORES SUMÁRIO 1. Introdução... 04 2. Abrangência... 04 3. Objetivo... 04 4. Princípios Éticos... 05 5. Preconceitos e Discriminação... 05 6. Respeito à Legislação e Integridade nos Negócios... 05 7. Documentos,

Leia mais

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF Nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE Nº. 35.300.333.578

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF Nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE Nº. 35.300.333.578 JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF Nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE Nº. 35.300.333.578 CÓDIGO DE ÉTICA Escopo Este Código de Ética ( Código ) reúne as principais normas de conduta que devem

Leia mais

Código de Ética - Ultra

Código de Ética - Ultra Código de Ética - Ultra Ética na gestão - Equidade, transparência e responsabilidade - Cumprimento das leis - Desenvolvimento sustentável Ética nos relacionamentos - Acionistas e investidores - Colaboradores

Leia mais

Política de Relacionamento com Fornecedores

Política de Relacionamento com Fornecedores Política de Relacionamento com Fornecedores Publicado em: 25/06/2013 1. Conceito O Santander tem como compromisso promover a sustentabilidade, conduzindo seus negócios em plena conformidade com a legislação

Leia mais

Conselho Estratégico de Planejamento e Administração Empresarial.

Conselho Estratégico de Planejamento e Administração Empresarial. G7 PRO UNIIDADE BRASIIL SSOLLUÇÕEESS EESSTTRRATTÉÉGI IICASS EEM SSEEGURRANÇA CÓDIGO DE ÉTICA Conselho Estratégico de Planejamento e Administração Empresarial. Este documento possui informações INTERNAS

Leia mais

Código de Ética e Conduta em Relações Comerciais Bridge Research

Código de Ética e Conduta em Relações Comerciais Bridge Research Código de Ética e Conduta em Relações Comerciais Bridge Research Missão Ser a referência no Brasil em soluções de pesquisa de mercado que utilizem tecnologia como uma plataforma para melhorar a decisão

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA 07/2014

CÓDIGO DE CONDUTA 07/2014 CÓDIGO DE CONDUTA 07/2014 CÓDIGO DE CONDUTA 07/2014 ÍNDICE ÍNDICE 1. Sobre o Código... 04 2. Relações com Clientes.... 05 3. Relações com os Acionistas... 05 3.1. Informações Privilegiadas... 05 4. Responsabilidades

Leia mais

2 CÓDIGO DE ÉTICA RUDLOFF

2 CÓDIGO DE ÉTICA RUDLOFF 2 CÓDIGO DE ÉTICA RUDLOFF ÍNDICE Sobre o Código de Ética... 05 Missão, Visão e Valores... 06 Colaboadores... 07 Legislação... 08 Conflito de Interesse... 09 Uso adequado dos Bens da Empresa... 10 Publicidade

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA RECEBA MAIS QUE TECNOLOGIA

CÓDIGO DE ÉTICA RECEBA MAIS QUE TECNOLOGIA CÓDIGO DE ÉTICA RECEBA MAIS QUE TECNOLOGIA Código de Ética e de Responsabilidade Social Propósitos A ACE Schmersal tem uma atuação corporativa pautada em valores éticos e morais. Estes mesmos valores regem

Leia mais

A Global e todos os seus Colaboradores comprometem-se a seguir os princípios abaixo como diretrizes de conduta em todas as suas relações:

A Global e todos os seus Colaboradores comprometem-se a seguir os princípios abaixo como diretrizes de conduta em todas as suas relações: POLÍTICAS CORPORATIVAS Assunto: Código de Ética e Conduta Objetivo O Código de Ética e Conduta objetiva estabelecer os princípios, conceitos e valores que orientam o padrão ético de todos os Colaboradores

Leia mais

COMPROMISSO HONESTIDADE PARCERIA TRANSPARÊNCIA CÓDIGO DE ÉTICA INTEGRIDADE VALORES RESPEITO SUCESSO. Versão 01-13

COMPROMISSO HONESTIDADE PARCERIA TRANSPARÊNCIA CÓDIGO DE ÉTICA INTEGRIDADE VALORES RESPEITO SUCESSO. Versão 01-13 COMPROMISSO HONESTIDADE PARCERIA TRANSPARÊNCIA CÓDIGO DE ÉTICA INTEGRIDADE VALORES RESPEITO SUCESSO Versão 01-13 1 C Ó D I G O D E É T I C A Introdução A ÉTICA é o ideal de conduta humana, desenvolvido

