PLANO DE TRABALHO DOCENTE DE ARTE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE TRABALHO DOCENTE DE ARTE"

Transcrição

1 1 PLANO DE TRABALHO DOCENTE DE ARTE PROFESSOR: DAVI DOS SANTOS FERREIRA COLÉGIO ESTADUAL DARIO VELLOZO. SÉRIE(S): 8ºANO C/D, 9º ANO A/C, 1º ANO A/B/C/D e Contraturno em Música AVALIAÇÃO: Instrumentos de avaliação: Prova prática e/ou teórica peso 8,0 e trabalhos, seminários e apresentações práticas e/ou teóricos peso 2,0. Recuperação Prova de recuperação terá peso de 100% caso o aluno não alcance o aproveitamento total nos trabalhos e provas. Poderão ser realizadas várias recuperações ou ainda, 01(uma) única avaliação ao término do bimestre. Critérios De Avaliação Domínio do conhecimento teórico e participação em um trabalho conceitual. Domínio conceitual. Entendimento conceitual dos diferentes períodos e movimentos da história da arte popular e brasileira Avaliação do trabalho prático coletivo tema, criação, pesquisa e apresentação

2 8º ANO - ENS. FUND. CONTEÚDOS BÁSICOS E ESTRUTURANTES 1º Bimestre ARTE NO SÉCULO XX. / ARTE CONTEMPORÂNEA. - INDÚSTRIA CULTURAL Relação entre musica e artes visuais Artes visuais Ponto, linha, forma, textura, superfície, volume, cor e luz. Abstrato e figurativo Cores: Primárias, secundárias, neutras, círculo cromático e complementar Semelhanças e Contrastes (Sombra própria e Projetada) Estilização e Deformação /Ritmo visual Releitura Técnicas: desenho, fotografia, audiovisual, pintura, escultura, modelagem, gravura, e técnica mista Ritmo/melodia/Harmonia 2º Bimestre ARTE NO SÉCULO XX. / ARTE CONTEMPORÂNEA. - INDÚSTRIA CULTURAL Relação entre Música e dança Movimento corporal; espaço; tempo. Movimento corporal: Kinesfera, Ponto de apoio, Peso, Fluxo, Quedas, saltos, giros, Rolamentos, Eixo, Movimentos articulares, Tempo: Lento, rápido e moderado, Aceleração e desaceleração, Espaço: Níveis, Deslocamento, Direções e Planos. Coreografia / Composição/Improvisação Personagem Expressões faciais e Corporais, Figurino. Gêneros: Espetáculo, indústria cultural, étnica, folclórica e popular. Danças urbanas hip hop, jazz Composição/Apresentação em dança Ritmo/melodia/Harmonia 3º Bimestre ARTE NO SÉCULO XX. / ARTE CONTEMPORÂNEA. - INDÚSTRIA CULTURAL ARTE INDÍGENA, AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA, 4º Bimestre ARTE NO SÉCULO XX. / ARTE CONTEMPORÂNEA. - INDÚSTRIA CULTURAL, REALISMO, EXPRESSIONISMO E CINEMA NOVO. Relação entre Musica e Teatro Teatro Elementos da linguagem teatral: Personagem (expressões corporais, vocais, gestuais e faciais) Ação / Espaço Representação no Cinema e Mídias Texto Dramático, Maquiagem, Sonoplastia e Roteiro. Técnicas: jogos teatrais, sombra, adaptação cênica e improviso. 2

3 3 COMPLEMENTACAO CURRICULAR ANUAL Prevenção ao uso indevido de drogas, sexualidade humana Educação ambiental Educação fiscal Enfrentamento a violência contra criança e o adolescente História e cultura afro-brasileira e africana. Aulas expositivas; Debates; Vídeos; Confecção de trabalhos para expor no dia da consciência negra 20 de novembro. ENCAMINHAMENTOS METODOLÓGICOS Estudo de texto e discussão através de debate. Aulas expositivas; Pesquisas; Apreciação de Vídeos, Imagens e Músicas por meio das mídias disponíveis. Produção individual; Atividades em grupo Produção de trabalhos utilizando diferentes modos de composição e organização Exposição e apresentação dos trabalhos. interpretação, composição, dublagem e paródia; Utilização do laboratório de informática e pátio Criação de blogs Realização e mostra de trabalhos por meio da internet Realizar jogos lúdicos para fixação do conteúdo Visitas técnicas Atenção: Em certas aulas será sugerido que os alunos tragam netbook, tablet, notebook para realizarem os trabalhos exclusivamente nas aulas de arte com autorização do professor seguindo as regras da escola. O material é de responsabilidade do aluno. A escola não se responsabiliza por eventuais danos e perdas. JUSTIFICATIVA/ OBJETIVO: Compreensão do conhecimento da Arte* no cinema e nas mídias, sua função social e ideológica de veiculação e consumo. Perceber os modos de fazer Arte nas diferentes mídias, utilizando recursos tecnológicos, compreendendo a arte da sociedade contemporânea e de outras épocas. Apreciar e produzir trabalhos de Arte abordando a mídia e os recursos tecnológicos a partir dos elementos formais. Perceber os modos de fazer Arte utilizando diferentes espaços. Compreender as diferentes formas de representação presentes nas práticas contemporâneas. Apropriação prática e teórica das tecnologias e modos de composição das artes nas mídias, relacionadas à produção, a divulgação e ao consumo. Compreensão dos elementos que estruturam e organizam a Arte e sua relação com o movimento artístico no qual se originaram. Produção de trabalhos de composição artística (arte, música, teatro e dança) utilizando equipamentos e recursos tecnológicos. Possibilitar a apreciação e experimentação, ao estudante, das diversas manifestações artísticas, compreendendo-as como diferentes maneiras de expressão do ser humano através do tempo e proporcionando um pensar e agir na ressignificação de atitudes e valores, visando à transformação social.

4 9º ANO - ENS.FUND. CONTEÚDOS BÁSICOS ESTRUTURANTES 1º Bimestre Relação entre musica e arte visuais Artes visuais VANGUARDAS, MODERNA E CONTEMPORÂNEA. Ponto, linha, forma, superfície, textura, volume, cor e luz. Bidimensional/tridimensional Gêneros fotográficos (foto montagem) Figura Fundo (História da fotografia) Ritmo visual Técnicas: pintura, escultura, modelagem, colagem, grafite, desenho, performance e técnica mista. Gênero: Paisagem urbana e cenas do cotidiano 2º Bimestre VANGUARDAS, MODERNA E CONTEMPORÂNEA. Relação entre musica e dança Dança Movimento corporal: Kinesfera, Ponto de apoio, Peso, Fluxo, Quedas, saltos, giros Rolamentos Extensão (perto e longe) Tempo: Coreografia Deslocamento Espaço Gênero: performance e moderna Expressões faciais e Corporais Figurino Criação e Apresentação em dança 3º Bimestre VANGUARDAS, MODERNA E CONTEMPORÂNEA. MÚSICA ENGAJADA, POPULAR BRASILEIRA E CONTEMPORÂNEA. Elementos da linguagem musical: Altura, Duração, Timbre, Intensidade e Densidade Ritmo/Melodia/Harmonia. Gêneros: folclórico, popular e étnico. Interpretação, composição, dublagem e paródia. Arte indígena, africana e afro-brasileira, consciência negra. 4º Bimestre TEATRO: ENGAJADO, DO OPRIMIDO, DO ABSURDO E POBRE VANGUARDAS. Relação entre musica e teatro 4

