ÍNDICE. Modelo: T_Documentacao.doc Versão: 2.0 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 1/176

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÍNDICE. Modelo: T_Documentacao.doc Versão: 2.0 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 1/176"

Transcrição

1 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 1/176 ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO PRÉ-REQUISITOS SVT CADASTRO DE FILIAL CADASTRO DE DIVISÃO CADASTRO DE DEPARTAMENTO CADASTRO DE SETOR CADASTRO DE TURNO CADASTRO DE CÉLULA CADASTRO DE CARGO CADASTRO DE USUÁRIO CADASTRO DE CIDADE LIBERAR FILA DE ESPERA LIBERAÇÃO DE MODELOS PARÂMETROS DO DEALER PARÂMETROS GERENCIAIS CADASTRO DE EMPRESAS CONCORRENTES CADASTRO DE LISTA NEGRA DE TELEFONES - MINER CORRELAÇÃO DE FILIAIS - MINER PARÂMETROS DE ENTREGA CADASTRO DE MÍDIA DE ATRAÇÃO CADASTRO DE TEST-DRIVE OBJETIVOS DE VENDA/PROSPECÇÃO ALOCAÇÕES DE VEÍCULOS PARA TEST-DRIVE ALTERAÇÃO DE SENHA CONFIGURAÇÃO DE AMBIENTE CONTROLE DE ATENDIMENTO... 39

2 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 2/ PROSPECÇÃO RECEPÇÃO QUALIFICAÇÃO APRESENTAÇÃO DO PRODUTO TEST-DRIVE NEGOCIAÇÃO PEDIDO DE VENDA FATURA ENTREGA DO VEÍCULO ACOMPANHAMENTO E RETENÇÃO DO CLIENTE PEDIDO DE VENDA PEDIDO DE VENDA COMPLETO TROCA DE MODELO /COR EM PEDIDO DO TIPO FIRM-ORDER CLIENTES QUE UTILIZAM O SISDIA ou SVT TSW NEGÓCIOS RELACIONADOS VISUALIZAÇÃO DE NEGÓCIOS RELACIONADOS RELACIONAMENTO DE NEGÓCIOS FATURAMENTO DE PEDIDOS AVALIAÇÃO DE VEÍCULOS USADOS VINCULAÇÃO DE AVALIAÇÕES À FICHA PESQUISA ISC DESISTÊNCIA VENDA PERDIDA RECUPERAÇÃO DE VENDA PERDIDA REDIRECIONAMENTO DE VENDA PERDIDA DEVOLUÇÃO DE VEÍCULO ACOMPANHAMENTO AGENDA DO CONSULTOR DESBLOQUEIO DE AGENDA... 84

3 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 3/ TRANSFERÊNCIA DE FICHAS VENDA DO GERENTE CONTROLE DE VEÍCULOS NOVOS MAPA DE CONTROLE DE VEÍCULOS TRANSFERÊNCIA DE VEÍCULOS ENTRE FILIAIS CLIENTES QUE UTILIZAM O SISDIA CLIENTES QUE NÃO UTILIZAM O SISDIA CONSULTA DE ESTOQUE PRÉ-RESERVA DE VEÍCULO FILA DE ESPERA FAMÍLIAS LEGENDA CONFIRMAR CHASSI DESFAZER CONFIRMAÇÃO PRIORIDADE TROCAR PRIORIDADE REVALIDAÇÃO DE FIRM-ORDER TRANFERENCIA DE VEÍCULO ESTOQUE/TRÂNSITO IMOBILIZAÇÃO DE VEÍCULOS AGENDAMENTO DE TAREFAS SINCRONIZAÇÃO DE BAIXAS COM A TDB MONITOR DE COMUNICAÇÃO COM A TOYOTA FICHAS TRANSFERÊNCIAS IMOBILIZAÇÕES ENTRADAS EM ESTOQUE MONITOR NCS KPIS TSW

4 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 4/ MONITOR DE SINCRONIZAÇÃO COM A TOYOTA CONSULTA DE CANCELAMENTO DE FATURAS TDB SISDIA MINER SISDIA MINER LISTA NEGRA DE TELEFONES SISDIA MINER SISDIA MINER - LOADER SISDIA MINER DISTRIBUTER SISDIA MINER CAMPANHAS VISUALIZAÇÃO EM TELA GERAÇÃO EM FORMATO XLS IMPRESSÃO DO RELATÓRIO EXPLOSÃO DOS DETALHES DAS FICHAS QUE COMPÕE UM VALOR RELATÓRIO DE AÇÕES DO VENDEDOR RELATÓRIO DE ANIVERSARIANTES RELATÓRIO DE DETALHAMENTO DE VENDAS PERDIDAS RELATÓRIO DE ENTREGA DE VEÍCULOS RELATÓRIO DE ENTREGA, RETENÇÃO E PESQUISA DE SATISFAÇÃO RELATÓRIO DE GESTÃO DE DESBLOQUEIO DE AGNEDA RELATÓRIO DE MAPA DE SHOW ROOM RELATÓRIO DE MÍDIA DE ATRAÇÃO RELATÓRIO DE OBJETIVO x REALIZADOS PROSPECTOS E VENDAS RELATÓRIO DE PROSPECÇÕES RELATÓRIO DE QUADRO DE ENTREGAS RELATÓRIO DE RECEPÇÕES RELATÓRIO DE RECUPERAÇÃO DE VENDAS PERDIDAS

5 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 5/ RELATÓRIO DE STATUS DA NEGOCIAÇÃO RELATÓRIO DE STATUS DOS ATENDIMENTOS POR PERÍODO RELATÓRIO DE TABULAÇÃO DE VENDAS PERDIDAS RELATÓRIO TEST DRIVE RELATÓRIO DE VENDAS PERDIDAS RELATÓRIO DE MAPAS CONFIGURAÇÃO PARA VISUALIZAÇÃO DE IMPRESSÃO E ARQUIVO EXCEL TRANSMISSÃO DE KPIS TRANSMISSÃO HISTÓRICA TRANSMISSÃO CORRENTE HORÁRIOS DE TRANSMISSÃO DADOS TRANSMITIDOS SVT TSW NAS INSTALAÇÕES QUE NÃO POSSUEM SISDIA ENTRADA DE VEÍCULO EM ESTOQUE/TRÂNSITO LISTA DE PARÂMETROS DO SISTEMA

6 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 6/176 1 APRESENTAÇÃO O SVT é um Software desenvolvido para gerenciar o Processo de Vendas Toyota (PVT), apoiando e sendo um dos pilares do TSW Toyota Sales Way. O SVT Sistema de Vendas Toyota, tem como objetivo apoiar a Gestão de Vendas, permitindo a centralização das informações dos Clientes, facilitando o seu gerenciamento e utilização, visando elevar a eficiência de vendas.

7 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 7/176 2 PRÉ-REQUISITOS SVT Os Pré-Requisitos SVT são gerenciadores essenciais para o correto funcionamento do SVT. Figura CADASTRO DE FILIAL Esta funcionalidade é utilizada apenas por concessionárias que não utilizem o Sisdia como sistema de gestão. Para concessionárias que utilizam o Sisdia, o cadastro de filial deve ser executado pelo programa ( HCADA0220 H ). Ao acionar o Cadastro de Filial, a aplicação listará as filiais já cadastradas no SVT, conforme a figura abaixo. Figura 2-2

8 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 8/176 Ao selecionar uma filial, o usuário será direcionado para a tela de cadastro de filial com os seus dados já preenchidos para manutenção. Ao acionar será exibida a tela de cadastro de filial como segue na figura abaixo. Figura CADASTRO DE DIVISÃO Esta funcionalidade é utilizada apenas por concessionárias que não utilizem o Sisdia como sistema de gestão. Para concessionárias que utilizam o Sisdia, o cadastro de divisão deve ser executado pelo programa ( HCADP0170H ). Ao acionar o Cadastro de Divisão, a aplicação listará as divisões já cadastradas no SVT, conforme a figura abaixo. Figura 2-4

9 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 9/176 Ao selecionar uma divisão, o usuário será direcionado para a tela de cadastro de divisão com os seus dados já preenchidos para manutenção. Ao acionar abaixo. será exibida a tela de cadastro de divisão como segue na figura Figura CADASTRO DE DEPARTAMENTO Esta funcionalidade é utilizada apenas por concessionárias que não utilizem o Sisdia como sistema de gestão. Para concessionárias que utilizam o Sisdia, o cadastro de departamento deve ser executado pelo programa ( HCADA0280H ). Ao acionar o Cadastro de Departamento, a aplicação listará os departamentos já cadastrados no SVT, conforme a figura abaixo. Figura 2-6 Ao selecionar um departamento, o usuário será direcionado para a tela de cadastro de departamento com os seus dados já preenchidos para manutenção. Ao acionar figura abaixo. será exibida a tela de cadastro de departamento como segue na

10 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 10/176 Figura CADASTRO DE SETOR Esta funcionalidade é utilizada apenas por concessionárias que não utilizem o Sisdia como sistema de gestão. Para concessionárias que utilizam o Sisdia, o cadastro de setor deve ser executado pelo programa ( HCADA0305H ). Ao acionar o Cadastro de Setor, a aplicação listará os setores já cadastrados no SVT, conforme a figura abaixo. Figura 2-8 Ao selecionar um setor, o usuário será direcionado para a tela de cadastro de setor com os seus dados já preenchidos para manutenção. Ao acionar será exibida a tela de cadastro de setor como segue na figura abaixo. Figura 2-9

11 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 11/ CADASTRO DE TURNO Esta funcionalidade é utilizada apenas por concessionárias que não utilizem o Sisdia como sistema de gestão. Para concessionárias que utilizam o Sisdia, o cadastro de turno deve ser executado pelo programa ( HCADA0500H ). Ao acionar o Cadastro de Turno, a aplicação listará os turnos já cadastrados no SVT, conforme a figura abaixo. Figura 2-10 Ao selecionar um turno, o usuário será direcionado para a tela de cadastro de turno com os seus dados já preenchidos para manutenção. Ao acionar será exibida a tela de cadastro de turno como segue na figura abaixo. Figura CADASTRO DE CÉLULA Esta funcionalidade é utilizada apenas por concessionárias que não utilizem o Sisdia como sistema de gestão. Para concessionárias que utilizam o Sisdia, o cadastro de célula deve ser executado pelo programa ( HCADA0800H ). Ao acionar o Cadastro de Célula, a aplicação listará as células já cadastradas no SVT, conforme a figura abaixo.

12 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 12/176 Figura 2-12 Ao selecionar uma célula, o usuário será direcionado para a tela de cadastro de célula com os seus dados já preenchidos para manutenção. Ao acionar será exibida a tela de cadastro de célula como segue na figura abaixo. Figura CADASTRO DE CARGO Esta funcionalidade é utilizada apenas por concessionárias que não utilizem o Sisdia como sistema de gestão. Para concessionárias que utilizam o Sisdia, o cadastro de cargo deve ser executado pelo programa ( HCADA0300H ). Ao acionar o Cadastro de Cargo, a aplicação listará os cargos já cadastrados no SVT, conforme a figura abaixo.

13 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 13/176 Figura 2-14 Ao selecionar um cargo, o usuário será direcionado para a tela de cadastro de cargo com os seus dados já preenchidos para manutenção. Ao acionar será exibida a tela de cadastro de cargo como segue na figura abaixo. Figura CADASTRO DE USUÁRIO Esta funcionalidade é utilizada apenas por concessionárias que não utilizem o Sisdia como sistema de gestão. Para concessionárias que utilizam o Sisdia, o cadastro de usuário deve ser executado pelo programa ( HCADA0295H ). Ao acionar o Cadastro de Usuário, a aplicação listará os usuários já cadastrados no SVT, conforme a figura abaixo.

14 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 14/176 Figura 2-16 Ao selecionar um usuário, o usuário será direcionado para a tela de cadastro de usuário com os seus dados já preenchidos para manutenção. Ao acionar cadastro de usuário como segue na figura abaixo. será exibida a tela de Figura 2-17 Ao realizar o primeiro login o usuário deverá deixar o campo senha branco e clicar em OK. Logo após o usuário deverá cadastrar sua senha de acesso, conforme a figura abaixo

15 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 15/176 Figura 2-18 Nos casos em que o usuário não se lembrar de sua senha, deve ser feito um reset, fazendo com em seu novo login seja solicitada nova senha, como se fosse um primeiro acesso. Observação: Para clientes que utilizam o Sisdia não há a necessidade de ser feito um reset, a nova senha será gerada no próprio Sisdia. Ao bloquear um usuário no SVT através do cadastro de usuário. O acesso ao SVT ficará bloqueado ao usuário e serão apagados o sinal na coluna Incluído no SVT e o nome do Cargo deste usuário, como exemplo abaixo.

16 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 16/176 Ao inativar o usuário no SISDIA através do CADA0310, conforme tela abaixo. O usuário passar a ser Inativo na listagem do usuário do SVT. 2.9 CADASTRO DE CIDADE Esta funcionalidade é utilizada apenas por concessionárias que não utilizem o Sisdia como sistema de gestão. Para concessionárias que utilizam o Sisdia, o cadastro de usuário deve ser

17 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 17/176 executado pelo programa ( HCADA0210H ). Ao acionar o Cadastro de Cidade, a aplicação exibirá os filtros para pesquisa das cidades já cadastradas no SVT (UF e cidade). Para visualizar as cidades já cadastradas, o usuário deve selecionar a opção exemplo da figura abaixo., conforme Figura 2-19 Ao selecionar uma cidade, o usuário será direcionado para a tela de cadastro de cidade com os seus dados já preenchidos para manutenção. Ao acionar será exibida a tela de cadastro de mídia como segue na figura abaixo. Figura LIBERAR FILA DE ESPERA Esta funcionalidade deve ser utilizada para os casos de travamento da fila de espera, ou quando a fila de espera estiver sendo executada por muito tempo. Em caso de bloqueio da fila,

18 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 18/176 será exibido o nome do usuário que está utilizando a fila de espera, além de sua filial e data/hora em que o usuário iniciou o uso da fila, conforme a figura abaixo. Figura 2-21 Para efetuar o desbloqueio da fila de espera, basta o usuário selecionar a opção, presente no canto superior direito, conforme a figura abaixo. Figura 2-22 Caso não haja nenhum bloqueio da fila de espera, o usuário receberá uma mensagem o informando, conforme a figura abaixo. Figura 2-23

19 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 19/ LIBERAÇÃO DE MODELOS Esta funcionalidade permite que sejam liberados ou bloqueados modelos para utilização no SVT, ou seja, habilitando ou não a abertura de fichas de negócio para aquele modelo. Ao acionar a Liberação de Modelos a aplicação exibirá o filtro de família, para pesquisa dos modelos já cadastrados no SVT. Para visualizar os modelos já cadastrados, o usuário deve selecionar a opção, conforme exemplo da figura abaixo. Figura 2-24 Para liberar um modelo, o usuário deve manter a caixa de seleção à sua esquerda ativa ( ), e para bloqueá-lo, o usuário deverá manter a mesma caixa de seleção inativa ( ). Em seguida, o usuário deverá selecionar a opção figura abaixo., localizado no canto superior direito, conforme a

20 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 20/176 Figura PARÂMETROS DO DEALER Nesta funcionalidade o usuário informará os parâmetros necessários para o correto funcionamento do SVT por Dealer Number (mostrando todas as suas filiais) como mostra a imagem abaixo Figura 2-26 Ao clicar no Dealer Number o usuário será redirecionado à tela de parametrização, conforme apresentado na imagem abaixo

21 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 21/176 Figura 2-27 Os parâmetros apresentados nesta tela estão diretamente ligados ao processo de envio dos KPIs à Toyota. É através deles que o SVT envia alertas via à Toyota, notificando os casos de falha de envio ou processamento de um KPI. Vale lembrar que estes parâmetros devem ser informados por dealer number, mesmo que para todos os dealers eles sejam os mesmos. Uma vez informados os parâmetros pela primeira vez ou alterados, os mesmos serão armazenados pelo SVT através do botão salvar.