Leia mais

Valorizamos as relações respeitosas, responsáveis e confiáveis com os diferentes públicos, interno e externo, em que não há espaço para:

Valorizamos as relações respeitosas, responsáveis e confiáveis com os diferentes públicos, interno e externo, em que não há espaço para: Introdução A BRMALLS é uma empresa que atua em diversos estados e para manter unida nossa companhia, nossos funcionários devem agir com base em valores e objetivos comuns. Isso se reflete nas atitudes

Leia mais

Código de Conduta 08/2014

Código de Conduta 08/2014 Código de Conduta 08/2014 Índice 1. Sobre o Código... 4 2. Relações com Clientes... 5 3. Relações com Acionistas... 5 3.1. Informações Privilegiadas... 6 4. Responsabilidades dos Integrantes...7 4.1. Oportunidade

Leia mais

Hermes Chipp Diretor Geral do ONS

Hermes Chipp Diretor Geral do ONS Nossa vida é feita de escolhas. Seja no âmbito pessoal ou profissional, a cada dia escolhemos caminhos a trilhar. A ética deve ser a premissa básica para pautar as nossas opções cotidianas. O ONS, desde

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA SABESP

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA SABESP CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA SABESP 2008-2 1 Apresentação A SABESP a partir da sua própria missão de prestar serviços de saneamento, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente constitui-se

Leia mais

Código de Ética Fevereiro de 2015

Código de Ética Fevereiro de 2015 Código de Ética Fevereiro de 2015 Índice 1. Âmbito de aplicação... 3 2. Ética... 3 2.1. Princípios e valores fundamentais... 3 2.2. Proibição de decisão em situação de conflito de interesses... 4 2.3.

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética Jeito de Ser Índice 3 Introdução 3 Carta do Presidente 3 Missão do Grupo Marisa 3 Valores do Grupo Marisa 3 Código de Conduta Ética v Áreas de Relacionamento Colaboradores Fornecedores

Leia mais

Mensagem da Diretoria

Mensagem da Diretoria Código de Ética Índice Mensagem da Diretoria... 07 Princípios Cooperativistas... 09 Política da Qualidade... 11 Nosso Negócio, Missão, Visão... 12 Nossos Valores... 13 Nosso Relacionamento com: Associados...

Leia mais

manual anticorrupção

manual anticorrupção manual anticorrupção ÍNDICE Introdução 4 Histórico 4 O Código de Conduta da Klabin 5 Por que um Manual Anticorrupção se já há um Código de Conduta? 5 Conceitos e Esclarecimentos 6 O que é corrupção? Práticas

Leia mais

IINSTRUÇÃO DO SISTEMA. Código de conduta

IINSTRUÇÃO DO SISTEMA. Código de conduta 1 de 7 Revisão Data Assunto / revisão / modificação 00 16/04/15 Emissão Inicial. Nome Cargo Data Assinatura Consultor / Gerente EMITENTE Maciel Amaro Técnico / RD Valéria Ap. R. Amaro Diretora administrativa

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SUPRIMENTO DE MATERIAL E SERVIÇOS GSS CÓDIGO DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS

SUPERINTENDÊNCIA DE SUPRIMENTO DE MATERIAL E SERVIÇOS GSS CÓDIGO DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS CÓDIGO DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS ELETRONORTE SUPERINTENDÊNCIA DE SUPRIMENTO DE MATERIAL E SERVIÇOS GSS CÓDIGO DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS 1 2

Leia mais

Código de Ética. Responsabilidades: Lideranças Colaboradores. Aplicação do Código de Ética

Código de Ética. Responsabilidades: Lideranças Colaboradores. Aplicação do Código de Ética Código de Ética Sobre nossos Relacionamentos: Relacionamento com Clientes Relacionamento com Acionistas Relacionamento com Colaboradores Relacionamento com Parceiros de Negócio e Fornecedores Relacionamento