5 5 Elementos da linguagem teatral: Personagem (expressões corporais, vocais) Ação Teatro Técnicas: monólogo, jogos teatrais, direção, ensaio, teatro-forum. Dramaturgia/Cenografia/Sonoplastia/Figurino/Iluminação/Maquiagem /Espaço COMPLEMENTACAO CURRICULAR ANUAL Prevenção ao uso indevido de drogas, sexualidade humana Educação ambiental Educação fiscal Enfrentamento a violência contra criança e o adolescente História e cultura afro-brasileira e africana. ENCAMINHAMENTOS METODOLÓGICOS Estudo de texto e discussão através de debate Aulas expositivas; Pesquisas; Apreciação de Vídeos, Imagens e Músicas por meio das mídias disponíveis. Produção individual; Atividades em grupo Produção de trabalhos utilizando diferentes modos de composição e organização Exposição e apresentação dos trabalhos. interpretação, composição, dublagem e paródia; Utilização do laboratório de informática e pátio Criação de blogs Realização e mostra de trabalhos por meio da internet Realizar jogos lúdicos para fixação do conteúdo Visitas técnicas Atenção: Em certas aulas será sugerido que os alunos tragam netbook, tablet, notebook para realizarem os trabalhos exclusivamente nas aulas de arte com autorização do professor seguindo as regras da escola. O material é de responsabilidade do aluno. A escola não se responsabiliza por eventuais danos e perdas. JUSTIFICATIVA/ OBJETIVO: Compreensão do conhecimento da Arte* enquanto ideologia e fator de transformação social. Perceber os modos de fazer Arte* e sua função social. Apreciar e produzir trabalhos de Arte a partir dos elementos formais. Produzir trabalhos de arte com ênfase nos elementos de composição. Perceber os modos de fazer Arte utilizando diferentes espaços. Compreender as diferentes formas de representação presentes no cotidiano, suas origens e práticas contemporâneas. Produzir trabalhos em arte visando à atuação do sujeito em sua realidade singular e social. Compreensão dos elementos que estruturam e organizam a Arte e sua relação com o movimento artístico no qual se originaram. Possibilitar a apreciação e experimentação, ao estudante, das diversas manifestações artísticas, compreendendo-as como diferentes maneiras de expressão do ser humano através do tempo e proporcionando um pensar e agir na ressignificação de atitudes e valores visando à transformação social.

6 6 1º ANO - ENS. MÉDIO CONTEÚDOS BÁSICOS ESTRUTURANTES 1º Bimestre ARTE: HISTÓRIA, CONCEITO E FUNÇÃO DA ARTE Relação entre musica e arte visuais Historia da arte: relação entre som e imagem na história Pré-história/Antiguidade /Idade Média Renascimento Moderno: clássica, barroca, romântica, clássico, erudito, profano e sacro Contemporâneas - mídias, imprensa, indústria cultural, arte digital e cibercultura IMAGEM: ELEMENTOS, TIPOS E EVOLUÇÃO Linha, ponto, cor, luz, Forma; Textura; Estrutura; Superfície; Volume; Figura e fundo; Desenho figurativo; Bidimensional; 3D; Ilusão de ótica Fotografia: conceito e as mídias sociais SOM E IMAGEM E SUAS RELAÇÕES Padrões de gosto na história da arte 2º Bimestre Relação entre musica e arte visuais Musica Elementos da linguagem musical: Altura, Duração, Timbre, Intensidade e Densidade. Ritmo/melodia/Harmonia Técnicas: vocal, instrumental, mista e improvisação Dança Movimento corporal; espaço; tempo. Movimento corporal: Kinesfera, Ponto de apoio, Peso, Fluxo, Quedas, saltos, giros, Rolamentos, Eixo, Movimentos articulares, Tempo: Lento, rápido e moderado, Aceleração e desaceleração, Espaço: Níveis, Deslocamento, Direções e Planos. Coreografia/ Composição/Improvisação Personagem Expressões faciais e Corporais, Figurino. Gêneros: Espetáculo, indústria cultural, étnica, folclórica e popular. Danças urbanas hip hop, jazz Criação e Apresentação 3º Bimestre Altura, Duração, Timbre, Intensidade, Densidade, Ritmo, Melodia, Harmonia. Técnicas: vocal, percussão corporal, instrumental e mista, Gêneros: erudito, clássico, popular, étnico, folclórico e Popular. Composição/Improvisação parodia, dublagem, interpretação Popular Brasileira 4º Bimestre Relação entre musica, teatro e cinema Musica

7 7 Teatro e cinema Personagem: expressões corporais, vocais, gestuais e faciais. Ação. Espaço Técnicas: jogos teatrais, teatro direto, ensaio, Roteiro, Encenação e leitura dramática; mímica. Caracterização, Cenografia, sonoplastia, figurino e iluminação. Direção e Produção. Historia, elementos do cinema Produção de vídeo e pequenas peças de cinema em sala de aula Conceitos básicos de edição de imagens e sons a partir de softwares COMPLEMENTACAO CURRICULAR ANUAL Prevenção ao uso indevido de drogas, sexualidade humana Educação ambiental Educação fiscal Enfrentamento a violência contra criança e o adolescente História e cultura afro-brasileira e africana. ENCAMINHAMENTOS METODOLÓGICOS Estudo de texto e discussão através de debate Aulas expositivas; Pesquisas; Apreciação de Vídeos, Imagens e Músicas por meio das mídias disponíveis. Produção individual; Atividades em grupo Produção de trabalhos utilizando diferentes modos de composição e organização Exposição e apresentação dos trabalhos. interpretação, composição, dublagem e paródia; Utilização do laboratório de informática e pátio Criação de blogs Realização e mostra de trabalhos por meio da internet Audição e contemplação de obras clássicas Realizar jogos lúdicos para fixação do conteúdo Visitas técnicas Atenção: Em certas aulas será sugerido que os alunos tragam netbook, tablet, notebook para realizarem os trabalhos exclusivamente nas aulas de arte com autorização do professor seguindo as regras da escola. O material é de responsabilidade do aluno. A escola não se responsabiliza por eventuais danos e perdas. JUSTIFICATIVA/ OBJETIVO: Perceber os modos de fazer arte e sua função social. Compreender os elementos que estruturam e organizam as artes (dança, música, teatro e artes visuais) e sua relação com os movimentos e períodos. Compreender os elementos que estruturam e organizam linguagens da arte e sua relação com a sociedade contemporânea. Reconhecer os modos de estruturar e compor a arte na cultura de diferentes povos. Analisar a produção de arte em diferentes perspectivas históricas e culturais. Identificar e produzir diferentes possibilidades de técnicas, gêneros e modos de composições Reconhecer os elementos formais e de composição da música, dança, das artes visuais e teatro. Compreender o significado da arte na sociedade contemporânea e na mídia Conhecer os modos de fazer arte nas diferentes culturas e mídias, sua função social e ideológica de veiculação e consumo. Perceber as diferentes possibilidades de trabalhos de arte utilizando equipamentos e recursos tecnológicos. Compreenda as linguagens da arte como ideologia e como fator de transformação social. Produzir trabalhos com enfoque da arte como ideologia e como fator de transformação social. Reconhecer a si mesmo como criador e produtor de trabalhos de arte, inserido em determinado tempo e espaço.

