Emigração portuguesa nos anos de 1960 para França

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Emigração portuguesa nos anos de 1960 para França"

Transcrição

1 Edition nº 104 Série II, du 21 novbre 2012 Hebdomadaire Franco-Portugais G R A T U I T PUB O jornal das Comunidades lusófonas de França, editado por CCIFP Editions, da Câmara de Comércio e Indústria Franco Portuguesa 11 Concerto de homenag a José afonso, vai ter lugar esta noite no Théâtre de la Ville, Paris. Edition F R A N C E Fr 03 Greve. Alguns Consulados e Embaixadas de Portugal França fecharam por causa da greve de quarta-feira 14 de novbro Ginação. No domingo passado foi dado pais um passo na ginação entre as cidades de Fafe e de Sens Cina. Sai hoje nas salas francesas o filme Les Lignes de Wellington sobre a terceira invasão francesa Portugal. Miss. Vai ser organizado Marseille, mais uma edição da eleição de Miss Caboverdiana Marseille. Colóquio Hendaye 50 anos de igração Emigração portuguesa nos anos de 1960 para França LusoJornal / Carlos Pereira PUB

2 02 opinião le 21 novbre 2012 Pergunta do leitor Pergunta: Senhor Diretor, Leio regularmente o LusoJornal e dou-lhe os parabéns pela qualidade do vosso trabalho [...]. Constato que agora vocês também colaboram no Tuga Magazine, uma coisa com muito má qualidade e perguntei-me como é que vocês pod estar associados a este tipo de publicação. É duma foleirice tão grande que me surpreendeu ver um texto vosso. É que o vosso tipo de trabalho não se asselha, n de longe com o trabalho deles. O que vos passou pela cabeça? Mas vocês é que sab, claro. [...] Carlos Alves Montigny-les-Cormeilles resposta: Caro leitor, Obrigado pelas palavras simpáticas a nosso respeito. Também nós ficámos surpreendidos ao ver um texto do LusoJornal publicado na revista Tuga Magazine, com o título Faleceu José Fernandes. Não sabíamos e foi a sua carta que nos fez procurar a revista. Nós, no LusoJornal, defendos a permuta de conteúdos entre órgãos de comunicação social. Até sugerimos recentente, Lisboa, a criação de uma Plataforma que permita estas permutas a nível mundial. Mas é verdade que, as regras da cordialidade faz com que, geral, se peça autorização para publicar um texto de uma outra publicação e se mencione o autor e a publicação, o que efetivamente não aconteceu neste caso e esperamos que não volte a acontecer. Para seu reconforto, não há qualquer colaboração do LusoJornal com a revista Tuga Magazine. Apenas respeitamos a sua existência e os seus responsáveis e compartilhamos com eles as dificuldades de manter de pé uma publicação para a Comunidade portuguesa de França. Tos por norma respeitar, spre, os nossos colegas e não comentamos aqui, n comentaros, a qualidade das outras publicações que estão no mercado. São os leitores que dev comentar, e não nós. Carlos Pereira, Diretor do LusoJornal Envie a sua pergunta para: Lettre à un ami... Acácio Bárbara a propos de l image des immigrés portugais? Il y a des années, lorsque je passais une commande à mon nom, j entendais souvent la question «De Sousa comme Linda?». A présent on m appelle, «Monsieur» et on me traite avec égard. Certes tu pourras me dire que c est peut-être du à mon âge actuel ou bien encore que les gens ont oublié Linda. Lors de la dernière campagne présidentielle française, les électeurs d origine portugaise ont été dragués comme jamais. Les restaurants portugais ont même été des lieux où il faisait bon apparaître. Tu pourras me dire que c était intéressé. Quoi qu il en soit, je ressens en France une sorte d explarité du portugais, jugé intégré à la société française, devant servir comme modèle à ceux qui montrent des signes extérieurs de radicalisation. Là aussi, tu pourras me dire que les immigrés portugais restent pourtant des plus attachés à leurs origines, avec les multiples associations sportives, culturelles, des médias, restaurants, cafés et autres commerces qui rappellent le pays. Mais ça, il faut le mettre sur le dos de la Saudade, soyons-en fiers. Loin, l époque du maçon et de la fme de ménage, des bidonvilles, des dociles petits Portugais. Nous sommes à présent, sinon valorisés, considérés par notre rang social ou bien professionnel. Les Français aiment visiter le Portugal, le CARICATURA DA SEMANA Por Gon Quando passou pelo Olympique de Marseille ( ), Paulo Futre era o único jogador que podia ser insultado francês, com um sorriso nos lábios! contexte géopolitique aidant. Ils ne disent plus «Une morue, non merci!», mais commencent à apprécier les plats lusitaniens. Et puis il y a tous les Portugais qui réussissent et sont médiatisés, qui sont une vitrine pour les immigrés et le Portugal. La seule chose qui est rageante, reste encore la trace de clichés quand arrive le mois d août. «António, tu pars au Portugal?». Comme si les Portugais n avaient pas conquis le monde! J ai visualisé, sur Internet, la campagne d information/prévention sur l émigration, qui a été faite au Portugal. J ai été surpris au début! Tous ces gens, les mains devant le visage, s écartant pour laisser place à un visage d enterrent! J ai eu le sentiment qu émigrer est devenu un antónio de sousa Auteur et informaticien risque dont il faut se protéger! Dire que nos anciens des années 60 ont immigré «a salto», ont risqué leur vie, ont vécu dans les bidonvilles, ont survécu dans le labeur, exploités, rabaissés, sans se plaindre dans la douleur, toujours avec dignité et m ayant tracé une vie meilleure. Comme je suis parti du Portugal depuis longtps, j ai du être trop formaté au besoin de critiquer qu on attribue aux Français. J espère que l émigration n est pas redevenue une aventure hasardeuse. Comment tu vois à ce jour, toi, resté au pays, l image des immigrés portugais? Nota: Acácio Bárbara répondra dans une des prochaines éditions de Luso- Jornal. qu nasce Portugal deve poder viver Portugal O Embaixador de Portugal França considera que a sua geração e todas as que obrigaram os portugueses a sair por razões económicas falharam e dev criar condições para que qu nasce Portugal possa viver no país. Em princípio, os países têm obrigação de criar condições para as pessoas viver no seu próprio país. A circunstância de isso não acontecer significa que alguma coisa falhou, significa que nós falhámos, diz à Lusa Francisco Seixas Costa. Nós tos que criar condições às pessoas que nasc Portugal para viver Portugal, para se realizar Portugal, e para saír quando lhes apetecer, e se lhes apetecer, mas não por pressão económica, defende. Francisco Seixas da Costa sublinha que gosta muito das Comunidades portuguesas, que t um profundo orgulho pelo trabalho que elas faz pelo mundo, mas acrescenta que não t um discurso eufórico sobre a saída. A menos que as pessoas queiram mudar de vida e fazer uma opção termos de outras oportunidades, a igração forçada por razões de natureza económica é uma tragédia nacional e é algo de que nós não nos devos orgulhar, acrescenta. Em relação à chegada de novos igrantes a França, e comentando os recursos de que dispõ as entidades portuguesas no país para responder às várias solicitações, o Embaixador deixa um alerta: Não se pode esperar das autoridades portuguesas no exterior aquilo que as autoridades portuguesas no interior não dão às pessoas que não têm prego, afirma. Ou seja, ilustra, as pessoas entram no desprego e ficam no desprego. Ninguém se lbra, Portugal, de ir a uma Câmara municipal procurar prego. Como também ninguém pode presumir que, chegando a um Consulado França, nós possamos encaminhá-los para um prego. O Embaixador diz que se ajuda qu chega na medida do possível, e garante que os Consulados maiores estão condições de assegurar às pessoas proteção jurídica e informação relativamente ao modo como estão a ser recrutadas e contratadas, mas lbra que mudar de país é uma aventura individual que t limites termos de apoio oficial. Sabos que há largos milhares de pessoas que estão com uma precariedade laboral muito grande, e por vezes sujeitos a propostas que estão muito à marg da legalidade. Para isso, sim, os consulados estão disponíveis, função dos seus serviços jurídicos, explifica. O que é imperativo, reforça, é que as pessoas se inform antes de abandonar o país. LusoJornal. Le seul hebdomadaire franco-portugais d information Édité par: CCIFP Editions SAS, une société d édition de la Chambre de commerce et d industrie franco-portugaise. N siret: Represéntée par: Carlos Vinhas Pereira Directeur: Carlos Pereira Collaboration: Alfredo Cadete, Alfredo Lima, António Marrucho, Aurélio Pinto, Carla Fernandes (Juridique), Carlos dos Reis, Clara Teixeira, Cindy Peixoto (Strasbourg), Cristina Branco, Daniela Fernandes (Juridique), Dominique Stoenesco, Duarte Pereira (Cyclisme), Edite Fonseca, Gonçalo Pedro, Henri de Carvalho, Inês Vaz (Nantes), Jean-Luc Gonneau (Fado), Joana Valente (Alpes), Joaquim Pereira, Jorge Campos (Lyon), José Manuel dos Santos (Arles), José Paiva (Orléans), Julien Milhavet, Luis Horta, Manuel Martins, Manuel do Nascimento, Maria Fernanda Pinto, Mário Cantarinha, Mário Loureiro, Mickael Cordeiro de Oliveira, Natércia Gonçalves (Clermont-Ferrand), Nathalie de Oliveira, Nuno Gomes Garcia (Sport), Padre Carlos Caetano, Ricardo Vieira (Musique Classique), Sheila Ferreira (Clermont-Ferrand), Susana Alexandre, Tivô Évora (Cabo Verde), Valérie Jan (Lyon) Les auteurs d articles d opinion prennent la responsabilité de leurs écrits Agence de presse: Lusa Photos: Alfredo Lima, António Borga, Mário Cantarinha Design graphique: Jorge Vilela Design Impression: Corelio Printing (Belgique) LusoJornal. 7 avenue de la porte de Vanves, Paris. Tel.: Distribution gratuite explaires Dépôt légal: novbre 2012 ISSN

3 le 21 novbre 2012 Comunidades 03 Mobilização teve lugar na quarta-feira da sana passada greve fechou Consulados França A adesão à greve por parte dos funcionários consulares e das missões diplomáticas França mostra que as pessoas estão cada vez pior e que algumas viv numa situação muito próxima da pobreza, defendeu o Sindicato. Rosa Teixeira Ribeiro, Secretária da Comissão executiva do Sindicato dos Trabalhadores Consulares e das Missões Diplomáticas (STCDE), disse à Lusa estimar uma adesão à greve de cerca de 80% dos trabalhadores França, o que considera um sucesso completo, mas também sinal de que as pessoas estão realmente mal. Por um lado, estamos satisfeitos com esta adesão. Por outro lado, é a prova de que vivos uma situação muito próxima da pobreza, e de que as pessoas estão cada vez pior, afirmou. Cerca de uma dezena de trabalhadores concentrou-se durante toda a manhã à porta do Consulado geral de Portugal Paris. À tarde, os funcionários portugueses integraram a manifestação que se realizou Paris, onde também esteve marcada uma greve geral. Rosa Teixeira Ribeiro explicou ainda que, além de apoiar a greve geral, os funcionários consulares e das missões diplomáticas têm razões específicas para sair à rua. Nós somos funcionários ao serviço do Estado português e estamos a sofrer o que se está a viver Portugal, com a agravante de não nos ser reconhecido que estamos no estrangeiro. Estamos a ter aumento de impostos absolutamente desproporcionados, afirmou. Além disso, acrescentou, Portugal conhece nesta altura um fluxo migratório extramente importante, enquanto nos postos consulares cada vez há menos funcionários. Vive-se, diz, uma pressão terrível no trabalho do dia-a-dia. Uma delegação da organização do Partido Comunista Português (PCP) França esteve também frente do Consulado de Paris. Em declarações à Lusa, Nuno Gomes Garcia, dirigente do PCP França, afirmou que este protesto tenta contrariar os ataques do Governo contra os trabalhadores. No caso concreto de Paris, acrescentou, a greve ganha dimensão porque a cidade é um ponto importante de chegada de igrantes, que sa de Portugal consequência do pobrecimento do país. O dirigente comunista chamou ainda a atenção para o encerramento da rede consular que v acontecendo nos últimos dez anos. Os Governos anteriores, acrescentou, não pensaram que a igração voltasse a atingir os níveis atuais, mas a verdade é que atingiu. Hoje, alertou, tos menos funcionários consulares e menos Consulados Gerais, para uma igração que atingiu os níveis de Uma delegação constituída por Nuno Gomes Garcia, Miguel Queirós e Raul Lopes, do Organismo de Direção Nacional do PCP França, foi recebida pelo Cônsul Geral, Pedro Lourtie, a qu manifestou a solidariedade dos Comunistas portugueses com os trabalhadores consulares greve e expressou as suas preocupações e repúdio pela política governamental curso de ataque aos direitos dos trabalhadores e de pobrecimento do país. Os novos fluxos migratórios foi outro dos tas tratados no encontro. Pelo menos 40 representações portuguesas no estrangeiro estiveram fechadas devido à adesão dos funcionários à greve geral Portugal, disse à Lusa fonte do STCDE. Em termos de grandes Consulados na Europa, Paris, Londres, Genebra, Madrid, Bruxelas e Roma estiveram fechados. São estes os mais visíveis termos de Comunidade, disse Alexandre Vieira, do STCDE. O dirigente sindical estimou ainda que a adesão à greve dos funcionários consulares deverá rondar 76 a 80% dos trabalhadores da rede externa do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE). Conselho Permanente das Comunidades Portuguesas reúne-se no final de novbro O Conselho Permanente das Comunidades Portuguesas vai reunir-se no final deste mês, Lisboa, e discutir o parecer final sobre a nova lei do Conselho das Comunidades, disse à Lusa o Presidente daquele órgão, Fernando Gomes. Esta reunião que se realizará a 28, 29 e 30 de novbro servirá para que seja definido um parecer sobre a proposta de alteração da Lei que precisa de ser ajustada a uma nova realidade, salientou Consulado Geral de Portugal Paris dia de greve LusoJornal / Carlos Pereira Adesão à greve Ajaccio Bordeaux Clermont Strasbourg Conselho Europa Lyon Marseille Embaixada * Fechou 0/3 3/10 0/3 0/7 1/9 8/18 *6/7 *Todos Paris OCDE Unesco Rouen Orléans Tours Toulouse *51/53 5/8 2/3 *1/1 *1/1 *1/1 0/7 Fernando Gomes, destacando algumas limitações de funcionamento prático no atual modelo. Entre as questões que o Conselho Permanente vai abordar está a da tutela do Conselho das Comunidades, atualmente a responder diretamente ao Secretário de Estado das Comunidades, mas sobre a qual existe uma proposta para que passe para a Assbleia da República. Fernando Gomes disse que t noção de eventuais dificuldades proceder à mudança no quadro atual definido que está o Orçamento de Estado, mas defendeu maior agilização da atuação do Conselho para que este seja mais útil ao país. Tos de analisar todas as vertentes, todas as possibilidades e defender um quadro que seja benéfico para o funcionamento do Conselho das Comunidades e seja útil ao país enquanto mecanismo de consulta que pode ajudar na definição de muitas políticas, mas também pode ser um mecanismo de promoção do nome de Portugal no espaço de cada uma das Comunidades representadas, concluiu. A reunião do Conselho Permanente do Conselho das Comunidades Portuguesas, que estava inicialmente agendada para os dias 8, 9 e 10 de outubro, Lisboa, foi cancelada setbro por falta de verbas, anunciou na altura Fernando Gomes. síntese luís Paulo alves reuniu com ministro da agricultura Francês O Eurodep u t a d o (PS) Luís P a u l o Alves reuniu Paris com o Ministro da Agricultura Francês, Stéphane Le Foll. A França, Portugal e Espanha são os únicos Estados Mbros com Regiões Ultraperiféricas no seio de uma Europa a 27. Segundo Luís Paulo Alves, estes três Estados têm que ter uma posição comum nas instâncias Europeias, na defesa dos interesses de todas as Regiões Ultraperiféricas, naquilo que for os seus interesses comuns, mas também dev ter essa concertação solidária na defesa dos interesses de cada uma das suas diferentes Regiões. Stéphane Le Foll foi até tomar posse como Ministro, Mbro do Parlamento Europeu, tendo trabalhado muito proximamente com Luís Paulo Alves durante quase 3 anos, nomeadamente na atual reforma da Política Agrícola Comum (PAC), no seio do Grupo de Trabalho Socialista para a Agricultura. Psd recebeu stcde O Grupo Parlamentar do PSD, através da Deputada Mónica Ferro e do Deputado Carlos Gonçalves, recebeu na sana passada, o Sindicato dos Trabalhadores Consulares e das Missões Diplomáticas no âmbito da consulta pública sobre a Proposta de Lei nº 95/XII/2ª, que autoriza o Governo a aprovar o regime jurídico laboral dos trabalhadores dos serviços periféricos externos do Ministério dos Negócios Estrangeiros, incluindo os trabalhadores das residências oficiais do Estado, b como alterar a Lei nº 12-A/2008, de 27 de fevereiro e o Estatuto Disciplinar dos Trabalhadores que exerc funções públicas, aprovado pela Lei nº 58/2008, de 9 de setbro. PUB

