Apresentação Corporativa. Junho 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação Corporativa. Junho 2012"

Transcrição

1 Apresentação Corporativa Junho 2012

2 Seção I Visão Geral do Negócio

3 Positivo Informática: Uma História de Sucesso e Crescimento Tecnologia para as escolas no Brasil Forte posicionamento no Governo: preço, confiança e assistência técnica Alavancagem na expertise adquirida para entrar no varejo Manter a liderança no varejo Forte posição com o governo Fortalecer no corporativo Ganhos de eficiência Oportunidades de verticalização * PCs Vendidos (em milhares) * Contempla notebooks vendidos pela empresa BGH S.A. sob a marca Positivo BGH 3

4 4 Segmento de Negócios A Positivo Informática é a líder no mercado de Hardware no Brasil e pioneira no desenvolvimento de Tecnologia Educacional no país Hardware Tecnologia Educacional Desktops Notebooks Tablets Mesas Educacionais Lousas Interativas Max Câmera Portais Educacionais Software Educacional Receita Líquida de R$ 2.033,0 mil em ,8% da Receita Líquida Receita Líquida de R$ 46,2 mil em ,2% da Receita Líquida

5 Ampla atuação no Brasil e expansão internacional Principal Unidade: Curitiba (PR) Manaus (AM) 20 mil PCs/mês - Produção de desktops, notebooks, all in ones, placas-mãe e gabinetes - Área construída de m² funcionários no chão de fábrica BRASIL ARGENTINA Curitiba (PR) 380 mil PCs, 60 mil gabinetes e 127 mil placas-mãe/mês Ilhéus (BA) 10 mil PCs e 70 mil monitores/mês Nova Unidade: Terra do Fogo (Argentina) - Primeira fábrica de PCs na Argentina - Joint Venture com a BGH Terra do Fogo (Argentina) 60 mil PCs e 30 mil placas-mãe/mês 5

6 Líder absoluta no Brasil e presença destacada na Argentina Market Share: Mercado Total Brasil Market Share: Mercado Total Argentina 2S ,9% 21,9% A: 10,3% B: 7,8% M: 10,3% Outros + Mercado Cinza: 51,2% C: 6,7% D: 6,4% E: 4,7% Outros + Mercado Cinza: 47,0% C: 9,7% G: 7,2% N: 2,8% A: 1,1% Vantagem Relativa: Brasil Vantagem Relativa: Argentina 2S11 2 Vantagem relativa - Brasil PCs Vantagem relativa - Argentina Notebooks Posição Positivo 1ª Posição Positivo BGH 1ª Empresa A 1,2x Empresa B 2,1x Empresa B 1,6x Empresa N 2,3x Empresa C 1,9x Empresa M 3,1x 1 Fonte: IDC Brasil ² Fonte: IDC Argentina, considerando apenas o mercado de notebooks 6

7 Sólido relacionamento e a mais ampla rede de distribuição no varejo Market Share: Varejo Brasil Market Share: Governo Brasil ,4% 44,5% C: 11,8% Outros + Mercado Cinza: 38,4% H: 4,0% D: 7,4% A: 11,2% E: 7,8% Outros + Mercado Cinza: 10,6% A: 6,6% G: 7,5% F: 9,1% B: 9,5% E: 12,2% Líder absoluta há 7 anos consecutivos A marca mais reconhecida pelo consumidor Oportunidades no N e NE Quatro marcas presentes no varejo Produtos disponíveis em mais de pontos de venda Presente nas 25 maiores redes varejistas do país Liderança absoluta nas principais licitações há 22 trimestres consecutivos Equipe com mais de 20 anos de experiência Time exclusivo para atender à demanda do governo: MEC, Minicom, etc. 1 Fonte: IDC Brazil 7

8 8 Vantagens Competitivas Maior escala nacional Forte relacionamento com as grandes redes de varejo Administração ágil e experiente Produtos pioneiros, personalizados e criativos Profundo conhecimento do consumidor brasileiro

9 Seção II Visão Geral da Indústria

10 Para ser competitivo, o computador deve ser produzido no Brasil Imposto Legislação Ano de Expiração PC importado PC Brasileiro 1 - Impostos Federais Imposto de Importação (II) Impostos sobre a venda - IPI¹ Várias leis federais Nenhum 16% em média 2% em média Leis 8.248/91, /00 e /04 Até % 0,75% - PIS/ COFINS² 2 - Impostos Estaduais Lei /05 e /10 Até % 0% Impostos sobre a venda - ICMS³ Várias leis estaduais Nenhum 12% 0% Total de impostos (média) 43% 2,75% ¹ Redução do IPI é função do cumprimento do Processo Produtivo Básico e investimento obrigatório de cerca de 1,5% da Receita Bruta Total da Companhia ² Sobre a venda de PCs de até R$ 4.000,00 ³ Alíquota média efetiva sobre a venda interestadual entre os estados da região Sul e Sudeste Diferença indicativa Os benefícios federais não devem mudar: - Garantem a geração de empregos - Tornaram o preço do PC acessível à população - Mercado oficial cresceu muito, aumentando a arrecadação de impostos - Importação de componentes é intensa e crescente, reduzindo o risco de questionamento na OMC -40,25% 10

