BENEFÍCIOS E RESULTADOS DE UM PROGRAMA DE COACHING DE BEM-ESTAR E GESTÃO DO STRESS*

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BENEFÍCIOS E RESULTADOS DE UM PROGRAMA DE COACHING DE BEM-ESTAR E GESTÃO DO STRESS*"

Transcrição

1 BENEFÍCIOS E RESULTADOS DE UM PROGRAMA DE COACHING DE BEM-ESTAR E GESTÃO DO STRESS* Rosalina de Jesus Moura Katia Martins Ferreira Maravilhoso. Era a hora mais esperada do mês! Faria mais 1000 vezes! O processo foi decisivo para conseguir manter a consciência, tranqüilidade e foco durante o período de grandes mudanças. Foi um processo interessante, pois me fez buscar melhorias para minha qualidade de vida e descobrir que eu posso sim enfrentar barreiras que eu achava impossíveis. Depoimentos de participantes. 1. INTRODUÇÃO A natureza do trabalho tem se modificado em ritmo acelerado e o stress, mais do que nunca, representa uma ameaça para a saúde dos trabalhadores e para a saúde das organizações (NIOSH). De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o stress pode ser considerado como o mal do século XXI. Inúmeras pesquisas sugerem e evidenciam a relação entre o stress no trabalho e a saúde. O stress pode aumentar o risco de desenvolvimento de algumas doenças, contribuir para seu agravamento ou resultar em comportamentos de risco. Estudos relacionam o stress elevado a doenças como as cardiovasculares, os distúrbios musculoesqueléticos, problemas gastrointestinais, distúrbios psicológicos (como depressão, ansiedade e burnout) e a acidentes no local de trabalho (HSE; NIOSH; SELYE,1984). No contexto ocupacional o stress (distress) tem causado sofrimento físico e psíquico aos funcionários, ao mesmo tempo em que gera um ônus econômico significativo para as empresas pois é associado ao absenteísmo, presenteísmo, baixa produtividade, aumento na utilização dos planos de saúde, perda de talentos, entre outros. Um dos grandes desafios das empresas na atualidade é encontrar caminhos que levem a uma redução do stress e minimizem o impacto negativo que este, quando elevado, pode ter para as pessoas e a organização. *O artigo se refere aos resultados do programa de coaching desenvolvido pela Rumo Empresarial Ltda ME. Publicação Original: Anais do Congresso de Stress da ISMA-BR 2013, Porto Alegre. Proibida a reprodução total ou parcial sem citação da fonte.

2 Nos últimos anos temos observado um investimento crescente das empresas em programas de promoção de saúde e bem-estar. Uma pesquisa da Buck Consultants realizada em 2012 com vários países e no Brasil revelou que o stress é a preocupação número um das empresas. Esta preocupação tem gerado um movimento na direção de se encontrar soluções que minimizem o problema. No entanto, o conhecimento que se tem atualmente sobre o stress é desproporcional aos programas e investimentos realizados pelas empresas para o seu controle. A experiência sugere que grande parte das intervenções para redução do stress é direcionada aos indivíduos, havendo certa resistência das empresas em realizar intervenções e modificações nas relações interpessoais, no ambiente e na organização do trabalho. Além disto, encontramos muitas intervenções que geram alívio para a tensão física (como massagem e ginástica laboral), porém seus efeitos são de curtíssimo prazo e limitados, não oferecendo ferramentas e recursos que possam ser utilizados no dia a dia para se lidar com as causas e as consequências do stress. Os programas de saúde e bem-estar devem partir da avaliação e conhecimento da população-alvo em relação às suas características e necessidades, possibilitando a definição e a criação de intervenções específicas que aumentem a probabilidade de adesão e o alcance dos objetivos desejados. Além disto, é fundamental a criação de indicadores que possibilitem a mensuração dos resultados. A presente pesquisa teve como objetivos levantar os resultados do programa de Coaching de Bemestar e Gestão do Stress da Rumo, desenvolvido com funcionários de uma empresa. Este programa foi estruturado tendo como base a teoria da Psicologia Positiva, ciência que enfoca os aspectos saudáveis, habilidades e potenciais de cada indivíduo, nas teorias de stress de Hans Selye e nos preceitos teóricos e ferramentas do Coaching de Saúde e Bem-estar. 2. METODOLOGIA Esta é uma Pesquisa Intervencional estruturada para mensurar os resultados da implantação de um programa de gerenciamento do stress em uma empresa multinacional de grande porte, na filial de São Paulo. A empresa se submeteu a um processo de auditoria interna que identificou sinais significativos de stress nos funcionários e recomendou a criação e a implementação de um programa de gerenciamento do stress. Para o conhecimento da realidade e das necessidades dos funcionários foi aplicado o Mapeamento do Stress e Bem-Estar da Rumo (empresa contratada para a realização do trabalho), que gera resultados baseados na análise dos dados fornecidos pelos respondentes. Tratase de questionários aplicados on-line (via internet) em ambiente seguro que gera informações sobre os riscos de stress, os comportamentos e estratégias individuais para seu gerenciamento e os principais estressores relacionados ao trabalho. Este Mapeamento fornece dados para o desenvolvimento de um Programa de Gerenciamento do Stress e cria indicadores importantes para a avaliação dos resultados das intervenções. Um dos instrumentos utilizados no Mapeamento do Stress e Bem-Estar é o Termômetro do Stress. Este questionário, de propriedade autoral da Rumo, foi elaborado a partir da teoria de Selye e identifica sinais e sintomas físicos e psíquicos relacionados ao stress (distress). O resultado é apresentado em cores (vermelho, laranja, amarelo ou verde), e cada cor é associada à presença de sinais de stress (distress) e sintomas de saúde. A cor vermelha corresponde a sinais de stress em nível elevado, a cor laranja moderado, a amarela baixo e a verde sem sinais significativos de stress. Os resultados deste questionário foram definidos como um dos indicadores de efetividade do programa de Coaching, o qual será descrito a seguir. Após a aplicação do Mapeamento do Stress e Bem-Estar e da análise dos dados, foi desenhado um programa de intervenção para reduzir o stress e suas consequências na empresa. Uma das