4 04 Comunidades le 21 novbre 2012 o Consulado informa... O que é necessário para obter uma autorização de viag para o meu filho ir a Portugal s os pais? Resposta : Os menores, quando viajam s os pais, dev apresentar uma autorização de viag. Esta autorização deve constar de documento escrito, datado e com a assinatura de qu exerce o poder paternal com reconhecimento notarial. Para obter uma autorização de viag são necessários: o bilhete de identidade ou o cartão do cidadão válido de qu exerce o poder paternal, um justificativo de domicílio e um documento de identificação do menor. Também deverá preencher um formulário, que está disponível no Consulado ou poderá obtê-lo através da nossa página na Internet. Esta autorização pode ser utilizada ilimitadamente ou seja quantas vezes as pessoas quiser no prazo máximo de um ano. Pode consultar esta e outras informações no site do Consulado ou contactar-nos através da nossa central de atendimento telefónico Consulado Geral de Portugal Paris 6, rue Georges Berger Paris síntese Permanência consular Chambéry O Consulado Geral de Portugal Lyon continua a realizar Permanências Consulares, com o objetivo de prestar a assistência e apoio consular à Comunidade portuguesa da sua área de jurisdição consular. Assim, vai realizar-se no dia 14 de dezbro próximo, uma Permanência consular Chambéry, na Associação Portuguesa La Croix Rouge, 136 rue de la Balme, Chambéry. O horário da permanência consular será o seguinte: das 9h30 às 12h30 e das 13h30 às 16h30. Infos: Delegação de Fafe deslocou-se a França Foi assinada a ginação entre sens e Fafe Por Luís Horta Depois de vários encontros preparativos, teve lugar no domingo passado, dia 18 de novbro, no salão nobre da Mairie de Sens, a cerimónia de ginação entre as localidades de Sens e de Fafe, com a presença dos Presidentes do Município de Fafe, José Ribeiro, e de Sens, Daniel Paris, acompanhados por Pedro Lourtie, Cônsul Geral de Portugal Paris. Presente também o Cônsul Honorário de Portugal Orléans, José de Paiva. O Presidente da Câmara Municipal de Fafe tinha consigo o seu primeiro-adjunto, Vítor Moreira, e três outros Conselheiros municipais, sendo de notar, naturalmente, a presença de Marie- Paule Chappuit, primeira-adjunta do Maire de Sens, responsável pelas relações internacionais, assim como de vários Conselheiros municipais de Sens, entre eles, Manuela Godinho, originária de Fafe e na orig desta ginação. Na sua intervenção, José Ribeiro salientou o ato cordial desta ginação entre as cidades de Sens e de Fafe que traduz a colaboração e o entendimento entre Portugal e França, entre os dois povos, na Europa geral, na sua importância porque contribu para perpetuar a paz entre os povos. Salientou o penho formidável de Manuela Godinho, Conselheira municipal, no restabelecimento do diálogo entre os dois municípios, numa iniciativa já proposta 2000, e também o apoio dado pelo Consulado Geral de Portugal Paris. Esta ginação vai de encontro às aspirações dos fafenses que constitu uma parte importante da população portuguesa Sens. Terminou agradecendo a presença do Cônsul Geral, Pedro Lourtie, que apadrinhou o ato, a disponibilidade do Maire, que se deslocou a Fafe e s cuja decisão final tal cerimónia não teria lugar, fazendo igualmente um apelo notável para que os Portugueses permaneçam unidos. Assim, teros o justo reconhecimento pelo povo que somos, frisou. Por sua vez, o Maire Daniel Paris, dirigindo-se aos Portugueses, particular, salientou os valores da nossa língua, do nosso passado, desde o seculo XVI, da nossa história. E lbrou que, desde os anos 60, muitos portugueses vieram para Sens, muitos deles oriundos de Fafe e que, se b que as estatísticas não permit hoje de medir este tipo de indicadores, pode estimar-se que entre 10% e 15% da população de Sens é de orig fafense. Aliás, até mesmo Embaixador Miguel da Costa destacou estabilidade e paz do país quando visitei Fafe encontrei Portugueses de Sens. Mas vi sobretudo uma cidade extraordinária, uma qualidade de vida, um dinamismo. Pedro Lourtie encerrou a cerimónia protocolar felicitando os dois autarcas pelo acontecimento que quiseram levar a efeito, realçando, por sua vez, a história e a amizade que liga os dois países, com palavras de apreço para todos os intervenientes. É graças ao dinamismo desta Comunidade que se pod obter momentos fortes como aquele a que hoje estamos a assistir. Repito o que já tinha referido ao Presidente José Ribeiro, ele escolheu b ao escolher Sens, mas Sens escolheu b ao escolher Fafe. Conheço as duas cidades, as duas Comunidades, os seus representantes, e é um prazer enorme o de estar aqui. Dirigiu, como os anteriores intervenientes, palavras de agradecimento a Manuela Falcão Godinho pela sua vontade s falhas levar avante este processo, que já tinha tentado mais de uma dezena de anos atrás. O Maire de Sens agradeceu com palavras de muito apreço, uma fonte aço inoxidável, obra escultural de mobiliário urbano com um design arrojado que lhe foi oferecida pelo presário Jorge Freitas, de Fafe, que vai ficar funcionamento no interior da Mairie de Sens. Fafe é a quarta cidade ginada a Sens, depois de Lorräch, na Alanha, 1981, de Senigallia, Itália, 1966 e de Chester, Inglaterra, dia nacional de angola comorado Paris Por Carlos Pereira No passado dia 13 de novbro, terça-feira, foi comorado nos Salões nobres da Embaixada de Angola, na avenue Foch, Paris, o Dia Nacional de Angola, na presença de todo o corpo diplomático angolano posto Paris e de muitos convidados, entre os quais diplomatas de outras Embaixadas França. Na sua intervenção oficial, o Embaixador Miguel da Costa destacou os 10 anos de paz e de estabilidade social Angola e o vasto plano de reconstrução nacional, que fez renascer as infraestruturas, o artesanato, os intercâmbios, o comércio, no país. As agências de notação reconhec a estabilidade do país, a dinâmica financeira, e a baixa progressiva da taxa de desprego. Miguel da Costa destacou também a diversificação da economia nacional sobretudo setores não-petroleiros, e o melhoramento das condições de acolhimento de presas estrangeiros que se instalam no país. Citando relatórios do FMI e das agências de notação, o nosso país voltou a ter um nível de confiança, tanto a nível nacional, como a nível internacional. As terceiras eleições gerais no país e a forte participação dos eleitores foi Momento da assinatura da ginação DR Embaixador brindou com Claude Guéant LusoJornal / Carlos Pereira destacado no discurso do Embaixador de Angola, concluindo que a docracia está num processo irreversível. Miguel da Costa considera que as autoridades do país sa reforçadas por esta forte participação nas urnas e conclui que a Docracia é um pilar importante para o desenvolvimento do nosso país. O Embaixador de Angola agradeceu às personalidades presentes e brindou aliás com o antigo Ministro francês do interior, Claude Guéant, presente na cerimónia. A França foi um dos primeiros países no mundo a reconhecer Angola, 1975 e hoje tos uma colaboração de interesse comum. Destacou o facto do Ministro do Interior angolano ter vindo a França recentente e a grande dinâmica de intercâmbios entre os dois países destacando o facto que 70 presas francesas estão instaladas Angola, essencialmente no setor petrolífero e para petrolífero. Só a Total produz 140 mil baris de petróleo por dia Angola. Para terminar, Miguel da Costa disse que Angola é a segunda potência económica regional, logo depois da África do Sul, e t estado ativa na tentativa de resolução de conflitos, nomeadamente no Médio Oriente, na Guiné Bissau ou no Congo. O aquecimento climatérico é outro dos problas que preocupa o nosso país disse o Embaixador de Angola. As consequências pod ser dramáticas para os países do hisfério sul. Por isso, uma sensibilização para as questões ambientais é muito importante. Citando o discurso de tomada de posse do Presidente José Eduardo dos Santos, Miguel da Costa, disse que o atual mandato presidencial t como objetivo melhorar as condições de vida de todos os Angolanos. Seguiu-se um cocktail e um momento de espetáculo com o grupo Umoge. lusojornal.com

5 PUB

6 06 destaque le 21 novbre 2012 síntese Emigração portuguesa nos anos de 1960 para França Colóquio na cidade de Hendaye marca 50 anos de igração portuguesa para França Portugueses França chegaram onde ninguém esperava Abertura do Colóquio Hendaye LusoJornal / Carlos Pereira MB Rocha Trindade, MC Volovitch-Tavares e Victor Pereira LusoJornal / Carlos Pereira Os Portugueses de França realizaram coisas magníficas, deram muito ao seu novo país e chegaram onde ninguém esperava, afirmou Carlos Pereira, Diretor do LusoJornal. Os Portugueses realizaram aqui coisas magníficas, que muitas vezes não são conhecidas França n Portugal, disse à Lusa Carlos Pereira, à marg do Colóquio Emigração portuguesa nos anos de 1960 para a França e para a Europa, que decorreu Hendaye. O jornalista, que é Diretor e fundador do LusoJornal, afirmou que os Portugueses deram muito à França. Ninguém estava à espera. Todos estavam à espera de que nós continuássos a jogar futebol, a ter grupos de folclore e grupos de bombos, e a fazermos casas, a sermos preiteiros. Mostrámos que somos muito mais do que isso, acrescentou. Carlos Pereira percorreu um leque de explos para ilustrar o que disse. Há portugueses França que fizeram presas de ponta, inovadoras, que não existiam; ao nível desportivo, alguns grandes jogadores franceses passaram por equipas portuguesas; na cultura, os principais teatros de Paris são dirigidos por portugueses, termos políticos, há mais de autarcas de orig portuguesa, entre 50 e 80 Maires, três Deputados, alguns assessores parlamentares, e o Conselheiro de François Hollande para as questões europeias é um lusodescendente, enumerou. O jornalista considerou ainda que, ao nível nacional, os Portugueses de França não formam uma Comunidade. Nós não funcionamos como Comunidade, não há um líder, nós não vamos todos a olhar para o mesmo lado. Se calhar a nível local isso acontece. A nível nacional não, e ainda b, porque acho que isso é que veio fazer a diversidade de uma Comunidade como é a nossa, riquíssima e que deu um contributo importante à França nos mais diversos domínios, concluiu. Emigrantes, historiadores, sociólogos, jornalistas, diplomatas e eleitos assinalaram, na sexta-feira passada, o 50º aniversário da igração portuguesa para França, num Colóquio organizado na cidade de Hendaye. Em declarações à Lusa, o principal organizador do evento Manuel Vaz Dias, Presidente do Comité nacional francês de homenag a Aristides de Sousa Mendes e da Rede da Aquitânia para a História e Mória da Imigração (RAHMI), explicou que 1962 é o marco do início da igração maciça de Portugueses para a Europa, mais particularmente para a França. Foi nessa altura também que se começou a organizar a igração clandestina, através dos passadores, e foi a partir sobretudo de 1964 que a igração adquiriu um volume mais relevante, acrescentou. Este encontro na cidade fronteiriça de Hendaye, porta de entrada da Península Ibérica na Europa e porta da liberdade para Portugueses e Espanhóis, que viviam nesses anos sob ditaduras, é um olhar e uma reflexão sobre a história, mas t também conta que Portugal vive de novo um fenómeno maciço de igração. O primeiro painel, sobre as origens da igração portuguesa para França e para a Europa nos anos de 1960, juntou os historiadores Victor Pereira e Marie-Christine Volovitch Tavares e a socióloga Maria Beatriz Rocha Trindade. Depois, quatro mesas redondas abordaram, com a participação de investigadores, eleitos, e representantes de diversas instituições, outras perspetivas sobre este fenómeno: Contributos da igração portuguesa para a sociedade francesa, A igração portuguesa e o impacto na economia do país de orig, O lugar das mulheres e dos jovens na igração, e A fronteira nos movimentos migratórios. O Secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, anunciado no encontro, não se deslocou a Hendaye, tal como o Embaixador de França Portugal, o lusodescendente Pascal Teixeira da Silva, que enviou uma carta com pedido de desculpas pela ausência. Esteve presente o Embaixador de Portugal França, Francisco Seixas da Costa e o Cônsul Geral de Portugal Bordeaux, António Leão Rocha. Pelo Colóquio passaram também o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, o Vereador da Câmara Municipal de Fafe, o Maire de Hendaye Jean-Baptiste Sallaberry e o Diretor Geral da Cité National de l Histoire de l Immigration, Luc Gruson. Durante um dia intenso de debate, foram ouvidas intervenções dos dois Deputados eleitos pelo círculo eleitoral da Europa, Paulo Pisco e Carlos Gonçalves, da Diretora do Museu da Emigração de Fafe Isabel Ferreira, do sociólogo Jorge Portugal Branco, da historiadora Catherine de Wenden e do historiador dos Caminhos de ferro Georges Ribeill. Falaram ainda Carlos Pereira, Diretor do LusoJornal e Fernando Paulouro das Neves, Diretor do Jornal do Fundão, a professora Glória Perroi Martins e os dirigentes associativos Abílio Laceiras e Isabel Vincent Pereira, fundadora da associação O Três homenageados LusoJornal / Carlos Pereira Sol de Portugal de Bordeaux, entre outros convidados. No final do Colóquio, Manuel Dias chamou três dos participantes no Colóquio e prestou-lhes uma homenag nome da organização: a socióloga Maria Beatriz Rocha Trindade que introduziu Portugal o ensino da sociologia das migrações, o fotógrafo Gérald Bloncourt que fotografou os êxodo dos Portugueses para França e o dirigente associativo, sindicalista e ativista Abílio Laceiras que também o correspondente França do Jornal do Fundão. Durante o Colóquio estiveram patentes ao público duas exposições de fotografia: Por uma vida melhor de Gérald Bloncourt, que retrata três décadas de igração portuguesa, da vinda a salto até à vida nos bairros de lata; e Sala de espera de Gabriel Martinez, que mostra as longas esperas de Portugueses na estação de Hendaye pelo comboio que os levaria ao seu destino final. Perspetivas para um trabalho futuro O colóquio Emigração portuguesa nos anos de 1960 para França abriu portas para um trabalho futuro no sentido de mudar o olhar de Portugal sobre a igração, afirmou Manuel Dias Vaz. O balanço é muito positivo. Foram abordadas as principais questões que estão debate hoje na igração, sob dois prismas: o ta da história e da mória, e o ta da realidade social da igração de hoje, disse à Lusa Manuel Dias Vaz. E importa ligar estas duas dimensões de debate, acrescentou, porque a igração não é unicamente uma página da história de Portugal. É também uma realidade social, económica e política do Portugal de hoje. Manuel Vaz Dias considerou que se abriram portas para um trabalho futuro, que deverá desenvolver-se no sentido de permitir que Portugal se reconcilie com a história da igração, de permitir ao país aceitar que o imaginário português também está para lá da fronteira, e de permitir que a função económica dos igrantes não se restrinja à questão da balança financeira. A dimensão económica da igração portuguesa é tudo o que a igração traz para Portugal, inclusive os portugueses que viv no estrangeiro, e que pod ser - e já são hoje - uma das chaves da situação delicada que vive o povo português, concluiu. Para o Deputado do PSD eleito pelo círculo da Europa, Carlos Alberto Gonçalves, que interveio num dos painéis de debate, Portugal t que abandonar o preconceito relação às Comunidades no plano económico. O país, defendeu, deve começar a pensar na alteração, eventualmente, de sistas políticos e abordar de forma diferente as táticas das Comunidades portuguesas, que faz hoje parte de universos diferentes daqueles que constituíram a vaga que se iniciou há 50 anos. A seu lado, o Deputado socialista eleito pelo círculo da Europa, Paulo Pisco, defendeu que a importância económica dos igrantes para Portugal deve ser vista numa perspetiva mais ampla: Não se pode reduzir essa importância a uma questão meramente mercantil, como se os Portugueses foss descartáveis, e pudess ser exportados para depois mandar dinheiro para Portugal, sustentou. O socialista sublinhou ainda a importância de voltar a recuperar alguns laços entre Portugal e os seus igrantes, para que os Portugueses mantenham uma relação privilegiada com o seu país. A encerrar o encontro, o Embaixador de Portugal França, Francisco Seixas da Costa, saudou o momento de debate e considerou que a discussão sobre a igração portuguesa e a integração França deve manter-se aberto, sublinhando a importância da nobre mória das pessoas que encontraram França uma solução para um probla que Portugal não soube resolver. lusojornal.com

7 le 21 novbre 2012 presas 07 Signature d une convention avec l APAGL Fidelidade assure les risques locatifs Par Carlos Pereira Une nouvelle convention de partenariat entre l APAGL et Fidelidade Mundial France pour la mise en œuvre de la Garantie des Risques Locatifs (GRL), a été signée le 14 novbre dernier, à Paris, par Carlos Vinhas Pereira, Directeur Général de Fidelidade et par Jean-Jacques Denizard, Président de l Association pour l accès aux garanties locatives. En vigueur depuis le 23 décbre 2009, la GRL est un dispositif qui conjugue les avantages d un contrat d assurance contre les impayés de loyers avec les bénéfices d une analyse sociale adaptée pour les locataires en difficulté de paient. «Le principe est de permettre aux personnes fragilisés de pouvoir se loger» explique au LusoJornal le Président Jean-Jacques Denizard. «C est un dispositif crée par les partenaires sociaux, les syndicats et le patronat. Action logent et l État sont impliqués dans ce dispositif». Le profil des locataires entrants en France est le suivant: 76% des locataires sont salariés, mais 2/3 des locataires son en précarité au regard de l ploi. Ils sont, par exple, en CDD, en intérim, en stage, ont des plois saisonniers, D autre part, un nouveau locataire sur deux est âgé Artigo de opinião de moins de 30 ans. Ce sont donc des «locataires fragilisés» à qui on refuse souvent de louer un appartent, par exple. D autre part, alors que les ressources mensuelles moyennes des ménages des nouveaux locataires s élèvent à euros, le loyer mensuel moyen s élève à 604 euros. Le dispositif GRL est donc une façon de lutter contre les discriminations, puisqu il permet à tout le monde de se loger, sans contrainte. La GRL, contrat d assurance privée, Benefícios fiscais para o investimento estrangeiro Portugal A crescente projeção de Portugal no cenário mundial obrigou a uma reflexão profunda sobre as orientações negociais nas relações económicas internacionais. Com o objetivo de incentivar e estimular o investimento no país e aumentar a competitividade de Portugal a nível internacional, o Governo português aprovou um regime fiscal especificamente concebido para funcionar como fator de atração da iniciativa presarial e da capacidade produtiva de capital estrangeiro solo português. Com este espírito reformador criou-se o Código Fiscal de Investimento onde se regulamenta o conjunto de benefícios e incentivos fiscais a atribuir às presas que promovam projetos de investimento que sejam relevantes para o desenvolvimento do tecido presarial nacional. Dirigeants de Fidelidade et de l APAGL LusoJornal / Carlos Pereira Num país com uma versatilidade rara e qualidades indiscutíveis, este regime fiscal excecional é apenas outra desculpa para investir Portugal. Na verdade, Portugal é reconhecido não só pela qualidade e exuberância das suas praias, qualidade turística e clima, mas também pela paz social e segurança das suas cidades, pela sua localização estratégica para relações comerciais com os países lusófonos e agora também pela sua competitividade fiscal, sendo mais um país desejável para estabelecer a sede fiscal das presas ou mesmo para estabelecer residência fiscal. Este regime oferece, entre outros benefícios e incentivos fiscais, a isenção ou redução de IMI e IMT sobre os imóveis adquiridos para a presa. Além disso Portugal t uma das taxas de IRC mais baixas da União Europeia, cifrando-se 25%, ao contrário do explo de países como a França, a Espanha ou mesmo a Alanha que t taxas de 33,83%, 30% e 30,2% respetivamente. Com este código fiscal de investimento é igualmente criada a figura do investidor com residência não habitual território português. Este regime permite aos indivíduos que cumpram os requisitos estabelecidos na lei, de beneficiar de uma taxa de imposto de renda obtida Portugal de somente 20%. Para além desta taxa competitiva, uma outra vantag importante deste regime é o facto de o mesmo permitir que os rendimentos auferidos no exterior por residentes não habituais Portugal, não sejam tributados pela Administração Fiscal Portuguesa (nenhum imposto sobre os dividendos, juros, dont une partie du risque est réassuré par Action Logent et l Etat, apporte aux bailleurs une sécurité totale de perception des loyers pendant toute la durée du bail (dans la limite d un plafond global de garantie de euros), le rboursent des frais consécutifs aux dégradations locatives du fait du locataire, ainsi que la prise en charge de la procédure de recouvrent des impayés de loyers incluant les coûts de contentieux. Mais les assureurs ne se sont bousculés. «Fidelidade Mundial est un assureur des niches de marché. Nous nous sommes donc intéressés à ce secteur d activité» explique Carlos Vinhas Pereira lors de son discours. L idée est que les locataires souscrivent aussi un contrat multirisque habitation chez l assureur portugais. Fidelidade Mundial France, est une filiale de la Caixa Geral de Depósitos et entre maintenant sur le marché des Loyers Impayés, via la GRL. La signature de cette convention est l opportunité de faire entrer dans le dispositif GRL un assureur partenaire généraliste (bailleurs particuliers et administrateurs de biens), qui distribuera le contrat socle GRL avec l objectif d amplifier dès le début de l année 2013 son développent en la matière. Pedro seixas Advogado ganhos de capital ou outros rendimentos). Em suma, apenas os rendimentos obtidos Portugal pelos Residentes não habituais vai ser tributado por uma taxa altamente competitiva de 20%. Todos os rendimentos restantes auferidos no exterior serão livres de tributação Portugal. Este regime é, s dúvida, benéfico, eficiente e competitivo, que se traduz numa verdadeiro oportunidade para as presas e pessoas potencialmente interessadas. Legal Link Cavaleiro & Associados Sociedade de Advogados R.L. Rua Pedro Hom de Mello 55, 5º andar Edifício Aviz Porto Tel [+351] síntese Festa da Braga Constrói LJ / Joaquim Pereira A presa Braga Constrói juntou na sexta-feira da sana passada, Bagnolet, os seus colaboradores, clientes, fornecedores, parceiros e amigos, para festejar o Beaujolais Nouveau e o S. Martinho, com muitas castanhas. Miguel Pires, o proprietário da presa que criou 2007, costuma dizer que é da terra mais linda do mundo. Natural da aldeia de S. Pedro, no Parque natural da Peneda Gerez, mora França há 35 anos. A Braga Constrói é uma presa de construção civil, especializada no Gros oeuvre. Somos 40 pregados fixos e tos colaboradores que pod chegar a 150. Já fomos mais, mas agora somos menos, função do mercado explica ao LusoJornal. Miguel Pires diz que é um hom de tradições. No dia 17 de fevereiro festeja spre o aniversário da presa, desta vez junta o Beaujolais Nouveau e o S. Martinho e comora também, todos os anos, o fim do ano, com uma festa onde só participam os pregados e a minha família. Depois explica que uma presa, para funcionar b, t de ser como uma família, tos todos de nos dar b. Numa festa de Minhotos, não podia deixar de haver cantares ao desafio. Lá estava o Casimiro Fernandes a cantar à desgarrada com o Pedro Ribeiro, acompanhados à concertina pelo Igor Monteiro. Todas as sanas, estamos ao seu lado PUB

