Red Lake. Game Design Document. Versão: 1.0. Autores: Gabriel Santana Gabriel Soares João Gabriel Juan Matheus Kaio Gomes Rodolfo Brito

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Red Lake. Game Design Document. Versão: 1.0. Autores: Gabriel Santana Gabriel Soares João Gabriel Juan Matheus Kaio Gomes Rodolfo Brito"

Transcrição

1 Autores: Gabriel Santana Gabriel Soares João Gabriel Juan Matheus Kaio Gomes Rodolfo Brito Red Lake Game Design Document Versão: 1.0 Goiânia, Junho de 2016

2 Índice 1. História Gameplay Personagens Universo do Jogo... 6

3 1. História 1.1 A história completa Em um certo final de semana, decididos a passar um tempo em família, os McKenley resolvem acampar em uma floresta a alguns quilômetros de sua cidade, conhecida localmente como Woodvine Forest. Eles alugam uma cabana localizada no meio das árvores, uma construção de madeira antiga, porém bastante aconchegante e grande o suficiente para a família passar um final de semana. Durante sua estadia, no entanto, uma tragédia ocorre: ao acordarem ao fim de tarde após o almoço, Ian e Sophie McKenley não conseguem encontrar sua filha, a pequena Everly. Após quase meia hora de desespero enquanto a procuram pela floresta densa, a menina é finalmente achada: seu corpo flutuando em um lago, inconsciente e pálido; seu brinquedo favorito boiando ao seu lado. A guarda florestal é acionada pelos pais. Mas já é tarde demais. Após o falecimento da criança, o casal procura continuar com sua vida, mas como esquecer do ocorrido? Como apagar da memória a imagem da inocente Everly flutuando morta no lago? Como seguir em frente sem a criança que cuidaram por sete anos? Surtado com sua impotência e repleto de culpa, Ian McKenley cai gradativamente em uma profunda depressão. Sophie, por sua vez, não se sente capaz de lidar com a perda da criança e o afastamento do marido, mas é a única fonte de esperança e força para o homem. Em Red Lagoon, acompanhamos Ian, um pai frustrado e em depressão se afogando em um universo atormentador onde é obrigado a reviver o momento mais traumatizante de sua vida: a morte de sua filha. Cabe a ele retornar ao local da tragédia, e finalmente entender o que ocorreu no local a fim de superar o trauma. 1.3 Sinopse Você acorda em uma floresta. Você não tem a menor ideia de onde está, o que exatamente está fazendo ali, e muito menos quem é você... A Woodvine Forest é um local macabro e repleto de mistérios, e no meio da densa escuridão você percebe que a realidade pode se tornar algo meramente abstrato. É seu objetivo explorar o ambiente e tudo ao seu alcance, a fim de entender o grande mistério que existe naquele local trágico. E a pergunta que não sai de sua cabeça é: se estas árvores pudessem falar, o que será que elas diriam?

4 2. Gameplay 2.1 Mecânica A mecânica de Red Lake é simples, intuitiva e remete aos clássicos jogos que se encaixam na mesma categoria, a de horror e sobrevivência. Neste jogo, deve-se andar pelo mapa a fim de coletar itens que lhe darão uma explicação maior sobre a história do jogo, explorando o local livremente. O jogador se movimentará pelo mapa através do uso dos comandos do teclado, utilizando WASD para andar, respectivamente, para frente, para a esquerda, para trás e para direita. O mouse também é uma parte essencial para a jogabilidade, uma vez que deverá ser usado para observar o ambiente e interagir com os objetos que são encontrados pelo mapa, coletando-os para que se ouça uma mensagem relacionada à história. Há, ainda, um inventário onde todos os objetos capturados ficarão localizados, e onde eles já ficarão organizados de acordo com sua ordem respectiva dentro do enredo. O inventário poderá ser acessado a qualquer momento. 2.2 O desafio principal e a derrota O jogador terá um desafio principal, que consiste no único inimigo presente no mapa: uma assombração que o persegue durante o jogo. Ao ser atingido pelo inimigo, o jogador morrerá. A decisão de não armar o personagem principal (seja com armas de fogo, brancas ou com qualquer tipo de ataque no geral) foi tomada com base na ideia de tornar o jogador mais apreensivo devido a sua fragilidade, causando ainda mais uma sensação de medo e terror ao encontrar o inimigo, já que ele é impossível de ser derrotado. A melhor maneira de vencer o seu adversário é fugindo e se escondendo de seu campo de visão, fazendo com que ele desiste de encontrar o jogador. 2.3 Progressão e vitória Em Red Lake, foi decidido construir um jogo extremamente focado no enredo. Desta forma, o único progresso se dá através da coleta de itens. Estes itens, como já foi mencionado anteriormente, contêm falas de personagens que de certa forma explicam, de maneira pouco óbvia, os acontecimentos principais da história. O player só poderá finalizar o jogo após coletar todos os itens e, após isso, utilizar seu inventário para ouvir as falas contidas em cada objeto, formando assim a história completa, sendo esta a única condição de vitória.

5 3. Personagens O jogo em si não possui tantos personagens, pois foi decidido focar no protagonista e em sua jornada pela sua própria mente. Ian McKenley: o nosso protagonista é um pai de família amoroso que, após o falecimento misterioso de sua única filha, entra em uma profunda depressão. O homem sente-se culpado pela morte da menina por ter sugerido a viagem ao local onde ela morreu, e por no momento de seu desaparecimento ele estar dormindo com sua esposa, deixando a garota sem qualquer tipo de vigilância. Isolando-se de todos, passando dias trancado em seu quarto e começando a mergulhar em alucinações devido ao profundo trauma, Ian se convence de que há algo de errado com a morte de filha, mas sua mente profundamente machucada não o permite entender ou sequer se recordar de todos os fatos corretamente... Ele acredita que a única maneira de desvendar exatamente o que ocorreu é voltando ao local da tragédia, mas ele faz isso de maneira pouco convencional: dentro de sua própria mente. Everly McKenley: esta é a vítima da história. A pequena Everly, durante uma viagem com seus pais, foi encontrada morta, seu corpo flutuando num lago próximo. Próximo dela, seu brinquedo favorito. Vista por seu pai como um espírito confuso e triste, a alma da menina o assombra durante sua jornada, mas jamais querendo realmente machucá-lo: ela quer apenas ajuda-lo a entender. A assombração de Woodvine: este é o inimigo principal do jogo, que não possui nome e nem imagem clara. A assombração persegue Ian durante todo o jogo, sendo capaz de mata-lo ao entrar em contato com o homem. Pouco se sabe a respeito deste personagem, mas há a possibilidade dele ter participado da morte de Everly. Sophie McKenley: a mãe de Everly, Sophie sofre com a morte da filha. A mulher não aparece diretamente no jogo, sendo apenas mencionada durante as falas, mas acredita-se que mesmo ferida emocionalmente, ela ainda busca ajudar o marido em sua profunda depressão. Melvin Dahmer: este senhor de idade é apenas mencionado durante o jogo, e é o senhor que aluga a casa onde os McKenley passam a noite. Ao fim do jogo, há a suspeita de que ele tenha tido grande participação na morte de Everly, e acredita-se que ele é a Assombração de Woodvine que atormenta o personagem principal.