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA ISA CAPITAL DO BRASIL S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA ISA CAPITAL DO BRASIL S.A. CÓDIGO DE ÉTICA ISA CAPITAL DO BRASIL S.A. 1 INTRODUÇÃO O Grupo ISA e suas empresas avançam para metas a cada vez mais exigentes e ambiciosas, desenvolvendo suas práticas em contextos diversos e inovadores

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL A Política de Prevenção à Corrupção tem como objetivo dar visibilidade e registrar os princípios e valores éticos que devem nortear a atuação dos empregados,

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética SUMÁRIO 1 Objetivo... 03 2 Abrangência... 03 3 Valores... 03 4 - Conduta ética da PPL com os diversos públicos 4.1 - Cliente: Foco de nossa atuação... 03 4.2 - Relação e interação com fornecedores e parceiros...

Leia mais

Código de Conduta Fevereiro de 2014

Código de Conduta Fevereiro de 2014 Código de Conduta Fevereiro de 2014 Índice 1. Sobre o Código...03 2. Relações com Clientes... 04 3. Relações com os Acionistas... 04 3.1. Informações Privilegiadas... 05 4. Responsabilidades dos Integrantes...

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA - PORTAL

CÓDIGO DE ÉTICA - PORTAL 1. Disposições Preliminares Este Código de Ética tem como principal objetivo informar aos colaboradores, prestadores de serviço, clientes e fornecedores da Petronect quais são os princípios éticos que

Leia mais

Código de Ética e Conduta Sabesp

Código de Ética e Conduta Sabesp Código de Ética e Conduta Sabesp 1 MENSAGEM DA ALTA ADMINISTRAÇÃO Aos Empregados, Gerentes, Clientes, Acionistas, Investidores, Fornecedores, Parceiros, Terceiros, Governo, Comunidade e toda sociedade,

Leia mais

Código de Conduta OGX

Código de Conduta OGX Código de Conduta OGX Índice Apresentação do Código de Conduta OGX 03 Diretrizes: 05 Relacionamento com Públicos de Interesse 06 Conflito de Interesses 12 Ambiente de Trabalho 14 Fraude e Corrupção 18

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA SOMMA INVESTIMENTOS

CÓDIGO DE ÉTICA DA SOMMA INVESTIMENTOS 1. O CÓDIGO Este Código de Ética (Código) determina as práticas e padrões éticos a serem seguidos por todos os colaboradores da SOMMA INVESTIMENTOS. 2. APLICABILIDADE Esta política é aplicável: 2.1. A

Leia mais

INSTITUIÇÃO COMUNITÁRIA DE CRÉDITO BLUMENAU SOLIDARIEDADE ICC BLUSOL

INSTITUIÇÃO COMUNITÁRIA DE CRÉDITO BLUMENAU SOLIDARIEDADE ICC BLUSOL INSTITUIÇÃO COMUNITÁRIA DE CRÉDITO BLUMENAU SOLIDARIEDADE ICC BLUSOL Ano 2013 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA Caro Colaborador Estamos entregando o Código de Ética e Conduta da Instituição, o qual fará parte

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Carta do CEO Caros colaboradores, Apresento a vocês o nosso código de ética. Este importante documento é um conjunto de atitudes a serem praticadas por todos nós no exercício da nossa atividade profissional.

Leia mais

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições:

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições: 1.0 - CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DO BANRISUL Preâmbulo O compromisso é servir como Guia Prático de Conduta Pessoal e Profissional, a ser utilizado por todos os Colaboradores do Banrisul, possibilitando a

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA. Capítulo I Das Regras Deontológicas

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA. Capítulo I Das Regras Deontológicas CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Capítulo I Das Regras Deontológicas O Código de conduta e ética reflete o padrão ideal de comportamento e valores que devem nortear os membros da Fundação Technos de Previdência

Leia mais

Sumário. 8. Relacionamento com a Comunidade e com o Meio Ambiente. 9. Relacionamento com os Lojistas. 10. Relacionamento com os Fornecedores

Sumário. 8. Relacionamento com a Comunidade e com o Meio Ambiente. 9. Relacionamento com os Lojistas. 10. Relacionamento com os Fornecedores Manual de Conduta ntrodução O Shopping Recife é um empreendimento imobiliário tipo shopping center, sendo primordial que nossos colaboradores atuem com base em valores e objetivos comuns. A postura ética

