Manual Operacional Este manual atende o Sistema Segurança Web - Acesso, Módulo Prestadores.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual Operacional Este manual atende o Sistema Segurança Web - Acesso, Módulo Prestadores."

Transcrição

1 Manual Operacional Este manual atende o Sistema Segurança Web - Acesso, Módulo Prestadores.

2 Aviso O conteúdo deste documento é de propriedade exclusiva da TCR Soluções Corporativas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida em qualquer forma ou meio, sem a autorização prévia expressa da TCR Soluções Corporativas. Todos os nomes de empresas, produtos, marcas comerciais, pessoas, personagens, dados ou situações, citados neste documento são fictícios e tem somente objetivo didático, não representando pessoas, empresas, produtos ou acontecimentos, salvo indicação em contrário. A posse deste documento não lhe confere nenhum direito sobre patentes, marcas comerciais, copyright ou outros direitos de propriedade intelectual, eventualmente citados neste documento. TCR Soluções Corporativas Belo Horizonte MG Manual Operacional 2

3 Índice 1 INTRODUÇÃO GUIA RAPIDO CADASTRO INICIAL DA EMPRESA CADASTRO DE UM NOVO PRESTADOR DE SERVIÇO CONTATOS SOBRE O SISTEMA RONDA MENU PESSOAS AUT. HORA EXTRA / AUT.ACESSO EXTRA MENU PERSONALIZADAS CADASTRO DE PRESTADORES VINCULAÇÃO DE CONTRATOS ALTERAÇÃO DE ESCALA STATUS PRESTADOR CADASTRO DE EMPRESA CADASTRO DE CONTRATOS SESMT MEDICINA SESMT SEGURANÇA DO TRABALHO Manual Operacional 3

4 1 INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo auxiliar a utilização do sistema de acesso para terceiros. Através do Sistema de Acesso, as empresas contratadas têm a possibilidade de cadastrar Empregados Prestadores, programar hora extra, bem como vincular os Empregados aos respectivos contratos e alterar suas escalas de trabalho. Este cadastramento é indispensável para o Acesso dos Empregados da Empresa contratada as dependências das Empresas do Grupo. A divisão será baseada pelas opções do menu do Sistema. Caso o usuário necessite auxílio para uma rotina específica, poderá consultar o índice para localizar o tópico correspondente. Manual Operacional 4

5 2 GUIA RAPIDO 2.1 Cadastro Inicial da Empresa O cadastro da empresa e o cadastro do contrato já estarão preenchidos. Conforme itens 4.5 e 4.6 deste manual, na página 21. Será necessário completar os cadastros nas telas de Sesmt Medicina e Sesmt Segurança do Trabalho, conforme itens 4.7 e 4.8 deste manual, nas páginas 22 e Cadastro de um Novo Prestador de Serviço Cadastra-lo conforme item 4.1 deste manual, na página 9. Vincula-lo a um contrato conforme item 4.2 deste manual, na página Contatos sobre o sistema Ronda Informação geral do sistema / Segurança Patrimonial Dayana / Pâmela Tel: / Sesmt Medicina Lucrecia Tel: Sesmt Segurança Eng. Flávio Henrique / Rafael Fabiano Tel: / Alteração de senhas e horários de trabalho Marcelo Tel: Manual Operacional 5

6 3 MENU PESSOAS Este tópico aborda o primeiro menu do sistema onde será utilizado somente o item programações de Horas Extras. (figura 2 1) Menu Pessoas 3.1 Aut. Hora Extra / Aut. Acesso Extra Para o menu Colaboradores/Programações/Aut Hora Extra será utilizado para fazer programações de hora extra para Empregados. Para Prestadores de Serviço: Personalizadas / Aut.Acesso Extra. Ao ativar um dos menus acima, deverão ser preenchidos todos os campos da tela exemplificada na (figura 2 2). Nela será efetuada a programação da Hora Extra. Informar no campo Empresa o valor padrão 0001, que corresponde à V & M do BRASIL. Tipo Colaborador será 1 para Empregado e 2 para Prestador de serviço. No campo Colaborador colocar a matrícula do Prestador ou o número pessoal para Empregados da. Caso não saiba, clicar em para pesquisá-lo pelo nome, conforme (figura 2 3). Nos campos Data Inicial, Hora Inicial, Hora Final e Data Final preencher com valores correspondentes ao dia e hora que o colaborador terá Autorização de Hora Extra. OBS: Caso o Prestador de serviço não tenha esta opção no sistema e necessite da mesma, fazer a solicitação através do Para empregados : Solicitar a Gêrencia de Pessoal através do ramal Manual Operacional 6

7 . Sistema de Controle de Acesso (figura 2 2) Tela de Autorização de Hora Extra Obs.: Os campos de Datas e Horas deverão ser preenchidos no formato do exemplo da (figura 2 2) (figura 2 3) Tela para Pesquisa por Nome Após digitar o nome do Prestador clicar em OK e abrirá outra tela listando-o (figura 2 4). Manual Operacional 7

8 (figura 2 4) Tela para seleção do Prestador pesquisado. Ao identificar o Prestador pesquisado clicar na matricula do mesmo para carregá-lo (figura 2 4). Após o campo Colaborador estiver preenchido, preencher os campos de Data Inicial, Hora Inicial, Hora Final e Data Final, e clicar em Incluir (figura 2 5). (figura 2 5) Tela de Autorização de Hora Extra. Manual Operacional 8