22 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 22/176 3 PARÂMETROS GERENCIAIS Os parâmetros gerenciais permitem ao usuário configurar informações pertinentes ao funcionamento do sistema. Figura CADASTRO DE EMPRESAS CONCORRENTES Esta funcionalidade possibilita ao usuário cadastrar as empresas concorrentes em sua região, para que estas informações sejam utilizadas durante a pesquisa de recuperação de venda perdida. Ao ser acionado, será exibida a listagem de todas as empresas concorrentes já cadastradas, bem como suas bandeiras e cidades, conforme o exemplo da figura abaixo. Figura 3-2 Para cada empresa cadastrada, o usuário poderá alterar ou excluir os dados de uma empresa já cadastrada, utilizando-se dos botões e, conforme a figura abaixo.

23 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 23/176 Figura 3-3 Para incluir uma nova empresa, o usuário deverá clicar no botão, localizado na parte superior direita da tela. Neste momento, o usuário será redirecionado para a tela como a figura abaixo, onde deverá informar os dados da empresa (Nome, Bandeira e Cidade) e em seguida acionar o botão. Figura CADASTRO DE LISTA NEGRA DE TELEFONES - MINER Esta funcionalidade possibilita ao usuário cadastrar as telefones a serem observados durante a mineração de dados da ferramenta Miner, ou seja, todas as notas fiscais que tenham como telefone um registro da Lista Negra não devem ser consideradas. A tela possui um filtro de telefones onde a busca pode ser realizada utilizando o telefone inteiro ou apenas parte dele. Ex: , 16, 16-,.1232.

24 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 24/176 Figura 3-5 O formato de um novo telefone a ser cadastrado deve ser necessariamente Código de área Prefixo. Sufixo. Ex: Figura CORRELAÇÃO DE FILIAIS - MINER Esta funcionalidade possibilita ao usuário correlacionar filiais não Toyota para serem tratadas juntamente a uma filial Toyota durante a geração da planilha de dados do Sisdia Miner. Para cadastrar as correlações clique no link Correlação de Filiais na tela Parâmetros Gerenciais. Esta ação vai abrir a tela Correlação de Filiais, a qual já traz uma lista de todas as filiais não Toyota do lado esquerdo, e as filias Toyota relacionadas á direita. (fig. abaixo

25 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 25/176 Figura 3-7 Para selecionar uma filial Toyota, clique na figura correlacionada. A tela Lista de filiais Toyota será exibida (fig. abaixo). da linha da filial não Toyota a ser Figura 3-8

26 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 26/176 Clique em uma das filiais para selecionar e retornar a tela Correlação de Filiais. Em seguida clique no botão para efetivar o cadastro de correlação de filiais. 3.4 PARÂMETROS DE ENTREGA Essa funcionalidade permite ao usuário cadastrar a quantidade de box de entrega de veículo e o intervalo de entrega para cada filial. Ao acessar esta opção, será exibida uma listagem com todas as filais TSW, como mostra a imagem abaixo. Figura 3-9 Para alterar a quantidade de box de entrega ou o intervalo de entrega (que pode ser de 00:30, 00:45 ou 01:00), o usuário deve utilizar a opção, por onde será redirecionado para uma tela como a da imagem seguinte. Para efetivar a alteração, o usuário deve acessar a opção. Figura 3-10

27 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 27/ CADASTRO DE MÍDIA DE ATRAÇÃO No cadastro da mídia, é possível inserir prazo de validade no cadastro de mídia de atração. Para inserir o prazo, basta acessar a funcionalidade Parâmetros Gerenciais na opção Cadastro de Mídia de Atração. Clique no link nova mídia de atração, destacado na figura abaixo. Será aberta a tela abaixo, através do campo será inserido o período de validade da mídia de atração. A data final do período será o último dia em que a mídia estará disponível para uso. Caso a mídia não tenha prazo de validade, deve-se deixar em branco a data final. Desta forma o SVT assume que a mídia sempre estará vigente. Após inserir o cadastro da mídia de atração, clique em. Na tela abaixo, vemos a mídia ativa e disponível para uso.

28 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 28/176 Para desativar a mídia, clique sobre o nome da mídia para acessar novamente sua configurações. E altere o campo Ativo para Inativo. Neste momento a mídia ficará indisponível para o uso. Esta funcionalidade permite ao usuário cadastrar um novo tipo de mídia de atração. Ao acionar o Cadastro de Mídia de Atração, a aplicação exibirá os filtros para pesquisa das mídias de atração já cadastradas no SVT (filial, tipo de mídia e status). Para visualizar as mídias já cadastradas, o usuário deve selecionar a opção abaixo., conforme exemplo da figura Figura 3-11 Ao selecionar uma mídia, o usuário será direcionado para a tela de cadastro de mídia com os seus dados já preenchidos para manutenção.

29 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 29/176 Ao acionar será exibida a tela de cadastro de mídia como segue na figura abaixo. O período de validade define o tempo no qual a Mídia de Atração estará ativa. Caso a data final esteja vazia a mídia não terá limite de validade. Figura CADASTRO DE TEST-DRIVE Esta funcionalidade é utilizada apenas por concessionárias SVT-TSW. Ao acionar o Cadastro de Test-Drive, a aplicação listará os veículos para Test-Drive da filial onde o usuário está trabalhando já cadastrados no SVT, conforme a figura abaixo. Figura 3-13 Ao clicar em qualquer um dos campos o usuário será direcionado para a tela de cadastro de Test-Drive com os dados da linha selecionada já preenchidos para manutenção. Ao acionar como segue na figura abaixo. será exibida a tela de cadastro de veículo para test-drive

30 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 30/176 Figura 3-14 Se o usuário desejar inativar o veículo para test-drive, ele deve preencher o campo Data de Venda. Ao selecionar esta opção, o usuário estará inativando o veículo e também cancelando todas as agendas de Test-Drive agendadas para este veículo. Estas agendas em aberto serão exibidas, solicitando uma confirmação da operação do usuário, como mostram as imagens abaixo: Figura 3-15

31 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 31/176 Figura 3-16 Se não existirem agendas em aberto, a confirmação não será exibida, e o veículo será inativado automaticamente. 3.7 OBJETIVOS DE VENDA/PROSPECÇÃO Esta funcionalidade tem como objetivo facilitar a inclusão dos objetivos de venda/prospecção pelo gerente do departamento, conforme exemplo da figura abaixo. Figura 3-17

32 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 32/176 Nesta funcionalidade o usuário irá informar a quantidade de Prospecções e Vendas que cada vendedor deverá realizar naquele Ano/Mês de referência. Para concluir a operação, basta que o usuário clique no botão sua manutenção.. Essa grade pode ser duplicada a cada mês, facilitando assim 3.8 ALOCAÇÕES DE VEÍCULOS PARA TEST-DRIVE Através desta funcionalidade, o usuário pode alocar um veículo de test-drive de uma filial para uma outra filial, ou seja, o veículo que pertence à filial A passa a ficar disponível para a filial B por um período determinado. Após este período, o veículo volta automaticamente para a filial de origem. Ao acessar esta opção, o usuário terá uma listagem de todas as alocações realizadas entre as filiais. Na listagem, será indicada qual a filial de Origem e qual a filial de Destino. O usuário poderá dar manutenção apenas nas alocações realizadas pela filial atual do sistema. Figura 3-18 Através da opção, o usuário poderá incluir uma nova alocação. O usuário será encaminhado para a tela da imagem abaixo, onde será possível incluir uma nova alocação.

33 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 33/176 Figura 3-19 Observações importantes para uma nova alocação: - A filial de origem não poderá ter agendas de test-drive pendentes para o período e veículo solicitado; Através da opção, na listagem de alocações, o usuário poderá alterar o período de alocação. Observações importantes para a realocação: - A filial de origem não poderá ter agendas de test-drive pendentes para o período e veículo solicitado; - A filial de destino não poderá ter outra alocação para o veículo em questão para qualquer data que avance o período selecionado; - A filial de destino não poderá ter agendas de test-drive pendentes para o veículo e período solicitados. Uma tela de confirmação deverá aparecer com o texto Atenção: Existem agendas pendentes para a filial de destino do veículo, todas as agendas serão canceladas caso prossiga no reagendamento deste veículo. Deseja prosseguir? e as opções SIM e NÃO. Ao responder SIM, a ação implica em cancelar todas agendas de test-drive pendentes para o veículo onde a nova alocação não respeite a data prevista da agenda na filial de destino. A opção NÃO nada executará. Através da opção na listagem de alocações, o usuário poderá inativar uma alocação. - A filial de destino não poderá ter agendas de test-drive pendentes para o veículo e período solicitados. Uma tela de confirmação deverá aparecer com o texto Atenção: Existem agendas pendentes para a filial com o veículo alocado, todas as agendas serão canceladas caso prossiga no cancelamento da alocação deste veículo. Deseja prosseguir? as opções

34 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 34/176 SIM e NÃO. Ao responder SIM, a ação implica em cancelar todas agendas de test-drive pendentes para o veículo no período da alocação. A opção NÃO nada executará.

35 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 35/176 4 ALTERAÇÃO DE SENHA Através desta funcionalidade o usuário poderá alterar sua senha. Para isso, o usuário deverá informar sua senha atual e sua nova senha, e em seguida selecionar a opção a figura abaixo., conforme Figura 4-1

36 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 36/176 5 CONFIGURAÇÃO DE AMBIENTE Através desta funcionalidade, o usuário poderá configurar qual o ambiente que o SVT está trabalhando: Treino ou Produção. Esta alteração é feita pelo usuário DIASYS, pela funcionalidade Alteração de ambiente (Treino/Produção). Figura 5-1 Nesta tela, o usuário deverá selecionar qual o ambiente em que o SVT deve trabalhar e digitar uma frase de segurança, como mostra a imagem abaixo: Figura 5-2

37 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 37/176 Caso o ambiente selecionado seja o ambiente de homologação (Treino), as imagens do SVT serão exibidas com um carimbo [ TREINO ] para que o usuário possa identificar o ambiente de trabalho. Figura 5-3 A página de login também será alterada, caso o ambiente seja o de homologação. Figura 5-4 Caso nenhum ambiente esteja configurado, o acesso dos usuários ao SVT será bloqueado, e os mesmos serão encaminhados à página abaixo:

38 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 38/176 Figura 5-5 Nesta situação, apenas o usuário DIASYS terá acesso ao SVT, e sua navegação será limitada à tela de configuração de ambiente. Após a configuração, o acesso de todos os usuários será liberado. ATENÇÃO: Esta configuração afeta diretamente o apontamento do envio dos dados à Toyota. Desta forma, se a aplicação estiver configurada para o ambiente de produção, enviará os dados à base de produção da Toyota, e se estiver configurada para o ambiente de homologação, enviará os dados à base de homologação da Toyota.

39 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 39/176 6 CONTROLE DE ATENDIMENTO Nesta funcionalidade o usuário tem acesso aos atendimentos em andamento na concessionária. Figura 6-1 Após aplicar o filtro temos o resultado como segue na figura abaixo: Figura 6-2 Também é através desta funcionalidade que um novo atendimento é iniciado, através dos botões ou.

40 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 40/ PROSPECÇÃO Com os objetivos definidos pela Gerência de Vendas, o consultor de vendas executa a prospecção de vendas utilizando o SVT. Na funcionalidade Controle de Atendimento, o consultor de vendas escolhe o botão. Em seguida, o sistema abrirá a tela para inclusão dos dados obtidos junto ao Cliente, durante o contato de prospecção, conforme a figura abaixo: Figura 6-3 Ao passar pelo campo para informar o do Cliente será feita uma pesquisa procurando por fichas de prospecção de Clientes que estejam em negociação e que possuam similaridade com o nome ou o telefone do Cliente da ficha que será registrada, e em caso positivo, será exibida uma mensagem, conforme o exemplo da figura abaixo.

41 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 41/176 Figura 6-4 É obrigatório informar a data e hora da Qualificação para que a ficha seja salva. Após confirmar os dados, clique no botão. Uma vez incluída a prospecção, o Cliente passará a constar na relação de prospectos do consultor. Caso o Cliente não demonstre interesse no inicio da prospecção, o Consultor de Vendas pode colocar como Prospecção Perdida, que o prospecto não irá gerar compromisso na agenda do Consultor de Vendas, conforme a figura abaixo. Figura 6-5

42 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 42/ RECEPÇÃO Uma recepção é gerada através da funcionalidade Atendimento no Show Room e também pode ser gerada pelo Consultor de Vendas através do Controle de Atendimento. Na figura abaixo, temos as informações referentes aos atendimentos de Show Room registrados até o momento. É possível visualizar a quantidade de contatos que a recepcionista já encaminhou para cada consultor de vendas e qual foi à origem da recepção. Figura 6-6 Para inserir uma recepção, basta clicar no botão. Será exibida a tela de recepção ao cliente, conforme a figura abaixo. Neste momento o usuário procura coletar dados básicos sobre o cliente, como nome, telefone, qual o meio de comunicação que o trouxe até a loja e qual o modelo ou linha de seu interesse.

43 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 43/176 Figura 6-7 Em seguida, o usuário encaminha esta recepção para um Consultor de Vendas que poderá ser escolhido pelo cliente ou indicado pelo próprio usuário. Na agenda do consultor de venda indicado, passa a constar à entrevista com este cliente. A ficha é gerada com potencial fluxo e o consultor pode alterar assim que iniciar o atendimento. Vale ressaltar que o potencial fluxo corresponde ao potencial morno de uma prospecção e o pré corresponde ao quente. No primeiro, o negócio a princípio não será realizado de imediato. Já no segundo, o consultor observa um interesse maior do Cliente em negociar. A escolha do potencial pode ser definida pelo consultor até o passo da negociação.

44 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 44/ QUALIFICAÇÃO O consultor de Vendas realiza a qualificação para entender as necessidades do cliente e indicar o produto adequado. Navegando através do menu localizado à direita dos dados da ficha de atendimento, conforme a figura abaixo. Figura 6-8 Neste momento o usuário será redirecionado para a tela onde deverá informar os dados da qualificação, conforme o exemplo da figura abaixo. Figura 6-9

45 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 45/176 A KM Rodada Média/Mês informada ira ser carregada automaticamente na emissão da Nota Fiscal no VEIC450 do SISDIA. Assim que os dados da qualificação forem salvos, o usuário já poderá ir para a apresentação do produto através do botão, ou agendar este passo conforme necessidade do cliente, utilizando o botão. 6.4 APRESENTAÇÃO DO PRODUTO Depois de realizada a qualificação, o próximo passo é realizar a apresentação do produto. Para isso, o usuário deverá acessar o mesmo menu do processo de vendas, conforme a figura abaixo. Figura 6-10 O objetivo desse passo é apresentar o veículo, ressaltando os pontos importantes para o cliente. Na figura abaixo temos um exemplo da tela de apresentação do produto.

