CAP.III. CARACTERIZAÇÃO DE MONOPÓLIO NA REGIÃO SUL DO BRASIL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAP.III. CARACTERIZAÇÃO DE MONOPÓLIO NA REGIÃO SUL DO BRASIL"

Transcrição

1 CAP.III. CARACTERIZAÇÃO DE MONOPÓLIO NA REGIÃO SUL DO BRASIL Este capítulo tentará caracterizar através de dados sobre propriedade cruzada, índice de audiência, abrangências de alcance das emissoras e afiliadas, a forma de monopólio exercida em dois estados do sul do país: Santa Catarina e Rio Grande do Sul, pelo Grupo RBS Rede Brasil Sul. O Grupo RBS está há 47 anos atuando na região sul e ampliando suas atividades no segmento comunicação, com a propriedade de canais de televisão aberta, à cabo, emissoras de rádio e jornais diários EVOLUÇÃO DO GRUPO RBS O Grupo RBS, pertencente a família Sirotsky, entrou no sistema de radiodifusão em 31 de agosto de 1957, quando Maurício Sirotsky Sobrinho associou- se à Rádio Gaúcha, em Porto Alegre, a primeira emissora do país com 24 horas diárias de informação. Uma década depois, Maurício Sirotsky

2 36 Sobrinho, adquire junto com seu irmão Jaime e com Fernando Ernesto Correa, 50% das ações do jornal Zero Hora. A compra da TV Gaucha, em Porto Alegre, aconteceu em 1969, quando o Grupo também ganhou uma concessão da primeira emissora do interior gaúcho, a TV Caxias. Segundo Santos (1998), neste período, os dois canais de televisão já estavam ligados à TV Excelsior, do Rio de Janeiro. Já afiliado à Rede Globo em 1971, o Grupo RBS se expande pelo interior gaúcho, detendo dois anos depois, 4 concessões de televisão no Rio Grande do Sul. Neste período, (Santos,1998,p.4), a RBS TV já destacava- se entre as afiliadas da TV Globo por possuir programação própria, dentro da grade de programação da Rede Globo, para retransmitir para as repetidoras e retransmissoras da RBS TV. Foi neste período também, até meados da década de 70, que as emissoras de televisão se consolidaram no Brasil, através do projeto de desenvolvimento- político, com viés nacionalista, do regime militar, iniciado em 1964 (Santos,1998,p.3). Os militares brasileiros priorizaram alguns setores estratégicos da economia, investindo em infra- estrutura para o desenvolvimento industrial acelerado e fortemente controlado. As telecomunicações estavam entre esses setores estratégicos e foram fortemente privilegiados (Caparelli citado por Santos,1998). Até a década de 80, o Grupo possuía 10 canais de TV, 5 emissoras de rádio, um jornal, uma editora e uma gráfica, no Rio Grande do Sul. Nos anos 80 o Grupo RBS já havia formado sua rede de rádios AM e FM e expandido a RBS TV para Santa Catarina, onde segundo Santos (1998), o

3 37 grupo transformou- se no maior grupo a atuar no estado. No âmbito brasileiro o Grupo já era o segundo maior grupo detentor de concessões próprias no país, com 17 concessões. PRINCIPAIS DETENTORESDE CONCESSÃO DE TV NO BRASIL Proprietário Número de Concessões Rede Globo 17 RBS 17 Igreja Universal do Reino de Deus 14 Políticos 43 Fonte: Santos,1998 O quadro acima caracteriza o monopólio que o grupo possui nesses dois estados, fato que deveria contrariar o Art. 12, do Decreto- lei 236/67, onde cada entidade pode ter concessão ou permissão de no máximo 10 estações radiodifusoras, sendo 10 em território nacional, sendo no máximo 5 em VHF e 2 por Estado. Porém, o mesmo artigo não determina limites com relação as estações repetidoras e retransmissoras. Logo, o Grupo RBS monopoliza o sistema da telecomunicação sem que seja caracterizado como ilegal. Até o final da década de 80, o Grupo se concentrava em jornais diários (quatro), emissoras de rádio (21) e emissoras de televisão (17). Mesmo com expressão alcançada diante das outras afiliadas da Rede Globo, ainda configurava como um grupo regional, apesar de neste período possuir um negócio que também operava em São Paulo, a RBS Vídeo, uma empresa de finalização de comerciais, ainda segundo a mesma autora.

4 38 Na década de 90, o Grupo expande seus negócios atendendo Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, com a entrada no mercado da televisão a cabo. Neste segmento o Grupo RBS foi precursor na solicitação de autorizações, denominadas DISTV Distribuição de Sinais de Televisão no Brasil, em 1991, durante o Governo Fernando Collor de Mello, quando recebeu quatro permissões em Santa catarina e 12 no Rio de Janeiro. Segundo Santos (1988), a partir da década de 90, a RBS acumula participação na propriedade de empresas que atendem a todos os serviços viáveis em comunicação nos dias de hoje. Em 1993, o Grupo RBS associou- se às Organizações Globo e ao Grupo Multicanal, o que gerou a maior operadora múltipla do país: a Net Brasil. Aos poucos a RBS foi ampliando suas empresas e passou a ser majoritária no Sul detendo a gestão das operações junto com a Multicanal. Dois anos depois o grupo participava através da empresas Cabopars, de propriedade da família Sirotsky, das empresas Net Brasil, DR Globo, DR Multicanal e Internet detentoras, de 28 concessões de TV a cabo do total de 42 ligadas à Rede Globo na época (Santos, 1998,p.11). Quando também lançou a emissora de TV a cabo comunitária do grupo, denominada TV COM, que atinge os dois estados, SC e RS; e em âmbito nacional, o Canal Rural, dirigido para o setor do agrobusiness, através da televisão por assinatura, junto com o pacote de canais da Net Brasil. No ano seguinte, algumas parcerias foram refeitas e a RBS recebeu metade das ações da Globocabo na recém formada empresa HTV Comunicações, assim tornou- se sócia de mais quatro operações no Paraná. Neste mesmo ano, o Grupo associa- se a Nutecnet, para desenvolver o

5 39 primeiro portal brasileiro da internet. Nesta mesma época foi criada a Net Sul, empresa que concentra todas as operadoras a cabo onde a RBS tem participação. No final de 1997, a Net Sul contava com assinantes e teve, durante o ano, um crescimento de 28%, o que representa um controle de 80% da holding. Das 41 operadoras oficiais da região sul, a Net Sul detém 26. Em 1997, a RBS assumiu as operações de cabo da Multicanal em Florianópolis, aumentando assim sua concentração no sul do país. Também neste ano, a RBS associou- se a Microsoft, para oferecer o serviço Zaz, de informação MSNBC, além de também no setor da informática, operar no setor de software e manutenção de hardware, através da ADP Sistems. A partir de 2000, O Grupo RBS passou a participar da mídia on line com a implantação do Clicrbs, um portal multimídia onde pode- se encontrar todos os veículos de comunicação, de propriedade da RBS O MERCADO DO GRUPO RBS O mercado do Grupo RBS é a região Sul do Brasil que possui uma população total de 24,6 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sendo 20,3 milhões alfabetizados (Banco Mundial), com 6,8 milhões de domicílios, sendo 304 mil da classe A, 1,1 milhões da classe B, 1,9 milhões da classe C, 1,6 milhões da classe D, e 4448 mil da classe E (IBGE). ² Na região sul existe jornais diários (Associação Nacional dos Jornais), 7 milhões de computadores pessoais, sendo 3 milhões conectados