9 4 MENU PERSONALIZADAS Sistema de Controle de Acesso Neste menu estão as telas de cadastro da empresa, cadastro do contrato, cadastro dos prestadores, as telas de Sesmt, vinculação de prestadores aos contratos, alteração de escalas dos prestadores, autorização de hora extra e relatórios para consulta. Obs.: As telas de Cadastro de Empresas, Cadastro de Contratos serão apenas para consulta. A tela Aut. Acesso Extra tem a mesma função da tela Aut. Hora Extra apresentada no item 2.1 deste manual. 4.1 Cadastro de Prestadores Para a inclusão de um novo cadastro de prestador clicar no menu Personalizadas / Cadastro de Prestadores (figura 3 1). (Figura 3 1) Menu Cadastro de Prestadores Na tela de Cadastro de Prestadores de Serviço, inicialmente no campo Empresa Contratada aparecerá automaticamente o código da empresa e em Matricula clicar em para gerar uma matricula para o Prestador à ser cadastrado. De acordo com (figura 3 2) e (figura 3 3). Manual Operacional 9

10 (Figura 3 2) Cadastro de Prestadores (Figura 3 3) Gerar Matricula pelo Numero do CPF Após digitar o Número do Documento, clicar em gerar, que preencherá o campo Matricula com a matricula gerada automática. Obs.: O Número do CPF deverá ser escrito sem pontos ou traços. Posteriormente a geração da matricula, preencher todos os campos da tela de Cadastro de Empregados de Prestadores de Serviço com dados coerentes e correspondentes ao Prestador cadastrado (figura 3 4). Manual Operacional 10

11 (Figura 3 4) Cadastro de Prestador de Serviço Obs.: Note que o campo Empresa SubContratada está preenchido com o mesmo código da Empresa Contratada. Nesta situação, quando o campo estiver preenchido com o mesmo código da empresa contratada, informar branco no campo.. Quando o Prestador de serviço for de uma empresa subcontratada digitar o código da empresa subcontratada ou procura-la pelo nome clicando em a frente do campo Empresa SubContratada. Abaixando a barra de rolagem a direita da tela, aparecerá a continuação do cadastro dos terceiros (figura 3 4). Os campos Colaborador em contratos simultâneos e Especificar Empresa e Contratos são preenchidos somente quando um colaborador estiver trabalhando em mais de um contrato (figura 3 5). Manual Operacional 11

12 (Figura 3 5) Continuação Cadastro de Prestador de Serviço Nos campos correspondentes as datas de validade do ASO e Treinamentos, será preenchida somente uma única vez, e quais quer alterações serão feitas pelos responsáveis dos SESMT da V & M do Brasil (figura 3 5). No preenchimento da data de validade informar a data com 1 ano após a data informada no Atestado de Saúde Ocupacional (ASO) Já os campos de Avaliação serão todos de consulta, sendo que a avaliação será feita pelos responsáveis das áreas especialistas da V & M do Brasil (figura 3 6). Após todos os campos preenchidos corretamente clicar no botão Incluir, para inserir o cadastro do novo Prestador de Serviço (figura 3 6) no sistema. Finalizando, ao clicar em Incluir e posteriormente em Consultar aparecerá no alto da tela à direita um botão Foto. Ao ser clicado, abrirá outra janela onde será carregada a foto do Prestador (figura 3 7) e (figura 3 8). Manual Operacional 12

13 (Figura 3 6) Continuação Cadastro de Prestador de Serviço. (Figura 3 7) Botão Para Incluir Foto do Prestador. Caso o campo foto não apareça na tela, arraste a barra de rolagem horizontal para a direita. Manual Operacional 13

14 (Figura 3 8) Tela Para Carregar Foto do Prestador. Para buscar a foto do Prestador, clicar em Browse e depois de carregada clicar em enviar (figura 3 8). Obs.: A foto deverá estar em formato JPG e com no máximo 100kb de tamanho. Depois de a foto carregada clicar no botão Alterar a baixo da tela (figura 3 6). Finalidades dos botões: Consistir Dados, Incluir, Alterar, Excluir, Consultar e Limpar (figura 3 9). Consistir Dados: Quando for feito qualquer modificação ou inclusão dos dados dos prestadores, clicar em Consistir Dados para consultar se os campos estão corretos. Incluir: Depois que todos os campos da tela de cadastro de prestador forem preenchidos, em uma operação de inclusão de prestador, clicar em Incluir. Alterar: Após qual quer modificação no cadastro do prestador, clicar em Alterar para efetuar a alteração. Excluir: Para excluir um cadastro de prestador, entrar no cadastro do mesmo e clicar em Excluir. Consultar: Para consultar um cadastro de prestador, ao entrar na tela de cadastro de digitar a matricula do mesmo ou busca-lo pelo nome e clicar em consultar para buscar os dados. Limpar: Para limpar os campos da tela de cadastro de prestadores a fim de fazer nova consulta ou incluir um cadastro, clicar em Limpar. (Figura 3 9) Botões da tela de Cadastro de Prestadores. Manual Operacional 14

15 4.2 Vinculação de Contratos Para vincular um Prestador de serviço ao seu respectivo contrato clicar no menu Personalizadas / Vinculação de Contratos (figura 3 10). (Figura 3 10) Tela Vinculação de Colaborador ao Contrato. Ao clicar em Vinculação de Contratos abrirá uma tela com seis campos: Empresa Contratada, Matricula, Data Inicio, Número Contrato, Data Final e Código da Escala (figura 3 10). O preenchimento destes campos será da seguinte forma: No campo Empresa Contratada já constará automaticamente o código da Empresa. No campo Matricula digitar a matricula do prestador que será feita à vinculação ou busca-lo pelo nome clicando em a frente do campo (figura 3 11). No campo Data Inicio colocar uma data que a partir da mesma o prestador estará vinculado ao contrato, a data deve estar no padrão conforme (figura 3 10). No campo Número Contrato digitar o número do contrato que deseja incluir o prestador. Se não souber o número clicar em a frente do campo e abrirá uma tela listando o(s) contrato(s) da empresa (figura 3 12). No campo Data Final digitar a data que a partir da mesma o prestador estará desvinculado do contrato. Se deixar o campo em branco o prestador ficará vinculado até o término do contrato. No campo Código da Escala digitar o código da escala correspondente ao prestador. Para visualizar as escalas clicar em a frente do campo e abrirá uma tela listando-as (figura 3 13). Manual Operacional 15

