Resultados dos Projetos Concluídos no PEE 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resultados dos Projetos Concluídos no PEE 2015"

Transcrição

1 Nome do Projeto: Venda subsidiada de lâmpadas LED Situação: Concluído - Relatório Final encerrado Aguardando liberação da AEEL para envio Propôs estimular o acesso à tecnologia de LED para os clientes da classe residencial, incentivando a sua utilização, o que deve acarretar, em médio prazo, a redução o uso final do produto. Clientes residenciais da Região Metropolitana do Recife ,75 MWh/ano Demanda retirada no horário de ponta 483,58 kw R$ 618,99 / kw.ano Resolução da Aneel 1519/2013 Relação Custo Benefício realizado 0,31 Investimento previsto no Projeto R$ ,42 Incentivo a uma cultura de combate ao desperdício de energia; Redução do consumo energético e redução da demanda na ponta, postergando os Redução da fatura de energia elétrica para a unidade consumidora residencial; Disseminação dessa tecnologia LED e opção de iluminação com custo acessível e longa durabilidade;

2 Nome do Projeto: Educação com Energia 2014 Situação: Concluído - Relatório Final encerrado Aguardando liberação da AEEL para envio O projeto teve por objetivo colaborar com as ações nacionais de eficiência energética para promoção de mudança de atitudes e comportamentos da comunidade escolar, conscientizando-os quanto à necessidade do uso racional de energia elétrica e do uso de equipamentos eficientes (lâmpadas fluorescentes compactas, com selo Procel). O projeto buscou formar no cidadão o conceito relativo a utilização racional energia elétrica e dos recursos ambientais sem desperdício, através de palestras informativas, experimentos e apresentações interativas, folhetos com dicas de como economizar energia elétrica nas residências e doação lâmpadas fluorescentes compactas. Escolas de comunidades populares em Pernambuco 903,38 MWh/ano Demanda retirada no horário de ponta 371,25 kw R$ 869,14 / kw.ano Custo da energia economizada R$ 183,89 / MWh Resolução da Aneel 1283/2012 Relação Custo Benefício realizado 0,55 Investimento previsto no Projeto R$ ,65 A disseminação da cultura do uso de equipamentos eficientes contribui com a educação da população e desperta a sociedade para a importância de se utilizar, de forma mais eficiente, a energia elétrica disponível. Entre os impactos podem ser identificados: Sensibilizar para a necessidade do uso racional da energia elétrica; Divulgar a eficiência energética e seus benefícios; Reduzir o consumo de energia nas residências das famílias contempladas; Reduzir a demanda de potência no horário de sobrecarga do sistema elétrico; Disseminar informações de segurança no uso da energia elétrica, contribuído para a redução de acidentes; Disseminar informações importantes sobre eficiência energética e sua relação com a preservação do meio ambiente; Posicionar a energia elétrica como bem de consumo; Sensibilizar para a necessidade do uso racional da energia elétrica. Mesmo cientes que a estimativa de vida útil das novas lâmpadas fornecidas aos consumidores é de apenas 3,5 a 4 anos, a expectativa é de que os benefícios oriundos desse projeto durem indeterminadamente, visto que as ações incentivam a mudança de hábitos dos consumidores.

3 Nome do Projeto: Centro de Visitação da Usina Fotovoltaica Arena PE Situação: Concluído - Relatório Final encerrado Aguardando liberação da AEEL para envio O projeto teve por objetivo colaborar com as ações nacionais de eficiência energética para promoção de mudança de atitudes e comportamentos da comunidade escolar, conscientizando-os quanto à necessidade do uso racional de energia elétrica e do uso de equipamentos eficientes (lâmpadas fluorescentes compactas, com selo Procel). O projeto buscou formar no cidadão o conceito relativo a utilização racional energia elétrica e dos recursos ambientais sem desperdício, através de palestras informativas, experimentos e apresentações interativas, folhetos com dicas de como economizar energia elétrica nas residências e doação lâmpadas fluorescentes compactas no Visitação da Usina Fotovoltaica situado na Arena Pernambuco. Comunidades e escolas de Pernambuco 1.724,75 MWh/ano Demanda retirada no horário de ponta 483,58 kw R$ 618,99 / kw/ano Resolução da Aneel 1519/2013 Relação Custo Benefício realizado 0,31 Investimento previsto no Projeto R$ ,08 A disseminação da cultura do uso de equipamentos eficientes contribui com a educação da população e desperta a sociedade para a importância de se utilizar, de forma mais eficiente, a energia elétrica disponível. Entre os impactos podem ser identificados: Sensibilizar para a necessidade do uso racional da energia elétrica; Divulgar a eficiência energética e seus benefícios; Reduzir o consumo de energia nas residências das famílias contempladas; Reduzir a demanda de potência no horário de sobrecarga do sistema elétrico; Disseminar informações de segurança no uso da energia elétrica, contribuído para a redução de acidentes; Disseminar informações importantes sobre eficiência energética e sua relação com a preservação do meio ambiente; Posicionar a energia elétrica como bem de consumo; Sensibilizar para a necessidade do uso racional da energia elétrica. Mesmo cientes que a estimativa de vida útil das novas lâmpadas fornecidas aos consumidores é de apenas 3,5 a 4 anos, a expectativa é de que os benefícios oriundos desse projeto durem indeterminadamente, visto que as ações incentivam a mudança de hábitos dos consumidores.

