Como Funcionam as Eleições Municipais. Penas de crimes eleitorais. candidato, penalizada de acordo com o art. 39, 5º da Lei 9.504/97.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como Funcionam as Eleições Municipais. Penas de crimes eleitorais. candidato, penalizada de acordo com o art. 39, 5º da Lei 9.504/97."

Transcrição

1 35

2 candidato, penalizada de acordo com o art. 39, 5º da Lei 9.504/97. Guia do Eleitor Calendário Eleitoral A distribuição de qualquer tipo de propaganda eleitoral, como santinhos ou panfletos, punível através do art. 39, 5º da Lei 9.504/97. Impedir ou fraudar o exercício do voto dos eleitores, de qualquer forma, sob pena segundo o Art. 302 do Código Eleitoral. Como Funcionam as Eleições Municipais As próximas eleições municipais no Brasil acontecerão em, o primeiro turno no dia 2 de outubro e o segundo turno no dia 30 de outubro (nos municípios com mais de 200 mil eleitores). Serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de municípios brasileiros. 1 O uso de celular, máquina fotográficas, filmadoras, ou qualquer outro dispositivo que comprometa o sigilo do voto, Penas de crimes eleitorais Art. 302 do Código Eleitoral: reclusão de 4 a 6 anos e pagamento de multa de 200 a 300 dias-multa. Art. 41-A da Lei 9.504/97: pagamento de multa de R$ 1.064,10 a R$ ,00, e cassação do registro ou diploma da candidatura. Art. 39, 5º da Lei 9.504/97: prisão de 6 meses a um ano, com a possibilidade de prestação de serviço comunitário no mesmo período, e multa que pode variar de R$ 5.320,50 até R$ ,50, com a possibilidade de atualização dos valores fixados. 34

3 O que não pode no dia da eleição A concentração de pessoas, até o término da votação, com camisas padronizadas, bandeiras, broches (bottons), adesivos e dísticos de candidatos, partidos ou coligações, com ou sem o uso de veículos, podendo ser penalizado de acordo com o art. 39, 5º da Lei 9.504/97. O voto é obrigatório para a população maior de 18 anos e menor de 70 anos alfabetizados, que sabem ler e escrever. As pessoas analfabetas ou que tenham entre 16 e 18 anos e maiores de 70 anos não são obrigadas a votar, mas têm permissão. A utilização de alto-falantes ou amplificadores de som, e a realização de comícios ou carreatas, sob o risco de ser punido segundo o art. 39, 5º da Lei 9.504/97. Oferecer gratuitamente alimentos ou transporte de eleitores, sob pena relacionada ao art. 302 do Código Eleitoral, caso o infrator seja um candidato, pode ser punido também através do art. 41-A da Lei 9.504/97. A realização de boca de urna, tentativa de convencer outro eleitor a votar em determinado 33 As eleições no Brasil são feitas por meio do voto secreto, coletado através da urna eletrônica. Em 2008 o sistema eleitoral brasileiro incluiu a identificação biométrica na votação, que usa impressões digitais para evitar que um eleitor vote no lugar de outro. Em nosso Estado, já 2

4 contamos com a identificação biométrica no seguintes municípios: Afuá, Ananindeua, Belterra, Bragança, Barcarena, Canaã dos Carajás, Capitão Poço, Castanhal, Curuçá, Marituba, Mojuí dos Campos, Paragominas, Primavera, Quatipuru, Santarém, São João de Pirabas e Traquateua. Data e horário da votação 1ºturnoº turno punido com detenção de 6 meses a um ano, podendo prestar serviço comunitário no mesmo período, e o pagamento de multa que pode ir de R$ 5.320,50 a R$ ,50, com valores sujeitos à atualização. O que é boca de urna? O termo boca de urna está ligado à qualquer tipo de propaganda eleitoral que possa influenciar o voto de outros eleitores no dia da eleição. A prática da boca de urna inclui a propaganda com o uso de alto falantes e amplificadores de som, a distribuição de santinhos ou outros impressos, a realização de comícios ou carreatas, além de qualquer ação que possa exercer alguma influência no voto do eleitor. 3 32

5 O que acontece com o mesário que faltar na eleição 2ºturno turno (se houver) O eleitor que não cumprir com sua obrigação eleitoral sem justificativa será processado por crime eleitoral, com pena de multa no valor de 50% do salário mínimo atual. Se a falta do mesário causar algum prejuízo para a eleição, como o não funcionamento de uma seção, o valor da multa pode dobrar, ou levar a detenção por até dois meses. Caso o mesário que não comparecer seja funcionário público, pode cumprir uma suspensão de 15 dias do trabalho. Pode fazer boca de urna no dia da eleição? De acordo com a Lei 9.504, de , o primeiro turno das eleições devem ocorrer no primeiro domingo do mês outubro do ano eleitoral, e o segundo turno no último domingo de outubro, que em serão nos dias 02 e 30 de outubro, respectivamente. A votação tem início às 8 horas e vai até as 17 horas, sem qualquer intervalo. Não. A realização de boca de urna e qualquer outro tipo de propaganda eleitoral no dia da eleição é considerado crime eleitoral, e pode ser 31 4

6 Como os candidatos são eleitos? No Brasil há dois tipos de sistemas para eleger os candidatos nas eleições municipais, onde cada um deles está relacionado ao cargo disputado. O prefeito é escolhido através da eleição majoritária e o vereador pela proporcional. Eleição majoritária Como recusar a convocação Apesar do comparecimento no dia da eleição ser obrigatório, o eleitor convocado pode fazer um pedido de dispensa do cargo de mesário em até 5 dias após a convocação. Para isso é preciso comparecer ao cartório eleitoral que estiver inscrito e apresentar um documento que ateste a impossibilidade do comparecimento ao dia da eleição, como por exemplo, um motivo de saúde. Nesse sistema, o candidato para ser eleito precisa alcançar a maioria absoluta dos votos válidos, isto é, 50% dos votos mais um, excluindo os em branco e nulos, que não são válidos. Quando nenhum candidato atinge a maioria absoluta no primeiro turno, a disputa pode ser definida no segundo turno entre os dois candidatos mais votados, nas cidades com mais de 200 mil eleitores. Nos outros municípios o 5 O juiz eleitoral analisará o caso e pode aprovar ou não o motivo apresentado. Se o pedido de dispensa não for aceito, o eleitor continuará obrigado a responder à convocação. Caso falte e não apresente uma justificativa no prazo de 30 dias após o pleito, terá que pagar multa. 30

7 renovar matrícula em qualquer instituição de ensino pública ou fiscalizada pelo governo, requerer qualquer documento que necessite da quitação eleitoral. Como o Mesário pode justificar a falta? O mesário convocado que faltar no dia da eleição tem até 30 dias após a data da votação para justificar sua ausência. Outra opção, seria fazer um pedido de dispensa antes da eleição, em até 5 dias depois da convocação. prefeito eleito é aquele que obtiver a maior quantidade de votos válidos, sem a possibilidade de segundo turno. Eleição proporcional Também conhecido como Sistema de Lista Aberta, na eleição proporcional é permitido votar diretamente no candidato ou em algum partido. Nesse sistema, as vagas ao cargo de vereador são distribuídas de acordo com o número de votos recebidos por cada partido, quem alcançar mais votos tem direito a mais cadeiras na Câmara Municipal. Para fazer a justificativa nesses dois casos, o eleitor deve se apresentar no cartório eleitoralque estiver inscrito com algum documento que comprove o motivo da ausência, como problemas de saúde. Data 2 de outubro de 2015 Eventos Último dia para alteração de domicílio eleitoral dos candidatos. 4 de maio de Final do prazo para os eleitores solicitarem a inscrição ou alterações do título eleito 29 6

