Aprovado no CONGRAD: Vigência: ingressos a partir de 2008/1. CÓD. 483 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo nº 02

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aprovado no CONGRAD: 11.09.07 Vigência: ingressos a partir de 2008/1. CÓD. 483 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo nº 02"

Transcrição

1 Aprovado no CONGRAD: Vigência: ingressos a partir de 2008/1 CÓD. 483 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo nº 02 DISCIPLINAS E PRÁTICAS DO CURRÍCULO PLENO I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS Matemática Álgebra Linear e Geometria Analítica Cálculo I Cálculo II Cálculo III Matemática Fundamental Estatística para Engenharia Física 8562 Física Experimental I Física Experimental II Física para Engenharia I Física para Engenharia II Física para Engenharia III Química 6903 Química Informática 7976 Algoritmos e Programação Economia 9324 Gestão de Custos Industriais Noções de Contabilidade Expressão Gráfica 6905 Desenho Técnico I Desenho Técnico II Eletricidade Aplicada 2378 Eletricidade Fenômenos de Transporte 2385 Fenômenos de Transporte Mecânica dos Sólidos Mecânica Geral Resistência dos Materiais Ciência e Tecnologia dos Materiais 2573 Materiais para Produção Industrial 04 60

2 Metodologia Científica e Tecnológica 3105 Métodos e Técnicas de Pesquisa Administração 8146 Gestão Organizacional Engenharia do Trabalho Ciências do Ambiente 1704 Ciência e Tecnologia Ambiental Humanidades, Ciências Sociais e Cidadania 3227 Sociologia do Trabalho Introdução à Engenharia de Produção Comunicações e Expressão Exame de Proficiência ou Língua Portuguesa ¹ - - Exame de Proficiência ou Língua Inglesa ¹ - - Total do Núcleo dos Conteúdos Básicos II- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS PROFISSIONALIZANTES Mecânica Aplicada 9327 Elementos de Máquinas Manutenção Industrial Engenharia do Produto 2594 Engenharia do Produto Processos de Fabricação 9328 Processos de Fabricação I Instrumentação 2479 Metrologia Materiais de Construção Mecânica 9329 Materiais para Construção Mecânica Ensaio de Materiais Qualidade 2451 Garantia e Controle de Qualidade Métodos Numéricos 2137 Cálculo Numérico 04 60

3 Estratégias e Organização 2372 Desenvolvimento de Projetos de Empresas Simulação Aplicada à Produção Gerência da Produção 2575 Planejamento e Controle de Produção I Pesquisa Operacional 2477 Métodos de Pesquisa Operacional I Métodos de Pesquisa Operacional II Sistemas de Informação 6910 Sistemas de Informação da Produção Total do Núcleo dos Conteúdos Profissionalizantes III- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS ESPECÍFICOS Fenômenos de Transporte 2589 Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos Transmissão de Calor Química 6904 Química Ambiental Informática Informática Aplicada à Engenharia Legislação 1385 Legislação Social e Previdenciária Ergonomia e Segurança do Trabalho 6900 Segurança Industrial Ergonomia em Projetos Processos Industriais 9331 Processos de Fabricação II Gerência da Produção 2576 Planejamento e Controle de Produção II Economia 1183 Economia Industrial Engenharia Econômica Qualidade 6909 Qualidade e Produtividade 04 60

4 Estratégias e Organização 9332 Gestão Estratégica da Produção Total do Núcleo dos Conteúdos Específicos IV- ESTÁGIO SUPERVISIONADO Estágio Supervisionado Estágio Supervisionado Total do Estágio V- TRABALHOS DE INTEGRAÇÃO E SÍNTESE Trabalho de Conclusão de Curso ² Trabalho de Graduação I Trabalho de Graduação II Total dos Trabalhos de Integração VI- NÚCLEO FLEXÍVEL Tópicos Especiais em Engenharia de Produção ³ Atividades Complementares Total do Núcleo Flexível TOTAL GERAL DO CURSO Exame de Proficiência É uma prova realizada pela UNISC para avaliar conhecimentos mínimos requeridos para alunos de cursos de graduação da UNISC que o exigem em sua matriz curricular. A aprovação em Exame de Proficiência ou em disciplina equivalente em Curso de Graduação ou em Curso de Extensão na área, ofertado pela UNISC, de, no mínimo, 45 horas/aula, é pré-requisito para cursar disciplinas curriculares ou para a conclusão do curso, de acordo com o projeto pedagógico do curso. Os exames são pré-requisitos para a conclusão do curso, devendo o de Língua Portuguesa ser realizado até o 5º semestre e o de Língua Inglesa até o 6º semestre. 2- Trabalho de Conclusão de Curso O Trabalho de Graduação é um trabalho de pesquisa e iniciação científica, versando sobre área de conhecimento do Curso de Engenharia de Produção, a ser elaborado nos semestres finais do Curso e submetido à apresentação. O aluno deve realizá-lo a partir do 9º semestre, sob a orientação de um professor, indicado pelo Departamento, conforme regulamento aprovado. 3- Tópicos Especiais em Engenharia de Produção O aluno, para integralizar o curso, deve cursar 60 horas em Tópicos Especiais, correspondentes a quatro créditos, a serem definidos pelo Colegiado de Curso, em conjunto com os alunos, a partir do 6º semestre. Os Tópicos Especiais podem ser cursados em outra instituição, nacional ou estrangeira, desde que previamente aprovados pelo Colegiado de Curso, ouvido o Professor Tutor. Para serem oferecidos especialmente para a turma, são necessários, no mínimo, 20 alunos matriculados.