Leia mais

POLITICA DE QUALIDADE

POLITICA DE QUALIDADE CÓDIGO ÉTICA ÍNDICE: PALAVRA DO DIRETOR POLITICA DE QUALIDADE MISSÃO VISÃO VALORES CONFIDENCIALIDADE DE INFORMAÇÃO CLIENTES FORNECEDORES ACIONISTAS COMUNIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL IMPRENSA ORGÃOS GOVERNAMENTAIS

Leia mais

GUIA ANTICORRUPÇÃO WILSON SONS

GUIA ANTICORRUPÇÃO WILSON SONS GUIA ANTICORRUPÇÃO WILSON SONS A Wilson Sons, por meio deste Guia Anticorrupção, pretende disseminar os valores morais e éticos que norteiam seus diversos negócios, reiterando seu princípio de combate

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. do sistema petrobras

CÓDIGO DE ÉTICA. do sistema petrobras CÓDIGO DE ÉTICA do sistema petrobras esse é nosso jeito de ser Palavra do Presidente Princípios Éticos do Sistema Petrobras Compromissos de Conduta do Sistema Petrobras 1. 2... No exercício da Governança

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA AGENTES AUTÔNOMOS DE INVESTIMENTO BANCO COOPERATIVO SICREDI S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA AGENTES AUTÔNOMOS DE INVESTIMENTO BANCO COOPERATIVO SICREDI S.A. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA AGENTES AUTÔNOMOS DE INVESTIMENTO BANCO COOPERATIVO SICREDI S.A. Versão: Maio 2013 Página 1 Introdução Alinhado com o disposto na Instrução CVM nº 497/11 ( ICVM 497/11 ), o Banco

Leia mais

MT/002-14 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA ARGUS 12/2014 - VINHEDO, SP

MT/002-14 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA ARGUS 12/2014 - VINHEDO, SP MT/002-14 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA ARGUS 12/2014 - VINHEDO, SP 1 Código de Ética e Conduta da Argus MENSAGEM DO PRESIDENTE Este Código de Ética e Conduta foi elaborado com a finalidade de explicitar

Leia mais

CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL

CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL O CÓDIGO RIP DE CONDUTA EMPRESARIAL Março de 2015 1ª edição MENSAGEM DO PRESIDENTE O Código de Conduta da RIP ( Código ) é a declaração formal das expectativas que servem

Leia mais

Código de Ética e Conduta Lojas Renner

Código de Ética e Conduta Lojas Renner Código de Ética e Conduta Lojas Renner Junho de 2008 Introdução Carta do Presidente Código de Ética: Valores e Princípios Empresariais Código de Conduta: Colaboradores Fornecedores Clientes Comunidade

Leia mais

Apresentação... Introdução... 2. Observância às leis e regulamentos... 4. Política Anticorrupção... 4. Relacionamentos com clientes...

Apresentação... Introdução... 2. Observância às leis e regulamentos... 4. Política Anticorrupção... 4. Relacionamentos com clientes... SUMÁRIO Apresentação... Introdução... 2 Observância às leis e regulamentos... 4 Política Anticorrupção... 4 Relacionamentos com clientes... 6 Ambiente de Trabalho... 7 E-mail e Internet... 8 Saúde e Segurança

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. BADESUL Desenvolvimento S.A- Agência de Fomento 0800 642 6800 - Rua Gen. Andrade Neves, 175 - Porto Alegre - RS - CEP: 90010-210

CÓDIGO DE ÉTICA. BADESUL Desenvolvimento S.A- Agência de Fomento 0800 642 6800 - Rua Gen. Andrade Neves, 175 - Porto Alegre - RS - CEP: 90010-210 CÓDIGO DE ÉTICA Introdução O Código de Ética do BADESUL explicita os valores éticos que regem o desempenho de sua missão: Contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Sul, através

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Essas regras estão organizadas em torno das seguintes exigências:

CÓDIGO DE ÉTICA. Essas regras estão organizadas em torno das seguintes exigências: CÓDIGO DE ÉTICA O Grupo PSA Peugeot Citroën construiu seu desenvolvimento com base em valores implementados por seus dirigentes e funcionários, e reafirmados nos objetivos de desenvolvimento responsável

