AÇÕES DESENVOLVIDAS PELO PADETEC E SUAS NUCLEADAS PARA IMPLANTAÇÃO DO CERNE. 1. REUNIÕES FORMAIS DO GRUPO DE IMPLANTAÇÃO.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AÇÕES DESENVOLVIDAS PELO PADETEC E SUAS NUCLEADAS PARA IMPLANTAÇÃO DO CERNE. 1. REUNIÕES FORMAIS DO GRUPO DE IMPLANTAÇÃO."

Transcrição

1 AÇÕES DESENVOLVIDAS PELO PADETEC E SUAS NUCLEADAS PARA IMPLANTAÇÃO DO CERNE. 1. REUNIÕES FORMAIS DO GRUPO DE IMPLANTAÇÃO. Foi implantada uma rotina e estão sendo realizadas a cada 15 dias reuniões formais do grupo selecionado para implantar o CERNE no Padetec e suas afiliadas. Este grupo é formado por: Afranio Aragão Craveiro Técia Vieira de Carvalho. Ary Marques da Silva Olga Maria de Moura Ramos Bruno César Moura de Oliveira Este grupo vem se reunindo periodicamente desde maio de 2013, fazendo avaliações das ações desenvolvidas para o projeto e propondo novas ações a serem tomadas no futuro. 2. SALA DE APOIO DESTINADA AO PROJETO CERNE. No intuito de formalizar as ações do CERNE e apoiar as atividades administrativas foi reservada uma sala de apoio exclusiva para o projeto dentro das instalações do Padetec.

2 3. CURSOS Determinou-se o cronograma de cursos a serem oferecidos ao empresariado conforme explicitado abaixo: DISCIPLINAS MESES Conhecendo seu Negócio Comportamento Empreendedor Gestão de Pessoas. Modelo de Negócio (canvas) Plano de Negócios Gestão da Inovação. Elaboração de Projetos Captação de recursos Gestão de projeto Noções de Contabilidade Noções Trabalhistas Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnológica Dentro do cronograma acima já foram realizados com sucesso três cursos em 2013, conforme notas a seguir: 3.1 CURSO MODELO DE NEGÓCIOS INOVADORES Com o patrocinio do Banco do Nordeste e apoio da RIC - Rede de Incubadoras de Empresas do Ceará foi realizado no dia 5 de março, no auditório do Padetec, o curso MODELO DE NEGÓCIOS INOVADORES, ministrado pela Facilitadora Robertta Mota. O curso contou com a frequencia de 21 participantes de várias incubadoras, entidades de

3 P&D e empresas de base tecnológica do Estado do Ceará. Este curso tambem faz parte do Projeto Sebrae-Padetec-Cerne que tem por objetivo treinar pessoal das incubadoras do Estado para atingirem ao padrão CERNE-ANPROTEC. 3.2 CURSO "CONHECENDO O SEU NEGÓCIO" Foi realizado com grande sucesso, com o apoio do SEBRAE e do programa FINEP PNI-Nordeste, o curso: Conhecendo o seu Negócio", destinado a empresários e empreendedores. Participaram do curso empresários incubados e emancipados do Padetec e outras incubadoras. Ao final do curso no dia 07 de junho as empresas incubadas participantes fizeram exposição sobre as suas empresas em função da temática do curso. A administração do Padetec forneceu certificado de conclusão a todos os participantes que frequentaram acima de 70% das atividades. Este curso faz parte do credenciamento das empresas e das incubadoras no Programa Cerne. Tema do curso: Conhecendo seu negócio. Facilitador: Claudio Araujo Local e data: Auditório do Padetec nos dias 20, 21, 27 e 28 de maio e 07 de junho das 08:30h às 12:30h. Carga Horária: 20horas Ementa - Estabelecer no grupo uma visão de negócio, criar um modelo que permita que os empreendedores entendam como funciona uma empresa e sua relação com o mercado externo. Expor a empresa como órgão sistêmico e um dos elementos integrante de um ambiente externo dinâmico e competitivo. Expor o papel de cana nível da pirâmide organizacional e a importância de seu alinhamento diante da Visão e Missão da empresa. 3.3 CURSO PARA ESTUDANTES DE NÍVEL MÉDIO NA ÁREA DE PETRÓLEO - PROJETO PETRA. Este projeto, que consta de curso e atividades de laboratório, está sendo realizado no PADETEC e visa a promover a interação da Instituições de Nível Superior, relacionadas aos setores de petróleo & Gás, biocombustível e petroquímica, com Instituições de Ensino de Nível Médio. O projeto está sendo desenvolvido no Padetec, com o apoio da Petrobras e

4 sob a coordenação da Profª. Vania Melo do Departamento de Biologia da UFC, em conjunto com o Colégio Estadual Joaquim Nogueira, localizado no bairro da Parquelândia em Fortaleza. O objetivo geral é reunir expertises em geociências, física, química e biologia para treinar professores e estimular estudantes do ensino médio para as ciências naturais e tecnológicas aplicadas aos setores de Petróleo & Gás, Biocombustíveis e Petroquímica, visando contribuir para a atualização de professores e despertar vocações para atuar nesses setores de atividades. 4. PALESTRAS, AÇÕES E REUNIÕES DE SENSIBILIZAÇÃO. O PADETEC disponibiliza profissionais para palestras e reuniões de sensibilização e prospecção de futuros empreendimentos para incubação no Parque. Estas palestras visam principalmente atingir como público alvo integrantes da academia, futuros empresários e demais interessados em criar empreendimentos de base tecnologica através do sistema de incubação de empresas. Os interessados devem entrar em contato com: Parque de Desenvolvimento Tecnológico, Av. Humberto Monte, bloco 310. Telefones: FA Dentro desta perspectiva, o PADETEC realizou palestras, ações e reuniões de sensibilização para criação de novos empreendimentos, conforme descrito a seguir: 4.1. AÇÕES VOLTADAS PARA APOIO A NOVOS EMPREENDIMENTOS E ÀS MPES NO MUNICÍPIO DO CRATO CEARÁ. Esteve em visita ao Padetec no dia 17 de Maio uma comitiva do Cariri, constituída pelo Sr. Venâncio Saraiva, Secretário de Desenvolvimento e Turismo do município do Crato e a Sra. Carla Teixeira, representantes de investidores interessados em aplicar em investimentos naquela região.

5 Foi apresentado pelo Secretário o plano de desenvolvimento do município do Crato para as MPEs e novos empreendimentos na região, tendo sido o Padetec convidado e aceito ser parceiro deste novo plano. O município conta com MPEs das quais 726 montadas no último ano, e conta com o apoio do Padetec para treinar empresários interessados em montar novas empresas de base tecnológica e fazer palestras de sensibilização, principalmente junto às escolas, para estimular a montagem de novos negócios. Com a Sra. Carla Teixeira foi discutido a implantação de uma unidade de Produção de Rutina e Quercetina na região, usando o extrativismo da Fava D anta, planta abundante na Floresta Nacional do Araripe. O Padetec apresentou as bases e os dados econômicofinanceiros para esta unidade, cuja tecnologia o Parque dispõe e pode repassar para os interessados PALESTRAS DE PROSPECÇÃO E SENSIBILIZAÇÃO EM COLABORAÇÃO COM A INCUBADORA NUCLEADA DO IFCE. O Padetec recebeu, no dia 15 de fevereiro na sua Sede no campus do Picí, uma comitiva de 10 alunos e 2 professores do Instituto Federal do Piauí, campus de Floriano. Esta comitiva, que foi agendada pela Profª. Socorro Ribeiro, Coordenadora da incubadora do IFCE, nucleada pelo Padetec, estava interessada em conhecer o modelo operacional do Parque e suas instalações no sentido de usar este padrão para montar empresas de base tecnológica naquela região do Piauí. Na ocasião, o Diretor Presidente do Parque, Prof. Afranio Craveiro, proferiu palestra sobre as atividades e realizações do Padetec, mostrando a importância para os presentes e para a comunidade daquela região na implantação de empreendimentos de base tecnológica. No final da palestra o expositor ficou à disposição dos presentes para responder questões sobre incubação de empresas e sobre transferência de tecnologia. Após a exposição dos presentes foram visitar as instalações do Padetec, onde conheceram os trabalhos realizados no seu centro de pesquisas, nos seus laboratórios e nas suas centrais analítica. A visita foi encerrada com visita a incubadora e às empresas incubadas, onde no final os visitantes