6 4. Universo do Jogo 4.1 Cenários e o mapa O jogo se passa na já mencionada Woodvine Forest. É um local próximo da cidade natal da família McKenley, onde os três (pai, mãe e filha) foram passar o fim de semana juntos, e onde consequentemente ocorre a tragédia principal. A floresta foi feita com pouquíssima iluminação, a fim de criar a sensação de que o jogador está perdido e em constante ameaça. Foram implantadas também no cenário uma grande quantidade de árvores, de modo que o jogador sinta-se levemente claustrofóbico no local. Ao explorar o mapa, no entanto, você poderá encontrar outras áreas que também podem ser acessadas. Há uma casa no meio da floresta, que foi a cabana alugava pela família McKenley para passarem o fim de semana. Dentro da cabana é possível que se acesse diversos dos cômodos e que se interaja com alguns itens, a maioria deles, inclusive, essenciais para o enredo e para a progressão do jogo. A cabana foi modelada com diversos cômodos e móveis para que se pudesse remeter, de fato, a uma casa de família. Embora o imóvel seja alugado, já encontramos lá dentro quadros e fotos do que se parece ser outras pessoas que moravam naquela casa, provavelmente bem antes de ela ser usada para aluguel. Temos também uma pequena cabana de madeira, onde acredita-se que Melvin Dahmer, o dono da casa alugada, reside. Esta cabaninha também possui o interior completamente acessível, onde serão encontrados diversos itens interativos. Dentro do recinto, vemos também um alçapão que leva a um porão macabro, contando como ainda mais uma área a ser explorada. Além destas, possuímos também um lago (onde a filha foi encontrada morta, e que dá nome ao jogo) com um píer. Não muito longe, vemos também um parquinho de brincar, e, pouco além, um quarto localizado no meio das árvores. Este quarto também pode ser acessado para exploração. 4.2 A estrutura do ambiente e os significados Cada fase do jogo representa algo na história. O jogo em si ocorre dentro da mente do personagem principal, que devido ao trauma sofre constantes alucinações. A casa principal é o local alugado onde a família passou o fim de semana. É uma casa antiga, onde de fato outra família já residiu anos atrás. Lá nós teremos quadros, fotos e uma vitrola que, quando interagida, tocará uma música antiga, aproximadamente nos anos 50. Esta área do mapa representa o início da viagem dos McKenley, sua estadia e sua relativa inocência, mas sempre com uma certa suspeita de que algo não está completamente certo... A cabana de madeira já é um local bem menor, mais muito mais macabro. Ela será assombrada, e ao entrar nela será possível ouvir gritos distantes, rangidos e movimentos

7 suspeitos. A música nesta parte do mapa será mais pesada, mais sombria, pois representa uma possibilidade de ameaça: Melvin Dahmer, que acredita-se residir naquela cabaninha, é um sujeito bastante misterioso, e sua responsabilidade pela morte de Everly ainda é plausível. O mesmo se aplica ao porão dentro da casa, que representa o suspeito, o confuso, o misterioso... O parquinho, embora também assustador, terá um tom mais leve, pois representa a inocência de Everly, a menina encontrada morta, e a pureza da criança. O lago, o local do crime, terá um tom extremamente mais assustador, com uma trilha sonora mais horripilante, e ao se aprofundar no lago, gritos e sons ficam mais próximos de você, e mais frequentes. O quarto encontrado no meio das árvores é uma representação em si do inexplicável, do sobrenatural, e onde ocorrerá um dos maiores sustos do jogo em sua versão final. O recinto tocará uma música que trará um sentimento de agonia, confusão, apreensão, medo... Ele é a representação do sobrenatural justamente para indicar ao jogador que nada do que está acontecendo parece pertencer ao mundo real. Um quarto, desconectado de uma casa, aleatoriamente construído no meio de uma floresta? Não parece muito com algo normal de se ver... - Inclua ilustrações de todos os mapas e fases do jogo;

Game Design: Creepy Castle

Game Design: Creepy Castle Game Design: Creepy Castle Flee or Die Todos Direitos Reservados 2013 Allan Elias Ramos Versão #1.0 12/04/2013 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. VISÃO GERAL DO JOGO 4 QUANTO AO TIPO DE OBJETOS MANIPULADOS 4 QUANTO

Leia mais

De volta para casa. Game Design Document. Versão: 2.0. Alessandra RA 1385789. Aline RA 1382286. Allan RA 1385006. Fabio RA 1385806.