4 Tipo: Baixa Renda Nome do Projeto: Doação de Geladeiras e Lâmpadas para Famílias Inscritas em Programas Sociais do Governo Federal O projeto tem como objetivo a substituição de refrigeradores ineficientes e lâmpadas ineficientes por equipamentos mais eficientes e com Selo Procel, abrangendo consumidores residenciais de baixa renda, beneficiados com a tarifa social de energia inscritos no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal, na Região Metropolitana de Recife e municípios do interior do estado de Pernambuco, além de divulgar o uso racional de energia elétrica. Atende a consumidores residenciais de comunidades de baixo poder aquisitivo, que possuem TSEE em Recife e municípios do interior do estado de Pernambuco ,16 MWh/ano Demanda retirada no horário de ponta 1.840,10 kw R$ 618,99 / kw /ano Resolução da Aneel Nº 1519/13 Relação Custo Benefício realizado 0,66 Investimento realizado no Projeto R$ ,90

5 Nome do Projeto: Doação de Geladeiras e Lâmpadas para Consumidores Residenciais O projeto tem como objetivo a substituição de refrigeradores ineficientes e lâmpadas ineficientes por equipamentos mais eficientes e com Selo Procel, abrangendo consumidores residenciais moradores de comunidades populares na Região Metropolitana de Recife e municípios do interior do estado de Pernambuco, além de divulgar o uso racional de energia elétrica. Atende a consumidores residenciais de comunidades de baixo poder aquisitivo, que não possuem TSEE em Recife e municípios do interior do estado de Pernambuco ,72 MWh/ano Demanda retirada no horário de ponta 408,07 kw R$ 618,99 / kw.ano Resolução da Aneel Nº 1519/2013 Relação Custo Benefício realizado 0,33 Investimento realizado no Projeto R$ ,14

6 Tipo: Baixa Renda Nome do Projeto: Projeto Venda Subsidiada de Refrigeradores para Consumidores de Baixo Poder Aquisitivo sem TSEE. O projeto teve como objetivo a substituições de refrigeradores antigos através da bonificação na compra de equipamentos pré-determinados com selo Procel em lojas de rede varejista parceira da Celpe, abrangendo consumidores residenciais de baixa renda, beneficiados com a tarifa social de energia inscritos no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal, na Região Metropolitana de Recife e municípios do interior do estado de Pernambuco, além da troca de lâmpadas ineficientes por lâmpadas fluorescentes compactas com Selo Procel e da divulgação do uso racional de energia elétrica. O público-alvo do projeto foram os consumidores residenciais baixa renda, moradores de comunidades populares dos municípios de Recife e interior do Estado ,45 MWh/ano Demanda retirada no horário de ponta 556,37 kw R$ 618,99 / kw.ano Resolução da Aneel Nº 1519/2013 Relação Custo Benefício realizado 0,57 Investimento realizado no Projeto R$ ,58

7 Nome do Projeto: Venda Subsidiada de Refrigeradores para Consumidores Residenciais. O projeto teve como objetivo a substituições de refrigeradores antigos através da bonificação na compra de equipamentos pré-determinados com selo Procel em lojas de rede varejista parceira da Celpe, abrangendo consumidores residenciais moradores de comunidade popular que não possuem TSEE, na Região Metropolitana de Recife e interior do Estado, além da troca de lâmpadas ineficientes por lâmpadas fluorescentes compactas com Selo Procel e da divulgação do uso racional de energia elétrica. Atende a consumidores residenciais de comunidades de baixo poder aquisitivo, que não possuem TSEE em Recife e interior do Estado. 200,89 MWh/ano Demanda retirada no horário de ponta 56,83 kw R$ 618,99 / kw/ano Resolução da Aneel Nº 1519/2013 Relação Custo Benefício realizado 0,29 Investimento realizado no Projeto R$ ,35

2) Abrangência (município, bairro, número de unidades consumidoras)

2) Abrangência (município, bairro, número de unidades consumidoras) Tipo: Baixa Renda Nome do Projeto: Doação de geladeiras e lâmpadas para famílias inscritas em programas sociais do Governo Federal 2015. Situação: Em Implementação. O projeto tem como objetivo a substituição

Leia mais

Projetos em Implementação no PEE 2014

Projetos em Implementação no PEE 2014 Projetos em Implementação no PEE 2014 Tipo: Poder público Nome do Projeto: Eficientização do Sistema de Climatização do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial SENAI/RN O projeto tem por objetivo eficientizar

Leia mais

Projetos em Implementação no PEE 2015

Projetos em Implementação no PEE 2015 Tipo: Poder público Nome do Projeto: Eficientização do Porto Digital O Projeto constituiu na substituição do sistema de refrigeração, composto por chillers, refrigerados, ar splits distribuídos por alguns

Leia mais

Projetos em Implementação no PEE 2016

Projetos em Implementação no PEE 2016 Tipo: Educacional Nome do Projeto: Educação com Energia 2016 Projetos em Implementação no PEE 2016 Promover a reflexão e o diálogo sobre o uso eficiente e seguro da energia elétrica e sensibilizar para

Leia mais

Tipo: Nome do Projeto: Situação: 1) Objetivos do Projeto 2) Abrangência (município, bairro, número de unidades consumidoras) 3) Metas

Tipo: Nome do Projeto: Situação: 1) Objetivos do Projeto 2) Abrangência (município, bairro, número de unidades consumidoras) 3) Metas Tipo: Residencial Nome do Projeto: Incentivo Para Eficientização Energética Residencial E Conscientização Ambiental 2011 (Projeto Energia Verde Loja Eficiente). 1) Objetivos do Projeto Dando continuidade

Leia mais

Tipo: Aquecimento Solar Nome do Projeto: Instalação de Aquecedor Solar no Lar Maria Luiza. Situação: Concluído - Aprovado oficio nº688/2014 SPE ANEEL

Tipo: Aquecimento Solar Nome do Projeto: Instalação de Aquecedor Solar no Lar Maria Luiza. Situação: Concluído - Aprovado oficio nº688/2014 SPE ANEEL Tipo: Aquecimento Solar Nome do Projeto: Instalação de Aquecedor Solar no Lar Maria Luiza. Situação: Concluído - Aprovado oficio nº688/2014 SPE ANEEL 1) Objetivos do projeto Instalação de um sistema de

Leia mais

Resultados do Programa de Eficiência Energética da COSERN PEE 2010

Resultados do Programa de Eficiência Energética da COSERN PEE 2010 Resultados do Programa de Eficiência Energética da COSERN PEE 2010 2008/2009 Situação: Concluído Promover a venda subsidiada de 3.000 refrigeradores eficientes em substituição a refrigeradores em estado