6 foram brindados com a degustação do ICE DREAM, o sorvete que emagrece, produto desenvolvido pela empresa Alimentos Funcionais do Brasil, uma das nossas incubadas AÇÕES DE PROSPECÇÃO E SENSIBILIZAÇÃO JUNTO A COLETORES PARA IMPLANTAÇÃO DE EMPRESA DE BASE TECNOLÓGICA NA FLORESTA NACIONAL DO ARARIPE-CE. À convite das autoridades locais, o Padetec, através do seu Diretor Presidente, Prof. Afranio Craveiro, realizou reuniões e proferiu palestras no Cariri, no sentido de sensibilizar a comunidade local para implantação de empreendimentos de base tecnológica, utilizando a biodiversidade da região. O Cariri produz anualmente cerca de 300 ton. de Fava, obtida da planta Fava Danta, abundante na região e preservada pelo IBAMA e pela comunidade de catadores locais reunidos em uma cooperativa. Esta cooperativa adquire a fava dos catadores, faz a sua secagem e vende a mesma por um preço irrisório para empresas multinacionais transformarem a mesma em Rutina e fazer a sua exportação para o exterior, com lucros exorbitantes. Como o PADETEC desenvolveu tecnologia para obtenção da Rutina, através de extração aquosa, sem usos de solventes, gerou o interesse de montar na região uma unidade de produção de Rutina, com a participação da Cooperativa de catadores e IBAMA e com o apoio da Prefeitura do Crato e URCA. As reuniões foram realizadas nos seguintes locais: Local: Casa de Vigilância Santa Rita - Galpão ICMBio - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - Cooperativa de Catadores - IBAMA Barbalha- CE. Compareceram nesta reunião as seguintes pessoas: Afranio Aragão Craveiro Padetec; José Galberto da Costa URCA; Pedro Augusto Carlos Monteiro ICMBio; Angélica Maria Leite Jorge - Secretaria do Meio Ambiente de Jardim-Ce; Maria de Fátima do Nascimento Santos - Presidente da Associação de Catadores de Fava de Jardim-Ce; Francisco Antônio de Souza -

7 Representante dos catadores; Damásio Damião Pessoa Mateiro; José Antônio Pessoa Observador; Antônio Damião Pessoa Observador; Gilmário Agostinho dos Santos - Observador. Feita a exposição do projeto Unidade de produção de Rutina no Cariri pelo Prof. Afranio Aragão Craveiro, abriu-se a discussão ouvindo-se os presentes. O representante do ICMBio (Ibama), órgão encarregado da preservação da Floresta Nacional do Araripe, mostrou a todos os presentes a importância do projeto para o desenvolvimento sustentável da Floresta. Houve unanimidade dos presentes em relação a importância do projeto para a região, tendo a Secretaria do Meio Ambiente de Jardim colocado à disposição do Projeto um galpão disponível no Município para instalação do projeto. A presidente da Associação de Catadores foi muito favorável ao projeto e solicitou outra reunião com outras associações de catadores da região para garantir a disponibilidade de 300 ton/ano de Fava para garantir a matéria prima necessária. Esta nova reunião foi marcada para o dia 18 de janeiro no mesmo local. Deverá ser firmado compromisso destas associações com o fornecimento de fava para a unidade de produção de Rutina. Desta forma a quantidade de Fava exigida para o empreendimento (300 ton/ano) ficou praticamente garantida nesta reunião. Existe um grande interesse, demonstrado por todos os presentes, que a unidade ficasse sediada em Jardim-Ce, onde se concentra a maior produção de Fava da região. Reunião com o Secretário do Meio Ambiente do Crato-Ce. Participantes: Sr. Stephenson Ramalho (Secretário), Afranio Aragão Craveiro e José Galberto da Costa. Foi exposto pelo Prof. Afranio Craveiro para os presentes a importância do projeto e a necessidade de apoio da Prefeitura do Crato-Ce para cessão de local para instalação do empreendimento. Houve uma grande receptividade por parte do Secretário, que colocou vários locais no município à disposição do projeto. Foi remarcada uma nova reunião para o dia 18 de janeiro para visita aos locais disponíveis PALESTRA DE SENSIBILIZAÇÃO PARA OS APÓSTOLOS DA INOVAÇÃO. Esteve em visita ao PADETEC, no dia 11 de janeiro, uma equipe de jovens participantes do grupo Apóstolos da Inovação. Este projeto é uma iniciativa da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), por meio do Instituto de Desenvolvimento Industrial (INDI), para estimular a parceria entre a academia e o setor produtivo com vistas a criar uma ambiência de inovação. A visita foi motivada pelo interesse do grupo em conhecer os trabalhos do PADETEC e o funcionamento da RIC Rede de Incubadoras de Empresas do Ceará, sediada no prédio do Parque. A Presidente da RIC, Dra. Técia Vieira de Carvalho, fez uma exposição mostrando o trabalho desenvolvido pela Rede e por suas incubadoras associadas.

8 O Diretor-Presidente do Padetec, Prof. Afranio A. Craveiro, fez uma palestra de sensibilização para os presentes apresentando também os trabalhos desenvolvidos no Centro de Pesquisas e na incubadora de empresas do Parque CRIAÇÃO DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA NO CARIRI - REUNIÕES DE SENSIBILIZAÇÃO. Em continuação ao seu esforço para implantar indústrias no Cariri, com apoio do Sebrae-CE, o Padetec realizou no dia novas reuniões naquela região com as autoridades e comunidades locais para implantação de uma indústria de base tecnológica, para agregar valor aos produtos da Floresta Nacional do Araripe-Flona. Em Jardim-Ce foi realizada uma reunião na Prefeitura local que contou com a presença da Prefeita Analeda Neves Sampaio e do seu secretariado, representantes das cooperativas de catadores de Fava, representantes do ICMBio, catadores autônomos, vendedores de fava, jornalistas e empresários. O Diretor-presidente do Padetec fez uma exposição sobre a instalação de uma empresa na região para obtenção de Rutina Ce. Palestra para a comunidade local e autoridades municipais no Município de Jardim-

9 4.6. PALESTRA COMO OBTER INVESTIMENTO ANJO PARA SEU NEGÓCIO + LANÇAMENTO DO NÚCLEO CE DOS ANJOS DO BRASIL. A incubadora do PADETEC e demais incubadoras estavam presentes neste evento que contou com a participação de vários empreendedores. Fizeram-se presente Ary Marques da Silva, superintendente Financeiro do PADETEC/Conselheiro da RIC, Ricardo Fialho Colares, coordenador Técnico da RIC e, Felipe Reis de Almeida, coordenador da incubadora da Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará NUTEC/PARTEC e demais autoridades PALESTRA DE SENSIBILIZAÇÃO PARA PROSPECÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS NAS FACULDADES DE FORTALEZA UNICE - ENSINO SUPERIOR A primeira Faculdade foi a UNICE - Ensino Superior. A palestra foi proferida por Maria do Socorro Ribeiro da Silva (Gestora da Incubadora de Empresas do IFCE) com tema: Incubadora de Empresas: Plataforma do Empreendedorismo Inovador.

