GERENCIAMENTO DE INFRAESTRUTURA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GERENCIAMENTO DE INFRAESTRUTURA"

Transcrição

1 Projeto Integrado GERENCIAMENTO DE INFRAESTRUTURA Novembro São Bernardo do Campo - SP Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 1

2 Projeto Integrado GERENCIAMENTO DE INFRAESTRUTURA Luís Cesar Cordeiro Gestão da Tecnologia da Informação São Bernardo do Campo SP Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 2

3 RESUMO Este relatório tem por objetivo apresentar a terceirização 1, que é, em termos empresariais, o repasse de uma atividade do meio a terceiros, a qual é aquela que se presta suporte para aplicação de melhoria continua como se fosse um complemento para a empresa atingir seus objetivos, entregando uma função a terceiros para sua realização. Essas metas serão atingidas: 01: Aplicando estudo conceitual de Governança de TI, 02: Questionar aplicações da Gestão de Qualidade; 03: Gerenciamento de Mudanças; Foram planejadas as seguintes análises: Solução de problemas e gerenciamento de mudanças e uma estrutura de governança compartilhada; Fatores ambientais da infraestrutura organizacional que podem influenciar o processo de desenvolvimento do projeto; E os mesmos fatores acima que podem influenciar também no processo do desenvolvimento do plano de gerenciamento do projeto; São examinados vários conceitos e metodologias comumente usadas em diferente foco de abordagem. Também é pautado através do envolvimento dos profissionais definindo fases após os estudos concluídos. A validação deste estudo foi realizada usando o conceito básico do ciclo de vida do desenvolvimento e suas quatro fases: Planejamento Análise Projeto Implementação Palavras-chave: infraestrutura, terceirização 1 Outsourcing - Permite às empresas priorizar a sua atividade principal, terceirizando. Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 3

4 1 ABSTRACT This report aims to present outsourcing, that is, in business terms, the transfer of an activity through a third party, which is one that provides support for application of continuous improvement as if it were an addition to the company achieve its goals, giving a function to third parties for their realization. These goals will be achieved : 01 : Applying conceptual study of IT Governance 02 : Questioning the Quality Management applications ; 03 : Change Management ; We planned the following analyzes : Problem solving and change management and a shared governance structure ; Environmental Factors organizational infrastructure that can influence the process of project development ; And the same above factors that can also influence the process of developing the management plan of the project ; Are examined various concepts and methodologies commonly used in different focus approach. Is also guided by involving professionals defining stages after completed studies. The validation study was carried out using the basic concept of the life cycle of development and its four phases: Planning Analysis Project Implementation Keywords : infrastructure, outsourcing Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 4

5 Sumário RESUMO ABSTRACT Definição de Terceirização EMPRESA OBJETIVO DO PROJETO CICLO DE ATENDIMENTO BENEFÍCIOS RISCO METODOLOGIA APLICADA Conclusão Referências - Bibliografia Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 5

6 2 DEFINIÇÃO DE TERCEIRIZAÇÃO Uma técnica administrativa que possibilita o estabelecimento de um processo gerenciado de transferência, a terceiros, das atividades acessórias e de apoio ao escopo das empresas, permitindo concentrarem-se no seu negócio. Também é um processo de gestão pelo qual se repassam algumas atividades a terceiros, com os quais se estabelece uma relação de parceria, ficando a empresa concentrada apenas em tarefas essencialmente ligadas ao negócio em que atua. Esse repasse ou transferência de atividades incluem os fornecedores especializados, detentores de tecnologia própria e moderna, liberando a organização para concentrar seus esforços gerenciais em seu negócio principal, preservando e evoluindo em qualidade e produtividade, reduzindo custos e ganhando competitividade. VANTAGENS As vantagens da terceirização atraem muitas empresas, é uma ótima solução, pois ao adotar este procedimento, os benefícios são enormes, tanto em relação à qualidade dos serviços, quanto aos custos menores. Uma das principais vantagens da terceirização é que o contratante da mãode-obra consegue focar seus esforços no core business 2 da empresa, deixando a cargo da contratada todas as responsabilidades que envolvem a prestação de serviços. Além disso, a empresa foca os negócios na sua área de atuação, diminui os desperdícios com a redução de atividades meio, aumentando a qualidade, ganhando flexibilidade e melhorando a especialização do serviço, aprimorando em: Gerenciamento de Custo Gerenciamento de Recursos Humanos Gerenciamento de Tempo O gerente tem maior agilidade nas decisões, assim pode focar no objetivo da empresa: lucratividade e crescimento. Outro fator importante é a intensificação dos serviços, gerando redução dos níveis hierárquicos e do quadro direto de empregados. Outra aplicação é a diminuição da ociosidade das máquinas, poder de negociação, possibilitando o crescimento sem grandes investimentos, diminuição do risco de desuso das máquinas, durante a recessão. 2 Core business - A parte central de um negócio ou de uma unidade de negócios Idéia básica do negócio. Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 6

