PROVA OBJETIVA 3ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO. Dia: 12/04 - Das 14h às 15h40min QUÍMICA / LITERATURA / LÍNGUA ESTRANGEIRA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROVA OBJETIVA 3ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO. Dia: 12/04 - Das 14h às 15h40min QUÍMICA / LITERATURA / LÍNGUA ESTRANGEIRA"

Transcrição

1 2013 PROVA OBJETIVA 3ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO QUÍMICA / LITERATURA / LÍNGUA ESTRANGEIRA Dia: 12/04 - Das 14h às 15h40min

2

3 QUÍMICA 1. Recentemente, os produtores de laranja do Brasil foram surpreendidos com a notícia de que a exportação de suco de laranja para os Estados Unidos poderia ser suspensa por causa da contaminação pelo agrotóxico carbendazim, representado a seguir. De acordo com a estrutura, afirma-se que o carbendazim possui: a) fórmula molecular C 9 H 11 N 3 O 2 e um carbono terciário. b) fórmula molecular C 9 H 9 N 3 O 2 e sete carbonos secundários. c) fórmula molecular C 9 H 13 N 3 O 2 e três carbonos primários. π e vinte e quatro ligações sigma ( σ ). d) cinco ligações pi ( ) e) duas ligações pi ( π ) e dezenove ligações sigma ( σ ). Resolução/comentário: Inicialmente, vamos reescrever a estrutura de forma a visualizarmos todas as ligações: Agora, consideramos como ligação sigma ( σ ) as simples e uma de cada dupla. Consideramos como ligações pi ( π ) as demais. A fórmula molecular é C 9 H 9 N 3 O 2. De acordo com a estrutura assinalada, há 24 ligações sigma e 5 ligações pi. 2. O átomo de carbono sofre três tipos de hibridação: sp 3, sp 2 e sp. Essa capacidade de combinação dos orbitais atômicos permite que o carbono realize ligações químicas com outros átomos, gerando um grande número de compostos orgânicos. A seguir são ilustradas estruturas de dois compostos orgânicos que atuam como hormônios. 1

4 Acerca da hibridação dos átomos de carbono nos dois hormônios, considere as seguintes afirmativas: 1. A testosterona possui dois átomos de carbono com orbitais híbridos sp A progesterona possui quatro átomos de carbono com orbitais híbridos sp Ambos os compostos apresentam o mesmo número de átomos de carbono com orbitais híbridos sp O número total de átomos de carbono com orbitais híbridos sp 3 na testosterona é 16. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras. b) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras. e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras. Gabarito: B Resolução/comentário: 3. A maionese é obtida pela adição gema de ovo ao azeite e vinagre seguindo-se de agitação da mistura. Sabe-se que óleos e água, quando misturados, separam-se logo em duas fases. Nesse caso, podemos afirmar sobre a maionese que: a) É mistura homogênea b) É solução c) É suspensão d) É mistura heterogênea e) É uma substância pura Resolução/comentário: A maionese é um coloide, uma mistura heterogênea com minúsculas partículas vistas apenas ao microscópio. 4. Sobre a curva de solubilidade abaixo, marque a alternativa correta: a) B é sempre mais solúvel que A e C b) C é sempre mais solúvel que A e B c) para obter uma solução supersaturada de A a partir de uma solução saturada de A deve-se resfriar cuidadosamente o sistema d) ao resfriar sob agitação uma solução saturada de B de 60 C para 20 C, nota-se formação de 30g de B/50g de água e) B e C representam dissoluções exotérmicas B 2

5 Resolução/comentário: Ao resfriar sob agitação uma solução saturada de B de 60 C para 20 C, a solubilidade de B cai de 80g de B/ 100g de H 2 O para 20g de B/ 100g de H 2 O, logo haverá formação de 60g de B precipitado/ 100g de H 2 O então: 60 g de B precipitado g de H 2 O X = 30g de precipitado g de H 2 O 5. O elétron foi descoberto por Thomson no fim do século XIX, o que lhe rendeu o prêmio Nobel. Uma característica do modelo atômico proposto por ele é: a) O átomo é indivisível. b) Os elétrons ocupam orbitais com energias bem definidas. c) O átomo sofre decaimento radioativo naturalmente. d) O átomo é maciço e poderia ser associado a um pudim de passas. e) Os elétrons são cargas positivas encrustadas em uma massa negativa Resolução/comentário: Thomson, após a descoberta do elétron, determinou que o átomo possui partículas negativas (elétrons) encrustados em uma massa positiva e utilizou como modelo demonstrativo um pudim de passas. 6. O hidróxido de sódio(naoh) é muito reativo e corrosivo, por isso deve ser manipulado com o máximo de cuidado. Numa preparação de soda cáustica foram utilizados 2moles desta base. Qual a massa de NaOH que foi utilizada? (Na 23 O 16 H1 g/mol) a) 40g b) 80g c) 120g d) 20g e) 10g Gabarito: B Resolução/comentários: 1MOL g 2MOLES X X = 80g 7. Determine o número de moles contidos em 180g de água pura. (H 1 O 16 g/mol) a) 1mol c) 10 moles b) 5 moles d) 20 moles Gabarito: C Resolução/comentários: 1MOL g X g X = 10 MOLES e) 3 moles 8. Considere as seguintes afirmativas sobre o modelo atômico de Rutherford: 1. O modelo atômico de Rutherford é também conhecido como modelo planetário do átomo. 2. No modelo atômico, considera-se que elétrons de cargas negativas circundam em órbitas ao redor de um núcleo de carga positiva. 3. Segundo Rutherford, a eletrosfera, local onde se encontram os elétrons, possui um diâmetro menor que o núcleo atômico. 4. Na proposição do seu modelo atômico, Rutherford se baseou num experimento em que uma lamínula de ouro foi bombardeada por partículas alfa. Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 3 e 4 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1, 2 e 4 são verdadeiras. e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras. Resolução/comentário: A afirmação 3 está incorreta pois Rutherford afirmou que o diâmetro da eletrosfera é bem maior que o diâmetro do núcleo. 3

6 9. Antigamente, nos garimpos, era utilizado o metal mercúrio para encontrar o tal valioso ouro. Entretanto, o mercúrio contaminava as águas, sendo, portanto, proibido. O método ainda utilizado para separar o ouro da areia é: a) catação b) flotação c) imantação d) levigação e) tamização Resolução/Comentário: Levigação é um processo necessita de corrente de água para promover o arraste da areia e obtenção do ouro. Obs.: Não podemos usar a imantação, pois o ouro não é naturalmente atraído pelo imã. Tamização é sinônimo de peneiração, que também não é um processo adequado para a separação de ouro e areia. Flotação é a adição de um líquido inerte com densidade intermediária à densidade dos dois sólidos. Também não é o mais adequado para o exemplo citado na questão. Catação é o ato de catar, logo, também não é o mais adequado. 10. O gráfico a seguir representa mistura de 96% de álcool etílico e 4% de água (porcentagem em volume), cujo ponto de ebulição é de exatamente 78,2ºC ao nível do mar; mas, possui ponto de fusão variável. Os pontos de ebulição dessas substâncias isoladamente são: álcool = 78,4ºC, água = 100ºC. A mistura representada no gráfico e no texto é referente a: a) Uma mistura comum b) Uma mistura eutética c) Uma mistura azeotrópica d) Uma substância pura e) Uma substância composta Gabarito: C Resolução/Comentário: Misturas azeotrópicas são misturas que possuem fusão variável e ebulição constante, conforme mencionado no texto e representado no gráfico. 11. LITERATURA 4