Leia mais

Projetos Eficiência Energética 2014

Projetos Eficiência Energética 2014 Projetos Eficiência Energética 2014 1 LIGAÇÃO DE CONSUMIDORES DE BAIXA RENDA - 2008 Objetivo: Promover ações de regularização de ligações clandestinas, recuperação de consumidores cortados e auto-religados

Leia mais

Programa de Eficiência Energética AUDIÊNCIA PÚBLICA

Programa de Eficiência Energética AUDIÊNCIA PÚBLICA Programa de Eficiência Energética AUDIÊNCIA PÚBLICA A EDP Bandeirante, em conformidade com seu Contrato de Concessão de Distribuição, n 202/98 - ANEEL, com a Resolução Normativa n 300, de 12 de fevereiro

Leia mais

Programa de Eficiência Energética AUDIÊNCIA PÚBLICA

Programa de Eficiência Energética AUDIÊNCIA PÚBLICA Programa de Eficiência Energética AUDIÊNCIA PÚBLICA A Espírito Santo Centrais Elétricas SA, em conformidade com seu Contrato de Concessão de Distribuição, n 001/05 ANEEL e o que dispõe a Lei nº 9.991 de

Leia mais

Programa de Eficiência Energética 2014

Programa de Eficiência Energética 2014 Programa de Eficiência Energética 2014 1. Introdução O Programa de Eficiência Energética 2014 vêm cumprir a Cláusula Quinta em sua Terceira Subcláusula, do Contrato de Concessão da ENERSUL NERSUL, segundo

Leia mais

1 Introdução. 2 Aspectos Normativos (...)

1 Introdução. 2 Aspectos Normativos (...) Celg Distribuição S/A. Diretoria Comercial Superintendência de Comercialização Departamento de Medição e Utilização de Energia Setor de Utilização de Energia Programa de Eficiência Energética Audiência

Leia mais

Programa de Eficiência Energética. Workshop Responsabilidade Socioambiental no Setor Energético 08 e 09 de Junho de 2011 Unicamp Campinas/SP

Programa de Eficiência Energética. Workshop Responsabilidade Socioambiental no Setor Energético 08 e 09 de Junho de 2011 Unicamp Campinas/SP Programa de Eficiência Energética Workshop Responsabilidade Socioambiental no Setor Energético 08 e 09 de Junho de 2011 Unicamp Campinas/SP Perfil 2 Ceará Clientes Faturados (12/2010): 2,9 Milhões Km de

Leia mais

Projetos de Eficiência Energética Ano 2011

Projetos de Eficiência Energética Ano 2011 1. Introdução Este relatório apresenta uma análise físico-financeira dos Projetos de Eficiência Energética realizados pela Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A. ENERSUL no ano de 2011. As diretrizes

Leia mais

3) Metas. 4) Impactos sociais e ambientais e duração esperada dos benefícios

3) Metas. 4) Impactos sociais e ambientais e duração esperada dos benefícios Tipo: Piloto Nome do Projeto: Instalação de Gerador Solar Fotovoltaico no Estádio de Futebol Gov. Prof. Roberto Santos visando à injeção de grandes blocos de energia solar fotovoltaica no sistema de distribuição

Leia mais

Projeto Nova Geladeira Neoenergia: Consumidores de baixa renda

Projeto Nova Geladeira Neoenergia: Consumidores de baixa renda Projeto Nova Geladeira Neoenergia: Consumidores de baixa renda Ana Christina R. Mascarenhas, Rita de Cássia S. Ribeiro e Leandro C. da Silva Resumo O Projeto Nova Geladeira Doação Neoenergia desenvolvida

Leia mais

Projeto Energia Verde

Projeto Energia Verde Projeto Energia Verde Ana Christina R. Mascarenhas e Leandro C. da Silva Resumo O Projeto Energia Verde foi criado para os consumidores das distribuidoras do Grupo Neoenergia: Companhia de Eletricidade

Leia mais

Eficiência Energética no Grupo Neoenergia

Eficiência Energética no Grupo Neoenergia Eficiência Energética no Grupo Neoenergia Neoenergia Receita Bruta Clientes COELBA CELPE COSERN R$ 14.404 MM 9,9 milhões 5,4 milhões 3,3 milhões 1,2 milhões População Energia Distribuida 26,1 milhões 35.708

Leia mais

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Implementação de Sistemas de Aquecimento Solar nos Chuveiros e Piscina da AACD Centro

Leia mais

PRÊMIO PROCEL CIDADE EFICIENTE EM ENERGIA ELÉTRICA

PRÊMIO PROCEL CIDADE EFICIENTE EM ENERGIA ELÉTRICA PRÊMIO PROCEL CIDADE EFICIENTE EM ENERGIA ELÉTRICA FICHA DE INSCRIÇÃO 8 ª EDIÇÃO Prefeitura Municipal de Nome do(a) Prefeito(a) Endereço CEP UF Telefone Fax E-mail Responsável pelas informações (nome e

Leia mais

de Eficiência Energética 2013

de Eficiência Energética 2013 1. Introdução O Programa vêm cumprir a Cláusula Quinta em sua Terceira Subcláusula, do Contrato de Concessão da ENERSUL NERSUL, segundo a qual esta concessionária deve implementar medidas que tenham por

Leia mais

Programa de Eficiência Energética PEE CEMIG. Leonardo Resende Rivetti Rocha

Programa de Eficiência Energética PEE CEMIG. Leonardo Resende Rivetti Rocha Programa de Eficiência Energética PEE CEMIG Leonardo Resende Rivetti Rocha PEE CEMIG PEE 2008/2010 - Resolução N o 300-12/02/2008 - Lei N o 12.212-20/01/2010 Projetos Baixo Poder Aquisitivo/ Tarifa Social

Leia mais

Eficiência energética

Eficiência energética Eficiência energética A realização de pesquisas para otimizar a utilização da energia elétrica faz parte da postura sustentável adotada pelas empresas Eletrobras. Conheça nas próximas páginas as principais