5 4- Atividades Complementares Durante o curso, o aluno deve cumprir 60 horas, correspondentes a quatro créditos, em atividades extraclasse, como: trabalhos de iniciação científica, desenvolvimento de protótipos, monitorias, visitas técnicas, participação em empresas júnior, exame teórico multidisciplinar e outras atividades empreendedoras, acompanhadas por um tutor, indicado pelo Departamento. SEMESTRALIZAÇÃO DAS DISCIPLINAS FINAN- CEIROS ACADÊ- MICOS PRÉ- REQUISITOS 1º SEMESTRE 2464 Introdução à Engenharia de Produção Física para Engenharia I Matemática Fundamental Álgebra Linear e Geometria Analítica Segurança Industrial Química º SEMESTRE 6905 Desenho Técnico I e Cálculo I Física para Engenharia II Física Experimental I co-req Química Ambiental Estatística para Engenharia º SEMESTRE Mecânica Geral e Co-req Desenho Técnico II e Cálculo II e Física para Engenharia III e Algoritmos e Programação Materiais para Produção Industrial Total do Semestre º SEMESTRE 8563 Física Experimental II Cálculo III Resistência dos Materiais e Ensaio de Materiais Cálculo Numérico Materiais para Construção Mecânica

6 FINAN- CEIROS ACADÊ- MICOS PRÉ- REQUISITOS 5º SEMESTRE 3227 Sociologia do Trabalho Elementos de Máquinas Eletricidade Fenômenos de Transporte Noções de Contabilidade Metrologia Exame de Proficiência ou Língua Portuguesa ¹ Total do Semestre º SEMESTRE 3105 Métodos e Técnicas de Pesquisa Informática Aplicada à Engenharia Transmissão de Calor Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos Métodos de Pesquisa Operacional I Processos de Fabricação I Exame de Proficiência ou Língua Inglesa ¹ º SEMESTRE 2575 Planejamento e Controle da Produção I Engenharia do Trabalho Engenharia Econômica Métodos de Pesquisa Operacional II Processos de Fabricação II Estágio Supervisionado Total do Semestre º SEMESTRE 2576 Planejamento e Controle da Produção II Manutenção Industrial Gestão de Custos Industriais Garantia e Controle de Qualidade Ergonomia em Projetos Gestão Organizacional Total do Semestre

7 FINAN- CEIROS ACADÊ- MICOS PRÉ- REQUISITOS 9º SEMESTRE 2594 Engenharia do Produto Simulação Aplicada à Produção Qualidade e Produtividade Sistemas de Informação da Produção Gestão Estratégica da Produção Trabalho de Graduação I ² * Total do Semestre º SEMESTRE 2372 Desenvolvimento de Projetos de Empresas , 2478, 2575, 2594, 2595, 2596, 6900 e Ciência e Tecnologia Ambiental Legislação Social e Previdenciária Economia Industrial Trabalho de Graduação II ² NÚCLEO FLEXÍVEL Tópicos Especiais em Engenharia de Produção ³ Atividades Complementares Total do Núcleo Flexível TOTAL GERAL DO CURSO Obs.: * O aluno precisa ter cursado no mínimo a metade das disciplinas do curso ou 123 créditos. Observação: O Curso de Engenharia de Produção da Universidade de Santa Cruz do Sul UNISC oferece a possibilidade de alunos do curso obterem dispensa de cursar até 10% da carga horária do curso, tendo computados a seu favor os créditos respectivos, mediante comprovação de extraordinário aproveitamento de estudos, conforme Resolução específica. As disciplinas, objeto de extraordinário aproveitamento de estudos, devem ser aprovadas pelo Colegiado do Curso e comunicadas formalmente à Pró-Reitoria de Graduação pela Coordenação do Curso. 1- Exame de Proficiência É uma prova realizada pela UNISC para avaliar conhecimentos mínimos requeridos para alunos de cursos de graduação da UNISC que o exigem em sua matriz curricular. A aprovação em Exame de Proficiência ou em disciplina equivalente em Curso de Graduação ou em Curso de Extensão na área, ofertado pela UNISC, de, no mínimo, 45 horas/aula, é pré-requisito para cursar disciplinas curriculares ou para a conclusão do curso, de acordo com o projeto pedagógico do curso. Os exames são pré-requisitos para a conclusão do curso, devendo o de Língua Portuguesa ser realizado até o 5º semestre e o de Língua Inglesa até o 6º semestre.