7 DESVANTAGENS A possível perda de controle é a principal desvantagem, pois é natural resistências e conservadorismo, associado ao risco de desemprego e não absorção da mão de obra na mesma proporção. Da mesma forma que a terceirização da infraestrutura pode amplificar a eficiência o inverso se torna intenso e verdadeiro na mesma proporção. Risco de coordenação dos contratos, falta de parâmetros de custos internos e dificuldade de encontrar o parceiro que atenda a expectativa da organização reforçam as desvantagem. É necessário estudo cauteloso antes de aplicar este processo, pois as demissões na fase inicial aumentam o risco de ser administrado. Haverá mudanças na estrutura de hierarquia, aumentando a dependência de terceiros e possível perda da identidade cultural da empresa. Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 7

8 3 EMPRESA Uma das ferramentas para o serviço de terceirização é a GLPI, solução Web Open Source 3 completa para gestão de ativos e service desk 4. As soluções de gerenciamento de serviço da GLPI estão projetadas para ajudar a garantir a qualidade do serviço e utilização de recursos em todos os seus ambientes físicos, virtuais e de nuvem. Pode construir um inventário, rastreando o trabalho com de notificação e métodos para construção de banco de dados com informações básicas sobre sua rede de topologia. Este serviço também oferece programas específicos e soluções para todo o ciclo de vida do projeto: Início do projeto; Organização e preparação Execução do trabalho do projeto e Encerramento do projeto. Esta estrutura é genérica, mas constantemente usada na comunicação com a alta administração. Então esta visão da estrutura pode oferecer um quadro de referência comum para comparação dos serviços, mesmo que não sejam semelhantes. A ferramenta Open Source GLPI será usada como exemplo de serviço de terceirização, mas é relevante registrar que varias empresas no mercado oferecem inovações, o que é importante é entender que o ambiente tecnológico está em constante transformação. As características que diferenciam a ferramenta Open Source GLPI: Gestão multi-entidades Gestão multilíngüe 45 línguas disponíveis Exportação do banco de dados para o formato XML Inventário dos computadores, servidores e gestão de seus componentes Atribuição do hardware por area geográfica Gestão de ligacão externa para outra aplicacão Servicedesk ITIL Recursos configuráveis para usuário final Aspectos técnicos personalizados 3 Open Source são aplicativos de código aberto, ou seja, software livre. 4 Service Desk é uma central de serviços de atendimento on line e\ou remoto. Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 8

9 4 OBJETIVO DO PROJETO Descrever o ciclo de atendimento aos chamados registrados através da Central de Serviços utilizando software Open Source GLPI completamente gerenciável. 5 CICLO DE ATENDIMENTO Alguns processos inclui software e irão suportá-lo no planejamento, entrega, gerenciamento e proteção dos investimentos: a informação, Os processos são: Fornecer atendimento padronizado aos chamados; Garantir aderência aos processos e procedimentos; Garantir o pleno conhecimento por parte dos analistas de suporte, sobre a utilização da ferramenta Apoio as fases atendimento. Os benefícios advem da padronização, a eficiência do mesmo se torna evidente oferecendo mais confiabilidade. Seguindo os processos os chamados são direcionados conforme a demanda e resolução de erros se tornam ágil e especializada. Para todas as ligações recebidas pela central de serviço, o analista responsável deverá utilizar saudação padrão, exemplo: 1. Bom dia Boa tarde Boa noite 2. Nome e código de acesso 3. Solicite dados para atualização de cadastro 4. Pergunta as questões e ouvir atentamente 5. Registrar a solicitação e abrir o chamado 6. Explicar o prazo para resolução Nos passos acima o mais importante é registrar corretamente a localidade do usuário, visto que, caso seja necessário direcionamento do chamado o analista deverá selecionar o grupo solucionador de acordo com a localidade informada pelo colaborador. Para cada ação realizada durante o atendimento que envolva a alteração de situação do chamado a mesma deverá ser refletida na ferramenta através da mudança de status. Ao direcionar o chamado para grupo especializado de suporte, após analista não obter sucesso nos testes, o documento detalhará o escopo de atendimento e responsabilidade de cada grupo envolvido na operação de suporte da empresa. Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 9