8 08 presas le 21 novbre 2012 síntese baixadores Portugueses do Val de marne Por Alfredo de Lima Photo Lima Na quinta-feira, dia 15 de novbro, a Agence de développent du Val de Marne organizou, pelo segundo ano consecutivo, um almoço debate no restaurante Pedra Alta, Thias (94), sob o ta Embaixadores Portugueses do Val de Marne e contando com a presença de várias personalidades do Conseil Général du Val de Marne, assim como Carlos Vinhas Pereira, Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa. A Agência é um organismo privado num formato associativo. Foi criado 2005 pelo Conseil Général do departamento e implicando as presas locais. T governança particular, os 2/3 do Conselho de Administração e Controlo são dirigentes das principais presas do território. Os serviços às presas são gratuitos e confidenciais, assim como os contactos com as suas redes de peritos sobre questões jurídicas e fiscais. A missão é de acolher e acompanhar as presas nos seus projetos de implantação, mobilizando uma série de atores locais, públicos e privados, com o objetivo de consolidar a imag económica do território, consolidar o tecido presarial e fornecer um apoio ao desenvolvimento e à inovação. Por isso este encontro foi muito construtivo de forma a fazer conhecer muitas presas onde a maioria são lusodescendentes. A Agência conta com a presença de representantes de 62 presas - um deles é Armando Lopes, presente no almoço - esperando para o ano de 2013 duplicar o número de participantes. PUB Presidente da ANIP esteve Paris na sana passada angola quer captar mais investimento francês Por Carlos Pereira A Presidente da ANIP, Agência angolana para o investimento, Maria Luísa Abrantes, esteve na sana passada Paris onde animou um encontro que teve lugar na Câmara de Comércio e Indústria de Paris. Foi neste contexto que o LusoJornal a entrevistou. LusoJornal: Este é um bom contexto para convencer os franceses a investir Angola? Maria Luísa Abrantes: Nós sabos que os países da União Europeia se encontram crise, mas também sabos que é nestes momentos de crise que se encontram oportunidades, sobretudo no que diz respeito à deslocalização de algumas presas. Se assim for, seria importante para nós, para diminuirmos as importações e aumentarmos as exportações, sobretudo nas áreas que não necessitamos para consumo próprio. LusoJornal: Como está a balança comercial entre a França e Angola? Maria Luísa Abrantes: A balança é favorável a Angola, claro. A França é o terceiro parceiro termos Toujours avec du fado económicos de Angola, logo depois da China e de Portugal, tanto nas importações como nas exportações. Mas obviamente que no caso das exportações, t mais a ver com o petróleo. LusoJornal: Que tipo de presas francesas se implantaram Angola? Maria Luísa Abrantes: Felizmente no caso da França, para além do petróleo, estão também no setor da energia e das águas. Dentro breve vamos assinar um contrato para o setor das águas. Também tos alguns pequenos projetos na área da indústria, mas gostaríamos de ter muito mais. Ainda é muito incipiente o interesse de França Angola. restaurant l express revient à Clichy Par Jean Luc Gonneau A deux pas du métro Mairie de Clichy, rue Martre, le nouvel Express vient d ouvrir ses portes. Il prend la place d une ancienne trattoria, dont l enseigne est encore en place pour quelques jours. Italie-Portugal, pate 1-1: si un restaurant italien a rplacé Le Parc de la rue Cardinet, l Express rplace la trattoria de la rue Martre. Nous avons connu l Express rue Cardinet voilà une petite trentaine d années, d abord sous la houlette de M. Oliveira, puis de Nuno Alves, avec du fado tous les jours. Puis sa fermeture, puis sa réouverture avec fado pendant quelques mois, puis re-fermeture, puis reprise par un restaurateur français, fermeture encore, avant que voilà trois ans, Rui Alves ne reprenne l affaire avec fado dominical. Chassé de la rue Cardinet par la spéculation immobilière, l Express revient donc, mais à Clichy, pas si loin, et le fado du dimanche aussi. Boucle de l histoire, c est Casimiro Silva, qui fut de l aventure du tout prier Express, qui tient la viola, et chante aussi, bien sur. Avec à la guitarra Filipe de Sousa qui, lui, était gamin du tps du vieil Express. Et, chaque dimanche, des chanteurs invités (ce soir-là, c étaient Júlia Silva et Diogo Rocha, deux valeurs confirmées du fado francilien) et du fado vadio. Vaste salle claire, qui peut accueillir LusoJornal: Há Angolanos de França que gostariam de investir no país, de que forma a ANIP pode ajudar? Maria Luísa Abrantes: A ANIP não dá apoio termos financeiros: explica como pod investir Angola e como pod, eventualmente, beneficiar de incentivos fiscais. Os Angolanos não têm qualquer restrição para investir Angola, só os estrangeiros têm um montante fixo. Por outro lado, há créditos, concedidos por instituições angolanas de apoio a pequenas e médias presas, e por instituições bancárias, com juros bonificados, mais baixos do que os do mercado. São apoios essencialmente para os Angolanos, mas também para estrangeiros residentes Angola. LusoJornal: Angola reforçou as barreiras ao investimento estrangeiro... Maria Luísa Abrantes: Penso que não tos nenhuma barreira. Antes da nova lei ser aprovada, havia uma lei que possibilitava que um investidor estrangeiro fosse para Angola com um investimento de dólares. Ora este investimento não garante absolutamente nada, n sequer garante os postos de trabalho. Evidentente que Angola quer atrair investidores estrangeiro, mas neste momento tos de procurar investimentos de qualidade. Qu pode investir, pode, qu não pode, não pode. presas portuguesas no equip Hotel 2012 A feira bienal Equip Hotel realizou-se de 11 a 15 de novbro no parque das exposições de Paris Porte de Versailles. Trata-se da principal feira francesa dos profissionais do CHR - Coletividades, Hotelaria e Restauração, a Equip Hotel reuniu Paris durante 5 dias, mais Maria Luísa Abrantes, Presidente da ANIP LusoJornal / Carlos Pereira de 107 mil profissionais, da restauração, da hotelaria, das coletividades e dos cafés-bares à procura de soluções e de fornecedores. A Equip Hotel 2012 estendeu-se 5 halls de exposição ( m²) cobrindo uma oferta muito variada. Este ano, participam cerca de expositores. Os setores da feira inclu tudo o que se insere na hotelaria restauração, tal como cafetaria/bebidas, equipamentos de cozinha, produtos alimentares, lavandaria, têxteis-lar, mesa, casas de banho, spa/b estar, mobiliário, decoração, iluminação e tecnologias (software/hardware, automatismos, segurança ). A participação portuguesa neste certame manteve-se estável relativamente à de 2010 com a presença de 6 expositores nacionais, todos de áreas diversas, desde os luminários às artes da mesa, passando pelo têxtil e pela decoração. jusqu à 160 couverts, avec un coin bar (et un coin four à pizza sans doute condamné à l inactivité), une grande terrasse pour les beaux jours, cuisine soignée, des aménagents à venir d ici l inauguration «officielle» le 23 novbre. Mais déjà le fado tous les dimanches. Rui Alves préside aussi aux destinées d autres restaurants. S il a abandonné le fado au Lusitano de Clamart, difficile d accès pour beaucoup d amateurs de fado de la région, et ne disposant pas sur place d une clientèle adaptée au fado, il a l intention de le lancer dans un autre établissent, le Terminus, à Neuilly-Plaisance, avec une soirée inaugurale le 14 décbre qui offrira un plateau de choix avec en maître de cérémonie (MC, disent les rappeurs) et chanteur Sousa Santos, ses collègues Conceição Guadalupe, Diogo Rocha et Cláudia Costa, et Manuel Corgas et Flaviano Ramos aux guitares, avant une pause pour les fêtes, et la reprise du fado en janvier. Bonne route fadiste, donc, à l Express et au Terminus. L Express 114 rue Martre Clichy Tel: Le Terminus 23 rue Daniel Perdrigé Neuilly Plaisance Tel:

9 le 21 novbre 2012 presas 09 Sucesso do Croissant no Porto Croissant chega a Portugal via invasões Francesas O croissant, palavra francesa que significa «crescente», terá chegado a Portugal no século XIX durante as Invasões Francesas, disse à Lusa o gastrónomo Virgílio Gomes. Em Portugal pode-se encontrar uma miríade de variantes, não só na forma, mas também nas massas, nos recheios e nas coberturas - doces ou salgadas - e, segundo aquele gastrónomo adiantou entrevista à Lusa. Mas foi no Porto que o croissant assentou arraiais, onde cerca de 200 anos depois de ter chegado continua a ser um acepipe na moda e uma das iguarias que mais vende nas 350 confeitarias da cidade. Na enciclopédia Fabrico Próprio, obra que conta a história de bolos e também do croissant, pode ler-se que segundo a lenda, o croissant, cujo nome e forma alud ao crescente islâmico, celebrando a derrota dos turcos no cerco de Viena (Aústria) de 1683, tendo sido levado para Paris (França) 1770 pela rainha Marie Antoinette. A rainha de França, austríaca de nascença, adorava aquele pão doce e levou-o consigo para o país que a acolheu. Por lá, rapidamente se tornou popular e foi por terras francófonas que foi batizado de croissant, a palavra que hoje anda nas bocas de todo o mundo. A orig daquele pão amanteigado, adocicado, com formato de meia-lua e confecionado com farinha, açúcar, sal, leite, fermento, manteiga e pincelado a ovo, é datada do século XIII e é atribuída aos padeiros de Viena. Hoje, o croissant, seja de massa de brioche ou folhada (tipo francês), é um elento tradicional para comer ao pequeno-almoço, normalmente acompanhado de chá, sumos ou café e leite, mas os portuenses adotaram a iguaria no dia-a-dia gastronómico de forma tão intensa que chega a servir de merenda, almoço ou até de jantar. Em cada uma das 350 confeitarias do Porto são vendidos, diariamente, cerca de 100 croissants a um preço médio de 70 cêntimos, o que significa que esta microeconomia regional movimenta mais de 700 mil euros por mês na cidade. Qual é o melhor croissant da cidade é uma discussão infindável e que depende do gosto de cada um, mas a verdade é que este pão doce sobrevive à crise e contribui com mais de oito milhões de euros anuais para a economia da cidade. Dados da Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo (APHORT) indicam que há 350 estabelecimentos no Porto a usar a denominação de Confeitarias, disse à Lusa Rodrigo Pinto de Barros, Presidente daquela associação, explicando que a tradição deste negócio apetitoso ajuda a movimentar a economia local, porque o povo português é muito doceiro. O Instituto Nacional de Estatística (INE), através do Turismo do Porto e Norte de Portugal, indica que no Grande Porto (NUT III Norte), há 541 pastelarias e casas de chá. A agência Lusa contactou dezenas de confeitarias do Porto e todas confirmaram que vendiam uma média de 100 croissants por dia, algumas até chegam às 350 unidades/dia, outras ficam-se pelas 80 unidades, mas todas admitiram que o croissant é um dos produtos mais vendáveis. Eu trabalhei Paris, que é a terra do croissant, e vend-se mais croissants aqui, na cidade do Porto, do que lá, conta o padeiro da Padaria Ribeiro José Azevedo, 49 anos de idade, recordando que enquanto os franceses com a iguaria ao pequeno-almoço, no Porto com a toda a hora, seja simples, recheados ou mistos. Isabel Gonçalves, 35 anos e pasteleira desde os 16 na centenária Padaria Ribeiro, conta à Lusa que todos os dias são confecionados 200 croissants, mas aos sábados sa 350 e aos domingos 300. Ilídio Pinto, 75 anos, e o fundador há 40 anos da Confeitaria Petúlia, conta que no seu estabelecimento são vendidos mais de 100 croissants presa francesa recruta médicos portugueses interessados igrar Uma presa francesa de recrutamento vai estar Portugal para apresentar o sista de saúde França depois do interesse manifestado por médicos portugueses trabalhar naquele país. O diretor da presa Riviere Consulting disse à Lusa que há cerca de um ano e meio a presa fez uma prospeção de mercado Portugal, mas com pouco sucesso. Mais recentente, a presa recebeu pedidos de informação de cerca de 15 médicos portugueses que mostraram interesse conhecer o sista de saúde francês e a presa decidiu realizar uma sessão de informação Portugal, adiantou Matthieu Riviere. Muitos dos contactos recebidos são Croissants na fábrica da Padaria Ribeiro Ermesinde Lusa / José Coelho de médicos com cerca de 50 anos que se queixam, sobretudo, da elevada carga fiscal que existe Portugal. Já os jovens manifestam preocupação com o futuro, relativamente às colocações, à aprendizag e evolução profissional. Para esclarecer os profissionais sobre o processo de recrutamento, a presa vai realizar uma conferência nos próximos dias 23 e 24, Lisboa, durante a qual divulgará o tipo e as oportunidades de carreira a que os médicos pod aceder e as respetivas runerações. Segundo Carla Machado, responsável da presa pelo recrutamento Portugal, já estão mais de 100 médicos inscritos. Se dez aceitar ir trabalhar França já ficamos muito contentes, acrescentou Matthieu Riviere. A maioria das vagas (cerca de 70%) é para o sista de saúde público. Um médico português que inicie carreira França ganha um salário mensal líquido entre os euros e os euros, referente a 35/39 horas sanais. As prevenções e urgências são pagas adicionalmente e os médicos têm direito a cinco sanas de férias pagas. No setor privado as runerações são mais elevadas, mas a presa não consegue indicar o valor exato, que depende do tipo de posto e da instituição. Os especialistas mais procurados são psiquiatras, médicos do trabalho, radiologistas, cardiologistas, ginecologistas, médicos de família, gastrenterologistas, pneumologistas, pediatras, oftalmologistas e cirurgiões. Sobre as razões que levaram a presa a recrutar médicos Portugal e noutros países europeus, como Espanha, Itália, Bulgária e Grécia, Mattieu Riviere explicou que se deve à diminuição significativa do número de diplomados medicina. Há 15 anos que a França começou a ter problas, porque o número de formados que saía das universidades, perto de 100 mil por ano, era insuficiente para responder às necessidades do sista de saúde, uma situação agravada com a saída dos médicos para a reforma, sustentou. O interesse nos médicos portugueses deve-se à existência de uma vasta Comunidade portuguesa França, por dia, considerando esse número de vendas uma saída bastante grande. Sa diversas vezes ao dia e a partir das 08h00 já tos o produto para os clientes usufruír de um croissant quente, informa, acrescentando que os apreciadores com a guloseima simples, com queijo e fiambre, ou simplesmente tostada e barrada com manteiga. O triunfo do croissant no Porto devese a um produto de boa qualidade, defende Ilídio Pinto, admitindo que na cidade todas as confeitarias oferec croissants de qualidade. Na Confeitaria Suave, que existe vai para 60 anos na Rua de Cedofeita, já se chegaram a vender 400 croissants por dia, mas hoje, com a crise instalada, as vendas baixaram para os 90 croissants. Cada unidade custa cada 75 cêntimos, apenas mais 10 cêntimos que o café expresso. Na Confeitaria Aliança, também localizada há mais de meio século na rua de Cedofeita, a venda diária situa-se nos 100 croissants. Há clientes que foram viver para Lisboa que chegam a levar às dúzias para os amigos da capital, conta o proprietário Manuel Marinho. Já houve tpos que um cliente que foi para Lisboa viver levava uma centena de croissants quando vinha ao Porto, recordou Manuel Marinho, referindo que o segredo do sucesso são as mãozinhas cheias de amor, além da técnica na confeção e da levedura. Na Confeitaria do Bolhão são vendidos, diariamente, mais de 150 croissants, a 65 cêntimos cada. Os meses de julho e agosto são os meses mais fortes para vender o produto, por causa dos turistas, revela Rui Madureira, pasteleiro, crente que a chave do sucesso para vender tantos croissants é o carinho que coloca na massa. Na Confeitaria Arcádia, com oito lojas no Grande Porto, são vendidos por dia mais de 300 croissants a 1,20 euros cada. à reconhecida formação académica dos médicos e à facilidade de integração e adaptação à cultura francesa. A presa recruta, média, cerca de 150 médicos por ano, não conseguindo por vezes, pelo menos com a urgência necessária, preencher todas as vagas pedidas pelos clientes. A Riviere Consulting espera conseguir desenvolver Portugal um projeto a médio/longo prazo: Não se trata de uma contratação esporádica, mas sim um primeiro contacto para avaliar o real interesse dos médicos portugueses por oportunidades de carreira França. Os médicos deverão ter o diploma de medicina e especialização da UE, falar francês e inscreverse na Ord dos Médicos francesa. lusojornal.com

10 10 ensino le 21 novbre 2012 síntese alexandre Jordão é «meilleur lycéen» O Liceu Internacional de Saint Germain-en-Laye e a Secção Portuguesa receberam recentente mais uma distinção. Com efeito, o aluno Alexandre Jordão recebeu o Prémio Cap Magellan-Fundação Calouste Gulbenkian, atribuído ao melhor estudante de Liceu do ano letivo Este aluno entrou para a Secção Portuguesa na classe de 6ème, e concluiu os estudos julho passado, tendo obtido a «Mention Très Bien» na «Option Internationale du Baccalauréat» (OIB). Além disso foi selecionado para as provas do «Concours Général» distinguindo-se com um honroso segundo lugar. Estudante sério e aplicado, participou ativamente nas atividades extra-curriculares da Secção Portuguesa e do Liceu, com particular incidência no teatro. A título de explo lbramos a sua atuação nas peças «La Légende du Roi Arthur» e na adaptação teatral de «A Cidade e as Serras», de Eça de Queirós. O Prémio do «Meilleur Lycéen» foi entregue por João Caraça, Diretor do Centro Cultural Calouste Gulbenkian, no decorrer da Gala Comorativa da República Portuguesa, realizada a 27 de outubro último, na Mairie de Paris, presença do Embaixador de Portugal Paris e de outras personalidades de relevo. Números que falam 50 A Fundação PSA Peugeot Citroen ofereceu a duas instituições de Mangualde carrinhas adaptadas a pessoas com problas de mobilidade, orçadas 50 mil euros. L enseignent du portugais en France Conférence de José Cesário à la sorbonne Le Secrétaire d Etat aux Communautés Portugaises du Portugal, José Cesário, tiendra une conférence à la Sorbonne, ce mercredi, le 21 novbre, à 15h00, en salle Bourjac, Université de Paris 3-La Sorbonne Nouvelle, 17 rue de la Sorbonne, à Paris 5. José Cesário, chargé des questions liées à la diaspora portugaise dans le monde, «viendra s exprimer sur le thème des Changents en cours dans l enseignent du portugais à l étranger» explique un communiqué de presse envoyé aux rédactions. «En effet, la question de l enseignent et du développent de la langue portugaise est cruciale dans le cadre de la politique d éducation du Portugal auprès de ses Communautés de descendance portugaise dans le monde et notamment en France. Le Ministère des Affaires Etrangères portugais vient de procéder à des changents importants dans la modalité de l enseignent de la langue portugaise à l étranger et, à cette occasion la question des moyens, aspect sensible du dossier, est posée». La Conférence de ce responsable politique abordera, selon les organisateurs, les divers aspects de ce sujet lié à la langue portugaise. Plusieurs personnalités sont attendues dont plusieurs Ambassadeurs ainsi que d autres invités français, liés à la lusophonie. Une des langues d avenir «La langue portugaise occupe une place à part entière dans le paysage économique et culturel du troisième millénaire» dit la note de l organisation. «C est une langue de communication parlée dans les organismes internationaux dans un cadre politique et économique. Elle est utilisée dans les échanges commerciaux, culturels sur plusieurs continents. Le portugais est présenté par beaucoup comme une langue d avenir qui occupe, actuellent, la cinquième place des langues les plus parlées dans le monde si l on tient compte des personnes dont c est la langue maternelle. Elle est la seconde langue parlée en Amérique latine après l espagnol et la plus parlée sur le continent sud-américain, le Brésil y occupant une place prépondérante. En Afrique, elle est égalent très présente, notamment en Angola, au Laurent Fabius et Vincent Peillon répondent à Pascal Cherki le gouvernent français face à l enseignent de la langue portugaise Les Ministres Laurent Fabius (Affaires Etrangères) et Vincent Peillon (Education nationale) ont répondu à la lettre du Député de Paris Pascal Cherki, relatif à l état de la coopération éducative et linguistique avec le Portugal. Pascal Cherki avait écrit, en septbre dernier, au Prier Ministre, Jean-Marc Ayrault, afin de l alerter sur la situation de la coopération éducative et linguistique avec le Portugal et la nécessaire redynamisation de l apprentissage de la langue portugaise en France. Dans une lettre signée par le Chef de Cabinet du Ministre de l Education nationale Vincent Peillon, Benoît Pichard commence par expliquer que le précédent Gouvernent «a dégradé notre école: postes supprimés au cours des cinq dernières années dans l éducation nationale, dont avaient été programmées pour la seule rentrée 2012». «Cette réduction frastique des crédits a égalent été néfaste à l apprentissage de la langue portugaise en France. Ainsi, comme vous le savez, pour les sessions 2011 et 2012, le précédent Gouvernent a décidé de ne pas ouvrir de postes au CAPES de portugais» écrit Benoît Pichard. «Pour l année 2013, il n est pas possible de modifier les orientations prises antérieurent. Néanmoins, en vue de résorber l ploi précaire dans la fonction publique, le Ministre souhaite que celles et ceux qui enseignent le portugais à nos élèves puissent bénéficier des recrutents par la voie de concours réservés, offrant ainsi des perspectives de titularisation». Et Benoît Pichard rajoute que «pour l année 2014, je peux vous assurer que le recrutent d enseignants de portugais fera l objet d une analyse particulièrent attentive». «Au-delà, le Ministre me charge de vous assurer de sa volonté d améliorer les conditions d apprentissage de cette langue pour les élèves qui la pratiquent» continue Benoît Pichard. Vincent Peillon prétend que «l ouverture de sections internationales de portugais brésiliens dans l académie de Créteil, à la rentrée 2013, est à l étude. De plus, le rectorat de Créteil et l Etat de Rio travaillent égalent à la création d un lycée bilingue franco-brésilien qui devrait ouvrir à Rio, en janvier 2014». «Par ailleurs, la transformation des cours ELCO (enseignent de la langue et de la culture d origine) en ELVE (enseignent de la langue vivante étrangère) permet l intégration progressive de l enseignent du portugais dans le tps scolaire». Laurent Fabius aborde, quand à lui, les relations avec le Portugal. «La diffusion et la promotion du français dans les systèmes éducatifs étrangers est une question qui me tient Mozambique et dans bien d autres pays sans oublier le Timor oriental, Goa, Daman et Diu (Inde), Macao en Chine». La lusophonie, communauté linguistique portugaise, représente 240 millions de locuteurs dans le monde. Un colloque mondial sur la langue portugaise Tenant compte de cette réalité contporaine, des défis et des opportunités en présence, le départent de Langues Etrangères Appliquées de Paris 3-La Sorbonne Nouvelle organisera au cours de l année 2013 un Congrès sur le rayonnent de la langue portugaise dans le monde. particulièrent à cœur» écrit le Ministre des Affaires Etrangères. «Au Portugal, l Ambassade de France a mis en place une politique linguistique articulée sur trois axes principaux: la formation des enseignants, le développent de sections européennes de langue française dans 30 établissents portugais, et le développent des certifications officielles de français (DELF, DALF) dans le réseau des Alliances françaises et dans les établissents scolaires». Laurent Fabius dit aussi que «nous venons de finaliser, avec les autorités portugaises, la réactualisation de l accord cadre franco-portugais de coopération éducative de La signature de cet accord, en mettant l accent sur une meilleure réciprocité pour la diffusion et la promotion de nos deux langues dans chacun des deux systèmes éducatifs, permettra de créer des synergies entre la France et le Portugal». PUB Portas: ensino é prioridade O Ministro português dos Negócios Estrangeiros afirmou na sana passada que reduzirá 4,2% as despesas do Ministério 2013, quadro que vai privilegiar o ensino do português no estrangeiro e a revisão do estatuto diplomático. Paulo Portas falava perante Deputados das Comissões parlamentares de Negócios Estrangeiros e Orçamento e Finanças na Assbleia da República, no âmbito da fase de debate na especialidade da proposta do Governo de Orçamento do Estado para O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros defendeu que, no próximo ano, o objetivo do seu Ministério será o de ter contas arrumadas, mas mantendo opções estratégicas ao nível da política externa, casos da diplomacia económica, do ensino do português no estrangeiro e da reforma modernizadora e flexibilizadora do estatuto diplomático. Placa para eça de queiroz No domingo, dia 25 de novbro, às 12h00, celebrando nesse dia a data do nascimento de Eça de Queiroz, o Embaixador de Portugal França, Francisco Seixas da Costa, vai proceder ao descerramento formal de uma placa na casa onde viveu o escritor português, no nº 5 da rue Crevaux, que liga a avenue Foch à avenue Bugeaud, Paris. José Maria Eça de Queiroz, recém nomeado Cônsul de Portugal Paris, alugou ali a sua primeira habitação, das três que viria a ocupar durante a sua estada na capital francesa, onde morreu Eça viveu na rue Crevaux entre 1889 e 1891 e, por alguma razão, esta sua morada não estava assinalada com uma placa. «Decidi tomar a iniciativa de colmatar esta lacuna e, passados meses de autorizações e procedimentos administrativos, vai ser agora possível descerrar essa mória» explica Seixas da Costa.