11 Visão da Indústria Empregos criados pela indústria: ¹ Investimentos locais em P&D totalizam 3% da receita de PCs subsidiados Expansão do mercado brasileiro de PCs 2 : 15,4 milhões de unidades em 2011, 2,5x maior que 2005 Declínio do mercado cinza 2 : redução no market share de 73% (2005) para 21% (2011) Em 2011, o mercado brasileiro de PCs se tornou o 3 o maior do mundo Importação crescente e massiva de componentes, reduzindo o risco de questionamentos junto à OMC Caso único de empresa regional liderando um mercado importante O modelo de produção local não impediu o desenvolvimento do mercado (1) Fonte: ABINEE. Fabricantes de TI, equipamentos ópticos e eletrônicos (Setembro, 2011) (2) Fonte: IDC Brasil 11

12 O fenômeno da mobilidade social, combinado com a ainda baixa penetração, fomentam a imensa demanda potencial no mercado de PCs Distribuição da População Brasileira por Classe de Consumo A/B C Renda Mensal¹ (R$) 15% 22% % 54% Penetração de PCs nos domicílios Classe Social 2005* 2007* A 90% 88% 94% 98% B 57% 63% 77% 84% C 16% 25% 32% 45% DE 2% 4% 5% 8% D/E Fonte: O Observador - IPSOS % 24% 792 ¹ Média por domicílio Total 17% 24% 32% 45% *Não considera a população rural, inclusa em 2009 e 2011 Fonte: TIC 2011 Renda Disponível: Classe C x Parcela Mínima do PC (R$) 122,00 363,00 68,0% 83,00-51,5 p.p. 59,90 16,5% Renda disponível Parcela mínima PC Fonte: O Observador - IPSOS 2012 Proporção de domicílios com PCs: América Latina (em %) País Trinidad e Tobago 42,8 53,1 Uruguai 35,4 52,8 Chile 40,0 46,8 Costa Rica 34,4 41,3 Argentina 37,6 40,0 Fonte: Measuring the Information Society 2011 (ITU) Domicílios com desktops e notebooks 80% 79% 66% 41% 36% 13% 6% A B C D/E Desktops Notebooks 2% Fonte: TIC Domicílios 2011 CGI (Comitê Gestor da Internet) A renda disponível da classe C é mais do que suficiente para comportar a prestação de um PC 12

13 Seção III Resultados Financeiros 1T12

14 Incremento nos preços e maiores volumes permitiram um aumento de 8,6% na receita líquida Receita Líquida¹ (R$ milhões) Evolução do Preço Médio PCs Positivo² 421,6 8,6% 457, ,5% 41,1% ,4% 3,1% 52,9% 6,0% 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 R$ US$ 1T11 1T12 Desktops Notebooks Outros Breakdown da Receita Líquida¹ Hw Varejo 64,1% Hw Varejo 76,9% Preço médio dos PCs - 1T12 x 4T11: +9,7% Ajuste nos preços devido a maiores custos com HDDs e baixo volume de laptops educacionais do PROUCA Desktops: -2,8% Hw Gov. 25,1% Hw Corp. 8,8% -12,9 p.p. Hw Gov. 11,9% Hw Corp. 9,1% Menor proporção de entregas aos mercados de governo e corporativo Notebooks: +17,8% (1) Ajustada 1T11 T.E. 2,0% T.E. 2,1% 1T12 HW: Hardware/ Gov.: Governo/ Corp.: Corporativo/ T.E.: Tecnologia Educacional Baixas entregas de netbooks do PROUCA Aumento de 5,2% nos convencionais, devido aos ajustes nos preços e à maior proporção da marca Positivo (2) Considera apenas os computadores comercializados no mercado brasileiro 14

15 Margem bruta de 25,3% (+4,6 p.p.), mesmo com pressões nos custos com insumos CPV: Insumos e Outros 1 79,3% 75,2% 76,3% 73,6% 74,7% 70,9% 69,7% 71,3% 68,1% 69,1% 7,8% 5,0% 4,5% 5,0% 5,0% 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 CPV Insumos Outros Insumos: Redução de 1,8 p.p. vs. 1T11: menores perdas com insumos melhor escala produtiva interna das linhas, após a racionalização do portfólio Aumento de 1,1 p.p. vs. 4T11: maiores custos com componentes, especialmente HDDs Margem Bruta 1 25,9% 26,5% 25,7% Outros: Redução de 2,9 p.p. vs. 1T11: ganhos de eficiência na operação economias com armazenagem externa melhor alocação do quadro de colaboradores 20,7% 24,8% 23,7% 26,4% 25,3% Estabilidade vs. 4T11 mesmo com a baixa diluição da estrutura fixa e dissídio concedido a partir de março 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 Considerando-se apenas a operação brasileira Operação brasileira registrou o menor patamar em termos absolutos desde o 1T08 (1) Em % da Receita Líquida 15