10 Os chamados solucionados deverão ser encerrados e o analista responsável deverá atualizar o status 5 para resolvido, assim mesmo poderá ser reaberto pelo usuário numa quantidade de horas determinada no sistema caso a solução aplicada não apresente sucesso. Após o prazo informado o chamado automaticamente será encerrado. CRISE Comunicar situação de crise de forma clara e precisa a Central de Serviços e recursos necessários para resolução, sendo o usuário corretamente orientando quando ocorrerem questionamentos. O procedimento deve conter descrição detalhada quando identificada situação de crise no ambiente de infraestrutura tecnológica. Estão inclusos nos objetivos do processo: Eficiência na Resolução - Sendo os recursos responsáveis comunicados de forma precisa e rápida, o tempo para resolução da crise e restauração do ambiente será menor e causará mínimo impacto. Comunicação e Orientação: Tendo a Central de Serviços informações atualizadas e corretas quando questionada pelos usuários poderá de forma eficiente orientá-los diminuindo a insatisfação dos mesmos. Quando percebida situação de chamados abertos reportando erros de causa semelhantes, o analista deverá reportar imediatamente ao Coordenador do Service Desk. O Coordenador será responsável pela avaliação da situação e determinação da situação de crise. Quando instaurada situação de crise o Coordenador deverá providenciar a alteração dos canais de comunicação para que a informação torne-se de conhecimento geral. O Coordenador da Central de Serviços será responsável pelo acompanhamento da crise junto aos responsáveis, realizando follow up 6 para atualização e disponibilização de informações atualizadas. Concluindo esta etapa, a próxima fase é descrever o procedimento de consulta aos documentos históricos contidos na base de conhecimento e apresentar o local de armazenamento de documentos e principalmente utilização da base de conhecimento integrada à ferramenta. Assim a centralização da Documentação de Apoio deve ser de conhecimento, gerando poucas ocorrências de fragmentação e redundância de documentos. Será notória a diminuição no Tempo de Atendimento. 5 Status Neste caso o termo é usado para determinar a condição de uma informação, ou seja, pode estar em andamento, pendente ou encerrada. 6 Follow up Significa ir atrás de uma resposta para algo que foi solicitado. Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 10

11 6 BENEFÍCIOS Ciclo de Vida do Chamado - Sendo realizada a escalação funcional corretamente, os chamados que necessitam de suporte especializado serão direcionados e resolvidos de forma ágil e eficiente. Comunicação Eficiente e Imediata - Em situações de crise ou eventos críticos não previstos a correta e eficiente comunicação aos envolvidos e responsáveis pela resolução é fundamental para restabelecimento do serviço. 7 RISCO O risco pode ser um evento futuro, ou uma condição incerta, que pode afetar o objetivo do projeto. Antes deve agregar o plano de gerenciamento de custos incluindo todos os orçamentos, as contingências e também as reservas do gerenciamento de riscos que serão reportadas e utilizadas. Então o gerenciamento inclui processos de condução das atividades, determinação e identificação dos processos que podem afetar o projeto, análise qualitativa dos riscos, controle e monitoramento. Lembrando que a identificação dos riscos consiste em avaliar como eles podem afetar o projeto, fazendo a documentação das características desses riscos. Portanto, é necessário planejamento das respostas aos riscos visando o aumento das oportunidades relevantes e a diminuição significativa dos mesmos. Assim o monitoramento e controle dos riscos promovem a implementação de um plano que ofereça respostas. Concluindo, o planejamento de risco é fundamental para mostrar quais são os recursos necessários e o tempo que a equipe do projeto gastará para gerenciar os riscos. O processo de planejamento de riscos deve começar na origem do projeto e ser finalizado nas fases iniciais deste. Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 11

12 8 METODOLOGIA APLICADA Apresentação de modelos e técnicas de Gestão de Projetos e aplicação na área de Tecnologia da Informação, os conceitos em projetos e suas estruturas, focando o Escritório de Gerenciamento de Projetos e enfatizando os grupos de processos das áreas de conhecimento em Gestão de Projetos, resumindo a área de integração, escopo e do tempo além do gerenciamento da qualidade dos custos, dos recursos humanos e das comunicações em projetos e por último o estudo do gerenciamento das aquisições e dos riscos em projetos. Ao aplicar os modelos e técnicas às fases, essenciais, são: Planejamento; Análise; Projeto; Implementação. A finalidade, portanto, é expor porque a boa prática deve ser aplicada, aumentando as chances de sucesso, independente do tamanho do projeto, as Guias de Referências auxiliam, mas é equipe que determina o que é apropriado no projeto escolhido. E como é a diretriz de todos os assuntos aqui abordados, a valorização do profissional que atua com código de ética, devendo transmitir o compromisso em respeitar as leis, normas, regulamentos e políticas organizacionais, reforça a abordagem direcionada para TI. Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 12