6 40 a internet (IDC), 27,8 milhões de telefones fixos e 17 milhões de telefones celulares (ANATEL- jan/2000), 261 emissoras de TV VHF e UHF e 3 mil emissoras de rádio, sendo AM, FM e 119 Ondas Curtas (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão- ABERT). O Grupo RBS está presente em todos estes segmentos (Dados recolhidos no site do Grupo). 2 Os dados deste capítulo foram recolhidos do site do Grupo RBS Neste mercado o Grupo RBS possui atualmente: A RBS TV que é uma rede de televisão com 17 emissoras e com 23 sucursais, distribuídas nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Com área de cobertura de quase 100% nos dois Estados, com milhões de telespectadores potenciais, e como líder de audiência em todas as áreas de atuação. Tornou- se, segundo informações do próprio grupo, o principal veículo de comunicação da mídia eletrônica do sul do país. EMISSORAS DE TV DO GRUPO RBS Cidade Data de aquisição Cidade Data de aquisição Porto Alegre / RS 29/12/ 62 Florianópolis/SC 01/05/ 79 Caxias do Sul/RS 22/02/ 70 Joinville/SC 07/12/ 79 Erechim/RS 30/04/ 71 Blumenau/SC 31/03/80 Pelotas/RS 05/07/ 72 Passo Fundo/RS 28/05/80 Santa Maria/RS 13/12/ 72 Chapecó/SC 2/04/82 Uruguaiana/RS 02/04/74 Santa Cruz do 28/09/88 Sul/RS Bagé/RS 18/01/ 77 Santa Rosa/RS 28/02/92 Rio Grande/RS 26/10/ 77 Criciúma/SC 01/09/95 Cruz Alta/RS 01/07/ 79 fonte: Santos,1998

7 41 Em Santa Catarina, a RBS TV cobre 293 municípios, atingindo domicílios com TV, com uma população de pessoas. Os índices de audiência da RBS TV/SC, em relação as outras emissoras é sempre superior. No horário das 07h às 12h, a RBS TV atinge 64% dos aparelhos ligados, enquanto o SBT atinge 15%, a Band (TVBV) 10%, a Record 9% e a Rede TV 2%; no horário das 12h às 18h, a RBS TV atinge 61% dos aparelhos ligados, enquanto o SBT atinge 19%, a Band (TVBV) 9%, a Record 12% e a Rede TV 4%; no horário das 18h às 24h, a RBS TV atinge 68% dos aparelhos ligados, enquanto o SBT atinge 28%, a Band (TVBV) 5%, a Record 9% e a Rede TV 3%. Segundo o IBOPE de agosto de 2001, a RBS TV tem 14 pontos das 07h ás 12h, 20 pontos das 12h às 18h e 37 pontos das 18h às 24h, sendo a audiência em todas as faixas superior a soma dos pontos da concorrência (Informações cedidas pelo Marketing RBS TV SC). MAPA DE ABRANGÊNCIA DA RBS TV (reproduzido a partir do site do Grupo RBS)

8 42 2 Tv s por assinatura : TV COM e Canal Rural, com 5 operações a cabo em Santa Catarina e 16 no Rio Grande do Sul, atingindo ainda o Paraná com 5 operações. São assinantes, sendo 91% das classes A/B. (mapa reproduzido a partir do site do Grupo RBS) A TV COM atinge no Rio Grande do Sul assinantes e em Santa Catarina assinantes, sendo 54% dos telespectadores das classes A/B e 56% com mais de 25 anos. Na Grande Porto Alegre, através da

9 43 cobertura UHF, atinge telespectadores. A programação é voltada para a comunidade apresentando programação ligada a cultura e tradição de cada estado. O Canal Rural cobre todo o Brasil através da TV por assinatura e é direcionado para o setor primário. A programação caracteriza- se por notícias, cotações e meteorologia. 4 emissoras de rádio FM (Atlântida, Cidade, FM e Itapema), e 5 emissoras AM (Gaúcha, Farroupilha, 1340 CBN, Rádio Rural 1120 e CBN Diário AM), de formatos diferenciados atendendo então todos os estilos e hábitos dos ouvintes. As rádios oferecem informação e entretenimento para públicos dirigidos. (mapa reproduzido a partir do site do Grupo RBS) A Atlântida FM RS/SC, de programação musical, é dirigida para um público de 15 a 24 anos, de classes A/B/C e possui 3 emissoras próprias em Santa Catarina e 15 no Rio Grande do Sul.

10 44 Em Santa Catarina, a rádio cobre 158 municípios e é líder de audiência em todas as faixas horárias em comparação com a Rádio Jovem Pan, sua concorrente direta neste segmento. Em pesquisa realizada em Florianópolis, no período de 05/03/2001 a 12/03/2001, entre o público de 15 a 29 anos, durante todos os dias da semana, no horário entre 5h e 24h, a Atlântida atingiu 25,7% dos rádios ligados contra 18,8% da Jovem Pan (informações cedidas pelo Planejamento RBS rádio SC). Segundo o IBOPE de junho de 2001, a Atlântida tem 18 pontos contra 14 da emissora concorrente. A Rádio Itapema FM SC, programação musical, é dirigida para um público de mais de 25 anos, das classes A/B e cobre 18 municípios. Em pesquisa realizada na Grande Florianópolis, no período de 04/06/ 2001 a 11/06/2001, durante todos os dias, no horário das 5h às 24h, 10,52 dos aparelhos estavam ligados na Itapema FM (informações cedidas pelo Planejamento do Grupo RBS rádio SC). A CBN SC (CBN Diário), programação AM, é definida pela empresa como news/ talk e esportes. Dirigida para um público de mais de 25 anos, das classes A/B/C, com cobertura em 35 municípios do estado. Em pesquisa realizada em Florianópolis, no período de 05/03/2001 a 12/03/2001, entre o público de 35 a 60 anos, de segunda a Sexta- feira, a CBN Diário atinge 18,32% dos aparelhos ligados contra 6,46% da rádio Guarujá, sua concorrente direta. Já, em pesquisa realizada durante os sábados e domingos pelo IBOPE, em Florianópolis, durante o período de 05/03/2001 e 12/03/2001, a CBN atinge 13% dos aparelhos ligados enquanto sua concorrente direta, a

11 45 rádio Guarujá, atinge 7,7%. Durante o Programa A Bola Rolando, programa esportivo, a CBN atinge 65% dos aparelhos ligados contra 35% da rádio Guarujá. A Rádio Gaúcha RS, segmento news/talk e esportes, é dirigido para um público de mais de 25 anos, das classes A/B/C e atinge 6 estados da Região Centro Sul, e possui 59 afiliadas no Rio Grande do Sul e 11 afiliadas em Santa Catarina, além de possuir mais 20 afiliadas nos outros estados brasileiros. (mapa reproduzido a partir do site do Grupo RBS)

12 46 A Rádio Cidade RS, segmento FM musical, é dirigida para um público de 15 a 24 anos, das classes A/B/C. A Rádio 102.3FM RS, segmento musical, é dirigida para o público de mais de 25 anos, das classes A/B. A Rádio Farroupilha - RS, segmento popular, é dirigido para público de mais de 30 anos, das classes C/D/E. A Rádio 1340 CBN RS, segmento news e talk, é dirigida para um público de mais de 30 anos, das classes A/B. A Rádio Rural 1120 RS, segmento música e informação, é dirigida para um público de mais de 25 anos, classes C/D/E. 5 jornais diários: Zero Hora/RS, Diário Catarinense/SC, Diário Gaucho/RS, Jornal Pioneiro/RS e Jornal de Santa Catarina/SC. O Zero Hora abrange o Rio Grande do Sul e configura- se, em média, por 160 páginas ao dia, oferece 17 cadernos com temas segmentados, possui o maior classificados da Região Sul. O perfil do leitor é de classes A/B/C. Dos leitores potenciais, 53% lêem Zero Hora no Rio Grande do Sul. A circulação média diária é de jornais (dados de setembro de 2000). É considerado o maior jornal fora do eixo Rio- São Paulo, segundo dados da instituição. O Diário Gaúcho atinge também a Grande Porto Alegre com a proposta de atingir as classes populares C/D/E, apresentando 32 páginas editoriais com enfoque em serviço, polícia, futebol e entretenimento. O potencial de leitores das classes C/D/E, da Grande Porto Alegre, é de A circulação média/dia é de jornais.

