Fórmulas Magistrais da Dinastia Han

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fórmulas Magistrais da Dinastia Han"

Transcrição

1 Magali Lobosco Fórmulas Magistrais da Dinastia Han 1 a Edição Rio de Janeiro 2008

2 Copyright 2008 Magali Lobosco Nenhuma parte deste livro pode ser utilizada ou reproduzida em qualquer meio ou forma, seja digital, fotocópia, gravação etc, nem apropriada e estocada em banco de dados, sem a autorização do autor. Capa e diagramação: Marcus Moura Fotografias: Pedro Mac Revisão: Dalton Jorge Lobosco, Sofia Matela Lobosco e Letícia Matela Lobosco Impressão: Prolgráfica ISBN:

3 Este livro é dedicado aos meus alunos, e a todas as pessoas que se dedicam aajudarosoutros. Agradecimentos: A Dalton Jorge Lobosco, meu irmão muito amado, agradeço sua gentileza e conhecimentos literários, a Marcus Moura, pela sua arte e sensibilidade, ao Pedro Mac pela paciência e as fotos maravilhosas, ao prof. André Bueno, pelo seu conhecimento histórico, que a tudo contribuiu para que este livro fosse confeccionado. Um imenso agradecimento a este grupo que trabalhou para o sucesso do livro. O meu agradecimento especial ao Dr. Paulo Taveira Gonçalves, um profundo conhecedor da Fitoterapia Chinesa, que com a sua incansável dedicação e estudos, muito tem ajudado no entendimento da Fitoterapia.

4

5 Índice Geral Introdução à História e ao Pensamento da Dinastia Han 13 Prefácio 25 Mestre Ryotan Tokuda 27 Capítulo I - Madeira-Harmonização 29 I - Fórmula para Síndromes de Deficiência no Shao Yang 31 Xiao Chai Hu Tang 31 II - Fórmula para Síndromes de Excesso no Shao Yang 34 Da Chai Hu Tang 34 III - Fórmulas que Tratam Estagnação de Qi e Sangue no Fígado 37 Chai Hu Su Gan Wan 38 Hsiao Yao Wan 39 Hsiao Yao Wan Ji Xue Teng 42 IV - Fórmulas que Tratam Estagnação com Calor 45 Jia Wei Hsiao Yao Wan 45 Si Ni San 46 V - Fórmula que Amorna Menstruação e Dispersa Estagnação de Sangue 49 Gui Zhi Fu Ling Wan 49 VI - Fórmula que Revigora o Qi e Promove Digestão 52 Shu Kan Wan 52 VII - Fórmula que Relaxa a Musculatura e Alivia o Shao Yang 55 Chai Hu Gui Zhi Tang 55 7

6 Fórmulas Magistrais da Dinastia Han Capítulo II - Água-Essência 65 I - Fórmulas que Nutrem e Tonificam o Yin 66 Liu Wei Di Huang Wan 66 II - Deficiência de Yin com Fogo e Calor Forte 71 Zhi Bai Di Huang Wan 71 III - Deficiência de Yin Apresentando Problemas nos Olhos 73 Qi Ju Di Huang Wan 73 Ming Mu Di Huang Wan 75 IV - Deficiência de Yin dos Rins e do Pulmão 77 Ba Xian Chang Shou Wan 77 V - Deficiência de Yin dos Rins e Problemas Auditivos 79 Er Long Zuo Ci Wan 79 VI - Fórmula que Aquece e Tonifica o Yang 81 Jin Gui Shen Qi Wan 82 Capítulo III - Terra-Qi e Sangue 97 I - Fórmulas que Tonificam o Qi e o Sangue 98 Gui Pi Tang( Kwei Be Wan ) 98 II - Fórmulas que Tonificam o Qi 102 Bu Zhong Yi Qi Wan 103 Si Jun Zi Tang 107 Liu Jun Zi Tang 110 Shen Ling Bai Zhu San 112 III - Fórmulas que Drenam Umidade 116 Fang Ji Huang Qi Tang 116 Wan Dai Tang 119 8

7 Índice Geral IV - Fórmula que Seca Umidade e Expele Fleuma 123 Er Chen Tang 123 V - Fórmula que Alivia Excesso no Exterior e Interior 125 Wu Ji San 125 VI - Fórmula que Clareia Calor e Transforma Fleuma 129 Wen Dan Tang 130 VII - Fórmula que Promove Urinação e Drena Umidade 133 Wu Ling San 133 VIII - Fórmula que Amorna e Trata Fleuma Fria 137 Ling Gui Zhu Gan Tang 137 IX - Fórmula que Expele Fleuma e Dissipa Nódulos 139 Hai Zao Yu Hu Tang 139 X - Fórmulas que Amornam o Aquecedor Médio e Dispersam Frio 143 Li Zhong Wan 143 Fu Zi Li Zhong Wan 145 Gui Zhi Ren Shen Tang 147 Capítulo IV - Fogo - Acalma o Shen 159 I - Fórmula que Alimenta o Coração e Acalma o Espírito 160 Tian Wan Bu Xin Dan 160 III - Fórmula para Deficiência de Sangue no Fígado e Calor de Deficiência 164 Suan Zao Ren Tang 164 III - Fórmulas que Sedam e Acalmam o Espírito 167 Chai Hu Jia Long Gu Mu Li Tang 167 9

8 Fórmulas Magistrais da Dinastia Han Gan Mai Da Zao 171 Tian Ma Gou Teng Yin 174 Capítulo V - Metal 183 I - Fórmulas que Aliviam Frio Exterior 185 Ma Huang Tang 185 Gui Zhi Tang 188 Xiao Qing Long Tang 192 II - Fórmulas que Tratam Síndromes Exteriores Vento-Calor 196 Ma Xing Shi Gan Tang 196 Da Qing Long Tang 198 Sang Ju Yin 200 Yin Qiao San 203 Qiang Lang Tang 206 Qiang Lang Ma Bo Tang 208 III - Fórmulas que Aliviam Frio Exterior com Sintomas 209 de Cabeça e Pescoço Xin Yi San 209 Ge Gen Tang 211 Chuan Xiong Cha Tiao San 214 Cang Er Zi 217 Qing Bi Tang 218 Bi Yan Pian 221 IV - Fórmula que Transforma Fleuma e Extingue Vento 223 Zhi Sou San 223 V - Fórmula que Expele Fleuma e Movimenta o Qi 226 Ban Xia Hou Po Tang 226 VI - Fórmula que Trata Secura 228 Bai He Gu Jin Tang 228 Capítulo VI - Fórmulas Tonificantes 241 I - Tônicos de Qi e Sangue