3 recomendações realizadas foi a implantação do programa de Coaching de Bem-estar e Gestão do Stress. O Coaching de Bem Estar e Gestão do Stress da Rumo é um processo estruturado que se baseia em 5 pilares: Enfrentamento das Fontes de Stress, Gestão do Tempo, Relaxamento, Alimentação e Atividade Física. Tem como objetivos ajudar as pessoas a desenvolver recursos para lidar com o stress e a modificar comportamentos e hábitos que predispõem ao aumento no nível de stress em direção a níveis mais elevados de bem-estar, o que implica na adoção de um estilo de vida mais saudável. Em conjunto com o cliente identificam-se as principais fontes de stress presentes na vida pessoal e profissional, as histórias de sucesso em gerenciar o stress, os aspectos de força, os valores e a motivação para a mudança. O cliente cria uma visão de bem-estar e gerenciamento do stress que servirá de base para a definição de metas que o conduzirão a alcançar os seus objetivos por meio da realização de escolhas conscientes, do fortalecimento de seu potencial e recursos, da ampliação da motivação e aumento da auto-eficácia. Participaram desta pesquisa 30 funcionários de diversos níveis hierárquicos da empresa (nível operacional a diretoria) que responderam ao Mapeamento do Stress e Bem-Estar. O programa foi realizado à distância e a adesão foi voluntária. A quantidade de sessões variou de 8 a 12 (de acordo com a cor do Termômetro do Stress), realizadas em até 12 meses, com intervalo médio de 30 dias entre elas. Cada sessão teve uma duração média de 45 minutos. Antes da última sessão de coaching os participantes responderam a dois questionários online. Um dos questionários era o Termômetro do Stress (o mesmo respondido no Mapeamento inicial) e um segundo questionário de avaliação e impacto do programa. Utilizou-se a mesma ferramenta de avaliação (Termômetro do Stress) antes e após a intervenção, o que permitiu a comparação dos resultados e a verificação das mudanças ocorridas. 3. REFERENCIAL TEÓRICO 3.1. Definição de Stress Segundo Selye (1984), o stress corresponde às reações do organismo diante das demandas da vida, sendo necessário para a sobrevivência. Embora o stress em geral seja associado a algo negativo e ruim, Selye coloca que os mecanismos do stress são indiferentes aos conceitos humanos de bom e mau. O stress é inevitável e não podemos viver sem ele. Em seu aspecto positivo (eustress) pode aumentar a motivação e energia para a realização de atividades. No entanto, quando o stress se torne intenso e prolongado (distress) pode gerar uma série de sintomas físicos, psíquicos e comportamentais, podendo aumentar a vulnerabilidade do organismo, levar a doenças e, em seu extremo, à morte. Selye (1984) postula que é possível identificar os sinais do stress a partir da observação da presença de sintomas físicos, psicológicos e comportamentais. Selye refere que para os seres humanos, sem dúvida, os estressores mais importantes são emocionais. No entanto, no processo de stress (distress), o mais importante é a nossa habilidade para lidar com as demandas e os eventos em nossa vida e não a qualidade ou intensidade desses eventos. Ou seja, o que importa não é tanto o que nos acontece, mas a forma como encaramos e interpretamos isso.

4 Cungi (2004) afirma que o stress e suas consequências negativas custam muito caro tanto do ponto de vista humano quanto econômico, tornando-se um sério problema de saúde pública, conforme vem sendo mostrado em estudos sobre o tema. Nos Estados Unidos, por exemplo, o stress custaria entre 150 a 200 milhões de dólares por ano, ou seja, aproximadamente 1 a 2% do PIB norte americano. Na Europa, estima-se que aproximadamente um em cada três trabalhadores é atingido por problemas relacionados ao stress elevado. No Brasil, em 2010, o INSS constatou um aumento de 28% nos afastamentos causados por stress. No primeiro semestre de 2011, foram concedidos 109 mil auxílios-doença a trabalhadores que sofreram as seqüelas do stress Definição de Coaching De acordo com Pacheco (2011) a palavra coaching em sua etiologia deriva da palavra carruagem, pois se denominava coach aquele que conduzia o cavalo. A partir deste contexto o termo coaching passou a ser utilizado em outro cenário para ilustrar a atividade dos treinadores esportivos em orientar as suas equipes em quadra com o objetivo principal de auxiliar os atletas a eliminar os seus bloqueios e maximizar o seu potencial. Segundo o mesmo autor, após este contexto o termo coaching passou a ser sinônimo de uma atividade voltada a desenvolver e maximizar o potencial das pessoas para que elas possam melhorar o seu desempenho. O coaching como conhecemos nos dias atuais teve início com a filosofia da Psicologia Positiva que, de acordo com Seligman & Czikszentmihalyi (2000):... é definida como a ciência que estuda a experiência subjetiva positiva, as potencialidades e virtudes humanas, e as instituições que promovem qualidade de vida, contribuindo para a compreensão e desenvolvimento dos fatores que permitam a prosperidade dos indivíduos e comunidade. (SELIGMAN & CZIKSZENTMIHALYI, 2000). Desta forma, segundo Pacheco (2011) podemos considerar o coaching uma ferramenta voltada para a aprendizagem, centrada no presente e orientada para a mudança, ou seja, ela permite a melhoria do desempenho em direção ao objetivo final traçado pelo cliente/coachee. Atualmente existem diversos tipos de coaching que visam trabalhar em diferentes focos. O Coaching de Saúde e Bem-Estar é uma modalidade que vem recebendo cada vez mais destaque e importância Coaching de Bem Estar e Gestão do Stress Diante do contexto no qual o stress cada vez mais oferece riscos à saúde e tendo em vista que o processo de coaching pode ser definido como a arte de criar um ambiente, através de conversa e um jeito de ser, que facilita o processo pelo o qual a pessoa possa caminhar em direção a metas de tal forma que a preencha como pessoa (GALLWEY apud CORREIA & ABATE, 2007), o Coaching de Bem Estar e Gestão do Stress se apresenta como uma abordagem importante para auxiliar as pessoas a gerenciarem melhor o stress da vida pessoal e profissional. Muitos estudos indicam que o

5 nosso estilo de vida determina não apenas o nosso estado de felicidade ou bem-estar, mas também a nossa saúde física e emocional (SKARBNIK & SIMURRO, 2011). Sendo assim, a proposta do processo de coaching nesta abordagem é reduzir os comportamentos, hábitos e crenças nocivos à saúde que contribuem para o aumento no nível de stress e desenvolver um estilo de vida mais saudável com ampliação do bem-estar. Os pilares trabalhados no Coaching de Bem Estar e Gestão do Stress (Enfrentamento das Fontes de Stress, Gestão do Tempo, Relaxamento, Alimentação e Atividade Física) são fundamentais na abordagem do stress. Estudos têm comprovado que mudanças no estilo de comportamento e hábitos dentro destas cinco áreas contribuem de forma eficaz para prevenir ou amenizar os efeitos do stress elevado sobre o organismo, além de melhorar a saúde e o bem-estar (Cungi, 2004). O coaching proporciona à pessoa um autoconhecimento, o que permite a ela identificar em si os seus pontos fortes e os fracos na construção dos recursos para enfrentar ou lidar com os medos e dificuldades inerentes a qualquer processo de mudança. Além disso, é uma importante ferramenta para controlar o nível stress no dia a dia, já que proporciona ao cliente estratégias para lidar com as fontes do stress e amenizar os seus efeitos em sua vida aumentando a resiliência. 4. RESULTADOS Para avaliação dos resultados do Coaching de Bem Estar e Gestão do Stress foram utilizados os indicadores de cor do questionário Termômetro do Stress, os resultados do questionário de avaliação e impacto do programa e dados levantados junto à empresa sobre a quantidade de consultas realizadas em Pronto-Socorro e quantidade de faltas ao trabalho (absenteísmo). No período de 12 meses a empresa constatou uma redução de 63% no número de consultas em pronto-socorro e no absenteísmo no grupo de funcionários que participou do coaching. A aplicação do Termômetro do Stress revelou uma redução de 100% da cor vermelha e 73% da cor laranja (gráfico 1), o que significa uma diminuição significativa dos sinais e sintomas de stress. No questionário de avaliação e impacto do programa, 93% das pessoas afirmaram que o coaching contribuiu para um melhor gerenciamento do stress, 93% recomendariam o coaching e 86% consideraram o tempo de intervalo entre as sessões adequado. A maior parte das pessoas conseguiu realizar as mudanças e alcançar as metas definidas nos pilares trabalhados, sendo 100% no pilar Enfrentamento das Fontes de Stress, 100% em Gestão do Tempo, 100% em Alimentação, 81% em Relaxamento e 63% em Atividade Física.