11 le 21 novbre 2012 Cultura 11 À la veille du concert en hommage à José Afonso, à Paris entretien avec manuel darcy-mota, directeur du Théâtre de la Ville Par Dominique Stoenesco Le mercredi 21 novbre, à 20h30, un concert en hommage au poète, compositeur et chanteur portugais José Afonso ( ), aura lieu au Théâtre de la Ville de Paris, sous la direction musicale de Júlio Pereira, avec la participation de Francisco Fanhais, João Afonso, António Zambujo, Mayra Andrade et Yara Gutking. Dans l entretien ci-dessous, Emmanuel Darcy-Mota nous rappelle le rôle joué par le Théâtre de la Ville dans le monde artistique, ses projets, ainsi que ses liens personnels avec José Afonso. LusoJornal: En organisant ce concert, le Théâtre de la Ville confirme plus que jamais son engagent dans l ouverture aux cultures du monde Emmanuel Darcy-Mota: Bien sûr. Rappelons qu à l origine du Théâtre de la Ville de Paris il y avait le Théâtre des Nations, dans les années 50, dont l idée était de créer un grand théâtre avec des artistes du monde entier, à une période politique très complexe, avec des dictatures installées au Portugal, en Espagne, en Grèce, etc. Ainsi, dans ce contexte, le lieu artistique qu est le théâtre avait un rôle important à jouer. Et Paris a joué ce rôle. Dans les années 68, le Théâtre des Nations est devenu le Théâtre de la Ville, puis, en 2007, j ai été heureux d être nommé Directeur de ce grand théâtre, international, où la place des chanteurs est très importante, puisqu à l année il y a 28 concerts de musiques du monde entier (hommage au poète palestinien Mahmoud Darwich, en 2009; concert de musique iranienne en avril 2012, etc.). Nous travaillons avec de grands artistes, poètes ou musiciens, mais qui ont aussi quelque chose à dire sur un état du monde. Ils nous renvoient des questions et en même tps ils nous nourrissent. Le Théâtre de la Ville est unique en Europe, car il est fait du théâtre, de la danse et de la musique. Et derrière cette diversité artistique il y a une philosophie très profonde qui est de créer des liens entre des peuples et des artistes. Il y a une dimension éthique sur la fonction de l art dans la société par rapport à la mondialité, et non pas la mondialisation, qui est une donnée économique. En effet, la mondialité c est mettre à jour les artistes de cultures différentes et les faire entendre, c est avoir une parole libre à travers les artistes. LusoJornal: Peut-on dire que cet hommage à José Afonso a un lien étroit avec votre itinéraire personnel? Emmanuel Darcy-Mota: Oui, bien entendu. Par mon père, Richard Darcy, qui a écrit d ailleurs un poème chanté par José Afonso, et par ma mère, Teresa Mota, j ai connu José Afonso quand j étais enfant, en 74-75, à Lisbonne, où mes parents étaient repartis. C est à cette époque qu ils ont créé le Centre Dramatique National d Evora. Par ailleurs, ils enseignaient tous les deux au Conservatoire National de Lisbonne et ils étaient de grands amis avec José Afonso. Je me souviens très bien de José Afonso venant à la maison, ils discutaient de politique, d art et de théâtre aussi. J ai donc assisté, sans participer car j étais enfant, à des moments extrêment importants de l histoire du Portugal, ceux de la Révolution et de la mise en place d une jeune démocratie. C est là que réside la grande question pour moi, au-delà de la question politique. José Afonso a beaucoup compté pour moi; il fait partie de ces artistes qui m ont appris à regarder le monde autrent. À porter sur le monde un regard poétique, mais aussi un regard qui passe par un engagent. Ainsi, depuis plusieurs années, j ai voulu aider et m investir dans la circulation des liens entre Paris et Lisbonne. J ai moi-même présenté régulièrent des spectacles à Lisbonne et j ai dirigé des acteurs portugais au Théâtre National de Lisbonne. J arrive aujourd hui même d un voyage dans cette ville, puisque je travaille sur un projet pour 2013, intitulé «Tand entre les deux villes», avec le Maire de Paris, Bertrand Delanoë et le Maire de Lisbonne, António Costa. C est un projet pour mai/juin 2013, à Paris, avec une importante présence artistique et culturelle portugaise, en partenariat avec la Fondation Calouste Gulbenkian, la Mairie de Lisbonne, le Centre Culturel de Belém, le Théâtre Municipal São Luís, etc. LusoJornal: Dans le cadre de ce concert, vous développez aussi une action pédagogique destinée au public scolaire, notamment à travers les professeurs de portugais des collèges et lycées. Emmanuel Darcy-Mota: Tout à fait, l objectif est d établir un lien avec la jeunesse et d aborder la question de la transmission qui pour moi est fondamentale. José Afonso est peu connu des nouvelles générations en France et de ceux qui n ont pas participé aux événents politiques au Portugal. L idée de cet hommage est donc d abord de faire connaître le poète, le compositeur et le chanteur que fut José Afonso, avec sa richesse culturelle portugaise, mais aussi avec les liens qu il avait avec la culture et la musique de l Angola et du Mozambique. Mais cette action pédagogique n est pas limitée aux élèves qui apprennent le portugais ou qui sont les enfants de familles portugaises, elle s adresse aussi aux jeunes en général. Enfin, cet hommage musical à José Afonso est aussi une occasion d entendre la langue portugaise, dans toute sa diversité. Théâtre de la Ville de Paris homenageia José afonso O Théâtre de la Ville de Paris homenageia, no dia 21, o cantor português José Afonso, 30 anos depois da sua atuação no local, num concerto que reúne Júlio Pereira, Francisco Fanhais, João Afonso, António Zambujo e Mayra Andrade. Em declarações à Lusa, Jacques Erwan, Conselheiro musical do Théâtre de la Ville, afirmou que o concerto foi organizado parceria com a associação José Afonso. É a mória dessa voz rebelde, desse hom que despertava consciências que celebramos, explicou o Conselheiro musical, acrescentando que o espetáculo assinala também 30 anos passados sobre a série de cinco recitais que José Afonso deu no palco deste teatro. Jacques Erwan, que acompanhou Lisboa os tpos conturbados do Emmanuel Darcy-Mota, Directeur du Théâtre de la Ville Jean-Louis Fernandez pós-25 de Abril como jornalista do diário Libération, e que assinou a primeira entrevista de José Afonso a um jornal francês, considera que o cantor tinha uma dimensão poética e uma dimensão política, das quais não se podia dissociar também a influência que teve nele África e os sons desse continente. José Afonso foi extramente importante durante a ditadura Portugal. Não era político, mas tinha uma dimensão política. Por isso era tão vigiado pela ditadura, por isso foi tão perseguido. E mais, não era só um cantor, tinha uma dimensão de poeta. Os textos que cantava eram políticos mas poéticos. E quando ele não cantava as suas palavras, cantava as de outros poetas, acrescentou. Erwan explicou ainda que esta é uma iniciativa para manter a mória, porque, hoje dia, esqueconos de tudo muito depressa. É um modesto contributo para fazer perdurar algumas das suas canções França, um país que teve um papel na vida de José Afonso. A recordar o reconhecimento internacional do cantor, Jacques Erwan lbrou que, pouco depois desta série de cinco recitais, a 28 de janeiro de 1985, o Théâtre de la Ville organizou, sua honra e para recolher algum dinheiro, porque ele estava doente e precisava, um concerto que participaram, entre outros, o espanhol Paco Ibañez, o grupo argentino Cuarteto Cedrón, e o francês Gilbert Laffaille. Sob direção musical de Júlio Pereira - que, há 30 anos, estava no palco ao lado de José Afonso, e que é, por isso, o elo desta homenag com o passado - Francisco Fanhais, João Afonso, António Zambujo, e Mayra Andrade vão recordar o cantautor português. Esta homenag inclui também uma exposição no hall do teatro, acesso livre, sobre a vida e a carreira de José Afonso, com recortes de jornais, cartazes e documentos e um périplo de Jacques Erwan por quatro liceus parisienses. Primeiro irei sozinho, contar aos alunos a história do Estado Novo através da vida e da carreira de José Afonso. Depois, mais perto da data do concerto, regressarei com José Fanhais, para completar a apresentação com o testunho de alguém que foi seu companheiro, concluiu. O concerto será transmitido direto na internet, a partir das 20h30. ricardo Vieira Pianista música clássica a não perder! Orchestre Philarmonique de Radio France estreia obra do compositor português Luis Tinoco. Sob a direção de Pascal Rophé, no próximo dia 24 de novbro, às 20h00 a aclamada Orchestre Philarmonique de Radio France estreará Cercle Intérieur do famoso compositor português Luís Tinoco. O concerto terá lugar na Cité de la Musique, Paris, e além da obra do compositor português, poderão também escutar obras de Gyorgy Ligeti, Michael Levinas e Iannis Xenakis. Luís Tinoco fez os seus estudos de composição na ESML e na Royal Acady of Music, Londres. Mais recentente, doutorou-se pela Universidade de York, também no Reino Unido. Combina a sua atividade de compositor com o ensino, exercendo funções docentes na Escola Superior de Música de Lisboa. Nesta mesma instituição, exerce o cargo de subdiretor. Enquanto programador e divulgador musical, destaca-se a sua colaboração com a Antena 2 da RDP como autor e produtor de programas radiofónicos e como Diretor artístico do Prémio e Festival Jovens Músicos. Entre os seus trabalhos recentes destacam-se a composição de um musical com libreto e encenação do ex-monty Python Terry Jones, Evil Machines (2008); a composição de uma ópera com libreto de Stephen Plaice e encenação de Rui Horta (2010); e a composição da cantata Os Passeios do Sonhador Solitário, com libreto de Almeida Faria. Acontecimentos futuros inclu a estreia de novas peças sinfónicas encomendadas pela Orquestra Filarmónica da Radio France e pela Orquestra Sinfónica de Seattle, nos Estados Unidos. Recentente gravou o seu primeiro CD orquestral com obras interpretadas pela Orquestra Gulbenkian, sob direção de David Alan Miller. Este CD será lançado pela etiqueta Naxos, maio de Sugestão: Entrevista do compositor para a Radio France : 58 Site do compositor Luís Tinoco: lusojornal.com

12 12 Cultura le 21 novbre 2012 síntese «l Homme qui parlait javanais» Le livre «L Homme qui parlait javanais & autres nouvelles» de Lima Barreto sera lancé le jeudi 22 novbre, à 19h00 par Les Editions Chandeigne. «Mulâtre, fils d une esclave et d un métis monarchiste, Afonso Henrique de Lima Barreto ( ) a légué à la culture brésilienne le témoignage le plus fort sur la société de son époque, une république oligarchique à peine sortie de l esclavagisme. Un des précurseurs du roman moderniste, il révèle dans son œuvre sa familiarité avec la tradition réaliste du XIXe siècle, qui se rapproche de celle de Maupassant, Daudet et Balzac» peut-on lire dans la note de presse envoyée aux rédactions. «Sur les six contes de l ouvrage, trois décrivent des fmes qui n ont comme option pour sortir de leur condition que le mariage ou la prostitution. Les trois autres dépeignent un naïf, un opportuniste prêt à tout pour sortir du lot et un politicien pétri d orgueil et de suffisance». Edition bilingue. Librairie des Editeurs Associés 10 rue Tournefort Paris «guitarra de natal» de quitó de sousa Un livre de Victor Pereira «la dictature de salazar face à l émigration» va être présenté à l ambassade du Portugal Par Carlos Pereira Contes et nouvelles d Angola Le livre de Victor Pereira «La Dictature de Salazar face à l émigration l État portugais et ses migrants en France ( )» sera présenté à l Ambassade du Portugal en France, lundi prochain, le 26 novbre, à 18h30, suivie d un Porto d Honneur. Victor Pereira est docteur en histoire à l Institut d études politiques de Paris, est Maître de conférences à l Université de Pau et des Pays d Adour. Il mène des recherches sur l émigration portugaise, espagnole et française et sur l histoire du XXème siècle portugais. Dans presque 450 pages, l auteur passe en revue la politique de l Etat portugais face à l émigration. «Jusqu à présent, les recherches ont surtout porté sur le phénomène migratoire portugais en tant que tel. Elles se sont intéressées aux migrants ou à l effet de émigration massive sur l économie et la société portugaises» explique Victor Pereira. «L objectif de cet ouvrage est différent. Notre analyse porte sur la manière dont l Etat a appréhendé et géré ce phénomène et sur les modes de gouvernent d une population vinant au delà des frontières nationales». Victor Pereira s est intéressé d abord à l Etat portugais face à l émigration livres: vient de paraître «Chasseurs de rêves» Publié à l initiative de l Union des Écrivains Angolais, «Chasseurs de rêves» est le prier recueil de contes et de nouvelles d Angola paru en France. Il offre un panorama des écrits d auteurs angolais produits sur une période d environ trente ans ( ). L histoire coloniale, la guerre de libération, la ville, la brousse, le rêve, la réalité, la tradition et la modernité servent de trame à des Victor Pereira, Historien LusoJornal / Carlos Pereira vers la France et ensuite à savoir qui Gouverne na politique publique d émigration au Portugal. Il s est intéressé à la Junta da Emigração, de 1947 à 1970 et au Secretariado Nacional da Emigração, de 1970 à Il a étudié les Accords d émigration entre la France et le Portugal, notamment en 1963 et en Ou plutôt à l échec de ces Accords et à l émigration clandestine. Dans le dernier chapitre de son livre, Victor Pereira s est intéressé à «L État portugais en France», notamment les services administratifs portugais et son réseau consulaire, mais égalent à la présence d agents de la Pide en France, ou à ses informateurs. «La contribution des migrants est négligée dans l historiographie et les discours publics portugais. Souvent assimilée à une fuite, à un échec et à un symbole du retard du pays, l émigration reste jusqu à nos jours un phénomène les élites portugaises préfèrent taire» écrit Victor Pereira dans sa conclusion. «Pourtant, c est en contournant et en évitant l État que les migrants portugais ont pu s offrir ainsi qu à leurs familles, de meilleurs conditions de vie, et contribuer à la modernisation du Portugal et au processus d européanisation». Le débat promet être riche, à l Ambassade du Portugal. textes où coulent humour, verve, poésie et où l expression colorée par les langues locales déploie des images souvent inattendues et pleines de saveur. Le villageois voleur, le collectionneur de chaussures, le joueur de football, l homme qui rêvait de faire partie de la jet-set, et autres personnages hauts en couleur se côtoient dans cette anthologie composée sous le signe de la variété des tons et des thèmes. Publié aux éditions Présence Africaine (Paris), «Chasseurs de rêves» comprend 35 textes de 23 auteurs angolais traduits par Dominique Stoenesco, avec le concours de Iva Flores pour les textes où la présence du vocabulaire issu des langues bantoues (quimbundo, umbando et kikongo) est importante. Un riche glossaire figure à la fin de cet ouvrage de 360 pages. Vient de sortir le nouveau CD de Quitó de Sousa «Guitarra de Natal» consacré à la musique de Noël pour guitare solo. Vous y trouverez des thèmes célèbres comme: «Vive le vent», «Les anges dans nos campagnes», «Il est né le divin enfant», «Adeste fidèles», «Joie sur la terre», «Mon beau sapin», «Douce nuit», «Jésus que ma joie deure», «Ave Maria» et bien d autres encore. La présentation au public de cet album aura lieu le 30 novbre, à 18h30, au Consulat du Portugal à Paris et le 2 décbre à 11h00 au Conservatoire de Juvisy-sur-Orge. O LusoJornal, de mãos dadas com a cultura lusojornal.com exposição de escultura no Consulado de Paris O Consulado Geral de Portugal Paris inaugura no próximo dia 23 de novbro, sexta-feira, às 18h30, a exposição de escultura A nossa liberdade de Manuel Jorge Pereira e António Pereira. Manuel Jorge Pereira e António Pereira, pai e filho, são artistas autodidatas que colocam na pedra e na madeira toda a sua inspiração. Liberdade é o ta comum a todas obras desta exposição, que estão direta ou indiretamente ligadas a Portugal. Quando estou representado numa exposição sei que é Portugal que está representado, mesmo quando o faço junto dos franceses diz Manuel Jorge Pereira. A mostra pode ser visitada até 14 de dezbro, de segunda a sextafeira, das 9h00 às 17h00, no Espaço Nuno Júdice do Consulado Geral de Portugal Paris, 6 rue Georges Berger, Paris 17. Trois fois rien à la gulbenkian de Paris Trois fois rien est le titre de l exposition collective de Zoé Chantre, Aya Koretzky et Éléonore Saintagnan, sur une proposition d António Contador, présentée à la Fondation Calouste Gulbenkian - Délégation en France (39 bd de la Tour-Maubourg, Paris), du 24 novbre au 15 décbre. Zoé Chantre est née à Tulle, en 1981, vit et travaille à Paris, où elle est devenue «cinéaste et plasticienne». Aya Koretzky, est japonais, née à Tokyo en 1983, mais elle vit et travaille à Paris, après avoir été diplômée en Peinture aux Beaux-Arts de Lisbonne. Éléonore Saintagnan est née à Paris, le 31 décbre 1979 à minuit! Elle vit à Bruxelles. Ruralité. Aspérité. Intimité. Puis, lenteur, simplicité et être à l'écoute. Tels sont les traits communs aux trois univers artistiques de Zoé Chantre, Aya Koretzky et Eléonore Saintagnan réunis pour cette prière exposition de Trois Fois Rien.

