ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO"

Transcrição

1 3 CEFET LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO O candidato recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com o enunciado das 40 (quarenta) questões objetivas, sem repetição ou falha, com a seguinte distribuição: LÍNGUA PORTUGUESA MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO CONHECIMENTOS BÁSICOS INFORMÁTICA LEGISLAÇÃO CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Questões Pontuação Questões Pontuação Questões Pontuação Questões Pontuação Questões Pontuação 1 a 10 1,0 cada 11 a 15 1,0 cada 16 a 18 1,0 cada 19 e 20 1,0 cada 21 a 40 1,0 cada Total: 10,0 pontos Total: 5,0 pontos Total: 3,0 pontos Total: 2,0 pontos Total: 20,0 pontos Total: 40,0 pontos b) CARTÃO-RESPOSTA destinado às respostas das questões objetivas formuladas nas provas O candidato deve verificar se este material está em ordem e se o seu nome e número de inscrição conferem com os que aparecem no CARTÃO-RESPOSTA. Caso não esteja nessas condições, o fato deve ser IMEDIATAMENTE notificado ao fiscal Após a conferência, o candidato deverá assinar, no espaço próprio do CARTÃO-RESPOSTA, com caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente No CARTÃO-RESPOSTA, a marcação das letras correspondentes às respostas certas deve ser feita cobrindo a letra e preenchendo todo o espaço compreendido pelos círculos, com caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, de forma contínua e densa. A leitura ótica do CARTÃO-RESPOSTA é sensível a marcas escuras, portanto, os campos de marcação devem ser preenchidos completamente, sem deixar claros. Exemplo: CARGOS DE CLASSE D EDITAL N o 0011/2014, DE 25 DE MARÇO DE O candidato deve ter muito cuidado com o CARTÃO-RESPOSTA, para não o DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR. O CARTÃO-RESPOSTA SOMENTE poderá ser substituído se, no ato da entrega ao candidato, já estiver danificado em suas margens superior e/ou inferior - DELIMITADOR DE RECONHECIMENTO PARA LEITURA ÓTICA Para cada uma das questões objetivas, são apresentadas 5 alternativas classificadas com as letras (A), (B), (C), (D) e (E); só uma responde adequadamente ao quesito proposto. O candidato só deve assinalar UMA RESPOSTA: a marcação em mais de uma alternativa anula a questão, MESMO QUE UMA DAS RESPOSTAS ESTEJA CORRETA As questões objetivas são identificadas pelo número que se situa acima de seu enunciado SERÁ ELIMINADO deste Concurso Público o candidato que: a) se utilizar, durante a realização das provas, de aparelhos sonoros, fonográficos, de comunicação ou de registro, eletrônicos ou não, tais como agendas, relógios não analógicos, notebook, transmissor de dados e mensagens, máquina fotográfica, telefones celulares, pagers, microcomputadores portáteis e/ou similares; b) se ausentar da sala em que se realizam as provas levando consigo o CADERNO DE QUESTÕES e/ou o CARTÃO-RESPOSTA; c) se recusar a entregar o CADERNO DE QUESTÕES e/ou o CARTÃO-RESPOSTA, quando terminar o tempo estabelecido; d) não assinar a LISTA DE PRESENÇA e/ou o CARTÃO-RESPOSTA. Obs. O candidato só poderá ausentar-se do recinto das provas após 1 (uma) hora contada a partir do efetivo início das mesmas. Por motivos de segurança, o candidato NÃO PODERÁ LEVAR O CADERNO DE QUESTÕES, a qualquer momento O candidato deve reservar os 30 (trinta) minutos finais para marcar seu CARTÃO-RESPOSTA. Os rascunhos e as marcações assinaladas no CADERNO DE QUESTÕES NÃO SERÃO LEVADOS EM CONTA O candidato deve, ao terminar as provas, entregar ao fiscal o CADERNO DE QUESTÕES e o CARTÃO-RESPOSTA e ASSINAR A LISTA DE PRESENÇA O TEMPO DISPONÍVEL PARA ESTAS PROVAS DE QUESTÕES OBJETIVAS É DE 4 (QUATRO) HORAS, já incluído o tempo para marcação do seu CARTÃO-RESPOSTA, findo o qual o candidato deverá, obrigatoriamente, entregar o CARTÃO-RESPOSTA e o CADERNO DE QUESTÕES As questões e os gabaritos das Provas Objetivas serão divulgados no primeiro dia útil após sua realização, no endereço eletrônico da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (http://www.cesgranrio.org.br). 1

2 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 21 Os trabalhos desenvolvidos em uma organização apresentam natureza diferente, de acordo com o nível hierárquico no qual ele é executado, embora todas as atividades contribuam igualmente para o sucesso da empresa. Em cada nível hierárquico, na execução das atividades a ele pertinentes, há uma habilidade que é predominante. A correlação correta, que representa a habilidade que predomina no respectivo nível hierárquico da organização é: (A) Nível Operacional Habilidade Interpessoal (B) Nível Técnico Habilidade Política (C) Nível Institucional Habilidade Conceitual (D) Nível Intermediário Habilidade Técnica (E) Nível Estratégico Habilidade Humana 22 As empresas, na atualidade, precisam ter uma grande dinamicidade em função da necessidade de adaptação constante às novas exigências e cenários que o ambiente macroeconômico apresenta. Essa adequação ocorre porque as empresas se caracterizam por serem sistemas (A) abertos, que interagem com o ambiente, influenciando-o e sendo por ele influenciados. (B) orgânicos, onde cada atividade é realizada de acordo com padrões preestabelecidos, sem alteração. (C) centralizados, onde as atividades são demandadas pelos gestores de acordo com seus objetivos pessoais. (D) rotineiros, e a cada mudança acordada pela empresa é necessário que os procedimentos existentes sejam revistos. (E) mecanicistas, que operam de maneira ordenada e fechada, preservando, assim, sua competitividade. 5