8 5 de julho de 3 de agosto de Data limite para os partidos e coligações registrarem seus candidatos. Último dia para o eleitor fora do seu domicílio eleitoral, requisitar a 2ª via do título eleitoral. O que acontece com quem não justificar Quem não votar e não justificar a ausência do voto em até 60 dias após o dia da eleição ficará em débito com a Justiça Eleitoral, o que impede o eleitor de: 22 de setembro de 2 de outubro de 30 de outubro de Data limite para o eleitor, no seu domicílio eleitoral, solicitar a 2ª via do título de eleitor. Primeiro Turno (das 08h às 17h - horário local) Segundo Turno (das 08h às 17h - horário local) requerer passaporte ou carteira de identidade, receber salário de entidades públicas ou assistidas pelo governo, fazer parte de concorrência pública ou administrativa em qualquer instituição da União, dos estados, dos municípios ou do Distrito Federal, solicitar empréstimos em qualquer banco ou estabelecimento de crédito subsidiado pelo governo, inscrever-se em concursos públicos ou tomar posse de cargos públicos, 7 28

9 Como justificar O eleitor que só deixou de votar e justificar por até duas eleições seguidas deverá ir pessoalmente a qualquer cartório eleitoral ou posto de atendimento ao eleitor, preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral póseleição e apresentar umdocumento oficial original com foto, como a carteira de identidade (RG), carteira de habilitação, ou carteira de trabalho. Quem faltou a três votações consecutivas sem justificar sua ausência, deverá apresentar, além do documento oficial original com foto, um comprovante de residência recente e o título de eleitor. Existe a possibilidade do pagamento de multa no valor de R$3,51 por turno sem justificar a ausência. A situação será avaliada pelo juiz eleitoral, que pode ou não autorizar a isenção da multa. 27 Calendário Eleitoral O calendário das Eleições Municipais de no Brasil foi aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 10 de novembro de O primeiro turno ocorrerá no dia 2 de outubro e o segundo turno no dia 30 de outubro. Já a data limite para o futuro candidato alterar o seu domicilio eleitoral foi no dia 2 de outubro de 2015, 1 ano antes da eleição, enquanto o prazo para se filiar a um partido acaba no dia 2 de abril de. Vale lembrar que as datas podem ser alteradas com a divulgação oficial do calendário eleitoral pelo TSE. Data Eventos 8

10 2 de abril de 4 de maio de 13 de junho a 3 de agosto Prazo limite para o candidato estar filiado a um partido. Data final para o eleitor solicitar a inscrição ou alterar o título de eleitor, transferir o domicílio eleitoral, regularizar a situação ou requerer a transição para Seção Eleitoral Especial (destinada aos eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida). Fase em que são escolhidos os integrantes das Mesas Receptoras. Quem não votou na última eleição, pode votar? Sim. Mas apenas quem não votou e nem justificou a ausência por no máximo duas eleições seguidas, contando cada turno como uma eleição. Quem não justificar por três eleições consecutivas poderá o título de eleitor cancelado e fica proibido de votar. 5 de julho de 20 de julho a 5 de agosto de 3 de agosto de Passa a ser permitido ao candidato a propaganda intrapartidária visando sua nomeação à candidatura. É vetado o uso de rádio, televisão e outdoor. Período no qual os partidos estão autorizados a promover convenções para a definição dos candidatos. Data limite para o eleitor solicitar a segunda via do título de eleitor fora do seu domicílio eleitoral. Até quando pode justificar a ausência do voto? Em ano eleitoral, o prazo para regularizar a situação eleitoral é de 151 dias antes da eleição, que em será no dia 4 de maio. Caso o eleitor não tenha votado por apenas duas eleições, ainda poderá votar. 15 de agosto de Final do prazo para os partidos políticos e coligações registrarem seus candidatos. 9 26

11 Quem tem mobilidade reduzida também é obrigado a votar? Pessoas com mobilidade reduzida e com problemas de locomoção que sejam alfabetizadas e tenham entre 18 e 70 anos também são obrigadas a votar. 16 de agosto de 26 de agosto de 13 de setembro de Está autorizada a propaganda eleitoral. Começa a propaganda eleitoral gratuita através do rádio e televisão. Prazo limite para a definição e comunicação dos partidos políticos à Justiça Eleitoral dos gastos de campanha dos candidatos. No artigo 21 do Decreto nº de dezembro de 2004 está especificado que as urnas das seções eleitorais devem estar preparadas para receber eleitores com deficiência ou com mobilidade reduzida, devendo o local de votação ser acessível e com lugar próprio de estacionamento próximo. 15 de setembro de 22 de setembro de É publicado pela Justiça Eleitoral o relatório das receitas em dinheiro coletadas pelos partidos políticos para patrocinar as campanhas eleitorais. Prazo final para o eleitor requisitar em seu domicílio eleitoral a segunda via do Título de Eleitor. Em 2012 a Justiça Eleitoral criou um Programa de Acessibilidade de forma a garantir o direito de voto para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. 29 de setembro de 30 de setembro de Fim da propaganda eleitoral gratuita veiculadas no rádio e na televisão. Termina o período da exibição de propaganda eleitoral paga

12 2 de outubro de 28 de outubro de 28 de outubro de 30 de outubro de Primeiro turno. Encerramento da propaganda eleitoral gratuita através do rádio e da televisão associada ao segundo turno. Acaba a propaganda eleitoral paga relativa ao segundo turno. Segundo turno. seu voto ou torne o ato de votar demasiado difícil, ela não sofrerá nenhuma sanção por não se alistar ou votar. A pessoa portadora de deficiência deverá apresentar ao juiz eleitoral um documento que comprove a sua deficiência (pode fazer isso através de um procurador), podendo obter dessa forma uma certidão de quitação eleitoral com prazo de validade indeterminado. Como Consultar sua Situação Eleitoral Apenas os eleitores com a situação eleitoral regular, podem votar nas eleições municipais de. É possível verificar a sua situação eleitoral de duas formas, pela internet ou comparecendo a um cartório ou posto de atendimento eleitoral. No dia das eleições, as pessoas com deficiência que queiram e tenham capacidade para votar poderão ser acompanhadas por uma pessoa de confiança, que poderá entrar com elas na cabine eleitoral. Algumas Zonas Eleitorais possuem Seções Especiais para atender pessoas com necessidades especiais. Verifique junto à Zona de seu Município