9 Índice Geral Ba Zhen Tang 242 Shi Quan da Bu Tang 245 II - Tônicos de Sangue 248 Dang Gui Shao Yao Wan 248 Si Wu Tang 250 III - Tônico de Yin 253 Qi Bao Mei Ran Dan 253 IV - Tônico de Yang - Sangue e Essência 256 Gui Lu Er Xian Jiao 256 V - Tônico de Yang e de Essência 259 You Gui Wan 259 VI - Tônico de Yin e Essência 260 Zou Gui Wan 260 VII - Tônico de Yin, Sangue, Qi e Yang 262 Huan Shao Dan 262 Capítulo VII - Calor 275 Parte I 276 I - Fórmula que Clareia Calor nos Órgãos 276 Long Dan Xie Gan Tang 276 II - Fórmula que Alivia Excesso Exterior-Interior 280 Fang Feng Tong Sheng Wan 280 II - Fórmula que Alivia Calor Tóxico 284 Huang Lian Jie Du Tang 284 Parte II Fórmulas que Eliminam Vento da Pele e Clareiam Calor 287 Xiao Feng San 287 Si Wu Xiao Feng San

10 Fórmulas Magistrais da Dinastia Han II - Fórmula que Drena Calor-Tóxico da Pele 292 Wu Mei Xiao Du Yin 292 Parte III 295 Fórmulas que Tratam Ascenção do Calor Deficiente 295 Nu Shen San 295 Er Xian Tang 297 Parte IV - Fórmulas que Tratam Estagnação, Estagnação-Umidade e Umidade Calor 301 I - Fórmulas para Umidificar o Intestino 301 Run Chang Tang 301 II - Hiperatividade do Fogo do Coração e Estômago 302 Xie Xin Tang 302 III - Vento-Calor ou Umidade-Calor nos Intestinos e Estômago 304 Huai Jiao Wan 304 IV- Fórmula que Clareia Calor Tóxico nos Órgãos 306 Bai Tou Weng Tang 306 V - Fórmula que Transforma Umidade e Libera o Exterior 308 Huo Xiang Zheng Qi 308 VI - Fórmulas que Revigoram o Sangue e Dispersam Estagnação 312 Tao He Cheng Qi Tang 312 Bibliografia

11 Capítulo III Elemento Terra - Baço (Pi), cor amarela, Umidade, preocupação, doce, carne sem músculos.

12 Síndromes de Deficiência de Baço/Pâncreas I-Deficiência de Qi e Sangue II-Excesso de Umidade I Fórmulas que Tonificam o Qi e o Sangue O QI e o SANGUE são muito próximos, a Deficiência de um gera a Deficiência do outro. Quando isto ocorre, o trata mento adequado será tonificar os dois ao mesmo tempo. A causa mais comum de Deficiência de Qi e Sangue é a severa perda de Sangue, mas desordens crônicas de Qi de Baço podem também reduzir a produção de Sangue. As manifestações mais comuns de Deficiência de Qi e Sangue juntas são: respiração curta, palpitação, cansaço, insônia e outros sinais de falta de descanso, aparência amarelada, língua pálida e pulso fino e Deficiente Gui Pi Tang (Kwei Be Wan) Restore the Splen Decoction Fonte: Formulas to Aid the Living (Ji Sheng Fang) Ação: Aumenta o Qi, tonifica o Sangue, fortalece o Baço e nutre o Coração. Indicação: Esquecimento, palpitação, insônia, sono perturbado, ansiedade e fobia, retraimento, pequena febre, pouco ape tite, palidez, língua clara com uma fina saburra branca, pulso fraco. Sangramento crônico, ciclo menstrual prematuro com muito Sangue ou prolongado com pouco fluxo. Desregramentos por longo período de tempo ou comportamento obsessi vo agridem o Baço e o Coração e criam esta condição de Deficiência. A primeira agressão é ao Baço, que é o órgão que gera Sangue. Quando ele é fraco, o Sangue torna-se Deficiente e é incapaz de alimentar o Coração. O Coração guarda o espírito e o Baço guarda a inteligência. Quando eles são insuficientes, o paciente perde a habilidade de se concentrar e torna-se esquecido. A Deficiência de Qi de Baço se manifesta na redução do apetite e no recolhimento. Quando o Cora ção está desprovido de nutrição, o paciente terá palpitações, com ou sem ansiedade. 98

13 Capítulo III Terra Quando isto afeta o espírito, o paci ente apresentará ansiedade e fobia, insônia e sono perturbado. Deficiência de Sangue pode gerar estado febril, de Calor por Deficiência. A tez pálida, língua pálida com fina saburra branca e pulso fraco são todos sinais de Deficiência de Qi e Sangue. Outra maneira de analisar esta desordem é com a geração do Ciclo das Cinco Fases. No ciclo, o relacionamento entre Fogo e Terra é o de mãe e filho. Quando o filho é Deficiente, a mãe se tornará Deficiente também. Assim, um Baço Deficiente causará uma Deficiência de Coração. O relacionamento entre os dois órgãos é expressado basicamente pelo Sangue, e é o aspecto sanguíneo que será primeiramente afetado. Fórmula: A Erva imperador desta fórmula foca no Baço. Ren Shen - Radix Ginseng e Huang Qi - Radix Astragali Membranacei são substâncias muito eficientes para tonificar o Qi do Baço. Bai Zhu - Rhizoma Atractylodis Macrocephalae fortalece o Baço e drena Umidade, enquanto Zhi Gan Cao - Radix Glycyrrhizae Uralensis torrada no mel, tonifica o Baço e aumenta o Qi. Juntas, estas quatro ervas têm um forte efeito sobre o Baço Deficiente que é incapaz de ge rar Sangue. A erva ministro enraíza o espírito, por tonificar o Sangue e acalmar o espírito. Long Yan Rou-Arillus Euphoriae Longanae tem essas duas funções, enquanto Dang Gui - Radix Angelicae Sinensis tonifica o Sangue e regu la a menstruação. A combinação de Dang Gui - Radix Angelicae Sinensis e Huang Qi - Radix Astragali Membranacei é muito efetiva para gerar e tonificar o Sangue. Suan Zao Ren - Semen Zizyphi Spinosae e Fu Ling - Sclerotium Poriae Cocos, ambos servem para acalmar o espírito, enquanto o último também trata o Baço, tonificando a ação da erva impe rador. O último ministro, Zhi Yuan Zhi - Radix Polygalae Tenuifoliae torrada no mel, acalma o espírito por facilitar o fluxo do Qi no Coração. Esta erva é especialmente eficiente quando é balanceada pelas adstringentes propriedades de Suan Zao Ren - Semen Zizyphi Spinosae. A erva assistente Mu Xiang - Radix Aucklandiae Lappae regula o Qi e tonifica o Baço. Ela é especialmente eficiente quando combinada com Bai Zhu - Rhizoma Atractylodis Macrocephalae. Ela é usa da também para melhorar a digestão porque as ervas tônicas são estagnantes. As mensageiras Sheng Jiang - Rhizoma Zingiberis Officinalis Recens e Da Zao - Fructus Zizyphi Jujubae melhoram o apetite e regulam o Qi e facilitam as ações das outras ervas da fórmula. Também ajudam a erva imperador a fortalecer o Baço. Comentário: Esta fórmula é basicamente uma modificação de Si Jun Zi Tang e Dang Bu Xue Tang. Num texto clássico escrito durante a Dinastia Song, é recomendado, para palpitação 99