Leia mais

Laboratório de Eficiência Energética Universidade Federal de Juiz de Fora

Laboratório de Eficiência Energética Universidade Federal de Juiz de Fora Combate ao Desperdício de Energia Elétrica Laboratório de Eficiência Energética Universidade Federal de Juiz de Fora Combate ao Desperdício de Energia 1) Vertente Humana: Trata da capacitação dos cidadãos

Leia mais

Resumo dos Programas de P&D e Eficiência Energética

Resumo dos Programas de P&D e Eficiência Energética Resumo dos Programas de P&D e Eficiência Energética Os Programas de Pesquisa e Desenvolvimento P&D desenvolvidos pela Amazonas Energia estão pautados na busca de inovações para fazer frente aos desafios

Leia mais

Resultados dos Projetos Concluídos no PEE 2016

Resultados dos Projetos Concluídos no PEE 2016 Tipo: Residencial Nome do Projeto: Doação Residencial 2015 Situação: Concluído Relatório Final Fechado aguardando liberação da ANEEL para envio. Promover a troca de lâmpadas e refrigeradores usados por

Leia mais

Edital de Concorrência Pública Nacional (SQC) nº 40.10756/2006

Edital de Concorrência Pública Nacional (SQC) nº 40.10756/2006 Edital de Concorrência Pública Nacional (SQC) nº 40.10756/2006 Serviços de Consultoria Pessoa Jurídica para a elaboração de metodologia que permita mensurar, verificar e avaliar os resultados decorrentes

Leia mais

PROJETO CONVIVER INTERIOR

PROJETO CONVIVER INTERIOR PROJETO CONVIVER INTERIOR 2013 / 2014 1 Arquivo Cemig 2 Relatório de Atividades do Projeto Conviver Interior Ser sustentável é preocupar-se com o presente e com o futuro. Usar a energia elétrica corretamente

Leia mais

4 O Programa de Eficiência Energética (PEE) na Light Serviços de Eletricidade S.A.

4 O Programa de Eficiência Energética (PEE) na Light Serviços de Eletricidade S.A. 45 4 O Programa de Eficiência Energética (PEE) na Light Serviços de Eletricidade S.A. Em 2002, foi iniciado o Programa de Eficiência Energética voltado à população mais carente da área de concessão da

Leia mais

Dados para Audiência Pública Energisa Tocantins

Dados para Audiência Pública Energisa Tocantins Palmas, 04 de Março de 2017. Dados para Audiência Pública Energisa Tocantins 1. Informações sobre os Projetos já realizados/em realização. 1.1. Nossa Energia 2015/2016 O projeto Nossa Energia tem como

Leia mais

16 Eficiência Energética

16 Eficiência Energética 16 Eficiência 412 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Contextualização A eficiência energética pode ser definida como o desempenho de conversão de um sistema energético. Em outras palavras, representa o quanto de energia

Leia mais

Uma alternativa para chegar mais perto dos clientes

Uma alternativa para chegar mais perto dos clientes PREMIO NACIONAL DE QUALIDADE EM SANEAMENTO PNQS 2012 Relatório de Descrição de Prática de Gestão Uma alternativa para chegar mais perto dos clientes Categoria: Inovação da Gestão em Saneamento IGS Setembro

Leia mais

Projetos e Políticas Públicas de Eficiência Energética no Brasil O PROCEL. Fernando Pinto Dias Perrone

Projetos e Políticas Públicas de Eficiência Energética no Brasil O PROCEL. Fernando Pinto Dias Perrone Projetos e Políticas Públicas de Eficiência Energética no Brasil O PROCEL Fernando Pinto Dias Perrone Chefe do Departamento de Projetos de Eficiência Energética Rio de Janeiro, 19/4/2013. Principais Políticas

Leia mais

XX SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

XX SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA GRUPO - XIV GET - GRUPO DE ESTUDO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E GESTÃO DA TECNOLOGIA, DA INOVAÇÃO E DA EDUCAÇÃO METODOLOGIA PARA AFERIÇÃO DA EFETIVIDADE DE PROGRAMAS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM COMUNIDADES

Leia mais

Eficientização Energética em Delegacias de Polícia

Eficientização Energética em Delegacias de Polícia Eficientização Energética em Delegacias de Polícia Antônio Afonso Gomes Júnior e Gabriel de Oliveira Brandão e Gomes Resumo As ações de eficiência energética em delegacias e batalhões de polícia, sediados

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Dados da empresa Razão Social: Perfumaria e Cosméticos Ltda. Nome Fantasia: O Boticário Data de fundação 1981

Leia mais

GRUPO 2 MEDIDAS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

GRUPO 2 MEDIDAS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA GRUPO 2 MEDIDAS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Medidas Propostas Impacto no Município Promoção da eficiência energética em edifícios municipais Bombagem eficiente de águas para consumo humano Redução do consumo

Leia mais

Projetos de Eficiência Energética PEE. Centrais Elétricas do Pará - CELPA

Projetos de Eficiência Energética PEE. Centrais Elétricas do Pará - CELPA Projetos de Eficiência Energética PEE Centrais Elétricas do Pará - CELPA Última atualização: Março/2017 Pág. 1 PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA CELPA EM EXECUÇÃO 2016 Título: ECOCELPA - Troca de Resíduos

Leia mais

Chamada Pública para o ProPEE Procedimento do Programa de Eficiência Energética das Distribuidoras de Energia Elétrica

Chamada Pública para o ProPEE Procedimento do Programa de Eficiência Energética das Distribuidoras de Energia Elétrica Chamada Pública para o ProPEE Procedimento do Programa de Eficiência Energética das Distribuidoras de Energia Elétrica Eng. Fernando L. B. Bacellar Email: fernando.bacellar@aes.com Tel: (11) 2195-2663

Leia mais

relatório M&V Geladeiras

relatório M&V Geladeiras relatório M&V Geladeiras 03 Expediente Produção: Instituto Bioterra Revisão: Maria Elisa Rodrigues Moreira Arte e Diagramação: Designlândia Impressão: Aster Graf Este produto integra o Ciclo 2011 do Programa

Leia mais

1) Eficientização das Instalações da FUSAM - Fundação de Saúde Amaury de Medeiros

