SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos"

Transcrição

1 SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Missão Formar profissionais na área de Análise e Desenvolvimento de Sistemas cônscios de sua responsabilidade social, ética e cidadã para a gestão, desenvolvimento, uso e avaliação de sistemas informatizados aplicados nas organizações, imprimindo-lhes espírito empreendedor e inovador que permita conceber, criar, concretizar projetos e competir no mercado de trabalho. Objetivo Geral Formar profissionais, cidadãos críticos e politizados quanto a sua atuação no mercado de trabalho, para atuarem de forma competente e transformadora na especificação e documentação de sistemas informatizados, capazes de analisar, projetar, desenvolver, implantar e manter produtos de software bem como gerir equipes de em projetos de construção de softwares. Formar profissionais que: Objetivos Específicos a) Aplique metodologias de especificação e documentação de necessidades de desenvolvimento de software; b) Projete soluções de software de qualidade para um conjunto de requisitos documentados; c) Implante e mantenha soluções de software nas organizações; d) Gerencie projetos de desenvolvimento de software; e) Administre recursos de infraestrutura física e lógica de ambientes informatizados como também de software básico em ambientes de construção e manutenção de software f) Desenvolva uma visão humanística e crítica do impacto de sua atuação profissional na sociedade e nas organizações.

2 Perfil do Egresso O egresso do curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas ao concluir o curso deverá ser capaz de: Analisar um domínio de problema e especificar um produto de software; Levantar e documentar requisitos software; Analisar requisitos de software e projetar uma solução, utilizando as melhores práticas da Engenharia de Software; Testar e garantir a qualidade de um produto de software; Implantar e fazer gestão das adaptações, correções e adições aos requisitos de software; Manter sistemas computacionais em funcionamento. TEMPO DE INTEGRALIZAÇÃO MÍNIMO: 2,5 anos ou 5 semestres MÁXIMO: 5 anos ou 10 semestres

3 Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS 1 PERÍODO Teórica Prática Campo ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES MÍNIMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO MÍNIMA ALGORITMOS MÍNIMA TECNOLOGIAS WEB MÍNIMA ANÁLISE TEXTUAL MÍNIMA FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MÍNIMA REDES DE COMPUTADORES MÍNIMA TOTAL: 7 disciplinas PERÍODO ESTRUTURA DE DADOS MÍNIMA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE MÍNIMA QUALIDADE DE SOFTWARE MÍNIMA MATEMÁTICA DISCRETA MÍNIMA MODELAGEM DE DADOS MÍNIMA PROCESSOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE MÍNIMA TOTAL: 6 disciplinas PERÍODO

4 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO MÍNIMA MODELAGEM DE SISTEMAS MÍNIMA SISTEMAS OPERACIONAIS MÍNIMA PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS MÍNIMA PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA MÍNIMA TOTAL: 5 disciplinas PERÍODO GESTÃO DA QUALIDADE EM PROJETOS MÍNIMA IMPLEMENTAÇÃO DE BANCO DE DADOS MÍNIMA GOVERNANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MÍNIMA INOVAÇÃO TECNOLOGICA MÍNIMA MEDIDAS DE ESFORÇO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE MÍNIMA GESTÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO MÍNIMA SEMINÁRIOS INTEGRADOS EM ANÁLISE E DESENV. SISTEMAS MÍNIMA TOTAL: 7 disciplinas PERÍODO PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB MÍNIMA PROGRAMAÇÃO CLIENTE EM SISTEMAS WEB MÍNIMA PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET RICA MÍNIMA ENGENHARIA DE USABILIDADE MÍNIMA TESTES DE SOFTWARE MÍNIMA PROPRIEDADE INTELECTUAL, DIREITO E ÉTICA MÍNIMA

5 TÓPICOS EM LIBRAS: SURDEZ E INCLUSÃO OPTATIVA TOTAL: 7 disciplinas TIPO Mínimas Teóricas Práticas Campo MÍNIMA OPTATIVA ATIVIDADES COMPLEMENTARES 60 TOTAL DE CARGA HORÁRIA 2156h

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MISSÃO DO CURSO A concepção do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas está alinhada a essas novas demandas

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2009.1A Atualizado em 10 de junho BRUSQUE de 2013 pela Assessoria (SC) de Desenvolvimento 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ADMINISTRAÇÃO GERAL...