14 Fórmulas Magistrais da Dinastia Han e ansiedade, e esquecimento por longo período de preocupação ou pensamento excessivo perturbando o Baço e o Coração. Na Dinastia Yuan, como narra o texto Fórmulas Eficientes de uma Geração de Médicos, seu uso foi expandido para incluir desordens com sangramento causado por Defi ciência de Qi do Baço. No texto da Dinastia Ming, Revisão das Fórmulas Eficientes para Mulher, foram acrescentadas duas ervas, Dang Gui - Radix Angelicae Sinensis e Zhi Yuan Zhi - Radix Polygalae Tenuifoliae torrada no mel, o que deu à fórmula o seu atual aspecto e definiu seus parâmetros terapêuticos. Esta fórmula é apropriada para tratar muitas de sordens clínicas comuns. É usada para três tipos de manifestações: Espírito do Coração não descansa, Deficiência de Qi e Sangue, inabilidade do Baço de controlar o Sangue. Os três padrões surgem da Deficiência de Qi e Sangue. Esta fórmula é para tratar o Coração e o Qi e foca principalmente no Baço. Esta fórmula e o Buzhong Yi Qi Wan fortalecem o Baço, mas têm diferentes aplicações. Kwei Be Wan(Gui Pi Tang) é usado para Baço e Coração Deficientes com palpitação, recolhimento, pouco apetite e, por vezes, sangramento crônico, Buzhong Yi Qi Wan é usado para Deficiência de Qi de Baço e Estômago, com respiração cur ta, perda de peso, retraimento e alguns sinais de prolapsos. Com a modificação, passaram a ser bastante similares. O ideal é usar a fórmula que mais se assemelha ao mecanismo primário da desordem. Aplicação: Desordens como neurastenia, desordens de personalidade, miastenia gravis, taquicardia, supra-ventricular, anemia (especialmente de doenças crônicas), doenças cardíacas congestivas, cervicite, sangramento uterino funcional, púrpura trombocitopênica. Funções das Ervas na Fórmula: Ren Shen Huang Qi Dang Gui Long Yan Ruo Mu Xiang Fu Ling Zhi Yuan Zhi Bai Zhu 100

15 Capítulo III Terra Suan Zao Ren Da Zao Zhi Gan Cao Sheng Jiang Imperador Ren Shen - Radix Ginseng Muito eficiente em tonificar o Qi do Baço e o Qi Essencial. Ministro Ministro Ministro Imperador Assistente Ministro Ministro Ministro Huang Qi - Radix Astragali Membranacei Dang Gui - Radix Angelicae Sinensis Long Yan Rou - Arillus Euphoriae Longanae Bai Zhu - Radix Atractylodis Macrocephlae Mu Xiang - Radix Aucklandiae Lappae Fu Ling - Sclerotium Poriae cocos Zhi Yuan Zhi - Radix Poligalae Tenuifoliae torrada no mel Suan Zao Ren - Semen Zizyphi Spinosae Muito eficiente para tonificar o Baço, aumenta o Qi e melho ra a imunidade. Nutre e revigora o Sangue. Regula menstruação. Enraíza o espírito, por tonificar o Sangue e acalmar o espírito. Drena Umidade, tonificando o Baço. Regula o fluxo do Qi e tonifica o Baço. Promove diurese e tonifica o Baço. Acalma o espírito, facilitando o fluxo do Qi no Coração. Alimenta o Coração, acalma o Espírito. Mensageira Da Zao - Fructus Zizyphi Jujubae Tonifica o Aquecedor Médio e nutre o Qi e o Sangue. Imperador Zhi Gan Cao - Radix Glycyrrhizae Uralensis torrada no mel Amorna o Aquecedor Médio. Nutre o Qi do Baço. Harmoniza a fórmula. Mensageira Sheng Jiang - Rhizoma Zingiberis Officinalis Recens Amorna o Aquecedor Médio, tonifica o Estômago. 101

16 Fórmulas Magistrais da Dinastia Han Gui Pi Tang (Kwei Be Wan) Restore the Splen Decoction Fonte: Formulas to Aid the Living (Ji Sheng Fang) Componentes: Ren Shen - Radix Ginseng Huang Qi - Radix Astragali Membranacei Dang Gui - Radix Angelicae Sinensis Long Yan Rou - Arillus Euphoriae Longanae Bai Zhu - Rhizoma Atractylodis Macrocephalae Mu Xiang - Radix Aucklandiae Lappae Fu Ling - Sclerotium Poriae cocos Zhi Yuan Zhi - Radix Poligalae Tenuifoliae torrada no mel Suan Zao Ren - Semen Zizyphi Spinosae Da Zao - Fructus Zizyphi Jujubae Zhi Gan Cao - Radix Glycyrrhizae Uralensis torrada no mel Sheng Jiang - Rhizoma Zingiberis Officinalis Recens Ação: Alimenta o Qi e o Sangue. Fortalece o Coração e o Baço/Pâncreas. Indicação: Para uma pessoa com Coração e Baço/Pâncreas Deficientes. Os sintomas são: palpitação, insônia, esquecimento, pesadelo, cansaço, falta de apetite, face pálida, anemia, sangramento uterino, neurastenia. Língua: Com capa fina branca. Pulso: Como corda e fraco. Aplicação: Neurastenia, úlcera gástrica ou duodenal, sangramento uterino, púrpura trombocitopênica, anemia aplástica, anemia geral, sangramento crônico. II Fórmulas que Tonificam o Qi Fórmulas que tonificam o Qi são geralmente usadas para tratar condições que envolvem Baço e Pulmão. Estes órgãos produzem o Qi do corpo, o qual é derivado da comida absorvida pelo Baço e pelo ar absorvido pelos Pulmões. Os sinto mas de Deficiência de Qi incluem letargia e fadiga. É muito importante observar que, na Deficiência de Qi os sintomas aparecem com a atividade e melhoram com o repouso. O Baço e o Estômago, localizados no Aquecedor Médio, são a principal fonte de produção e transformação de Qi e Sangue. Se o Baço é Deficiente, o Qi se tornará Deficiente. Similar mente, para a tonificação de qualquer órgão ser efetiva, o Baço deve 102

Lista de Fitoterapia Chinesa TCM Practitioner. 3º Trimestre 2010 TCM FORMULA SEDATELEC PULANNA SHENZHOU NO PAIN NEEDLE PEACE

Lista de Fitoterapia Chinesa TCM Practitioner. 3º Trimestre 2010 TCM FORMULA SEDATELEC PULANNA SHENZHOU NO PAIN NEEDLE PEACE Lista de Fitoterapia Chinesa TCM TCM FORMULA SEDATELEC PULANNA SHENZHOU NO PAIN NEEDLE PEACE Fitoterapia Chinesa* Fórmulas tradicionais TCM FORMULA: Suplemento alimentar: gotas (ml), cápsulas (caps) e