8 2- Trabalho de Conclusão de Curso O Trabalho de Graduação é um trabalho de pesquisa e iniciação científica, versando sobre área de conhecimento do Curso de Engenharia de Produção, a ser elaborado nos semestres finais do Curso e submetido à apresentação. O aluno deve realizá-lo a partir do 9º semestre, sob a orientação de um professor, indicado pelo Departamento, conforme regulamento aprovado. 3- Tópicos Especiais em Engenharia de Produção O aluno, para integralizar o curso, deve cursar 60 horas em Tópicos Especiais, correspondentes a quatro créditos, a serem definidos pelo Colegiado de Curso, em conjunto com os alunos, a partir do 6º semestre. Os Tópicos Especiais podem ser cursados em outra instituição, nacional ou estrangeira, desde que previamente aprovados pelo Colegiado de Curso, ouvido o Professor Tutor 1. Para serem oferecidos especialmente para a turma, são necessários, no mínimo, 20 alunos matriculados. 4- Atividades Complementares Durante o curso, o aluno deve cumprir 60 horas, correspondentes a quatro créditos, em atividades extraclasse, como: trabalhos de iniciação científica, desenvolvimento de protótipos, monitorias, visitas técnicas, participação em empresas júnior, exame teórico multidisciplinar e outras atividades empreendedoras, acompanhadas por um tutor, indicado pelo Departamento. 5- Estágio Supervisionado A partir do 7º semestre, o aluno pode realizar o Estágio Supervisionado, escolhendo um semestre até o 10º, conforme orientação do Professor Tutor que deve auxiliá-lo a definir a área de atuação e o local do estágio, bem como acompanhá-lo e manter contato com o orientador do campo de estágio. Duração do Curso: - Carga horária: h - créditos acadêmicos: créditos financeiros: semestres: 10 1 A partir do 6º semestre, o aluno deve escolher um professor dentre os indicados pelo Departamento e com ele definir a área de estágio, planejar as atividades complementares e os Tópicos Especiais, encaminhando, semestralmente, as atividades realizadas, à Secretaria Geral para registro.

Aprovado no CONGRAD: 24.08.10 Vigência: ingressos a partir 2011/1 CÓD. 622 - CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA MANHÃ E TARDE

Aprovado no CONGRAD: 24.08.10 Vigência: ingressos a partir 2011/1 CÓD. 622 - CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA MANHÃ E TARDE Aprovado no CONGRAD: 24.08.10 Vigência: ingressos a partir 2011/1 CÓD. 622 - CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I - NÚCLEO DE CONTEÚDOS BÁSICOS Matemática 10021

Leia mais

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS Aprovado no CONGRAD de: 24.09.2013 Retificado no CONGRAD de: 13.05.2014 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/1 CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 CÓD.

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 08/04/08 Vigência: ingressos a partir de 2008/1 CÓD. 482 CURSO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02

Aprovado no CONGRAD: 08/04/08 Vigência: ingressos a partir de 2008/1 CÓD. 482 CURSO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02 Aprovado no CONGRAD: 08/04/08 Vigência: ingressos a partir de 2008/1 CÓD. 482 CURSO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02 I- NÚCLEO DE CONTEÚDOS BÁSICOS Metodologia Científica e Tecnológica

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL. CÓD. 1551 Tarde/Noite - Currículo nº 03 CÓD. 3655 Manhã - Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL. CÓD. 1551 Tarde/Noite - Currículo nº 03 CÓD. 3655 Manhã - Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR Aprovado no CONGRAD de 26.08.14 Vigência: ingressos a partir de 2015/1 CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CÓD. 1551 Tarde/Noite - Currículo nº 03 CÓD. 3655 Manhã - Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR CÓD. DISCIPLINAS

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 40-40 Cálculo Diferencial e Integral I 80-80 Fundamentos da Administração 40-40 Introdução

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 12.09.06 Vigência: ingressos a partir de 2007/1

Aprovado no CONGRAD: 12.09.06 Vigência: ingressos a partir de 2007/1 Aprovado no CONGRAD: 12.09.06 Vigência: ingressos a partir de 2007/1 CÓD. 480 CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS LICENCIATURA MATRIZ CURRICULAR Currículo nº I FORMAÇÃO ESPECÍFICA Disciplinas Obrigatórias 8999 11888

Leia mais

Aprovado no CONGRAD 25.08.2015 Retificado no CONGRAD 06.08.2015 Vigência: ingressos a partir de 2016/1. Cód. 1884 - CURSO SECRETARIADO EXECUTIVO

Aprovado no CONGRAD 25.08.2015 Retificado no CONGRAD 06.08.2015 Vigência: ingressos a partir de 2016/1. Cód. 1884 - CURSO SECRETARIADO EXECUTIVO Aprovado no CONGRAD 25.08.2015 Retificado no CONGRAD 06.08.2015 Vigência: ingressos a partir de 2016/1 Cód. 1884 - CURSO SECRETARIADO EXECUTIVO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 05 CÓD. ÁREAS DE FORMAÇÃO