1) Eficientização das Instalações da FUSAM - Fundação de Saúde Amaury de Medeiros 3. Poder Público 1) Eficientização das Instalações da FUSAM - Fundação de Saúde Amaury de Medeiros a) Situação: Concluído De acordo com o diagnóstico realizado, foram consideradas viáveis a substituição

Leia mais

PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA CICLO 2010/2011 RELATÓRIO FINAL

PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA CICLO 2010/2011 RELATÓRIO FINAL PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA CICLO 2010/2011 RELATÓRIO FINAL Data: 06 de fevereiro de 2015 1 LISTA DE TABELAS Tabela 1 Dados de mercado próprio... 07 Tabela 2 ROL e PEE... 07 Tabela 3 Situação, Metas

Leia mais

Hospital Alipio Correa Netto. Eficiência Energética

Hospital Alipio Correa Netto. Eficiência Energética Hospital Alipio Correa Netto São Paulo, 10 de novembro de 2008 Eficiência Energética Fernando L. B. Bacellar Coordenador de Usos Finais e Aplicação de Energia AES Eletropaulo Tel (11) 2195-2663 fernando.bacellar@aes.com

Leia mais

Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável

Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável Anexo III da Resolução n o 1 da CIMGC Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável I Introdução A atividade de projeto do Projeto de MDL Santa Carolina (denominado Projeto Santa

Leia mais

Conviver Rural Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência. Grandes resultados para os pequenos produtores do Jaíba.

Conviver Rural Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência. Grandes resultados para os pequenos produtores do Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência Desde 1998, por lei, toda distribuidora de energia precisa investir em ações que reduzam o desperdício de energia elétrica. Uma determinação

Leia mais

PROJETO DE TROCA DE LÂMPADAS INCANDESCENTES E FLUORESCENTES COMPACTAS POR LÂMPADAS LED

PROJETO DE TROCA DE LÂMPADAS INCANDESCENTES E FLUORESCENTES COMPACTAS POR LÂMPADAS LED PROJETO DE TROCA DE LÂMPADAS INCANDESCENTES E FLUORESCENTES COMPACTAS POR LÂMPADAS LED PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DA CELPE, COELBA E COSERN. ECONOMIZE ENERGIA COM LÂMPADA LED A substituição de lâmpadas

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL 2010 CATEGORIA FRANQUEADO

PRÊMIO ABF-AFRAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL 2010 CATEGORIA FRANQUEADO Seus Dados PRÊMIO ABF-AFRAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL 2010 CATEGORIA FRANQUEADO Nome empresa Yázigi Internexus (Eliana Cristina Estevam Lauro- Me) Data de fundação Julho/2001 Número de funcionários 15

Leia mais

Programa de Eficiência Energética - Celpe Chamada Pública de Projetos REE 002/2015. Thiago Figueiredo Dezembro de 2015

Programa de Eficiência Energética - Celpe Chamada Pública de Projetos REE 002/2015. Thiago Figueiredo Dezembro de 2015 Programa de Eficiência Energética - Celpe Chamada Pública de Projetos REE 002/2015 Thiago Figueiredo Dezembro de 2015 Neoenergia em números Lucro Líquido - Distribuição: R$ 786 MM População Atendida: 26,5

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental PRSA

Política de Responsabilidade Socioambiental PRSA 1. OBJETIVO Em atendimento à Resolução do Banco Central do Brasil nº 4.327 de 25 de abril de 2014, que dispõe sobre as diretrizes que devem ser observadas no estabelecimento e na implementação da Política

Leia mais

Projetos em Implementação no PEE 2017

Projetos em Implementação no PEE 2017 Tipo: Baixa Renda Nome do Projeto: Projeto Vale Luz Projeto Cooperado O projeto tem como objetivo principal permitir ao cliente residencial ou baixa renda a troca de resíduos sólidos recicláveis por créditos

Leia mais

NERGIA LIMPA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: O Sol promovendo sustentabilidade e segurança energética para o Brasil

NERGIA LIMPA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: O Sol promovendo sustentabilidade e segurança energética para o Brasil ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: O Sol promovendo sustentabilidade e segurança energética para o Brasil Geração distribuída e centralizada, leilões e incentivos fiscais contribuem para geração de energia solar

Leia mais

2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES

2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, desenvolvimento da comunidade e formação de jovens fazem parte da história do Instituto.

Leia mais

INCLUSÃO DE CONTEÚDOS DE CONSERVAÇÃO DE ENERGIA NOS CURSOS DE ENGENHARIA E ARQUITETURA

INCLUSÃO DE CONTEÚDOS DE CONSERVAÇÃO DE ENERGIA NOS CURSOS DE ENGENHARIA E ARQUITETURA INCLUSÃO DE CONTEÚDOS DE CONSERVAÇÃO DE ENERGIA NOS CURSOS DE ENGENHARIA E ARQUITETURA Danilo Pereira Pinto - danilo@engelet.ufjf.br Edimar José de Oliveira - edimar@eletrica.ufjf.br Universidade Federal

Leia mais

FORUM DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E GERAÇÃO DISTRIBUÍDA CEPAT/ANEEL. Resultados dos Principais Projetos de Geração Solar Fotovoltaica do Grupo Neoenergia

FORUM DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E GERAÇÃO DISTRIBUÍDA CEPAT/ANEEL. Resultados dos Principais Projetos de Geração Solar Fotovoltaica do Grupo Neoenergia FORUM DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E GERAÇÃO DISTRIBUÍDA CEPAT/ANEEL Resultados dos Principais Projetos de Geração Solar Fotovoltaica do Grupo Neoenergia Daniel Sarmento Maio de 2015 1 Apresentação Grupo Neoenergia

Leia mais

Centrais Elétricas Brasileiras SA Diretoria de Operação de Sistemas AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL. Outubro 1999 Versão 08

Centrais Elétricas Brasileiras SA Diretoria de Operação de Sistemas AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL. Outubro 1999 Versão 08 Centrais Elétricas Brasileiras SA Diretoria de Operação de Sistemas AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL Outubro 1999 Versão 08 APRESENTAÇÃO Este relatório sintetiza o conjunto dos Programas de

Leia mais

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 32/2010

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 32/2010 MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 32/2010 NOME DA INSTITUIÇÃO: AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S/A AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO:

Leia mais

CONSUMO EFICIENTE DE. energia elétrica: uma agenda para o Brasil

CONSUMO EFICIENTE DE. energia elétrica: uma agenda para o Brasil CONSUMO EFICIENTE DE energia elétrica: uma agenda para o Brasil 2/14 Créditos Copyright Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) 2016 Conteúdo PSR Soluções e Consultoria

Leia mais

INFORMATIVO. Você já reparou que o mundo mudou, mas a forma como produzimos e consumimos energia continua praticamente igual há 50 anos?