46 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 46/176 Figura 6-11 Ao término da apresentação do produto, o usuário poderá salvar e já seguir para o Test-Drive, através do botão, ou então simplesmente salvar a apresentação do produto, pelo botão 6.5 TEST-DRIVE Para que o usuário informe os dados de um Test-Drive, o acesso deve ser feito pelo link localizado no menu do processo de vendas, conforme a figura abaixo. Figura 6-12

47 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 47/176 Nesse momento o consultor realiza o agendamento com o objetivo de oferecer Test-Drive ao Cliente e seus acompanhantes, conforme a figura abaixo. Figura 6-13 Se algum Test-Drive já tiver sido oferecido, o usuário poderá agendar um novo test-drive através do botão. Para informar o resultado do test-drive ou os dados do termo de responsabilidade, o usuário deve clicar na linha em que o test-drive é exibido. Outro ponto de destaque é que se o dealer não tiver o veículo para realização do test-drive, o mesmo pode registrar a recusa da realização do test-drive com a data/hora prevista e informando na pergunta Veículo Disponível a opção Não. Com isso, o preenchimento do campo Modelo para Reserva não será solicitado, gerando-se dessa forma a evidência da não realização do test-drive nesta ficha. Supondo que o a opção para a pergunta Veículo disponível seja marcada como Sim, o consultor de vendas então deverá selecionar o Modelo para Reserva. Lembrando que como se trata de um agendamento, posteriormente a este evento, pode ser que na conclusão desta agenda, o test-drive não seja realizado devido a outros motivos como podemos verificar na figura a seguir.

48 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 48/176 Figura 6-14 Note que no processo de preenchimento do resultado do test-drive, existe a pergunta O cliente fez o test-drive?. Se a resposta para esta pergunta for Não, uma lista de motivo da não realização do test-drive aparecerá para que o consultor de vendas selecione uma das opções da lista apresentada na imagem.

49 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 49/176 Para imprimir o termo de responsabilidade do test-drive, o usuário deve utilizar a opção, por onde será impresso um termo como o exemplo abaixo.

50 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 50/176 Figura 6-15

51 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 51/176 IMPORTANTE: O consultor deve assegurar que o Cliente esteja utilizando o cinto de segurança. Posição dos bancos, espelhos e faróis devem ser verificados para o maior conforto e segurança do Cliente. Não é obrigatório o preenchimento do Termo de Responsabilidade nesse momento. O consultor pode fazer sua impressão em branco realizando o preenchimento manualmente, agilizando assim a coleta dos dados (documentos) do Cliente. A inclusão do termo ocorrerá no retorno do Cliente do Test-Drive, onde será também, preenchido o resultado. No retorno do Cliente deve ser feito o preenchimento do resultado e do termo de responsabilidade, conforme a figura abaixo. Figura 6-16

52 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 52/ NEGOCIAÇÃO Este é o passo em que o usuário irá informar o processo de negociação com o cliente. O acesso a esta tela é feito através do link Negociação, localizado no menu do processo de venda, conforme figura abaixo. Figura 6-17 O Consultor de Vendas deve consultar o Cliente sobre a forma de pagamento e oferecer agregados (financiamento, seguro, acessórios, etc.). Deve registrar no SVT o resultado da negociação com o preço fornecido, de acordo com a figura abaixo. Figura PEDIDO DE VENDA O próximo passo do processo de venda é a realização do pedido. Para isto, verifique o tópico PEDIDO DE VENDA.

53 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 53/ FATURA Após a realização do pedido, é necessário informar os dados de faturamento do veículo. Para isto, verifique o tópico FATURAMENTO DE PEDIDOS. 6.9 ENTREGA DO VEÍCULO Após preencher o check-list e confirmar a documentação do veículo, o consultor de vendas deverá contatar o cliente no dia útil anterior à data de entrega programada. Este compromisso é gerado automaticamente pelo SVT na agenda do consultor de vendas. Na figura abaixo temos um exemplo da tela de entrega do veículo. Figura 6-19 Assim que é realizada a entrega, o SVT gera automaticamente na agenda do Consultor de Vendas um compromisso futuro para 2 dias ACOMPANHAMENTO E RETENÇÃO DO CLIENTE Neste passo, ocorre a realização da pesquisa de venda perdida, nos casos onde inicialmente o cliente desistiu do negócio. Também é considerada a agenda programada depois da entrega, onde o consultor de vendas contata o cliente após 2 dias úteis. No ato da efetivação dessa agenda, o SVT gera um novo contato futuro para 6 meses, com a intenção de que estreite o relacionamento e com isso identifique novas oportunidades de negócio. Esse ciclo se renova a cada contato.

54 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 54/176 7 PEDIDO DE VENDA Esta é a funcionalidade na qual a venda de um veículo é registrada no SVT. Para que o pedido possa ser gerado, é necessário que os dados complementares do cliente estejam informados na ficha, ou seja, o cliente deve constar com os dados completos (CPF, endereço, etc.). Também é necessário informar o modelo do veículo. Um pedido de venda pode ser de dois tipos: Firm Order: Este é o tipo de pedido para quando o veículo ainda não existe fisicamente na concessionária, ou seja, será necessário enviar um pedido à fábrica, e em seguida gerenciálo pela funcionalidade Fila de Espera. O pedido será do tipo Firm Order até o momento em que a fábrica o envie à concessionária. A partir do momento em que o pedido possuir um chassi definitivo, ele passará a ser um pedido Negócio Fechado. Negócio Fechado: Este é o tipo de pedido que deve ser efetuado quando o veículo vendido já se encontrar na concessionária, ou então quando o veículo vendido estiver no status Em trânsito (quando a fábrica já o faturou, porém o mesmo ainda não está fisicamente na concessionária). 7.1 PEDIDO DE VENDA COMPLETO Neste tipo de pedido, os dados que devem ser informados estão divididos em sete categorias: Informações: São os dados da capa do pedido de venda, como proprietário, responsável, valores, tipo de venda, tipo de pagamento. Estas informações são de preenchimento obrigatório. Financiamento: São os dados do financiamento do veículo (caso exista), como financiadora, plano, valor de entrada, taxa de cadastro, entre outros. Estas informações são de preenchimento opcional. Outras Vendas: São os dados de outras vendas para o veículo (caso existam), como, por exemplo, gastos com despachante e documentação. Estas informações são de preenchimento opcional. Acessórios: São os dados de acessórios vendidos junto ao veículo (caso existam), como, por exemplo, MP3 Player ou Insu-Film. Estas informações são de preenchimento opcional.

55 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 55/176 Observações: Neste passo o usuário poderá incluir alguma observação que seja pertinente ao pedido de venda. Estas informações são de preenchimento opcional. Parcelas: Esta é a tela onde o usuário informará os dados das parcelas de pagamento veículo, como forma de pagamento, valor e vencimento. Estas informações são de preenchimento obrigatório. Acompanhamento de Firm-Order: Este passo somente será habilitado na criação de pedidos de venda do tipo Firm-Order. Será utilizado para a geração de agendas de acompanhamento dos Pedidos de Venda Firm-Order. Previsão de Entrega: Este passo somente será habilitado na criação de pedidos de venda do tipo Negócio Fechado. Este é o momento em que o usuário agendará a entrega do veículo. Esta informação é de preenchimento obrigatório, para os casos de pedidos de venda de veículos em estoque ou em trânsito. Acompanhamento de Firm-Order: Este é o momento em que o usuário agendará a entrega de acompanhamento para pedidos do tipo Firm-Order. Esta informação é de preenchimento obrigatório, para os casos de pedidos de venda do tipo Firm-Order. A navegação entre os passos do pedido de venda completo se dá através do menu localizado na parte superior direita da tela de pedido de venda, conforme a figura abaixo. Figura 7-1

56 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 56/176 Outras Opções Trocar Chassi Provisório: Esta opção permite alterar o chassi provisório de um Firm-Order por um chassi definitivo, neste momento deverá ser fornecida os dados de Previsão de Entrega e Box como segue: Figura 7-2

57 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 57/176 Utilize o Quadro de Entrega para selecionar um horário disponível para o Box desejado: Figura 7-3 Com o Box selecionado execute a Consistência da Previsão: Figura 7-4

58 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 58/176 Outras Opções Alterar Modelo: Esta opção permite alterar o modelo, cor interna e/ou cor externa de um Firm-Order do qual não tenha confirmação de negócio na Fila de Espera e quando a Fila de Espera não estiver locada para alteração. Outras Opções Imprimir Pedido de Venda: Esta opção permite imprimir o pedido de venda. A seleção de Outras Opções do pedido de venda completo se dá através do menu localizado na parte superior direita da tela de pedido de venda, conforme a Figura abaixo. Figura 7-5

59 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 59/176 A opção para gravação do pedido de venda só será possível após o preenchimento dos dados da capa do pedido e das parcelas do pedido, conforme a figura abaixo. Figura TROCA DE MODELO /COR EM PEDIDO DO TIPO FIRM-ORDER Esta funcionalidade, disponível a partir da versão v do SVT, tem por objetivo maior proporcionar aos agentes do sistema uma maior facilidade no gerenciamento das fichas de clientes. Antes de a funcionalidade ser criada era comum a troca de modelo / cor no ciclo de uma ficha, mas para isso era necessário o cancelamento do Pedido Firm-Order com o modelo / cor indesejados para a realização de um novo pedido de venda com o modelo correto. Hoje poderemos manter o mesmo pedido de venda e apenas trocar o modelo / cor desejado.

60 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 60/ CLIENTES QUE UTILIZAM O SISDIA ou SVT TSW Para os clientes que utilizam o SISDIA ou SVT TSW temos a funcionalidade disponível no Pedido de Venda no link <<Alterar Modelo>> conforme a figura abaixo. Figura 7-7 Ao acionar o link de alteração de modelo é aberta uma tela contendo os dados do Pedido de Venda atual no quadro de cima. No quadro de baixo são exibidas todas as possibilidades de troca para aquele Pedido de Venda, conforme a figura abaixo demonstra. A diferença de valores é o resultado do cálculo do (valor inicial do pedido valor final do pedido). Se a diferença resultante for negativa, automaticamente é criada uma parcela do tipo DIN a vista. O processo será efetivado no momento em que o pedido for salvo.

61 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 61/176 Figura 7-8

62 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 62/176 8 NEGÓCIOS RELACIONADOS É permitido ao usuário SVT TSW relacionar dois ou mais negócios, com o objetivo de estabelecer um link entre duas fichas de negócio. Para isto, é utilizado o quadro Negócios Relacionados, na ficha de atendimento ao cliente, conforme a imagem abaixo. Figura VISUALIZAÇÃO DE NEGÓCIOS RELACIONADOS Através da opção, é possível ao cliente visualizar quais os negócios que estão relacionados com a ficha em questão, conforme exibido na imagem abaixo. Figura 8-2

63 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 63/ RELACIONAMENTO DE NEGÓCIOS Através da opção, é possível ao cliente relacionar fichas de negócio ao atendimento que está aberto, conforme a imagem abaixo. Figura 8-3 Através da opção imagem abaixo., é possível verificar o histórico das fichas relacionadas, conforme a Figura 8-4

64 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 64/176 9 FATURAMENTO DE PEDIDOS O faturamento do pedido, no caso de concessionárias que utilizam o Sisdia, deverá ser realizado normalmente pelo ( HVEIC0450H ). Para quem não utiliza o Sisdia, basta informar os dados da NF de venda, através da opção Fatura, localizada na ficha de atendimento, conforme a figura abaixo. Figura 9-1 Após clicar na opção Fatura será necessário informar os dados da nota fiscal de faturamento do veículo, conforme o exemplo da figura abaixo.

65 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 65/176 Figura 9-2 Observação: A fatura pode ser feita pelo Gerente de Vendas e pelo Assistente de Vendas.

66 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 66/ AVALIAÇÃO DE VEÍCULOS USADOS Esta funcionalidade tem como objetivo cadastrar as avaliações de veículos usados que poderão ser utilizados na troca por outro veículo. Ao acessar esta funcionalidade, o usuário poderá verificar as avaliações já cadastradas no sistema, utilizando ou não os filtros disponíveis (filial, número da avaliação, data da avaliação, cliente, marca, modelo, placa e renavam), e em seguida, clicando no botão, conforme a figura abaixo. Figura 10-1 Neste momento o usuário também poderá editar, imprimir ou excluir uma avaliação desde que ela não tenha uma nota fiscal emitida ou tenha sido utilizada como parcela em um pedido de venda, utilizando-se dos botões localizados no final da linha daquela avaliação, conforme a figura abaixo. Para as duas situações de impedimento citadas, as operações poderão ser realizadas somente por um agente com a permissão especial aplicada à Diretoria/Gerencia. Figura 10-2 Para cadastrar uma nova avaliação, o usuário deve clicar no botão. Será apresentada uma tela, conforme a figura abaixo onde o usuário poderá incluir os dados de uma

67 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 67/176 avaliação. No caso de digitação de um chassi ou placa já cadastrado no sistema, os dados do veículo serão automaticamente preenchidos, permitindo uma alteração por parte do usuário. Figura 10-3

68 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 68/ VINCULAÇÃO DE AVALIAÇÕES À FICHA É possível vincular uma ou mais avaliações de veículos usados à uma ficha de negócio. Esta vinculação tem como objetivo de aproveitar os dados do comprador da ficha no momento da realização de uma avaliação de veículos usados. Para realizar uma avaliação utilizando os dados de um comprador, o usuário deve utilizar o link abaixo., localizado na ficha de atendimento, como mostra a imagem Figura 11-1 Neste caso, ao se acessar a tela para cadastrar uma nova avaliação, os campos Nome, CNPJ/CPF e tipo de Tipo de Pessoa serão preenchidos com os dados do comprador cadastrado na ficha de negócio, como mostra a imagem abaixo. Figura 11-2

69 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 69/176 Também é possível, através da opção, realizar a vinculação de avaliações já realizadas. Ao clicar nesta opção, o usuário será encaminhado para a tela da imagem abaixo, onde poderá selecionar quais as avaliações que serão vinculadas àquela ficha. Figura 11-3 Neste caso, as avaliações que já estão vinculadas a uma ficha de negócio, apresentaram o número da ficha de negócio relacionada. As avaliações que não estão relacionadas apresentarão o campo. Este campo deve ser selecionado, para as fichas que devem ser relacionadas à ficha de negócio. Para efetivar a operação o usuário deve clicar no botão.

70 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 70/176 Nos casos em que existe uma avaliação prévia a negociação, é possível durante o processo de manutenção da avaliação (Item 9 AVALIAÇÃO DE VEÍCULOS USADOS), digitar o número da ficha de atendimento. Dessa forma será estabelecido o vínculo entre avaliação e ficha de atendimento, como mostra a imagem abaixo. Figura 11-4 As avaliações vinculadas na ficha serão exibidas na ficha de atendimento, no bloco Negociação, como mostra a imagem abaixo. Nesta mesma tela o usuário poderá desvincular uma avaliação, através da opção. Figura 11-5

71 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 71/ PESQUISA ISC A pesquisa ISC (satisfação) é gerada automaticamente pelo SVT, após o registro do passo Entrega. Em até 7 dias, este contato deve ser realizado e tem como objetivo analisar a satisfação quanto ao atendimento na distribuidora. Todos os telefones ligados ao cliente serão exibidos nesta tela. Na figura abaixo é exibida a tela de aplicação do questionário ISC com as informações de contato destacadas. Figura 12-1 Ao entrar no questionário de ISC a agenda de ISC da ficha ficará bloqueada para o usuário logado não permitindo que outro usuário tente realizar o mesmo questionário. A agenda será desbloqueada ao salvar o questionário ou quando retornar à lista de pesquisas. Caso o usuário saia da funcionalidade por outro modo a agenda só poderá ser desbloqueada pelo usuário DIASYS ou pelo GERENTE DE VENDAS na tela de Vendas a Serem Recuperadas. Como no exemplo da imagem abaixo. Figura 12-2

72 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 72/ DESISTÊNCIA VENDA PERDIDA O Consultor de Vendas pode informar a desistência na ficha durante o processo de vendas, desde que ainda não exista um pedido de venda para o cliente. No caso de ter feito pedido e o cliente desistir do negócio, o Consultor de Vendas terá que primeiramente cancelar o pedido, para que possa em seguida informar a desistência. Para incluir a desistência, com a ficha do Cliente aberta o Consultor de Vendas deve acionar o item Desistência, do menu Outras Opções, conforme a figura abaixo. Figura 13-1 O usuário deverá informar a forma de contato e o motivo da desistência do cliente e em seguida clicar em, como exemplo da figura abaixo.