10 FACULDADE GRANDE FORTALEZA (FGF). A Coordenadora da Incubadora Tecnológica do Instituto Centec, Sueli Vasconcelos, ministrou no dia 02/04 palestra com o tema Incubadora de empresas promovendo o empreendedorismo inovador, às 19h, na Faculdade Grande Fortaleza (FGF) FACULDADE CHRISTUS O superintendente do PADETEC, Prof. Ary Marques da Silva, ministrou no dia 24/05 palestra com sobre as oportunidades de Negócios Inovadores dentro do PADETEC para os alunos da Faculdade CHRISTUS.

11 4.8. PALESTRA DE SENSIBILIZAÇÃO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ. Palestra no Tribunal de Justiça do Estado do Ceará com tema Gestão da Inovação e Oportunidades de Novos negócios. A presidente da RIC e Diretora do PADETEC, Tecia Vieira Carvalho, fez uma apresentação de como se comporta a Inovação no cenário globalizado. Também apresentou as Incubadoras afiliadas a RIC e suas principais ações que vem contribuindo para o fortalecimento da cultura inovadora do Estado do Ceará PROSPECÇÃO DE EMPRESAS PARA APRESENTAR AOS INVESTIDORES Foi ministrada por Milton Sousa no dia 28 de janeiro de 2013, no PADETEC uma palestra cujo tema foi Prospecção de Empresas para apresentar aos Investidores.

12 4.10. PALESTRA DE SENSIBILIZAÇÃO PARA ALUNOS E PROFESSORES DAS ESCOLAS DE SEGUNDO GRAU Esteve em visita ao Padetec, no dia 21/06/2013, uma comitiva de 40 alunos e 3 professores da Escola de segundo grau Deputado Fausto Aguiar Arruda, de Pacatuba-Ce. A visita teve por objetivo fazer a sensibilização do público jovem para a atividade de incubação de empresas, mostrando aos mesmos o funcionamento do Padetec e suas instalações. O Diretor-Presidente do Parque fez uma exposição para os visitantes mostrando o funcionamento da incubadora e o potencial da mesma para receber novas idéias e projetos passíveis de incubação. Na oportunidade a comitiva fez um tour nas instalações do Padetec, tendo visitado algumas empresas incubadas, especialmente a Alimentos Funcionais do Brasil, onde tiveram oportunidade de saborear o ICE-DREAM, sorvete inovador que emagrece. A comitiva de alunos e professores visitou também as instalações do Centro de P&D do Parque, onde tiveram oportunidade de conhecer as plantas pilotos, onde são desenvolvidos os projetos de pesquisas e os novos produtos gerados REUNIÕES DE SENSIBILIZAÇÕES, NO VALE DO ACARAU, JUNTO A CARCINICULTORES DA REGIÃO. A administração do Padetec realizou no dia , reuniões de sensibilizações, no vale do Acarau, junto a carcinicultores da região. A comitiva do Padetec constituida

13 pelo seu Diretor Presidente - Afranio Craveiro e Olga Maria de Moura Ramos - Gerente, visitou algumas empresas no intuido de sensibilizar os empresários locais ligados à criação de camarões a montarem parcerias com o Padetec para implantação de unidades de beneficiamento da carapaças de camarão. O descarte destas carapaças no meio ambiente tem provocado sérios prejuízos ambientais e vem contribuindo para o desgaste da imagem destas empresas junto às populações locais. A implantação destas unidades, além de eliminar o problema ambiental, gera novos recursos para os carcinicultores pela transformação destas carapaças em quitosana, biopolímero com dezenas de aplicações e alto valor de mercado. Foram visitadas as empresas: 1. Monteiro Pescados Ltda em Itarema-Ce 2. Aquafort - Aquacultura Fortaleza - Camocim-Ce 3. Loyola Pescados Ltda - Acaraú-Ce 5. CAPACITAÇÃO DE GESTORES E EMPRESÁRIOS A coordenadora da Incubadora de Empresas do IFCE-Socorro Ribeiro, participou do curso Planejamento e Gerenciamento de Incubadoras realizado em Brasília (DF), do dia 22 a 25 de Abril de O coordenador do Parque Tecnológico do NUTEC Felipe Reis de Ameida participou do curso Planejamento e Gerenciamento de Incubadoras realizado em Maceió do dia 20 a 23 de abril de 2013.

14 Participação no VII FORTEC que aconteceu de 15 a 17 de Abril de 2013, no Estado de Belo Horizonte com tema Maximizando a Transferência de Tecnologia para o Desenvolvimento Socioeconômico, os representantes das Incuadoras do PADETEC e EDETEC. Estiveram presentes na III Conferência ANPEI DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA a Coordenadora de Incubadoras de Empresas do IFCE, Socorro Ribeiro, a Coordenadora do INCUBAUECE, Mazé Barbosa, a Gerente do PADETEC, Olga Ramos, a Presidente da RIC, Tecia Carvalho e o Coordenador do EDETEC, Ricardo Colares, nos 3, 4 e 5 de junho em Vitória /ES. O tema abordado neste evento foi: Inovação Competitiva e Aberta Transformando o Brasil.

15 Particpação de respresentantes das incubadoras do Ceará na IV Semana da Química e do I Encontro Cearense de Química, realizados na Universidade Federal do Ceará - UFC. Genésio Vasconcelos ministrou uma palestra com o seguinte tema: O Desafio de catalisar a Inovação. Nestes eventos o palestrante abordou várias questões importantes sobre a inovação e a importância do empreendedorismo tecnológico e a criação de start-ups. Foi feita também uma apresentação sobre incubação de empresas e sobre a Rede de Incubadoras de Empresas do Ceará- RIC, mostrando como esta se articula e colabora para a inovação do Ceará. 6. APOIO OFERECIDO AO EMPRESÁRIO Na home page está explicitado o apoio que a incubadora oferece ao futuro empresário, uma vez que estas informações são sempre solicitadas a quem deseja incubar uma empresa, conforme segue: APOIO DO PADETEC ÀS EMPRESAS INCUBADAS E ASSOCIADAS Segue abaixo a relação das ações que o Padetec oferece às suas empresas incubadas e associadas. 1. Galpão industrial com infraestrutura de água, energia e internet. 2. Apoio no desenvolvimento de produtos e processos nas áreas do Centro de P&D, disponibilizando laboratórios e equipamentos 3. Plantas-Piloto para desenvolvimento de produtos, disponibilizando os equipamentos 4. Disponibilização dos Centro de P&D com laboratórios e centrais analíticas 5. Orientação para o registro de marcas e patentes 6. Subsídios aos Cursos para empresários e funcionários (capacitação empresarial) 7. Informações e apoio para acesso a financiamentos de subvenções e reembolsáveis( BNB. BB, etc.). 8. Orientação para montagem de projetos e financiamentos atrvés das agências de fomentos (bolsa RHAE/CNPq, BNB, CNPq, FINEP, etc) 9. Orientação para obtenção de bolsa RHAE/CNPq.