7 Com base nos quadrinhos acima, pode-se afirmar que: a) o conselho dado pela personagem no segundo quadrinho é elaborado de forma conotativa e subjetiva. b) são reconhecidos nos quadrinhos apenas os seguintes elementos do processo comunicativo: emissor e mensagem. c) a mensagem transmitida expressa uma visão perfeita das relações conjugais. d) em embarcar em uma jornada pelo rio da vida... dá-se o uso da linguagem denotativa. e) a linguagem metafórica é responsável pelo caráter meramente informativo dos quadrinhos. Gabarito: A Resolução/comentário: Os quadrinhos utilizam uma linguagem metafórica e subjetiva. 12. Amor Humor O poema acima, de Oswald de Andrade, compõe as produções inovadoras do período modernista. Assinale a alternativa que se aplica ao texto: a) Versos decassílabos. b) Caráter social. c) Teor épico. d) Estrutura de soneto. e) Síntese poética. Gabarito: E Resolução/comentário: O poema afasta-se dos moldes clássicos, em especial por seu caráter sintético. 13. Leia com atenção o texto: Meu Deus, que estais pendente em um madeiro, Em cuja Lei protesto de viver, Em cuja Santa Lei hei de morrer, Animoso, constante, firme e inteiro. Neste lance, por ser o derradeiro, Pois vejo a minha vida anoitecer, É, meu Jesus, a hora de se ver A brandura de um Pai, manso cordeiro. Mui grande é vosso amor e meu delito; Porém pode ter fim todo o pecar, E não o vosso amor, que é infinito. Essa razão me obriga a confiar Que por mais que pequei neste conflito, Espero em vosso amor de me salvar. (Gregório de Matos) A respeito do poema acima e do período barroco em que ele foi escrito é correto dizer: a) O poema é um exemplo da poesia satírica do autor, devido ao caráter crítico e agressivo dos versos. b) Os versos reforçam a proposta racionalista que norteia a compreensão da vida e da arte do Barroco. c) O conflito permanente do poeta, dividido entre a consciência do pecado e a necessidade da salvação, se expressa no poema. d) O poema herda as características mais importantes de seu movimento antecessor, o Arcadismo, como o equilíbrio. e) As imagens usadas no poema buscam expressar o tema da paixão amorosa, simples e pura. Gabarito: C Resolução/comentário: O conflito expresso pelo poema concentra-se na noção de pecado e perdão, comum aos textos sacros de Gregório de Matos. 5

8 14. Assinale a alternativa em que se evidencia a presença de metalinguagem (código faz referência ao próprio código). a) Meus amigos foram às ilhas. Ilhas perdem o homem. Entretanto alguns se salvaram e trouxeram a notícia de que o mundo, o grande mundo está crescendo todos os dias, entre o fogo e o amor. b) Gastei uma hora pensando num verso que a pena não quer escrever. No entanto ele está cá dentro inquieto, vivo. Ele está cá dentro e não quer sair.mas a poesia deste momento inunda minha vida inteira. c) Este pintor sabe o corpo feminino e seus possíveis de linha e de volume reinventados. Sabe a melodia do corpo em variações entrecruzadas. Lê o código do corpo, de A ao infinito dos signos e das curvas que dão vontade de morrer de santo orgasmo e de beleza. d) E não gostavas de festa... Ó velho, que festa grande hoje te faria a gente. E teus filhos que não bebem e o que gosta de beber, em torno da mesa larga,largavam as tristes dietas,esqueciam seus fricotes,e tudo era farra honesta acabando em confidência. e) Um grito pula no ar como foguete. Vem da paisagem de barro úmido, caliça e andaime hirtos. O sol cai sobre as coisas em placa fervendo. O sorveteiro corta a rua. E o vento brinca nos bigodes do construtor. Gabarito: B Resolução/comentário: Na letra B o texto refere-se ao próprio texto. 15. Em comemoração aos 125 anos da pintora modernista Tarsila do Amaral, a ilustração criada e utilizada pela Google, conhecida empresa multinacional de serviços online, busca dialogar com as telas da artista em alguns aspectos: cores, formas, tema. O recurso estilístico utilizado no processo de criação da ilustração denomina-se: a) metáfora. b) denotação. c) ironia. d) trocadilho. e) intertextualidade. Gabarito: E Resolução/comentário: Ao dialogar com as obras de Tarsila do Amaral, o recurso utilizado é a intertextualidade. 16. Leia com atenção os textos abaixo: TEXTO I O pano abre na casa de Eurico árabe, mais conhecido como Euricão Engole-Cobra. EURICÃO - Onde está a carta? Dê cá! Que quererá Eudoro Vicente comigo? CAROBA - Eu acho que é dinheiro emprestado. EURICÃO (devolvendo a carta) Hein? TEXTO II Explicação de poesia sem ninguém pedir Um trem de ferro é uma coisa mecânica, Mas atravessa a noite, a madrugada, o dia Atravessa minha vida, Virou só sentimento (Adélia Prado) (O santo e a porca Ariano Suassuna) 6

9 TEXTO III (...) Quando eu era muito pequena ainda não tinha provado chicles e mesmo em Recife falava-se pouco neles. (...) Afinal minha irmã juntou dinheiro, comprou e ao sairmos de casa para a escola me explicou: - Tome cuidado para não perder, porque esta bala nunca se acaba. Dura a vida inteira. - Como não acabava? parei um instante na rua, perplexa. - Não acaba nunca e pronto. Com delicadeza, terminei afinal pondo o chicle na boca. - E agora que é que eu faço? perguntei para não errar no ritual que certamente deveria haver. - Agora chupe o chicle para ir gastando do docinho dele, e só depois que passar o gosto você começa a mastigar. E aí mastiga a vida inteira. (Medo da eternidade, Clarice Lispector) Com base nos textos, é possível reconhecer. a) O texto I exemplifica o gênero narrativo por apresentar marcações de cena (dispensando o narrador) e ter como intenção levar às lágrimas. b) O texto II corresponde ao gênero lírico, com o predomínio das funções poética e emotiva. c) No texto III, a narrativa em 3ª pessoa expõe a sabedoria das personagens quanto à duração do chiclete. d) O texto II, por abordar grandes feitos grandiosos e focar a emoção do eu lírico, exemplifica o gênero épico. e) No texto II, o uso da palavra trem restringe-se ao sentido denotativo, o que o caracteriza como lírico. Gabarito: B Resolução/comentário: Pelo foco na mensagem e emissor, o texto II classifica-se como lírico. 17. (Mafalda Quino) A tirinha de Quino apresenta uma visão pessimista quanto à realidade mundial (um mundo doente ). Aponte a alternativa que destoa da perspectiva realista e caótica sugerida pela personagem: a) Nós não tínhamos cara de assassinas. Nunca seríamos descobertas. È tão fácil matar uma ou duas pessoas. Principalmente se você não tem motivo para isso. b) Vês?! Ninguém assistiu ao formidável Enterro de tua última quimera. Somente a Ingratidão esta pantera Foi tua companheira inseparável. c) O menino brincando na varanda. Dizem que ele não percebeu. De outro modo poderia ainda ter virado o rosto: "Pai! acho que um bicho me mordeu!"assim que a bala varou sua cabeça? d) O bicho não era um cão, Não era um gato, Não era um rato. O bicho, meu Deus, era um homem. 7

10 e) Nosso céu tem mais estrelas, Nossas várzeas têm mais flores, Nossos bosques têm mais vida, Nossa vida mais amores. Gabarito: E Resolução/comentário: A letra E apresenta uma visão otimista a respeito do mundo, da realidade. 18. Eis o texto: Ardor em firme Coração nascido; Pranto por belos olhos derramados; Incêndio em mares de água disfarçado Rio de neve em fogo convertido: Tu, que em um peito abrasas escondido; Tu, que em um rosto corres desatado; Quando fogo, em cristais aprisionados; Quando cristal em chama derretido: Se és fogo, como passa brandamente? Se és neve, como queimas com porfia? Mas ai, que andou Amor em ti prudente! Pois, para temperar a tirania, Como quis que aqui fosse a neve ardente, Permitiu parecesse a chama fria. (Gregório de Matos) Conforme o poema acima, é possível reconhecer nos versos: a) Harmonia de ideias. b) Simplicidade formal. c) Antíteses e paradoxos. d) Equilíbrio de valores. e) Disciplina racional. Gabarito: C Resolução/comentário: O conflito barroco expressa-se, em especial, pelo uso de ideias antitéticas e paradoxais. 19. TEXTO Latas pregadas em paus fixados na terra fazem a casa Os farrapos completam a paisagem íntima O sol atravessando as frestas acorda o seu habitante Depois as doze horas de trabalho Escravo britar pedra acarretar pedra britar pedra acarretar pedra ao sol à chuva britar pedra acarretar pedra A velhice vem cedo Uma esteira nas noites escuras basta para ele morrer grato e de fome Agostinho Neto Agostinho Neto, poeta angolano, combatente da luta anticolonial e primeiro Presidente da República, apresenta uma obra que se confunde com a história de seu país. Um dos seus temas é a relação penosa do homem com o seu trabalho no cotidiano, tornando assim sua arte popular e engajada. 8

11 Qual das obras de arte afasta-se da abordagem de Agostinho Neto, em seus versos? a) d) b) e) c) Gabarito: B Resolução/comentário: A tela de Tarsila do Amaral não alude ao trabalho como as demais. 20. Observe a charge ao lado: O tema proposto pela charge revela: a) cultismo b) metáfora c) denotação d) antítese e) racionalismo Resolução/comentário: Os elementos visuais da charge opõem-se, no senso comum, à ideia de segurança pública. 9