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008.

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008. CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008. Título: Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Turno: Noturno

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: SISTEMAS DA INFORMAÇÃO MISSÃO DO CURSO Os avanços da ciência, a melhoria dos processos produtivos e a abertura de mercado, são exemplos de fatores que contribuíram

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista F I P P - Faculdade de Informática de Presidente Prudente

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista F I P P - Faculdade de Informática de Presidente Prudente 1º TERMO NOTURNO - 2013 23/09/13 2ª feira 08:20 h B1 (DP) ALGORITMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO I 23/09/13 2ª feira 19:00 h A1 ALGORITMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO I 24/09/13 3ª feira 19:00 h A COMUNICAÇÃO

Leia mais

Entre os elementos desejados no perfil dos egressos podem ser citados:

Entre os elementos desejados no perfil dos egressos podem ser citados: COMPETÊNCIAS E HABILIDADES Apesar do foco do curso de Engenharia de Computação da UCDB está na área de software, o profissional formado pelo curso de Engenharia da Computação deve adquirir as seguintes

Leia mais

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista F I P P - Faculdade de Informática de Presidente Prudente

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista F I P P - Faculdade de Informática de Presidente Prudente 1º TERMO NOTURNO - 2009 31/03/09 3ª feira 20:50 h A ADMINISTRAÇÃO 01/04/09 4ª feira 19:00 h A1/A2 INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO 02/04/09 5ª feira 19:00 h A1 LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA I 02/04/09 5ª feira 20:50

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E ETENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MATRIZ(ES) CURRICULAR(ES): 2011 ALTERAÇÕES PASSAM A VIGORAR A PARTIR DO SEMESTRE: 2015.1 Banco de Dados I Estudo dos aspectos de modelagem

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET MATRIZ CURRICULAR 1º SEMESTRE P101 Desenvolvimento Web 80 CE05 CE06 P102 Língua Portuguesa 40 CG08 CG13 P103 Algoritmos e Lógica de Programação 80

Leia mais

NOVA PROPOSTA DE MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 2016

NOVA PROPOSTA DE MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 2016 NOVA PROPOSTA DE MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 2016 Diante da evolução de técnicas e ferramentas tecnológicas, aliado a novas necessidades curriculares,

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO A disciplina aborda o estudo da área de Informática como um todo, e dos conceitos fundamentais,

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO O curso de Sistemas de Informação teve início no segundo semestre de 003 e desde então vem formando profissionais capacitados a atuar no mercado

Leia mais

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PESQUISA DE EGRESSOS 2013-1 ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PESQUISA DE EGRESSOS 2013-1 ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PESQUISA DE EGRESSOS 213-1 ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Percentual de? 35 3 25 2 1 5 48 Formandos 35 Você atuava na área escolhida de seu curso antes do seu ingresso? 1 8 6 2 4 2 Sim Não Atualmente

Leia mais

Universidade Estadual da Paraíba UEPB - Campus I Campina Grande Curso de Graduação em Computação Bacharelado

Universidade Estadual da Paraíba UEPB - Campus I Campina Grande Curso de Graduação em Computação Bacharelado COMPOSIÇÃO CURRICULAR Turno Diurno PRIMEIRO SEMESTRE Matemática Discreta I 4 60h O Algoritmos 4 60h O Metodologia Científica 4 60h O Introdução a Computação 4 60h O Ética em Computação 2 30h O Lógica para

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA

TABELA DE EQUIVALÊNCIA TABELA DE EQUIVALÊNCIA Currículo CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas* 1 PER. CÓDIGO UNIDADE CURRICULAR

Leia mais

GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS

GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Apresentação: Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências de

Leia mais

Ementas Disciplinas Eletivas

Ementas Disciplinas Eletivas Ementas Disciplinas Eletivas INFORMÁTICA Administração de Redes CH: 60 h Créditos: 2.1.0 Pré-requisito(s): Redes de Computadores II Conceitos e políticas de administração de redes. Gerência de redes e

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO (A CARGA HORÁRIA APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS)

MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO (A CARGA HORÁRIA APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS) MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA POR PERÍODO LETIVO (A APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS) PRIMEIRO SEMESTRE / 1 O ANO Leitura e Interpretação de Textos 2-40 Matemática