16 10. Orientação sobre financiamento do BNB através do FUNDECI. 11. Apoio na participação em feiras e rodadas de negócio 12. Apoio para acesso ao mercado em parceria com o Sebrae. 13. Montagem de parceria com as incubadas para obtenção de financiamentos. 14. Inclusão da empresa e de seu(s) produto(s) no site do PADETEC 15. Orientação para localização de Consultor Técnico especializado 16. Divulgação da empresa e seu(s) produto(s) através da mídia. Dentro desta filosofia foi recentemente divulgado para as empresas incubadas, associadas e emancipadas, Chamada Pública 002/2013 do Sebraetec-Ce para apoio a estas empresas no desenvolvimento de novos produtos, conforme segue: CHAMADA PÚBLICA SEBRAETEC Nº 002/2013 APOIO FINANCEIRO A PROJETOS DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA APOIO A PROJETO INOVADORES DE PEQUENAS EMPRESAS OBJETIVO DA CHAMADA PÚBLICA A presente Chamada Pública tem por objetivo selecionar projetos, para apoio financeiro não reembolsável, de entidades sem fins lucrativos relacionadas à ciência, tecnologia e inovação, destinadas à execução de projetos que criem novos produtos ou produtos significativamente melhorados com inovação tecnológica para micro e pequenas empresas do Estado do Ceará e que demonstrem impacto mercadológico. BENEFICIÁRIOS FINAIS Micro e pequenas empresas que, em 2012, tiveram faturamento não superior a R$ 3,6 milhões, com registro na Junta Comercial de no mínimo 6 (seis) meses anterior à data de publicação desta Chamada Pública e que necessitem suporte no desenvolvimento de produtos com inovação e tecnologia, para manutenção e obtenção de novos mercados. O PADETEC apoiou a eleaboração dos projetos das seguites empresas incubadas: - A e D Tecnologia Incubada na Incubadora de Empresas do IFCE - Vent 7 inovações - Incubada no PADETEC - Cocos Hibrido do Brasil COHIBRA Incubada no PADETEC

17 APOIO AO PROJETO TECNOVA DA FINEP Apoio das incubadoras do Ceará através da Rede de Incubadoras de Empresas do Ceará RIC, apoiaram a elaboração do Projeto TECNOVA-CE onde serão oferecidos R$ 13,5 milhões pelo governo federal e estadual para investimentos em inovação tecnológica, a partir de editais, para micros e pequenas empresas de todo o país. 7. BANCO DE IDEIAS. O Padetec recebe através de sua home Page (www.padetec.ufc.br), chamada permanente para receber e apoiar novas ideias para futuros empreendimentos, através da seguinte chamada: MANDE A SUA IDÉIA QUE PODEMOS TRANSFORMÁ-LA EM UM GRANDE NEGÓCIO. O Padetec pode ajudá-lo a transformar o seu sonho em realidade. Estamos prontos para apoiar novas idéias e transformá-las em empreendimentos de sucesso. Envie para nós a sua idéia ou invenção que lhe ajudamos: 1. a proteger o seu invento ou idéia com registro da propriedade intelectual; 2. a montar o seu plano de negócios; 3. a incubar a sua empresa; 4. a utilizar a infraestrutura do Padetec em benefício do seu negócio. MAIORES INFORMAÇÕES: fones: e fax:

18 Com esta iniciativa foi possível montar um banco de ideias e de oportunidade para futuros investidores que pode ser acessado do site: novapagina/pesquisas/oportunidade.ppt. 8. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Mantém também o PADETEC uma intensa prestação de diversos serviços especializados para as empresas incubadas, emancipadas e para empresas em geral, dentro dos seus laboratórios e centrais analíticas. Estes serviços especializados vêm sendo utilizado com grande intensidade por empresas locais e do resto do país, e são os seguintes, entre outros: 1. Transferência de tecnologia nas áreas de produtos naturais, óleos essenciais, plantas pilotos, fitoterápicos, alimentos funcionais, biopolímeros e engenharia química (equipamentos e processos). 2. Serviços análiticos nas áreas de: 2.1. Análise de óleos essenciais Análise de óleos vegetais e gorduras Análise de alimentos Análise de Combustíveis Análise de Cêras Análise de solventes Análise de fitoterápicos Análise de perfumes e essencias. Maiores informações: Fone: ESCRITORIO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL (NIT) Com o objetivo de estimular inventores, pesquisadores e empresários a protegerem produtos, processos e serviços especializados, inovadores, o PADETEC está disponibilizando serviços direcionados para o Registro de Marcas e Patentes. Em consonância com o INPI - Instituto Nacional da Propriedade Intelectual, recebendo decessivo apoio do CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e em parceria com a SECITECE - Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará, o EPI atende aos interessados em ampla e confortável sala, localizada na sede do PADETEC. Contatos também poderão ser mantidos através dos telefones: (85) / , do fax (85) ou pelo

19 Serviços: Elaboração de relatório de Patentes Requerimento de Registro de Marcas Acompanhamento de Patentes Acompanhamento de Marcas Tranferência de Tecnologia

INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO

INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO FEVEREIRO DE 2011 Telefones: (66) 3422 2461 / 6710 1 1. Apresentação da Incubadora de Empresas I-deia A Incubadora I-deia

Leia mais

Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá - INCIT PLANO ANUAL DE TREINAMENTO

Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá - INCIT PLANO ANUAL DE TREINAMENTO Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá - INCIT PLANO ANUAL DE TREINAMENTO Itajubá/MG Fevereiro de 2012 Plano Anual de 2 de 11 Revisão 01 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1 OBJETIVO GERAL... 4 2

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14A/2011

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14A/2011 SELEÇÃO DE EMPRESA PARA MINISTRAR CURSO DE PRÉ-INCUBAÇÃO PARA PROJETOS DE BASE TECNOLÓGICA NO ÂMBITO DA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ (INCTEC-SA) TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14A/2011 Contatos Luiz Augusto

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ CHAMADA Nº. 01/2016 IAGRAM A Incubadora Tecnológica

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2010 SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO FINANCEIRA EM CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA. Contatos Luiz Augusto Gonçalves de

Leia mais

RELATÓRIO DE PARTICIPAÇÃO NA FISPAL FOOD SERVICE

RELATÓRIO DE PARTICIPAÇÃO NA FISPAL FOOD SERVICE RELATÓRIO DE PARTICIPAÇÃO NA FISPAL FOOD SERVICE Nome do Evento: Fispal Food Service 2011 Feira Internacional de Produtos e Serviços para Alimentação Fora do Lar Participantes efetivos durante a realização

Leia mais

II FORTEC REGIÃO NORDESTE Propriedade Intelectual: Inovação & Interação Universidade - Empresa

II FORTEC REGIÃO NORDESTE Propriedade Intelectual: Inovação & Interação Universidade - Empresa UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE INOVAÇÃO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA II FORTEC REGIÃO NORDESTE Propriedade Intelectual: Inovação & Interação Universidade - Empresa Recife 13 de Abril de 2007

Leia mais

Presidente da FINEP. Diretores da FINEP. Chefe de Gabinete da Presidência. Presidente da República. Vice-Presidente da República

Presidente da FINEP. Diretores da FINEP. Chefe de Gabinete da Presidência. Presidente da República. Vice-Presidente da República POLÍTICA OPERACIONAL 2012-2014 Presidente da República Dilma Vana Rousseff Vice-Presidente da República Michel Temer Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação Marco Antonio Raupp Secretário

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 01/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

Edital de seleção de Projetos Sociais de Impacto (PSI)

Edital de seleção de Projetos Sociais de Impacto (PSI) Edital de seleção de Projetos Sociais de Impacto (PSI) Belo Horizonte / 2016 2 #SocialehLegal 1. Introdução O Baanko Challenge tem por objetivo fomentar o Empreendedorismo Social de Negócios de Impacto.

Leia mais

EDITAL Nº29-22/03/2013 DEDC SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET-MG NASCENTE EM LEOPOLDINA.

EDITAL Nº29-22/03/2013 DEDC SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET-MG NASCENTE EM LEOPOLDINA. EDITAL Nº29-22/03/2013 DEDC SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET-MG NASCENTE EM LEOPOLDINA. O DIRETOR-GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Leia mais

Edital PROEX/IFRS nº 17/2016. Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer - crie seu negócio de alto impacto

Edital PROEX/IFRS nº 17/2016. Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer - crie seu negócio de alto impacto Edital PROEX/IFRS nº 17/2016 Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer - crie seu negócio de alto impacto O Pró-reitor de Extensão Substituto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA OFICINA DA INOVAÇÃO

APRESENTAÇÃO DA OFICINA DA INOVAÇÃO APRESENTAÇÃO DA OFICINA DA INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO. OFICINA DA INOVAÇÃO Página 1 de 10 ÍNDICE DO PORTFOLIO Apresentação dos serviços da Oficina da Inovação... 3 Consultoria...