INFORMATIVO. Você já reparou que o mundo mudou, mas a forma como produzimos e consumimos energia continua praticamente igual há 50 anos? INFORMATIVO Você já reparou que o mundo mudou, mas a forma como produzimos e consumimos energia continua praticamente igual há 50 anos? Ainda dependemos de grandes usinas que produzem energia a quilômetros

Leia mais

de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias.

de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias. Agora, a sua conta de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias. Agora, em todo o país, as bandeiras tarifárias vêm impressas na conta de luz. E, para saber se o valor da sua conta irá

Leia mais

Caravana RGE Educando para a eficiência

Caravana RGE Educando para a eficiência Caravana RGE Educando para a eficiência Antônio Flávio Nunes, Cristian Sippel, Eugênio Severo Medeiros e Raquel Rosa Dorigon Resumo O Projeto Caravana RGE Educando para a eficiência, realizado pelo Programa

Leia mais

Projetos em Implementação no PEE 2016

Projetos em Implementação no PEE 2016 Tipo: Baixa Renda Nome do Projeto: Doação de geladeiras e lâmpadas para famílias inscritas em programas sociais do Governo Federal 2015. Situação: Em Implementação. O projeto tem como objetivo a substituição

Leia mais

O Panorama Energético sob o Olhar da Concessionária Fontes Renováveis, Tecnologias & Mercado. Junho de 2015

O Panorama Energético sob o Olhar da Concessionária Fontes Renováveis, Tecnologias & Mercado. Junho de 2015 O Panorama Energético sob o Olhar da Concessionária Fontes Renováveis, Tecnologias & Mercado Junho de 2015 1 2 1. CELESC - Mercado 2. Ciclos e Modicidade Tarifária 3. Qualidade do Fornecimento de Energia

Leia mais

Projetos em Implementação no PEE 2017

Projetos em Implementação no PEE 2017 Tipo: Prioritário Nome do Projeto: Projeto Prioritário de Incentivo à Substituição de Motores Elétricos Projeto Cooperado Coelba (proponente) Celpe - Cosern Modernização e eficientização do parque de motores

Leia mais

O Programa de Eficiência Energética Regulado pela ANEEL e a Geração Distribuída

O Programa de Eficiência Energética Regulado pela ANEEL e a Geração Distribuída Fórum sobre Eficiência Energética e Geração Distribuída O Programa de Eficiência Energética Regulado pela ANEEL e a Geração Distribuída Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL Superintendência de Pesquisa

Leia mais

1 Introdução. 2 Aspectos Normativos (...)

1 Introdução. 2 Aspectos Normativos (...) Celg Distribuição S/A. Diretoria Comercial Superintendência de Comercialização Departamento de Medição e Utilização de Energia Setor de Utilização de Energia Audiência Pública Março/2015 1 Introdução Conforme

Leia mais

Inclusão Social pelo Projeto de Educação: Saneamento Básico

Inclusão Social pelo Projeto de Educação: Saneamento Básico PREMIO NACIONAL DE QUALIDADE EM SANEAMENTO PNQS 2011 INOVAÇÃO DA GESTÃO EM SANEAMENTO - IGS Inclusão Social pelo Projeto de Educação: Saneamento Básico SETEMBRO/2011 A. OPORTUNIDADE A.1 Qual foi a oportunidade

Leia mais

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário: Ubiratan de Brito Fonseca e Mariana Oliveira marianap@mh1.com.

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário: Ubiratan de Brito Fonseca e Mariana Oliveira marianap@mh1.com. PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Dados da empresa Razão Social: Instituto Amapaense de Línguas Ltda. Nome Fantasia: Instituto Amapaense de Línguas

Leia mais

Ações ABESCO e ANEEL para Fortalecimento do Mercado de Eficiência Energética. Reive Barros dos Santos Diretor

Ações ABESCO e ANEEL para Fortalecimento do Mercado de Eficiência Energética. Reive Barros dos Santos Diretor Ações ABESCO e ANEEL para Fortalecimento do Mercado de Eficiência Energética Reive Barros dos Santos Diretor São Paulo - SP 26 de agosto de 2015 Missão Proporcionar condições favoráveis para que o mercado

Leia mais

Relação dos Projetos Aprovados Pela Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL no Ano de 2013

Relação dos Projetos Aprovados Pela Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL no Ano de 2013 Relação dos Projetos Aprovados Pela Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL no Ano de 2013 1. Introdução Este relatório apresenta uma análise físico-financeira dos Projetos de Eficiência Energética

Leia mais

REGULAMENTO CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

REGULAMENTO CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS REGULAMENTO CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS apoio: organização: CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS PRÊMIO NACIONAL DE CONSERVAÇÃO E USO RACIONAL DE ENERGIA EDIÇÃO 2009 1 O PRÊMIO Instituído

Leia mais

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 005 /2014

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 005 /2014 MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 005 /2014 NOME DA INSTITUIÇÃO: PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUA - PECE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENERGIAS RENOVÁVEIS, GERAÇÃO DISTRIBUÍDA

Leia mais

OBJETIVO DAS INSCRIÇÕES

OBJETIVO DAS INSCRIÇÕES CONSTRUINDO A NAÇÃO 2016 Os Grêmios na Comunidade A Vez dos Municípios OBJETIVO Com o objetivo de conhecer, reconhecer e difundir as práticas de cidadania desenvolvidas por estudantes das escolas públicas

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PEE CELG D nº 001/2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS

CHAMADA PÚBLICA PEE CELG D nº 001/2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS Diretoria Comercial Superintendência de Comercialização Departamento de Medição e Utilização de Energia Setor de Utilização de Energia CHAMADA PÚBLICA PEE CELG D nº 001/2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS CELG

Leia mais

A Solcial faz com que os benefícios da energia solar cheguem até aqueles que mais precisam.