13 9 CONCLUSÃO O Projeto, empreendimento que se caracteriza por ser evento temporário, deve ter um objetivo único e bem planejado. As empresas estão com seus processos internos cada vez mais dependentes de recursos de Gestão da Tecnologia da Informação, o que implica em uma necessidade cada vez maior de fazer uma gestão sobre os riscos em TI para não comprometer a continuidade do negócio, então esta promoção: Projeto e Gestão serão essenciais para a estratégia de empresa. É relevante entender a estrutura, neste processo, pois ela permite aplicar as melhores práticas de mercado para a gestão e estabelece modelo de governança que mantenha a área de TI integrada aos objetivos da empresa. A TI está incorporada pelo negócio de tal maneira que, caso os serviços te TI sejam interrompidos, as operações terão impactos financeiros nos resultados. Esta dependência gera grandes investimentos em projetos e processos, de modo que os profissionais envolvidos recebem forte pressão para minimizar custos operacionais por meio de uma melhor Gestão de Projetos. Os Recursos de TI são gerenciados pelos processos para fornecer as informações que a empresa necessita para atingir seus objetivos, alguns recursos são: Aplicações Informações Infraestrutura Pessoas Importante o treinamento e dos recursos humanos para planejar, organizar, adquirir, programar, entregar, suportar, monitorar e avaliar os sistemas de informação e serviços. Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 13

14 10 REFERÊNCIAS - BIBLIOGRAFIA Gestão de Projetos Tecnologia e Arte. Sotware Open Source para gerenciamento de ativos. Luís C Cordeiro- Gestão da Tecnologia da Informação linsys.com.br Página 14

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br Nosso método de trabalho foi criado para atender VOCÊ A WISSEN CONSULTING têm como compromisso ajudá-lo a alcançar o sucesso na implementação de ferramentas de gestão e colaboração para que você possa

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Contrato de Suporte End.: Telefones:

Contrato de Suporte End.: Telefones: Contrato de Suporte Contrato de Suporte Desafios das empresas no que se refere à infraestrutura de TI Possuir uma infraestrutura de TI que atenda as necessidades da empresa Obter disponibilidade dos recursos

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Anderson Valadares

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Anderson Valadares GESTÃO DE PROJETOS Prof. Anderson Valadares Projeto Empreendimento temporário Realizado por pessoas Restrições de recursos Cria produtos, ou serviços ou resultado exclusivo Planejado, executado e controlado

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation.

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. O SoftExpert PPM Suite é a solução mais robusta, funcional e fácil para priorizar, planejar, gerenciar e executar projetos, portfólios

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Grupo de Consultores em Governança de TI do SISP 20/02/2013 1 Agenda 1. PMI e MGP/SISP 2. Conceitos Básicos - Operações e Projetos - Gerenciamento de Projetos - Escritório de

Leia mais

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING 1 ÍNDICE 03 04 06 07 09 Introdução Menos custos e mais controle Operação customizada à necessidade da empresa Atendimento: o grande diferencial Conclusão Quando

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Alinhamento das expectativas; O por que diagnosticar; Fases do diagnóstico; Critérios de seleção para um ERP; O papel da

Leia mais

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com 1 Information Technology Infrastructure Library 2 O que é o? Information Technology Infrastructure Library é uma biblioteca composta por sete livros

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3

PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3 PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3 Gerência de Níveis de Serviço Manter e aprimorar a qualidade dos serviços de TI Revisar continuamente os custos e os resultados dos serviços para garantir a sua adequação Processo

Leia mais

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL A Filosofia do Gerenciamento de Serviços em TI Avanços tecnológicos; Negócios totalmente dependentes da TI; Qualidade, quantidade e a disponibilidade (infra-estrutura

Leia mais

Outsourcing e Terceirização

Outsourcing e Terceirização ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Estratégia de Negócios em TI (Parte 4) Outsourcing e Terceirização Prof. Me. Walteno Martins Parreira Jr Definições Processo de gestão pelo qual se

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

1º Nível: Contato inicial responsável pelo registro de todas as solici tações e pela finalização do maior número possível de atendimentos.