16 (figura 3 11) Tela para Pesquisa por Nome (figura 3 12) Tela que lista o(s) contrato(s) da Empresa Para selecionar o contrato desejado clicar sobre o número do contrato (figura 3 12). (figura 3 13) Tela que lista as Escalas Para selecionar uma escala clicar sobre código da escala (figura 3 13). Manual Operacional 16

17 Também na tela de vinculação de contratos está disponível para Visualização ou para Download o revezamento das escalas (figura 3 14). Visualizar Download (figura 3 14) Links para visualizar ou fazer Download do revezamento das escalas Desvinculação e Vinculação de Prestadores em Outro Contrato Quando um prestador está vinculado em um contrato com a data final zerada, ou seja, o campo Data Final não foi preenchido na vinculação, e é preciso desvinculá-lo, pois ele será vinculado a outro contrato. Será feito o seguinte procedimento: Abrir a tela de Vinculação de Contratos, o campo Empresa Contratada já estará preenchido, coloque a matrícula do prestador no campo Matricula e clique em a frente do campo Data Inicio, abrirá uma tela com os históricos de vinculação, ver qual histórico está com Data Final zerada e clicar na Data Alteração correspondente (figura 3 15). (figura 3 15) Tela Listando Históricos de Vinculação de Contrato Manual Operacional 17

18 Após selecionar o histórico clicar no botão Consultar abaixo da tela de Vinculação de Contratos para carregar os dados do histórico (figura 3 16). (figura 3 16) Vinculação de Contratos Com os dados carregados, note que o campo Data Final está em branco, preencha-o com a data limite do prestador neste contrato e clique no botão Alterar abaixo da tela. Com este procedimento o prestador estará desvinculado deste contrato, para vinculá-lo a outro faça o que foi explicado no módulo 3.2 deste manual. Obs.: Este procedimento não é feito somente quando a vinculação é feita com a data final em branco, também pode ser feito quando a data final é posterior à data que deseja dar de inicio na nova vinculação. 4.3 Alteração de Escala Para alterar a escala de trabalho de um prestador ir ao menu Personalizados / Alteração de Escala (figura 3 17). Na tela de Alteração de Escala preencher o campo colaborador com a matricula do prestador que terá sua escala trocada, no campo Data Alteração colocar a data a partir da qual o prestador obedecerá à nova escala, preencher o campo Data Alteração no padrão da (figura 3 17). No campo Nova Escala colocar o código da escala que o prestador passará a obedecer. Para visualizar as escalas clicar em a frente do campo (figura 3 18). No campo Nova Turma por padrão será fixado o valor 1. Manual Operacional 18

19 (figura 3 17) Menu Alteração de Escala (figura 3 18) Tela de Seleção de Escala Para selecionar uma escala clicar no código da mesma (figura 3 18). Ao clicar no código da escala o sistema votará a tela de Alteração de Escala, clicar no botão Incluir, abaixo da tela, para incluir a alteração da escala (figura 3 17). Manual Operacional 19

20 4.4 Status Prestador Na tela de Status Prestador é onde ficam os relatórios com informações da Empresa, do Contrato e dos Prestadores de Serviço (figura 2 19). (figura 3 19) Tela de Status Prestador Para abrir um relatório clicar sobre o mesmo. Status da Empresa lista a Empresa com suas aprovações, pendências ou reprovações nos setores responsáveis (Empresa, Contrato, SESMT Medicina e SESMT Segurança). Status do Prestador lista os prestadores de serviço também com aprovações, pendências e reprovações. Se o prestador for de uma Sub-Contratada, neste relatório também listará o nome da Sub- Contratada. Empresas Sub-Contratadas lista as Sub-Contratadas da Empresa. Prestadores por Contrato lista os prestadores que estão vinculados a cada contrato. Prestadores por Contrato/Escala lista os prestadores que estão vinculados a cada contrato e a escala que estão seguindo. Manual Operacional 20

21 4.5 Cadastro de Empresa A tela de Cadastro de Empresas será somente para consulta. Quem fará o cadastro e possíveis alterações será o pessoal responsável da V & M do Brasil (figura 3 20). 4.6 Cadastro de Contratos (figura 3 20) Tela de Cadastro de Empresas Contratadas A tela de Cadastro de Contratos também será apenas para consulta, sendo preenchida pelo pessoal responsável da V & M do Brasil (figura 3 21). em Para visualizar um contrato, digitar o número do contrato no campo Codigo do Contrato ou clicar a frente do campo. Ao abrir a segunda tela clicar no número do contrato desejado. Manual Operacional 21

22 (figura 3 21) Tela de Cadastro de Contrato 4.7 Sesmt Medicina O cadastro da Empresa na tela de Sesmt Medicina estará automaticamente criado, más os campos necessitarão de ser preenchidos, pois estão em branco. Após preencher os campos, clicar em Alterar abaixo da tela (figura 3 22). (figura 3 22) Tela de Sesmt Medicina Manual Operacional 22