13 le 21 novbre 2012 Cultura 13 Cina: «Les lignes de Wellington» des petites histoires dans la grande Histoire Par Matilde Parra «Les lignes de Wellington», de la réalisatrice chilienne Valeria Sarmiento, sort dans les salles le 21 novbre. Le scénario est signé de Carlos Saboga, égalent auteur du très rarqué «Les Mystères de Lisbonne» de Raúl Ruiz. Le réalisateur chilien avait commencé un travail préparatoire sur le scénario de «Les lignes de Wellington» mais après son décès, en août 2011, le producteur Carlos Branco, qui avait pensé tout d abord à John Malkovich, a confié tout naturellent le projet à sa veuve, Valeria Sarmiento. L action du film se déroule au Portugal en 1810 et s arrête sur l un des pans de l histoire du pays et des alliances européennes de l époque en mettant un coup de projecteur sur la 3ème invasion de l armée napoléonienne, conduite par le Maréchal André Massena. Les troupes anglo-portugaises, menées par le général Arthur Wellesley, futur Duc de Wellington, sortent victorieuses de la bataille de Buçaco. L armée française étant plus forte en John Malkovich dans Les lignes de Wellington DR nombre, le général Wellesley tente une tactique, qui se verra payante, en commandant un repli vers les lignes de Torres Vedras, qui protègent la capitale. Les troupes anglaises et portugaises se mettent en marche, et à leur suite, le peuple portugais. Celui-ci préférant abandonner ses terres et ses biens plutôt que d être massacré par les dragons de Napoléon. Cette fresque historique, au travers de l exode de la population, sans occulter bien sûr le rôle des hommes qui ont laissé une trace dans l histoire, fait la part belle aux anonymes, à ces gens du peuple, bons ou mauvais, opportunistes ou apeurés, qui vécurent dans la chair une guerre sans merci. Pour jouer ces personnages, un casting prestigieux composé d acteurs internationaux: Nuno Lopes, Soraia Chaves, Marcello Urgeghe, Victória Guerra ou Adriano Luz pour l équipe portugaise; Mathieu Amalric (Général Baron de Marbot), Melvil Poupaud (Maréchal Massena), Elsa Zylberstein, pour l équipe française, sans oublier John Malkovich en futur Duc de Wellington. L une des richesses de ce film est sans doute de composer avec des nationalités différentes et des acteurs issus d univers différents. Certains avaient une carrière jusqu à maintenant plutôt tournée vers la télévision, avec peu d expérience du cinéma, et d autres, comme Mathieu Amalric ou John Malkovich, ont essentiellent travaillé pour des longs métrages. Même si la réalisation du film est signée de Valeria Sarmiento qui lui a donné une dimension toute personnelle, notamment dans les scènes d extérieur, on imagine aisément que l esprit de Raúl Ruiz devait planer sur le tournage. Réalisateur fidèle à ses équipes de travail, la plupart des acteurs du film avaient déjà travaillé avec lui auparavant sur d autres projets, entre autres sur le film «Le tps retrouvé» qui réunissait déjà Elsa Zylberstein, Chiara Mastroianni, Catherine Deneuve et John Malkovich. Au-delà d une fidélité mutuelle, ce qui émane de ce film c est égalent un dernier hommage rendu à un homme qui laisse derrière lui de nombreuses réalisations, la plupart ayant été sélectionnées pour des festivals, et certaines primées. Des scènes ont d ailleurs été spécialent ajoutées afin de permettre à Catherine Deneuve, sa fille Chiara Mastroianni, Michel Piccoli ou encore Isabelle Huppert, des «fidèles», de rejoindre l équipe du film et rendre ce dernier hommage. «Les lignes de Wellington», permet de boucler la bouche d histoires dans la grande Histoire. Festival Fest afilm du filme à montpellier Du 29 novbre au 2 décbre aura lieu à Montpellier le Fest Afilm, le Festival du cinéma lusophone et francophone, organisé par l association Casa Amadis. «Fenêtre ouverte sur le monde lusophone à Montpellier, le Fest Afilm fait le pari cette année encore que vous aurez l envie et l audace de venir découvrir un univers culturel qui ne vous est pas forcément familier» écrit Ferdinand Fortes, le Directeur du Festival. «Depuis maintenant 5 ans grâce à votre curiosité, le festival s est étoffé d année en année. Il s est allongé dans sa durée, et s est enrichi dans sa programmation. La fréquentation en constante augmentation a poussé l équipe du Fest Afilm à se renouveler chaque année pour vous permettre d approfondir votre rencontre avec les univers lusophone et francophone». Pour la prière fois cette année, le Fest Afilm met à l honneur un pays: la République du Cap Vert. «L histoire atypique de cet archipel de dix îles illustre les rencontres sociales, culturelles, économiques et politiques entre francophonie et lusophonie et nous en voulons pour preuve les liens très forts qui unissent la République du Cap Vert au Sénégal, pays francophone» écrit Ferdinand Fortes. «Ce que nous vous proposons, c est une découverte qui passera par des films, des rencontres, mais aussi par un clin d oeil à celle qui a été la plus grande ambassadrice de la République du Cap Vert aux yeux du grand public, La diva aux pieds nus, Césaria Evora». Mais le cinquième Fest Afilm fait égalent la part belle au Fado. «Et c est aussi au travers de la musique que nous vous mènerons au Brésil, présent chaque année dans la programmation du festival. Là encore ce sont des rencontres, celle des traditions amérindiennes, européennes et africaines et celle des colons et des esclaves, qui sont à l origine de la musique populaire brésilienne que nous connaissons aujourd hui» explique le Directeur du Fest Afilm. Les mbres du jury 2012 du festival sont Pierre Serre, Fondateur et PDG de la Gazette de Montpellier, Nîmes et Sète, Costa Valente, Fondateur et directeur du Festival de cinéma de Avanca, Cédric de Wavrechin, Professeur de montage, d infographie et de motion design pour ACFA multimédia, et Romain Cauchois, Jeune réalisateur de courts-métrages. L association culturelle de langue portugaise de Montpellier, Casa Amadis, est née en décbre 2003 à l initiative de Tito Lívio Santos Mota et Florent Robin. Ces derniers sont partis d un constat: «il n y avait pas sur Montpellier, à l époque, d association représentant la langue portugaise». «L idée originale a été, non pas de constituer une association communautariste d émigrés portugais, mais plutôt de représenter l ensble des cultures lusophones, sachant que la lusophonie représente 250 millions d individus à travers le monde». PUB

14 14 Cultura le 21 novbre 2012 dominique stoenesco um livro por sana un livre par saine récits et nouvelles du Cap-Vert Les public a t i o n s des aut e u r s c a p v e r- diens en t r a d u c - tion française sont e n c o r e rares. Ce recueil intitulé «Récits et nouvelles du Cap Ver» (éd. Chandeigne, 2006, traduction de Michel Laban) présente un éventail de textes représentatifs des écrivains capverdiens qui ont participé au mouvent culturel Claridade et qui ont publié, en 1936, le prier numéro de la revue du même nom. Ce mouvent avait pour but de rompre avec le classicisme européen en mettant en exergue l homme et la terre, les drames de la sécheresse, l insularité, la mer, le désespoir et la tentation constante de partir. La revue «Claridade», véritable tribune littéraire et politique, confirmait ce renouveau en publiant des textes ayant trait à la réalité de l Archipel et à l originalité culturelle du peuple capverdien, recherchant ainsi une identité propre. Jorge Barbosa fut parmi les priers poètes à ouvrir la voie, notamment avec «Arquipélago». Suivront Baltasar Lopes, auteur de «Chiquinho», prier roman de cette nouvelle littérature, Manuel Lopes, António Aurélio Gonçalves et Henrique Teixeira de Sousa, pour ne citer que les plus importants. L auteur de la postface, Jorge Miranda Alfama, après une brève présentation du mouvent des «claridosos» et des auteurs sélectionnés dans le présent ouvrage, veut laisser au lecteur «le privilège de découvrir, à travers la fiction, la réalité socio-économique et culturelles d un peuple îlien, le peuple capverdien». Ainsi, à travers les sept récits ou nouvelles de M. Lopes, B. Lopes, Aurélio Gonçalves et H. Teixeira de Sousa, nous découvrons des personnages se débattant contre de multiples difficultés liées essentiellent au problème de la sécheresse et à la décadence du port de Mindelo. Et face à ces obstacles parfois dramatiques, les accents mélancoliques de la morna, qui ponctuent certains de ces textes, traduisent tout à la fois une plainte et un attachent, «dichotomie du vouloir rester et du devoir partir ou du vouloir partir et du devoir rester». Na presença do Presidente da Câmara Municipal daniel Bastos apresentou Paris livro sobre 150 anos da misericórdia de Fafe Por Mário Cantarinha A apresentação do livro do historiador Daniel Bastos Santa Casa da Misericórdia de Fafe anos ao Serviço da Comunidade teve lugar no Consulado Geral de Portugal Paris, na sexta-feira passada, dia 16 de novbro. A obra foi apresentada pelo presário fafense Manuel Pinto Lopes e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Fafe, José Ribeiro e da Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Fafe, Maria das Dores Ribeiro João. Esta é uma homenag à cidade de Fafe e aos muitos fafenses que resid aqui França disse na sua introdução o Cônsul Geral de Portugal Pedro Lourtie. Fafe t sabido honrar ao longo da sua história, a sua igração. É Fafe que existe um Museu da Emigração e das Comunidades que minha opinião merece todo o destaque. Pedro Lourtie saudou também a presença do Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Paris que faz aqui um trabalho extraordinário de apoio aos Portugueses mais carenciados. Joaquim Sousa também tomou a palavra para saudar o trabalho da sua congénere de Fafe. Na sua apresentação do livro que acabou por não ser uma Manuel Pinto Lopes preferiu falar de Daniel Bastos e da sua curiosidade pelas coisas de Fafe. Há efetivamente poucas cidades pelo país que têm um jov historiador como o Daniel Bastos para publicar a história do concelho completou o Presidente da Câmara José Ribeiro. Manuel Pinto Lopes que também é fundador da Santa Casa da Misericórdia de Paris, t sido caracterizado pela ajuda que t dado às instituições humanitárias de Fafe. Por isso a Câmara já lhe prestou homenag disse o Autarca. O livro, com cerca de 400 páginas, integra-se nas comorações dos 150 anos da Santa Casa da Misericórdia de Fafe, uma das instituições mais marcantes da história moderna do concelho. O trabalho de Daniel Bastos dá a conhecer, com recurso a imagens e citações, a génese da instituição, os seus principais passos e realizações, factos e figuras. A Misericórdia de Fafe t cerca de 220 pregados e é um dos maiores pregadores do Concelho, logo depois de Câmara Municipal explica Daniel Bastos. Mas também é referência pelos serviços que presta, sendo uma das maiores Bandas portuguesas tocam França Por Mickael Oliveira Na última sana de outubro, Wraygunn, Dead Combo e An X Tasy pisavam os palcos franceses. Esta sana, mais três bandas portuguesas atuam França: os More Than A Thousand, os Black Bombaim e os A Thousand Words. Banda referência da aclamada cena de hardcore setubalense, os MTAT Paris Lisboa 2012 do norte de Portugal. Maria das Dores Ribeiro João disse que falar de misericórdia neste momento de crise é muito difícil. Casa onde não há pão, todos ralham e ninguém t razão disse na sua intervenção. Felizmente com as ajudas que tos feito e com os apoios, tos obras curso num valor de mais de dois milhões e meio de euros. Disse depois que está a construir dois novos lares da terceira idade, mas que é nos jardins de infância que t sentido uma grande dificuldade porque há menos crianças e os rendimentos são menos. E depois acrescentou: Qu sabe se vou encontrar aqui algum mecenas?. Daniel Bastos é licenciado História pela Universidade de Évora, cidade onde também fez o curso de Cultura Teológica promovido pelo Instituto Superior de Teologia. Atualmente é doutorando Ética e Filosofia política na Universidade Católica de Braga. A felicidade de um hom mede-se com a qualidade dos amigos que t, e neste aspeto eu sou bastante feliz. Depois da apresentação, na qual estavam vários outros fafenses, como por explo o Conselheiro das Comunidades Parcídio Peixoto e a Conselheira municipal de Sens Manuela Godinho, houve uma prova de vinhos da região e uma prova de queijos animada por Aida Cerqueira. Faleceu o organista antoine sibertin-blanc Por Ricardo Vieira O organista titular da Sé Patriarcal de Lisboa, o francês Antoine Sibertin-Blanc, morreu Lisboa, aos 82 anos, vítima de doença prolongada, indicou no sábado fonte do Instituto Francês de Portugal. Natural de Paris, o organista foi discípulo de Maurice Duruflé no Conservatório Nacional Superior da capital francesa e de Edouard Souberbielle e G. Lioncourt na Escola César Frank, onde concluiu os cursos de Piano, Órgão, Improvisação, Canto Gregoriano, Direção Coral e composição, com elevadas classificações. Depois de ter ocupado vários cargos Apresentação do Livro de Daniel Bastos Paris LusoJornal / Mário Cantarinha estão mais uma vez a invadir os palcos europeus. O grupo, líder do underground português, reservou o dia 24 de novbro para incendiar a sala La Marquise Lyon. Um concerto que promete hastear b alto a bandeira portuguesa. Mais experimental, s voz, cheganos o projeto da editora hiperativa Lovers and Lollypops: os Black Bombaim. Entre Stoner-Rock, e heavy psicadelismo, os BB foram graças ao seu último projeto Titans uma das bandas mais aclamadas pela crítica portuguesa Anunciados nos (re)conhecidos festivais Le Guess Who e Roadburn na Holanda, o grupo de Barcelos está a um passo apenas de conquistar o mundo. Aguarda-se com ansiedade a prestação no espaço Les Combustibles de Paris no dia 22 de novbro. de organista e mestre de capela Paris (Igrejas de la Madeleine e St. Merry) e no Luxburgo (St. Joseph), fixou-se Portugal Na capital portuguesa participou importantes atividades musicais relacionadas com a música para órgão, entre as quais se contam a apresentação da obra organística integral de Johann Sebastian Bach e o ciclo de concertos subordinado ao título «O Órgão nos Países Latinos». Além da sua atividade pedagógica, desenvolveu uma intensa carreira de organista com frequentes digressões por vários países da Europa, nomeadamente França, Alanha, Bélgica, Holanda, Áustria, Itália, Espanha, Suécia, Brasil, Dinamarca Outro grupo com Thousand no nome, também no meio hardcore, os A Thousand Words. Os algarvios vão estar França, primeiro no dia 23 de novbro no La Gallion de Lorient e no dia 30 na Odyssée St Renan Brest. Uma ocasião para apresentar o EP Sinners editado pela Ruins Records. Qu disse que as boas bandas portuguesas vinham apenas do Porto ou de Lisboa? e alguns países da ex-união Soviética. Realizou inúmeras gravações de rádio e televisão de vários países, b como importantes etiquetas discográficas, como Erato, Arion, Columbia, EMI, Polygram e Movieplay. Embora o seu repertório abranja compositores desde a época préclássica até aos nossos dias, a sua permanência Portugal suscitoulhe um interesse muito particular pela música ibérica, para cuja interpretação é amiúde convidado. Em 1999, Antoine Sibertin-Blanc foi agraciado pelo Presidente da República com a comenda da Ord de Sant Iago da Espada, cerimónia realizada Aveiro, no dia de Portugal e das Comunidades. lusojornal.com

15 le 21 novbre 2012 eventos 15 Pour aider la lutte contre le sida le Calendrier sexy de Krystel marques Par Clara Teixeira «Déshabillez-moi», voici le tout prier calendrier sexy édité par la franco-portugaise Krystel Marques afin d aider dans la lutte contre le sida. Les bénéfices des ventes seront alors reversés dans l intégralité à l association Aides. Quatre jolies fmes prêtent ainsi leur image et se déshabillent au fil des saisons. Lentent elles se dévoilent mois par mois. Une toute prière pour la jeune photographe passionnée qui a su mettre en confiance les jeunes mannequins. «Elles connaissaient déjà mon travail, Karine Lima l une d elles s est beaucoup investit dans cette cause et elle est la marraine du calendrier», déclare Krystel Marques. «J avais bien réfléchi avant d éditer ce calendrier car je ne voulais pas que ce soit vulgaire, et très rapident on peut être catalogués avec ce type de photos. Ce sont des photos de charme, certes, mais faites avec classe». Intriguée par la maladie du sida qui ravage le monde entier et qui «malgré tant d années et des progrès scientifiques aucun vaccin ni traitent est proposé pour éradiquer cette maladie. Krystel Marques DR C était un peu ma façon à moi de contribuer et d aider les malades atteints par le VIH qui pour moi est la plus dure. Heureusent autour de moi je ne connais personne atteinte du VIH, mais personne est à l abri»! A 30 ans, originaire de Caldeirinhas - Sabugal - la jeune fme se dit fière de ses origines et de son pays natal. «J ai un lien naturel avec le Portugal par mes parents mais aussi par mon mari. Tous les ans, comme tout bon portugais on se rend au pays!», dit-elle amusée. C est depuis son jeune âge que Krystel prend goût à la photo et commence un peu comme tout le monde à photographier autour d elle. «J adorais dessiner aussi et je m amusais à faire le portrait des uns et des autres. Au fur et à mesure je retouchais mes dessins et plus tard c est à travers la photo que j ai pu m épanouir et cela fait maintenant 10 ans que je suis photographe professionnelle». C est alors munie de son Canon 5D - mark II - que Krystel Marques fait ses shootings, entourée toujours de professionnels, elle possède son studio photo à Sucy-en-Brie (94) où elle habite. Arborant chaque image comme une œuvre unique, la jeune fme a la capacité de faire ressortir le meilleur de chaque photo. Krystel Marques a suivi diverses formations afin de perfectionner son travail. «Il n y a pas vraiment de cursus idéal» dit-elle au LusoJornal. «Mon petit plus c était de m entraîner sur le terrain»... Après les célèbres talons rouges de Louboutin, voici un autre talent rpli de créativité. «Je suis connue sous le nom la Fille aux talons roses. Depuis mon adolescence j ai toujours su marquer la différence vestimentaire à travers un style bien à moi, et mes fameux talons roses de l époque»! Un pari réussi pour Krystel Marques. Maintenant il ne reste plus qu à espérer que le calendrier se vende bien et si c est le cas, près de euros seront alors reversés à l association Aides. Alors messieurs, qu attendez-vous de décorer vos chambres ou vos bureaux... c est pour la bonne cause! No próximo sábado eleição de miss Cabo Verde marseille Por Carlos Pereira No próximo sábado, dia 24 de novbro, entre as 23h00 e as 4h00 da manhã, vai ter lugar Marseille, na Salle Magallon, a eleição de Miss Cabo Verde Marselha, numa organização de Neusa Gomes. 12 Candidatas vão desfilar perante um júri constituído de profissionais, esperando ser eleitas Miss Cabo Verde. Neusa Gomes organizou a primeira edição deste concurso Na altura estava a trabalhar com um amigo que realizava calendários representativos de vários países do Mundo e eu representava Cabo Verde conta ao LusoJornal. Mas desde 2003 não voltou a organizar. Tive alguns problas e parei esta organização conta. Mas agora quero retomar para organizar todos os anos. Isto t de ser regular confessa. A grande angústia de Neusa Gomes é a segurança. Aqui, quando se diz que queros organizar uma festa caboverdiana, ninguém nos aluga as salas porque há spre barafundas conta ao LusoJornal. Por isso a organizadora reforçou a o serviço de ord e lança um apelo aos seus compatriotas. Tos de ter muito cuidado. Se continuarmos assim, ninguém nos aluga salas e depois não teros nada diz ao LusoJornal. As 12 concorrentes já se encontraram para ensaiar o desfile. Tinha mais candidatas, mas inscreveram-se fora de horas conta ao LusoJornal. Tenho de agradecer muito à estilista Ludovina Oliveira que me motiva muito, presta-nos uma sala para ensaios e cede-nos roupa dela para as candidatas vestir. Aristides Morais Ludovina Oliveira é a criadora caboverdiana radicada Marseille, com a marca Bocosa. Neusa Gomes agradece aliás à rede de solidariedade que encontrou à volta deste projeto, desde Kanelle Beauty de Alexandra Livramento, cabeleireira a domicilio, Beauté du Cap Vert de Linda Gomes, restaurante, bar e salão de cabeleireira, Salão de cabeleireiro Djoyli, Cabo Verde United, o snack bar Coração de Cabo Verde Chez Rosa, o restaurante Le Scorpion, a Epicerie Créole, o salão T-Hair de Couleur by Stephane, a loja QC Store e o criador de moda Ozas. Graças a todos estes patrocinadores, as candidatas vão desfilar 5 vezes Aristides Morais palco. Uma primeira vez com uma t- shirt da organização, depois com uma coleção de roupa da marca Bocosa, uma terceira vez fato de banho, uma quarta vez vestido de noite e uma quinta passag pela passerelle com roupa tradicional, numa coleção que também foi criada por Ludovina Oliveira. Um júri constituído por profissionais, presidido por Jenyfer Sousa, a organizadora da eleição Miss Cabo Verde no Luxburgo, vai decidir, no fim da noite, qual delas será a Miss Cabo Verde Marselha e as suas duas Damas de Honor. Durante a noite, vão suceder-se pelo palco os artistas Sidney, Teresa, o cantor Tony, o grupo de dança Black Cat s e o grupo instrumental Palop. Também vão animar a noite Dj Tino Marco e Dj Fonka. Natural de S. Vicente, há 27 anos radicada Marseille, Neusa Gomes é ajudada na organização por Pedro dos Santos e por Carla Gomes Sousa. Lista das candidatas: 1. Jade Andrade, 17 anos, 1m55, estudante fotografia. 2. Jucelina Correia, 18 anos, 1m65, estudante, quer ser hospedeira. 3. Melissa Fernandes, 20 anos, 1m66, estudante de cabeleireira. 4. Simone Oliveira, 16 anos, 1m68, educadora de infância, quer ser hospedeira. 5. Alison Reis, 17 anos, 1m68, estudante, quer trabalhar cozinha. 6. Elizette Lopes, 24 anos, 1m69, vendedora. 7. Savannah Rodrigues, 16 anos, 1m75, estudante para educadora de infância. 8. Vanessa Delgado, 22, 1m75, estudante para educadora de infância. 9. Mirian Silva, 16 anos, 1m75, estudante medicina. 10. Solange Tavares, 18 anos, 1m76, estudante enfermag. 11. Stecy do Nascimento, 17 anos, 1m77, estudante jornalismo. 12. Nadia Évora, 16 anos, 1m78, estudante acolhimento. lusojornal.com