8 ATIVIDADE CONTRATURNO PERIÓDICA EM MUSICA CONTEÚDOS BÁSICOS E ESTRUTURANTES Elementos formais (timbre, altura, densidade, intensidade e duração) Elementos de composição (melodia, ritmo e harmonia) Movimentos e períodos (história da música popular brasileira) Notas musicais Ritmos variados da MPB e musica contemporânea Composição Interpretação Posição do violão Acordes Leitura e criação de representação gráfica (partitura) Noções de técnica Notas no braço do violão Noções de percussão e Noções de canto ENCAMINHAMENTOS METODOLÓGICOS Aulas expositivas; Pesquisas; Apreciação de Vídeos, Imagens e Músicas (TV pendrive); Produção individual; Atividades em grupo Produção de trabalhos utilizando diferentes modos de composição e organização Realizar jogos lúdicos para fixação do conteúdo Será criado um repertório com músicas de várias épocas, lugares, regiões do país. Cada música transmitida seguirá uma ordem de dificuldades e técnicas a serem aprendidas. Todas serão contextualizadas. Faremos pesquisas (biblioteca e informática) sobre suas características funções e influências desta na história do país. Também será pesquisado sobre o compositor em qual período histórico este estava inserido. Após aprender o repertório iniciaremos apresentações didáticas na qual estaremos multiplicando e compartilhando o conhecimento com a comunidade. Também teremos momentos de criação (utilizando instrumentos e programas de computador), após estudarmos sobre as técnicas os alunos serão estimulados a compor e improvisar. Fazendo-se cumprir assim os três processos do encaminhamento metodológico presente nas DCEs: o teorizar, o sentir e perceber e o trabalho artístico. JUSTIFICATIVA/ OBJETIVO: Compreender os elementos que estruturam e organizam a música; Desenvolver maior sensibilidade estético-crítica; Alcançar progressivo desenvolvimento musical, rítmico, melódico, harmônico e tímbrico nos processos de interpretar, compor e improvisar; Ler, interpretar e produzir representações gráficas (partituras) Apropriar-se de maneira prática e teórica dos modos de composição da música brasileira; Criar repertório para apresentações aberta a comunidade escolar e para interferências sociais em espaços públicos. 8

9 9 RECURSOS DIDÁTICOS TV pendrive/projetor multimídia/aparelho de som/celular/computadores/ Materiais diversos: Quadro, giz, tintas, papéis variados, cola, tesoura, lápis de cor, jornais, revistas, cartazes, entre outros. Laboratório de informática e de química. Instrumentos musicais Sala de aula, biblioteca, Quadra de esporte e pátio da escola. Internet /Bibliografias /Figurino e maquiagem. Atenção: Em certas aulas será sugerido que os alunos tragam netbook, tablet, notebook para realizarem os trabalhos exclusivamente nas aulas de arte com autorização do professor seguindo as regras da escola. O material é de responsabilidade do aluno. A escola não se responsabiliza por eventuais danos e perdas. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ISAÍAS MARCHESI JR. - Atividades de Educação Artística. Volume 2 Editora Ática VELLO, VALDEMAR; COLUCCI, MÔNICA E ARIANE, PAULA. Artes: Pranchas de Linguagem Visual Minigaleria e Glossário - Volume 1, 2, 3 e 4. Editora Scipione. São Paulo, CANTELE, BRUNA RENATA E LEONARDI, ANGELA CANTELE. Arte Linguagem Visual. Ensino Fundamental 5ª a 8ª série - Vol 2. Coleção Horizontes. IBEP, SP.- Companhia Editora Nacional. PARANÁ, Secretaria do Estado da Educação. Diretrizes curriculares da educação básica do Estado do Paraná de Arte. Curitiba, PARANÁ, Secretaria do Estado da Educação. Cadernos didáticos: a inserção dos conteúdos de história e cultura afro-brasileira nos currículos escolares. Curitiba, TEIXEIRA, W. M. Caderno de musicalização: canto e flauta doce. Secretaria de Estado da Educação Departamento de Educação Básica. Curitiba: SEED, JEANDOT, N. Explorando o universo da música. São Paulo: Scipione, BRITO, T. A. de. Música na educação infantil: proposta para a formação integral da criança. São Paulo: Peirópolis, MENEZES, f. A acústica musical em palavras e sons. São Paulo: Ateliê editorial, TINHORÃO, J. R. Música popular. 3 ed. São Paulo: Editora34 Ltda, PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Editora Ática, SPOLIN, Viola. Jogos Teatrais para Sala de Aula: Um manual para professor. Viola Spolin (tradução: Ingrid Dormien Koudela). São Paulo: Perspctiva, FERRAZ, Maria Heloísa Corrêa de Toledo. Arte na educação escolar / Maria Heloísa Corrêa de Toledo Ferraz e Maria Felisminda de Rezende e Fusari. 4. Ed. São Paulo: Cortez, MARQUES, Isabel M. de A. Ensino de dança hoje. Textos e contextos. São Paulo: Cortez, 1999.

Colégio Estadual Pedro Araujo Neto Ensino Fundamental e Médio PROPOSTA CURRICULAR DE ARTE DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

Colégio Estadual Pedro Araujo Neto Ensino Fundamental e Médio PROPOSTA CURRICULAR DE ARTE DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO Colégio Estadual Pedro Araujo Neto Ensino Fundamental e Médio PROPOSTA CURRICULAR DE ARTE DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO General Carneiro 2010 APRESENTAÇÃO GERAL DA DISCIPLINA A primeira forma de manifestação

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE ARTE TEMA: CIRCO

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE ARTE TEMA: CIRCO TEMA: CIRCO 1. ano Reconhecimento e análise de formas visuais presentes na natureza e nas diversas culturas Utilização de elementos da linguagem visual: linha, cor, forma Representação por meio de colagem,

Leia mais

PROPOSTA PEDAGÓGICA DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR CURRICULAR EM CONTRATURNO. MACROCAMPO: Cultura e Artes. ATIVIDADE: Música e Teatro

PROPOSTA PEDAGÓGICA DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR CURRICULAR EM CONTRATURNO. MACROCAMPO: Cultura e Artes. ATIVIDADE: Música e Teatro COLÉGIO ESTADUAL DO CAMPO SÃO ROQUE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO. Rua Érico Veríssimo s/n Cep: 85.892-000 Fone/fax: (45) 3276-1195 E Mail: shasantahelena@seed.pr.gov.br e colestsantahelena@yahoo.com.br Site:

Leia mais

DIA DA SEMANA EVENTO NOME DO EVENTO TURNO HORÁRIO DATAS 20/05, 27/05, 03/06, 10/06 E 17/06/2013. MANHÃ 08:00 às 12:00 2ª FEIRA

DIA DA SEMANA EVENTO NOME DO EVENTO TURNO HORÁRIO DATAS 20/05, 27/05, 03/06, 10/06 E 17/06/2013. MANHÃ 08:00 às 12:00 2ª FEIRA 1 A.M. 69062 LENDO IMAGENS ATRAVÉS DE ALBERTO MANGUEL * Ementa: Leitura de imagens a partir da teoria de Alberto Manguel e por meio de diálogo entre as obras de arte selecionadas, autor e apreciadores.