23 Obs.: Se ao clicar em Alterar aparecer à mensagem Registro Não Encontrado, clicar em Incluir. Dúvidas a respeito do SESMT Medicina, entrar em contato com Lucrecia através do telefone Sesmt Segurança do Trabalho Na tela de Sesmt Segurança como a de Sesmt Medicina o cadastro estará feito más com os campos em branco. Alterar os campos com dados correspondentes e clicar em Altera abaixo da tela (figura 3 22). (figura 3 22) Tela de Sesmt Segurança Dúvidas a respeito do SESMT Segurança, entrar em contato com Eng. Flávio Henrique através do telefone Manual Operacional 23

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil

Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil ki Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil Manual de Treinamento MT- SDA Ronda Web Módulo Prestador de Serviços REGISTRO DAS REVISÕES Nº Motivo das Revisões 00 1 Edição 01 Revisão Novas regras e campos ŀ

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE FORMAS DE ACESSO AO AMBIENTE EAD... 2 O AMBIENTE EAD... 2 TERMO DE COMPROMISSO... 3 CONHECENDO A HOME PAGE DO TREINAMENTO EAD... 3 ETAPAS

Leia mais

Manual do Usuário - ProJuris Web - Biblioteca Jurídica Página 1 de 20

Manual do Usuário - ProJuris Web - Biblioteca Jurídica Página 1 de 20 As informações contidas neste documento estão sujeitas a alterações sem o prévio aviso, o que não representa um compromisso da Virtuem Informática. As pessoas, organizações ou empresas e eventos de exemplos

Leia mais

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia 1 Acessar o endereço: http://facgtounafisco.facilinformatica.com.br 1.2 - Será exibida a página abaixo, selecionar o Tipo de acesso (Clínica (CNPJ) e/ou

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO Acesse o site www.teubilhete.com.br, selecione a opção Teu Online, e clique no botão, preencha o formulário com os dados de sua empresa. Reúna duas vias impressas do Contrato

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE FORMAS DE ACESSO AO AMBIENTE EAD... 2 O AMBIENTE EAD... 3 TERMO DE COMPROMISSO... 4 CONHECENDO A HOME PAGE DO TREINAMENTO EAD... 4

Leia mais

MANUAL VERSÃO 1.13-abv

MANUAL VERSÃO 1.13-abv 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES PERIÓDICOS... 9

Leia mais

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13 Manual do Usuário Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural dezembro de 13 Este documento foi produzido por Praça dos Açorianos, s/n CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (51) 3210-3100

Leia mais

CONVÊNIO TJ-SC 10/2014

CONVÊNIO TJ-SC 10/2014 1 CONVÊNIO TJ-SC 10/2014 Sumário Acesso à aplicação... 3 Termo de Uso do Sistema... 3 Alteração de Senha... 3 Consultas Cadastrais e de crédito... 4 Histórico de Alterações Cadastrais... 4 Declarações/Jurídico...

Leia mais

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Índice 1 Acessando o Portal... 2 1.1 Verificação do Browser... 2 1.2 Entre em contato... 3 1.3 Portal Autenticado... 5 2 Meus Cursos... 6 2.1 Matriculando-se em

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa

Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa Índice Logando no Oi Torpedo Empresa...2 Termo de Adesão ao Serviço...5 Página de Entrada no Oi Torpedo Empresa...6 Cadastramento de Usuário (Funcionalidade Somente Disponível

Leia mais

MIT072 Manual de Operação do Portal - Professores

MIT072 Manual de Operação do Portal - Professores ACESSO AO PORTAL Para acessar o Portal, o professor deve entrar no site Https://meu.ifmg.edu.br/Corpore.Net/Logon.aspx. Na página apresentada será necessário fazer o login preenchendo os campos Usuário

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01 Produtos: Saúde Pró Upload Versão: 20130408-01 Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 LOGIN... 4 3 VALIDADOR TISS... 7 4 CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 10 4.1 DADOS CADASTRAIS MATRIZ E FILIAL... 11 4.2 CADASTRO DE

Leia mais

Guia de Procedimentos

Guia de Procedimentos Guia de Procedimentos Documento Guia de Procedimentos Arquivo BOP15_GuiadeProcedimentos_GestãodaColaboração_NetTeacher_FASIPE.docx Projeto Semear Cliente Faculdade FASIPE Data 27/1/2012 Autoria Luciano

Leia mais

1- Acessando o sistema

1- Acessando o sistema 1- Acessando o sistema Na barra de endereços de páginas da Internet escrever o seguinte endereço: webnet.sec.ba.gov.br Na tela inicial do sistema você deve informar os dados para a verificação de acesso.

Leia mais

Manual do Emissor RPS

Manual do Emissor RPS Manual do Emissor RPS Fly E-Nota 1/14 Índice 1.Instalação...3 1.1.Pré-requisitos da instalação...3 1.2.Baixar e instalar do Emissor RPS...3 1.3.Carregar as configurações do prestador...4 1.4.Instalação

Leia mais

Índice. 1. Registro de Usuários. 2. Acesso ao Sistema. 3. Logar no Sistema. 4. Esquecimento de Senha. 5. Alteração de Senha

Índice. 1. Registro de Usuários. 2. Acesso ao Sistema. 3. Logar no Sistema. 4. Esquecimento de Senha. 5. Alteração de Senha Índice 1. Registro de Usuários 2. Acesso ao Sistema 3. Logar no Sistema 4. Esquecimento de Senha 5. Alteração de Senha 6. Sistema SISAUTO - Sistema de Automonitoramento de Efluentes Líquidos Industriais

Leia mais

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SANTA MARIA FATECIENS 2008 Este manual tem por finalidade apresentar as especificações detalhadas da aplicação de Cadastro de Funcionários,

Leia mais

MANUAL OFICINAS HDI - AUDATEX WEB

MANUAL OFICINAS HDI - AUDATEX WEB MANUAL OFICINAS HDI - AUDATEX WEB Audatex Web Oficinas HDI Nível Usuário (Versão 2.8) Gerência de Suporte Técnico Departamento de Treinamento Resp.: Equipe de Treinamento Versão 1.0 Revisão 1 Data 13/5/2008

Leia mais

Manual. Gerenciamento de Acesso. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Gerenciamento de Acesso. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. Manual Gerenciamento de Acesso Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. SUMÁRIO 1 GERENCIAMENTO

Leia mais

O sistema CNEs/MJ é composto pelo CNEs/Web e CNEs/ Prestação de contas.