73 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 73/176 Figura 13-2 Uma vez que a desistência for informada, se ela possuir ao menos um contato de show room realizado, ela passará a constar na funcionalidade de Recuperação de Vendas Perdidas, que tem como objetivo tentar recuperar o cliente, conforme a figura abaixo. Figura 13-3 Caso a ficha não tenha nenhuma passagem pelo show room o sistema irá definir a ficha como Prospecção Perdida para as fichas oriundas de uma prospecção e Desistência para as fichas oriundas de uma recepção.

74 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 74/ RECUPERAÇÃO DE VENDA PERDIDA Esta funcionalidade tem como objetivo recuperar os clientes que por algum motivo desistiram da compra durante o processo. Para isso é aplicado um questionário, conforme a figura abaixo. Figura 14-1 Ao entrar no questionário de venda perdida a agenda de recuperação da ficha ficará bloqueada para o usuário logado não permitindo que outro usuário tente realizar o mesmo questionário. A agenda será desbloqueada ao salvar o questionário ou quando retornar à lista de pesquisas. Caso o usuário saia da funcionalidade por outro modo a agenda só poderá ser desbloqueada pelo usuário DIASYS ou pelo GERENTE DE VENDAS na tela de Vendas a Serem Recuperadas. Como no exemplo da imagem abaixo. Figura 14-2

75 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 75/176 Caso o usuário tenha problemas para encontrar o cliente, o motivo deve ser informado através do botão mostra a figura abaixo., localizado nas partes superior e inferior da tela, como Figura 14-3 Ao informar o problema de contato com o cliente, o usuário deverá informar o motivo do problema e, opcionalmente, um comentário para esta ação, como mostra a figura abaixo. Figura 14-4

76 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 76/176 No caso de sucesso ao contatar o cliente, o questionário de venda perdida e em seguida o usuário será questionado sobre a recuperação do cliente, conforme a figura abaixo. Figura 14-5 Em caso de resposta positiva, a ficha passará a constar na funcionalidade de Redirecionamento de Vendas Recuperadas, conforme exemplo da figura abaixo. Figura 14-6

77 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 77/ REDIRECIONAMENTO DE VENDA PERDIDA Esta é a funcionalidade na qual o usuário pode selecionar um consultor de vendas que passará a atender ao cliente recuperado. Para isso, o usuário deve clicar no botão final da linha referente ao cliente recuperado, conforme a figura abaixo., localizado ao Figura 15-1 Em seguida o usuário deverá selecionar qual o consultor que irá atender a este cliente, conforme o exemplo da figura abaixo. Figura 15-2 Após selecionar o consultor de vendas e clicar no botão, na agenda do Consultor de Vendas será gerado um compromisso, para que o atendimento seja retomado, conforme a figura abaixo. Figura 15-3

78 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 78/ DEVOLUÇÃO DE VEÍCULO Devolução de Veículos é um processo exclusivo dos Dealers que não utilizam o DMS Sisdia, Uma vez que o veículo foi entregue, é habilitada a Devolução conforme a figura abaixo. Figura 16-1 Mediante a digitação de uma Nota de Entrada e um Motivo, previamente selecionado, pode ser feita a Devolução do veículo, este fato estorna os passo anteriores ate Cancelar o Pedido de Venda, conforme a figura abaixo. Figura 16-2

79 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 79/176

80 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 80/ ACOMPANHAMENTO O acompanhamento no SVT TSW oferece o recurso Registrar um Fato Ocorrido ao Consultor de Vendas. Este recurso proporciona uma anotação sobre um fato que o Consultor de Vendas deseja registrar na agenda para que conste no histórico da ficha. Esta funcionalidade fica disponível no menu Outras Opções, conforme a figura abaixo. Figura 17-1 Nesta funcionalidade o usuário poderá Registrar um fato ocorrido: Registrar um contato que realizou com o cliente. Registrar um compromisso futuro: Agendar um compromisso que deverá ser realizado em uma data futura. Este compromisso fará parte da agenda do vendedor. Estas opções ficam disponíveis no menu à esquerda da tela, como mostra a figura abaixo.

81 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 81/176 Figura 17-2 Ao registrar um fato ocorrido, o usuário deverá informar a data e hora em que o fato ocorreu, além do objetivo e comentários, entre outras informações. Na figura abaixo temos um exemplo de registro de um fato ocorrido. Figura 17-3 Ao registrar um compromisso futuro, o usuário deverá informar a data e hora do compromisso e o objetivo, como mostra a figura abaixo.

82 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 82/176 Figura 17-4

83 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 83/ AGENDA DO CONSULTOR Nesta funcionalidade são exibidos os compromissos do consultor de vendas. Na parte superior da tela, serão exibidas, se existirem, as prospecções automáticas geradas pelo SISDIA Miner para aquele dia. Estes compromissos estão disponíveis apenas para as concessionárias que utilizem o SISDIA como sistema de gestão e sejam certificadas TSW. Na parte inferior serão exibidos os compromissos do consultor, proporcionando maior dinamismo nas ações do Consultor de Vendas, o qual passa a ter opção para realizar a agenda ou se re-agendar, para isso basta clicar sobre o nome do Cliente e assim a ficha será aberta. Na figura abaixo temos um exemplo de agenda. Figura 18-1 Observação: O filtro Consultor de Vendas só pode ser aplicado pelo gerente. Para o Consultor de Vendas, só é possível consultar a sua agenda. Ao clicar na opção de realizar, a agenda é aberta para o Consultor de Vendas conforme a situação atual.

84 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 84/ DESBLOQUEIO DE AGENDA O desbloqueio de agenda ocorre em dois momentos: Em um primeiro momento o agente que está com as agendas bloqueadas informará um motivo para a não realização das agendas de um dia. Para cada dia, o agente deve informar um motivo, tendo também a possibilidade de incluir uma verbalização opcional. Ao efetuar o login, se o agente possuir uma ou mais agendas bloqueadas, o agente será encaminhado para a tela da imagem abaixo Figura 19-1 No segundo momento o gerente de vendas deverá efetuar o desbloqueio das agendas. O desbloqueio só poderá ser feito para as agendas que tiveram o motivo da não-realização informado ou para agentes que possuam apenas pré-fichas em atraso. Ao acionar esta funcionalidade, todos os agentes com agenda bloqueada no dia, serão relacionados, conforme a figura abaixo. Figura 19-2

85 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 85/176 Clicando no botão exemplo da figura abaixo., é possível verificar os contatos bloqueados deste consultor, conforme o Figura 19-3 Para que a agenda do consultor de vendas seja desbloqueada, basta selecionar o consultor que deve ser desbloqueado e em seguida clicar no botão. Para fazer o download da planilha Excel gerada pelos dados apresentados, clicar no botão. Para gerar o relatório em PDF, clicar em. Vale ressaltar que a agenda do Consultor de Vendas é bloqueada, quando um contato programado para o dia não for realizado ou não foi re-programado ou então quando uma prospecção automática gerada pelo SISDIA Miner não foi realizada. Com isso, no dia seguinte o Consultor de Vendas não consegue visualizar e atender sua agenda, necessitando do desbloqueio pelo gerente.

86 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 86/ TRANSFERÊNCIA DE FICHAS Esta funcionalidade permite que um usuário transfira uma ou mais fichas de um vendedor desativado do SVT para outros vendedores. Para isso existem dois tipos de transferência: Todo o movimento para um único vendedor: Neste tipo de transferência todas as fichas de negócio de um vendedor são transferidas para outro vendedor. Distribuir movimento para mais de um vendedor: Neste tipo de transferência as fichas podem ser distribuídas a critério do usuário. O usuário deve selecionar primeiramente o vendedor desativado e em seguida selecionar o tipo de transferência, no caso de transferência de Todo o movimento para um único vendedor, e logo após, o vendedor que receberá as fichas. A tela exibida será como a figura abaixo. Figura 20-1 Já no caso de uma transferência do tipo Distribuir movimento para mais de um vendedor, o usuário deve informar o vendedor desativado, e em seguida informar o novo vendedor para cada ficha, através da coluna Novo Vendedor, conforme a figura abaixo. Figura 20-2 Para ambos os casos, para que a transferência seja confirmada, o usuário deve clicar no botão.

87 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 87/ VENDA DO GERENTE A funcionalidade Venda do Gerente tem como objetivo efetuar uma venda de forma direta, ou seja, sem a necessidade da criação de uma ficha de negócio e execução de todos os passos do processo de venda. Na tela inicial, são apresentados os pedidos efetuados pelo gerente ainda não faturados e logo abaixo os compromissos dessas fichas, conforme a figura abaixo. Figura 21-1 Para que uma nova venda seja efetuada, o gerente deve clicar no botão. Em seguida, o gerente será encaminhado para a tela do pedido de venda, devendo preencher os dados da mesma forma que um pedido oriundo de uma ficha de negócio. Apenas na tela de previsão de entrega, será exibido um quadro para que dados complementares (tipo de atendimento, mídia de atração e forma de contato inicial) sejam informados, conforme a figura abaixo:

88 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 88/176 Figura 21-2

89 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 89/ CONTROLE DE VEÍCULOS NOVOS Esta funcionalidade tem como objetivo exibir todos os veículos novos de uma concessionária esteja eles em estoque ou com previsão de faturamento para a concessionária. Ao entrar na tela, o usuário deverá informar alguma condição de filtro, conforme a figura abaixo: Figura 22-1 Em seguida, será exibida uma listagem de todos os veículos que atendem àquela condição, e em alguns casos, serão exibidas ações, conforme o exemplo da figura abaixo. Figura 22-2 As ações que podem ser exibidas são: Criar Pré-Reserva: Cria uma pré-reserva do veículo. (Para mais informações, acesse o item Pré-Reserva de Veículo ).

90 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 90/176 Transferir p/ Estoque: Transfere o veículo para o estoque (Esta opção é habilitada apenas para clientes Não-Sisdia). Liberar para Transferência: Libera o veículo para transferência entre filiais de mesma raiz de CNPJ. Desfazer liberação: Desfaz uma liberação de veículo para transferência.

91 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 91/ MAPA DE CONTROLE DE VEÍCULOS Esta funcionalidade tem como objetivo unificar as informações sobre veículos faturados pela TdB ao dealer, desde o momento da assinatura do pedido de compra até o momento em que o mesmo é faturado ao consumidor final, evitando assim a consulta de informações em pontos separados. Para acessar esta funcionalidade, o usuário deve acessar o controle de veículos novos e em seguida utilizar a aba Mapa de Controle de Veículos. Os veículos exibidos neste mapa são separados por mês, orientando-se pela data de programação da fatura pela TdB ao dealer. Se o veículo não possuir data de programação de fatura, não será exibido no mapa. Na imagem abaixo temos o mapa de controle de veículos: Figura 23-1

92 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 92/176 É possível notar que existem linhas com um tom de cinza mais escuro. Estas linhas representam os veículos oriundos de pedidos adicionais. Também é possível gerar um PDF ou uma planilha Excel para o mapa visualizado em tela. As colunas apresentadas pelo mapa são: Mês Mês e o total de veículo confirmado (assinado pela TdB) ao dealer no mês; Modelo - Descrição parcial do modelo; Cor - Cor Externa; Prog - Data prevista para faturamento do veículo pela TdB ao dealer; Fat. TdB - Data efetiva de faturamento do veículo pela TdB ao dealer; Ent. Loja - Data de entrada do veículo em estoque; Chassi - Últimos 6 dígitos do chassi; Cliente-Vendedor - Nome do cliente e login do vendedor, caso o veículo esteja em um pedido de venda; Data - Data da última movimentação do veículo; Status Veículo - Status atual do veículo (A Faturar TdB, Em Trânsito, Disponível Estoque, Reservado, Pedido de Venda, Faturado Cliente).

93 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 93/ TRANSFERÊNCIA DE VEÍCULOS ENTRE FILIAIS Esta funcionalidade permite ao usuário transferir o veículo entre duas filiais, desde que elas possuam a mesma raiz de CNPJ. Para isso o usuário deve efetuar a liberação do veículo para transferência, através do link no controle de veículos novos, conforme a figura abaixo. Figura CLIENTES QUE UTILIZAM O SISDIA Para os clientes que utilizam o Sisdia, deve ser executada a liberação para transferência através do Controle de Veículos Novos (figura acima). Em seguida, o usuário deve selecionar qual a filial de destino deste veículo, conforme a figura abaixo, caso o veículo já tenha um pedido de venda o usuário só poderá selecionar como filial de destino a filial do pedido de venda do veículo. Figura 24-2 Após esse passo, a transferência deve ser feita através do Sisdia, pelo programa ORCA2000.

94 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 94/ CLIENTES QUE NÃO UTILIZAM O SISDIA Para os clientes que NÃO utilizam o Sisdia como sistema de gestão, ao clicar no link de Liberação para Transferência (figura 24.1) e selecionar a filial de destino (figura 24.2), o usuário será encaminhado para uma tela onde ele deverá informar os dados da nota de transferência (número, série, valor, data de emissão), como mostra a figura abaixo. Figura 24-3 Após informar os dados, o veículo será transferido de forma automática.

95 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 95/ CONSULTA DE ESTOQUE Através da funcionalidade Consulta de estoque, é possível analisar a situação atual do estoque, verificando os veículos disponíveis para venda, com pedido na fábrica, em trânsito e reservados. Nesta tela são exibidos alguns filtros, como filial, novo/usado, situação e modelo, conforme a figura abaixo. Figura 25-1 Na figura seguinte temos os resultados da pesquisa, separados por família. Figura 25-2

96 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 96/ PRÉ-RESERVA DE VEÍCULO Nesta funcionalidade um determinado chassi do estoque fica disponível para o Cliente por um período pré-determinado. Com isso, outro Consultor de Vendas não consegue incluir pedido de venda para o chassi reservado. O período máximo de duração dessa reserva, para clientes Sisdia, pode ser configurado através do programa ( HVEIC0270H ). Já para clientes Não-Sisdia, uma reserva não pode ter duração de mais do que 24 horas. No início da tela, o usuário pode consultar as pré-reservas já cadastradas no sistema, informando uma ou mais condições de filtro, caso nenhuma condição de filtro seja informada, serão listadas todas as pré-reservas já cadastradas, conforme a figura 25.1 Figura 26-1 Para o cadastramento de uma nova pré-reserva, o usuário deve clicar no botão, e em seguida será redirecionado para a tela apresentada na figura 25.2, onde deve preencher os dados da pré-reserva (chassi do veículo, data/hora de início da reserva, data/hora de término da reserva e cliente ao qual a reserva está vinculada).