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. 1 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. Este código de ética e conduta foi aprovado pelo Conselho de Administração da INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. ( Companhia

Leia mais

PREÂMBULO TOV colaboradores, Compliance Outubro/2010

PREÂMBULO TOV colaboradores, Compliance Outubro/2010 PREÂMBULO A TOV, ciente da importância da ética nas relações profissionais nas comunidades onde atua e dos benefícios advindos do comprometimento e execução de diretrizes de conduta ética, divulga a todos

Leia mais

Código de Ética das Empresas Eletrobras

Código de Ética das Empresas Eletrobras Código de Ética das Empresas Eletrobras Princípios éticos e Compromissos de conduta SUMÁRIO Versão 2010 1 Palavra do Presidente Apresentar este Código de Ética das Empresas Eletrobras é, para nós e para

Leia mais

Código de Ética e Conduta. Trabin Software & Consulting

Código de Ética e Conduta. Trabin Software & Consulting Trabin Software & Consulting Sumário 1. Apresentação... 4 2. Empresa... 5 2.1. Histórico... 5 2.2. Missão... 5 2.3. Visão..... 6 2.4. Valores... 6 2.5. Princípios... 6 3. Conceito de Ética... 8 3.1. Ética

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA SBS ENGENHARIA

CÓDIGO DE CONDUTA SBS ENGENHARIA CÓDIGO DE CONDUTA SBS ENGENHARIA Mensagem do Presidente A nossa credibilidade é o ativo mais importante de que dispomos. Nosso trabalho, o modo pelo qual atuamos, nos portamos e a qualidade dos nossos

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA COMPROMISSOS ÉTICOS NOS RELACIONAMENTOS DA AGRINVEST CONFLITOS DE INTERESSE. 2.1 Missão 2.2 Visão 2.

SUMÁRIO INTRODUÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA COMPROMISSOS ÉTICOS NOS RELACIONAMENTOS DA AGRINVEST CONFLITOS DE INTERESSE. 2.1 Missão 2.2 Visão 2. CÓDIGO DE ÉTICA 1 INTRODUÇÃO 2 DIRETRIZES AO CÓDIGO DE ÉTICA DA EMPRESA 2.1 Missão 2.2 Visão 2.3 Valores SUMÁRIO 1 2 2 2 2 3 COMPROMISSOS ÉTICOS NOS RELACIONAMENTOS DA AGRINVEST 3.1 No relacionamento com

Leia mais

Código de Ética ENGENHARIA AMBIENTAL

Código de Ética ENGENHARIA AMBIENTAL Código de Ética Índice Mensagem do Conselho de Administração... 3 Valores e Crenças... 5 Abrangência e Escopo... 7 Compromissos de conduta... 9 Ambiente de trabalho... 9 Bens da VITAL Utilização e Preservação...

Leia mais

Índice. Introdução... 4 Visão e Valores... 6 Responsabilidades... 8 Princípios Libra de Relacionamento... 10

Índice. Introdução... 4 Visão e Valores... 6 Responsabilidades... 8 Princípios Libra de Relacionamento... 10 Introdução... 4 Visão e Valores... 6 Responsabilidades... 8 Princípios Libra de Relacionamento... 10 1. Conflito de Interesses... 10 1.1 Parentesco... 11 1.2 Atividades Profissionais Paralelas... 11 1.3

Leia mais

Apresentação. Após a leitura, o colaborador deve atestar que se compromete a respeitar os padrões estabelecidos nesse documento.