O sistema CNEs/MJ é composto pelo CNEs/Web e CNEs/ Prestação de contas. Material de apoio Material de apoio Informações Gerais O sistema CNEs/MJ é composto pelo CNEs/Web e CNEs/ Prestação de contas. O acesso ao CNEs/Web é realizado pelo site do CNES no endereço: www.mj.gov.br/cnes

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas 2013 Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas Cris Podologia 1 Conteúdo 1) Cadastro... 3 2) Agendamento... 8 3) Atualização e Complemento do Cadastro... 13 a) Perfil... 15 b) Endereço... 15 4) Recuperação

Leia mais

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo Manual de Orientação de Cadastramento On-Line Sistema Segundo Tempo - Convênios Cadastro de Núcleo O Cadastro de Núcleo só poderá ser efetuado mediante a senha de Coordenador-Geral. Acesso ao Sistema:

Leia mais

MATRÍCULAS ON LINE MANUAL DO DISCENTE

MATRÍCULAS ON LINE MANUAL DO DISCENTE MATRÍCULAS ON LINE MANUAL DO DISCENTE 1 1. Acessar o site da FMB, clicar em Pós-Graduação stricto sensu, Portal de Sistemas (matrícula on line e validação) 2. O aluno será direcionado para tela ACESSO

Leia mais

Estabelecer a rotina, diretrizes e prazos para processamento da folha de pagamento do Grupo.

Estabelecer a rotina, diretrizes e prazos para processamento da folha de pagamento do Grupo. 1/8 1. OBJETIVO Estabelecer a rotina, diretrizes e prazos para processamento da folha de pagamento do Grupo. 2. DEFINIÇÃO E CONCEITO DHO Desenvolvimento Humano Organizacional; SISTEMA RUBI Sistema operacional

Leia mais

Manual e Documentação

Manual e Documentação Manual e Documentação A nova versão 2007 do E-Port teve um aumento na segurança e integridade do sistema de controle de portarias, porém ainda conta com o mesmo visual fácil, acessível e funcional de sempre.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO Rua Afonso Arrechea, 240, Santo Ant. do Sudoeste - PR Tel 46 3563-1518 Fax 46 3563-3780 contato@diferencialcontabil.cnt.br www.diferencialcontabil.cnt.br MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO VERSÃO

Leia mais

COTAÇÃO DE COMPRAS COM COTAÇÃO WEB

COTAÇÃO DE COMPRAS COM COTAÇÃO WEB COTAÇÃO DE COMPRAS COM COTAÇÃO WEB RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR. Suporte: SISTEMA DE GESTÃO EDUCACIONAL VIRTUALCLASS. EMAIL: suporte@virtualclass.com.br Skype: suportetisoebras

MANUAL DO PROFESSOR. Suporte: SISTEMA DE GESTÃO EDUCACIONAL VIRTUALCLASS. EMAIL: suporte@virtualclass.com.br Skype: suportetisoebras SISTEMA DE GESTÃO EDUCACIONAL VIRTUALCLASS MANUAL DO PROFESSOR Suporte: EMAIL: suporte@virtualclass.com.br Skype: suportetisoebras Nas unidades: Departamento de Tecnologia e Informação DTI Responsáveis

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

1. Acessando o SIGPRH

1. Acessando o SIGPRH 1. Acessando o SIGPRH UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Acesse o endereço www.si3.ufc.br e selecione a opção SIGPRH (Sistema Integrado de Planejamento, Gestão e Recursos Humanos). Seguem algumas informações

Leia mais

PROCEDIMENTO DO CLIENTE

PROCEDIMENTO DO CLIENTE PROCEDIMENTO DO CLIENTE Título: Plug-in Guia de Empresas Objetivo: Aprender a utilizar a ferramenta. Onde: Empresa Quem: Cliente Quando: Início A ferramenta de Guia de Empresas é uma ferramenta desenvolvida

Leia mais

Prestação de Contas Eletrônica

Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/17 Sumário 1- ACESSO... 3 2- TELA DE INÍCIO... 4 3- CADASTRAMENTO...

Leia mais

DIVISÃO DE PATRIMÔNIO

DIVISÃO DE PATRIMÔNIO DIVISÃO DE PATRIMÔNIO 1.0 Como Acessar: Primeiramente você deve acessar a intranet UFPR : www.intranet.ufpr.br. Nessa Tela você deve clicar em entrar Então será redirecionado a tela de Login, entre com

Leia mais

DIÁRIO DE CLASSE ONLINE

DIÁRIO DE CLASSE ONLINE TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO ESAJ WEB DIÁRIO DE CLASSE ONLINE Versão 2.2.0 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/17 ÍNDICE I COMO ACESSAR O SISTEMA 3 II

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP. MANUAL DO USUÁRIO - SIGA Extranet GRD e Projetos. MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET GRD e Projetos

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP. MANUAL DO USUÁRIO - SIGA Extranet GRD e Projetos. MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET GRD e Projetos Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO - SIGA Extranet GRD e Projetos MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET GRD e Projetos Versão: 1.5 Fevereiro/2014 Versão: 1.5 Novembro 2008 Versão: 1.5

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

Sistemas Corporativos da USP (Web)

Sistemas Corporativos da USP (Web) Sistemas Corporativos da USP (Web) O sistema de estágios remunerados da USP é fruto da colaboração das seguintes áreas da Reitoria da Universidade de São Paulo: Departamento de Recursos Humanos, Departamento

Leia mais

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento Manual de Atendimento ÍNDICE INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA)... 3 ACOMPANHAMENTO DE PEDIDO... 8 2 INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA) Utilizado para solicitação de senha para procedimentos pré-autorizados.