13 analfabetas não são obrigadas a votar e não precisam justificar a ausência do voto. A lei prevê que em alguns casos o alistamento e o voto são facultativos, mais concretamente para os analfabetos, para os maiores de setenta anos e para os maiores de 16 (dezesseis) e menores de 18 (dezoito) anos. Além disso, algumas pessoas não são obrigadas a votar porque foram privadas dos seus direitos políticos, de maneira temporária ou definitiva. Pessoas portadoras de deficiência são obrigadas a votar? De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral através da resolução nº de 19 de Setembro de 2004, no artigo 1º, as pessoas portadoras de deficiência são obrigadas a fazer o alistamento eleitoral e a votar. No entanto, caso a condição da pessoa portadora de deficiência impossibilite o 23 Pela internet O eleitor pode consultar sua situação eleitoral pela internet acessando o site do Tribunal Superior Eleitoral ou dos Tribunais Regionais Eleitorais, na seção Serviços ao eleitor em Situação Eleitoral. A consulta pode ser feita por nome ou através do número do título de eleitor. Após preencher todos os dados, basta clicar em Consultar. Cartório ou posto de atendimento eleitoral Para saber sua situação eleitoral em um cartório ou posto de atendimento, é preciso levar o título de eleitor e um documento oficial original, como a carteira de identidade (RG), certidão de nascimento ou de casamento, carteira de trabalho, carteira de habilitação, ou carteiras 12

14 emitidas por órgãos estabelecidos por de leis federais como OAB, CRM ou CREA. O que quer dizer situação regular? A situação regular significa que o eleitor pode votar, mas não exclui a existência de débitos com a Justiça Eleitoral. Para confirmar que não há nenhuma pendência é preciso solicitar a certidão de quitação eleitoral, através do site do TSE ou se dirigindo a um cartório ou posto de atendimento eleitoral. O que significa ter o título de eleitor suspenso? Quer dizer que o eleitor está impedido de usufruir dos seus direitos políticos. Tal situação pode ocorrer por alguns motivos: quando os eleitores cumprem o serviço militar obrigatório (conscritos); foram condenados criminalmente sem a possibilidade de recurso; 13 É possível também enviar o requerimento preenchido via Correios ao juiz eleitoral do cartório em que estiver inscrito. Neste caso é necessário anexar os documentos que justificam a ausência, como atestado médico ou bilhetes de passagem. Não há limites para justificar a ausência do voto, ela pode ser feita quantas vezes forem necessárias. Após o prazo Passado o prazo de 60 dias após a eleição, o eleitor deverá se apresentar em qualquer cartório eleitoral e pagar uma multa de R$ 3,51. O caso será analisado pelo juiz eleitoral, que pode ou não isentar o eleitor do pagamento da multa. Quem não é obrigado a votar otar? Pessoas entre 16 (dezesseis) e 18 (dezoito) ou maiores de 70 (setenta) anos e as pessoas 22

15 nenhum deles, é necessário justificar duas vezes, referentes as ausências no 1º e no 2º turno. No dia da eleição O eleitor deve primeiramente preencher o formulário sem erros e de forma legível, caso contrário a justificativa não será validada. Com o formulário preenchido, deve-se entregar no dia da votação ao mesário de qualquer seção eleitoral, apresentando o título de eleitor e um documento de identificação oficial com foto, como a carteira de identidade, carteira nacional de habilitação, carteira de trabalho, certificado de reservista ou passaporte. Depois da eleição O eleitor tem um prazo de 60 dias após o pleito para justificar a ausência do voto, apresentando a justificativa em qualquer cartório eleitoral ou posto de atendimento ao eleitor. foram condenados por corrupção (improbidade administrativa), ou são declarados incapazes para os atos da vida civil (pessoas que por alguma deficiência, enfermidade ou vício tóxico tenham o discernimento reduzido). Para regularizar este tipo de situação é necessário entregar ao juízo eleitoral um requerimento que ateste o encerramento destes efeitos, como a certidão de cumprimento do serviço militar obrigatório, a cessação do cumprimento da condenação ou algum documento que ateste a capacidade civil do eleitor. O que fazer quando o título estiver cancelado ancelado? O título é cancelado quando o eleitor não vota por três eleições consecutivas sem justificar a ausência, ou quando não comparece à revisão do eleitorado. Os eleitores que faltaram o 21 14

16 recadastramento biométrico realizado em 2014 também tiveram o título cancelado. posto de atendimento ao eleitor após a eleição, no prazo de 60 (sessenta) dias. Para resolver a situação, o eleitor deverá se apresentar no cartório eleitoral em que está inscrito levando os seguintes documentos: Documento oficial original: carteira de identidade (RG), certidão de nascimento ou de casamento, carteira de habilitação, carteira de trabalho ou passaporte que apresente a filiação; Comprovante de residência atual: contas de água, luz, gás, telefone ou envelopes de correspondência. O eleitor que mora com os pais e não possui correspondências em seu nome, pode levar o comprovante com o nome de outro familiar juntamente com o documento que confirme o parentesco; Certificado de reservista para homens com até 45 anos de idade; 15 Onde encontro o formulário? O Requerimento de Justificativa Eleitoral é gratuito e está disponível nos postos de atendimento ao eleitor, nos cartórios eleitorais ou em qualquer seção eleitoral no dia do pleito. Também é possível imprimir o formulário nos sites do Tribunal Superior Eleitoral e dos Tribunais Regionais, mas existem dois tipos de requerimentos, um que só pode ser entregue no dia da eleição, obtido neste link, e outro destinado aos eleitores que justificarão após o dia da votação. Como justificar a ausência O eleitor deve justificar a ausência em cada turno separadamente. Caso haja dois turnos no seu domicílio eleitoral e ele não possa votar em 20

17 de trabalho, carteira de habilitação, ou carteiras expedidas por órgãos estabelecidos por de leis federais (OAB, CRM, CREA, etc.). Caso o eleitor estiver com a situação irregular, pode ser exigido outros documentos, como comprovante de residência, ou certidão de quitação militar (para as pessoas do sexo masculino), entre outros, que dependerão do motivo da irregularidade. Como justificar a ausência do Voto É obrigatório justificar a ausência do voto quando o eleitor estiver fora do seu domicílio eleitoral no dia da eleição. Para isso é necessário apresentar o formulário preenchido corretamente com um documento de identificação oficial com foto a qualquer mesário no dia da votação, ou entregar em qualquer cartório eleitoral ou 19 Título de eleitor e comprovantes de justificativa, caso houver. O valor da multa para os eleitores que estiveram ausente e não justificaram a ausência do voto, pode variar de acordo com a quantidade de ausências, que normalmente é de R$ 3,51 por turno. É importante saber que para regularizar o título cancelado o eleitor precisa ir pessoalmente ao cartório ou posto de atendimento eleitoral, não é possível resolver por procuração. As consequências de ter o título cancelado Com o cancelamento do título de eleitor não é possível votar, obter passaporte ou carteira de identidade, receber o salário para quem é funcionário público, pedir empréstimo, inscreverse em concurso público ou em instituições públicas de ensino. 16

18 Como obter a Certidão de Quitação Eleitoral A certidão ou comprovante de quitação eleitoral é o documento que confirma que o eleitor está em dia com a Justiça Eleitoral, ou seja, em situação regular. Caso o eleitor não esteja em dia, a certidão só será emitida após a regularização da situação. Pela internet A certidão de quitação eleitoral pode ser emitida no site do Tribunal Superior Eleitoral ou no site dos Tribunais Regionais Eleitorais. Ao acessar a página, o eleitor deverá ler as condições, selecionar a opção 'Li os termos e desejo emitir/validar a Certidão de Quitação Eleitoral.' e clicar em 'Emissão de certidão'. Para emitir o comprovante é necessário preencher todos os dados corretamente de acordo 17 com o título de eleitor e clicar em 'Emitir certidão'. Se a certidão não for emitida, o eleitor deverá comparecer a um cartório ou posto de atendimento eleitoral. Para finalizar o processo é preciso validar a certidão, voltando a página inicial da solicitação. Selecione novamente o campo 'Li os termos e desejo emitir/validar a Certidão de Quitação Eleitoral.' e clique em 'Validação de certidão'. Preencha os campos apresentados e clique 'Validar'. O código solicitado está disponível no final da certidão emita anteriormente. Cartório ou posto de atendimento eleitoral O eleitor também pode se dirigir a qualquer cartório ou posto de atendimento eleitoral com otítulo de eleitor e um documento oficial original, como a carteira de identidade (RG), certidão de nascimento ou de casamento, carteira 18

Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão

Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão é um órgão do Poder Judiciário Federal e tem como principais atividades a condução do processo eleitoral, desde o alistamento

Leia mais

Informações para o dia da eleição

Informações para o dia da eleição Tribunal Regional Eleitoral do Ceará Justiça Eleitoral Informações para o dia da eleição NO DIA DA ELEIÇÃO O QUE É PERMITIDO? É permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do cidadão

Leia mais

JUSTIFICATIVA ELEITORAL PARA OS ELEITORES RESIDENTES NO EXTERIOR ELEIÇÃO /2010

JUSTIFICATIVA ELEITORAL PARA OS ELEITORES RESIDENTES NO EXTERIOR ELEIÇÃO /2010 JUSTIFICATIVA ELEITORAL PARA OS ELEITORES RESIDENTES NO EXTERIOR ELEIÇÃO /2010 A Eleição de 2010 acontecerá nos dias: 3 de outubro de 2010 1º turno 31 de outubro de 2010 2º turno, SE HOUVER JUSTIFICATIVA

Leia mais

Apresentação. O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal é um órgão do Poder Judiciário Federal. Suas principais atividades são:

Apresentação. O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal é um órgão do Poder Judiciário Federal. Suas principais atividades são: Apresentação A Carta de Serviços ao Cidadão é um instrumento de gestão criada pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização GesPública, instituída por intermédio do Decreto nº. 6932/2009

Leia mais

PORTARIA Nº 1.321 A N E X O

PORTARIA Nº 1.321 A N E X O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE PERNAMBUCO PORTARIA Nº 1.321 Institui a Carta de Serviços ao Cidadão no âmbito da Justiça Eleitoral de Pernambuco. A N E X O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE PERNAMBUCO Carta

Leia mais

Obrigações Eleitorais

Obrigações Eleitorais Obrigações Eleitorais Votação no Catar Inscrição eleitoral para residentes no Catar Documentação necessária para inscrição eleitoral no Catar Transferência do título de eleitor para o Catar Documentação

Leia mais

EDITAL Nº 004/2016 1. CURSOS OFERECIDOS:

EDITAL Nº 004/2016 1. CURSOS OFERECIDOS: Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

SERVIÇOS. Serviços Relacionados à Pessoa Física

SERVIÇOS. Serviços Relacionados à Pessoa Física SERVIÇOS Serviços Relacionados à Pessoa Física Atenção: Documentos apresentados em fotocópia devem ser autenticados em cartório ou acompanhados dos originais para receberem autenticação do CREA. Documentos

Leia mais

Carta de Serviços aos Cidadãos

Carta de Serviços aos Cidadãos Carta de Serviços aos Cidadãos Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul: a cada dia mais próximo da comunidade www.tre-jus.br O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul é um órgão do Poder

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 04, DE 10 DE JUNHO DE 2015, DA COMISSÃO ELEITORAL.

RESOLUÇÃO Nº 04, DE 10 DE JUNHO DE 2015, DA COMISSÃO ELEITORAL. 1 RESOLUÇÃO Nº 04, DE 10 DE JUNHO DE 2015, DA COMISSÃO ELEITORAL. EMENTA: FIXA O QUE DEVE SER CUMPRIDO E O QUE DEVE SER PROIBIDO DURANTE O DIA DAS ELEIÇÕES - 2015 - DO SINTAF-CE. O PRESIDENTE DA COMISSÃO

Leia mais

FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA EDITAL Nº 01/2016, de 15 de janeiro de 2016.

FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA EDITAL Nº 01/2016, de 15 de janeiro de 2016. FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA EDITAL Nº 01/2016, de 15 de janeiro de 2016. NORMAS DO PROCESSO SELETIVO AGENDADO PARA INGRESSO NA FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA EM 2016. A Direção da Faculdade Cesumar de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE COLÉGIO ELEITORAL ESPECIAL COMISSÃO ELEITORAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE COLÉGIO ELEITORAL ESPECIAL COMISSÃO ELEITORAL INSTRUÇÕES PARA AS MESAS RECEPTORAS E APURADORAS DA ELEIÇÃO AOS CARGOS DE REITOR E VICE-REITOR DA UFAC QUADRIÊNIO 2012/2016 APRESENTAÇÃO Senhores membros das Mesas Receptoras e Apuradoras de votos, Ressaltando

Leia mais

EDITAL DE OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 1º semestre de 2016

EDITAL DE OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 1º semestre de 2016 EDITAL DE OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 1º semestre de 2016 O Diretor Acadêmico da Faculdade de Direito de Contagem, Prof. Dr. Luiz Moreira Gomes Júnior, no uso de suas atribuições, e considerando o disposto

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2013

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2013 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2013 A Diretora Geral da Escola Superior de Propaganda e Marketing Unidade Rio de Janeiro, de acordo com o regimento interno, torna pública as normas do Processo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 22.579. INSTRUÇÃO Nº 111 CLASSE 12ª DISTRITO FEDERAL (Brasília).

RESOLUÇÃO Nº 22.579. INSTRUÇÃO Nº 111 CLASSE 12ª DISTRITO FEDERAL (Brasília). RESOLUÇÃO Nº 22.579 INSTRUÇÃO Nº 111 CLASSE 12ª DISTRITO FEDERAL (Brasília). Relator: Ministro Ari Pargendler. CALENDÁRIO ELEITORAL (Eleições de 2008) O Tribunal Superior Eleitoral, usando das atribuições

Leia mais

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL EM MEDICINA VETERINÁRIA E SAÚDE PÚBLICA

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL EM MEDICINA VETERINÁRIA E SAÚDE PÚBLICA ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL EM MEDICINA VETERINÁRIA E SAÚDE PÚBLICA Estarão abertas, no período de 01 a 30 de novembro de 2011, inscrições

Leia mais

Reitoria Coordenadoria de Relações Internacionais. Edital No. 004/2014 COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS/INGLÊS SEM FRONTEIRAS

Reitoria Coordenadoria de Relações Internacionais. Edital No. 004/2014 COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS/INGLÊS SEM FRONTEIRAS Edital No. 004/2014 COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS/INGLÊS SEM FRONTEIRAS A coordenadoria de Relações Internacionais da UENP torna pública a abertura de inscrições e demais procedimentos relativos

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016 A Profa. Ms. Lizika Goldchleger, Gerente Executiva da Faculdade Cultura Inglesa, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER que o Processo Seletivo para o

Leia mais

Prestação de contas do Juízo comum e da Justiça Eleitoral:

Prestação de contas do Juízo comum e da Justiça Eleitoral: PRESTAÇÃO DE CONTAS Prestação de contas do Juízo comum e da Justiça Eleitoral: Conceitos: Nós juízes, em especial os que atuam na área cível, somos acostumados com a obrigação de prestação de contas de

Leia mais

EDITAL Nº 004/2013. 1.4- As funções públicas deverão ser tão somente as vinculadas ao impedimento de titular.