13 47 O Jornal Pioneiro atinge a Serra do Rio Grande do Sul e apresenta- se em média por 68 páginas, com 10 cadernos de temas segmentados e classificados. É dirigido para as classes A/B. Dos leitores potenciais, atinge 93% (dados cedidos pela instituição - agosto/99). A tiragem é de exemplares. O Diário Catarinense abrange o estado de Santa Catarina e apresentase em média por 84 páginas editoriais, com 7 cadernos com temas segmentados e classificados. Atinge as classes A/B, que possuem leitores potenciais (dados cedidos pela instituição nov/99). Destes, 92% lêem o Diário Catarinense. A média de circulação é de exemplares. O Jornal de Santa Catarina atinge a região do Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Apresenta- se com uma média de 44 páginas e possui 15 cadernos com temas segmentados. É direcionado para o público das classes A/B, que possui potenciais leitores (dados cedidos pela instituição nov/99), sendo que 97% lê o Jornal. A circulação média diária é de exemplares. RBS on line: clicrbs. Um portal cuja característica principal é a integração de todos os negócios do Grupo RBS num só veículo multimídia A PROPRIEDADE CRUZADA E O MONOPÓLIO DO GRUPO RBS A questão da propriedade cruzada vem sendo discutida atualmente, principalmente porque o anteprojeto da nova lei do sistema de radiodifusão não traz dispositivos que limitem a propriedade de diferentes veículos de

14 48 comunicação por um mesmo grupo. Em países da Europa e nos Estados Unidos há limites para a aquisição de empresas do segmento comunicação, além de haver também limites para a cobertura da audiência nacional. O resultado desta propriedade cruzada pertencente a uma organização é o monopólio da informação e do mercado econômico de comunicação. Desta maneira, a sociedade não poderá optar pelo que ver e ouvir através da pluralidade da informação, ela receberá apenas uma visão das informações. Segundo Lobato (2001), o domínio de mercado produz a pausterização das informações e a opinião passa a ser única. O problema da propriedade cruzada vem acontecendo há décadas, como foi visto anteriormente, graças a forma errada que se concedeu canais do sistema de radiodifusão, concentrando o poder das comunicações nas mãos de poucos grupos pertencente a elite brasileira, e graças a conivência da legislação brasileira. O Grupo RBS entrou no sistema de radiodifusão em 1957 e nesses 44 anos de atuação adquiriu ou associou- se a empresas que atendem a diferentes segmentos da comunicação de massa no sul do país, principalmente em dois estados, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, o que caracteriza a propriedade cruzada. Hoje, o Grupo possui empresas de rádio, televisão aberta, televisão a cabo, jornais e mídia on line. Segundo o Sindicato dos Jornalistas, a RBS possui um número superior de afliadas limitado por lei, porém para legitimar esse número de afiliadas, o Grupo utiliza artifícios ilegítimos colocando testas de ferro na direção das afiliadas, o que configura o monopólio indireto.

15 49 Em entrevista concedida a Revista Carta Capital, em 27/05/1998, Nelson Sirotsky, diretor- presidente do Grupo RBS, acaba confirmando que o Grupo RBS é dono da opinião pública no sul do país, mas defende- se com relação ao monopólio do Grupo, devido a propriedade cruzada, dizendo que com a possibilidade de uma empresa deter um conjunto de veículos de comunicação, processo de distribuição a cabo e telefonia, se o exercício desta atividade não for feito dentro de limites éticos e de responsabilidades, há um risco para a sociedade. Porém, cabe questionar se a ética da empresa para com a sociedade não está intrínseca aos seus interesses econômicos, afinal quando o grupo entrou no sistema da TV a cabo, Marcelo Sirotsky, na época diretor da Net Sul, justificou a entrada da empresa visando os interesses de mercado. Como a televisão aberta é nosso principal negócio, percebemos que se não entrássemos na TV a cabo, outros viriam dividir mercado com nossa vaca leiteira. Achamos então que se nosso principal negócio era a TV aberta o natural seria que, se houvesse uma erosão nesse mercado, fosse causada por nós mesmos (Santos,1998,p.9). O que parece evidente no Grupo RBS, devido a globalização e possibilidade de expansão do grupo, através da entrada de novos sistemas de comunicação tecnologicamente avançados, é a gana em adquirir novos meios de comunicação que geram lucros incríveis por movimentarem por ano US$ 10 bilhões (Alves, 2001). Desta forma, acabam esquecendo o compromisso ético com a sociedade em proporcionar comunicação democrática. O mercado acaba priorizando as atitudes tomadas pelas

16 50 empresas de comunicação. Segundo Nelson Sirotsky (Revista Carta Capital,1998), Os veículos de comunicação vivem um dilema: ou tentam o exercício puro da atividade única, independente, o compromisso só com aquela informação, sem vinculações políticas, econômicas, ou partem para um projeto empresarial. Se você fica numa posição isolada, num nicho, corre o risco de não sobreviver diante do jogo competitivo. (...) Concordo que, do ponto de vista da utopia do jornalismo, que é muito bonita, a idéia de uma atitude isolada, fechada, sem conexões é a idéia a ser seguida. Por outro lado, tem a realidade empresarial. O nosso mundo vai ser um mundo de concentração, de poucos players. Acho que a tecnologia, na frente da questão da lei, já está determinando isso. A legislação atual do sistema de radiodifusão, implantada na Constituição federal de 1988, parece vencida diante da situação atual do sistema de comunicação do país. A renovação da legislação deve ser votada em 2002, porém esta nova Lei dos Serviços de Radiodifusão, manterá a estrutura da Constituição de 1988, pois entre outros dispositivos já relacionados neste estudo, não tratará da questão da propriedade cruzada, legitimando o monopólio de alguns grupos, como o Grupo RBS na região Sul do país.

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA (versão simples da Lei da Comunicação Social Eletrônica) CAPÍTULO 1 PARA QUE SERVE A LEI Artigo 1 - Esta lei serve para falar como vai acontecer de fato o que está escrito em alguns

Leia mais

Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática

Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática Comunicação é um direito de todos No Brasil, os meios de comunicação estão concentrados nas mãos de poucas empresas familiares que têm a

Leia mais

PLANEJAMENTO PESQUISA PERSISTÊNCIA DESEJO DISCIPLINA SONHO EMPREENDEDORISMO ARRISCAR APROVEITAR OPORTUNIDADES MÉTODO INEDITISMO FOCO DIFERENCIAÇÃO

PLANEJAMENTO PESQUISA PERSISTÊNCIA DESEJO DISCIPLINA SONHO EMPREENDEDORISMO ARRISCAR APROVEITAR OPORTUNIDADES MÉTODO INEDITISMO FOCO DIFERENCIAÇÃO 1 Kzuka PLANEJAMENTO DESEJO PESQUISA PERSISTÊNCIA SONHO DISCIPLINA EMPREENDEDORISMO ARRISCAR VS MÉTODO APROVEITAR OPORTUNIDADES FOCO INEDITISMO DIFERENCIAÇÃO 2 Agenda Kzuka 3 Análise do Mercado Jovem Divisão

Leia mais

Rádio Digital. Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Senado Federal

Rádio Digital. Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Senado Federal Rádio Digital Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal Roberto Pinto Martins Secretário rio de Telecomunicações Ministério das Comunicações Sumário 1. Cenário

Leia mais

Apresentação. Diariamente no Net Cidade Canal 26 Sábados na Band Canal 10 Apresentação Eliane Beuren www.progviverbem.com.br