Leia mais

DIVISÃO DE QUALIDADE DE VIDA

DIVISÃO DE QUALIDADE DE VIDA DIVISÃO DE QUALIDADE DE VIDA Seleção de projetos culturais Orientações gerais para uso do sistema online MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE CAPTAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS ONLINE DO SESI-SP O SESI-SP na área

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito)

ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito) ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito) Primeiro Acesso O aluno deve acessar o endereço http://s2.aesanet.net/cades e clicar no botão Cadastre-se como mostra a figura abaixo; Em seguida

Leia mais

Aliás Comunicação Tutorial WordPress. Belo Horizonte, Setembro de 2012.

Aliás Comunicação Tutorial WordPress. Belo Horizonte, Setembro de 2012. Aliás Comunicação Tutorial WordPress Belo Horizonte, Setembro de 2012. Apresentação Para o melhor entendimento de como funciona o administrador de conteúdo da plataforma do site, a Aliás Comunicação desenvolveu

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA WEBDIÁRIO PERFIL PROFESSOR. Diário Eletrônico do Sistema Nambei

MANUAL DO SISTEMA WEBDIÁRIO PERFIL PROFESSOR. Diário Eletrônico do Sistema Nambei MANUAL DO SISTEMA WEBDIÁRIO PERFIL PROFESSOR Diário Eletrônico do Sistema Nambei ÍNDICE DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 Tela de Acesso... 3 Figura 2 - Alteração de Senha... 3 Figura 3 - Página inicial - Perfil

Leia mais

MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO

MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO Versão 1.0 - Preliminar Setembro / 2012 Índice ACESSO AO DATAPRONERA... 3 Navegadores Compatíveis... 3 LOGIN NO DATAPRONERA... 3 CADASTROS... 4 Pessoa Física... 4 CURSOS...

Leia mais

Guia do Aluno. Campo Grande MS

Guia do Aluno. Campo Grande MS 2015 Guia do Aluno Campo Grande MS Sumário Acesso ao Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem (AVEA)... 2 Acesso ao curso... 3 Acesso aos Módulos... 4 Acesso às disciplinas... 5 Trilha de Aprendizagem...

Leia mais

REGISTRO DE PROJETOS

REGISTRO DE PROJETOS REGISTRO DE PROJETOS 1. REGISTRO DE PROJETOS Esta aplicação tem o objetivo de realizar o Registro de Projetos da Instituição. É possível, incluir, alterar ou excluir essas informações. 1.1. Acessando a

Leia mais

Themis Serviços On Line - Publicações

Themis Serviços On Line - Publicações Nome do documento Guia do Usuário Themis Serviços On Line - Publicações Sumário Introdução:... 3 1 - Cadastro dos Usuários do Themis Serviços On Line:... 3 2 - Acesso ao Sistema Themis Serviços On Line:...

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário CERTIDÕES UNIFICADAS Guia Rápido do Usuário CERTUNI Versão 1.0.0 CASA DA MOEDA DO BRASIL Conteúdo Acessando o Sistema... 3 Alterando Senhas... 3 Encerrando sua Sessão... 4 Gerando Pedido... 4 Alterando

Leia mais

PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO

PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO Sobre o site... 2 Segurança -Trocar Senha... 4 Segurança Cadastrarusuários... 5 Configurações Preços... 6 Configurações Dados de Contato... 7 Configurações Assinatura

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM MANUAL REQUERIMENTO ON LINE 2009 Fundação Instituto de Administração FIA Página Inicial Ao acessar a tela inicial, clique sobre a frase: Inicie o Requerimento

Leia mais

Manual Operacional Agenda Regulada. Unidades Solicitantes

Manual Operacional Agenda Regulada. Unidades Solicitantes Manual Operacional Agenda Regulada Unidades Solicitantes Prefeito: Gilberto Kassab Secretária: Maria Aparecida Orsini de Carvalho Secretário Adjunto: Ailton Ribeiro de Lima Assessor de TI: Cláudio Giulliano

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DE SANTA CATARINA PONTO SECULLUM 4 SISTEMA DE CONTROLE DE PONTO MANUAL PARA A GERÊNCIA DE GESTÃO DE PESSOAS

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DE SANTA CATARINA PONTO SECULLUM 4 SISTEMA DE CONTROLE DE PONTO MANUAL PARA A GERÊNCIA DE GESTÃO DE PESSOAS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DE SANTA CATARINA PONTO SECULLUM 4 SISTEMA DE CONTROLE DE PONTO MANUAL PARA A GERÊNCIA DE GESTÃO DE PESSOAS SUMÁRIO 1 ABRINDO O SISTEMA... 3 1.1 ÍCONE DO PROGRAMA NA VERSÃO

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

Manual CENAD - Central Notarial de Autenticação Digital

Manual CENAD - Central Notarial de Autenticação Digital Manual CENAD - Central Notarial de Autenticação Digital Desenvolvido por: Gustavo da Silva Betete Versão: 1.0 Revisado por:renan LuisGonçalves Soares Equipe responsável: Setor de Tecnologia da Informação