12 LÍNGUA ESTRANGEIRA INGLÊS OPÇÃO DE CURSO: 000 TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Hello, said a quiet, musical voice. I looked up, stunned that he was speaking to me. He was sitting as far away from me as the desk allowed, but his chair was angled toward me. His hair was dripping wet he looked like someone in a commercial for hair gel. His dazzling face was friendly, open, a slight smile on his flawless lips. But his eyes were careful. My name is Edward Cullen, he continued. I didn t have a chance to introduce myself last week. You must be Bella Swan. My mind was spinning with confusion. He was perfectly polite now. I had to speak; he was waiting. But I couldn t think of anything conventional to say. H-how do you know my name? I stammered. He laughed a soft laugh. Oh, I think everyone knows your name. The whole town was waiting for you to arrive. MEYER, S. Twilight. New York: Megan Tingley Books, Page According to Bella s descriptions in the text, Edward was a) intelligent. c) inconvenient. e) charming. b) boring. d) dangerous. Gabarito: E Resolução/comentário: Bella considera Edward um rapaz charmoso, afirmando que seus lábios eram perfeitos (flawless). Além disso, seu rosto era estonteante (dazzling). TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES: ARE YOU A DIGITAL NATIVE OR A DIGITAL IMMIGRANT? We all know that we are living in an increasingly technologically driven world. Living here in the heart of Silicon Valley I certainly feel it every day. In fact, I don t think I know a single couple in my neighborhood, other than my wife and I, who don t work in the technology field in some capacity. Our local companies are Facebook, Apple, Google, Yahoo, and so many venture capital firms that I can t keep them straight. But you don t have to live in Silicon Valley to feel that the world is getting more and more technology centered, focused, and driven. We can debate the pros and cons of this reality but 9 we can t deny that the world has changed very quickly in head spinning ways. Two recent comments led me to finally enter the 21 st century 2 by getting a smart phone this week, kicking and screaming. First, I mentioned to one of my undergraduate classes at Santa Clara University that I didn t have a smart phone, but rather I had a 8 dumb phone. 10 My phone can make and receive phone calls and that s about it. No , internet, and so forth. 3 So one of my students looked at me in an odd and curious way, like she was talking to someone from another planet, and stated in 11 a matter of fact manner, Professor Plante, even 2 nd graders have smart phones. Ouch! Second, 4 I was talking with a producer at the PBS NewsHour who wanted me to do a live interview within a few hours of his call regarding some late breaking news about clergy sexual abuse, which is my specialty. I was out of the office and driving my car when he called and in 12 a matter of fact manner he said that he wanted to send me some important information to my smart phone to best prepare me for the upcoming interview. When I told him that I couldn t receive anything since I had a dumb phone and not a smart phone, there was a long silence. 1 He then said he d have to just read it to me over the phone as a Plan B. He wasn t happy... neither was I. 7 In case you haven t noticed, the 21 st century is really upon us and to live in it one really does need to be connected in my view. Although I often consider myself a 19 th or 20 th century guy trapped in the 21 st century we really do need to adapt. For most of us we are just living in a new world that really demands comfort with and access to technology. This notion of digital native vs. digital immigrant makes a great deal of sense to me. Young people in our society are digital natives. They seem to be very comfortable with everything from iphones to TV 10

13 remotes. Digital immigrants, like me, just never feel that comfortable with these technologies. Sure we may learn to adapt by using , mobile phones, smart ones or dumb ones, Facebook, and so forth but it just doesn t and perhaps will never be very natural for us. It is like learning a second language... you can communicate but with some struggle. This has perhaps always been true. I remember when I was in graduate school in the 1980s trying to convince my grandparents that buying a telephone answering machine as well as a clothes dryer would be a good idea. They looked at me like I was talking in another language or that I was from another planet. 5 Perhaps we have a critical period in our lives for technology just like we do for language. 6 When we are young we soak up language so quickly but find it so much harder to learn a new language when we are older. The same seems to be true for technology. So, this week I bought my first smart phone and am just learning to use it. When questions arise, I turn to my very patient teenage son for answers. And when he s not around, I just look to the youngest person around for help. So, what about you? Are you a digital native or a digital immigrant and how does it impact your life? Adapted from Digital Native vs. Digital Immigrant? Which are you? Published on July 24, 2012 by Thomas G. Plante, Ph.D., ABPP in Do the Right Thing retrieved on July 28, The author explains the expression dumb phone (ref. 8) as a) a phone used by those who are digital natives. b) a phone which does not have internet access. c) a phone that can communicate with people from another planet. d) a phone specially designed for second graders. e) a phone designed for those who have hearing problems. Gabarito: B Resolução/comentário: O autor cria uma expressão dumb phone (telefone burro ), em oposição à expressão smart phone (telefone esperto ). Para o autor, o dumb phone é aquele que apenas faz e recebe chamadas, sem acesso à internet. O seguinte trecho explica a expressão dumb phone : My phone can make and receive phone calls and that s about it. No , internet, and so forth (Meu telefone pode fazer e receber chamadas telefônicas e somente isso. Nada de , internet e coisas afins). 23. In the sentence, He then said he d have to just read it to me over the phone as a Plan B. (ref. 1), the underlined pronoun refers to a) the author s dumb phone. b) the author s smart phone. c) the upcoming interview. d) the information needed for the interview. e) the conversation the author had with the TV producer. Resolução/comentário: O pronome pessoal it resgata, ao fazer referência, a informação de que o autor do texto precisará para participar da entrevista para a qual ele está sendo convidado por telefone. TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 3 QUESTÕES: Examine os anúncios para responder à questão. 11

14 24. O anúncio 2 refere-se: a) a um incentivo para anúncios mais iluminados. b) a uma empresa de eletricidade chamada Wisely. c) a um incentivo ao uso de lâmpadas fluorescentes. d) à falta de iluminação suficiente em locais públicos. e) ao uso mais consciente de energia elétrica. Gabarito: E Resolução/comentário: O anúncio 2 possui a seguinte tradução: Use a eletricidade sabiamente. Assim, ele está relacionado ao uso consciente de energia elétrica. 25. Os dois anúncios têm em comum o fato de: a) terem sido produzidos para empresas de pequeno porte. b) terem sido produzidos para duas empresas concorrentes. c) estimularem o uso de recursos alternativos. d) estimularem ações embasadas na sustentabilidade. e) terem sido produzidos pela mesma agência de publicidade. Resolução/comentário: Já que o anúncio 1 trata da economia de água e o 2 da energia elétrica, pode-se afirmar que são iniciativas voltadas à sustentabilidade. 26. Nos anúncios, as palavras use, you, need, electricity e wisely são exemplos, respectivamente, de a) substantivo, pronome, verbo, substantivo e advérbio. b) substantivo, adjetivo, verbo, substantivo e adjetivo. c) verbo, pronome, verbo, adjetivo e adjetivo. d) verbo, pronome, verbo, substantivo e advérbio. e) substantivo, pronome, substantivo, adjetivo e advérbio. Resolução/comentário: Use é um verbo usado no imperativo, you é subject pronoun (pronome pessoal do caso reto), need é o verbo precisar, electricity é um noun (substantivo) que significa eletricidade e wisely um adverb of manner (advérbio de modo). TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES: Leia o texto para responder à questão. ANALYZE AN ADVERTISEMENT Peter Sells Sierra Gonzalez Not all advertisements make perfect sense. Not all of them promote or imply acceptance of social values that everyone would agree are what we should hope for, in an enlightened and civilized society. Some advertisements appear to degrade our images of ourselves, our language, and appear to move the emphasis of interaction in our society to (even more) consumerism. There may even be a dark, seamy, or seedy side to advertising. This is hardly surprising, as our society is indeed a consumer society, and it is highly capitalistic in the simplest sense. There is no doubt that advertising promotes a consumer culture, and helps create and perpetuate the ideology that creates the apparent need for the products it markets. For our purposes here, none of this matters. Our task is to analyze advertisements, and to see if we can understand how they do what they do. We will leave the task of how we interpret our findings in the larger social, moral and cultural contexts for another occasion. It is often said that advertising is irrational, and, again, that may well be true. But this is where the crossover between information and persuasion becomes important; an advertisement does not have to be factually informative (but it cannot be factually misleading). In a discussion of what kind of benefit an advertisement might offer to a consumer, Jim Aitchison (1999) provides the following quote from Gary Goldsmith of Lowe & Partners, New York. It sums up perfectly what it is that one should look for in an advertisement. The question posed is Is advertising more powerful if it offers a rational benefit? Here is Goldsmith s answer: I don t think you need to offer a rational benefit. I think you need to offer a benefit that a rational person can understand. (www.stanford.edu. Adaptado.) 12