De volta para casa. Game Design Document. Versão: 2.0. Alessandra RA 1385789. Aline RA 1382286. Allan RA 1385006. Fabio RA 1385806. De volta para casa Game Design Document Versão: 2.0 Professor Orientador: Esp. Marcelo Henrique dos Santos Autores: Alessandra RA 1385789 Aline RA 1382286 Allan RA 1385006 Fabio RA 1385806 Iris RA 1383599

Leia mais

A jornada do herói. A Jornada do Herói

A jornada do herói. A Jornada do Herói A Jornada do Herói Artigo de Albert Paul Dahoui Joseph Campbell lançou um livro chamado O herói de mil faces. A primeira publicação foi em 1949, sendo o resultado de um longo e minucioso trabalho que Campbell

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

A CURA DE UM MENINO Lição 31

A CURA DE UM MENINO Lição 31 A CURA DE UM MENINO Lição 31 1 1. Objetivos: Mostrar o poder da fé. Mostrar que Deus tem todo o poder. 2. Lição Bíblica: Mateus 17.14-21; Marcos 9.14-29; Lucas 9.37-43 (Leitura bíblica para o professor)

Leia mais

A ILUSÃO NOS ADOECE E A REALIDADE NOS CURA. O ENIGMA DA DOENÇA E DA CURA

A ILUSÃO NOS ADOECE E A REALIDADE NOS CURA. O ENIGMA DA DOENÇA E DA CURA 1 A ILUSÃO NOS ADOECE E A REALIDADE NOS CURA. O ENIGMA DA DOENÇA E DA CURA José Fernando de Freitas RESUMO Os doentes têm uma relação especial com suas doenças. A mente diz que quer se curar, mas, na realidade,

Leia mais

SAMUEL, O PROFETA Lição 54. 1. Objetivos: Ensinar que Deus quer que nós falemos a verdade, mesmo quando não é fácil.

SAMUEL, O PROFETA Lição 54. 1. Objetivos: Ensinar que Deus quer que nós falemos a verdade, mesmo quando não é fácil. SAMUEL, O PROFETA Lição 54 1 1. Objetivos: Ensinar que Deus quer que nós falemos a verdade, mesmo quando não é fácil. 2. Lição Bíblica: 1 Samuel 1 a 3 (Base bíblica para a história o professor) Versículo

Leia mais

O menino e o pássaro. Rosângela Trajano. Era uma vez um menino que criava um pássaro. Todos os dias ele colocava

O menino e o pássaro. Rosângela Trajano. Era uma vez um menino que criava um pássaro. Todos os dias ele colocava O menino e o pássaro Era uma vez um menino que criava um pássaro. Todos os dias ele colocava comida, água e limpava a gaiola do pássaro. O menino esperava o pássaro cantar enquanto contava histórias para

Leia mais

ENG1000 Introdução à Engenharia

ENG1000 Introdução à Engenharia ENG1000 Introdução à Engenharia Aula 03 Game Design Document Edirlei Soares de Lima Game Design Document Um Game Design Document (GDD) é um documento que descreve todos aspectos

Leia mais

BRINCADEIRA É COISA SÉRIA

BRINCADEIRA É COISA SÉRIA BRINCADEIRA É COISA SÉRIA Márcia Maria Almeida Figueiredo Mestre em Educação e professora do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais Agora eu era o rei Era o bedel e era também juiz E pela minha

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

Um crente bêbado é melhor que o sóbrio desviado Pr. Harry Tenório. Pelo teu nome por sua vida eu não farei uma coisas dessas! 2 Sm 11.

Um crente bêbado é melhor que o sóbrio desviado Pr. Harry Tenório. Pelo teu nome por sua vida eu não farei uma coisas dessas! 2 Sm 11. Um crente bêbado é melhor que o sóbrio desviado Pr. Harry Tenório Pelo teu nome por sua vida eu não farei uma coisas dessas! 2 Sm 11.11 Introdução Negar princípios parece ser uma coisa comum em nossos

Leia mais

Manual de Regras. Dificuldade do Jogo. Preparação e Componentes. Preparação do Baralho de Eventos. Agora vocês estão prontos para jogar!

Manual de Regras. Dificuldade do Jogo. Preparação e Componentes. Preparação do Baralho de Eventos. Agora vocês estão prontos para jogar! Separe as peças de Abismo; Preparação do Baralho de Eventos Embaralhe e empilhe as Peças de Caminho. Distribua Peça de Caminho para cada Jogador; Separe as 5 cartas de Abismo do baralho, então embaralhe

Leia mais

6 MILHÕES de casas em Portugal. O seu lar reflete-o. por APAV OS NÚMEROS NESTE CATÁLOGO PRECISAM DE DIMINUIR ATÉ 2016

6 MILHÕES de casas em Portugal. O seu lar reflete-o. por APAV OS NÚMEROS NESTE CATÁLOGO PRECISAM DE DIMINUIR ATÉ 2016 6 MILHÕES de casas em Portugal O seu lar reflete-o OS NÚMEROS NESTE CATÁLOGO PRECISAM DE DIMINUIR ATÉ 2016 por APAV 02 FAMÍLIA 03 > FAMÍLIA 1 /semana A violência doméstica foi responsável por uma morte/semana

Leia mais

chuva forte suas filhas não estavam em casa, decidiram chamar moradores vizinhos a ajudar a encontrá-las. Procuraram em cada casa, loja e beco que

chuva forte suas filhas não estavam em casa, decidiram chamar moradores vizinhos a ajudar a encontrá-las. Procuraram em cada casa, loja e beco que As Três Amigas Em 1970, em uma cidade pequena e calma, havia três amigas muito felizes, jovens e bonitas. O povo da cidade as conhecia como um trio de meninas que não se desgrudavam, na escola só tiravam

Leia mais

CARLOS HENRIQUE NASCIMENTO JOÃO CASTRO BARBOSA DE SOUZA LUIZ FERNANDO NAI RIBEIRO ROSECLÉIA DE SOUZA OLIVEIRA AS AVENTURAS DE SACI

CARLOS HENRIQUE NASCIMENTO JOÃO CASTRO BARBOSA DE SOUZA LUIZ FERNANDO NAI RIBEIRO ROSECLÉIA DE SOUZA OLIVEIRA AS AVENTURAS DE SACI CARLOS HENRIQUE NASCIMENTO JOÃO CASTRO BARBOSA DE SOUZA LUIZ FERNANDO NAI RIBEIRO ROSECLÉIA DE SOUZA OLIVEIRA AS AVENTURAS DE SACI SENAC - Lapa Tito SÃO PAULO 2013 2 CARLOS HENRIQUE NASCIMENTO JOÃO CASTRO

Leia mais

Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições

Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições O. T. Brito Pág. 2 Dedicado a: Minha filha única Luciana, Meus três filhos Ricardo, Fernando, Gabriel e minha esposa Lúcia. Pág. 3 Índice 1 é o casamento

Leia mais

QUESTÃO 1 Texto para as questões 1, 2 e 3.