Leia mais

SENAI. Foi dado o sinal verde para o futuro da indústria.

SENAI. Foi dado o sinal verde para o futuro da indústria. SENAI. Foi dado o sinal verde para o futuro da indústria. Instituto SENAI de Inovação Química Verde e Instituto SENAI de Tecnologia Ambiental. As soluções inovadoras agora têm endereço certo. O Instituto

Leia mais

PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE CULTURA - "A SANTA MARIA QUE QUEREMOS"

PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE CULTURA - A SANTA MARIA QUE QUEREMOS Elaborar o projeto do Plano Municipal de Projeto do Plano Projeto realizado Cultura com ampla participação dos setores da sociedade Conferência Municipal de Cultura Conferência realizada PLANILHA DE OBJETIVOS

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PROPRIEDADE INTELECTUAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 06/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PROPRIEDADE INTELECTUAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 06/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PROPRIEDADE INTELECTUAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 06/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone:

Leia mais

NUCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA - UESC

NUCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA - UESC Boletim 08 Editais / FAPESB Visite nosso blog: / Edital convida os pesquisadores a apresentarem projetos de pesquisa da área de saúde e em conformidade com os temas, no âmbito do Programa Pesquisa para

Leia mais

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Comitê Gestor do SIBRATEC. Resolução Comitê Gestor SIBRATEC nº 001, de 17 de março de 2008.

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Comitê Gestor do SIBRATEC. Resolução Comitê Gestor SIBRATEC nº 001, de 17 de março de 2008. MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Comitê Gestor do SIBRATEC Resolução Comitê Gestor SIBRATEC nº 001, de 17 de março de 2008. Aprova as Diretrizes Gerais do Sistema Brasileiro de Tecnologia - SIBRATEC.

Leia mais

FONTES DE FOMENTO -FINANCIAMENTO PARA EMPRESAS NASCENTES

FONTES DE FOMENTO -FINANCIAMENTO PARA EMPRESAS NASCENTES UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DE RIBEIRÃO PRETO FONTES DE FOMENTO -FINANCIAMENTO PARA EMPRESAS NASCENTES PROFª DRª GECIANE PORTO geciane@usp.br FONTES DE

Leia mais

DECRETO Nº 55.461, DE 29 DE AGOSTO DE 2014

DECRETO Nº 55.461, DE 29 DE AGOSTO DE 2014 Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo DECRETO Nº 55.461, DE 29 DE AGOSTO DE 2014 Institui a Política Municipal de Estímulo à Inovação e ao Desenvolvimento de Startups na Cidade

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FEEVALE IDF - INCUBADORA DE DESIGN DA FEEVALE ITEF INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE INICIAR - INCUBADORA Á DISTÂNCIA

CENTRO UNIVERSITÁRIO FEEVALE IDF - INCUBADORA DE DESIGN DA FEEVALE ITEF INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE INICIAR - INCUBADORA Á DISTÂNCIA CENTRO UNIVERSITÁRIO FEEVALE IDF - INCUBADORA DE DESIGN DA FEEVALE ITEF INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE INICIAR - INCUBADORA Á DISTÂNCIA SELEÇÃO DE PROJETOS E/OU EMPRESAS PARA PRÉ- INCUBAÇÃO O Núcleo

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA A Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI, Campus

Leia mais

MARIANA IMPLEMENTA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA

MARIANA IMPLEMENTA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA INFORMATIVO DEZEMBRO DE 2013 Acesse também: www.mariana.gov.br MARIANA IMPLEMENTA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA Promover a criação de um ambiente favorável para valorizar a micro e pequena empresa,

Leia mais

Projeto D'VOLTA. Categoria do projeto: Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente)

Projeto D'VOLTA. Categoria do projeto: Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Projeto D'VOLTA Mostra Local de: Ortigueira Categoria do projeto: Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Colégio SESI de Telêmaco Borba Cidade: Telêmaco Borba

Leia mais

Em sintonia com o movimento de incubadoras de empresas e parques tecnológicos ao redor do mundo, o Brasil também corre atrás de sua independência

Em sintonia com o movimento de incubadoras de empresas e parques tecnológicos ao redor do mundo, o Brasil também corre atrás de sua independência NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PUC SP PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO Prof. Dr. Antonio Vico Mañas e-mail: vicereitoria@pucsp.br tel.: 36708284 Equipe PUC INOVAÇÃO Vice Reitoria 1 Em sintonia

Leia mais

Edital PROEX/IFRS nº 021/2015. Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer crie seu negócio de alto impacto

Edital PROEX/IFRS nº 021/2015. Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer crie seu negócio de alto impacto Edital PROEX/IFRS nº 021/2015 Seleção de tutores para atuarem no curso Bota pra fazer crie seu negócio de alto impacto A Pró-reitora de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do

Leia mais

EDITAL 01/2016 PRIMEIRO PASSO COACHING

EDITAL 01/2016 PRIMEIRO PASSO COACHING EDITAL 01/2016 PRIMEIRO PASSO COACHING No âmbito de suas atribuições, a Diretora da Primeiro Passo Coaching, com base no evento Conexão Primeiro Passo/ 2016, a ser realizado em 16 e 17 de abril de 2016,

Leia mais

REGULAMENTO DA 2ª FENACEB FEIRA NACIONAL DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA

REGULAMENTO DA 2ª FENACEB FEIRA NACIONAL DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica REGULAMENTO DA 2ª FENACEB FEIRA NACIONAL DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA I - CONCEITO, DENOMINAÇÃO, REALIZAÇÃO Art. 1º A 2ª Feira Nacional de Ciências

Leia mais

Estratégias para atuação do Instituto de Ciência e Tecnologia da UFF no município de Rio das Ostras

Estratégias para atuação do Instituto de Ciência e Tecnologia da UFF no município de Rio das Ostras Estratégias para atuação do Instituto de Ciência e Tecnologia da UFF no município de Rio das Ostras Rio das Ostras RJ Setembro de 2012 Sumário da apresentação Panorama de Rio das Ostras Instituto de Ciência

Leia mais

dialeto design de estratégia

dialeto design de estratégia FORMAÇÃO Wanessa Dose Bittar Especializada em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF); Graduada em Educação Artística pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e

Leia mais

AV: Carlos Gomes de sá, nº335, sala 101, ED. Centro Empresarial Plus Office Mata da Praia - Vitória - ES Cep: 29066-040 Tel: + 55 27 2104-0845 /

AV: Carlos Gomes de sá, nº335, sala 101, ED. Centro Empresarial Plus Office Mata da Praia - Vitória - ES Cep: 29066-040 Tel: + 55 27 2104-0845 / SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 03 JUSTIFICATIVA 04 OBJETIVO 05 OBJETIVO ESPECÍFICO 05 PÚBLICO ALVO 06 RESULTADOS ESPERADOS 08 TURISMO CAPIXABA 09 LOCAL DO EVENTO 10 PROGRAMAÇÃO 10 DADOS DA INSTITUIÇÃO REALIZADORA

Leia mais

CDURP. Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro. Relatório Trimestral de Atividades. Período Janeiro - Março / 2011

CDURP. Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro. Relatório Trimestral de Atividades. Período Janeiro - Março / 2011 Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro Relatório Trimestral de Atividades Sumário Executivo Período Janeiro - Março / 2011 Este relatório apresenta os principais resultados

Leia mais

Ministério da Educação GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 30, DE 26 DE JANEIRO DE 2016

Ministério da Educação GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 30, DE 26 DE JANEIRO DE 2016 Ministério da Educação GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 30, DE 26 DE JANEIRO DE 2016 Amplia o Programa Idiomas sem Fronteiras. O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso da atribuição que lhe confere o art.