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009

PLANO DE ENSINO 2009 PLANO DE ENSINO 2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( X ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Pedagogia Disciplina

Leia mais

Arte Ensino Fundamental. Fase Final (6º a 9º ano)

Arte Ensino Fundamental. Fase Final (6º a 9º ano) Arte Ensino Fundamental Fase Final (6º a 9º ano) 2012 APRESENTAÇÃO Caro(a) professor(a), (...) Protege-me das incursões obrigatórias que sufocam o prazer da descoberta e com o silêncio ( intimamente sábio

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS

CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS Turno: VESPERTINO Autorizado pela Resolução UNIV. nº 25, de16 de setembro de 2002. Para completar o currículo pleno do curso superior de graduação em Licenciatura

Leia mais

PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS 7º ano / Ensino Fundamental Área: Linguagem códigos e suas tecnologias Disciplina: Arte carga horária: 80 horas

PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS 7º ano / Ensino Fundamental Área: Linguagem códigos e suas tecnologias Disciplina: Arte carga horária: 80 horas MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS 7º ano / Ensino Fundamental Área: Linguagem códigos e

Leia mais

I CFD. Área: ARTE Série: 6º ANO 1º TRIMESTRE ARTE VISUAL

I CFD. Área: ARTE Série: 6º ANO 1º TRIMESTRE ARTE VISUAL Série: 6º ANO 1º TRIMESTRE ARTE VISUAL. Arte Rupestre. Arte Africana. Arte Indígena Brasileira Valorizar o(s) autor (es) dos objetos culturais apreciados, conhecendo aspectos de suas principais obras;

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV ARTE

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV ARTE CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV ARTE OBJETIVOS GERAIS Desenvolver o pensamento artístico, estético e crítico; Estimular a percepção visual e

Leia mais

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA Turno: VESPERTINO Currículo nº 2 Reconhecido pelo Decreto nº. 3.598, de 14.10.08, D.O.E. nº 7.827 de 14.10.08, e complementação do reconhecimento pelo Decreto nº. 5.395,

Leia mais

ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA

ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA PROJETO: ARTES NA EDUCAÇÃO ESPECIAL O CORPO E A MENTE EM AÇÃO LUCAS DO RIO VERDE 2009 APRESENTAÇÃO Em primeiro lugar é preciso compreender

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL. DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III e IV ARTE

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL. DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III e IV ARTE CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III e IV ARTE OBJETIVOS GERAIS Desenvolver o pensamento artístico, estético e crítico; Estimular a percepção visual

Leia mais

SeAC Serviço de Arte e Cultura

SeAC Serviço de Arte e Cultura SeAC Serviço de Arte e Cultura Atividades Curriculares Optativas Música. Canto. Teatro. Dança. Arte. Cultura A pedagogia proposta pelo SeAC se fundamenta na concepção de Ateliê, em que o educando tem um

Leia mais

DISCIPLINA DE ARTE CONTEÚDOS:

DISCIPLINA DE ARTE CONTEÚDOS: DISCIPLINA DE ARTE OBJETIVOS: 6 ano Construir, expressar-se e comunicar-se em artes plásticas e visuais, articulando percepção, memória, imaginação, sensibilidade e reflexão. Desenvolver relação de autoconfiança

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ UFPA CENTRO DE PROCESSOS SELETIVOS CEPS PROCESSSO SELETIVO 2016 PS 2016 EXAME DE HABILIDADES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ UFPA CENTRO DE PROCESSOS SELETIVOS CEPS PROCESSSO SELETIVO 2016 PS 2016 EXAME DE HABILIDADES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ UFPA CENTRO DE PROCESSOS SELETIVOS CEPS PROCESSSO SELETIVO 2016 PS 2016 EXAME DE HABILIDADES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO DE ARTES VISUAIS I. NOÇÕES DE PERCEPÇÃO E PERSPECTIVA

Leia mais

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas Departamento Curricular/Ciclo: 1º Ciclo Disciplina: Expressões Artísticas e Físico-Motora Ano de escolaridade: 4º ano Ano letivo: 2015/2016 Perfil do aluno à saída do 1º ciclo: Participar na vida sala

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS Currículo nº 2

CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS Currículo nº 2 CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS Turno: VESPERTINO Currículo nº 2 Reconhecido pelo Decreto nº. 3595, de 14.10.08, D.O.E. nº 7.827 de 14.10.08, e complementação do reconhecimento pelo Decreto nº.

Leia mais

Pré-Escola 4 e 5 anos

Pré-Escola 4 e 5 anos PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC DIÁRIO DE CLASSE Educação Infantil Pré-Escola 4 e 5 anos DIÁRIO DE CLASSE ESCOLA: CRE: ATO DE CRIAÇÃO DIÁRIO OFICIAL / /

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes R E S O L U Ç Ã O N.º 090/2009 CI / CCH CERTIDÃO Certifico que a presente resolução foi afixada em local de costume, neste Centro, no dia 10/12/2009. João Carlos Zanin, Secretário Aprova o projeto pedagógico

Leia mais

Currículo Referência em Teatro Ensino Médio

Currículo Referência em Teatro Ensino Médio Currículo Referência em Teatro Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas Investigar, analisar e contextualizar a história do Teatro compreendendo criticamente valores, significados

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO

Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Subsídios para implementação do Plano de Curso de Educação Artística Ensino Fundamental Educação de Jovens

Leia mais

Artes Visuais Estudantis (AVE)

Artes Visuais Estudantis (AVE) Artes Visuais Estudantis (AVE) O que é O projeto Artes Visuais Estudantis (AVE) é parte integrante do desenvolvimento de políticas culturais com a juventude estudantil, para a promoção das diversas linguagens

Leia mais

COLÉGIO SANTA MARCELINA INFORMATIVO DO 2º TRIMESTRE ENSINO FUNDAMENTAL I 5º ANO - 2016

COLÉGIO SANTA MARCELINA INFORMATIVO DO 2º TRIMESTRE ENSINO FUNDAMENTAL I 5º ANO - 2016 COLÉGIO SANTA MARCELINA INFORMATIVO DO 2º TRIMESTRE ENSINO FUNDAMENTAL I 5º ANO - 2016 LÍNGUA PORTUGUESA Reconhecer o gênero de um texto a partir de seu contexto; Analisar textos de diferentes gêneros;

Leia mais

Encontro de Canto Coral (Encante)

Encontro de Canto Coral (Encante) Encontro de Canto Coral (Encante) O que é O projeto Encontro de Canto Coral Estudantil (Encante) propõe a implantação do Canto Coral nos contextos escolares da rede estadual de ensino, para o desenvolvimento