16 Menores gastos com assistência técnica e rebates geraram redução de 3,7 p.p. nas despesas com vendas Despesas com Vendas¹ Despesas Gerais e Administrativas (R$ milhões) 2,7% 22,7% 22,7% 22,7% 19,4% 19,4% 19,4%,4% 17,1% 17,4% 17,1% 19,4% 19,0% 17,4% 17,1% 17,4% 17,1% 15,4% 15,4% 17,4% 17,1% 20,5 21,9 0,3% 10,3% 10,3% 20,2 10,3% 8,0% 8,0% 8,0%,3% 6,3% 8,0% 7,3% 7,3% 5,6% 6,3% 7,3% 7,3% 6,3% 5,6% 6,3% 6,3% 7,1% 20,8,7% 7,5% 7,5% 6,0% 7,4% 7,5% 7,4% 7,5% 17,8 7,4% 17,6 7,4% 5,3% 5,7% 6,0% 5,3% 5,7% 6,0% 5,7% 6,0% 5,7% 6,0% 5,5%,2%,6% 4,6% 4,6% 3,8% 3,8% 4,4% 4,2% 4,6% 4,2% 4,6% 3,8% 4,4% 4,2% 4,6% 4,6% 3,8% 4,2% 4,6% 6,1% 25,2 21,8 21,5 19,4 T11 1T114T11 2T11 2T11 4T10 3T11 3T11 1T11 4T11 4T11 2T11 4T10 1T12 3T11 1T11 4T11 1T11 2T11 2T11 3T11 3T11 4T11 4T11 1T12 eting Assistência Técnica Vendas Marketing Outros Vendas Assistência Técnica Outros Marketing Assistência Vendas Técnica Exclui Marketing efeito do P&D Vendas e itens não recorrentes Vendas: Marketing: Redução de 3,2 p.p. vs. 1T11: menores despesas com coparticipação de marketing e rebates Aumento de 0,8 p.p. vs. 4T11: maior proporção do varejo no mix e baixa diluição da estrutura fixa G&A: Crescimento de 4,5% vs. 1T11: Impacto do dissídio coletivo a partir de março Maior estrutura fixa com a operação na Argentina Redução de 14,8% vs. 4T11: Assistência Técnica: menores despesas com reparos, recompras de equipamentos e litígios com clientes Despesa extraordinária no 4T11 referente a consultoria para novos projetos de captura de eficiência (1) Em % da Receita Líquida 16

17 Retomada da rentabilidade em relação ao 1T11, refletindo o acerto das medidas para captura de eficiência na operação brasileira Margem EBITDA Ajustada¹ Margem Líquida Ajustada¹ -1,8% 2,8% 5,1% 8,5% 3,4% -4,5% 1,7% 0,6% 7,4% 2,1% 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 EBITDA de R$ 15,5 milhões no 1T12 Lucro Líquido de R$ 9,8 milhões no 1T12 Resultado Financeiro (R$ milhões) 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 (5,9) 0,7 2,0 1,0 (15,7) Resultado Financeiro: Ganhos com variação cambial e menor endividamento líquido Equilíbrio entre receitas e despesas em função de bom volume de aplicações financeiras e baixo custo da dívida (1) Em % da Receita Líquida, ajustada pela subvenção para investimentos e outros itens não recorrentes e sem efeito caixa 17

18 Novo recorde trimestral de geração operacional de caixa no 1T12: R$ 150,4 milhões Fluxo de Caixa 1T12 (R$ milhões) Geração operacional de caixa 128,7 150,4 (14,5) 136,0 9,8 7,9 4,1 Lucro Líquido 1 Depreciação Amortização Outros Ativos e Passivos Capital de giro Investimentos Redução da Dívida Líquida Evolução da Geração Operacional de Caixa (R$ milhões) 127,3 150,4 28,4 55,1 71,4 (11,0) (49,5) (82,5) (125,6) 1T10 2T10 3T10 4T10 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 (1) Ajustado 18

19 Melhora de 55 dias no ciclo de caixa e redução de 54,6% no endividamento líquido Evolução do Ciclo de Caixa 3 (dias) Evolução da Dívida Bancária Líquida (R$ milhões)* ,7 166,2-54,6% - R$ 114,6 milhões 110,5 231,1 95,1 4T10 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 46,7% 69,5% 133,0% 64,0% 151,3% Contas a Receber¹ Estoques² Fornecedores² ¹Em dias da receita líquida ²Em dias do CPV ³Sem efeito dos materiais em trânsito 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 Dívida Líquida Linhas de crédito com BNDES *Inclui créditos de instrumentos financeiros Evolução do Ciclo de Conversão de Caixa (dias) Evolução do Capital de Giro vs. Receita Líquida ,2% 34,3% 29,8% 27,6% 33,3% 26,9% 4T10 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 4T10 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 4 Em % da receita líquida dos últimos 12 meses 19

20 20 Capex totalizou R$ 14,5 milhões no 1T12 Capex (R$ milhões) Investimentos no 1T12: 14,5 5,4 2,5 6,6 32,5 5,6 21,5 1T12R 2012E P&D TI Outros 59,6 Total de R$ 6,6 milhões em P&D: soluções em Tecnologia Educacional e desenvolvimento de conteúdos digitais Outros investimentos: Aquisição de servidores de alta performance Ampliação da fábrica de placas-mãe na Argentina. Capacidade nominal passará de 30 mil para 50 mil placas/mês Estimativa para 2012: Infraestrutura de TI da operação brasileira Nova linha seriada na unidade de Curitiba Ampliação da verticalização da produção de placas-mãe no Brasil e na Argentina Investimentos em P&D de R$ 21,5 milhões elegíveis como ativo intangível

21 21 Considerações Finais Melhora operacional e força comercial indicam sólido caminho para a retomada dos resultados financeiros em 2012 Captura de parte do espaço deixado por pequenos fabricantes no varejo após a crise dos HDDs Bom andamento da agenda para captura de eficiência, repercutindo-se na melhora da rentabilidade em relação ao início de 2011, mesmo sob plena competição Forte geração de caixa e redução do endividamento, sustentados pela recuperação das margens e pela otimização do capital de giro Volumes relevantes no mercado de governo ainda estão por vir: carteira 2012 ultrapassa 350 mil PCs no Brasil e 100 mil unidades na Argentina, com entregas concentradas a partir do 2T12 Oportunidade de diversificação de receitas com a venda de publicidade e conteúdos digitais

22 Ricardo Fernandes Pereira Vice-Presidente Financeiro e Diretor de Relações com Investidores Lincon Lopes Ferraz Gerente de Relações com Investidores Tel.: Fax: Algumas das afirmações aqui contidas baseiam-se nas hipóteses e nas perspectivas atuais da administração da companhia, que poderiam ocasionar variações materiais entre os resultados, performance e eventos futuros. Os resultados reais, desempenho e eventos podem diferir significativamente daqueles expressos ou implicados por essas afirmações, como um resultado de diversos fatores, tais como condições gerais e econômicas no Brasil e outros países; níveis de taxa de juros e de câmbio, mudanças em leis e regulamentos e fatores competitivos gerais (em bases global, regional ou nacional).