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL 2010/2014 RESUMO

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL 2010/2014 RESUMO PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL 2010/2014 RESUMO 1. INTRODUÇÃO A indústria moveleira na região norte do Espírito Santo iniciou com o surgimento de grupos populacionais próximos da região de Colatina. Esse

Leia mais

EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ

EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ O presente edital regulamenta o processo de recrutamento, seleção e ingresso de projetos empresariais na Incubadora

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESPÍRITO SANTO 2010/2014

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESPÍRITO SANTO 2010/2014 PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESPÍRITO SANTO 2010/2014 RESUMO 1. APRESENTAÇÃO Com a missão de promover ações para o fortalecimento do segmento da construção civil no Espírito Santo,

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS CONSELHO DE ALTOS ESTUDOS E AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A CAPACITAÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEBRAE

CÂMARA DOS DEPUTADOS CONSELHO DE ALTOS ESTUDOS E AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A CAPACITAÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEBRAE CÂMARA DOS DEPUTADOS CONSELHO DE ALTOS ESTUDOS E AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A CAPACITAÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEBRAE Brasília, 18 de maio de 2010. MPE? Conceituação Brasil REPRESENTATIVIDADE

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA TÉCNICA

EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA TÉCNICA Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA TÉCNICA A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Leia mais

EDITAL FAPESB/SECTI/SEBRAE/IEL Apoio à Implantação de Cursos de Empreendedorismo 002/2006

EDITAL FAPESB/SECTI/SEBRAE/IEL Apoio à Implantação de Cursos de Empreendedorismo 002/2006 EDITAL FAPESB/SECTI/SEBRAE/IEL Apoio à Implantação de Cursos de Empreendedorismo 002/2006 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS PARA O PROGRAMA BAHIA INOVAÇÃO REDE DE EMPREENDEDORISMO A Fundação de Amparo à Pesquisa

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos sociais. O edital destina-se às organizações

Leia mais

Política nacional. Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional.

Política nacional. Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional. Criar a Empresa O desafio do empreendedorismo! Política nacional Empreendedorismo Fator fundamental e prioritário para o desenvolvimento e aumento da competitividade da economia nacional. Empreendedorismo

Leia mais

Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV Av. Oraida Mendes de Castro, 6000, Novo Silvestre CEP 36570-000 Viçosa/MG Tel/fax: 31 3899 2602

Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV Av. Oraida Mendes de Castro, 6000, Novo Silvestre CEP 36570-000 Viçosa/MG Tel/fax: 31 3899 2602 EDITAL 03.2014 - SELEÇÃO DE NOVAS EMPRESAS PARA O PROGRAMA DE PRÉ - INCUBAÇÃO DE EMPRESAS DA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA CENTEV/UFV. O Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa

Leia mais

PROCESSO N. 352/03 PROTOCOLO N.º 5.252.763-5 PARECER N.º 31/04 APROVADO EM 13/02/04

PROCESSO N. 352/03 PROTOCOLO N.º 5.252.763-5 PARECER N.º 31/04 APROVADO EM 13/02/04 PROTOCOLO N.º 5.252.763-5 PARECER N.º 31/04 APROVADO EM 13/02/04 CÂMARA DE PLANEJAMENTO INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL OLAVO BILAC MUNICÍPIO: IBIPORÃ ASSUNTO: Credenciamento da Instituição e Autorização

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. MEMÓRIA: Reunião Preparatória do Comitê Temático de Inovação e Crédito GT de Tecnologia e Inovação

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. MEMÓRIA: Reunião Preparatória do Comitê Temático de Inovação e Crédito GT de Tecnologia e Inovação PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria da Micro e Pequena Empresa Fórum Permanente de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte MEMÓRIA: Reunião Preparatória do Comitê Temático de Inovação e Crédito GT de

Leia mais

1º Ciclo de Workshops em Empreendedorismo - 2013

1º Ciclo de Workshops em Empreendedorismo - 2013 1º CICLO DE WORKSHOPS EM Abril e Maio de 2013 EMPREENDEDORISMO AS PEQUENAS IDEIAS GERAM GRANDES NEGÓCIOS! Co-financiamento: APRESENTAÇÃO O Município de Penacova, através do Gabinete de Desenvolvimento

Leia mais

SERÁ ENCAMINHADO AO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO O NOVO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS, COM INÍCIO PREVISTO PARA 2008

SERÁ ENCAMINHADO AO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO O NOVO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS, COM INÍCIO PREVISTO PARA 2008 SERÁ ENCAMINHADO AO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO O NOVO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS, COM INÍCIO PREVISTO PARA 2008 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS PROJETO PEDAGÓGICO I OBJETIVOS

Leia mais

2. MOTIVAÇÃO DA CHAMADA Favorecer a aproximação da instituição do setor produtivo e da comunidade, além de contribuir para a qualidade do evento.

2. MOTIVAÇÃO DA CHAMADA Favorecer a aproximação da instituição do setor produtivo e da comunidade, além de contribuir para a qualidade do evento. EDITAL Nº 027/2016 CHAMADA PÚBLICA PARA APOIO À REALIZAÇÃO DO 2º SIMPÓSIO INTERDISCIPLINAR DE TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO [SInTE] O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São

Leia mais

Economia Criativa conceito

Economia Criativa conceito Economia Criativa conceito A Economia Criativa é um conceito ainda em desenvolvimento, que compreende a gestão da criatividade para gerar riquezas culturais, sociais e econômicas. Abrange os ciclos de

Leia mais

Reunião Técnica EAITI Bandeirantes Julho/2015

Reunião Técnica EAITI Bandeirantes Julho/2015 Reunião Técnica EAITI Bandeirantes Julho/2015 Prof. Fabio Pitta Diretoria de Pesquisa - UEL Em 2012 a Resolução CEPE nº 012 /2012 cria o programa institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento

Leia mais

FAIN FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

FAIN FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO VITÓRIA DA CONQUISTA 2007 COMPOSIÇÃO INSTITUCIONAL

Leia mais

PERFIL DOS PARTICIPANTES DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO BOM NEGÓCIO PARANÁ NA REGIÃO SUDOESTE DO PARANÁ

PERFIL DOS PARTICIPANTES DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO BOM NEGÓCIO PARANÁ NA REGIÃO SUDOESTE DO PARANÁ 1 PERFIL DOS PARTICIPANTES DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO BOM NEGÓCIO PARANÁ NA REGIÃO SUDOESTE DO PARANÁ Marta Paiz 1 Márcia Bonifácio Stooc 2 Adriana Picagevicz Mellk 3 Jaime Antonio Stoffel 4 Nelson Alpini

Leia mais

Propriedade Intelectual e Inovação: Proteção para a valorização do conhecimento. Manaus, 29 de Maio de 2012

Propriedade Intelectual e Inovação: Proteção para a valorização do conhecimento. Manaus, 29 de Maio de 2012 Propriedade Intelectual e Inovação: Proteção para a valorização do conhecimento Manaus, 29 de Maio de 2012 Propriedade Intelectual= direito, outorgado pelo Estado por meio de leis específicas, por um prazo

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO RAIAR Incubadora Multissetorial de Empresas de Base Tecnológica e Inovação da PUCRS TECNOPUC Parque Científico e Tecnológico da PUCRS Porto Alegre, dezembro

Leia mais

EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INCUBAÇÃO BEETECH

EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INCUBAÇÃO BEETECH A Universidade Federal de Goiás, Regional Jataí, no uso de suas atribuições legais, com a cooperação da Prefeitura municipal de Jataí e do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE,

Leia mais

CDURP Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro. Relatório Trimestral de Atividades. Período Abril - Junho / 2011

CDURP Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro. Relatório Trimestral de Atividades. Período Abril - Junho / 2011 CDURP Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro Relatório Trimestral de Atividades Sumário Executivo Período Abril - Junho / 2011 O período entre 1 de Abril e 30 de Junho