Apresentação. Diariamente no Net Cidade Canal 26 Sábados na Band Canal 10 Apresentação Eliane Beuren www.progviverbem.com.br Apresentação No ar desde 13 de março de 2002, o Programa Viver Bem é apresentado por Eliane Beuren e inspirado no prazer que sentimos em viver e na conquista de uma melhor qualidade de vida através da

Leia mais

Cultura HD segundo lugar de audiência é retorno rápido e garantido

Cultura HD segundo lugar de audiência é retorno rápido e garantido Mídia Kit Cultura HD A Cultura HD faz parte do Grupo Integração, um grupo multimídia composto por quatro emissoras de televisão afiliadas Rede Globo, quatro emissoras de Rádio, um portal de internet, uma

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DA MÍDIA Profa. Marli Hatje Educação Física e as Novas TICs CEFD/UFSM

CARACTERÍSTICAS DA MÍDIA Profa. Marli Hatje Educação Física e as Novas TICs CEFD/UFSM CARACTERÍSTICAS DA MÍDIA Profa. Marli Hatje Educação Física e as Novas TICs CEFD/UFSM Jornal Revista Televisão Rádio Internet - Relata o que já passou e o que vai acontecer; -Credibilidade; - Cobertura

Leia mais

O ano de 2003 foi muito positivo para a RBS, especialmente pela consolidação do processo de profissionalização

O ano de 2003 foi muito positivo para a RBS, especialmente pela consolidação do processo de profissionalização RELATÓRIO INSTITUCIONAL 2003/2004 O ano de 2003 foi muito positivo para a RBS, Apresentação especialmente pela consolidação do processo de profissionalização da empresa. Vivemos um período de efetivo aperfeiçoamento

Leia mais

Pluralidade dos Meios de Comunicação

Pluralidade dos Meios de Comunicação Pluralidade dos Meios de Comunicação Novembro/212 APRESENTAÇÃO A pesquisa Pluralidade dos Meios de Comunicação, desenvolvida pelo Instituto Palavra Aberta entidade criada em fevereiro de 21 pela Abert

Leia mais

10ª edição 2014. 10ª edição - 2014

10ª edição 2014. 10ª edição - 2014 10ª edição 2014 10ª edição - 2014 MERCADO DA VEICULAÇÃO PUBLICITÁRIA EM SANTA CATARINA, EM 2013 Esta pesquisa, realizada pelo Instituto MAPA, levanta o volume de faturamento com VEICULAÇÃO PUBLICITÁRIA,

Leia mais

10. A presente operação foi submetida apenas ao SBDC, fato ocorrido em 16/12/2008.

10. A presente operação foi submetida apenas ao SBDC, fato ocorrido em 16/12/2008. MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer n o 06067/2009/RJ COGCE/SEAE/MF Referência: SDE/GAB Nº 8148, de 17 de dezembro de 2008. Em 20 de fevereiro de 2009. Assunto: ATO DE

Leia mais

Mídia e Comunicação Cenário e desafios para a democracia e a liberdade de expressão. Veridiana Alimonti, advogada do Idec e integrante do Intervozes

Mídia e Comunicação Cenário e desafios para a democracia e a liberdade de expressão. Veridiana Alimonti, advogada do Idec e integrante do Intervozes Mídia e Comunicação Cenário e desafios para a democracia e a liberdade de expressão Veridiana Alimonti, advogada do Idec e integrante do Intervozes Liberdade de Expressão! Para quem? Marco internacional

Leia mais

CANAIS 14 UHF 22 da NET

CANAIS 14 UHF 22 da NET www.facebook.com/tvredepaulista www.twitter.com/tvredepaulista www.youtube.com/tvredepaulista www.projectocom.com.br tvredepaulista Fundação Cultural Anhanguera R. Dr. Leonardo Cavalcanti, 56 Centro Jundiaí/SP

Leia mais

Somos a melhor opção de investimento para sua marca. mídia kit

Somos a melhor opção de investimento para sua marca. mídia kit Somos a melhor opção de investimento para sua marca. mídia kit Primeiro, um pouquinho sobre nós... Ao infinito e além! ESSE É O NOSSO LEMA. Com 26 anos de estrada, a TV Serra Dourada só cresceu. Também,

Leia mais

Mídia e Região na Era Digital: Diversidade Cultural & Convergência Midiática. (org. Anamaria Fadul e Maria Cristina Gobbi)

Mídia e Região na Era Digital: Diversidade Cultural & Convergência Midiática. (org. Anamaria Fadul e Maria Cristina Gobbi) Mídia e Região na Era Digital: Diversidade Cultural & Convergência Midiática (org. Anamaria Fadul e Maria Cristina Gobbi) XI Colóquio Internacional de Comunicação para o Desenvolvimento Regional (9,10,11

Leia mais

MDD Mídias Interativas. A Evolução da TV no Brasil

MDD Mídias Interativas. A Evolução da TV no Brasil Pós-Graduação MDD Mídias Interativas A Evolução da TV no Brasil Apresentações Profª. Graciana Simoní Fischer de Gouvêa Email: graciana.fischer@prof.infnet.edu.br Evolução da TV Evolução do Homem x TV Evolução

Leia mais

Relatório Assessoria de Imprensa *** BOOK 2012

Relatório Assessoria de Imprensa *** BOOK 2012 Relatório Assessoria de Imprensa *** BOOK 2012 Índice Atividades: Pág. 03 Resultados 2012: Pág. 04 Imprensa Mídia/Origem Meses: Pág. 06 Imprensa Segmentos de imprensa: Pág. 07 Imprensa Qualidade dos espaços

Leia mais

Televisão brasileira: o início da problemática 1

Televisão brasileira: o início da problemática 1 Televisão brasileira: o início da problemática 1 AUTOR: QUINTANA JÚNIOR, José CURSO: Comunicação Social Jornalismo/Unifra, Santa Maria, RS OBRA: CAPARELLI, Sérgio. Televisão e capitalismo no Brasil: com

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL No início do ano 2000 foi constituída a sociedade Giongo Advogados, estabelecida com o propósito de prestar consultoria e assessoria jurídica a empresas. Passados alguns anos,

Leia mais

Digital no Brasil Audiência PúblicaP 12 de julho de 2007 Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, - CCT

Digital no Brasil Audiência PúblicaP 12 de julho de 2007 Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, - CCT Implantação do Rádio R Digital no Brasil Audiência PúblicaP Brasília 12 de julho de 2007 Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática - CCT Ronald Siqueira Barbosa Lembrando a importância

Leia mais

5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais

5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais 5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais 5.1 A Rede Globo A Rede Globo é uma das maiores redes de televisão do mundo, com milhões de espectadores

Leia mais

Salvador, julho de 2011

Salvador, julho de 2011 Salvador, julho de 2011 O PORTAL IBAHIA O novo ibahia é totalmente inovador, interativo e imediato. É a versão online da Bahia, estimula a personalização de conteúdos, adapta-se ao gosto do público. Tem

Leia mais

Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos;

Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos; Missão do IAB Brasil Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos; Criar normas e padrões para o planejamento, criação, compra, venda, veiculação e mensuração de mensagens

Leia mais

Os pilares da sustentabilidade

Os pilares da sustentabilidade A sustentabilidade empresarial é assegurar o sucesso do negócio no longo prazo e ao mesmo tempo contribuir para o desenvolvimento econômico e social da comunidade, com um meio ambiente saudável e uma sociedade

Leia mais

A opinião favorável de um consumidor sempre pode ser conquistada ou fortalecida!