QUESTÃO 1 Texto para as questões 1, 2 e 3. Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSARÁ O 7º ANO EM 2012 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: QUESTÃO 1 Texto para as questões 1, 2 e 3. Considere as afirmações I.

Leia mais

OLHANDO FIRMEMENTE PARA JESUS

OLHANDO FIRMEMENTE PARA JESUS OLHANDO FIRMEMENTE PARA JESUS Autor e Consumador da Nossa Fé (Hebreus 12) Introdução: Para uma melhor compreensão do texto sobre o qual vamos meditar durante todo esse ano, é necessário observar que ele

Leia mais

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento Eu e umas amigas íamos viajar. Um dia antes dessa viagem convidei minhas amigas para dormir na minha casa. Nós íamos para uma floresta que aparentava ser a floresta do Slender-Man mas ninguém acreditava

Leia mais

O HOMEM DE VERDADE 1 : Olhando pelas lentes pelas quais vêem as mulheres

O HOMEM DE VERDADE 1 : Olhando pelas lentes pelas quais vêem as mulheres Introdução O HOMEM DE VERDADE 1 : Olhando pelas lentes pelas quais vêem as mulheres Sonia de Alcantara IFRJ/UGB sonia.alcantara@ifrj.edu.br Letícia Mendes Pereira, Lohanna Giovanna Gonçalves da Silva,

Leia mais

Amor. Amor Livre. Amor Livre

Amor. Amor Livre. Amor Livre ...Se o desejo de ser amado for mais forte e você se prender a alguém com insistência, ele se aborrecerá e acabará se afastando de você. O primeiro estágio do amor é a simpatia. A simpatia aumenta e se

Leia mais

O LAVA JATO MACABRO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

O LAVA JATO MACABRO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA O LAVA JATO MACABRO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA Rua alameda dom Pedro II n 718 Venda da cruz São Gonçalo. e-mail:jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.LAGE DA CASA.DIA Renam está sentado na

Leia mais

ESTUDO DA VITIMOLOGIA 3ª Parte Estudo caso Izabella Nardoni/ 11/04/2008.

ESTUDO DA VITIMOLOGIA 3ª Parte Estudo caso Izabella Nardoni/ 11/04/2008. ORGANOGRAMA DO PROGRAMA DE CRIMINOLOGIA ACADEMIA DE ENSINO SUPERIOR SOROCABA-2008 TOMO V ESTUDO DA VITIMOLOGIA 3ª Parte Estudo caso Izabella Nardoni/ 11/04/2008. Informações e imagens obtidas de Jornais,

Leia mais

THALES GUARACY. Liberdade para todos. Leitor iniciante. Leitor em processo. Leitor fluente ILUSTRAÇÕES: AVELINO GUEDES

THALES GUARACY. Liberdade para todos. Leitor iniciante. Leitor em processo. Leitor fluente ILUSTRAÇÕES: AVELINO GUEDES Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente THALES GUARACY Liberdade para todos ILUSTRAÇÕES: AVELINO GUEDES PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona Liberdade para todos THALES GUARACY

Leia mais

REGÊNCIA DO ALÉM CONTADOR (VOICE OVER)

REGÊNCIA DO ALÉM CONTADOR (VOICE OVER) REGÊNCIA DO ALÉM FADE IN SEQUÊNCIA # 01: CENA 01: EXT. IMAGENS DA CIDADE DE ARARAS DIA. Imagem do Obelisco da praça central da cidade, da igreja Matriz, Centro Cultural, rodoviária, Lago Municipal e cemitério.

Leia mais

O Menino do Futuro. Dhiogo José Caetano

O Menino do Futuro. Dhiogo José Caetano O Menino do Futuro Dhiogo José Caetano 1 Início da história Tudo começa em uma cidade pequena do interior de Goiás, com o nome de Uruana. Havia um garoto chamado Dhiogo San Diego, um pequeno inventor que

Leia mais

AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO

AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO Bíblia para crianças apresenta AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da

Leia mais

Dia 14. Quando Deus PARECE DISTANTE

Dia 14. Quando Deus PARECE DISTANTE Dia 14 Quando Deus PARECE DISTANTE Ele se escondeu do seu povo, mas eu confio nele e nele ponho a minha esperança. Isaías 8.17; NTLH Deus é real, a despeito de como você se sinta. É fácil adorar a Deus

Leia mais

www.rockstarsocial.com.br

www.rockstarsocial.com.br 1 1 Todos os Direitos Reservados 2013 Todas As Fotos Usadas Aqui São Apenas Para Descrição. A Cópia Ou Distribuição Do Contéudo Deste Livro É Totalmente Proibida Sem Autorização Prévia Do Autor. AUTOR

Leia mais

Geração Graças Peça: Os Cofrinhos

Geração Graças Peça: Os Cofrinhos Geração Graças Peça: Os Cofrinhos Autora: Tell Aragão Personagens: Voz - não aparece mendigo/pessoa Nervosa/Ladrão faz os três personagens Menina 1 Menina 2 Voz: Era uma vez, duas irmãs que ganharam dois

Leia mais

Quem tem medo da Fada Azul?

Quem tem medo da Fada Azul? Quem tem medo da Fada Azul? Lino de Albergaria Quem tem medo da Fada Azul? Ilustrações de Andréa Vilela 1ª Edição POD Petrópolis KBR 2015 Edição de Texto Noga Sklar Ilustrações Andréa Vilela Capa KBR

Leia mais

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior C omo este é o mês das crianças, decidi propor para aqueles que estão em busca de autoconhecimento, alguns exercícios que ajudam a entrar

Leia mais

Módulo III Objetos de Aprendizagem ALFABETIZAÇÃO

Módulo III Objetos de Aprendizagem ALFABETIZAÇÃO ALFABETIZAÇÃO Guia do professor Introdução A leitura e a escrita são instrumentos que auxiliam a promoção da inclusão social. Sendo assim, a alfabetização é um processo relevante e imprescindível para

Leia mais

Perdão. Fase 7 - Pintura

Perdão. Fase 7 - Pintura SERM7.QXD 3/15/2006 11:18 PM Page 1 Fase 7 - Pintura Sexta 19/05 Perdão Porque, se vocês perdoarem as pessoas que ofenderem vocês, o Pai de vocês, que está no Céu também perdoará vocês. Mas, se não perdoarem

Leia mais

14º Dia 12 de Março QUANDO DEUS PARECE DISTANTE. Ele se escondeu do seu povo, mas eu confio nele e nele ponho a minha esperança. Isaías 8.