6 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% 75% 75% Enfrentamento do stress Estabeleceu metas X Realizou mudanças durante o processo de coaching 38% 38% Gestão do tempo 56% 47% 47% 47% 66% 44% Alimentação Relaxamento Atividade física Estabeleceu metas Realizou mudanças Termômetro do Stress no Início do Programa de Coaching 0% 0% 23% 27% VERDE AMARELO 50% LARANJA VERMELHO

7 Termômetro do Stress no Término do Programa de Coaching 13% 0% 53% 34% VERDE AMARELO LARANJA VERMELHO Qual a sua avaliação sobre a condução do processo de coaching pelo profissional? 0% 0% 28% 72% Ótima Boa Regular Ruim De forma geral, como você avalia o processo de coaching realizado? 24% 0% 4% 72% Ótimo Bom Regular Ruim

8 Como você avalia o seu grau de comprometimento com o processo? 0% 24% Muito comprometido 76% Mais ou menos comprometido Pouco comprometido DEPOIMENTOS Na avaliação final realizada online solicitamos aos participantes que escrevessem um depoimento sobre a participação no processo. Abaixo alguns deles: 1. Entrei no processo já em um estágio avançado de stress, o qual impactava na minha saúde e vida como um todo... Imediatamente a equipe diagnosticou isso e traçou um plano para eu primeiro sair dessa crise e depois com mais calma lidar com o assunto. Recebi sugestões e recomendações objetivas e práticas que me propiciaram ver pequenos avanços o que era muito importante naquele momento de crise. Com certeza não teria saído do meu estado de stress sem a ajuda do coaching. 2. Muito bom, normalmente não paramos pra pensar no que estamos fazendo, onde queremos chegar e como realizar isto. Com isto agendado e com a ajuda do profissional, podemos visualizar isto melhor e conseguimos romper barreiras e alcançar nossos objetivos. 3. O processo foi decisivo para conseguir manter a consciência, tranqüilidade e foco durante o período de grandes mudanças. 4. O processo todo foi um grande aprendizado. Priorizamos mil coisas em nossa vida, mas às vezes nos colocamos em último da lista. Foi ótimo ter uma pessoa me ajudando a relembrar a importância de me priorizar e "cobrando" por isso! Eu adorei, recomendaria e gostaria muito de continuar! 5. Maravilhoso. Era a hora mais esperada do mês! Faria mais 1000 vezes!

9 5. CONSIDERAÇÕES FINAIS O Coaching de Bem Estar e Gestão do Stress se mostrou eficaz para a redução de sintomas físicos e psíquicos do stress, para o aumento do bem-estar, mudança de comportamento e adoção de hábitos saudáveis. Os dados levantados pela empresa revelaram uma grande diminuição do absenteísmo e de custos com saúde no último ano, o que representa diminuição dos custos diretos e indiretos do stress. O coaching possibilita o desenvolvimento e o fortalecimento de competências e estratégias que ampliam a resistência ao stress e desenvolvem a resiliência. Sendo realizado à distância amplia o seu alcance e se torna viável para diferentes profissões e contextos ocupacionais. A implementação de programas de prevenção e redução do stress nas empresas é de suma importância para a sustentabilidade das organizações e das pessoas. No campo do stress ocupacional não existem modelos prontos, sendo fundamental a inovação e a criação de alternativas e possibilidades que precisam ser testadas e constantemente ajustadas visando contribuir para que pessoas e organizações se tornem mais saudáveis, produtivas e felizes. 6. AUTORES Rosalina Moura - Psicóloga (IP-USP), Gestora em Qualidade de Vida no Trabalho pela FIA/FEA USP- SP, Coach em Saúde e Bem-estar pela Carevolution (Wellcoaches), Certificada em Gerenciamento do Stress pela ISMA-BR e Canadian National Centre for Occupational Health & Safety (CNCOHS), sócia da Rumo Empresarial Ltda ME. F: / , e- mail Katia Martins - Psicóloga (UNICSUL), Coach em Saúde e Bem-estar, Coach na Rumo Empresarial Ltda ME. F: , F: ,

10 7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CORREIA, M; ABATE, P. O processo de coaching em uma abordagem transpessoal. Tese de mestrado, Instituto Humanitatis, Dez, CUNGI, C. Cap. 01: O que é estresse. IN: CUNGI, C. Saber administrar o estresse na vida e no trabalho. São Paulo. Larousse do Brasil, 2004, p DHHS (NIOSH). Stress at Work. Publication number Em: <http://www.cdc.gov/niosh/docs/99-101>. Acesso em: 23 de Abril de HSE, Em: < Acesso em 23 de Abril de LAZARUS, R.S. Psychological Stress and the Coping Process. New York: McGraw-Hill, LIPP, M. Como enfrentar o stress. São Paulo, Ícone/ Campinas Unicamp, 1998, p PACHECO, G. Coaching, consultoria e terapia: sacos diferentes da mesma farinha?. In: PERCIA, A. ; SITA. M. Manual completo de coaching. São Paulo, Ed. Ser Mais, 2011, p PROSHASKA, J.; NORCROSS, J.; DICLEMENTE, C. Changing for Good. New York, NY: Harper Collins/ Quill, 1994/2002. ROSSI, A.M.; QUICK, J.C.; PERREWÉ. Stress e qualidade de vida no trabalho: o positivo e o negativo. São Paulo, Atlas, SELIGMAN, M.E.P.; CZIKSZENTMIHALYI, M. Positive Psichology: an introduction. In: American Psichologist, v. 55, 2000, p SELIGMAN, M.; Felicidade Autêntica: usando a Psicologia Positiva para a realização permanente. Rio de Janeiro:Objetiva, SELYE, H. Estresse: A tensão da vida. São Paulo: Ibrasa, SELYE, H. The Stress of Life. New York: McGraw-Hill, 1956, revised ed., SKARBNIK, R.; SIMURRO, S. Wellness e Health Coaching. IN: PERCIA, A.; SITA, M. Manual Completo de Coaching. São Paulo. Editora Ser Mais, 2011, p ZANELLI, J.C. & Cols. Estresse nas organizações de trabalho: compreensão e intervenção baseadas em evidências. Porto Alegre, Artmed, 2010.

AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico

AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico Sâmia Simurro Novembro/2011 FATOS SOBRE O STRESS Inevitável Nível positivo?

Leia mais

Programa de Ginástica Laboral

Programa de Ginástica Laboral Programa de Ginástica Laboral 1. IDENTIFICAÇÃO Nome: Programa de Ginástica Laboral (PGL) Promoção e Organização: Centro de Educação Física, Esportes e Recreação Coordenadoria do Campus de Ribeirão Preto.

Leia mais

COUTO COACHING. Liberando potencial, maximizando resultados.

COUTO COACHING. Liberando potencial, maximizando resultados. COUTO COACHING Liberando potencial, maximizando resultados. O que é Coaching? Coaching é uma poderosa ferramenta de desenvolvimento e gerenciamento do comportamento humano e tem como objetivo levar o indivíduo

Leia mais

Catálogo de treinamentos

Catálogo de treinamentos Catálogo de treinamentos 11 3892-9572 www.institutonobile.com.br Desenvolvendo seus Talentos O Instituto Nobile desenvolve as mais modernas soluções em treinamento e desenvolvimento. Oferecemos programas

Leia mais

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE COACHING EDUCATION By José Roberto Marques Diretor Presidente - Instituto Brasileiro de Coaching Denominamos de Coaching Education a explicação, orientação e aproximação

Leia mais

COACHING. Imagem Evolução do Coaching por Coach Douglas Ferreira. Veja um pouco de sua evolução.