15 27. O principal objetivo do texto é analisar: a) como muitos anúncios deixam de cumprir seu papel. b) como anúncios valorizam a imagem do consumidor. c) aspectos racionais e irracionais contidos em anúncios. d) elementos linguísticos e valores sociais em anúncios. e) anúncios e procurar entender como cumprem seu papel. Gabarito: E Resolução/comentário: A resposta pode ser encontrada em: Our task is to analyze advertisements, and to see if we can understand how they do what they do (Nossa tarefa é analisar os anúncios e ver se entendemos como eles fazem o que fazem). 28. De acordo com o texto, a) alguns anúncios contêm elementos que supervalorizam o papel social da língua. b) alguns anúncios contêm elementos que podem denegrir a imagem do capitalismo. c) anúncios devem conter um apelo irracional aos benefícios do produto anunciado. d) alguns anúncios possuem até mesmo um aspecto obscuro, um tanto sórdido. e) anúncios não devem destacar benefícios ou valores sociais dos produtos anunciados. Resolução/comentário: A resposta pode ser encontrada em: There may even be a dark, seamy, or seedy side to advertising (Pode até haver um lado negro, sórdido ou incômodo em anúncios). TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES: WORK AFTER EIGHT MONTHS OF PREGNANCY IS AS HARMFUL AS SMOKING, STUDY FINDS Conal Urquhart and agencies July 28, 2012 Working after eight months of pregnancy is as harmful for babies as smoking, according to a new study. Women who worked after they were eight months pregnant had babies on average around 230g lighter than those who stopped work between six and eight months. The University of Essex research which drew on data from three major studies, two in the UK and one in the US found the effect of continuing to work during the late stages of pregnancy was equal to that of smoking while pregnant. Babies whose mothers worked or smoked throughout pregnancy grew more slowly in the womb. Past research has shown babies with low birth weights are at higher risk of poor health and slow development, and may suffer from a variety of problems later in life. Stopping work early in pregnancy was particularly beneficial for women with lower levels of education, the study found suggesting that the effect of working during pregnancy was possibly more marked for those doing physically demanding work. The birth weight of babies born to mothers under the age of 24 was not affected by them continuing to work, but in older mothers the effect was more significant. The researchers identified 1,339 children whose mothers were part of the British Household Panel Survey, which was conducted between 1991 and 2005, and for whom data was available. A further sample of 17,483 women who gave birth in 2000 or 2001 and who took part in the Millennium Cohort Study was also examined and showed similar results, along with 12,166 from the National Survey of Family Growth, relating to births in the US between the early 1970s and One of the authors of the study, Prof. Marco Francesconi, said the government should consider incentives 1 employers to offer more flexible maternity leave to women who might need a break before, 2 after, their babies were born. He said: We know low birth weight is a predictor of many things that happen later, including lower chances of completing school successfully, lower wages and higher mortality. We need to think seriously about parental leave, because as this study suggests the possible benefits of taking leave flexibly before the birth 3 quite high. The study also suggests British women may be working for 4 now during pregnancy. While 16% of mothers questioned by the British Household Panel Study, which went as far back as 1991, worked up to one month before the birth, the figure was 30% in the Millennium Cohort Study, whose subjects were born in 2000 and (www.guardian.co.uk) 13

16 29. In the excerpt from the first paragraph than those who stopped work between six and eight months, the word those refers to: a) women. b) smoking. c) babies. d) months. e) pregnancy. Gabarito: A Resolução/comentário: O excerto destacado pode ser entendido como:... do que aquelas [mulheres] que pararam de trabalhar entre seis e oito meses.... Assim, o demonstrative pronoun those refere-se ao substantivo mulheres. 30. In the excerpt from the third paragraph may suffer from a variety of problems later in life, the word may carries the idea of: a) possibility. b) habit. c) inevitability. d) request. e) obligation. Gabarito: A Resolução/comentário: A frase destacada significa: [elas] podem sofrer uma variedade de problemas no decorrer da vida. Assim, o modal may possui a noção de possibilidade. ESPANHOL OPÇÃO DE CURSO: 111 EN PAPAMÓVIL Por primera vez en sus casi cinco años de Pontificado, Benedicto XVI, que el 16 de abril cumplirá 83 años, ha encabezado hoy en el papamóvil descubierto la procesión de las Palmas del Domingo de Ramos en la plaza de San Pedro del Vaticano. En los años anteriores, Benedicto XVI siempre entró en la plaza de San Pedro a pie y realizó el trayecto desde el obelisco que se levanta en medio del recinto hasta el altar mayor instalado en el atrio del templo de la misma manera. Lombardi ha explicado que el Papa ha decidido usar el papamóvil para que así lo pudieran ver mejor todos los fieles que llenan la plaza de San Pedro, más de Si hubiera ido a pie, ha precisado Lombardi, sólo lo hubieran visto los presentes en las primeras filas del recorrido procesional. (elpais.com 28 de marzo de 2010) 21. Según el texto el papa decidió entrar en el papamóvil, pues: a) Estaba cansado debido su edad de 83 años. b) Estaba cansado pues el trayecto desde el obelisco que se levanta en medio del recinto hasta el altar mayor es muy largo. c) Para que las personas de la primera fila lo vean mejor. d) Pues solamente las personas de la primera lo podrían velo. e) Para que todos puedan verlo mejor. Gabarito: E TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES: SIDA El SIDA (síndrome de inmunodeficiencia adquirida) es la quinta causa importante de muerte en las personas entre 25 y 44 años de edad en los Estados Unidos, pero en 1995 ocupaba el número uno. Alrededor de 25 millones de personas en todo el mundo han muerto a causa de esta infección desde el comienzo de la epidemia y, en 2006, había alrededor de 40 millones de personas alrededor del mundo viviendo con VIH/SIDA. El virus de la inmunodeficiencia humana (VIH) causa el SIDA. Este virus ataca al sistema inmunitario y deja al organismo vulnerable a una gran variedad de infecciones y cánceres potencialmente mortales. 14

17 Se ha encontrado el VIH en saliva, lágrimas, tejido del sistema nervioso, líquido cefalorraquídeo, sangre, semen, flujo vaginal y leche materna. Sin embargo, sólo a través de la sangre, el semen, las secreciones vaginales y la leche materna se transmite la infección a otras personas. La infección por VIH no se propaga por contacto casual como un abrazo, por tocar cosas que han sido tocadas con anterioridad por una persona infectada con el virus, ni durante la participación en deportes ni por mosquitos. El SIDA comienza con una infección por VIH. Es posible que las personas infectadas con el VIH no presenten síntomas durante 10 años o más, aunque sí pueden transmitir la infección a otros durante este período asintomático. Entre tanto, si la infección no se detecta y no se inicia el tratamiento, el sistema inmunitario se debilita gradualmente y se desarrolla el SIDA. La infección aguda por VIH progresa con el tiempo (generalmente unas pocas semanas a meses) a una infección por VIH asintomática (sin síntomas) y luego a infección sintomática temprana por VIH. Posteriormente, progresa a SIDA (infección por VIH avanzada con conteo de células T por debajo de 200 células/mm3 ). Adaptado de: el 24/09/ El número de enfermos con SIDA: a) Se quintuplicó en los Estados Unidos. b) Era de cuarenta millones, en c) Con edad entre veinticinco y cuarenta y cuatro años, se quintuplicó desde d) Fue de veinticinco millones en todo el mundo, en e) Fue de cuarenta millones en todo el mundo, en Gabarito: B Resolução/comentário: De acordo com o texto, en 2006, había alrededor de 40 millones de personas alrededor del mundo viviendo con VIH/SIDA Según el texto, es CORRECTO afirmar que el virus VIH I. No se propaga por tocar objetos de uso común con personas infectadas. II. Se transmite a través de la saliva durante el beso. III. Puede estar presente sin manifestar ningún síntoma durante muchos años. IV. Baja las defensas y hace vulnerable al organismo. V. Se transmite al bebé durante el amamantamiento. a) Todas las alternativas son correctas. b) Son correctas las alternativas II, III y V. c) Sólo es correcta la alternativa IV. d) Son correctas las alternativas I, III, IV y V. e) Son correctas las alternativas III, IV y V. Resolução/comentário: Exceto a afirmação II, as outras todas são contempladas no texto. 24. La expresión coloquial, A qué viene esta gente?, contenida en el globo del texto, sugiere a) la alegría de los nativos al ver a aquellos hombres desconocidos y armados. b) la arrogancia con que son recibidos los recién llegados. c) el sentimiento de odio revelado por los habitantes del nuevo Mundo. d) la simpatía que los indígenas sentían por aquellos hombres barbudos. e) el desconocimiento, por parte de los indígenas, en relación a los conquistadores. Gabarito: E Resolução/comentário: Além da demonstração de desconhecimento na fala dos nativos, como apresentado na alternativa E, podem ser percebidas expressões que reforçam essa ideia. 15