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15. 17 de agosto de 2015

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15. 17 de agosto de 2015 POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15 17 de agosto de 2015 Seção I Destaques & Conjuntura Positivo Informática registra crescimento de 3,1% na receita líquida no varejo no 2T15 Mesmo em um trimestre de

Leia mais

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 3T14. 11 de novembro de 2014

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 3T14. 11 de novembro de 2014 POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 3T14 11 de novembro de 2014 Seção I Destaques 3T14 Positivo Informática registra lucro líquido de R$ 13,5 milhões no 3T14 Retomada dos volumes no varejo e aceleração no

Leia mais

Positivo Informática registra volume de 425,7 mil PCs no 1T10, crescimento de 31,8%

Positivo Informática registra volume de 425,7 mil PCs no 1T10, crescimento de 31,8% Positivo Informática registra volume de 425,7 mil PCs no 1T10, crescimento de 31,8% Curitiba, 22 de abril de 2010 A Positivo Informática S.A. (BM&FBovespa: POSI3), maior fabricante de computadores do Brasil

Leia mais

Positivo Informática totaliza 1,6 milhão de computadores vendidos em 2008, aumento de 15% em relação a 2007

Positivo Informática totaliza 1,6 milhão de computadores vendidos em 2008, aumento de 15% em relação a 2007 Positivo Informática totaliza 1,6 milhão de computadores vendidos em 2008, aumento de 15% em relação a 2007 Curitiba, 23 de janeiro de 2009 A Positivo Informática S.A. (Bovespa: POSI3), maior fabricante

Leia mais

Vendas de celulares atingem 1,2 milhão de unidades em 2015, crescimento de 127%

Vendas de celulares atingem 1,2 milhão de unidades em 2015, crescimento de 127% Vendas de celulares atingem 1,2 milhão de unidades em 2015, crescimento de 127% Curitiba, 23 de março de 2016 A Positivo Informática S.A. (BM&FBOVESPA: POSI3) anuncia hoje seus resultados do 4T15. As informações

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS (R$ MILHÕES) 3T13 3T14 Var.% 9M13 9M14 Var.% RECEITA LÍQUIDA 315,8 342,8 8,5% 858,4 937,5 9,2% EBITDA AJUSTADO¹ 67,1 78,3 16,7% 157,5

Leia mais

Positivo Informática registra volume recorde de 442,5 mil PCs no 2T09

Positivo Informática registra volume recorde de 442,5 mil PCs no 2T09 Positivo Informática registra volume recorde de 442,5 mil PCs no 2T09 Curitiba, 23 de julho de 2009 A Positivo Informática S.A. (Bovespa: POSI3), maior fabricante de computadores do Brasil e líder no segmento

Leia mais

Café da Manhã Credit Suisse. 23 de fevereiro de 2010

Café da Manhã Credit Suisse. 23 de fevereiro de 2010 Café da Manhã Credit Suisse 23 de fevereiro de 2010 Seção I Destaques do 3T09 2 Positivo Informática registra margem EBITDA de 10,2% no 3T09 Recorde histórico de volume e receita: 528,5 mil PCs e R$ 751,0

Leia mais

POSITIVO INFORMÁTICA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

POSITIVO INFORMÁTICA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA POSITIVO INFORMÁTICA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Seção I A Companhia Positivo oferece uma ampla gama de produtos de hardware, incluindo desktops, notebooks, tablets e telefones celulares Desktops Notebooks

Leia mais

Apresentação Corporativa. Setembro de 2013

Apresentação Corporativa. Setembro de 2013 Apresentação Corporativa Setembro de 2013 Seção I Visão Geral do Negócio Positivo Informática: Uma História de Sucesso e Crescimento Tecnologia para as escolas no Brasil Forte posicionamento no Governo:

Leia mais

Positivo Informática registra EBITDA de R$ 142,0 milhões nos 9M10, crescimento de 27,7%

Positivo Informática registra EBITDA de R$ 142,0 milhões nos 9M10, crescimento de 27,7% Positivo Informática registra EBITDA de R$ 142,0 milhões nos, crescimento de 27,7% Curitiba, 11 de novembro de 2010 A Positivo Informática S.A. (BM&FBovespa: POSI3), maior fabricante de computadores do

Leia mais

Resultados do 2T10 28 de julho de 2010

Resultados do 2T10 28 de julho de 2010 Resultados do 2T10 28 de julho de 2010 Aviso Os comentários apresentados a seguir sobre o desempenho operacional e financeiro do Grupo Pão de Açúcar (GPA) referem-se aos seguintes números: (i) consolidados