COACHING. Imagem Evolução do Coaching por Coach Douglas Ferreira. Veja um pouco de sua evolução. Faculdade Tecnologia Senac. Goiania,29 de maio de 2014. Nome: Thiago Pereira Profº Itair Pereira da Silva GTI 1 - Matutino COACHING O Coaching é um processo, com início, meio e fim, definido em comum acordo

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Projeto Integrador Couching

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Projeto Integrador Couching Faculdade de Tecnologia Senac Goiás Projeto Integrador Couching Goiânia 2015 Couching 1. Conceito. O Coach é o profissional especializado no processo de Coaching. Pode ser considerado um treinador que

Leia mais

Programas de Promoção de Saúde Para o Trabalhador Escolar: Ginástica Laboral e Controle do Estresse

Programas de Promoção de Saúde Para o Trabalhador Escolar: Ginástica Laboral e Controle do Estresse 12 Programas de Promoção de Saúde Para o Trabalhador Escolar: Ginástica Laboral e Controle do Estresse Ricardo Martineli Massola Mestre em Qualidade de Vida, Saúde Coletiva e Atividade Física na UNICAMP

Leia mais

COACHING FINANCEIRO PESSOAL COMO LIDAR COM O DINHEIRO, PLANEJAR E ORGANIZAR AS FINANÇAS

COACHING FINANCEIRO PESSOAL COMO LIDAR COM O DINHEIRO, PLANEJAR E ORGANIZAR AS FINANÇAS COACHING FINANCEIRO PESSOAL COMO LIDAR COM O DINHEIRO, PLANEJAR E ORGANIZAR AS FINANÇAS Belo Horizonte, 05 de novembro de 2012. À FUNDAÇÃO DOM CABRAL ÁREA DE QUALIDADE DE VIDA E BENEFÍCIOS Cara Ana Luiza,

Leia mais

Evanir Soares da Fonseca

Evanir Soares da Fonseca CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde AÇÕES DE COMBATE AO ESTRESSE: PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DOS TRABALHADORES DA SAÚDE DE PARACATU - MG Evanir Soares

Leia mais

A GINÁSTICA LABORAL E OS SEUS EFEITOS NA RELAÇÃO DE EMPREGO: VANTAGENS E BENEFÍCIOS PARA EMPREGADO E EMPREGADOR.

A GINÁSTICA LABORAL E OS SEUS EFEITOS NA RELAÇÃO DE EMPREGO: VANTAGENS E BENEFÍCIOS PARA EMPREGADO E EMPREGADOR. A GINÁSTICA LABORAL E OS SEUS EFEITOS NA RELAÇÃO DE EMPREGO: VANTAGENS E BENEFÍCIOS PARA EMPREGADO E EMPREGADOR. Márcia Maria Maia Advogada, pós-graduada em Direito Público e pós-graduanda em Direito e

Leia mais

Qualidade de vida no Trabalho

Qualidade de vida no Trabalho Qualidade de Vida no Trabalho Introdução É quase consenso que as empresas estejam cada vez mais apostando em modelos de gestão voltados para as pessoas, tentando tornar-se as empresas mais humanizadas,

Leia mais

Personal and Professional Coaching

Personal and Professional Coaching Personal and Professional Coaching Seu salto para a excelência pessoal e profissional 1 O novo caminho para o sucesso e a realização pessoal! Todos sabem que para ser médico, advogado, dentista ou engenheiro

Leia mais

PRO PERFORMANCE EMPRESAS

PRO PERFORMANCE EMPRESAS Uma proposta cultural única aprimore o seu potencial Crie um versão melhor de is mesmo Conheça, pratique, supere-se, aprimore-se PRO PERFORMANCE EMPRESAS Programa de Excelência e Alta Performance para

Leia mais

O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o

O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o desempenho de um indivíduo, grupo ou empresa, possibilitando o alcance de resultados planejados, através de metodologias, ferramentas e técnicas, conduzidas

Leia mais

RH Saúde Ocupacional

RH Saúde Ocupacional Programa de Promoção da Saúde no Ambiente de Trabalho RH Saúde Ocupacional Objetivo Tem como principal objetivo propiciar ambiente de Tem como principal objetivo propiciar ambiente de trabalho e clima

Leia mais

Gestão de Pessoas. - Saúde do Servidor -

Gestão de Pessoas. - Saúde do Servidor - Gestão de Pessoas - Saúde do Servidor - Promoção de Saúde e Bem-Estar Desenvolve programas destinados à prevenção de doenças, à promoção de saúde e de qualidade de vida. Realiza campanhas, palestras e

Leia mais

Como desenvolver a resiliência no ambiente de Recursos Humanos

Como desenvolver a resiliência no ambiente de Recursos Humanos Como desenvolver a resiliência no ambiente de Recursos Humanos Edna Bedani Edna Bedani Mestre em Administração, Pós Graduada em Administração, com especialização em Gestão Estratégica de RH, graduada em

Leia mais

SECRETARIA DE RESSOCIALIZAÇÃO. Programa de Alívio e Relaxamento do Estresse

SECRETARIA DE RESSOCIALIZAÇÃO. Programa de Alívio e Relaxamento do Estresse SECRETARIA DE RESSOCIALIZAÇÃO Programa de Alívio e Relaxamento do Estresse SUMÁRIO JUSTIFICATIVA OBJETIVOS EXECUÇÃO CONDIÇÕES GERAIS JUSTIFICATIVA As facilidades e a agitação da vida moderna trouxeram

Leia mais

O ESTRESSE NO MUNDO DO TRABALHO: UMA ABORDAGEM INDIVIDUAL E ORGANIZACIONAL

O ESTRESSE NO MUNDO DO TRABALHO: UMA ABORDAGEM INDIVIDUAL E ORGANIZACIONAL O ESTRESSE NO MUNDO DO TRABALHO: UMA ABORDAGEM INDIVIDUAL E ORGANIZACIONAL COUTINHO, Daniele Aparecida Discente do Curso de Psicologia da Faculdade de Ciências da Saúde FASU/ACEG GARÇA/SP BRASIL e-mail:

Leia mais

Resiliência. Capacidade para superar os desafios da vida

Resiliência. Capacidade para superar os desafios da vida Resiliência Capacidade para superar os desafios da vida O que é resiliência? Resiliência pode ser definida como a capacidade de se renascer da adversidade fortalecido e com mais recursos. (...) Ela engloba

Leia mais

O Coaching pode ajudar uma pessoa a:

O Coaching pode ajudar uma pessoa a: O que é o Coaching O que é o Coaching É um processo compartilhado de desenvolvimento pessoal e profissional focado em ações no presente, para tornar real suas intenções de atingir objetivos e alcançar

Leia mais

CARACTERIZAÇAO DE UM PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL COMO PREVENÇÃO E REDUÇÃO DA LER/DORT

CARACTERIZAÇAO DE UM PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL COMO PREVENÇÃO E REDUÇÃO DA LER/DORT CARACTERIZAÇAO DE UM PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL COMO PREVENÇÃO E REDUÇÃO DA LER/DORT PINHEIRO, L. C.; DUTRA, J.; BRASILINO, F.F; MORALES, P. J. C.; HUCH, T.P. Universidade da Região de Joinville Depto.