3 23 Uma empresa do setor de construção civil está elaborando seu planejamento estratégico. O planejamento estratégico é importante para a organização porque (A) especifica os detalhes de como devem ser realizadas as atividades rotineiras para controlar a operação. (B) estabelece os planos que se aplicam à organização como um todo, posicionando-a em relação ao ambiente em que atua. (C) cria as interações que devem existir entre os diferentes níveis hierárquicos da organização, estabelecendo sua relação com o mercado. (D) estrutura a organização, segundo os padrões existentes no setor em que atua, visando à produção. (E) controla as operações realizadas na organização seguindo os padrões estabelecidos para a produção. 24 O mundo tem passado rapidamente por grandes transformações nos últimos anos, decorrentes da globalização, utilização intensiva de tecnologia e mudanças ambientais radicais. Nesse contexto, as organizações também começaram a mudar, adotando novos paradigmas de gestão, passando de empresas tradicionais para empresas modernas. Constitui característica de uma empresa moderna: (A) organizar-se através de força de trabalho homogênea. (B) organizar-se através de uma estrutura burocrática. (C) ter foco no cargo. (D) ser orientada pelas demandas dos clientes. (E) priorizar empregos permanentes. 25 A complexidade do mundo atual faz com que tenhamos um ambiente dominado por organizações, sejam elas micro, pequenas, médias ou grandes. Embora o tamanho de umas organizações possa diferenciar-se em relação aos de outras, todas as organizações apresentam elementos em comum que fazem com que o conceito de organização, de maneira geral, seja compreendido plenamente. Os elementos críticos para o pleno entendimento do conceito de organização são: (A) hierarquia e cliente (B) hierarquia e planejamento (C) cliente, orçamento e planejamento (D) estrutura, pessoas, propósito e tecnologia (E) cliente, motivação, pessoas, planejamento e produtividade 26 A administração é uma ciência relativamente nova. A profissão de Administrador foi reconhecida no Brasil em 09 de setembro de Embora a administração profissional tenha-se mostrado cada vez mais importante no ambiente organizacional, visando à eficácia e à eficiência, na busca da produtividade e da competitividade, ainda existem muitas dúvidas em relação ao seu papel. De maneira geral, o papel do administrador no ambiente organizacional é (A) ser um facilitador, colaborando para as decisões e ações da empresa, de maneira independente, sem se envolver com o dia a dia da organização. (B) examinar cuidadosamente as atividades realizadas para averiguar se foram realizadas de acordo com as disposições planejadas. (C) fiscalizar os processos da organização, analisando os procedimentos para determinar quais são mais produtivos. (D) analisar demonstrações financeiras, revisando procedimentos de controle interno. (E) trabalhar com pessoas para alcançar eficientemente os objetivos organizacionais utilizando recursos limitados em um ambiente dinâmico. 27 A organização de uma empresa envolve diversas atividades para que haja maior eficiência. Uma dessas atividades é o agrupamento das tarefas de tal forma que se torne mais fácil a coordenação e integração das atividades. O processo de agrupar as tarefas é a(o) (A) competitividade (B) departamentalização (C) descentralização (D) produtividade (E) planejamento 6

4 28 As organizações, de maneira geral, apresentam diferentes níveis hierárquicos e cada um tem um papel distinto na gestão da empresa. Cada nível tem, atrelado a si, sua atuação e abrangência. Assim, o nível (A) operacional tem atuação de longo prazo e abrangência parcial, envolvendo uma unidade da organização. (B) tático tem atuação operacional e abrangência específica, envolvendo uma determinada operação. (C) gerencial tem atuação de curto prazo e abrangência global, envolvendo uma determinada operação. (D) técnico tem atuação intermediária e abrangência parcial, envolvendo uma unidade da organização. (E) institucional tem atuação estratégica e abrangência global, envolvendo toda a organização. 29 Uma empresa que foi recém-inaugurada está-se estruturando para que possa crescer de maneira organizada. Para isso, está estabelecendo uma série de padrões que deverão ser atendidos nos diferentes processos que são realizados na produção e que servirão como indicadores de desempenho. Ao estabelecer padrões para seus processos e indicadores de desempenho, que função da administração a empresa está realizando? (A) Planejamento (B) Direção (C) Controle (D) Organização (E) Coordenação 30 Um administrador foi contratado por uma empresa para exercer o cargo de Gerente de Operações. Ele sabe que, para que possa executar com eficácia os processos inerentes ao seu cargo, de acordo com o que foi estabelecido pela empresa, terá de utilizar a sua capacidade de trabalhar com pessoas, compreendendo as motivações e atitudes dos empregados que terá sob sua responsabilidade, conseguindo, assim, liderá-los. A habilidade que esse administrador deverá utilizar em seu cargo é, predominantemente, (A) humana (B) conceitual (C) técnica (D) operacional (E) motivacional 31 Se cada lote de compra de uma determinada peça é de unidades, e o estoque de segurança é igual a um terço do lote de compra, o número de unidades do estoque máximo dessa peça é de (A) 500 (B) (C) (D) (E) Uma empresa localizada em Maringá, Paraná, distribui seus produtos para o Rio de Janeiro, a quilômetros de distância. A empresa deseja utilizar o transporte rodoviário, que tem o custo de R$ 0,15 a tonelada por quilômetro e cujo tempo de trânsito é de cinco dias. Cada remessa do produto corresponde a 20 toneladas, e o custo de armazenagem em trânsito é de R$ 0,35 o quilograma por dia. Qual é o custo total, em reais, envolvido nesse modal? (A) 3.300,00 (B) ,00 (C) ,00 (D) ,00 (E) ,00 33 A cada mês, unidades de uma determinada peça são consumidas. Se o tempo de reposição é de 60 dias, e seu estoque de segurança é de 500 unidades, o número de unidades correspondente ao seu Ponto de Pedido (PP) é de (A) (B) (C) (D) (E) De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, vender ou expor à venda fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou cena pornográfica envolvendo criança ou adolescente é um crime em espécie. Nesse caso, a pena aplicável é a de reclusão de (A) 1 ano e multa (B) 2 a 4 anos e multa (C) 3 a 5 anos e multa (D) 4 a 8 anos e multa (E) 5 a 9 anos e multa 7