Leia mais

NÚCLEO DE ESTUDOS BÁSICOS

NÚCLEO DE ESTUDOS BÁSICOS Aprovado no CONGRAD: 09.09.08 Vigência: ingressos a partir de 2009/1 Curso com Atividades em: CÓD. 1557 CURSO DE PEDAGOGIA LICENCIATURA Noite MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 01 I - NÚCLEO DE ESTUDOS BÁSICOS

Leia mais

CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Cont... Atividades Complementares 1 06 90 Disciplinas Optativas 2 04 60 Total do Núcleo 10 150

CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Cont... Atividades Complementares 1 06 90 Disciplinas Optativas 2 04 60 Total do Núcleo 10 150 Aprovado no CONGRAD: 26.08.08 Vigência: para ingressos a partir de 2009/1 CÓD. 2513 - CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 01 I- NÚCLEO DE FORMAÇÃO BÁSICA CRÉDITOS ACADÊMI- COS

Leia mais

CURSO DE LETRAS INGLÊS Cont...

CURSO DE LETRAS INGLÊS Cont... Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1 CÓD. 3392 - CURSO DE LETRAS INGLÊS Currículo nº 01 MATRIZ CURRICULAR I- NÚCLEO DE FORMAÇÃO BÁSICA ACADÊMI- COS 1910 Linguística Geral

Leia mais

CÓD. 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01

CÓD. 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01 Aprovado no CONGRAD 25.08.2015 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/2 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01 I NÚCLEO DE CONTEÚDOS BÁSICOS Matemática

Leia mais

CÓD. 3409 - CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02 ÁREAS DE CONHECIMENTO E DISCIPLINAS

CÓD. 3409 - CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02 ÁREAS DE CONHECIMENTO E DISCIPLINAS Aprovado no CONGRAD 25.08.2015 Vigência: ingressos a partir de 2016/1 3409 - CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02 ÁREAS DE CONHECIMENTO E DISCIPLINAS I - NÚCLEO DE FORMAÇÃO BÁSICA

Leia mais

Resolução nº 015, de 03 de março de 2015.

Resolução nº 015, de 03 de março de 2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 096/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 096/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 096/2015 Altera a Deliberação CONSEP Nº 148/2012, que altera o Currículo do Curso de Engenharia Aeronáutica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade

Leia mais

2ª ETAPA - TURMA P e R

2ª ETAPA - TURMA P e R CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PAIE 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PAIE 3 ÉTICA E CIDADANIA I PAIE 3 FÍSICA GERAL I PAIE 3 GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES PAIE 3 1ª ETAPA - TURMA P e R INTRODUÇÃO À ENGENHARIA

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1

Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1 Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1 CÓD. 207 - CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Noite - Currículo nº 06 CÓD. 2509 - CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Manhã e Noite - Currículo

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 144/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 144/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 144/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia Civil para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº CIV- 574/2012, aprovou e eu

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 148/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 148/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 148/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia Aeronáutica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-480/2012, aprovou

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 145/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 145/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 145/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº CIV- 575/2012,

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 25.09.2007 Vigência: ingressos a partir de 2008/1. CÓD. 243 - CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 05

Aprovado no CONGRAD: 25.09.2007 Vigência: ingressos a partir de 2008/1. CÓD. 243 - CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 05 Aprovado no CONGRAD: 25.09.2007 Vigência: ingressos a partir de 2008/1 CÓD. 243 - CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 05 I - NÚCLEO DE CONHECIMENTOS DE FUNDAMENTAÇÃO Estética,

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015 Altera a Deliberação CONSEP Nº 147/2012, que altera o Currículo do Curso de Engenharia de Produção Mecânica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Produção Mecânica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-479/2012,

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015 1 º PERÍODO - 2 º SEMESTRE TURNO:Noite SALA: N º DE ALUNOS: Introdução à Química Geral Geometria Analítica e Álgebra Linear Química Geral Geometria Analítica e Álgebra Linear PROFESSOR Introdução à Química

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 40/ 2009 Altera o Artigo 4. e os Anexos II e III da Resolução nº. 64/2008 do CONSEPE,

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ESTRUTURA CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1º Termo 2º Termo Comunicação e Expressão I 36 Comunicação e Expressão II 36 Direito

Leia mais

Tabela 1 Matriz Curricular disciplinas do 1º ao 4º período.