Leia mais

ESTRESSE EM ENFERMEIROS DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA (SAMU) DE RECIFE-PE

ESTRESSE EM ENFERMEIROS DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA (SAMU) DE RECIFE-PE ESTRESSE EM ENFERMEIROS DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA (SAMU) DE RECIFE-PE Izabel Cristina Brito da Silva 1 Emanuela Batista Ferreira 2 Jael Maria de Aquino 3 Sílvia Elizabeth Gomes de Medeiros

Leia mais

Diferenças entre Coaching, Mentoring e Counseling: Desmistificando o Coaching

Diferenças entre Coaching, Mentoring e Counseling: Desmistificando o Coaching Diferenças entre Coaching, Mentoring e Counseling: Desmistificando o Coaching Diferenças entre Coaching, Mentoring e Counsuling: Desmistificando o Coaching Inquietações... O que é? Para que serve? Quem

Leia mais

A GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NO SETOR DE COZINHA EM RESTAURANTES

A GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NO SETOR DE COZINHA EM RESTAURANTES A GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NO SETOR DE COZINHA EM RESTAURANTES Alexandre Crespo Coelho da Silva Pinto Fisioterapeuta Mestrando em Engenharia de Produção UFSC

Leia mais

GESTÃO DA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO COM FOCO NO ESTRESSE OCUPACIONAL: UM BREVE ESTUDO DE CASO NA CHESF

GESTÃO DA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO COM FOCO NO ESTRESSE OCUPACIONAL: UM BREVE ESTUDO DE CASO NA CHESF GESTÃO DA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO COM FOCO NO ESTRESSE OCUPACIONAL: UM BREVE ESTUDO DE CASO NA CHESF Autor(a): Karla Theonila Vidal Maciel Freitas 1 Introdução As empresas estão dando, cada vez mais,

Leia mais

Quem somos. A organização do trabalho e a emergência de novos riscos psicossociais no Séc. XXI. João Paulo Pereira

Quem somos. A organização do trabalho e a emergência de novos riscos psicossociais no Séc. XXI. João Paulo Pereira A organização do trabalho e a emergência de novos riscos psicossociais no Séc. XXI João Paulo Pereira Linha de Investigação em Psicologia da Saúde e Saúde Ocupacional http://hohp.org hohp@netcabo.pt Associação

Leia mais

PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA NA MICRO E PEQUENA EMPRESA. Prof. José Ricardo Tóffoli

PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA NA MICRO E PEQUENA EMPRESA. Prof. José Ricardo Tóffoli PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA NA MICRO E PEQUENA EMPRESA Prof. José Ricardo Tóffoli DEFINIÇÃO Lei Geral da MPE Micro Empresa Faturamento de até R$ 240.000 mil/ano Pequena Empresa De R$ 240.000 mil até

Leia mais

1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano. Vamos falar sobre isso?

1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano. Vamos falar sobre isso? 1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano Vamos falar sobre isso? Algumas estatísticas sobre Saúde Mental Transtornos mentais são frequentes e afetam mais de 25% das pessoas

Leia mais

Pesquisa: Cultura de Saúde Marcos J. C. Baptista

Pesquisa: Cultura de Saúde Marcos J. C. Baptista Pesquisa: Cultura de Saúde Marcos J. C. Baptista 26/10/2011 A saúde das pessoas e o negócio Pessoa (bem-estar x doença) Produtividade (custo de oportunidade) Empresa (custo contábil) Stakeholders > 15

Leia mais

PAF Programa de Acompanhamento Funcional

PAF Programa de Acompanhamento Funcional PAF Programa de Acompanhamento Funcional MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR Márcio de Moura Pereira Motivação do Projeto SITUAÇÃO PROBLEMA Necessidade de atender a demandas já existentes de servidores e membros

Leia mais

FLÁVIA MOTTA Consultora em Gestão de Pessoas Life & Professional Coach Pedagoga, Pós-graduada em Psicologia Organizacional MBA em Gestão de Pessoas

FLÁVIA MOTTA Consultora em Gestão de Pessoas Life & Professional Coach Pedagoga, Pós-graduada em Psicologia Organizacional MBA em Gestão de Pessoas DUO A DUO nasce com mais de 17 anos de experiência de seus fundadores nos segmentos de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, Gerenciamento de Processos, Esportes e Qualidade de Vida. Com um vasto conhecimento

Leia mais

Título de apresentação principal em Calibri tamanho 18

Título de apresentação principal em Calibri tamanho 18 COACHING Título de apresentação principal em Calibri tamanho 18 O novo caminho para o sucesso e a realização pessoal! Todos sabem que para ser médico, advogado, dentista ou engenheiro são necessários anos

Leia mais

O Exercício da Liderança por meio do Estilo Coaching na Gestão de Equipes KÁTIA DE ARAÚJO

O Exercício da Liderança por meio do Estilo Coaching na Gestão de Equipes KÁTIA DE ARAÚJO O Exercício da Liderança por meio do Estilo Coaching na Gestão de Equipes KÁTIA DE ARAÚJO TÉCNICO GESTOR/COORNDENADOR LÍDER DE NOME Hoover (2006) PODER LÍDER FORMAL Montana (1998) CUMPRIMENTO DAS TAREFAS

Leia mais

Perguntas Frequentes de Coaching Tire suas dúvidas sobre

Perguntas Frequentes de Coaching Tire suas dúvidas sobre Perguntas Frequentes de Coaching Tire suas dúvidas sobre coaching www.vocevencedor.com.br // www.flaviosouza.com.br Conheça nossos Cursos: Curso para Certificação Internacional em Coaching pela International

Leia mais

MB2 - Soluções em Psicologia

MB2 - Soluções em Psicologia MB2 - Soluções em Psicologia Com objetivo de identificar necessidades de informações sobre Segurança do Trabalho e Saúde do trabalhador a MB2 Soluções em Psicologia Ltda. oferece profissionais na área

Leia mais

Coaching e Mentoring

Coaching e Mentoring Coaching e Mentoring Prof. MBA de Gestão Estratégica de Pessoas Mentoring/ Coaching / Counseling Mentoring Coaching Counseling Aconselhamento de Carreira. Realizado em médio e longo prazos. Planejamento

Leia mais

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ISSN 1984-9354 QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO JAQUELINE ARAUJO DOS SANTOS (LATEC / UFF) Resumo: Os temas relacionados à qualidade de vida no trabalho estão cada vez mais sendo objeto de estudo e presentes

Leia mais

ALONGAMENTO: INVESTIGAÇÃO ENTRE

ALONGAMENTO: INVESTIGAÇÃO ENTRE ALONGAMENTO: INVESTIGAÇÃO ENTRE ACADÊMICOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REGIÃO DE CAMPINAS Marcy Garcia Ramos 1 João Gomes Tojal 2 1 Universidade Estadual de Campinas Departamento de Ciências do Esporte,

Leia mais

O Processo de Coaching*

O Processo de Coaching* O Processo de Coaching* Por Adriana Preto Rutzen** O Coaching surgiu no mundo dos esportes, através do trabalho do técnico de tênis Thimoty Gallwey, que escreveu e publicou, em meados dos anos 70, o livro