5 35 Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, constitui uma infração administrativa (A) deixar a autoridade policial responsável pela apreensão de criança ou adolescente de fazer imediata comunicação à autoridade judiciária competente e à família do apreendido ou à pessoa por ele indicada. (B) deixar a autoridade competente, sem justa causa, de ordenar a imediata liberação de criança ou adolescente, tão logo tenha conhecimento da ilegalidade da apreensão. (C) divulgar, sem autorização devida, por qualquer meio de comunicação, nome, ato ou documento de procedimento policial, administrativo ou judicial relativo à criança ou adolescente a que se atribua ato infracional. (D) privar a criança ou o adolescente de sua liberdade, procedendo à sua apreensão sem estar em flagrante de ato infracional ou inexistindo ordem escrita da autoridade judiciária competente. (E) submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento. 36 Como é denominado o órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente definidos em lei? (A) Conselho Tutelar (B) Defensoria Pública (C) Juizado da Infância (D) Ministério Público (E) Vara de Família 37 De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, as entidades que desenvolvem programas de acolhimento familiar ou institucional para crianças e adolescentes devem adotar como princípios (A) integração em família substituta e guarda compartilhada (B) desmembramento de grupos de irmãos e adoção em separado (C) formação para o mercado de trabalho e coeducação (D) preparação para o desligamento e liberdade assistida (E) preservação dos vínculos familiares e reintegração familiar 39 Nos arquivos das instituições públicas e privadas, uma das fases de arquivamento é constituída por documentos que perderam todo o valor administrativo e são conservados pelo seu valor histórico. Essa fase é conhecida como arquivo de (A) segurança (B) terceira idade (C) métodos padronizados (D) acumulação ordenada (E) recolhimentos sistemático 40 O conjunto de documentos produzidos ou recebidos por famílias, pessoas físicas ou instituições não governamentais em decorrência de suas atividades específicas e que tenham uma relação orgânica que seja possível perceber por meio de seu processo de acumulação é considerado arquivo (A) privado (B) eclesiástico (C) federal (D) estadual (E) municipal RASCUNHO 38 No serviço de protocolo de uma instituição, diariamente são recebidas correspondências oficiais de caráter sigiloso que devem ser encaminhadas ao (A) arquivo corrente (B) setor de notificação (C) presidente da instituição (D) respectivo destinatário (E) arquivo central 8

6 RASCUNHO 9

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE PSICOLOGIA) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE PSICOLOGIA) 2 a FASE 25 BNDES EDITAL EDITAL N N o 02/2011 o 01/2012 - () 2 a FASE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5

Leia mais

LIQUIGÁS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

LIQUIGÁS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 13 LIQUIGÁS EDITAL N o 1, LIQUIGÁS PSP - 01/2013 Conhecimentos Básicos para oa Cargos 4 a 13 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES,

Leia mais

O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA PROFISSIONAL BÁSICO - ADMINISTRAÇÃO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA PROFISSIONAL BÁSICO - ADMINISTRAÇÃO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 NOVEMBRO / 2009 O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA PROFISSIONAL BÁSICO - ADMINISTRAÇÃO (2 a FASE) LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a)

Leia mais

01 Direito da Criança e do Adolescente

01 Direito da Criança e do Adolescente 01 Direito da Criança e do Adolescente Constitui-se em um direito dos pais ou responsáveis, assegurado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, a) adentrar no prédio escolar até as salas de aula em qualquer

Leia mais

Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I SISTEMA FINANCEIRO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I SISTEMA FINANCEIRO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 9 EDITAL N o 04/2013 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - O candidato recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 8 (oito) questões discursivas, sem

Leia mais

ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 14 CEFET CARGOS DE CLASSE E EDITAL N o 0011/2014, DE 25 DE MARÇO DE 2014 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - O candidato recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - DESENVOLVIMENTO) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - DESENVOLVIMENTO) 2 a FASE 8 EDITAL N o 02/2011 (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - DESENVOLVIMENTO) 2 a FASE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este CADERNO DE QUESTÕES, com

Leia mais

Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I GESTÃO DA QUALIDADE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I GESTÃO DA QUALIDADE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 7 EDITAL N o 04/2013 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - O candidato recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 8 (oito) questões discursivas, sem

Leia mais

CARGOS DE CLASSE D TÉCNICO DE ELETRÔNICA E TÉCNICO DE LABORATÓRIO / ÁREA: ELETRÔNICA

CARGOS DE CLASSE D TÉCNICO DE ELETRÔNICA E TÉCNICO DE LABORATÓRIO / ÁREA: ELETRÔNICA 7 CEFET CARGOS DE CLASSE D TÉCNICO DE ELETRÔNICA E TÉCNICO DE LABORATÓRIO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - O candidato recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. FORMAÇÃO: DIREITO (2 a FASE)

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. FORMAÇÃO: DIREITO (2 a FASE) 05 TARDE SETEMBRO / 2010 FORMAÇÃO: DIREITO (2 a FASE) LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este Caderno, com o enunciado das 5 questões de Conhecimentos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Página1 SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA PROFESSORES DE EDUCAÇÃO BÁSICA E EQUIPE MULTI FUNCIONAL PARA ATUAÇÃO NA EDUCAÇÃO ESPECIAL - 2011 PROVA PARA PSICOLOGIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE 10 EDITAL N o 02/2011 (FORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL) 2 a FASE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das

Leia mais

Lágrimas não são argumentos.