Leia mais

ERVAS CHINESAS NO TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO. Dr. Marcio Miyamoto Tao das Ervas Fitoterapia Chinesa

ERVAS CHINESAS NO TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO. Dr. Marcio Miyamoto Tao das Ervas Fitoterapia Chinesa ERVAS CHINESAS NO TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO Dr. Marcio Miyamoto Tao das Ervas Fitoterapia Chinesa HIPERTENSÃO - SBH O que é hipertensão: É a pressão arterial, sistematicamente, igual ou maior que 14 mmhg

Leia mais

1 A Arte de Combinar as Substâncias Medicinais Chinesas: Sua Teoria, Metodologia & Vantagens

1 A Arte de Combinar as Substâncias Medicinais Chinesas: Sua Teoria, Metodologia & Vantagens Dui Yao A arte da combinação dos medicamentos chineses Philippe Sionneau 1 A Arte de Combinar as Substâncias Medicinais Chinesas: Sua Teoria, Metodologia & Vantagens A matéria médica chinesa contém inúmeras

Leia mais

Durval Verçosa Junior. durvalvet@ig.com.br

Durval Verçosa Junior. durvalvet@ig.com.br Durval Verçosa Junior durvalvet@ig.com.br Segredos da Fitoterapia Chinesa Na Terapia Oncológica Veterinária Durval Verçosa Junior durvalvet@ig.com.br 1 Neoplasias na visão Ocidental 2 Neoplasias na visão

Leia mais

DISTÚRBIOS URINÁRIOS DISTÚRBIOS URINÁRIOS

DISTÚRBIOS URINÁRIOS DISTÚRBIOS URINÁRIOS DISTÚRBIOS URINÁRIOS 1 Calor: Fígado Coração (ID) Tr.Aquecedor Deficiência Yin Rins Estagnação Estagnação Qi Fígado Deficiência T.Aq. Deficiência Yang Rins/ Baço Estagnação Umidade Bexiga Distúrbios Urinários

Leia mais

Dor segundo a Medicina Chinesa

Dor segundo a Medicina Chinesa XII Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientais Dor segundo a Medicina Chinesa Introdução Definição A IASP- International Association for the Study of Pain (Associação Internacional

Leia mais

1. Liu Wei Di Huang Wan. Composição. 2. Ba Jen Tang 3/7/2013. Liu Wei Di Huang Wan Patologias Tratadas. Ba Jen Tang Composição

1. Liu Wei Di Huang Wan. Composição. 2. Ba Jen Tang 3/7/2013. Liu Wei Di Huang Wan Patologias Tratadas. Ba Jen Tang Composição 1. Liu Wei Di Huang Wan Indicação: Tônico de Yin do Rim e do Fígado; As 20 Fórmulas Magistrais Chinesas mais utilizadas Ação: Fórmula clássica para Tonificar o Yin do Rim e do Fígado (paciente demonstra

Leia mais

Fitoterapia Chinesa Aplicada na Insônia

Fitoterapia Chinesa Aplicada na Insônia II Congresso Brasileiro de Medicina Chinesa Fitoterapia Chinesa Aplicada na Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral:

Leia mais

巴 西 中 医 学 院 bāxī zhōngyī xuéyuàn

巴 西 中 医 学 院 bāxī zhōngyī xuéyuàn CRONOBIOLOGIA CHINESA Luci Aquemi Hayashi Machado Luci.hayashi@onda.com.br Nei Su Wen (Questões Simples) os ritmos impostos pelas horas, dias, meses, anos, influenciam todos os seres vivos, inclusive os

Leia mais

Shāng Hán Lùn. 伤寒论 Tratado da Lesão por Frio

Shāng Hán Lùn. 伤寒论 Tratado da Lesão por Frio Shāng Hán Lùn 伤寒论 Tratado da Lesão por Frio Tópicos Introdução ao Shang Han Lun Definição Shang Han 6 Canais Transmissão Huo Luan e gastroenterite Classificação Diferenciação e tratamento Autor e obras

Leia mais

Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC. Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012

Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC. Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012 Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012 Sistema Vestibular Introdução Função: transmitir a informação do ouvido interno até o cérebro

Leia mais

Entendimento e Tratamento da Dengue

Entendimento e Tratamento da Dengue Entendimento e Tratamento da Dengue 登 革 热 dēng gé rè Dr. Reginaldo de Carvalho Silva Filho, FT, Ac Diretor Geral da EBRAMEC - Escola Brasileira de Medicina Chinesa Doutorando em Acupuntura pela Universidade

Leia mais

Estagnação, Depressão, Restrição e Estase: Esclarecimento Terminológico.

Estagnação, Depressão, Restrição e Estase: Esclarecimento Terminológico. Estagnação, Depressão, Restrição e Estase: Esclarecimento Terminológico. Título Original Stagnation, Depression, Constraint, and Stasis: Terminological Clarification Por Jason Blalack www.chinesemedicinedoc.com

Leia mais

Fórmulas Clássicas da Fitoterapia Chinesa

Fórmulas Clássicas da Fitoterapia Chinesa PÓS-GRADUAÇÃO Fórmulas Clássicas da Fitoterapia Chinesa Estudo do Clássico Shang Han Lun (Tratado das Doenças Causadas pelo Ataque do Frio) 传统方剂学 Parceiro Apresentação Este curso tem por base o estudo

Leia mais

FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA nas Patologias Oncologicas MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA nas Patologias Oncologicas MEDICINA TRADICIONAL CHINESA FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA nas Patologias Oncologicas MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Introdução Terapêutica Terapêutica Antineoplasica Terapêutica suporte tratamentos convencionais: -Terapêutica suporte

Leia mais

Prof. Carolina C. T. Haddad. Instituto Bioethicus. Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária PULSOLOGIA

Prof. Carolina C. T. Haddad. Instituto Bioethicus. Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária PULSOLOGIA Instituto Bioethicus Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária PULSOLOGIA A arte da palpação é de extrema importância dentro do exame semiológico da Medicina Veterinária Tradicional Chinesa e a

Leia mais

LINGUAGEM CORPORAL E EMOCIONAL DOS FLORAIS QUANTICOS AQUANTIK. Paeonia lactiflora Compound Rehmannia glutinosa Compound

LINGUAGEM CORPORAL E EMOCIONAL DOS FLORAIS QUANTICOS AQUANTIK. Paeonia lactiflora Compound Rehmannia glutinosa Compound LINGUAGEM CORPORAL E EMOCIONAL DOS FLORAIS QUANTICOS AQUANTIK SINTOMAS, SINAIS, RELAÇÕES PSICOSSOMATICAS Abre os orifícios nasais Acalmar o espírito Acalmar o Shen Acúfeno Acúfeno Acúfeno tipo cigarra