Leia mais

A Prevenção de Doenças Ocupacionais na Gestão de Qualidade Empresarial

A Prevenção de Doenças Ocupacionais na Gestão de Qualidade Empresarial A Prevenção de Doenças Ocupacionais na Gestão de Qualidade Empresarial 2 Alessandra Maróstica de Freitas A Prevenção de Doenças Ocupacionais na Gestão de Qualidade Empresarial ALESSANDRA MARÓSTICA DE FREITAS

Leia mais

Ambientes de Trabalho Saudáveis e Produtividade. Samuel Antunes 25.11.15

Ambientes de Trabalho Saudáveis e Produtividade. Samuel Antunes 25.11.15 Ambientes de Trabalho Saudáveis e Produtividade Samuel Antunes 25.11.15 Local de Trabalho Saudável As Organizações que são lugares de trabalho saudáveis: Desenvolvem acções de promoção da saúde física

Leia mais

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO E- BOOK GRATUITO Olá amigo (a), A depressão é um tema bem complexo, mas que vêm sendo melhor esclarecido à cada dia sobre seu tratamento e alívio. Quase todos os dias novas

Leia mais

PARCERIA PARA UMA EDUCAÇÃO FINANCEIRA SUSTENTÁVEL

PARCERIA PARA UMA EDUCAÇÃO FINANCEIRA SUSTENTÁVEL PARCERIA PARA UMA EDUCAÇÃO FINANCEIRA SUSTENTÁVEL www.intusforma.com.br www.financasecoisadecrianca.com.br Quem somos Formação e desenvolvimento do potencial individual através da conscientização e da

Leia mais

Saúde psicológica na empresa

Saúde psicológica na empresa Saúde psicológica na empresa introdução Nos últimos tempos muito tem-se falado sobre qualidade de vida no trabalho, e até sobre felicidade no trabalho. Parece que esta discussão reflete a preocupação contemporânea

Leia mais

CIRCULAR INFORMATIVO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2013 / 2014

CIRCULAR INFORMATIVO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2013 / 2014 CIRCULAR INFORMATIVO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2013 / 2014 No seguimento do sucesso alcançado com os anteriores projetos de formação, o SERAM em parceria com a COMPETIR voltaram a apresentar candidatura para

Leia mais

Livro de Metodologia. Competências. Fundamentais. de Coaching. Villela da Matta Flora Victoria

Livro de Metodologia. Competências. Fundamentais. de Coaching. Villela da Matta Flora Victoria Livro de Metodologia Competências Fundamentais de Coaching Villela da Matta Flora Victoria 41 O Treinamento Competências Fundamentais de Coaching O que é e a quem se destina Treinamento composto por 4

Leia mais

Formação em Coaching Executivo e Empresarial

Formação em Coaching Executivo e Empresarial Formação em Coaching Executivo e Empresarial Áreas de Desenvolvimento Prioritário para os Próximos Doze Meses (2012) segundo o levantamento realizado pela Global Novations em Janeiro de 2012 T 1 Desenvolvimento

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA APRESENTAÇÃO E-mail para contato: ctifor@tjce.jus.br Nome do trabalho: Projeto Qualidade de Vida: celebrando o equilíbrio mente/corpo no ambiente

Leia mais

Ginástica Laboral como Meio de Promoção da Qualidade de Vida no Trabalho

Ginástica Laboral como Meio de Promoção da Qualidade de Vida no Trabalho 6 Ginástica Laboral como Meio de Promoção da Qualidade de Vida no Trabalho José Cicero Mangabeira Da Silva Gestor Em Recursos Humanos - Anhanguera Educacional - Campinas-SP Especialista Em Gestão Da Qualidade

Leia mais

I Simpósio COACHING - Arte e Ciência CRASP

I Simpósio COACHING - Arte e Ciência CRASP I Simpósio COACHING - Arte e Ciência CRASP COACHING EMPRESARIAL: A IMPORTÂNCIA DO COACHING COMO SUPORTE ÀS EMPRESAS ROSA R. KRAUSZ CONTRIBUIÇÃO DAS PMEs NO BRASIL (IBGE-2010) 20% do PIB brasileiro (R$

Leia mais

CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM COACHING 5 a 12 de Setembro, Belo Horizonte Brasil. www.criscarvalho.com

CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM COACHING 5 a 12 de Setembro, Belo Horizonte Brasil. www.criscarvalho.com CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM COACHING 5 a 12 de Setembro, Belo Horizonte Brasil O processo de Certificação tem como finalidade formar e preparar os participantes para serem capazes de compreender e atuar

Leia mais

ESTRESSE OCUPACIONAL SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO

ESTRESSE OCUPACIONAL SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO ESTRESSE SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Página 1 de 9 1. OBJETIVO... 3 2. ESCOPO... 3 3. DEFINIÇÕES... 4 4. ESTRESSE OCUPACIONAL: CARACTERIZAÇÃO... 4 4.1. Conceitos fundamentais... 4 4.2. Conseqüências

Leia mais

Portfólio eletrônico

Portfólio eletrônico Portfólio eletrônico Apresentação Desenvolvemos estratégias, soluções e buscamos as melhores alternativas técnicas para empresas ou profissionais que atuam na área de recursos humanos, gestão de pessoas

Leia mais

VI CONGRESSO BRASILEIRO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA IX CONGRESO IBEROAMERICANO DE DIAGNÓSTICO Y EVALUACIÓN PSICOLÓGICA MACEIÓ, 04 A 07 DE JUNHO DE 2013

VI CONGRESSO BRASILEIRO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA IX CONGRESO IBEROAMERICANO DE DIAGNÓSTICO Y EVALUACIÓN PSICOLÓGICA MACEIÓ, 04 A 07 DE JUNHO DE 2013 VI CONGRESSO BRASILEIRO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA & IX CONGRESO IBEROAMERICANO DE DIAGNÓSTICO Y EVALUACIÓN PSICOLÓGICA MACEIÓ, 04 A 07 DE JUNHO DE 2013 1) Tipo e título da atividade proposta: a) Tipo: MESA-REDONDA;

Leia mais

ÁREA COMPORTAMENTAL E DESENVOLVIMENTO PESSOAL

ÁREA COMPORTAMENTAL E DESENVOLVIMENTO PESSOAL ÁREA COMPORTAMENTAL E DESENVOLVIMENTO PESSOAL COMUNICAÇÃO E IMAGEM COMO FACTORES COMPETITIVOS A sua empresa tem problemas ao nível da comunicação interna? Promover a Comunicação assertiva no relacionamento

Leia mais

Administrando o Stress: o coração agradece

Administrando o Stress: o coração agradece Administrando o Stress: o coração agradece Lucia E. Novaes Malagris Professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro Presidente da Associação Brasileira de Stress Mortalidade - Brasil - Óbitos por

Leia mais

O modelo biomédico da medicina pode ser entendido partir do nível das respostas que dá às seguintes questões:

O modelo biomédico da medicina pode ser entendido partir do nível das respostas que dá às seguintes questões: Ogden, J.(1999). Psicologia da Saúde. Lisboa: Climepsi Editores, Capitulo 1. Capítulo 1. Uma Introdução a Psicologia da Saúde Antecedentes da Psicologia da Saúde O século XIX Foi no decorrer do século

Leia mais

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...3 O COACHING...4 ORIGENS...5 DEFINIÇÕES DE COACHING...6 TERMOS ESPECÍFICOS E SUAS DEFINIÇÕES...7 O QUE FAZ UM COACH?...8 NICHOS DE ATUAÇÃO DO COACHING...9 OBJETIVOS DO COACHING...10

Leia mais

GAPP - GUIA DE ANÁLISE PESSOAL & PROFISSIONAL

GAPP - GUIA DE ANÁLISE PESSOAL & PROFISSIONAL GAPP - GUIA DE ANÁLISE PESSOAL & PROFISSIONAL Relatório para Estudantes e Coaching www.extendeddisc.com.br 2015 A Extended DISC é uma empresa multinacional de origem finlandesa, cuja missão é prover informações

Leia mais

PROJETO DESENVOLVIMENTO DE JOVENS LÍDERES 2014

PROJETO DESENVOLVIMENTO DE JOVENS LÍDERES 2014 PROJETO DESENVOLVIMENTO DE JOVENS LÍDERES 2014 1. Objetivo [REGULAMENTO] Contribuir para um futuro melhor para todos, a partir do investimento em desenvolvimento de jovens talentosos e com potencial para

Leia mais

Qual carreira profissional você quer trilhar?