97 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 97/176 Figura 26-2

98 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 98/ FILA DE ESPERA A Fila de Espera, figura 26.1, é uma funcionalidade utilizada para gerenciar negócios em ordem de prioridade. Onde pedidos mais antigos tem prioridade sobre os mais novos. A Fila de Espera pode ser ordenada por Consultor de Venda (ordem alfabética) ou por Seqüência Geral (ordem numérica crescente). Figura FAMÍLIAS A Fila de Espera é gerida separadamente para cada família de veículos. A ordem de atendimento de cada uma das famílias pode ser acessada através das abas representadas pela figura Por padrão, ao acionar a funcionalidade pelo Menu, será carregada a fila de espera da família Corolla. Figura LEGENDA Existem quatro situações possíveis para um negócio como demonstrado na figura Figura 27-3

99 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 99/176 Sem Reserva: São negócios onde não existem veículos para atendê-los. Com Reserva Sem Chassi: São negócios onde existe um veículo agendado para entrega, mas ainda não possui um chassi, o veículo NÃO está em TRÂNSITO e também NÃO está em ESTOQUE. Com Reserva com Chassi: São negócios onde existe um veiculo disponível com chassi. O veículo está em TRÂNSITO ou em ESTOQUE, habilitando assim a ação que disparará uma ação para o agente da ficha conseguir realizar a troca do chassi provisório pelo chassi definitivo. Confirmado: São negócios confirmados conforme explicado no item Com Reserva com Chassi CONFIRMAR CHASSI Quando houver um chassi que atende às necessidades de pedido (mesmo modelo, mesmas cores interna e externa) a opção abaixo: será exibida. Conforme demonstrado na tela Figura 27-4 A partir da v04.30 (Março/2010), o SVT passa a permitir a confirmação de um chassi diferente do reservado de forma automática pelo SVT, ou seja, possibilita confirmar um chassi disponível em estoque. Como exemplo, vamos simular a situação onde o dealer possua sete chassis do modelo Corolla GLI A/T de cor preta (disponíveis em estoque ou não confirmados na fila de espera) e duas firm orders para este modelo.

100 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 100/176 Figura 27-5 Como exemplo vamos clicar no link para a tela exibida abaixo: da ficha de número 10, que nos enviará Figura 27-6 Nesta tela serão exibidos todos os chassis em ordem de permanência em estoque, coluna Dias em estoque. Quando houver chassi relacionado a outros negócios, serão exibidas informações destes outros negócios nas colunas Ficha, Cliente e Consultor. Será habilitado automaticamente o negócio reservado na fila de espera. Após selecionar o chassi desejado para atender a firm order, clique em.

101 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 101/176 Importante: Podem haver duas situações para a troca de chassi neste momento: a) Seleção de um veículo relacionado a outro negócio, o sistema automaticamente inverterá os chassis. Exemplo: - Ficha 1 relacionada ao chassi A e a ficha 2 ao chassi B, - Quando confirmar o chassi B para a ficha 1, automaticamente a ficha 2 ficará com o chassi A. PS Esta operação também pode ser realizada pela re-priorização da fila de espera. b) Seleção de um veículo em estoque, o sistema automaticamente remanejará o alterado para atender o próximo e assim por diante. Exemplo: - Ficha 1 relacionada ao chassi A, ficha 2 ao chassi B e chassi C disponível estoque, - Quando confirmar o chassi C para a ficha 1, automaticamente a ficha 2 ficará com o chassi A e o chassi B disponível em estoque DESFAZER CONFIRMAÇÃO Após a confirmação de um chassi a um negócio, ainda pode-se desfazer a confirmação, enquanto o pedido continuar com o status Firm-Order. Para isso, ele deve-se acessar a opção, que é exibida na fila de espera, como mostra a imagem abaixo: Figura 27-7

102 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 102/176 Ao selecionar a opção o usuário será encaminhado para a tela exibida abaixo. Figura 27-8 Através desta tela, pela opção a operação será realizada PRIORIDADE Na criação de um novo pedido de venda do tipo Firm-Order é criado automaticamente um registro na Fila de Espera visando à garantia da prioridade daquele negócio. A prioridade desta aplicação funciona realmente como uma fila, o primeiro que entra deve ser o primeiro a ser atendido. Partindo desta premissa, as fichas mais antigas têm uma numeração menor, e fichas mais novas numerações maiores. Baseado nisso é que é gerado o cálculo para atendimento dos negócios ao receber os veículos da fábrica. Na figura 26.9 temos a representação da prioridade através da Seqüência Geral. Figura 27-9

103 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 103/ TROCAR PRIORIDADE A troca de prioridade pode resultar em antecipação de atendimento para negócios que venham e ficar com a menor prioridade após o processamento da Fila de Espera. A nova prioridade deve ser inserida na coluna Nova Seqüência Geral, figura Figura Após inserir a Nova Seqüência Geral, deve ser acionada a ação. O resultado esperado é representado na figura 26.11, onde clientes que receberam prioridade menor terão seus pedidos atendidos em data mais próxima do corrente. Figura REVALIDAÇÃO DE FIRM-ORDER Os pedidos de venda do tipo Firm-Order possuem um período de validade. Esta validade é definida com base em parâmetros definidos pela Toyota do Brasil. A figura representa em dias o período em que um pedido de venda do tipo Firm-Order é válido. Figura 27-12

104 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 104/176 Quando criado, o pedido de venda do tipo Firm-Order sua valide é calcula com base nos dias da 1ª Validação e, a partir das revalidações seguintes, a validade é recalculada com base nos dias de revalidação. Cada família tem sua própria representação em dias. No caso de um Firm-Order atingir sua data de validade e não ser revalidado, ele ficará expirado, e o acesso à fila de espera será bloqueado. Também serão apresentados Firm-Orders que estão À Expirar, ou seja, que estão com a data de expiração próxima. Caso existam apenas Firm-Orders à expirar, o acesso à fila de espera não será bloqueado. Na imagem temos um exemplo da tela de aviso de expiração de firm-orders. Figura Nesta tela o usuário poderá selecionar os firm-orders que deseja tomar alguma ação. As ações disponíveis são Revalidação, através do botão, e cancelamento, através do botão. Sendo que o cancelamento está disponível apenas para concessionárias que não utilizam o SISDIA. Para concessionárias que utilizam o SISDIA, o cancelamento deve ser feito pelo próprio SISDIA. No caso das concessionárias que não utilizam o SISDIA, o usuário deverá selecionar um motivo de cancelamento para cada firm-order que será cancelado e em seguida, clicar no

105 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 105/176 botão. A imagem apresenta a tela de cancelamento de firmorders. Figura Atenção: Estas ações (Revalidação e Cancelamento) estão disponíveis apenas para usuários com nível Gerente de Vendas.

106 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 106/ TRANFERENCIA DE VEÍCULO ESTOQUE/TRÂNSITO Esta funcionalidade tem como objetivo transferir veículos que estão com status Em estoque para o status Em trânsito, a fim de desfazer uma transferência que não deveria ter sido executada. Ao entrar nesta tela, o usuário encontrará uma listagem dos veículos disponíveis em estoque que podem ser transferidos para trânsito, conforme a figura abaixo: Figura 28-1 Para transferir apenas um veículo, o usuário deve clicar no botão da linha referente àquele chassi, conforme a figura seguinte:, que se encontra no fim Figura 28-2 Para que seja efetuada a transferência de mais de um chassi ao mesmo tempo, o usuário deve selecionar todos os chassis que devem ter seu status alterado para Em trânsito e em seguida clicar no botão que segue:, localizado na parte superior da tela, conforme a figura Figura 28-3

107 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 107/ IMOBILIZAÇÃO DE VEÍCULOS Esta aplicação é exclusiva para clientes que não utilizam o SISDIA, para os clientes que utilizam o SISDIA, deve ser utilizado os programas ORCA2000 (com emissão de nota fiscal) e ACER3000 (sem emissão de nota fiscal). Em um primeiro momento o usuário irá encontrar uma listagem com todas as imobilizações ocorridas durante um período para a filial do agente, que está utilizando com a possibilidade de se realizar uma nova imobilização através do link ou cancelar acionando o botão na coluna como na figura abaixo: Figura 29-1 As imobilizações são sensíveis aos serviços de comunicação com a TDB. Para o acompanhamento das transmissões à TDB foi disponibilizada uma área no Monitor de Comunicação com a TDB.

108 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 108/176 Ao clicar no botão o usuário será redirecionado para a tela onde irá informar os dados da imobilização. Estes dados são chassi, agente que este está realizando a imobilização e se esta imobilização deve emitir nota fiscal ou não. Em caso positivo os dados da nota fiscal deverão ser preenchidos. Na figura abaixo temos um exemplo de imobilização sem emissão de nota fiscal e, logo mais abaixo, um exemplo de imobilização com emissão de nota fiscal. Figura 29-2 Figura 29-3

109 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 109/ AGENDAMENTO DE TAREFAS A tela de agendamento de tarefas tem como objetivo agendar o horário de execução automática de alguns procedimentos. Esta funcionalidade é de acesso exclusivo ao superusuário DIASYS. As tarefas podem ser agendadas para serem executadas em qualquer dia da semana, no período das 5:00 às 23:00, pois o período das 00:00 às 04:00 é reservado para rotinas de backup dos servidores. O agendamento de uma tarefa ocorre selecionando-se o dia da semana e à hora em que a tarefa será iniciada. Na figura seguinte temos um exemplo de tarefa, que é executada as segundas, quartas e sextas feiras, sempre às 14:00 e 20:00. Figura 30-1

110 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 110/ SINCRONIZAÇÃO DE BAIXAS COM A TDB Esta funcionalidade visa iniciar o processo de sincronização de baixas de forma manual, ou seja, em um horário diferente do pré-estabelecido. Esta opção é restrita ao super-usuário, uma vez que demanda muito processamento do servidor, o que pode causar lentidão no uso do SVT. Na figura abaixo temos a tela que solicita ao usuário a senha de acesso à funcionalidade. Figura 31-1 Já na figura seguinte temos a tela de confirmação de início do processo. A partir desta confirmação o processo será iniciado e não poderá mais ser cancelado pelo usuário. Figura 31-2

111 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 111/ MONITOR DE COMUNICAÇÃO COM A TOYOTA 32.1 FICHAS Esta funcionalidade, que está disponível enquanto a integração TOIOS estiver ativa, visa exibir todas as fichas de negócio que apresentaram erro de transmissão à Toyota em alguma fase da ficha de negócio. O usuário pode tentar a retransmissão da ficha com erro, através do botão, ou então verificar qual o erro ocasionou o bloqueio do envio, através do botão temos um exemplo de monitor de comunicação.. Na figura abaixo Figura 32-1 Ao selecionar a opção para verificação do erro, o usuário poderá verificar os dados do erro que ocasionou a retenção da ficha de negócio, conforme o exemplo da figura seguinte.

112 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 112/176 Figura TRANSFERÊNCIAS Esta funcionalidade, que está disponível enquanto a integração TOIOS estiver ativa, tem como objetivo listar todas as transmissões que terminaram com falha no processo de transferência do veículo de estoque IMOBILIZAÇÕES Esta funcionalidade, que está disponível enquanto a integração TOIOS estiver ativa, tem como objetivo mostrar o status das transmissões de todas as imobilizações realizadas em um determinado período. Nesta funcionalidade existem duas ações básicas: Reenviar para acionar o serviço de transmissão de informações de imobilização e Visualizar histórico de transmissão. Temos quatro status de transmissão: Transmitido: Transmissão realizada com sucesso, sem erros; Erro ao Transmitir: Transmissão não realizada devido a erros encontrados. Estes erros podem ser visualizados pelo botão Visualizar Histórico ;

113 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 113/176 Pendente: A transmissão está pendente e poderá ser enviada a qualquer momento pelo robô de eventos ou manualmente pela opção Reenviar ; Cancelado: imobilização cancelada. Neste caso um informe de cancelamento de imobilização será transmitido à TDB. Figura 32-3

114 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 114/ ENTRADAS EM ESTOQUE No momento da entrada de um veículo novo em estoque ou no momento da transferência de um veículo de estoque para trânsito, um evento para transmissão desta ação à Toyota é gerado. Através destes eventos, os dados da entrada são recuperados e transmitidos à Toyota de forma automática. Nesta funcionalidade, que está disponível enquanto a integração TOIOS estiver ativa, é possível observar o andamento de todas estas transmissões, bem como reenviar casos falhos, que não serão retransmitidos automaticamente. Na imagem abaixo temos um exemplo desta tela de monitoramento. Figura 32-4 Os possíveis status para uma entrada em estoque são: Não Enviado / Pendente: O evento para transmissão foi gerado, porém até o momento, o envio à Toyota não ocorreu. Neste caso o usuário deve aguardar a transmissão automática do evento à Toyota. Enviado OK: O envio à Toyota aconteceu com sucesso. Enviado com Erros: Durante a transmissão dos dados à Toyota, erros aconteceram. Neste caso o usuário deve utilizar o botão, localizado no final da linha referente ao evento. Ao clicar neste botão, o usuário será encaminhado para a tela exibida na imagem abaixo:

115 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 115/176 Figura 32-5

116 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 116/176 Por esta tela o usuário poderá consultar o erro ocorrido, bem como o XML que foi enviado à Toyota. Se o usuário desejar retransmitir estes dados, pode fazer uso do botão MONITOR NCS Quando a integração NCS estiver ativa, os monitores de Fichas, Transferências, Imobilizações e Entradas em Estoque serão substituídos por um único monitor, que exibirá todos os eventos de comunicação com a Toyota, como mostra a próxima imagem. Figura 32-6

117 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 117/176 Nesta funcionalidade o usuário verá, inicialmente, os eventos de comunicação dos últimos 7 dias, podendo alterar esta data desde que o período entre as datas não ultrapasse 90 dias. Também podem ser aplicados os filtros por ficha, chassi ou status. Através da opção erro., o usuário poderá efetuar a retransmissão dos eventos que estão com Através da opção, o usuário poderá visualizar os detalhes do evento. Caso o evento esteja com seu status Não Enviado Por Problema de Conectividade ou Enviado com Erros, o usuário poderá visualizar os detalhes de todas as tentativas de comunicação. Figura 32-7

118 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 118/ KPIS TSW Esta funcionalidade tem por objetivo exibir o status das transferências dos resultados de relatórios TSW para a TDB. Como mostra a imagem seguinte. Figura 32-8 De acordo com a legenda temos algumas situações em que cada KPI pode se encontrar: Enviado OK (verde): significa que o KPI foi gerado pelo SVT, foi enviado à Toyota e todos os dados enviados estão corretos para uso da Toyota; Enviado com Erros (vermelho): significa que o KPI foi gerado pelo SVT, foi enviado à Toyota, porém, na Toyota algum erro foi encontrado e os dados foram desprezados. Neste caso, o agente deve clicar sob o indicador do KPI na data. O SVT abrirá a tela abaixo (imagem 32.7). Note que existe um campo chamado Retorno Toyota o qual apresentará um texto descrevendo o motivo pelo qual o KPI foi rejeitado pela Toyota. Geralmente os problemas que serão retornados pela Toyota estarão ligados à qualidade das informações, podendo o agente tomar alguma ação para corrigir o dado e através do botão reenviar, realizar o processo de retransmissão do KPI à TDB. Não Enviado por Problemas de Conectividade (laranja): significa que o KPI foi gerado pelo SVT, porém, ao tentar enviar os dados à Toyota, algum problema com a conexão Internet

119 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 119/176 aconteceu impedindo o envio do KPI à Toyota. Neste caso, basta clicar sob o link do indicador, a tela da figura 31.5 abrirá e o agente aciona o botão reenviar ; Aguardando Retorno (azul): significa que o KPI foi gerado pelo SVT, foi enviado à Toyota, porém a Toyota ainda não retornou ao SVT a informação sobre o processamento dos dados do KPI, ou seja, nesta situação não sabemos se o KPI enviado está OK ou se está com problemas (no retorno ou ele ficará verde ou vermelho); Não Enviado/Pendente (cinza): significa que o SVT ainda não processou o KPI para realizar a transmissão dos dados à Toyota. Figura 32-9

120 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 120/ MONITOR DE SINCRONIZAÇÃO COM A TOYOTA Esta funcionalidade tem como objetivo listar as sincronizações de ficha entre Toyota e concessionária, listando os resultados das últimas dez transmissões, e em caso de algum erro, listando também os dados das fichas que não puderam ser enviadas. Na figura abaixo temos um exemplo do monitor de sincronização com a Toyota. Figura 33-1

121 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 121/ CONSULTA DE CANCELAMENTO DE FATURAS TDB Esta funcionalidade tem como objetivo exibir todos os veículos que tiveram seu faturamento cancelado pela Toyota, ou seja, todos os veículos que estavam com previsão de faturamento para uma concessionária e depois foram cancelados pela Toyota. Para exibição dos dados, é necessário que ao menos uma condição de filtro seja informada, conforme a figura abaixo: Figura 34-1 Na figura seguinte temos o exemplo da listagem de veículos da família COROLLA, que foram cancelados pela Toyota. Figura 34-2

122 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 122/ SISDIA MINER Esta funcionalidade somente será utilizada por distribuidores certificados TSW e que usem o Sisdia como sistema de gestão. Tem como objetivo aumentar o resultado das prospecções, trabalhando com clientes da própria concessionária, através da geração de planilha contendo informações de clientes para prospecção e distribuição aos vendedores ativos. O processo é representado pela figura abaixo. Figura 35-1

123 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 123/ SISDIA MINER LISTA NEGRA DE TELEFONES O usuário deve cadastrar, se for o caso, os números de telefone na lista negra de telefones, para debitar destinatários com determinados números de telefones. Descrito no HItem Lista Negra de TelefonesH SISDIA MINER Esta funcionalidade tem como objetivo coletar informações de clientes que compraram veículos novos, veículos usados, peças ou serviços durante um período determinado. Esta mineração de dados ocorre sob demanda a partir de agendamentos por filiais. A tela representada pela figura seguinte é o Controle de Geração de Planilha (Miner). Ao executar um novo agendamento devemos ter cuidado ao criar uma data de início da execução, pois dependendo do período de mineração das notas fiscais a aplicação pode demorar demasiadamente. Recomenda-se o agendamento para horários de pouco uso dos servidores. Figura 35-2 A ação novo agendamento leva a uma tela de cadastro, figura seguinte, Agendamento de Execução da Tarefa Miner.