18 MIRA LA VIÑETA: 25. La viñeta de la conocida humorista argentina expresa: a) que los restaurantes son establecimientos públicos adonde acuden las parejas cuando necesitan dialogar; b) la costumbre que tienen los mozos argentinos de sentarse con sus clientes; c) que los restaurantes dejan de ser establecimientos comerciales propicios a encuentros culturales. d) una crítica a la primacía del celular respecto a la mujer allí presente; e) la modernidad de los hombres que van a restaurantes para proponer negocios financieros desde un móvil; TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: EL MIEDO AÚN VIAJA EN LOS TRENES El ambiente que se respira en el tren de la línea C-7 entre Príncipe Pío y Alcalá de Henares es tenso. Unos se sumergen en la lectura del periódico, otros miran fijamente por la ventana o simplemente al suelo. Nadie habla. Hay quienes no dejan de mirar una y otra vez el reloj. " Cuándo llegaremos por fin?", parecen pensar. Pero desde el 11 de marzo ya nada es como antes en la red de cercanías de Madrid. Y a los cerca de un millón de personas que utilizan este servicio a diario el trauma los perseguirá todavía por mucho tiempo. Un gesto, algún pequeño detalle, muchas veces son suficientes para que los ojos se llenen de lágrimas. Como el crespón negro que el señor de enfrente lleva en señal de luto. O como un anuncio de la empresa estatal de trenes Renfe que publicaban hoy los diarios: "Gracias por vuestra ayuda, por vuestras lágrimas, por vuestra solidaridad, por estar a nuestro lado y al lado de todas las víctimas del horror. Gracias a todos de corazón", rezaba. Mientras el tren continúa su camino, en el mismo periódico la mirada se fija en la lista de los 182 muertos ya identificados. La mayor, Alicia, tenía 63 años. La menor se llamaba Patricia, era de Polonia y apenas tenía siete meses. Aunque eso no es del todo correcto: en el listado, donde pone "edad", aparece también la palabra "feto". Era un bebé que nunca llegó a nacer. A Anabel, su madre, la muerte la sorprendió con 29 años. (Adaptado. Disponível em: <http://www.iblnews.com/noticias /03/ html>. Acesso em: 17 mar )

19 Sobre o texto do cartaz: "11 - Madrid. No os olvidamos", é correto afirmar: a) As vítimas do atentado de 11 de março não serão mais lembradas pela população de Madri. b) A população de Madri não ouvirá mais as ameaças dos terroristas responsáveis pelo atentado de 11 de março. c) A população de Madri deseja esquecer a ação terrorista ocorrida em 11 de março. d) As vítimas do atentado de 11 de março em Madri não serão esquecidas. e) A cidade de Madri não apoiará mais as ações de grupos terroristas espanhóis. 27. Complete con los días de la semana: Hoy es martes, manãna será, pasado manãna y ayer fue. a) jueves viernes miércoles b) lunes jueves viernes c) miércoles viernes lunes d) jueves sábado miércoles e) miércoles jueves lunes. Gabarito: E Los malentendidos en muchas situaciones de comunicación suelen ocurrir ya que es posible que con las mismas palabras se comprendan distintas cosas. 28. En la historieta el malentendido resulta de: a) una disparidad de conocimientos linguísticos b) un cambio en las reglas gramaticales c) una inadecuación en el vocabulario d) una confusión de base sonora e) una agresión por parte del hermano mayor 29. La hermana mayor no comprende el malentendido, y eso se constata a partir de la presencia de los signos de interrogación. Esos signos se pueden comprender como indicadores de: a) perplejidad b) impaciencia c) ansiedad d) enfado e) agresión Gabarito: A 17

20 30. De acuerdo con la tira cómica podemos afirmar que: a) la reacción de Matías demuestra que no estudió. b) Matías demuestra ser un alumno aplicado en matemáticas. c) la profesora de Matías lo felicita. d) Matías contesta a la pregunta de manera precisa. e) Matías está enfermo. Gabarito: A 18

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS 01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS OBS1: Adaptação didática (TRADUÇÃO PARA PORTUGUÊS) realizada pelo Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos. OBS2: Textos extraídos do site: http://www.englishclub.com

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

Conteúdo Programático Anual

Conteúdo Programático Anual INGLÊS 1º BIMESTRE 5ª série (6º ano) Capítulo 01 (Unit 1) What s your name? What; Is; My, you; This; Saudações e despedidas. Capítulo 2 (Unit 2) Who s that? Who; This, that; My, your, his, her; Is (afirmativo,

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Inglês 6º Ano de Escolaridade Prova 06 / 2.ª Fase 7 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. 2014 Prova 06/ 2.ª F.

Leia mais

In this lesson we will review essential material that was presented in Story Time Basic

In this lesson we will review essential material that was presented in Story Time Basic Portuguese Lesson 1 Welcome to Lesson 1 of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

NOTA: Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web. 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening )

NOTA: Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web. 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening ) Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web Barueri, / / 2009 Trimestre: 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening ) NOTA: ACTIVITY ONE: Put the verses in order according to what

Leia mais

Como dizer quanto tempo leva para em inglês?

Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Você já se pegou tentando dizer quanto tempo leva para em inglês? Caso ainda não tenha entendido do que estou falando, as sentenças abaixo ajudarão você a entender

Leia mais

Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio APOSTILA DE INGLÊS

Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio APOSTILA DE INGLÊS Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Índice APOSTILA DE INGLÊS Módulo I - EXPRESSÕES PARA USO COTIDIANO - SUBJECT PRONOUNS - VERBO

Leia mais

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person?

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person? Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014 GUIÃO A Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho 1.º Momento Intervenientes e Tempos

Leia mais

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them?

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them? GUIÃO A Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Chocolate Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

Trabalho de Compensação de Ausência - 1º Bimestre

Trabalho de Compensação de Ausência - 1º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Trabalho de Compensação de Ausência

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

Lesson 6 Notes. Eu tenho um irmão e uma irmã Talking about your job. Language Notes

Lesson 6 Notes. Eu tenho um irmão e uma irmã Talking about your job. Language Notes Lesson 6 Notes Eu tenho um irmão e uma irmã Talking about your job Welcome to Fun With Brazilian Portuguese Podcast, the podcast that will take you from beginner to intermediate in short, easy steps. These

Leia mais

Aula 03 Passado do to be e past continuous

Aula 03 Passado do to be e past continuous Aula 03 Passado do to be e past continuous No passado, o to be se comporta de forma semelhante ao presente, ou seja, as afirmações, negações e questões são feitas da mesma forma. Examples: I was worried

Leia mais

Estratégia de Leitura Elementos de Referência. Reference devices ou elementos de referência

Estratégia de Leitura Elementos de Referência. Reference devices ou elementos de referência Estratégia de Leitura Elementos de Referência Reference devices ou elementos de referência Ao ler textos sobre qualquer assunto, em qualquer área de conhecimento, todo leitor percebe uma relação de REFERÊNCIA

Leia mais

Colégio de Aplicação UFRGS. Name: Group:

Colégio de Aplicação UFRGS. Name: Group: Present Perfect: FOOD for THOUGHT Colégio de Aplicação UFRGS Name: Group: Present Perfect Simple Os Perfect Tenses são formados com o presente simples do verbo to have (have / has), que, neste caso, funciona

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão: 26 30 41 A questão 26 do código 02, que corresponde à questão 30 do código 04 e à questão 41 do código 06 Nº de Inscrição: 2033285 2041257 2030195 2033529 2032517 2080361 2120179 2120586 2037160

Leia mais

Inglês 12 Present perfect continuous

Inglês 12 Present perfect continuous Inglês 12 Present perfect continuous Este tempo é ligeiramente diferente do Present Perfect. Nele, notamos a presença do TO BE na forma BEEN, ou seja, no particípio. Conseqüentemente, nota-se também a

Leia mais

Lição 40: deve, não deve, não deveria

Lição 40: deve, não deve, não deveria Lesson 40: must, must not, should not Lição 40: deve, não deve, não deveria Reading (Leituras) You must answer all the questions. ( Você deve responder a todas as We must obey the law. ( Nós devemos obedecer

Leia mais

Lição 24: Preposições de tempo. Como usar preposições de tempo.