Qual carreira profissional você quer trilhar? Qual carreira profissional você quer trilhar? programa de coaching de carreira Trilhas Profissionais Desde pequenos nos perguntam o que você quer ser quando crescer?. O que não nos damos conta é que temos

Leia mais

SUPERANDO A DEPRESSÃO RESUMO

SUPERANDO A DEPRESSÃO RESUMO SUPERANDO A DEPRESSÃO Andreza do Ouro Corrêa - andreza.correa@ymail.com Mayara Cristina Costa Mariângela Pinto da Silva Gislaine Lima da Silva - gilisilva@ig.com.br Curso de Psicologia Unisalesiano/ Lins

Leia mais

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO Professor Romulo Bolivar www.proenem.com.br INSTRUÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação,

Leia mais

1. Objetivo. 2. Público-alvo

1. Objetivo. 2. Público-alvo 1. Objetivo Contribuir para um futuro melhor para todos a partir do investimento em desenvolvimento de jovens com potencial para liderança, atuantes em comunidades e/ou entidades sem fins lucrativos, em

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Cristina Soares Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Quando decidi realizar meu processo de coaching, eu estava passando por um momento de busca na minha vida.

Leia mais

09/10/2013. Ser Humano. Transformação Pessoal. Sonhos. A Jornada é mais importante que o Destino. Decisão. Onde Vamos Viver?

09/10/2013. Ser Humano. Transformação Pessoal. Sonhos. A Jornada é mais importante que o Destino. Decisão. Onde Vamos Viver? Ser Humano Transformação Pessoal Sonhos A Jornada é mais importante que o Destino Decisão Onde Vamos Viver? 1 PAPO DE Superação Para escalar rumo a alta performance é necessário rever a bagagem: equipamentos,

Leia mais

ALERTA PARA OS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM SOBRE OS SINTOMAS DA SÍNDROME DE BURNOUT

ALERTA PARA OS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM SOBRE OS SINTOMAS DA SÍNDROME DE BURNOUT ALERTA PARA OS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM SOBRE OS SINTOMAS DA SÍNDROME DE BURNOUT CASTRO, Wagner Aparecido Oliveira Discente do curso de Enfermagem da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva.

Leia mais

GINÁSTICA LABORAL Prof. Juliana Moreli Barreto

GINÁSTICA LABORAL Prof. Juliana Moreli Barreto GINÁSTICA LABORAL Prof. Juliana Moreli Barreto OFICINA PRÁTICA Aprenda a ministrar aulas de ginástica laboral GINÁSTICA LABORAL - Objetivos e benefícios do programa - Formas de aplicação atualmente - Periodização

Leia mais

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO Autoria: Elaine Emar Ribeiro César Fonte: Critérios Compromisso com a Excelência e Rumo à Excelência

Leia mais

Fator emocional. Fertilidade Natural: Fator emocional CAPÍTULO 8

Fator emocional. Fertilidade Natural: Fator emocional CAPÍTULO 8 CAPÍTULO 8 Fator emocional O projeto comum de ter filhos, construir a própria família, constitui um momento existencial muito importante, tanto para o homem como para a mulher. A maternidade e a paternidade

Leia mais

Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente

Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente 16 Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente Leidiane Silva Oliveira Chagas Gestora de Recursos Humanos - Anhanguera Educacional

Leia mais

PESQUISA DO 1º FORUM INTERNACIONAL DE SAUDE AAPSA

PESQUISA DO 1º FORUM INTERNACIONAL DE SAUDE AAPSA PESQUISA DO 1º FORUM INTERNACIONAL DE SAUDE AAPSA Introdução Introdução A ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE RECURSOS HUMANOS E GESTORES DE PESSOAS - AAPSA, instituição empreendedora, referência em debates de atualidades,

Leia mais

PALESTRA COMPORTAMENTO SEGURO PROF. JOSÉ RICARDO TÓFFOLI DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO - 23/05/2015

PALESTRA COMPORTAMENTO SEGURO PROF. JOSÉ RICARDO TÓFFOLI DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO - 23/05/2015 PALESTRA COMPORTAMENTO SEGURO PROF. JOSÉ RICARDO TÓFFOLI DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO - 23/05/2015 SEGURANÇA DO TRABALHO: UM MINUTO DA SUA ATENÇÃO! FALTA DE ATENÇÃO E ACIDENTES DO TRABALHO

Leia mais

Quem Contratar como Coach?

Quem Contratar como Coach? Quem Contratar como Coach? por Rodrigo Aranha, PCC & CMC Por diversas razões, você tomou a decisão de buscar auxílio, através de um Coach profissional, para tratar uma ou mais questões, sejam elas de caráter

Leia mais

A ATUAÇÃO DA SECRETÁRIA NUM AMBIENTE DE MUDANÇAS: A PREDISPOSIÇÃO AO ESTRESSE.

A ATUAÇÃO DA SECRETÁRIA NUM AMBIENTE DE MUDANÇAS: A PREDISPOSIÇÃO AO ESTRESSE. A ATUAÇÃO DA SECRETÁRIA NUM AMBIENTE DE MUDANÇAS: A PREDISPOSIÇÃO AO ESTRESSE. Glaucilene A. Martinez Toledo¹, Maria Luiza G. Ferreira², Valquíria A. Saraiva de Moraes³, Cidália Gomes 1 UNIVAP/FCSA Av.

Leia mais

Promoção de Experiências Positivas Crianças e Jovens PEP-CJ Apresentação geral dos módulos

Promoção de Experiências Positivas Crianças e Jovens PEP-CJ Apresentação geral dos módulos Positivas Crianças e Jovens PEP-CJ Apresentação geral dos módulos Universidade do Minho Escola de Psicologia rgomes@psi.uminho.pt www.psi.uminho.pt/ www.ardh-gi.com Esta apresentação não substitui a leitura

Leia mais

44% 56% 67.896 respostas no Brasil. 111.432 respostas na América Latina. 0,5% Margem de erro. Metodologia e Perfil. homens.