14º Dia 12 de Março QUANDO DEUS PARECE DISTANTE. Ele se escondeu do seu povo, mas eu confio nele e nele ponho a minha esperança. Isaías 8. 14º Dia 12 de Março QUANDO DEUS PARECE DISTANTE Ele se escondeu do seu povo, mas eu confio nele e nele ponho a minha esperança. Isaías 8.17 Deus é real, a despeito de como você se sinta. É fácil adorar

Leia mais

GDD Game Design Document. Late Redemption

GDD Game Design Document. Late Redemption GDD Game Design Document Late Redemption Equipe de Projeto Carla Sampaio César Tegani Tofanini Jennifer Chuin Lee Marcos Donato da Silva Matheus Leonardo Parolin Rafael Sangalli Rodrigo Leite Introdução

Leia mais

DEDICATÓRIA. Dedico esta obra a todos os leitores de Uma. Incrível História Euro-Americana no período em

DEDICATÓRIA. Dedico esta obra a todos os leitores de Uma. Incrível História Euro-Americana no período em DEDICATÓRIA Dedico esta obra a todos os leitores de Uma Incrível História Euro-Americana no período em que esta foi postada no blog Dexaketo, tornando-a o folhetim mais lido na história do blog até meados

Leia mais

1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015

1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015 1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015 JESUS ESTÁ COMIGO QUANDO SOU DESAFIADO A CRESCER! OBJETIVO - Saber que sempre que são desafiados a crescer ou assumir responsabilidades, Jesus está com

Leia mais

A influência do contexto social na obra Chapeuzinho Vermelho

A influência do contexto social na obra Chapeuzinho Vermelho A influência do contexto social na obra Chapeuzinho Vermelho Guilherme Argenta Souza Ceres Helena Ziegler Bevilaqua UFSM A obra Chapeuzinho Vermelho é um clássico da literatura universal, apreciada por

Leia mais

Uma noite de verão, diz o ator, estaria no centro da história.

Uma noite de verão, diz o ator, estaria no centro da história. Uma noite de verão, diz o ator, estaria no centro da história. Nem um sopro de vento. E já ali, imóvel frente à cidade de portas e janelas abertas, entre a noite vermelha do poente e a penumbra do jardim,

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens.

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens. GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO Os alunos do estudaram as descrições de personagens e a partir da criação de um personagem da imaginação deles puderam escrever um texto descritivo. Compartilharam a produção

Leia mais

As 12 Vitimas do Medo.

As 12 Vitimas do Medo. As 12 Vitimas do Medo. Em 1980 no interior de São Paulo, em um pequeno sítio nasceu Willyan de Sousa Filho. Filho único de Dionizia de Sousa Millito e Willian de Sousa. Sempre rodeado de toda atenção por

Leia mais

3. Games. 3.1. Jogo, Definição e História

3. Games. 3.1. Jogo, Definição e História 3. Games Os jogos eletrônicos são amplamente conhecidos por games. Isbister & Schaffer, (2008; p.3) descortinam o crescente interesse pelas pesquisas sobre jogos ao comentar o estado da arte deste campo

Leia mais

Game Design: A segurança da humanidade em suas mãos

Game Design: A segurança da humanidade em suas mãos Game Design: A segurança da humanidade em suas mãos Todos Direitos Reservados 2013 Bruno Ruaro Confortin Versão # 1.01 22/04/2013 Índice 1. INTRODUÇÃO 4 2. VISÃO GERAL DO JOGO 5 QUANTO AO TIPO DE OBJETOS

Leia mais

UNIFORMES E ASPIRINAS

UNIFORMES E ASPIRINAS SER OU NÃO SER Sujeito desconfiava que estava sendo traído, mas não queria acreditar que pudesse ser verdade. Contratou um detetive para seguir a esposa suspeita. Dias depois, se encontrou com o profissional

Leia mais

The Sims e the Sims 2

The Sims e the Sims 2 As ferramentas de Autoria já são usadas há muito tempo nos jogos eletrônicos. Muitos jogos são, de fato, grandes sistemas de autoria, onde o jogador possui várias ferramentas para criar seus próprios objetivos.

Leia mais

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha Ensino Fundamental Turma: PROJETO INTERPRETA AÇÂO (INTERPRETAÇÃO) Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): DISCIPLINA:

Leia mais

Introdução. De que adianta estudar filosofia se não para melhorar o seu pensamento sobre as questões importantes do dia a dia? Ludwig Wittgenstein

Introdução. De que adianta estudar filosofia se não para melhorar o seu pensamento sobre as questões importantes do dia a dia? Ludwig Wittgenstein Introdução De que adianta estudar filosofia se não para melhorar o seu pensamento sobre as questões importantes do dia a dia? Ludwig Wittgenstein O que a filosofia tem a ver com o dia a dia? Tudo! Na verdade,

Leia mais

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME CENA 1. HOSPITAL. QUARTO DE. INTERIOR. NOITE Fernanda está dormindo. Seus pulsos estão enfaixados. Uma enfermeira entra,

Leia mais

All rights reserved by Self-Realization Fellowship. Índice

All rights reserved by Self-Realization Fellowship. Índice Índice Faça da Vida uma Aventura Divina... 3 Pensamentos para a Alma Destemida... 11 Antídotos Práticos para o Medo e a Ansiedade... 14 Elimine da Mente a Estática do Medo... 19 A Mente Destemida e o Corpo

Leia mais

14 segredos que você jamais deve contar a ele

14 segredos que você jamais deve contar a ele Link da matéria : http://www.dicasdemulher.com.br/segredos-que-voce-jamais-deve-contar-aele/ DICAS DE MULHER DICAS DE COMPORTAMENTO 14 segredos que você jamais deve contar a ele Algumas lembranças e comentários