Lição 24: Preposições de tempo. Como usar preposições de tempo. Lesson 24: Prepositions of Time (in, on, at, for, during, before, after) Lição 24: Preposições de tempo Como usar preposições de tempo. Reading (Leituras) I was born in 2000. (Eu nasci em 2000.) We work

Leia mais

Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português

Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português 1 Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português A partir do momento que você souber de cor a função de cada peça do nosso jogo de dominó, você não terá mais problemas para formular frases,

Leia mais

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges 3 o ANO ENSINO MÉDIO Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges Unidade II Science Health and nature 2 Aula 5.1 Conteúdos Phrasal Verbs in texts 3 Habilidade Identificar os phrasal verbs em textos

Leia mais

Descrição das actividades

Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Em Acção Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião D 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

Inglês 11 The Present Perfect.

Inglês 11 The Present Perfect. Inglês 11 The Present Perfect. O Present Perfect é um tempo verbal em inglês que mostra uma ação que ocorreu no passado, mas os efeitos estão no presente. My grandfather has recovered from his illness.

Leia mais

Bem-vindo ao Inspector Stone uma produção da BBC Learning. Vamos começar o espetáculo.

Bem-vindo ao Inspector Stone uma produção da BBC Learning. Vamos começar o espetáculo. The case of the missing ring Script: part three A transcrição abaixo não é uma cópia fiel do áudio. Apresentadora: Bem-vindo ao Inspector Stone uma produção da BBC Learning English. Série 1 o caso da aliança

Leia mais

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho GUIÃO A 1º Momento Intervenientes e Tempos Descrição das actividades Good morning / afternoon / evening, A and B. For about three minutes, I would like

Leia mais

SEYMOUR PAPERT Vida e Obra

SEYMOUR PAPERT Vida e Obra SEYMOUR PAPERT Vida e Obra Eva Firme Joana Alves Núria Costa 1 de Março de 1928 -EUA Activista - movimento anti-apartheid 1954-1958 - Universidade de Cambridge (matemática). 1958-1963 - Centro de Epistemologia

Leia mais

Verbs - Simple Tenses

Verbs - Simple Tenses Inglês Prof. Davi Verbs - Simple Tenses Simple Present Simple Past Simple Future Simple Present - Formação Infinitivo sem o to Ausência do auxiliar (usa-se to do ) Inclusão de s na 3ª pessoa do singular

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

Phrasal Verbs, What for?

Phrasal Verbs, What for? Phrasal Verbs, What for? Um dos maiores problemas que o estudante da língua inglesa enfrenta para entender conversas cotidianas, filmes ou músicas em inglês é o uso dos chamados Phrasal Verbs, que tornam

Leia mais

Título Present Continuous e Pronomes Objeto.

Título Present Continuous e Pronomes Objeto. Inglês Aula 02 Título Present Continuous e Pronomes Objeto. O present continuous é basicamente um tempo verbal que descreve uma ação que está se processando no momento. Alex is talking to his sister and

Leia mais

WORKING CHILDREN. a) How many children in Britain have part-time jobs?. b) What do many Asian children do to make money in Britain?.

WORKING CHILDREN. a) How many children in Britain have part-time jobs?. b) What do many Asian children do to make money in Britain?. Part A I. TEXT. WORKING CHILDREN Over a million school children in Britain have part-time Jobs. The number is growing, too. More and more teenagers are working before school, after school or on weekends.

Leia mais

PRESENT PERFECT. ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS: 1. Não existe este tempo verbal na Língua Portuguesa;

PRESENT PERFECT. ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS: 1. Não existe este tempo verbal na Língua Portuguesa; ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS: 1. Não existe este tempo verbal na Língua Portuguesa; 2. Associa-se o Present Perfect entre uma ação do passado que tenha uma relação com o presente; My life has changed

Leia mais

Dependent Clauses ( Orações Subordinadas)

Dependent Clauses ( Orações Subordinadas) www.blogpensandoemingles.com www.facebook.com/pensandoeminglesblog Dependent Clauses ( Orações Subordinadas) Para entendermos melhor este assunto será necessário observarmos como ele funciona em português.

Leia mais

Andrew is an engineer and he works in a big company. Sujeito Predicado (e) Suj. Predicado

Andrew is an engineer and he works in a big company. Sujeito Predicado (e) Suj. Predicado Inglês Aula 01 Título - Frases básicas em Inglês As orações em Inglês também se dividem em Sujeito e Predicado. Ao montarmos uma oração com um sujeito e um predicado, montamos um período simples. Estas

Leia mais

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS SÍNTESE DA AULA DE INGLÊS ENSINO MÉDIO I VOCABULÁRIO IMPORTANTE: 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS II - PERSONAL PRONOUNS

Leia mais

LÍNGUA INGLESA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Reading - Typographic Marks

LÍNGUA INGLESA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Reading - Typographic Marks Conteúdo: Reading - Typographic Marks Habilidades: Utilizar as Marcas Tipográficas para facilitar a compreensão e também chamar a atenção do leitor. Typographic Marks O que são marcas tipográficas? As

Leia mais

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO Uma prova, para avaliar tantos candidatos deve ser sempre bem dosada como foi a deste ano. Houve tanto questões de interpretação (6) como de gramática

Leia mais

Present Simple Exercises

Present Simple Exercises Present Simple Exercises Antes de fazer as atividades, você pode querer ler as dicas dos links abaixo. Nelas você encontra explicações sobre os usos e as conjugações dos verbos no Present Simple. Ø www.bit.ly/psimple1

Leia mais

Verbs. Modal Verbs. Conditional Tenses (if clauses) Zero Conditional First Conditional Second Conditional Third Conditional

Verbs. Modal Verbs. Conditional Tenses (if clauses) Zero Conditional First Conditional Second Conditional Third Conditional Inglês Prof. Davi Verbs Modal Verbs Conditional Tenses (if clauses) Zero Conditional First Conditional Second Conditional Third Conditional Modal Verbs Regras especiais Não existem no infinitivo (to can,

Leia mais

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015 Pets reality There are about 30 millions abandoned pets only in Brazil. Among these amount, about 10 millions are cats and the other 20 are dogs, according to WHO (World Health Organization). In large

Leia mais

Eu também passei por esse problema

Eu também passei por esse problema Eu também passei por esse problema Eu também passei por esse problema Eu também passei por esse problema Eu também passei por esse problema Eu também passei por esse problema 1- ACHO QUE NÃO Bem, como

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

www.souvestibulando.com.br MÓDULO DE INGLES

www.souvestibulando.com.br MÓDULO DE INGLES 1 MÓDULO DE INGLES ASSUNTO: AULA 01 THE SIMPLE PRESENT TENSE Esta aula é composta pelo texto da apostila abaixo e por um link de acesso à AULA VIRTUAL gravada. Estude com atenção o texto antes de acessar

Leia mais

Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante?

Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante? Do you know how to ask questions in English? Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante? Note que tanto

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM.

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS Prova-modelo Instruções Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. A prova é avaliada em 20 valores (200 pontos). A prova é composta

Leia mais

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer?

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer? MONEY CHANGER Câmbio I d like to exchange some money. Where can I find a money changer? Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Onde posso encontrar um câmbio? I d like to exchange (I would) Where can

Leia mais

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as Exercícios extras Assunto do dia Na aula de hoje, você deverá arregaçar as mangas e entrar de cabeça nos exercícios extras, que têm como tema tudo que vimos nas aulas do Segundo Grau. Atenção: 3, 2, 1...