Leia mais

4º Sul em Ações Novembro de 2010

4º Sul em Ações Novembro de 2010 4º Sul em Ações Novembro de 2010 CLIQUE PARA EDITAR O ESTILO DO TÍTULO MESTRE Ariel Leonardo Szwarc Vice-Presidente Financeiro e Diretor de Relações com Investidores 1 SEÇÃO I Visão Geral do Negócio 2

Leia mais

RESULTADOS 2T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 26 de julho de 2011

RESULTADOS 2T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 26 de julho de 2011 RESULTADOS 2T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 26 de julho de 2011 DESTAQUES DO 2T11 Impacto macroeconômico > IPCA 12 meses: +6,7% > Crescimento real GPA Alimentar: +2,3% > Aumento taxa Selic

Leia mais

Positivo Informática supera o volume de 1 milhão de PCs vendidos no 1S12

Positivo Informática supera o volume de 1 milhão de PCs vendidos no 1S12 Positivo Informática supera o volume de 1 milhão de PCs vendidos no 1S12 Curitiba, 14 de agosto de 2012 A Positivo Informática S.A. (BM&FBOVESPA: POSI3), maior fabricante de computadores do país e líder

Leia mais

Positivo Informática. Non Deal Roadshow

Positivo Informática. Non Deal Roadshow Positivo Informática Non Deal Roadshow Setembro de 2009 1 Seção I Visão Geral do Negócio 2 Positivo Informática: Uma História de Sucesso e Crescimento Tecnologi a para as escolas no Brasil Forte posicionamento

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T08. 19 de Maio de 2008

Apresentação de Resultados 1T08. 19 de Maio de 2008 Apresentação de Resultados 1T08 19 de Maio de 2008 Agenda A Companhia Resultados Operacionais Resultados Financeiros 2 Operação Virtual Canal Lojas A Companhia Globex S.A. Globex Utilidades S.A.: operadora

Leia mais

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09 Visão Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. Missão A Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que busca satisfazer as necessidades dos clientes e criar valor para os

Leia mais

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012 RESULTADOS 2T12 Grupo Pão de Açúcar 24 de julho de 2012 RESULTADO GPA CONSOLIDADO 2T12 Inclui empreendimentos imobiliários Exclui empreendimentos imobiliários Vendas Brutas Cresc. mesmas lojas vs 2T11

Leia mais

BTG Pactual XIII CEO Conference

BTG Pactual XIII CEO Conference BTG Pactual XIII CEO Conference Fevereiro 2012 Agenda Visão Geral Magazine Luiza Principais Eventos em 2011 Expectativas para 2012 2 Visão Geral Magazine Luiza Liderança de Mercado Uma das maiores redes

Leia mais

Apresentação Institucional. Novembro 2015

Apresentação Institucional. Novembro 2015 Apresentação Institucional Novembro 2015 Seção 1 Visão Geral da Unidas Visão Geral da Unidas 3ª maior empresa brasileira de aluguel de carros em frota total, com cobertura nacional em soluções para terceirização

Leia mais

Reunião APIMEC / Abril Educação

Reunião APIMEC / Abril Educação Reunião APIMEC / Abril Educação Aviso Legal Aviso Legal O presente documento não deve em nenhuma circunstância, ser considerado uma recomendação de investimento nas Units. Antes de investir nas Units,

Leia mais

Reunião Pública INI. Agosto de 2007

Reunião Pública INI. Agosto de 2007 Reunião Pública INI Agosto de 27 1 Seção I A Oportunidade Positivo Liderança Inigualável no Mercado Brasileiro de PCs A Positivo é líder absoluta de mercado há mais de 2 anos Market Share Positivo 1T7

Leia mais

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE MARÇO DE 2013

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE MARÇO DE 2013 ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE MARÇO DE 2013 A Itautec S.A., companhia brasileira de capital aberto atuante no setor de tecnologia em soluções de automação bancária, automação

Leia mais

Obrigado. Octavio Pereira Lopes

Obrigado. Octavio Pereira Lopes Mensagem do CEO Apesar de um contexto macroeconômico longe do ideal, continuamos avançando na execução do nosso plano estratégico de longo prazo. Novamente, nossa performance foi acima do crescimento de

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - POSITIVO INFORMATICA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - POSITIVO INFORMATICA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2016 começou com o cenário macroeconômico muito parecido de 2015, uma vez que o mercado continua com tendências negativas em relação a PIB, inflação e taxa de juros. Novamente a Ouro

Leia mais

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 30 DE SETEMBRO DE 2010

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 30 DE SETEMBRO DE 2010 ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 30 DE SETEMBRO DE 2010 CENÁRIO No terceiro trimestre, a economia brasileira continuou em trajetória de crescimento, resultado de fatores como as

Leia mais

RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex)

RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex) RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex) 17 de fevereiro de 2012 GRUPO PÃO DE AÇÚCAR - RESULTADOS 4T11 E 2011 Enéas Pestana, Presidente do Grupo Pão de Açúcar 2 Evolução operacional

Leia mais

7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa. 21 e 22 de agosto de 2006

7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa. 21 e 22 de agosto de 2006 7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa 21 e 22 de agosto de 2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Janeiro de 2012. O maior portfólio de serviços logísticos do Brasil

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Janeiro de 2012. O maior portfólio de serviços logísticos do Brasil APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Janeiro de 2012 O maior portfólio de serviços logísticos do Brasil JSL: Histórico e Momento Atual Aquisição da Rodoviário Schio (2011) Abertura de Capital: Perpetuidade e Suporte

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011 RESULTADOS 3T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 4 de novembro de 2011 ELETRO GPA ALIMENTAR AGENDA RESULTADOS Supermercados Proximidade Atacarejo Postos e Drogarias Hipermercado Lojas Especializadas