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: Redes de Computadores MISSÃO DO CURSO Com a modernização tecnológica e com o surgimento destes novos serviços e produtos, fica clara a necessidade de profissionais

Leia mais

Bacharelado em Sistemas de Informação

Bacharelado em Sistemas de Informação Bacharelado em Sistemas de Informação Recife, 8 de agosto de 00 Missão da FIR A Faculdade Integrada do Recife coloca em primeiro plano a excelência do ensino, a qualidade docente e a atividade discente

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h Unidade Curricular C/H Semestral Pré-Requisito Matemática

Leia mais

Integralização: A) TEMPO TOTAL MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS MÁXIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS B) TEMPO ÚTIL (Carga Horária) = 2.

Integralização: A) TEMPO TOTAL MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS MÁXIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS B) TEMPO ÚTIL (Carga Horária) = 2. Curso: Graduação: Regime: Duração: MATRIZ CURRICULAR ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS (Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação) TECNOLÓGICA SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

Curso Técnico em Agroecologia

Curso Técnico em Agroecologia Curso Técnico em Agroecologia Nível/Grau/Forma: Médio/Técnico/Integrado Vagas: 25 Turno: Integral Duração: 3 anos + estágio Perfil do Egresso O Técnico em Agroecologia deverá ser um profissional com formação

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Relação de s Informação e Comunicação Aprendizagem Código Capacitação 252 Administrador de Banco de Dados 253 Administrador de Redes 1195 Cadista 1291 Desenhista

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 1º semestre 2012

HORÁRIO DE PROVAS 1º semestre 2012 1º PERÍODO 1ª Bimestrais 26/03 Cálculo Diferencial e Integral I 28/03 Comunicação e Expressão 29/03 Lógica para Computação 30/03 Introdução à Computação 02/04 Geometria Analítica e Vetores 03/04 Física

Leia mais

1º SEMESTRE LETIVO 2016 1º PERÍODO SISTEMAS PARA INTERNET MATUTINO SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA

1º SEMESTRE LETIVO 2016 1º PERÍODO SISTEMAS PARA INTERNET MATUTINO SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA 1º PERÍODO SISTEMAS MATUTINO CRIAÇÃO DE CONTEÚDO NA WEB FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA ELEMENTAR Sala 1 Satiko INGLÊS I DESIGN DIGITAL SÍTIOS INTERNET I ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO LEITURA E PRODUÇÃO

Leia mais

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES - 1º SEMESTRE LETIVO 2016

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES - 1º SEMESTRE LETIVO 2016 1º PERÍODO SISTEMAS MATUTINO CRIAÇÃO DE CONTEÚDO NA WEB FUNDAMENTOS DE INGLÊS I MATEMÁTICA ELEMENTAR Sala 1 Satiko DESIGN DIGITAL SÍTIOS INTERNET I ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO LEITURA E PRODUÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 30/2005

RESOLUÇÃO CONSEPE 30/2005 RESOLUÇÃO CONSEPE 30/2005 APROVA O CURRÍCULO E O PERFIL PROFISSIOGRÁFICO DO CURSO DE TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA, DO CÂMPUS DE ITATIBA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino,

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Dados de Identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM REDES DE COMPUTADORES. RECONHECIDO conforme PORTARIA n 64, de 04 de Fevereiro de 2011.

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM REDES DE COMPUTADORES. RECONHECIDO conforme PORTARIA n 64, de 04 de Fevereiro de 2011. CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM REDES DE COMPUTADORES RECONHECIDO conforme PORTARIA n 64, de 04 de Fevereiro de 2011. Título: Tecnólogo em Redes de Computadores Turno: Noturno Carga horária total: 2.000

Leia mais

Departamento de Informática..:Engenharia Informática:. revisão para adequação ao processo de Bolonha

Departamento de Informática..:Engenharia Informática:. revisão para adequação ao processo de Bolonha Departamento de Informática.:Engenharia Informática:. revisão para adequação ao processo de Bolonha 1 Cursos 1 ciclo em Engenharia Informática 2 perfis 2 ciclo em Engenharia Informática 1 perfil 1 ciclo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Elétrica tem por missão a graduação de Engenheiros Eletricistas com sólida formação técnica que