Leia mais

4º EXAME DE CERTIFICAÇÃO DE ESPECIALISTA EM ACUPUNTURA TRADICIONAL CONBRAC/CRAERJ 2006

4º EXAME DE CERTIFICAÇÃO DE ESPECIALISTA EM ACUPUNTURA TRADICIONAL CONBRAC/CRAERJ 2006 CONBRAC - Conselho Brasileiro de Acupuntura CRAERJ - Conselho Regional de Acupuntura do Estado do Rio de Janeiro CNPJ nº 06.959.089/0001-02 4º EXAME DE CERTIFICAÇÃO DE ESPECIALISTA EM ACUPUNTURA TRADICIONAL

Leia mais

Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional

Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional Centro Brasileiro de Acupuntura Acupuntura Aplicada a Ginecologia e Obstetrícia Prof.: Marcelo Brum Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional Aparelho Genital Feminino: Abrange: Útero; Ovários; Trompas

Leia mais

FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA NAS PATOLOGIAS

FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA NAS PATOLOGIAS FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA NAS PATOLOGIAS FÓRMULAS MAGISTRAIS CHINESAS - Patologias Padrões Energéticos Indicações Terapêuticas Este trabalho tem ainda muito a se fazer, com acréscimos, correções

Leia mais

Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura

Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura Neuropatias sob a visão da Medicina Chinesa Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura Neuropatias sob a visão da Medicina Chinesa Revisão da neurofisiologia da dor, Revisão da fisiopatologia

Leia mais

Acupuntura em Cardiologia Funcional. Prof. Ms. Jean Luis de Souza. Diretor Geral: IPGU

Acupuntura em Cardiologia Funcional. Prof. Ms. Jean Luis de Souza. Diretor Geral: IPGU Acupuntura em Cardiologia Funcional Prof. Ms. Jean Luis de Souza Presidente SOBRAFISA NACIONAL Diretor Geral: IPGU Acupuntura em Cardiologia Energética Funcional * PROGRAMA * SISTEMA CARDIOVASCULAR * ELEMENTOS

Leia mais

TRATAMENTO PARA MIOMA. INSTITUTO Long Tao

TRATAMENTO PARA MIOMA. INSTITUTO Long Tao TRATAMENTO PARA MIOMA INSTITUTO Long Tao Mioma Uterino DEFINIÇÃO: É UM TUMOR BENIGNO QUE SURGE QUANDO UMA CÉLULA DO ÚTERO DA MULHER COMEÇA A SE MULTIPLICAR DE FORMA DESORDENADA. Definição na MTC: O mioma

Leia mais

巴 西 中 医 学 院 bāxī zhōngyī xuéyuàn. 四 总 穴 歌 sì zǒng xué gē Ode dos Quatro Pontos Gerais

巴 西 中 医 学 院 bāxī zhōngyī xuéyuàn. 四 总 穴 歌 sì zǒng xué gē Ode dos Quatro Pontos Gerais Protocolos Clássicos de Acupuntura: Análise e aplicações Apresentação No decorrer da palestra serão abordadas: Introdução Apresentação Protocolos Análise Para iniciar se faz importante saber: Quem aqui

Leia mais

ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA HISTÓRIA DA MEDICINA CHINESA

ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA HISTÓRIA DA MEDICINA CHINESA Teoria da Acupuntura ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA A Medicina Tradicional Chinesa tem obtido um desenvolvimento através do tempo, pelo menos a 3000 anos. A Acupuntura promove diversas funções, ela controla

Leia mais

Agulha de Fogo, da teoria à prática

Agulha de Fogo, da teoria à prática II Congresso Brasileiro de Medicina Chinesa Agulha de, da teoria à prática Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral:

Leia mais

O Desenvolvimento da matéria médica

O Desenvolvimento da matéria médica Introdução A fitoterapia chinesa é tão antiga que sua história se confunde com a história da própria Medicina Tradicional Chinesa (MTC). Até muito recentemente, pouco se conhecia a respeito da forma de

Leia mais

** Pessoas jovens com má alimentação e estresse emocional que também geram vento no Fígado também estão propícios a ter Parkinson.

** Pessoas jovens com má alimentação e estresse emocional que também geram vento no Fígado também estão propícios a ter Parkinson. Doença de Parkinson A Doença de Parkinson é uma síndrome caracterizada por lentidão de movimento, rigidez e tremor resultante de disfunção nos glânglios da base, com diminuição da dopamina e aumento da

Leia mais

Observação Clínica. A MTC no Tratamento da Diabetes Uma Estratégia em Cinco Fases

Observação Clínica. A MTC no Tratamento da Diabetes Uma Estratégia em Cinco Fases A MTC no Tratamento da Diabetes Uma Estratégia em Cinco Fases Li Saimei 李 赛 美 Treatise on Febrile Diseases Dept. of Guangzhou University of Traditional Chinese Medicine, Guangzhou 510407, China Tradução:

Leia mais

Ciclo circadiano

Ciclo circadiano 10 11 12 13 14 09 15 08 16 07 06 05 Ciclo circadiano 17 18 19 04 20 03 21 02 01 24 23 22 Amargo Azedo Doce Picante Salgado Quente Morno Neutro Fresco Frio Flor Caule e Talos Raiz Folhas Semente Coração

Leia mais

Fórmulas Magistrais Chinesas PADRÕES ENERGÉTICOS SINOPSE SUBSTANCIAS, ZANG FU

Fórmulas Magistrais Chinesas PADRÕES ENERGÉTICOS SINOPSE SUBSTANCIAS, ZANG FU PADRÕES ENERGÉTICOS SINOPSE SUBSTANCIAS, ZANG FU Indicações fitoterapicas FORMULAS MAGISTRAIS CHINESAS SUBSTÂNCIAS QI 1. QI (Pulmão,Baço): Si Jun Zi Tang, Liu Jun ZI Tang, Shen Ling Bai Zhu San 2.ESTAGNAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO-RE Nº 123, DE 28 DE MAIO DE 2004

MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO-RE Nº 123, DE 28 DE MAIO DE 2004 MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO-RE Nº 123, DE 28 DE MAIO DE 2004 O Diretor de Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária,

Leia mais

Apostila de Fitoterapia- Noções Básicas

Apostila de Fitoterapia- Noções Básicas Apostila de Fitoterapia- Noções Básicas Histórico 2000 a.c- Medicina era praticada por mulheres da tribo do Norte Asiático- Xamãs Arqueologia fez a conexão das Feiticeiras com a Medicina 600 a.c.- Medicina

Leia mais

Título Resumido. Poço (Jing)

Título Resumido. Poço (Jing) Analgesia Tendinomuscular pelo Ponto Poço (Jing) Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Dr. Reginaldo de Carvalho