124 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 124/176 Figura 35-3 A data e hora de execução representam o momento em que a mineração se iniciará, vale ressaltar que o processo de mineração pode demandar um esforço muito grande dos servidores envolvidos e selecionar um horário adequado, de pouco uso, pode ajudar no correto término da coleta de dados e não atrapalhar na rotina da concessionária. A ação correlacionar filiais encaminha para a tela de Correlacionamento de filiais, descrito no HItem Correlação de FiliaisH. Na planilha gerada o Cód. Vendedor e Nome Vendedor só serão exibidos para notas fiscais de veículo novos e usados que tenham como agente da nota um consultor de vendas ativo SISDIA MINER - LOADER Essa planilha será verificada, atualizada e utilizada pela aplicação Sisdia Miner - Loader para carregar a Tabela de Distribuição de Prospecções. Esta funcionalidade poderá carregar outras planilhas geradas pelo próprio distribuidor SISDIA MINER DISTRIBUTER Diariamente (domingo a quinta) será executado o robô que abre as fichas com agendamentos para segunda a sexta.

125 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 125/ SISDIA MINER CAMPANHAS Funcionalidade que permitirá a ativação/desativação de campanhas, a alteração do parâmetro de preservação do consultor de vendas e também a alteração da quantidade de prospecções geradas diariamente para cada consultor de vendas. Ao acessar a opção Controle de Campanhas (Loader) no menu de funcionalidades, o usuário será encaminhado a uma tela que irá exibir todas as campanhas registradas para aquela filial, como mostra a imagem abaixo. Figura 35-4 Ao clicar no botão mostra a figura abaixo. o usuário poderá cadastrar uma nova campanha, como Figura 35-5 Uma vez marcado a opção Manter Consultor da Nota Fiscal a ficha prospecção será gerada automaticamente para o consultor de vendas ativo que realizou a venda da Nota Fiscal.

126 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 126/176 Relatórios SVT Os relatórios do SVT têm filtros que variam de acordo com cada relatório. Estes filtros são descritos juntamente com o nome do usuário que o gerou, data e hora da geração e o período a ser analisado. Os relatórios são exibidos primeiramente por uma linha de totais, conforme a figura 35.6, que pode ser expandida em subtotais, de acordo com cada relatório específico, como mostra a figura Figura 35-6 Figura VISUALIZAÇÃO EM TELA Todos os relatórios têm uma breve explicação de cada uma de suas colunas que fica visível quando se passa o mouse sobre o título da coluna, como mostra a imagem abaixo. Figura 35-8

127 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 127/ GERAÇÃO EM FORMATO XLS Os relatórios do SVT permitem a geração de um arquivo Excel, que é apresentado após clicar no botão. Este botão fica localizado na parte superior esquerda da tela, como mostra a imagem abaixo. Figura IMPRESSÃO DO RELATÓRIO Antes de imprimir um relatório, é necessário verificar algumas configurações do navegador. Acesse no menu Ferramentas, o item Opções da Internet.

128 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 128/176 Figura Na aba Segurança, clique no botão Nível Personalizado.

129 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 129/176 Figura 35-11

130 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 130/176 Configure todos os itens de acordo com as telas que seguem abaixo. Figura 35-12

131 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 131/176 Figura 35-13

132 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 132/176 Figura 35-14

133 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 133/176 Figura 35-15

134 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 134/176 Figura 35-16

135 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 135/176 Figura 35-17

136 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 136/176 Figura 35-18

137 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 137/176 Figura 35-19

138 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 138/176 Figura 35-20

139 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 139/176 Figura 35-21

140 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 140/176 Figura 35-22

141 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 141/176 Figura 35-23

142 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 142/176 Figura Estando todas estas configurações de acordo com as telas acima, clique em OK na janela Configurações de Segurança (Figura 35-24) e em seguida clique em OK na janela Opções da Internet (Figura 35-25).

143 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 143/176 Figura Feche todas as janelas do navegador e tente acessar novamente. Para a impressão do relatório, é gerado um arquivo no formato PDF. Para que este arquivo seja gerado, é necessário que o usuário clique no botão. Este botão fica localizado na parte superior esquerda da tela, como mostra a imagem seguinte.

144 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 144/176 Figura EXPLOSÃO DOS DETALHES DAS FICHAS QUE COMPÕE UM VALOR Nos relatórios SVT, nas colunas onde aparecem valores que são baseados em uma certa quantidade de fichas, ao clicar no número que é apresentado na coluna é aberto um Pop-Up contendo detalhes das fichas que compõe aquele valor. Por exemplo: A coluna Número de Fichas da figura seguinte é composta pela soma das fichas de cada nível. Ao clicar nelas, o Pop-Up é aberto. Figura Atenção: As colunas que possuem valores provenientes de cálculos entre outras colunas não possuem este tipo de detalhamento.

145 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 145/176 Figura A tela de detalhes é composta por: Ficha: Número da ficha de atendimento. Data: Data de criação da ficha de atendimento. Nome do Cliente: Nome da pessoa identificada como contato na ficha. Modelo de Interesse: Modelo informado como interesse para abertura da ficha de atendimento. Potencial: Descrição do potencial da ficha de atendimento. Ao clicar no número da ficha, é aberta uma nova janela contendo a ficha para visualização, sem possibilidade de alteração.

146 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 146/176 Figura RELATÓRIO DE AÇÕES DO VENDEDOR Relatório de fichas de negócio com agendamento dentro do período escolhido, detalhado pela quantidade de fichas e ações, resumo dos dados da ficha e data, ação e observações do agendamento.

147 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 147/176 Figura Na coluna Número de Fichas, nos níveis onde o número apresentado é composto pela soma do número de fichas, ao clicar no número existe a explosão dos detalhes das fichas que formam o número (representado em vermelho). Quando o detalhamento chega ao nível de número da ficha, este número possui um link que leva à ficha, em uma tela onde não são permitidas alterações (representado em azul) RELATÓRIO DE ANIVERSARIANTES Relatório de fichas de negócio dos aniversariantes conforme o mês escolhido, detalhado por um resumo da ficha e dados de contato do cliente comprador, condutor e pagador. Dentre os três tipos de clientes da ficha, os que forem aniversariantes do mês estarão demarcados com uma marca verde. Na imagem temos um exemplo do relatório de mapa de show room. Figura 35-31

148 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 148/176 As colunas apresentadas neste relatório são: Ficha: Número da ficha de negócio. Cliente: Nome do cliente; Aniversário: Data de aniversário do cliente; Potencial: Potencial da ficha de negócio; Modelo: Modelo de interesse do cliente; Consultor de Vendas: Nome do consultor de vendas da ficha de negócio da ficha. Na coluna Ficha, ao clicar no número da ficha, o usuário será redirecionado para a tela de visualização da ficha RELATÓRIO DE DETALHAMENTO DE VENDAS PERDIDAS Relatório que exibe os detalhes das vendas que foram perdidas dentro do período. Na imagem abaixo temos um exemplo do relatório de detalhamento de vendas perdidas. Figura As colunas apresentadas neste relatório são: Quantidade: Quantidade de fichas que passaram para potencial K no período; %: Percentual, onde 100% correspondem à linha sendo explodida; Média Valor: Somatória dos valores diferentes de 0, informado no questionário de venda perdida, dividido pela somatória da quantidade de valores diferentes de 0. A coluna Quantidade apresenta explosão para as fichas que compõem o valor.

149 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 149/ RELATÓRIO DE ENTREGA DE VEÍCULOS Relatório de fichas de negócio com data prevista de entrega dentro do período escolhido, detalhando a quantidade de todos os status (entregue na hora, atrasado e antecipado), o modelo do veículo, nome do cliente e número da ficha de negócio. O relatório contém um filtro que permite ver somente os negócios agendados para entrega, atrasados ou todos. As colunas Agendados Atrasados, Agendados no Prazo, Entregues Atrasados, Entregues no Prazo e Entregues Adiantados apresentam explosão para as fichas que compõem o seu valor até o nível Filial, para detalhamento do nível Agente basta expandir o nível conforme figura abaixo. Figura RELATÓRIO DE ENTREGA, RETENÇÃO E PESQUISA DE SATISFAÇÃO Relatório que lista os dados das entregas previstas para o período, os dados dos contatos de retenção (2 Dias e 6 Meses) agendados para o período e os dados das pesquisas de ISC agendadas para o período. Na próxima imagem temos um exemplo do relatório de entrega, retenção e pesquisa de satisfação. Figura 35-34

150 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 150/176 As colunas apresentadas neste relatório são: Entrega: Total: Quantidade de veículos com entrega prevista dentro do período; ND: Quantidade de veículos com entrega realizada (até 4 horas) ou agendada para data futura; %: (ND / Total) * 100; AT: Quantidade de veículos com atraso na entrega (após 4 horas) ou agendado para data passada; % AT: (AT / Total) * 100; Retenção: 2D: Quantidade de contatos de retenção 2D pendentes até o final do período; Real(1): Quantidade de contatos de retenção 2D realizados no período do relatório, desde que realizados no prazo de 2 dias, isto é, realização sem reagendamentos ou bloqueios; %2D: (Real(1) / 2D) * 100; 6M: Quantidade de contatos de retenção 6M pendentes até o final do período; Real(2): Quantidade de contatos de retenção 6M realizados no período, desde que realizados no prazo de 6 meses, isto é, realização sem reagendamentos ou bloqueios; %6M: (Real(2) / 6M) * 100; ISC: 7D: Quantidade de contatos de pesquisa ISC pendentes até o final do período; Real(3): Quantidade de contatos de pesquisa ISC realizados no período; %7D: (Real(3) / 7D) * 100; Nota: Média da respostas na questão pesquisada Como o Sr. classificaria sua satisfação geral quanto a sua experiência de compra em nossa concessionária?. As colunas ND, AT, 2D, Real(1), 6M, Real(2), 7D e Real(3) apresentam explosão para as fichas que compõem o valor.

151 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 151/ RELATÓRIO DE GESTÃO DE DESBLOQUEIO DE AGNEDA Este relatório tem como objetivo listar a quantidade de desbloqueios de agenda, dentro de um período, para cada consultor ativo da filial na qual o usuário está logado. Na imagem abaixo temos um exemplo do relatório de desbloqueio de agenda. Figura Este relatório apresenta uma coluna para cada dia dentro do período. Para os dias de sábado e domingo são apresentadas as letras S e D, respectivamente RELATÓRIO DE MAPA DE SHOW ROOM Este relatório tem como objetivo listar todas as fichas de negócio com passagem no show room dentro do período, detalhado pelas quantidades de passagem por dia (é contada apenas a primeira passagem dentro do período para cada ficha de negócio). Na imagem abaixo temos um exemplo do relatório de mapa de show room. Figura Este relatório apresenta em cada coluna um dia do mês. Para os dias de sábado e domingo são apresentadas as letras S e D, respectivamente. Para todos os dias do Mapa estará disponível o link para Detalhes das fichas que compõe o valor apresentado.

152 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 152/ RELATÓRIO DE MÍDIA DE ATRAÇÃO Relatório de fichas de negócio abertas no período, detalhado por família com as quantidades de fichas abertas, vendas e percentual de vendas dentre fichas abertas para cada mídia de atração. Figura As colunas Fichas e Vendas apresentam explosão para as fichas que compõem o valor RELATÓRIO DE OBJETIVO X REALIZADOS PROSPECTOS E VENDAS Este relatório exibe dados de fichas de negócios abertas no período escolhido, com faturamento no período e sem cancelamento em qualquer período, detalhadas por forma de contato inicial, quantidades e percentuais de objetivos de prospecções dentre as realizadas. Também exibe as fichas de negócio fechados no período escolhido, detalhando quantidades e percentuais de tipo de contato inicial e dos objetivos de venda. As colunas Show (Recepção), Tel. (Recepção), (Recepção), Real. (Prospecções), Qtd. (Recepção Vendas de Veículos no Período), Qtd. (Prospecção Vendas de Veículos no Período) e Real. (Objetivo Vendas de Veículos no Período) apresentam explosão para as fichas que compõem o valor.

153 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 153/ RELATÓRIO DE PROSPECÇÕES Relatório de fichas de negócio abertas por prospecção, dentro de um período, detalhando por famílias e consultores, consultores e famílias e mídias de atração e consultores. Na imagem abaixo temos um exemplo do relatório de prospecções. Figura As colunas apresentadas neste relatório são: Obj: Objetivo de prospecções no período, respeitados os demais filtros; Real: Prospecções realizadas, fichas abertas por prospecção no período, respeitados os demais filtros; %: (Real / Obj) * 100; SR: Contagem dos contatos tipo show room (1 para cada ficha de negócio) no período, para as fichas abertas por prospecção com qualquer data de abertura, respeitados os demais filtros; %: (SR / Real) * 100; NA: Contagem das fichas com potencial A (Quente), B (Morno), S (Fluxo) e T (Pré), na maior data do período, respeitados os demais filtros, oriundas de prospecção, independente do mês de abertura da ficha; PD: Contagem das fichas com data de emissão do pedido no período, respeitados os demais filtros, oriundas de prospecção, independente do mês de abertura da ficha; D: Contagem das fichas com potencial D (a Recuperar) na maior data do período, respeitados os demais filtros, oriundas de prospecção, independente do mês de abertura da ficha;

154 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 154/176 X: Contagem das fichas com potencial X (Prospecção Perdida), para as fichas abertas por prospecção no período, respeitados os demais filtros; Fat SR: Contagem das fichas com data de emissão da nota fiscal não cancelada no período, respeitados os demais filtros, oriundas de prospecção, independente do mês de abertura da ficha, com pelo menos uma passagem com tipo de contato SR; % SR: (Fat SR / SR) * 100. Fat Total: Contagem das fichas com data de emissão da nota fiscal não cancelada no período, respeitados os demais filtros, oriundas de prospecção, independente do mês de abertura da ficha; % (Taxa): (Fat Total / Real) * 100. As colunas Real, SR, NA, PD, D, X, Fat SR, Fat Total apresentam explosão para as fichas que compõem o valor RELATÓRIO DE QUADRO DE ENTREGAS Este relatório tem por objetivo exibir as entregas agendadas para o período dos próximos 7 dias, a partir de uma data inicial informada. Na imagem abaixo temos um exemplo do relatório de quadro de entregas:

155 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 155/176 Figura Neste relatório são apresentadas 7 colunas, uma para cada dia, a partir da data escolhida. Em cada linha é apresentado o horário agendado para entrega. Ao clicar em cada item, o usuário será encaminhado para a ficha, em formato de consulta RELATÓRIO DE RECEPÇÕES Relatório de fichas de negócio abertas por recepção, dentro de um período, detalhando por famílias e consultores, consultores e famílias e mídias de atração e consultores. Na imagem abaixo temos um exemplo do relatório de recepções.