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 172 Optativos: 8.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 172 Optativos: 8. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:38:00 Curso : CIÊNCIA DA

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUN nº 023/2013

RESOLUÇÃO CONSUN nº 023/2013 RESOLUÇÃO CONSUN nº 023/2013 Aprova a reestruturação curricular do Curso de Engenharia de Sistemas Digitais, incluindo a alteração da sua nomenclatura para Engenharia de Computação. O CONSELHO SUPERIOR

Leia mais

SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ CURSO PROFISSIONALIZANTE INFORMÁTICA

SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ CURSO PROFISSIONALIZANTE INFORMÁTICA SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ CURSO PROFISSIONALIZANTE INFORMÁTICA Documento elaborado no encontro realizado de 10 a 12 de agosto de 2004. Curitiba, PR Perfil do Profissional Ao final de cada

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO SERVIÇO PÚBLIO FERAL MINISTÉRIO DA UAÇÃO INSTITUTO FERAL DE UAÇÃO, IÊNIA E TENOLOGIA SERTÃO PERNAMBUANO DIREÇÃO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR URSO DE LIENIATURA EM OMPUTAÇÃO. Perfil do urso

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas IFSP Campus Capivari Vitor Brandi Junior BEM VINDOS O que é Informática? A Informática nasceu da idéia de auxiliar o homem nos trabalhos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Habilitação: Bacharel em Sistemas de Informação Cálculo I - 90 6 Lógica - Programação I - 90 6 1º. Fundamentos de Sistemas de Informação - Metodologia da Pesquisa - 30 2 Comunicação Empresarial - 30 2

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação Nome da Mantida: Centro

Leia mais

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação. Comissão de Curso e NDE do BCC

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação. Comissão de Curso e NDE do BCC Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação Comissão de Curso e NDE do BCC Fevereiro de 2015 Situação Legal do Curso Criação: Resolução CONSU no. 43, de 04/07/2007. Autorização: Portaria

Leia mais

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet - TDS 2005/1 Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet 1 DADOS LEGAIS: Reconhecido

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015 1º PERÍODO/SEMESTRE # TURNO Noite # SALA # Nº DE ALUNOS 40 PIN I de I Empreendedorismo de I PIN I Empreendedorismo de I Metodologia Científica de I Metodologia Científica OBS.: O 1º período dos Cursos

Leia mais

Cod.Disc Requisito Administração 252 2 Matemática Financeira 3114 Matemática 3531

Cod.Disc Requisito Administração 252 2 Matemática Financeira 3114 Matemática 3531 Curso Grade Periodo Disciplina Cod.Disc Disciplina Requisito Cod.Disc Requisito Administração 22 2 Matemática Financeira 11 Matemática 1 22 Total Contabilidade Gerencial 111 Contabilidade Geral 09 Administração

Leia mais

SUBTOTALDOS SEMESTRES

SUBTOTALDOS SEMESTRES 1ª FASE Ord. Disciplina (Componente Curricular) Crédito(s) H/a Pré- Requisitos 01 Algoritmos e Programação 04 72-02 Sistemas de Informação 04 72-03 Fundamentos de Computação 04 72-04 Sistemas Operacionais

Leia mais

Curso Técnico em Informática Organização Curricular. A carga horária total dos módulos é oferecida conforme quadro síntese abaixo:

Curso Técnico em Informática Organização Curricular. A carga horária total dos módulos é oferecida conforme quadro síntese abaixo: FEDERAÇÃO DOS CÍRCULOS OPERÁRIOS DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA TÉCNICA SANTO INÁCIO Estrada Costa Gama, nº 1009 Belém Velho - Porto Alegre RS Fone: (51) 3374-2858 escola@stoinacio.com.br www.stoinacio.com.br

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 70/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Matemática Computacional, Bacharelado

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO CST ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo desde a

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 72/2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Sistemas de Informação, modalidade

Leia mais

Resolução nº 015, de 25 de fevereiro de 2014.