Leia mais

REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO

REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO 1 DO PRÊMIO 1.1 Fica estabelecido o 5º Prêmio Apex-Brasil de Excelência em Exportação O Brasil que inspira o mundo,

Leia mais

Iniciativa Nacional de Inovação em Biotecnologia

Iniciativa Nacional de Inovação em Biotecnologia Iniciativa Nacional de Inovação em Biotecnologia Visão Atual e 2021 3º CB APL 29 de novembro de 2007. Brasília - DF 1 CONTEXTO Fórum de Competitividade de Biotecnologia: Política de Desenvolvimento da

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

GESTÃO FINANCEIRA PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS GESTÃO FINANCEIRA PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Thais Peixoto de Medeiros(1); Estephany Calado(2); Gisele Gregório Araújo(2); Márcio André Veras Machado (3); Francisco Roberto Guimarães Júnior(4) Centro

Leia mais

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ 2009 Índice Introdução...3 O que é Base Tecnológica?...3 O que é o Programa de Incubação?...3 Para quem é o Programa de Incubação?...4 Para que serve o

Leia mais

Grupo Gestor Mar de Cultura XXV Breve Informativo 18 de março de 2010

Grupo Gestor Mar de Cultura XXV Breve Informativo 18 de março de 2010 Grupo Gestor Mar de Cultura XXV Breve Informativo 18 de março de 2010 Missão: Atuar para o desenvolvimento solidário e participativo de Paraty articulando a sociedade civil organizada e poder público para

Leia mais

MEMÓRIA: 14ª Reunião Ordinária do Comitê Temático de Tecnologia e Inovação

MEMÓRIA: 14ª Reunião Ordinária do Comitê Temático de Tecnologia e Inovação MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR Fórum Permanente de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte MEMÓRIA: 14ª Reunião Ordinária do Comitê Temático de Tecnologia e Inovação Assunto:

Leia mais

I WORKSHOP DE PROPRIEDADE INTELECTUAL DA UESC:

I WORKSHOP DE PROPRIEDADE INTELECTUAL DA UESC: Boletim 03/2011 I WORKSHOP DE PROPRIEDADE INTELECTUAL DA UESC: http://www.uesc.br/nucleos/nit/index.php?item=conteudo_projetos.php Visite nosso blog: / Editais / FAPESB Edital 022/2010 Apoio a Pesquisa

Leia mais

Titulo do Case: Transforme a sociedade com a força do empreendedorismo social Categoria: Prática Interna Temática: Sociedade

Titulo do Case: Transforme a sociedade com a força do empreendedorismo social Categoria: Prática Interna Temática: Sociedade Titulo do Case: Transforme a sociedade com a força do empreendedorismo social Categoria: Prática Interna Temática: Sociedade Resumo: Quanto custa um projeto? As possíveis respostas são inúmeras. Os números

Leia mais

MANUAL DE INTEGRAÇÃO - DIRETORIA Edição 1 Balneário Camboriú, novembro de 2014.

MANUAL DE INTEGRAÇÃO - DIRETORIA Edição 1 Balneário Camboriú, novembro de 2014. MANUAL DE INTEGRAÇÃO - DIRETORIA Edição 1 Balneário Camboriú, novembro de 2014. OBJETIVO O presente manual se destina a orientar a diretoria da ACIBALC, quanto à administração de suas pastas, o gerenciamento

Leia mais

INC.EM.T.IVA Católica

INC.EM.T.IVA Católica INC.EM.T.IVA Católica Incubadora de Empresas Tocantinenses Inovadoras da Católica do Tocantins Processo de Seleção de Novos Empreendimentos CHAMADA PÚBLICA 001/2015 Palmas, Setembro de 2015. A Faculdade

Leia mais

Pelo estudo, cerca de 13 milhões de brasileiros estão envolvidos diretamente com alguma atividade empreendedora.

Pelo estudo, cerca de 13 milhões de brasileiros estão envolvidos diretamente com alguma atividade empreendedora. 1 Grande Expediente proferido pela Dep. Profª Raquel Teixeira Brasília, 20.03.2006 Uma recente pesquisa publicada pelo Global Entrepreneurship Monitor coloca o Brasil em 7º lugar entre as nações mais empreendedoras

Leia mais

APOIO FINANCEIRO PARA DESIGN NAS

APOIO FINANCEIRO PARA DESIGN NAS APOIO FINANCEIRO PARA DESIGN NAS EMPRESAS Mecanismos de apoio e financiamento para empresas investirem em design Identificação do apoio/ financiamento mais apropriado Duas questões básicas Expectativa/necessidade

Leia mais

A FINEP e a Inovação nas Empresas

A FINEP e a Inovação nas Empresas A FINEP e a Inovação nas Empresas Avílio Antônio Franco afranco@finep.gov.br A Missão da FINEP Promover e financiar a inovação e a pesquisa científica e tecnológica em empresas, universidades, centros

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 01/2013

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 01/2013 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 01/2013 OBJETIVO: O objetivo do EDITAL DE CHAMADA 01/2013 é apoiar através de provimento de Infraestrutura física, de apoio tecnológico e a gestão de negócios, até 04 (quatro)

Leia mais

O Programa. O escopo do Programa é trabalhar, junto a esses negócios, a temática da inovação, desde sua desmistificação até a sua sistematização;

O Programa. O escopo do Programa é trabalhar, junto a esses negócios, a temática da inovação, desde sua desmistificação até a sua sistematização; O Programa Programa de âmbito nacional criado pelo SEBRAE para atuar junto aos pequenos negócios, os orientando, acompanhando e criando fidelização pelo relacionamento; O trabalho é realizado através do

Leia mais

Parque Tecnológico de Ribeirão Branco

Parque Tecnológico de Ribeirão Branco Parque Tecnológico de Ribeirão Branco CNPJ: 08.170.728/0001-73 Município de Ribeirão Branco O que éo Parque Tecnológico? Éuma organização gerenciada por profissionais especializados, cujo objetivo éaumentar

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Londrina Diretoria de Relações Empresariais e Comunitárias PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO

Leia mais

COMO FOMENTAR MAIS E MELHOR NAS EMPRESAS?

COMO FOMENTAR MAIS E MELHOR NAS EMPRESAS? UM OLHAR DA INVENTTA: COMO FOMENTAR MAIS E MELHOR NAS EMPRESAS? Rafael Augusto, Marina Loures e Vitor Bohnenberger 1. INTRODUÇÃO As empresas sempre nos perguntam Como obter recursos para desenvolver projetos

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação FINEP 2012-2014: investir mais e melhor em Inovação Agenda O Desafio da Inovação A FINEP Instrumentos de Apoio (Reembolsável, Não Reembolsável, Fundos) Números

Leia mais

PREFEITURA DE PORTO VELHO

PREFEITURA DE PORTO VELHO LEI Nº. 1628, DE 27 DE OUTUBRO DE 2005. Institui a Política Municipal de fomento à Economia Popular e Solidária na Cidade de Porto Velho e estabelece outras disposições. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PORTO

Leia mais

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Comitê Gestor do SIBRATEC. Resolução Comitê Gestor SIBRATEC nº 003, de 9 de abril de 2008.