EDITAL Nº 004/2013. 1.4- As funções públicas deverão ser tão somente as vinculadas ao impedimento de titular. EDITAL Nº 004/2013 O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS PÚBLICOS E O SECRETARIO MUNICIPAL DE SÁUDE, no uso de suas atribuições legais e com base nos dispositivos de leis municipais vigentes,

Leia mais

REGISTRO DEFINITIVO DE DIPLOMADO NO PAÍS

REGISTRO DEFINITIVO DE DIPLOMADO NO PAÍS SERVIÇOS Serviços Relacionados à Pessoa Física Atenção: Documentos apresentados em fotocópia devem ser autenticados em cartório ou acompanhados dos originais para receberem autenticação do CREA. Documentos

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DO IPÊ - FAIPE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2013

FACULDADE DE TECNOLOGIA DO IPÊ - FAIPE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DO IPÊ - FAIPE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2013 Dispõe as normas do Processo de Seleção FAIPE 2013/2 para ingresso de alunos ao Curso Superior de Tecnologia em Marketing

Leia mais

Edital 009/16 DAC Apucarana, 02 de maio de 2016. EDITAL

Edital 009/16 DAC Apucarana, 02 de maio de 2016. EDITAL Edital 009/16 DAC Apucarana, 02 de maio de 2016. A Direção Acadêmica da Faculdade de Apucarana - FAP, no uso de suas competências e demais disposições legais, aprova e torna público o seguinte EDITAL 1.

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2016.2

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2016.2 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO.2 A Diretora Geral da ESPM Unidade Rio de Janeiro, em consonância com o regimento da instituição, torna público o edital do processo seletivo classificatório

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2012.2 MAIO 2012

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2012.2 MAIO 2012 EDITAL PROCESSO SELETIVO 2012.2 MAIO 2012 Rua General Rondon, 209, Bairro Julião Ramos. CEP 68.908-080 Macapá-AP Telefone: (96) 3224-3300 www.conquisteseufuturo.com.br EDITAL PROCESSO SELETIVO 2012.2 EDITAL

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

Art. 3º A inscrição para o Processo Seletivo será realizada, exclusivamente via internet, no período de 18 de fevereiro a 15 de março de 2013.

Art. 3º A inscrição para o Processo Seletivo será realizada, exclusivamente via internet, no período de 18 de fevereiro a 15 de março de 2013. 1 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU BOLSA APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA PARA O ANO DE 2013 DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO VAGAS REMANESCENTES A Magnífica

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011 EDITAL DE ABERTURA DAS INSCRIÇÕES. VAGAS VAGAS OFERECIDAS DURAÇÃO CREDENCIADAS Mastologia 06 06 2 anos

PROCESSO SELETIVO 2011 EDITAL DE ABERTURA DAS INSCRIÇÕES. VAGAS VAGAS OFERECIDAS DURAÇÃO CREDENCIADAS Mastologia 06 06 2 anos Instituto Brasileiro de Controle do Câncer - IBCC Residência Médica PROCESSO SELETIVO 2011 EDITAL DE ABERTURA DAS INSCRIÇÕES O Centro de Estudos Prof. Dr. João Sampaio Góes Junior do Instituto Brasileiro

Leia mais

CAPÍTULO II: DA COMISSÃO ELEITORAL

CAPÍTULO II: DA COMISSÃO ELEITORAL EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES PARA A DIRETORIA DO CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE FÍSICA CAFÍS Edital 01/2012 A Comissão Eleitoral eleita em Assembleia Geral do Curso de Licenciatura em Física realizada

Leia mais

FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA - EDITAL Nº 02/2016, de 29 de janeiro de 2016.

FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA - EDITAL Nº 02/2016, de 29 de janeiro de 2016. FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA - EDITAL Nº 02/2016, de 29 de janeiro de 2016. NORMAS DO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NA FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA EM 2016. A Faculdade Cesumar de Curitiba torna públicas

Leia mais

EDITAL N.º 138/2012 TESTE DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA - 1º SEMESTRE/2012

EDITAL N.º 138/2012 TESTE DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA - 1º SEMESTRE/2012 EDITAL N.º 138/2012 TESTE DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA - 1º SEMESTRE/2012 A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias torna público para conhecimento

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - 8ª REGIÃO - SÃO PAULO. Inscrição do Registro Provisório

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - 8ª REGIÃO - SÃO PAULO. Inscrição do Registro Provisório Inscrição do Registro Provisório Documentos: Requerimento (modelo CRB-8) Ficha de inscrição (modelo CRB-8) Termo de Compromisso (modelo CRB-8) Declaração de não exercício (modelo CRB-8) Declaração do registro

Leia mais

ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2012

ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2012 1 ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2012 O Presidente da Fundação Getulio Vargas torna pública a abertura das inscrições para o Processo Seletivo relativo

Leia mais

NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AO CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2 O SEMESTRE DE 2013

NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AO CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2 O SEMESTRE DE 2013 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS COORDENADORIA DE INGRESSO DISCENTE NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AO CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Vestibular Tradicional e Processo Seletivo Agendado (PSA)

Vestibular Tradicional e Processo Seletivo Agendado (PSA) Vestibular Tradicional e Processo Seletivo Agendado (PSA) No site desta Instituição também estão disponíveis informações sobre outras formas de acesso aos cursos da GRADUAÇÃO TRADICIONAL, a saber: MATRÍCULA

Leia mais

II - os requisitos, documentos e informações necessários para acessar o serviço; III - as principais etapas para processamento do serviço;

II - os requisitos, documentos e informações necessários para acessar o serviço; III - as principais etapas para processamento do serviço; 2 APRESENTAÇÃO Esta Carta de Serviços é um documento elaborado pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba com o objetivo de divulgar os serviços prestados ao cidadão pela Justiça Eleitoral da Paraíba,

Leia mais

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA EDITAL Nº 007/2016 DO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR AGENDADO A Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social torna público o Edital Nº 007/2016 do Processo Seletivo de Vestibular

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE NOVOS ALUNOS EDITAL DO CURSO DE MEDICINA/2010

PROCESSO SELETIVO DE NOVOS ALUNOS EDITAL DO CURSO DE MEDICINA/2010 PROCESSO SELETIVO DE NOVOS ALUNOS EDITAL DO CURSO DE MEDICINA/2010 De conformidade com o disposto no inciso II do Art. nº 44 da Lei n.º 9.394 de 20/12/96, com o Parecer CNE nº 98 de 06/07/99, com a Portaria

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.089 INSTRUÇÃO N 126 - CLASSE 19ª - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL.