1º Nível: Contato inicial responsável pelo registro de todas as solici tações e pela finalização do maior número possível de atendimentos. O QUE É? Serviço de atendimento telefônico ao usuário para resolução de problemas de TI ou outras solicitações relativas a assuntos predefinidos. Oferecido em dois níveis: 1º Nível: Contato inicial responsável

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Para as corporações, as mudanças são absorvidas pelas equipes internas, envolvendo tecnologia, contabilidade, logística

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

MBA: Master in Project Management

MBA: Master in Project Management Desde 1968 MBA: Master in Project Management Projetos e Tecnologia da Informação FMU Professor: Marcos A.Cabral Projetos e Tecnologia da Informação Professor Marcos A. Cabral 2 Conceito É um conjunto de

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Gestão em TI Disciplina: Administração de Suporte e Automação Gerenciamento de Suporte Professor: Fernando Zaidan Ago-2009 1 2 Contexto Área de TI lugar estratégico

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE DE HELP DESK. Frederico Calazans Barbosa UBC - Universidade Braz Cubas Mogi das Cruzes/ SP

SISTEMA DE CONTROLE DE HELP DESK. Frederico Calazans Barbosa UBC - Universidade Braz Cubas Mogi das Cruzes/ SP SISTEMA DE CONTROLE DE HELP DESK Frederico Calazans Barbosa UBC - Universidade Braz Cubas Mogi das Cruzes/ SP Antonio Carlos da Cunha Migliano UBC - Universidade Braz Cubas Mogi das Cruzes/ SP RESUMO Este

Leia mais

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com Conceito Com base nas definições podemos concluir que: Governança de de TI TI busca o compartilhamento de de decisões de de TI TI com os os demais dirigentes

Leia mais

ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA

ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA ITIL - Livros Estratégia de Serviços (Service Strategy): Esse livro

Leia mais

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor Gestão e Governança de TI Modelo de Governança em TI Prof. Marcel Santos Silva PMI (2013), a gestão de portfólio é: uma coleção de projetos e/ou programas e outros trabalhos que são agrupados para facilitar

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI e Site Backup

Gerenciamento de Serviços de TI e Site Backup Gerenciamento de Serviços de TI e Site Backup ATIVAS encerra o ano como a empresa que mais cresceu no mercado brasileiro de serviços de TI ATIVAS é formalmente apresentada ao mercado CEMIG Telecom adquire

Leia mais

Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br

Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Agenda Conceitos de Governança de TI Fatores motivadores das mudanças Evolução da Gestão de TI Ciclo da Governança

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

ITIL (INFORMATION TECHNOLOGY INFRASTRUCTURE LIBRARY)

ITIL (INFORMATION TECHNOLOGY INFRASTRUCTURE LIBRARY) Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística INE Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Projetos I Professor: Renato Cislaghi Aluno: Fausto Vetter Orientadora: Maria

Leia mais

Gestão estratégica em finanças

Gestão estratégica em finanças Gestão estratégica em finanças Resulta Consultoria Empresarial Gestão de custos e maximização de resultados A nova realidade do mercado tem feito com que as empresas contratem serviços especializados pelo

Leia mais

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MECANISMOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O Ciclo da Governança de T.I. ALINHAMENTO

Leia mais

Ricardo Scheurer Sonda Supermercado

Ricardo Scheurer Sonda Supermercado Tema: Apresentador: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Ricardo Scheurer Sonda Supermercado Objetivo desta palestra será resolver as seguintes questões: Porque fazer um PDTI? Quais os benefícios

Leia mais

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao»

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Proposta Comercial Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Data 14 de setembro de 2012 Preparado para: «Nome» «Sobrenome» 1. Objetivo

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança de T.I Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Information Technology Infrastructure Library ITIL ITIL é um acrônimo de Information Technology Infraestruture Library. Criado em

Leia mais

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) Conceitos Básicos e Implementação Pref. Mun. Vitória 2007 Analista de Suporte 120 A ITIL (information technology infrastructure library) visa documentar as melhores práticas na gerência, no suporte e na

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

CICLO DE VIDA DE SISTEMAS DE GESTÃO DE CONHECIMENTO

CICLO DE VIDA DE SISTEMAS DE GESTÃO DE CONHECIMENTO CICLO DE VIDA DE SISTEMAS DE GESTÃO DE CONHECIMENTO CAPÍTULO 3 DESAFIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE SISTEMAS Cultura conseguir com que as pessoas compartilhem conhecimento Avaliação do COnhecimento avaliar/medir