16 16 associações le 21 novbre 2012 síntese Carlos gonçalves no 33 anos da associação de Bayonne Loiret (Orléans) são martinho Châteauneuf-sur-loire Por Luís Horta Por razões de ord logística, o dia de São Martinho foi celebrado no dia 18 de novbro nos locais da Associação Portuguesa de Châteauneuf-sur-Loire (45), com castanhas e uma boa sardinhada, como é da tradição, devidamente acompanhadas de boas bebidas b portuguesas. A sala da Associação, que é pequena, mais pequena ficou com tantos amigos que durante toda a tarde de domingo aí confraternizaram. Criada 1978, é uma das mais antigas associações portuguesas da região, situada a cerca de 25 km de Orléans. Sob o impulso do seu Presidente, José Florindo, e do bom entendimento existente entre os dais Cônsul Honorário confraterniza com mbros da associação DR mbros da administração, o número de sócios progrediu desde o último ano, aproximando-se dos 250 mbros efetivos. Há pouco mais de um mês, realizaram a sua tradicional Festa do Fado, num dinamismo s falhas, mas, acentua José Florindo, o meu penho é atrair a juventude local para se associar. O Cônsul honorário de Portugal Orléans, José de Paiva, esteve presente, amena visita de confraternização e diálogo com os sócios. Falou-se da crise, mas todos está a grande vontade de trabalhar e a constatação de que existe um movimento visível de chegada de vários compatriotas à região, novos igrantes, à procura de trabalho. Châteauneuf-sur-Loire é uma localidade situada no departamento do Loiret. Encontra-se no perímetro do Val de Loire, inscrito no património mundial da Unesco. Conta habitantes, dos quais cerca de 15% de orig portuguesa e está ginada com Amarante. O Deputado (PSD) Carlos Gonçalves, eleito pelo círculo eleitoral da Europa, participou nas comorações do 33 aniversário da Associação de Divulgação da Cultura Portuguesa Bayonne. Esta coletividade acolhe nas suas instalações, desde junho passado, uma Permanência do Consulado Geral de Portugal Bordeaux o que moveu por parte da Comunidade portuguesa várias manifestações de agrado. Bayonne, por ser o primeiro centro urbano no eixo Hendaye-Paris, t acolhido nos últimos anos muitos Portugueses, que vindos de Portugal e que procuram prego, ve na associação um importante papel no seu apoio e orientação. Na foto, o Deputado Carlos Gonçalves está com o Presidente da Associação de Bayonne, Fernando Almeida, por ocasião das comorações do 33 aniversário da Associação. deputado Carlos gonçalves Château-landon O Deputado Carlos Gonçalves deslocou-se, no passado dia 7 de novbro, à região de Château-Landon para efetuar diversos contactos com a Comunidade portuguesa e autoridades locais. Carlos Gonçalves visitou as instalações da Associação Cultural Portuguesa Os Leais e reuniu com os seus dirigentes. Na foto, o Deputado eleito pelo círculo eleitoral da Europa, está com o Presidente da Associação Portuguesa de Château-Landon, Horácio Mendes. une campagne de la misericórdia de Paris Dans le courant de cette année 2012, la Misericórdia de Paris, créée en 1994, a mené plusieurs actions, auprès des mbres de la Communauté Portugaise de France, surtout de ceux qui vivent dans le besoin matériel et moral, parfois même dans un état de dénuent. Dans la continuité de la campagne de Noël de 2011, la Misericórdia a distribué, pendant le prier sestre, des denrées alimentaires à environ 125 familles et/ou personnes isolées. Avec la collaboration des Consulats du Portugal en France, 278 détenus Texte d opinion déjà 25 ans de «música Filarmónica»! Par José Cardina (*) Lors de la création de la Philharmonique Portugaise de Paris, il y a un quart de siècle (le 1er novbre 1987) il y a fort à parier que les mbres fondateurs ne se doutaient pas de la longévité de cette «Banda de Música França». Crée par un groupe d immigrants portugais, passionnés de musique philharmonique, pour divulguer à leur façon les musiques traditionnelles de leur pays d origine. La tâche était sans aucun doute ardue importer la culture musicale de leur pays dans leur nouvelle terre d accueil une terre souvent synonyme de travail et dans laquelle il fallait, malgré tout, faire une part belle aux loisirs et aux moments de détente. C était bien celui-là le but prier de cette institution quel beau projet celui de partager ensble une passion. Ce 25ème anniversaire est l occasion idéale de rercier, une nouvelle fois, tous ceux qui ont contribué à l existence de la Philharmonique Portugaise de Paris, et plus particulièrent ceux qui sont là depuis l origine et qui encore aujourd hui se font un plaisir de portugais ont égalent bénéficié d une aide matérielle de 35 euros, chacun. Par ailleurs, un service d accompagnent et de renseignent téléphoniques a été mis en service, auquel s ajoute depuis le mois d octobre une Permanence sociale hebdomadaire (les jeudis de 14h00 à 18h00), dans les nouveaux locaux de la Misericórdia: 7 avenue de la Porte de Vanves, Paris. Métro Porte de Vanves. En outre, afin de sensibiliser la communauté portugaise et les organismes participer aux différents concerts, fêtes et défilés. Un mot pour tous ceux qui sont passés par les rangs de notre institution: Merci. La passion et la ténacité ont su vaincre les nombreuses difficultés et le manque de moyens que l on peut rencontrer lorsque l on décide de mener à bien un tel projet associatif. Actuellent forte d un effectif de 42 musiciens, la Philharmonique Portugaise de Paris ne cesse d évoluer, de grandir aussi bien en nombre qu en qualité musicale. Il sble loin le tps où seule une quinzaine de musiciens se retrouvaient pour répéter mais le principal était là, se retrouver officiels, un colloque sur le thème Le flux des nouveaux immigrés fut organisé le 16 juin 2012, avec la présence de plusieurs dizaines de participants. Actuellent, la Misericórdia de Paris prépare une nouvelle campagne de solidarité - Unis pour réussir - qui se déroulera dans l esprit d aider les plus démunis, afin de recueillir des fonds et des denrées alimentaires. Au Gala-Dîner Spectacle de 2011, il y avait plus de 300 personnes. Cette année la Misericórdia de Paris organise aussi le Gala de Solidarité - Dîner Spectacle, le 24 novbre, à 20h00, dans la Salle Vasco de Gama, dans les installations de Radio Alfa (1 rue Vasco de Gama Créteil). En collaboration étroite avec plusieurs associations, communautés chrétiennes et la Radio Alfa, la campagne de recueil de denrées alimentaires aura lieu la prière quinzaine de décbre Infos: Teresa Poussier: et faire de la musique. Aujourd hui, et grâce à l implication des différents directions élues au cours de ces 25 années, la Philharmonique Portugaise de Paris est devenue un attrait pour les jeunes musiciens venant du Portugal et jouant dans les orchestres là-bas, pour preuve les 6 nouveaux musiciens qui sont venus nous rejoindre lors de la saison 2011/2012. L esprit de camaraderie et d entraide font de cet orchestre un lieu privilégié de partage et d amitiés. Son répertoire mêle subtilent des rapsodies, qui nous font voyager du nord au sud du Portugal, des pasodobles qui déclenchent de vives émotions chez le spectateur, des musiques plus légères connues de tous, des marches de procession qui ne peuvent que toucher ceux qui les écoutent La réputation de cette «Banda Filarmónica» grandi année après année et dépasse même les frontières, ses prestations sont notamment très appréciées au Portugal où elle s est déjà rendue à plusieurs reprises... avec moins de moyens que les harmonies locales, notre institution se permet d apporter un répertoire différent auquel le public est très réceptif Le bilan de ces 25 ans d existence est positif voire inespéré diront certains, la jeune doiselle qu est la Philharmonique Portugaise de Paris est arrivé à maturité et on ne peut lui souhaiter qu elle «vieillisse» bien. Des nouveaux projets devront être menés et certains rêves pourraient voir le jour, qui sait!!! avoir ses propres locaux, créer une école de musique interne, etc Viva a Divina Arte et Joyeux anniversaire. (*) José Cardina est le Président de la Philharmonique Portugaise de Paris lusojornal.com

17 le 21 novbre 2012 associações 17 Portugal convidado da MJC de Arbois (Jura) Carlos gonçalves recebeu medalha de arbois Por Chico Correia Como todos os anos acontece nesta época do ano, a Maison des Jeunes et de la Culture (MJC) de Arbois, no Jura, realiza uma manifestação colocando durante aproximadamente um mês, um país evidência. Este ano o país escolhido foi Portugal que de 29 de outubro até 23 de novbro, está presente com várias manifestações e exposições. Os pontos altos deste evento tiveram lugar no dia 30 de outubro, com uma exposição fotográfica e uma conferência sobre Lisboa pelo autor Michel Venus. De 6 a 23 de novbro, exposição de pintura e conferência sobre Portugal do século XXI realizada por Tânia Vieira Martins e no dia 9 de novbro, na sala Espace Pasteur, teve lugar a entrega da Medalha da cidade de Arbois pelo Maire daquela localidade ao Deputado (PSD) Carlos Gonçalves, seguido de um jantar tipicamente português e atuação do Grupo folclórico dos Portugueses de Saint Claude. Neste jantar, b à maneira portuguesa, depois de um aperitivo com bolinhos de bacalhau, rissóis e salada de polvo a acompanhar um vinho do Porto, o bacalhau assado com piripíri, a linguiça de Amarante, morcela de Montalegre, a alheira de Mirandela, foram os pratos escolhidos, regados com bons vinhos portugueses. Em sobresas, as doçuras portuguesas também estiveram presentes com os respetivos pastéis de nata, as tortas de laranja, o bolo mármore de Benfica do Chefe Tony, e o respetivo café. Aproximadamente 120 pessoas estiveram presentes neste jantar entre as quais as seguintes personalidades: Carlos Alberto Paixão, Embaixador do do Brasil e sua esposa, o Deputado francês Jean Marie Sermier, o Deputado português Carlos Gonçalves, Laurent Ry, Presidente da Câmara de Comércio local e representante do Aeroporto de Dôle-Tavaux, Bernard Amiens, Maire de Arbois, entre outros convidados. No dia 10 de novbro, teve lugar uma conferência sobre As mulheres da literatura portuguesa e brasileira, realizada por Sílvia Paixão e uma atuação do grupo de fados da Ulfe de Dijon. De louvar esta iniciativa da MJC de Arbois que além de dar a conhecer aos habitantes de Arbois, algumas amostras da cultura e da culinária do nosso país, faz também que haja melhor conhecimento dos usos e costumes de Portugal. Toulouse: s. martinho na Taberna d. José Por Vítor Oliveira Nascido Mossoró, Rio Grande do Norte (Brasil), a 29 de janeiro de 1963, Edy Los atuou no passado dia 11 de novbro na Taberna Dom José. O cantor de tas como Amigos para Spre ou Cheiro de Shampoo, atuou nas comorações das festas de S. Martinho, organizadas pelo proprietário, José Pereira. Inserido nas comorações de S. Martinho, o restaurante organizou no dia anterior um espetáculo acompanhado de jantar, e que o cantor teve oportunidade de proporcionar aos presentes uma noite ao som das melhores baladas. Já no dia 11, pelas 14h00, o aglomerado de participantes no magusto era imenso, pelo que o cantor Edy Los decidiu antecipar o inicio do seu espetáculo. Durante toda a tarde de domingo foi possível escutar o melhor das músicas portuguesas e brasileiras, e que muito animaram a sala Deputado Carlos Gonçalves Arbois Chico Correia José Pereira com alguns dos seus convidados DR repleta de pessoas. No magusto, todas as castanhas foram oferecidas pelo restaurante. Os quilos de castanhas consumidas foram grande número, fazendo lbrar aos presentes que o melhor dos sabores de Portugal veio até Toulouse. A Taberna Dom José, criada e construída por José Pereira 1997, situada no 22 Impasse Charles Fourrier, Toulouse (31), t como especialidades o melhor da gastronomia portuguesa (Bacalhau, Cozido à Portuguesa, Leitão à Bairrada, Arroz de marisco, Feijoada de marisco, Feijoada à Transmontana, Tripas à moda do Porto, Rissóis, Bolinhos de bacalhau, Espetada de lulas, etc). Confeciona também a b conhecida Francesinha, originária do norte do país. O restaurante t uma sala privada com pista de dança para comorar casamentos, aniversários, reuniões e cocktails. A sala t capacidade para 80 pessoas, tendo o restaurante ainda esplanada e parque de estacionamento privado! As reservas poderão ser efetuadas através do telefone Para qu quiser jantar ou almoçar diariamente, a Taberna Dom José, encontra-se aberta todos os dias, exceto ao domingo à noite, segundafeira, e terça-feira também à noite. No magusto estiveram ainda presentes o Vice Cônsul Toulouse, Joaquim Santos e o responsável do BPI na região, Vítor Oliveira. Na foto: Joaquim Santos, Edy Los, Vítor Oliveira, José Pereira e Paulo Santos, funcionário do Consulado de Portugal Toulouse. síntese as Violetas de Toulouse organizaram um magusto Por Vítor Oliveira O Grupo Folclórico Português As Violetas de Toulouse comorou o seu Magusto do passado dia 11 de novbro. Com a presença dos elentos do rancho, foi igualmente possível o convite a diversas pessoas exteriores ao mesmo. A tarde foi de muita castanha e confraternização. Este Magusto surge como culminar de um último mês bastante festivo para As Violetas de Toulouse. O grupo que comorou os seus 25 anos de existência no passado mês de outubro, pôde mais uma vez juntar atuais e antigos participantes do rancho, como já tinha feito no seu aniversário. A D. Rosa e a D. Glória (na foto), ambas Vice-Presidentes do Rancho, agradeceram a presença de todos, não esquecendo um apontamento especial para os assadores das castanhas, e constituintes do rancho. No Magusto esteve também presente o responsável do BPI Toulouse, Vítor Oliveira. PUB s. martinho nas Tricanas de Toulouse Por Vítor Oliveira A associação As Tricanas de Toulouse, fundada 2010, organizou a sua festa de S. Martinho no passado dia 11 de novbro, no salão de festas de Lafourguette, Toulouse (31). Com ensaios sanais à sexta-feira, no 195 route de Seysses, e com sede no 30 allée Henri, Toulouse-Lautrec, Colomiers, a associação t a orig do seu nome nas Tricanas da Póvoa do Varzim. Neste concelho do norte de Portugal, bastante ligado ao mar, o nome Tricana deriva do nome dado à mulher do pescador mais abastado, e que se encontrava habitualmente na pesca do bacalhau. Esta Tricana trajava spre melhor que a restante comunidade. Hoje dia, esta é uma zona rica grupos de Tricanas e Marchas de S. Pedro. A festa de S. Martinho contou com a presença do animador João Teclas, dos artistas Toni & Sónia, b como do grupo organizador. Estes tiveram oportunidade de animar uma sala s cadeiras vagas, e que por sua vez teve muita alegria e animação dos presentes. As castanhas foram muitas e de forma gratuita durante toda a tarde. A par do prato principal, todos os que quiseram acompanhar as castanhas tinham também um bar para poder confraternizar. Alguns elentos da Direção - Paula Marrafa (Presidente), Lourdes Novais (Vice-Presidente), João Soares (Tesoureiro) e Augusto Silva (Secretário) - agradeceram a todos os presentes, pela excelente participação no evento b como pela alegria donstrada durante toda a tarde de dança. Na tarde festiva esteve ainda presente Joaquim Santos, Vice-Cônsul de Portugal Toulouse, assim como o responsável pelo BPI na região, Vítor Oliveira. Prof DRA PUB Grande famille de médium Payent après résultats Vous êtes trompé(e) ou trahi(e), vous voulez connaître la verité. Je trouve la solution et interviens immédiatent. Harmonie du couple, séduction, amour, stress, maladie, travail, argent, désenvoûtent. Déplacent possible. Tél.:

18 18 associações le 21 novbre 2012 boa notícia Viva Cristo rei! Daqui a duas sanas começará o novo ano litúrgico e far-nos-á companhia o Evangelho de Lucas com a sua versão da Boa Notícia. No próximo domingo, o último com os textos de São Marcos, celebraros a Festa de Cristo Rei. É b estranho este rei que somos convidados a celebrar. Um rei s exércitos, n castelos, n armas. Um rei que é algado e conduzido diante de Pilatos, como um comum criminoso. O governador romano da Judeia conhece b as acusações que pesam sobre o jov carpinteiro; acusações de alta traição contra César, apresentadas pelas autoridades judaicas. Porém, diante deste pobre prisioneiro, elas parec tão descabidas, que Pilatos t de perguntar: «Tu és Rei?». Sabendo que a pena de morte (e morte de cruz) depende desta resposta, ela torna-se ainda mais surpreendente: «É como dizes: sou Rei. Para isso nasci e vim ao mundo, a fim de dar testunho da verdade». Mas afinal qu é este Rei? E qual é a verdade que Ele testunha? A sua realeza é de uma outra ord: da ord de Deus. É uma realeza que toca os corações e que, vez de produzir opressão e morte, produz vida e liberdade. Jesus é Rei e Messias, mas não veio impor a ninguém o seu reinado: veio apenas propor, anunciar, testunhar. O seu testunho é a verdade: a verdade de Deus e do amor incondicional e s medida que Ele derrama sobre o Hom, a fim de o fazer chegar à vida autêntica e definitiva. É esse amor que Jesus testunha com corag, mesmo diante das ameaças de morte. É esse amor que constrói, pouco a pouco, o novo Reino. Viva Cristo Rei! P. Carlos Caetano padrecarloscaetano.blogspot.com Sugestão de missa português: Rebeca, Sandrine Gibelin e Anjos da Noite levaram o público ao rubro Festa rija da radioportugas excedeu expectativas Por José Manuel Santos Foi com casa cheia que a Radioportugas realizou, na sala polivalente da vila de Saint Gilles-du-Gard, mais uma noite de espetáculo constituindo um importante elo de ligação entre a Comunidade portuguesa e a Comunidade francesa, reforçando laços de amizade, cumprindo assim o objetivo com que os organizadores se propuseram na realização deste evento. Com diversidade musical para todos os gostos, o grupo Anjos da Noite, vindo da Suíça, foi o primeiro a entrar palco com tas musicais populares portugueses, seguindo-se a cantora francesa Sandrine Gibelin com atuações voltadas para o romantismo e da preferência da camada menos jov, destacando-se com interpretações de Edith Piaf, e, a encerrar, Rebeca, ao ritmo das músicas de sucesso da artista, que proporcionou às centenas de espetadores presentes uma noite brilhante e morável, culminando com uma sessão de autógrafos, apesar do preço dos bilhetes ter sido considerado por alguns um pouco elevado. Considerada pelos responsáveis da radio como sendo a festa com melhor organização e de maior dimensão realizada até hoje os cerca de 450 convivas puderam ainda contar com a presença de Isabel Silva, Chanceler do Consulado de Portugal Marseille, Alain Gaido, Maire da vila saint-gilloise, Fernando Soares, Maire Adjunto de Saint-Gilles, Rosa da Costa, Maire Adjunta de Nîmes, Jorge Mendes Constante representação da MCL advogados de Marseille, Benjamim Costeira, promotor do Montepio Geral na região e Administrador da delegação à Comunidade portuguesa no Crédit Mutuel de Marseille, Lucinda Maria Tarde de festa la queue en Brie Por David Alves No passado dia 1 de novbro, na Maison pour Tous, route de Villiers, a Associação As Cantarinhas de La Queue-en-Brie (94) organizou um almoço seguido de música tradicional portuguesa. A festa começou meio-dia e continuou tarde dentro, tendo o tpo voado, tal era o ambiente vivido. O almoço, composto por aperitivo, entradas, Feijoada ou Frango assado, queijo, sobresas Rebeca foi estrela da noite Lusojornal / José da Silva (Marseille) e café, estava uma delícia. Em seguida as excelentes atuações de David e Abílio, e dos grupos Tradição e Rusgas do Minho com o GDCA Minho, completaram a tarde. Estiveram presentes mais de 100 pessoas numa sala onde o frio, que se fazia sentir no exterior, não entrou. Na foto os elentos que compõ a atual Direção de As Cantarinhas de La Queue-en-Brie, com muita juventude, e David Alves, Gerente da agência do Banco BPI de Champigny. Correia e José Novais, respetivamente promotora comercial e delegado regional do banco BPI de Lyon. Sobre as críticas aos preços dos bilhetes, Pedro Carvalho, Administrador da rádio, argumentou que a fixação dos valores dos ingressos depende dos patrocínios reunidos e dos montantes a pagar a cada artista, viagens, refeições, hotéis, o aluguer de som, luz e outras infraestruturas necessárias para poder levar a efeito um espetáculo com esta envergadura. O objetivo era ter baixado os preços das entradas abrindo a possibilidade a muitas famílias de Portugueses com magusto louveciennes Por Elsa Monteiro menos meios económicos e assim fazer desaparecer um pouco mais a barreira social entre aqueles que estão b e os que podiam estar melhor, afim de poder manter ligada a nossa Comunidade adiantou Serafim Ferreira, locutor e responsável dos locutores da radio, mas tal não foi possível face à dificuldade encontrar patrocinadores que permitiss praticar outro preço para os ingressos. Carla Saraiva, Diretora de programas, ratou fazendo um balanço positivo, agradecendo a todos os que estiveram envolvidos na realização deste evento pelo sucesso desta iniciativa, pela alegria que manifestaram, dando os parabéns pela festa se ter desenrolado s incidentes constituindo um momento marcante de muita convivência, num clima de paz, partilha de duas culturas e amizade franco-lusa. Os responsáveis da radio fizeram ainda um agradecimento final a todos os colaboradores, com especial destaque para António Silva, que veio da Bélgica, Daniel Martins, de Saint Gillesdu-Gard e Manuel Elias, da Suíça, pelo esforço, alma e dedicação dados na elaboração, realização e concretização do programa da festa. A Associação Cultural e Desportiva dos Portugueses de Louveciennes, Marly-le-Roi e arredores, organizou um Magusto, no passado dia 10 de novbro, Louveciennes, no Théâtre des Arches. Num espaço místico, repleto de carisma, o calor do assador, onde crepitavam as castanhas portuguesas e a simpatia dos cerca de 100 participantes, oriundos de várias zonas de Portugal, aqueceram o ambiente, para uma festa com muita música e alegria. O Grupo de Cantares da Associação também animou o Evento, com cantigas que faz parte da cultura portuguesa, fazendo lbrar diversas regiões do nosso cantinho à beira mar plantado. O Presidente da associação, Francisco Luciano Saraiva, parecia contente pelo decorrer do evento e pela presença na sala do Banco BPI, patrocinador do evento. Comunidade Católica Portuguesa da Paroisse de St. Joseph des Nations de Paris Xième 161 bis rue Saint Maur Paris Missa ao domingo às 9h30 magusto de os Cravos de Cahors Por Vítor Oliveira A Associação Franco Portuguesa Os Cravos de Cahors (46), organizou no passado dia 10 de novbro, o seu jantar anual de S. Martinho. A associação fundada janeiro de 2005, conta ainda hoje na atual Direção, com muitos dos elentos que a formaram. Os Cravos têm como objetivo a promoção das tradições e cultura portuguesas junto de toda a Comunidade, transportando com isso Portugal para junto dos Portugueses que habitam França. O jantar, seguido de festa, teve como local o Pavilhão de Prayssac, na região de Cahors. A todos os presentes foi servida uma típica vitela portuguesa, acompanhada das melhores castanhas de Portugal. Os cerca de 150 convidados tiveram ainda oportunidade de ouvir e dançar ao som da música da Banda de Pau. Antes do começo do espetáculo, na voz do seu Presidente, Diogo Albertino, a Direção agradeceu a todos os presentes, como por explo o responsável pelo BPI na região, Vítor Oliveira. Na foto: Sr. Rodrigues (cozinheiro), Diogo Albertino (Presidente), Vítor Oliveira (BPI), Domingos Carvalho (colaborador externo BPI Cahors). lusojornal.com