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO MÚSICA

ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO MÚSICA CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO MÚSICA OBJETIVOS GERAIS Explorar e identificar elementos da música para se expressar e interagir com outros; Interpretar músicas

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES ANO BASE

RELATÓRIO DE ATIVIDADES ANO BASE Ministério da Educação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Setor Bancário Norte, Quadra 2, Bloco L, Lote 6. CEP: 70.040-020 Brasília/DF Brasil RELATÓRIO DE ATIVIDADES ANO BASE IES

Leia mais

CURRÍCULO COM ORIENTAÇÕES PARA O ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS Currículo de Arte

CURRÍCULO COM ORIENTAÇÕES PARA O ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS Currículo de Arte CURRÍCULO COM ORIENTAÇÕES PARA O ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS Currículo de Arte 2015 Paulo Henrique Saraiva Câmara Governador do Estado de Pernambuco Raul Henry Vice-Governador do Estado Frederico

Leia mais

Conteúdos Bimestrais Sugeridos para a Área Artes Visuais 6º Ano

Conteúdos Bimestrais Sugeridos para a Área Artes Visuais 6º Ano Bimestrais Sugeridos para a Área Artes Visuais 6º Ano Compreendendo as Artes Visuais como área de conhecimento, que busca a formação de um sujeito atuante nos diferentes contextos da sociedade, pretendemos

Leia mais

GOVERNO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA. Caderno de Expectativas de Aprendizagem Versão Preliminar

GOVERNO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA. Caderno de Expectativas de Aprendizagem Versão Preliminar GOVERNO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA Caderno de Expectativas de Aprendizagem Versão Preliminar PARANÁ 2011 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

Leia mais

WORKSHOPS CINE DESIGN 2010. Workshop 1 FIGURINO Com Luciana Buarque (PE/RJ)

WORKSHOPS CINE DESIGN 2010. Workshop 1 FIGURINO Com Luciana Buarque (PE/RJ) WORKSHOPS CINE DESIGN 10 Workshop 1 FIGURINO Com Luciana Buarque (PE/RJ) A oficina tem como proposta mapear o processo de criação de um figurino, seja qual for a mídia ao qual se destine, desde a compreensão

Leia mais

Presença das artes visuais na educação infantil: idéias e práticas correntes

Presença das artes visuais na educação infantil: idéias e práticas correntes Capítulo 15 - Artes Visuais Introdução As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentido a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por meio da organização de linhas, formas, pontos, tanto

Leia mais

ARTE CIRCENSE E A EDUCAÇÃO

ARTE CIRCENSE E A EDUCAÇÃO ARTE CIRCENSE E A EDUCAÇÃO Magali Deckert Arndt 1 Noemi Boer 2 Marjorie Dariane da Silva Machado³ Ingrid Mello 4 INTRODUÇÃO O teatro é uma das mais antigas manifestações culturais do homem e o tem acompanhado

Leia mais

PREFEITURA DE BOITUVA

PREFEITURA DE BOITUVA PROCESSO SELETIVO N 004/2013 O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE BOITUVA, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, e na forma prevista no artigo 37 da Constituição Federal, considerando as condições previstas

Leia mais

Capacidades a desenvolver ao longo da opção de Dança

Capacidades a desenvolver ao longo da opção de Dança AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS Opção de Dança Aulas Previstas 7º ano (50 minutos) 1ºP - 14 2ºP - 13 3ºP - 7 8º ano (50+50) 1ºP - 27 2ºP - 26 3ºP - 14 Os grandes

Leia mais

ANEXO EDITORA CODIGO LIVRO TITULO ARGVMENTVM EDITORA LTDA 26093L0000 GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL I

ANEXO EDITORA CODIGO LIVRO TITULO ARGVMENTVM EDITORA LTDA 26093L0000 GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL I ANEXO EDITORA CODIGO LIVRO TITULO ARGVMENTVM EDITORA 26093L0000 GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL I ARTMED EDITORA 25664L0000 CADERNOS DO MATHEMA - ENSINO FUNDAMENTAL - JOGOS DE MATEMATICA DE 1 A 5 ANO ARTMED

Leia mais

PROJETO MÚSICA NA ESCOLA

PROJETO MÚSICA NA ESCOLA Rede Salesiana de Escolas. Entusiasmo diante da vida. PROJETO MÚSICA NA ESCOLA Escola: Nossa Senhora Auxiliadora Níveis de Ensino: Fundamental II Coordenação Pedagógica: Maria das Graças L. N. Ferreira

Leia mais

de conteúdos Timbre Alteração tímbrica Realce tímbrico Expressividade Dinâmica Legato e staccato Densidade sonora Altura Intervalos Melódicos e

de conteúdos Timbre Alteração tímbrica Realce tímbrico Expressividade Dinâmica Legato e staccato Densidade sonora Altura Intervalos Melódicos e Planificação 2014/2015 6º ano Educação Musical Núcleos organizadores Interpretação e Comunicação Metas de aprendizagem O aluno decide sobre a aplicação de elementos de dinâmica e agógica na interpretação

Leia mais

ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE PLANO DA I UNIDADE

ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE PLANO DA I UNIDADE ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE GRUPO: 7 PERÍODO: / à / ÁREA DO CONHECIMENTO: Música CARGA HORÁRIA: COMPETÊNCIAS E HABILIDADES PLANO DA I UNIDADE - Conhecer e criar novas melodias. - Desenvolver

Leia mais

PROJETO CIRANDA DAS ARTES

PROJETO CIRANDA DAS ARTES Prefeitura Municipal de Petrópolis Conselho Municipal de Cultura Fundação de Cultura e Turismo PROJETO CIRANDA DAS ARTES APRESENTAÇÃO A arte é uma forma de expressão produzida pelo homem para manifestar

Leia mais

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE Unidade II ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL Profa. Ana Lucia M. Gasbarro A formação pessoal e social da criança, áreas de conhecimento e desenvolvimento da criança Introdução A importância

Leia mais

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2014 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Componente Curricular: Artes Série:

Leia mais

Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento

Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento INTRODUÇÃO Educadores musicais têm manifestado sua preocupação com a observância da Lei nº 11769, que é a lei de inclusão da música no currículo das

Leia mais

CADERNO DE EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM (DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA)

CADERNO DE EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM (DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA) CADERNO DE EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM (DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA) 2012 Beto Richa Governador do Estado do Paraná Flávio Arns Secretário de Estado da Educação Jorge Eduardo Wekerlin Diretor Geral

Leia mais

Projeto Educ arte 1.º PERÍODO. Planificação Conteúdo Objetivo Semana anual. Jogos de Apresentação Descobrir o teatro 1

Projeto Educ arte 1.º PERÍODO. Planificação Conteúdo Objetivo Semana anual. Jogos de Apresentação Descobrir o teatro 1 Projeto Educ arte Planificação Conteúdo Objetivo Semana anual 1.º PERÍODO Jogos de Apresentação Descobrir o teatro 1 Introdução à música: Saber distinguir ritmo de - Ritmo, melodia; melodia, perceber a

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DE TECNOLOGIAS NO ENSINO DE ARTES VISUAIS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Resumo