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados 2T14 em português TOTVS (TOTS3 BZ) 31 de julho de 2014

Transcrição da Teleconferência Resultados 2T14 em português TOTVS (TOTS3 BZ) 31 de julho de 2014 Operadora: Bom dia. Sejam bem-vindos à teleconferência da TOTVS referente aos resultados do 2T14. Estão presentes os senhores Alexandre Mafra, Vice-Presidente Executivo e Financeiro e Vice-Presidente de

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T11

Teleconferência de Resultados 1T11 Teleconferência de Resultados 1T11 13 de Maio de 2011 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

Competitividade da indústria nacional de PCs Política industrial e incentivos fiscais no Brasil. 6 de outubro de 2009

Competitividade da indústria nacional de PCs Política industrial e incentivos fiscais no Brasil. 6 de outubro de 2009 Competitividade da indústria nacional de PCs Política industrial e incentivos fiscais no Brasil 6 de outubro de 2009 1 Agenda Estado da Indústria Nacional de Informática Estímulos à Indústria Nacional

Leia mais

Apresentação Unidas. Maio 2014

Apresentação Unidas. Maio 2014 Apresentação Unidas Maio 2014 Seção 1 Visão Geral da Unidas Visão Geral da Unidas 2ª maior empresa brasileira de aluguel de carros em frota total, com cobertura nacional em soluções para terceirização

Leia mais

RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015

RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015 RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015 Aviso Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

TIM BRASIL MARIO CESAR ARAUJO

TIM BRASIL MARIO CESAR ARAUJO MARIO CESAR ARAUJO Agenda Destaques dos resultados de 2007 O contexto do mercado brasileiro Visão geral do plano 2008-10 Metas para 2008-10 1 Destaques 2007 TIM Brasil está posicionada como líder em valor

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

Início das obras para a segunda expansão do Shopping Cidade Jardim, adicionando aproximadamente 7 mil m 2 de ABL - 90% negociada.

Início das obras para a segunda expansão do Shopping Cidade Jardim, adicionando aproximadamente 7 mil m 2 de ABL - 90% negociada. Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essas

Leia mais

KROTON EDUCACIONAL S/A

KROTON EDUCACIONAL S/A KROTON EDUCACIONAL S/A Divulgação dos Resultados 2T10 12/08/2010 Disclaimer O material que se segue é uma apresentação de informações gerais da Kroton Educacional S.A ( Kroton ). Esta apresentação foi

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados 2T09

Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados 2T09 Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados 2T09 1 DESTAQUES DO 2T09 2 Base de Clientes TV a Cabo: 3,5 milhões Base de Clientes Net Vírtua: 2,6 milhões Base de Clientes em Voz: 2,3 milhões ARPU: oportunidade

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e Caixa

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 31 de dezembro de

Leia mais

Positivo Informática. Reunião Pública APIMEC Resultados 3T de Dezembro de 2012

Positivo Informática. Reunião Pública APIMEC Resultados 3T de Dezembro de 2012 Positivo Informática Reunião Pública APIMEC Resultados 3T12 21 de Dezembro de 2012 Seção I Destaques 3T12 e 9M12 Positivo Informática registra receita líquida¹ de R$ 528,3 milhões no 3T12, crescimento

Leia mais

DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09

DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09 Divulgação de Resultados 3T09 DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09 - VENDAS CONTRATADAS DE R$242,7 MILHÕES NO 3T09, COM VSO 45% - - EBITDA DE R$35,0 MILHÕES, COM 31,1% DE MARGEM EBITDA

Leia mais

INTRODUÇÃO PRINCIPAIS DESTAQUES DO 2º TRIMESTRE DE 2009 DESEMPENHO DO SETOR

INTRODUÇÃO PRINCIPAIS DESTAQUES DO 2º TRIMESTRE DE 2009 DESEMPENHO DO SETOR INTRODUÇÃO A LAEP Investments Ltd. foi constituída em junho de 2007 visando capturar oportunidades no setor lácteo no Brasil e no exterior, tanto na integração da cadeia produtiva do leite, quanto no beneficiamento

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Relatório Analítico 19 de abril de 2012

Relatório Analítico 19 de abril de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa AM BV4 Segmento de Atuação Principal Alimentos Categoria segundo a Liquidez 1 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 80,99 Valor Econômico por Ação (R$) 81,05 Potencial

Leia mais

Resultados do 4T05 e do ano de 2005

Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Teleconferência 24/03/2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2015 está demonstrando ser muito desafiador, apresentando um cenário macroeconômico incerto, onde as expectativas do mercado preveem redução do PIB, aumento da inflação e da taxa

Leia mais

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004 Apresentação Corporativa Maio - 2004 Apresentação Telemar - Agenda 1. Destaques 2003/2004 1 2. Estratégia de Crescimento 3 3. Revisão do Resultado Operacional 12 4. Resultados Financeiros 20 1 Destaques

Leia mais

Itautec S.A. Grupo Itautec. Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013

Itautec S.A. Grupo Itautec. Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013 Itautec S.A. Grupo Itautec Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013 Sumário Executivo a mudança no cenário macroeconômico do Brasil (desvalorização cambial, redução das taxas

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A. Resultados 2T15 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação

Leia mais

REUNIÃO APIMEC 2011. Mário Anseloni Presidente (CEO) e Diretor de Relações com Investidores

REUNIÃO APIMEC 2011. Mário Anseloni Presidente (CEO) e Diretor de Relações com Investidores REUNIÃO APIMEC 2011 Mário Anseloni Presidente (CEO) e Diretor de Relações com Investidores Abertura de Capítulo Agenda Visão Geral da Itautec Resultados Financeiros Sustentabilidade Abertura de Capítulo

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO Uberlândia MG, Maio de 2013 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, detentora da marca CTBC, divulga seus resultados do 1º Trimestre

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T11

Apresentação de Resultados 3T11 Apresentação de Resultados 3T11 Aviso Legal Aviso Legal O presente documento não deve em nenhuma circunstância, ser considerado uma recomendação de investimento nas Units. Antes de investir nas Units,

Leia mais

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A.