Apresentação. Após a leitura, o colaborador deve atestar que se compromete a respeitar os padrões estabelecidos nesse documento. CÓDIGO DE ÉTICA 1 2 3 Apresentação Apresentamos a todos o Código de Ética do Banco A.J Renner S.A. Este código contém as orientações que devem ser seguidas individual e coletivamente na busca pela excelência

Leia mais

Política de Combate a Suborno e Corrupção. Revisão Data Itens Alterados Elaboradores Aprovadores

Política de Combate a Suborno e Corrupção. Revisão Data Itens Alterados Elaboradores Aprovadores Revisão Data Itens Alterados Elaboradores Aprovadores 00 12/02/2015 Original Natalia Simões Araujo (Coordenadora Funções Corporativas e Compliance) Antonio Ferreira Martins (Vice- Presidente Jurídico e

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ANUNCIANTES

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ANUNCIANTES ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ANUNCIANTES MANUAL DE GOVERNANÇA 2015 ABA MANUAL DE GOVERNANÇA I. INTRODUÇÃO É norma e política da Associação Brasileira de Anunciantes ("ABA"), o estrito cumprimento de todas

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO À FRAUDE E CORRUPÇÃO

POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO À FRAUDE E CORRUPÇÃO POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO À FRAUDE E CORRUPÇÃO 1. OBJETIVO A Política Corporativa de Prevenção à Corrupção ( Política ) tem o objetivo de reforçar o compromisso da empresa Via Boleto de cooperar

Leia mais

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições:

O Banrisul no relacionamento com os diversos setores da sociedade terá suas posições e ações baseadas nas seguintes disposições: 1.0 - CÓDIGO DE ÉTICA DO BANRISUL Preâmbulo O compromisso maior da instituição deve ser o de possibilitar continuamente a consecução de sua missão, a saber: Ser o agente financeiro do Estado para promover

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA de PSIQUIATRIA. Código de Condutas Éticas

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA de PSIQUIATRIA. Código de Condutas Éticas 1 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA de PSIQUIATRIA Código de Condutas Éticas I - Mensagem do Presidente II Premissas III Condutas Éticas nas atividades da ABP 1. Cumprimento das leis 2. Relação com o Governo 3. Atividades

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA OUTUBRO/2007

CÓDIGO DE ÉTICA OUTUBRO/2007 OUTUBRO/2007 ÍNDICE Página 1. APRESENTAÇÃO 1 2. OBJETIVOS 1 3. NORMAS, PRINCÍPIOS E VALORES ÉTICOS 2 4. CONFLITOS DE INTERESSES 5 5. CONFIDENCIALIDADE 6 6. DÚVIDAS COM A APLICAÇÃO DO CÓDIGO DE ÉTICA 6

Leia mais

Aliança do Brasil. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética

Aliança do Brasil. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética Aliança do Brasil. É assim que a gente faz. Código de Conduta Ética SUMÁRIO CONCEITO OBJETIVO ABRANGÊNCIA PRINCÍPIOS DE RELACIONAMENTOS CONFLITOS DE INTERESSE CONFIDENCIALIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESERVAÇÃO

Leia mais

Prezado colaborador, Receba estes Princípios Éticos e de Conduta, que resumem o que já somos e pregam o que nunca devemos deixar de ser.

Prezado colaborador, Receba estes Princípios Éticos e de Conduta, que resumem o que já somos e pregam o que nunca devemos deixar de ser. Prezado colaborador, Fazemos parte de empresas que já nasceram comprometidas com os princípios éticos do exercício da verdade, fundamentais para a nossa credibilidade. Uma identidade cristalina, que nos

Leia mais

MENSAGEM DO PRESIDENTE

MENSAGEM DO PRESIDENTE MENSAGEM DO PRESIDENTE A construção de uma empresa sólida e capaz de tornar perene sua marca no mercado só acontece com o esforço conjunto de pessoas comprometidas com a verdade e a ética. Ao longo de

Leia mais

TIPO DOC. RESOLUÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA EMPRESARIAL DO SERPRO CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA EMPRESARIAL DO SERPRO

TIPO DOC. RESOLUÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA EMPRESARIAL DO SERPRO CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA EMPRESARIAL DO SERPRO TPO DOC. 1/7 1. CONSDERAÇÕES O papel social de uma instituição vai além do que preveem as leis que a regem. O Serviço Federal de Processamento de Dados - SERPRO, ao prestar serviços baseados na tecnologia

Leia mais

Caro parceiro, Queremos fornecedores e parceiros que tenham nível de comprometimento com a sociedade tão amplo quanto o do Rio 2016.