Tabela 1 Matriz Curricular disciplinas do 1º ao 4º período. Tabela 1 Matriz Curricular disciplinas do 1º ao 4º período. Período MEC001 Introdução à Engenharia Mecânica 2 30 30 MEC002 Cálculo I 6 90 90 MEC003 Geometria Analítica 1º MEC004 Química Geral e Experimental

Leia mais

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA Ciências Econômicas - 1º Semestre de 2016 EC2013 0094 - Economia Internacional II - EC04 0094 - Economia Internacional II - EC04 0093 - Econometria - EC04 0093 - Econometria - EC04 0097 - Trabalho de Conclusão

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. CURSO: Secretariado Executivo MODALIDADE: Semestral ANO DE IMPLANTAÇÃO: 2007 Implantação gradativa

MATRIZ CURRICULAR. CURSO: Secretariado Executivo MODALIDADE: Semestral ANO DE IMPLANTAÇÃO: 2007 Implantação gradativa MATRIZ CURRICULAR CURSO: Secretariado Executivo MODALIDADE: Semestral ANO DE IMPLANTAÇÃO: 2007 Implantação gradativa 1º. SEMESTRE Filosofia I 02 36 Informática I 04 72 Língua Espanhola I 02 36 Língua Inglesa

Leia mais

Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400 h

Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400 h Nome do Curso CÂMPUS CAÇADOR Instrumentos Regulatórios: Resolução CEPE/IFSC nº 23, de 03 de Junho de 2015. Resolução CONSUP nº 14, de 17 de Junho de 2015. GRADE CURRICULAR E CORPO DOCENTE Módulo/Semestre

Leia mais

Curso: Engenharia de Produção Mecânica. Escola de Engenharia de São Carlos

Curso: Engenharia de Produção Mecânica. Escola de Engenharia de São Carlos Curso: Engenharia de Mecânica Escola de Engenharia de São Carlos Informações Básicas do Currículo Duração Ideal - 10 semestres Mínima - 8 semestres Máxima - 18 semestres Carga Horária Aula Trabalho Subtotal

Leia mais

RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006

RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006 RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Engenharia da Computação, da Faculdade Independente do Nordeste, com alteração curricular adequada às Diretrizes Curriculares

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02

Leia mais

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO CURSO: ENGENHARIA CIVIL

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO CURSO: ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO TURMA: 450116 - SALA: 102 Bloco I TURNO: VESPERTINO 1º PERÍODO (1º semestre/2014) 1ª Avaliação Regimental Fundamentos da Engenharia 20.03.2014 14:00 às 17:30 Comportamento

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO

MANUAL DE ORIENTAÇÕES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO MANUAL DE ORIENTAÇÕES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO Campos do Jordão 2015 SUMÁRIO 1 - APRESENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO... 3 a) Definição... 3 b) Legislação...

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: Engenharia de Petróleo MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia de Petróleo da ESTACIO UNIRADIAL tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 39/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 22/04/2013 I - RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 39/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 22/04/2013 I - RELATÓRIO: INTERESSADA: ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO - POLI / UPE ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO RELATORA: CONSELHEIRA NELLY MEDEIROS DE CARVALHO

Leia mais

CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR

CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR Aprovado no CONGRAD: 08.05.2012 Vigência: para os ingressos a partir 2012/2 CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR CÓD. ÁREAS DE FORMAÇÃO I - CONTEÚDOS DE FORMAÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 23/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Graduação em Engenharia de

Leia mais

CÓD. 104 - CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 42

CÓD. 104 - CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 42 Aprovado no CONGRAD: 15.09.09 Vigência: 2010/1, com efeito retroativo para os ingressos a partir 2009/1 104 - CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 42 ÁREAS DE FORMAÇÃO I - CONTEÚDOS

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO - CAMPUS SÃO LUIS - MONTE CASTELO PRÓ-REITORIA DE ENSINO Matrizes Curriculares

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO - CAMPUS SÃO LUIS - MONTE CASTELO PRÓ-REITORIA DE ENSINO Matrizes Curriculares Matriz 842 - Engenharia Mecânica Industrial (2002/1) Curso EM - Engenharia Mecânica Industrial Nível Periodicidade Regime Situação Superior Período Não-seriado Matriz em Vigor Per. Letivo Inicial 2002/1

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Jugurta Lisboa Filho jugurta@dpi.ufv.

Currículos dos Cursos do CCE UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Jugurta Lisboa Filho jugurta@dpi.ufv. 132 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Jugurta Lisboa Filho jugurta@dpi.ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 133 Bacharel ATUAÇÃO A Ciência da Computação se caracteriza

Leia mais

QUÍMICA APLICADA I/ Prática DESENHO TÉCNICO I: GEOMETRIA ANALÍTICA: 60 36. Cálculo 1 - B Desenho Técnico- 1 Geometria Analítica Introdução à Eng.

QUÍMICA APLICADA I/ Prática DESENHO TÉCNICO I: GEOMETRIA ANALÍTICA: 60 36. Cálculo 1 - B Desenho Técnico- 1 Geometria Analítica Introdução à Eng. SEMESTRE: º SEMESTRE - A PERÍODO LETIVO: 205.2 INTRODUÇÃO À ENGENHARIA: 60 36 60 Lab. Infor. INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO: 0 METODOLOGIA: 40 4 QUÍMICA APLICADA I/ Prática DESENHO TÉCNICO I: Cálculo I: Cálculo

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 152/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 152/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 152/2012 Altera o Currículo do Curso de Direito para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº JUR-328/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Controle e Automação para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-481/2012,

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 128 Optativos: 20. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 128 Optativos: 20. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:15:29 Curso : MATEMÁTICA