Leia mais

Curando suas Vidas Passadas Explorando as Várias Vidas da Alma

Curando suas Vidas Passadas Explorando as Várias Vidas da Alma Curando suas Vidas Passadas Explorando as Várias Vidas da Alma Roger Woolger, Ph. D. Introdução Capítulo 1 A história por trás da história Capítulo 2 Como nos lembramos de vidas passadas Capítulo 3 Vidas

Leia mais

A idéia de Diana é criar um mundo perfeito, feito pelo que há de melhor em todas as raças. Por isso, as mulheres mais belas são respeitas na

A idéia de Diana é criar um mundo perfeito, feito pelo que há de melhor em todas as raças. Por isso, as mulheres mais belas são respeitas na As Amazonas As amazonas têm um sistema de vida bastante peculiar. Em primeiro lugar, todas são mulheres, grande parte bonitas, e todas devotas da deusa Diana. Vivem em pequenas cidades dentro de florestas,

Leia mais

TIPOS DE RELACIONAMENTOS

TIPOS DE RELACIONAMENTOS 68 Décima-Segunda Lição CONSTRUINDO RELACIONAMENTOS DE QUALIDADE Quando falamos de relacionamentos, certamente estamos falando da inter-relação de duas ou mais pessoas. Há muitas possibilidades de relacionamentos,

Leia mais

e sua turma UMA AVENTURA AMAZONICA

e sua turma UMA AVENTURA AMAZONICA e sua turma UMA AVENTURA AMAZONICA Floresta Amazônica. Você vai ver só, dona Dorothy! Os negócios vão de vento em popa! A venda de animais silvestres vem melhorando a cada dia! E a extração de madeira

Leia mais

Tristes Olhos 1. Lamonier Charles Souza de ARAÚJO 2 * Itamar de Morais NOBRE 3 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Tristes Olhos 1. Lamonier Charles Souza de ARAÚJO 2 * Itamar de Morais NOBRE 3 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN Tristes Olhos 1 Lamonier Charles Souza de ARAÚJO 2 * Itamar de Morais NOBRE 3 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN RESUMO O presente trabalho trata-se de um registro fotográfico realizado

Leia mais

PREPARANDO-SE PARA O CASAMENTO UMA PALESTRA PARA FILHOS E PAIS

PREPARANDO-SE PARA O CASAMENTO UMA PALESTRA PARA FILHOS E PAIS PREPARANDO-SE PARA O CASAMENTO UMA PALESTRA PARA FILHOS E PAIS Judith Sonja Garbers - Psicóloga Jörg Garbers Ms. de Teologia PERGUNTAS FREQUENTES Quem deve pedir em casamento? Que idade deve ter? Quanto

Leia mais

A proposta deste trabalho, a partir da história fictícia de Melvin, protagonista do

A proposta deste trabalho, a partir da história fictícia de Melvin, protagonista do Prévia do Estudo de Caso A proposta deste trabalho, a partir da história fictícia de Melvin, protagonista do filme Melhor Impossível, tem o intuito de fazer a correlação entre a vivência do personagem

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

Acorda, seu Zé Preguiça, hoje é domingo. Dia do Senhor. A sua mãe tá passando a roupa que você separou ontem, e o seu café já está pronto, só

Acorda, seu Zé Preguiça, hoje é domingo. Dia do Senhor. A sua mãe tá passando a roupa que você separou ontem, e o seu café já está pronto, só Acorda, seu Zé Preguiça, hoje é domingo. Dia do Senhor. A sua mãe tá passando a roupa que você separou ontem, e o seu café já está pronto, só esperando a sua boa vontade. Felipe tentou voltar a dormir,

Leia mais

TÍTULO: GAME - INCLUSÃO SOCIAL APAE DE SANTA BÁRBARA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: COMUNICAÇÃO SOCIAL

TÍTULO: GAME - INCLUSÃO SOCIAL APAE DE SANTA BÁRBARA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: COMUNICAÇÃO SOCIAL TÍTULO: GAME - INCLUSÃO SOCIAL APAE DE SANTA BÁRBARA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE SANTA BÁRBARA AUTOR(ES): JACQUEKINE

Leia mais

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA LENDA DA COBRA GRANDE Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA CRUZEIRO DO SUL, ACRE, 30 DE ABRIL DE 2012. OUTLINE Cena 1 Externa;

Leia mais

Atividades Lição 5 ESCOLA É LUGAR DE APRENDER

Atividades Lição 5 ESCOLA É LUGAR DE APRENDER Atividades Lição 5 NOME: N º : CLASSE: ESCOLA É LUGAR DE APRENDER 1. CANTE A MÚSICA, IDENTIFICANDO AS PALAVRAS. A PALAVRA PIRULITO APARECE DUAS VEZES. ONDE ESTÃO? PINTE-AS.. PIRULITO QUE BATE BATE PIRULITO

Leia mais

O Menino do futuro. Dhiogo José Caetano Uruana, Goiás Início da história

O Menino do futuro. Dhiogo José Caetano Uruana, Goiás Início da história O Menino do futuro Dhiogo José Caetano Uruana, Goiás Início da história Tudo começa em uma cidade pequena do interior de Goiás, com o nome de Uruana. Havia um garoto chamado Dhiogo San Diego, um pequeno

Leia mais

Casa Templária, 9 de novembro de 2011.

Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Mais uma vez estava observando os passarinhos e todos os animais que estão ao redor da Servidora. Aqui onde estou agora é a montanha, não poderia ser outro lugar.

Leia mais

EXISTE O INFERNO? Introdução

EXISTE O INFERNO? Introdução EVANGELISMO PESSOAL EXISTE O INFERNO 1 EXISTE O INFERNO? Introdução A. Um dos temas religiosos mais carregados de emoção é o tema do Inferno. Que sucede depois da morte física? Há algo mais além do túmulo

Leia mais

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Apresentaremos 4 lições, que mostram algum personagem Bíblico, onde as ações praticadas ao longo de sua trajetória abençoaram a vida de muitas

Leia mais

Quem tem boca vai a Roma

Quem tem boca vai a Roma Quem tem boca vai a Roma AUUL AL A MÓDULO 14 Um indivíduo que parece desorientado e não consegue encontrar o prédio que procura, aproxima-se de outro com um papel na mão: - Por favor, poderia me informar

Leia mais

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012.