Resolução nº 015, de 25 de fevereiro de 2014. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) SISTEMAS PARA INTERNET INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Introdução à Computação A disciplina apresenta a área da Computação como um todo, desde a história e a evolução dos computadores

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Síntese do Projeto Pedagógico do curso Objetivos do curso Objetivo Geral O curso em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da ESADE,

Leia mais

Grade Horária da Turma. Início Fim Segunda-feira Terça-feira Quarta-Feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado

Grade Horária da Turma. Início Fim Segunda-feira Terça-feira Quarta-Feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Página: 01 Curso: 69 Sistemas de Informação Turma: SIS1A Semestre: 2015/2 19:00 19:50 690203 690202 690205 690206 690206 19:50 20:40 690203 690202 690205 690206 690206 20:55 21:45 690205 690204 690201

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA PROVAS FINAIS CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO º Semestre de 20 TRONCO COMUM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO, SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA EM

Leia mais

Objetivos e Ementas das disciplinas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Objetivos e Ementas das disciplinas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Objetivos e Ementas das disciplinas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Código Disciplina Sigla Objetivos Ementa 1001 ADMINISTRAÇÃO GERAL ADM GERAL Ao final da disciplina o aluno será capaz de: ter

Leia mais

Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Introdução à Engenharia de Controle e Automação Introdução à Engenharia de Controle e Automação O CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA FACIT Renato Dourado Maia Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros Fundação Educacional Montes

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO. COORDENADORA Iris Fabiana de Barcelos Tronto irisbarcelos@ufv.br

SISTEMA DE INFORMAÇÃO. COORDENADORA Iris Fabiana de Barcelos Tronto irisbarcelos@ufv.br SISTEMA DE INFORMAÇÃO COORDENADORA Iris Fabiana de Barcelos Tronto irisbarcelos@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2010 89 Bacharelado ATUAÇÃO Sistemas de Informação é um curso da área de Informática voltado

Leia mais

RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006

RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006 RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Engenharia da Computação, da Faculdade Independente do Nordeste, com alteração curricular adequada às Diretrizes Curriculares

Leia mais

Sistemas Web e Dispositivos Móveis (Curso em Parceria com o SENAI Tubarão)

Sistemas Web e Dispositivos Móveis (Curso em Parceria com o SENAI Tubarão) FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS EM PARCERIA COM O SENAI TUBARÃO DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE: Marcos Hollerweger COORDENAÇÃO DA FACULDADE: Jehan Carla Zunino Luckmann COORDENAÇÃO DO CURSO DE

Leia mais

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Nome e titulação do Coordenador: Coordenador: Prof. Wender A. Silva - Mestrado em Engenharia Elétrica (Ênfase em Processamento da Informação). Universidade

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE (ÁREA: INFORMÁTICA)

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE (ÁREA: INFORMÁTICA) MATRIZ CURRICULAR CURSO: GRADUAÇÃO: REGIME: DURAÇÃO: INTEGRALIZAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE (ÁREA: ) TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS MÍNIMO:

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet

Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet REGULAMENTO DE PROJETOS INTEGRADORES Módulo I: Projeto Integrador Suporte Básico Módulo II: Projeto Integrador Programador WEB Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

AV BIMESTRAL AV BIMESTRAL BIMESTRAIS FINAL SUBSTITUTIVO 23/09/2013 18/11/2013 02/12/2013 11/12/2013 18/12/2013 Algoritmos e Programação Observação 01

AV BIMESTRAL AV BIMESTRAL BIMESTRAIS FINAL SUBSTITUTIVO 23/09/2013 18/11/2013 02/12/2013 11/12/2013 18/12/2013 Algoritmos e Programação Observação 01 TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS HORÁRIO DE AVALIAÇÕES 2013/2 TURMA: DS101N213 1º BIMESTRE 2º BIMESTRE SUBSTITUTIVAS EXAME EXAME NOME DA DISCIPLINA AV BIMESTRAL AV BIMESTRAL BIMESTRAIS

Leia mais

II Feira das Profissões

II Feira das Profissões II Feira das Profissões Carreiras e mercado de trabalho em computação 13 e 14 de agosto de 2008 Prof. Marcus Vinícius Midena Ramos UNIVASF marcus.ramos@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~marcus.ramos (74)3614.1936

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO (Currículo iniciado em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO (Currículo iniciado em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO (Currículo iniciado em 2015) ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 68 h/a 1425 A função Financeira nas empresas. Matemática Financeira valor do dinheiro

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015 1º PERÍODO/SEMESTRE # TURNO Noite # SALA # Nº DE ALUNOS 40 PIN I Empreendedorismo PIN I Empreendedorismo Metodologia Científica Metodologia Científica OBS.: O 1º período dos Cursos de Redes de Computadores,

Leia mais

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 -

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - O Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação é um curso da área de informática e tem seu desenho curricular estruturado por competências

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ARQUITETURA DE COMPUTADORES... 4 02 FILOSOFIA... 4 03 FUNDAMENTOS MATEMÁTICOS PARA COMPUTAÇÃO...