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUN nº 023/2013

RESOLUÇÃO CONSUN nº 023/2013 RESOLUÇÃO CONSUN nº 023/2013 Aprova a reestruturação curricular do Curso de Engenharia de Sistemas Digitais, incluindo a alteração da sua nomenclatura para Engenharia de Computação. O CONSELHO SUPERIOR

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM POLÍMEROS UEZO CURRÍCULO NOVO (INGRESSOS A PARTIR DE 2010/01) DISCIPLINAS DO 1º PERÍODO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM POLÍMEROS UEZO CURRÍCULO NOVO (INGRESSOS A PARTIR DE 2010/01) DISCIPLINAS DO 1º PERÍODO CURRÍCULO NOVO (INGRESSOS A PARTIR DE 2010/01) Código POL1001 POL1002 POL1003 POL1004 POL1005 POL1006 POL1007 DISCIPLINAS DO 1º PERÍODO Disciplina Química Orgânica Química Geral Teoria Química Geral Experimental

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 292/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 292/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 292/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Jornalismo, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo Nº COS- 144/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA Matriz 2016.1

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA Matriz 2016.1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA Matriz 2016.1 Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 11/16, de 27/04/16. Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 70/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Matemática Computacional, Bacharelado

Leia mais

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Ciência da Computação Modalidade: ( X ) bacharelado ( ) licenciatura Local de funcionamento: Coração Eucarístico 01 PERFIL DO CURSO O curso de Ciência da Computação

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 293/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 293/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 293/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Relações Públicas, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº COS- 144/2012, aprovou e

Leia mais

4.2 - Instruções Específicas de Matrícula no Curso

4.2 - Instruções Específicas de Matrícula no Curso 1 4 - Seu Curso 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso 4.1.1 - Objetivos Sólida formação nos conceitos da eng. mecânica, eletro-eletrônica, informática e controle; Preparo técnico e psicológico dos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ UNESPAR CAMPUS PARANAGUÁ

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ UNESPAR CAMPUS PARANAGUÁ CURSO: SÉRIE: 1 Ano A OBS: SALA 29 e das e das e das e das Filosofia e Ética (Getúlio) Filosofia e Ética (Getúlio) Direito I Direito I Contabilidade (Handerson) Contabilidade (Handerson) Sociologia Aplicada

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE FUOM CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA UNIFOR-MG CONSELHO UNIVERSITÁRIO

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE FUOM CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA UNIFOR-MG CONSELHO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE FUOM CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA UNIFOR-MG CONSELHO UNIVERSITÁRIO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Currículo Novo - 2006/01 Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº. 4.327, de 22/12/2004 Duração: 180 créditos 2.700h, acrescidas de 300 h de atividades complementares, totalizando

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 092/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 092/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 092/2015 Altera a Deliberação CONSEP Nº 275/2014, que altera o Currículo do Curso de Engenharia Civil para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. COORDENADOR Idamar Sidnei Cobianchi Nigro idamar.nigro@ufv.br

Currículos dos Cursos UFV ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. COORDENADOR Idamar Sidnei Cobianchi Nigro idamar.nigro@ufv.br 128 Currículos dos Cursos UFV ENGENHARIA DE PRODUÇÃO COORDENADOR Idamar Sidnei Cobianchi Nigro idamar.nigro@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 129 Engenheiro de Produção ATUAÇÃO O Curso de Engenharia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamenta as normas das

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br

ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br ENGENHARIA CIVIL COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2008 179 Currículo do Curso de Engenharia Civil Engenheiro Civil ATUAÇÃO Ao Engenheiro Civil compete o desempenho

Leia mais

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ENGENHARIA CIVIL POÇOS DE CALDAS

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ENGENHARIA CIVIL POÇOS DE CALDAS 1) Perfil do curso: SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ENGENHARIA CIVIL POÇOS DE CALDAS O curso de Engenharia Civil da PUC Minas, campus de Poços de Caldas, tem como objetivo principal formar um profissional

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Campus: Curso: Modalidade: Integralização do Curso: Trindade Superior de Tecnologia em Design de Moda Superior de Tecnologia Mínimo:

Leia mais

Informações básicas. Programa Ensino Integral

Informações básicas. Programa Ensino Integral Informações básicas Programa Ensino Integral Abril/2014 1) Premissas básicas do novo modelo de Ensino Integral O novo modelo de Ensino Integral pressupõe inovações em alguns componentes fundamentais da

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 192 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº. 192 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº. 192 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS, no uso de suas atribuições legais e considerando o Parecer nº.

Leia mais

Etec Lauro Gomes - COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO):

Etec Lauro Gomes - COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO): AVISO DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 010/01/2015 de 08/01/2015. PROCESSO

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 270/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 270/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 270/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Nutrição, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº AGR- 141/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

EDITAL. 1º As inscrições deverão ser realizadas na Central de Atendimento, dentro do prazo informado no caput.