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. MALDITO de Kelly Furlanetto Soares Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. 1 Em uma praça ao lado de uma universidade está sentado um pai a

Leia mais

Gregor Samsa e a Patologia da Normalidade

Gregor Samsa e a Patologia da Normalidade Gregor Samsa e a Patologia da Normalidade Edvanio da Silva PINHEIRO 1 PUCPR Vem por aqui dizem-me alguns com olhos doces Estendendo-me os braços e seguros De que seria bom que eu os ouvisse Quando me dizem:

Leia mais

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava O Príncipe das Histórias Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava histórias. Ele gostava de histórias de todos os tipos. Ele lia todos os livros, as revistas, os jornais, os

Leia mais

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 1 1. Objetivos: Ensinar que Eliézer orou pela direção de Deus a favor de Isaque. Ensinar a importância de pedir diariamente a ajuda de Deus. 2. Lição Bíblica: Gênesis 2

Leia mais

HISTÓRIA DE LINS. - Nossa que cara é essa? Parece que ficou acordada a noite toda? Confessa, ficou no face a noite inteira?

HISTÓRIA DE LINS. - Nossa que cara é essa? Parece que ficou acordada a noite toda? Confessa, ficou no face a noite inteira? HISTÓRIA DE LINS EE PROF.PE. EDUARDO R. de CARVALHO Alunos: Maria Luana Lino da Silva Rafaela Alves de Almeida Estefanny Mayra S. Pereira Agnes K. Bernardes História 1 Unidas Venceremos É a história de

Leia mais

Curso DOT Dias 07, 14 e 21/08/2013

Curso DOT Dias 07, 14 e 21/08/2013 Curso DOT Dias 07, 14 e 21/08/2013 Nosso grupo: Foto modificada pelo FOTOFLEX ANTES Foto modificada pelo FOTOFLEX DEPOIS Fotoflexer usando animações Fotoflexer Decorate>Bordes>Vignette/Matte Fotoflexer

Leia mais

A Revelação. São José dos Campos, 30 de Junho 1995 numa sessão gravada.

A Revelação. São José dos Campos, 30 de Junho 1995 numa sessão gravada. A Revelação Esta comunicação é mediúnica e foi gravada, e nesta, se observa que nalguns pontos, há interferências do médium. Especialmente onde há referências aos milagres de Jesus, Ele mesmo, no livro

Leia mais

CONFLITO EM GAZA: ENTENDA A GUERRA ENTRE ISRAEL E OS PALESTINOS

CONFLITO EM GAZA: ENTENDA A GUERRA ENTRE ISRAEL E OS PALESTINOS CONFLITO EM GAZA: ENTENDA A GUERRA ENTRE ISRAEL E OS PALESTINOS Um assunto que volta e meia ocupa as manchetes de jornais do mundo inteiro há décadas é a questão sobre o conflito entre israelenses e palestinos

Leia mais

Seminário Valores da Convivência na vida pública e privada

Seminário Valores da Convivência na vida pública e privada Seminário Valores da Convivência na vida pública e privada Diversidade e Identidade Reinaldo Bulgarelli 23 e 24 de junho reinaldo@txaiconsultoria.com.br Reinaldo Bulgarelli Reinaldo Bulgarelli é sócio-diretor

Leia mais

DE ANNA O. A GISELE BÜNDCHEN O TRABALHO PARA CONSTRUIR A VERDADEIRA IDENTIDADE AINDA É UM CAMINHO A PERCORRER. HELEN GUARESI *

DE ANNA O. A GISELE BÜNDCHEN O TRABALHO PARA CONSTRUIR A VERDADEIRA IDENTIDADE AINDA É UM CAMINHO A PERCORRER. HELEN GUARESI * 3 DE ANNA O. A GISELE BÜNDCHEN O TRABALHO PARA CONSTRUIR A VERDADEIRA IDENTIDADE AINDA É UM CAMINHO A PERCORRER. HELEN GUARESI * O que é que pode haver em comum entre estas duas mulheres, onde a primeira

Leia mais

II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA

II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR LÉO LOHLER ENSINO FUNDAMENTAL II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA PROJETO: JOGOS - A MANEIRA DIVERTIDA DE FICAR INTELIGENTE PROFESSORA ORIENTADORA:

Leia mais

As crianças adotadas e os atos anti-sociais: uma possibilidade de voltar a confiar na vida em família 1

As crianças adotadas e os atos anti-sociais: uma possibilidade de voltar a confiar na vida em família 1 As crianças adotadas e os atos anti-sociais: uma possibilidade de voltar a confiar na vida em família 1 Resumo: Os atos anti-sociais são para Winnicott, quando ocorrida a perda da confiabilidade no ambiente,

Leia mais

Videogames por uma poética da interatividade Entrevista com Marie-Laure Ryan

Videogames por uma poética da interatividade Entrevista com Marie-Laure Ryan Videogames por uma poética da interatividade Entrevista com Marie-Laure Ryan Júlia Pessôa 1 No atual contexto das investigações acadêmicas dos jogos eletrônicos, a pesquisadora suíça Marie-Laure Ryan,

Leia mais

Lição. Versículo Bíblico "Seja forte e corajoso". Josué 1:7 (NVI)

Lição. Versículo Bíblico Seja forte e corajoso. Josué 1:7 (NVI) FRUTOS-1 Descoberta Lição 12 4-6 Anos C rescimento e Mutualidade são os "Frutos" enfatizados para as crianças de 4 a 6 anos nesse currículo. Nós começamos aprendendo que a Bíblia é o melhor livro da Terra

Leia mais

E sua sede começa a crescer Em angústia e desespero Enquanto os ruídos da cachoeira Da grande cachoeira das eras O convoca para mergulhar Mergulhar

E sua sede começa a crescer Em angústia e desespero Enquanto os ruídos da cachoeira Da grande cachoeira das eras O convoca para mergulhar Mergulhar Uma Estória Pois esta estória Trata de vida e morte Amor e riso E de qualquer sorte de temas Que cruzem o aval do misterioso desconhecido Qual somos nós, eu e tu Seres humanos Então tomemos acento No dorso