A UTILIZAÇÃO DE TECNOLOGIAS NO ENSINO DE ARTES VISUAIS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Resumo A UTILIZAÇÃO DE TECNOLOGIAS NO ENSINO DE ARTES VISUAIS NA EDUCAÇÃO INFANTIL Camila Lacerda Ortigosa Pedagogia/UFU mila.lacerda.g@gmail.com Eixo Temático: Educação Infantil Relato de Experiência Resumo

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DAS PROVAS TEÓRICO-PRÁTICAS MATÉRIA - PROJETO DE DECORAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DAS PROVAS TEÓRICO-PRÁTICAS MATÉRIA - PROJETO DE DECORAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE BELAS ARTES CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR CAMPI DE SALVADOR - EDITAL Nº 03/2011 DEPARTAMENTO I - HISTORIA DA ARTE E PINTURA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Leia mais

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas. Introdução

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas. Introdução Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas Introdução A Educação Artística no Ensino Básico desenvolve-se em quatro grandes áreas (Expressão Plástica e Educação Visual; Expressão e Educação

Leia mais

Criar é arte, desenhar faz parte

Criar é arte, desenhar faz parte Criar é arte, desenhar faz parte E.E. Adelaide Maria de Barros Sala 5 Sessão 1 Professor(es) Apresentador(es): Paula Peres dos Santos Cruz Realização: Foco Desenhos gráficos, técnicas diferenciadas, desenvolvimento

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 4

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 4 EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 4 1º VOLUME ARTES VISUAIS O FAZER ARTÍSTICO Criação de desenhos, pinturas e colagens, com base em seu próprio repertório. Exploração das possibilidades oferecidas por diferentes

Leia mais

FACCAMP FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA

FACCAMP FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA FACCAMP FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ARTE-EDUCAÇÃO 1. Nome do Curso e Área do Conhecimento Curso de Especialização Lato Sensu

Leia mais

VII FESTIVAL MULTIARTE FIRMINO ROCHA

VII FESTIVAL MULTIARTE FIRMINO ROCHA VII FESTIVAL MULTIARTE FIRMINO ROCHA EDITAL A Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania - FICC, pelo presente Regulamento e através do Edital nº. 004/2013, torna público, para conhecimento dos interessados,

Leia mais

P L A N O D E T R A B A L H O D O C E N T E 2011

P L A N O D E T R A B A L H O D O C E N T E 2011 COLÉGIO ESTADUAL NEWTON F. ALBACH EFM Rua: Coronel Saldanha, 2754 Centro - Guarapuava PR Telefone/Fax: (042) 3623-3563 CEP: 85010-130 P L A N O D E T R A B A L H O D O C E N T E 2011 DISCIPLINA: CIÊNCIAS

Leia mais

A ORALIZAÇÃO COMO MANIFESTAÇÃO LITERÁRIA EM SALA DE AULA

A ORALIZAÇÃO COMO MANIFESTAÇÃO LITERÁRIA EM SALA DE AULA A ORALIZAÇÃO COMO MANIFESTAÇÃO LITERÁRIA EM SALA DE AULA. AÇÕES DO PIBID/CAPES UFG (SUBPROJETO: LETRAS: PORTUGUÊS) NO COLÉGIO ESTADUAL LYCEU DE GOIÂNIA Bolsistas: SILVA, Danila L.; VAZ, Paula R. de Sena.;

Leia mais

Desenvolvimento do pensamento e imaginação musical, isto é, a capacidade de imaginar e relacionar sons;

Desenvolvimento do pensamento e imaginação musical, isto é, a capacidade de imaginar e relacionar sons; DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ARTÍSTICA Educação Musical _ º ANO _ A Ano Letivo: 0/0. Introdução / Finalidades O processo de ensino e aprendizagem da educação musical consiste na interação de um conjunto

Leia mais

ANEXO. Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado

ANEXO. Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado ANEXO Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado EXAME DE HABILIDADE PARA OS CANDIDATOS A FACULDADE DE ARTES VISUAIS MODALIDADE LICENCIATURA E BACHARELADO ARTES VISUAIS Para candidatar-se ao

Leia mais

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES 1.º PERÍODO PLANIFICAÇÃO DA ATIVIDADE DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES. Reconhecimento da importância das artes plásticas;. Desenvolvimento progressivo das possibilidades

Leia mais

REGULAMENTO GERAL IX FESTIVAL ESTADUAL NOSSA ARTE. CAPÍTULO I Dos Objetivos

REGULAMENTO GERAL IX FESTIVAL ESTADUAL NOSSA ARTE. CAPÍTULO I Dos Objetivos REGULAMENTO GERAL IX FESTIVAL ESTADUAL NOSSA ARTE CAPÍTULO I Dos Objetivos Art. 1º - Promover a arte através de apresentações e exposições em diversos gêneros artísticos, despertando o gosto pelas atividades

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA

CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA DESCRIÇÃO Número de Fases: 08 Número de disciplinas obrigatórias: 38 Número de créditos obrigatórios: 152 Carga horária total das disciplinas obrigatórias: 2.280 horas Mínimo

Leia mais

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2007/1

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2007/1 1 1 ACESSÓRIOS Fase: 5ª Carga Horária: 30h/a Créditos: 02 Pesquisa e planejamento. Conceituação. Concepção de produtos de moda voltada para o mercado de acessórios. 2 ATIVIDADES COMPLRES Fase: -x- Carga

Leia mais

COLÉGIO MAGNUM BURITIS

COLÉGIO MAGNUM BURITIS COLÉGIO MAGNUM BURITIS ENSINO FUNDAMENTAL PROGRAMAÇÃO 1ª ETAPA / 2013 MATERNAL III PROGRAMAÇÃO DA 1ª ETAPA 2013 MATERNAL 3 ANOS Organize suas atividades de forma ordenada, dando a cada uma o seu tempo

Leia mais

Desenho: da imagem mental à representação gráfica - uma proposta para o ensino da Matemática

Desenho: da imagem mental à representação gráfica - uma proposta para o ensino da Matemática Desenho: da imagem mental à representação gráfica - uma proposta para o ensino da Matemática Patricia Andretta 1 Ana Maria P. Liblik 2 Resumo O presente projeto de pesquisa terá como objetivo compreender

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARANAGUA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA DE PARANAGUÁ "NELSON DE FREITAS BARBOSA"

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARANAGUA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA DE PARANAGUÁ NELSON DE FREITAS BARBOSA "" APÊNDICE 1 Requisitos e demandas dos segmentos culturais para a proposição de projetos. Os projetos culturais propostos deverão respeitar e se enquadrar nas seguintes determinações dos seus respectivos

Leia mais

JAPIASSU, Ricardo. A linguagem teatral na escola: pesquisa, docência e prática pedagógica. Campinas: Papirus, 2007.