Leia mais

UBERABA WUSHU SOCIETY BRASIL. ALGUNS ESTILOS DE WUSHU KUNG FU

UBERABA WUSHU SOCIETY BRASIL. ALGUNS ESTILOS DE WUSHU KUNG FU ALGUNS ESTILOS DE WUSHU KUNG FU 1. Zui ba xien boxe dos oito imortais bêbados 2. Jin ji quan boxe do galo de ouro 3. Tuo tai quan boxe da avestruz 4. Pai ei quan boxe do cisne branco 5. Fu ho say ien quan

Leia mais

Medicina Tradicional Chinesa: Fundamentos em Medicina Erval Chinesa e Formulação no Síndroma de Estagnação do Qi

Medicina Tradicional Chinesa: Fundamentos em Medicina Erval Chinesa e Formulação no Síndroma de Estagnação do Qi Medicina Tradicional Chinesa: Fundamentos em Medicina Erval Chinesa e Formulação no Síndroma de Estagnação do Qi Autor: Carla Sofia Fernandes Ximenes Dissertação do 2º Ciclo de Estudos conducente ao Grau

Leia mais

Nas listas de pontos, menciono HE-7 Shenmen porque, além de acalmar o Shen, ele pára a coceira.

Nas listas de pontos, menciono HE-7 Shenmen porque, além de acalmar o Shen, ele pára a coceira. PRURIDO O prurido é um sintoma que acompanha muitas doenças e padrões. Os principais fatores patogênicos que causam coceira são: Calor externo do vento do vento na pele umidade deficiência de sangue Para

Leia mais

Ervas & Oito Vasos Extraordinários Texto Original Charles Chace Tradução Fabio Barbosa Athayde Supervisão e Revisão : Ephraim Ferreira Medeiros Projeto www.medicinaclassicachinesa.org A primeira discussão

Leia mais

FARMACOPEIA CHINESA I

FARMACOPEIA CHINESA I FARMACOPEIA CHINESA I Aula I 2015-2016 Diana Pinho 03/2016 Recomendações Gerais: Vademecum Golden Flower Sistema de Avaliação FARMACOPEIA I: Cada avaliação teórica-prática (45%) Nota mínima de 9,5ptos

Leia mais

O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE

O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE ANSIEDADE A ansiedade é uma reação ligada ao instinto de sobrevivência frente a situações e momentos de medo, perigo ou de tensão, que prepara a pessoa para o que poderá

Leia mais

OITO PRINCÍPI P O I S

OITO PRINCÍPI P O I S OITO PRINCÍPIOS TEM COMO FUNÇÃO IDENTIFICAR, ATRAVÉS DOS DADOS OBTIDOS DO PACIENTE: A LOCALIZAÇÃO DA DESARMONIA A NATUREZA DA DESARMONIA AS CONDIÇÕES DOS FATORES PATOGÊNICOS E DE RESISTÊNCIA DO ORGANISMO

Leia mais

Teoria Dos Cinco Movimentos

Teoria Dos Cinco Movimentos Teoria Dos Cinco Movimentos Constitui a base teórica da MTC. Caracteriza-se por cinco processos básicos decorrentes das qualidades de cinco elementos comuns, encontrados na natureza, e que simbolizam todos

Leia mais

Resumo da História Médica Chinesa

Resumo da História Médica Chinesa Resumo da História Médica Chinesa Artigo traduzido de http://www.lingna-cheng.com/chinese_medical_history_list.html Versão em Português: Paulo Henrique Pereira Gonçalves Projeto Agulhas Bian (8000-2100

Leia mais

Observação Clínica. Tratamento Diferencial da Infertilidade Masculina

Observação Clínica. Tratamento Diferencial da Infertilidade Masculina Tratamento Diferencial da Infertilidade Masculina Lin Tiandong 林 天 东 & Huang Xianxun 黄 显 勋 The Hainan Provincial Hospital of Traditional Chinese Medicine, Haikou, 570203, China Tradução de Sílvia Beviano

Leia mais

Interrogatório DOR. No CD Rom

Interrogatório DOR. No CD Rom Interrogatório No CD Rom - Um artigo complementar sobre a importância do Interrogatório na MTC. - Modelo de Ficha de Avalição de pacientes. Imprima Frente e Verso. ANAMNESE ELABORAR UM QUESTIONÁRIO DIRECIONAR

Leia mais

SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL

SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL SANGUE É INSEPARÁVEL DO QI, JÁ QUE O QI PROPORCIONA VIDA AO XUE, SEM O QUAL ELE SERIA UM FLUIDO INERTE XUE DERIVA EM SUA MAIORIA DO

Leia mais

ATM CERVICALGIAS DORSALGIAS

ATM CERVICALGIAS DORSALGIAS Center-AO Centro de Pesquisa e Estudo da Medicina Chinesa Universidade Federal de São Paulo Departamento de Ortopedia e Traumatologia Disciplina de Ortopedia Setor de Medicina Chinesa-Acupuntura ATM CERVICALGIAS

Leia mais

ELABORAR UM QUESTIONÁRIO

ELABORAR UM QUESTIONÁRIO INTERROGATÓRIO ANAMNESE ELABORAR UM QUESTIONÁRIO DIRECIONAR AS PERGUNTAS INICIALMENTE TOMANDO POR BASE OS 8 CRITÉRIOS, SUBSTÂNCIAS FUNDAMENTAIS, ZANG FU E ETIOPATOGENIA. DEIXAR QUE O PACIENTE JUSTIFIQUE

Leia mais

PADRÕES DO FÍGADO (GAN)

PADRÕES DO FÍGADO (GAN) PADRÕES DO FÍGADO (GAN) ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN) SENSAÇÃO DE DISTENSÃO E DOR NOS HIPOCÔNDRIOS - NO NÍVEL FÍSICO A ESTAGNAÇÃO DE FÍGADO SE MANIFESTA PRINCIPALMENTE NESTA REGIÃO, EM AMBOS OS LADOS.

Leia mais

Saúde e Sexualidade na Medicina Clássica Chinesa

Saúde e Sexualidade na Medicina Clássica Chinesa Saúde e Sexualidade na Medicina Clássica Chinesa Prof. Eduardo Alexander Doutorando IMS/UERJ Rio de Janeiro 2007 O Contexto: Textos Clássicos da Medicina Os Textos de Ma Wang Dui Terapêuticas Clássicas

Leia mais

Dietoterapia. Dietoterapia. Dietoterapia 14/11/2014. Alimentação Natural para cães segunda MVTC. Medicina Tradicional Chinesa

Dietoterapia. Dietoterapia. Dietoterapia 14/11/2014. Alimentação Natural para cães segunda MVTC. Medicina Tradicional Chinesa Alimentação Natural para cães segunda MVTC Quais são as 5 bases da Medicina Tradicional Chinesa? Carolina C. T. Haddad ACUVET Congresso Paulista de Especialidades Outubro/ 2014 Medicina Tradicional Chinesa