EDITAL. 1º As inscrições deverão ser realizadas na Central de Atendimento, dentro do prazo informado no caput. EDITAL SG N.º 03/2012 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA A AVALIAÇÃO DE SUFICIÊNCIA E O EXAME DE PROFICIÊNCIA DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Secretário-Geral da FAE Centro Universitário, no uso

Leia mais

Altera a Deliberação CONSEP Nº 172/2012, que Altera o Currículo do Curso de Odontologia, para regime seriado semestral.

Altera a Deliberação CONSEP Nº 172/2012, que Altera o Currículo do Curso de Odontologia, para regime seriado semestral. DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 154/2014 Altera a Deliberação CONSEP Nº 172/2012, que Altera o Currículo do Curso de Odontologia, para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI APROVA A ALTERAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR E ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM MARKETING E O REGULAMENTO

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 105/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 105/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 105/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Odontologia, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº ODO- 077/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E ETENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em

Leia mais

III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO.

III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO COM HABILITAÇÃO EM MARKETING 1º SEMESTRE

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 172/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 172/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 172/2012 Altera o Currículo do Curso de Odontologia, para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo ODO Nº 077/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

Atividades Complementares Curso de Gestão em Recursos Humanos

Atividades Complementares Curso de Gestão em Recursos Humanos Atividades Complementares Curso de Gestão em Recursos Humanos APRESENTAÇÃO As Atividades Complementares (AC) são práticas curriculares de caráter independente, interdisciplinar e transversal que visam

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS Português/ Inglês - 2013

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS Português/ Inglês - 2013 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS Português/ Inglês - 2013 1º ANO 1º Semestre Produção de Texto 02 40 Didática Fundamentos da Educação 02 40 História e Filosofia da Educação 02 40 Língua

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013 ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013 Curso de Bacharelado em Engenharia Elétrica Vagas no Vestibular: 40 (quarenta) regime semestral

Leia mais

EDITAL SG N.º 14/2009 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA A AVALIAÇÃO DE SUFICIÊNCIA E O EXAME DE PROFICIÊNCIA DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO.

EDITAL SG N.º 14/2009 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA A AVALIAÇÃO DE SUFICIÊNCIA E O EXAME DE PROFICIÊNCIA DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. EDITAL SG N.º 14/2009 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA A AVALIAÇÃO DE SUFICIÊNCIA E O EXAME DE PROFICIÊNCIA DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Secretário-Geral da FAE Centro Universitário, no uso

Leia mais

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ADMINISTRAÇÃO CORAÇÃO EUCARÍSTICO

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ADMINISTRAÇÃO CORAÇÃO EUCARÍSTICO 1) PERFIL DO CURSO: SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ADMINISTRAÇÃO CORAÇÃO EUCARÍSTICO A missão do Curso de Administração da PUC Minas consiste em atender às necessidades de adaptação às transformações ambientais,

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIREÇÃO DE EAD E NOVAS TECNOLOGIAS COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA DE AVALIAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIREÇÃO DE EAD E NOVAS TECNOLOGIAS COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA DE AVALIAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS PRÓREITORIA DE GRADUAÇÃO DIREÇÃO DE EAD E NOVAS TECNOLOGIAS COORDENAÇÃO DE LOGÍSTICA DE AVALIAÇÃO 1. BLOCOS DE DISCIPLINAS 2008.1 1.1. TURMAS 2005.1 7º PERÍODO SEMESTRAL

Leia mais

Considerando a Resolução Nº 39/99, do CONSEPE/UFPB, que sistematiza a elaboração e reformulação dos projetos pedagógicos; e

Considerando a Resolução Nº 39/99, do CONSEPE/UFPB, que sistematiza a elaboração e reformulação dos projetos pedagógicos; e SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE COLEGIADO PLENO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 21/2007 Aprova a estrutura curricular do curso de graduação

Leia mais

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí ESTRUTURA E CONTEÚDO CURRICULAR Organização Curricular do Curso O curso de Bacharelado em Ciências Contábeis possui uma estrutura curricular desenvolvida para atender, permanentemente, mas com flexibilidade,

Leia mais

Curso: ENGENHARIA CIVIL Semestre: Turma: Ano: Período: 1º 2015s2-A 2015 Noturno. Central. Informática Aplicada à Engenharia

Curso: ENGENHARIA CIVIL Semestre: Turma: Ano: Período: 1º 2015s2-A 2015 Noturno. Central. Informática Aplicada à Engenharia 1º 2015s2-A 2015 Noturno Turma: Comunicação e Expressão Física Geral Desenho Técnico Aux. por Computador Informática Aplicada à Engenharia Fundamentos de Cálculo Introdução à Engenharia Civil Física Geral

Leia mais

Diretoria de Educação e Tecnologia do Campus Currais Novos 3412-2018 dagetcn@cefetrn.br www.ifrn.edu.br

Diretoria de Educação e Tecnologia do Campus Currais Novos 3412-2018 dagetcn@cefetrn.br www.ifrn.edu.br GOVERNO FEDERAL Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN CAMPUS CURRAIS NOVOS Curso Superior de Licenciatura em Química Manual do Estudante 2009.2 Diretoria de Educação e Tecnologia do