156 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 156/176 Figura As colunas apresentadas neste relatório são: SR: Contagem das fichas com primeiro contato show room e data de abertura no período, respeitados os demais filtros; Tel: Contagem das fichas com primeiro contato telefonema receptivo e data de abertura no período, respeitados os demais Contagem das fichas com primeiro contato receptivo e data de abertura no período, respeitados os demais filtros; Total: Contagem das fichas abertas por recepção e data de abertura no período, respeitados os demais filtros; NA: Contagem das fichas com potencial A (Quente), B (Morno), S (Fluxo) e T (Pré) na maior data do período, respeitados os demais filtros, oriundas de recepção, independente do mês de abertura da ficha; PD: Contagem das fichas com data de emissão do pedido no período, respeitados os demais filtros, oriundas de recepção, independente do mês de abertura da ficha; D: Contagem das fichas com potencial D (A Recuperar) na maior data do período, respeitados os demais filtros, oriundas de recepção, independente do mês de abertura da ficha; Fat SR: Contagem das fichas com data de emissão da nota fiscal não cancelada no período, respeitados os demais filtros, oriundas de recepção, independente do mês de abertura da ficha, com pelo menos uma passagem com tipo de contato SR. % SR: (Fat SR / SR) * 100;

157 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 157/176 Fat Total: Contagem das fichas com data de emissão da nota fiscal não cancelada no período, respeitados os demais filtros, oriundas de recepção, independente do mês de abertura da ficha; % (Taxa): (Fat Total / Total) * 100. As colunas SR, NA, PD, D, Fat SR, Fat Total apresentam explosão para as fichas que compõem o valor RELATÓRIO DE RECUPERAÇÃO DE VENDAS PERDIDAS Relatório que exibe os dados referentes às recuperações de vendas perdidas agendadas para o período. Na imagem abaixo temos um exemplo do relatório de recuperação de vendas perdidas. Figura As colunas apresentadas neste relatório são: A Recuperar: Quantidade de fichas que tiveram ou estão com potencial D dentro do período do relatório. Conta-se somente uma vez por ficha, caso haja reincidência do potencial D dentro do período; CT: Quantidade de fichas que foram contatadas (1 vez por ficha) dentro do período; %: (CT / A Recuperar) * 100; RC: Quantidade de fichas que tiveram potenciais A (Quente), B (Morno), U (Firm- Order) ou P (Negócio Fechado) no período, desde que o potencial imediatamente anterior tenha sido D;

158 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 158/176 %: ( RC / CT ) * 100; K: Quantidades de fichas que tiveram potencial K (Desistência) no período, desde que o potencial imediatamente anterior tenha sido D; %: ( K / CT ) * 100. As colunas A Recuperar, CT, RC e K apresentam explosão para as fichas que compõem o valor RELATÓRIO DE STATUS DA NEGOCIAÇÃO Este relatório tem por objetivo exibir as fichas de negócio com contatos agendados dentro do período escolhido, detalhando-as por tipo de contato agendado e realizado, quantidade de reagendamentos e reincidência de re-agendados e desbloqueados. Traz também os consultores bloqueados no momento. Na imagem abaixo temos um exemplo do relatório de status da negociação: Figura As colunas apresentadas neste relatório são: Bloqueado: Consultores com agenda bloqueada no momento; Contato Agendado: Contatos agendados no período; Contato Realizado: Contatos realizados no período;

159 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 159/176 Reagendados: Contatos reagendados no período; Qtd.: Quantidade de contatos reagendados no período; Reincidência: Reincidência de reagendamentos no período; Desbloqueados: Contatos desbloqueados no período; Qtd.: Quantidade de contatos desbloqueados no período; Reincidência: Reincidência de contatos desbloqueados no período; As colunas Contato Agendado, Contato Realizado, Qtd. (Reagendados), Reincidência (Reagendados), Qtd. (Desbloqueados) e Reincidência (Desbloqueados) apresentam explosão para as fichas que compõem o valor RELATÓRIO DE STATUS DOS ATENDIMENTOS POR PERÍODO O relatório de status dos atendimentos por período está dividido em duas partes: Parte 1 Prospectos abertos no Período: Relatório de fichas abertas no período escolhido, detalhadas por quantidades de tipo de contato inicial e potenciais atuais. Na imagem abaixo temos um exemplo da parte 1 do relatório de status dos prospectos por período. Figura As colunas apresentadas neste relatório são: Prospecção: Qtd.: Quantidade de prospecções realizadas dentro do período; Show: Quantidade de fichas abertas por prospecção que tiveram pelo menos uma passagem pelo show room; Recepção:

160 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 160/176 Show: Fichas abertas no show room dentro do período; Tel: Fichas abertas por telefonema recebido dentro do período; Fichas abertas por recebido dentro do período; Total: Todas as fichas abertas de forma receptiva dentro do período; Total: Total de fichas abertas dentro do período; Estado dos prospectos no sistema: A: Fichas abertas no período com potencial A; B: Fichas abertas no período com potencial B; Firme: Fichas abertas no período com potencial Firme; Negócio Fechado: Fichas abertas no período com potencial Negócio Fechado; Faturado: Fichas abertas no período com potencial Faturado; Entregue: Fichas abertas no período com potencial Entregue; A Recuperar: Fichas abertas no período com potencial A Recuperar; Atendimento Perdido (K, X): Fichas abertas no período com potencial Desistência (K) ou Atendimento Perdido (X); Retenção 2 Dias: Número de retenções de 2 dias das fichas abertas no período; ISC: Número de pesquisas ISC (Índice de Satisfação do Cliente) das fichas abertas no período. As colunas Qtd. (Prospecção), Show (Prospecção), Show (Recepção), Tel. (Recepção), E- Mail (Recepção), A (Estado dos Prospectos no Sistema), B (Estado dos Prospectos no Sistema), FIRME (Estado dos Prospectos no Sistema), NEGOCIO FECHADO (Estado dos Prospectos no Sistema), FATURADO (Estado dos Prospectos no Sistema), ENTREGUE (Estado dos Prospectos no Sistema), A RECUPERAR (Estado dos Prospectos no Sistema), Atendimento Perdido (K, X) (Estado dos Prospectos no Sistema), Retenção 2 Dias (Estado dos Prospectos no Sistema) e ISC (Estado dos Prospectos no Sistema) apresentam explosão para as fichas que compõem o valor.

161 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 161/176 Parte 2 Negócios em Andamento (Acompanhamento dos Prospectos no Sistema): Relatório de todas as fichas de negócio do sistema que não tiveram entrevistas ISC e não estão no potencial K, D ou X, detalhadas por quantidades de fichas em cada passo do PVT. Na imagem abaixo temos um exemplo da parte 2 do relatório de status dos prospectos por período. Figura As colunas apresentadas neste relatório são: A: Fichas em andamento com potencial A (Quente); B: Fichas em andamento com potencial B (Morno); D: Fichas em andamento com potencial D (A Recuperar); Total: Todas as fichas em andamento com potencial A (Quente), B (Morno) ou D (A Recuperar); Apresent.: Fichas em andamento no passo Apresentação do Produto; Preço: Fichas em andamento com preço fornecido; Test Drive: Ofertas: Fichas em andamento com test drives oferecidos; Realizados: Fichas em andamento com test drives realizados; Recusados: Fichas em andamento com test drives recusados; Negócio Fechado aguardando Fatura: Fichas em andamento com negócio fechado aguardando faturamento; Faturado aguardando Entrega: Fichas em andamento com faturas aguardando entrega;

162 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 162/176 Entrega aguardando ISC: Fichas em andamento já entregues aguardando pesquisa ISC (Índice de Satisfação do Cliente). As colunas A, B, D, Apresent., Preço, Ofertas (Test Drive), Realizados (Test Drive), Recusados (Test Drive), Negócio Fechado Aguardando Fatura, Faturado Aguardando Entrega e Entregue Aguardando ISC apresentam explosão para as fichas que compõem o valor RELATÓRIO DE TABULAÇÃO DE VENDAS PERDIDAS Relatório que exibe as informações sobre os questionários de recuperação de vendas perdidas aplicados no período. Na imagem abaixo temos um exemplo do relatório de tabulação de vendas perdidas. Figura As colunas apresentadas neste relatório são: Real: Quantidade de fichas com potencial D, pesquisadas no período e que passaram para potencial K; P1: %: Percentual de respostas SIM para a pergunta O(A) SR(A) FOI BEM ATENDIDO? ; P2: %: Percentual de respostas SIM para a pergunta O(A) SR(A) FEZ TEST DRIVE? ; P3:

163 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 163/176 a: Percentual de respostas SIM para a pergunta O(A) SR(A) OFERECEU UM VEÍCULO USADO NA NEGOCIAÇÃO? ; b: Percentual de respostas SIM para a pergunta ESSE VEÍCULO USADO ERA DA MARCA TOYOTA? ; P4: %: Percentual de respostas SIM para a pergunta O(A) SR(A) COMPROU OUTRO VEÍCULO? ; P5: a: Percentual de respostas SIM para o quesito PROBLEMAS EM AVALIAÇÃO DO SEU USADO ; b: Percentual de respostas SIM para o quesito PROBLEMAS EM TAXA DE JUROS PARA FINANCIAMENTO ; c: Percentual de respostas SIM para o quesito PROBLEMAS EM MOMENTO FINANCEIRO INADEQUADO ; d: Percentual de respostas SIM para o quesito PROBLEMAS EM PREÇO ELEVADO DO PRODUTO ; e: Percentual de respostas SIM para o quesito PROBLEMAS EM FALTOU PRODUTO ; f: Percentual de respostas SIM para o quesito PROBLEMAS EM PROBLEMA COM O PRODUTO. A coluna Real apresenta explosão para as fichas que compõem o valor RELATÓRIO TEST DRIVE Dados de fichas de negócio abertas no período escolhido, detalhadas por número de fichas com passagens por Show Room, passagens no ShowRoom até o Test Drive, Test Drives oferecidos, realizados e percentual de realizados dentre oferecidos, motivos de recusa, total de faturas de estoque não canceladas com ou sem Test Drive e seus percentuais.

164 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 164/176 As colunas SR, PA, OF, Real, Corolla, Hilux, SW4, CBU, Lexus, M1, MM2, M3, M4, Fat (Com Test Drive) e Fat (Sem Test Drive) apresentam explosão para as fichas que compõem o valor RELATÓRIO DE VENDAS PERDIDAS Relatório que exibe as fichas que tiveram a venda perdida em um período e exibe qual os dados de recuperação desta ficha. Na imagem abaixo temos um exemplo do relatório de vendas perdidas. Figura As colunas apresentadas neste relatório são: Total: Quantidade de fichas que tiveram venda perdida no período; A: Quantidade de fichas que tiveram venda perdida no período e que estão com potencial A no momento de emissão do relatório; B: Quantidade de fichas que tiveram venda perdida no período e que estão com potencial B no momento de emissão do relatório; Pedido: Quantidade de fichas que tiveram venda perdida no período e que estão com potencial U (Firm-Order) ou P (Negócio Fechado) no momento de emissão do relatório; Faturado: Quantidade de fichas que tiveram venda perdida no período e que estão com potencial F (Faturado) ou E (Entregue) no momento de emissão do relatório; D: Quantidade de fichas que tiveram venda perdida no período e que estão com potencial D (A Recuperar) no momento de emissão do relatório;

165 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 165/176 K: Quantidade de fichas que tiveram venda perdida no período e que estão com potencial K (Desistência) no momento de emissão do relatório. As colunas A, B, Pedido, Faturado, D e K apresentam explosão para as fichas que compõem o valor RELATÓRIO DE MAPAS Mapa de Negócio Fechado: Relatório de fichas de negócio com venda confirmada e não cancelada dentro do período, detalhado pelas quantidades de ocorrências por dia. Mapa de Show Room: Relatório de fichas de negócio abertas no show room dentro do período, detalhado pelas quantidades de ocorrências por dia. Mapa de Passagens Show Room: Relatório de fichas de negócio com passagem no show room dentro do período, detalhado pelas quantidades de passagem por dia (é contada apenas uma passagem por contato por dia para cada consultor de vendas que realizou o contato). Mapa de Prospecção: Relatório de fichas de negócio abertas por prospecção dentro do período, detalhado pelas quantidades de ocorrências por dia. Mapa de Pesquisa de Venda Perdida: Relatório de fichas de negócio com pesquisa de venda perdida dentro do período, detalhado pelas quantidades de ocorrências por dia. Mapa de Venda Perdida (K, D, X): Relatório de fichas de negócio com agendamento dentro do período e potencial atual igual a A Recuperar (D), Desistência (K) ou Atendimento Perdido (X), detalhado pelas quantidades de ocorrências por dia. Mapa de Pesquisa ISC: Relatório de fichas de negócio com pesquisa do Índice de Satisfação do Cliente (ISC) dentro do período, detalhado pelas quantidades de ocorrências por dia. Para todos os dias do Mapa estará disponível o link para Detalhes das fichas que compõe o valor apresentado.

166 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 166/ CONFIGURAÇÃO PARA VISUALIZAÇÃO DE IMPRESSÃO E ARQUIVO EXCEL O browser de internet utilizado para o SVT deve ser o Internet Explorer 7.0. EXCEL Durante a geração do arquivo Excel pode aparecer uma barra amarela no topo do browser bloqueando o uso de pop-ups. Clique na barra amarela e selecione a opção Sempre permitir pop-ups deste site Figura 35-47

167 Arquivo: VEIC_TOY_SVT_TSW.doc - Página: 167/176 Depois clique sim na tela de dialogo para permitir os pop-ups do site Figura Clique nos botões OK até voltar na tela do Explorer e tente novamente.

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.29 do Sistema OnixNet / TrucksNet

Novidades da Versão 3.0.0.29 do Sistema OnixNet / TrucksNet Comercial Novidades da Versão 3.0.0.29 do Sistema OnixNet / TrucksNet Consulta Pedido/Nota Fiscal A consulta passou a diferenciar o número da nota fiscal por filial, ou seja, caso exista uma nota fiscal

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Página 1 de 7 Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Utilizado para vendas no balcão por ser uma venda rápida, mais simples, onde não é necessário

Leia mais

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA...

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... Portal de Vendas Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 1.1. Guia Portal de Vendas... 7 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 8 5.

Leia mais

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço Módulo Básico Versão 4.0 Pedidos de Vendas Manual do Usuário 1 As informações contidas neste documento, incluindo links, telas e funcionamento

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Alterações/Desenvolvimento - Sistema OnixNet / TrucksNet

Alterações/Desenvolvimento - Sistema OnixNet / TrucksNet Alterações/Desenvolvimento - Sistema OnixNet / TrucksNet Comercial Cadastros o (202) Cadastro de Vendedores Flag Enviar Previsão: Flag Enviar Previsão: Foi inserido um novo flag no cadastro de vendedores.