Leia mais

PMO DE SUCESSO PRECISA TER FOCO! Uma proposta de modelo para Escritórios de Projetos

PMO DE SUCESSO PRECISA TER FOCO! Uma proposta de modelo para Escritórios de Projetos PMO DE SUCESSO PRECISA TER FOCO! Uma proposta de modelo para Escritórios de Projetos por Mario Trentim em http://blog.mundopm.com.br/2013/01/21/pmo-de-sucesso-precisa-terfoco/ Caro amigo leitor, que tal

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais ITIL Conteúdo 1. Introdução 2. Suporte de Serviços 3. Entrega de Serviços 4. CobIT X ITIL 5. Considerações Finais Introdução Introdução Information Technology Infrastructure Library O ITIL foi desenvolvido,

Leia mais

Gerência de Projetos Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo

Gerência de Projetos Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Gerência de Projetos Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Laboratório de Tecnologia de Software LTS www.ufpa.br/lts Rede Paraense de Pesquisa em Tecnologias de Informação

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL

Governança de TI. ITIL v.2&3. Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL Governança de TI ITIL v.2&3 Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento

Leia mais

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI Objetivos Assegurar que os esforços despendidos na área de informática sejam consistentes com as estratégias, políticas e objetivos da organização como um todo; Proporcionar uma estrutura de serviços na

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI 1. PI06 TI 1.1. Processos a serem Atendidos pelos APLICATIVOS DESENVOLVIDOS Os seguintes processos do MACROPROCESSO

Leia mais

ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT

ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT LONDRINA - PR 2015 ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT Trabalho de Conclusão

Leia mais

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Miriam Regina Xavier de Barros, PMP mxbarros@uol.com.br Agenda Bibliografia e Avaliação 1. Visão Geral sobre o PMI e o PMBOK 2. Introdução

Leia mais

Apresentação. Empresarial SOLUÇÕES EM TI

Apresentação. Empresarial SOLUÇÕES EM TI Apresentação Empresarial 2013 2014 SOLUÇÕES EM TI Ins tucional A Empresa Empresa focada na gestão de tecnologia da informação, que visa proporcionar a seus clientes redução dos gastos com TI, monitoramento

Leia mais

Project Builder: uma Ferramenta de Apoio a Implementação do Processo Gerência de Projetos do MPS.BR

Project Builder: uma Ferramenta de Apoio a Implementação do Processo Gerência de Projetos do MPS.BR Project Builder: uma Ferramenta de Apoio a Implementação do Processo Gerência de Projetos do MPS.BR Bernardo Grassano, Eduardo Carvalho, Analia I.F. Ferreira, Mariano Montoni bernardo.grassano@projectbuilder.com.br,

Leia mais

ITIL - Information Technology Infraestructure Library

ITIL - Information Technology Infraestructure Library ITIL Biblioteca de infra estrutura de TI (do Inglês, Information Technology Infraestructure Library) e ISO/IEC 20.000 ITIL - Information Technology Infraestructure Library Foi criado no fim dos anos 80

Leia mais

LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO

LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO 2015 A LINHA CRIATIVA é uma solução de TI focada em produtos inteligentes e simples, actuando no sector de empresas de médio e pequeno porte, nas áreas

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

Introdução. Escritório de projetos

Introdução. Escritório de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é um documento formal que descreve normas,

Leia mais

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO As Empresas e os Sistemas Problemas locais - impacto no sistema total. Empresas como subsistemas de um sistema maior. Uma empresa excede a soma de

Leia mais

ONE Service Desk. O Service Desk ONE fornece uma infraestrutura de serviços de suporte ITIL completa, contendo:

ONE Service Desk. O Service Desk ONE fornece uma infraestrutura de serviços de suporte ITIL completa, contendo: ONE Service Desk O Service Desk ONE fornece uma infraestrutura de serviços de suporte ITIL completa, contendo: Gerenciamento de Incidentes Gerenciamento de Problemas Gerenciamento de Mudanças BDGC (Banco

Leia mais

Gerenciamento de Incidentes

Gerenciamento de Incidentes Gerenciamento de Incidentes Os usuários do negócio ou os usuários finais solicitam os serviços de Tecnologia da Informação para melhorar a eficiência dos seus próprios processos de negócio, de forma que

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória

Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória Não há mais dúvidas de que para as funções da administração - planejamento, organização, liderança e controle

Leia mais

O Gerenciamento Organizacional de Projetos (GOP) pode ser descrito como uma estrutura de execução da estratégia coorporativa, com objetivo de

O Gerenciamento Organizacional de Projetos (GOP) pode ser descrito como uma estrutura de execução da estratégia coorporativa, com objetivo de Aula 02 1 2 O Gerenciamento Organizacional de Projetos (GOP) pode ser descrito como uma estrutura de execução da estratégia coorporativa, com objetivo de alcançar melhor desempenho, melhores resultados

Leia mais

Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios.

Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios. Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios. Autor: Douglas Marcos da Silva 7 Sumário Executivo Nas últimas décadas, a evolução tecnológica, a interdependência dos mercados e a intensificação

Leia mais

Manual de Usuário. Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.1 NRC

Manual de Usuário. Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.1 NRC Manual de Usuário Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.1 NRC Manual do Usuário GLPI 1. Introdução 3 2. Acessando o GLPI 4 3. Entendendo o processo de atendimento

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

Política de Atendimento Técnico, Suporte e Assistência aos softwares SiplanControl-M

Política de Atendimento Técnico, Suporte e Assistência aos softwares SiplanControl-M Política de Atendimento Técnico, Suporte e Assistência aos softwares SiplanControl-M 1. Introdução a política 2. Quem está elegível para solicitar suporte? 3. Horário de atendimento 4. Que tempo de resposta

Leia mais

ECM Gerenciamento de Conteúdo Corporativo

ECM Gerenciamento de Conteúdo Corporativo ECM Gerenciamento de Conteúdo Corporativo Jambu Tecnologia Consultoria e Engenharia Ltda www.jambu.com.br - (91) 3224-5440 Responsável Comercial: Marcelo Rocha de Sá - (91) 8882-0319 Soluções abertas em

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3 parte 2

Governança de TI. ITIL v.2&3 parte 2 Governança de TI ITIL v.2&3 parte 2 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL 2 BÁSICOS Suporte a Serviços: descreve os processos associados ao suporte do dia-a-dia e atividades de manutenção

Leia mais

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart.

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Versão 1.6 15/08/2013 Visão Resumida Data Criação 15/08/2013 Versão Documento 1.6 Projeto Responsáveis

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

Gerenciamento de Integração do Projeto Planejamento e Execução do Projeto

Gerenciamento de Integração do Projeto Planejamento e Execução do Projeto Gerenciamento de Integração do Projeto Planejamento e Execução do Projeto 4. Gerenciamento de integração do projeto PMBOK 2000 PMBOK 2004 4.1 Desenvolver o termo de abertura do projeto 4.2 Desenvolver

Leia mais

Disciplina: Administração de Departamento de TI. Professor: Aldo Rocha. Aula III - 25/08/2011

Disciplina: Administração de Departamento de TI. Professor: Aldo Rocha. Aula III - 25/08/2011 Disciplina: Administração de Departamento de TI Professor: Aldo Rocha Aula III - 25/08/2011 ITIL 1.A Central de Serviços; 1.1 Necessidade da Central de Serviços; 1.2 Dilema do Suporte; 1.3 Evolução do

Leia mais

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade III GOVERNANÇA DE TI

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade III GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Unidade III GOVERNANÇA DE TI Information Technology Infrastructure Library ITIL Criado pelo governo do Reino Unido, tem como objetivo a criação de um guia com as melhores práticas

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

Exame de Fundamentos da ITIL

Exame de Fundamentos da ITIL Exame de Fundamentos da ITIL Simulado A, versão 5.1 Múltipla escolha Instruções 1. Todas as 40 perguntas devem ser respondidas. 2. Todas as respostas devem ser assinaladas na grade de respostas fornecida.

Leia mais

Soluções em Documentação

Soluções em Documentação Desafios das empresas no que se refere à documentação de infraestrutura de TI Realizar e manter atualizado o inventário de recursos de Hardware e software da empresa, bem como a topologia de rede Possuir

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA EMPRESA

APRESENTAÇÃO DA EMPRESA APRESENTAÇÃO DA EMPRESA Sumário 1. Quem somos 2. Nossa missão 3. O que fazemos 4. Internet 5. Service-Desk 6. Outsourcing de Impressão 7. Nossos principais Clientes 1. Quem somos Atuando a mais de 8 anos

Leia mais

ESTÁGIO DE NIVELAMENTO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS MACROPROCESSO DE GESTÃO DO PORTFÓLIO

ESTÁGIO DE NIVELAMENTO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS MACROPROCESSO DE GESTÃO DO PORTFÓLIO ESTÁGIO DE NIVELAMENTO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS MACROPROCESSO DE GESTÃO DO PORTFÓLIO 05.11.2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO DEFINIÇÃO DE PORTFÓLIO CENÁRIO NEGATIVO DOS PORTFÓLIOS NAS ORGANIZAÇÕES GOVERNANÇA