A opinião favorável de um consumidor sempre pode ser conquistada ou fortalecida! Boas ideias, dedicação, conquistas, investimentos, inovação, qualidade e muito trabalho fazem parte da trajetória vencedora de indústrias, grandes empresas e entidades governamentais que conquistaram,

Leia mais

Usuários Únicos. Visitas. Pageviews. Educação 6,3% Celebridades 8,0% Esportes 9,2% Notícias 14,5% Família 7,1% Entretenimento 13,1% Negócios 6,7%

Usuários Únicos. Visitas. Pageviews. Educação 6,3% Celebridades 8,0% Esportes 9,2% Notícias 14,5% Família 7,1% Entretenimento 13,1% Negócios 6,7% Lançado em julho de 2000, o clicrbs é um portal de internet voltado às comunidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Com mais de 100 canais, os usuários encontram o conteúdo dos jornais, das rádios

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Disciplina: Internet na Publicidade/Noite Profª: Silvana Sandini

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Disciplina: Internet na Publicidade/Noite Profª: Silvana Sandini PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Disciplina: Internet na Publicidade/Noite Profª: Silvana Sandini ALEXANDRA HOHENBERGER PLANEJAMENTO SITE INSTITUCIONAL

Leia mais

Como estabelecer Valores e Grau de relevância de Riscos de acordo com as Vulnerabilidades do Negócio

Como estabelecer Valores e Grau de relevância de Riscos de acordo com as Vulnerabilidades do Negócio Como estabelecer Valores e Grau de relevância de Riscos de acordo com as Vulnerabilidades do Negócio Paulo Ayres CIA Gerente de Riscos e Auditoria Interna Grupo RBS Como estabelecer Valores e Grau de relevância

Leia mais

JORNAL DO COMMERCIO 2014. Almanaque Publicitário JC FINANÇAS

JORNAL DO COMMERCIO 2014. Almanaque Publicitário JC FINANÇAS FINANÇAS APRESENTAÇÃO O Jornal do Commercio faz parte do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, empresa do grupo JCPM, que atua também nos setores de shoppings centers e empreendimentos imobiliários.

Leia mais

- Deptº de Marketing -TV Bahia. Rua Aristides Novis nº 123 Federação. Tel.: (71) 3203-1207 -

- Deptº de Marketing -TV Bahia. Rua Aristides Novis nº 123 Federação. Tel.: (71) 3203-1207 - O Projeto Despertar a consciência de que cada um é responsável pelo equilíbrio ambiental e que, cabe a nós convencermos a quem convivemos disso. É o mote do projeto que vai estimular a conscientização

Leia mais

Resenha. Qual a lógica das políticas de comunicação no Brasil? César Ricardo Siqueira Bolaño, São Paulo: Editora Paulus, 2007, 124 p.

Resenha. Qual a lógica das políticas de comunicação no Brasil? César Ricardo Siqueira Bolaño, São Paulo: Editora Paulus, 2007, 124 p. Resenha Qual a lógica das políticas de comunicação no Brasil? César Ricardo Siqueira Bolaño, São Paulo: Editora Paulus, 2007, 124 p. Naná Garcez de Castro DÓRIA 1 Qual a lógica das políticas de comunicação

Leia mais

A Realidade dos mercados regionais. Antonio Ricardo Ferreira

A Realidade dos mercados regionais. Antonio Ricardo Ferreira A Realidade dos mercados regionais Antonio Ricardo Ferreira Pesquisas nos mercados regionais É importante regionalizar o planejamento de mídía? Existem pesquisas regulares para viabilizar esta regionalização?

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Do Sr. João Maia)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Do Sr. João Maia) PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Do Sr. João Maia) Dispõe sobre o serviço de comunicação eletrônica de massa e dá outras providências. O Congresso Nacional decreta: Art. 1 Para fins desta lei e da sua regulamentação,

Leia mais

Em 2009, a Fundação Padre Anchieta mais uma vez estará presente na Campus Party.

Em 2009, a Fundação Padre Anchieta mais uma vez estará presente na Campus Party. Mais uma vez, a cidade de São Paulo se prepara para receber a Campus Party entre os dias 19 e 25 de janeiro de 2009. Milhares de internautas vêm a cidade participar do evento, que é o maior encontro mundial

Leia mais

Direcionando a Estratégia de TI do Grupo RBS

Direcionando a Estratégia de TI do Grupo RBS Direcionando a Estratégia de TI do Grupo RBS Perfil do Grupo RBS Retrato da TI no segmento Mídia Pilares Estratégicos da TI Principais Projetos da TI Perfil do Grupo RBS 50 anos de fundação 5,7 mil colaboradores

Leia mais

RPC TV. no caminho da TV Digital. reportagem RPC TV

RPC TV. no caminho da TV Digital. reportagem RPC TV reportagem RPC TV RPC TV no caminho da TV Digital A primeira cidade a ter transmissão digital foi Curitiba, a capital do Estado e sede da RPC TV. Empresa completou em 2012 o ciclo de cobertura digital

Leia mais

Resultado: ITIL na linguagem da alta administração. Júnior Alves Gerente de TI Grupo RBS

Resultado: ITIL na linguagem da alta administração. Júnior Alves Gerente de TI Grupo RBS Resultado: ITIL na linguagem da alta administração Júnior Alves Gerente de TI Grupo RBS 56 ANOS DE FUNDAÇÃO 6,5 MIL COLABORADORES PILARES ESTRATÉGICOS COMUNICAÇÃO DIGITAL EDUCAÇÃO O GRUPO RBS É COMUNICAÇÃO

Leia mais

Conscientização, abrace esta causa junto com a RECORD NEWS.

Conscientização, abrace esta causa junto com a RECORD NEWS. A RECORD NEWS, assim como empresas e ONGs, defende a responsabilidade ambiental. Pensando em mostrar a importância da sustentabilidade, a emissora abre espaço em sua programação para exibição do programa

Leia mais

RÁDIO RÁDIO RÁDIOS TABELA DE PREÇOS ABRIL 2015 RÁDIO GAÚCHA ATLÂNTIDA ITAPEMA FARROUPILHA CIDADE RURAL CBN CBN DIÁRIO

RÁDIO RÁDIO RÁDIOS TABELA DE PREÇOS ABRIL 2015 RÁDIO GAÚCHA ATLÂNTIDA ITAPEMA FARROUPILHA CIDADE RURAL CBN CBN DIÁRIO RÁDIO RÁDIO RÁDIOS TABELA DE PREÇOS ABRIL 2015 RÁDIO GAÚCHA ATLÂNTIDA ITAPEMA FARROUPILHA CIDADE RURAL CBN CBN DIÁRIO Para você atingir o público que deseja, o Grupo RBS tem 25 emissoras de rádio no Rio

Leia mais

7a182015. Participe da Feirasul... ...e bons negócios! Um mundo de oportunidades para você! Outubro. A maior Feira de Negócios do Interior do RS

7a182015. Participe da Feirasul... ...e bons negócios! Um mundo de oportunidades para você! Outubro. A maior Feira de Negócios do Interior do RS Participe da Feirasul... Contate-nos: Fone 51 3715 6844 Celular 51 9911 0698 E-mail luiz@assempscs.com.br Outubro 7a182015...e bons negócios! Realização: Um mundo de oportunidades para você! 1 Realizada

Leia mais

O melhor da notícia ao entretenimento

O melhor da notícia ao entretenimento O melhor da notícia ao entretenimento O portal CorreioWeb é notícia, entretenimento, política, diversão, saúde, cultura, culinária, economia, mundo, esporte, tecnologia, arquitetura, educação, viagens,

Leia mais

PLANO DE PATROCÍNIO INTEGRADO VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL

PLANO DE PATROCÍNIO INTEGRADO VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL PLANO DE PATROCÍNIO INTEGRADO VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL Dir. Nac. de Marketing Out/13 TROFÉU MUNDIAL DE NADO SINCRONIZADO 2013 De 29 de Novembro a 1 de Dezembro A partir de Novembro, os telespectadores

Leia mais

Conscientização, abrace esta causa junto com a RECORD NEWS.