Lágrimas não são argumentos. FUNDAÇÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL DO PODER EXECUTIVO FUNPRESP-EXE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO DE PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ARQUIVOLOGIA) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ARQUIVOLOGIA) 2 a FASE 18 BNDES EDITAL N o N 02/2011 o 01/2012 - () 2 a FASE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5 (cinco)

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - DESENVOLVIMENTO) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - DESENVOLVIMENTO) 2 a FASE 15 BNDES EDITAL EDITAL N N o 02/2011 o 01/2012 - () 2 a FASE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5

Leia mais

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO(A) I

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO(A) I 4 LIQUIGÁS DISTRIBUIDORA S.A. PSP - 1/2015 Edital N o 1, de 30 de junho de 2015 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - O candidato recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES,

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. (FORMAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO) 2 a FASE 7 EDITAL N o 02/2011 (FORMAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO) 2 a FASE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5 (cinco)

Leia mais

AJUDANTE DE CARGA / DESCARGA I

AJUDANTE DE CARGA / DESCARGA I 01 LIQUIGÁS EDITAL N o 1, LIQUIGÁS PSP - 02/12 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este caderno, com o enunciado das 30 (trinta) questões objetivas,

Leia mais

IMP CONCURSOS. Edital do Concurso Bolsas IMP / TURMA PLATINUM 1 /2015 - Brasília, 03 de novembro de 2015.

IMP CONCURSOS. Edital do Concurso Bolsas IMP / TURMA PLATINUM 1 /2015 - Brasília, 03 de novembro de 2015. IMP CONCURSOS Edital do Concurso Bolsas IMP / TURMA PLATINUM 1 /2015 - Brasília, 03 de novembro de 2015. O IMP Concursos e a Turma Platinum resolvem divulgar e estabelecer normas para a realização do 1

Leia mais

1.3. O resultado do Processo de Seleção ao ano letivo de 2016 é intransferível para a outra unidade do Sistema de Ensino Equipe.

1.3. O resultado do Processo de Seleção ao ano letivo de 2016 é intransferível para a outra unidade do Sistema de Ensino Equipe. EDITAL Nº 10/2015 Regulamento do Processo de Seleção de alunos para o Ano Letivo de 2016 Colégio Equipe, localizado na Av. Gentil Bittencourt, nº 706 O Sistema de Ensino Equipe torna públicas as normas

Leia mais

FINEP ANALISTA - ÁREA 2 CRÉDITO E FINANÇAS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

FINEP ANALISTA - ÁREA 2 CRÉDITO E FINANÇAS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 2 FINEP EDITAL N o - FINEP 8 DE NOVEMBRO DE 23 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. - O candidato recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com o tema da REDAÇÃO e os enunciados

Leia mais

TÉCNICO(A) DE CONTABILIDADE JÚNIOR

TÉCNICO(A) DE CONTABILIDADE JÚNIOR 34 EDITAL N o 1 PETROBRAS / PSP RH - 1/2012 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado das 60 (sessenta) questões objetivas,

Leia mais

O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 02 NOVEMBRO / 2009 O BANCO DO DESENVOLVIMENTO PROVA DISCURSIVA PROFISSION OFISSIONAL BÁSICO - ANÁLISE DE SISTEMAS - DESENVOL OLVIMENT VIMENTO (2 a FASE) LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA GUARDA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DEL-REI EDITAL Nº 008, DE 09/10/2015. ANEXO IV CURSO INTENSIVO DE FORMAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA GUARDA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DEL-REI EDITAL Nº 008, DE 09/10/2015. ANEXO IV CURSO INTENSIVO DE FORMAÇÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA GUARDA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DEL-REI EDITAL Nº 008, DE 09/10/2015. ANEXO IV CURSO INTENSIVO DE FORMAÇÃO O Curso Intensivo de Formação, de caráter eliminatório,

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE) 2 a FASE 16 BNDES EDITAL N o N 02/2011 o 01/2012 - () 2 a FASE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5 (cinco)

Leia mais

FACULDADE MERIDIONAL - IMED Escola de Direito. OLIMPÍADA JURÍDICA 2 a Edição

FACULDADE MERIDIONAL - IMED Escola de Direito. OLIMPÍADA JURÍDICA 2 a Edição FACULDADE MERIDIONAL - IMED Escola de Direito OLIMPÍADA JURÍDICA 2 a Edição REGULAMENTO A Faculdade Meridional IMED, através da Escola de Direito, NUJUR e Projeto de Monitoramento dos Resultados Obtidos

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EDITAL CMDCA N 01/2015 PROVA OBJETIVA: 09 DE AGOSTO DE 2015 CARGO: CONSELHEIRO TUTELAR

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EDITAL CMDCA N 01/2015 PROVA OBJETIVA: 09 DE AGOSTO DE 2015 CARGO: CONSELHEIRO TUTELAR CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EDITAL CMDCA N 01/2015 PROVA OBJETIVA: 09 DE AGOSTO DE 2015 CARGO: CONSELHEIRO TUTELAR Nome do Candidato (A) Assinatura INSTRUÇÕES AO CANDIDATO

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. FORMAÇÃO: ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE (2 a FASE)

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO. FORMAÇÃO: ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE (2 a FASE) 02 TARDE SETEMBRO / 2010 FORMAÇÃO: ANÁLISE DE SISTEMAS - SUPORTE (2 a FASE) LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este Caderno, com o enunciado das

Leia mais

CADERNO DE PROVAS OBJETIVA E REDAÇÃO

CADERNO DE PROVAS OBJETIVA E REDAÇÃO CADERNO DE PROVAS OBJETIVA E REDAÇÃO CURSO: PEDAGOGIA LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO: 1. Esta prova contém Redação e 20(vinte) questões objetivas. Caso o caderno esteja incompleto e/ou tenha qualquer

Leia mais

E P E ADVOGADO ÁREA JURÍDICA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

E P E ADVOGADO ÁREA JURÍDICA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 E P E ADVOGADO ÁREA JURÍDICA EDITAL N o 001/2012 - EPE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este caderno, com os enunciados das 50 (cinquenta) questões

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL SETEMBRO 2005 ANALIST ALISTA A DE NÍVEL SUPERIOR/TREINAMENT AMENTO 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO) 2 a FASE 14 BNDES EDITAL N o N 02/2011 o 01/2012 - () 2 a FASE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5 (cinco)

Leia mais

EDITAL EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA DA UPIS, ANO DE 2016.