Leia mais

Curso: ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Curriculo: 0002-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de 2016 - NOT

Curso: ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Curriculo: 0002-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de 2016 - NOT GR02149 GR02152 GR02161 GR02173 GR02177 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Algoritmos Computacionais 72.00 Não ofertada no 1º semestre de 2016 Cálculo Fundamental 72.00 Não ofertada no 1º semestre de 2016

Leia mais

Módulo 1 BLOCO CÓDIGO DISCIPLINA CREDITOS PRÉ-REQUISITOS RECOMENDADOS. (30hs) 4 (60hs) 4 (60hs) (45hs) (30hs) (45hs) 4 (60hs)

Módulo 1 BLOCO CÓDIGO DISCIPLINA CREDITOS PRÉ-REQUISITOS RECOMENDADOS. (30hs) 4 (60hs) 4 (60hs) (45hs) (30hs) (45hs) 4 (60hs) GRADE CURRICULAR Módulo 1 BLOCO CÓDIGO DISCIPLINA CREDIOS PRÉ-REQUISIOS 1 2 3 SIHC-1-1 Introdução à EaD SICC-1-3 SI-1- SI-1-5 SIMM-1-6 SICC-1-7 SICC-1-8 SIC-1-9 Orientação Profissional Construção de Algoritmos

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA CIVIL MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Civil do CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTACIO RADIAL DE SÃO PAULO tem por missão graduar Engenheiros Civis

Leia mais

Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Projectos e Instalação de Redes Locais de Computadores Codigo:7178

Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Projectos e Instalação de Redes Locais de Computadores Codigo:7178 Curso : Curso de Especialização Tecnológica - Banca e Seguros Codigo:7103 1 Anual 301519 Inglês Empresarial 1 Anual 301520 Tecnologias de Informação 1 Anual 301521 Atendimento de Qualidade 1 Anual 301522

Leia mais

EDIFICAÇÕES ELETROMECÂNICA

EDIFICAÇÕES ELETROMECÂNICA É importante que todo aluno tenha acesso às informações sobre os cursos e faça sua escolha para não haver dúvida no ato da inscrição para o concurso de 2012/2013: EDIFICAÇÕES O Técnico em Edificações é

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 128 Optativos: 20. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 128 Optativos: 20. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:15:29 Curso : MATEMÁTICA

Leia mais

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para:

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: INSTITUIÇÃO: IFRS CAMPUS BENTO GONÇALVES CNPJ: 94728821000192 ENDEREÇO: Avenida Osvaldo Aranha, 540. Bairro Juventude. CEP: 95700-000 TELEFONE: (0xx54) 34553200 FAX: (0xx54) 34553246 Curso de Educação

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015 1 º PERÍODO - 2 º SEMESTRE TURNO:Noite SALA: N º DE ALUNOS: Introdução à Química Geral Geometria Analítica e Álgebra Linear Química Geral Geometria Analítica e Álgebra Linear PROFESSOR Introdução à Química

Leia mais

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Análise e Desenvolvimento de Sistemas Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas na modalidade presencial Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CICLO BÁSICO 1º BIMESTRE INTRODUÇÃO À ENGENHARIA 40 horas Fundamentos da Engenharia e Suas Grandes Áreas; Inovação e Desenvolvimento de Produto; O Modo

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CST SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DISCIPLINA: Algoritmo e Programação I A disciplina aborda o estudo de algoritmos, envolvendo os conceitos fundamentais: variáveis, tipos de dados, constantes,

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros com sólidos e atualizados conhecimentos científicos

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: Engenharia de Petróleo MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia de Petróleo da ESTACIO UNIRADIAL tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos

Leia mais

Design Gráfico e Digital - Curso de Graduação

Design Gráfico e Digital - Curso de Graduação SOBRE O CURSO A graduação em Design Gráfico e Digital tem ênfase na convergência das plataformas da comunicação visual, gráficas e digitais, de forma a ampliar o campo de atuação do aluno. Oferece conteúdos