Conscientização, abrace esta causa junto com a RECORD NEWS. A RECORD NEWS, assim como empresas e ONGs, defende a responsabilidade ambiental. Pensando em mostrar a importância da sustentabilidade, a emissora abre espaço em sua programação para exibição do programa

Leia mais

Quem Somos. Nossa meta é o resultado do cliente!

Quem Somos. Nossa meta é o resultado do cliente! 2 0 1 5 Quem Somos Somos a equipe que você deseja para resolver um pequeno impasse, ou um grande dilema, quando o assunto e a MÍDIA certa, no lugar certo e no momento adequado. Regional, personalizada

Leia mais

CANAL COM IDENTIDADE CATARINENSE

CANAL COM IDENTIDADE CATARINENSE CANAL COM IDENTIDADE CATARINENSE BASEADO NA PAIXÃO NACIONAL, PAPO ESPORTE UM PROGRAMA DIRECIONADO AO MUNDO DOS SPORTES, VISTO DO ÂNGULO DE GRANDES NOMES QUE TEM E TIVERAM SUAS EXPERIÊNCIAS NO BRASIL E

Leia mais

Execução Contratual de Publicidade - Fornecedores e Veículos

Execução Contratual de Publicidade - Fornecedores e Veículos COMPETENCE COMUN. E MARKETING LTDA 01/2015 0001138/2011.2 92.785.989/0001-04 Cia Jornalistica JC Jarros 91.654.806/0001-59 Empr. Portoalegrense de Comunicação Ltda 92.757.798/0001-39 Empresa Jornalística

Leia mais

MIDIA KIT 2016 JOVEM PAN

MIDIA KIT 2016 JOVEM PAN MIDIA KIT 2016 JOVEM PAN MISSÃO Desenvolvimento constante da multiplataforma Jovem Pan, em busca de soluções criativas e interativas com credibilidade para clientes e ouvintes. TERRITÓRIOS PRESTAÇÃO DE

Leia mais

INTERNET DESAFIO. Usuário navega organicamente em 20 sites por semana. Entender o perfil desse usuário e focar a comunicação

INTERNET DESAFIO. Usuário navega organicamente em 20 sites por semana. Entender o perfil desse usuário e focar a comunicação Versão Beta jan 14 INTERNET Usuário navega organicamente em 20 sites por semana DESAFIO Entender o perfil desse usuário e focar a comunicação Nielsen: Identifying Opportunity ESCALA E QUALIDADE DE DADOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS Trabalho final da disciplina Computadores, Redes, IP e Internet Professor: Walter Freire Aluno:

Leia mais

PLANO DE PATROCÍNIO 2015. Depto. de Marketing e Pesquisa Depto. de Marketing Pesquisa

PLANO DE PATROCÍNIO 2015. Depto. de Marketing e Pesquisa Depto. de Marketing Pesquisa PLANO DE PATROCÍNIO 2015 Depto. de Marketing e Pesquisa Depto. de Marketing Pesquisa O SEGMENTO LIGHT A Rede Transamérica Light atinge o público pertencente às classes AB, acima de 25 anos, formador de

Leia mais

Conscientização, abrace esta causa junto com a RECORD NEWS.

Conscientização, abrace esta causa junto com a RECORD NEWS. A RECORD NEWS, assim como empresas e ONGs, defende a responsabilidade ambiental. Pensando em mostrar a importância da sustentabilidade, a emissora abre espaço em sua programação para exibição do programa

Leia mais

Projeto Joinville In Concert

Projeto Joinville In Concert Projeto Joinville In Concert Relevância do Projeto O Festival Joinville In Concert pretende colocar Santa Catarina no calendário de grandes eventos voltados à divulgação e intercâmbio cultural entre as

Leia mais

SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVISÃO DIGITAL

SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVISÃO DIGITAL SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVISÃO DIGITAL Questões Centrais Manoel Rangel, Diretor da Agência Nacional do Cinema. Esta apresentação: De que maneira a tecnologia deve ser ponderada na decisão? O uso do espectro

Leia mais

Custom Publishing Por que minha organização deve ter uma publicação própria?

Custom Publishing Por que minha organização deve ter uma publicação própria? Custom Publishing O mercado das publicações próprias e suas (excelentes) oportunidades de negócios para as empresas antenadas de qualquer setor, com qualquer público Um guia de consulta rápida sobre a

Leia mais

COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA PROJETO DE LEI N.º 3.398, DE 2000

COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA PROJETO DE LEI N.º 3.398, DE 2000 COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA PROJETO DE LEI N.º 3.398, DE 2000 Modifica a Lei n.º 8.977 de 6 de janeiro de 1995. Autor: Deputado JOSÉ CARLOS MARTINEZ Relator: Deputado IRIS

Leia mais

SUMÁRIO A REDE BAHIA. 5 PAPELARIA. 13 O JORNAL CORREIO. 5 DESDOBRAMENTO DE CONTEÚDO. 14 A RÁDIO CBN. 5 COMUNICAÇÃO E ENVOLVIMENTO EDITORIAL.

SUMÁRIO A REDE BAHIA. 5 PAPELARIA. 13 O JORNAL CORREIO. 5 DESDOBRAMENTO DE CONTEÚDO. 14 A RÁDIO CBN. 5 COMUNICAÇÃO E ENVOLVIMENTO EDITORIAL. SUMÁRIO A REDE BAHIA... 5 O JORNAL CORREIO... 5 A RÁDIO CBN... 5 SEMINÁRIOS AGENDA BAHIA 2015... 7 DESENVOLVIMENTO REGIONAL... 8 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL... 9 DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO... 10 DESENVOLVIMENTO

Leia mais

PLANO DE MÍDIA AMADOR

PLANO DE MÍDIA AMADOR PLANO DE MÍDIA CIRCUITO AMADOR DE SKATE OBJETIVOS Divulgar o Circuito its de Skate Amador, promovendo assim mais visibilidade e o fortalecimento da marca da FCSKT. O SKATE O skate é o 2º esporte mais praticado

Leia mais

Incorporação de Business Angels e Venture Capital como accionista:

Incorporação de Business Angels e Venture Capital como accionista: Dossier de Imprensa Quem Somos Quem Somos Agile Content é uma empresa de tecnologia com soluções para gerenciamento de vídeo e Big Data Audience Management com modelo de Software (SaaS), nas quais permitem

Leia mais

12ª Edição plano comercial. Plano Comercial BBB 12 3

12ª Edição plano comercial. Plano Comercial BBB 12 3 12ª Edição plano comercial Plano Comercial BBB 12 3 Sua marca de malas prontas! Com este Plano Comercial você fica sabendo como hospedar sua Marca no site do BBB12 e aproveitar as exclusivas oportunidades

Leia mais

TABELA DE PREÇOS 2014

TABELA DE PREÇOS 2014 TABELA DE PREÇOS 2014 A Rádio que toca notícia. O slogan que acompanha a CBN (Central Brasileira de Notícias) traduz à perfeição um conceito que, até 1º de outubro de 1991, quando foi criada a emissora,

Leia mais

Feira de Música de Fortaleza

Feira de Música de Fortaleza Feira de Música de Fortaleza Sobre a EBC Criada em 2007 para instituir o Sistema Público de Comunicação, a Empresa Brasil de Comunicação é formada pela TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil,

Leia mais

JORNAL DO COMMERCIO 2015 ALMANAQUE PUBLICITÁRIO JC TELEFONIA

JORNAL DO COMMERCIO 2015 ALMANAQUE PUBLICITÁRIO JC TELEFONIA JORNAL DO COMMERCIO 2015 ALMANAQUE PUBLICITÁRIO JC APRESENTAÇÃO O Jornal do Commercio faz parte do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, empresa do grupo JCPM, que atua também nos setores de shoppings

Leia mais

Algar Telecom lança TV por assinatura via satélite

Algar Telecom lança TV por assinatura via satélite Algar Telecom lança TV por assinatura via satélite Com investimentos de mais de R$ 160 milhões, empresa amplia seu portfólio de serviços São Paulo, 20 de maio de 2010 A Algar Telecom, empresa de telecomunicações

Leia mais

Período: agosto e setembro de 2004 Especial para mostrar a formação do mapa étnico do Sul de Santa Catarina.