Caro parceiro, Queremos fornecedores e parceiros que tenham nível de comprometimento com a sociedade tão amplo quanto o do Rio 2016. Caro parceiro, O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 trabalha para entregar Jogos excelentes, com celebrações memoráveis que irão promover a imagem global do Brasil, baseados

Leia mais

ALUPAR INVESTIMENTO S.A. CNPJ/MF nº 08.364.948/0001-38 NIRE 35.300.335.325 CÓDIGO DE ÉTICA, CONDUTA & COMPLIANCE. 19 de janeiro de 2015

ALUPAR INVESTIMENTO S.A. CNPJ/MF nº 08.364.948/0001-38 NIRE 35.300.335.325 CÓDIGO DE ÉTICA, CONDUTA & COMPLIANCE. 19 de janeiro de 2015 ALUPAR INVESTIMENTO S.A. CNPJ/MF nº 08.364.948/0001-38 NIRE 35.300.335.325 CÓDIGO DE ÉTICA, CONDUTA & COMPLIANCE 19 de janeiro de 2015 I. INTRODUÇÃO O presente Código de Ética, Conduta & Compliance ( Código

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA LOGZ LOGÍSTICA BRASIL S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA LOGZ LOGÍSTICA BRASIL S.A. APRESENTAÇÃO A LOGZ Logística Brasil S.A. (a Companhia ou LOGZ ) é uma sociedade holding consolidadora de participações em ativos logísticos e tem como objetivo a expansão de suas atividades possibilitando

Leia mais

Manual de Diretrizes de Conduta Ética da BB Consórcios S.A

Manual de Diretrizes de Conduta Ética da BB Consórcios S.A Manual de Diretrizes de Conduta Ética da BB Consórcios S.A Versão Atualizada Outubro/2015 Introdução Este Manual define as diretrizes que obrigam e devem ser observadas por todos os colaboradores, em todos

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA, MANUAL DE CONDUTA E PROCEDIMENTOS

CÓDIGO DE ÉTICA, MANUAL DE CONDUTA E PROCEDIMENTOS CÓDIGO DE ÉTICA, MANUAL DE CONDUTA E PROCEDIMENTOS A quem se destina este Manual Este manual reúne o conjunto de normas e procedimentos a serem seguidos por TODOS aqueles que trabalham na S.C.C.V.M. S/A,

Leia mais

1. OBJETIVO E ÂMBITO. 1.1 Objeto 1.1.1 A Mota-Engil Africa N.V. ( Mota-- Engil Africa ou a Empresa ) e respetivas

1. OBJETIVO E ÂMBITO. 1.1 Objeto 1.1.1 A Mota-Engil Africa N.V. ( Mota-- Engil Africa ou a Empresa ) e respetivas 1. OBJETIVO E ÂMBITO 1.1 Objeto 1.1.1 A Mota-Engil Africa N.V. ( Mota-- Engil Africa ou a Empresa ) e respetivas subsidiárias (juntamente com a Empresa, o Grupo ) comprometem-se a conduzir todos os seus

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. Os princípios éticos que orientam nossa atuação também fundamentam nossa imagem de empresa sólida e confiável.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. Os princípios éticos que orientam nossa atuação também fundamentam nossa imagem de empresa sólida e confiável. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA 1. Introdução Os princípios éticos que orientam nossa atuação também fundamentam nossa imagem de empresa sólida e confiável. Este Código de Ética e Conduta da UTC Participações

Leia mais

Palavra do Presidente

Palavra do Presidente 1 Palavra do Presidente O Código de Conduta da Cielo foi revisitado em 2009 e passou a ser chamado de Código de Ética. Todos os colaboradores foram convidados a participar das reuniões para a construção

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA DURATEX S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA DA DURATEX S.A. CÓDIGO DE ÉTICA DA DURATEX S.A. ÍNDICE 1. O QUE É O CÓDIGO DE ÉTICA 2. A QUEM E A QUE SE APLICA 3. COMITÊ DE PESSOAS, GOVERNANÇA E NOMEAÇÃO 4. APLICAÇÃO DO CÓDIGO DE ÉTICA 5. PRINCÍPIOS GERAIS 6. RELAÇÕES

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta 2015 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA ALIANSCE I. Abrangência A Aliansce, todas as sociedades, direta ou indiretamente por ela controladas ou sob mesmo controle, e os Shopping Centers

Leia mais