JAPIASSU, Ricardo. A linguagem teatral na escola: pesquisa, docência e prática pedagógica. Campinas: Papirus, 2007. RESENHA REVIEW TEATRO E EDUCAÇÃO TEATHER AND EDUCATION JAPIASSU, Ricardo. A linguagem teatral na escola: pesquisa, docência e prática pedagógica. Campinas: Papirus, 2007. Danielle Rodrigues de Moraes*

Leia mais

ORIENTAÇÕES CURRICULARES EDUCAÇÃO BÁSICA ENSINO MÉDIO

ORIENTAÇÕES CURRICULARES EDUCAÇÃO BÁSICA ENSINO MÉDIO ORIENTAÇÕES CURRICULARES EDUCAÇÃO BÁSICA ENSINO MÉDIO Governador do Distrito Federal José Roberto Arruda Secretário de Estado de Educação José Luiz da Silva Valente Secretária-Adjunta Eunice de Oliveira

Leia mais

Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio

Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas - Conhecer a área de abrangência profissional da arte e suas características; - Reconhecer e valorizar

Leia mais

PARÂMETRO DE ARTE PARA O ENSINO FUNDAMENTAL - REDE MUNICIPAL ENSINO DE TRÊS CORAÇÕES. Diretrizes para o ensino de Arte 2011

PARÂMETRO DE ARTE PARA O ENSINO FUNDAMENTAL - REDE MUNICIPAL ENSINO DE TRÊS CORAÇÕES. Diretrizes para o ensino de Arte 2011 PARÂMETRO DE ARTE PARA O ENSINO FUNDAMENTAL - REDE MUNICIPAL ENSINO DE TRÊS CORAÇÕES 1 Diretrizes para o ensino de Arte 2011 1 Arte e legislação educacional: A inclusão da Arte no currículo escolar foi

Leia mais

Projeto Girassol de Ideias Fábio Pereira da Silva Valéria Cristiani de Oliveira Vivian da Silva Francini

Projeto Girassol de Ideias Fábio Pereira da Silva Valéria Cristiani de Oliveira Vivian da Silva Francini Projeto Girassol de Ideias Fábio Pereira da Silva Valéria Cristiani de Oliveira Vivian da Silva Francini A favor da comunidade, que espera o bloco passar Ninguém fica na solidão Embarca com suas dores

Leia mais

JUSTIFICATIVA OBJETIVOS GERAIS DO CURSO

JUSTIFICATIVA OBJETIVOS GERAIS DO CURSO FATEA Faculdades Integradas Teresa D Ávila Plano de Ensino Curso: Pedagogia Disciplina: Fundamentos Teoricos Metodologicos para o Ensino de Arte Carga Horária: 36h Período: 2º ano Ano: 2011 Turno: noturno

Leia mais

Lei de incentivo do Paraná Decreto 5.570 de 2002

Lei de incentivo do Paraná Decreto 5.570 de 2002 DECRETO 5.570, DE 15 DE ABRIL DE 2002. Regulamenta a Lei nº. 13.133, de 2001, que cria o Programa Estadual de Incentivo à Cultura, institui a Comissão Estadual de Desenvolvimento Cultural e adota outras

Leia mais

CONTEÚDOS DE ARTES POR BIMESTRE PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE ARTES POR BIMESTRE PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO CONTEÚDOS DE ARTES POR BIMESTRE PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO Paulo Henrique Saraiva Câmara SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES

Leia mais

PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL

PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE ARTES DEPARTAMENTO DE MÚSICA Metodologia da Educação Musical Profª Viviane Beineke PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL - exemplo de planejamento para a 2ª

Leia mais

PROJETO SARAU DIGITAL

PROJETO SARAU DIGITAL PROJETO SARAU DIGITAL DADOS DE IDENTIFICAÇÃO: Escola Estadual José Mamede de Aquino Endereço: Rua Heitor Vieira de Almeida, nº 287, Jardim Aeroporto, Campo Grande, MS CEP 79.106-053 Telefone: (67) 3314

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 75/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Cinema e Audiovisual, Bacharelado,

Leia mais

A paisagem sonora em práticas teatrais na escola: voz e escuta

A paisagem sonora em práticas teatrais na escola: voz e escuta A paisagem sonora em práticas teatrais na escola: voz e escuta Raquel Guerra Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Graduação Programa de Pós-Graduação em Teatro - UDESC. Professora Resumo: Neste artigo

Leia mais

Curso Técnico Integrado em Comunicação Visual CÂMPUS PALHOÇA BILÍNGUE MATRIZ CURRICULAR. Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h

Curso Técnico Integrado em Comunicação Visual CÂMPUS PALHOÇA BILÍNGUE MATRIZ CURRICULAR. Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h Curso Técnico Integrado em Comunicação Visual CÂMPUS PALHOÇA BILÍNGUE MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h Introdução à Comunicação Visual 40 horas Não tem Desenho I 40 horas Não

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CCL

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CCL Letras Licenciatura Português/Espanhol e Português/Inglês Letras Tradução Francês/Inglês/Português Letras Licenciatura Português/Inglês e Português/Francês Ementário (não mais ofertada em Processo Seletivo)

Leia mais

Curso Educação Artística Habilitação: Artes Plásticas. Disciplina Prática de Ensino. Professor(a) José Paulo de Assis Rocha JUSTIFICATIVA

Curso Educação Artística Habilitação: Artes Plásticas. Disciplina Prática de Ensino. Professor(a) José Paulo de Assis Rocha JUSTIFICATIVA Curso Educação Artística Habilitação: Artes Plásticas Disciplina Prática de Ensino Ano letivo 2011 Série 3ª Carga Horária 72 H/aula Professor(a) José Paulo de Assis Rocha JUSTIFICATIVA Assim como curadores

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Médio ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS (SP) Área de conhecimento: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular: GEOGRAFIA Série

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL CRISTO REI ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

COLÉGIO ESTADUAL CRISTO REI ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO COLÉGIO ESTADUAL CRISTO REI ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO Rua das Ameixeiras, 119 Núcleo Cristo Rei Fone/Fax: 0xx42 3624 3095 CEP 85060-160 Guarapuava Paraná grpcristorei@seed.pr.gov.br PLANO DE TRABALHO

Leia mais

Projeto Jornal Educativo Municipal

Projeto Jornal Educativo Municipal Estado de Goiás Prefeitura Municipal de Santa Bárbara de Goiás Secretaria Municipal da Educação Santa Bárbara de Goiás - GO Projeto Jornal Educativo Municipal Santa Bárbara de Goiás Janeiro/2013 Estado

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO Perfil do aluno no final do 5.º Ano O aluno canta a solo e em grupo, com intencionalidade expressiva, canções em diferentes tonalidades

Leia mais

O aluno que estiver com disciplina pendente no currículo antigo, poderá cursar a sua equivalente, que for oferecida no período, do currículo novo.

O aluno que estiver com disciplina pendente no currículo antigo, poderá cursar a sua equivalente, que for oferecida no período, do currículo novo. Equivalências das disciplinas obrigatórias do currículo antigo do curso de Social (cinema, jornalismo e publicidade) vinculadas ao Departamento de Estudos Culturais e Mídia. O aluno que estiver com disciplina

Leia mais

Condutas psicomotoras: brinquedos tradicionais e diversões de antigamente ainda encantam?