EDITAL EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA DA UPIS, ANO DE 2016. EDITAL EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA DA UPIS, ANO DE 2016. A COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA

Leia mais

CADERNO DE PROVAS OBJETIVA E REDAÇÃO

CADERNO DE PROVAS OBJETIVA E REDAÇÃO CADERNO DE PROVAS OBJETIVA E REDAÇÃO CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO: 1. Esta prova contém Redação e 20(vinte) questões objetivas. Caso o caderno esteja incompleto

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PROVAS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PROVAS EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PROVAS No uso das atribuições legais, e mediantes as condições estipuladas nos Editais e Comunicados oficiais publicados no site www.selecao.uneb.br/dpe2012, CONVOCA os Candidatos

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA A Fundação Dr. João Penido Burnier torna público a abertura de inscrições ao CONCURSO DE SELEÇÃO para o preenchimento de vagas da especialidade

Leia mais

Fundação Leiria de Andrade

Fundação Leiria de Andrade Fundação Leiria de Andrade Seleção para o Curso de Especialização em Oftalmologia E d i t a l Nº 001/2011 A Fundação Leiria de Andrade, registrada no Conselho Nacional de Serviço Social sob o nº: 260.621

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2012

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2012 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2012 A Diretora Presidente do SICOOB Credicenm, no uso de suas atribuições legais e em parceria com o Setor de Recursos Humanos da Cooperativa,

Leia mais

Edital do Processo Seletivo

Edital do Processo Seletivo Edital do Processo Seletivo EDITAL GERAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PRÉ UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL 2016 A prefeitura municipal de São Mateus do Maranhão, por meio da secretaria

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016 A Profa. Ms. Lizika Goldchleger, Gerente Executiva da Faculdade Cultura Inglesa, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER que o Processo Seletivo para o

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL SETEMBRO 200 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado das 30 questões das Provas Objetivas, sem repetição

Leia mais

3º PROCESSO SELETIVO DE ESTÁGIO DE DIREITO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO DE Segunda CATEGORIA NO DISTRITO FEDERAL.

3º PROCESSO SELETIVO DE ESTÁGIO DE DIREITO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO DE Segunda CATEGORIA NO DISTRITO FEDERAL. 3º PROCESSO SELETIVO DE ESTÁGIO DE DIREITO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO DE Segunda CATEGORIA NO DISTRITO FEDERAL. EDITAL Nº 04, DE 29 DE OUTUBRO DE 2014. O DEFENSOR PÚBLICO-CHEFE DE SEGUNDA CATEGORIA

Leia mais

COREME Comissão de Residência Médica

COREME Comissão de Residência Médica EDITAL Nº 001/2016 - COREME A Comissão de Residência Médica (COREME) do CESUMAR Centro Universitário de Maringá e Hospital Municipal de Maringá através de convênio com a Prefeitura Municipal de Maringá

Leia mais

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA 2 o DIA MANHÃ GRUPO 2 Novembro / 2011 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A PROVA ESCRITA

ORIENTAÇÕES PARA A PROVA ESCRITA ORIENTAÇÕES PARA A PROVA ESCRITA 1.0 A Prova Escrita será realizada somente na cidade de Cuiabá, no dia 18 de setembro de 2011 (domingo), das 08h00min as 13h00min (Horário de Cuiabá/MT). Local: Universidade

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO VESTIBULINHO/2016 CURSOS DE ENSINO MÉDIO INTEGRADO AO TÉCNICO

EDITAL PROCESSO SELETIVO VESTIBULINHO/2016 CURSOS DE ENSINO MÉDIO INTEGRADO AO TÉCNICO EDITAL PROCESSO SELETIVO VESTIBULINHO/2016 CURSOS DE ENSINO MÉDIO INTEGRADO AO TÉCNICO Define e regulamenta o Processo Seletivo, para provimento de vagas oferecidas para os cursos de Ensino Médio Integrado

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO A Direção do Centro de Capacitação e Treinamento Unidade Simões Filho, no uso de suas atribuições legais, faz

Leia mais

ENSINO SECUNDÁRI O (11º e 12º ano)

ENSINO SECUNDÁRI O (11º e 12º ano) Governo dos Açores Escola Básica e Secundária de Velas ENSINO SECUNDÁRI O (11º e 12º ano) 2014 NORMAS GERAIS PARA A REALIZAÇÃO DOS EXAMES FINAIS NACIONAIS/PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANDRÉ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANDRÉ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANDRÉ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANDRÉ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO EDITAL Nº 02/2014 CONVOCAÇÃO PARA REALIZAÇÃO

Leia mais

EDITAL 2/2012. PROGEST Programa de Estudos em Engenharia, Sociedade e Tecnologia. Grupo de Pesquisa do CEFET-MG certificado pelo CNPq

EDITAL 2/2012. PROGEST Programa de Estudos em Engenharia, Sociedade e Tecnologia. Grupo de Pesquisa do CEFET-MG certificado pelo CNPq EDITAL 2/2012 Grupo de Pesquisa do CEFET-MG certificado pelo CNPq PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS PARA OS CURSOS DE CAPACITAÇÃO - ANO 2012-2º SEMESTRE O Coordenador Geral do PROGEST

Leia mais

FAMÍLIA E COMUNIDADE E PSIQUIATRIA ofertados pela UNINGÀ encontram-se devidamente aprovado pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

FAMÍLIA E COMUNIDADE E PSIQUIATRIA ofertados pela UNINGÀ encontram-se devidamente aprovado pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM). EDITAL Nº 01/2015 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO PARA A SELEÇÃO DE CANDIDATOS AOS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIAS EM CIRURGIA GERAL, CLÍNICA MÉDICA, MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE, PSIQUIATRIA DA UNINGA DE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA. COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA. COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016 Estarão abertas, das 9h00min do dia 18 de setembro de 2015 às 18h00min do dia 20 de

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N. 38 /2015. (Cria cargos, define o regime jurídico dos servidores da UniRV e. dá outras providências)