A Solcial faz com que os benefícios da energia solar cheguem até aqueles que mais precisam. A Solcial faz com que os benefícios da energia solar cheguem até aqueles que mais precisam. Solcial é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, focada no desenvolvimento da energia elétrica

Leia mais

1. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM PRÉDIOS PÚBLICOS 1.1. OBJETIVO 1.2. CONTEXTUALIZAÇÃO

1. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM PRÉDIOS PÚBLICOS 1.1. OBJETIVO 1.2. CONTEXTUALIZAÇÃO 1. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM PRÉDIOS PÚBLICOS 1.1. OBJETIVO A presentar uma visão sobre a necessidade de aplicação de conceitos de eficiência energética nos prédios públicos brasileiros bem como apresentar

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E ENVIO DE RELATÓRIO FINAL DE PROJETOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E ENVIO DE RELATÓRIO FINAL DE PROJETOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Superintendência de Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência energética SPE Sistema de Gestão de Projetos de Eficiência Energética SGPEE INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E ENVIO DE RELATÓRIO FINAL DE PROJETOS DE

Leia mais

REGULAMENTO XIII PRÊMIO MÉRITO FITOSSANITÁRIO COOPERATIVAS 2009

REGULAMENTO XIII PRÊMIO MÉRITO FITOSSANITÁRIO COOPERATIVAS 2009 REGULAMENTO XIII PRÊMIO MÉRITO FITOSSANITÁRIO COOPERATIVAS 2009 1. Apresentação O Prêmio Mérito Fitossanitário é o reconhecimento ações de responsabilidade social e ambiental das indústrias de defensivos

Leia mais

use a ENERGIA com inteligência

use a ENERGIA com inteligência use a ENERGIA com inteligência Brasília 2013 Energia elétrica. Saber usar para usar sempre. PROGRAMA DE PEE Eficiência Energética Durante o dia, prefira iluminar sua casa apenas com luz natural. Fazendo

Leia mais

O Programa de Eficiência Energética Regulado pela ANEEL e a Geração Distribuída

O Programa de Eficiência Energética Regulado pela ANEEL e a Geração Distribuída O Programa de Eficiência Energética Regulado pela ANEEL e a Geração Distribuída Sheyla Maria das Neves Damasceno Coordenadora do Programa de Eficiência Energia Superintendência de Pesquisa e Desenvolvimento

Leia mais

2 Setor Financeiro 2.1 - Acompanhamentos Orçamentários; 2.2 Gráfico.

2 Setor Financeiro 2.1 - Acompanhamentos Orçamentários; 2.2 Gráfico. 1 Presidência 2 Setor Financeiro 2.1 - Acompanhamentos Orçamentários; 2.2 Gráfico. 3 Consultoria (CPSF) 3.1 SEND (Sistema Eletrônico de Documentação); 3.2 PDA (Programa de Desenvolvimento Associativo);

Leia mais

Jean Rodrigues Benevides

Jean Rodrigues Benevides AÇÕES DE INCENTIVO E FINANCIAMENTO A PROJETOS DE SUSTENTABILIDADE E EFICIÊNCIA Jean Rodrigues Benevides Gerente Nacional Gerência Nacional de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental 153 67 mil

Leia mais

EFICIENTIZAÇÃO ENERGÉTICA: UMA MANEIRA DE REDUZIR OS CUSTOS COM ENERGIA ELÉTRICA

EFICIENTIZAÇÃO ENERGÉTICA: UMA MANEIRA DE REDUZIR OS CUSTOS COM ENERGIA ELÉTRICA EFICIENTIZAÇÃO ENERGÉTICA: UMA MANEIRA DE REDUZIR OS CUSTOS COM ENERGIA ELÉTRICA Vanderlei Rodrigues Schneider 1 Wanderlei José Ghilardi 2 Alexandre Pozzatti Guarienti 3 RESUMO Atualmente, com a grande

Leia mais

Carlos Augusto Del Bel Pamplona Ribeiro Prof. Dr. Gilberto de Martino Jannuzzi FEM/UNICAMP Graduando em Engenharia Mecânica FEM/UNICAMP Professor

Carlos Augusto Del Bel Pamplona Ribeiro Prof. Dr. Gilberto de Martino Jannuzzi FEM/UNICAMP Graduando em Engenharia Mecânica FEM/UNICAMP Professor Carlos Augusto Del Bel Pamplona Ribeiro Prof. Dr. Gilberto de Martino Jannuzzi FEM/UNICAMP Graduando em Engenharia Mecânica FEM/UNICAMP Professor Doutor Associado em Sistemas Energéticos Departamento de

Leia mais

Energias Alternativas e as atividades do Ideal. Mauro Passos Sustentabilidade Palmas Solar

Energias Alternativas e as atividades do Ideal. Mauro Passos Sustentabilidade Palmas Solar Energias Alternativas e as atividades do Ideal Mauro Passos Sustentabilidade Palmas Solar Contexto Internacional Crescimento de investimento em renovável no mundo (Frankfurt School- UNEP Centre/BNEF) 17%

Leia mais

Inserção da Geração Solar na Matriz Elétrica Brasileira. Palestrante: Eng. Marcelo Vinicius

Inserção da Geração Solar na Matriz Elétrica Brasileira. Palestrante: Eng. Marcelo Vinicius Inserção da Geração Solar na Matriz Elétrica Brasileira Palestrante: Eng. Marcelo Vinicius Temas a serem abordados: 1. Matriz de energia elétrica 2. Distintas tecnologias 3. Combustível solar 4. Motivação

Leia mais

Audiência PúblicaP ANEEL n o 053/2007. Consumidor Residencial Baixa Renda. Fevereiro/2008