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

PROCESSO CONTATO-AGENDA

PROCESSO CONTATO-AGENDA PROCESSO CONTATO-AGENDA No CRM (Gestão de Relação com o Cliente), o cliente é colocado no centro dos processos de negócio. Então, é obrigatório e fundamental o registro de qualquer contato com o mesmo,

Leia mais

Manual Q-Acadêmico 2.0. Módulo Web - Professor

Manual Q-Acadêmico 2.0. Módulo Web - Professor Manual Q-Acadêmico 2.0 Módulo Web - Professor Índice 1 Acessando o sistema via internet... 3 2 Menu de Funcionalidades... 6 2.1 Acompanhamento de Calendários Acadêmicos... 7 2.2 Alterar Senha... 9 2.3

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.03

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.03 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.03 Parametrizando o Módulo... 4 Tipo de Ordem de Serviço... 4 Aba Descontos... 8 Aba Serviços Padrão... 9 Aba Tipo Movimento X Tipo O.S... 11 Aba Peças Padrão... 12 Acesso a

Leia mais

www.siteware.com.br Versão 2.6

www.siteware.com.br Versão 2.6 www.siteware.com.br Versão 2.6 Sumário Apresentação... 4 Login no PortalSIM... 4 Manutenção... 5 Unidades... 5 Unidades... 5 Grupos de CCQ... 5 Grupos de unidades... 6 Tipos de unidades... 6 Sistema de

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

Manual do Usuário Instituição

Manual do Usuário Instituição 1 Manual do Usuário Instituição Área Restrita Site de Certificação Controle: D.04.36.00 Data da Elaboração: 13/08/2014 Data da Revisão: - Elaborado por: TIVIT / Certificação ANBIMA Aprovado por: Gerência

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

Pequenas Frotas. Manual do Sistema WEB

Pequenas Frotas. Manual do Sistema WEB Pequenas Frotas Manual do Sistema WEB Versão 1.1 Abr-2014 Sumário 1. Acesso ao Sistema... 3 1.1. Site Institucional... 3 1.2. Canal do Corretor Usuário Principal (Master)... 3 1.3. Controle de Acesso...

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais

Manual do Módulo SAC

Manual do Módulo SAC 1 Manual do Módulo SAC Índice ÍNDICE 1 OBJETIVO 4 INICIO 4 SAC 7 ASSOCIADO 9 COBRANÇA 10 CUSTO MÉDICO 10 ATENDIMENTOS 11 GUIAS 12 CREDENCIADO 13 LIVRETO 14 BUSCA POR RECURSO 15 CORPO CLÍNICO 16 MENU ARQUIVO

Leia mais

Manual de uso do Gerente

Manual de uso do Gerente Manual de uso do Gerente Manual do Hypnobox: www.hypnobox.com.br/manual Índice Acessar o Hypnobox Endereço o www Login e Senha Tela Principal Perfil de acesso Editar Dados pessoais Fila de corretores Gerenciar

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

Gerencie e compartilhe imóveis em tempo real. Sua imobiliária a qualquer hora, em qualquer lugar.

Gerencie e compartilhe imóveis em tempo real. Sua imobiliária a qualquer hora, em qualquer lugar. Gerencie e compartilhe imóveis em tempo real. Sua imobiliária a qualquer hora, em qualquer lugar. 1 INDICE Apresentação... 4 Principais Características... 4 Tela Inicial do Novo Univen... 5 a) Perfil do

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.30

Novidades da Versão 3.0.0.30 Novidades da Versão 3.0.0.30 Alteração Equipamento Unidade Instalação Inserida informação Telemetria na Tela de Alteração de Equipamento Unidade de Instalação (326). A informação Roaming Internacional

Leia mais

INFOGAB 3.0. Sistema de Automação de Gabinetes. Manual do Usuário V 2.1

INFOGAB 3.0. Sistema de Automação de Gabinetes. Manual do Usuário V 2.1 INFOGAB 3.0 Sistema de Automação de Gabinetes Manual do Usuário V 2.1 1. Descrição do Sistema O Sistema de Automação de Gabinetes da Câmara dos Deputados (Infogab) tem por finalidade apoiar as atividades

Leia mais

REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA

REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA Versão 05/05/2015 SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA... 03 VISUALIZANDO A SOLICITAÇÃO... 05 DEMONSTRATIVO DAS VAGAS... 06 DESISTÊNCIA DA REMOÇÃO... 08 IMPRIMIR PROTOCOLO...

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

Manual do sistema SMARsa Web

Manual do sistema SMARsa Web Manual do sistema SMARsa Web Módulo Gestão de atividades RS/OS Requisição de serviço/ordem de serviço 1 Sumário INTRODUÇÃO...3 OBJETIVO...3 Bem-vindo ao sistema SMARsa WEB: Módulo gestão de atividades...4

Leia mais

Gerenciador de Imóveis

Gerenciador de Imóveis Gerenciador de Imóveis O Corretor Top é o mais completo sistema de gestão de imóveis do mercado, onde corretores terão acesso à agenda, cadastro de imóveis, carteira de clientes, atendimento, dentre muitas

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Novidades da versão 3.0.0.45 dos Sistemas OnixNet e TrucksNet

Novidades da versão 3.0.0.45 dos Sistemas OnixNet e TrucksNet Novidades da versão 3.0.0.45 dos Sistemas OnixNet e TrucksNet Abaixo a lista com as principais implementações dessa versão: Assistência Técnica - Criado processo de reserva de vagas automático Assistência

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

www.simplesgps.com.br Simples como tem que ser Revisão 1.05 Página 1

www.simplesgps.com.br Simples como tem que ser Revisão 1.05 Página 1 www.simplesgps.com.br Simples como tem que ser Revisão 1.05 Página 1 Sumário Simples como tem que ser... 3 Acesso... 4 Mapas... 5 Rastreamento... 7 Panorâmica... 7 Cercas... 8 Criando cercas eletrônicas...

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Manual para Transportadoras

Manual para Transportadoras Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Compras... 4 5 Acessando o Pedido... 5 6 Digitando o Espelho de Nota Fiscal... 7 6.1

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

INTRODUÇÃO... 4 COMPOSIÇÃO DA TELA PRINCIPAL (PAINEL DE CONTROLE)... 5 CADASTROS... 6

INTRODUÇÃO... 4 COMPOSIÇÃO DA TELA PRINCIPAL (PAINEL DE CONTROLE)... 5 CADASTROS... 6 Sumário INTRODUÇÃO... 4 APLICATIVO WEB... 4 COMO ACESSAR... 4 COMPOSIÇÃO DA TELA PRINCIPAL (PAINEL DE CONTROLE)... 5 CADASTROS... 6 CLIENTES... 7 VEÍCULOS... 9 RASTREADORES... 11 SIM CARD... 13 TÉCNICOS

Leia mais

TUTORIAL MRV CORRETOR

TUTORIAL MRV CORRETOR TUTORIAL MRV CORRETOR O MRV Corretor é o sistema de vendas da MRV. Nele é possível realizar cadastro de clientes, efetuar reservas, solicitar análise de crédito e consultar tabelas de vendas. OUTUBRO/2012

Leia mais

MANUAL DO PVP SUMÁRIO

MANUAL DO PVP SUMÁRIO Manual PVP - Professores SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 6 2 ACESSANDO O PVP... 8 3 TELA PRINCIPAL... 10 3.1 USUÁRIO... 10 3.2 INICIAL/PARAR... 10 3.3 RELATÓRIO... 10 3.4 INSTITUIÇÕES... 11 3.5 CONFIGURAR... 11

Leia mais

MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB

MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB Audatex Web Nível Usuário (Versão 1.0) Gerência de Suporte Técnico Departamento de Treinamento Resp.: Roberto de Luca Jr. Versão 1.0 Revisão 1 Data 13/02/2007 SUMÁRIO GERAL Introdução...

Leia mais

Guia Prático do Usuário

Guia Prático do Usuário Guia Prático do Usuário 3. O que esse Manual aborda Esse manual é um guia prático de utilização do sistema, ele aborda noções gerais sobre gerenciamento de sua empresa além de ter informações detalhando

Leia mais

Sistema Ativo de Segurança Automotiva

Sistema Ativo de Segurança Automotiva Sistema Ativo de Segurança Automotiva Manual de Utilização Conteúdo HOME Página inicial 3 Última posição 3 Rastrear 5 Relatórios 6 Histórico de Posições 6 Localização 7 Faturamento 7 Monitoramento 9 Alerta

Leia mais

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13 Visão Empresa de Contabilidade Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Sumário Apresentação... 2 Instalação do Aplicativo... 2 Localizando o aplicativo no smartphone... 5 Inserindo o link da aplicação... 6 Acessando o sistema...

Leia mais

Sumário: Fluxo Operacional... 3 Contatos... 4. Agenda Online... 10. Reservas de Salas... 26. Tarefas... 42

Sumário: Fluxo Operacional... 3 Contatos... 4. Agenda Online... 10. Reservas de Salas... 26. Tarefas... 42 Sumário: Fluxo Operacional... 3 Contatos... 4 Passo a passo para visualização de contatos... 5 Passo a passo para filtragem da lista de contatos... 6 Como ordenar a lista de contatos... 7 Como gerar uma

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota EBM ASSESSORIA E CONSULTORIA EM INFORMÁTICA LTDA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota PRESTADOR / CONTADOR Versão 2.0 Índice 1. Acessar o sistema 2. Notas Eletrônicas 2.1. Emitir

Leia mais

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1 Manual do Usuário Central de Agendamento Versão 1.1 Maio, 2014 Central de Agendamento Manual de utilização Tribunal de Justiça do Estado da Bahia Setor: Coordenação de Sistemas - COSIS Histórico de Revisões

Leia mais

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização 1º PASSO: ACESSO À PAGINA PARA EMPREGADORES NÃO CADASTRADOS Acesse o site www.tripoa.com.br e selecione a opção Vale-transporte, ou então acesse www.trensurb.gov.br. Neste espaço você será informado sobre

Leia mais

MÓDULO 1.0 Tela inicial do sistema, onde é identificado o usuário pelo próprio CRO sendo coerente com a senha, lhe é permitido o acesso via WEB ao sistema DENTAL GROUP. Quando carrego a tela de menu já

Leia mais

1.INDÍCE... ERROR! BOOKMARK NOT DEFINED. 3.CONSULTA CIRCULARES... 6 5.PROMOÇÕES E EVENTOS... 8. Consultando Promoções e Eventos 8.

1.INDÍCE... ERROR! BOOKMARK NOT DEFINED. 3.CONSULTA CIRCULARES... 6 5.PROMOÇÕES E EVENTOS... 8. Consultando Promoções e Eventos 8. Indíce 1.INDÍCE... ERROR! BOOKMARK NOT DEFINED. 2.QUADRO DE AVISOS... 4 3.CONSULTA CIRCULARES... 6 4.CONSULTA NOTÍCIAS... 7 5.PROMOÇÕES E EVENTOS... 8 Consultando Promoções e Eventos 8 6.CONSULTAS GERAIS...

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

MANUAL UTILIZAÇÃO DO PORTAL SISTEMA TOTVS EEP

MANUAL UTILIZAÇÃO DO PORTAL SISTEMA TOTVS EEP MANUAL UTILIZAÇÃO DO PORTAL SISTEMA TOTVS EEP 1 Sumário Acesso ao Portal EEP.NET... 3 Login Portal EEP.NET... 4 Digitação de Notas... 5 Digitação de Faltas... 7 Digitação do Plano de Aula... 9 Emissão

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011

TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011 TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011 Manual de operação revisão 20110205 Pagina 1/18 Login no Sistema Para poder utilizar o sistema. 1 - Receba com o gestor do sistema o endereço na WEB no qual

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

Entrar no site Banco BMG, link de acesso: http://www.bancobmg.com.br/bmgnegocios/site/bnlogin.aspx

Entrar no site Banco BMG, link de acesso: http://www.bancobmg.com.br/bmgnegocios/site/bnlogin.aspx MANUAL DE DIGITAÇÃO Entrar no site Banco BMG, link de acesso: http://www.bancobmg.com.br/bmgnegocios/site/bnlogin.aspx *Sempre entrar pelo navegador Internet Explorer, somente será possível finalizar a

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

Paciente: Pessoa física que venha a utilizar-se dos serviços da clínica quer seja uma consulta, um exame ou um procedimento.

Paciente: Pessoa física que venha a utilizar-se dos serviços da clínica quer seja uma consulta, um exame ou um procedimento. CADASTROS Efetuar Cadastros é a primeira providencia que se deve tomar ao se iniciar a operação com a plataforma clinicaonline, pois é nele que se concentrarão todos os parâmetros e informações sobre:

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

P71 Padronização dos distribuidores Ford

P71 Padronização dos distribuidores Ford P71 Padronização dos distribuidores Ford Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Introdução... 3 Avaliação de Seminovos... 3 Anexo de Documento

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Acompanhamento e Fiscalização

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

Emissor de Nota Fiscal Eletrônica. Novembro de 2007. Equipe Nota Fiscal Eletrônica Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Emissor de Nota Fiscal Eletrônica. Novembro de 2007. Equipe Nota Fiscal Eletrônica Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Novembro de 2007 Equipe Nota Fiscal Eletrônica Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Índice I - Instalação do Software Emissor NF-e... 3 II Software Emissor NF-e

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio.

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. 1) Logar no Kit Médias Empresas Clicar no ícone Tókio Marine Empresarial, que abrirá a tela de login, veja abaixo. Caso seja o primeiro acesso

Leia mais

Questões mais freqüentes

Questões mais freqüentes CNH DIGITAL VENDA DIGITAL CONFIGURAÇÕES MINIMAS EQUIPAMENTOS - MODELOS HOMOLOGADOS AUTORIZAÇÃO DE ACESSO CONEXÕES SINCRONIZAÇÃO IHS PROPOSTAS RECIBOS VIA DA PROPOSTA DO CONSORCIADO FECHAMENTO DO BORDERÔ

Leia mais

Sistema de Prestação de Contas Siprec

Sistema de Prestação de Contas Siprec Sistema de Prestação de Contas Siprec Manual de Utilização Perfil Beneficiário Versão 1.3.4 Agosto de 2013 1 SUMÁRIO Manual do Usuário... 3 1. Objetivo do manual... 3 2. Sobre o sistema... 3 3. Quem deve

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Portal Gestão de Recebimentos

Portal Gestão de Recebimentos Portal Gestão de Recebimentos Introdução O Portal Gestão de Recebimentos proporciona agilidade e rapidez na interação dos clientes HSBC com seus fornecedores. Permite a você consultar as operações liberadas

Leia mais

Gerenciador da Carteira de Imóveis Online

Gerenciador da Carteira de Imóveis Online Gerenciador da Carteira de Imóveis Online 1 INDICE Apresentação... 4 Principais Características... 4 Tela Inicial do Univen WEB... 5 ARQUIVO... 6 Cadastro de Imóveis... 6 a) Conhecendo a tela Cadastro

Leia mais

Guia Rápido - Notas Fiscais

Guia Rápido - Notas Fiscais Guia Rápido - Notas Fiscais Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 2.0 23.07.2010 LV Versão Inicial

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO VERSÃO 2014 Fevereiro de 2014 SIGFIS-Sistema Integrado

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches -

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches - Curso de Capacitação ao Sistema CDV - GID Desmanches - Coordenadoria de Gestão de Desmanches Divisão de Desmanches Conteúdo Módulo 1 Como utilizar o Moodle... 4 Módulo 2 - Acessando o GID CDV... 4 Aula

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 INDICE APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 1.1 - ENTRADA NO SISTEMA... 4 1.2 - TELA DO ORGANIZADOR DO MULTICONTAS... 4 CAPÍTULO 2 - FUNCIONALIDADES

Leia mais