Leia mais

BAPAK FALA AOS CANDIDATOS

BAPAK FALA AOS CANDIDATOS BAPAK FALA AOS CANDIDATOS PRÓLOGO Subud é um contacto com o poder de Deus Todo Poderoso. Para as pessoas que consideram difícil aceitar tal afirmação, Subud pode ser descrito como a realidade mais além

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 59 Discurso em ato comemorativo do

Leia mais

Análise Kinect: Disney Adventures (Xbox 360)

Análise Kinect: Disney Adventures (Xbox 360) Análise Kinect: Disney Adventures (Xbox 360) Date : 2 de Dezembro de 2011 Costumo dizer que a evolução, a que nível e em que área for, é algo que temos de encarar como normal e inevitável mas, também costumo

Leia mais

Começou a se preocupar com a própria morte quando passou dos sessenta anos. Como não fumava nem bebia, não imaginou que pudesse ter algum problema de

Começou a se preocupar com a própria morte quando passou dos sessenta anos. Como não fumava nem bebia, não imaginou que pudesse ter algum problema de Começou a se preocupar com a própria morte quando passou dos sessenta anos. Como não fumava nem bebia, não imaginou que pudesse ter algum problema de saúde. Ao lembrar que seus pais morreram com menos

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA I. E. S.O.S JESUS

ESCOLA BÍBLICA I. E. S.O.S JESUS Data: 03/03/08 COMO A MORTE ENTROU NO MUNDO PECADO Significa errar o alvo, rebelião, desobediência. etc. HERMENEUTICA A arte de interpretar o sentido das palavras em leis, textos, Romanos, 5 : 12 12 Portanto,

Leia mais

ESTAMOS DE MUDANÇA UM GUIA PARA FAMÍLIAS EM MUDANÇA DE CASA, DE CIDADE, DE PAÍS

ESTAMOS DE MUDANÇA UM GUIA PARA FAMÍLIAS EM MUDANÇA DE CASA, DE CIDADE, DE PAÍS ESTAMOS DE MUDANÇA UM GUIA PARA FAMÍLIAS EM MUDANÇA DE CASA, DE CIDADE, DE PAÍS ALICIA MACEDO ESTAMOS DE MUDANÇA UM GUIA PARA FAMÍLIAS EM MUDANÇA DE CASA, DE CIDADE, DE PAÍS estamos de mudança Categoria:

Leia mais

Leiamos o Texto Sagrado:

Leiamos o Texto Sagrado: Um encontro com Jesus Mateus 14.22-32 Pr. Fernando Fernandes (PIB em Penápolis) Cristo em Casa Glicério, 27/08/2009 Leiamos o Texto Sagrado: Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem

Leia mais

Primeiro como tragédia, depois como farsa

Primeiro como tragédia, depois como farsa Primeiro como tragédia, depois como farsa Slavoj Žižek Humano, demasiado humano 1 Os meios de comunicação israelenses adoram tratar das imperfeições e dos traumas psíquicos dos soldados israelenses, apresentando-os

Leia mais

CASOS COM TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE E PROCESSO COM HOMÍCIDIOS DOLOSOS

CASOS COM TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE E PROCESSO COM HOMÍCIDIOS DOLOSOS ANDRESSA FRANCIELLI ROCHA CASOS COM TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE E PROCESSO COM HOMÍCIDIOS DOLOSOS IVAIPORÃ PR 2012 INTRODUÇÃO Como se há de verificar, por meio desse trabalho será apresentado modelos

Leia mais

Equipe Dragon Ball World Z

Equipe Dragon Ball World Z Equipe Dragon Ball World Z Introdução 3 Cadastro.4 Tela Inicial...5 Personagens Principais...8 Sala do Tempo...10 Troca de Personagens...11 Treinar...12 Batalha...13 Vitória e Derrota...15 Contato...16

Leia mais

A Importância da Família na Educação

A Importância da Família na Educação A Importância da Família na Educação Não caminhes à minha frente Posso não saber seguir-te. Não caminhes atrás de mim Posso não saber guiar-te. Educadora Social Dra. Joana Valente Caminha antes a meu lado

Leia mais

UNIDADE LETIVA 2 ANEXO 1

UNIDADE LETIVA 2 ANEXO 1 UNIDADE LETIVA 2 ANEXO 1 HISTÓRIAS COM GENTE DENTRO REFUGIADOS À procura da paz Testemunho de Ibraim (nome fictício) O meu nome é Ibraim, sou natural de um país africano, tenho 25 anos, e estou alojado

Leia mais

INF 1771 Inteligência Artificial

INF 1771 Inteligência Artificial Edirlei Soares de Lima INF 1771 Inteligência Artificial Aula 24 Inteligência Artificial em Jogos Introdução Surgiu com a criação dos primeiros jogos (Pac-Man, Space Invaders...).

Leia mais

A ILUSTRAÇÃO NO LIVRO DE LITERATURA INFANTO-JUVENIL: UM PROJETO EM ANDAMENTO

A ILUSTRAÇÃO NO LIVRO DE LITERATURA INFANTO-JUVENIL: UM PROJETO EM ANDAMENTO A ILUSTRAÇÃO NO LIVRO DE LITERATURA INFANTO-JUVENIL: UM PROJETO EM ANDAMENTO Maria da Graça Cassano 1 1 Dos fatores determinantes para a pesquisa O trabalho com a literatura infanto-juvenil desenvolvido

Leia mais

A MONSTRUOSIDADE E SUAS FACES EM NOTRE-DAME DE PARIS. A obra Notre-Dame de Paris de Victor Hugo tornou-se uma fonte de matéria-prima

A MONSTRUOSIDADE E SUAS FACES EM NOTRE-DAME DE PARIS. A obra Notre-Dame de Paris de Victor Hugo tornou-se uma fonte de matéria-prima 1 A MONSTRUOSIDADE E SUAS FACES EM NOTRE-DAME DE PARIS Maria Conceição Lima Santos (UFS/DLE) I. INTRODUÇÃO A obra Notre-Dame de Paris de Victor Hugo tornou-se uma fonte de matéria-prima que vem contribuindo

Leia mais