Leia mais

Inglês 17 Past Perfect

Inglês 17 Past Perfect Inglês 17 Past Perfect O Past Perfect é um tempo verbal utilizado quando temos duas ações que ocorreram no passado, porém uma delas ocorreu antes da outra. When you called, she had just received the bad

Leia mais

Módulo 1 - Dia dos mortos. Inglês sem Esforço. Caro aluno

Módulo 1 - Dia dos mortos. Inglês sem Esforço. Caro aluno Inglês sem Esforço Caro aluno Você agora será orientado por um dos mais incríveis métodos de aprendizagem da língua inglesa. O método de aprendizagem Effortless English foi desenvolvido pelo renomado professor

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 6º ANO BÁSICO Name: Nº Class: Date: / / Teacher: Nota: (1)

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 6º ANO BÁSICO Name: Nº Class: Date: / / Teacher: Nota: (1) ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 6º ANO BÁSICO Name: Nº Class: Date: / / Teacher: Nota: (1) Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos necessários. Agora, você

Leia mais

Expert Reader 1000 Chapter 2. by Elen Fernandes

Expert Reader 1000 Chapter 2. by Elen Fernandes Expert Reader 1000 Chapter 2 by Elen Fernandes 2- Arts Elisabeth is an artist. She is my younger sister. She loves to draw. She likes it since she was a kid. Yesterday she drew a beautiful moon. She drew

Leia mais

ENEM 2011 English. Linguagens, códigos e suas tecnologias QUESTÃO 91

ENEM 2011 English. Linguagens, códigos e suas tecnologias QUESTÃO 91 Linguagens, códigos e suas tecnologias QUESTÃO 91 GLASBERGEN, R. Today s cartoon. Disponível em: http://www.glasbergen.com. Acesso em: 23 jul. 2010. Na fase escolar, é prática comum que os professores

Leia mais

São eles: SOME (Algum, alguma, alguns,algumas). É utilizado em frases afirmativas,antes de um substantivo. Ex.:

São eles: SOME (Algum, alguma, alguns,algumas). É utilizado em frases afirmativas,antes de um substantivo. Ex.: Pronomes Indefinidos Indefinite Pronouns Esses pronomes são utilizados para falar de pessoas, objetos ou lugares indefinidos Referem a pessoas ou coisas, de modo vago ou impreciso São eles: SOME (Algum,

Leia mais

Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental. Parent Academy Digital Citizenship. At Elementary Level

Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental. Parent Academy Digital Citizenship. At Elementary Level Parent Academy Digital Citizenship At Elementary Level Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental Pan American School of Bahia March 18 and 29, 2016 Digital Citizenship Modules Cyberbullying

Leia mais

Guião E. 1.º MOMENTO Intervenientes e tempos

Guião E. 1.º MOMENTO Intervenientes e tempos Proposta de Guião para uma Prova Disciplina: Espanhol, Nível de Iniciação, 11.º ano (A2) Domínio de Referência: Viajes y Transportes Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião E 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

:: COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF ::

:: COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF :: :: COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF :: [Download] COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF COMO ESCOLHER UMA ESCOLA IDIOMAS PDF - Are you looking for Como Escolher Uma Escola Idiomas Books? Now, you will

Leia mais

ACTIVE VOICE X PASSIVE VOICE

ACTIVE VOICE X PASSIVE VOICE www.blogpensandoemingles.com www.facebook.com/pensandoeminglesblog O que é? ACTIVE VOICE X PASSIVE VOICE Active Voice ( Voz Ativa): Ocorre quando o sujeito pratica a ação, e é chamado de agente. Ex: Robert

Leia mais

AT A HOTEL NO HOTEL. I d like to stay near the station. Can you suggest a cheaper hotel? Poderia sugerir um hotel mais barato?

AT A HOTEL NO HOTEL. I d like to stay near the station. Can you suggest a cheaper hotel? Poderia sugerir um hotel mais barato? I d like to stay near the station. Can you suggest a cheaper hotel? Gostaria de ficar por perto da estação. Poderia sugerir um hotel mais barato? I d like to stay near the station. (I would ) in a cheaper

Leia mais

(Eu) sempre escrito em letra maiúscula, em qualquer posição na frase. (Tu, você)

(Eu) sempre escrito em letra maiúscula, em qualquer posição na frase. (Tu, você) Nome: nº. 6º.ano do Ensino fundamental Professoras: Francismeiry e Juliana TER 1º BIMESTRE PERSONAL PRONOUNS (Pronomes pessoais) O que é pronome pessoal? O pronome pessoal substitui um nome, isto é um

Leia mais

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE?

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE? Visitor, is this is very important contact with you. I m Gilberto Martins Loureiro, Piraí s Senior Age Council President, Rio de Janeiro State, Brazil. Our city have 26.600 habitants we have 3.458 senior

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE INGLÊS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE INGLÊS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE INGLÊS Aluno(a): Nº Ano: 6º Turma: Data: Nota: Professor(a): Débora Toledo Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

4.7. Freqüência ao Dentista

4.7. Freqüência ao Dentista 202 Estudo Epidemiológico de Saúde Bucal em Trabalhadores da Indústria. Brasil, 2002-2003 Epidemiologic Study of Oral Health in Industry Workers. Brazil, 2002-2003 Estudio Epidemiológico de Salud Bucal

Leia mais

Relatório completo de proficiência da língua inglesa

Relatório completo de proficiência da língua inglesa Relatório completo de proficiência da língua inglesa 1 2 Entenda a avaliação Nesta avaliação de proficiência de inglês como língua estrangeira, quantificamos e identificamos o nível e perfil atual do candidato,

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Inglês 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/2.ª Fase Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

Tempo verbal: modais (should, must, might)

Tempo verbal: modais (should, must, might) ós na ala de Aula - Inglês 6º ao 9º ano - unidade 10 O Modal Verb é usado para moldar o verbo principal de acordo com a ideia que se quer expressar. Obrigação, proibição, dedução, conselho ou possibilidade:

Leia mais

ROTEIRO REVISÃO / AVALIAÇÃO SEQUÊNCIA DAS ATIVIDADES/ ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS. Vinheta do Projeto

ROTEIRO REVISÃO / AVALIAÇÃO SEQUÊNCIA DAS ATIVIDADES/ ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS. Vinheta do Projeto Componente Curricular: Língua Inglesa Série/Ano Letivo: 7 Ano/ 2014 Professores Ministrantes: Tiago Pereira & Claudia Borges Carga Horária: 5 horas/aula Data: 09/07/2014 Aula: 04 Título:Revisão / 1ª Avaliação

Leia mais

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development?

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Emerson Murphy-Hill Thomas Zimmermann and Nachiappan Nagappan Guilherme H. Assis Abstract

Leia mais

GABARITO ITA - 2013/2014

GABARITO ITA - 2013/2014 GABARITO ITA - 2013/2014 INGLÊS PORTUGUÊS 01. A 21. B 02. E 22. C 03. A 23. A 04. B 24. D 05. B 25. A 06. A 26. C 07. E 27. B 08. E 28. E 09. E 29. D 10. D 30. E 11. C 31. C 12. B 32. B 13. D 33. A 14.

Leia mais

To Be. Present Simple. You are (você é / está) He / she / it is (Ele ela é / está)(*) We were (Nos éramos / estávamos) You are (Voces são / estão)

To Be. Present Simple. You are (você é / está) He / she / it is (Ele ela é / está)(*) We were (Nos éramos / estávamos) You are (Voces são / estão) To Be Um dos mais famosos verbos do Inglês. Quem já fez colegial e não ouviu falar dele? Mas você realmente conhece o verbo To Be? Você sabe de todos os tempos compostos que ele ajuda a formar? Você sabe

Leia mais

ANO LETIVO 2013-2014 CONTEÚDOS CURRICULARES

ANO LETIVO 2013-2014 CONTEÚDOS CURRICULARES Ano de escolaridade: 5º LÉXICO O Reino Unido Saudações Identidade Nomes ingleses O alfabeto A sala de aula Objectos escolares As cores Os dias da semana Países Nacionalidades Numerais cardinais (de 1 a

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação. 2012 3ª PROVA PARCIAL (QUESTÕES FECHADAS) DE INGLÊS e PORTUGUÊS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação. 2012 3ª PROVA PARCIAL (QUESTÕES FECHADAS) DE INGLÊS e PORTUGUÊS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 3ª PROVA PARCIAL (QUESTÕES FECHADAS) DE INGLÊS e PORTUGUÊS Aluno(a): Nº Ano: 6º Turma: Data: 26/11/2012 Nota: Professor(a): Débora e Letícia Valor da Prova:

Leia mais

MATERIAL COMPLEMENTAR CAPÍTULOS 01 AO 08 ESTRUTURA DO VERBO TO BE NA SENTENÇA AFIRMATIVA

MATERIAL COMPLEMENTAR CAPÍTULOS 01 AO 08 ESTRUTURA DO VERBO TO BE NA SENTENÇA AFIRMATIVA MATERIAL COMPLEMENTAR CAPÍTULOS 01 AO 08 noções de inglês 2013.1 O VERBO TO BE O verbo to be corresponde no português aos verbos ser ou estar. Ele é utilizado para descrever e identificar pessoas e objetos