Condutas psicomotoras: brinquedos tradicionais e diversões de antigamente ainda encantam? Condutas psicomotoras: brinquedos tradicionais e diversões de antigamente ainda encantam? Profª. Ms. Cláudia Yazlle Profª. Ms. Gabriela Maffei 5 e 6 de junho Objetivos da aula de hoje As crianças de 4

Leia mais

15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos

15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos PREFEITURA DE GUARULHOS SECRETARIA DE CULTURA DEPARTAMENTO DE ATIVIDADES CULTURAIS SEÇÃO ADMINISTRATIVA DE ARTES VISUAIS 15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos Regulamento O Secretário de Cultura,

Leia mais

DA LITERATURA AO TEATRO: LEITURA E CRIAÇÃO NO ESPAÇO ESCOLAR

DA LITERATURA AO TEATRO: LEITURA E CRIAÇÃO NO ESPAÇO ESCOLAR DA LITERATURA AO TEATRO: LEITURA E CRIAÇÃO NO ESPAÇO ESCOLAR MARINA COELHO PEREIRA (FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI), KAREN CERDEIRA BECK (FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI), TATIANA

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO DISCIPLINA FLEXÍVEL

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO DISCIPLINA FLEXÍVEL PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA, COMUNICAÇÃO, LETRAS E ARTE CURSO DE COMUNICAÇÃO E MULTIMEIOS DISCIPLINA FLEXÍVEL Disciplina: Música-voz-som e processos criativos:

Leia mais

INFORMATIVO 2015 II UNIDADE 3 ano LÍNGUA PORTUGUESA

INFORMATIVO 2015 II UNIDADE 3 ano LÍNGUA PORTUGUESA INFORMATIVO 2015 II UNIDADE 3 ano Com o objetivo de promover avanços no desenvolvimento dos educandos, tendo em vista a aquisição de novos conhecimentos, habilidades e a formação de atitudes e valores

Leia mais

Marcos de Aprendizagem Música. Eixo Competência Conteúdos Habilidades

Marcos de Aprendizagem Música. Eixo Competência Conteúdos Habilidades Apreciação e Percepção Musical Alcance progressivo do desenvolvimento auditivo musical, rítmico, melódico, harmônico e tímbrico e a memória musical nos processos de apreciação e percepção. Som e suas propriedades

Leia mais

TESTE DE APTIDAO 2016/2- CENTRO DE ARTES DA UNIVERSIDADE DO AMAZONAS

TESTE DE APTIDAO 2016/2- CENTRO DE ARTES DA UNIVERSIDADE DO AMAZONAS TESTE DE APTIDAO 2016/2- CENTRO DE ARTES DA UNIVERSIDADE DO AMAZONAS DANÇA CONTEMPORANEA PARA INICIANTES Os testes ocorrerão no dia 01 de Julho, das 9h às 11h, para pessoas com idade mínima de 15 anos,

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 3 PROGRAMAÇÃO DE CONTEÚDOS 2º. VOLUME. Programação de conteúdos/conhecimentos privilegiados

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 3 PROGRAMAÇÃO DE CONTEÚDOS 2º. VOLUME. Programação de conteúdos/conhecimentos privilegiados EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 3 PROGRAMAÇÃO DE CONTEÚDOS 2º. VOLUME Programação de conteúdos/conhecimentos privilegiados Unidade 4 O mundo secreto das tocas e dos ninhos Unidade 5 Luz, sombra e ação! Unidade

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ATIVIDADES ARTÍSTICAS, CULTURAIS E ACADÊMICAS PARA COMPOSIÇÃO DA PROGRAMAÇÃO DA JORNADA ACADÊMICA 2015_2

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ATIVIDADES ARTÍSTICAS, CULTURAIS E ACADÊMICAS PARA COMPOSIÇÃO DA PROGRAMAÇÃO DA JORNADA ACADÊMICA 2015_2 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ATIVIDADES ARTÍSTICAS, CULTURAIS E ACADÊMICAS PARA COMPOSIÇÃO DA PROGRAMAÇÃO DA JORNADA ACADÊMICA 2015_2 A JORNADA ACADÊMICA, promovida pelos Cursos Superiores de Tecnologia

Leia mais

Cronograma dos Projetos Estruturantes - 2014

Cronograma dos Projetos Estruturantes - 2014 Cronograma dos Projetos Estruturantes - 2014 Projetos Ações Período / Data Gabinete do Secretário/CPI Abertura do Ano Letivo (a confirmar) 10/03 Curso de formação dos professores 17/03 a 21/03 Videoconferência

Leia mais

PONTOS DE ESTUDO DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS SETOR DE ESTUDO: FORMAÇÃO DIDÁTICO/PEDAGÓGICA- ARTES VISUAIS

PONTOS DE ESTUDO DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS SETOR DE ESTUDO: FORMAÇÃO DIDÁTICO/PEDAGÓGICA- ARTES VISUAIS PONTOS DE ESTUDO DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS SETOR DE ESTUDO: FORMAÇÃO DIDÁTICO/PEDAGÓGICA- ARTES VISUAIS 1. A prática pedagógica no ensino das artes visuais na contemporaneidade; 2. A trajetória do

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO ARTE

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO ARTE CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO ARTE OBJETIVOS GERAIS Conhecimento da Arte enquanto auto expressão e conhecimento, apreensão e comunicação

Leia mais

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - Tel. 0** (42) 220-3000 - Ponta Grossa Pr. - www.uepg.br

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - Tel. 0** (42) 220-3000 - Ponta Grossa Pr. - www.uepg.br CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Turno: MATUTINO/NOTURNO MATUTINO CURRICULO Nº 1 NOTURNO CURRICULO Nº 1 Reconhecido pelo Decreto nº 3.554 de 15.02.01, D.O.E. de 16.02.01. Renovação de Reconhecimento

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA: DOCÊNCIA E GESTÃO EDUCACIONAL (Currículo iniciado em 2009)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA: DOCÊNCIA E GESTÃO EDUCACIONAL (Currículo iniciado em 2009) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA: DOCÊNCIA E GESTÃO EDUCACIONAL (Currículo iniciado em 2009) CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO BÁSICA 2171 C/H 102 Fundamentos e concepções sobre a organização curricular

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação de Braço do Trombudo

Secretaria Municipal de Educação de Braço do Trombudo Secretaria Municipal de Educação de Braço do Trombudo Concurso: Prêmio AMAVI De Educação 2013 Pequenos Artistas Grandes Talentos Qualidade na Prática da Docência 2013 1 Professora: Aline de Fátima Alves

Leia mais

TÍTULO: O CURSO DE LICENCIATURA PLENA PARCELADA EM PEDAGOGIA E SUAS IMPLICAÇÕES NAS PRÁTICAS DO ENSINO DE ARTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL.

TÍTULO: O CURSO DE LICENCIATURA PLENA PARCELADA EM PEDAGOGIA E SUAS IMPLICAÇÕES NAS PRÁTICAS DO ENSINO DE ARTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL. TÍTULO: O CURSO DE LICENCIATURA PLENA PARCELADA EM PEDAGOGIA E SUAS IMPLICAÇÕES NAS PRÁTICAS DO ENSINO DE ARTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Anália Cássia Gonçalves de Souza 1 INTRODUÇÃO A presente investigação

Leia mais

ARTE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL

ARTE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL ARTE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL Ione Rossi Ribeiro Professora de Artes da APAE de Tupaciguara, graduada em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia e pós-graduada em Educação Especial pelas Faculdades

Leia mais