44% 56% 67.896 respostas no Brasil. 111.432 respostas na América Latina. 0,5% Margem de erro. Metodologia e Perfil. homens. Brasil A pesquisa em 2015 Metodologia e Perfil 111.432 respostas na América Latina 44% homens 67.896 respostas no Brasil 0,5% Margem de erro 56% mulheres * A pesquisa no Uruguai ainda está em fase de coleta

Leia mais

11 de abril de 2012. Presenteísmo O Inimigo Invisível

11 de abril de 2012. Presenteísmo O Inimigo Invisível 11 de abril de 2012 Presenteísmo O Inimigo Invisível Absenteísmo X Presenteísmo Ausência ao trabalho, seja por falta, atraso, desmotivação ou doença X Propensão do trabalhador em permanecer trabalhando,

Leia mais

7º Encontro de Absenteísmo e Presenteísmo nas Empresas. 2º Fórum de Relações com a Previdência com foco em FAP. 10, 11 e 12 de Setembro de 2014

7º Encontro de Absenteísmo e Presenteísmo nas Empresas. 2º Fórum de Relações com a Previdência com foco em FAP. 10, 11 e 12 de Setembro de 2014 Um dos aspectos que compõe uma vida saudável é o trabalho, produzir é saudável. No entanto para as empresas a Saúde no Trabalho é um dos desafios mais significativos em sua Gestão. Na busca por soluções

Leia mais

Competências Essenciais de Coaching. Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING

Competências Essenciais de Coaching. Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING Competências Essenciais de Coaching Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING Por que estamos aqui? Estamos aqui para: Conhecer quais são as competências essências do um

Leia mais

Estudo epidemiológico realizado de 4 em 4 anos, em colaboração com a Organização Mundial de Saúde.

Estudo epidemiológico realizado de 4 em 4 anos, em colaboração com a Organização Mundial de Saúde. Mafalda Ferreira, Margarida Gaspar de Matos, Celeste Simões & Equipa Aventura Social Estudo epidemiológico realizado de 4 em 4 anos, em colaboração com a Organização Mundial de Saúde. Objectivo: Conhecer

Leia mais

Resiliência. Ana Paula Alcantara Maio de 2013. 4º CAFÉ DA GESTÃO Seplag/TJCE

Resiliência. Ana Paula Alcantara Maio de 2013. 4º CAFÉ DA GESTÃO Seplag/TJCE Resiliência Conceito Emprestado pela física à psicologia do trabalho, a resiliência é a capacidade de resistir às adversidades e reagir diante de uma nova situação. O conceito de resiliência tem origem

Leia mais

A Ser Humano Consultoria

A Ser Humano Consultoria A Ser Humano Consultoria é uma empresa especializada na gestão estratégica de pessoas. Utilizando programas de assessoramento individual, baseados na avaliação e desenvolvimento de suas competências, buscamos

Leia mais

INSERÇÃO PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO EM ORGANIZAÇÕES E NO TRABALHO 30h/a

INSERÇÃO PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO EM ORGANIZAÇÕES E NO TRABALHO 30h/a PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO EMENTAS E BIBLIOGRAFIAS INSERÇÃO PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO EM ORGANIZAÇÕES E NO TRABALHO 30h/a EMENTA: Visão clássica da psicologia organizacional: história e desdobramentos.

Leia mais

NÍVEIS DE ESTRESSE EM PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE RONDÔNIA

NÍVEIS DE ESTRESSE EM PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE RONDÔNIA NÍVEIS DE ESTRESSE EM PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE RONDÔNIA Rosani Teresinha da Silva Stachiw 1 Dayane Fernandes Ferreira 2 Eraldo Carlos Batista 3 RESUMO: O estresse prejudica

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres 2 Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres Ana Paula Bueno de Moraes Oliveira Graduada em Serviço Social Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC Campinas Especialista

Leia mais

Minha lista de sonhos

Minha lista de sonhos Licença No: # 122314/LS Fone: +55-11 5539-4719 E mail: vagner@programavirandoojogo.com.br Web: www.programavirandoojogo.com.br 2015 Minha lista de sonhos Com visão 2025 PREPARADO POR VAGNER MOLINA Rua

Leia mais

Competências avaliadas pela ICF

Competências avaliadas pela ICF Competências avaliadas pela ICF ð Estabelecendo a Base: 1. Atendendo as Orientações Éticas e aos Padrões Profissionais Compreensão da ética e dos padrões do Coaching e capacidade de aplicá- los adequadamente

Leia mais

FAÇA AGORA SUA FORMAÇÃO EM COACHING COM CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL A MAIOR ESCOLA DE COACHING DE MINAS.

FAÇA AGORA SUA FORMAÇÃO EM COACHING COM CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL A MAIOR ESCOLA DE COACHING DE MINAS. FAÇA AGORA SUA FORMAÇÃO EM COACHING COM CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL A MAIOR ESCOLA DE COACHING DE MINAS. IWRCOACHING É uma empresa jovem e dinâmica que continua crescendo e se expandindo a cada dia, com

Leia mais

O CAMINHO PARA REFLEXÃO

O CAMINHO PARA REFLEXÃO O CAMINHO PARA REFLEXÃO a 2 Semana EMPREENDER É DAR A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE No mudo dos negócios existe a diferença visível do acomodado que nunca quer aprender a mesma coisa duas vezes e o

Leia mais

Formação Analista DISC

Formação Analista DISC Formação Analista DISC Metodologia DISC Os Fatores DISC representam reações comportamentais a partir da percepção que o indivíduo tem do ambiente. Marston precisava medir de algum modo os estilos de comportamento.

Leia mais

Desenvolvimento de Líderes

Desenvolvimento de Líderes Desenvolvimento de Líderes Desempenho da Liderança by Ser Humano Consultoria Liderança é a competência de alguém em exercer influência sobre indivíduos e grupos, de modo que tarefas, estratégias e missões

Leia mais

Marcio Roberto Marcelino

Marcio Roberto Marcelino CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde Ginástica Laboral: uma proposta para promoção de saúde dos trabalhadores da U.B.S. Santa Tereza Marcio Roberto Marcelino

Leia mais

Coaching O que é A origem Os propósitos Os tipos Resultados do coaching para o colaborador e para a organização

Coaching O que é A origem Os propósitos Os tipos Resultados do coaching para o colaborador e para a organização Coaching O que é A origem Os propósitos Os tipos do coaching para o colaborador e para a organização Se continuar fazendo as mesmas coisas, obterá sempre os mesmos resultados! Tem de se alterar o padrão

Leia mais

TERAPIA DA ALEGRIA: TRABALHO VOLUNTÁRIO NO HOSPITAL MUNICIPAL DE MARINGÁ-PR

TERAPIA DA ALEGRIA: TRABALHO VOLUNTÁRIO NO HOSPITAL MUNICIPAL DE MARINGÁ-PR 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 TERAPIA DA ALEGRIA: TRABALHO VOLUNTÁRIO NO HOSPITAL MUNICIPAL DE MARINGÁ-PR Jaqueline de Carvalho Gasparotto 1 ; Jeferson Dias Costa 1, João Ricardo Vissoci

Leia mais

Gestão Ergonômica e Programas de Ergonomia na Empresa

Gestão Ergonômica e Programas de Ergonomia na Empresa Gestão Ergonômica e Programas de Ergonomia na Empresa Ms. João Eduardo de Azevedo Vieira Fisioterapeuta (PUC-PR / 2000) Esp. Fisiologia do Exercício e do Desporto (IBPEX / 2001) Esp. Fisioterapia do Trabalho

Leia mais

CERTIFICAÇÃO NÍVEL I

CERTIFICAÇÃO NÍVEL I CERTIFICAÇÃO NÍVEL I Coaching O que os seus clientes mais valorizam? Peter Drucker PERGUNTAS CONSTROEM INSIGHTS... Se eu pudesse pensar em algo que faria toda a diferença para mim, o que seria? Meta de

Leia mais