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.089 INSTRUÇÃO N 126 - CLASSE 19ª - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL. TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.089 INSTRUÇÃO N 126 - CLASSE 19ª - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. CALENDÁRIO ELEITORAL (Eleições de 2010) O Tribunal Superior

Leia mais

UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL CONCURSOS DE BOLSAS 2016.1

UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL CONCURSOS DE BOLSAS 2016.1 UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL CONCURSOS DE BOLSAS 2016.1 O Reitor do UNIABEU - Centro Universitário torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Social, para o 1º semestre de 2016,

Leia mais

INSTRUÇÕES JUSTIÇA ELEITORAL MANUAL DE PROCEDIMENTOS ELEITORAIS - EXTERIOR

INSTRUÇÕES JUSTIÇA ELEITORAL MANUAL DE PROCEDIMENTOS ELEITORAIS - EXTERIOR TRIBUNAL JUSTIÇA SUPERIOR ELEITORAL TRIBUNAL ELEITORAL SUPERIOR TRIBUNAL SUPERIOR INSTRUÇÕES MANUAL DE PROCEDIMENTOS ELEITORAIS - EXTERIOR Versão 21/2/2002 MANUAL DE PROCEDIMENTOS ELEITORAIS - EXTERIOR

Leia mais

Pontos da Res. TSE nº 23.376/12 diretamente relacionados à internet: I A Arrecadação dos Recursos a emissão dos Recibos Eleitorais:

Pontos da Res. TSE nº 23.376/12 diretamente relacionados à internet: I A Arrecadação dos Recursos a emissão dos Recibos Eleitorais: Pontos da Res. TSE nº 23.376/12 diretamente relacionados à internet: I A Arrecadação dos Recursos a emissão dos Recibos Eleitorais: Art. 4º Toda e qualquer arrecadação de recursos para a campanha eleitoral,

Leia mais

2º Processo Seletivo para o 2º semestre de 2016. Edital

2º Processo Seletivo para o 2º semestre de 2016. Edital 2º Processo Seletivo para o 2º semestre de 2016 Edital A Direção Geral da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora faz saber, através do presente Edital, que estarão abertas, no período de 10/06 a 04/07/2016,

Leia mais

ELEIÇÕES 2012 CAMPANHA ELEITORAL

ELEIÇÕES 2012 CAMPANHA ELEITORAL 2S SOLUÇÕES pode e não pode Elaboração: Victor Ferreira João de Oliveira 2 COMÍCIOS E REUNIÕES PÚBLICAS Tradicional forma de arregimentação de pessoas para difundir a proposta do candidato, partido ou

Leia mais

O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA

O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997 Estabelece normas para as eleições. O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta

Leia mais

Presidência da República Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 3.820, DE 11 DE NOVEMBRO DE 1960.

Presidência da República Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 3.820, DE 11 DE NOVEMBRO DE 1960. Presidência da República Subchefia para Assuntos Jurídicos Regulamento LEI Nº 3.820, DE 11 DE NOVEMBRO DE 1960. Cria o Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Farmácia, e dá outras providências. O

Leia mais

ATO DELIBERATIVO 27/2015. O Conselho Deliberativo da Fundação CELESC de Seguridade Social - CELOS, no uso de suas atribuições e,

ATO DELIBERATIVO 27/2015. O Conselho Deliberativo da Fundação CELESC de Seguridade Social - CELOS, no uso de suas atribuições e, ATO DELIBERATIVO 27/2015 O Conselho Deliberativo da Fundação CELESC de Seguridade Social - CELOS, no uso de suas atribuições e, CONSIDERANDO a necessidade de atualizar as disposições do Ato Deliberativo

Leia mais

Faculdade de Medicina Campus de Botucatu

Faculdade de Medicina Campus de Botucatu FACULDADE DE MEDICINA EDITAL Nº 063/2015-FM/DTA. A FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU UNESP torna público que no período de 04 a 11 de janeiro de 2016, somente pela Internet, estarão abertas as INSCRIÇÕES

Leia mais

E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L MUNICÍPIO DE GAURAMA PODER EXECUTIVO

E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L MUNICÍPIO DE GAURAMA PODER EXECUTIVO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 004/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PSICÓLOGO(A) GILMAR JOSÉ SACCOMORI, Prefeito Municipal de Gaurama, Estado do Rio Grande do Sul, no

Leia mais

Faculdade de Medicina - Campus de Botucatu

Faculdade de Medicina - Campus de Botucatu FACULDADE DE MEDICINA EDITAL Nº 005/2015-FM/DTA. A FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU - UNESP torna público que, nos dias 17 e 18 de março de 2015, somente através da Internet, estarão abertas as inscrições

Leia mais

EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2

EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2 UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2 O Reitor do UNIABEU - Centro Universitário torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Social, para o 2º semestre de 2015,

Leia mais

Estado de Goiás. Governo Municipal de Santa Rita do Araguaia ADM 2013/2016 PARECER JURÍDICO. Foram anexados os seguites recursos:

Estado de Goiás. Governo Municipal de Santa Rita do Araguaia ADM 2013/2016 PARECER JURÍDICO. Foram anexados os seguites recursos: Processo Administrativo nº 000013/2016 Processo Seletivo Simplificado nº 002/2015 Interessada: Comissão Organizadora do Processo Seletivo PARECER JURÍDICO Veio à apreciação deste Departamento requerimento

Leia mais

EDITAL Nº 011, DE 13 DE MARÇO DE 2012 REOPÇÃO DE CURSO CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO E CURSOS SUPERIOES CAMPUS PANAMBI

EDITAL Nº 011, DE 13 DE MARÇO DE 2012 REOPÇÃO DE CURSO CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO E CURSOS SUPERIOES CAMPUS PANAMBI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS PANAMBI Rua Erechim, 860 Bairro Planalto CEP: 98280-000 -

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem do Estado de São Paulo. Eleições triênio 2012 2014. Quem é obrigado a votar?... 3

Conselho Regional de Enfermagem do Estado de São Paulo. Eleições triênio 2012 2014. Quem é obrigado a votar?... 3 MANUAL DO ELEITOR Índice Quem é obrigado a votar?... 3 Caso tenha alguma anuidade em atraso, eu posso votar?... 3 Quando serão realizadas as eleições do COREN-SP?... 3 Onde vou votar?... 3 Estarei fora

Leia mais

RESOLUÇÃO 23.190 INSTRUÇÃO Nº 127 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral.

RESOLUÇÃO 23.190 INSTRUÇÃO Nº 127 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral. RESOLUÇÃO 23.190 INSTRUÇÃO Nº 127 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral. Dispõe sobre pesquisas eleitorais (Eleições de 2010).

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 Nº 02 - VAGAS REMANESCENTES

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 Nº 02 - VAGAS REMANESCENTES 1 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 Nº 02 - VAGAS REMANESCENTES A Comissão Permanente de Seleção da Católica do Tocantins COSEF torna público para conhecimento, aos interessados, as

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N.º 02/2016 EDITAL Nº 001- ABERTURA DO PROCESSO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N.º 02/2016 EDITAL Nº 001- ABERTURA DO PROCESSO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N.º 02/2016 EDITAL Nº 001- ABERTURA DO PROCESSO Edital de Processo Seletivo Simplificado para contratação por prazo determinado para atividades necessárias e imprescindíveis.

Leia mais

Manual do Candidato. Curso de Especialização Técnica em Gestão de Pessoas. IFES - Guarapari. Processo Seletivo 40 2012

Manual do Candidato. Curso de Especialização Técnica em Gestão de Pessoas. IFES - Guarapari. Processo Seletivo 40 2012 Manual do Candidato Processo Seletivo 40 2012 Curso de Especialização Técnica em Gestão de Pessoas IFES - Guarapari O CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO ATIVIDADE DATA HORÁRIO LOCAL Publicação do Edital 25/07/2012

Leia mais

I) A prova de Redação será escrita e respondida em Língua Portuguesa, no valor total de 100 (cem) pontos.