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. BRF RESULTADOS 2T14 Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. As declarações contidas neste relatório relativas à perspectiva dos negócios da Empresa,

Leia mais

Ciclo Apimec 2015 Fernando Foz Relações com Investidores. Belém 21/07/2015

Ciclo Apimec 2015 Fernando Foz Relações com Investidores. Belém 21/07/2015 Ciclo Apimec 2015 Fernando Foz Relações com Investidores Belém 21/07/2015 Ciclo Apimec 2015 Itaú Unibanco Holding S.A. A apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas,

Leia mais

Valid apresenta EBITDA recorde de R$ 78,3 milhões no 3T14

Valid apresenta EBITDA recorde de R$ 78,3 milhões no 3T14 Valid apresenta EBITDA recorde de R$ 78,3 milhões no 3T14 Cotação de Fechamento VLID3 R$ 38,80 Valor de Mercado R$ 2,16 bilhões Rio de Janeiro, 10 de novembro de 2014 A Valid (BM&FBovespa: VLID3 - ON)

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T15

Divulgação de Resultados 3T15 São Paulo - SP, 4 de Novembro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Press Release 2T15 12/08/2015

Press Release 2T15 12/08/2015 Press Release 2T15 12/08/2015 Sumário 1. Destaques do período... 4 2. Sumário de resultados... 5 3. Receita bruta... 6 3.1 Produtos de bancassurance... 6 3.1.1 Vida... 7 3.1.2 Habitacional... 7 3.1.3 Prestamista...

Leia mais

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015 Resultados 1T15 08 de maio de 2015 2 Principais destaques do 1T15 Crescimento da receita líquida de 23%, sendo de 2 dígitos em todas unidades de negócio no comparativo ano vs. ano, favorecidas por 83%

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Março de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

Resultados 2T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Julho de 2014.

Resultados 2T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Julho de 2014. Resultados _ Julho de 2014. Destaques do DESTAQUES OPERACIONAL FINANCEIRO Crescente market share de pós-pago contribuindo para uma maior adoção de dados e crescimento do ARPU. Crescimento de Acessos Pós-Pagos

Leia mais

IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005

IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005 IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005 Rio de Janeiro, 04 de abril de 2006 A Ideiasnet S.A. (Bovespa: IDNT3), veículo para investimento de longo prazo em Tecnologia de Informação (TI) no Brasil,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3º trimestre de 2008

Teleconferência de Resultados 3º trimestre de 2008 Teleconferência de Resultados 3º trimestre de 2008 Destaques 3T08 MERCADO Crescimento do consumo na área de concessão de 3,3% no trimestre Redução de 0,30 p.p nas perdas não-técnicas de energia no ano

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T15 Positivo Informática (POSI3 BZ) 16 de novembro de 2015

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T15 Positivo Informática (POSI3 BZ) 16 de novembro de 2015 Operadora: Bom dia, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Positivo Informática para a discussão dos resultados referentes ao 3T15. Estão presentes hoje conosco os senhores: Hélio

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Agenda Dinâmica do Setor Imobiliário Estrutura Societária Modelo de Negócio Diferenciado Diversificação Geográfica e de Mercado Histórico de Resultado Operacional Futuros Projetos

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007. Curitiba, 14 de janeiro de 2008

Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007. Curitiba, 14 de janeiro de 2008 Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007 Curitiba, 14 de janeiro de 2008 No 4T07, a receita da GVT aumentou 29%, a receita relativa ao core business cresceu 37%, o EBITDA aumentou 41% alcançando

Leia mais

Hering inicia o ano com crescimento de 41% do EBITDA e salto de 35% em vendas

Hering inicia o ano com crescimento de 41% do EBITDA e salto de 35% em vendas Blumenau, 07 de maio de 2008 Cia. Hering (Bovespa: HGTX3), uma das maiores empresas de varejo e design de vestuário do Brasil, divulga os resultados do 1º trimestre de 2008 (1T08). As informações operacionais

Leia mais

Ao final de 2008, a Contax contava com 74.499 colaboradores, sendo uma das maiores empregadoras do país.