Leia mais

Prova Institucional. Unidade : Todas as Unidades Projeção (Taguatinga, Guará, Ceilândia e Sobradinho)

Prova Institucional. Unidade : Todas as Unidades Projeção (Taguatinga, Guará, Ceilândia e Sobradinho) Prova Institucional Mês de aplicação: novembro 2013. Unidade : Todas as Unidades Projeção (Taguatinga, Guará, Ceilândia e Sobradinho) Nota : Valerá 40% do valor da Avaliação 2 Qualquer dúvida deverá ser

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Cálculo I 40 Cálculo II 40 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos I 80 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos II 80 Matemática 40 Lógica Matemática 40 Probabilidade

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão Curso: Engenharia Civil SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da UNESA tem por missão formar Engenheiros Civis com sólida formação básica e profissional, alinhada com as diretrizes

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 60 h 1º Evolução histórica dos computadores. Aspectos de hardware: conceitos básicos de CPU, memórias,

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1

Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1 Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1 CÓD. 207 - CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Noite - Currículo nº 06 CÓD. 2509 - CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Manhã e Noite - Currículo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 66/2013 CONSUNIV Aprova o Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 66/2013 CONSUNIV Aprova o Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 66/2013 CONSUNIV Aprova o Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. O CONSELHO

Leia mais

Com objetivo de facilitar o acesso às disciplinas disponíveis no ambiente Moodle, pedimos a todos que leiam com atenção as seguintes orientações.

Com objetivo de facilitar o acesso às disciplinas disponíveis no ambiente Moodle, pedimos a todos que leiam com atenção as seguintes orientações. Prezados Alunos, Com objetivo de facilitar o acesso às disciplinas disponíveis no ambiente Moodle, pedimos a todos que leiam com atenção as seguintes orientações. Inscrição MOODLE Para inscrição nas disciplinas

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CST EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Gestão de Pessoas A disciplina visa apresentar os conceitos de administração de Gestão de Pessoas e sua evolução nas organizações, bem como sistemas

Leia mais

1.IF BAIANO Campus Uruçuca

1.IF BAIANO Campus Uruçuca 1.IF BAIANO Campus Uruçuca O IF Baiano - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, criado em 2008, pela Lei Federal 11.892, é uma instituição de educação superior, básica e profissional,

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Jugurta Lisboa Filho jugurta@dpi.ufv.

Currículos dos Cursos do CCE UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Jugurta Lisboa Filho jugurta@dpi.ufv. 132 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Jugurta Lisboa Filho jugurta@dpi.ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 133 Bacharel ATUAÇÃO A Ciência da Computação se caracteriza

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA COLEGIADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA COLEGIADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA COLEGIADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Ementário dos Componentes Curriculares do Curso de Licenciatura em Computação aprovado para vigorar

Leia mais

SENAI - FATESG. Prof. Esp. MBA Heuber G. F. Lima. Aula 1

SENAI - FATESG. Prof. Esp. MBA Heuber G. F. Lima. Aula 1 SENAI - FATESG Prof. Esp. MBA Heuber G. F. Lima Aula 1 Bacharel em Análise de Sistemas Destaque acadêmico Especialista em Tecnologia da Informação MBA em Gestão de Tecnologia Atuo a mais de 12 anos no

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL - UERGS RESOLUÇÃO CONEPE nº 007/2013

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL - UERGS RESOLUÇÃO CONEPE nº 007/2013 RESOLUÇÃO CONEPE nº 007/2013 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de Computação e dá outras providências. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual do Rio Grande

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 138 Optativos: 36. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 138 Optativos: 36. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:16:06 Curso : MATEMÁTICA

Leia mais

Aulas teóricas: As aulas serão teóricas e práticas.

Aulas teóricas: As aulas serão teóricas e práticas. PLANO DE ENSINO GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL. LOCAL: CONCÓRDIA DISCIPLINA: INFORMÁTICA ALICADA PARA ENGENHARIA CARGA HORÁRIA: 60h FASE: 4ª FASE SEMESTRE: 2º ANO: 2015 PROFESSOR: MAICO PETRY MATERIAIS/ATIVIDADES:

Leia mais