Audiência PúblicaP ANEEL n o 053/2007. Consumidor Residencial Baixa Renda. Fevereiro/2008 Audiência PúblicaP ANEEL n o 053/2007 Consumidor Residencial Baixa Renda Fevereiro/2008 Artigo 45 Art. 45. No caso de unidades consumidoras classificadas como Residencial Baixa Renda, o faturamento deverá

Leia mais

Estação Elektro Educação para a Segurança. Luciana Alvarez Elektro - Eletricidade e Serviços S.A. luciana.alvarez@elektro.com.br

Estação Elektro Educação para a Segurança. Luciana Alvarez Elektro - Eletricidade e Serviços S.A. luciana.alvarez@elektro.com.br 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG Estação Elektro Educação para a Segurança Luciana Alvarez Elektro - Eletricidade e Serviços S.A. luciana.alvarez@elektro.com.br RESUMO Em novembro de 2005,

Leia mais

Audiência Pública. Revisão Tarifária Periódica

Audiência Pública. Revisão Tarifária Periódica Audiência Pública Revisão Tarifária Periódica Agenda 1. Panorama Geral da Concessão 2. Evolução da Qualidade do Serviço 3. Investimentos Realizados no Ciclo (2007-2011) 4. Principais Desafios 3º Ciclo

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 068/2011 COPEL DISTRIBUIÇÃO S/A

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 068/2011 COPEL DISTRIBUIÇÃO S/A CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 068/2011 COPEL DISTRIBUIÇÃO S/A AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 068/2011: Contribuições de 30/11/2011 a 30/12/2011 EMENTA:

Leia mais

PLATAFORMA OPERÁRIA E CAMPONESA DE ENERGIA

PLATAFORMA OPERÁRIA E CAMPONESA DE ENERGIA PLATAFORMA OPERÁRIA E CAMPONESA DE ENERGIA Brasília, 24 de Agosto de 2010. PLATAFORMA OPERÁRIA E CAMPONESA DE ENERGIA Ao Povo Brasileiro e às organizações do campo e da cidade A questão energética, na

Leia mais

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil cristian sippel Diogo Angelo Stradioto Rio Grande Energia SA APS Engenharia de Energia

Leia mais

Programa de Incentivos aos Leilões de Energia e à Geração Distribuída do Governo de Pernambuco João Bosco de Almeida

Programa de Incentivos aos Leilões de Energia e à Geração Distribuída do Governo de Pernambuco João Bosco de Almeida Programa de Incentivos aos Leilões de Energia e à Geração Distribuída do Governo de Pernambuco João Bosco de Almeida Secretário de Infraestrutura Energia Renovável em Pernambuco Desenvolvimento Técnico,

Leia mais

ABRAPECON - Associação Brasileira Dos Pequenos Consumidores (de enegia elétrica água telefonia gás encanado e outros)

ABRAPECON - Associação Brasileira Dos Pequenos Consumidores (de enegia elétrica água telefonia gás encanado e outros) Folha - 1 de 5 ABRAPECON - Associação Brasileira Dos Pequenos Consumidores (de enegia elétrica água telefonia gás encanado e outros) Registro da ABRAPECON em cartório: Estatuto este da ABRAPECON registrado

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 2/11 Sumário 1. Conceito... 3 2. Objetivo... 3 3. Áreas de aplicação... 3 4. Diretrizes... 4 4.1 Princípios... 4 4.2 Estratégia de e Responsabilidade

Leia mais

ATA DA 141ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA

ATA DA 141ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA ATA DA 141ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA Local: Sala do Conselho de Consumidores da Ampla, Edifício Sede da Ampla, Praça Leoni Ramos nº 1 bl. 02/4º andar - São Domingos Niterói,

Leia mais

relatório de SUSTENTABILIDADE

relatório de SUSTENTABILIDADE relatório de SUSTENTABILIDADE 2015 2015 relatório de SUSTENTABILIDADE O Pacto Global é uma iniciativa desenvolvida pelo ex secretário-geral da ONU, Kofi Annan, com o objetivo de mobilizar a comunidade

Leia mais

Ações da CAIXA em Eficiência Energética. Seminário de Eficiência Energética Desafios na busca da Sustentabilidade NOV / 2012

Ações da CAIXA em Eficiência Energética. Seminário de Eficiência Energética Desafios na busca da Sustentabilidade NOV / 2012 Ações da CAIXA em Eficiência Energética Seminário de Eficiência Energética Desafios na busca da Sustentabilidade NOV / 2012 Atuar na promoção da cidadania e do desenvolvimento sustentável do País, como

Leia mais

O BOTICÁRIO - FRANQUIA DE SÃO GONÇALO - RJ

O BOTICÁRIO - FRANQUIA DE SÃO GONÇALO - RJ O BOTICÁRIO - FRANQUIA DE SÃO GONÇALO - RJ RESPEITO AO MEIO AMBIENTE: Programa de Incentivo ao Plantio de Mudas e Manutenção de Vias Públicas e Escolas Municipais Para a franquia O Boticário de São Gonçalo

Leia mais

Estudo de Caso realizado na ETUFOR utilizando a eficiência energética como ferramenta para reduzir custos.

Estudo de Caso realizado na ETUFOR utilizando a eficiência energética como ferramenta para reduzir custos. Estudo de Caso realizado na ETUFOR utilizando a eficiência energética como ferramenta para reduzir custos. Fabielli Guerra de Oliveira UFC (fabielliguerra@yahoo.com.br) Marcos Ronaldo Albertin UFC (albertin@ufc.br)

Leia mais

OS INDICADORES SOCIAS NO CONTEXTO EMPRESARIAL

OS INDICADORES SOCIAS NO CONTEXTO EMPRESARIAL 1 OS INDICADORES SOCIAS NO CONTEXTO EMPRESARIAL Juliana Cau [1] Julyane Guzzo [2] Mayara Ravani [3] Raichelle Piol [4] Simoni Casagrande Dal Col [5] [1] Graduando em Ciências Contábeis pela Faculdades

Leia mais