LEI COMPLEMENTAR N. 38 /2015. (Cria cargos, define o regime jurídico dos servidores da UniRV e. dá outras providências) LEI COMPLEMENTAR N. 38 /2015 (Cria cargos, define o regime jurídico dos servidores da UniRV e dá outras providências) A CÂMARA MUNICIPAL DE RIO VERDE-GO APROVA: Art. 1º - Aos servidores da UniRV Universidade

Leia mais

Reitoria Coordenadoria de Relações Internacionais. Edital No. 004/2014 COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS/INGLÊS SEM FRONTEIRAS

Reitoria Coordenadoria de Relações Internacionais. Edital No. 004/2014 COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS/INGLÊS SEM FRONTEIRAS Edital No. 004/2014 COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS/INGLÊS SEM FRONTEIRAS A coordenadoria de Relações Internacionais da UENP torna pública a abertura de inscrições e demais procedimentos relativos

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO TÉCNICO ÁREAS 1 e 2

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO TÉCNICO ÁREAS 1 e 2 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO TÉCNICO ÁREAS 1 e 2 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este caderno, com o enunciado das 30 questões objetivas, sem repetição

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Concurso Público n.º 01/2015. Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE IOMERÊ

MANUAL DO CANDIDATO. Concurso Público n.º 01/2015. Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE IOMERÊ MANUAL DO CANDIDATO Concurso Público n.º 01/2015 Estado de Santa Catarina MUNICÍPIO DE IOMERÊ Orientações e Instruções para a Realização das Provas 1. Do horário de comparecimento para a realização das

Leia mais

2.1-A inscrição no processo avaliativo será realizada pelo telefone: (62) 3201-7007 ou pelo e-mail: casgoias@gmail.com

2.1-A inscrição no processo avaliativo será realizada pelo telefone: (62) 3201-7007 ou pelo e-mail: casgoias@gmail.com SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE ENSINO ESPECIAL CENTRO DE CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO E DE ATENDIMENTO ÀS PESSOAS COM SURDEZ GOIÂNIA GOIÁS EDITAL Nº 001/2009 O Centro de Capacitação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: COORDENADOR DE INCLUSÃO DIGITAL CADERNO DE PROVAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: COORDENADOR DE INCLUSÃO DIGITAL CADERNO DE PROVAS CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A VERIFICAÇÃO GLOBAL 2015.2

FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A VERIFICAÇÃO GLOBAL 2015.2 FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A VERIFICAÇÃO GLOBAL 2015.2 A Coordenação Acadêmica do Curso de Direito no uso de suas funções regulamentares e com aprovação do Núcleo

Leia mais

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. DEZEMBRO / 009 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado das 0 questões objetivas, sem repetição ou falha, com a seguinte

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS A respeito de processo administrativo e da legislação administrativa brasileira, julgue os itens seguintes. 51 Se condenado por improbidade administrativa, o servidor público

Leia mais

VESTIBULAR Agendado. 2º semestre 2014. Informações Gerais: Resultado: 31 de julho, a partir das 14h no site www.fasar.com.br INSCRIÇÃO GRATUITA

VESTIBULAR Agendado. 2º semestre 2014. Informações Gerais: Resultado: 31 de julho, a partir das 14h no site www.fasar.com.br INSCRIÇÃO GRATUITA VESTIBULAR Agendado 2º semestre 2014 Informações Gerais: Data das Provas: 1º a 30 de Julho de 2014. (Terça 14h / Quarta 9h / Quinta 19h) Conteúdo das Provas: Conhecimentos Gerais e Redação. Resultado:

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL SETEMBRO 005 ALMOXARIFE e CONTROLADOR OLADOR DE PRODUÇÃO 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado

Leia mais

Edital de Seleção de Equipe para Aplicação de Provas do Vestibular

Edital de Seleção de Equipe para Aplicação de Provas do Vestibular O Grupo Educacional Unis, seleciona colaboradores para aplicação de provas presenciais aos(às) candidatos(as) do Vestibular 2016/2. 1 DAS VAGAS 1.1 As vagas de aplicadores serão estipuladas do dia 30/06/2016

Leia mais

Condições de Trabalho

Condições de Trabalho COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 0484-2012-01 ESPECIALISTA DA ÁREA DE SAÚDE II ERGONOMISTA 02 VAGAS PARA SÃO PAULO SP 40 HORAS SEMANAIS - R$ 4.402,42 A Diretoria de Recursos Humanos do SESI-SP abre inscrições

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL 13 CASA DA MOEDA DO BRASIL TÉCNICO INDUSTRIAL MECÂNICA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N o 01/2012 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este caderno, com

Leia mais

CAPÍTULO I DAS VAGAS E ÁREAS PARA ESTÁGIO

CAPÍTULO I DAS VAGAS E ÁREAS PARA ESTÁGIO PREFEITURA MUNICIPAL DE LENÇÓIS PAULISTA Praça das Palmeiras, 55 Fone (14) 3269-7000 Fax (14) 3269-7078 CEP 18682-900 Lençóis Paulista SP CNPJ: 46.200.846/0001-76 www.lencoispaulista.sp.gov.br PREFEITURA

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 1 Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe EDITAL DO CONCURSO PARA ESTAGIÁRIO EM ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 01/ DNRH, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2008. O Juiz Federal, Dr. Carlos Rebelo

Leia mais

ESTATUTO DA CRIANÇA E ADOLECENTE PROF. GUILHERME MADEIRA DATA 30.07.2009 AULA 01 e 02

ESTATUTO DA CRIANÇA E ADOLECENTE PROF. GUILHERME MADEIRA DATA 30.07.2009 AULA 01 e 02 TEMAS TRATADOS EM SALA ECA ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE PARTE CIVIL 1) Objeto art. 2º do ECA: a) Criança = 12 anos incompletos. b) Adolescente = 12 e 18 anos. Atenção: Pode o ECA ser aplicado à

Leia mais

I - DA FINALIDADE II - DA CONCEITUAÇÃO

I - DA FINALIDADE II - DA CONCEITUAÇÃO I - DA FINALIDADE 1. Este Normativo de Pessoal tem por finalidade estabelecer, definir e disciplinar os procedimentos para criação, extinção, remuneração, designação, contratação, substituição, dispensa

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO

INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO FEVEREIRO DE 2011 Telefones: (66) 3422 2461 / 6710 1 1. Apresentação da Incubadora de Empresas I-deia A Incubadora I-deia

Leia mais

3. Definições: Código de Classificação de Documentos do TJAM. Código: POP-STGARQ-001. Revisão: 06. Páginas 10. Data 31/05/2012.