19 PUB

20 20 desporto le 21 novbre 2012 síntese Coupe de Paris: Vitória sofrida do lusitanos saint-maur Lusitanos Saint-Maur 2-1 Morangis Chilly Fc Em jogo a contar para a 3ª eliminatória da Taça de Paris, o Lusitanos sentiu dificuldades para ultrapassar o 9º classificado da DHR (uma divisão abaixo da equipa de Saint Maur). Os verderubros alcançaram a vitória já no prolongamento. No próximo domingo, o Lusitanos de Saint Maur regressa ao Campeonato e vai deslocar-se a Issyles-Moulineaux onde defrontará os Arménios do Ararat. Hóquei Patins nationale 1 elite: uma goleada inesperada La Vendeenne 6-0 RHC Lyon O RHC Lyon (que t um jogo a menos) registou a terceira derrota no Campeonato Nationale 1 Elite de Hóquei patins. A sua deslocação a La Roche-sur-Yon (Pays de la Loire) terminou catástrofe. A equipa treinada pelo Português Hélder Santos - que contou com três Portugueses campo: Luís Mendes, Gonçalo Favinha e Ricardo Silva - não conseguiu contrariar o jogo do adversário e foi sofrendo golo atrás de golo. O período negro do encontro verificouse entre os 32 e os 35 minutos. Nestes 3 minutos, os Lyonnais encaixaram 3 golos. O RHC Lyon ocupa o 9º lugar entre as 12 equipas que compõ o Campeonato. Futebol finino ris orangis t equipa de futebol finino Por Nuno Gomes Garcia Paulo Rodrigues, um lusodescendente de 44 anos, é Presidente do US de Ris Orangis Portugais. O USROP é um clube fundado 1974 e que conta nas suas fileiras com 240 atletas federados, divididos por 9 categorias, das escolinhas aos veteranos. O clube recebe uma subvenção anual da Mairie e mantém uma boa relação com os eleitos locais, afirma o Presidente natural de Ris Orangis, pois, convém salientar que nós funcionamos também como associação cultural e organizamos eventos que vão para além do futebol, conclui. A equipa finina, treinada por Belgareh Bassim e capitaneada por Andreia Carvalho, é constituída por 18 atletas, entre as quais se encontram 7 Portuguesas. LusoJornal: Quais os motivos que levaram o clube a apostar no futebol finino? Paulo Rodrigues: Nós já tos raparigas a jogar com os rapazes. Por isso, pareceu-nos lógico que tentássos constituir uma equipa finina de maneira a que essas jovens atletas continuass a desenvolver-se desportivamente no seio do nosso clube. Por outro lado, nós tos, a cada nova época, de elaborar um projeto a fim de obter uma subvenção da DDJS. O senhor Jorge Dier, Presidente da Comissão de finanças, alertou-nos para esta possibilidade. Nessa mesma noite, a minha filha desmultiplicou a mensag através do Facebook. Dois dias depois, nós já tínhamos uma dezena de interessadas. Eis como tudo começou. la st martin du Val d yerres Un vrai succès. Plus de 400 personnes ont participé samedi soir à la soirée des châtaignes à Crosne (91). Venus de tout le Val d Yerres mais aussi bien au delà: Corbeil, Boissy-St- Leger, Montgeron, Limeil, Pontault- Combaut, Paris, Santeny, Vigneux et Villeneuve St Georges. A l occasion de l ouverture, la Présidente de l association, Marie-Hélène Euvrard, a profité pour inviter l assblée à être toujours plus citoyenne notamment en s inscrivant sur les listes électorales et a rappelé aussi l importance de l enseignent du portugais. Les élus présents - Alain Girard, Maire de Crosne, Marylène Laug, son Adjointe à la vie associative, Bruno Gallier, prier Adjoint de Brunoy, François Durovray, Conseiller régional, Paulo Pisco, Député portugais élu par les Communautés portugaises en Europe - ont appuyé les enjeux d une Equipa finina do US de Ris Orangis Portugais DR telle démarche. Ils se sont étonnés du nombre de participants, soulignant la bonne ambiance et la qualité de l organisation. Un tps de convivialité et d émotion notamment quand la chanteuse portugaise crosnoise Natália, a entonné «Grândola Vila Morena», la foule debout a vibré en chœur. Un tps où les participants ont pu LusoJornal: O clube pretende apostar no futebol finino sénior ou nas camadas jovens? Ou nas duas vertentes? Paulo Rodrigues: Tendo vista o crescente interesse com que se olha para o futebol finino, tanto dos próprios atletas, como do público e da Mairie, nós tos todo o interesse desenvolver o futebol finino como uma verdadeira estrutura, isso implica passar pelas camadas jovens. LusoJornal: Em que Campeonato irá competir a equipa? Paulo Rodrigues: A equipa já começou no dia 13 de novbro a disputar o Campeonato da liga de Paris de futebol de 7 sénior. LusoJornal: Quais os objetivos desportivos? Paulo Rodrigues: Nós tos muitos pedidos de inscrições. Vamos, numa primeira fase, passar ao futebol de 11 e depois logo se verá. aussi apprécier le stand librairie de João Heitor. Cette soirée s est terminée par un bal très animé par l orchestre Copakabana où certains français ont fait leurs priers pas de danses portugaises. Les organisateurs ont certes quelque peu stressés à l idée de pouvoir accueillir tout ce monde (180 kg de châtaignes, 80 kg de chorizo ) mais une fois de plus ravis de voir les participants si heureux de cette soirée. Ils se sont déjà donnés rendez-vous pour le 31 décbre, pour fêter le nouvel an. Par ailleurs Marie-Hélène Euvrard (Vice Présidente de la CCPF) a annoncé le grand rassblent de la Communauté portugaise de l Essonne, les 20 et 21 avril, sur la Base de Loisirs Draveil-Vigneux, organisé en partenariat avec le Conseil Général 91, la CCPF, la CCIFP et Radio Alfa. PUB Festa da Castanha deuil-la-barre Por Mário Cantarinha A Festa da Castanha teve lugar no fim de sana passado Deuil-la- Barre (95), organizada pela associação Cordas e Tradições. No sábado foi organizado um jantar para agradecimento de todos quantos ajudam a associação durante o ano, e no domingo a sala cedida pela Mairie de Deuil-la-Barre, estava repleta. A associação não t grupo folclórico, porque ainda não encontramos condições para o fazer explica ao LusoJornal um dos seus mbros, o sr. Lopes. Mas organiza diferentes festas durante o ano, como por explo um Festival de folclore e a Festa da Sardinha. LusoJornal / Mário Cantarinha A associação foi criada a apenas 4 anos e os eventos que organizam, serv para angariação de fundos para comprar instrumentos e um dia criar um grupo folclórico. A tarde foi animada por quatro jovens acordeonistas, com uma atuação de 30 minutos cada um. Os primeiros foram Kevim e Jerémy, seguiu-se Tiago e depois Gigi, quatro jovens entre os 13 e os 16 anos. Depois das concertinas, chegou o momento do folclore propriamente dito, com os grupos Tradições do Alto e Baixo Minho de Montlhéry, Flor do Lima de Villiers-le-Bel, Borda d Água de Chaville e Os Atlânticos de Créteil. Durante o Festival foram distribuídas castanhas a todo o público presente. Para finalizar a festa, o Dj Fresh fez dançar o público numeroso que ficou na sala mesmo depois do fim da apresentação dos grupos de folclore.

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire.

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Caros pais, A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Esta iniciativa insere-se no âmbito de um projeto

Leia mais

Agradeço muito o convite que me foi endereçado para encerrar este XI Congresso da Ordem dos Revisores Oficias de Contas.

Agradeço muito o convite que me foi endereçado para encerrar este XI Congresso da Ordem dos Revisores Oficias de Contas. Senhor Bastonário da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas, Dr. José Azevedo Rodrigues; Senhor Vice-Presidente do Conselho Diretivo da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas e Presidente da Comissão Organizadora

Leia mais

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO 1 ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA REALIZADA NO DIA DEZASSEIS DO MÊS DE OUTUBRO DO ANO DE DOIS MIL E TREZE Após a instalação dos respetivos órgãos municipais, o Sr. Presidente da Assembleia Municipal cessante

Leia mais

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos PAAES 2ª ETAPA SUBPROGRAMA 2011/2014 24 de fevereiro de 2013

Leia mais

VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA

VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA CAPA VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA Uma região Uma cidade Muitas vontades Alfredo da Silva 1987-1990 Luis Filipe 1991-1996 Luis Veiga 1997-2002 João Fernandes Antunes 2003-2008 Jorge Martins 2009-2011 Vitor

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS. Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS. Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas Aviso n.º 6326/2003 (2.ª série). O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas faz publicar por círculos

Leia mais

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv Jornal Comunicar Administração Pública Governo de Cabo Verde Edição Gratuita Mensal nº18 Setembro de 2010 Edição Especial www.governo.cv www.governo.cv PAPA Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano

Leia mais

31º Curso Normal de Magistrados para os Tribunais Judiciais

31º Curso Normal de Magistrados para os Tribunais Judiciais A 796 Neuza Soraia Rodrigues Carvalhas Direito e Processual 729 Maria Teresa Barros Ferreira Direito e Processual 938 Rute Isabel Bexiga Ramos Direito e Processual 440 Inês Lopes Raimundo Direito e Processual

Leia mais

DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011

DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011 DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011 2 MENSAGEM DO CHEFE DE CONTINGENTE Meus caros Caminheiros, Companheiros e Dirigentes... Mais uma vez, uns quantos de nós, terão oportunidade

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

Relatório de atividades 2012

Relatório de atividades 2012 Associação Nacional de Proprietários Propriedade e Liberdade. Relatório de atividades 2012 Direção da ANP 9-Mai-2013 Para cumprimento da alínea h) do art.º 25.º dos Estatutos, apresentamos o Relatório

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003 Intervenção de Sua Excelência a Ministra da Ciência e do Ensino Superior, na II Reunião Ministerial da Ciência e Tecnologia da CPLP Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Rio de Janeiro, 5 de Dezembro

Leia mais

FRANCÊS INSTRUÇÕES 1 - ESTA PROVA CONTÉM 1 (UM) TEXTO SEGUIDO DE QUESTÕES DE COMPREENSÃO 2 - ESCOLHA E ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA, SEMPRE DE ACORDO COM O TEXTO EXISTE-T-IL DES RECETTES POUR ÊTRE HEUREUX?

Leia mais

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Ses objectifs / OBJECTIVOS Éduquer pour vivre ensemble -> Educar para viver juntos Portugais Português Instruire pour comprendre aujourd hui, construire

Leia mais

CONVÍVIO. M a r ç o 2 0 1 4. N ú m e r o 5 7. Associação de Apoio Social Nossa Senhora das Neves - IPSS NESTA EDIÇÃO:

CONVÍVIO. M a r ç o 2 0 1 4. N ú m e r o 5 7. Associação de Apoio Social Nossa Senhora das Neves - IPSS NESTA EDIÇÃO: CONVÍVIO N ú m e r o 5 7 M a r ç o 2 0 1 4 Associação de Apoio Social Nossa Senhora das Neves - IPSS Praceta da Saudade, 22 Manique de Baixo 2645-614 Alcabideche Telefones: 21 444 12 34 21 445 80 94 E-mail:

Leia mais

visão global do mundo dos negócios

visão global do mundo dos negócios Senhor Primeiro Ministro Senhor Ministro da Saúde Senhor Presidente da AM Senhor Presidente do CA da Lenitudes Senhores Deputados Srs. Embaixadores Srs. Cônsules Senhores Vereadores e Deputados Municipais

Leia mais

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica.

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. 2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. Cinq mémoires sur l instruc1on publique (1791). Présenta@on, notes, bi- bliographie et chronologie part Charles Coutel et Catherine

Leia mais

Discurso do Secretário de Estado do Emprego. Octávio Oliveira. Dia Nacional do Mutualismo. 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa

Discurso do Secretário de Estado do Emprego. Octávio Oliveira. Dia Nacional do Mutualismo. 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa Discurso do Secretário de Estado do Emprego Octávio Oliveira Dia Nacional do Mutualismo 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa Muito boa tarde a todos! Pretendia começar por cumprimentar o Senhor Presidente

Leia mais

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica da PUC-Rio como requisito

Leia mais

IISEMANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA

IISEMANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA INSTITUTO DA CONSTRUÇÃO E DO IMOBILIÁRIO IISEMANA DARE- ABILITAÇÃO ASSIMFOI URBANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA C o n f e r ê n c i a s E x p o s i

Leia mais

Projeto de Resolução n.º 548/XII/2.ª

Projeto de Resolução n.º 548/XII/2.ª PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar Projeto de Resolução n.º 548/XII/2.ª Recomenda ao Governo a manutenção da carga letiva da disciplina de Educação Física no currículo do 3º ciclo do ensino

Leia mais

2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS. Lisboa, 9 e 10 de julho de 2015. Sessão de Abertura. António Saraiva, Presidente da CIP

2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS. Lisboa, 9 e 10 de julho de 2015. Sessão de Abertura. António Saraiva, Presidente da CIP 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS Lisboa, 9 e 10 de julho de 2015 Sessão de Abertura António Saraiva, Presidente da CIP Bom Dia, Senhoras e Senhores Embaixadores, Senhores Representantes

Leia mais

CAFEZINHO BRASILEIRO A5

CAFEZINHO BRASILEIRO A5 1 PRONOMES (adjetivo) DEMONSTRATIVOS Déterminant Démonstratifs Oi Paulo, esse bola é do seu filho? Salut Paulo, ce balon est à ton fils? Sim, é dele. Oui, c est à lui. Les déterminants démonstratifs (pronomes

Leia mais

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840721 ADRIANA XAVIER DA SILVA FERNANDES 38 Pré-A1 PT1840722 ALEXANDRA FILIPA AZEVEDO SANTOS 52 A1 PT1840723

Leia mais

Novembro 2008. XXXIV Congresso APAVT - Macau

Novembro 2008. XXXIV Congresso APAVT - Macau Novembro 2008 XXXIV Congresso APAVT - Macau Revista de Imprensa 12-12-2008 1 - RTP 1, 23-11-2008, Férias no Natal 2 - Expresso, 22-11-2008, Portugal vendido na Ásia 3 - Jornal de Notícias, 22-11-2008,

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014 5º1 1 ANA CATARINA R FREITAS SIM 2 BEATRIZ SOARES RIBEIRO SIM 3 DIOGO ANTÓNIO A PEREIRA SIM 4 MÁRCIO RAFAEL R SANTOS SIM 5 MARCO ANTÓNIO B OLIVEIRA SIM 6 NÁDIA ARAÚJO GONÇALVES SIM 7 SUNNY KATHARINA G

Leia mais

III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE. Díli, Timor-leste. 20 a 23 de Setembro de 2011

III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE. Díli, Timor-leste. 20 a 23 de Setembro de 2011 III ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA CPLP (AP CPLP) PARLAMENTO NACIONAL DE TIMOR-LESTE Díli, Timor-leste 20 a 23 de Setembro de 2011 1 Enquadramento Teve lugar, em Díli (República Democrática de Timor - Leste),

Leia mais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Cascais, 23 de junho de 2015 Declaração de Cascais Os Ministros responsáveis pela Energia da Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES

SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES Hilmar, Califórnia, 29 de Agosto de 2014 Intervenção do Presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro Começo

Leia mais

Estatutos da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E. P. E.