Ao final de 2008, a Contax contava com 74.499 colaboradores, sendo uma das maiores empregadoras do país. Senhores Acionistas, A Administração da Contax Participações S.A. ( Contax Participações ) submete, em conjunto com as demonstrações financeiras e o parecer dos auditores independentes, o Relatório da

Leia mais

Apresentação de Resultados do 4T13

Apresentação de Resultados do 4T13 Apresentação de Resultados do 4T13 Geraldo Bom dia a todos. Em nome da M DIAS BRANCO, gostaria de agradecer a presença dos senhores em nossa teleconferência para discussão dos resultados da Companhia no

Leia mais

Suzano Petroquímica Divulga Resultado do 1º Semestre de 2005

Suzano Petroquímica Divulga Resultado do 1º Semestre de 2005 Suzano Petroquímica Divulga Resultado do 1º Semestre de 2005 Receita líquida atinge R$ 820 milhões no semestre São Paulo, 10 de agosto de 2005 A Suzano Petroquímica S.A. (a Companhia ) (BOVESPA: SZPQ4;

Leia mais

Dados da Empresa / Composição do Capital

Dados da Empresa / Composição do Capital Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 1º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 1º Trimestre de 2013 . São Paulo, 13 de maio de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

ECONÔMICAS E PROFISSIONAIS

ECONÔMICAS E PROFISSIONAIS MAPA DE PERSPECTIVAS ECONÔMICAS E PROFISSIONAIS 2016 Worldwide leaders in specialist recruitment ÍNDICE EDITORIAL METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO PERFIL DOS ENTREVISTADOS O CENÁRIO MACROECONÔMICO INVESTIMENTO

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010 1. Mercado de Capitais Cotações: (14/05/2010) ALPA3 R$ 6,10 ALPA4 R$ 5,95 Valore de Mercado: R$ 2,1 bilhões 2. Teleconferência Data: 18/05/2010 às 16h00

Leia mais

LOJAS COLOMBO S.A. - COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E EMPRESAS CONTROLADAS

LOJAS COLOMBO S.A. - COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E EMPRESAS CONTROLADAS LOJAS COLOMBO S.A. - COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E EMPRESAS CONTROLADAS RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas: Atendendo às disposições legais e estatutárias, a administração de Lojas Colombo

Leia mais

Lucro líquido atinge R$7,0 milhões, crescimento de 41,7% versus o 1T14, com consistente e importante melhora nas margens operacionais

Lucro líquido atinge R$7,0 milhões, crescimento de 41,7% versus o 1T14, com consistente e importante melhora nas margens operacionais Resultados 2T14 e 1S14 Lucro líquido atinge R$7,0 milhões, crescimento de 41,7% versus o 1T14, com consistente e importante melhora nas margens operacionais Belo Horizonte, 5 de agosto de 2014 - A Companhia

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

Prolagos S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 02.382.073/0001-10 NIRE: 33.300.167.285 Código CVM 2346-9. Destaques

Prolagos S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 02.382.073/0001-10 NIRE: 33.300.167.285 Código CVM 2346-9. Destaques Prolagos S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 02.382.073/0001-10 NIRE: 33.300.167.285 Código CVM 2346-9 Receita Líquida¹ no 1T16 atinge R$69,6 milhões, alta de 24,8% em comparação ao mesmo período do ano anterior

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Apresentação Institucional. Maio de 2007

Apresentação Institucional. Maio de 2007 Apresentação Institucional Maio de 2007 Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários

Leia mais

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000 TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. João Cox Vice Presidente de Finanças e Diretor de Relações com Investidores jcox@telepart.com.br 0XX61-429-5600 Leonardo Dias Gerente de Relações com Investidores

Leia mais

Resultados 2T13 e 1S13

Resultados 2T13 e 1S13 Resultados 2T13 e 1S13 Relações com Investidores RSID3: R$ 2,87 por ação OTC: RSRZY Total de ações: 428.473.420 Valor de mercado: R$ 1,3 bilhão Teleconferência 15 de Agosto de 2013 Em Português com Tradução

Leia mais

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 São Paulo, 25 de fevereiro de 2005 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia hoje seus

Leia mais

ANÁLISE FUNDAMENTALISTA COM FOCO PARA A RECOMENDAÇÃO DE COMPRA / VENDA DE AÇÕES

ANÁLISE FUNDAMENTALISTA COM FOCO PARA A RECOMENDAÇÃO DE COMPRA / VENDA DE AÇÕES ANÁLISE FUNDAMENTALISTA COM FOCO PARA A RECOMENDAÇÃO DE COMPRA / VENDA DE AÇÕES! A análise do desempenho histórico! Análise setorial! Análise de múltiplos! Elaboração de projeções de resultados! Determinação

Leia mais

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos.

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos. São Paulo, 13 de maio de 2013 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do primeiro trimestre de 2012 (). As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto

Leia mais

Anexo IV Metas Fiscais IV.1 Anexo de Metas Fiscais Anuais (Art. 4 o, 1 o, inciso II do 2 o da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000)

Anexo IV Metas Fiscais IV.1 Anexo de Metas Fiscais Anuais (Art. 4 o, 1 o, inciso II do 2 o da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000) Anexo IV Metas Fiscais IV.1 Anexo de Metas Fiscais Anuais (Art. 4 o, 1 o, inciso II do 2 o da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000) Em cumprimento ao disposto na Lei Complementar n o 101, de

Leia mais

Resultados do 4T09 e 2009

Resultados do 4T09 e 2009 18 /03/2010 Resultados do 4T09 e 2009 Eduardo Alcalay Presidente Destaques do Ano MAIOR RENTABILIDADE Crescimento de EBITDA num cenário econômico desafiador Ganho de rentabilidade: crescimento de 21% no

Leia mais

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) EBITDA 464,6 354,2 527,7 13,6% 49,0%

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) EBITDA 464,6 354,2 527,7 13,6% 49,0% Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 26 de abril de 2006 Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (NYSE:EMT;BOVESPA:EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014 LUPATECH S.A. CNPJ/MF nº 89.463.822/0001-12 NIRE 43300028534 Companhia Aberta de Capital Autorizado Novo Mercado Relatório da Administração Mensagem da Administração Senhores

Leia mais