Leia mais

SC Tickets Sistema de Cadastro de Tickets de TI

SC Tickets Sistema de Cadastro de Tickets de TI Manual do Usuário Manual do Usuário SC Tickets Sistema de Cadastro de Tickets de TI Suporte e Help Desk - IMA Linhas gerais - Objetivos SC Tickets Sistema de Cadastro de Tickets de Suporte, desenvolvido

Leia mais

1. REGISTRO DE PROJETOS

1. REGISTRO DE PROJETOS 1. REGISTRO DE PROJETOS Nesta aplicação será feito o registro dos projetos/ ações de extensão, informando os dados iniciais do projeto, as classificações cabíveis, os participantes, a definição da região

Leia mais

UnionWeb Condominium

UnionWeb Condominium UnionWeb Condominium Esse manual contém explicações técnicas de configuração e manutenção administrativa. Não deve ser repassado para moradores, é para utilização da Administradora ou responsável para

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC FEVEREIRO / 2010 GUIA SISTEC INTRODUÇÃO...03 PRÉ-CADASTRO

Leia mais

TUTORIAL PMS CARD. Acesse o site: www.pmscard.com.br

TUTORIAL PMS CARD. Acesse o site: www.pmscard.com.br TUTORIAL PMS CARD Acesse o site: www.pmscard.com.br FAÇA O LOGIN Para fazer o login digite o seu e-mail e senha e clique em entrar. SELECIONE A EMPRESA Selecione a empresa na qual deseja utilizar clicando

Leia mais

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA SISTEMA ISS WEB Sil Tecnologia LTDA Sumário INTRODUÇÃO 3 1. ACESSO AO SISTEMA 4 2. AUTORIZAR USUÁRIO 5 3. TELA PRINCIPAL 6 4. ALTERAR SENHA 7 5. TOMADORES DE SERVIÇO 7 5.1 Lista de Declarações de Serviços

Leia mais

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCISCO BELTRÃO SECRETARIA DE FINANÇAS / DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS Olá Tomadores de Serviço, a Prefeitura Municipal

Leia mais

Site Fácil. Guia do Usuário. PROCERGS Divisão 5

Site Fácil. Guia do Usuário. PROCERGS Divisão 5 Site Fácil Guia do Usuário PROCERGS Divisão 5 Este documento foi produzido pela PROCERGS - Divisão 5. Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 210-3100 http:\\www.procergs.com.br

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.2 13/10/2010 Sumário Apresentação... 3 Objetivo... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

Inicialmente, faça seu cadastro, depois, use seu CPF e sua Senha para fazer o Login e entrar no sistema quantas vezes quiser.

Inicialmente, faça seu cadastro, depois, use seu CPF e sua Senha para fazer o Login e entrar no sistema quantas vezes quiser. Inicialmente, faça seu cadastro, depois, use seu CPF e sua Senha para fazer o Login e entrar no sistema quantas vezes quiser. Insira aqui o Código de sua empresa, que deverá ser fornecido pelo Gestor da

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS. Versão 2.1

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS. Versão 2.1 NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS Versão 2.1 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. LAYOUT DO ARQUIVO... 4 3. TRANSMITINDO O ARQUIVO... 5 4. CONSULTANDO

Leia mais

Manual Ilustrado Módulo At. Clínico Agenda, ASOs, Impressos

Manual Ilustrado Módulo At. Clínico Agenda, ASOs, Impressos Manual Ilustrado Módulo At. Clínico Agenda, ASOs, Impressos Março 2014 Indíce Título do documento 1. Objetivo... 3 2. Como utilizar esse material em seus estudos de Atendimento Clínico... 3 3. Introdução...

Leia mais

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA PASSO A PASSO DA UTILIZAÇÃO DO SIGE ESCOLA 2009 1. PARA ACESSAR O

Leia mais

MANUAL - CONTABILIDADE

MANUAL - CONTABILIDADE MANUAL - CONTABILIDADE MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. MÓDULO CONTABILIDADE...4 2.1. PLANO CONTÁBIL...4 2.2. BOLETIM CONTÁBIL...4 2.2.1. Lançamentos Contábeis...5

Leia mais

1- Acessando o sistema

1- Acessando o sistema Sumário 1- Acessando o sistema... 3 2.0 - Opções do Menu... 4 3.0 - Config. U.E.... 4 3.1 - Período Letivo... 4 Adicionando o período letivo... 5 Alterando o período letivo... 5 4.0 - Integração SGE:...

Leia mais

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 1 - Introdução O Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional, CGCO, criou, em março de 2008, uma equipe para atender à demanda de criação de novos

Leia mais

Q-Acadêmico. Módulo CIEE - Estágio. Revisão 01

Q-Acadêmico. Módulo CIEE - Estágio. Revisão 01 Q-Acadêmico Módulo CIEE - Estágio Revisão 01 SUMÁRIO 1. VISÃO GERAL DO MÓDULO... 2 1.1 PRÉ-REQUISITOS... 2 2. ORDEM DE CADASTROS PARA UTILIZAÇÃO DO MÓDULO CIEE... 3 2.1 CADASTRANDO EMPRESAS... 3 2.1.1

Leia mais

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 52

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 52 Pedido de Viabilidade Página 1 / 52 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 PEDIDO DE VIABILIDADE PARA INSCRIÇÃO DE PRIMEIRO ESTABELECIMENTO... 4 Dados do Solicitante e da Pessoa Jurídica... 5 Quadro Societário... 8

Leia mais

Ferramenta de Gestão de Web Site e Solution Backsite Modelo Bronze. Versão 1.0.0.2

Ferramenta de Gestão de Web Site e Solution Backsite Modelo Bronze. Versão 1.0.0.2 Manual de Instruções Ferramenta Loja Virtual Versão 1.0.0.2 1 Loja Virtual E solution (Plug in) O plug in Loja Virtual é uma ferramenta que dá aos visitantes a possibilidade de comprar produtos oferecidos