I) A prova de Redação será escrita e respondida em Língua Portuguesa, no valor total de 100 (cem) pontos. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS NO CURSO PRESENCIAL OFERECIDO PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 DA FACULDADE MODAL (INÍCIO DAS AULAS EM FEVEREIRO DE 2016). De ordem do Sr.

Leia mais

SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO

SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO Manual passo-a-passo para obtenção do Auto de Licença de Funcionamento/ Auto de Licença de Funcionamento Condicionado Eletrônico

Leia mais

Faculdade ALFA de Umuarama Comissão Permanente de Vestibular VESTIBULAR ALFA 2013. Umuarama - Paraná

Faculdade ALFA de Umuarama Comissão Permanente de Vestibular VESTIBULAR ALFA 2013. Umuarama - Paraná Faculdade ALFA de Umuarama Comissão Permanente de Vestibular VESTIBULAR ALFA 2013 Umuarama - Paraná Faculdade de Tecnologia ALFA de Umuarama DIRETORIA Diretor Geral Jair Antonio Rodrigues Vice-Diretor

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO ESPECIAL - 2º SEMESTRE 2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO ESPECIAL - 2º SEMESTRE 2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO ESPECIAL - 2º SEMESTRE 2015 O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Santa Catarina SENAI/SC, mantenedor das Faculdades de Tecnologia SENAI Blumenau, SENAI Chapecó e

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2016

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2016 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2016 A Diretora Geral da ESPM Unidade Rio de Janeiro, em consonância com o regimento da instituição, torna públicas as normas do processo seletivo classificatório

Leia mais

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 -

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - A Diretoria da PRACATUM Escola de Música e Tecnologias, no uso de suas atribuições e demais disposições

Leia mais

1. DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO BRASILEIRA, QUEM ESTÁ OBRIGADO A VOTAR?

1. DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO BRASILEIRA, QUEM ESTÁ OBRIGADO A VOTAR? 1. DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO BRASILEIRA, QUEM ESTÁ OBRIGADO A VOTAR? Nos termos do art. 14 1º, inciso I, da Constituição Federal, o alistamento e o voto são: 1) obrigatórios para maiores de 18 anos; 2)

Leia mais

Em hipótese alguma haverá devolução da taxa de inscrição.

Em hipótese alguma haverá devolução da taxa de inscrição. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA VAGA REMANESCENTE DA RESIDÊNCIA MÉDICA DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE VOTUPORANGA A Santa Casa de Misericórdia de Votuporanga e o Centro Universitário de Votuporanga,

Leia mais

SITUAÇÃO DO PROGRAMA - CNRM

SITUAÇÃO DO PROGRAMA - CNRM FACULDADE DE MEDICINA EDITAL Nº 042/2014-FM/DTA. A FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU - UNESP torna público que, no período de 24 a 28 de novembro de 2014, somente através da Internet, estarão abertas as

Leia mais

FACULDADE CDL. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2

FACULDADE CDL. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2 FACULDADE CDL Credenciada pela Portaria MEC n o 354 de 14 de março de 2008; D.O.U. nº 53, de 18/03/2008. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2 O Diretor Geral da Faculdade CDL, no uso de suas atribuições

Leia mais

ASSOCIAÇÃO RONDONIENSE DE ENSINO SUPERIOR FATEC FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E DE TECNOLOGIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 02/2013

ASSOCIAÇÃO RONDONIENSE DE ENSINO SUPERIOR FATEC FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E DE TECNOLOGIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 02/2013 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 02/2013 A FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E DE TECNOLOGIA DE RONDÔNIA/FATEC-RO, mantida pela Associação Rondoniense de Ensino Superior/ARES, por meio da Comissão Especial

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, CONSELHOS COMUNITÁRIOS Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Vinculação: Finalidade: CONSELHOS COMUNITÁRIOS ORGAO COLEGIADO GABINETE DO PREFEITO Tornar os cidadãos parte ativa no exercício do governo, mediante

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS

LISTA DE DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS LISTA DE DOCUMENTOS A SEREM APRESENTADOS I Prova de inscrição definitiva no quadro de advogados da Ordem dos Advogados do Brasil, o que poderá ser feito pela apresentação de cópia autenticada da Carteira

Leia mais

Fatec Santana de Parnaíba

Fatec Santana de Parnaíba Edital de Transferência nº 001/2016 de 11/01/2016 A Diretora da Faculdade de Tecnologia de Santana de Parnaíba (FATEC Santana de Parnaíba), no uso de suas atribuições legais, faz saber que estão abertas

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES PARA A DIRETORIA DO CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE ZOOTECNIA CAZ

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES PARA A DIRETORIA DO CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE ZOOTECNIA CAZ EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES PARA A DIRETORIA DO CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE ZOOTECNIA CAZ Edital 01/2014 A Comissão Eleitoral eleita em Assembleia Geral do Curso de Zootecnia realizada no último

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS PARA A FUNÇÃO- ATIVIDADE DE MÉDICO PARA O SERVIÇO DE GERIATRIA E CRÔNICOS - ABERTURA DE INSCRIÇÕES

CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS PARA A FUNÇÃO- ATIVIDADE DE MÉDICO PARA O SERVIÇO DE GERIATRIA E CRÔNICOS - ABERTURA DE INSCRIÇÕES CENTRO DE RECURSOS HUMANOS EDITAL 08/08 CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS PARA A FUNÇÃO- ATIVIDADE DE MÉDICO PARA O SERVIÇO DE GERIATRIA E CRÔNICOS - ABERTURA DE INSCRIÇÕES O Centro de Recursos

Leia mais

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde. Edital 002/2016. Processo Seletivo

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde. Edital 002/2016. Processo Seletivo SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde Edital 002/2016 Processo Seletivo A Direção da SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde torna públicas as normas a seguir, que regem o Processo Seletivo Vestibular

Leia mais

Calendário Eleitoral 2012 - Eleições Municipais

Calendário Eleitoral 2012 - Eleições Municipais Calendário Eleitoral 2012 - Eleições Municipais Em ano de eleições municipais é importante estar atento ao calendário eleitoral 2012 para as eleições municipais. O Tribunal Superior Eleitoral/TSE divulgou

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS NÍVEL SUPERIOR REALIZAÇÃO: SECRETARIA GERAL DE RECURSOS HUMANOS U F S C a r EDITAL Nº 011/2010 O Secretário Geral de Recursos Humanos da Universidade

Leia mais

FACULDADE 7 DE SETEMBRO

FACULDADE 7 DE SETEMBRO FACULDADE 7 DE SETEMBRO EDITAL Nº 18/2015 A Faculdade 7 de Setembro (FA7), com base no seu Regimento Interno e nas disposições da legislação em vigor, torna pública, a abertura das inscrições do seu Processo

Leia mais

Processo Seletivo FAEC 2016

Processo Seletivo FAEC 2016 Processo Seletivo FAEC 2016 EDITAL Nº 03/2015 18 de agosto de 2015 A Direção Geral da FAEC, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, de acordo com a legislação vigente e Regimento, torna público

Leia mais

EDITAL 2/2012. PROGEST Programa de Estudos em Engenharia, Sociedade e Tecnologia. Grupo de Pesquisa do CEFET-MG certificado pelo CNPq

EDITAL 2/2012. PROGEST Programa de Estudos em Engenharia, Sociedade e Tecnologia. Grupo de Pesquisa do CEFET-MG certificado pelo CNPq EDITAL 2/2012 Grupo de Pesquisa do CEFET-MG certificado pelo CNPq PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS PARA OS CURSOS DE CAPACITAÇÃO - ANO 2012-2º SEMESTRE O Coordenador Geral do PROGEST

Leia mais

C O N F I D E N C I A L

C O N F I D E N C I A L 1/14 ESTADO DO AMAZONAS PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NO CARGO DE JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO DA CARREIRA DA MAGISTRATURA Foto 3

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 01/2013

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 01/2013 CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 01/2013 O CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM, criado pela lei nº 12.378, de 31 de

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO COMPLEMENTAR. ESPM Unidade Porto Alegre

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO COMPLEMENTAR. ESPM Unidade Porto Alegre EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO COMPLEMENTAR ESPM Unidade Porto Alegre O Diretor Geral da Escola Superior de Propaganda e Marketing Unidade Porto Alegre, em consonância com o regimento da instituição,

Leia mais

Estado de Minas Gerais Município de Santa Bárbara EDITAL DE SELEÇÃO PARA ADMISSÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 026 /2015, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2015.