Leia mais

BIOTIPOLOGIA CONSTITUCIONAL TIPO I AR YANG SUPREMO

BIOTIPOLOGIA CONSTITUCIONAL TIPO I AR YANG SUPREMO TIPO I AR YANG SUPREMO TAI YANG Características físicas: fronte larga, brilho intenso nos olhos, tórax bem desenvolvido (devido a hiperplasia do parênquima pulmonar), ombro largo, cintura proporcionalmente

Leia mais

ERVAS CHINESAS QUE ATUAM NO SHEN

ERVAS CHINESAS QUE ATUAM NO SHEN ERVAS CHINESAS QUE ATUAM NO SHEN Prof. Norton Almeida Apresentação Objetivos: Apresentar uma parte do raciocínio básico da Fitoterapia ; Aplicar tais conceitos básicos da Fitoterapia (MTC) no tratamento

Leia mais

11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG)

11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG) O Pulmão (FEI) 11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG) 1 O Pulmão (FEI) QI Pulmão (FEI) tem a função de dirigir o QI e a Respiração. O QI do ar junta-se

Leia mais

Adriana Tristão de França

Adriana Tristão de França Adriana Tristão de França A Dietoterapia Chinesa é o ramo da Medicina Chinesa onde os alimentos são empregados por suas qualidades terapêuticas e preventivas, sendo uma importantíssima aliada no tratamento

Leia mais

AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA

AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA A doença não é uma Entidade mas uma condição flutuante do corpo do paciente, uma batalha entre a substância da doença e a tendência natural do corpo

Leia mais

Acupuntura em Cardiologia Energética Funcional

Acupuntura em Cardiologia Energética Funcional Acupuntura em Cardiologia Energética Funcional * Acupuntura em Cardiologia Funcional Prof. Ms. Jean Luis de Souza Presidente SOBRAFISA SECCIONAL MINAS Gerais Diretor Geral: IPGU Acupuntura/MTC CARDIOVASCULAR

Leia mais

Observação Clínica. Gripe A e Medicina Chinesa

Observação Clínica. Gripe A e Medicina Chinesa Gripe A e Medicina Chinesa Pedro Choy Vice-Presidente da World Federation of Chinese Medicine Societies (WFCMS) Vice-Presidente da Pan-European Federation of Traditional Chinese Medicine Societies (PEFOTS)

Leia mais

FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO)

FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO) FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) OU FLUIDOS ORGÂNICOS JIN = ÚMIDO = ALGO LÍQUIDO YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO) JIN - FLUIDOS YE - LÍQUIDOS PUROS, CLAROS, AQUOSOS, DILUÍDOS TURVOS,

Leia mais

Autor: Alberto Bastos Fisioterapeuta Acupunturista. ARTRITE REUMATOIDE SEGUNDO A MEDICINA CHINESA E A TERAPÊUTICA NATURAL

Autor: Alberto Bastos Fisioterapeuta Acupunturista. ARTRITE REUMATOIDE SEGUNDO A MEDICINA CHINESA E A TERAPÊUTICA NATURAL Autor: Alberto Bastos Fisioterapeuta Acupunturista. ARTRITE REUMATOIDE SEGUNDO A MEDICINA CHINESA E A TERAPÊUTICA NATURAL A artrite reumatóide é uma doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada

Leia mais

ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS EM CÃES

ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS EM CÃES Lúcia Maria Rondas da Silveira ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS EM CÃES INSTITUTO QUALITTAS 2009 2 Lúcia Maria Rondas da Silveira ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS

Leia mais

XII I I S im i pós pós o B ras r i as l i e l i e r i o de o de Aper pe f r e f i e ç i oam oam n e to t e o m e

XII I I S im i pós pós o B ras r i as l i e l i e r i o de o de Aper pe f r e f i e ç i oam oam n e to t e o m e XII Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientais 三 Método de Três Agulhas Introdução Definição O Método de Três Agulhas é uma forma de acupuntura que utiliza seleções e combinações

Leia mais

Problemas Gastro-Intestinais

Problemas Gastro-Intestinais Problemas Gastro-Intestinais Parâmetros Ocidentais Vômito; Dor na região abdominal, gástrica, etc. Gastrite, Úlcera, Diarréia, Prisão de ventre (constipação) Cólica, Vermes. Anamnese: Tipo de dor ou desconforto:

Leia mais

6/3/2015. Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc

6/3/2015. Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc Homem, 52 anos. Fome e sede frequentes há 3 anos Micções frequentes e perda de peso. Refere preferência por comidas substanciosas e álcool. Glicemia em jejum 150 (Glicosuria+)

Leia mais

ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO

ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO Se o problema tem solução, não esquente a cabeça, porque tem solução. Se o problema não tem solução, não esquente a cabeça,

Leia mais

Célia Regina Whitaker Carneiro 2012. crwcarneiro@terra.com.br

Célia Regina Whitaker Carneiro 2012. crwcarneiro@terra.com.br Célia Regina Whitaker Carneiro 2012 crwcarneiro@terra.com.br - TEORIA DO YIN/YANG - TEORIA DOS CINCO MOVIMENTOS - TEORIA DOS ZANG FU 6 pares de Canais de Energia Principais: 5 pares de Zang/Fu que compõem

Leia mais

Zhen Jiu Jia Yi Jing "Tratado Clássico de Acupuntura e Moxabustão"

Zhen Jiu Jia Yi Jing Tratado Clássico de Acupuntura e Moxabustão "Tratado Clássico de Acupuntura e Moxabustão" Huang Fu Mi 皇甫謐 Quem foi Huang Fu Mi? Huang Fu Mi (215-282) nasceu em uma família de agricultores humildes. Sua vida abarco três dinastias. Nasceu durante

Leia mais

FADIGA, NEURASTENIA ou. Paulo Lessa IAMMG Instituto de Acupuntura Médica de Minas Gerais IVN SP Instituto Van Nghi São Paulo

FADIGA, NEURASTENIA ou. Paulo Lessa IAMMG Instituto de Acupuntura Médica de Minas Gerais IVN SP Instituto Van Nghi São Paulo FADIGA, NEURASTENIA ou TRANSTORNOS SOMATOFORMES Paulo Lessa IAMMG Instituto de Acupuntura Médica de Minas Gerais IVN SP Instituto Van Nghi São Paulo Sinais e sintomas relatados por pacientes com fadiga

Leia mais

EBRAMEC Escola Brasileira de Medicina Chinesa CIEFATO - Centro Internacional de Estudos de Fisioterapia, Acupuntura e Terapias Orientais

EBRAMEC Escola Brasileira de Medicina Chinesa CIEFATO - Centro Internacional de Estudos de Fisioterapia, Acupuntura e Terapias Orientais Teorias de Base Módulo 02 脏腑 - Órgãos e Vísceras - Zang Fu 病因 Etiologia - Bing Yin 经络 - Canais e Colaterais - Jing Luo Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola

Leia mais

Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico

Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico I. INTRODUÇÃO Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico Para se fazer qualquer tratamento em M.T.C, que seja mais do que meramente sintomático, é preciso um diagnóstico correto da disfunção em curso. O diagnóstico