Leia mais

Versão 8.3A-03. Versão da Apostila de Novidades: 1

Versão 8.3A-03. Versão da Apostila de Novidades: 1 Versão 8.3A-03 Versão da Apostila de Novidades: 1 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais

Eventos MT-611-00005 Última Atualização 25/04/2012

Eventos MT-611-00005 Última Atualização 25/04/2012 Eventos MT-611-00005 Última Atualização 25/04/2012 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Pesquisar eventos disponíveis para participação de uma empresa; 2. Confirmar presença

Leia mais

ÍNDICE INTRODUÇÃO...3

ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 1 ACESSO À PLATAFORMA PÁGINA INICIAL...4 1º Passo Endereço da plataforma...4 2º Passo Acessar a plataforma...4 3º Passo Alterar senha...5 4º Passo Continue...6 5º Passo Acessar página

Leia mais

F O R T A L E Z A MANUAL DO GUIA ON-LINE

F O R T A L E Z A MANUAL DO GUIA ON-LINE MANUAL DO GUIA ON-LINE Bem vindo ao Manual do Guia On-Line, aqui você irá aprender a utilizar esta eficiente ferramenta desenvolvida para facilitar e agilizar o atendimento odontológico. Tela inicial Na

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Portaria

Treinamento GVcollege Módulo Portaria Treinamento GVcollege Módulo Portaria Sumário 1. Acesso portaria... 4 2. Manutenção de acessos... 4 3. Inclusão de acesso por turma... 6 4. Apuração de frequência... 6 5. Relatório de apurações... 7 6.

Leia mais

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF Acesso ao Portal do Magistrado Como entrar no Portal do Magistrado: ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.portaldomagistrado.tjsp.jus.br/ptlpdb/ Conecte seu Certificado Digital ao computador e informe sua Senha de

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS QUANTO A UTILIZAÇÃO DO SUBSISTEMA DE CONTROLE DE EXPEDIÇÃO DE DOCUMENTOS/SGA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS QUANTO A UTILIZAÇÃO DO SUBSISTEMA DE CONTROLE DE EXPEDIÇÃO DE DOCUMENTOS/SGA MANUAL DE PROCEDIMENTOS QUANTO A UTILIZAÇÃO DO SUBSISTEMA DE CONTROLE DE EXPEDIÇÃO DE DOCUMENTOS/SGA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE SECRETARIA GERAL SERVIÇO DE COMUNICAÇÕES ADMINISTRATIVAS

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS DIVULGAÇÃO DE COMPRAS DISPENSA / INEXIGIBILIDADE MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Versão 8.2C-08. Domínio Atendimento

Versão 8.2C-08. Domínio Atendimento Versão 8.2C-08 Domínio Atendimento Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso,

Leia mais

1 PASSO Acesse o link: http://www.siapec.emdagro.se.gov.br/siapecest/. Abrirá a tela de login a seguir:

1 PASSO Acesse o link: http://www.siapec.emdagro.se.gov.br/siapecest/. Abrirá a tela de login a seguir: MANUAL DE EMISSÃO DE e-gta PELO PRODUTOR Caro Produtor, para acessar o SIAPEC primeiro é necessário que você tenha o Nº do seu CPF e uma senha cadastrada no sistema. O cadastro é feito pelo órgão de defesa.

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online. Versão Chamamento Público

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online. Versão Chamamento Público MANUAL PARA INSCRIÇÃO online Versão Chamamento Público 1 Atenção Siga cuidadosamente todas as orientações deste Manual durante o processo de inscrição online >> 1º Passo: Acessar o SalicWeb Para inscrever-se

Leia mais

COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro

COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro Índice 1. Fluxo de Solicitação 2. Acesso ao Aplicativo 3. Alteração de Senha 4. Opções do Menu 5. Pesquisar um item já existente 6. Como criar

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo:

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: GUIA DE ORIENTAÇÃO 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: 1.1 - ACESSAR O SITE DA PREFEITURA: 1.2 - CLICAR NA OPÇÃO: SERVIÇOS >> NOTA FISCAAL ELETRÔNICA 1.3 - Aguarde carregar

Leia mais

MANUAL CHAT DE ATENDIMENTO VIASOFT

MANUAL CHAT DE ATENDIMENTO VIASOFT MANUAL CHAT DE ATENDIMENTO VIASOFT 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS A Viasoft para melhor atender seus clientes está aperfeiçoando as suas ferramentas de atendimento. O Chat Online, já conhecido e utilizado pela

Leia mais

Escritório Virtual - Apresentação. Acesso ao Portal do Escritório Virtual

Escritório Virtual - Apresentação. Acesso ao Portal do Escritório Virtual Página2 Escritório Virtual - Apresentação O escritório Virtual visa uma aproximação entre o escritório e seus clientes, possibilitando encurtar caminhos para envio e recebimento de arquivos e informações

Leia mais

SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA. MANUAL MÓDULO EMPRESA Revisão 01 / Julho de 2006

SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA. MANUAL MÓDULO EMPRESA Revisão 01 / Julho de 2006 SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL MÓDULO EMPRESA Revisão 01 / Julho de 2006 Índice Introdução... 03 Login e Senha... Cadastrar Novas Empresas... 04 05 Alterar Senha... Novo Funcionário... Novo Estudante...

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Manual CeC Atualizado em 21/02/2013 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS. Manual do Usuário

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS. Manual do Usuário SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS Manual do Usuário Acesso Rápido Apresentação 2 Consulta ao Catálogo do SiBIFRS 3 Pesquisa geral 5 Opções de consulta 7 Detalhamento da obra 8 Detalhamento da obra Guia Exemplares

Leia mais