Período: agosto e setembro de 2004 Especial para mostrar a formação do mapa étnico do Sul de Santa Catarina. ETNIAS DO SUL Período: agosto e setembro de 2004 Especial para mostrar a formação do mapa étnico do Sul de Santa Catarina. A região Sul de Santa Catarina se caracteriza pela colonização italiana, mas outros

Leia mais

HÁBITOS DE INFORMAÇÃO E FORMAÇÃO DE OPINIÃO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA II. Relatório de Pesquisa Quantitativa

HÁBITOS DE INFORMAÇÃO E FORMAÇÃO DE OPINIÃO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA II. Relatório de Pesquisa Quantitativa HÁBITOS DE INFORMAÇÃO E FORMAÇÃO DE OPINIÃO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA II Relatório de Pesquisa Quantitativa Dezembro de 2010 2 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 1. METODOLOGIA... 4 2. TELEVISÃO... 11 3. RÁDIO... 31

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Comunicação Social

Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Comunicação Social Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Comunicação Social O SISTEMA DE RÁDIO DIGITAL: A MODERNIZAÇÃO DO M.C.M. MAIS POPULAR DO PLANETA Texto redigido para embasar apresentação de seminário na

Leia mais

mídia KIT Indicadores: Perfil telespectador Potencial de Consumo Cobertura regional Audiência Clientes

mídia KIT Indicadores: Perfil telespectador Potencial de Consumo Cobertura regional Audiência Clientes mídia KIT 2011 2012 Indicadores: Perfil telespectador Potencial de Consumo Cobertura regional Audiência Clientes Programa A+TV Há 5 anos o programa A+TV está na grade da TV Clube/Band, fortalecendo ainda

Leia mais

"TV digital não é panaceia" Valério Brittos deixa um vazio na Pesquisa da Comunicação

TV digital não é panaceia Valério Brittos deixa um vazio na Pesquisa da Comunicação "TV digital não é panaceia" Valério Brittos deixa um vazio na Pesquisa da Comunicação Carlos Alberto Moreira Tourinho* Valério Cruz Brittos nos deixou em 27 Julho de 2012, aos 48 anos. Jornalista, Professor

Leia mais

Emissoras de Rádio AM e FM espalhadas pelo Estado de Minas Gerais.

Emissoras de Rádio AM e FM espalhadas pelo Estado de Minas Gerais. A Rede Gerais, antiga Rede Mineira de Rádio, recém lançada pelo empresário de radiodifusão Geraldo Magno e tem como Diretor Artistico o radialista Luiz Carlos Gomes, surge com um publico ouvinte de mais

Leia mais

Relatório de Atividades 1º Dia Temático 18/05/2012

Relatório de Atividades 1º Dia Temático 18/05/2012 Relatório de Atividades 1º Dia Temático Florianópolis/SC 18/05/2012 Introdução O Amigos da Escola é um projeto criado pela Rede Globo e Afiliadas com o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre a valorização

Leia mais

100 anos da Soja no Brasil

100 anos da Soja no Brasil PROJETO ESPECIAL 100 anos da Soja no Brasil MASTER Oportunidade No ano em que se comemora 100 anos da principal cultura agrícola do Brasil, o Canal Rural vai contar um pouco da historia deste grão que

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO 2014

PLANO DE COMUNICAÇÃO 2014 PLANO DE COMUNICAÇÃO 2014 APRESENTAÇÃO Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso do Sul, é a terceira cidade do Brasil com o maior número de descentes japoneses. Devido a isso, a cidade foi a primeira

Leia mais

ANEXO I Valores das Taxas de Fiscalização de Instalação

ANEXO I Valores das Taxas de Fiscalização de Instalação ANEXO I Valores das Taxas de Fiscalização de Instalação 1. Concessionárias de serviço de telegrafia, público, internacional: 2. Concessionárias de serviço radiotelegráfico, público, internacional: 3. Concessionárias

Leia mais

Nome do programa, pesquisa ou produto: Almanaque IBOPE Pesquisa: Demografia Hábitos de lazer

Nome do programa, pesquisa ou produto: Almanaque IBOPE Pesquisa: Demografia Hábitos de lazer 1 Data de elaboração da ficha: Abr 2007 IBOPE - Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística Dados da organização Nome: IBOPE - Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística Endereço:

Leia mais

Missão do IAB Brasil. Desenvolver o Mercado de Comunicação Digital Interativa no Brasil e no mundo. 47 Países. 143 associados no Brasil

Missão do IAB Brasil. Desenvolver o Mercado de Comunicação Digital Interativa no Brasil e no mundo. 47 Países. 143 associados no Brasil Missão do IAB Brasil Desenvolver o Mercado de Comunicação Digital Interativa no Brasil e no mundo 47 Países 143 associados no Brasil Internet é de massa! O"Brasil"fechou"o"ano"de"2010"com"os"seguintes"dados"sobre"número"de"pessoas"que"u;lizam"a"internet"

Leia mais

Apresentação 98FM O projeto 98FM teve início em 1 de fevereiro 1999. Com programação bastante ecléaca, sempre com uma linguagem jovem e popular, a 98FM oferece uma diversidade em sua grade, contemplando

Leia mais

Sistemas de comunicação e novas tecnologias

Sistemas de comunicação e novas tecnologias Sistemas de comunicação e novas tecnologias Módulo 3: Capitalismo informacional 3.3: Ascensão da TV paga Esta obra estálicenciada sob umalicença CreativeCommons. Prof. Dr. Marcos Dantas 1948 Pequenos empreendedores

Leia mais

Execução Contratual de Publicidade - Fornecedores e Veículos

Execução Contratual de Publicidade - Fornecedores e Veículos 05.121.225/0001-10 Antares Radiodifusão Ltda - EPP 05.121.225/0002-09 Antares Rádiodifusão Ltda 48.060.727/0001-90 Antena Um Radiodifusão Ltda - Matriz - SP 48.060.727/0004-33 Antena Um Radiodifusão Ltda

Leia mais

Câmara dos Deputados Comissão de Defesa do Consumidor. - Serviço de TV por Assinatura -

Câmara dos Deputados Comissão de Defesa do Consumidor. - Serviço de TV por Assinatura - Agência Nacional de Telecomunicações Superintendência de Serviços de Comunicação de Massa Câmara dos Deputados Comissão de Defesa do Consumidor - Serviço de TV por Assinatura - Ara Apkar Minassian Superintendente

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA (ANEXO I ao Edital de Pregão Amplo nº 10/2008)

TERMOS DE REFERÊNCIA (ANEXO I ao Edital de Pregão Amplo nº 10/2008) TERMOS DE REFERÊNCIA (ANEXO I ao Edital de Pregão Amplo nº 10/2008) 1 INTRODUÇÃO 1.1Compete à Agência Nacional de Telecomunicações - Anatel atuar com publicidade na adoção das medidas necessárias para

Leia mais

Na disputa da TV a Cabo um incrível dilema entre pluralismo e monopólio

Na disputa da TV a Cabo um incrível dilema entre pluralismo e monopólio Na disputa da TV a Cabo um incrível dilema entre pluralismo e monopólio No debate que ainda não saiu dos bastidores, a luta pelo controle da infra-estrutura da "sociedade da informação o cidadão chega

Leia mais

O PROGRAMA. Apresentação: Ricardo Mota

O PROGRAMA. Apresentação: Ricardo Mota O PROGRAMA Todas as terças feiras a partir das 22h30, o jornalista Ricardo Mota leva a análise dos fatos em forma de conversa para nossos assinantes. Política, administração pública, economia, arte e cultura

Leia mais

PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL

PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL Dir. Nac. de Marketing Jun/13 APRESENTAÇÃO A Rede Calderaro de Comunicação realiza pelo quinto ano a transmissão do Campeonato Amazonense

Leia mais

GRUPO RSCOM. A MAIOR EMPRESA MULTIMÍDIA DO INTERIOR DO ESTADO.