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS Professora: Valéria Vargens Email: valeriapitagoras@gmail.com Projetos Temporário Original Multifuncional Atividades Permanente Repetitivo Funcional Características distintivas:

Leia mais

Administração de Ativos de TI. Prof. André Montevecchi

Administração de Ativos de TI. Prof. André Montevecchi Administração de Ativos de TI Prof. André Montevecchi Introdução a ITIL Em um mundo altamente competitivo, de mudanças constantes e inesperadas, é preciso ter flexibilidade e agilidade suficientes para

Leia mais

Grupo Seres Adota CA Nimsoft Service Desk para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk

Grupo Seres Adota CA Nimsoft Service Desk para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Grupo Seres Adota CA Nimsoft Service Desk para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk PERFIL DO CLIENTE Indústria: Consultoria Empresa: Grupo Seres Colaboradores:

Leia mais

Sequência da Apresentação

Sequência da Apresentação Fernando Welter Orientador: Paulo Roberto Dias Sequência da Apresentação Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento do sistema Operacionalidade da implementação Resultados e discussões

Leia mais

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues Gerenciamento de TI Paulo César Rodrigues *Analista de Sistemas; *Tutor do curso de graduação em Tecnologia em Sistemas de Computação (UFF/Cederj); * Professor do curso Técnico em Informática da Prefeitura

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: SIG Aula N : 11 Tema: Como desenvolver e

Leia mais

RHIND Group. Rhind Group. Nossa Equipe. Nosso objetivo

RHIND Group. Rhind Group. Nossa Equipe. Nosso objetivo Rhind Group É uma empresa estruturada para prover soluções em consultoria e assessoria empresarial aos seus clientes e parceiros de negócios. Com larga experiência no mercado, a Rhind Group tem uma trajetória

Leia mais

CENTRAL DE SERVIÇOS APOIADA EM SOFTWARE LIVRE

CENTRAL DE SERVIÇOS APOIADA EM SOFTWARE LIVRE CENTRAL DE SERVIÇOS APOIADA EM SOFTWARE LIVRE Juliano Flores Prof. Wagner Walter Lehmann Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Gestão de Tecnologia da Informação (GTI0034) Prática do Módulo

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO ANALISTA DE SISTEMA ÊNFASE GOVERNANÇA DE TI ANALISTA DE GESTÃO RESPOSTAS ESPERADAS PRELIMINARES

CONCURSO PÚBLICO ANALISTA DE SISTEMA ÊNFASE GOVERNANÇA DE TI ANALISTA DE GESTÃO RESPOSTAS ESPERADAS PRELIMINARES CELG DISTRIBUIÇÃO S.A EDITAL N. 1/2014 CONCURSO PÚBLICO ANALISTA DE GESTÃO ANALISTA DE SISTEMA ÊNFASE GOVERNANÇA DE TI RESPOSTAS ESPERADAS PRELIMINARES O Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás

Leia mais

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Análise de Maturidade de Governança

Leia mais

Engenharia de Software II: Definindo Projeto I. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Definindo Projeto I. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Definindo Projeto I Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Definição de Projeto, Operação, Programa e Portfólio. Stakeholders. O que é Gerenciamento de

Leia mais

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA ENTREGA ESPECIAL Na economia globalizada 24/7 de hoje, a logística e a gestão de armazéns eficientes são essenciais para o sucesso operacional. O BEUMER Group possui

Leia mais

CobiT 4.1 Plan and Organize Manage Projects PO10

CobiT 4.1 Plan and Organize Manage Projects PO10 CobiT 4.1 Plan and Organize Manage Projects PO10 Planejar e Organizar Gerenciar Projetos Pedro Rocha http://rochapedro.wordpress.com RESUMO Este documento trás a tradução do objetivo de controle PO10 (Gerenciamento

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Guia de Estudo Vamos utilizar para a nossa disciplina de Modelagem de Processos com BPM o guia

Leia mais

Avaliação de Riscos Aplicada à Qualidade em Desenvolvimento de Software

Avaliação de Riscos Aplicada à Qualidade em Desenvolvimento de Software Rafael Espinha, Msc rafael.espinha@primeup.com.br +55 21 9470-9289 Maiores informações: http://www.primeup.com.br riskmanager@primeup.com.br +55 21 2512-6005 Avaliação de Riscos Aplicada à Qualidade em

Leia mais