Leia mais

ANEXO II. Regulamentação da Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado. Capítulo I Da admissão

ANEXO II. Regulamentação da Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado. Capítulo I Da admissão ANEXO II ORGANIZAÇÃO DIDÁTICA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNANBUCANO Resolução nº 031/2010 De 30 de setembro de 2010 Regulamentação da Educação Profissional Técnica de

Leia mais

Curso: ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Curriculo: 0002-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de 2016 - NOT

Curso: ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Curriculo: 0002-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de 2016 - NOT GR02149 GR02152 GR02161 GR02173 GR02177 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Algoritmos Computacionais 72.00 Não ofertada no 1º semestre de 2016 Cálculo Fundamental 72.00 Não ofertada no 1º semestre de 2016

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Curso de Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária Matriz Curricular válida a partir de 2016_3 Reestruturação Aprovada em janeiro de 2016 Natureza Horas-aula Disciplinas

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2014 47 ADMINISTRAÇÃO. COORDENADORA Adriana Ventola Marra aventola@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2014 47 ADMINISTRAÇÃO. COORDENADORA Adriana Ventola Marra aventola@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 47 ADMINISTRAÇÃO COORDENADORA Adriana Ventola Marra aventola@ufv.br 48 Currículos dos Cursos UFV Bacharelado ATUAÇÃO Administrador é capacitado a gerir recursos de toda a

Leia mais

ATO NORMATIVO nº 010, de 01 de novembro de 2012.

ATO NORMATIVO nº 010, de 01 de novembro de 2012. ATO NORMATIVO nº 010, de 01 de novembro de 2012. Vera Rejane Coelho, Pró-Reitora de Ensino da Universidade do Planalto Catarinense - UNIPLAC, no uso de suas atribuições, CONSIDERANDO: 1. a organização

Leia mais

Estágio Curricular Supervisionado

Estágio Curricular Supervisionado Estágio Curricular Supervisionado Regulamento do Estágio em Biomedicina I Caracterização Art.1. Estágio Supervisionado é disciplina oferecida aos acadêmicos regularmente matriculados a partir do quinto

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2014 411 ECONOMIA DOMÉSTICA. COORDENADORA Amélia Carla Sobrinho Bifano abifano@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2014 411 ECONOMIA DOMÉSTICA. COORDENADORA Amélia Carla Sobrinho Bifano abifano@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 411 ECONOMIA DOMÉSTICA COORDENADORA Amélia Carla Sobrinho Bifano abifano@ufv.br 412 Currículos dos Cursos do CCH UFV Bacharelado ATUAÇÃO A formação do Economista Doméstico

Leia mais

UNIÃO DINÂMICA DE FACULDADES CATARATAS Centro Universitário Dinâmica das Cataratas

UNIÃO DINÂMICA DE FACULDADES CATARATAS Centro Universitário Dinâmica das Cataratas REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO CAPÍTULO I CARACTERIZAÇÃO E OBJETIVOS Art. 1º Art. 2º Art. 3º Art. 4º Estágio Supervisionado em Administração (ESA), é a disciplina

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 218/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 218/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 218/2015 Altera a Deliberação Consep nº 237/2014, que dispõe sobre o Currículo do Curso de Letras - Licenciatura, com habilitações em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e respectivas

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente instrumento regulamenta as atividades

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as que compõem o currículo pleno do curso

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.902 DE 21 DE SETEMBRO DE 2009

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.902 DE 21 DE SETEMBRO DE 2009 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.902 DE 21 DE SETEMBRO DE 2009 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia Civil.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA RESOLUÇÃO Nº 1/2011 Dispõe sobre a transição curricular das disciplinas obrigatórias ofertadas pelos Departamentos de Psicologia, de Filosofia e de Sociologia e Antropologia da versão curricular 2002/2

Leia mais

a Resolução CONSEPE/UFPB nº. 34/2004, que orienta a elaboração e reformulação dos Projetos Políticos Pedagógicos dos Cursos de Graduação da UFPB;

a Resolução CONSEPE/UFPB nº. 34/2004, que orienta a elaboração e reformulação dos Projetos Políticos Pedagógicos dos Cursos de Graduação da UFPB; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 22 / 2007 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em, na modalidade

Leia mais

III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção

III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção 1º SEMESTRE Carga Horária PRÉ-REQUISITO 1. Álgebra e Geometria Analítica 60-60 04-2. Antropologia Teológica 45-30 02-3. Cálculo Diferencial

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 237/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 237/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 237/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Letras - Licenciatura, com habilitações em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e respectivas Literaturas, regime seriado semestral. O CONSELHO

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE SÃO LOURENÇO

REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE SÃO LOURENÇO REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE SÃO LOURENÇO SÃO LOURENÇO/2014 CAPÍTULO l DOS OBJETIVOS Artigo 1º - As presentes normas têm por objetivo organizar e disciplinar a monitoria,

Leia mais