Leia mais

n o m urd ne Hel e n o mis

n o m urd ne Hel e n o mis Em nosso cotidiano existem infinitas tarefas que uma criança autista não é capaz de realizar sozinha, mas irá torna-se capaz de realizar qualquer atividade, se alguém lhe der instruções, fizer uma demonstração

Leia mais

Métodos Diagnósticos na MTC. Prof. Thiago Resende

Métodos Diagnósticos na MTC. Prof. Thiago Resende Métodos Diagnósticos na MTC Prof. Thiago Resende Observações da Forma do Corpo Existem cinco diferentes maneiras de se classificar: Yin e Yang Cinco Elementos (Constitucional) Influências pré e pós natais

Leia mais

AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS

AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS YIN ~ YANG YANG EXTROVERSÃO INQUIETAÇÃO VOZ ALTA, FALANTE INSÔNIA AÇÃO YIN INTROVERSÃO APATIA VOZ BAIXA, SILÊNCIO SONOLÊNCIA ANÁLISE

Leia mais

Prof. Henrique Adam Pasquini

Prof. Henrique Adam Pasquini Segundo a MTO Prof. Henrique Adam Pasquini RSRSRSRSRSRS... Prof. Henrique Adam Pasquini 2 INSPEÇÃO DA LÍNGUA MTC A Língua é o broto do Coração. Embriologia A Língua e o coração se originam de um mesmo

Leia mais

III SIMPÓSIO DE TERAPIAS COMPLEMENTARES. Microssistemas no Tratamento da DEPRESSÃO Camille Elenne Egídio

III SIMPÓSIO DE TERAPIAS COMPLEMENTARES. Microssistemas no Tratamento da DEPRESSÃO Camille Elenne Egídio III SIMPÓSIO DE TERAPIAS COMPLEMENTARES Microssistemas no Tratamento da DEPRESSÃO Camille Elenne Egídio Qi Po disse ao Huang Di: A fim de tornar a Acupuntura completa e eficaz, deve-se curar primeiro a

Leia mais

Plantas Brasileiras na MTC

Plantas Brasileiras na MTC Plantas Brasileiras na MTC CULTIVO: Clima Topografia Solo Estação do ano - Plantio exclusivo de ervas nativas (naturais da região) - Canteiros individualizados - Plantio após as chuvas - Duas irrigações

Leia mais

VI FitoRJ 2016 e II Encontro de Fitoterapia do Hospital Federal do Andaraí

VI FitoRJ 2016 e II Encontro de Fitoterapia do Hospital Federal do Andaraí Dislipidemias e Fitoterapia Alexandre Ferraz de Abreu Apresentação Com o tema Fitoterapia em distúrbios endócrinos o evento tem como foco estimular a prescrição de fitoterápicos, discutir as políticas

Leia mais

PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO

PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO "A saúde é o resultado não só de nossos atos como também de nossos pensamentos." (Mahatma Gandhi) SHIATSU TERAPIA Terapia

Leia mais

Centro de Acupunctura do Funchal

Centro de Acupunctura do Funchal Centro de Acupunctura do Funchal Medicina Tradicional Chinesa Dr António Franco Medicina Tradicional Chinesa Centro de Acupunctura do Funchal CAF Medicina Tradicional Chinesa Existe há pelo menos 5 mil

Leia mais

Acupuntura do. Acupuntura do 2 Metacarpo

Acupuntura do. Acupuntura do 2 Metacarpo Acupuntura do Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Reginaldo de Carvalho Silva Filho Introdução Apresentação

Leia mais

Princípios da Sintaxe do Chinês clássico e os Provérbios

Princípios da Sintaxe do Chinês clássico e os Provérbios http://www.hottopos.com/ Mirandum 19 CEMOrOc Feusp IJI Univ. do Porto 2008 Princípios da Sintaxe do Chinês clássico e os Provérbios Tong Harr Lee Sintaxe do Chinês Clássico: As formas mais primitivas da

Leia mais

Aula de Localização de Pontos e Meridianos do Movimento Metal. Pulmão e Intestino Grosso. Instituto Quallitas. Novembro de 2009.

Aula de Localização de Pontos e Meridianos do Movimento Metal. Pulmão e Intestino Grosso. Instituto Quallitas. Novembro de 2009. Aula de Localização de Pontos e Meridianos do Movimento Metal Pulmão e Intestino Grosso Instituto Quallitas Novembro de 2009 Funções do Pulmão 1. Governar Qi e a Respiração Controla o Qi da respiração

Leia mais

Oito Princípios - Ba Gang

Oito Princípios - Ba Gang Oito Princípios - Ba Gang Eduardo Lobo - Medicina Chinesa - Oncologia veterinária Introdução O diagnóstico é o principal e mais importante passo no estabelecimento da cura. Se baseia em : Diagnóstico etiológico

Leia mais

Etiopatogenia na Medicina Chinesa

Etiopatogenia na Medicina Chinesa Etiopatogenia na Chinesa Prof. Eduardo Alexander Doutor em Saúde Coletiva - IMS/UERJ edu.alexander@gmail.com www.grandetriade.com.br Rio de Janeiro 2009 Quadro Resumo Racionalidades Médicas Racionalidades

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07. Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO:

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07. Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: 8 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07 QUESTÃO 17 Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Há 3.000 anos, agulhas de bronze e a pedra bian eram usadas como

Leia mais

de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães

de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães O Tui Na como método terapêutico e de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães Shiatsu Técnica japonesa; An Fa; Trabalha em uma

Leia mais

PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU)

PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU) 1 PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU) PONTOS DE ACÚMULO (XI) PONTOS DE REUNIÃO (HUI) 1- PONTOS FONTE (YUAN)

Leia mais

Medicina Tradicional Chinesa

Medicina Tradicional Chinesa Medicina Tradicional Chinesa Os Chineses acreditam que a vida e a saúde estão relacionadas diretamente ao fluxo de energia pelo corpo: "CHI". A doença se manifesta quando a energia é bloqueada. A MTC se

Leia mais

O Tratamento da Ansiedade por Intermédio da Acupuntura: Um Estudo de Caso

O Tratamento da Ansiedade por Intermédio da Acupuntura: Um Estudo de Caso 200 200 O Tratamento da Ansiedade por Intermédio da Acupuntura: Um Estudo de Caso The Treatment of Anxiety Through Acupunture: A Case Study El Tratamiento de la Ansiedad por Intermedio de la Acupuntura:

Leia mais

L.E.R. E D.O.R.T. DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO PELA MTC. Um breve histórico Ocidental

L.E.R. E D.O.R.T. DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO PELA MTC. Um breve histórico Ocidental L.E.R. E D.O.R.T. DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO PELA MTC Um breve histórico Ocidental Acha-se que L.E.R. é um mal resultante da sociedade urbana moderna, ou seja, uma doença da atualidade, porém isso não é

Leia mais