3. Definições: Código de Classificação de Documentos do TJAM. Código: POP-STGARQ-001. Revisão: 06. Páginas 10. Data 31/05/2012. 001/20 - Providenciar o Arquivamento, : 1. Objetivo: Padronizar os procedimentos relacionados aos pedidos de arquivamento, desarquivamento e encaminhar os autos processuais findos oriundos das Unidades

Leia mais

EDITAL REFERENTE À PROVA PARA CERTIFICAÇÃO ANEPS DE AGENTES DE CRÉDITO

EDITAL REFERENTE À PROVA PARA CERTIFICAÇÃO ANEPS DE AGENTES DE CRÉDITO Através desse edital, a Associação Nacional das Empresas Prestadores de Serviço (ANEPS) e o Instituto Totum (empresa parceira da ANEPS responsável pela execução das provas) tornam públicas as condições

Leia mais

Este Caderno contém 34 questões de Conhecimentos Específicos: quatro discursivas e trinta de múltipla escolha, respectivamente.

Este Caderno contém 34 questões de Conhecimentos Específicos: quatro discursivas e trinta de múltipla escolha, respectivamente. Leia estas instruções: 1 2 3 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Caso se identifique em qualquer outro local deste

Leia mais

DECRETO N.º 2997, DE 02 DE MAIO DE 2007. DECRETA:

DECRETO N.º 2997, DE 02 DE MAIO DE 2007. DECRETA: DECRETO N.º 2997, DE 02 DE MAIO DE 2007. Regulamenta a realização dos Concursos Públicos para provimento dos cargos do Quadro de Pessoal Efetivo do Município de Vera Cruz. GUIDO HOFF, Prefeito Municipal

Leia mais

VESTIBULAR. 2º semestre 2014. Informações Gerais: Horário de realização das provas: das 14h às 18h, as provas serão aplicadas.

VESTIBULAR. 2º semestre 2014. Informações Gerais: Horário de realização das provas: das 14h às 18h, as provas serão aplicadas. VESTIBULAR 2º semestre 2014 Informações Gerais: Data das Provas: 1º de Junho de 2014 Horário de realização das provas: das 14h às 18h, as provas serão aplicadas. Conteúdo das Provas: Português, Conhecimentos

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL GABARITO 4 PROVA ROSA SETEMBRO 2005 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado das 30 questões das

Leia mais

Prefeitura Municipal de Petrolina Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE

Prefeitura Municipal de Petrolina Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NO CURSO DE DIREITO POR TRANSFERÊNCIA INTERNA, TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR Entrada 2º semestre letivo de 2014 Campus Universitário,

Leia mais

O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais,

O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais, RESOLUÇÃO N.º102 /97 - P.G.J. Estabelece normas para o exercício do controle externo da atividade de Polícia Judiciária pelo Ministério Público, previsto no artigo 129, inciso VII, da Constituição Federal

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA DE BOLSAS DE ESTUDO CAAPE/OAB-PE EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS PARA ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL ESA/PE

SELEÇÃO PÚBLICA DE BOLSAS DE ESTUDO CAAPE/OAB-PE EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS PARA ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL ESA/PE SELEÇÃO PÚBLICA DE BOLSAS DE ESTUDO CAAPE/OAB-PE EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDOS PARA ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL ESA/PE A Caixa de Assistência aos Advogados de Pernambuco CAAPE/OAB/PE,

Leia mais

Edital n.º 04/2008. Seleção para Ingresso ao Curso Técnico em Gestão Hoteleira Município de Rio Quente

Edital n.º 04/2008. Seleção para Ingresso ao Curso Técnico em Gestão Hoteleira Município de Rio Quente Edital n.º 04/2008 Seleção para Ingresso ao Curso Técnico em Gestão Hoteleira Município de Rio Quente A Secretaria de Estado da Educação SEE, por meio do Centro de Educação Profissional Sebastião de Siqueira

Leia mais

ATENÇÃO: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO SÓ ABRA O CADERNO DE QUESTÕES APÓS AUTORIZADO.

ATENÇÃO: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO SÓ ABRA O CADERNO DE QUESTÕES APÓS AUTORIZADO. ATENÇÃO: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO SÓ ABRA O CADERNO DE QUESTÕES APÓS AUTORIZADO. 01 - O candidato recebeu do fiscal o seguinte material: a) Este caderno de prova, com 20 (vinte) questões de

Leia mais

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS COMPRADORES E FORNECEDORES FUNDAÇÃO DE APOIO À UNIFESP

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS COMPRADORES E FORNECEDORES FUNDAÇÃO DE APOIO À UNIFESP MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS COMPRADORES E FORNECEDORES FUNDAÇÃO DE APOIO À UNIFESP 2015 ÍNDICE 1. Introdução... 2 2. Dos Objetivos Específicos... 2 3. Dos Envolvidos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 14/2014

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 14/2014 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 14/2014 A Agência de Desenvolvimento e Inovação Inova Sorocaba, Organização Social, sediada na Av. Itavuvu, 11.777 Parque Tecnológico, CEP 18.078-005, Sorocaba SP, torna público

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 0337-2012-01 BIBLIOTECÁRIO DIVISÃO DE EDUCAÇÃO ARARAQUARA E MATÃO SESI-SP

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 0337-2012-01 BIBLIOTECÁRIO DIVISÃO DE EDUCAÇÃO ARARAQUARA E MATÃO SESI-SP COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 0337-2012-01 BIBLIOTECÁRIO DIVISÃO DE EDUCAÇÃO ARARAQUARA E MATÃO SESI-SP A Diretoria de Recursos Humanos do SESI-SP abre inscrições para candidatos interessados em participar

Leia mais

Edital nº 2, de 12 de Julho de 2013 Publicado no Diário Oficial da União de 15 de Julho de 2013, seção 3, páginas 68 a 70.