GRUPO RSCOM. A MAIOR EMPRESA MULTIMÍDIA DO INTERIOR DO ESTADO. GRUPO RSCOM. A MAIOR EMPRESA MULTIMÍDIA DO INTERIOR DO ESTADO. O Grupo RSCOM é o maior grupo de comunicação do interior do estado do RS. Com sede na cidade de Bento Gonçalves, tem sua maior penetração

Leia mais

JORNAL DO COMMERCIO 2015 ALMANAQUE PUBLICITÁRIO JC MODA & ACESSÓRIOS

JORNAL DO COMMERCIO 2015 ALMANAQUE PUBLICITÁRIO JC MODA & ACESSÓRIOS JORNAL DO COMMERCIO 2015 ALMANAQUE PUBLICITÁRIO JC MODA & ACESSÓRIOS APRESENTAÇÃO O Jornal do Commercio faz parte do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, empresa do grupo JCPM, que atua também nos

Leia mais

RADIODIFUSÃO E TELECOMUNICAÇÕES. Características que devem influenciar Legislação

RADIODIFUSÃO E TELECOMUNICAÇÕES. Características que devem influenciar Legislação RADIODIFUSÃO E Características que devem influenciar Legislação 1 ROTEIRO 1. Rádio e Televisão Abertos, de recepção livre e gratuita no Brasil Modelo Federativo Características Importância 2. Conteúdos

Leia mais

SANTA CATARINA EM CENA 2003

SANTA CATARINA EM CENA 2003 SANTA CATARINA EM CENA 2003 Com média de 19 pontos de audiência e 63% de share e grande repercussão junto ao público, o projeto Santa Catarina em Cena, levou para os lares catarinenses, no ano de 2002,

Leia mais

ELETROELETRÔNICO, TIC E AUDIOVISUAL

ELETROELETRÔNICO, TIC E AUDIOVISUAL ELETROELETRÔNICO, TIC E AUDIOVISUAL Introdução A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), eletroeletrônico e audiovisual é um dos complexos mais importantes da economia, uma vez que pode proporcionar

Leia mais

Propriedade intelectual e políticas de comunicação

Propriedade intelectual e políticas de comunicação 1 Fórum Para entender os eixos focais Propriedade intelectual e políticas de comunicação Graça Caldas O texto do prof. Rebouças oferece uma importante revisão histórica sobre os conceitos que permeiam

Leia mais

A concentração midiática brasileira e a desejada liberdade de expressão 1

A concentração midiática brasileira e a desejada liberdade de expressão 1 A concentração midiática brasileira e a desejada liberdade de expressão 1 Fabiana Rodrigues 2 Resumo A comunicação é um fator de extrema importância para a construção de um sistema democrático, além de

Leia mais

Painel 12: A ANCINE e a distribuição de conteúdo audiovisual pela Internet

Painel 12: A ANCINE e a distribuição de conteúdo audiovisual pela Internet XXXIV Congresso Internacional de Propriedade Intelectual - ABPI Painel 12: A ANCINE e a distribuição de conteúdo audiovisual pela Internet Rosana Alcântara Diretora Agosto de 2014 Agenda Atuação da ANCINE

Leia mais

A televisão em Blumenau: História, programas e organização empresarial 1

A televisão em Blumenau: História, programas e organização empresarial 1 A televisão em Blumenau: História, programas e organização empresarial 1 REIS, Clóvis (Doutor) 2 FURB Universidade Regional de Blumenau/SC Resumo: Blumenau teve a primeira emissora de televisão de Santa

Leia mais

TV Digital : Convergência e Interatividade. 2010 HXD Interactive Television

TV Digital : Convergência e Interatividade. 2010 HXD Interactive Television TV Digital : Convergência e Interatividade. A TELEVISÃO. A Televisão... o mais subversivo instrumento da comunicação deste século!" Assis Chateaubriand (1950). A Televisão Sem TV é duro de dizer quando

Leia mais

Clipping de Imprensa Pesquisa UPP: O que pensam os policiais Outubro de 2015

Clipping de Imprensa Pesquisa UPP: O que pensam os policiais Outubro de 2015 Clipping de Imprensa Pesquisa UPP: O que pensam os policiais Outubro de 2015 A relevância e credibilidade dos resultados da pesquisa UPP: O que pensam os policiais foram, sem dúvida, pontos de partida

Leia mais

49% 30% 16% RELATÓRIO IBOPE AMANDA FM. LÍDER DE AUDIÊNCIA EM TODAS AS FAIXAS HORÁRIAS DE SEGUNDA A DOMINGO ENTRE 5 E 0h. DE AUDIÊNCIA CONCORRENTE B

49% 30% 16% RELATÓRIO IBOPE AMANDA FM. LÍDER DE AUDIÊNCIA EM TODAS AS FAIXAS HORÁRIAS DE SEGUNDA A DOMINGO ENTRE 5 E 0h. DE AUDIÊNCIA CONCORRENTE B Com um público alvo de grande poder de compra, a Amanda FM é a única emissora do Alto Vale do Itajaí em FM com a programação 100% popular. Focamos homens e mulheres das classes B, C, D e E com destaque

Leia mais

MANUAL DE RELACIONAMENTO DO FORNECEDOR Diretoria de Compras Construindo Resultados

MANUAL DE RELACIONAMENTO DO FORNECEDOR Diretoria de Compras Construindo Resultados MANUAL DE RELACIONAMENTO DO FORNECEDOR Diretoria de Compras Construindo Resultados As informações contidas neste documento são proprietárias e para uso confidencial dos destinatários explicitados. Propriedade

Leia mais

Rede Milícia Sat: A Fé Pelo Ar: 24 Horas de Evangelização (sem comerciais)

Rede Milícia Sat: A Fé Pelo Ar: 24 Horas de Evangelização (sem comerciais) 1 Rede Milícia Sat: A Fé Pelo Ar: 24 Horas de Evangelização (sem comerciais) Prof. Domingo Glenir Santarnecchi Revista Raízes Fundação Pró-Memória São Caetano do Sul Resumo A Rede Milícia Sat é a maior

Leia mais

Pesquisa sobre Provedores de Serviços Internet no Brasil. São Paulo, 30 de novembro de 2011

Pesquisa sobre Provedores de Serviços Internet no Brasil. São Paulo, 30 de novembro de 2011 Pesquisa TIC Provedores 2011 Coletiva de Imprensa Pesquisa sobre Provedores de Serviços Internet no Brasil São Paulo, 30 de novembro de 2011 CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de

Leia mais

Interatividade: O conceito e a prática no SBT

Interatividade: O conceito e a prática no SBT Interatividade: O conceito e a prática no SBT A EVOLUÇÃO DA TV O Ã Ç U L O EV A IMPORTÂNCIA DA TV ABERTA NO BRASIL 84% da população 96% brasileira assiste apenas TV aberta, 10% assiste TV aberta e TV por

Leia mais

Introdução aos Sistemas de Comunicação

Introdução aos Sistemas de Comunicação Introdução aos Sistemas de Comunicação Edmar José do Nascimento (Princípios de Comunicação) http://www.univasf.edu.br/ edmar.nascimento Universidade Federal do Vale do São Francisco Colegiado de Engenharia

Leia mais