Estatutos da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E. P. E. Estatutos da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E. P. E. DIPLOMA / ATO : Decreto-Lei n.º 229/2012 NÚMERO : 208 SÉRIE I EMISSOR: Ministério dos Negócios Estrangeiros SUMÁRIO: Aprova

Leia mais

Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna e Oficiais de Ligação de Imigração

Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna e Oficiais de Ligação de Imigração Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna e Oficiais de Ligação de Imigração Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna A existência de Oficiais de Ligação do Ministério

Leia mais

ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR. RUI MARIA DE ARAÚJO POR OCASIÃO DA ABERTURA DA XIV CONFERÊNCIA DOS MINISTROS DA JUSTIÇA DA CPLP

ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR. RUI MARIA DE ARAÚJO POR OCASIÃO DA ABERTURA DA XIV CONFERÊNCIA DOS MINISTROS DA JUSTIÇA DA CPLP ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR. RUI MARIA DE ARAÚJO POR OCASIÃO DA ABERTURA DA XIV CONFERÊNCIA DOS MINISTROS DA JUSTIÇA DA CPLP A propriedade da terra como fator de desenvolvimento Salão

Leia mais

ALCATEIA ACAGRUP 2014 - SIERRA NORTE - MADRID - ESPANHA PARTICIPANTES: 26 60% INCIDÊNCIA NO GRUPO 20%

ALCATEIA ACAGRUP 2014 - SIERRA NORTE - MADRID - ESPANHA PARTICIPANTES: 26 60% INCIDÊNCIA NO GRUPO 20% ALCATEIA Sec NIN NOME NIN NOME Lob 1215050143005 Alice Neto Santos Nascimento 1215050143015 Afonso da Fonseca Machado Lob 1215050143010 Amélia Maria Mesquita Aleixo Alves 1115050143010 Afonso Jesus Dias

Leia mais

Aproximam-se duas datas muito especiais. Mensagem do Presidente

Aproximam-se duas datas muito especiais. Mensagem do Presidente NOTÍCIAS DO MUTUALISMO Informação Quinzenal Edição n.º 55 - II Série 15 de outubro de 2014 Mensagem do Presidente Aproximam-se duas datas muito especiais para o Mutualismo e para os Mutualistas, a Comemoração

Leia mais

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA Por iniciativa da Confederação Empresarial da CPLP e das associações empresariais dos PALOP, realizou-se em Luanda, República de Angola, a 17 de Julho de 2014, o Fórum

Leia mais

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E FRANCÊS 12.ºANO NÍVEL DE CONTINUAÇÃO PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 20 minutos para cada grupo de dois alunos. Domínios de referência

Leia mais

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL A: Tous les acteurs de la filière du Commerce Equitable certifiés pour la mangue, la banane, la pulpe d araza / Produtores e Comerciantes certificados da manga, da banana e da polpa de araza de CJ Tous

Leia mais

PROJECTO - FRANCHISING SOCIAL POTENCIADO PELO

PROJECTO - FRANCHISING SOCIAL POTENCIADO PELO PROJECTO - FRANCHISING SOCIAL POTENCIADO PELO MARKETING SOCIAL DESENVOLVIDO PELA CÁRITAS EM PARCERIA COM A IPI CONSULTING NETWORK PORTUGAL As virtualidades da interação entre a economia social e o empreendedorismo

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SECRETÁRIO DE ESTADO ADJUNTO E DA DEFESA NACIONAL PAULO BRAGA LINO COMEMORAÇÕES DO DIA DO COMBATENTE, EM FRANÇA

INTERVENÇÃO DO SECRETÁRIO DE ESTADO ADJUNTO E DA DEFESA NACIONAL PAULO BRAGA LINO COMEMORAÇÕES DO DIA DO COMBATENTE, EM FRANÇA INTERVENÇÃO DO SECRETÁRIO DE ESTADO ADJUNTO E DA DEFESA NACIONAL PAULO BRAGA LINO COMEMORAÇÕES DO DIA DO COMBATENTE, EM FRANÇA Richebourg/La Couture, 13 de abril de 2012 Monsieur le Préfet du Pas-de-Calais

Leia mais

COMÉRCIO, TURISMO E ARRENDAMENTO OS DÍNAMOS DA REABILITAÇÃO URBANA

COMÉRCIO, TURISMO E ARRENDAMENTO OS DÍNAMOS DA REABILITAÇÃO URBANA COMÉRCIO, TURISMO E ARRENDAMENTO OS DÍNAMOS DA REABILITAÇÃO URBANA 23 de Outubro 14h30 Comércio, Turismo e Arrendamento. Os Dínamos da Reabilitação Urbana VIVERA REABI LITAÇÃO DE 23 A 25 OUTUBRO 2014 BRAGA

Leia mais

Golden Residence Permit Program BES IMÓVEIS AREA GESTÃO IMOBILIÁRIA

Golden Residence Permit Program BES IMÓVEIS AREA GESTÃO IMOBILIÁRIA Golden Residence Permit Program BES IMÓVEIS AREA GESTÃO IMOBILIÁRIA Em que consiste, razões para a existência do programa e benefício principal Quem pode beneficiar do programa Como beneficiar do programa

Leia mais

CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ORDEM DE TRABALHOS

CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ORDEM DE TRABALHOS CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA Ao abrigo do n.º 5 e do n.º 2 do artigo 17º, dos artigos 16º, 34º e da alínea a) do n.º 2 do artigo 23º dos Estatutos, convoco os senhores Associados para uma

Leia mais

SOCIOLOGIA, PROBLEMAS E PRÁTICAS, LISBOA, CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E ESTUDOS DE SOCIOLOGIA

SOCIOLOGIA, PROBLEMAS E PRÁTICAS, LISBOA, CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E ESTUDOS DE SOCIOLOGIA SOCIOLOGIA, PROBLEMAS E PRÁTICAS, LISBOA, CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E ESTUDOS DE SOCIOLOGIA ACESSO AOS TEXTOS INTEGRAIS DOS N.º 34-54 (http://www.scielo.oces.mctes.pt/scielo.php?script=sci_issues&pid=0873-6529&lng=pt&nrm=iso)

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS 9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS conceito O futebol, fonte de paixão e emoção, continua a potenciar extremismos

Leia mais

1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1. 3. (PT) - Diário Económico, 25/09/2012, Unicer antecipa crescimento de 15% das vendas em Angola 5

1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1. 3. (PT) - Diário Económico, 25/09/2012, Unicer antecipa crescimento de 15% das vendas em Angola 5 Tema de pesquisa: Internacional 25 de Setembro de 2012 Revista de Imprensa 25-09-2012 1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1 2. (PT) - Jornal de Negócios - Negócios Mais, 25/09/2012, Bluepharma

Leia mais

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28 LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600 Horário 28 Graduação Profissional Nº Candidato Nome 24,508 4716699811 Vanda Isabel do Vale Silva Almeida 24,203 8219102942 Cristina Maria da

Leia mais

Novos rumos para os produtos ibéricos.

Novos rumos para os produtos ibéricos. Novos rumos para os produtos ibéricos. 28 a 30 de Novembro Centro de Convenções -Ceará-Brasil A sua grande oportunidade de exportar para a região que mais cresce no Brasil. A IBERIA EXPO 2012 é uma iniciativa

Leia mais

Conclusões Fórum Portugal Sou Eu

Conclusões Fórum Portugal Sou Eu Conclusões Fórum Portugal Sou Eu Ministro da Economia lança desafio aos empresários para que façam do Portugal Sou Eu um catalisador da economia Lanço um apelo aos empresários e produtores aqui presentes,

Leia mais

ANEXOS. Decisão de Execução da Comissão

ANEXOS. Decisão de Execução da Comissão COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 4.9.2014 C(2014) 6141 final ANNEXES 1 to 4 ANEXOS da Decisão de Execução da Comissão que estabelece a lista de documentos comprovativos a apresentar pelos requerentes de visto

Leia mais

25 Anos na União Europeia 25 Anos de Instituto Europeu. Onde estamos? Para onde vamos? Congresso Internacional

25 Anos na União Europeia 25 Anos de Instituto Europeu. Onde estamos? Para onde vamos? Congresso Internacional Organização: 25 Anos na União Europeia 25 Anos de Instituto Europeu Onde estamos? Para onde vamos? Congresso Internacional 28, 29 e 30 de Nov. de 2011 Auditório da Faculdade de Direito da Universidade

Leia mais

COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA. Ata da Quarta Reunião

COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA. Ata da Quarta Reunião ELEIÇÃO PARA OS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO DE ESTUDANTES DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO COMISSÃO ELEITORAL REDUZIDA Ata da Quarta Reunião Ao sexto dia do mês de novembro de dois mil

Leia mais

Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva Nº Escola: 171888 Nº Horário: 51

Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva Nº Escola: 171888 Nº Horário: 51 Nº Horário: 51 4625160693 Sofia Margarida Santos Ferreira Admitido 7197226139 Mónica Sofia Jesus Mateus Admitido 6392341730 Gonçalo Jorge Fernandes Rodrigues Fiúza Admitido 7816555741 Dora Maria Gonçalves

Leia mais

DIPLOMACIA Introdução

DIPLOMACIA Introdução DIPLOMACIA Introdução Ao longo dos tempos, o pensamento político e o pensamento jurídico sempre foram o reflexo das relações entre os homens, os povos, os Estados e as Nações. Foram se operando constantemente

Leia mais

1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1. 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2

1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1. 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2 Radios_25_Maio_2015 Revista de Imprensa 1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2 3. PS quer alterar o Código do IVA,

Leia mais

A água é um fator chave para o desenvolvimento sustentável. Precisamos dela para a saúde, segurança alimentar e progresso económico

A água é um fator chave para o desenvolvimento sustentável. Precisamos dela para a saúde, segurança alimentar e progresso económico A Parceria Portuguesa para a Água e a empresa municipal Águas do Porto organizam, nos dias 7 e 8 de maio, no Teatro Rivoli, a conferência Água para o Desenvolvimento Pontes e Parcerias nos Países de Língua

Leia mais

Ata n.º 13/2015 de 01/07/2015

Ata n.º 13/2015 de 01/07/2015 --------------------------------------- ATA N.º 13/2015 --------------------------------------- -------- Ao dia 1 do mês de julho de 2015, pelas 10h, no Salão Nobre dos Paços do Município de Celorico da

Leia mais

Data: 2 Fevereiro 2012

Data: 2 Fevereiro 2012 Data: 2 Fevereiro 2012 Assunto: Agrocluster Página: 18 e 19 Assunto: Agrocluster recebe selo Bronze Página: 23 Data: 2 Fevereiro 2012 Data: 1 Março 2012 Assunto: Agrocluster e Inovcluster articulam projetos

Leia mais

GLOCAL 2012 PENSAR GLOBAL, AGIR LOCAL

GLOCAL 2012 PENSAR GLOBAL, AGIR LOCAL GLOCAL 2012 PENSAR GLOBAL, AGIR LOCAL IV CONFERÊNCIA DE AGENDA 21 E SUSTENTABILIDADE LOCAL SEIA, 11 E 12 DE OUTUBRO DE 2012 PROGRAMA [VERSÃO 25SET2012] DEBATE «(DE)CRESCIMENTO?!» VISITAS «ECONOMIA LOCAL»

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA ALBERTO CHIPANDE Rua: Correia do Brito, N º 952, Ponta - Gêa / Telefax n º 843366531 Gabinete do Reitor

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA ALBERTO CHIPANDE Rua: Correia do Brito, N º 952, Ponta - Gêa / Telefax n º 843366531 Gabinete do Reitor INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA ALBERTO CHIPANDE Rua: Correia do Brito, N º 952, Ponta - Gêa / Telefax n º 843366531 Gabinete do Reitor IV CERIMÓNIA DE GRADUAÇÃO DISCURSO DO REITOR DO ISCTAC

Leia mais

Ana Maria Be encourt 1

Ana Maria Be encourt 1 ABERTURA Ana Maria Be encourt 1 Senhor Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Senhor Embaixador Presidente da Comissão Nacional da UNESCO, Senhora Secretária Regional da Educação

Leia mais

Relatório da visita da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação ao Porto, nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2013

Relatório da visita da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação ao Porto, nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2013 Relatório da visita da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação ao Porto, nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2013 20 de fevereiro de 2013 Índice 1 Objetivo da visita... 3 2 Delegação... 3 3 Visita

Leia mais

Ata nº2/7 de fevereiro2014 Página 1 / 7

Ata nº2/7 de fevereiro2014 Página 1 / 7 ----------------------------- ATA N.º 2/7 fevereiro 2014 ----------------------------------- ----- Aos sete dias do mês de fevereiro de dois mil e catorze, pelas vinte e uma horas e trinta minutos, no

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13008 10 E Técnico de Instalações Elétricas Carlos Jorge Oliveira Rodrigues Escola Secundária de São Pedro do Sul 13791 10 E Técnico de Instalações Elétricas Daniel dos Santos Rodrigues Escola Secundária

Leia mais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais 7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 Aux fins de l application de l article 6, paragraphe 5, les autorités compétentes sont le commandant en chef de la police («Komendant

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

Realizar exames supletivos com o apoio da representação diplomática brasileira

Realizar exames supletivos com o apoio da representação diplomática brasileira Propostas da Comunidade Brasileira na Bélgica para a II Conferência Brasileiros no mundo, Palácio do Itamaraty, Rio de Janeiro, dias 14, 15 e 16 de Outubro de 2009 Considerando os Documentos propositivos

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES E CONTAS

RELATÓRIO DE ATIVIDADES E CONTAS RELATÓRIO DE ATIVIDADES E CONTAS 2014 INDÍCE 1. INTRODUÇÃO 2. VOTOS DE AGRADECIMENTO 3. PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DO MINIGOLFE E APOIO PARA FORMAÇÃO NOS CLUBES 4. ORGANIZAÇÃO DE ESTRUTURAS DE APOIO ÀS

Leia mais

Projeto Linguístico de Francês. Visita de Estudo Cultural

Projeto Linguístico de Francês. Visita de Estudo Cultural Projeto Linguístico de Francês Ano lectivo 2011-12 Visita de Estudo Cultural 1- PORQUÊ ESTUDAR FRANCÊS? A língua francesa é importante para o estudo e pesquisa em várias áreas do conhecimento, incluindo

Leia mais

solução BeM-vindo * (*) Oferta gratuita durante o 1º ano Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin.

solução BeM-vindo * (*) Oferta gratuita durante o 1º ano Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin. * solução BeM-vindo * (*) Oferta durante o 1º ano Toujours plus proche de ceux qui veulent aller plus loin. BCP Bem-vindo Descubra a nossa solução ** para recém-chegados ao Luxemburgo! Gestão conta corrente

Leia mais

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto As Jornadas de Educação Pelo Desporto alinham-se com os objetivos gerais do Diálogo Estruturado na área da juventude, uma vez que

Leia mais

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS)

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS) Sala B5 KFS ALEXANDRE DE ALMEIDA SILVA ALEXANDRE HENRIQUE DA ROCHA OLIVEIRA ALEXANDRE MIGUEL DE ALMEIDA PEREIRA ALEXANDRE SILVA FIGUEIREDO ANA CATARINA GOMES MOREIRA ANA CATARINA MARQUES GOMES ANA MARGARIDA

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DE CAPARICA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO GERAL. Acta número nove

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DE CAPARICA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO GERAL. Acta número nove ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DE CAPARICA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO GERAL Acta número nove Aos oito dias do mês de Setembro, do ano de dois mil e onze, realizou-se a nona reunião ordinária do Conselho

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013 14870896 ANA CATARINA DE JESUS RIBEIRO Não colocada 14583084 ANA CATARINA DA ROCHA DIAS Não colocada 14922639 ANA CATARINA SOARES COUTO Colocada em 7230 Instituto Politécnico do Porto - Escola Superior

Leia mais

Instituto Marista Hoje. Armando Luiz Bortolini

Instituto Marista Hoje. Armando Luiz Bortolini Instituto Marista Hoje Armando Luiz Bortolini IRMÃOS MARISTAS HOJE DIMENSÃO EDUCATIVA E MARIAL INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS Fundador: S. Marcelino J. B. Champagnat Fundação

Leia mais

CARTA INTERNACIONAL DO 17 DE OUTUBRO. Dia Mundial da Erradicação da Miséria

CARTA INTERNACIONAL DO 17 DE OUTUBRO. Dia Mundial da Erradicação da Miséria CARTA INTERNACIONAL DO 17 DE OUTUBRO Dia Mundial da Erradicação da Miséria reconhecido pelas Nações Unidas como Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza Junho de 2013 CARTA INTERNACIONAL DO 17 DE

Leia mais

A Participação Cívica dos Jovens

A Participação Cívica dos Jovens A Participação Cívica dos Jovens 2 Parlamento dos Jovens 2009 Nos dias 25 e 26 de Maio de 2009, realizou-se em Lisboa, no Palácio de São Bento, a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens 2009 do Ensino

Leia mais

Câmara Municipal de Santa Maria da Feira Aviso n.º 1/2015 OFERTA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS - PEPAL 5ª EDIÇÃO

Câmara Municipal de Santa Maria da Feira Aviso n.º 1/2015 OFERTA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS - PEPAL 5ª EDIÇÃO Câmara Municipal de Santa Maria da Feira Aviso n.º 1/2015 OFERTA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAIS - PEPAL 5ª EDIÇÃO O Município de Santa Maria da Feira, no âmbito do Programa de Estágios Profissionais na Administração

Leia mais

InfoContab n.º 11/2006 (Nota Informativa) Luca Pacioli

InfoContab n.º 11/2006 (Nota Informativa) Luca Pacioli Página 1 de 6 Infocontab De: "Infocontab.com.pt" Enviado: terça-feira, 18 de Abril de 2006 17:38 Assunto: InfoContab n.º 11/2006 InfoContab n.º 11/2006 (Nota Informativa) Luca

Leia mais

Disciplina Turma Dia Hora início Duração Sala Docente Curso Informações. Maria Teresa dos Reis Pedroso de Lima

Disciplina Turma Dia Hora início Duração Sala Docente Curso Informações. Maria Teresa dos Reis Pedroso de Lima Segunda-feira 08:30 1h Anfiteatro 1.1 Quinta-feira 08:30 1h Anfiteatro 1.1 Terça-feira 11:30 1h Anfiteatro 3.1 Quinta-feira 10:30 1h Anfiteatro 3.1 Maria Teresa dos Reis Pedroso de Lima Maria Teresa dos

Leia mais

Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (com revisões de São Tomé/2001, Brasília/2002, Luanda/2005, Bissau/2006 e Lisboa/2007) Artigo 1º (Denominação) A Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

Bem vindos a este novo passo do projeto CIP - FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA.

Bem vindos a este novo passo do projeto CIP - FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA. CIP FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA UM NOVO PASSO Seminário 16 de abril de 2012 Intervenção do Presidente da CIP Bem vindos a este novo passo do projeto CIP - FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA.

Leia mais

INQUÉRITO PARLAMENTAR N.º 3/XII/1ª

INQUÉRITO PARLAMENTAR N.º 3/XII/1ª INQUÉRITO PARLAMENTAR N.º 3/XII/1ª COMISSÃO EVENTUAL DE INQUÉRITO PARLAMENTAR À GESTÃO E À ALIENAÇÃO DO BANCO PORTUGUÊS DE NEGÓCIOS, S.A. [BPN] 1. Através do Decreto-Lei n.º 96/2011, de 19 de Agosto, com

Leia mais

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra. Senhor Representante de Sua Excelência o Presidente da República, General Rocha Viera, Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Leia mais

7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS

7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS UMA INICIATIVA INTEGRADA NA: URBAVERDE FEIRA DAS CIDADES SUSTENTÁVEIS ª 7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS ARRENDAMENTO E REABILITAÇÃO: DINAMIZAR O MERCADO, REGENERAR A CIDADE 12 de Abril de

Leia mais

Conferência Internacional Os Regimes Cambiais face aos Desafios da Economia de Cabo Verde

Conferência Internacional Os Regimes Cambiais face aos Desafios da Economia de Cabo Verde Conferência Internacional Os Regimes Cambiais face aos Desafios da Economia de Cabo Verde (No Âmbito das Comemorações dos 10 Anos da Assinatura do Acordo de Cooperação Cambial) SESSÃO DE ABERTURA Intervenção

Leia mais

CAFEZINHO BRASILEIRO A7

CAFEZINHO BRASILEIRO A7 1 VERBOS REGULARES -ER e -IR Verbes Réguliers -ER et -IR COMER ASSISTIR eu como assisto você come assiste nós comemos assistimos vocês comem assistem BEBER boire DEVER devoir VENDER vendre VIVER vivre

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FRANCÊS 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém quatro questões, constituídas de itens e

Leia mais

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio.

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio. Missão Empresarial Moçambique 28 agosto 3 setembro 2014 Moçambique: porta de entrada na África Austral Moçambique é hoje um mercado em expansão com mais de 24 milhões de consumidores, que tem vindo a registar

Leia mais

NEWSLETTER COMISSÃO DE COMBATE À PROCURADORIA ILÍCITA REUNIÕES DA INTERDELEGAÇÕES. Delegação de Vila Franca de Xira da Ordem dos Advogados

NEWSLETTER COMISSÃO DE COMBATE À PROCURADORIA ILÍCITA REUNIÕES DA INTERDELEGAÇÕES. Delegação de Vila Franca de Xira da Ordem dos Advogados Delegação de Vila Franca de Xira da Ordem dos Advogados 01-01-2014 Edição 3, Janeiro 2013/Janeiro 2014 NEWSLETTER COMISSÃO DE COMBATE À PROCURADORIA ILÍCITA A Comissão de Combate à Procuradoria Ilícita

Leia mais

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org 1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org CONCEITO Realização do 1º Fórum União de Exportadores CPLP (UE-CPLP) que integra:

Leia mais

Nome Profissão Instituição. A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa

Nome Profissão Instituição. A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa Nome Profissão Instituição A. Simões Lopes Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade Técnica de Lisboa Adelino Torres Professor Universitário (aposentado) - Economia ISEG, Universidade

Leia mais

Acta da Assembleia Geral Ordinária da Federação Portuguesa de Bridge de 27 de Novembro de 2011

Acta da Assembleia Geral Ordinária da Federação Portuguesa de Bridge de 27 de Novembro de 2011 1 FPB Instituição de Utilidade Pública Acta da Assembleia Geral Ordinária da Federação Portuguesa de Bridge de 27 de Novembro de 2011 Pelas 15 horas e 30 minutos do dia 27 de Novembro de 2011, numa sala

Leia mais

A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO EM FRANÇA A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO EM FRANÇA

A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO EM FRANÇA A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO EM FRANÇA A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO EM FRANÇA EM FRANÇA CHAMBRE DE COMMERCE ET D INDUSTRIE FRANCO-PORTUGAISE Associação

Leia mais

As áreas transversais da educação ganham assim relevo a par do currículo.

As áreas transversais da educação ganham assim relevo a par do currículo. Da escola espera-se a prestação de um serviço transformacional. Da escola espera-se a adoção de uma postura de intervenção no meio. Mas uma intervenção que tem subjacente uma intencionalidade (planificada)

Leia mais

I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO

I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO Coordenação Científica: Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, Prof. Doutora Carla Amado Gomes, Prof. Doutor João Miranda

Leia mais

OCS: Observador Online

OCS: Observador Online Observador Online ID: 58199358 04-03-2015 Visitas diárias: 95730 OCS: Observador Online Obra Completa do padre António Vieira é hoje oferecida ao papa Francisco http://observador.pt/2015/03/04/obra-completa-do-padre-antonio-vieira-e-hojeoferecida-ao-papa-francisco/

Leia mais

DESLOCAÇÕES DE ALTAS INDIVIDUALIDADES ENTRE AMBOS PAÍSES. Visita ao Japão do Primeiro Ministro, Mário Soares.

DESLOCAÇÕES DE ALTAS INDIVIDUALIDADES ENTRE AMBOS PAÍSES. Visita ao Japão do Primeiro Ministro, Mário Soares. 1984 DESLOCAÇÕES DE ALTAS INDIVIDUALIDADES ENTRE AMBOS PAÍSES Visita ao Japão do Primeiro Ministro, Mário Soares. Visita ao Japão do Ministro das Finanças e do Plano, Ernani Lopes. 1985 Visita privada

Leia mais