Edital nº 2, de 12 de Julho de 2013 Publicado no Diário Oficial da União de 15 de Julho de 2013, seção 3, páginas 68 a 70. Edital nº 2, de 12 de Julho de 2013 Publicado no Diário Oficial da União de 15 de Julho de 2013, seção 3, páginas 68 a 70. INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA Inep EDITAL

Leia mais

CORRESPONDENTES NO PAÍS EDITAL REFERENTE À PROVA PARA CERTIFICAÇÃO ANEPS DE PROMOTORES DE CORRESPONDENTE

CORRESPONDENTES NO PAÍS EDITAL REFERENTE À PROVA PARA CERTIFICAÇÃO ANEPS DE PROMOTORES DE CORRESPONDENTE Através desse edital, a Associação Nacional Das Empresas Promotoras De Crédito e Correspondentes no País (ANEPS) e o Instituto Totum (empresa parceira da ANEPS responsável pela execução das provas) tornam

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL GESTÃO DE PATRIMÔNIO

MANUAL OPERACIONAL GESTÃO DE PATRIMÔNIO MANUAL OPERACIONAL GESTÃO DE PATRIMÔNIO ÍNDICE: CAPÍTULO 01 NORMA E PROCEDIMENTOS 1 - OBJETIVO 03 2 - VISÃO 03 3 - DISPOSIÇÕES GERAIS 03 4 - DEFINIÇÕES 03 5 - CLASSIFICAÇÃO 03 6 - PEDIDO DE MATERIAL PERMANENTE

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL SETEMBRO 00 TÉCNICA 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. a) este caderno, com o enunciado das 30 questões das Provas Objetivas,

Leia mais

EDITAL Nº 01 DDG/CGPROG/2013

EDITAL Nº 01 DDG/CGPROG/2013 PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES PARA OS CURSOS ANÁLISE E MELHORIA DE PROCESSOS E MÓDULO 3 GESTÃO DE PROCESSOS (PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE GERENTES OPERACIONAIS

Leia mais

GUIA DE PROCEDIMENTOS

GUIA DE PROCEDIMENTOS GUIA DE PROCEDIMENTOS ETAPAS 1. Pré-Avaliação 2. Solicitação de Inclusão 3. Entrevista de Avaliação 4. Análise para Inclusão 5. Inclusão 6. Modalidade de Proteção 7. Acompanhamento 8. Desligamento dos

Leia mais

Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Educação Superior e Profissional

Estado de Goiás Secretaria de Ciência e Tecnologia Superintendência de Educação Superior e Profissional Processo Seletivo para Ingresso nos Cursos Técnico de Nível Médio em Enfermagem, Técnico de Nível Médio em Informática e Técnico de Nível Médio em Comércio Edital nº 001/2010 A Secretaria de Estado de

Leia mais

CASA DA MOEDA DO BRASIL

CASA DA MOEDA DO BRASIL CASA DA MOEDA DO BRASIL GABARITO 1 PROVA AMARELA SETEMBRO 2005 AJUDANTE, ANTE, AUXILIAR DE PRODUÇÃO/ARMAZEN ODUÇÃO/ARMAZENAGEM, OPERADOR DE 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: LEIA ATENTAMENTE

Leia mais

9.6. Política de segurança para Usuários(PSU)... 14 9.7. Questionários de Segurança da Informação... 14 10. CONCLUSÃO... 14

9.6. Política de segurança para Usuários(PSU)... 14 9.7. Questionários de Segurança da Informação... 14 10. CONCLUSÃO... 14 ANEXO I PSI Índice 1. FINALIDADE... 4 2. ABRANGÊNCIA... 4 3. FREQUÊNCIA DE REVISÃO... 4 4. PORTAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO... 4 5. TERMOS E DEFINIÇÕES... 4 5.1. Segurança da Informação... 4 5.2. Confidencialidade...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO PAULISTA

PREFEITURA MUNICIPAL DO PAULISTA ANEXO I QUADRO DE VAGAS I - PARA A SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE EMPREGO / FORMAÇÃO TOTAL DE VAGAS VAGAS RESERVADA S P / PCD ANALISTA AMBIENTAL FORMAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL 01 - ANALISTA AMBIENTAL FORMAÇÃO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO EDITAL Nº 10/2013

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO EDITAL Nº 10/2013 EDITAL Nº 10/2013 O Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região torna público o processo seletivo para realização de estágio remunerado de estudantes de nível superior de curso na área de informática,

Leia mais

CURSOS DE NÍVEL SUPERIOR

CURSOS DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL PARA ABERTURA DE INSCRIÇÕES E REALIZAÇÃO DO PROCESSO SELETIVO DE ESTUDANTES, PELO CENTRO DE INTEGRAÇÃO EMPRESA ESCOLA CIEE, PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE ESTÁGIO DA COMPANHIA DE ÁGUA E ESGOTOS DA

Leia mais

ARMADOR DE FERRO, CARPINTEIRO DE FORMAS, ENCANADOR, PEDREIRO E PINTOR PREDIAL

ARMADOR DE FERRO, CARPINTEIRO DE FORMAS, ENCANADOR, PEDREIRO E PINTOR PREDIAL JULHO/2007 ARMADOR DE FERRO, CARPINTEIRO DE FORMAS, ENCANADOR, LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este caderno, com o enunciado das 30 questões das

Leia mais

REGULAMENTO DA COPESE 1

REGULAMENTO DA COPESE 1 REGULAMENTO DA COPESE 1 Dispõe sobre o planejamento, organização e execução de Processos Seletivos para os cursos regulares do IF Sudeste MG e Concursos Públicos para docentes do quadro permanente, em

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA COORDENAÇÃO DE COMPRAS COSCOM (GESUS) 1 de 9 OBJETIVO: Este Termo de Referência tem por objetivo definir o escopo do processo licitatório de constituição de Registro de Preço para eventual contratação

Leia mais