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Comitê Gestor do SIBRATEC. Resolução Comitê Gestor SIBRATEC nº 003, de 9 de abril de 2008. MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Comitê Gestor do SIBRATEC Resolução Comitê Gestor SIBRATEC nº 003, de 9 de abril de 2008. Aprova o Regulamento do Sistema Brasileiro de Tecnologia. O Presidente do Comitê

Leia mais

SEBRAEtec Diferenciação

SEBRAEtec Diferenciação SEBRAEtec Diferenciação REGULAMENTO Investir em inovação tecnológica é fundamental para a competitividade das micro e pequenas empresas gaúchas. 2 2014 Mais recursos para as MPEs representam mais desenvolvimento

Leia mais

CERTIFIC TERMO DE REFERÊNCIA

CERTIFIC TERMO DE REFERÊNCIA Certificação TERMO DE REFERÊNCIA 2015 Realização: ANPROTEC Associação Nacional das Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores Francilene Procópio Garcia Presidente Jorge Luis Nicolas Audy Vice-Presidente

Leia mais

Manuais ISGH Coordenadoria de Educação Permanente, Ensino e Pesquisa CEPEP

Manuais ISGH Coordenadoria de Educação Permanente, Ensino e Pesquisa CEPEP Manuais ISGH Coordenadoria de Educação Permanente, Ensino e Pesquisa CEPEP Página 1 ELABORAÇÃO Assessoras Técnicas da Educação Permanente ISGH Ana Karine Girão Lima Társia Vitoria de Araujo Joaquim Nogueira

Leia mais

FINEP UMA AGÊNCIA DE INOVAÇÃO. Vânia Damiani. Departamento de Instituições de Pesquisa Área de Institutos Tecnológicos e de Pesquisa

FINEP UMA AGÊNCIA DE INOVAÇÃO. Vânia Damiani. Departamento de Instituições de Pesquisa Área de Institutos Tecnológicos e de Pesquisa FINEP UMA AGÊNCIA DE INOVAÇÃO Vânia Damiani Departamento de Instituições de Pesquisa Área de Institutos Tecnológicos e de Pesquisa A Missão da FINEP Promover o desenvolvimento econômico e social do Brasil

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES DECRETA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI:

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES DECRETA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: Lei nº 7.084, de 02 de julho de 2001. Cria o Fundo de Desenvolvimento de Campos dos Goytacazes - FUNDECAM e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES DECRETA E EU SANCIONO A SEGUINTE

Leia mais

Lei Complementar LEI COMPLEMENTAR Nº 1049, DE 19 DE JUNHO DE 2008

Lei Complementar LEI COMPLEMENTAR Nº 1049, DE 19 DE JUNHO DE 2008 DOE 20/06/2008, Seção I, Pág. 1/3 Lei Complementar LEI COMPLEMENTAR Nº 1049, DE 19 DE JUNHO DE 2008 Dispõe sobre medidas de incentivo à inovação tecnológica, à pesquisa científica e tecnológica, ao desenvolvimento

Leia mais

1 Disseminar a cultura de empreender e inovar, fortalecendo as ações do Comitê de Empreendedorismo e Inovação (CEI)

1 Disseminar a cultura de empreender e inovar, fortalecendo as ações do Comitê de Empreendedorismo e Inovação (CEI) Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos Visão: "Que em 2020 Santa Maria e região sejam referência pela capacidade de empreender,

Leia mais

Edital SENAI SESI de Inovação 2012 PERGUNTAS FREQUENTES

Edital SENAI SESI de Inovação 2012 PERGUNTAS FREQUENTES Edital SENAI SESI de Inovação 2012 PERGUNTAS FREQUENTES Brasília 2012 Edital SENAI SESI de Inovação 2012 PERGUNTAS FREQUENTES Brasília 2012 Edital SENai SESi de inovação 2012 PERGUNTAS FREQUENTES 3 1)

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14a/2010

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14a/2010 CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 14a/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA ELABORAÇÃO DE BANCO DE DADOS Contatos Luiz Augusto Gonçalves

Leia mais

EDITAL 01/2011 - CHAMADA PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE APOIO TÉCNICO AOS PROJETOS DE PESQUISA DE BOLSISTAS CNPQ.

EDITAL 01/2011 - CHAMADA PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE APOIO TÉCNICO AOS PROJETOS DE PESQUISA DE BOLSISTAS CNPQ. 1 EDITAL 01/2011 - CHAMADA PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE APOIO TÉCNICO AOS PROJETOS DE PESQUISA DE BOLSISTAS CNPQ. SMARTBIO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO e FAI - FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS INTRODUÇÃO

Leia mais

Gestão da Inovação através do Design Thinking

Gestão da Inovação através do Design Thinking Gestão da Inovação através do Design Thinking Introdução A inovação é parte integrante e fundamental dos sistemas econômicos. Com o aumento da complexidade desse sistema, torna-se fundamental que os atores

Leia mais

Anais. Roda de Conversa: Tecnologia e Produção

Anais. Roda de Conversa: Tecnologia e Produção Anais Roda de Conversa: Tecnologia e Produção ORGANIZAÇÃO: Universidade Federal do Pará - UFPA INSTITUIÇÕES PARCEIRAS A revisão lingüística e ortográfica, assim como o enquadramento às regras da ABNT é

Leia mais

Dados sobre a Feira do Empreendedor 2015

Dados sobre a Feira do Empreendedor 2015 Dados sobre a Feira do Empreendedor 2015 1 Feira do Empreendedor 2015 O sucesso é grande. Há pessoas que demostram o interesse em adquirir até 10 máquinas de uma só vez. Alexandre Ronconi, diretor da Hot

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA UMA NOVA METODOLOGIA. Jerônimo Pereira dos Santos, José Yvan Pereira Leite e André Luis Calado Araújo

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA UMA NOVA METODOLOGIA. Jerônimo Pereira dos Santos, José Yvan Pereira Leite e André Luis Calado Araújo EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA UMA NOVA METODOLOGIA Jerônimo Pereira dos Santos, José Yvan Pereira Leite e André Luis Calado Araújo Professores do CEFET-RN, Núcleo de Incubação Tecnológica Diretoria

Leia mais

Biblioteca Digital Comunitária

Biblioteca Digital Comunitária Biblioteca Digital Comunitária Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Sicoob Norte do Paraná Cidade: Londrina

Leia mais

MANUAL DO INCUBADO PPV. Programa Pronto para Viver

MANUAL DO INCUBADO PPV. Programa Pronto para Viver MANUAL DO INCUBADO PPV Programa Pronto para Viver SUMÁRIO 1. CONTEXTUAIS... 2 2. EQUIPE TÉCNICA DA AGENDE... 2 3. PLANEJAMENTO ESTRETÉGICO... 3 3.1 Planejamento Estratégico - Gestão... 3 3.2 Planejamento

Leia mais

I Workshop de Inovação e Empreendedorismo. Apresentação Institucional

I Workshop de Inovação e Empreendedorismo. Apresentação Institucional I Workshop de Inovação e Empreendedorismo Apresentação Institucional Julho 2013 Identificação da Empresa Microempresa de base tecnológica especializada na pesquisa, desenvolvimento e fabricação de bioprodutos

Leia mais

PAESTRA: OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO. Novembro/2012 Fortaleza- CE

PAESTRA: OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO. Novembro/2012 Fortaleza- CE PAESTRA: OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO Novembro/2012 Fortaleza- CE Currículo do Palestrante Estudou no CMF no período de 1974-1980. saindo como reservista pelo CFR (3º. Sgt). Ingressou na EFOMM CIAGA (1981).

Leia mais

Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia

Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia EDITAL 01/2016 O Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS, no uso de suas atribuições, torna pública

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

O que é? Porque foi criado? Quais sãos os objetivos? O que terá de novo?

O que é? Porque foi criado? Quais sãos os objetivos? O que terá de novo? BRDE INOVA O que é? Porque foi criado? Quais sãos os objetivos? O que terá de novo? Contextualização Primeiro Agente Financeiro do País credenciado junto ao BNDES Primeiro Agente Financeiro do País credenciado

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO Nº 01/2012

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO Nº 01/2012 EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO Nº 01/2012 PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PROJETOS EMPRESARIAIS INOVADORES PARA INGRESSO E PARTICIPAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ IESJ. A INCUBADORA

Leia mais

A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015

A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015 A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015 Marketing Oficina Na Medida: como criar uma página empresarial no facebook 19/05 (terça), das 09h30 às 12h30 Valor: R$ 70,00 Oficina

Leia mais