Estado de Minas Gerais Município de Santa Bárbara EDITAL DE SELEÇÃO PARA ADMISSÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 026 /2015, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2015. Estado de Minas Gerais Município de Santa Bárbara EDITAL DE SELEÇÃO PARA ADMISSÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 026 /2015, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2015. O MUNICÍPIO DE SANTA BÁRBARA, por intermédio da SECRETARIA

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N 006/2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N 006/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N 006/2015 ESTABELECE NORMAS PARA SELEÇÃO EM REGIME DE DESIGNAÇÃO TEMPORÁRIA DE TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO PARA ATENDIMENTO ÀS NECESSIDADES DE EXCEPCIONAL

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DO IFPR CAMPUS PITANGA

EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DO IFPR CAMPUS PITANGA EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DO IFPR CAMPUS PITANGA O INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR, no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital com normas que regem o Processo simplificado

Leia mais

INSTRUÇÃO Nº 1161-56.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

INSTRUÇÃO Nº 1161-56.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº 23.364 INSTRUÇÃO Nº 1161-56.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Arnaldo Versiani Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Ementa: Dispõe sobre pesquisas eleitorais

Leia mais

2º EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016-1 SIMPLIFICADO GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA

2º EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016-1 SIMPLIFICADO GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA 2º EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016-1 SIMPLIFICADO GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA VESTIBULAR AOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS REDES DE COMPUTADORES O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

REGIMENTO ELEITORAL DO CENTRO

REGIMENTO ELEITORAL DO CENTRO REGIMENTO ELEITORAL DO CENTRO ACADÊMICO FILOSÓFICO CULTURAL DO AMAZONAS TÍTULO I INTRODUÇÃO Art. 1º. Este regimento regulamenta os procedimentos a serem adotados no Processo Eleitoral do Centro Acadêmico

Leia mais

3º Processo Seletivo para o 1º semestre de 2015 EDITAL. Eventos Data Horário. 22, 26 e 29/01/15. 23, 27 e 30/01/15

3º Processo Seletivo para o 1º semestre de 2015 EDITAL. Eventos Data Horário. 22, 26 e 29/01/15. 23, 27 e 30/01/15 3º Processo Seletivo para o 1º semestre de 2015 EDITAL A Direção Geral da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora faz saber, através do presente Edital, que estarão abertas, no período de 19/01 a 29/01/2015,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ A Sociedade de Estudos Múltiplos, Ecológica e de Artes Sociedade Semear, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de

Leia mais

EDITAL FATEC SOROCABA Nº 01/2015 DE 08 DE MAIO DE 2015.

EDITAL FATEC SOROCABA Nº 01/2015 DE 08 DE MAIO DE 2015. EDITAL FATEC SOROCABA Nº 01/2015 DE 08 DE MAIO DE 2015. O Diretor da Faculdade de Tecnologia de Sorocaba no uso de suas atribuições legais torna público que estão abertas as inscrições para participação

Leia mais

REGULAMENTO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE 2014

REGULAMENTO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE 2014 REGULAMENTO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE 2014 REGULAMENTO PARA ABERTURA DE INSCRIÇÕES E REALIZAÇÃO DO 1º PROCESSO SELETIVO DE ESTUDANTES, PELO AGENTE DE INTEGRAÇÃO SUPER ESTÁGIOS LTDA ME, PARA INGRESSO NO

Leia mais

FACULDADE 7 DE SETEMBRO

FACULDADE 7 DE SETEMBRO FACULDADE 7 DE SETEMBRO SEDE IMPERADOR PROCESSO SELETIVO 2015.2 EDITAL Nº 11/2015 A Faculdade 7 de Setembro (FA7), com base no seu Regimento Interno e nas disposições da legislação em vigor, torna pública,

Leia mais

EDITAL Nº. 16/2015. Prova em 17/10/2015 Período de Inscrição: De 15 de Setembro de 2015 a 14 de Outubro de 2015

EDITAL Nº. 16/2015. Prova em 17/10/2015 Período de Inscrição: De 15 de Setembro de 2015 a 14 de Outubro de 2015 EDITAL Nº. 16/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1 CURSOS DE ARQUITETURA E URBANISMO, DIREITO, ENGENHARIA CIVIL, ENGENHARIA ELÉTRICA, ENGENHARIA MECÂNICA, PSICOLOGIA O Diretor Superintendente da Faculdade Alves

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 6.996, DE 7 DE JUNHO MAIO DE 1982. Dispõe sobre a utilização de processamento eletrônico de dados nos serviços eleitorais e

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AGENTE I EDITAL DRH Nº 34/2013

PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AGENTE I EDITAL DRH Nº 34/2013 - Prodin DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - DRH PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA AGENTE I EDITAL DRH Nº 34/2013 A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS divulga e estabelece normas específicas para a

Leia mais

RESPOSTAS A PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA SOCIEDADE (inciso VI do art. 8º da Lei nº 12.527/2011) SUMÁRIO. 1. Registro Profissional...

RESPOSTAS A PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA SOCIEDADE (inciso VI do art. 8º da Lei nº 12.527/2011) SUMÁRIO. 1. Registro Profissional... SUMÁRIO 1. Registro Profissional... 2 2. Isenção de Anuidade... 3 3. Transferência de Regional... 4 4. Cancelamento de Registro (Pessoa Física)... 5 5. Reativação de Registro Profissional... 6 6. Parcelamento

Leia mais

PREFEITURA DE FRANCA EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO DO PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA BOLSA UNIVERSIDADE ano de 2015

PREFEITURA DE FRANCA EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO DO PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA BOLSA UNIVERSIDADE ano de 2015 PREFEITURA DE FRANCA EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO DO PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA BOLSA UNIVERSIDADE ano de 2015 A Prefeitura de Franca, mediante gestão da Secretaria Municipal de Educação, em consonância

Leia mais

EDITAL 01/2016 PROCESSO SELETIVO GRADUAÇÃO PRESENCIAL 1º SEMESTRE - ANO 2016

EDITAL 01/2016 PROCESSO SELETIVO GRADUAÇÃO PRESENCIAL 1º SEMESTRE - ANO 2016 EDITAL 01/2016 PROCESSO SELETIVO GRADUAÇÃO PRESENCIAL 1º SEMESTRE - ANO 2016 A Diretora Geral da Faculdade de Educação de São Mateus (FAESM), torna público através do presente Edital, que estão abertas

Leia mais