Leia mais

Roteiro de Recuperação Língua Inglesa 6º ano

Roteiro de Recuperação Língua Inglesa 6º ano Roteiro de Recuperação Língua Inglesa 6º a Professor (es) da Disciplina: Christiane Bernardini Lourenço Data: / /15 3º TRIMESTRE Alu(a): Nº: A: 6º a Fundamental II Período: Matuti EM CASA: Revise o conteúdo

Leia mais

Planejamento estratégico

Planejamento estratégico espaço ibero-americano espacio iberoamericano Planejamento estratégico Quem somos, onde queremos ir e como chegaremos lá são indagações necessárias em todas as escolas Como qualquer empresa, instituições

Leia mais

Seu Tempo é Precioso. Volume I. Charlles Nunes

Seu Tempo é Precioso. Volume I. Charlles Nunes APRENDA INGLÊS EM CASA Seu Tempo é Precioso Volume I Charlles Nunes Aprenda Inglês em Casa ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 LESSON 1... 5 LESSON 2... 10 LESSON 3... 16 LESSON 4... 21 2 Charlles Nunes APRESENTAÇÃO

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO INTERMEDIÁRIO 1º BIM - 2016

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO INTERMEDIÁRIO 1º BIM - 2016 ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE INGLÊS 7º ANO INTERMEDIÁRIO 1º BIM - 2016 Nome: Nº 7ª Série Data: / / Professor(a): Nota: (Valor 1,0) INSTRUÇÕES PARA A PARTICIPAÇÃO NA RECUPERAÇÃO Neste bimestre, sua media foi

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE ESPANHOL

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE ESPANHOL ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE ESPANHOL Nome: Nº 7º ano Data: / /2015 Professor: Nota: (valor: 2,0) 1º semestre Neste semestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos necessários.

Leia mais

THE INFINITIVE. O infinitivo éa forma original do verbo e pode aparecer com ou sema partícula to.

THE INFINITIVE. O infinitivo éa forma original do verbo e pode aparecer com ou sema partícula to. THE INFINITIVE O infinitivo éa forma original do verbo e pode aparecer com ou sema partícula to. Usa-se o infinitivo sem to: Após os verbos anômalos, os verbos auxiliares doe wille os verbos makee let.

Leia mais

32 explican como un enfrentamiento de raíces étnicas entre árabes y africanos, la realidad 33 es más compleja. 34 Hay que tener en cuenta el

32 explican como un enfrentamiento de raíces étnicas entre árabes y africanos, la realidad 33 es más compleja. 34 Hay que tener en cuenta el Cambio climático 1 En el año 2007 el cambio climático logró por fin situarse en la agenda política global 2 como uno de los grandes problemas que afronta la humanidad. Así lo reflejaron las 3 conclusiones

Leia mais

Cultural Identity of Young Volunteers Differences and understanding Empowering People. Volunteer Profile Questionnaire

Cultural Identity of Young Volunteers Differences and understanding Empowering People. Volunteer Profile Questionnaire Volunteer Profile Questionnaire 1 Índice 1 VOLUNTEER PROFILE QUESTIONNAIRE... 1.1 Country... 1. AGE... 1. GENDER... 1..1 GENDER vs... 1. Qualification... 1..1 QUALIFICATION GREECE VS PORTUGAL... 1. Are

Leia mais

Third Party Relationships: Auditing and Monitoring

Third Party Relationships: Auditing and Monitoring Third Party Relationships: Auditing and Monitoring October 3, 2012 3 de octubre del 2012 Agenda Speakers On-going monitoring of third party relationship On-site audits/ distributor reviews Questions &

Leia mais

THE SIMPLE FUTURE TENSE

THE SIMPLE FUTURE TENSE C.E. GISNO Subject: ENGLISH Teacher: ANDRÉ MATA Name: Number: Grade: 8 th Date: / / See the examples: 1. I will travel next week. 2. She will travel tomorrow. 3. You will travel in four months. INFINITIVO

Leia mais

Planificação anual - 2015/2016llllllllllll. Disciplina / Ano: Inglês / 5º ano. Manual adotado: Win!5 (Oxford University Press) Gestão de tempo

Planificação anual - 2015/2016llllllllllll. Disciplina / Ano: Inglês / 5º ano. Manual adotado: Win!5 (Oxford University Press) Gestão de tempo 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO ESCOLA BÁSICA DA ABELHEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL DE INGLÊS DO 5.º ANO 2015/2016 Planificação anual - 2015/2016llllllllllll Disciplina / Ano: Inglês / 5º ano Manual adotado:

Leia mais

Inglês com Inglesar Jota Filho

Inglês com Inglesar Jota Filho Inglês com Inglesar Jota Filho Aula Prática Parte 5 Texto em Inglês: Reddy Fox He was afraid that he would fall through into the water or onto the cruel rocks below. Granny Fox ran back to where Reddy

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO FICHA INFORMATIVA SOBRE FORMULAÇÃO DE QUESTÕES

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO FICHA INFORMATIVA SOBRE FORMULAÇÃO DE QUESTÕES A questão 25 do código 31, que corresponde à questão 47 do código 33 e à questão 41 do código 35 3030420 3030516 3030759 3030879 3040207 3060086 3160146 3160187 3160652 3330092 3330664 3330675 3330728

Leia mais

Mary has an intelligent, beautiful and young daughter. (Mary tem uma filha inteligente, bonita e jovem.)

Mary has an intelligent, beautiful and young daughter. (Mary tem uma filha inteligente, bonita e jovem.) Aula 16 Adjectives. Adjetivos são palavras que dão uma qualidade ou atributo aos nomes. Normalmente são usados antes destes nomes (ou substantivos). Eles não variam nunca, ou seja, servem para o plural

Leia mais

GRAU DE ADJETIVOS E ADVÉRBIOS

GRAU DE ADJETIVOS E ADVÉRBIOS Aula9 GRAU DE ADJETIVOS E ADVÉRBIOS META Os alunos terão a compreensão e entendimento da classificação dos adjetivos e advérbios nos graus de comparativo e superlativo na leitura em língua inglesa OBJETIVOS

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PARA ESTUDANTE DE INTERCÂMBIO EXCHANGE STUDENT APPLICATION FORM Semestre

Leia mais

Relatório completo de proficiência da língua inglesa

Relatório completo de proficiência da língua inglesa Relatório completo de proficiência da língua inglesa 1 2 Entenda a avaliação Nesta avaliação de proficiência de inglês como língua estrangeira, quantificamos e identificamos o nível e perfil atual do candidato,

Leia mais

Resolução da Questão 1 (Texto Definitivo)

Resolução da Questão 1 (Texto Definitivo) Questão Muito do pioneirismo das ideias de Saussure advém do fato de o autor ter sido o primeiro a mencionar a natureza social da língua, como se pode observar no seguinte excerto do Curso de Linguística

Leia mais

Há muitas maneiras de se expressar o futuro em Inglês. Vejamos as principais. Diálogo (Mãe e filho ele está com fome)

Há muitas maneiras de se expressar o futuro em Inglês. Vejamos as principais. Diálogo (Mãe e filho ele está com fome) Inglês 13 Future Há muitas maneiras de se expressar o futuro em Inglês. Vejamos as principais. Diálogo (Mãe e filho ele está com fome) F) I m starving. When dinner will be ready? (Estou morto de fome.

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CÓDIGOS E LINGUAGENS

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CÓDIGOS E LINGUAGENS Título do Podcast Área Segmento Duração Informações pessoais em inglês Códigos e Linguagens Ensino Fundamental 5min47seg SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CÓDIGOS E LINGUAGENS Habilidades: Ensino Fundamental:

Leia mais

Cristina is buying some music on the Internet. Roberto asks her what she is doing. Let's listen to their conversation.

Cristina is buying some music on the Internet. Roberto asks her what she is doing. Let's listen to their conversation. Welcome to BrazilianPodClass Video Edition This podcast aims at teaching Brazilian Portuguese. BrazilianPodClass Cristina is buying some music on the Internet. Roberto asks her what she is doing. Let's

Leia mais

Young Learners English

Young Learners English University of Cambridge ESOL Examinations Young Learners English Starters Informações para os Candidatos Informações para os candidatos YLE Starters Prezados pais, Nós da Cambridge ESOL agradecemos seu

Leia mais

What is Bullying? Bullying is the intimidation or mistreating of weaker people. This definition includes three important components:1.

What is Bullying? Bullying is the intimidation or mistreating of weaker people. This definition includes three important components:1. weaker people. This definition includes three important components:1. Bullying is aggressive behavior that involves unwanted, negative actions. 2. Bullying involves a pattern of behavior repeated over

Leia mais